CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS. Marcos Juruena Villela Souto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS. Marcos Juruena Villela Souto"

Transcrição

1 CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS Marcos Juruena Villela Souto

2 REGULAÇÃO A regulação é uma atividade administrativa de intervenção do Estado no domínio econômico, mediante a ponderação entre interesses em tensão, buscando maximizar os benefícios em relação aos custos criados por esta restrição da liberdade Assim, a intervenção é orientada pelo princípio da proporcionalidade

3 FUNDAMENTO CONSTITUCIONAL DA REGULAÇÃO O artigo 174 da Constituição trata da função de regulação, juntamente com a intervenção normativa, desenvolvida na forma do art. 24, I, da Lei Maior normas gerais de direito econômico Como atividade administrativa, deve se desenvolver em virtude de lei princípio da legalidade A lei define as políticas públicas; à regulação cabe a sua implementação - princípio da legitimidade

4 TIPOS DE ATOS REGULATÓRIOS Regulação normativa Regulação executiva Regulação judicante

5 Regulação Normativa Não representa delegação legislativa Não representa exercício do poder regulamentar, privativo do Chefe do Poder Executivo Cuida de explicitar os comandos técnicos voltados para o cumprimento dos direitos e deveres estabelecidos em lei função executiva

6 REGULAÇÃO EXECUTIVA Atos de atribuição do direito de ingresso num segmento econômico Atos de fiscalização Atos de fixação de tarifas Atos de interpretação regulatória

7 REGULAÇÃO JUDICANTE Conciliação Mediação Arbitragem administrativa que não se confunde com a arbitragem comercial

8 O CONTROLE Em todos os casos, o que se tem é a produção de atos administrativos, de execução da vontade da lei. A agência reguladora, embora independente e autônoma, integra a Administração, e, portanto, não é imune ao controle

9 TIPOS DE CONTROLE Controle administrativo Contrato de gestão Controle social por meio do direito de petição a ouvidorias ou aos legitimados à apreciação da validade dos atos Recurso hierárquico impróprio Controle legislativo Tribunais de Contas Sustação dos efeitos dos atos ilegais Controle judicial

10 PRINCÍPIO DA JURISDIÇÃO UNA O controle jurisdicional não fica condicionado ao prévio esgotamento das demais medidas de controle Portanto, não pode ser invocada preliminar de falta de interesse processual

11 Princípio da Separação das Funções O artigo 2º da Constituição Federal não pode ser fundamento para afastar o controle, sob fundamento de invasão de esfera de discricionariedade técnica A tecnicidade do ato exige a busca de UM PONTO DE EQUILÍBRIO entre custos e benefícios A técnica é instrumento de interpretação do conceito jurídico indeterminado EFICIÊNCIA Somente se provado que várias técnicas levam AO MESMO RESULTADO DE EQUILÍBRIO ENTRE CUSTOS E BENEFÍCIOS é que se veda a interferência judicial

12 PONTOS A SEREM CONTROLADOS OBJETO DO ATO FORMA DO ATO MOTIVO DO ATO COMPETÊNCIA PARA A PRÁTICA DO ATO FINALIDADE DO ATO

13 CONTROLE DO OBJETO DO ATO Princípio da proporcionalidade - a adequada ponderação entre custos e benefícios Princípio da tipicidade previsão do ato em lei. Princípio da legalidade observância dos limites da lei e do processo para a edição do ato

14 CONTROLE DO OBJETO DO ATO Princípio da eficiência precisa identificação dos interesses em conflito e busca do ponto de equilíbrio Princípio da legitimidade impossibilidade de criação de políticas públicas Princípio da segurança jurídica a constante mudança de normas e critérios surpreendem o regulado e impedem a organização da produção

15 CONTROLE DA FORMA DO ATO Princípio do devido processo legal - Processo Administrativo Normativo princípio da ampla defesa e a adequada notificação do Poder Público princípio democrático - o direito de participação, por meio de consulta e/ou audiência pública Princípio da legalidade a manifestação do órgão jurídico e/ou técnico, quando legal ou regimentalmente exigido Princípio da celeridade como o próprio equilíbrio contratual e a estabilidade financeira da operadora (e, com isso, de todos os consumidores ou usuários). Há normas prevendo conseqüências para a omissão do dever de julgar, que representa uma violação do princípio da oficialidade do processo.

16 CONTROLE DO MOTIVO DO ATO MOTIVO: princípio da boa-fé. princípio da motivação dever de motivação técnica princípio do hard look review considerar os elementos fornecidos na audiência pública

17 CONTROLE DA COMPETÊNCIA PARA EDITAR O ATO Possibilidade do controle judicial dos requisitos para o provimento do cargo de regulador O requisito do notório saber O requisito da reputação ilibada O requisito do processo político de nomeação, mediante sabatina no Poder Legislativo É nulo o ato editado por agente cuja investidura não preencha os requisitos estabelecidos em lei

18 CONTROLE DA FINALIDADE DO ATO A regulação deve buscar a ponderação de interesses e não apenas proteger o consumidor ou o fornecedor - princípio da finalidade e do equilíbrio contratual. A captura política, demagógica ou econômica, viola o princípio da impessoalidade e/ou da moralidade

19 PRINCIPAIS MEDIDAS PROCESSUAIS Ação direta Mandado de Segurança Ação Popular Ação Civil Pública Ação Declaratória Ação de Responsabilidade Civil

20 O CABIMENTO DA AÇÃO DIRETA O ato normativo não se confunde com o ato regulamentar, não devendo se aplicar a jurisprudência do Eg. Supremo Tribunal Federal, no sentido no não cabimento da ADIn contra regulamentos, exigindo que a ofensa seja diretamente à Constituição e não por via reflexa (violação da lei). A violação direta se vislumbra pela frustração do princípio da livre iniciativa, que define os parâmetros da intervenção e o dever de ponderação

21 CABIMENTO DO MANDADO DE SEGURANÇA Nem sempre o ato com forma de ato normativo pode ser enquadrado no conceito de lei em tese, para fins de afastamento da ação mandamental O ato regulatório, por representar intervenção na liberdade econômica, já cria custos desde a sua edição

22 CABIMENTO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA A regulação busca estabelecer parâmetros saudáveis de competição, que é um dos bens jurídicos tutelados pela Lei de Ação Civil Pública Se a norma regulatória frustra tais objetivos, é possível se provocar o ajuizamento de tal medida

23 CABIMENTO DA AÇÃO POPULAR A ação popular pode ser usada para atacar ato normativo que pode causar prejuízo ao Estado; por exemplo, regras que impedem reajuste e revisão, impedindo a recomposição do equilíbrio econômicofinanceiro, que possa ensejar posterior pedido de ressarcimento de bens não amortizados durante a vigência de um contrato de concessão.

24 AÇÃO DECLARATÓRIA Como a ação direta e a ação civil pública têm limitações de legitimidade ativa e o Mandado de Segurança não admite a produção de provas, o que pode ser indispensável em matéria regulatória, é possível ao lesado por ato normativo ilegal ajuizar a ação declaratória de inexistência de obrigação decorrente da norma ilegal.

25 AÇÃO DE RESPONSABILIDADE CIVIL Atos regulatórios que, por violarem os princípios citados, causarem prejuízo ao concedente, ao concessionário ou aos usuários, podem ensejar o dever de reparação dos prejuízos causados. Cabe, inclusive, a discussão do direito de regresso, da entidade pública que sofreu o prejuízo contra o regulador que agiu com erro grosseiro ou má-fé.

Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1

Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1 S u m á r i o Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1 1.1. Introdução e Conceito de Direito Administrativo... 1 1.2. Taxinomia do Direito Administrativo... 2 1.3. Fontes do Direito

Leia mais

Audiência Pública de Fiscalização ENERGIPE. O Papel da ANEEL. 6 de outubro de 2004 Aracaju-SE. Eduardo Ellery Diretor

Audiência Pública de Fiscalização ENERGIPE. O Papel da ANEEL. 6 de outubro de 2004 Aracaju-SE. Eduardo Ellery Diretor Audiência Pública de Fiscalização ENERGIPE O Papel da ANEEL 6 de outubro de 2004 Aracaju-SE Eduardo Ellery Diretor Sumário O Papel da ANEEL I. Competências II. Características III. Relacionamento e participação

Leia mais

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS... 21 INTRODUÇÃO... 23 Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 1. Processo e procedimento... 25 1.1. Procedimentos legislativos... 26 2. Princípios

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS CAPÍTULO 2 PODERES ADMINISTRATIVOS CAPÍTULO 3 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA... 37

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS CAPÍTULO 2 PODERES ADMINISTRATIVOS CAPÍTULO 3 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA... 37 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS... 19 1.1. Princípios básicos... 19 1.1.1. Princípio da Supremacia do Interesse Público Sobre o Privado... 19 1.1.2. Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público...

Leia mais

TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO

TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO Modelo brasileiro A REGULAÇÃO NO BRASIL Compreende uma pluralidade de entes com função regulatória Entes reguladores em geral -> Autarquias comuns

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO TJ - PE. Prof. Luiz Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO TJ - PE. Prof. Luiz Lima DIREITO ADMINISTRATIVO TJ - PE Prof. Luiz Lima PODERES DA ADMINISTRAÇÃO Conceito: conjunto de prerrogativas de direito público que a ordem jurídica confere aos agentes administrativos para o fim de permitir

Leia mais

sumário Capítulo 1 PRINCÍPIOS... 1

sumário Capítulo 1 PRINCÍPIOS... 1 sumário Capítulo 1 PRINCÍPIOS... 1 PRINCÍPIOS GERAL... 1 PRINCÍPIO DA LEGALIDADE... 1 PRINCÍPIO DA IMPESSOALIDADE... 2 PRINCÍPIO DA MORALIDADE... 2 PRINCÍPIO DA PUBLICIDADE... 4 PRINCÍPIO DA EFICIÊNCIA...

Leia mais

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25

LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS INTRODUÇÃO Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 SUMÁRIO LISTA DE ABREVIATURAS UTILIZADAS... 21 INTRODUÇÃO... 23 Capítulo 1 FUNDAMENTOS TEÓRICOS DO PROCESSO LEGISLATIVO... 25 1. Processo e procedimento... 25 1.1. Procedimentos legislativos... 26 2. Princípios

Leia mais

INSTRUÇÕES...2 EXPEDIENTE...3 NOTA DO EDITOR...4 SOBRE OS AUTORES...5 APRESENTAÇÃO...6 PARTE 1 - NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO...

INSTRUÇÕES...2 EXPEDIENTE...3 NOTA DO EDITOR...4 SOBRE OS AUTORES...5 APRESENTAÇÃO...6 PARTE 1 - NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO... INSTRUÇÕES...2 EXPEDIENTE...3 NOTA DO EDITOR...4 SOBRE OS AUTORES...5 APRESENTAÇÃO...6 PARTE 1 - NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 CAPÍTULO 1 - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA...16 1.1. DO ESTADO... 17 1.2.

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 Noções Preliminares...1

S u m á r i o. Capítulo 1 Noções Preliminares...1 S u m á r i o Capítulo 1 Noções Preliminares...1 1. Direito...1 2. Direito Administrativo...2 2.1. Conceito...2 2.2. Relação com outros ramos do Direito...6 2.3. Fontes do Direito Administrativo...8 2.4.

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 Noções Preliminares...1

S u m á r i o. Capítulo 1 Noções Preliminares...1 S u m á r i o Capítulo 1 Noções Preliminares...1 1. Direito...1 2. Direito Administrativo...2 2.1. Conceito...2 2.2. Relação com outros ramos do Direito...6 2.3. Fontes do Direito Administrativo...8 2.4.

Leia mais

Capítulo 1 Noções Preliminares Direito Direito Administrativo...2

Capítulo 1 Noções Preliminares Direito Direito Administrativo...2 S u m á r i o Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 1. Direito...1 2. Direito Administrativo...2 2.1. Conceito... 2 2.2. Relação com outros ramos do direito... 6 2.3. Fontes do Direito Administrativo...

Leia mais

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO Direito Administrativo Sumário Capítulo I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO 1. Estado: conceito, evolução e transformações... 17 2. Administração

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 571 PROCURADOR MUNICIPAL EDITAL 37 ANEXO III

CONCURSO PÚBLICO 571 PROCURADOR MUNICIPAL EDITAL 37 ANEXO III CONCURSO PÚBLICO 571 PROCURADOR MUNICIPAL EDITAL 37 ANEXO III 1. Pontos para a Prova Oral. DIREITO CONSTITUCIONAL TEORIA 1. Noções de Teoria da Constituição e do Direito Constitucional. Objeto. Métodos.

Leia mais

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1

CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 Sumário CAPÍTULO 1: NOTAS INTRODUTÓRIAS...1 1. Introdução...1 2. Pressupostos Teóricos do Controle de Constitucionalidade...2 3. Supremacia Constitucional Fundamento do Mecanismo de Controle de Constitucionalidade...2

Leia mais

Sumário. Capítulo I DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO-ADMINISTRATIVO... 15

Sumário. Capítulo I DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO-ADMINISTRATIVO... 15 Capítulo I DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO-ADMINISTRATIVO... 15 1. O Estado e a sua função administrativa... 15 2. Administração Pública e Direito Administrativo... 17 2.1. Fontes do Direito

Leia mais

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57 SUMÁRIO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo... 15 1.2 Ramo do direito público... 17 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo... 19

Leia mais

1 Direito processual constitucional, 7

1 Direito processual constitucional, 7 1 Direito processual constitucional, 7 1.1 Esclarecimentos iniciais, 7 1.2 Direito processual constitucional: objeto de estudo, 8 1.3 Jurisdição, processo, ação e defesa, 10 1.4 Constituição e processo,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre DIREITO ADMINISTRATIVO II 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre LISBOA 2012 Regente: Prof. Doutor Fausto de Quadros Colaborador: Prof. Doutor Lourenço Vilhena de Freitas

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO III. ADMINISTRADOR PÚBLICO Noções Gerais Poderes Administrativos Poder discricionário...

SUMÁRIO CAPÍTULO III. ADMINISTRADOR PÚBLICO Noções Gerais Poderes Administrativos Poder discricionário... SUMÁRIO CAPÍTULO I O DIREITO ADMINISTRATIVO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA...1 1. Conceito... 1 2. Objeto do Direito Administrativo... 1 2.1. Princípios que ajudam a interpretar a atividade administrativa...

Leia mais

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO Prof. Me. Edson Guedes Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO 5. Direito Civil Unidade II 5.1 Da validade dos negócios jurídicos; 5.2 Responsabilidade civil e ato ilícito; 5. Direito Civil 5.1 Da validade

Leia mais

XAVIER, BERNARDES, BRAGANÇA, Sociedade de Advogados QUESTÕES ATUAIS SOBRE A APLICAÇÃO EFETIVA DA REGULAMENTAÇÃO, POLÍTICA

XAVIER, BERNARDES, BRAGANÇA, Sociedade de Advogados QUESTÕES ATUAIS SOBRE A APLICAÇÃO EFETIVA DA REGULAMENTAÇÃO, POLÍTICA , Sociedade de Advogados QUESTÕES ATUAIS SOBRE A APLICAÇÃO QuickTime and a TIFF (Uncompressed) decompressor are needed to see this picture. EFETIVA DA REGULAMENTAÇÃO, POLÍTICA QuickTime and a TIFF (Uncompressed)

Leia mais

CURSO JURÍDICO FMB CURSO

CURSO JURÍDICO FMB CURSO CURSO JURÍDICO FMB CURSO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS 2 Sumário DIREITO ADMINISTRATIVO 3 DIREITO ADMINISTRATIVO PROFA. CRISTINA APARECIDA FACEIRA MEDINA MOGIONI MÓDULO I O Direito Administrativo;

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1 Direito Civil e Processual Civil DIREITO CIVIL 1. Direito das relações de consumo: Reparação dos danos; Práticas comerciais. 2. Locação de imóveis urbanos: locação residencial.

Leia mais

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso AULÃO AO VIVO PC-GO Prof. Rodrigo Cardoso 1 (CESPE 2016/PC-PE/AGENTE DE POLÍCIA) Considerando as fontes do direito administrativo como sendo aquelas regras ou aqueles comportamentos que provocam o surgimento

Leia mais

SUMÁRIO NORMAS CONSTITUCIONAIS AMBIENTAIS Capítulo 1

SUMÁRIO NORMAS CONSTITUCIONAIS AMBIENTAIS Capítulo 1 SUMÁRIO Capítulo 1 NORMAS CONSTITUCIONAIS AMBIENTAIS... 23 1. Conceito de Constituição... 23 2. Sentidos ou concepções de Constituição... 23 2.1. Sentido sociológico... 24 2.2. Sentido político... 24 2.3.

Leia mais

SUMÁRIO TEORIA DA CONSTITUIÇÃO Capítulo 1

SUMÁRIO TEORIA DA CONSTITUIÇÃO Capítulo 1 SUMÁRIO Capítulo 1 TEORIA DA CONSTITUIÇÃO... 23 1. Conceito de Constituição... 23 2. Sentidos ou concepções de Constituição... 23 2.1. Sentido sociológico... 24 2.2. Sentido político... 24 2.3. Sentido

Leia mais

DIREITOS COLETIVOS E CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE II. Professor Juliano Napoleão

DIREITOS COLETIVOS E CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE II. Professor Juliano Napoleão DIREITOS COLETIVOS E CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE II Professor Juliano Napoleão UNIDADE 1 O controle de constitucionalidade no Brasil 1.1 Considerações iniciais: conceito, pressupostos e objetivos do

Leia mais

ASPECTOS CONSTITUCIONAIS POLÊMICOS DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS.

ASPECTOS CONSTITUCIONAIS POLÊMICOS DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS. ASPECTOS CONSTITUCIONAIS POLÊMICOS DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS. III Fórum Brasileiro de Direito Público da Economia Rio de Janeiro 11 de novembro de 2005 GUSTAVO BINENBOJM Prof. Dr. Direito Administrativo

Leia mais

CÓDIGO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO: alterações e consequências na Administração Central e Local

CÓDIGO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO: alterações e consequências na Administração Central e Local CÓDIGO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO: alterações e consequências na Administração 2015 Lei n.º 42/2014, de 11 de julho Lei de autorização legislativa Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro aprova o novo

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I - Profª Patrícia Ferreira Soares Mendes. ATIVIDADE DE FIXAÇÃO ESTUDO DAS UNIDADES I E II (2.1 a 2.5)

DIREITO ADMINISTRATIVO I - Profª Patrícia Ferreira Soares Mendes. ATIVIDADE DE FIXAÇÃO ESTUDO DAS UNIDADES I E II (2.1 a 2.5) Turma de Direito V Nome: DIREITO ADMINISTRATIVO I - Profª Patrícia Ferreira Soares Mendes ATIVIDADE DE FIXAÇÃO ESTUDO DAS UNIDADES I E II (2.1 a 2.5) Analise as assertivas, marcando a opção correta de

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Revisão - Regime Jurídico Administrativo - Questões (10) José Carlos Machado Júnior josecarlosmachadojunior@gmail.com 1. Estado 2. Nação 3. Federação 4. Constituição 5. Regime Jurídico

Leia mais

SERVIDOR PÚBLICO Teoria e Prática

SERVIDOR PÚBLICO Teoria e Prática Autor Pedro Carlos Bitencourt Marcondes SERVIDOR PÚBLICO Teoria e Prática Área Específica Direito Administrativo. O presente trabalho é fruto da experiência amealhada pelo autor ao longo de mais de vinte

Leia mais

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Davi Furtado Meirelles Resultado Negativo da Negociação - Mediação - é mais uma tentativa de conciliação, após o insucesso da negociação direta, porém, desta feita,

Leia mais

Correspondência entre articulados: CPA'15/CPA'91. Disposições gerais PARTE I. Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II

Correspondência entre articulados: CPA'15/CPA'91. Disposições gerais PARTE I. Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II Disposições gerais PARTE I Disposições preliminares CAPÍTULO I Definições Artigo 1.º Âmbito de aplicação Artigo 2.º Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II Princípio da legalidade Artigo

Leia mais

Sumário. Capítulo 2 Administração direta e indireta... 5

Sumário. Capítulo 2 Administração direta e indireta... 5 Sumário Capítulo 1 Origem e conceito de direito administrativo... 1 1.1 Introdução... 1 1.2 Origem e evolução do direito administrativo... 1 1.3 Conteúdo do direito administrativo... 2 1.4 Conceito de

Leia mais

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii Nota, xi Nota à 9a edição, xiii 1 Direito Administrativo, 1 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo, 1 1.2 Ramo do direito público, 3 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo,

Leia mais

PODERES ADMINISTRATIVOS

PODERES ADMINISTRATIVOS PODERES ADMINISTRATIVOS Direito Administrativo Prof. Rodrigo Cardoso PODER HIERÁRQUICO É o que consta no art. 116, da Lei n. 8.112/1990: Art. 116. São deveres do servidor: (...) IV cumprir as ordens superiores,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL 2014

DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL 2014 DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL 2014 51. "José da Silva, Senador da República, discursa na tribuna do Senado defendendo a legalização do aborto para mulheres grávidas que não tenham constituído

Leia mais

Controle da Constitucionalidade

Controle da Constitucionalidade Controle da Constitucionalidade O controle difuso da constitucionalidade: Entre as partes, declarada incidentertantum ; Em regra, os efeitos da declaração são extunc juntamente com suas consequências;

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL PEÇA PROFISSIONAL O Secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro edita Resolução que fixa o horário de funcionamento de bares e restaurantes situados na cidade do

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL A medida judicial adequada, diante dos parâmetros indicados no enunciado, é o mandado de segurança contra ato do Senhor Governador do Estado X, consubstanciado

Leia mais

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA 1 / N A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO DO RETROCESSO Liliane Sonsol Gondim Bacharela em Direito, Especialista em Direito Constitucional e em Direito Ambiental, Universidade

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO DE CONSULTA TRIBUTÁRIA

PROCESSO ADMINISTRATIVO DE CONSULTA TRIBUTÁRIA PROCESSO ADMINISTRATIVO DE CONSULTA TRIBUTÁRIA Hamilton Fernando Castardo Auditor-Fiscal da Receita Federal e advogado Chefe da Divisão de Tributação da Superintendência da 8ª Região Fiscal da SRF ex-agente

Leia mais

SUMÁRIO SUMÁRIO. 1. A evolução do MS no sistema constitucional Direito líquido e certo a evolução conceitual... 27

SUMÁRIO SUMÁRIO. 1. A evolução do MS no sistema constitucional Direito líquido e certo a evolução conceitual... 27 SUMÁRIO SUMÁRIO..................... 1. A evolução do MS no sistema constitucional... 25 2. Direito líquido e certo a evolução conceitual... 27... 1. MS como tutela jurisdicional diferenciada com cognição

Leia mais

I CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE PROCURADOR DE PRERROGATIVAS DA OAB/GO

I CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE PROCURADOR DE PRERROGATIVAS DA OAB/GO I CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE PROCURADOR DE PRERROGATIVAS DA OAB/GO A Comissão do I Concurso Público para o cargo de Procurador de Prerrogativas da OAB/GO, no uso de suas atribuições, publica ERRATA

Leia mais

Abreviaturas Apresentação PARTE 1 DOUTRINA E LEGISLAÇÃO CAPÍTULO I PODER JUDICIÁRIO

Abreviaturas Apresentação PARTE 1 DOUTRINA E LEGISLAÇÃO CAPÍTULO I PODER JUDICIÁRIO S umário Abreviaturas... 21 Apresentação... 23 PARTE 1 DOUTRINA E LEGISLAÇÃO CAPÍTULO I PODER JUDICIÁRIO 1. Conceito, importância, funções e independência... 27 2. Garantias institucionais ou orgânicas

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 2013

DIREITO ADMINISTRATIVO 2013 DIREITO ADMINISTRATIVO 2013 31. Dentre as características passíveis de serem atribuídas aos contratos de concessão de serviço público regidos pela Lei no 8.987/95, pode-se afirmar corretamente que há (a)

Leia mais

Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo

Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo Sumário Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo 1.1. O Direito Administrativo 1 1.1.1. Histórico e fontes 1 1.1.2. Conceito 6 1.1.3. A função administrativa 8 1.2. Regime Jurídico-Administrativo

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

Sumário. Prefácio...31

Sumário. Prefácio...31 Prefácio...31 Capítulo 1 π TEORIA DA CONSTITUIÇÃO... 33 1. Conceito de Constituição... 33 2. Sentidos ou concepções de Constituição... 34 2.1 Sentido sociológico... 34 2.2 Sentido político... 35 2.3 Sentido

Leia mais

SUMÁRIO LIVRO I IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Parte 1 Direito Material Rafael Carvalho Rezende Oliveira

SUMÁRIO LIVRO I IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Parte 1 Direito Material Rafael Carvalho Rezende Oliveira SUMÁRIO LIVRO I IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Parte 1 Direito Material Rafael Carvalho Rezende Oliveira 1. INTRODUÇÃO 1.1. A importância do combate à corrupção 1.2. Conceito de improbidade administrativa

Leia mais

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Giuliano Menezes 01)Marque V ou F: a) O

Leia mais

COMPETÊNCIA DO JUIZ CONSTITUCIONAL

COMPETÊNCIA DO JUIZ CONSTITUCIONAL COMPETÊNCIA DO JUIZ CONSTITUCIONAL LIMITES DE ATUAÇÃO À LUZ DA SEPARAÇÃO DOS PODERES E DO CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE EDITORA AF1L1ADA Visite nossos sites na Internet 1I'1I'1I'jul'lIa. com. bl' e 11'11'11'.

Leia mais

Regime jurídico administrativo

Regime jurídico administrativo Direito Administrativo Lista de Exercícios Regime Jurídico Administrativo 1. Com relação aos princípios que fundamentam a administração pública, assinale a opção correta. a) A publicidade marca o início

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE Prof. João Eudes 1. (CESPE/2009) A administração pública é regida pelo princípio da autotutela, segundo o qual o administrador público está obrigado a denunciar

Leia mais

PARECER I RELATÓRIO. Estudada a matéria, passamos a opinar.

PARECER I RELATÓRIO. Estudada a matéria, passamos a opinar. PARECER EMENTA: ATO ADMINISTRATIVO INTERDIÇÃO VÍCIO NOS ELEMENTOS FORMA (MOTIVAÇÃO) E MOTIVO ATO NULO POSSIBILIDADE DE UTILIZAÇÃO DO MANDADO DE SEGURANÇA I RELATÓRIO Trata-se de consulta realizada pelo

Leia mais

CONCLUSÃO Em 14 de agosto de 2017, faço estes autos conclusos ao Dr. LEONARDO FERNANDO DE SOUZA ALMEIDA, Juiz de Direito Auxiliar.

CONCLUSÃO Em 14 de agosto de 2017, faço estes autos conclusos ao Dr. LEONARDO FERNANDO DE SOUZA ALMEIDA, Juiz de Direito Auxiliar. fls. 170 CONCLUSÃO Em 14 de agosto de 2017, faço estes autos conclusos ao Dr. LEONARDO FERNANDO DE SOUZA ALMEIDA, Juiz de Direito Auxiliar. SENTENÇA Processo Digital nº: 1005881-05.2017.8.26.0564 Classe

Leia mais

Sumário PROPOSTA DA COLEÇÃO LEIS ESPECIAIS PARA CONCURSOS... 15

Sumário PROPOSTA DA COLEÇÃO LEIS ESPECIAIS PARA CONCURSOS... 15 Sumário PROPOSTA DA COLEÇÃO LEIS ESPECIAIS PARA CONCURSOS... 15 Capítulo I TEORIA GERAL DO CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE... 17 1. Pressupostos do controle de constitucionalidade... 17 2. Espécies de

Leia mais

SUMÁRIO. Agradecimentos... Nota do autor...

SUMÁRIO. Agradecimentos... Nota do autor... SUMÁRIO Agradecimentos......... 7 Nota do autor............. 9 Abreviaturas...... 11 Prefácio da jq edição...... 31 1. Introdução...... 33 2. Estado e Direito...... 41 2.1. Estado... 41 2.2. As Declarações

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento - Curso Básico - Poderes Administrativos; - Administração Pública; - Atos Administrativos; - Lei nº 9.784/1999 - Regras Gerais dos Processos Administrativos; - Licitações; - Contratos Administrativos;

Leia mais

Correspondência entre articulados: CPA'91/CPA'15. Princípios gerais CAPÍTULO II

Correspondência entre articulados: CPA'91/CPA'15. Princípios gerais CAPÍTULO II Correspondência entre articulados: / Princípios gerais PARTE I Disposições preliminares CAPÍTULO I Definição Artigo 1.º Âmbito de aplicação Artigo 2.º Princípios gerais CAPÍTULO II Princípio da legalidade

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RECOMENDAÇÃO Nº 41, DE 9 DE AGOSTO DE 2016. (Publicado no Diário Eletrônico do CNMP, Caderno Processual, de 5/9/2016, págs. 1/3) Define parâmetros para a atuação dos membros do Ministério Público brasileiro

Leia mais

Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia

Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia Fontes do Direitos: Constituição, lei, costumes, jurisprudência, doutrina e contrato. A Constituição Federal e os tópicos da Economia No Brasil, vigora o princípio da Supremacia da Constituição, segundo

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 01. Assinale a alternativa incorreta acerca dos princípios constitucionais da Administracao Publica a) A Administração e imprescindível justificar seus atos. b) Ao administrador

Leia mais

Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE PREFEITO MUNICIPAL DE CAIBATE PROCURADOR GERAL DO ESTADO D E C I S Ã O

Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE PREFEITO MUNICIPAL DE CAIBATE PROCURADOR GERAL DO ESTADO D E C I S Ã O 47 AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE ÓRGÃO ESPECIAL COMARCA DE PORTO ALEGRE PREFEITO MUNICIPAL DE CAIBATE CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE CAIBATE PROCURADOR GERAL DO ESTADO PROPONENTE REQUERIDO INTERESSADO

Leia mais

STJ SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS

STJ SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS STJ00081433 SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1 I. Funções estatais I 2. Conceito e objeto do direito administrativo 2 3. Codificação e fontes do direito administrativo 4 4. Sistemas administrativos:

Leia mais

A arbitragem administrativa institucionalizada: aspetos constitucionais

A arbitragem administrativa institucionalizada: aspetos constitucionais A arbitragem administrativa institucionalizada: aspetos constitucionais João Tiago Silveira CAAD e ICJP 13 de novembro de 2016 Sumário 1. A arbitragem administrativa institucionalizada e o Centro de Arbitragem

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o 434, DE (Do Sr. Vieira da Cunha e outros)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o 434, DE (Do Sr. Vieira da Cunha e outros) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o 434, DE 2009. (Do Sr. Vieira da Cunha e outros) Dá nova redação ao art. 101, da Constituição Federal, para alterar a forma e requisitos pessoais de investidura no

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

DIREITO CONSTITUCIONAL CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE DIREITO CONSTITUCIONAL CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE Atualizado em 22/10/2015 CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE MODELOS DE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE No que diz respeito ao número de órgãos do Poder

Leia mais

LIVRO: MANUAL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 1ªED., 2012 SUMÁRIO

LIVRO: MANUAL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 1ªED., 2012 SUMÁRIO LIVRO: MANUAL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 1ªED., 2012 SUMÁRIO LIVRO I - DIREITO MATERIAL Rafael Carvalho Rezende Oliveira 1. Introdução 1.1. A importância do combate à corrupção

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Os meios de controle da Administração Pública: considerações Marinete Dresch de Moraes* A Administração Pública, visando atender as necessidades sociais e buscando a realização do

Leia mais

Grelha de Correção Exame de Direito Administrativo I Turma Noite

Grelha de Correção Exame de Direito Administrativo I Turma Noite Grelha de Correção Exame de Direito Administrativo I - 2014-2015 - Turma Noite Responda, justificando, às seguintes questões: I 1. Qualifique, do ponto de vista da sua natureza jurídico-administrativa

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 01. Dentre os aspectos peculiares aos órgãos jurisdicionais trabalhistas no Brasil, não se encontra: I - Não existem Varas do Trabalho especializadas em determinadas matérias,

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE DIREITO CÓD. 02

PROVA DE NOÇÕES DE DIREITO CÓD. 02 7 _ PROVA DE NOÇÕES DE DIREITO CÓD. 02 QUESTÃO 21 Tendo em vista a competência dos órgãos da Justiça Eleitoral, correlacione as colunas e assinale a seqüência CORRETA. Órgãos 1. Tribunal Superior Eleitoral.

Leia mais

Tânia Maria Françosi Santhias Professora e Advogada

Tânia Maria Françosi Santhias Professora e Advogada Tânia Maria Françosi Santhias Professora e Advogada Conceito Processo X Procedimento Processo Tributário Administrativo X Processo Tributário Judicial Legalidade Oficialidade Devido Processo Legal Formalismo

Leia mais

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público Diana Pinto e Pinheiro da Silva 1. Execução de Serviço Público Execução de serviço público Dificuldade de definição [...] o conceito de serviço público

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: ÓRGÃOS

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: ÓRGÃOS ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: ÓRGÃOS : Sentidos CONTEXTUALIZAÇÃO Papel do Estado COMPREENDENDO A TERMINOLOGIA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Sentido Objetivo Função Administrativa Hely Lopes: administração pública Foco

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 21

SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 21 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS... 17 INTRODUÇÃO... 21 CAPÍTULO 1 DA SEGURIDADE SOCIAL... 25 1. Evolução da seguridade social... 26 1.1. No direito estrangeiro... 26 1.2. No Brasil... 28 2. A seguridade

Leia mais

CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 202. (Função jurisdicional)

CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 202. (Função jurisdicional) CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 202. (Função jurisdicional) 1. Os tribunais são os órgãos de soberania com competência para

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PEÇA PROFISSIONAL Em 20/1/2009, foi instaurado procedimento administrativo disciplinar, por portaria publicada no DOU, com descrição suficiente dos fatos, para apurar a conduta de

Leia mais

1. A Evolução do MS no Sistema Constitucional Direito Líquido e Certo a Evolução Conceitual... 24

1. A Evolução do MS no Sistema Constitucional Direito Líquido e Certo a Evolução Conceitual... 24 XXSUMÁRIO Nota Á 4ª Edição... 13 Nota à 3ª Edição... 15 Nota à 2ª Edição... 17 Nota à 1ª Edição... 19 Abreviaturas e Siglas... 21 01 Notícia Histórica Utilização do MS no Ordenamento Jurídico Brasileiro

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL 03/09/2016 Prof. Luciano Dutra: autor das obras Direito Constitucional Essencial, Direito Constitucional para a OAB em Exercícios Comentados (e-book), Direito Constitucional

Leia mais

Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed

Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor Procon/SP Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Importância da Atuação da Ouvidoria

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO ANM

AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO ANM AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO ANM MP n. 791 de 25/07/2017 14 de Setembro 2017 Cronologia DNPM / ANM 1934 - Criação do Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM) (Decreto 23.9790); 1960 criação do

Leia mais

A Gestão nas Agências Reguladoras Fatos e Repercussões

A Gestão nas Agências Reguladoras Fatos e Repercussões Audiência Pública: Gestão Administrativa, Financeira e de Recursos Humanos das Agências Reguladoras Comissão de Infra-Estrutura do Senado Federal A Gestão nas Agências Reguladoras Fatos e Repercussões

Leia mais

Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25

Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25 SUMÁRIO Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25 1.1. Organização da Justiça do Trabalho... 25 1.1.1. Introdução... 25 1.1.2. Tribunal Superior do Trabalho... 26 1.1.3. Tribunais Regionais

Leia mais

AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE

AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE Competência De acordo com o art. 102, I, a, CR(Constituição da República Federativa do Brasil), compete ao Supremo Tribunal Federal processar e julgar, originariamente,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 1.CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 2.RESPONSABILIDADE CIVIL DO ESTADO

DIREITO ADMINISTRATIVO 1.CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 2.RESPONSABILIDADE CIVIL DO ESTADO DIREITO ADMINISTRATIVO 1.CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 2.RESPONSABILIDADE CIVIL DO ESTADO CONCEITO CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Controle Político Controle Administrativo CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Arbitragem administrativa: potencialidades por explorar

Arbitragem administrativa: potencialidades por explorar Arbitragem administrativa: potencialidades por explorar Arbitragem administrativa: um desafio lançado ao contencioso administrativo português Instituto de Ciências Jurídico Políticas/Faculdade de Direito

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 SUMÁRIO Capítulo I CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 1. Previsão normativa... 23 1.1. A tradição individualista na tutela dos direitos... 23 1.2. Surgimento e consolidação da tutela

Leia mais

1.1. Origem Inglaterra - Brasil CF/ Conceito

1.1. Origem Inglaterra - Brasil CF/ Conceito 1.1. Origem Inglaterra - Habeas Corpus Act (1679) e ampliação com o New Habeas Corpus Act (1816). Brasil Constituição de 1824 proibia prisões arbitrárias; Código de Processo Criminal de 1832; Carta de

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Atualizado em 04/11/2015 IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA A exigência de uma atuação moral se relaciona com o dever de probidade, ética e honestidade da Administração

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 Processo X Procedimento... 19 O Procedimento Comum no Processo de Conhecimento... 19 Procedimentos Especiais... 20 Atividade Jurisdicional Estrutura... 20

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 Processo X Procedimento... 19 O Procedimento Comum no Processo de Conhecimento... 19 Procedimentos Especiais... 20 Atividade Jurisdicional Estrutura... 20

Leia mais

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos Direito Administrativo Lista de Exercícios Poderes Administrativos 1. Considere que a prefeitura de determinado município tenha concedido licença para reforma de estabelecimento comercial. Nessa situação

Leia mais

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ 1 01. A Constituição Federal de 1988 consagra diversos princípios, os quais exercem papel extremamente importante no ordenamento

Leia mais

Vinícius Soares. Direito Administrativo

Vinícius Soares. Direito Administrativo Vinícius Soares Direito Administrativo Direito Administrativo Vinícius Soares Exercícios Organização Administrativa do Estado Julgue os itens a seguir. 1. (Cespe/STJ/2015) É defeso aos Poderes Judiciário

Leia mais

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Paula Freire 2012

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Paula Freire 2012 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Paula Freire 2012 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO Prerrogativas e instrumentos. Finalidade: interesse público primário. Se manifestam nos atos administrativos. São: Poder de Polícia;

Leia mais

PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos. 1. Atos administrativos:

PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos. 1. Atos administrativos: 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos 1. Atos administrativos: Nem todos os atos que a administração pratica

Leia mais