SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos CERTIFICAÇÃO EM HABILIDADES ESPECÍFICAS de novembro de 2013 EDITAL n o 10/2013 DESIGN

2 QUESTÃO 01 Noções de desenho: a) Desenho livre de imaginação, 5 (cinco) pontos. b) Perspectiva, 5 (cinco) pontos. c) Planos, 5 (cinco) pontos. d) Volumes: 5, (cinco) pontos. e) Luz e sombra: 5 (cinco) pontos. f) Texturas: 5, (cinco) pontos. O filme nacional Faroeste Caboclo é uma adaptação da canção do grupo de rock Legião Urbana e foi lançado recentemente neste ano. Faroeste Caboclo é uma canção composta por Renato Russo e narra a história do personagem João de Santo Cristo e sua trajetória trágica, bem como seu romance com Maria Lúcia. Para divulgação do filme, foi criado o cartaz apresentado abaixo. Fonte da imagem: Em reportagem publicada na revista Veja em 11 de abril de 2013, recebemos a noticia da morte do cantor Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr, como explicitado no trecho abaixo: O vocalista da banda Charlie Brown Jr., Alexandre Magno Abrão, o Chorão, foi encontrado morto em seu apartamento na madrugada do dia 6 de março. Chorão tinha 42 anos e as causas da morte ainda são investigadas pela polícia. Fundado em 1992 em Santos, no litoral de São Paulo, o Charlie Brown Jr. foi uma das bandas mais importantes do rock nacional, alcançando grande popularidade no fim da década de 90.

3 A banda de rock Charlie Brown Jr. foi formada no ano de 1992, e suas músicas se inspiravam em influências do rap, reggae, punk e do skate. Suas letras também fazem críticas à sociedade. A música Pontes Indestrutíveis é uma das mais famosas da banda....que importa é se sentir bem Que importa é fazer o bem Eu quero ver meu povo todo Evoluir também... (trecho da música Pontes Indestrutíveis) Imagine que, em 2014, será lançado um filme baseado na história da banda Charlie Brown Jr. Nesse sentido, crie um cartaz para o lançamento do filme. O desenho poderá ser feito com a técnica de sua livre escolha. QUESTÃO 02 Noções de plástica: a) Composição: organização de figuras; movimento, equilíbrio, ritmo. (15 pts.), b) percepção visual: relação fundo-figura, proporções (5 pts.), c) Sólidos geométricos básicos, construção e planificação (5 pts.), A Nike é uma marca de material esportivo, cujo slogan presente em todas as propagandas, comerciais e produtos desta empresa é Just do it (Apenas faça-o). Esse slogan carrega uma ideia de valores, modos de ser, pensar e agir. O verbo fazer indica ação, movimento. Para fazer algo é necessário esforço, empenho. Temos de vencer a qualquer custo. Por meio de nossa ação, esforço, insistência e perseverança podemos vencer, somente assim chegamos à vitória. Foto do tênis Nike SB Skate Mental Dunk Imagine que a empresa Nike está lançando uma linha de objetos esportivos, dentre eles o skate. Crie uma estampa colorida baseada nos princípios da marca, que foram apresentados no enunciado desta questão.

4 Você receberá na folha de resposta a vista superior de um skate, faça nesta prancha a sua estampa.

5 QUESTÃO 03 Noções de desenho: a) perspectiva (5 pts), b) planos (5 pts), c) volumes (5 pts), d) luz e sombra (5 pts), e) texturas (5 pts), Com base na vista superior do skate fornecida na questão anterior, faça uma perspectiva (desenho tridimensional) de um skate. O desenho deverá ser feito a mão livre e em lápis preto. QUESTÃO 04 a) Questões envolvendo a leitura de imagens (10 pts.); b) Questões envolvendo a percepção e análise de imagens relativas a seus aspectos formais (10 pts.). Com base na questão número 1, justifique textualmente o cartaz criado, considerando seus aspectos formais, plásticos e estéticos.

6 Certificação em Habilidades Específicas -2013/2 - Edital n 10/2013

Processo Seletivo Vagas Ociosas

Processo Seletivo Vagas Ociosas SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos Processo Seletivo Vagas Ociosas 16 de fevereiro de 2014 Início:

Leia mais

PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA

PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO UEG 2013/1 SISTEMA DE AVALIAÇÃO SERIADO SAS/UEG 2010/3 Domingo, 30 de setembro de 2012. PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA ARQUITETURA E URBANISMO CADERNO I Desenho à mão livre Instruções

Leia mais

RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica

RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Processo Seletivo UEG 2015/2 Domingo, 17 de maio de 2015. RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Arquitetura e Urbanismo CADERNO I - Desenho à Mão Livre PS/UEG 2015/2 Prova de Habilidade Específica

Leia mais

RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica

RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Processo Seletivo UEG 2016/2 Domingo, 1º de maio de 2016. RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Arquitetura e Urbanismo CADERNO I - Desenho à Mão Livre PS/UEG 2016/2 Prova de Habilidade Específica

Leia mais

1.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013

1.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 sala n.º máscara Prova de Habilidades Específicas - Arquitetura e Urbanismo 1.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 1 Este caderno é constituído de quatro questões. Caso o caderno de prova esteja

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos CERTIFICAÇÃO EM HABILIDADES ESPECÍFICAS/2013-1 Edital Nº 02/2013

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. 69/2016 ANEXO V PROGRAMAS DAS PROVAS PARA OS CURSOS QUE EXIGEM

Leia mais

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: Aula 1: O ponto e a linha Aula 2: Logotipos e símbolos

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: Aula 1: O ponto e a linha Aula 2: Logotipos e símbolos CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Conteúdo: Aula 1: O ponto e a linha Aula 2: Logotipos e símbolos 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA

Leia mais

INSTRUÇÕES. 1 Este caderno é constituído de quatro questões.

INSTRUÇÕES. 1 Este caderno é constituído de quatro questões. INSTRUÇÕES 1 Este caderno é constituído de quatro questões. 2 Caso o caderno de prova esteja incompleto ou tenha qualquer defeito, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as providências cabíveis.

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. 2 a Etapa PERCEPÇÃO VISUAL SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS. Apresentação. Teste Diagnóstico prova teórico-prática

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS. Apresentação. Teste Diagnóstico prova teórico-prática ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES 3º C.E.B. DISCIPLINA: EDUCAÇÃO VISUAL ANO: 8º ANO LECTIVO 010/011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS AULAS PREVISTAS INSTRUMENTOS

Leia mais

NISMO UEG 2012/2. Instruções. pela banca) caso apresente falha de impressão. Processo Seletivo. empréstimo DIREITO. Questão POLEGAR.

NISMO UEG 2012/2. Instruções. pela banca) caso apresente falha de impressão. Processo Seletivo. empréstimo DIREITO. Questão POLEGAR. PROCESSO SELETIVO UEG 2012/2 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA (Resposta esperada pela banca) ARQUITETURA E URBAU NISMO Desenho à mão livre, Desenho geométrico, Geometria e Visualização espacial Instruções

Leia mais

Planificação a Médio Prazo Educação Visual - 7ºAno 2011/2012

Planificação a Médio Prazo Educação Visual - 7ºAno 2011/2012 Planificação a Médio Prazo Educação Visual - 7ºAno 2011/2012 Unidade Didática Apresentação Teste Diagnóstico PLANIFICAÇÃO - 1º PERÍODO :: Professor(a) Estagiária: Ana Sofia Gomes de Jesus Competências

Leia mais

2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013

2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 sala n.º máscara Prova de Habilidades Específicas - Arquitetura e Urbanismo 2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 1 Este caderno é constituído de quatro questões. Caso o caderno de prova esteja

Leia mais

RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Arquitetura e Urbanismo

RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Arquitetura e Urbanismo Processo Seletivo UEG 2014/1 Sistema de Avaliação Seriado SAS/UEG 2011/3 Domingo, 20 de outubro de 2013. RESPOSTA ESPERADA Prova de Habilidade Específica Arquitetura e Urbanismo CADERNO I - Desenho à Mão

Leia mais

Calcule a distância percorrida por Aline para ir de sua casa até a praça sabendo que BC e EF são proporcionais a CD e DE.

Calcule a distância percorrida por Aline para ir de sua casa até a praça sabendo que BC e EF são proporcionais a CD e DE. QiD 1 9º ANO PARTE 4 MATEMÁTICA 1. (1,0) A imagem abaixo representa uma horta que Patrícia dividiu paralelamente em canteiros para plantar alface, cebolinha e almeirão. Patrícia cercou a horta com tela.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO DE011- DESENHO A MAO LIVRE 1 OBRIGATÓRIO 1 0 60 60 2 DESENVOLVIMENTO DO TRAÇADO INDIVIDUAL, SEM UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTO DE DESENHO, EM PRÁTICAS EXECUTADAS A LÁPIS NO PAPEL

Leia mais

INSTRUÇÕES. mais próximo que tome as providências cabíveis. feita no decorrer do teste.

INSTRUÇÕES. mais próximo que tome as providências cabíveis. feita no decorrer do teste. INSTRUÇÕES 1 Este caderno é constituído de quatro questões. 2 Caso o caderno de prova esteja incompleto ou tenha qualquer defeito, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as providências cabíveis.

Leia mais

LINGUAGEM ARQUITETÔNICA DESENHO GEOMÉTRICO

LINGUAGEM ARQUITETÔNICA DESENHO GEOMÉTRICO LINGUAGEM ARQUITETÔNICA E DESENHO GEOMÉTRICO O QUE FAREMOS POR AQUI? Linguagem Arquitetônica: Diz respeito à área de estudos de linguagens de construção à transmissão da arquitetura como forma de conhecimento.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DESIGN

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DESIGN MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DESIGN (Vigência a partir do segundo semestre de 2007) Fase Cód. Disciplinas Pré- Requisito Créditos Carga Horária 01 Integração ao Ensino Superior 1 18 02 Oficinas de Integração

Leia mais

Índice 7º ANO 2009/2010 ESCOLA BÁSICA 1, 2, 3 / JI DE ANGRA DO HEROÍSMO PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO VISUAL

Índice 7º ANO 2009/2010 ESCOLA BÁSICA 1, 2, 3 / JI DE ANGRA DO HEROÍSMO PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO VISUAL Índice COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS da EDUCAÇÃO ARTÍSTICA Competências Gerais e Específicas da Educação Artística Dimensões das Competências Específicas Competências Especificas do 3º ciclo - Visual Competências

Leia mais

UFT/COPESE Vestibular

UFT/COPESE Vestibular QUESTÃO 01 João Filgueiras Lima (1932-2014), apelidado Lelé, foi um arquiteto que participou como protagonista no movimento moderno da arquitetura brasileira. Atuou em diversos projetos, em diferentes

Leia mais

DESENHO DE OBSERVAÇÃO

DESENHO DE OBSERVAÇÃO QUESTÃO 1 DESENHO DE OBSERVAÇÃO Tendo como motivação as imagens abaixo, desenhe, no espaço reservado da página seguinte, o que está apresentado à sua frente, buscando, sobretudo, registrar o movimento.

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES ENSINO FUNDAMENTAL

PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES ENSINO FUNDAMENTAL PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES ENSINO FUNDAMENTAL A maior conquista do ser humano, é a sabedoria que ele adquiri. (Dri) Taquarussu- MS 2.011 PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES ENSINO FUNDAMENTAL ANO: 2 TURNO: MATUTINO

Leia mais

FORRÓ ANJO AZUL - UMA TRAJETÓRIA DE SUCESSO

FORRÓ ANJO AZUL - UMA TRAJETÓRIA DE SUCESSO RELEASE FORRÓ ANJO AZUL - UMA TRAJETÓRIA DE SUCESSO Donos de Hits já conhecidos no meio do forró, quando se fala em FORRÓ ANJO AZUL logo vem em mente inovação musical. Com bastante trabalho e dedicação

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. 2 a Etapa PERCEPÇÃO VISUAL Vestibular habilidades específicas SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da

Leia mais

2- ORIENTE-se com o seu professor(a) sobre a ordem das questões que serão realizadas;

2- ORIENTE-se com o seu professor(a) sobre a ordem das questões que serão realizadas; ATIVIDADE 1 Ensino Fundamental 8º e 9º anos Língua Portuguesa Conteúdo: Atividade do livro Que rock é esse? Caros alunos, Esta é uma atividade sobre o livro Que rock é esse?. Os procedimentos necessários

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE PLANO DE EXECUÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR INDIVIDUAL E COLETIVO/LISTA DE MATERIAIS 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 2017 UNIDADE MATERIAIS QUANTIDADE ATIVIDADE EM QUE SERÁ UTILIZADO

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 9ºANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 9ºANO PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 9ºANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno è capaz de: identificar a evolução histórica dos elementos de construção e representação da perspetiva; distinguir

Leia mais

Linguagem fotográfica

Linguagem fotográfica Linguagem fotográfica Composição Arranjo visual dos elementos, e o equilíbrio é produzido pela interação destes componentes visuais. i PENSE PRIMEIRO FOTOGRAFE DEPOIS Fotografia confusa com vários elementos

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano 2016/2017 Projecto 1: IDENTIFICAÇÂO DA CAPA INDIVIDUAL Objetivo Geral: Com o recurso de uma foto do estudante e uma imagem de gosto pessoal através da técnica da colagem resultará

Leia mais

Prova Prática de Desenho A

Prova Prática de Desenho A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Prática de Desenho A 12.º Ano de Escolaridade Prova 706/2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância: 30

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL. Ajustamento do programa de Educação Visual 3º Ciclo

EDUCAÇÃO VISUAL. Ajustamento do programa de Educação Visual 3º Ciclo EDUCAÇÃO VISUAL Ajustamento do programa de Educação Visual 3º Ciclo Ajustamento do programa da disciplina de Educação Visual - 3º Ciclo O ajustamento do programa da disciplina de Educação Visual foi elaborado

Leia mais

Vamos conhecer um pouco mais sobre esta Cidade?

Vamos conhecer um pouco mais sobre esta Cidade? Vamos conhecer um pouco mais sobre esta Cidade? 1 - O Brasil é dividido em Estados. E cada Estado, em Cidades. Você sabe em que Estado fica a Cidade do Rio de Janeiro? Pinte-o de azul. MAPA DO BRASIL Você

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM Educação Visual 6º ano 1ºPERÍODO

ROTAS DE APRENDIZAGEM Educação Visual 6º ano 1ºPERÍODO ROTAS DE APRENDIZAGEM 2016-2017 Educação Visual 6º ano 1ºPERÍODO Projeto 1 Executar uma capa individual - Decorar e identificar a capa Tema: desafia-te a fazer Maravilhas TEMPO PREVISTO - 3 quinzenas -

Leia mais

O Errado Que Deu Certo: Videoclipe Com Narração Documental 1. Bruna Dutra SAQUY 2 José Elias MENDES NETO 3 Rafael Duarte Oliveira VENANCIO 4

O Errado Que Deu Certo: Videoclipe Com Narração Documental 1. Bruna Dutra SAQUY 2 José Elias MENDES NETO 3 Rafael Duarte Oliveira VENANCIO 4 O Errado Que Deu Certo: Videoclipe Com Narração Documental 1 Bruna Dutra SAQUY 2 José Elias MENDES NETO 3 Rafael Duarte Oliveira VENANCIO 4 Vanessa Matos dos SANTOS 5 Ana Cristina SPANNENBERG 6 Mirna TONUS

Leia mais

COMO FAZER UM FANZINE. Equipe de História e Geografia

COMO FAZER UM FANZINE. Equipe de História e Geografia COMO FAZER UM FANZINE Equipe de História e Geografia TEMA E CONTEÚDO PASSO 01 Definir o tema e o conteúdo do fanzine Escolher a forma como serão abordados Utilizar em diferentes gêneros textuais PROJETAR

Leia mais

CRITÉRIOS/INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DO 1ºCICLO

CRITÉRIOS/INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DO 1ºCICLO CRITÉRIOS/INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DO 1ºCICLO CRITÉRIOS/INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO - 1ºAno e 2ºAno de escolaridade Domínios Competências Avaliação Sabe escutar para reproduzir pequenas mensagens e para

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 7ºANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 7ºANO PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 7ºANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno è capaz de: Diferenciar materiais básicos de desenho técnico na representação e criação de formas. Desenhar objetos

Leia mais

Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura

Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura Plínio Santos Filho, Ph.D. Cabeça e Pescoço Este Caderno de Exercícios serve a duas funções: a) apresenta uma pequena seleção de pranchas anatômicas

Leia mais

E D U C A Ç Ã O V I S U A L

E D U C A Ç Ã O V I S U A L Ano Letivo: 01 / 0 CRITÉRIOS DE PERFIS DE.º A N O Conhece materiais riscadores e respetivos suportes físicos. Domina materiais básicos de desenho técnico. Domina a aquisição de conhecimento prático. Compreende

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2017/2 Cursos Técnicos Concomitantes/Subsequentes Design de Móveis Campus Juiz de Fora

PROCESSO SELETIVO 2017/2 Cursos Técnicos Concomitantes/Subsequentes Design de Móveis Campus Juiz de Fora Questão 01: Observe, atentamente, a imagem da Poltrona VK de balanço Couro e Madeira Imbuia maciça Desmobilia, projetada na tela à sua frente. Em seguida, desenhe, à mão livre, esse móvel representando

Leia mais

A escala de Língua Portuguesa para o 3º ano do Ensino Médio

A escala de Língua Portuguesa para o 3º ano do Ensino Médio A escala de Língua Portuguesa para o 3º ano do Ensino Médio LÍNGUA PORTUGUESA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO (continua) 1 225-250 2 250-275 3 275-300 4 300-325 Nesse nível, o estudante pode ser capaz de identificar

Leia mais

Descrição da Escala Língua Portuguesa - 7 o ano EF

Descrição da Escala Língua Portuguesa - 7 o ano EF Os alunos do 7º ano do Ensino Fundamental 150 identificam a finalidade de produção do texto, com auxílio de elementos não verbais e das informações explícitas presentes em seu título, em cartaz de propaganda

Leia mais

O som de uma geração. A voz de uma legião. 1

O som de uma geração. A voz de uma legião. 1 O som de uma geração. A voz de uma legião. 1 Fernando de Almeida ALFARO 2 Fernanda Medeiros 3 Diego LEONARDO³ Elisabete Cristina do NASCIMENTO³ Kátia Pellici CEMBRONE 4 Universidade Cruzeiro do Sul, São

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 5ºANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 5ºANO PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 5ºANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: Distinguir características de vários materiais riscadores (lápis de grafite, lápis de cor, lápis de cera,

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Maternal 3 1º Período Conteúdo

Leia mais

Descrição da Escala Língua Portuguesa - 5 o ano EF

Descrição da Escala Língua Portuguesa - 5 o ano EF Os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental < 125 identificam o sentido de expressão típica da fala coloquial utilizada em segmento de história em quadrinhos; e o local em que se desenrola o enredo, em anedota.

Leia mais

MANUAL DO CANDITADO VESTIBULAR 2016/2

MANUAL DO CANDITADO VESTIBULAR 2016/2 MANUAL DO CANDITADO VESTIBULAR 2016/2 Prezado Candidato, O objetivo deste manual é orientar e aperfeiçoar o processo de sua participação no Vestibular Belas Artes 2016/1. Ressaltamos a importância de lê-lo

Leia mais

Planificação Anual do Ensino Aprendizagem Educação Visual - 7º Ano 2011/2012

Planificação Anual do Ensino Aprendizagem Educação Visual - 7º Ano 2011/2012 Planificação Anual do Ensino Aprendizagem Educação Visual - 7º Ano 2011/2012 Unidade Didáctica Apresentação Teste Diagnóstico PLANIFICAÇÃO - 1º PERÍODO :: Professor(a) Estagiária: Ana Sofia Gomes de Jesus

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional Sequencia Didática destinada aos Anos Finais do Ensino

Leia mais

Olá alunos do 3º ano!

Olá alunos do 3º ano! Aluno(a): Nº TRABALHO 2º BIMESTRE Disciplina: ARTE Professor(a): Vitória e Carolina Data: Turma: 3º Anos A, B e C Olá alunos do 3º ano! Podemos sentir a textura passando as mãos nas paredes, nos tecidos

Leia mais

ORIENTAÇÕES PROJETO MOLLA ANO

ORIENTAÇÕES PROJETO MOLLA ANO Centro Educacional La Salle Av. Dom Pedro I, 151 Bairro Dom Pedro Manaus/AM Fone: (92) 3655-1200 E-mail: lasalle.manaus@lasalle.org.br ALUNO (A): DISCIPLINA Língua Portuguesa / Língua Inglesa / Arte S

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 7.º ANO DE EDUCAÇÃO VISUAL 7.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: Diferenciar materiais básicos de desenho técnico na representação e criação de formas. Desenhar objetos simples presentes

Leia mais

Textos teóricos como base para discussão e conceituação do conteúdo proposto como exercício prático.

Textos teóricos como base para discussão e conceituação do conteúdo proposto como exercício prático. DI81C - Disciplina de Desenho Gráfico e de Observação Planejamento Semestral Objetivo da disciplina Desenvolver a capacidade do traçado à mão livre de maneira que o aluno tenha noções básicas de proporção,

Leia mais

CONCURSO DE LOGOTIPO E SLOGAN COMEMORATIVOS

CONCURSO DE LOGOTIPO E SLOGAN COMEMORATIVOS EDITAL 001/2016 Celebrando os 100 anos com gratidão, o presente com paixão e o futuro com esperança. CONCURSO DE LOGOTIPO E SLOGAN COMEMORATIVOS 1 - Introdução: A Rede Passionista de Educação através das

Leia mais

1 Computação (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto:

1 Computação (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto: 1 N.º Nome completo: Curso: Foto: 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

Leia mais

Manual Logomarca ITAC Sistemas de Gestão

Manual Logomarca ITAC Sistemas de Gestão Pág.: 1/5 Elaboração / Revisão Análise Crítica e Aprovação Data Priscilla Marques Representante da Direção Fabio Eduardo Barbosa Executivo Sênior 09/03/2017 1. ESCOPO Este manual aplica-se às empresas

Leia mais

ARTES CÊNICAS Cenografia: Segunda-feira 16h55 às 18h30 14 vagas Dramaturgia I: Segunda-feira 18h35 às 20h10 15 vagas Dramaturgia II:

ARTES CÊNICAS Cenografia: Segunda-feira 16h55 às 18h30 14 vagas Dramaturgia I: Segunda-feira 18h35 às 20h10 15 vagas Dramaturgia II: ARTES CÊNICAS Cenografia: A disciplina trabalhará a criação da cenografia para um espetáculo teatral. Desenvolverá os processos de análise dramatúrgica, pesquisa sobre as especificidades do texto teatral,

Leia mais

XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ANATOMIA XXXIX CONGRESSO CHILENO DE ANATOMIA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE BIOESTRUTURA EXPERIMENTAL

XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ANATOMIA XXXIX CONGRESSO CHILENO DE ANATOMIA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE BIOESTRUTURA EXPERIMENTAL XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ANATOMIA XXXIX CONGRESSO CHILENO DE ANATOMIA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE BIOESTRUTURA EXPERIMENTAL IV ENCONTRO DAS LIGAS ESTUDANTIS DE MORFOLOGIA Anatomia: A Arte na Essência

Leia mais

TEORIA DO DESIGN. Aula 03 Composição e a História da arte. Prof.: Léo Diaz

TEORIA DO DESIGN. Aula 03 Composição e a História da arte. Prof.: Léo Diaz TEORIA DO DESIGN Aula 03 Composição e a História da arte Prof.: Léo Diaz O QUE É ARTE? Definição: Geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa,

Leia mais

PROJETO DE DECORAÇÃO

PROJETO DE DECORAÇÃO CONCURSO PUBLICO EBA/UFBA EDITAL 03/2011 Critérios de avaliação das provas teórico-práticas das matérias do DEPARTAMENTO I HISTÓRIA DA ARTE E PINTURA PROVA TEÓRICO-PRÁTICA PROJETO DE DECORAÇÃO Adequação

Leia mais

2.ª Certificação. Arquitetura e Urbanismo Prova de Habilidades Específicas. Específica de Habilidade LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

2.ª Certificação. Arquitetura e Urbanismo Prova de Habilidades Específicas. Específica de Habilidade LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO Quando autorizado pelo chefe de sala, no momento da identificação, escreva, no espaço apropriado abaixo, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase: 2 Na duração da prova, está incluído o tempo destinado

Leia mais

Rock and Roll: Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI, Indaial, SC RESUMO

Rock and Roll: Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI, Indaial, SC RESUMO Rock and Roll: Capa de CD 1 Maikon Thiago Gebauer SCHULZ 2 Rafael Felippe MAUS 3 Márcio José Ramos GONZAGA JÚNIOR 4 Stéffani Gomes PERES 5 Deivi Eduardo OLIARI ³ Renato Emydio da SILVA JÚNIOR 6 RESUMO

Leia mais

Bar e restaurante São Dom Dom

Bar e restaurante São Dom Dom Bar e restaurante São Dom Dom O Bar São Dom Dom foi fundado em 2000 pelo casal Claudio Schot e Solanges Pimentel pela necessidade, pois não exis>a na época nenhum lugar bom para ouvir música e beber uma

Leia mais

PRAÇA SARAIVA, CENTRO CEP.: TERESINA - PIAUÍ Página 1

PRAÇA SARAIVA, CENTRO CEP.: TERESINA - PIAUÍ Página 1 AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 II TRIMESTRE 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL PROFª TÁCIA/ DEYLLEN/ ANA LÚCIA/ CLÁUDIA/ LUCIANA/ SILVIA PROJETO FESTAS JUNINAS - AVALIAÇÃO PARCIAL Apresentação: A Avaliação

Leia mais

FESTIVAL MERGULHE NA MÚSICA

FESTIVAL MERGULHE NA MÚSICA FESTIVAL MERGULHE NA MÚSICA SHOWS OFICINAS BRINCADEIRA 01 MÚSICA PARA CRIANÇA GOSTAR DE MÚSICA DESDE A PRIMEIRA CANTIGA DE NINAR A MÚSICA FAZ PARTE DA VIDA DE TODOS: BRINCADEIRAS, FESTAS, AMORES E LEMBRANÇAS

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS TEÓRICO-PRÁTICAS MATÉRIA - PROJETO DE DECORAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS TEÓRICO-PRÁTICAS MATÉRIA - PROJETO DE DECORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE BELAS ARTES CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CAMPI DE SALVADOR - EDITAL Nº 03/2011 DEPARTAMENTO I - HISTORIA DA ARTE E PINTURA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Leia mais

L ngua Portuguesa INTRODUÇÃO

L ngua Portuguesa INTRODUÇÃO Programação 1º- ao5º-ano INTRODUÇÃO Ser leitor-escritor competente nos dias de hoje é uma das condições básicas para uma participação social efetiva. Assim, cabe à escola rever seus currículos e estar

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 2016/ 2017 ANO: 5 º de Escolaridade

EDUCAÇÃO VISUAL 2016/ 2017 ANO: 5 º de Escolaridade EDUCAÇÃO VISUAL 2016/ 2017 ANO: 5 º de Escolaridade ANO: 5º EDUCAÇÃO VISUAL Plano Anual Ano letivo: 2016/2017 DOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO RESULTADOS PRETENDIDOS CONTEÚDOS Técnica

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL - 8º ano

EDUCAÇÃO VISUAL - 8º ano EDUCAÇÃO VISUAL - 8º ano 2016/2017 Rotas de Aprendizagem mesquita.beta@gmail.com Profª Elisabete Mesquita Projeto 1: ANIMAÇÃO GRÁFICA DA CAPA Objetivo Geral: Reinventar uma foto do aprendente através do

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula você aprenderá um método de representar objetos e figuras em perspectiva utilizando uma figura simples como guia, o cubo. O objetivo deste método é facilitar a aplicação da perspectiva em

Leia mais

BANDA DRUM CORPS PIRRÓ Programa Mais Educação. Sala 2 Interdisciplinar EF I. E.E Profa. Flávia Vizibelli Pirró

BANDA DRUM CORPS PIRRÓ Programa Mais Educação. Sala 2 Interdisciplinar EF I. E.E Profa. Flávia Vizibelli Pirró BANDA DRUM CORPS PIRRÓ Programa Mais Educação Sala 2 Interdisciplinar EF I E.E Profa. Flávia Vizibelli Pirró Professor (es) Apresentador (es): Renata Betareli Realização: Justificativa Oferta, aos alunos,

Leia mais

SUGESTÕES PARA ESCREVER MELHOR

SUGESTÕES PARA ESCREVER MELHOR SUGESTÕES PARA ESCREVER MELHOR Trueffelpix / Shutterstock.com A MELHOR MANEIRA DE APRIMORAR A ESCRITA É... ESCREVENDO! Nas telas seguintes você conhecerá algumas estratégias interessantes para desenvolver

Leia mais

Cronograma de Atividades 2º Bimestre - 9º Ano / E.F

Cronograma de Atividades 2º Bimestre - 9º Ano / E.F Cronograma de Atividades 2º Bimestre - 9º Ano / E.F. - 2017 Geografia Data da Pontuação Atividade Descrição Observação realização 09/06 4,0 Avaliação Mensal Individual e sem consulta. 25/05 3,0 Trabalho

Leia mais

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Fundamental (6º Ano )

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Fundamental (6º Ano ) Ensino Fundamental (6º Ano ) Língua Portuguesa Em Língua Portuguesa (com foco em leitura) serão avaliadas habilidades e competências, agrupadas em 9 tópicos que compõem a Matriz de Referência dessa disciplina,

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE COLÉGIO NOSSA SENHORA DA SOLEDADE PLANO DE EXECUÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR INDIVIDUAL E COLETIVO/LISTA DE MATERIAIS GRUPO 4 EDUCAÇÃO INFANTIL 2017 UNIDADE MATERIAIS QUANTIDADE ATIVIDADE EM QUE SERÁ UTILIZADO

Leia mais

ESCOLA ADVENTISTA DE SÃO BRÁS ESCOLA LIMPA, RESPONSABILIDADE DE TODOS!

ESCOLA ADVENTISTA DE SÃO BRÁS ESCOLA LIMPA, RESPONSABILIDADE DE TODOS! ESCOLA ADVENTISTA DE SÃO BRÁS ESCOLA LIMPA, RESPONSABILIDADE DE TODOS! SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL 2012 Este projeto foi elaborado pela Escola Estadual Esterina Placco situada na cidade de São Carlos-SP

Leia mais

Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras.

Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras. As cores Atividade 1 Atividade 2 Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras. Confecção do disco das cores. Materiais Papel branco, tinta guache, pincel, cola tesoura

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Para avançar o estudo sobre os pontos de fuga, torna-se fundamental conhecer previamente as bases principais de composição geométrica dos objetos, para posteriormente poder representar os objetos em

Leia mais

REGULAMENTO DO I CONCURSO DE POESIA, CARTAZ E DESENHO.

REGULAMENTO DO I CONCURSO DE POESIA, CARTAZ E DESENHO. REGULAMENTO DO I CONCURSO DE POESIA, CARTAZ E DESENHO. O 1º Concurso de Poesia, Cartaz e Desenho é uma promoção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima-IFRR/Campus Boa Vista,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL - 7.º ANO DE EDUCAÇÃO VISUAL - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: criação de. Desenhar objetos simples presentes no espaço envolvente, utilizando materiais básicos de desenho técnico.

Leia mais

Plano de aulas. Curso Referencial UM e DOIS

Plano de aulas. Curso Referencial UM e DOIS Plano de aulas. Curso Referencial UM e DOIS Abra os seus olhos. Descubra lugares e coisas que ama com cada foto que faz! Curso de Fotografia Referencial um Abra os seus olhos. Descubra lugares e coisas

Leia mais

PLANEJAMENTO (Textos Jornalísticos) - Incentivar a criatividade na produção escrita e na oralidade através de textos jornalísticos.

PLANEJAMENTO (Textos Jornalísticos) - Incentivar a criatividade na produção escrita e na oralidade através de textos jornalísticos. PLANEJAMENTO (Textos Jornalísticos) Professor (a): Taciane Tonin Sgarabotto Diferentes portadores de texto: FOLDERS/CONVITES/CARTAZES/RÓTULOS /RECEITAS/PROPAGANDA Competências Oralidade; produção textual;

Leia mais

ANEXO 1 EDITAL DE CHAMAMENTO PARA AÇÃO DO CORAÇÃO

ANEXO 1 EDITAL DE CHAMAMENTO PARA AÇÃO DO CORAÇÃO ANEXO 1 EDITAL DE CHAMAMENTO PARA AÇÃO DO CORAÇÃO 2017 Normas para Realização da Ação do Coração em Outras Cidades Normas para Realização da Ação do Coração em Outras Cidades O objetivo da presente norma

Leia mais

Em clima de Natal, o público terá diversas opções de lazer neste final de semana. Entre

Em clima de Natal, o público terá diversas opções de lazer neste final de semana. Entre Cuiabá tem eventos na Arena, Vila do Natal, Legião Urbana e exposições Vem para a Arena tem peças de teatro e Almir Sater neste final de semana. Marcelo Bonfá e Dado Villalobos apresentam Legião Urbana

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PRODUÇÃO TEXTUAL 4º BIM/2016 3º ANO TEMA: Escolha um personagem de um dos livros que você leu neste bimestre e conte o que ele faz na história. mão das características específicas

Leia mais

Introdução à Arquitetura de Interiores. Antonio Castelnou

Introdução à Arquitetura de Interiores. Antonio Castelnou Introdução à Arquitetura de Interiores Antonio Castelnou CASTELNOU Apresentação Ao se observar a vida humana, verifica-se que, na maior parte de seu tempo, esta ocorre em espaços interiores ou fechados,

Leia mais

fazer a mente e corpo se moverem.

fazer a mente e corpo se moverem. Treze Provisório 13 Treze Provisório Todo mundo tem seu preço é o título do disco de estreia da banda mineira Treze Provisório, lançado em abril de 2015. Pop, rock, reggae e MPB se unem a referências locais,

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I Maceió, 16 de julho de 2016. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I Senhores pais ou responsáveis Estamos iniciando o terceiro bimestre letivo e gostaríamos de informar-lhes sobre os projetos que serão

Leia mais

[:pb]as múltiplas influências do jazz na música da África do Sul[:]

[:pb]as múltiplas influências do jazz na música da África do Sul[:] [:pb]as múltiplas influências do jazz na música da África do Sul[:] por Por Dentro da África - quarta-feira, outubro 05, 2016 http://www.pordentrodaafrica.com/africa-do-sul-musica/as-multiplas-influencias-do-jazz-na-musica-daafrica-do-sul

Leia mais

DA GRANDE ARTE AO LIXO POP

DA GRANDE ARTE AO LIXO POP DA GRANDE ARTE AO LIXO POP O homem enquanto ser dotado de habilidades imprevisíveis e criativas deixou de explorar e/ou apreciar a verdadeira Arte digna de tal nome. Ou seja, a humanidade se encontra num

Leia mais

DESIGN Curso de Design de Comunicação / Curso de Design de Animação e Multimédia

DESIGN Curso de Design de Comunicação / Curso de Design de Animação e Multimédia DESIGN Curso de Design de Comunicação / Curso de Design de Animação e Multimédia ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA MAIORES DE 23 ANOS Ano lectivo: 2015/2016 Data: 8 de Junho de 2015 Duração: 3h00m Valor total

Leia mais

Vestibular UFMG 2017 FORMAÇÃO INTERCULTURAL PARA EDUCADORES INDÍGENAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Vestibular UFMG 2017 FORMAÇÃO INTERCULTURAL PARA EDUCADORES INDÍGENAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FORMAÇÃO INTERCULTURAL PARA EDUCADORES INDÍGENAS Provas em Língua Portuguesa habilidades nas áreas de conhecimentos E DE língua portuguesa REDAÇÃO Vestibular SÓ ABRA

Leia mais

A avaliação no 1º Ciclo do Ensino Básico

A avaliação no 1º Ciclo do Ensino Básico DEPARTAMENTO DO 1º CICLO Aprovados em reunião do Departamento do 1º ciclo no dia 06 de outubro de 2016. A avaliação no 1º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo 2016/2017 A Avaliação no 1º Ciclo 1. Objetivos

Leia mais

FAZENDO A R T E COM TARSILA

FAZENDO A R T E COM TARSILA FAZENDO A R T E COM TARSILA Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Subsídios para implementação do Plano de Curso de Educação Artística Ensino

Leia mais

Matriz da Prova Global do Agrupamento. Matemática - 6.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. Direção de Serviços Região Algarve

Matriz da Prova Global do Agrupamento. Matemática - 6.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. Direção de Serviços Região Algarve Matriz da Prova Global do Agrupamento Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul Matemática - 6.º Ano Tipo de prova: Teórica Matriz: A,B,C Duração: 60 minutos Figuras geométricas

Leia mais

A partir da experiência de contato com o sistema incorporais e mais precisamente do cenário Muiraquitã, foi pretendido estender essa experiência ao

A partir da experiência de contato com o sistema incorporais e mais precisamente do cenário Muiraquitã, foi pretendido estender essa experiência ao A partir da experiência de contato com o sistema incorporais e mais precisamente do cenário Muiraquitã, foi pretendido estender essa experiência ao nível do meta-jogo, dando assim mais consistência à mesma.

Leia mais

SHOW DE TALENTOS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ 2016

SHOW DE TALENTOS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ 2016 SHOW DE TALENTOS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ 2016 APRESENTAÇÃO O Evento "Show de Talentos 2016" tem por objetivo descobrir novos talentos no Colégio Agostiniano São José, divulgar habilidades artísticas,

Leia mais