SEGUNDAS E QUARTAS: 10 às 12h

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEGUNDAS E QUARTAS: 10 às 12h"

Transcrição

1 1 PROFESSOR: CAPOEIRA ANGOLA JOSÉ DAMIRO DE MORAES SEGUNDAS E QUARTAS: 10 às 12h SALA: 302 Não há NÚMERO DE VAGAS 30 EMENTA: Introdução do aprendizado da Capoeira Angola, através de seus elementos básicos, preparação e expressão corporal, golpes, cantos, instrumentos e seus toques, jogo. Estudo do processo histórico e ritual de seu desenvolvimento.

2 2 PROFESSOR: SALA IMPROVISAÇÃO TEATRAL IREMAR BRITO Quarta-feira das 9 às 13 horas Sala Ester Leão Interpretação I e II / ou / Atuação Cênica I e II NÚMERO DE VAGAS 20 EMENTA Estudos teóricos e práticos sobre a linguagem teatral do século XX e suas relações com a improvisação. O teatro como um jogo surgerido nas improvisações e o ator como um jogador. Experimentaçãos das mais diversas formas de improvisação, dos jogos temáticos à criação do texto.

3 3 PROFESSORES: SALA NÚMERO DE VAGAS TEATRO DO OPRIMIDO DE AUGUSTO BOAL I INTRODUÇÃO Prof. Dr. Licko Turle QUINTAS: 9h às 13h 301 Nenhum 30 vagas EMENTA Curso prático de introdução ao método do Teatro do Oprimido de Augusto Boal, onde o aluno obterá informação sobre as suas diferentes técnicas, como: Jogos e Exercícios, Teatro-fórum, Teatro-Jornal, Arco-íris do desejo, Teatro Invisível, Teatro Imagem e Estética do Oprimido; todas já publicadas pelo mesmo em seus livros, traduzidos em mais de 35 línguas diferentes e praticado, atualmente, em 77 países.

4 4 PROFESSORA: SALA NÚMERO DE VAGAS LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO HOLO-ARTE DENISE TELLES N. HOFSTRA TERÇAS: 19 às 23 horas Sala Nelly Laport Entrevista + Pré-projeto 10 alunos EMENTA Investigação de processos criativos em Multilinguagens e Multimídia, focando nas relações entre corpo som imagem - encenação. Estudo das conexões entre Multimídia e o conceito de Arte total, abordando o hibridismo de linguagens na arte contemporânea (teatro, dança, cinema, vídeo, literatura, arquitetura, fotografia e a dinâmica da imagem, pintura, música, instalações cênicas), considerando o imaginário do movimento em culturas e realidades plurais. Pesquisa das relações ator - diretor em processos de criação e encenação no cinema e no teatro, investigando o Cinema- Dança de Maya Deren, as performances de corpo som - imagem de Laurie Anderson, dos processos criativos em Arte Total de Robert Wilson e de criadores contemporâneos que contemplam o diálogo com multilinguagens em diversas culturas. Este espaço se estrutura como um Laboratório de Pesquisa Multidisciplinar, focando no diálogo entre diversas artes e suas intervenções na contemporaneidade. O processo é prático e teórico, (com a participação de professores e artistas convidados), e estabelece parcerias com espaços e instituições artísticas diversas. O Laboratório tem por objetivo o desenvolvimento de pesquisas individuais e colaborativas, em que o pesquisador concebe e desenvolve um projeto próprio, e dialoga com um projeto coletivo. Este Laboratório integra o projeto transdisciplinar de ensino, pesquisa e extensão Laboratório de Criação Hólos - Arte: multilinguagens & ciências relacionais nos processos criativos em Arte, Ciência e Tecnologia, coordenado pela Profa. Dra. Denise Telles Nascimento Hofstra.

5 5 PROFESSOR: SALA ENCENAÇÃO ELZA DE ANDRADE Terça-feira das 15 às 19 horas Sala Lucília Perez Interpretação I e II / ou / Atuação Cênica I e II NÚMERO DE VAGAS 10 ESTA DISCIPLINA OPTATIVA FAZ PARTE DO EIXO PRÁTICA DE ATUAÇÃO PARA OS ALUNOS DO NOVO CURRÍCULO DO BACHARELADO EM ATUAÇÃO CÊNICA. EMENTA Conteúdos e metodologias para a montagem de um espetáculo teatral na escola, com ênfase no processo colaborativo de construção do resultado final. Estudos e práticas a partir do teatro épico de Brecht, jogos e técnicas do Teatro do Oprimido de Augusto Boal, e do Drama como método de ensino de Dorothy Heathcote.

6 6 NOME DA DISCIPLINA: PROFESSORA: JOGO TEATRAL NO ESPAÇO URBANO LILIANE MUNDIM SEXTAS: 9 às 13h SALA 301 Não há NÚMERO DE VAGAS 20 EMENTA Diferentes abordagens do fazer teatral, inseridas na perspectiva da Pedagogia do Teatro e seus pressupostos metodológicos, tendo como foco e perspectiva de trabalho, o espaço urbano da cidade como campo de investigação, categoria, conceito e principalmente, indutor e instigador de jogo; utilizando como metodologia os indutores apontados por Jean Pierre Ryngaert. Tem como objetivos pesquisar/analisar e refletir sobre os diferentes aspectos da cidade do Rio de Janeiro, em seus contextos sócio-histórico-culturais, focando nas transformações urbanas pelas quais a cidade vem passando; investigar/experimentar diferentes abordagens metodológicas do fazer teatral tendo o espaço da cidade como lócus de experimentação; identificar, analisar e diferenciar as ocupações artísticas que se utilizam da cidade como palco para encenações.

7 7 PROFESSOR: CRIAÇÃO E COMPOSIÇÃO CÊNICA RAISA MOUSINHO Quinta-feira das 9h às 13 horas SALA 302 Não há NÚMERO DE VAGAS 20 EMENTA O curso pretende explorar as capacidades expressivas e criativas do corpo, percorrendo algumas metodologias de trabalho do ator que tocam na auto-revelação, dinamização de energias potenciais, articulação dos códigos, construção de signos e criação de sentidos, a fim de fortalecer a técnica pessoal de trabalho. Os encontros serão construídos por momentos de estudo teórico e prático em que serão pesquisadas a construção e desconstrução de ações, o fluxo energético do corpo, o estado de presença e a composição de sequências de movimento. O curso tem como foco o trabalho sobre as ações e a pesquisa pessoal de ator.

8 8 NOME DA DISCIPLINA: PROFESSORA: PROCESSO CRIATIVO DA CARACTERIZAÇÃO MONA MAGALHÃES TERÇAS: 15h às 19h SALA 303 NÚMERO DE VAGAS Caracterização I De acordo com o número de alunos envolvidos nas Práticas de Montagem do 2º semestre de 2016 EMENTA Criação e execução da caracterização para as práticas de montagem. ANTES DE SE INSCREVER É PRECISO CONVERSAR COM A PROFª. MONA MAGALHÃES NA SALA 303.

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS AULAS PR ART501 Jogos Teatrais I - 3 60 2 2 1º ART503 Expressão Vocal I - 3 60 2 2 1º ART507

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE LETRAS E ARTES ESCOLA DE TEATRO BACHARELADO EM ATUAÇÃO CÊNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE LETRAS E ARTES ESCOLA DE TEATRO BACHARELADO EM ATUAÇÃO CÊNICA 1 MAPA DE EQUIVALÊNCIAS ENTRE AS S PERÍODO AIT0001 Interpretação I AIT0074 Atuação Cênica I AIT0008 AEM0032 ATT0046 ATT0020 AEM0007 ADR0031 ADR0001 Expressão Corporal I Música e Ritmo Cênico I Fundamentos

Leia mais

BIMESTRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA TEATRO PARA O ENSINO MÉDIO

BIMESTRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA TEATRO PARA O ENSINO MÉDIO BIMESTRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA TEATRO PARA O ENSINO MÉDIO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO 1º Bimestre Para o 1º Ano do Ensino Médio, propomos o estudo do Teatro Popular Tradicional, uma modalidade de representação

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD Professor-Carlos Juscimar de Souza Série: 1º Turma:D Período:NOTURNO Ano: 2014 ESTRUTURANTE: ESPECÍFICO: Objetivo/Justificativa Metodologia Critério de. História Conhecer, contextualizar e da Arte: desenvolver

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 055/2005-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 055/2005-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 055/2005-COU/UNICENTRO ESTA RESOLUÇÃO ESTÁ REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 23/2009-COU/ UNICENTRO. Aprova o Currículo do Curso de Graduação em Arte-Educação da UNICENTRO, Campus Universitário de

Leia mais

ANEXO I. QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I

ANEXO I. QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I ANEXO I QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I Desemho básico Desemho intermediário Desemho básico de observação Desenho de observação Fotografia

Leia mais

MOVIMENTA - Programação Geral

MOVIMENTA - Programação Geral Data Horários Descrição da atividade Dia 8 - Quarta Dia 9 - Quinta Dia 10 - Sexta 18h às 20h 13:30h às 15:30h 17h 18h Quarta Cultural Filme Atlântico Negro Na Rota dos Orixás Cine UNILAB (até o dia 31

Leia mais

Professor Temporário Graduação em Física (Licenciatura ou Bacharelado) Especialização em Supply Chain Management

Professor Temporário Graduação em Física (Licenciatura ou Bacharelado) Especialização em Supply Chain Management INFORMAMOS PARA FINS DE CONTRATAÇÃO, QUE APÓS O PERÍODO DE INSCRIÇÃO, A FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PARA AS VAGAS QUE TIVERAM APROVADOS NA SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA PROFESSOR TEMPORÁRIO 2012.2, OBJETO DO EDITAL

Leia mais

Unidade III METODOLOGIA E PRÁTICA DO ENSINO DA MATEMÁTICA E CÊ CIÊNCIASC. Prof. Me. Guilherme Santinho Jacobik

Unidade III METODOLOGIA E PRÁTICA DO ENSINO DA MATEMÁTICA E CÊ CIÊNCIASC. Prof. Me. Guilherme Santinho Jacobik Unidade III METODOLOGIA E PRÁTICA DO ENSINO DA MATEMÁTICA E CÊ CIÊNCIASC Prof. Me. Guilherme Santinho Jacobik O ensino de ciências segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais O ensino de Ciências tem

Leia mais

Currículo Referência em Dança Ensino Médio

Currículo Referência em Dança Ensino Médio Currículo Referência em Dança Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas Sugestão de Atividades - Conhecer a área de abrangência profissional da arte/dança e suas características;

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de Artes do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos / 2013

Conteúdo Básico Comum (CBC) de Artes do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos / 2013 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Profª Lourdes Sufredini Profª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio João

Leia mais

CURRÍCULO DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO ARTES - 6º ANO AO 9º ANO

CURRÍCULO DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO ARTES - 6º ANO AO 9º ANO Tipos de Letras Diferenciação entre o espaço bi e tridimensional, espaço e volume e suas conexões com as formas o espaço teatral, o corpo em movimento e o som no espaço. Cores Arte rupestre 6ª ANO 5ª SÉRIE

Leia mais

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO CURSO: JORNALISMO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: TEORIAS DA COMUNICAÇÃO Estudo do objeto da Comunicação Social e suas contribuições interdisciplinares para constituição de uma teoria da comunicação.

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA ICHLA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA Currículo Novo - 2010/02 - Noturno. RECONHECIMENTO RENOVADO PELA PORTARIA Nº 1.657, DE 07/10/2010 - D.O.U. DE 08/10/2010

Leia mais

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h]

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h] PORTUGUÊS: Módulo 1.1.: Textos de Carácter Autobiográfico 30 27,0 Módulo 1.2.: Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos 24 22,0 Módulo 1.3.: Textos dos Media I 24 22,0 Módulo 1.4.: Textos Narrativos

Leia mais

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Disciplina: Artes Curso: Técnico Em Eletromecânica Integrado Ao Ensino Médio Série: 1º Carga Horária: 67 h.r Docente Responsável: EMENTA O universo da arte, numa abordagem

Leia mais

Cauda de cometa. Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino

Cauda de cometa. Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino Cauda de cometa Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino Light Painting ou Pintura de luz é uma técnica fotográfica que permite captar

Leia mais

PEB II - ARTES PROFESSOR EM EDUCAÇÃO BÁSICA II DE ARTES

PEB II - ARTES PROFESSOR EM EDUCAÇÃO BÁSICA II DE ARTES PEB II - ARTES PROFESSOR EM EDUCAÇÃO BÁSICA II DE ARTES 01. A arte na contemporaneidade (e seu ensino) busca ser conectada à cultura e sua diversidade. Nesse sentido, para uma educação multicultural, é

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO DE DANÇA LICENCIATURA

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO DE DANÇA LICENCIATURA ESTRUTURA CURRICULAR CURSO DE DANÇA LICENCIATURA Código: 03 Matriz Curricular: DANÇA - Laranjeiras - Presencial - Noturno - Licenciatura Plena Período Letivo de Entrada em Vigor 2012-1 Carga Horária: Total

Leia mais

O ontem e o hoje no ensino de artes, suas diretrizes curriculares e as competências atuais do professor desta disciplina.

O ontem e o hoje no ensino de artes, suas diretrizes curriculares e as competências atuais do professor desta disciplina. O ontem e o hoje no ensino de artes, suas diretrizes curriculares e as competências atuais do professor desta disciplina. Daniela Pedroso Secretaria Municipal da Educação de Curitiba EQUIPE CLEONICE DOS

Leia mais

Luiza Alcântara expõe Adro no Plugminas

Luiza Alcântara expõe Adro no Plugminas Luiza Alcântara expõe Adro no Plugminas Enviado por Pessoa Comunicação e Relacionamento 12-Mai-2014 Pessoa Comunicação e Relacionamento O PlugMinas - Centro de Formação e Experimentação Digital recebe

Leia mais

1º Ao finalizar o 3º semestre do curso, os alunos optarão por cursar Artes Cênicas Licenciatura ou Artes Cênicas Bacharelado.

1º Ao finalizar o 3º semestre do curso, os alunos optarão por cursar Artes Cênicas Licenciatura ou Artes Cênicas Bacharelado. RESOLUÇÃO Nº 157 DE 06 DE SETEMBRO DE 2013. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA, no uso de suas atribuições legais e considerando o contido no Processo Nº. 23005.002262/2008-20, resolve:

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

ANEXO B INFORMAÇÕES PESSOAIS

ANEXO B INFORMAÇÕES PESSOAIS ANEXO B INFORMAÇÕES PESSOAIS Nome: Telefone: e-mail: 1. Sexo: a.( ) Masculino b. ( ) Feminino 2. Idade: a. ( ) 21 30 anos b. ( ) 31 40 anos c. ( ) 41 50 anos d. ( ) Mais de 50 anos FORMAÇÃO. Obs.: Caso

Leia mais

O JOGO DA PINTURA Wagner Barja 1

O JOGO DA PINTURA Wagner Barja 1 ensaio visual Elyeser Szturm, criador do projeto gráfico da Revista UFG, é artista plástico. Nascido em Goiânia, 1958, vive e trabalha em Brasília onde é professor da UnB. Principais prêmios: Prêmio de

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE SERVIÇO SOCIAL Introdução ao Serviço Social A prática profissional no Serviço Social na atualidade: o espaço sócioocupacional que a particulariza e identifica;

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM TEATRO DISCIPLINA: INTERPRETAÇÃO TEATRAL II Código: Créditos: 03 Carga Horária: 90h. Pré-requisito:

Leia mais

A partir de agora, será contada um pouco da trajetória artística do BANTARVI. MATERIAL PROMOCIONAL Página 1

A partir de agora, será contada um pouco da trajetória artística do BANTARVI.  MATERIAL PROMOCIONAL Página 1 A partir de agora, será contada um pouco da trajetória artística do BANTARVI www.bantarvi.com MATERIAL PROMOCIONAL Página 1 O diretor... ANTONIO CARLOS PIURES DO PRADO (Kaíto Prado) Breve Currículo: Objetivo

Leia mais

Jogo Coreográfico um exemplo co-autoral de protocolo de criação da dança carioca

Jogo Coreográfico um exemplo co-autoral de protocolo de criação da dança carioca Jogo Coreográfico um exemplo co-autoral de protocolo de criação da dança carioca Lígia Losada Tourinho UFRJ Palavras-chave: dramaturgia processo de criação interatividade Este é um artigo em primeira pessoa,

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Festival acontece esta semana em São Carlos e novamente ocupa o Parque do Bicão no final de semana

Festival acontece esta semana em São Carlos e novamente ocupa o Parque do Bicão no final de semana Festival acontece esta semana em São Carlos e novamente ocupa o Parque do Bicão no final de semana O Festival Multimídia Colaborativo CONTATO já um dos eventos culturais mais esperados do ano em São Carlos.

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL NÍVEL I EI1

EDUCAÇÃO INFANTIL NÍVEL I EI1 EDUCAÇÃO INFANTIL NÍVEL I 1 PROGRAMA ANUAL Projeto 1 Adivinharte Investigação em arte Leitura de imagem A pintura pintura a dedo Candido Portinari Cantigas de roda Integração de linguagens A lenda da sombra

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

ARTES. 4 o Bimestre 1. Instrumentos musicais 2. Classificação dos instrumentos musicais (sopro, percussão, cordas, eletrônico)

ARTES. 4 o Bimestre 1. Instrumentos musicais 2. Classificação dos instrumentos musicais (sopro, percussão, cordas, eletrônico) PREFEITURA MUNICIPAL DE POMERODE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO EMPREENDEDORA CNPJ 83.102.251/0001-04 Fone: (47) 3395-6300 E-mail: educacao@pomerode.sc.gov.br Rua 15 de Novembro, 649 Bairro Centro 89107-000

Leia mais

Minha, tua, nossa cadeira: desdobramentos do objeto

Minha, tua, nossa cadeira: desdobramentos do objeto Minha, tua, nossa cadeira: desdobramentos do objeto Ana Lúcia Pereira Ferreira de Quadros 1 aninha-q@hotmail.com Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense - IFSUL Resumo: Este

Leia mais

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 ÁREAS COMPONENTES OBJETIVOS ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIA Construção da identidade e da auto estima

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº, DE 30 DE AGOSTO DE 26 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS RETIFICAÇÃO Nº 02 ITEM 2 102 Artes 03 102 Artes 03 110

Leia mais

RELATÓRIO Formação Complementar 2º Semestre/ 2014

RELATÓRIO Formação Complementar 2º Semestre/ 2014 RELATÓRIO Formação Complementar 2º Semestre/ 2014 Recreação 1º ao 5º ano Professoras: Jéssica Caputti Moraes Soraya Rombach Coordenação: Lucy Ramos e Maria Ap. L. Leme A Formação Complementar da Escola

Leia mais

II ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO CONTEMPORÂNEA: ESTUDOS DE CINEMA E AUDIOVISUAL

II ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO CONTEMPORÂNEA: ESTUDOS DE CINEMA E AUDIOVISUAL II ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO CONTEMPORÂNEA: ESTUDOS DE CINEMA E AUDIOVISUAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Campus Vila Olímpia 26 a 28 de setembro de 2007 JUSTIFICATIVA Este SEGUNDO

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 79-COU/UNICENTRO, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010. O ART. 3º E O ANEXO III, DESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 23/2011-CEPE/UNICENTRO. Cria o Curso de Licenciatura em Arte- Educação,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL PLANO DE ENSINO 2012-1 DISCIPLINA: Antropologia PROFESSOR: Ms. Clóvis Da Rolt I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h II EMENTA A partir de uma perspectiva histórico-evolutiva, a disciplina

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA. Componente Curricular: Desenho de Tecidos e Estamparia

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA. Componente Curricular: Desenho de Tecidos e Estamparia CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Desenho de Tecidos e Estamparia Código: CH Total: 60 Pré-requisito:

Leia mais

Instituto Federal de Goiás Câmpus Aparecida de Goiânia Licenciatura em Dança. Matriz Curricular

Instituto Federal de Goiás Câmpus Aparecida de Goiânia Licenciatura em Dança. Matriz Curricular ! Instituto Federal de Goiás Câmpus Aparecida de Goiânia Licenciatura em Dança Matriz Curricular NÚCLEO COMUM Horas 01 Filosofia da Educação 54h 02 História da Educação 54h 03 Sociologia da Educação 54h

Leia mais

HORÁRIO SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA

HORÁRIO SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA ACTIVIDADES 2015 01 SEMANA 1 (29JUN a 03JUL) HORÁRIO SEGUNDAFEIRA TERÇAFEIRA QUARTAFEIRA QUINTAFEIRA SEXTAFEIRA Cinema História e Biblioteca Informática Música Desenho Jogos História e Informática Música

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LINHA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E SOCIEDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LINHA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E SOCIEDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LINHA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E SOCIEDADE DISCIPLINA: Análise do Discurso CARGA HORÁRIA: 45 horas PROFESSORA: Dra. Laura Maria Silva Araújo

Leia mais

Biblioteca de São Paulo

Biblioteca de São Paulo Ações Culturais Biblioteca de São Paulo Inaugurada em oito de fevereiro de 2010 na Zona Norte da capital, é um equipamento da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, com o objetivo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA CULTURA ATENÇÃO ARTISTAS, GRUPOS, PRODUTORES CULTURAIS E DEMAIS REALIZADORES! FORAM LANÇADOS OS EDITAIS PROAC 2014. ACOMPANHE AS NOVIDADES DESTA EDIÇÃO! Ficha de inscrição online: disponível no site da Secretaria

Leia mais

EXAMES ÉPOCA RECURSO E MELHORIA

EXAMES ÉPOCA RECURSO E MELHORIA Artes Visuais e Tecnologias Artísticas Dia Hora Ano Unidade Curricular Sala 09.30 h 2º HA: do Renascimento ao Barroco 3 1º Desenho e Imagem por Computador 16 14.30 h 3º Educação e Dinâmicas Sociais 3 14.30

Leia mais

PLANO SEMANAL DE 22 A 26 DE AGOSTO PRÉ-ESCOLA I PLANO SEMANAL DE 22 A 26 DE AGOSTO PRÉ-ESCOLA I

PLANO SEMANAL DE 22 A 26 DE AGOSTO PRÉ-ESCOLA I PLANO SEMANAL DE 22 A 26 DE AGOSTO PRÉ-ESCOLA I PLANO SEMANAL DE 22 A 26 DE AGOSTO PRÉ-ESCOLA I Matemática (2): Introdução do numeral 13. (Caderno de Atividades pag 181). Português (2): Projeto de Leitura O Canguru Arthur. Matemática (2): Identificar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 24 DE OUTUBRO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 24 DE OUTUBRO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.337, DE 24 DE OUTUBRO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

A MEDIDA DO TEMPO ...

A MEDIDA DO TEMPO ... A MEDIDA DO TEMPO A cada segundo nascem 4,1 seres humanos e morre 1,8 seres humanos. Há um saldo positivo de 2,3 seres humanos por segundo. Desenhe um cronômetro numa folha de papel e desmonte-o. Depois

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SEMIÓTICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SEMIÓTICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular SEMIÓTICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular SEMIÓTICA

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES

INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES ANEXO II- EDITAL Nº 02/2013 PERÍODO: 2013/01 INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES MONITORIA REMUNERADA CURSOS ICHLA DISCIPLINA VAGAS HORÁRIO Estúdio I Iluminação e produto 01 6M CARGA HORÁRIA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS. EDITAL SEPLAG/UEMG Nº. 08 /2014, de 28 de novembro de 2014

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS. EDITAL SEPLAG/UEMG Nº. 08 /2014, de 28 de novembro de 2014 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL SEPLAG/UEMG Nº. 08 /01, de 8 de novembro de 01 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA DE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):_marcia Oliveira Disciplina:_Arte Ano: 6º_A Período: º bimestre METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS

PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):_marcia Oliveira Disciplina:_Arte Ano: 6º_A Período: º bimestre METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):_marcia Oliveira Disciplina:_Arte Ano: 6º_A Período: 2014 1º bimestre ESTRUTURANTES CONTEÚDO BÁSICO ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO E

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO EMENTAS - 2016.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: CÁLCULO I DISCIPLINA: FÍSICA I Estudo do centro de Massa e Momento Linear. Estudo da Rotação. Estudo de Rolamento, Torque

Leia mais

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia eduardomaia@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 333 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil que o

Leia mais

REGULAMENTO. Trabalhos Artísticos

REGULAMENTO. Trabalhos Artísticos REGULAMENTO Trabalhos Artísticos Com o intuito de dinamizar as manifestações culturais do Vale do Jamari e valorizar a preservação ambiental desta região, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC Mairiporã Etec: Mairiporã Código: 27 Município: Mairiporã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Nível Médio de

Leia mais

Publicação quinzenal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

Publicação quinzenal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional Publicação quinzenal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional OFICINA DE TEATRO DE RUA Atividade gratuita e aberta à comunidade começa no dia 03/11. Faça a sua inscrição

Leia mais

INTERAÇÕES ENTRE AS LINGUAGENS ENVOLVIDAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA MEDIADO PELO GEOGEBRA

INTERAÇÕES ENTRE AS LINGUAGENS ENVOLVIDAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA MEDIADO PELO GEOGEBRA INTERAÇÕES ENTRE AS LINGUAGENS ENVOLVIDAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA MEDIADO PELO GEOGEBRA Evandro dos Santos Paiva Feio paivamat@yahoo.com.br Luciano Augusto da Silva Melo luciano.melo10@gmail.com

Leia mais

Fase Fase 02 2 CURRÍCULO DO CURSO. Currículo: Habilitação: Núcleo Fundamental - Bacharelado e Licenciatura em Filosofia 0

Fase Fase 02 2 CURRÍCULO DO CURSO. Currículo: Habilitação: Núcleo Fundamental - Bacharelado e Licenciatura em Filosofia 0 Habilitação: Núcleo Fundamental Bacharelado e Licenciatura em Filosofia 0 Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Curso reconhecido pelo Decreto Federal 6266, de 26/06/1959, publicado no Diário

Leia mais

Currículo do Curso de História

Currículo do Curso de História Currículo do Curso de História Licenciatura ATUAÇÃO O licenciado em História formado na UFV poderá atuar no ensino fundamental (séries finais: 5ª a 8ª séries), ensino médio e universitário. O curso está

Leia mais

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu CAMPUS RECIFE CURSO PROVA ENEM PESO ADMINISTRAÇÃO ARQUEOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

Leia mais

Variabilidade didática: Relações Bióticas

Variabilidade didática: Relações Bióticas Variabilidade didática: Relações Bióticas E.E. Carlos Maximiliano Pereira dos Santos Sala 7 / 1ª. Sessão Professor(es) Apresentador(es): Lucélia Batista Lima Maria Alice Luque Bueno Realização: Foco No

Leia mais

Preparação Corporal para Dança Iniciação ao Piano e Teclado Página 1 de 5

Preparação Corporal para Dança Iniciação ao Piano e Teclado Página 1 de 5 Preparação Corporal para Dança Trabalha as noções básicas do corpo com relação à dança, abordando aspectos físicos e estéticos da linguagem do movimento. 11/11 (Terça-feira) Iniciação ao Piano e Teclado

Leia mais

Atividades no COINES 2016 O INES de Portas Abertas

Atividades no COINES 2016 O INES de Portas Abertas Atividades no COINES 2016 O INES de Portas Abertas TURNO TÍTULO Vagas para sorteio externo OFICINA: O INTÉRPRETE DE LIBRAS NO TEATRO. 12 MINICURSO: LITERATURA SURDA: ESTRATÉGIAS TRADUTÓRIAS DE INCORPORAÇÃO

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2º Semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2º Semestre EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA CURSO: Curso Técnico em Agroindústria FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( )

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE MÚSICA DA UFPR em diante

CURRÍCULO DO CURSO DE MÚSICA DA UFPR em diante CURRÍCULO DO CURSO DE MÚSICA DA UFPR - 2014 em diante Bacharelado: 2415 horas 855 h (núcleo comum) + 120 h (estágio) + 120 h (TCC) + 300 h (atividades complementares formativas) + 1020 h (optativas) São,

Leia mais

estudo das cores e as formas formas geométricas.

estudo das cores e as formas formas geométricas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC - CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA COLÉGIO DE APLICAÇÃO PLANO BIMESTRAL 1º BIMESTRE DISCIPLINA SÉRIE (S) TURMA (S) Arte

Leia mais

RESUMO DO PROJETO DE RE-ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE/ENFERMAGEM PRÓ-SAÚDE

RESUMO DO PROJETO DE RE-ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE/ENFERMAGEM PRÓ-SAÚDE RESUMO DO PROJETO DE RE-ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE/ENFERMAGEM PRÓ-SAÚDE Trata-se de um projeto que procurou implementar a proposta curricular organizado por competência, implantada no Curso de

Leia mais

PLANO DE ENSINO Curso: TEOLOGIA

PLANO DE ENSINO Curso: TEOLOGIA PLANO DE ENSINO Curso: TEOLOGIA Disciplina: Gestão Eclesial Área: Pastoral Período: 7º Ano: 2016 Semestre: 1º Horas: 36 40 horas/aula Créditos: 2 Professor: Ricardo Silva Ramos 1. Ementa: Princípios da

Leia mais

MAIS RESENHA: UMA PROPOSTA PARA FORMAÇÃO DO LEITOR CRÍTICO NA ESCOLA

MAIS RESENHA: UMA PROPOSTA PARA FORMAÇÃO DO LEITOR CRÍTICO NA ESCOLA MAIS RESENHA: UMA PROPOSTA PARA FORMAÇÃO DO LEITOR CRÍTICO NA ESCOLA Adriana Letícia Torres da Rosa adrianarosa100@gmail.com Cristina Lúcia de Almeida krisluci@yahoo.com.br José Batista de Barros Instituto

Leia mais

O TRIGO LIMPO teatro ACERT e o teatro de rua

O TRIGO LIMPO teatro ACERT e o teatro de rua O TRIGO LIMPO teatro ACERT e o teatro de rua uma narrativa persistente renovada n o Caminho de Salomão peregrinando em busca da poesia resiliente transmitida pelo romance de José Saramago A Viagem do Elefante

Leia mais

FUNDO ESTADUAL DE CULTURA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS CÂMARAS SETORIAIS PARITÁRIAS EDITAL CSP 01/ 2013

FUNDO ESTADUAL DE CULTURA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS CÂMARAS SETORIAIS PARITÁRIAS EDITAL CSP 01/ 2013 FUNDO ESTADUAL DE CULTURA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS CÂMARAS SETORIAIS PARITÁRIAS EDITAL CSP 01/ 2013 A Secretaria de Estado de Cultura, no uso de suas atribuições legais e em consonância com a Lei nº 15.975/2006,

Leia mais

Proposta Pedagógica Institucional da UFOB. Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico da UFOB

Proposta Pedagógica Institucional da UFOB. Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico da UFOB Proposta Pedagógica Institucional da UFOB Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico da UFOB UNIVERSIDADE PÚBLICA Instituição social de formação humana e profissional que, por meio de um conjunto

Leia mais

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa 2014. 1 Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa FACULDADE POLIS DAS ARTES Professor: Tiago Silva de Oliveira E-mail: psicotigl@yahoo.com.br Noturno/2014.1 Carga Horária 80h 1 Dia da Semana

Leia mais

POP-ROCK. Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades

POP-ROCK. Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades Conteúdos Objetivos curriculares Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades Avaliação Calendarização Música e Tecnologias Das origens aos anos 60 Anos 70 e 80 Origens e raízes do pop-rock: géneros

Leia mais

HISTÓRIAS DA CLÉO. Proposta de projeto literário em dois atos

HISTÓRIAS DA CLÉO. Proposta de projeto literário em dois atos HISTÓRIAS DA CLÉO Proposta de projeto literário em dois atos 1. Intervenção artística literária Histórias da Cléo 2. Palestra Leitura literária, promoção e formação do mediador Aspectos Gerais 1 - Apresentação:

Leia mais

ATIVIDADES DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E DE APOIO AO TRABALHO DOCENTE DE 2002 À 2008.

ATIVIDADES DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E DE APOIO AO TRABALHO DOCENTE DE 2002 À 2008. Nº ATIVIDADE ASSUNTO LOCAL DATA/HORA 1. Planejamento Pedagógico:Qualidade e Excelência do Ensino Superior em Debate 2. Planejamento Pedagógico: Desenvolvimento e planejamento das atividades didático-pedagógicas

Leia mais

FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO

FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA ESPORTE E LAZER DA CIDADE PELC FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO 1 - IDENTIFICAÇÃO:

Leia mais

DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Anexos 215 216 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 107/2011/CONEPE Aprova alterações no Projeto Pedagógico

Leia mais

O Espaço Cultural da Eseba/UFU

O Espaço Cultural da Eseba/UFU Profª Paula Amaral Faria Escola de Educação Básica da Universidade Fe deral de Uberlând Sala do Espaço Cultural da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia. Atende alunos da Educação

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

SEMANA DA ALIMENTAÇÃO 2008

SEMANA DA ALIMENTAÇÃO 2008 SEMANA DA ALIMENTAÇÃO 2008 Tema: Mudanças Climáticas e Bioenergia Subtema: Crise dos Alimentos ATIVIDADES PROGRAMADAS Data: 14 de Outubro 2008 Local: Salão de Festas da UFRGS Endereço: Rua Paulo Gama,

Leia mais

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS PR ART361 Dramaturgia

Leia mais

Módulo 1 Gestão e Implementação de Projectos 30 horas 40 tempos 5 semanas lectivas (contacto directo)

Módulo 1 Gestão e Implementação de Projectos 30 horas 40 tempos 5 semanas lectivas (contacto directo) Docente: Susana Contino Proposta de: PLANIFICAÇÃO DE PROJECTO E PRODUÇÃO MULTIMÉDIA 3º Ano do Curso Profissional de Multimédia Escola Secundária Cidadela - Ano lectivo 2010-2011 Módulo 1 Gestão e Implementação

Leia mais

VIII COLÓQUIO DE ESTUDOS BARROCOS/II SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ARTE E LITERATURA BARROCAS TEMA: BARROCO: CULTURA DA CRISE NA MODERNIDADE

VIII COLÓQUIO DE ESTUDOS BARROCOS/II SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ARTE E LITERATURA BARROCAS TEMA: BARROCO: CULTURA DA CRISE NA MODERNIDADE GT DO BARROCO À MODERNIDADE Prof. Francisco Zaragoza Zaldívar (UFRN) Prof.ª Regina Simon da Silva (UFRN) O objetivo deste Grupo de Trabalho é o de propor discussões de pesquisas que tratem das relações

Leia mais

DIA :14 de Outubro de 2013 Segunda PEÇA: Recusa GRUPO: Companhia Balagan - SP HORA: 21h DURAÇÃO: 80 min. CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

DIA :14 de Outubro de 2013 Segunda PEÇA: Recusa GRUPO: Companhia Balagan - SP HORA: 21h DURAÇÃO: 80 min. CLASSIFICAÇÃO: 12 anos Theatro Carlos Gomes DIA: 13 de Outubro de 2013 - Domingo PEÇA: A Revolução de Caranguejos - ES GRUPO: Grupo Paiol de Teatro HORA: 19:30h DURAÇÃO: 60min DIA :14 de Outubro de 2013 Segunda PEÇA: Recusa

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DISCIPLINAS 1. Introdução à Pesquisa em Letras 2. Metodologia de ensino de línguas estrangeiras I: perspectivas teóricas e abordagens

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

ARTES - 1º AO 5º ANO

ARTES - 1º AO 5º ANO 1 Ano Artes Visuais 1 Bimestre O fazer artístico do aluno desenho, pintura, dobradura, colagem e modelagem. Competências/Habilidades Reconhecimento e utilização dos elementos da linguagem visual; Música

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. O espaço relacional nas artes marciais japonesas, Ms. Clélie Dudon. Mediação Tania Alice.

PROGRAMAÇÃO. O espaço relacional nas artes marciais japonesas, Ms. Clélie Dudon. Mediação Tania Alice. PROGRAMAÇÃO Dia 03/12/2012 (segunda-feira) 10:00 12:00 ABERTURA SALA DE AUDIO VISUAL (Escola de Teatro 4º andar) Palestra "Pensar o Fazer / Fazer o Pensar", Prof. Dr. Matteo Bonfitto (UNICAMP) Sala Audiovisual.

Leia mais

direção. Ciências: As plantas. (Caderno de Atividade pag 201).

direção. Ciências: As plantas. (Caderno de Atividade pag 201). PLANO SEMANAL DE 05 A 09 DE SETEMBRO PRÉ-ESCOLA I Matemática (2): Trabalhando Leve/pesado. (Livro Didático pag 91). Português (2): Identificar as consoantes Q/q. Matemática (2): Identificar o leve/pesado.

Leia mais

Só o amor vale; qualquer atitude sem amor, de nada vale. (SAMZ)

Só o amor vale; qualquer atitude sem amor, de nada vale. (SAMZ) Só o amor vale; qualquer atitude sem amor, de nada vale. (SAMZ) Colégio São Paulo Irmãs Angélicas Rua Eduardo Porto, 488-Cidade Jardim-Belo Horizonte - MG Tel. (31) 3253 8400 Conteúdos e distribuição de

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de )

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de ) CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de 2009.1) CRIAÇÃO DO CURSO DECRETO 476/60, DE 19/01/60 PARECER 579/CNE/59, 02/12/59 RECONHECIMENTO DO CURSO DECRETO 75590/75, DE 10/04/75

Leia mais

FAZENDO GÊNERO: UMA NOVA ABORDAGEM EM ARTES CÊNICAS Maria Fátima Simões Novo (Cap/UFRJ) Cleusa Joceleia Machado

FAZENDO GÊNERO: UMA NOVA ABORDAGEM EM ARTES CÊNICAS Maria Fátima Simões Novo (Cap/UFRJ) Cleusa Joceleia Machado FAZENDO GÊNERO: UMA NOVA ABORDAGEM EM ARTES CÊNICAS Maria Fátima Simões Novo (Cap/UFRJ) Cleusa Joceleia Machado INTRODUÇÃO Em 1996 o Setor Curricular de Artes Cênicas do Colégio de Aplicação da Universidade

Leia mais

NA MATEMÁTICA TU CONTAS

NA MATEMÁTICA TU CONTAS PLANO AÇÃO ESTRATÉGICA 41ª MEDIDA NA MATEMÁTICA TU CONTAS OBJETIVO Melhorar o sucesso em Matemática. ANO(S) ESCOLARIDA A ABRANGER - Do 1.º ao 9.º de escolaridade. ATIVIDAS A SENVOLVER NO ÂMBITO DA MEDIDA:

Leia mais