CONTOS TRADICIONAIS. Pedro Malasartes. António Mota Ilustrações de Catarina Correia Marques

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTOS TRADICIONAIS. Pedro Malasartes. António Mota Ilustrações de Catarina Correia Marques"

Transcrição

1 CONTOS TRADICIONAIS Pedro Malasartes António Mota Ilustrações de Catarina Correia Marques

2 PEDRO MALASARTES Texto de António Mota Ilustração e design de Catarina Correia Marques Impressão e acabamentos de CEM Artes Gráficas Copyright 2011, Edições Gailivro, uma chancela do grupo LeYa Rua Cidade de Córdova, n.º Alfragide Portugal Tel.: Fax.: ISBN ª Edição, janeiro de 2012

3 Pedro Malasartes António Mota Ilustrações de Catarina Correia Marques

4

5 Era uma vez uma pobre mulher que vivia num casebre. Essa pobre mulher tinha um filho, um único filho, que passava os dias a fazer asneiras e a dizer tolices. Por o rapaz ser assim tão asneirento e trapalhão, as pessoas chamavam-lhe Pedro Malasartes. Um dia, a mulher trouxe para casa um comprido pano de linho que a tecedeira tinha tecido no seu tear. Disse a mãe para o filho: Este pano vai servir para taparmos os nossos buraquinhos.

6

7 A mãe saiu de casa e o filho teve uma ideia tola. Procurou a tesoura que estava no cesto de costura e começou a cortar o pano em tiras muito compridas e estreitas. Cortou, cortou, cortou, fartou-se de cortar. E quando já não havia mais pano para cortar, começou a meter os pedacinhos de pano nos buracos das paredes do casebre onde moravam. Quando a mãe entrou em casa, disse-lhe Pedro Malasartes, muito feliz: Mãe, tapei todos os nossos buraquinhos. Fiz bem, não fiz? A mãe ficou muito amargurada com a asneira do filho. E disse-lhe assim: Que tolice fizeste, meu filho! Nunca mais voltes a cortar pano em tiras... Já percebi, minha mãe! Esteja descansada! respondeu Pedro Malasartes.

8 No dia seguinte, a mãe disse ao filho: Precisamos de ter um porco. Toma lá dinheiro, vai à feira, compra um porco e trá-lo para casa com muito cuidado.

9 Esteja descansada, minha mãe respondeu Pedro Malasartes, de fatiota nova, pronto para ir à feira que ficava bem longe da aldeia. Passou a manhã, passou a tarde e o filho não aparecia. Preocupadíssima, a mãe pôs-se a caminho para descobrir onde é que Pedro Malasartes se tinha metido. Encontrou-o a meio do caminho, caído no chão com o porco por cima dele. Que estás a fazer, meu filho? O porco é muito pesado e eu já não tenho forças para o carregar às costas respondeu Pedro Malasartes.

10 Vendo aquela cena tão triste, a mãe deixou escapar algumas lágrimas, afligiu-se e disse assim: Um porco traz-se para casa com um cordel amarrado a uma pata e tange-se com uma varinha. Nunca mais voltes a fazer isto... Já percebi, minha mãe! Esteja descansada! respondeu Pedro Malasartes. Uns dias depois a mãe disse assim: Precisamos de um cântaro. Toma lá dinheiro, vai à feira, compra um cântaro e trá-lo para casa com muito cuidado. Esteja descansada, minha mãe respondeu Pedro Malasartes, de fatiota nova, pronto para ir à feira que ficava bem longe da aldeia.

11

12

13 A meio da tarde chegou a casa, muito feliz. Mas em vez do cântaro trazia só a asa. Que tristeza! Ó filho, onde está o cântaro que te mandei comprar? Comprei o cântaro, amarrei-lhe um cordel pela asa, e tangi-o com uma varinha. Fiz o que a mãe me ensinou! Vendo aquela cena tão triste, a mãe deixou escapar algumas lágrimas, afligiu-se e disse assim: Se tu fosses ajuizado trazias o cântaro na mão, ou então entre a palha, nalgum carro que viesse para os nossos lados. Nunca mais voltes a fazer isto... Já percebi, minha mãe! Esteja descansada! respondeu Pedro Malasartes.

14 No dia seguinte, a mãe quis pregar um botão e descobriu que não tinha agulhas no cesto de costura. Disse ela ao filho: Vai à loja comprar agulhas. Não te demores. Esteja descansada, minha mãe respondeu Pedro Malasartes. O rapaz lá foi fazer o recado à mãe. Ao regressar a casa, vendo um carro carregado de palha correu ao seu encontro e apressou-se a meter as agulhas no meio da palha. Quando chegou a casa, a mãe perguntou-lhe pelas agulhas. E ele, muito satisfeito, respondeu: Estão a chegar no carro da palha do nosso vizinho; meti-as lá, como a mãe me ensinou.

Rosário Alçada Araújo

Rosário Alçada Araújo Rosário Alçada Araújo Ilustrações de Catarina França A CAIXA DE SAUDADES Rosário Alçada Araújo Ilustrações e design de Catarina França 2007, Gailivro, uma chancela do grupo LeYa. Rua Cidade de Córdova,

Leia mais

Do Sempre e do Nunca

Do Sempre e do Nunca INCLUI GUIA DE LEITURA PARA PAIS E EDUCADORES ILUSTRAÇÕES JOÃO MORENO TERESA LOBATO DE FARIA História Do Sempre e do Nunca Para aprender e ensinar que quem nos ama nunca nos deixa e está sempre connosco

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Língua Por. ortuguesa. Os gnomos e o sapateiro

Língua Por. ortuguesa. Os gnomos e o sapateiro Nome: Ensino: F undamental 3 o ano urma: T Data: 10/8/2009 Língua Por ortuguesa Os gnomos e o sapateiro Era uma vez um sapateiro tão pobre, mas tão pobre que só lhe restava couro para um único par de de

Leia mais

1 von :36

1 von :36 1 von 22 24.05.2006 16:36 2 von 22 24.05.2006 16:36 Era uma vez, numa aldeia pequenina, uma menininha linda como uma flor; sua mãe gostava muito dela, e sua vovozinha ainda mais. 3 von 22 24.05.2006 16:36

Leia mais

Uma história de António Mota. Ilustrada por Sandra Serra

Uma história de António Mota. Ilustrada por Sandra Serra Uma história de António Mota Ilustrada por Sandra Serra Título: Um cavalo no hipermercado Autor: António Mota Ilustrações: Sandra Serra Capa e paginação: Espiral Inversa Copyright 2011, Gailivro, uma

Leia mais

Narrativa visual e escrita LER + MAR. Trabalho realizado pelos alunos do 3º APC partir do livro Búzios

Narrativa visual e escrita LER + MAR. Trabalho realizado pelos alunos do 3º APC partir do livro Búzios Narrativa visual e escrita LER + MAR Trabalho realizado pelos alunos do 3º APC partir do livro Búzios João Maria LER + compor+ narrativa visual Lara Santos LER + compor+ narrativa visual Francisco Dinis

Leia mais

Título: Poemas da verdade e da mentira. Autor: Luísa Ducla Soares. Ilustação: Ana Cristina Inácio. Edição original: Livros Horizonte, 2005

Título: Poemas da verdade e da mentira. Autor: Luísa Ducla Soares. Ilustação: Ana Cristina Inácio. Edição original: Livros Horizonte, 2005 Título: Poemas da verdade e da mentira Autor: Luísa Ducla Soares Ilustação: Ana Cristina Inácio Edição original: Livros Horizonte, 2005 Edição: Serviço das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Finisterra-

Leia mais

Ursula Wölfel. Ilustrações de. João Vaz de Carvalho

Ursula Wölfel. Ilustrações de. João Vaz de Carvalho Ursula Wölfel Ilustrações de João Vaz de Carvalho Título original em alemão: Achtundzwanzig Lachgeschichten Colecção SETELÉGUAS da edição original: Thienemann Verlag (Thienemann Verlag, GmbH), Stuttgart/

Leia mais

David Livingstone. O Rapaz na Galeria do Orgao. 1a Parte

David Livingstone. O Rapaz na Galeria do Orgao. 1a Parte David Livingstone ~ O Rapaz na Galeria do Orgao 1a Parte Era uma noite de inverno quando o Dr. Robert Moffat, conhecido missionário na África, chegou a uma pequena igreja escocesa para pregar um sermão.

Leia mais

Claro que diziam isto em voz baixa, mas ela ouvia-os e ficava muito triste.

Claro que diziam isto em voz baixa, mas ela ouvia-os e ficava muito triste. Era uma vez uma princesa muito bonita mas que sofria imenso por ser baixinha Sempre que ia passear as outras crianças troçavam: É pequenina como um cogumelo, baixinha como a relva É baixinha demais para

Leia mais

a) Pelo resultado dos exames, os alunos da minha sala foram considerados brilhantes. b) O almoço do dia dos pais na casa de meu avô estava delicioso.

a) Pelo resultado dos exames, os alunos da minha sala foram considerados brilhantes. b) O almoço do dia dos pais na casa de meu avô estava delicioso. 5. A ANÁLISE DOS FATOS 1. Nos parágrafos a seguir há algumas falas de personagens que deveriam estar destacadas. Identifique essas falas e destaque-as com aspas. 2. Identifique os substantivos a que se

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

Alice Vieira. O LIVRO, DA AVo ALICE

Alice Vieira. O LIVRO, DA AVo ALICE Alice Vieira O LIVRO, DA AVo ALICE 2010, Alice Vieira Todos os direitos reservados. 1.ª Edição / Abril de 2011 ISBN: 978-989-23-1250-7 Depósito legal n.º: 323456/11 [uma chancela do grupo LeYa] Rua Cidade

Leia mais

A Galinha que criava um ratinho

A Galinha que criava um ratinho SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / / 0 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Se você encontrasse um amigo em dificuldade, você o ajudaria? Leia o texto que narra a história de quatro animais que são verdadeiros amigos.

Se você encontrasse um amigo em dificuldade, você o ajudaria? Leia o texto que narra a história de quatro animais que são verdadeiros amigos. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 11/8/2009 Se você encontrasse um amigo em dificuldade, você o ajudaria? Leia o texto que narra a história de quatro animais que são

Leia mais

O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE

O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE Há muito tempo, no País dos Números, só havia os algarismos 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9. Nem sempre os números eram muito simpáticos uns com os outros. Os números maiores gostavam

Leia mais

O Despertar da Felicidade

O Despertar da Felicidade Luciana Mutarelli O Despertar da Felicidade Copyright 2013 by Luciana Mutarelli. Prólogo O que é a Felicidade? Todos nós, em algum momento da vida, já a sentimos. A felicidade é algo que não podemos definir

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS A PROFESSORA DA 2ª SÉRIE ESCREVEU UMA LISTA DE MATERIAIS QUE OS ALUNOS PRECISAM LEVAR PARA A ESCOLA: 3. ESCRITA DE UM TRECHO DE UMA CANTIGA

Leia mais

A rapariga e o homem da lua

A rapariga e o homem da lua A rapariga e o homem da lua (conto tradicional do povo tchuktchi) Viveu outrora, entre o povo Tchuktchi, um homem que só tinha uma filha. A filha era a melhor das ajudas que o pai podia ter. Passava o

Leia mais

Este País É Uma Anedota

Este País É Uma Anedota Este País É Uma Anedota Este País É Uma Anedota É preciso gravata Um português caminha pelo deserto a gritar: Água Água Estou a morrer de sede! Entretanto, avista um homem a vir na sua direção: Amigo água

Leia mais

Num bonito dia de inverno, um grupo de crianças brincava no recreio da sua escola,

Num bonito dia de inverno, um grupo de crianças brincava no recreio da sua escola, Pátio da escola Num bonito dia de inverno, um grupo de crianças brincava no recreio da sua escola, quando começara a cair encantadores flocos de neve. Entre eles estava o Bernardo, um menino muito curioso

Leia mais

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada.

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. Era Uma Vez A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. A ratinha tinha uma felpa de ferro e pensava

Leia mais

2º Ano do Ensino Fundamental INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA. 1. Você está recebendo uma prova de Matemática e Língua Portuguesa.

2º Ano do Ensino Fundamental INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA. 1. Você está recebendo uma prova de Matemática e Língua Portuguesa. FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI VESTIBULINHO/2017 Barueri, 27 de novembro de 2016. NOME: Nº DE INSCRIÇÃO 2º Ano do Ensino Fundamental INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA 1. Você está recebendo

Leia mais

Brincar com... a Matemática. Falha de Cálculo. Margarida Fonseca Santos Inês do Carmo

Brincar com... a Matemática. Falha de Cálculo. Margarida Fonseca Santos Inês do Carmo Brincar com... a Matemática Falha de Cálculo Margarida Fonseca Santos Inês do Carmo Título: Falha de Cálculo 2010, Margarida Fonseca Santos (Texto) 2010, Inês do Carmo (Ilustrações e design) 1.ª Edição,

Leia mais

O LENHADOR E OS CAJUEIROS

O LENHADOR E OS CAJUEIROS O LENHADOR E OS CAJUEIROS Eduardo B. Córdula e Rafael T. Guerra Uma família de retirantes vinda de uma região castigada pela seca no alto sertão paraibano, onde nada nascia e a água era pouca e ruim, procurava

Leia mais

O Tigre à Beira do Rio

O Tigre à Beira do Rio O Tigre à Beira do Rio --Baixe-se Moba! Muito bem Didi, o menino birmanês subiu no elefante e fez carinho em sua cabeça. Didi treinara Moba desde bebê. Como era um elefante asiático, Moba não era tão grande

Leia mais

Uma história de Margarida Fonseca Santos. Ilustrada por Sandra Serra

Uma história de Margarida Fonseca Santos. Ilustrada por Sandra Serra Uma história de Margarida Fonseca Santos Ilustrada por Sandra Serra Todos compreendem a gravidade da situação? perguntou a professora, enquanto olhava, um a um, para os seus alunos. Vamos então perceber

Leia mais

Nº 14 C 3º Domingo da Quaresma

Nº 14 C 3º Domingo da Quaresma Nº 14 C 3º Domingo da Quaresma-28.2.2016 Ouvimos hoje, no Evangelho, a história de uma figueira que não dava fruto. O dono da figueira quis mandar cortá-la, porque disse que uma figueira que não dá fruto

Leia mais

Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009

Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009 A Família Desaparecida Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009 NUMA BELA MANHÃ DE PRIMAVERA, UM MENINO CAMI NHAVA JUNTO A UM RIO E OLHAVA

Leia mais

Tutorial De Aplicacao De Manta Adesiva

Tutorial De Aplicacao De Manta Adesiva Tutorial De Aplicacao De Manta Adesiva A manta auto-adesiva que eu utilizei foi da marca Vedacit, não sei se existem outras marcas que possuam esse produto, creio que não, pois nas lojas de materiais de

Leia mais

PSY: Você também tratou muito dela quando viviam as duas. A: Depois não percebe que tem de ir apresentável! Só faz o que lhe apetece!

PSY: Você também tratou muito dela quando viviam as duas. A: Depois não percebe que tem de ir apresentável! Só faz o que lhe apetece! Anexo 3 SESSÃO CLÍNICA - A PSY: Então como tem andado? A:Bem. Fomos as três a Fátima, foi giro. Correu bem, gosto de ir lá. Tirando a parte de me chatear com a minha irmã, mas isso já é normal. Anda sempre

Leia mais

Gosto muito do pequeno-almoço!

Gosto muito do pequeno-almoço! Gosto muito do pequeno-almoço! Débora Cláudio, Nuno Pereira de Sousa, Rui Tinoco, Ângela Menezes Gosto muito do pequeno-almoço! Débora Cláudio, Nuno Pereira de Sousa, Rui Tinoco, Ângela Menezes Hoje, o

Leia mais

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós.

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição 32 1 1. Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. 2. Lição Bíblica: Mateus 18.21-35 (Leitura bíblica para o professor e base bíblica

Leia mais

Nº 5 C Natal e Sagrada Família

Nº 5 C Natal e Sagrada Família Nº 5 C Natal e Sagrada Família Esta semana celebramos nascimento de Jesus, no dia de Natal e depois a festa da Sagrada Família. A Sagrada Família é composta por Maria, José e o Menino Jesus. A Sagrada

Leia mais

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum-8.11.2015 Vimos hoje como Jesus deu um grande elogio a uma pessoa pobre, a quem ninguém dava importância: a viúva que pôs na caixa das esmolas duas pequenas moedas. Como

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes Após teres lido a obra de António Mota, Pedro Alecrim, assinala com uma cruz X, de acordo com a referida obra, a opção correta em cada uma das seguintes afirmações. 1 Pedro e alguns colegas fazem parte

Leia mais

A bruxa e o caldeirão

A bruxa e o caldeirão História de José Leon Machado Ilustrações de Nuno Castelo A bruxa e o caldeirão Ficha Técnica Título: A Bruxa e o Caldeirão Copyright José Leon Machado e Nuno Castelo Todos os direitos reservados, 2006-2008

Leia mais

JOGO DA MEMÓRIA DE 10 ESCOLHA UMA DUPLA PARA JOGAR ESTE JOGO. LEIA AS REGRAS E BOM DIVERTIMENTO!

JOGO DA MEMÓRIA DE 10 ESCOLHA UMA DUPLA PARA JOGAR ESTE JOGO. LEIA AS REGRAS E BOM DIVERTIMENTO! 1º ANO MATEMÁTICA JOGO DA MEMÓRIA DE 10 ESCOLHA UMA DUPLA PARA JOGAR ESTE JOGO. LEIA AS REGRAS E BOM DIVERTIMENTO! REGRAS: 1- PEGUE UM BARALHO E SEPARE AS CARTAS QUE FAZEM PARES QUE SOMAM 10 PONTOS (1,2,3,4,5,6,7,8

Leia mais

O Rapaz e a Guitarra Mágica

O Rapaz e a Guitarra Mágica O Rapaz e a Guitarra Mágica Conto linha-a-linha Autoria: todas as turmas da Escola E.B. 2,3 de Palmeira Data: 21 a 25 de Março de 2011 Local de realização: Biblioteca Escolar Era uma vez um menino chamado

Leia mais

Havia um certo homem rico, que tinha um administrador; e este foi acusado perante ele de estar esbanjando os seus bens. Quando soube, o rico o chamou

Havia um certo homem rico, que tinha um administrador; e este foi acusado perante ele de estar esbanjando os seus bens. Quando soube, o rico o chamou Havia um certo homem rico, que tinha um administrador; e este foi acusado perante ele de estar esbanjando os seus bens. Quando soube, o rico o chamou e disse-lhe: - Que é isto que ouço de ti? Quero que

Leia mais

UMA QUESTÃO DE AZUL-ESCURO de Margarida Fonseca Santos. RECONTO por ANA PAULA FERREIRA ANA LUÍSA FERNANDES

UMA QUESTÃO DE AZUL-ESCURO de Margarida Fonseca Santos. RECONTO por ANA PAULA FERREIRA ANA LUÍSA FERNANDES UMA QUESTÃO DE AZUL-ESCURO de Margarida Fonseca Santos RECONTO por ANA PAULA FERREIRA ANA LUÍSA FERNANDES PLIP Projeto Leitura Inclusiva Partilhada (http://plip.ipleiria.pt) Biblioteca Municipal da Batalha

Leia mais

Projeto Reconhecendo a Diversidade Cultural

Projeto Reconhecendo a Diversidade Cultural Projeto Reconhecendo a Diversidade Cultural Apresentamos às crianças do 4º Ano B, o vídeo do livro O Cabelo de Lelê de Valeria Belém. Roda de conversa sobre a historia apresentada e os que existem diversos

Leia mais

Que Nevão! Teresa Dangerfield

Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Mamã, Mamã, está tudo branquinho lá fora! gritou o Tomás muito contente assim que se levantou e espreitou pela janela. Mariana, vem ver depressa!

Leia mais

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho A menina Gotinha de Água Papiniano Carlos Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho Fichas de leitura Ficha 1 Lê até ao fim da página 9. Depois da leitura, responde às questões. 1. Qual

Leia mais

Fator Vênus Funciona

Fator Vênus Funciona Fator Vênus Funciona Estou muito animada em finalmente poder compartilhar com vocês a notícia do ano: O programa de emagrecimento SOMENTE PARA MULHERES Fator Vênus que mais cresce em número de participantes

Leia mais

Nada Falta a Quem Não Desperdiça

Nada Falta a Quem Não Desperdiça Nada Falta a Quem Não Desperdiça Toninho e Carol haviam passado a semana toda pensando na viagem para acampar, e finalmente o final de semana chegou. No sábado de manhã cedo, eles ajudaram o pai e a mãe

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

Amor nos Tempos de Cólera

Amor nos Tempos de Cólera Amor nos Tempos de Cólera 1 Episódio I Narrador: Amália e Mutarro são namorados. Estão sentados no muro. Amália nota que Mutarro está muito triste. Amália: Mutarro, porque é que estás triste? Mutarro:

Leia mais

O BEZERRO DE OURO Lição 40

O BEZERRO DE OURO Lição 40 O BEZERRO DE OURO Lição 40 1 1. Objetivos: Ensinar que os israelitas pecaram quando desobedeceram aos mandamentos de Deus e adoraram o bezerro de ouro. Ajudar o aluno a ter um desejo para adorar somente

Leia mais

A lenda da mandioca. bem distante, viveu uma jovem índia, filha

A lenda da mandioca. bem distante, viveu uma jovem índia, filha LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA e HISTÓRIA - 4 ANO Leia o texto a seguir para fazer as lições de português. Troca do Livro 4º A 4º B 4º C 6ª feira 4ª feira 2ª feira A lenda da mandioca Há muito tempo, numa

Leia mais

Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9

Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9 Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9 Unidade 9 Compreensão de texto Nome: Data: Leia o conto de fadas a seguir para responder às questões de 1 a 15. Rapunzel Era uma vez um lenhador e sua mulher.

Leia mais

Ziraldo O SEGREDO DE. (com desenhos especiais de Célio César)

Ziraldo O SEGREDO DE. (com desenhos especiais de Célio César) Ziraldo O SEGREDO DE (com desenhos especiais de Célio César) http://groups.google.com/group/digitalsource Era uma vez uma letra que era muito interessante e que se chamava Úrsula. Parece nome de estrela

Leia mais

d) Escher é um artista holandês que viveu de 1898 a Quantos anos esse artista viveu?

d) Escher é um artista holandês que viveu de 1898 a Quantos anos esse artista viveu? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 05 / / 03 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE MATEMÁTICA 4.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Anjo da Guarda e a Luz Noturna

Anjo da Guarda e a Luz Noturna O Anjo da Guarda e a Luz Noturna Papai, tenho mesmo que ir dormir agora? perguntou Telmo. Acho que já teve histórias suficientes por uma noite disse o pai. Por favor, papai. Só mais uma história suplicou

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

Unidade Portugal. Nome: 3 o ano (2ª série) Manhã. AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO XI 4 o BIMESTRE. A adivinhação do rei

Unidade Portugal. Nome: 3 o ano (2ª série) Manhã. AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO XI 4 o BIMESTRE. A adivinhação do rei Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Manhã AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO XI 4 o BIMESTRE Eixo temático Origens e descobertas Disciplina/Valor Português 4,0 Matemática

Leia mais

Passo a passo Coelho da páscoa

Passo a passo Coelho da páscoa Passo a passo Coelho da páscoa Criação e execução Liliana Quintero lilianac.q@hotmail.com Materiais Necessários: Soft Branco 30 x 40 cm feltro laranja 9 x 9 cm feltro verde 9 x 4 cm Tecido de algodão estampado

Leia mais

Nº 15 C 4º Domingo da Quaresma Fico feliz quando faço a paz!

Nº 15 C 4º Domingo da Quaresma Fico feliz quando faço a paz! Nº 15 C 4º Domingo da Quaresma-6.3.2016 Fico feliz quando faço a paz! Senhor: Tinha o coração triste. Tinha-me zangado com o meu amigo. Tinha mesmo dado bofetadas e dito palavras más. Não me sentia bem

Leia mais

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar As Melhores 313 PIADAS para rir sem parar Excesso de velocidade Depois de mandar parar uma condutora, o polícia de trânsito diz-lhe: Minha senhora, vou multá-la. Vinha a 200 quilómetros à hora! O quê???

Leia mais

Diverte-te com a tua Nova Capa para Telemóvel! Cortar os quatro cantos com cuidado para não cortar os pontos.

Diverte-te com a tua Nova Capa para Telemóvel! Cortar os quatro cantos com cuidado para não cortar os pontos. Instruções De que precisa: Máquina de costura Totally Me! 2 pedaços de tecido (4,5" x 13") (11,4 cm x 33 cm) 1 pedaço de enchimento adesivo 2,5" (6,4 cm) de elástico fino 1 botão colorido Tesoura Pinos

Leia mais

Série 6º ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º BIMESTRE / 2012

Série 6º ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º BIMESTRE / 2012 Disciplina LÍNGUA PORTUGUESA Curso ENSINO FUNDAMENTAL II Professor MARIANA Série 6º ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 1º BIMESTRE / 2012 Aluno (a): Número: 1 - Conteúdo: Gêneros narrativos:

Leia mais

Chás contra o mau-hálito

Chás contra o mau-hálito Chás contra o mau-hálito 3 Receitas poderosas que ajudam no combate ao mau-hálito e aliviam o estômago. Todas caseiras, com ervas frescas do quintal e que fazem bem, além de promover a saúde, refrescam

Leia mais

Deus ouve orações A História de Hagar e Ismael

Deus ouve orações A História de Hagar e Ismael Deus ouve orações A História de Hagar e Ismael Anésio Rodrigues Ora, Sarai, mulher de Abrão, não lhe dera nenhum filho. Como tinha uma serva egípcia, chamada Hagar, Gênesis 16:1-15 Disse a Abrão: Já que

Leia mais

Vilson Caetano de Sousa Jr. (ORG.) Ilustração: Rodrigo Siqueira

Vilson Caetano de Sousa Jr. (ORG.) Ilustração: Rodrigo Siqueira Vilson Caetano de Sousa Jr. (ORG.) Ilustração: Rodrigo Siqueira 2014 Enseada Indústria Naval S.A Todos os direitos reservados Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira depois da Epifania Ó Deus, cujo Filho

Leia mais

Era uma vez uma galinha que todos os dias punha um ovo. E todos os dias vinha a dona, com uma cestinha, tirar-lho.

Era uma vez uma galinha que todos os dias punha um ovo. E todos os dias vinha a dona, com uma cestinha, tirar-lho. Era uma vez uma galinha que todos os dias punha um ovo. E todos os dias vinha a dona, com uma cestinha, tirar-lho. Já pus 1.000 ovos. Podia ser mãe de mil filhos. Mas não tenho nenhum por causa da gente

Leia mais

Uma Coisa Especial. fisgar e prender peixes grandes, sendo muito usado na pesca da baleia.

Uma Coisa Especial. fisgar e prender peixes grandes, sendo muito usado na pesca da baleia. PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Leia atentamente o texto: Uma

Leia mais

A Ressurreição de Jesus

A Ressurreição de Jesus A Ressurreição de Jesus Fonte: Lc 24,13-32 ; 24, 50-53; Jo 20,24-29; 21,1-15 Introdução: Antes de morrer, Jesus disse que iria ressuscitar, mas nem todos entenderam! Domingo, de manhã cedo, Maria Madalena

Leia mais

VAI, VENDE TUDO O QUE TENS E DÁ AOS POBRES. DEPOIS VEM E SEGUE-ME! Comentário de Pe. Alberto Maggi OSM ao Evangelho

VAI, VENDE TUDO O QUE TENS E DÁ AOS POBRES. DEPOIS VEM E SEGUE-ME! Comentário de Pe. Alberto Maggi OSM ao Evangelho DOMINGO XXVIII TEMPO COMUM 14 de outubro de 2012 VAI, VENDE TUDO O QUE TENS E DÁ AOS POBRES. DEPOIS VEM E SEGUE-ME! Comentário de Pe. Alberto Maggi OSM ao Evangelho Mc 10, 17-30 Naquele tempo, 17 quando

Leia mais

O JOGO DO TABERNÁCULO PARTIDA

O JOGO DO TABERNÁCULO PARTIDA O JOGO DO TABERNÁCULO PARTIDA 1. Você está chegando ao Tabernáculo. Avance 2 casas. 2. Você está bem perto da entrada do Tabernáculo. Diga para todos: O Tabernáculo era uma grande cabana onde o povo de

Leia mais

O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz. Oscar Wilde. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz. Oscar Wilde. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz Oscar Wilde Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho 45 O Gigante Egoísta Ficha de leitura 1. Quem é a personagem principal da história? I 2. Em que

Leia mais

Duas Vezes Meu. Duas Vezes Meu

Duas Vezes Meu. Duas Vezes Meu Duas Vezes Meu Duas Vezes Meu Bernardo passara a semana inteira esperando a hora de botar seu barco à vela para navegar. Hoje, domingo, ele iria ao Córrego do Moinho com sua mãe, seu pai e Kátia, a irmã

Leia mais

Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a

Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a Piadas E Adivinhas Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a cabeça. Um dia o professor estava comendo

Leia mais

4ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 1ª Leitura 2Mc 7,

4ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 1ª Leitura 2Mc 7, 4ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 1ª Leitura 2Mc 7,1.20-31 Leitura do Segundo Livro dos Macabeus 7,1.20-31 Naqueles dias: 1Aconteceu que foram presos sete irmãos, com sua mãe, aos quais o rei, por meio

Leia mais

Aula 3.2 Conteúdo: Conto popular Conto maravilhoso LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER

Aula 3.2 Conteúdo: Conto popular Conto maravilhoso LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER 2 Aula 3.2 Conteúdo: Conto popular Conto maravilhoso 3 Habilidades: Verificar características especiais de diferentes contos. 4 a. Que sequências textuais você identifica neste trecho de texto? Descritiva:

Leia mais

Essa história aconteceu há

Essa história aconteceu há O HOMEM DO SACO Essa história aconteceu há mais de vinte anos, num dia nublado. Perfeito para Josué, Mateus, Antonia e Frederico começarem o dia colocando o plano combinado em ação. Estavam de férias,

Leia mais

Texto 1 Meia Palavra Não Basta

Texto 1 Meia Palavra Não Basta PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 Meia Palavra Não Basta

Leia mais

E disse Naamã: "Já que não aceitas o presente, ao menos permite que eu leve duas mulas carregadas de terra, pois teu servo nunca mais fará holocaustos

E disse Naamã: Já que não aceitas o presente, ao menos permite que eu leve duas mulas carregadas de terra, pois teu servo nunca mais fará holocaustos Então Naamã e toda a sua comitiva voltaram à casa do homem de Deus. Ao chegar diante do profeta, Naamã lhe disse: "Agora sei que não há Deus em nenhum outro lugar, senão em Israel. Por favor, aceita um

Leia mais

A ntónio Torrado. O mercador de coisa nenhuma. Ilustrações Tiago Pimentel

A ntónio Torrado. O mercador de coisa nenhuma. Ilustrações Tiago Pimentel B I B L I O T E C A A ntónio Torrado O mercador de coisa nenhuma Ilustrações Tiago Pimentel O mercador de coisa nenhuma Abdul-ben-Fari, comerciante de tapetes na cidade de Abjul, vivia tranquilamente

Leia mais

Não há descrença que a fé não faça crer. Não há problema que Deus não possa resolver.

Não há descrença que a fé não faça crer. Não há problema que Deus não possa resolver. Fé é colocar seu sonho a prova, e esperar sem garantias. Não há descrença que a fé não faça crer. Não há problema que Deus não possa resolver. Não há ódio que o amor não o faça desaparecer. Nem há tristeza

Leia mais

Gosto muito de sopas e saladas coloridas!

Gosto muito de sopas e saladas coloridas! Gosto muito de sopas e saladas coloridas! Débora Cláudio, Nuno Pereira de Sousa, Rui Tinoco, Ângela Menezes Gosto muito de sopas e saladas coloridas! Débora Cláudio, Nuno Pereira de Sousa, Rui Tinoco,

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais

Chordbook Baden Powell

Chordbook Baden Powell Chordbook Baden Powell Last update: Fri, 17/Dec/2010 http://my.andreanjos.org/music/artist/35/pdf/ Downloaded on Mon, 09/Jan/2017 http://my.andreanjos.org Table of Contents Canto de Ossanha...................................

Leia mais

Melhor Natal de Todos!

Melhor Natal de Todos! O Melhor Natal de Todos! Tiago suspirou enquanto observava da janela os flocos de neve flutuarem suavemente até o chão. Ele havia esperado ansiosamente pela época de Natal, mas agora estava triste. Ouviu-se

Leia mais

P.V.P. 5,95 preço único colecção BIS

P.V.P. 5,95 preço único colecção BIS P.V.P. 5,95 preço único colecção BIS I HISTÓRIA DA CAROCHINHA Era uma vez uma carochinha que andava a varrer a casa e achou cinco réis e foi logo ter com uma vizinha e perguntou -lhe: «Ó vizinha, que

Leia mais

Arte em movimento - 3.º classificado Mariana Teixeira

Arte em movimento - 3.º classificado Mariana Teixeira Arte em movimento - 3.º classificado Mariana Teixeira Arte em movimento - 2.º classificado Daniel Merten Arte em movimento - 1.º classificado Leonor Dantas Pereira O Mundo da Fantasia - 3.º classificado:

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Segunda-feira da 8ª Semana do Tempo Comum Ó Deus,

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve

Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve Era uma vez um elefantinho chamado Tolongo. Ele foi criado na savana com sua mãe e algumas outras famílias de elefantes. Eles percorriam os pastos à procura de

Leia mais

01- Quantas vezes Rita foi até a janela para tirar fotografias? R.: 02- Quantas pessoas ela fotografou de cada vez? R.: Página 1 de 9 29/09/16 16:41

01- Quantas vezes Rita foi até a janela para tirar fotografias? R.: 02- Quantas pessoas ela fotografou de cada vez? R.: Página 1 de 9 29/09/16 16:41 PROFESSOR: EQUIPE DE MATEMÁTICA BANCO DE QUESTÕES - MATEMÁTICA - 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ================================================================= RITA Rita, menina esperta e curiosa, vivia

Leia mais

Gutemberg Lopes Macedo MENINA E A HARPA EDITORA BPA BIBLIOTECA POPULAR DE AFOGADOS

Gutemberg Lopes Macedo MENINA E A HARPA EDITORA BPA BIBLIOTECA POPULAR DE AFOGADOS Gutemberg Lopes Macedo A MENINA E A HARPA EDITORA BPA BIBLIOTECA POPULAR DE AFOGADOS Texto e Pesquisa de Imagens Gutemberg Lopes Macedo A MENINA E A HARPA RECIFE - PE NOV/2006 Coordenação e Realização

Leia mais

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS Livro digital recontando a história A Bonequinha preta da autora Alaíde Lisboa de Oliveira, livro escrito no ano de 1930, porém só foi publicado no ano de 2004 BELO

Leia mais

GRUPO IV 2 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO IV 2 o BIMESTRE PROVA A Sistema de Ensino Unidade Portugal Série: 6 o ano (5 a série) Período: MANHÃ Data: 13/5/2009 PROVA GRUPO GRUPO IV 2 o BIMESTRE PROVA A Nome: Turma: Valor da prova: 4,0 Nota: O homem Um cientista vivia

Leia mais

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma-14.2.2016 A escolha certa Conforme dissemos nos Xavierinhos da semana passada, a Quaresma começou na passada quartafeira, quarta-feira de cinzas. Como a maior parte dos meninos

Leia mais

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura)

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura) Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso Ano Lectivo 2009/2010 O segredo do rio Trabalho realizado no âmbito do PNL (Plano Nacional de Leitura) Era uma vez um rapaz que morava numa casa no campo.

Leia mais

Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor

Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a carteira, mas não me dão a alegria que procuro.

Leia mais

NOVIDADE O comboio Silvia Santirosi Chiara Carrer editora OQO

NOVIDADE O comboio Silvia Santirosi Chiara Carrer editora OQO NOVIDADE ISBN: 978-84-9871-331-2 TITULO: O comboio AUTOR: Silvia Santirosi // Chiara Carrer EDITORA: editora OQO COLECÇAO: Q LUGAR, DATA E Nº DE EDIÇÃO: Pontevedra, fevereiro 2012, 1ª PÁGINAS: 48 ENCADERNADO:

Leia mais