Atualização em Farmacoterapia Boro e Anastrozol

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atualização em Farmacoterapia Boro e Anastrozol"

Transcrição

1 Atualização em Farmacoterapia 1 Boro e Anastrozol Benefícios sobre a síntese de testosterona 1,3. A suplementação com Boro aumenta os níveis plasmáticos de testosterona, além de reduzir significativamente as concentrações de citocinas pró-inflamatórias 1. A terapia com Anastrozol é eficaz em aumentar os níveis de testosterona e diminuir os níveis de estradiol, modulando o metabolismo hormonal em homens com desordens androgênicas 3,5.

2 Testosterona Livre (pg/ml) (pg/ml) Estudo compara o efeito da suplementação com Boro sobre a concentração plasmática de hormônios esteroides e citocinas pró-inflamatórias 1. 8 voluntários saudáveis (homens), com idade entre 9 e 5 anos, seguiram o seguinte protocolo de tratamento: Dia : Café da Manhã + Placebo Dia 1: Café da Manhã + Boro 1mg Dia Dia 7: Café da Manhã + Boro 1mg No dia foram coletadas amostras de sangue antes e após a ingestão do placebo. Nos dias 1 e 7 novas amostras de sangue foram coletadas. As concentrações plasmáticas de hormônios esteroides e marcadores inflamatórios foram determinados nestas amostras. Foi observado aumento significativo na concentração de boro após suplementação oral com este mineral; No dia 1, após algumas horas da suplementação com boro, foi observada redução significativa na concentração de marcadores inflamatórios, como a proteína C reativa de alta sensibilidade (hscrp) e TNF-, assim como aumento nas concentrações de hormônios esteroides; Após uma semana, foi observado aumento significativo na concentração de hormônios esteroides como a testosterona, dihidrotestosterona e cortisol, assim como redução nas concentrações dos marcadores inflamatórios e dos níveis de estradiol; Não foram relatados efeitos adversos significativos. Concentração de Testosterona antes e após suplementação com boro Concentração de marcadores inflamatórios antes e após a suplementação com boro ,83 15,18 Dia Dia ,3 9,97 1,55,87 Dia Dia 7 IL- TNF-a A suplementação com Boro promove elevação nas concentrações de alguns hormônios esteroides, como a testosterona, além de reduzir significativamente as concentrações de citocinas pró-inflamatórias 1. Propostas Terapêuticas Cápsulas de Boro 1 Boro...1mg Administrar uma cápsula ao dia. Gomas contendo Boro 1 Boro...1mg Goma de Gelatina Sabor Uva qsp...1g Administrar uma unidade ao dia. Preparação Extemporânea Sabor Shake contendo Boro 1 Boro...1mg Veículo para Preparação Extemporânea Sabor Shake de Chocolate qsp...15g Administrar um sachê ao dia. Diluir o conteúdo de um sachê em um copo de leite, bater no liquidificador e consumir imediatamente após o preparo.

3 Testosterona (nmol/l) Estudo avalia o efeito da suplementação com Boro sobre os níveis plasmáticos de testosterona e lipídeos em modelo animal. 1 ratos machos foram divididos em dois grupos e receberam os seguintes tratamentos: Grupo 1 (n=) Placebo Grupo (n=8) Boro mg/dia 3 O tratamento teve duração de quatro semanas. Amostras de sangue foram coletadas antes e ao longo do tratamento, a fim de avaliar alterações nas concentrações de hormônios esteroides e no perfil lipídico destes animais. Após duas semanas de suplementação com boro, foi observada uma elevação significativa nas concentrações plasmáticas de 1,5-dihidroxivitamina D (p<,1), enquanto os níveis de triglicerídeos (p<,5) e HDL-colesterol (p<,5) foram significativamente reduzidos; Após quatro semanas de tratamento, as concentrações plasmáticas de testosterona encontraram-se significativamente elevadas nos animais suplementados com boro em relação aos animais que receberam placebo (p<,5); Efeitos adversos não foram relatados durante o estudo. A suplementação com Boro promove aumento significativo nas concentrações de vitamina D e testosterona. Estes resultados suportam a ideia de que o Boro atue estimulando a hidroxilação do núcleo da molécula do colesterol, favorecendo a síntese da testosterona Concentrações plasmáticas de testosterona após duas e quatro semanas de tratamento com placebo ou boro 9,8 Placebo Boro 5,,3 3, Semana Semana Propostas Terapêuticas Sachês contendo Boro 1 Boro...1mg Sachê Efervescente Sabor Laranja qsp...7g Administrar uma sachê ao dia. Abrir o conteúdo do envelope e diluir em um copo d água. Preparação Extemporânea Sabor Suco de Morango contendo Boro 1 Boro...5mg Excipiente para Preparação Extemporânea Sabor Suco de Morango qsp...15g Administrar um sachê duas vezes ao dia, junto com o café da manhã e o jantar. Diluir o conteúdo de um sachê em um copo de água e consumir imediatamente após o preparo.

4 Testosterona (nmol/l) Estradiol (pmol/l) Estudo avalia o efeito do Anastrozol sobre a síntese de testosterona em homens hipogonadais homens hipogonadais, com idade anos, foram randomizados em dois grupos: Grupo 1 Placebo Grupo Anastrozol 1mg/dia O tratamento teve duração de três meses. Mudanças nos níveis de hormônios esteroides, composição corporal (por tomografia computadorizada), perfil lipídico, entre outros parâmetros foram avaliados antes e ao final do tratamento. Após três meses de tratamento os níveis de testosterona foram significativamente aumentados nos pacientes tratados com Anastrozol (p<,1); Os níveis de estradiol, por sua vez, foram significativamente reduzidos nos pacientes tratados com Anastrozol (p<,1). Concentração de Testosterona antes e após terapia com Anastrozol Concentração de Estradiol antes e após terapia com Anastrozol 15 11, 18, 5 55,8, Antes Após Antes Após A administração de Anastrozol normaliza a produção de androgênios em homens hipogonadais e diminui a produção de estradiol, sendo benéfica em homens com desordens androgênicas 3. Proposta Terapêutica Cápsulas de Anastrozol 3 Administrar uma cápsula ao dia. Cápsulas de Anastrozol Anastrozol...mg Administrar uma cápsula ao dia. Estudo avaliou os efeitos do Anastrozol sobre os níveis de hormônios esteroides, gonadotrofinas e marcadores de reposição óssea em homens eugonadais com idade acima de 5 anos e demonstrou que a administração deste inibidor da aromatase, na dose de mg ao dia, é eficaz em aumentar os níveis de testosterona e reduzir os níveis de estradiol e estrona. Além disso, a terapia com Anastrozol promove efeitos positivos sobre o metabolismo ósseo nestes pacientes.

5 Testosterona (ngl/dl) Estudo avalia o efeito da administração oral de Anastrozol em aumentar a síntese de testosterona em homens idosos homens, com idade entre -7 anos, com níveis de testosterona < 35ng/dl foram randomizados em três grupos: Grupo 1 (n=1) Placebo Grupo (n=1) Anastrozol 1mg/ dia Grupo 3 (n=11) Anastrozol 1mg/duas vezes por semana O tratamento teve duração de doze semanas. Os níveis de testosterona e estradiol foram avaliados antes e após tratamento, assim como outros parâmetros. 5 Após doze semanas de tratamento os níveis de testosterona foram significativamente aumentados nos grupos tratados com Anastrozol em relação ao grupo tratado com placebo (p<,1); Os pacientes tratados diariamente com Anastrozol apresentaram aumento superior na síntese de testosterona em relação aos pacientes tratados duas vezes por semana com este mesmo fármaco; Os níveis de estradiol foram significativamente reduzidos nos grupos tratados com Anastrozol e de maneira similar entre estes dois grupos (p<,1) Concentração de Testosterona antes e após terapia diária ou semanal com Anastrozol Diária Semanal 33 Antes Após 5 A terapia com Anastrozol é eficaz em aumentar os níveis de testosterona e diminuir os níveis de estradiol, modulando o metabolismo hormonal em homens na andropausa, sendo recomendada a administração diária deste inibidor da aromatase 5. Propostas Terapêuticas Chocolate contendo Anastrozol 5 Tablete de Chocolate qsp...,5g Administrar uma unidade ao dia ou duas unidades na semana. Gomas contendo Anastrozol 5 Goma de Gelatina Sabor Morango qsp...1g Administrar uma unidade ao dia. Cápsulas de Anastrozol 5 Administrar uma cápsula duas vezes na semana.

6 Propriedades Boro: É um mineral traço encontrado nos alimentos de origem vegetal, sendo essencial ao crescimento e desenvolvimento das plantas; Ainda são poucos os estudos que avaliam o efeito da suplementação com boro em humanos, mas efeitos positivos têm sido cada vez mais relatados; O boro influencia diretamente o metabolismo do cálcio, fósforo, magnésio e vitamina D, além de apresentar importante regulação do paratormônio; A suplementação com boro pode também elevar os níveis de hormônios esteroides, entre eles a testosterona, podendo ser utilizado por homens com distúrbios androgênicos caracterizados pela baixa de testosterona endógena; Alguns atletas têm utilizado o boro com o intuito de elevar os níveis de testosterona e aumentar, consequentemente, a massa muscular; Além disso, a suplementação com boro tem sido utilizada no tratamento de patologias como cardiopatia isquêmica (por seu efeito redutor da excreção de magnésio), osteoartrite (pelo aumento da síntese de corticoides endógenos e por sua ação anti-inflamatória), osteoporose (pela redução da excreção de magnésio e cálcio) e na menopausa (principalmente pelo aumento da concentração de estradiol). PRINCIPAIS EFEITOS ADVERSOS: dor de cabeça, fraqueza, diarreia, vômito, entre outros. Anastrozol: Potente inibidor da aromatase, enzima que converte à testosterona em estradiol; O Anastrozol vem sendo utilizado em mulheres no tratamento do câncer de mama após cirurgia e em homens é utilizado no tratamento do hipogonadismo, ginecomastia e outras desordens androgênicas; Em pacientes na andropausa, a utilização do Anastrozol é benéfica, elevando os níveis de testosterona e reduzindo ou normalizando os níveis de estradiol; PRINCIPAIS EFEITOS ADVERSOS: Ansiedade, dor muscular, óssea ou articular, constipação, tosse, diarreia, tontura, sintomas de gripe, cefaléia, ondas de calor, perda do apetite, vômitos. Doses Usuais Boro 1mg/dia. Anastrozol 1-mg/dia. Literatura Consultada 1. Naghii MR, Mofid M, Asgari AR, Hedayati M, Daneshpour MS. Comparative effects of daily and weekly boron supplementation on plasma steroid hormones and proinflammatory cytokines.j Trace Elem Med Biol. 11 Jan;5(1):5-8.. Naghii MR, Samman S. The effect of boron on plasma testosterone and plasma lipids in rats. Nut Res Mar; 17(3): Burnett-Bowie SA, Roupenian KC, Dere ME, Lee H, Leder BZ. Effects of aromatase inhibition in hypogonadal older men: a randomized, double-blind, placebo-controlled trial.clin Endocrinol (Oxf). 8 Jun 5.. Taxel P, Kennedy DG, Fall PM, Willard AK, Clive JM, Raisz LG. The effect of aromatase inhibition on sex steroids, gonadotropins, and markers of bone turnover in older men.j Clin Endocrinol Metab. 1 Jun;8(): Leder BZ, Rohrer JL, Rubin SD, Gallo J, Longcope C. Effects of aromatase inhibition in elderly men with low or borderline-low serum testosterone levels.j Clin Endocrinol Metab. Mar;89(3):117-8.

Jornal Especial Fevereiro 2013

Jornal Especial Fevereiro 2013 Jornal Especial Fevereiro 2013 Osteosil Superprotetor dos Ossos: Protege Contra Osteoartrite e Osteoporose O que é: Osteosil é composto de dois dos principais nutrientes necessários à integridade e metabolismo

Leia mais

Ricardo M. R. Meirelles

Ricardo M. R. Meirelles O DIABETES NA TERCEIRA IDADE Distúrbio Androgênico do Envelhecimento no Homem com Diabetes e Síndrome Metabólica Ricardo M. R. Meirelles Professor Associado de Endocrinologia PUC-Rio Presidente da Sociedade

Leia mais

ARIMIDEX anastrozol. Tratamento do câncer de mama avançado em mulheres na pós-menopausa.

ARIMIDEX anastrozol. Tratamento do câncer de mama avançado em mulheres na pós-menopausa. I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ARIMIDEX anastrozol APRESENTAÇÕES ARIMIDEX anastrozol Comprimidos revestidos de 1 mg em embalagens com 28 comprimidos. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido

Leia mais

Vitex agnus castus. Alternativa terapêutica eficaz, segura e bem tolerada para os sintomas da síndrome pré-menstrual moderada a severa 1.

Vitex agnus castus. Alternativa terapêutica eficaz, segura e bem tolerada para os sintomas da síndrome pré-menstrual moderada a severa 1. Atualização em Nutracêuticos 1 Alternativa terapêutica eficaz, segura e bem tolerada para os sintomas da síndrome pré-menstrual moderada a severa 1. O extrato seco de é um tratamento que demonstra resultados

Leia mais

Atuação da Acupuntura na dor articular decorrente do uso do inibidor de aromatase como parte do tratamento do câncer de mama

Atuação da Acupuntura na dor articular decorrente do uso do inibidor de aromatase como parte do tratamento do câncer de mama Atuação da Acupuntura na dor articular decorrente do uso do inibidor de aromatase como parte do tratamento do câncer de mama O câncer de mama - 2º tipo de câncer mais freqüente no mundo e o mais comum

Leia mais

ARIMIDEX. (anastrozol)

ARIMIDEX. (anastrozol) ARIMIDEX (anastrozol) I) IDE TIFICAÇÃO DO MEDICAME TO ARIMIDEX (anastrozol) APRESE TAÇÕES Comprimidos revestidos de 1 mg em embalagens com 28 comprimidos. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

Terapia hormonal de baixa dose. Elvira Maria Mafaldo Soares UFRN/SOGORN

Terapia hormonal de baixa dose. Elvira Maria Mafaldo Soares UFRN/SOGORN Terapia hormonal de baixa dose Elvira Maria Mafaldo Soares UFRN/SOGORN Alterações endócrinas no Climatério pg/ml mui/ml mui/ml 150 FSH 80 60 100 50 0-8 -6-4 -2 0 2 4 6 8 anos Menopausa LH Estradiol 40

Leia mais

RELEPTIN Irvingia gabonensis extrato

RELEPTIN Irvingia gabonensis extrato RELEPTIN Irvingia gabonensis extrato Redução de peso, colesterol e glicemia. Reduz medidas pela queima de gordura ao mesmo tempo em que controla a dislipidemia, reduzindo o colesterol LDL e triglicérides

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE. Profª Sandra Carvalho

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE. Profª Sandra Carvalho COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE Profª Sandra Carvalho A carne magra: 75% de água 21 a 22% de proteína 1 a 2% de gordura 1% de minerais menos de 1% de carboidratos A carne magra dos diferentes animais de abate

Leia mais

Mirtazapina é Indicada para o Tratamento de Fibromialgia

Mirtazapina é Indicada para o Tratamento de Fibromialgia Mirtazapina é Indicada para o Tratamento de Fibromialgia Melhora a Qualidade de Vida dos Pacientes Diminui a Dor Musculoesquelética Beneficia a Qualidade do Sono Reduz a Incapacidade Relacionada à Doença

Leia mais

Sinonímia: Ascorbate de Calcium; Ascorbato cálcico; Calcii ascorbas; Calcii Ascorbas Dihydricus; Calcium, ascorbate de.

Sinonímia: Ascorbate de Calcium; Ascorbato cálcico; Calcii ascorbas; Calcii Ascorbas Dihydricus; Calcium, ascorbate de. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: (C 6 H 7 O 6 )2Ca,2H 2 O Peso molecular: 426.3. DCB/ DCI: 00106 Ascorbato de cálcio. CAS: 5743-27-1. INCI:. Sinonímia: Ascorbate de Calcium; Ascorbato

Leia mais

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Declaro não haver conflito de interesse Dra Maria Cecília Monteiro Dela Vega Médica Oncologista Clínica- CEBROM e Hospital Araujo Jorge

Leia mais

Hipérico Extrato Seco

Hipérico Extrato Seco Material Técnico Hipérico Extrato Seco Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável INCI: Não aplicável Denominação botânica:

Leia mais

Excreção. Manutenção do equilíbrio de sal, água e remoção de excretas nitrogenadas.

Excreção. Manutenção do equilíbrio de sal, água e remoção de excretas nitrogenadas. Fisiologia Animal Excreção Manutenção do equilíbrio de sal, água e remoção de excretas nitrogenadas. Sistema urinario Reabsorção de açucar, Glicose, sais, água. Regula volume sangue ADH: produzido pela

Leia mais

Alendronato de sódio trihidrat

Alendronato de sódio trihidrat Material Técnico Alendronato de sódio trihidrat Identificação Fórmula Molecular: C 4 H 12 NNaO 7 P 2. 3 H 2 O Peso molecular: 325.1 DCB / DCI: 00097-Alendronato de sódio tri-hidratado CAS 121268-17-5 INCI:

Leia mais

ARIMIDEX. (anastrozol)

ARIMIDEX. (anastrozol) ARIMIDEX AstraZeneca do Brasil Ltda. Comprimido revestido 1 mg ARIMIDEX (anastrozol) I) IDE TIFICAÇÃO DO MEDICAME TO ARIMIDEX (anastrozol) APRESE TAÇÕES Comprimidos revestidos de 1 mg em embalagens com

Leia mais

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Anandron nilutamida

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Anandron nilutamida Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Anandron nilutamida FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Comprimidos de

Leia mais

Insuficiência de Vitamina D desafio diagnóstico!!!

Insuficiência de Vitamina D desafio diagnóstico!!! E2- Denise D. Lima Fev/2011 Caso Clínico Mulher, 61 anos, saudável Avaliação de saúde óssea Dosagem de Vit D (25 hidroxivitamina D)= 21 ng/ml Sem história de fraturas, nem histórico familiar de fratura

Leia mais

Minerais e Vitaminas como Fontes Ergogênicas. Magnésio, Zinco, Cálcio e Vitaminas B1 e B6.

Minerais e Vitaminas como Fontes Ergogênicas. Magnésio, Zinco, Cálcio e Vitaminas B1 e B6. Minerais e Vitaminas como Fontes Ergogênicas Magnésio, Zinco, Cálcio e Vitaminas B1 e B6. Minerais e Vitaminas como Fontes Ergogênicas Magnésio, Zinco, Cálcio, Vitaminas B1 e B6. Historicamente o homem

Leia mais

Indicação do AndroGel

Indicação do AndroGel AndroGel Indicação do AndroGel Terapia de reposição de testosterona em hipogonadismo masculino, quando a deficiência de testosterona for confirmada por características Clínicas e Exames Bioquímicos 1.

Leia mais

Reposição hormonal também é coisa de homem

Reposição hormonal também é coisa de homem Reposição hormonal também é coisa de homem Ondas de calor, suor intenso, sensação repentina de frio, náusea, palpitações, irritabilidade, mudanças de humor. Os sintomas são de uma mulher na menopausa.

Leia mais

DI-INDOL METANO. Composto natural que previne o envelhecimento. Informações Técnicas

DI-INDOL METANO. Composto natural que previne o envelhecimento. Informações Técnicas Informações Técnicas DI-INDOL METANO Composto natural que previne o envelhecimento NOME QUÍMICO: 3,3'-Diindolylmethane. CAS: 1968-05-4. FÓRMULA MOLECULAR: C 17 H 14 N 2. PESO MOLECULAR: 246.31. INTRODUÇÃO

Leia mais

Atualização em Farmacoterapia. Ocitocina tópica

Atualização em Farmacoterapia. Ocitocina tópica Atualização em Farmacoterapia 1 Ocitocina tópica Benefício no tratamento da atrofia vaginal em mulheres pósmenopausa, restaurando epitélio vaginal, sem efeitos adversos e alterações hormonais sistêmicas

Leia mais

Menopausa x Gordura abdominal. Nutricionista Fernanda Machado Soares

Menopausa x Gordura abdominal. Nutricionista Fernanda Machado Soares Menopausa x Gordura abdominal Nutricionista Fernanda Machado Soares Menopausa É o período que marca o fim da última menstruação de uma mulher. O tempo dessa transição é chamado de climatério. Marca o fim

Leia mais

MODELO DE BULA. FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES ENDRONAX (alendronato de sódio) 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos.

MODELO DE BULA. FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES ENDRONAX (alendronato de sódio) 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos. MODELO DE BULA Endronax alendronato de sódio FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES ENDRONAX (alendronato de sódio) 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos. USO ADULTO Via oral Composição: Cada

Leia mais

Benefícios da Vitamina D no osso e em todo o organismo. A vitamina D tem um papel importante.

Benefícios da Vitamina D no osso e em todo o organismo. A vitamina D tem um papel importante. Saúde do Osso. Benefícios da Vitamina D no osso e em todo o organismo. A vitamina D desempenha, juntamente com o cálcio, um papel importante na saúde e na manutenção da estrutura óssea. Estudos recentes

Leia mais

Rivastigmina (Port.344/98 -C1)

Rivastigmina (Port.344/98 -C1) Rivastigmina (Port.344/98 -C1) Alzheimer DCB: 09456 CAS: 129101-54-8 Fórmula molecular: C 14 H 22 N 2 O 2.C 4 H 6 O 6 Nome químico: (S)-N-Ethyl-3-[(1-dimethylamino)ethyl]-N-methylphenylcarbamate hydrogen

Leia mais

CASEÍNA. Benefícios da Proteína do Leite para o Sono e Nutrição Esportiva

CASEÍNA. Benefícios da Proteína do Leite para o Sono e Nutrição Esportiva Informações Técnicas CASEÍNA Benefícios da Proteína do Leite para o Sono e Nutrição Esportiva DESCRIÇÃO Proteína isolada de caseína, obtida através de um processo estritamente controlado para promover

Leia mais

Zinco quelato. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. CAS: Não aplicável

Zinco quelato. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. CAS: Não aplicável Material Técnico Zinco quelato Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável

Leia mais

Corticóides na Reumatologia

Corticóides na Reumatologia Corticóides na Reumatologia Corticóides (CE) são hormônios esteróides produzidos no córtex (área mais externa) das glândulas suprarrenais que são dois pequenos órgãos localizados acima dos rins. São produzidos

Leia mais

Arimide. Informações para pacientes com câncer de mama. Anastrozol

Arimide. Informações para pacientes com câncer de mama. Anastrozol Informações para pacientes com câncer de mama. AstraZeneca do Brasil Ltda. Rod. Raposo Tavares, km 26,9 CEP 06707-000 Cotia SP ACCESS net/sac 0800 14 55 78 www.astrazeneca.com.br AXL.02.M.314(1612991)

Leia mais

Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830

Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830 Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830 O que é Osteoporose? A osteoporose é uma doença freqüente que é definida como diminuição absoluta da quantidade de osso e desestruturação

Leia mais

Atualização em Nutracêuticos Ômega-3

Atualização em Nutracêuticos Ômega-3 Atualização em Nutracêuticos 1 Ômega-3 Proporciona melhora na atenção, na alfabetização e nos problemas de comportamento em crianças com TDAH 1. Combinação dos ácidos graxos do Ômega-3 e Ômega-6 + magnésio

Leia mais

PEG 4000. Eficaz no tratamento da constipação intestinal, com resultados semelhantes ao hidróxido de magnésio 1.

PEG 4000. Eficaz no tratamento da constipação intestinal, com resultados semelhantes ao hidróxido de magnésio 1. Atualização em Farmacoterapia 1 Eficaz no tratamento da constipação intestinal, com resultados semelhantes ao hidróxido de magnésio 1. Os tratamentos com ou lactulose são eficazes na redução da constipação

Leia mais

CASODEX bicalutamida. Comprimidos revestidos de 50 mg em embalagens com 28 comprimidos.

CASODEX bicalutamida. Comprimidos revestidos de 50 mg em embalagens com 28 comprimidos. I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO CASODEX bicalutamida APRESENTAÇÃO CASODEX bicalutamida Comprimidos revestidos de 50 mg em embalagens com 28 comprimidos. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido

Leia mais

QUAIS SÃO OS TIPOS MAIS COMUNS DE ANABOLIZANTES DO MERCADO?

QUAIS SÃO OS TIPOS MAIS COMUNS DE ANABOLIZANTES DO MERCADO? O QUE SÃO? Os anabolizantes ou esteróides anabólicos são produzidos a partir do hormônio masculino testosterona, potencializando sua função anabólica, responsável pelo desenvolvimento muscular. QUAIS SÃO

Leia mais

Toxicidade tardia da terapia adjuvante: o que não posso esquecer. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO

Toxicidade tardia da terapia adjuvante: o que não posso esquecer. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO Toxicidade tardia da terapia adjuvante: o que não posso esquecer Maria de Fátima Dias Gaui CETHO Introdução Cerca de 11.7 milhões de sobreviventes de câncer nos EUA em 2007. Destes 2.6 milhões ou 22% são

Leia mais

ZOOLOGIA E HISTOLOGIA ANIMAL

ZOOLOGIA E HISTOLOGIA ANIMAL ZOOLOGIA E HISTOLOGIA ANIMAL Sistema Endócrino Prof. Fernando Stuchi Introdução Os mensageiros químicos do corpo (hormônios) são produzidos pelas glândulas endócrinas ou glândulas de secreção interna,

Leia mais

SMOOTHIES uma maneira fácil e deliciosa para apreciar frutas e legumes.

SMOOTHIES uma maneira fácil e deliciosa para apreciar frutas e legumes. SMOOTHIES uma maneira fácil e deliciosa para apreciar frutas e legumes. Os smoothies ou shakes são uma maneira deliciosa, saudável e versátil para adicionar frutas e legumes em nossa alimentação diária.

Leia mais

Naproxeno. Identificação. Denominação botânica: Não aplicável. Aplicações

Naproxeno. Identificação. Denominação botânica: Não aplicável. Aplicações Material Técnico Naproxeno Identificação Fórmula Molecular: C 14 H 14 O 3 Peso molecular: 230,3 DCB / DCI: 06233 -Naproxeno CAS: 22204-53-1 INCI: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável. Sinonímia:

Leia mais

SHAKEASY. Bases Prontas para Shakes Funcionais

SHAKEASY. Bases Prontas para Shakes Funcionais Informações Técnicas SHAKEASY Bases Prontas para Shakes Funcionais INTRODUÇÃO SHAKEASY representa uma nova geração de shakes funcionais. Um completo e diferenciado substituto parcial de refeições que permite

Leia mais

Atividade Física e Alimentação Protéica

Atividade Física e Alimentação Protéica Atividade Física e Alimentação Protéica Para obter um bom desempenho o atleta não necessita somente de um bom treinamento, precisa de uma dieta balanceada que contenha quantidades adequadas de proteína,

Leia mais

Duphalac lactulose MODELO DE BULA. DUPHALAC (lactulose) é apresentado em cartuchos contendo 1 frasco de 200 ml e um copo medida.

Duphalac lactulose MODELO DE BULA. DUPHALAC (lactulose) é apresentado em cartuchos contendo 1 frasco de 200 ml e um copo medida. MODELO DE BULA Duphalac lactulose FORMA FARM ACÊUTICA E APRESENTAÇ ÃO DUPHALAC (lactulose) é apresentado em cartuchos contendo 1 frasco de 200 ml e um copo medida. VIA ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO

Leia mais

Pâncreas. Pancreatite aguda. Escolha uma das opções abaixo para ler mais detalhes.

Pâncreas. Pancreatite aguda. Escolha uma das opções abaixo para ler mais detalhes. Pâncreas Escolha uma das opções abaixo para ler mais detalhes. Pancreatite aguda Pancreatite crônica Cistos pancreáticos Câncer de Pancrêas Pancreatite aguda O pâncreas é um órgão com duas funções básicas:

Leia mais

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA SEROTONINA Serotonina: funções e distribuição Receptores centrais e periféricos Neurotransmissor: neurônios

Leia mais

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES - ALDACTONE

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES - ALDACTONE ALDACTONE Espironolactona FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES - ALDACTONE Comprimidos de 25 mg - caixas contendo 20 unidades. Comprimidos de 100 mg - caixas contendo 16 unidades. USO PEDIÁTRICO E ADULTO

Leia mais

Fenulife. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável

Fenulife. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável Material Técnico Fenulife Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável

Leia mais

IBANDRONATO DE SÓDIO. Actavis Farmacêutica Ltda. Comprimido simples 150 mg

IBANDRONATO DE SÓDIO. Actavis Farmacêutica Ltda. Comprimido simples 150 mg IBANDRONATO DE SÓDIO Actavis Farmacêutica Ltda. Comprimido simples 150 mg I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ibandronato de sódio Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Embalagens contendo

Leia mais

Vitamina D: é preciso dosar e repor no pré-natal? Angélica Amorim Amato 2013

Vitamina D: é preciso dosar e repor no pré-natal? Angélica Amorim Amato 2013 Vitamina D: é preciso dosar e repor no pré-natal? Angélica Amorim Amato 2013 É preciso dosar e repor vitamina D no pré-natal? A dosagem de vitamina D pelos métodos mais amplamente disponíveis é confiável?

Leia mais

CASODEX bicalutamida

CASODEX bicalutamida CASODEX bicalutamida I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO CASODEX bicalutamida APRESENTAÇÃO Comprimidos revestidos de 50 mg em embalagens com 28 comprimidos. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido

Leia mais

Sumário. Data: 13/12/2013 NTRR 258/2013. Medicamento X Material Procedimento Cobertura

Sumário. Data: 13/12/2013 NTRR 258/2013. Medicamento X Material Procedimento Cobertura NTRR 258/2013 Solicitante: Dr. Amaury Silva, Juiz de Direito da 6.ª Vara Cível dacomarca de Governador Valadares Data: 13/12/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Número do processo:0296392-06.2013.8.13.0105

Leia mais

Fibras Alimentares na Terapia com AINEs Administração conjunta reduz lesões inflamatórias intestinais

Fibras Alimentares na Terapia com AINEs Administração conjunta reduz lesões inflamatórias intestinais Atualização Mensal: Fibras Alimentares na Terapia com AINEs Administração conjunta reduz lesões inflamatórias intestinais Fibras Solúveis na Terapia com AINEs Administração conjunta reduz lesões inflamatórias

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Miocalven D citrato de cálcio colecalciferol (vitamina D)

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Miocalven D citrato de cálcio colecalciferol (vitamina D) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Miocalven D citrato de cálcio colecalciferol (vitamina D) APRESENTAÇÕES Pó para suspensão. Cada sachê contém 4,0 g de pó para uso oral, contendo 500 mg de cálcio (na forma

Leia mais

Alimentação na Gestação

Alimentação na Gestação ESPAÇO VIDA Nut. Fabiane Galhardo Unimed Pelotas 2012 Alimentação na Gestação 1 GESTAÇÃO PERÍODO MÁGICO DE INTENSA TRANSIÇÃO, ONDE A NATUREZA MODIFICA O CORPO E A MENTE PARA TRANSFORMAR MULHER EM MÃE A

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira O que é a Menopausa?

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira O que é a Menopausa? Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira O que é a Menopausa? Menopausa é a parada de funcionamento dos ovários, ou seja, os ovários deixam

Leia mais

DURATESTON propionato de testosterona + fempropionato de testosterona + isocaproato de testosterona + decanoato de testosterona

DURATESTON propionato de testosterona + fempropionato de testosterona + isocaproato de testosterona + decanoato de testosterona DURATESTON propionato de testosterona + decanoato de testosterona Forma farmacêutica e apresentação: Solução injetável - uso intramuscular. DURATESTON 250 mg/ml - embalagem com 1 ampola de 1mL. USO ADULTO

Leia mais

ZOLADEX 3,6 mg e ZOLADEX LA 10,8 mg (acetato de gosserrelina)

ZOLADEX 3,6 mg e ZOLADEX LA 10,8 mg (acetato de gosserrelina) ZOLADEX 3,6 mg e ZOLADEX LA 10,8 mg (acetato de gosserrelina) I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ZOLADEX acetato de gosserrelina APRESENTAÇÃO Atenção: seringa com sistema de proteção da agulha Depot de 3,6

Leia mais

Influência das Vitaminas e minerais e suas recomendações para pacientes com psoríase

Influência das Vitaminas e minerais e suas recomendações para pacientes com psoríase Influência das Vitaminas e minerais e suas recomendações para pacientes com psoríase Fabiana Carneiro Buzzi E-mail: fabianaprata@hotmail.com Mini cv: Fomada e especializada em Nutrição Clínica pelo Centro

Leia mais

Amilorida HCl dihidratada

Amilorida HCl dihidratada Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 6 H 8 ClN 7 O,HCl,2H 2 O Peso molecular: 302,1 DCB/ DCI: 2352- amiloride hydrochloride dihydrate CAS: 17440-83-4 INCI: Não aplicável Sinonímia: Amilorid

Leia mais

TEMA: Abiraterona (Zytiga ) para tratamento de câncer de próstata avançado sem quimioterapia prévia.

TEMA: Abiraterona (Zytiga ) para tratamento de câncer de próstata avançado sem quimioterapia prévia. NTRR 158/2014 Solicitante: Juíz: Dra. Solange Maria de Lima Oliveira Juiza da 1ª Vara Cível de Itaúna. Data: 04/07/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Número do processo: 0338.14.006.873-9

Leia mais

DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg

DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg Diaformin cloridrato de metformina Comprimido IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Leia mais

ISOFLAVIONA 40% Glycine mas

ISOFLAVIONA 40% Glycine mas Introdução ISOFLAVIONA 40% Glycine mas Fitoestrógenos da Soja Isoflavona é o mais novo lançamento para a área Ginecológica e Clínica Geral. Usada como alimento por mais de 5.000 anos na Ásia, a soja representa

Leia mais

Nebido. Bayer S.A. Solução injetável 250 mg/ml de undecilato de testosterona

Nebido. Bayer S.A. Solução injetável 250 mg/ml de undecilato de testosterona Nebido Bayer S.A. Solução injetável 250 mg/ml de undecilato de testosterona 1 Nebido undecilato de testosterona APRESENTAÇÃO: Cartucho contendo 1 ampola de vidro com 4 ml de solução injetável estéril VIA

Leia mais

Cloridrato de metformina

Cloridrato de metformina Cloridrato de metformina Prati-Donaduzzi Comprimido de liberação prolongada 500 mg e 750 mg Cloridrato de metformina_bula_paciente INFORMAÇÕES AO PACIENTE cloridrato de metformina Medicamento genérico

Leia mais

Estudo com Mais de 6.000 Pacientes Confirma

Estudo com Mais de 6.000 Pacientes Confirma Estudo com Mais de 6.000 Pacientes Confirma Bezafibrato Melhora o Perfil Lipídico e Reduz Hemoglobina Glicada Ideal para Pacientes Dislipidêmicos com Diabetes Tipo 2 Isento de Efeitos Adversos Graves Diabetes

Leia mais

Os esportistas estão sujeitos a algumas condições que podem ser prevenidas e aliviadas com as frutas

Os esportistas estão sujeitos a algumas condições que podem ser prevenidas e aliviadas com as frutas O Pódio das Frutas As mais energéticas: açaí (495 kcal em 1 tigela pequena), abacate (235 kcal em 1/2 unidades), caqui (90 kcal por e figo (90 kcal por 3 unidades) As menos energéticas: melão (20 kcal

Leia mais

GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g

GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g Glifage XR cloridrato de metformina APRESENTAÇÕES Glifage XR 500 mg: embalagens contendo 30 comprimidos

Leia mais

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg OMENAX Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg tratar dispepsia, condição que causa acidez, azia, arrotos ou indigestão. Pode ser usado também para evitar sangramento do trato gastrintestinal

Leia mais

DTN-FOL. ácido fólico + acetato de dextroalfatocoferol. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Cápsula gelatinosa mole. 400mcg + 10mg

DTN-FOL. ácido fólico + acetato de dextroalfatocoferol. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Cápsula gelatinosa mole. 400mcg + 10mg DTN-FOL ácido fólico + acetato de dextroalfatocoferol Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Cápsula gelatinosa mole 400mcg + 10mg MODELO DE BULA DO PACIENTE DTN-FOL ácido fólico acetato de dextroalfatocoferol

Leia mais

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES FINALOP comprimidos revestidos contendo 1 mg de finasterida. Embalagens com 30 comprimidos revestidos.

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES FINALOP comprimidos revestidos contendo 1 mg de finasterida. Embalagens com 30 comprimidos revestidos. FINALOP finasterida 1 mg Comprimidos revestidos USO ORAL USO ADULTO FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES FINALOP comprimidos revestidos contendo 1 mg de finasterida. Embalagens com 30 comprimidos revestidos.

Leia mais

O ATLETA VEGETARIANO Priscila Di Ciero - Nutricionista

O ATLETA VEGETARIANO Priscila Di Ciero - Nutricionista O ATLETA VEGETARIANO Priscila Di Ciero - Nutricionista O consumo de dietas vegetarianas tem sido associado a muitos benefícios à saúde, incluindo menores taxas de mortes por doenças cardiovasculares, diabetes

Leia mais

BULA IBANDRONATO DE SÓDIO COMPRIMIDOS SIMPLES 150 MG. Versão Paciente FABRICANTE: ACTAVIS FARMACÊUTICA LTDA.

BULA IBANDRONATO DE SÓDIO COMPRIMIDOS SIMPLES 150 MG. Versão Paciente FABRICANTE: ACTAVIS FARMACÊUTICA LTDA. BULA IBANDRONATO DE SÓDIO COMPRIMIDOS SIMPLES 150 MG Versão Paciente FABRICANTE: ACTAVIS FARMACÊUTICA LTDA. I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ibandronato de sódio Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999

Leia mais

Beta-alanina. GAMMA COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO & EXPORTAÇÃO LTDA. Avenida Santa Catarina, 66 - Aeroporto- 04635-000 - São Paulo SP - Brasil

Beta-alanina. GAMMA COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO & EXPORTAÇÃO LTDA. Avenida Santa Catarina, 66 - Aeroporto- 04635-000 - São Paulo SP - Brasil Beta-alanina Fórmula Estrutural: Fórmula Molecular: C3H7NO2 / NH 2 CH 2 CH 2 COOH Peso Molecular: 89.09 g/mol CAS: 107-95-9 Sinonímia: β-ala; AI3-18470; beta-aminopropionic acid; 3-Aminopropanoic acid;

Leia mais

A Contribuição Da Carne Bovina Para Uma Alimentação Saudável

A Contribuição Da Carne Bovina Para Uma Alimentação Saudável A Contribuição Da Carne Bovina Para Uma Alimentação Saudável Nutricionista: Semíramis Martins Álvares Domene Profa. Titular da Faculdade de Nutrição PUC Campinas Nutrição e alimentação são assuntos cada

Leia mais

Modelo de bula. TEFLUT flutamida USO EM ADULTOS EXCLUSIVAMENTE DO SEXO MASCULINO

Modelo de bula. TEFLUT flutamida USO EM ADULTOS EXCLUSIVAMENTE DO SEXO MASCULINO Modelo de bula TEFLUT flutamida Formas farmacêuticas e apresentação: Caixa contendo 2 blísteres com 10 comprimidos cada USO EM ADULTOS EXCLUSIVAMENTE DO SEXO MASCULINO Via de administração: Via oral Cada

Leia mais

A contribuição da carne bovina para uma alimentação saudável

A contribuição da carne bovina para uma alimentação saudável A contribuição da carne bovina para uma alimentação saudável Por Semíramis Martins Ávares Domene 1 Nutrição e alimentação são assuntos cada vez mais abordados quando o tema é qualidade de vida e adoção

Leia mais

BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009. bicalutamida Accord Farmacêutica Ltda Comprimido revestido 50 mg

BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009. bicalutamida Accord Farmacêutica Ltda Comprimido revestido 50 mg bicalutamida Accord Farmacêutica Ltda Comprimido revestido 50 mg 1 I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO bicalutamida 50mg bicalutamida 50 mg Medicamento Genérico Lei nº. 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Comprimidos

Leia mais

bicalutamida Bula para paciente Comprimidos revestidos 50 mg

bicalutamida Bula para paciente Comprimidos revestidos 50 mg bicalutamida Bula para paciente Comprimidos revestidos 50 mg bicalutamida Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 Comprimido revestido FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Embalagem com 30 comprimidos

Leia mais

ALTERAÇÕES METABÓLICAS NO PERFIL LIPÍDICO E GLICÊMICO DE PACIENTES HIV POSITIVOS QUE FAZEM USO DE ANTIRETROVIRAIS

ALTERAÇÕES METABÓLICAS NO PERFIL LIPÍDICO E GLICÊMICO DE PACIENTES HIV POSITIVOS QUE FAZEM USO DE ANTIRETROVIRAIS ALTERAÇÕES METABÓLICAS NO PERFIL LIPÍDICO E GLICÊMICO DE PACIENTES HIV POSITIVOS QUE FAZEM USO DE ANTIRETROVIRAIS Greice Rodrigues Bittencourt Introdução A terapia antiretroviral contemporânea (TARV) baseado

Leia mais

EXELON rivastigmina. APRESENTAÇÕES Exelon 1,5, 3,0, 4,5 e 6,0 mg embalagens contendo 28 cápsulas. VIA ORAL USO ADULTO

EXELON rivastigmina. APRESENTAÇÕES Exelon 1,5, 3,0, 4,5 e 6,0 mg embalagens contendo 28 cápsulas. VIA ORAL USO ADULTO EXELON rivastigmina APRESENTAÇÕES Exelon 1,5, 3,0, 4,5 e 6,0 mg embalagens contendo 28 cápsulas. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada cápsula de Exelon contém 2,4 mg, 4,8 mg, 7,2 mg ou 9,6 mg de hidrogenotartarato

Leia mais

TEMA: Octreotida LAR no tratamento de tumor neuroendócrino

TEMA: Octreotida LAR no tratamento de tumor neuroendócrino NTRR 31/2013 Solicitante: Juiz Juarez Raniero Número do processo:0479.13.003726-6 Reu: Secretaria de Saúde de Passos Data: 25/03/2013 Medicamento x Material Procedimento Cobertura TEMA: Octreotida LAR

Leia mais

SABOR. NUMEROSem. Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde.

SABOR. NUMEROSem. Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde. SABOR Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde. Conteúdo produzido pela equipe de Comunicação e Marketing do Portal Unimed e aprovado pelo coordenador técnico-científico:

Leia mais

OSTEOFORM alendronato de sódio

OSTEOFORM alendronato de sódio OSTEOFORM alendronato de sódio EMS Sigma Pharma Ltda. Comprimido 70mg IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO OSTEOFORM alendronato de sódio APRESENTAÇÕES Osteoform 70mg, embalagens contendo 2, 4, 8 e 12 comprimidos.

Leia mais

Bonviva (ibandronato de sódio) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 150 mg

Bonviva (ibandronato de sódio) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 150 mg Bonviva (ibandronato de sódio) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 150 mg Bonviva ibandronato de sódio Roche Drogas para o tratamento de doenças ósseas IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Leia mais

FOSAMAX (alendronato sódico), MSD

FOSAMAX (alendronato sódico), MSD FOSAMAX (alendronato sódico), MSD FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES FOSAMAX 10 mg é apresentado em caixas contendo 15 ou 30 comprimidos. FOSAMAX 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos. USO

Leia mais

Reposição de Testosterona. João Lindolfo C. Borges

Reposição de Testosterona. João Lindolfo C. Borges Reposição de Testosterona Benefícios e limitações João Lindolfo C. Borges Conflitode Interesse Quem devee quem não deve? 1 Quem pode não ser beneficiado pela administração de Testosterona Quem pode ser

Leia mais

Colesterol. Você pode verificar os rótulos nutricionais (como este de uma lata de atum) para obter informações sobre o colesterol

Colesterol. Você pode verificar os rótulos nutricionais (como este de uma lata de atum) para obter informações sobre o colesterol Colesterol Fonte: http://hsw.uol.com.br/ Introdução Segundo a Associação Americana do Coração (em inglês), altos níveis de colesterol são fatores de risco para doenças do coração, principal motivo de mortes

Leia mais

maleato de trimebutina

maleato de trimebutina maleato de trimebutina Althaia S.A. Indústria Farmacêutica Cápsulas Gelatinosas Mole 200 mg maleato de trimebutina Medicamento genérico Lei n o 9.787, de 1999. I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO APRESENTAÇÃO:

Leia mais

O sistema esquelético ou sistema ósseo é formado por vários ossos, cujo estudo é chamado de osteologia.

O sistema esquelético ou sistema ósseo é formado por vários ossos, cujo estudo é chamado de osteologia. SISTEMA ESQUELÉTICO Ossos do corpo humano se juntam por meio das articulações. E são responsáveis por oferecer um apoio para o sistema muscular permitindo ao homem executar vários movimentos. O sistema

Leia mais

Ostenan. Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Revestido Alendronato de Sódio 70mg

Ostenan. Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Revestido Alendronato de Sódio 70mg Ostenan Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Revestido Alendronato de Sódio 70mg Ostenan Besilato de Anlodipino FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Ostenan 70 mg é apresentado em caixas com 4 comprimidos

Leia mais

Nome do Produto: 100% Whey Protein Gold Standard - Optimum Nutrition

Nome do Produto: 100% Whey Protein Gold Standard - Optimum Nutrition Nome do Produto: 100% Whey Protein Gold Standard - Optimum Nutrition Apresentação do Produto: Potes 2lbs, 5lbs e 10lbs Descrição do Produto: 100% Whey Protein é derivado do soro do leite (livre de lactose)

Leia mais

FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química

FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química NUTRACÊUTICOS PARA TRATAMENTO DAS DEPENDÊNCIAS QUÍMICAS TRATAMENTO COM ALTA EFETIVIDADE Os mais recentes estudos científicos

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

Ingredientes: Óleo de castanha do pará e vitamina E. Cápsula: gelatina (gelificante) e glicerina (umectante).

Ingredientes: Óleo de castanha do pará e vitamina E. Cápsula: gelatina (gelificante) e glicerina (umectante). Registro no M.S.: 6.5204.0093.001-2 Concentração: 1000 mg Apresentação: Embalagem com 1000 cápsulas; Embalagem com 5000 cápsulas; Embalagem pet com 500 cápsulas envelopadas; Refil com 2000 cápsulas envelopadas.

Leia mais

LITERATURA ÔMEGA 3 ÔMEGA 3

LITERATURA ÔMEGA 3 ÔMEGA 3 ÔMEGA 3 Introdução O cérebro humano representa apenas 2% do nosso peso total, mas usa aproximadamente 20% do oxigênio consumido por todo nosso corpo quando está em repouso. Ele é um órgão complexo que

Leia mais

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia José Bines Instituto Nacional de Câncer Índice Podemos selecionar pacientes para não receber tratamento adjuvante?

Leia mais

Entenda tudo sobre a Síndrome do Intestino Irritável

Entenda tudo sobre a Síndrome do Intestino Irritável Entenda tudo sobre a Síndrome do Intestino Irritável Apesar de ainda não existir cura definitiva para esse problema de saúde crônico, uma diferenciação entre essa patologia e a sensibilidade ao glúten

Leia mais

O CENÁRIO As 3 Epidemias: Aterosclerose. Depressão. Neurose

O CENÁRIO As 3 Epidemias: Aterosclerose. Depressão. Neurose O CENÁRIO As 3 Epidemias: Aterosclerose Depressão Neurose A A maior doença a hoje, não é a lepra ou a tuberculose, mas a sensação de abandono, de não ser amado. Madre Tereza de Calcutá Infarto Agudo do

Leia mais