História da Arte - Linha do Tempo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "História da Arte - Linha do Tempo"

Transcrição

1 PRÉ- HISTÓRIA: História da Arte - Linha do Tempo -Período Paleolítico e neolítico; -Primeiras manifestações artísticas, pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Arte Rupestre. 25 mil anos atrás. O homem já andava ereto. O homem passa a fazer além de instrumentos, imagens. Os primeiros objetos artísticos tinham a intenção de controlar as forças da natureza. Era dada a representação o mesmo valor de existência do representado. As principais características da arte rupestre A denominação arte rupestre engloba as representações artísticas (desenhos, símbolos e sinais) pré-históricas feitas em paredes, tetos e outras superfícies de cavernas, abrigos rochosos e ao ar livre. No geral, exibiam representações de plantas, animais, pessoas do período em que viviam, e imagens do seu cotidiano, tais como os rituais, danças, caça, alimentação, etc. Ademais, o homem pré-histórico também se expressava por meio de esculturas em madeira, osso e pedra. Na produção das pinturas nas paredes das cavernas, os povos da antiguidade utilizavam sangue de animais, pedaços de rochas, ossos, argila, saliva, etc. Na América, além desta arte pré-histórica, existe também outro tipo de arte primitiva: a denominada arte pré-colombiana, produzida pelos povos maias, incas e astecas. Estes povos contam a sua história com pinturas, esculturas e templos construídos com pedras. Arte rupestre no Brasil No nosso país, existem locais com pinturas rupestres. Confira a seguir: No estado do Piauí, encontramos dois parques: o Parque Nacional da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato e o Parque Nacional Sete Cidades; Paraíba: Cariris Velhos; No estado de Minas Gerais, encontramos dois sítios: Lagoa Santa e Peruaçu; Mato Grosso: Rondonópolis. ANTIGUIDADE: -Aparecimento da escrita que sucede até a queda do império Romano. -Período das grandes civilizações, como a Mesopotâmia, Egito, Grécia e Roma. Mesopotâmia: Construções em adobes (tijolo preparado com argila crua e secado ao sol); Também outros povos se desenvolviam ao mesmo tempo. (Pirâmides Quéops, Quéfren e Miquerinos) Egípcio: Grande civilização. Povo excessivamente religioso e místico, toda sua vida girava em torno da crença de que a alma voltaria a habitar o mesmo corpo. Monumentos funerários, religiosos. Lei do frontalidade. Grécia: Basicamente ligada aos templos (Colunas Dórica, Jônica e Coríntia). Buscavam no homem e na vida inspiração (padrão de beleza). Uso da figura geométrica ou cenas mitológicas. Teatro (arena). Romanos: Construções mais típicas são templos, basílicas, circos, teatros, anfiteatros e aquedutos; Decoração de paredes. 1

2 ARTE MEDIEVAL: -Deus centro do universo; Arte Bizantina: Mosaico Românica: Uso de vitrais para facilitar a iluminação interna dos templos; Góticos: Teocentrismo atingiu seu apogeu, toda a vida do homem deveria ser voltada para o aspecto religioso e as igrejas deveriam tornar- se amplas e mais altas. ARTE ACADÊMICA OU CLÁSSICA -Do teocentrismo Medieval o homem avança para o humanismo e coloca- se como centro do universo. -Descobre que existem outros povos que habitam o planeta; -Surge a renovação artística e cultural. Renascimento: Os artistas voltam a estudar o corpo humano, procurando perfeição e harmonia das formas; Buscando inspiração nos Greco-Romanos: esculturas como a Pietá de Miguel Ângelo Buonarotti; Giotto é o precursor do renascimento; Mas Leonardo da Vinci é considerado um dos maiores gênios da humanidade. Barroco: Foi utilizada em relação a arte porque os artistas não observam mais as rígidas regras estabelecidas no renascimento. No Barroco predomina o aspecto emocional, juntamente com o sentimento religioso. Abundância de detalhes, violentos contrastes de luz e sombra Rococó: É graça elegância, erotismo e inspiração mundana. Os pintores deste estilo usam pinceladas rápidas, leves e delicadas. O desenho é decorativo. As cores são claras e luminosas. Nus femininos. ARTE NEOCLÁSSICA: -Tendência artística e literária que surgiu em contraposição as ideias do Barroco e do Rococó. -Este estilo representa a restauração ou reconstrução das formas artísticas da Antiguidade Clássica e Greco-Romana. Romantismo: Há a valorização do exótico, do pitoresco, do fantástico e do aventuroso. Alto relevo, liberdade de composição, exuberância de cor vermelho, contraste de luz e sombra, pinceladas livres. Delacroix é o expoente máximo da pintura romântica. 2

3 Realismo: Surgiu contrapondo a ideia do romantismo. O avanço tecnológico fez com que os homens se voltassem para o real, concreto, o científico, o objetivo. Começa a surgir grandes edifícios de ferro, concreto e vidro, muito aço. Desaparecem das pinturas os santos, histórias e literários. O pintor só pinta o que viu e o que está vendo. Artista: Rodin ARTE MODERNA, PÓS- MODERNA E CONTEMPORÂNEA: A Arte Moderna seria o primeiro período artístico que abrangeria novas formas de se fazer arte, como a fotografia e o cinema, que surgiram durante a Revolução Industrial. A Modernidade foi um período de transformações vertiginosas e caóticas, que ficou marcada pela efemeridade e sensação de fragmentação da realidade. Impressionismo: Pintura baseada nas diversas variações da cor da luz. Pintavam ao ar livre, procurando fixar em suas telas a luminosidade e a atmosfera do ambiente. Artistas: Manet, Monet, Cézanne, Degas, Renoir. Expressionismo: Surge em oposição ao impressionismo e reflete a angústia e a instabilidade do período entre a primeira e segunda Guerra Mundial. Pintura deformada de imagens e da realidade, emocional, sentimental, utilizando temas como o amor, o ódio, a miséria, o medo, a solidão, a prostituição e outros. Artistas: Van Gogh, Munch, O termo Arte Pós-Moderna ou pós-modernismo pode ser definido como as características de natureza sociocultural e estética, que marcam o capitalismo da era contemporânea, portanto esta expressão pode designar todas as profundas modificações que se desenrolam nas esferas científica, artística e social, dos anos 50 até os dias atuais. Este movimento, que também pode ser chamado de pós-industrial ou financeiro, predomina mundialmente desde o fim do Modernismo. Ele é, sem dúvida, caracterizado pela avalanche recente de inovações tecnológicas, pela subversão dos meios de comunicação e da informática, com a crescente influência do universo virtual, e pelo desmedido apelo consumista que seduz o homem pós-moderno. Abstracionismo: É uma pintura cuja forma não possui qualquer relação com as imagens ou aparências da realidade exterior. Artistas: Kandinsky, Mondrian, Paul Klee, Duchamp. Op Art: Propõe participação ativa do contemplador na obra. Criação em série, simboliza o mundo precário. Artista Vasarely. Pop Art: Evidencia o cotidiano, o comum. Exagero de formas para chamar atenção. 3

4 Expressão do vulgarismo americano valorizando produtos fabricados e consumidos em massa. Artista: Warhol A Arte Contemporânea é uma tendência artística que surgiu na segunda metade do século XX, mais precisamente após a Segunda Guerra Mundial, por isso é denominada de arte do pós-guerra. A Arte Contemporânea se prolonga até aos dias atuais, propondo expressões artísticas originais a partir de técnicas inovadoras. Utilizamos essa palavra como adjetivo para indicar o tempo presente, atual. A arte contemporânea nada mais é do que o conjunto de uma série de diferenciados movimentos, vanguardas, técnicas e estilos, que resultou na tão famosa e diferenciada arte contemporânea. Os Movimentos de Vanguarda tinham como objetivo tentar resolver ou achar respostas para os problemas que surgiram na era moderna, seja no campo social ou político. Entre estes movimentos, destacam-se o surrealismo, o expressionismo, o futurismo, dadaísmo, cubismo e demais vanguardas que direcionavam a arte moderna às causas revolucionárias da época, que paradoxalmente, defendia a realidade que se estabelecia, ao mesmo tempo, que a negava completamente. Surrealismo: Sem preocupação estética ou moral baseia-se inteiramente no comando do subconsciente. Baseado nos valores do sonho e suas associações. Artistas: Dalí, Miró, Picasso. Futurismo: Pintura dinâmica, vertiginosa, compatível com a velocidade da era da máquina. Usam formas geométricas para dar movimento. Artista: Duchamp Dadaísmo: Pintura irracional, sem sentido, debochada, satírica. Reflete um espírito de insatisfação e tédio, pois surgiu num período de saturação cultural. Desordem dúvida improvisação. Artista: Duchamp Cubismo: Simplificação e geometrização da forma. Abandono da terceira dimensão. Trata as formas como se fossem cones, esferas e cilindros. Artistas: Paul Cèzanne, Pablo Picasso, Mondrian. Fauvismo: Deformadores de imagens da realidade por isso em suas telas não produzem sentimentos, mas simplesmente sensações, impulsos vitais. É uma pintura que agride por suas cores fortes e quentes. O desenho e a forma estão em segundo plano. Artista: Matisse 4

5 Entendendo o que foi dito: 1. Complete os espaços abaixo e em seguida preencha a cruzadinha: 1. As primeiras manifestações artísticas aconteceram na 2. A pintura nas paredes das cavernas é chamada de 3. A construção de pirâmide estação foi manifestação artística da 4. Povo que tinha a crença de que a alma voltaria a habitar o mesmo corpo. Criaram monumentos funerários 5. Povo que buscava no homem e na vida inspiração, cultuavam a beleza como fora artística 6. Construções como templos, basílicas, circos, teatros, anfiteatros, e aquedutos são manifestações artísticas dos 7. Os mosaicos são manifestações artísticas da época 8. Durante o as artes eram voltadas para o aspecto religioso 9. Durante o homem coloca-se como centro do universo. 10. Durante o Os artistas voltam a estudar o corpo humano e procuram inspiração nos Greco-Romanos 11. A arte é caracterizada por graça elegância, erotismo e inspiração mundana 12. Foi o principal representante do renascimento 13. No predomina o aspecto emocional, juntamente com o sentimento religioso. 14. No há a valorização do exótico, do pitoresco, do fantástico e do aventuroso. 15. O Surgiu contrapondo a ideia do romantismo, representa o real, concreto, o científico, o objetivo. 16. O É uma pintura cuja forma não possui qualquer relação com as imagens ou aparências da realidade exterior 1 H 4 I 6 S 8 T 9 O 5 R 10 I 3 A D 14 A A 2 R 16 T 7 E 5

6 2. Complete: 1. Durante o desaparecem das pinturas os santos. Começa a surgir grandes edifícios de ferro, concreto e vidro, muito aço. 2. Monet, Cézanne, Renoir foram seus representantes Pintavam ao ar livre. 3. Reflete a angústia e a instabilidade do período entre a primeira e segunda Guerra Mundial. Utiliza temas como o amor, o ódio, a miséria, o medo, a solidão, a prostituição 4. Van Gogh, foi seu principal representante 5. Trata as formas como se fossem cones, esferas e cilindros. 6. Pablo Picasso foi seu principal representante 7. O é uma pintura irracional, sem sentido, debochada, satírica. Reflete insatisfação e tédio. 8. O é uma pintura sem preocupação estética ou moral baseia-se no comando do subconsciente e sonhos. 9. O maior representante do Surrealismo foi. 10. O é uma pintura que reflete a era das máquinas. 11. O propõe participação ativa do observador. 12. O evidencia o cotidiano, o comum, o vulgarismo americano. 6

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

História das artes e estética. UNIARAXÁ - ARQUITETURA E URBANISMO 2015/2!!! Prof. M.Sc. KAREN KELES!

História das artes e estética. UNIARAXÁ - ARQUITETURA E URBANISMO 2015/2!!! Prof. M.Sc. KAREN KELES! UNIARAXÁ - ARQUITETURA E URBANISMO 2015/2 Prof. M.Sc. KAREN KELES Curso Arquitetura e Urbanismo Carga Horária 80 Horas - 4 horas semanais Ementa: Estética como campo filosófico. 66 horas teórica - prática

Leia mais

ARTE DOS SÉCULOS XIX E XX

ARTE DOS SÉCULOS XIX E XX ARTE DOS SÉCULOS XIX E XX Os movimentos europeus de vanguarda eram aqueles que, segundo seus próprios autores, guiavam a cultura de seus tempos, estando de certa forma à frente deles. Movimentos vanguardistas

Leia mais

Estilos de Representação e Apresentação no Desenho eliane bettocchi

Estilos de Representação e Apresentação no Desenho eliane bettocchi Maneirismo/Barroco/Rococó = apresentação naturalista observação do real representando, de maneira expressionista ou clássica, temas "ideais" em que os valores tonais preponderam e a sensação de "real"

Leia mais

ARTES. 4 o Bimestre 1. Instrumentos musicais 2. Classificação dos instrumentos musicais (sopro, percussão, cordas, eletrônico)

ARTES. 4 o Bimestre 1. Instrumentos musicais 2. Classificação dos instrumentos musicais (sopro, percussão, cordas, eletrônico) PREFEITURA MUNICIPAL DE POMERODE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO EMPREENDEDORA CNPJ 83.102.251/0001-04 Fone: (47) 3395-6300 E-mail: educacao@pomerode.sc.gov.br Rua 15 de Novembro, 649 Bairro Centro 89107-000

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CÓD. CURSO CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO CÓD. DISC. 17031461 DISCIPLINA EVOLUÇÃO DAS ARTES VISUAIS I ETAPA 1 CH ANO 2009 CRÉDITOS

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Arte Turma: 1ª Série Ensino Médio Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Expressionismo EDUARDO CARLETTO JUNIOR EDUARDO FALCHETTI SOVRANI GIAN CARLOS MENCATTO PAULO ROBERTO MASCARELLO VILMAR IBANOR BERTOTTI JUNIOR

Expressionismo EDUARDO CARLETTO JUNIOR EDUARDO FALCHETTI SOVRANI GIAN CARLOS MENCATTO PAULO ROBERTO MASCARELLO VILMAR IBANOR BERTOTTI JUNIOR Expressionismo ALUNOS: EDUARDO CARLETTO JUNIOR EDUARDO FALCHETTI SOVRANI GIAN CARLOS MENCATTO PAULO ROBERTO MASCARELLO VILMAR IBANOR BERTOTTI JUNIOR DEFINIÇÃO E PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS Movimento heterogêneo

Leia mais

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino ARTE MEDIEVAL Durante a Idade Média (século V ao XV), a arte europeia foi marcada por uma forte influência da Igreja Católica. Esta atuava nos aspectos sociais, econômicos, políticos, religiosos e culturais

Leia mais

Programa Anual ARTE. A proposta. O trabalho do aluno. O trabalho do professor

Programa Anual ARTE. A proposta. O trabalho do aluno. O trabalho do professor Programa Anual ARTE A proposta O ensino da Arte na escola precisa possibilitar a produção de um auto-retrato das múltiplas faces e funções desta área de conhecimento, revelando as formas de ser e habitar

Leia mais

OBS: Estude pelas provas e Resumos entregues durante cada trimestre.

OBS: Estude pelas provas e Resumos entregues durante cada trimestre. Componente Curricular: Arte Série: 1ª série Professora: Rafaela da Silva CONTEÚDOS: Arte na Pré-História Arte na Mesopotâmia Arte no Egito Antigo Arte Na Grécia Antiga Arte na Roma Antiga Arte na Idade

Leia mais

O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas

O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas soltas dando ênfase na luz e no movimento. Geralmente as

Leia mais

PÓS-MODERNISMO E CONTEMPORANEIDADE

PÓS-MODERNISMO E CONTEMPORANEIDADE PÓS-MODERNISMO E CONTEMPORANEIDADE SÉC. XX - XXI História da Arte Profª Natalia Pieroni PÓS-MODERNISMO - Produção artística a partir dos anos 60 (pós movimento modernista), caracterizada pelas inquietações

Leia mais

R enascimento. Prof.: André Vinícius Magalhães

R enascimento. Prof.: André Vinícius Magalhães R enascimento Prof.: André Vinícius Magalhães O que é Renascimento????? O termo Renascimento é comumente aplicado à Europa entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

Técnico Design Interior

Técnico Design Interior Técnico Design Interior A ARTE NO EGITO Professora Alba Baroni Arquiteta A ARTE NO EGITO O Egito foi uma das principais civilizações da antiguidade. Com uma civilização bastante desenvolvida em sua organização

Leia mais

ARTE DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX

ARTE DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX ARTE DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX Entre os artistas que se destacaram na segunda metade do século XIX, estavam: Benedito Calixto de Jesus (1853-1927) Pedro Alexandrino( 1856-1942) Belmeiro de Almeida

Leia mais

D - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Desenvolver capacidade de observação. Documentar e organizar informações e material produzido pertinente a cada p

D - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Desenvolver capacidade de observação. Documentar e organizar informações e material produzido pertinente a cada p Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 59 aprovado pela portaria Cetec nº 747 de 10/09/2015 Etec Tiquatira Código: 208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Produção cultural

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco HISTÓRIA DA ARTE Arte gótica Renascimento Barroco ARTE GÓTICA O Gótico foi notadamente a expressão artística mais importante do final da Idade Média. Seu auge ocorre na Baixa Idade Média. Sua importância

Leia mais

VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA

VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA Em seu sentido literal, vanguarda (vem do francês Avant Garde, guarda avante ) faz referência ao batalhão militar que precede as tropas em ataque durante

Leia mais

IMPRESSIONISMO. As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens.

IMPRESSIONISMO. As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens. IMPRESSIONISMO O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Havia algumas considerações gerais, muito mais

Leia mais

A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 1922, aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922.

A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 1922, aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922. A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 1922, aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, de 11 a 18 de fevereiro de 1922. Foi um encontro de novas ideias estéticas, que mudaram a arte

Leia mais

Expressionismo abstrato. Clique para adicionar texto

Expressionismo abstrato. Clique para adicionar texto Expressionismo abstrato. Clique para adicionar texto Conceito Foi um movimento artístico com origem nos Estados Unidos da América, muito popular no pós-guerra. Ele foi o primeiro movimento especificamente

Leia mais

Levando em consideração o valor das cores nas obras de arte, explique:

Levando em consideração o valor das cores nas obras de arte, explique: Atividade extra Módulo 1 Fascículo 1 Artes Unidade 1 Artes: Princípios e Linguagens Questão 1 As cores são capazes de nos transmitir diversas sensações, criar espaços, dar volume a um objeto, aproximá-lo

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2016 Plano de Curso nº 187 aprovado pela portaria Cetec nº 107 de 18 / 10 /2011 Etec Tiquatira Código: 208 Município: São

Leia mais

Artes visuais AULA 5 Vanguardas Europeias; Elementos da Arte Contemporânea

Artes visuais AULA 5 Vanguardas Europeias; Elementos da Arte Contemporânea Artes visuais AULA 5 Vanguardas Europeias; Elementos da Arte Contemporânea Prof. André de Freitas Barbosa Pablo Picasso. Guernica (1937), Museu Reina Sofía, Madrid (Espanha). Contra modelos e conceitos

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade Das cavernas para o mundo. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade Das cavernas para o mundo. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Pré-História e Antiguidade Das cavernas para o mundo Professor Isaac Antonio Camargo 1 1 DAS CAVERNAS PARA O MUNDO A Pintura Rupestre, assim denominada por por usar a rocha como suporte

Leia mais

1ª série LISTA: P.F. Conteúdo da Prova Final e Recuperação Especial: Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a): Diego Gibran

1ª série LISTA: P.F. Conteúdo da Prova Final e Recuperação Especial: Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a): Diego Gibran LISTA: P.F 1ª série Ensino Médio Professor(a): Diego Gibran Turma: A ( ) / B ( ) Aluno(a): Prova Final / Recuperação Especial DIA: MÊS: 2016 Conteúdo da Prova Final e Recuperação Especial: Renascimento

Leia mais

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Disciplina: Artes Curso: Técnico Em Eletromecânica Integrado Ao Ensino Médio Série: 1º Carga Horária: 67 h.r Docente Responsável: EMENTA O universo da arte, numa abordagem

Leia mais

EMENTA DA DISCIPLINA

EMENTA DA DISCIPLINA ART01-09405 HISTÓRIA DA ARTE I (x) obrigatória TEÓRICA TOTAL Estudar obras consideradas paradigmáticas produzidas durante a assim chamada pré-história e a antiguidade representativas sobretudo da arte

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

História 4B: Aula 10. Europa no Século XIX.

História 4B: Aula 10. Europa no Século XIX. História 4B: Aula 10 Europa no Século XIX. Alemanha e Itália Até 1870 eram dois amontoados de pequenas monarquias e principados independentes. ESTADOS DO NORTE: Industrializados. Piemonte-Sardenha. Lombardia.

Leia mais

Minoicos. Produção: jarros de cerâmica, vasos decorados, objetos refinados em ouro.

Minoicos. Produção: jarros de cerâmica, vasos decorados, objetos refinados em ouro. GRÉCIA CONTEXTO HISTÓRICO O Conhecimento sobre a história de Creta e Micenas deve-se, sobretudo, ás descobertas de dois arqueólogos: Schliemann, que encontrou vestígios de Tróia e as ruínas de Micenas

Leia mais

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas 7º ANO - PCA 1º PERÍODO 2012-2013 TEMA A Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações A1 As sociedades recoletoras e as primeiras sociedades produtoras As primeiras conquistas do Homem Os grandes

Leia mais

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: ARTE PROFESSORA: Cristiana de Souza DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 8º ANO TURMA: A e B ALUNO (A): Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO RELAÇÃO DOCONTEÚDO

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

Aula 1 de 4 Versão Aluno

Aula 1 de 4 Versão Aluno Aula 1 de 4 Versão Aluno O QUE É ARQUEOLOGIA? Arqueologia é a ciência que busca entender as culturas humanas a partir do estudo do registro arqueológico, que é o conjunto de todos os traços materiais da

Leia mais

PRIMEIRAS MANIFESTAÇÕES (MAGIA E RITUAL VENATÓRIO)

PRIMEIRAS MANIFESTAÇÕES (MAGIA E RITUAL VENATÓRIO) ARTE E RELIGIÃO Formas tão díspares como as pirâmides do Egito, as catedrais cristãs, as mesquitas muçulmanas ou as colossais imagens japonesas de Buda correspondem, em seu fundamento, à mesma inquietação

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES REVISÃO. Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II

CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES REVISÃO. Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II 1 Habilidades: Revisar os Conteúdos da Unidade II para realizar avaliação II. 2 Revisão 1 Barroco: expressão, do português homônimo, tem o sentido pérola imperfeita,

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Pré-História e Antiguidade O mundo antigo Professor Isaac Antonio Camargo 1 4 O MUNDO ANTIGO Encontramos a arte na antigüidade dentro de civilizações mais preparadas técnica e socialmente,

Leia mais

Artes visuais AULA 3 Barroco, Rococó e Neoclassicismo

Artes visuais AULA 3 Barroco, Rococó e Neoclassicismo Artes visuais AULA 3 Barroco, Rococó e Neoclassicismo Prof. André de Freitas Barbosa Altar do Mosteiro de São Bento (Rio de Janeiro, 1617), traçado original de Francisco Frias de Mesquita. Numa época de

Leia mais

Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga

Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga Prof. André de Freitas Barbosa Objetivos: - A Arte na História: refletir sobre a finalidade da produção artística

Leia mais

- Transição da Idade Média para Idade Moderna

- Transição da Idade Média para Idade Moderna Renascimento - Transição da Idade Média para Idade Moderna - Movimento que começou na Itália por volta do século XV devido ao grande desenvolvimento econômico das cidades italianas (Genova, Veneza, Milão,

Leia mais

período anterior ao aparecimento da escrita

período anterior ao aparecimento da escrita período anterior ao aparecimento da escrita Portocarrero, 2010. Surgimento da Escrita +/- 4000 a.c à Queda do Império Romano do Ocidente, em 476 d.c Templo de Luxor - Egito Antigo A Esfinge de Gizé Templo

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio O contexto de uma imagem nos apresenta o cenário geral em que ela foi produzida, sua função e o impacto

Leia mais

06. Explique o método de pintura impressionista. Neste texto, correlacione a escolha da cor com o formato da pincelada?

06. Explique o método de pintura impressionista. Neste texto, correlacione a escolha da cor com o formato da pincelada? Estudo dirigido para o segundo ano do ensino médio, Artes Milton Gomes Coelho A arte do Impressionismo 01. Liste fatos que modificaram o ritmo das cidades no século XIX. Resposta: pág. 223 02. Relacione,

Leia mais

1 - Cubismo (Introdução)

1 - Cubismo (Introdução) 1 - Cubismo (Introdução) Este movimento artístico surgiu no século XX e é considerado o mais influente deste período. Com as suas formas geométricas representadas na maioria das vezes, por cubos e cilindros,

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Arte Turma: 9º Ano Ensino Fundamental Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: Aula 1: O ponto e a linha Aula 2: Logotipos e símbolos

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: Aula 1: O ponto e a linha Aula 2: Logotipos e símbolos CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Conteúdo: Aula 1: O ponto e a linha Aula 2: Logotipos e símbolos 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº 187 aprovado pela portaria Cetec nº 107 de 18 /10 /2011 Etec: Tiquatira Código:208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico:

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS ARTES CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na

Leia mais

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo QUANDO ACONTECEU? 753 a. C. 509 a. C. 27 a. C. 0 218 d. C. 313 476 381 Nascimento República

Leia mais

Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor.

Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor. Impressionismo Surge em 1.863 em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor. O artista rompeu definitivamente com os valores clássicos da antiguidade; apesar de não se considerar um impressionista

Leia mais

Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela

Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela O termo Fauvismo deriva de fauve (fera selvagem), exclamação feita pelo crítico de arte Louis Vauxcelles perante a exposição de pintura do Salão de Outono

Leia mais

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através de formas irreconhecíveis. O formato tradicional (paisagens

Leia mais

Unidade I Grandes civilizações antigas. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade III

Unidade I Grandes civilizações antigas. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade III HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Unidade I Grandes civilizações antigas. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade III HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 O que é um Fato Histórico? Quando ultrapassa

Leia mais

Conceito da Ética Destacando as teorias da formação dos conceitos, o objeto e o objetivo da Ética

Conceito da Ética Destacando as teorias da formação dos conceitos, o objeto e o objetivo da Ética Conceito da Ética Destacando as teorias da formação dos conceitos, o objeto e o objetivo da Ética. Definições e Conceitos O termo ética deriva do grego ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa). Ética

Leia mais

O CONTEXTO HISTÓRICO DO SURGIMENTO DA SOCIOLOGIA

O CONTEXTO HISTÓRICO DO SURGIMENTO DA SOCIOLOGIA O CONTEXTO HISTÓRICO DO SURGIMENTO DA SOCIOLOGIA CENÁRIO HISTÓRICO A Sociologia surge como conseqüência das mudanças trazidas por duas grandes revoluções do século XVIII. As mudanças trazidas pelas duas

Leia mais

NEOCLASSICISMO De volta ao lirismo da Grécia antiga

NEOCLASSICISMO De volta ao lirismo da Grécia antiga NEOCLASSICISMO De volta ao lirismo da Grécia antiga O ideal romântico de ressuscitar os valores estéticos da antiguidade clássica inspirou o movimento artístico conhecido como neoclassicismo, que dominou

Leia mais

Artes visuais AULA 4 Do Romantismo ao Impressionismo

Artes visuais AULA 4 Do Romantismo ao Impressionismo Artes visuais AULA 4 Do Romantismo ao Impressionismo Prof. André de Freitas Barbosa O século XIX foi agitado por fortes mudanças sociais, políticas e culturais, resultando numa reação ao espírito iluminista,

Leia mais

Nome: nº. Data: / / Trabalho de recuperação 1º EM Arte Prof. Denise ARTE GREGA. QUESTÃO 01 Sobre a arte feita na Grécia antiga marque a alternativa

Nome: nº. Data: / / Trabalho de recuperação 1º EM Arte Prof. Denise ARTE GREGA. QUESTÃO 01 Sobre a arte feita na Grécia antiga marque a alternativa 1 Nome: nº Data: / / Trabalho de recuperação 1º EM Arte Prof. Denise ARTE GREGA QUESTÃO 01 Sobre a arte feita na Grécia antiga marque a alternativa correta: a- ( ) Os gregos não produziram pinturas. b-

Leia mais

ARTE: Conceito, Origem e Função

ARTE: Conceito, Origem e Função ARTE: Conceito, Origem e Função Irama Sonary de Oliveira Ferreira Lívia Freire de Oliveira INTRODUÇÃO Arte é conhecimento, e partindo deste princípio, pode-se dizer que é uma das primeiras manifestações

Leia mais

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros.

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. ArtenaIdadeMédia A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. Seu fim foi assinalado pela queda do Império Romano do Oriente em 1453,devido

Leia mais

Estudo dirigido. 02. Relacione, por escrito, algumas características que norteiam a produção artística.

Estudo dirigido. 02. Relacione, por escrito, algumas características que norteiam a produção artística. Estudo dirigido Capítulo 0 introdução 01. No livro de Graça Proença intitulado História da arte, a autora correlaciona o ato de criar ferramentas, realizado pelos humanos, com a interferência dos seres

Leia mais

Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. 1 Habilidades: Reconhecer características e produções artísticas dos períodos denominados: Barroca Europeia

Leia mais

CUBISMO ANALÍTICO E SINTÉTICO

CUBISMO ANALÍTICO E SINTÉTICO CUBISMO ANALÍTICO E SINTÉTICO O Cubismo Surgiu no século XX, sendo que o marco inicial foi em 1907 com a obra Les Demoiselles d Avignon de Picasso. Principais fundadores foram Pablo Picasso e Georges Braque,

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 7ª Ensino Fundamental Professora: Ione Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 9 / 2016 Valor: xxx pontos Aluno(a): Nº: Turma: Vamos rever nosso

Leia mais

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas TURMA 601 Aula 07 Formas Geométricas As figuras geométricas sempre chamaram a atenção dos artistas plásticos. As composições com figuras geométricas é um trabalho de buscar o equilíbrio entre as formas.

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 8ª - Ensino Fundamental Professora: Michelle Fialho Atividades para Estudos Autônomos Data: 23 / 5 / 2016 Nome: _ Nº Turma: INTRODUÇÃO

Leia mais

EXERCÍCIOS ARTE EGÍPCIA

EXERCÍCIOS ARTE EGÍPCIA HISTÓRIA DA ARTE Aluno (a): Professor: Lucas Salomão Data: / /2016 9º ano: A [ ] B [ ] C [ ] ARTE EGÍPCIA EXERCÍCIOS ARTE EGÍPCIA 01. Sobre a arte egípcia, marque ( V ) para as alternativas verdadeiras

Leia mais

ILUMINAÇÃO NATURAL PRÁTICAS DE SUCESSO E O CASO DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DO CERRADO. Catharina Macedo

ILUMINAÇÃO NATURAL PRÁTICAS DE SUCESSO E O CASO DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DO CERRADO. Catharina Macedo PRÁTICAS DE SUCESSO E O CASO DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DO CERRADO Catharina Macedo catharina.macedo@gmail.com PRÁTICAS DE SUCESSO E O CASO DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DO CERRADO 1. BREVE HISTÓRICO 2. VANTAGENS

Leia mais

Civilização Cicládica Civilização Minóica ou Cretense Civilização Micênica

Civilização Cicládica Civilização Minóica ou Cretense Civilização Micênica A Arte Egéia ou Arte do Mar Egeu está associada às culturas que floresceram no mar Egeu antes do aparecimento dos Gregos por volta do 3000 A.C. e que foram principalmente três: Civilização Cicládica Civilização

Leia mais

A ARQUITETURA MODERNA NO BRASIL E SEUS PRINCIPAIS REPRESENTANTES

A ARQUITETURA MODERNA NO BRASIL E SEUS PRINCIPAIS REPRESENTANTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS DE PRESIDENTE EPITÁCIO Curso: Técnico em Edificações Disciplina: ICCC I Introdução à Construção Civil I Professora:

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO UL CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE ARTES VISUAIS Professor Dr. Isaac A. Camargo Apoio Pedagógico: AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: www.artevisualensino.com.br

Leia mais

As Sociedades Recolectoras e as Primeiras Sociedades Produtoras

As Sociedades Recolectoras e as Primeiras Sociedades Produtoras Slide 1 As Sociedades Recolectoras e as Primeiras Sociedades Produtoras Slide 2 O Aparecimento do Homem Ocorreu em África, há mais de 4 milhões de anos. O mais antigo antepassado do Homem é conhecido por

Leia mais

ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA

ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia- Corpo, movimento e linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 2.2 Conteúdos Cores

Leia mais

HISTÓRIA DAS ARTES E ESTÉTICA ARTE EGÍPCIA. Uniaraxá Arquitetura e Urbanismo 2015/2 Prof. M.Sc. Karen Keles

HISTÓRIA DAS ARTES E ESTÉTICA ARTE EGÍPCIA. Uniaraxá Arquitetura e Urbanismo 2015/2 Prof. M.Sc. Karen Keles HISTÓRIA DAS ARTES E ESTÉTICA Uniaraxá Arquitetura e Urbanismo 2015/2 Prof. M.Sc. Karen Keles - Às margens do Rio Nilo 2 Inicia-se cerca de 3150 a.c.! Unificação dos reinos do Alto e do Baixo Egito! Termi

Leia mais

regulação e comunicação nos seres vivos e nas máquinas. c. apenas pode ser visualizada; arte se resume apenas a obras que podem ser vistas.

regulação e comunicação nos seres vivos e nas máquinas. c. apenas pode ser visualizada; arte se resume apenas a obras que podem ser vistas. Atividade extra Arte e cotidiano Exercício 1 A arte é um conjunto de procedimentos que são utilizados para realizar obras e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Apresenta-se sob variadas formas, como

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE LINHA DO TEMPO

HISTÓRIA DA ARTE LINHA DO TEMPO A arte na Grécia A arte no Egito A arte na Pré-História A arte Gótica A arte Românica A arte Romana Segunda metade do séc. XX Primeira metade do séc XX Pós-Impressionismo O Pontilhismo A arte Barroca O

Leia mais

VANGUARDAS EUROPEIAS O FUTURISMO

VANGUARDAS EUROPEIAS O FUTURISMO VANGUARDAS EUROPEIAS Do francês avant-garde, a palavra vanguarda significa o que marcha na frente. Artística ou politicamente, vanguardas são grupos ou correntes que apresentam uma proposta e/ou uma prática

Leia mais

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI ÁREA DO CONHECIMENTO Linguagens Matemática Ciências Humanas 2 TEMA 1º Bimestre Conhecendo a nossa história. 3 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7

Leia mais

Defesa dos valores de universalidade e padronização; Anti-ornamentalismo e relação com ideologia política; Predomínio do uso de materiais artificiais

Defesa dos valores de universalidade e padronização; Anti-ornamentalismo e relação com ideologia política; Predomínio do uso de materiais artificiais Período Moderno: Ênfase em questões funcionais (valores utilitários); Busca de interiores puros e originais; Valorização dos aspectos de higiene e conforto; Defesa dos valores de universalidade e padronização;

Leia mais

A Idade Média e O Renascimento

A Idade Média e O Renascimento Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

PRÉ-HISTÓRIA. PERÍODO QUE VAI DO SURGIMENTO DO HOMEM (± 4 MILHÕES DE ANOS ATRÁS) À INVENÇÃO DA ESCRITA (±4.000 a.c.)

PRÉ-HISTÓRIA. PERÍODO QUE VAI DO SURGIMENTO DO HOMEM (± 4 MILHÕES DE ANOS ATRÁS) À INVENÇÃO DA ESCRITA (±4.000 a.c.) PERÍODO QUE VAI DO SURGIMENTO DO HOMEM (± 4 MILHÕES DE ANOS ATRÁS) À INVENÇÃO DA ESCRITA (±4.000 a.c.) A EVOLUÇÃO DA ESPÉCIE HUMANA: NOME PERÍODO CRÂNIO LOCAL CARACTERÍSTICA Australopithecus 4,2 1,4 milhões

Leia mais

1º Ano do Ensino Médio

1º Ano do Ensino Médio Prof.ª Fernanda Da pré-história ao Pós-modernismo 1º Ano do Ensino Médio Vestígios da cultura surgem a partir de 40 mil anos Paleolítico (Idade da Pedra Lascada) (paleolítico superior 30.000 a 18.000 a.c)

Leia mais

1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea. 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais

1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea. 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais Índice 1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais 3. Prova Teórica de Avaliação de Língua Portuguesa 4. Prova Teórica de Avaliação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011 Módulos/Conteúdos Tronco Comum Módulo inicial Criatividade e Rupturas A Cultura, a Arte e a História; as artes

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 6ª Ensino Fundamental Professora: Ione Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 9 / 2016 Valor: xxx pontos Aluno(a): Nº: Turma:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. * Compreender a partir de analise de imagens e discussões a ruptura e a mudança entre o clássico e o moderno;

PLANO DE ENSINO. * Compreender a partir de analise de imagens e discussões a ruptura e a mudança entre o clássico e o moderno; PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Artes Visuais Professores: Daniel Bruno Momoli Período/ Fase: IV Semestre: II Ano: 2012 Disciplina:

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017 11) Sobre papeis é correto afirmar, exceto: PARECER RECURSOS PROVA 2 ARTES

Leia mais

História e Filosofia da Matemática e da Educação Matemática. Lívia Lopes Azevedo

História e Filosofia da Matemática e da Educação Matemática. Lívia Lopes Azevedo História e Filosofia da Matemática e da Educação Matemática Lívia Lopes Azevedo O que é matemática? Segundo Boyer, (...) uma atividade intelectual altamente sofisticada, que não é fácil de definir, mas

Leia mais

O Renascimento e a Criação Cultural

O Renascimento e a Criação Cultural O Renascimento e a Criação Cultural Contexto Histórico Os séculos XV e XVI foram de renovação cultural em toda a Europa. Essa renovação ocorreu como consequência da abertura da Europa ao Mundo e do maior

Leia mais

COLÉGIO ADVENTISTA DE ALTAMIRA Ementa de Curso para Portfólio

COLÉGIO ADVENTISTA DE ALTAMIRA Ementa de Curso para Portfólio DISCIPLINA: ARTE SÉRIE/ TURMA: 6º ANO BIMESTRE: 1º 01 O mundo da arte É hora de produzir - pág. 5 Caso não der tempo de realizar a atividade em sala a mesma ira para casa. 02 O ponto gráfico Atividade

Leia mais

Filosofia dos Gregos

Filosofia dos Gregos ARQUITETURA GREGA Parte de nossa cultura e valores artísticos vem dos gregos. Vemos a arquitetura grega sob uma perspectiva especial e consequências que resultaram dos gregos. O projetista medita sobre

Leia mais

Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/ /08/2016 Capítulos:

Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/ /08/2016 Capítulos: Nome Nº Ano Ensino Turma 9 o Fund. II Disciplina Professor Natureza Trimestre/Ano Data Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/2016 03/08/2016 Capítulos: 4 - A Arte na Hélade Grécia Antiga 5 - A Arte na Roma

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE 6 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.Cores da Pré-História Arte na pedra - Período Paleolítico - Período Neolítico Surgimento da dança, da música e do teatro. - Manifestações

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD Professor-Carlos Juscimar de Souza Série: 1º Turma:D Período:NOTURNO Ano: 2014 ESTRUTURANTE: ESPECÍFICO: Objetivo/Justificativa Metodologia Critério de. História Conhecer, contextualizar e da Arte: desenvolver

Leia mais

Arte 1º. Ano do Ensino Médio. Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico).

Arte 1º. Ano do Ensino Médio. Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico). Arte 1º. Ano do Ensino Médio 1º. Trimestre - Conteúdo Avaliativo: Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico). Períodos Artísticos: Pré-História/Idade Antiga

Leia mais

EXERCÍCIO DE REVISÃO DE HISTÓRIA BOM TRABALHO! (d) é somente o conjunto de ações de governantes e heróis.

EXERCÍCIO DE REVISÃO DE HISTÓRIA BOM TRABALHO! (d) é somente o conjunto de ações de governantes e heróis. COLÉGIO FRANCO-BRASILEIRO NOME: N : TURMA: PROFESSOR(A): ANO: DATA: / / 2014 EXERCÍCIO DE REVISÃO DE HISTÓRIA Organize uma rotina de estudos. Comece o quanto antes. Organize seu tempo para o estudo da

Leia mais

GRUPO IV 2 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO IV 2 o BIMESTRE PROVA A Sistema de Ensino PROVA IV 2 o BIMESTRE PROVA A Valor da prova: 3,0 Tempo Toda mudança requer uma nova aprendizagem e, por isso, é um desafio. As mudanças não seguem um determinado ritmo ou velocidade,

Leia mais

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI História Em 395 o Imperador Teodósio divide o Império Romano em duas partes: Império Romano do Ocidente com capital em Roma Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla

Leia mais