Área de concessão. 24 municípios incluindo a Capital. Abrangência: 4,526 km2 e 10% do consumo de energia do país. 6,7 milhões de unidades consumidoras

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Área de concessão. 24 municípios incluindo a Capital. Abrangência: 4,526 km2 e 10% do consumo de energia do país. 6,7 milhões de unidades consumidoras"

Transcrição

1 Redes Inteligentes

2 Área de concessão 24 municípios incluindo a Capital Abrangência: 4,526 km2 e 10% do consumo de energia do país 6,7 milhões de unidades consumidoras 8% da população do Brasil (aprox. 20,1 milhões de habitantes) 91% dos clientes em 28% da área de concessão: clientes / km2

3 Projeto Estruturante 3

4 Projeto Estruturante Objetivos Implementar infraestruturas tecnológicas, aplicações e funcionalidades de Redes Inteligentes adequadas à rede, ao mercado e aos desafios estratégicos e operacionais prioritários da AES Eletropaulo. Criar um modelo de implantação replicável em toda a área de concessão da AES Eletropaulo Road Map Tecnológico e Estratégico O Projeto Investimentos R$ 75 milhões Recursos P&D ANEEL / FINEP P&D ANEEL Projeto Estruturante Demonstrativo de Smart Grid Lote Pioneiro de Solução de Medição USP / Enerq / Sinapsis e FITec Período de Implantação Kickoff meeting janeiro/2013 Término do projeto dezembro/2017 4

5 Projeto Estruturante Barueri Execução do Projeto Completo Prova de Conceito Smart Grid Vargem Grande Caucaia do Alto Self Healing (configuração automática da rede Localização de faltas Clientes Consumo anual MWh 304 Km de rede primária Clientes Consumo anual MWh 374 Km de rede primária Razões para a seleção de áreas de teste de campo Modelo representativo da área de concessão : - Área Metropolitana alta densidade de carga - Perfil de cliente = semelhante - Consumo alto - Rede elétrica (alimentadores curtos e malha) - Indicadores de desempenho similares Características diferentes da área de concessão: - Área Rural - Área protegida Meio Ambiente - Circuito longos = 100 km + - Alimentadores isolados = 23 kv (3 circuitos) - Indicadores de desempenho fora do padrão 5

6 Projeto Estruturante Governança 6

7 Bloco de Governança 7

8 Ferramentas de Gestão, Divulgação, Capacitação Ferramenta de gestão de projetos Disciplina na execução Portal web para disseminação das informações sobre o smart grid para público interno e externo. Maior visibilidade sobre o projeto. Ferramenta de cadastro de informações sobre os projetos smart grids em implantação no mundo. Estado da arte e melhores práticas - Benchmarking Ferramenta com a metodologia de avaliação das métricas do projeto Veracidade na avaliação dos resultados. 8

9 Ferramentas de Gestão, Divulgação, Capacitação Definição das Etapas e Estudos Preparatórios (Blueprint) Planejamento estruturado Curso de Capacitação para: Liderança Equipes Operacionais Curso de Instalação, Manutenção e Aferição do Sistema de Medição Exteriorizada para próprios e contratados (1.220 participantes horas) Treinamento em todos os níveis quebra de paradigmas 9

10 Gestão de Mudança Adaptação de processos existentes e desenvolvimento de novos processos Plano de trabalho: Mapear áreas influenciadas pelo Smart Grid Atualizar Blueprint (Plano do Projeto) Entrevistar responsáveis Novos Negócios Comunicação Comercial Padronizar processos Verificar necessidades Propor melhorias Recursos Humanos Smart Grid Áreas impactadas diretamente Operações Inclusão de propostas no Road Map Engenharia Regional 10

11 Cronograma kickoff meeting Protótipo medidor c/ RF+PLC Aquis. rede NAN (RF+PLC) Smart Home Portal de Automação Altern. Suprimentos V.G. Inst. smart meter Integração sist. legados Treinamento Doc. roadmap p/ Rollout Jan/ Dez/2017 Dez/ Jun/2017 Metodologia Métricas SmartInfo-benchmark Blueprint Treinamento Plan. WiMax Def. Placa RF+ PLC Self Healing Detector de Faltas Volt/VAr Inst. smart meter (inicio) Telecom (AMI) Portal do Cliente MDM / MDC Upgrade SCADA Inst. smart meter (fim) Métricas

12 Bloco de Automação Controle via subestação Detector Falta Controle Volt Var Upgrade SCADA Selfhealing Automação Portal Web e Mobile

13 Bloco de Automação - status Nova versão do sistema SCADA que possibilita a inclusão de SCADA todos os dispositivos de automação avançada do projeto smart grid. Portal Automação Self Healing (Reconfiguração automática da rede) Detector de Falta Volt-Var Novo portal de automação (WEB e MOBILE); Realizado treinamento para 680 colaboradores. Desenvolvimento das lógicas de self healing com controle centrado na subestação. Adquirido uma solução self healing de mercado (Schweitzer Enginering Labs). Aquisição de 99 sensores da Tollgrade para a solução de detecção de faltas com controle centrado na subestação. Desenvolvimento das lógicas de Volt/Var com controle centrado na subestação. Aquisição da solução de mercado (Schweitzer Enginering Labs).

14 Novo Portal Web e Mobile

15 Bloco de Medição Roteador Medição Exterioriza da Medidor Inteligente Medição Pré- Pagamento AMI-MDM Balanço de Energia

16 COMUNICAÇÃO ( WiMax ) NMS (Network Management System) MDC (Meter Data Collector) MDM (Meter Data Management) Integração Integração Integração Estrutura AMI - MDM Ferramentas de Testes Sistemas Comerciais M1 R1 M2 Sistemas de Operação M3 Mn Rn Infraestrutura Avançada de Medição (AMI) Sistema de Medição Sistemas Legados

17 Infraestrutura Avançada de Medição (AMI) ROTEADOR Acordo com a CISCO para desenvolvimento do Roteador PLC RF Interface PLC HOSTNAME Interface RF ( NIC NAME METER NAME ) Placa de comunicação híbrida RF - PLC NIC Patente requerida

18 Bloco de Medição - status AMI-MDM Aquisição da solução AMI (inclui a solução de comunicação híbrida, roteadores RF Mesh e PLC, da Cisco) melhor confiabilidade na comunicação. Em licitação o sistema MDM/MDC. Elaborado o plano de cobertura da rede de comunicações NAN para a área do projeto. Em fase de testes de campo a placa de comunicação híbrida desenvolvida pela FITEC/CISCO. Smart Meter / Balanço de Energia Em fase de testes de campo o roteador desenvolvido pela CISCO com a solução híbrida RF Mesh e PLC. Selecionados os fabricantes Siemens, Itron e WEG que integrarão a placa de comunicação híbrida nos smart meters e dispositivos de balanço de energia. Desenvolvida ferramenta de testes de campo para verificar a disponibilidade da solução híbrida em campo.

19 Bloco de Medição - status Medição Exteriorizada Instalado a medição exteriorizada (antifraude) em clientes nos núcleos de ligações irregulares. Destes, 976 clientes serão conectados á rede de comunicação Wimax via medidores.

20 Bloco de Telecom

21 Overview da Arquitetura da Rede de Telecom múltiplas soluções

22 Bloco de Telecom - status Em subestações Instalação torres de telecomunicações de até 60 metros em 4 (quatro) subestações do projeto; Em campo Desenvolvido e em fase de instalação 6 (seis) postes especiais de rede secundária (modular 27 metros) para a instalação dos equipamentos WiMax ETD Barueri

23 Bloco Interação com Cliente Portal Show room Interação com Clientes Pesquisas

24 Bloco Interação com Cliente - status Realizada através do IBOPE, pesquisa com os clientes do Pesquisa município de Barueri sobre Smart Grid (conhecimento, expectativa, etc.). Portal do Cliente Realizado levantamento de soluções de Portal utilizadas nas principais empresas do mundo que já dispõem de solução smart grid nas suas redes; Concluída a elaboração da especificação; Em andamento consulta ao mercado (potenciais fornecedores). Show Room Plano de Comunicação Montagem da infraestrutura do smart home no estacionamento da Sede da AES Eletropaulo em Barueri; Elaboração do Plano de Comunicação;

25 Pesquisa IBOPE Onde ouviu falar sobre Rede Inteligente?

26 Smart home Geração Solar e Baterias Carregador Veículo Elétrico Veículo elétrico Sensor de Presença Motorização das Persianas Dimerização de Luminárias LED Controle de Eletrodomésticos Interruptores com dimmer Plugs de tomadas controlam e monitoram o consumo dos eletrodomésticos Tablets controlam e apresentam os dados de consumo da casa Roteador Wireless Sala Audiovisual

27 Bloco Alternativas de Suprimentos Estudos Alternativas de Suprimentos

28 Bloco Alternativas de Suprimentos - status Vargem Grande Desenvolvido uma solução de redes para melhorar a qualidade do suprimento de energia para a região de Vargem Grande; Realizado o business case da solução Avaliação do uso da microgeração distribuída (tecnologia solar com armazenamento), nas cargas críticas da região Microgeração Elaborado a modelagem elétrica da microgeração distribuída; Elaborado os estudos do impacto da microgeração distribuída na rede de distribuição.

29 Possíveis Impactos da Geração Distribuída Perda de coordenação da proteção dos equipamentos da rede e subestações Perda de sensibilidade dos dispositivos de proteção (relés) Bi-direcionalidade em dispositivos de proteção Queima inesperada de fusíveis Sobretensões

30 Serviços Adjacentes IT Infraesctruture Smart metering, Smart grid, Smart Home e Smart Analystic Solutions Compartilha mento de Infraestrutura Resposta a Demanda Geração Distribuída Smart Iluminação Pública Smart Energy Services Veículo Elétrico Consultoria em Eficiência Energética Gerenciamen to de Energia

31 Destaques Melhor Experiência em Smart Grid Aplicada às Cidades Inteligentes pelo VI Seminário Internacional Smart Grid (APTEL) Entre as 50 pioneiras do mundo em Smart Grid pela Smart Grid Today, revista internacional de redes inteligentes. Melhor Projeto de Inovação do Ano 2014 no CISCO Connected Grid Ecosystem Summit da America Latina

32 Desafios Medidor c/ comunicação redundante x preço adequado Medidor inteligente x prazo de aprovação do INMETRO Solução de telecomunicação x disponibilidade necessária Integração c/sistemas legados x performance esperada Infraestrutura de rede elétrica x automação avançada Relacionamento c/ Clientes tradicional x c/ smart grid Cyber security: riscos atuais x c/ smart grid Rollout: investimentos x aceitação regulatória Rollout: processos atuais x c/ smart grid

33 Obrigada!! Maria Tereza Moysés Travassos Vellano Diretoria de Gestão da Receita AES ELETROPAULO Tel.:

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 AES ELETROPAULO Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 1 AES Eletropaulo AES Eletropaulo % Brasil Area Concessão 4,526 (km 2 ) 0,05% Brazil Consumidores 6,8 (milhões) 9% Brasil Energia 46 (TWh) 11% São

Leia mais

AES Eletropaulo. Area Concessão. Energia. Eletropaulo. Brasil. 4,526 (km 2 ) 0,05% 6,8 (milhões) 46 (TWh) 11% Brasil.

AES Eletropaulo. Area Concessão. Energia. Eletropaulo. Brasil. 4,526 (km 2 ) 0,05% 6,8 (milhões) 46 (TWh) 11% Brasil. AES ELETROPAULO 1 AES Eletropaulo AES Eletropaulo % Brasil Area Concessão 4,526 (km 2 ) 0,05% Brazil Consumidores 6,8 (milhões) 9% Brasil Energia 46 (TWh) 11% São Paulo Estado 2 PROJETO AES ELETROPAULO

Leia mais

Programa Smart Grid da AES Eletropaulo. - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013

Programa Smart Grid da AES Eletropaulo. - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013 Programa Smart Grid da AES Eletropaulo - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013 1 Agenda Institucional Projeto Smart Grid Eletropaulo Digital Motivadores Objetivos

Leia mais

Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D

Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D Tadeu Batista Coordenador Projeto Cidades do Futuro tbatista@cemig.com.br cidadesdofuturo@cemig.com.br www.cemig.com.br/smartgrid facebook.com/cemig.energia

Leia mais

Projeto Smart Grid. Visão Geral

Projeto Smart Grid. Visão Geral Projeto Smart Grid Visão Geral Contextualização Sobre o Smart Grid Smart Grid Light Estratégia da Light para os próximos anos 2 3-8 usinas - 98 SE - 111 SE - 7.500 2500 circuitos 19.685 km 1045 Dispositivos

Leia mais

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010 Redes Inteligentes Como passo inicial do Conceito Smart Grid Belo Horizonte - 11/08/2010 A Rede Elétrica ONS Mercado De Energia NOSSO FOCO Geração Geração renovável Armazenamento Rede de Distribuição Negócio

Leia mais

Experiências em Redes Inteligentes Institutos Lactec e UFPR. Por Rodrigo Jardim Riella riella@lactec.org.br

Experiências em Redes Inteligentes Institutos Lactec e UFPR. Por Rodrigo Jardim Riella riella@lactec.org.br Experiências em Redes Inteligentes Institutos Lactec e UFPR Por Rodrigo Jardim Riella riella@lactec.org.br Agenda Os Institutos Lactec Projetos nas áreas de Smart Grids Piloto Programa Smart Grid Light

Leia mais

Gestão de Ativos de Distribuição

Gestão de Ativos de Distribuição Gestão de Ativos de Distribuição Smart Grid na Cemig Denys Cláudio Cruz de Souza Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição O que é Smart Grid? Sistema elétrico inteligente, que integra

Leia mais

Palavras-chave: Smart Grid. Eficiência energética. Projetos pilotos. Eletricidade.

Palavras-chave: Smart Grid. Eficiência energética. Projetos pilotos. Eletricidade. IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETOS SMART GRID NO BRASIL Marcos Vinicius Nunes Arruda Aluno do IFMT, Campus Cuiabá, voluntário Ruy de Oliveira Prof. Doutor. do IFMT, Campus Cuiabá, orientador Resumo As redes de

Leia mais

Projetos InovCityEDP. Rio de Janeiro, 15 de Maio de 2014

Projetos InovCityEDP. Rio de Janeiro, 15 de Maio de 2014 Projetos InovCityEDP Rio de Janeiro, 15 de Maio de 2014 Agenda Soluções Smart Grid implantadas na EDP Projeto InovCity Aparecida Projeto InovCity ES Desafios para o Setor Elétrico Barreiras à serem vencidas

Leia mais

VI Forum Latino Americano de Smart Grid Estratégias e Tecnologias de Tranformação do Negócio. Claudio T Correa Leite

VI Forum Latino Americano de Smart Grid Estratégias e Tecnologias de Tranformação do Negócio. Claudio T Correa Leite VI Forum Latino Americano de Smart Grid Estratégias e Tecnologias de Tranformação do Negócio 27nov2013 Claudio T Correa Leite CPqD na Dinâmica de Transformação do Setor Elétrico A Dinâmica dos Mercados

Leia mais

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação Objetivo 0 Conceitos 0 Funcionalidades 0 Desafios 0 Experiências de Implantação Smart Grid Conceitos 0 NÃO é só Medição Eletrônica e Telecom!! 0 Envolve conhecimentos sobre: 0 Tecnologia, Padrões, Normas

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA Estado da arte Aplicações atuais Perspectivas Landulfo Mosqueira Alvarenga Consultor Técnico Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação CEPEL 1 Seminário Internacional

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

A solução para relacionamento de. Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento

A solução para relacionamento de. Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento A solução para relacionamento de Smart Grid com os consumidores Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento asmart Grid + Relacionamento ferramenta

Leia mais

Os principais sistemas de automação de data centers DCIM: uma visão técnica e metodologias de escolha. Moacyr Franco Neto

Os principais sistemas de automação de data centers DCIM: uma visão técnica e metodologias de escolha. Moacyr Franco Neto Os principais sistemas de automação de data centers DCIM: uma visão técnica e metodologias de escolha Moacyr Franco Neto Agenda 1 Definição de DCIM. 2 Modelos de DCIM. 3 Benefícios e funcionalidades. 4-

Leia mais

Smart Energy Energias Inteligentes A Visão da Indústria, Instituições de P&D e Especialistas Álvaro Dias Júnior

Smart Energy Energias Inteligentes A Visão da Indústria, Instituições de P&D e Especialistas Álvaro Dias Júnior Smart Energy Energias Inteligentes Álvaro Dias Júnior 8 de maio de 2014, Curitiba Cenário Econômico Brasileiro A importância do Brasil tanto na área econômica quanto política, tem aumentado nos últimos

Leia mais

Spin Engenharia de Automação Ltda Energy Computer System Ltd.

Spin Engenharia de Automação Ltda Energy Computer System Ltd. XXI Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2014-08 a 13 de novembro Santos - SP - Brasil CLOVIS SIMOES Thomas Mach Spin Engenharia de Automação Ltda Energy Computer System Ltd. simoes@spinengenharia.com.br

Leia mais

Projeto InovCity Status de execução e principais aprendizados para o desenvolvimento futuro das smart grids no Brasil

Projeto InovCity Status de execução e principais aprendizados para o desenvolvimento futuro das smart grids no Brasil Projeto InovCity Status de execução e principais aprendizados para o desenvolvimento futuro das smart grids no Brasil São Paulo, 27 de Novembro de 2013 Agenda Grupo EDP Apresentação do projeto Status de

Leia mais

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina A 1ª Cidade Inteligente da América Latina Imagine... gerar somente a energia que precisamos em nossas casas através de fontes renováveis... saber o consumo de energia de cada aparelho elétrico conectado

Leia mais

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS Descrição As necessidades de telemedição (ou telemetria) e telecomando têm sido cada vez mais utilizadas nas mais variadas aplicações, principalmente onde o volume

Leia mais

23/11/2011. endesa brasil. Planejamento da Infraestrutura Elétrica do Estado do Rio de Janeiro para os Grandes Eventos a partir de 2012 AMPLA

23/11/2011. endesa brasil. Planejamento da Infraestrutura Elétrica do Estado do Rio de Janeiro para os Grandes Eventos a partir de 2012 AMPLA endesa brasil 23/11/2011 Planejamento da Infraestrutura Elétrica do Estado do Rio de Janeiro para os Grandes Eventos a partir de 2012 AMPLA 1 Agenda 1 Visão Geral da Companhia Grupo Enel / Endesa A Ampla

Leia mais

Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil

Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil IEEE Workshop SMART GRID Trends & Best Practices Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil Marco Aurélio Lenzi Castro Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD/ANEEL Salvador,

Leia mais

LAGF. Otimizando Redes Comunicações Carlos Alberto Previdelli

LAGF. Otimizando Redes Comunicações Carlos Alberto Previdelli LAGF Otimizando Redes Comunicações Carlos Alberto Previdelli Setembro/2013 Agenda Smart Utilities & Smart Network Gestão integrada da Rede Conclusão Smart Utilities - Vetores da Governança Visão, Direção

Leia mais

Copyright 2015 PromonLogicalis. Todos os direitos reservados. WorkShop Smart Grid

Copyright 2015 PromonLogicalis. Todos os direitos reservados. WorkShop Smart Grid Copyright 2015 PromonLogicalis. Todos os direitos reservados. WorkShop Smart Grid Transformação do Negócio Planejamento Estratégico Negócio P&D Tecnologias Aplicações Processo Automação Self healing

Leia mais

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada XI SIMPÓSIO DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS 16 a 19 de Agosto de 2015 CAMPINAS - SP Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada Paulo Antunes Souza Wagner Hokama

Leia mais

INOVA ENERGIA. Plano Conjunto de Apoio à Inovação Propostas para atuação ANEEL BNDES FINEP

INOVA ENERGIA. Plano Conjunto de Apoio à Inovação Propostas para atuação ANEEL BNDES FINEP INOVA ENERGIA Plano Conjunto de Apoio à Inovação Propostas para atuação ANEEL BNDES FINEP Elementos de Articulação INOVA ENERGIA: Elementos da Proposta Fontes de Recursos Linhas Temáticas Subvenção, Crédito

Leia mais

RESULTADOS DO P&D SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E OPERATIVAS NA AES ELETROPAULO. 1 Contato: lidia.stateri@aes.com +55 (11) 2195-1131

RESULTADOS DO P&D SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E OPERATIVAS NA AES ELETROPAULO. 1 Contato: lidia.stateri@aes.com +55 (11) 2195-1131 1 Contato: lidia.stateri@aes.com +55 (11) 2195-1131 RESULTADOS DO P&D SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E OPERATIVAS NA AES ELETROPAULO Lídia da Costa Stateri AES Eletropaulo Edson Pereira dos Santos

Leia mais

CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO DE CONFIGURAR UM CENTRO DE OPERAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO

CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO DE CONFIGURAR UM CENTRO DE OPERAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO 3ª Exposição e Fórum Internacional sobre Centros de Operação e Controle das Empresas de Energia Elétrica CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

Minigeração e Microgeração Distribuída no Contexto das Redes Elétricas Inteligentes. Djalma M. Falcão

Minigeração e Microgeração Distribuída no Contexto das Redes Elétricas Inteligentes. Djalma M. Falcão Smart Grid Trends & Best Practices 17 e 18 de Outubro de 2013 Salvador-BA Minigeração e Microgeração Distribuída no Contexto das Redes Elétricas Inteligentes Djalma M. Falcão Redes Elétricas Inteligentes

Leia mais

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Módulos sem fio para Smart Metering Por Peder Martin Evjen, M.Sc.E.E., Managing Director, Radiocrafts AS A tendência em AMR e Smart Metering é utilizar tecnologia

Leia mais

ASPECTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM REDES INTELIGENTES SMART GRIDS PROJETO DE PESQUISA 01: ANÁLISE DA MEDIÇÃO INTELIGENTE DE ENERGIA VIA PLC

ASPECTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM REDES INTELIGENTES SMART GRIDS PROJETO DE PESQUISA 01: ANÁLISE DA MEDIÇÃO INTELIGENTE DE ENERGIA VIA PLC PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS CEATEC PUC-CAMPINAS ASPECTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM REDES INTELIGENTES SMART GRIDS PROJETO DE PESQUISA

Leia mais

Parintins. Agenda. ADA - Advanced Distribution Automation AMI Advanced Metering Infrastructure Monitoramento de Trafos. Interação com consumidor

Parintins. Agenda. ADA - Advanced Distribution Automation AMI Advanced Metering Infrastructure Monitoramento de Trafos. Interação com consumidor Agenda Parintins ADA - Advanced Distribution Automation AMI Advanced Metering Infrastructure Monitoramento de Trafos Interação com consumidor Comunicação e Interação de Sistemas PARINTINS Agenda Parintins

Leia mais

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos O que você vai mudar em sua forma de atuação a partir do que viu hoje? Como Transformar o Conteúdo Aprendido Neste Seminário em Ação! O que debatemos

Leia mais

Adicionando valor na produção

Adicionando valor na produção Adicionando valor na produção Em um mercado global altamente competitivo e em constantes transformações, a otimização do resultado dos processos de produção é fundamental. Pressões ambientais e de custo,

Leia mais

X SIMPASE Temário TEMA 1. Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como:

X SIMPASE Temário TEMA 1. Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como: X SIMPASE Temário TEMA 1 Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como: - Implantação, operação e manutenção de sistemas de automação

Leia mais

MEDIÇÃO INTELIGENTE. www.ecilenergia.com.br

MEDIÇÃO INTELIGENTE. www.ecilenergia.com.br MEDIÇÃO INTELIGENTE Medidores BT Direto e Indireto (Monofásico, Bifásico e Trifásico) Medidor Indireto THS Medidor de Balanço Gateways para Rede FAN Santana de Parnaíba - SP/ Brasil Alameda Europa, 54

Leia mais

Cyber Security. Segurança em Sistemas de Controle Industrial (ICS / SCADA) Security University 2014. kpmg.com/br/cyber

Cyber Security. Segurança em Sistemas de Controle Industrial (ICS / SCADA) Security University 2014. kpmg.com/br/cyber Cyber Security Security University 2014 Segurança em Sistemas de Controle Industrial (ICS / SCADA) kpmg.com/br/cyber Sistema de Controle Industrial (ICS) é um termo geral que engloba diversos tipos de

Leia mais

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE Agenda FINEP Departamento de Energia e Tecnologias Limpas DENE Programas Setoriais Inova Energia A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada

Leia mais

Projeto IntelliGrid A CEMIG construindo a rede inteligente do futuro

Projeto IntelliGrid A CEMIG construindo a rede inteligente do futuro SMARTGRIDS LATIN AMERICA Santiago, Chile Novembro de 2008 Projeto IntelliGrid A CEMIG construindo a rede inteligente do futuro Arnoldo Magela Morais Superintendência de Engenharia da Distribuição CEMIG

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

Tópicos. 1. Conceitos Gerais de Smart Grids. 2. Evolução das Redes Inteligentes e Resultados (PDRI) 3. Enerq em Smart Grids

Tópicos. 1. Conceitos Gerais de Smart Grids. 2. Evolução das Redes Inteligentes e Resultados (PDRI) 3. Enerq em Smart Grids IEEE Workshop SMART GRID - Trends & Best Practices Smart Grid no Contexto da Geração e Distribuição 18/10/2013 NAPREI Núcleo de Pesquisas em Redes Elétricas Inteligentes enerq Centro de Estudos em Regulação

Leia mais

Da ideia ao mercado Um caminho de percalços

Da ideia ao mercado Um caminho de percalços Da ideia ao mercado Um caminho de percalços CONTEXTO REGULATÓRIO % da ROL a ser investido em P&D Investimento Recolhimento SEGMENTO P&D Light FNDCT MME Light SESA 0,2% 0,2% 0,1% Light Energia 0,4% 0,4%

Leia mais

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral Bruno Erik Cabral Smart Grid Agenda Introdução Definição Características Confiabilidade Flexibilidade Eficiência Sustentabilidade Medidores Inteligentes Controle avançado Cenário Internacional Cenária

Leia mais

Empresa de energia garante locais físicos e rede de subestação

Empresa de energia garante locais físicos e rede de subestação Estudo de caso do cliente Empresa de energia garante locais físicos e rede de subestação A First Wind implementou vigilância por vídeo com base em IP, controles de acesso físicos e soluções de grade conectadas.

Leia mais

Encontro Empresas de Energia. Projetos da CEMAR Gestão de Ativos

Encontro Empresas de Energia. Projetos da CEMAR Gestão de Ativos Encontro Empresas de Energia Projetos da CEMAR Gestão de Ativos Operação e Manutenção Estruturação Projetos Cemar SMART GRID TPM GESTÃO PRODUTIVA TOTAL SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO MAN CONFIABILIDADE

Leia mais

SMART GRID FORUM 2013

SMART GRID FORUM 2013 SMART GRID FORUM 2013 Estudo de Caso: Projeto Light Concepção, abrangência e estratégia de implantação São Paulo, Nov 2013 1 1 Mercado Light - 2012 1 IBGE (2010) Estado RJ Área de Concessão % População

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009

CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009 1 1 3 2 1 3 3 4 1 4 4 1 5 5 3 6 5 3 7 5 3 CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009 avaliação inicial do "Desenvolvimento de Sistema Integrado de Geração de

Leia mais

35º Fórum de Debates Brasilianas.Org A Energia Elétrica no Brasil. 3º painel: Tecnologias de transmissão e distribuição

35º Fórum de Debates Brasilianas.Org A Energia Elétrica no Brasil. 3º painel: Tecnologias de transmissão e distribuição 35º Fórum de Debates Brasilianas.Org A Energia Elétrica no Brasil 3º painel: Tecnologias de transmissão e distribuição Daniel Senna Guimarães Gestor do Projeto Cidades do Futuro dsenna@cemig.com.br cidadesdofuturo@cemig.com.br

Leia mais

Soluções de Automação e Segurança Predial. Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br

Soluções de Automação e Segurança Predial. Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br Soluções de Automação e Segurança Predial Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br Veículo de Emergência A Telemont Overview Automação Predial Vídeo Monitoramento Controle de Acesso Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br

Leia mais

Energias do Brasil-EDP

Energias do Brasil-EDP Prezados Senhores Energias do Brasil-EDP Atendendo orientação dos procedimentos da Consulta Pública em assunto, estamos encaminhando abaixo as contribuições do Grupo EDP - Energias do Brasil, a propósito

Leia mais

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma 1 IDC - Equipe Pietro Delai Reinaldo Sakis João Paulo Bruder Luciano Ramos Gerente de Pesquisa e Consultoria -Enterprise Gerente de Pesquisa

Leia mais

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA OBJETIVOS Desenvolvimento de metodologia e sistema de automação do monitoramento de riscos e controles organizacionais para: Minimização dos riscos regulatórios

Leia mais

35º FDB - A Energia Elétrica no Brasil. Tecnologias de transmissão e distribuição SMART GRID

35º FDB - A Energia Elétrica no Brasil. Tecnologias de transmissão e distribuição SMART GRID 35º FDB - A Energia Elétrica no Brasil Tecnologias de transmissão e distribuição SMART GRID Smart Grid: Visão Tecnológica Redes de Sensores Medidores Eletrônico Redes de Comunicação Centros de Controle

Leia mais

Smart Grid e Net Metering no Brasil

Smart Grid e Net Metering no Brasil Smart Grid e Net Metering no Brasil Daniel Vieira Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD/ANEEL Cidade do México 30/01/2013 Sistema de Distribuição 63 concessionárias de distribuição

Leia mais

Smart Grid Advantage

Smart Grid Advantage Smart Grid Advantage A evolução das Redes Inteligentes Ricardo Van Erven Gerente Geral América Latina GE Digital Energy Smart Grid Forum, SP 27 Novembro, 2013 Áreas urbanas de > 10 milhões 53% Áreas rurais

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

Melhoria na confiabilidade da aplicação dos reles digitais através do monitor MDP

Melhoria na confiabilidade da aplicação dos reles digitais através do monitor MDP Melhoria na confiabilidade da aplicação dos reles digitais através do monitor MDP Eng. Fernando Azevedo COPEL Distribuição Eng. Henrique Florido Filho - Pextron 1 A Copel Companhia Paranaense de Energia,

Leia mais

PRINCIPAIS CONSTATAÇÕES

PRINCIPAIS CONSTATAÇÕES PRINCIPAIS CONSTATAÇÕES GRUPO DE ESTUDOS DE GERAÇÃO HIDRÁULICA GGH É necessário o aprofundamento dos estudos para o uso de unidades geradoras hidráulicas que permitam a otimização do uso da água Geradores

Leia mais

Caminhos para as cidades digitais no Brasil. Campinas, 26 de março de 2009

Caminhos para as cidades digitais no Brasil. Campinas, 26 de março de 2009 Caminhos para as cidades digitais no Brasil Campinas, 26 de março de 2009 Atualmente, faz-se necessário o exame de meios que estimulem a difusão de cidades digitais sustentáveis pelo país, porque, além

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA.

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. CRIANDO SOLUÇÕES COMPLETAS PARA EMPRESAS E PESSOAS DATA CENTER SOLUÇÃO ITMAX ENTERPRISE REDES

Leia mais

PERSPECTIVAS DO PROJETO SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES *

PERSPECTIVAS DO PROJETO SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES * PERSPECTIVAS DO PROJETO SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES * Rosemar Aquino de Rezende JUNIOR 1 ; Laura Vitória Rezende DIAS 2 ; Getúlio Antero de DEUS JÚNIOR 3. 1 Bolsista do PET

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Bolsista do PET EEEC/UFG engenheiralaura1@hotmail.com.

SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Bolsista do PET EEEC/UFG engenheiralaura1@hotmail.com. SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Rosemar Aquino de Rezende JUNIOR 1 ; Laura Vitória Rezende Dias 2 ; Getúlio Antero de Deus JÚNIOR 3 Grupo PET EEEC (Conexões de Saberes) /UFG

Leia mais

João de Souza Junior Consultor Especialista ELEKTRO Brasil

João de Souza Junior Consultor Especialista ELEKTRO Brasil João de Souza Junior Consultor Especialista ELEKTRO Brasil 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL ELEKTRO - Apresentação Clientes: 2,1 milhão Sede Corporativa em

Leia mais

O Papel dos Sistemas Integrados de Gerenciamento de Distribuição nas Implementações do Smart Grid. Brasil & Austrália

O Papel dos Sistemas Integrados de Gerenciamento de Distribuição nas Implementações do Smart Grid. Brasil & Austrália O Papel dos Sistemas Integrados de Gerenciamento de Distribuição nas Implementações do Smart Grid HERING, Ricardo (1), BOARDMAN, Eathan (2) AREVA T&D de Energia Ltda. ULPH, Ian IRU Consulting Pty. Ltd.

Leia mais

WORKSHOP FIESP - Energia/Smart Grids. Welson R. Jacometti CAS Tecnologia S/A

WORKSHOP FIESP - Energia/Smart Grids. Welson R. Jacometti CAS Tecnologia S/A WORKSHOP FIESP - Energia/Smart Grids Welson R. Jacometti CAS Tecnologia S/A V4.3-27022015 A CAS presente no seu dia a dia e da sua empresa A CAS Tecnologia é uma empresa que aplica tecnologia, engenharia

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Por Luiz Hernandes, Lara Piccolo, Nelson Mincov, Claudio Leite, Renato Castilho, Norberto Ferreira e Rogério Romano*

Por Luiz Hernandes, Lara Piccolo, Nelson Mincov, Claudio Leite, Renato Castilho, Norberto Ferreira e Rogério Romano* 52 Capítulo III Implantação de projetos piloto de redes inteligentes no Brasil Por Luiz Hernandes, Lara Piccolo, Nelson Mincov, Claudio Leite, Renato Castilho, Norberto Ferreira e Rogério Romano* O CPqD

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS CICLO DE VIDA DE PROJETOS (viabilidade até a entrega / iniciação ao encerramento) RELEVÂNCIA SOBRE AS AREAS DE CONHECIMENTO FATORES IMPACTANTES EM PROJETOS

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil José Monteiro Lysandro Junior Light Serviços de Eletricidade S/A jose.monteiro@light.com.br

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA.

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. CRIANDO SOLUÇÕES COMPLETAS PARA EMPRESAS E PESSOAS A Furukawa tem como foco ampliar os relacionamentos,

Leia mais

SUMÁRIO. Sistemas a serem considerados na construção de data centers. A gestão do projeto e a integração dos fornecedores

SUMÁRIO. Sistemas a serem considerados na construção de data centers. A gestão do projeto e a integração dos fornecedores REPORT 04 e fevereiro de 2013 INFRAESTRUTURA FÍSICA E DATA CENTERS SUMÁRIO Introdução O que são data centers Padrões construtivos para data centers Sistemas a serem considerados na construção de data centers

Leia mais

II Seminário Resultados da Lei da Informática

II Seminário Resultados da Lei da Informática II Seminário Resultados da Lei da Informática Rodrigo Pinto Diretor de P&D 29 de março de 2006 Agenda A Solectron Estratégia Organização Realizações Resultados entre 1998 2003 Resultados entre 2004-2005

Leia mais

Informação integrada versus aumento de eficiência

Informação integrada versus aumento de eficiência 30 Capítulo IX Informação integrada versus aumento de eficiência Por Sérgio Yoshio Fujii* Este trabalho tem como objetivo a descrição de formas de integração de todos os dados operacionais e corporativos,

Leia mais

Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos

Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos Quem é a Zaruc? Empresa que atua desde 2008 no desenvolvimento de projetos tecnológicos inovadores oferecendo soluções

Leia mais

Sistemas de Automação

Sistemas de Automação Sistemas de Automação Introdução Walter Fetter Lages w.fetter@ieee.org Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Elétrica Programa de Pós-Graduação em Engenharia

Leia mais

Soluções para implantação de RDS com recursos inteligentes em áreas urbanas

Soluções para implantação de RDS com recursos inteligentes em áreas urbanas Soluções para implantação de RDS com recursos inteligentes em áreas urbanas Ronaldo Antonio Roncolatto RAR Manuel Luis Borges Campos NB&C Antonio Paulo da Cunha Sinapsis João José dos Santos Oliveira Redenel

Leia mais

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Tecnologia da Informação. O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

GSAN SOFTWARE COMERCIAL LIVRE MODELO DE DESENVOLVIMENTO COLABORATIVO

GSAN SOFTWARE COMERCIAL LIVRE MODELO DE DESENVOLVIMENTO COLABORATIVO GSAN SOFTWARE COMERCIAL LIVRE MODELO DE DESENVOLVIMENTO COLABORATIVO José Maria Villac Pinheiro (1) Engenheiro pela Universidade de São Paulo USP Escola de Engenharia de São Carlos EESC. Especialização

Leia mais

Lean Seis Sigma e Benchmarking

Lean Seis Sigma e Benchmarking Lean Seis Sigma e Benchmarking Por David Vicentin e José Goldfreind O Benchmarking elimina o trabalho de adivinhação observando os processos por trás dos indicadores que conduzem às melhores práticas.

Leia mais

GERAÇÃO. 9 SPPs. 2TPPs Fuel Oil. 35 SPPs 5 (SC) and 4 (RS) 33 Wind Farms 8 (CE), 21 (RN) and 4 (RS) 8 TPPs Sugarcane 5 (SP), 1 (RN), 1 (MG) and 1 (PR)

GERAÇÃO. 9 SPPs. 2TPPs Fuel Oil. 35 SPPs 5 (SC) and 4 (RS) 33 Wind Farms 8 (CE), 21 (RN) and 4 (RS) 8 TPPs Sugarcane 5 (SP), 1 (RN), 1 (MG) and 1 (PR) CPFL Energia Redes Inteligentes e a Modernização das Cidades Projetos Smart Grid da CPFL COMERCIALIZAÇÃO Distribuição 7,5 milhões de consumidores 569 municípios Vendas de 56.682 GWh 6.845 colaboradores

Leia mais

Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise

Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise CUSTOMER SUCCESS STORY Dezembro 2013 Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise PERFIL DO CLIENTE Indústria: Setor público Companhia: Dataprev Empregados: 3.000+

Leia mais

Soluções para Ensaio, Monitoramento, Geração Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Preditiva

Soluções para Ensaio, Monitoramento, Geração Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Preditiva Soluções para Ensaio, Monitoramento, Geração Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Preditiva INSTRONIC: SEU PROVEDOR DE TECNOLOGIA 1977 Fundação da Instronic 1981 Fundação da MULT-TEST 1987

Leia mais

Iniciativa para Identificação de Oportunidades Tecnológicas para o Desenvolvimento da Internet do Futuro. Tania Regina Tronco

Iniciativa para Identificação de Oportunidades Tecnológicas para o Desenvolvimento da Internet do Futuro. Tania Regina Tronco Iniciativa para Identificação de Oportunidades Tecnológicas para o Desenvolvimento da Internet do Futuro Tania Regina Tronco Data: 15/04/2009 Motivadores A evolução da Internet causará um forte impacto

Leia mais

Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil

Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil 19 a 21 de outubro de 2009 Hotel Transamérica São Paulo BRASIL Enersul Empresa Energética de Mato Grosso do Sul Enersul Empresa distribuidora

Leia mais

Case: BI disponível no Smartphone. Empresa : Indiana Seguros S/A. CIO : Reinaldo D Errico.

Case: BI disponível no Smartphone. Empresa : Indiana Seguros S/A. CIO : Reinaldo D Errico. Case: BI disponível no Smartphone. Empresa : Indiana Seguros S/A. CIO : Reinaldo D Errico. Institucional 1943 Década de 90 Nacionalização Internacionalização Institucional COMPOSIÇÃO ACIONÁRIA: 60% FAMÍLIA

Leia mais

Aplicação de Sistema Telemedição em Unidades Consumidoras Alimentadas por Redes Subterrâneas Caso Praia do Paiva

Aplicação de Sistema Telemedição em Unidades Consumidoras Alimentadas por Redes Subterrâneas Caso Praia do Paiva Aplicação de Sistema Telemedição em Unidades Consumidoras Alimentadas por Redes Subterrâneas Caso Praia do Paiva Autores Marcelo Artur Xavier de Lima CELPE; José Aderaldo Lopes CELPE. 1 AGENDA: A Celpe;

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Energia Solar

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Energia Solar Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net Tecnologia para minimizar o consumo das indústrias. Sustentabilidade para maximizar a qualidade de vida das pessoas. O sol é uma

Leia mais

S ] Striai S indu o SS proce estão para g engenharia e S de S integrada [ Soluçõe nevesdobrasil.com.br

S ] Striai S indu o SS proce estão para g engenharia e S de S integrada [ Soluçõe nevesdobrasil.com.br [ Soluções integradas de Engenharia e Gestão para Processos Industriais ] [ apresentação ] A NEVES DO BRASIL Fundada em 2008 com sua unidade matriz em Americana (SP) a Neves do Brasil busca fornecer soluções

Leia mais

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa II Conferência RELOP Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa AES SUL - Concessionária de Distribuição de Energia Elétrica da Região Sul do Brasil Estratégias Empresariais:

Leia mais

Atendimento Integrado de Serviços. março/2014

Atendimento Integrado de Serviços. março/2014 Atendimento Integrado de Serviços março/2014 Agenda 1 A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP 2 Programa Gestão por Processos 3 Processo Atendimento Integrado de Serviços 1 Rede Nacional de Ensino e

Leia mais

Avanços do Projeto Cidade Inteligente Búzios

Avanços do Projeto Cidade Inteligente Búzios Avanços do Projeto Cidade Inteligente Búzios São Paulo, 27 de novembro de 2013 Weules Correia Coordenador Técnico do Projeto Cidade Inteligente Búzios Ampla Energia e Serviços SA Enel: um operador internacional

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A. COMPETÊNCIAS ATRIBUIÇÕES ORGANIZACIONAIS DIRETORIA DE OPERAÇÃO

CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A. COMPETÊNCIAS ATRIBUIÇÕES ORGANIZACIONAIS DIRETORIA DE OPERAÇÃO CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A. COMPETÊNCIAS ATRIBUIÇÕES ORGANIZACIONAIS DIRETORIA DE OPERAÇÃO DIRETORIA DE OPERAÇÃO Cabe à Diretoria de Operação a gestão dos negócios geração, transmissão e

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte II Agenda sumária dos Processos em suas categorias e níveis de maturidade

Leia mais