Programa Smart Grid da AES Eletropaulo. - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa Smart Grid da AES Eletropaulo. - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013"

Transcrição

1 Programa Smart Grid da AES Eletropaulo - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de

2 Agenda Institucional Projeto Smart Grid Eletropaulo Digital Motivadores Objetivos Cenário Escolhido Abrangência do Projeto Estruturação Status do Projeto Orçamento do Projeto Comentários Finais 2

3 Perfil da AES Eletropaulo 10% do consumo do Brasil 34,8% do consumo do Estado de São Paulo 16,5 milhões de habitantes 6,5 milhões de Clientes 24 municípios km² de área de concessão 14% do PIB brasileiro 45 TWh de consumo 91% dos clientes em apenas 28% da área de concessão Regional I Regional II 3

4 Projeto Eletropaulo Digital 4

5 Motivadores para implantação de Smart Grid 5

6 Objetivos Projeto demonstrativo de Smart Grid em uma área Metropolitana. Modelo de implantação replicável em toda a área de concessão Road Map Tecnológico e Estratégico para o rollout. Infraestrutura Avançada de Medição Combate a Perdas Telemedição; Corte e Reconexão remotos; Detecção de fraudes; Localização de faltas na rede de BT; Balanço de energia; Pré-pagamento; Rede secundária protegida. Funcionalidades Living Lab Automação Avançada de Redes Detecção/ localização de Faltas; Auto reconfiguração de rede; Aviso automático de interrupção URA; Despacho automático de equipes. Infraestrutura de TI e Telecom 6

7 Cenário Escolhido Abrangência do Projeto Barueri Execução do Projeto Completo/ Prova de Conceito Smart Grid Clientes Consumo anual MWh 304 Km de rede primária 91,70% Vargem Grande + Caucaia do Alto Self Healing e localização de faltas Clientes Consumo anual MWh 374 Km de rede primária 0,60% 7,70% 93,79% 0,28% 0,72% 4,25% 1 - Residencial 2 - Comercial 3 - Industrial 4 - Rural Razões para a seleção de áreas de teste de campo Barueri Modelo representativo da área de concessão : - Área Metropolitana alta densidade de carga - Perfil de cliente = semelhante - Consumo alto - Rede elétrica (alimentadores curtos e malha) - Indicadores de desempenho similares Vargem Grande + Caucaia do Alto Características diferentes da área de concessão: - Área Rural - Área protegida Meio Ambiente - Circuito longos = 100 km + - Alimentadores isolados = 23 kv (3 circuitos) - Indicadores de desempenho fora do padrão 7

8 Estruturação - Blocos Tecnológicos Governança 8

9 Atividades do Projeto 9

10 Interação entre os Blocos Tecnológicos Governança Telecomunicações Interação com Consumidores Automação Avançada de Redes Infraestrutura Avançada de Medição Alternativas de Suprimento e GD 10

11 Atividades de Governança 11

12 Gerenciamento do Projeto Utilizada a ferramenta para a gestão do projeto (ChangePoint) e o portal web que apresenta os principais indicadores de performance e o status do projeto Portal WEB Benchmarking Desenvolvida ferramenta especifica para a cadastramento e acesso de bibliografia sobre o smart grid, incluindo informações sobre os principais projetos internacionais. Métricas Elaborada metodologia específica para avaliação dos resultados do projeto a partir da coleta mensal dos indicadores comerciais, operacionais e de sustentabilidade. 12

13 Capacitação e Gestão de Mudanças Quebras de paradigmas culturais! Fabricantes Outras entidades (SENAI etc.) 13

14 Automação Avançada de Redes Controle na subestação Central de Operações Lógicas de Automação Avançada são processadas aqui Subestações 14 14

15 Topologia de Comunicações RF Mesh WiMAX WiMAX PLC Fibra ótica Subestação RF Mesh PLC Concentrator RF Mesh Rádios digitais Subestação RA RF Mesh PLC WiMAX 15

16 Infraestrutura Avançada de Medição Sistema Faturamento Sistema Operação Sistema Pré Pagamento Sistema Balanço Energia Sistema Outros... INTERFACE DE DADOS (MDM) PROCESSAMENTO INTERFACE DE COMUNICAÇÃO (AMI) Roteador F1-A Roteador F1-B Medidor F1 Medidor F2 Medidor F3 Medidor Fn Medidor F1 Medidor F2 Medidor F3 Medidor Fn 16

17 Solução Híbrida de Smart Metering ROTEADOR CISCO PLC RF Interface PLC Interface RF HOSTNAME ( NIC NAME METER NAME ) NIC 17

18 Atividades de Interação com os Clientes Auto gestão do consumo pelos Clientes Consumidor metropolitano Desenvolvimento Show-room Pesquisa com consumidores e desenvolvimento de ferramentas de interação com clientes (portal) Pesquisa com consumidores, prospecção de novos serviços análise regulatória específica (diversidade tipológica) 18

19 Atividades de Interação com os Clientes: Smart Home 19

20 Alternativas de Suprimentos 20

21 Investimentos/Benefícios Esperados/Origem dos Recursos Envolvidos Investimentos: R$75 milhões Período: Perdas Comerciais Leitura Manual Corte Religa Atendimento na rede de Barueri Atendimento na rede de Vargem Grande Venda de Medidores Eletromecânicos 21

22 Em direção a uma Cidade Inteligente 23

23 Principais desafios para implantação de Smart Grid Estabelecimento de Políticas Públicas e Regulamentação; Desenvolvimento de Business Case que suporte o roll out; Educação do consumidor deve ter uma alta prioridade, benefícios de eficiência energética devem ser clara e ativamente relatados, por meio de programas de educação e informação transparentes; Estabelecimento de padrões de interoperabilidade e de segurança de equipamentos e sistemas; Desenvolvimento de novos equipamentos elétricos, sistemas de comunicação e aplicações de softwares para suporte às funcionalidades requeridas; Preparação das Distribuidoras para esta nova forma de operar: Recapacitação da força de trabalho; Adequação dos processos; Adequado Capital. 23

24 Obrigada Maria Tereza M. Travassos Vellano Diretoria Regional I 24

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 AES ELETROPAULO Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 1 AES Eletropaulo AES Eletropaulo % Brasil Area Concessão 4,526 (km 2 ) 0,05% Brazil Consumidores 6,8 (milhões) 9% Brasil Energia 46 (TWh) 11% São

Leia mais

Área de concessão. 24 municípios incluindo a Capital. Abrangência: 4,526 km2 e 10% do consumo de energia do país. 6,7 milhões de unidades consumidoras

Área de concessão. 24 municípios incluindo a Capital. Abrangência: 4,526 km2 e 10% do consumo de energia do país. 6,7 milhões de unidades consumidoras Redes Inteligentes Área de concessão 24 municípios incluindo a Capital Abrangência: 4,526 km2 e 10% do consumo de energia do país 6,7 milhões de unidades consumidoras 8% da população do Brasil (aprox.

Leia mais

AES Eletropaulo. Area Concessão. Energia. Eletropaulo. Brasil. 4,526 (km 2 ) 0,05% 6,8 (milhões) 46 (TWh) 11% Brasil.

AES Eletropaulo. Area Concessão. Energia. Eletropaulo. Brasil. 4,526 (km 2 ) 0,05% 6,8 (milhões) 46 (TWh) 11% Brasil. AES ELETROPAULO 1 AES Eletropaulo AES Eletropaulo % Brasil Area Concessão 4,526 (km 2 ) 0,05% Brazil Consumidores 6,8 (milhões) 9% Brasil Energia 46 (TWh) 11% São Paulo Estado 2 PROJETO AES ELETROPAULO

Leia mais

Projeto Smart Grid. Visão Geral

Projeto Smart Grid. Visão Geral Projeto Smart Grid Visão Geral Contextualização Sobre o Smart Grid Smart Grid Light Estratégia da Light para os próximos anos 2 3-8 usinas - 98 SE - 111 SE - 7.500 2500 circuitos 19.685 km 1045 Dispositivos

Leia mais

Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D

Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D Tadeu Batista Coordenador Projeto Cidades do Futuro tbatista@cemig.com.br cidadesdofuturo@cemig.com.br www.cemig.com.br/smartgrid facebook.com/cemig.energia

Leia mais

Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil

Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil 19 a 21 de outubro de 2009 Hotel Transamérica São Paulo BRASIL Enersul Empresa Energética de Mato Grosso do Sul Enersul Empresa distribuidora

Leia mais

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010 Redes Inteligentes Como passo inicial do Conceito Smart Grid Belo Horizonte - 11/08/2010 A Rede Elétrica ONS Mercado De Energia NOSSO FOCO Geração Geração renovável Armazenamento Rede de Distribuição Negócio

Leia mais

CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO DE CONFIGURAR UM CENTRO DE OPERAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO

CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO DE CONFIGURAR UM CENTRO DE OPERAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO 3ª Exposição e Fórum Internacional sobre Centros de Operação e Controle das Empresas de Energia Elétrica CENTRALIZAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO DOS DESPACHOS DE EMERGÊNCIA E DO COMERCIAL: O DESAFIO

Leia mais

Testes e Experiência do CPqD em Sistemas PLC

Testes e Experiência do CPqD em Sistemas PLC Testes e Experiência do CPqD em Sistemas PLC Rogério Botteon Romano Pesquisador Maio/2007 www.cpqd.com.br PLC no CPqD Projeto P&D ANEEL - ciclo 2001/2002 - CPFL - ELETROPAULO - BANDEIRANTE - ELEKTRO (São

Leia mais

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação Objetivo 0 Conceitos 0 Funcionalidades 0 Desafios 0 Experiências de Implantação Smart Grid Conceitos 0 NÃO é só Medição Eletrônica e Telecom!! 0 Envolve conhecimentos sobre: 0 Tecnologia, Padrões, Normas

Leia mais

35º FDB - A Energia Elétrica no Brasil. Tecnologias de transmissão e distribuição SMART GRID

35º FDB - A Energia Elétrica no Brasil. Tecnologias de transmissão e distribuição SMART GRID 35º FDB - A Energia Elétrica no Brasil Tecnologias de transmissão e distribuição SMART GRID Smart Grid: Visão Tecnológica Redes de Sensores Medidores Eletrônico Redes de Comunicação Centros de Controle

Leia mais

Projetos InovCityEDP. Rio de Janeiro, 15 de Maio de 2014

Projetos InovCityEDP. Rio de Janeiro, 15 de Maio de 2014 Projetos InovCityEDP Rio de Janeiro, 15 de Maio de 2014 Agenda Soluções Smart Grid implantadas na EDP Projeto InovCity Aparecida Projeto InovCity ES Desafios para o Setor Elétrico Barreiras à serem vencidas

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009

CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009 1 1 3 2 1 3 3 4 1 4 4 1 5 5 3 6 5 3 7 5 3 CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009 avaliação inicial do "Desenvolvimento de Sistema Integrado de Geração de

Leia mais

RESULTADOS DO P&D SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E OPERATIVAS NA AES ELETROPAULO. 1 Contato: lidia.stateri@aes.com +55 (11) 2195-1131

RESULTADOS DO P&D SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E OPERATIVAS NA AES ELETROPAULO. 1 Contato: lidia.stateri@aes.com +55 (11) 2195-1131 1 Contato: lidia.stateri@aes.com +55 (11) 2195-1131 RESULTADOS DO P&D SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E OPERATIVAS NA AES ELETROPAULO Lídia da Costa Stateri AES Eletropaulo Edson Pereira dos Santos

Leia mais

VI Forum Latino Americano de Smart Grid Estratégias e Tecnologias de Tranformação do Negócio. Claudio T Correa Leite

VI Forum Latino Americano de Smart Grid Estratégias e Tecnologias de Tranformação do Negócio. Claudio T Correa Leite VI Forum Latino Americano de Smart Grid Estratégias e Tecnologias de Tranformação do Negócio 27nov2013 Claudio T Correa Leite CPqD na Dinâmica de Transformação do Setor Elétrico A Dinâmica dos Mercados

Leia mais

Parintins. Agenda. ADA - Advanced Distribution Automation AMI Advanced Metering Infrastructure Monitoramento de Trafos. Interação com consumidor

Parintins. Agenda. ADA - Advanced Distribution Automation AMI Advanced Metering Infrastructure Monitoramento de Trafos. Interação com consumidor Agenda Parintins ADA - Advanced Distribution Automation AMI Advanced Metering Infrastructure Monitoramento de Trafos Interação com consumidor Comunicação e Interação de Sistemas PARINTINS Agenda Parintins

Leia mais

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada XI SIMPÓSIO DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS 16 a 19 de Agosto de 2015 CAMPINAS - SP Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada Paulo Antunes Souza Wagner Hokama

Leia mais

X SIMPASE Temário TEMA 1. Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como:

X SIMPASE Temário TEMA 1. Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como: X SIMPASE Temário TEMA 1 Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como: - Implantação, operação e manutenção de sistemas de automação

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA Estado da arte Aplicações atuais Perspectivas Landulfo Mosqueira Alvarenga Consultor Técnico Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação CEPEL 1 Seminário Internacional

Leia mais

23/11/2011. endesa brasil. Planejamento da Infraestrutura Elétrica do Estado do Rio de Janeiro para os Grandes Eventos a partir de 2012 AMPLA

23/11/2011. endesa brasil. Planejamento da Infraestrutura Elétrica do Estado do Rio de Janeiro para os Grandes Eventos a partir de 2012 AMPLA endesa brasil 23/11/2011 Planejamento da Infraestrutura Elétrica do Estado do Rio de Janeiro para os Grandes Eventos a partir de 2012 AMPLA 1 Agenda 1 Visão Geral da Companhia Grupo Enel / Endesa A Ampla

Leia mais

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral Bruno Erik Cabral Smart Grid Agenda Introdução Definição Características Confiabilidade Flexibilidade Eficiência Sustentabilidade Medidores Inteligentes Controle avançado Cenário Internacional Cenária

Leia mais

MEDIÇÃO INTELIGENTE. www.ecilenergia.com.br

MEDIÇÃO INTELIGENTE. www.ecilenergia.com.br MEDIÇÃO INTELIGENTE Medidores BT Direto e Indireto (Monofásico, Bifásico e Trifásico) Medidor Indireto THS Medidor de Balanço Gateways para Rede FAN Santana de Parnaíba - SP/ Brasil Alameda Europa, 54

Leia mais

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS Descrição As necessidades de telemedição (ou telemetria) e telecomando têm sido cada vez mais utilizadas nas mais variadas aplicações, principalmente onde o volume

Leia mais

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA OBJETIVOS Desenvolvimento de metodologia e sistema de automação do monitoramento de riscos e controles organizacionais para: Minimização dos riscos regulatórios

Leia mais

SMART GRID FORUM 2013

SMART GRID FORUM 2013 SMART GRID FORUM 2013 Estudo de Caso: Projeto Light Concepção, abrangência e estratégia de implantação São Paulo, Nov 2013 1 1 Mercado Light - 2012 1 IBGE (2010) Estado RJ Área de Concessão % População

Leia mais

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina A 1ª Cidade Inteligente da América Latina Imagine... gerar somente a energia que precisamos em nossas casas através de fontes renováveis... saber o consumo de energia de cada aparelho elétrico conectado

Leia mais

Smart Energy Energias Inteligentes A Visão da Indústria, Instituições de P&D e Especialistas Álvaro Dias Júnior

Smart Energy Energias Inteligentes A Visão da Indústria, Instituições de P&D e Especialistas Álvaro Dias Júnior Smart Energy Energias Inteligentes Álvaro Dias Júnior 8 de maio de 2014, Curitiba Cenário Econômico Brasileiro A importância do Brasil tanto na área econômica quanto política, tem aumentado nos últimos

Leia mais

Investing in the distribution sector, especially in metering, billing, CRM/CIS in Brazil Investindo no setor de distribuição, especialmente em

Investing in the distribution sector, especially in metering, billing, CRM/CIS in Brazil Investindo no setor de distribuição, especialmente em Investing in the distribution sector, especially in metering, billing, CRM/CIS in Brazil Investindo no setor de distribuição, especialmente em medição, faturamento, CRM/CIS no Brasil Cyro Vicente Boccuzzi

Leia mais

Experiências em Redes Inteligentes Institutos Lactec e UFPR. Por Rodrigo Jardim Riella riella@lactec.org.br

Experiências em Redes Inteligentes Institutos Lactec e UFPR. Por Rodrigo Jardim Riella riella@lactec.org.br Experiências em Redes Inteligentes Institutos Lactec e UFPR Por Rodrigo Jardim Riella riella@lactec.org.br Agenda Os Institutos Lactec Projetos nas áreas de Smart Grids Piloto Programa Smart Grid Light

Leia mais

Copyright 2015 PromonLogicalis. Todos os direitos reservados. WorkShop Smart Grid

Copyright 2015 PromonLogicalis. Todos os direitos reservados. WorkShop Smart Grid Copyright 2015 PromonLogicalis. Todos os direitos reservados. WorkShop Smart Grid Transformação do Negócio Planejamento Estratégico Negócio P&D Tecnologias Aplicações Processo Automação Self healing

Leia mais

DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO INTELIGENTE DA MEDIÇÃO COMO FERRAMENTA DE CONTROLE DE PERDAS E PROTEÇÃO DA RECEITA

DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO INTELIGENTE DA MEDIÇÃO COMO FERRAMENTA DE CONTROLE DE PERDAS E PROTEÇÃO DA RECEITA DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO INTELIGENTE DA MEDIÇÃO COMO FERRAMENTA DE CONTROLE DE PERDAS E PROTEÇÃO DA RECEITA MOTIVADORES Níveis elevados de perdas não técnicas das empresas Restrições mais rígidas (ambientais,

Leia mais

Sistemas Eletrônicos S.A.

Sistemas Eletrônicos S.A. Sistemas Eletrônicos S.A. Institucional ELO Empresa de Capital 100% Brasileiro; Estabelecida em 1980; Engenharia de Desenvolvimento Própria; Desenvolvimento e Produção de Dispositivos de Medição Eletrônica

Leia mais

Aplicação de Sistema Telemedição em Unidades Consumidoras Alimentadas por Redes Subterrâneas Caso Praia do Paiva

Aplicação de Sistema Telemedição em Unidades Consumidoras Alimentadas por Redes Subterrâneas Caso Praia do Paiva Aplicação de Sistema Telemedição em Unidades Consumidoras Alimentadas por Redes Subterrâneas Caso Praia do Paiva Autores Marcelo Artur Xavier de Lima CELPE; José Aderaldo Lopes CELPE. 1 AGENDA: A Celpe;

Leia mais

Projeto InovCity Status de execução e principais aprendizados para o desenvolvimento futuro das smart grids no Brasil

Projeto InovCity Status de execução e principais aprendizados para o desenvolvimento futuro das smart grids no Brasil Projeto InovCity Status de execução e principais aprendizados para o desenvolvimento futuro das smart grids no Brasil São Paulo, 27 de Novembro de 2013 Agenda Grupo EDP Apresentação do projeto Status de

Leia mais

Solicitações de Esclarecimento

Solicitações de Esclarecimento EMPRESA: Accenture REPRESENTANTE: Guilherme Barbosa Rocha Solicitações de Esclarecimento: Item do Solicitações de Esclarecimento Termo de Referência 1.1.1 1. Existe alguma definição por parte da Eletrobras

Leia mais

35º Fórum de Debates Brasilianas.Org A Energia Elétrica no Brasil. 3º painel: Tecnologias de transmissão e distribuição

35º Fórum de Debates Brasilianas.Org A Energia Elétrica no Brasil. 3º painel: Tecnologias de transmissão e distribuição 35º Fórum de Debates Brasilianas.Org A Energia Elétrica no Brasil 3º painel: Tecnologias de transmissão e distribuição Daniel Senna Guimarães Gestor do Projeto Cidades do Futuro dsenna@cemig.com.br cidadesdofuturo@cemig.com.br

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS, EXPOSIÇÕES,

Leia mais

Porque a COELBA escolheu a medição eletrônica. Jorge Manuel F. Dias

Porque a COELBA escolheu a medição eletrônica. Jorge Manuel F. Dias Porque a COELBA escolheu a medição eletrônica Jorge Manuel F. Dias Agenda 1. Apresentação 2. Objetivos / Visão Genérica do Sistema 3. Abrangência e Estrutura Analítica Projeto EAP 4. Resultados previstos

Leia mais

Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás

Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás Tendências do Setor Energético Mundial Aumento da demanda global Elevação no preço da energia Pressão para o uso de fontes renováveis Aumento da complexidade

Leia mais

João de Souza Junior Consultor Especialista ELEKTRO Brasil

João de Souza Junior Consultor Especialista ELEKTRO Brasil João de Souza Junior Consultor Especialista ELEKTRO Brasil 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL ELEKTRO - Apresentação Clientes: 2,1 milhão Sede Corporativa em

Leia mais

Energias do Brasil-EDP

Energias do Brasil-EDP Prezados Senhores Energias do Brasil-EDP Atendendo orientação dos procedimentos da Consulta Pública em assunto, estamos encaminhando abaixo as contribuições do Grupo EDP - Energias do Brasil, a propósito

Leia mais

INDÚSTRIA TRANSPORTE COMÉRCIO DISTRIBUIÇÃO

INDÚSTRIA TRANSPORTE COMÉRCIO DISTRIBUIÇÃO INDÚSTRIA TRANSPORTE COMÉRCIO DISTRIBUIÇÃO Oportunidade e integração Setorial COMÉRCIO TRANSPORTE INDÚSTRIA DISTRIBUIÇÃO Informática & Comunicações Oportunidade e integração Setorial COMÉRCIO TRANSPORTE

Leia mais

Por Luiz Hernandes, Lara Piccolo, Nelson Mincov, Claudio Leite, Renato Castilho, Norberto Ferreira e Rogério Romano*

Por Luiz Hernandes, Lara Piccolo, Nelson Mincov, Claudio Leite, Renato Castilho, Norberto Ferreira e Rogério Romano* 52 Capítulo III Implantação de projetos piloto de redes inteligentes no Brasil Por Luiz Hernandes, Lara Piccolo, Nelson Mincov, Claudio Leite, Renato Castilho, Norberto Ferreira e Rogério Romano* O CPqD

Leia mais

AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro. Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA

AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro. Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA E2 Pauta O que é AMI x AMR? Quais as características com valor agregado de um sistema AMI?

Leia mais

Gestão de Ativos de Distribuição

Gestão de Ativos de Distribuição Gestão de Ativos de Distribuição Smart Grid na Cemig Denys Cláudio Cruz de Souza Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição O que é Smart Grid? Sistema elétrico inteligente, que integra

Leia mais

Minigeração e Microgeração Distribuída no Contexto das Redes Elétricas Inteligentes. Djalma M. Falcão

Minigeração e Microgeração Distribuída no Contexto das Redes Elétricas Inteligentes. Djalma M. Falcão Smart Grid Trends & Best Practices 17 e 18 de Outubro de 2013 Salvador-BA Minigeração e Microgeração Distribuída no Contexto das Redes Elétricas Inteligentes Djalma M. Falcão Redes Elétricas Inteligentes

Leia mais

Smart Grid e Net Metering no Brasil

Smart Grid e Net Metering no Brasil Smart Grid e Net Metering no Brasil Daniel Vieira Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD/ANEEL Cidade do México 30/01/2013 Sistema de Distribuição 63 concessionárias de distribuição

Leia mais

A solução para relacionamento de. Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento

A solução para relacionamento de. Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento A solução para relacionamento de Smart Grid com os consumidores Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento asmart Grid + Relacionamento ferramenta

Leia mais

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Valor faz parte de plano de investimentos crescentes focado em manutenção, modernização e expansão das operações

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa II Conferência RELOP Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa AES SUL - Concessionária de Distribuição de Energia Elétrica da Região Sul do Brasil Estratégias Empresariais:

Leia mais

Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil

Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil IEEE Workshop SMART GRID Trends & Best Practices Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil Marco Aurélio Lenzi Castro Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD/ANEEL Salvador,

Leia mais

Recuperação. de Mercado. Experiência da Ampla em Sistemas de Medição Centralizada. Brasília, Setembro de 2008 1

Recuperação. de Mercado. Experiência da Ampla em Sistemas de Medição Centralizada. Brasília, Setembro de 2008 1 Recuperação de Mercado Experiência da Ampla em Sistemas de Medição Centralizada Brasília, Setembro de 2008 1 Agenda Apresentando a Empresa O Problema As Soluções Os Resultados O Reconhecimento 2 Endesa

Leia mais

Desafios e oportunidades na fabricação do sistema de medição inteligente de energia e impactos de sua utilização nos sistemas de distribuição de

Desafios e oportunidades na fabricação do sistema de medição inteligente de energia e impactos de sua utilização nos sistemas de distribuição de Desafios e oportunidades na fabricação do sistema de medição inteligente de energia e impactos de sua utilização nos sistemas de distribuição de energia elétrica Roberto Barbieri www.abinee.org.br 14 maio

Leia mais

Introdução. Histórico da Silver Spring Networks

Introdução. Histórico da Silver Spring Networks Introdução A Silver Spring Networks agradece a oportunidade de poder enviar à ANEEL alguns comentários em resposta à consulta Implantação de Medição Eletrônica em Baixa Tensão, Nota Técnica nº 0013/2009-SRD/ANEEL

Leia mais

Encontro Empresas de Energia. Projetos da CEMAR Gestão de Ativos

Encontro Empresas de Energia. Projetos da CEMAR Gestão de Ativos Encontro Empresas de Energia Projetos da CEMAR Gestão de Ativos Operação e Manutenção Estruturação Projetos Cemar SMART GRID TPM GESTÃO PRODUTIVA TOTAL SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO MAN CONFIABILIDADE

Leia mais

Setor Elétrico Brasileiro Um Breve histórico. Pontos Básicos da regulação para a Distribuição. Desafios regulatórios Associados à Distribuição

Setor Elétrico Brasileiro Um Breve histórico. Pontos Básicos da regulação para a Distribuição. Desafios regulatórios Associados à Distribuição viii SUMÁRIO Apresentação Prefácio e Agradecimentos Introdução C a p í t u l o 1 Setor Elétrico Brasileiro Um Breve histórico 1.1 Mudanças ocorridas nos anos 1990 1.2 Avanços e aprimoramentos em 2003 C

Leia mais

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Módulos sem fio para Smart Metering Por Peder Martin Evjen, M.Sc.E.E., Managing Director, Radiocrafts AS A tendência em AMR e Smart Metering é utilizar tecnologia

Leia mais

Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL

Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL AMR AMI nas distribuidoras de água Objetivos da Medição Criação dos dados Melhora

Leia mais

Diretoria de Operação e Manutenção

Diretoria de Operação e Manutenção Os Benefícios da Inteligência Aplicada em Localização de Falhas Elétricas em Cabos Subterrâneos de 13,8 a 145 kv 11ª Edição do Redes Subterrâneas de Energia Elétrica - 2015 Diretoria de Operação e Manutenção

Leia mais

Resolução 316/504. Entidades Envolvidas. Duração (Meses) Realizado. Código Projetos Concluidos Objetivo / Descrição Sucinta

Resolução 316/504. Entidades Envolvidas. Duração (Meses) Realizado. Código Projetos Concluidos Objetivo / Descrição Sucinta A EDP Bandeirante, em conformidade com o Manual do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica, aprovado pela Resolução Normativa N 504, de 14 de Agosto de 2012, com

Leia mais

Classificação: Público

Classificação: Público Classificação: Público Classificação: Público Empresa Um dos maiores e mais sólidos grupos de energia elétrica do Brasil e América Latina, que completa 60 anos em 2012. Principais Atividades Energia: geração,

Leia mais

Palavras-chave: Smart Grid. Eficiência energética. Projetos pilotos. Eletricidade.

Palavras-chave: Smart Grid. Eficiência energética. Projetos pilotos. Eletricidade. IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETOS SMART GRID NO BRASIL Marcos Vinicius Nunes Arruda Aluno do IFMT, Campus Cuiabá, voluntário Ruy de Oliveira Prof. Doutor. do IFMT, Campus Cuiabá, orientador Resumo As redes de

Leia mais

Landis+Gyr Equipamentos de Medição Ltda. METERING

Landis+Gyr Equipamentos de Medição Ltda. METERING Landis+Gyr Equipamentos de Medição Ltda. METERING CENTRAL AMERICA & CARIBBEAN Smart Metering / Smart Grid Novas Tecnologias Novos Processos Medellin Colombia April 27-29, 2009 Medição Eletrônica Sem ela

Leia mais

QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS?

QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS? QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS? APRESENTAÇÃO: CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER magno@beware.com.br www.beware.com.br O QUE ESSES EVENTOS TÊM EM

Leia mais

GERAÇÃO. 9 SPPs. 2TPPs Fuel Oil. 35 SPPs 5 (SC) and 4 (RS) 33 Wind Farms 8 (CE), 21 (RN) and 4 (RS) 8 TPPs Sugarcane 5 (SP), 1 (RN), 1 (MG) and 1 (PR)

GERAÇÃO. 9 SPPs. 2TPPs Fuel Oil. 35 SPPs 5 (SC) and 4 (RS) 33 Wind Farms 8 (CE), 21 (RN) and 4 (RS) 8 TPPs Sugarcane 5 (SP), 1 (RN), 1 (MG) and 1 (PR) CPFL Energia Redes Inteligentes e a Modernização das Cidades Projetos Smart Grid da CPFL COMERCIALIZAÇÃO Distribuição 7,5 milhões de consumidores 569 municípios Vendas de 56.682 GWh 6.845 colaboradores

Leia mais

Tópicos. 1. Conceitos Gerais de Smart Grids. 2. Evolução das Redes Inteligentes e Resultados (PDRI) 3. Enerq em Smart Grids

Tópicos. 1. Conceitos Gerais de Smart Grids. 2. Evolução das Redes Inteligentes e Resultados (PDRI) 3. Enerq em Smart Grids IEEE Workshop SMART GRID - Trends & Best Practices Smart Grid no Contexto da Geração e Distribuição 18/10/2013 NAPREI Núcleo de Pesquisas em Redes Elétricas Inteligentes enerq Centro de Estudos em Regulação

Leia mais

Seminário Internacional: Fontes Renováveis de Energia

Seminário Internacional: Fontes Renováveis de Energia Seminário Internacional: Fontes Renováveis de Energia Uso das Redes Inteligentes para viabilizar a Geração Distribuída Brasília, 14 de Setembro de 2011 Cyro Vicente Boccuzzi Presidente do Fórum Latino

Leia mais

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA.

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. CRIANDO SOLUÇÕES COMPLETAS PARA EMPRESAS E PESSOAS DATA CENTER SOLUÇÃO ITMAX ENTERPRISE REDES

Leia mais

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA.

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. CRIANDO SOLUÇÕES COMPLETAS PARA EMPRESAS E PESSOAS A Furukawa tem como foco ampliar os relacionamentos,

Leia mais

SOME - VIP Solução de Medição de Energia em Vias Públicas para Blindagem da Receita

SOME - VIP Solução de Medição de Energia em Vias Públicas para Blindagem da Receita 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG SOME - VIP Solução de Medição de Energia em Vias Públicas para Blindagem da Receita Ricardo Zimmer NANSEN Instrumentos de Precisão S.A. zimmer@nansen.com.br

Leia mais

Área de Distribuição e Comercialização Identificação do Trabalho: BR-13 São Paulo, Brasil, Setembro de 2002.

Área de Distribuição e Comercialização Identificação do Trabalho: BR-13 São Paulo, Brasil, Setembro de 2002. COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA E CENTROS DE CONTROLE Área de Distribuição e Comercialização Identificação

Leia mais

SMART GRID METERING LATIN AMERICA EDIÇÃO 2009

SMART GRID METERING LATIN AMERICA EDIÇÃO 2009 SMART GRID METERING LATIN AMERICA EDIÇÃO 2009 27/10/09 1 AGENDA REGULAMENTAÇÃO DA TECNOLOGIA BPL NO BRASIL RESOLUÇÃO 527 ANATEL QUEM SOMOS POWERGRID COMMUNICATIONS BRASIL SERVIÇOS DE ENGENHARIA E ELETRICIDADE

Leia mais

Melhoria da Qualidade do Fornecimento de Energia Elétrica das Empresas Distribuidoras

Melhoria da Qualidade do Fornecimento de Energia Elétrica das Empresas Distribuidoras 1 / 16 Melhoria da Qualidade do Fornecimento de Energia Elétrica das Empresas Distribuidoras Seminário Internacional de Automação de Processos Comerciais e Operacionais nas Empresas de Distribuição da

Leia mais

PAPER. Plano de instalação de religadores AES Sul

PAPER. Plano de instalação de religadores AES Sul PAPER 1/5 Título Plano de instalação de religadores AES Sul Registro Nº: (Resumo) SJBV7283 Autores do paper Nome País e-mail Angelica Silva AES Sul Brasil angelica.silva@aes.com Flavio Silva AES Sul Brasil

Leia mais

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA E CENTROS DE CONTROLE Área de Distribuição e Comercialização Identificação

Leia mais

LAGF. Otimizando Redes Comunicações Carlos Alberto Previdelli

LAGF. Otimizando Redes Comunicações Carlos Alberto Previdelli LAGF Otimizando Redes Comunicações Carlos Alberto Previdelli Setembro/2013 Agenda Smart Utilities & Smart Network Gestão integrada da Rede Conclusão Smart Utilities - Vetores da Governança Visão, Direção

Leia mais

Redes de águas inteligentes e a gestão de perdas. Glauco Montagna Gerente de Contas Estratégicas - Saneamento

Redes de águas inteligentes e a gestão de perdas. Glauco Montagna Gerente de Contas Estratégicas - Saneamento Redes de águas inteligentes e a gestão de perdas Glauco Montagna Gerente de Contas Estratégicas - Saneamento ABIMAQ / SINDESAM ABIMAQ Fundada em 1937, com 4.500 empresas representadas em 26 Câmaras Setoriais.

Leia mais

Aplicações do Sistema Automático de Medição

Aplicações do Sistema Automático de Medição Aplicações do Sistema Automático de Medição Eriberto Alvares, Gerência de Medição & Certificação, Cam Endesa, Brasil Projetos de telemedição implantados no mundo Concessionárias Clientes instalados Países

Leia mais

Audiência Pública ANEEL n 038/2012 3ª Revisão Tarifária Periódica 14/06/2012

Audiência Pública ANEEL n 038/2012 3ª Revisão Tarifária Periódica 14/06/2012 Audiência Pública ANEEL n 038/2012 3ª Revisão Tarifária Periódica 14/06/2012 1 - Institucional Criada em 31 de agosto de 1960, através da Lei Estadual 2023/60. Privatizada em 09 de julho de 1998. Controle

Leia mais

José Gabino Matias dos Santos

José Gabino Matias dos Santos José Gabino Matias dos Santos Assessor da Diretoria da ABRADEE Brasília, 25 de setembro de 2008 Informações Gerais ABRADEE: 48 Associadas (99% do Mercado) Seminário Internacional de Medição Eletrônica

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DA APTEL E SUAS EMPRESAS ASSOCIADAS PARA A CP 015/2009

CONTRIBUIÇÃO DA APTEL E SUAS EMPRESAS ASSOCIADAS PARA A CP 015/2009 CONTRIBUIÇÃO DA APTEL E SUAS EMPRESAS ASSOCIADAS PARA A CP 015/2009 INTRODUÇÃO Fundada em 1999, a APTEL evoluiu para uma organização multidisciplinar representando os interesses de telecomunicações e TI

Leia mais

Tecnologia da Informac aõ como aliada. PETRUS, Abril 2014

Tecnologia da Informac aõ como aliada. PETRUS, Abril 2014 Tecnologia da Informac aõ como aliada PETRUS, Abril 2014 Evolução da TI 60 70 80 90 A Era do Processamento de Dados A Era dos Sistemas de Informações A Era da Inovação e Vantagem Competitiva A Era da Integração

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL GE Distributed Power Jose Renato Bruzadin Sales Manager Brazil T +55 11 2504-8829 M+55 11 99196-4809 Jose.bruzadini@ge.com São Paulo, 11 de Julho de 2014 NOME DA INSTITUIÇÃO: GE Distributed Power AGÊNCIA

Leia mais

Olinda - Pernambuco - Brasil. Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento com os clientes

Olinda - Pernambuco - Brasil. Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento com os clientes XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Torpedo: Um Novo Canal de Relacionamento Uso de novas tecnologias no relacionamento

Leia mais

Itatiba: Cidade + Inteligente. Novembro 2014

Itatiba: Cidade + Inteligente. Novembro 2014 Itatiba: Cidade + Inteligente Novembro 2014 concepção projeto inovador na gestão do patrimônio e dos serviços prestados pelo município por meio de um sistema digital que possibilitará o monitoramento e

Leia mais

MONTAGEM DE COI CENTRO DE OPERAÇÃO INTEGRADA

MONTAGEM DE COI CENTRO DE OPERAÇÃO INTEGRADA MONTAGEM DE COI CENTRO DE OPERAÇÃO INTEGRADA Wilson Luiz de Castro Diretor Técnico 29/julho/2015 LINEDATA - Empresa brasileira, com atuação há 8 anos, com foco em empresas de Saneamento Públicas e Privadas,

Leia mais

SISTEMA AUTOMATIZADO DE MEDIÇÃO Projeto piloto de Infra-estrutura de Medição Avançada

SISTEMA AUTOMATIZADO DE MEDIÇÃO Projeto piloto de Infra-estrutura de Medição Avançada SISTEMA AUTOMATIZADO DE MEDIÇÃO Projeto piloto de Infra-estrutura de Medição Avançada Luiz A. Garbelotto Depto. Engenharia Comercial Celesc Distribuição S.A. Santa Catarina, Brasil Vladimir Nascimento

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE Agenda FINEP Departamento de Energia e Tecnologias Limpas DENE Programas Setoriais Inova Energia A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada

Leia mais

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Gestão de TI Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Aula passada... Gestão do Conhecimento 08:46 2 Aula de Hoje... BI Apresentação do artigo IT doesn t matter Debate 08:48 3 Caso da Toyota Toyota Motor

Leia mais

Convergência: utilities com Smart Grid e PLC e operadoras de telecomunicações podem somar II

Convergência: utilities com Smart Grid e PLC e operadoras de telecomunicações podem somar II Convergência: utilities com Smart Grid e PLC e operadoras de telecomunicações podem somar II 24/09/2007 19:58 :: João Carlos Fonseca Por ocasião do VIII Seminário Nacional de Telecomunicações da Aptel,

Leia mais

Francisco M. Pires Neto Gestor de Sistemas de Controle EDP BANDEIRANTE Brasil

Francisco M. Pires Neto Gestor de Sistemas de Controle EDP BANDEIRANTE Brasil Francisco M. Pires Neto Gestor de Sistemas de Controle EDP BANDEIRANTE Brasil 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL Premissas básicas de projetos Foram desenhados

Leia mais

Eficiência Energética e Redução de Perdas. George Alves Soares - Eletrobras

Eficiência Energética e Redução de Perdas. George Alves Soares - Eletrobras Eficiência Energética e Redução de Perdas George Alves Soares - Eletrobras Sumário Importância da sinergia Conceituação Segmentação das Perdas Técnicas Como a eficiência energética pode ajudar Ações no

Leia mais

Workshop Smart Metering

Workshop Smart Metering Workshop Smart Metering Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro Março de 2015

Leia mais

5% o consumo residencial no horário de pico, entre 18h e 21h, segundo Pepitone, diretor da ANEEL. Isto equivale, segundo ele, ao consumo de uma

5% o consumo residencial no horário de pico, entre 18h e 21h, segundo Pepitone, diretor da ANEEL. Isto equivale, segundo ele, ao consumo de uma 58 5 Smart Grid Segundo especialistas da área de energia, o smart grid pode ser definido como uma Rede Elétrica Inteligente que distribui energia elétrica com auxílio de tecnologia digital, monitorando

Leia mais

APLICAÇÃO DE SISTEMA TELEMEDIÇÃO EM UNIDADES CONSUMIDORAS ALIMENTADAS POR REDES SUBTERRÂNEAS CASO PRAIA DO PAIVA

APLICAÇÃO DE SISTEMA TELEMEDIÇÃO EM UNIDADES CONSUMIDORAS ALIMENTADAS POR REDES SUBTERRÂNEAS CASO PRAIA DO PAIVA APLICAÇÃO DE SISTEMA TELEMEDIÇÃO EM UNIDADES CONSUMIDORAS ALIMENTADAS POR REDES SUBTERRÂNEAS CASO PRAIA DO PAIVA Jose A. Lopes, Marcelo A. X. Lima, CELPE, Brasil, Jose.lopes@celpe.com.br, marcelo.lima@celpe.com.br

Leia mais

Você pode não perceber, mas nós estamos sempre presentes

Você pode não perceber, mas nós estamos sempre presentes Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina Você pode não perceber, mas nós estamos sempre presentes Missão Marco Legal Atuação do CIASC Sistemas Data Center Rede Governo Responsabilidade

Leia mais

Monitoramento da Qualidade do Serviço no Brasil Visão do Órgão Regulador

Monitoramento da Qualidade do Serviço no Brasil Visão do Órgão Regulador Monitoramento da Qualidade do Serviço no Brasil Visão do Órgão Regulador 4º Congreso Internacional de Supervisión del Servicio Eléctrico Romeu Donizete Rufino Diretor-Geral da ANEEL 27 de novembro de 2014

Leia mais

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA E CENTROS DE CONTROLE Área de Distribuição e Comercialização Identificação

Leia mais