INFORMÁTICA. Com o Professor: Rene Maas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMÁTICA. Com o Professor: Rene Maas"

Transcrição

1 INFORMÁTICA Com o Professor: Rene Maas

2 Arquivos anexados a mensagens de podem conter vírus, que só contaminarão a máquina se o arquivo anexado for executado. Portanto, antes de se anexar um arquivo a uma mensagem para envio ou de se executar um arquivo que esteja anexado a uma mensagem recebida, é recomendável, como procedimento de segurança, executar um antivírus para identificar possíveis contaminações.

3 Os s que solicitem informações pessoais, principalmente confidenciais, como senhas e números de documentos de identificação, devem ser postos sob suspeita pelos usuários, que devem buscar informações sobre a empresa ou pessoa que solicita tais informações. Em caso de dúvida sobre a procedência da mensagem, os usuários não devem responder ao solicitado nem seguir nenhuma orientação ou instrução apresentada, devendo deletar imediatamente a mensagem.

4 Os procedimentos de segurança das redes sem fio são muito maleáveis, dado o uso desse tipo de rede evitar, por si só, a ocorrência de contaminações por vírus.

5 Em sistemas de informática de órgãos interconectados por redes de computadores, os procedimentos de segurança ficam a cargo da área de tecnologia do órgão, o que exime os usuários de responsabilidades relativas à segurança.

6 Ao salvar o arquivo em um disco removível, seu conteúdo será protegido contra vírus de macro, pois esse tipo de vírus ataca apenas arquivos no disco rígido.

7 Autenticidade é um critério de segurança para a garantia do reconhecimento da identidade do usuário que envia e recebe uma informação por meio de recursos computacionais.

8 Ao contrário de um vírus de computador, que é capaz de se autorreplicar e não necessita de um programa hospedeiro para se propagar, um worm não pode se replicar automaticamente e necessita de um programa hospedeiro.

9 Backdoor é uma forma de configuração do computador para que ele engane os invasores, que, ao acessarem uma porta falsa, serão automaticamente bloqueados.

10 Uma diferença significativa entre os conceitos de Internet e intranet é que esta usa, no processo de comunicação, o protocolo TCP/IP e aquela, o protocolo UDP, mais adequado que o TCP/IP, devido ao tamanho muito maior da rede formada pela Internet.

11 Nos endereços de correio eletrônico, a sequência de caracteres.com tem por função indicar que o proprietário do endereço é membro de organização pública ou privada que tem como objetivo principal prestar serviços relativos à regulamentação da comunicação na Internet e na World Wide Web.

12 A tecnologia VoIP não permite a transmissão de voz entre computador e telefone celular. Também, essa tecnologia ainda não é disponibilizada para usuários residentes no Brasil, devido, entre outros, a problemas de segurança no acesso à Internet.

13 Intranet é uma rede local de computadores, restrita aos limites internos de uma organização, na qual é utilizada a mesma tecnologia empregada na Internet.

14 A intranet possibilita a transferência de um arquivo por FTP (file transfer protocol) de um computador para outro dentro de uma mesma organização.

15 A respeito de Internet e ferramentas de correio eletrônico, julgue os itens que se seguem. Os protocolos POP3 (post office protocol) e SMTP (simple transfer protocol) são usados, na Internet, para o envio e o recebimento de mensagens de correio eletrônico, respectivamente.

16 No endereço eletrônico http identifica o protocolo que permite a visualização das páginas de Internet, www referese à rede mundial por onde os dados trafegam, serpro é o nome da instituição que mantém o domínio, gov identifica o domínio como pertencente a uma entidade governamental e br indica que o domínio está registrado no Brasil.

17 Os programas denominados worm são, atualmente, os programas de proteção contra vírus de computador mais eficazes, protegendo o computador contra vírus, cavalos de tróia e uma ampla gama de softwares classificados como malware.

18 O vírus de computador é assim denominado em virtude de diversas analogias poderem ser feitas entre esse tipo de vírus e os vírus orgânicos.

19 Malwares propagam-se por meio de rede local, discos removíveis, correio eletrônico e Internet. Para executar um becape é suficiente copiar o arquivo em edição para outra pasta.

20 A transferência de arquivos para pendrives constitui uma forma segura de se realizar becape, uma vez que esses equipamentos não são suscetíveis a malwares.

21 Por meio do firewall, um dispositivo de uma rede de computadores, aplica-se uma política de segurança estabelecendo-se regras de acesso. Manter o firewall ativado evita a ocorrência de invasões ou acessos indevidos à rede.

22 A pesquisa de um processo em um sítio de um órgão público, na Internet, somente pode ser realizada se o serviço de FTP tiver sido instalado no computador do servidor.

23 Para acessar a página em que se pode realizar download das últimas atualizações do IE, é suficiente clicar

24 Ao se clicar o botão, é iniciado o carregamento da primeira página que tiver sido acessada após a página inicial do navegador. Ao se clicar o botão, todos os aplicativos que estiverem abertos serão fechados, com exceção do IE.

25 Em uma Intranet o roteamento é dispensável, uma vez que seu gerenciamento determina o caminho que deve ser seguido na troca de dados entre as máquinas conectadas a ela.

26 O navegador Internet Explorer, em suas diversas versões, pode ser utilizado para a visualização de pastas e arquivos de uma unidade de memória.

27 Um serviço disponibilizado na Internet é o conhecido pela sigla RSS (Really Simple Syndication). Este serviço permite aos usuários da Internet se inscrever em sites que fornecem "feeds" (fontes) RSS, atualizações sobre conteúdos contidos apenas na página principal dos sites cadastrados.

28 Phishing é a técnica de criar páginas falsas, idênticas às oficiais, para capturar informações de usuários dessas páginas. A compactação de arquivos evita a contaminação desses arquivos por vírus, worms e pragas virtuais.

29 Por meio da ativação de um firewall local, o ataque de malwares a redes sociais é inviável porque o firewall detecta assinatura de worms nesses sistemas.

30 Ao suspeitar da presença de vírus no computador, o usuário não deve encaminhar arquivos anexos em s nem compartilhar pastas via rede de computadores, devendo, primeiramente, executar o antivírus, que irá rastrear e eliminar o vírus.

31 A implantação de controle de acesso a dados eletrônicos e a programas de computador é insuficiente para garantir o sigilo de informações de uma corporação.

32 Um computador em uso na Internet é vulnerável ao ataque de vírus, razão por que a instalação e a constante atualização de antivírus são de fundamental importância para se evitar contaminações.

33 A realização de cópias de segurança pode ser efetuada em unidades de HD externas, mas nunca em outro computador da rede.

34 Com relação à segurança da informação, é correto afirmar que os links ou anexos recebidos de endereços de s desconhecidos não devem ser abertos.

35 Ao realizar uma pesquisa em um site específico na Internet, e ao apresentar a frase associada ao assunto entre asteriscos, a ferramenta de busca irá procurar pela ocorrência exata, respeitando a mesma ordem da frase.

36 Ao enviar uma mensagem de correio eletrônico para uma lista de destinatários com um deles em cópia oculta, se qualquer um dos outros destinatários da lista acionar a opção Responder a todos, aquele destinatário também receberá a resposta.

Fundamentos da Informática Aula 04 Introdução à Internet Simulado com Questões de Concursos Públicos Professor: Danilo Giacobo - GABARITO

Fundamentos da Informática Aula 04 Introdução à Internet Simulado com Questões de Concursos Públicos Professor: Danilo Giacobo - GABARITO Fundamentos da Informática Aula 04 Introdução à Internet Simulado com Questões de Concursos Públicos Professor: Danilo Giacobo - GABARITO 1. É uma técnica de fraude online usada por criminosos para persuadi-lo

Leia mais

PF + ABIN Informática Questões 2. Prof. Rafael Araujo

PF + ABIN Informática Questões 2. Prof. Rafael Araujo A figura acima ilustra uma janela do Excel 2003 contendo uma planilha com dados de rentabilidade de fundos de investimento do BB, cotados no dia 12/5/2008. Considerando essa janela, julgue o item subseqüente.

Leia mais

Webinário Informática INSS Prof. Paulo França

Webinário Informática INSS Prof. Paulo França Webinário Informática INSS 2016 Prof. Paulo França EDITAL INSS 1. Internet e Intranet 2. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática.

Leia mais

WWW = WORLD WIDE WEB

WWW = WORLD WIDE WEB Internet WWW = WORLD WIDE WEB DOWNLOAD/UPLOAD Navegadores Motores de Busca Dica de Pesquisa 1) Frases explícitas: professortonzera, informática para concursos 2) Professortonzera facebook 3) Pesquisas

Leia mais

Questionário de revisão para AV1 de Informática Aplicada Valor 1,0 ponto - Deverá ser entregue no dia da prova.

Questionário de revisão para AV1 de Informática Aplicada Valor 1,0 ponto - Deverá ser entregue no dia da prova. Questionário de revisão para AV1 de Informática Aplicada Valor 1,0 ponto - Deverá ser entregue no dia da prova. 1) Observe os seguintes procedimentos para copiar um arquivo de uma pasta para outra pasta

Leia mais

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI.

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI. PROTOCOLOS DE TRANSMISSÃO DE DADOS PROTOCOLO TCP/IP Trata-se da sigla da palavra inglesa Transmission Control Protocol / Internet Protocol ou, simplesmente Protocolo de Controle de Transmissão / Protocolo

Leia mais

CARTILHA DE SEGURANÇA PREVENÇÃO À FRAUDES

CARTILHA DE SEGURANÇA PREVENÇÃO À FRAUDES CARTILHA DE SEGURANÇA PREVENÇÃO À FRAUDES INTERNET NA INTERNET Seus dados pessoais e bancários são confidenciais e, para que não caiam nas mãos de pessoas indesejáveis, antes de digitar sua senha no internet

Leia mais

Firewall. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Firewall. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Firewall Prof. Marciano dos Santos Dionizio Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas eram feitas de madeira o fogo era um grande problema, pois se alastrava facilmente

Leia mais

05. No BrOffice.org Impress: a) o comando Duplicar, disponível no menu Editar, faz uma ou mais cópias de um objeto

05. No BrOffice.org Impress: a) o comando Duplicar, disponível no menu Editar, faz uma ou mais cópias de um objeto INFORMÁTICA 01. Na placa-mãe alguns componentes já vêm instalados e outros serão conectados na sua placa de circuito. Um exemplo típico de componente que já vem, nativamente, instalado na placa-mãe é:

Leia mais

Book com terminologias DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Book com terminologias DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Book com terminologias DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SUMÁRIO PRINCÍPIOS DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 3 OBJETIVOS DA SI... 3 PRINCÍPIOS DE SI... 3 ALGUNS CONCEITOS DE SI... 3 AMEAÇA INTELIGENTE... 3 ANTI-SPAM...

Leia mais

INFORMÁTICA. 03. O Internet Relay Chat permite que diversas pessoas realizem comunicação on-line por meio da Internet.

INFORMÁTICA. 03. O Internet Relay Chat permite que diversas pessoas realizem comunicação on-line por meio da Internet. INFORMÁTICA Acerca de serviços e ferramentas da Internet, julgue os itens a seguir: 01. Atualmente, para que softwares de correios eletrônicos possam funcionar adequadamente, uma versão de um software

Leia mais

Ransomware. <Nome> <Instituição> < >

Ransomware. <Nome> <Instituição> < > Ransomware Agenda Ransomware Como se prevenir Outros cuidados a serem tomados Créditos Mantenha-se informado Ransomware (1/4) Programa que torna inacessíveis os dados armazenados

Leia mais

1 TRT DE SÃO PAULO

1 TRT DE SÃO PAULO CONCURSO: TRT -2ª REGIÃO SÃO PAULO CARGO: ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA NÍVEL SUPERIOR DATA: 16/11/2008 16. Começa a executar a partir da ROM quando o hardware é ligado. Exerce a função de identificar

Leia mais

INFORMÁTICA 15/04/2016. Com o Professor: Rene Maas. Considere a figura abaixo, que ilustra uma planilha do LibreOffice Calc em edição:

INFORMÁTICA 15/04/2016. Com o Professor: Rene Maas. Considere a figura abaixo, que ilustra uma planilha do LibreOffice Calc em edição: INFORMÁTICA Considere a figura abaixo, que ilustra uma planilha do LibreOffice Calc em edição: Com o Professor: Rene Maas Caso a célula G20 desta planilha apresente a fórmula =SE(A1A2;MAIOR(A1:B2;2);MÍNIMO(B2:C3)),

Leia mais

Nos anos 90 eram aficionados em informática, conheciam muitas linguagens de programação e quase sempre jovens, que criavam seus vírus, para muitas

Nos anos 90 eram aficionados em informática, conheciam muitas linguagens de programação e quase sempre jovens, que criavam seus vírus, para muitas Nos anos 90 eram aficionados em informática, conheciam muitas linguagens de programação e quase sempre jovens, que criavam seus vírus, para muitas vezes, saber o quanto eles poderiam se propagar. Atualmente

Leia mais

Prof. Ravel Silva (https://www.facebook.com/professorravelsilva) SIMULADO 01 - PERITO PF QUESTÕES

Prof. Ravel Silva (https://www.facebook.com/professorravelsilva) SIMULADO 01 - PERITO PF QUESTÕES Orientações aos alunos: 1. Este simulado visa auxiliar os alunos que estão se preparando para o cargo de Perito da Polícia Federal. 2. O Simulado contém 10 questões estilo CESPE (Certo e Errado) sobre

Leia mais

VOCÊ ESTÁ SEGURO? COMO PROTEGER SEUS DADOS CONTRA VÍRUS NA INTERNET

VOCÊ ESTÁ SEGURO? COMO PROTEGER SEUS DADOS CONTRA VÍRUS NA INTERNET VOCÊ ESTÁ SEGURO? COMO PROTEGER SEUS DADOS CONTRA VÍRUS NA INTERNET Este documento foi desenvolvido pela LifeSys Informática, cuja a distribuição e comercialização é proibida e todos os direitos são reservados.

Leia mais

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Jean Nicandros Stragalinos Neto. Prontuário: 1616251. Curso: ADS 2º Módulo. 1) Desenhe duas redes com 7 e 8 computadores e defina a configuração IP de cada

Leia mais

http://cartilha.cert.br/ Códigos maliciosos são usados como intermediários e possibilitam a prática de golpes, a realização de ataques e o envio de spam Códigos maliciosos, também conhecidos como pragas

Leia mais

Informática para Concursos Professor Thiago Waltz

Informática para Concursos Professor Thiago Waltz Informática para Concursos Professor: Thiago Waltz Correio Eletrônico a) Correio Eletrônico O software de correio eletrônico surgiu com o objetivo de auxiliar a comunicação e a troca de informações entre

Leia mais

Níkolas Timóteo Paulino da Silva Redes de Computadores I ADS 2ºTermo

Níkolas Timóteo Paulino da Silva Redes de Computadores I ADS 2ºTermo Níkolas Timóteo Paulino da Silva Redes de Computadores I ADS 2ºTermo 1) Desenhe duas redes com 7 e 8 computadores e defina a configuração IP de cada máquina com classe B e C, respectivamente. REDE A (7

Leia mais

25/04/2017 LÉO MATOS INFORMÁTICA

25/04/2017 LÉO MATOS INFORMÁTICA LÉO MATOS INFORMÁTICA 1. (QUADRIX 2017 CRB 6ª REGIÃO) Considerando a memória ROM (Read Only Memory) somente leitura e a memória RAM (Random Access Memory) uma memória com permissão de leitura e escrita,

Leia mais

MITO OU VERDADE? 11/02/2013 MITO OU VERDADE? MITO OU VERDADE? MITO OU VERDADE? Dois antivírus funcionam melhor que um?

MITO OU VERDADE? 11/02/2013 MITO OU VERDADE? MITO OU VERDADE? MITO OU VERDADE? Dois antivírus funcionam melhor que um? Você é capaz de dizer se um firewall substitui um antivírus? E se o computador do usuário está sujeito a ser infectado só de visitar uma página da web? Por mais que especialistas alertem "instale um antivírus",

Leia mais

INFORMÁTICA. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. a) I e II b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV

INFORMÁTICA. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. a) I e II b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV INFORMÁTICA 01. Analise as seguintes afirmações relativas a conceitos de Internet. I - O SPAM é caracterizado pela utilização indevida do servidor POP de uma empresa ou outra entidade para enviar uma grande

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Jordana Sarmenghi Salamon jssalamon@inf.ufes.br jordanasalamon@gmail.com http://inf.ufes.br/~jssalamon Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda

Leia mais

Bom simulado! Professor Ravel Silva https://www.facebook.com/professorravelsilva

Bom simulado! Professor Ravel Silva https://www.facebook.com/professorravelsilva Orientações aos alunos: 1. Este simulado visa auxiliar os alunos que estão se preparando para o cargo de Assistente em Administração da UFBA Nível Médio. 2. O Simulado contém 15 questões estilo UFBA (Certo

Leia mais

Backup. É um cópia de segurança de dados de um dispositivo para outro, para que possam ser restaurados em caso de perda acidental.

Backup. É um cópia de segurança de dados de um dispositivo para outro, para que possam ser restaurados em caso de perda acidental. Professor Gedalias Valentim Informática para Concursos É um cópia de segurança de dados de um dispositivo para outro, para que possam ser restaurados em caso de perda acidental. Porque fazer Perda acidental

Leia mais

Política de Segurança de Informações

Política de Segurança de Informações Política de Segurança de Informações Junho/2016 Edge Brasil Gestão de Ativos Ltda. 1. Apresentação A Política de Segurança da Informação da Edge Brasil Gestão de Ativos Ltda. ( Edge Investimentos ), aplica-se

Leia mais

INFORMÁTICA. 02. Observe a janela do Windows Explorer do Windows Vista abaixo:

INFORMÁTICA. 02. Observe a janela do Windows Explorer do Windows Vista abaixo: INFORMÁTICA 01. Ao ligarmos o computador, uma série de testes é feita na máquina para constatar que todos os seus componentes estão funcionando. O sistema básico de entrada/saída, executado por um computador

Leia mais

a) três vezes com o botão esquerdo do mouse e, depois, pressionar as teclas Ctrl + F.

a) três vezes com o botão esquerdo do mouse e, depois, pressionar as teclas Ctrl + F. Para orientar os estudos, o professor Fabio Augusto separou uma bateria de questões de Informática visando a prova para escrevente do dia 2. Ao final de cada questão confira o gabarito comentado pelo especialista.

Leia mais

Códigos Maliciosos. <Nome> <Instituição> < >

Códigos Maliciosos. <Nome> <Instituição> < > Códigos Maliciosos Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Resumo comparativo Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/5) Programas especificamente desenvolvidos

Leia mais

Revisão de Informática

Revisão de Informática Revisão de Informática Prof. Sérgio Spolador https://www.facebook.com/profsergiospolador Internet / Intranet TCP/IP TCP Transmission Control Protocol IP Internet Protocol (ENDEREÇAMENTO) IPV4 32 bits IPV6

Leia mais

PALESTRA. E E por falar em Segurança...

PALESTRA. E E por falar em Segurança... PALESTRA E E por falar em Segurança... O que vamos ver Conceitos e Termos Resultados da Mini Pesquisa Por que estamos falando em Segurança Programas Maliciosos Spam O que vamos ver também Engenharia Social

Leia mais

SEGURANÇA NA INTERNET

SEGURANÇA NA INTERNET Disponível em: http://segurancaprivadadobrasil.files.wordpress.com/2009/07/seguranca_net_-_cadeado.jpg SEGURANÇA NA INTERNET Maria Beatrís Zielinski Tracienski SEGURANÇA DOS COMPUTADORES: INTRODUÇÃO Um

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TOCANTINS Campus Paraíso do Tocantins. Informática Básica

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TOCANTINS Campus Paraíso do Tocantins. Informática Básica INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TOCANTINS Campus Paraíso do Tocantins Informática Básica Técnico em Agroindústria Integrado ao Ensino Médio Aula 05 2015/2 Thatiane de Oliveira Rosa

Leia mais

COMITÊ DE TECNOLOGIA DA. INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CoTIC) Serviço de Correio Eletrônico: Política de Uso. Versão 1.0

COMITÊ DE TECNOLOGIA DA. INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CoTIC) Serviço de Correio Eletrônico: Política de Uso. Versão 1.0 COMITÊ DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CoTIC) Serviço de Correio Eletrônico: Política de Uso Versão 1.0 Florianopolis, abril de 2016. 1 Apresentação e Justificativa A Universidade Federal de

Leia mais

Manual de configuração do DFeMonitor

Manual de configuração do DFeMonitor Manual de configuração do DFeMonitor Anderson Silva 18/01/2016 Este manual tem por intuito auxiliar a configurar e utilizar o DFeMonitor. Manual implementado na versão 5.0.61 (21). Realizar o download

Leia mais

Professor Alexsander Pacheco INTERNET - parte I INTERNET Parte 1 Professor Alexsander Pacheco Autor do livro Informática Um manual prático para concursos da Editora Fortium (Brasília - DF) E-mail: prof_alx@yahoo.com.br

Leia mais

Manual SISTEMA GERENCIADOR DE SENHAS Versão GUICHÊ

Manual SISTEMA GERENCIADOR DE SENHAS Versão GUICHÊ Manual SISTEMA GERENCIADOR DE SENHAS Versão 22.2.0 GUICHÊ Índice I INTRODUÇÃO... 3 II INSTALAÇÃO DO SOFTWARE... 4 III UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE... 6 ANEXO 1 GUIA DE REFERÊNCIA RÁPIDA... 9 ANEXO 2 SOLUÇÕES

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX. Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX. Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. Download 1 Efetue o download acessando o endereço: https://www.hesolucoes.com.br/iso/printertux-2.1.iso MD5SUM: 844d318e9672fdbffec0ad354b642d5b 2. Pré-Requisitos (Hardware)

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação GESTÃO DA INFORMAÇÃO O que há por trás dos Sistemas Informatizados 2 Mas o que é segurança da informação? Os princípios básicos da segurança são: A confidencialidade; Integridade; Disponibilidade das informações.

Leia mais

INFORMÁTICA 9 ENCONTRO. PROF PAULO MAXIMO

INFORMÁTICA 9 ENCONTRO. PROF PAULO MAXIMO 9 ENCONTRO PROF PAULO MAXIMO pmaximo@gmail.com 1.Analise a planilha e o gráfico a seguir. Considerando a situação apresentada é correto afirmar que: (a) a média de João foi calculada utilizando a fórmula

Leia mais

Informática Básica Eletrotécnica/Mecânica

Informática Básica Eletrotécnica/Mecânica Informática Básica Eletrotécnica/Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 05 - Informática Básica - Internet Roteiro Histórico E-mail Dicas de segurança

Leia mais

Vírus de Computador. Operação de Computadores e Sistemas

Vírus de Computador. Operação de Computadores e Sistemas Vírus de Computador Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Prof. Edwar Saliba Júnior 1/20 Introdução O que é Vírus de Computador para você? 2/20 Conceito Vírus: é um programa

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 005-200 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO FUNÇÃO: AUXILIAR DE LABORATÓRIO DE INFORMATICA Nome: RG: CPF: Nº. de inscrição:

Leia mais

II. Norma de Segurança para o Uso do Correio Eletrônico

II. Norma de Segurança para o Uso do Correio Eletrônico II. Norma de Segurança para o Uso do Correio Eletrônico 1. Objetivo Orientar os Usuários da Rede do Ministério da Saúde quanto às regras de utilização do serviço do correio eletrônico de forma a preservar

Leia mais

INFORMÁTICA. Texto para as questões de 1 a 3

INFORMÁTICA. Texto para as questões de 1 a 3 INFORMÁTICA Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma planilha que contém dados relativos a demandas por produtos e serviços da agência central

Leia mais

Informática para Concursos

Informática para Concursos Informática para Concursos Professor: Thiago Waltz Mozilla Thunderbird a) Correio Eletrônico O software de correio eletrônico surgiu com o objetivo de auxiliar a comunicação e a troca de informações entre

Leia mais

1 - ( Prova: CESPE FUNASA - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 / Noções de Informática )

1 - ( Prova: CESPE FUNASA - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 / Noções de Informática ) Conjunto Questões CESPE/UnB PF 2014 Agente 1 - ( Prova: CESPE - 2013 - FUNASA - Todos os Cargos - Conhecimentos Básicos - Cargos 1 e 2 / Noções de Informática ) O compartilhamento de uma pasta por meio

Leia mais

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES AULA 3

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES AULA 3 Pessoal, Apresento uma lista de exercícios (CESPE) complementar à aula 3 sobre o Windows. Ainda pretendo criar uma lista com exercícios específicos para Windows 7, pois não encontrei exercícios recentes

Leia mais

Acerca de noções de vírus, worms e pragas virtuais, assinale a opção correta.

Acerca de noções de vírus, worms e pragas virtuais, assinale a opção correta. 1 - ( Prova: CESPE - 2014 - TJ-CE - Nível Médio - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos / Noções de Informática ) Acerca de noções de vírus, worms e pragas virtuais, assinale a opção correta. a) Os programas

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO Sumário INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS... 3 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 3 SISTEMAS E BACKUPS... 5 SEGREGAÇÃO DE ATIVIDADES... 5 VIGÊNCIA E ATUALIZAÇÃO... 6 POLÍTICA DE SEGURANÇA

Leia mais

Manual de Utilização do Zimbra Webmail

Manual de Utilização do Zimbra Webmail Universidade Federal da Paraíba Superintendência de Tecnologia da Informação Campus Universitário I, João Pessoa Paraíba CEP.: 58051-900 +55 83 3209-8650 Manual de Utilização do Zimbra Webmail Introdução.

Leia mais

Safeweb Segurança da Informação Ltda

Safeweb Segurança da Informação Ltda ... 2 Certificado Digital... 2... 3 Download do Assistente de Certificado Digital Safeweb... 3 Download utilizando Google Chrome... 4 Download utilizando Internet Explorer... 6 Instalação do Assistente

Leia mais

INFORMÁTICA. É correto o que consta APENAS em a) I. b) II. c) III. d) I e III. e) II e III.

INFORMÁTICA. É correto o que consta APENAS em a) I. b) II. c) III. d) I e III. e) II e III. INFORMÁTICA 01. Para que computadores pessoais (PC) possam funcionar, é necessário que eles estejam dotados de recursos tanto de hardware como de software. A esse respeito é correto afirmar que a) a Unidade

Leia mais

Informática. Outlook Express. Professor Márcio Hunecke.

Informática. Outlook Express. Professor Márcio Hunecke. Informática Outlook Express Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática OUTLOOK EXPRESS O Outlook Express é a ferramenta de e-mail que vem junto com o Windows XP e não pode ser

Leia mais

GUIA RAPIDO DE INSTALAÇÃO D-SAT VINCULAÇÃO D-SAT AO CNPJ DO CONTRIBUINTE

GUIA RAPIDO DE INSTALAÇÃO D-SAT VINCULAÇÃO D-SAT AO CNPJ DO CONTRIBUINTE GUIA RAPIDO DE INSTALAÇÃO D-SAT Este manual ensinará como você deve realizar o procedimento de instalação da USB do D-SAT, Vinculação do número de série, Ativação e Associação de Assinatura do Aplicativo

Leia mais

PLANO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS COPA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. DEZEMBRO DE 2015

PLANO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS COPA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. DEZEMBRO DE 2015 PLANO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS DA COPA GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. DEZEMBRO DE 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. Objetivo As atividades desenvolvidas pela Copa Gestão de Investimentos Ltda. ( Copa Investimentos

Leia mais

Rede de Computadores Modelo OSI

Rede de Computadores Modelo OSI Rede de Computadores Modelo OSI Protocolos TCP/IP Protocolos TCP X UDP CUIDADO! HTTPS IPv4 e IPv6 IPv4 IPv6 Protocolos de Email SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) POP3 (POST OFFICE PROTOCOL

Leia mais

Novos domínios. Já descobriu que há novos domínios?

Novos domínios. Já descobriu que há novos domínios? Novos domínios Já descobriu que há novos domínios? Os novos domínios vão revolucionar a internet. Pré-registe agora o domínio da sua preferência e tenha mais hipóteses de que o seu registo seja feito com

Leia mais

Atualizações de Software Guia do Usuário

Atualizações de Software Guia do Usuário Atualizações de Software Guia do Usuário Copyright 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. As informações contidas neste

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES

Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES Camada de aplicação Um protocolo da camada de aplicação define como processos de uma aplicação, que funcionam em sistemas finais diferentes,

Leia mais

INTERNET. A figura mostra os inúmeros backbones existentes. São cabos de conexão de altíssima largura de banda que unem o planeta em uma rede mundial.

INTERNET. A figura mostra os inúmeros backbones existentes. São cabos de conexão de altíssima largura de banda que unem o planeta em uma rede mundial. INTERNET A figura mostra os inúmeros backbones existentes. São cabos de conexão de altíssima largura de banda que unem o planeta em uma rede mundial. DNS (Domain Name System) Sistema de Nome de Domínio

Leia mais

Navegadores. Navegador ( Web Browser ou Browser) Conceitos

Navegadores. Navegador ( Web Browser ou Browser) Conceitos Folheto Número 1 Navegadores Um navegador, também conhecido pelos termos em inglês web browser ou simplesmente browser, é um programa de computador que habilita seus usuários a interagirem com documentos

Leia mais

LÉO MATOS INFORMÁTICA

LÉO MATOS INFORMÁTICA LÉO MATOS INFORMÁTICA Linux 1. (CESPE ANVISA) O sistema operacional Linux, embora seja amplamente difundido, está indisponível para utilização em computadores pessoais, estando o seu uso restrito aos computadores

Leia mais

Estruturas de Comunicação de Dados Aula 3 Camadas de Aplicação e Transporte

Estruturas de Comunicação de Dados Aula 3 Camadas de Aplicação e Transporte Estruturas de Comunicação de Dados Aula 3 Camadas de Aplicação e Transporte Escola Maria Eduarda Ramos de Barros Curso técnico em redes de computadores Carpina - PE Roteiro Aplicações de Rede Transporte

Leia mais

4. Julgue os Itens sobre Segurança da Informação:

4. Julgue os Itens sobre Segurança da Informação: Informática Léo Matos 1. O computador de Roberto, rodando o sistema operacional Microsoft Windows 7, possui dois aplicativos que podem executar determinado tipo de arquivo. Roberto gostaria de determinar

Leia mais

COMO INSTALAR O CATÁLOGO

COMO INSTALAR O CATÁLOGO Este guia tem por finalidade detalhar as etapas de instalação do catálogo e assume que o arquivo de instalação já foi baixado de nosso site. Caso não tenho sido feita a etapa anterior favor consultar o

Leia mais

INTERNET. Definição. Rede internacional de computadores que permite comunicação e transferência de dados entre outros serviços.

INTERNET. Definição. Rede internacional de computadores que permite comunicação e transferência de dados entre outros serviços. INTERNET Prof. Luiz A. Nascimento Definição 2 Rede internacional de computadores que permite comunicação e transferência de dados entre outros serviços. Utiliza o protocolo TCP/IP É a rede das redes. Normalmente

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEG Aula N : 11 Tema: Servidores Proxies

Leia mais

Utilização e Manutenção do E-mail Corporativo Hernany Silveira Rocha

Utilização e Manutenção do E-mail Corporativo Hernany Silveira Rocha Utilização e Manutenção do E-mail Corporativo Hernany Silveira Rocha Agenda Formas de acesso ao e-mail corporativo Nivelamento do conhecimento sobre o e-mail Funcionalidades do Webmail O que é o e-mail

Leia mais

Sistemas Operacionais e Vírus

Sistemas Operacionais e Vírus Sistemas Operacionais e Vírus Em informática, Vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um VÍRUS biológico, infecta o sistema, faz copias de

Leia mais

instale em até 5 PCs e Macs compatíveis, além de mais 5 tablets use o OneDrive para sincronizar dispositivos automaticamente

instale em até 5 PCs e Macs compatíveis, além de mais 5 tablets use o OneDrive para sincronizar dispositivos automaticamente Como educadores, todos na Funcesi estão unidos em torno de um único objetivo ajudar a preparar nossos estudantes para se tornarem o melhor que eles podem ser. Agora, surge um novo e empolgante programa

Leia mais

INFORMÁTICA FACILITADA PARA MPU

INFORMÁTICA FACILITADA PARA MPU INFORMÁTICA FACILITADA PARA MPU APRESENTAÇÃO André Fernandes, bacharel em Sistemas de Informações e especialista em Gestão Pública, é servidor público federal e trabalha na área de informática há 10 anos.

Leia mais

PROVA DE MICROINFORMÁTICA

PROVA DE MICROINFORMÁTICA 16 PROVA DE MICROINFORMÁTICA PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES DE 41 A 60, CONSIDERE A CONFI- GURAÇÃO PADRÃO DO SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT WINDOWS ME E DOS APLICATIVOS WINDOWS EXPLORER, INTERNET EXPLORER,

Leia mais

Envio Seguro de Mensagem Manual do Usuário

Envio Seguro de Mensagem Manual do Usuário Prezado Cliente, Este manual foi elaborado para auxiliá-lo no seu acesso e navegação nas Mensagens Seguras enviadas pelo Crédit Agricole Brasil S/A DTVM. Em conformidade com o Código de Auto-Regulação

Leia mais

QUESTÕES DE INFORMÁTICA WINDOWS 7 CESPE/UNB

QUESTÕES DE INFORMÁTICA WINDOWS 7 CESPE/UNB Professor André Alencar INFORMÁTICA 1 QUESTÕES DE INFORMÁTICA WINDOWS 7 CESPE/UNB ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ESPIRITO SANTO NÍVEL SUPERIOR 1. Considerando o uso, as características e os recursos do sistema

Leia mais

ADS Assinador Digital Soft Guia do usuário Instalação e configuração ADS ASSINADOR DIGITAL SOFT - GUIA DO USUÁRIO

ADS Assinador Digital Soft Guia do usuário Instalação e configuração ADS ASSINADOR DIGITAL SOFT - GUIA DO USUÁRIO ADS Assinador Digital Soft Guia do usuário Instalação e configuração ADS - Assinador Digital Soft O ADS é um conjunto de soluções para Assinatura Digital simples e acessível que busca atender os diversos

Leia mais

MANUAL. Localizador: Página: MN 016 SGI-INFRA- . Informação)

MANUAL. Localizador: Página: MN 016 SGI-INFRA- . Informação) 1/24 1. Objetivo Este documento tem por objetivo indicar e informar o conjunto de ações para o procedimento de uso do novo correio eletrônico do CEFET-MG. O novo sistema de correio eletrônico tem uma interface

Leia mais

Programação para Web

Programação para Web Colégio Estadual João Manoel Mondrone Ensino Fundamental, Médio, Profissional e Norm Técnico em Informática Programação para Web Profª Ana Paula Mandelli anapaula_mandelli@hotmail.com O que é a COMUNICAÇÃO?

Leia mais

MANUAL. Localizador: SGI-INFRA-

MANUAL. Localizador: SGI-INFRA- 1/25 Infraestrutura de 1. Objetivo Este documento tem por objetivo indicar e informar o conjunto de ações para o procedimento de uso do novo correio eletrônico do CEFET-MG. O novo sistema de correio eletrônico

Leia mais

Como criar e utilizar uma conta de correio eletrônico em um servidor gratuito

Como criar e utilizar uma conta de correio eletrônico em um servidor gratuito 1 Curso de Formação de Professores em Tecnologia de Informação e de Comunicação Acessível Como criar e utilizar uma conta de correio eletrônico em um servidor gratuito Existem hoje vários sites que oferecem

Leia mais

Guia de Instalação. Versão Fevereiro 2013

Guia de Instalação. Versão Fevereiro 2013 O PrintScout é um serviço que permite monitorar impressoras e multifuncionais, além de automatizar a coleta de contadores de impressão (Contadores físicos/hardware) para fechamento de volume mensal de

Leia mais

Técnico em Radiologia. Prof.: Edson Wanderley

Técnico em Radiologia. Prof.: Edson Wanderley Técnico em Radiologia Prof.: Edson Wanderley Rede de Computadores Modelo Mainframe Terminal Computador de grande porte centralizado; Os recursos do computador central, denominada mainframe são compartilhadas

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I Redes de Computadores I Prof.ª Inara Santana Ortiz Aula 3 Protocolos de Comunicação Protocolos de Comunicação Protocolos de Comunicação Para que ocorra a transmissão de uma informação entre o transmissor

Leia mais

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastro para emissão do NOVO Bilhete Único... 3 3. Sessão Expirada... 111 4. Etapas do Cadastro... 144 5. Finalização do Cadastro... 166 6. Pesquisa de Satisfação...18 1 1.

Leia mais

Manual de Acesso ao Opus

Manual de Acesso ao Opus Manual de Acesso ao Opus O Opus é o sistema oficial para lançamento e exposição da produção intelectual da UFMG, e tem como características principais: Professores e funcionários podem fazer diretamente

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software CONFIDENCIAL 1 Qualidade de Software Guia de atualização PDV GZ e Equipamento SAT Dual Software Ltda. Emissão: 21/07/2016 1 Dual Software Ltda. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste documento

Leia mais

Protocolo Eletrônico ( Acesso Externo )

Protocolo Eletrônico ( Acesso Externo ) EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS VICE-PRESIDÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO VIPAD Protocolo Eletrônico ( Acesso Externo ) Guia de Cadastro do Usuário Externo Solicitação de Acesso Setembro / 2017 [ Versão

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PRIMEIRO ACESSO

INSTRUÇÕES PARA O PRIMEIRO ACESSO INSTRUÇÕES PARA O PRIMEIRO ACESSO O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), está disponível para todos os alunos dos cursos do IF Sudeste MG Câmpus JF. O AVA também é conhecido como plataforma Moodle.

Leia mais

Como acessar as imagens via Navegador Internet Explorer

Como acessar as imagens via Navegador Internet Explorer Como acessar as imagens via Navegador Internet Explorer Antes de iniciar o procedimento de como realizar o(s) Acesso(s) Remoto(s) (Endereço IP em Rede Local, ou via Nuvem, ou via DDNS) através do Navegador

Leia mais

"Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito. Aristóteles

Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito. Aristóteles "Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito. Aristóteles Prof. Jeferson Bogo Cupom futuropolicial30. 30% de desconto na compra de qualquer curso, válido até

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CMA DESKTOP

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CMA DESKTOP MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CMA DESKTOP Versão 1.0 Sumário INTRODUÇÃO... 3 INSTALAÇÃO... 3 CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR DE VIDEOCONFERÊNCIA... 6 UTILIZAÇÃO DO CMA DESKTOP... 7 INTRODUÇÃO Este manual tem por objetivo

Leia mais

Informática. Microsoft Outlook Professor Márcio Hunecke.

Informática. Microsoft Outlook Professor Márcio Hunecke. Informática Microsoft Outlook 2007 Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática MICROSOFT OUTLOOK O QUE É O OUTLOOK? O Microsoft Outlook 2007 oferece excelentes ferramentas de gerenciamento

Leia mais

Sistema de Solicitação de Certidões

Sistema de Solicitação de Certidões Sistema de Solicitação de Certidões Manual do Usuário (Solicitante) Versão 2017.1 Índice 1. ACESSO COM CERTIFICADO DIGITAL... 4 2. CADASTRO NO SISTEMA... 6 3. ESQUECI MINHA SENHA... 7 4. ACESSO AO SISTEMA...

Leia mais

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com Bens jurídicos peculiares à informática Crimes digitais e suas modalidades Relações

Leia mais

Funcionalidade e Protocolos da Camada de Aplicação

Funcionalidade e Protocolos da Camada de Aplicação Funcionalidade e Protocolos da Camada de Aplicação Network Fundamentals Capítulo 3 1 Aplicações A Interface entre usuário e Rede de Dados A Camada de aplicação provê recursos para enviar e receber dados

Leia mais

ESET NOD32 ANTIVIRUS 10

ESET NOD32 ANTIVIRUS 10 ESET NOD32 ANTIVIRUS 10 Microsoft Windows 10 / 8.1 / 8 / 7 / Vista Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento O ESET NOD32 Antivirus fornece proteção

Leia mais

Manual Básico de Configuração para Acesso Remoto ao Portal de Periódicos CAPES Versão 1.0

Manual Básico de Configuração para Acesso Remoto ao Portal de Periódicos CAPES Versão 1.0 Manual Básico de Configuração para Acesso Remoto ao Portal de Periódicos CAPES Versão 1.0 NTI Núcleo Técnico de Informações Março/2012 Manual Básico de Configuração para Acesso Remoto ao Portal de Periódicos

Leia mais