INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS- IBGEN BIBLIOTECA REGULAMENTO TÍTULO I DA NATUREZA, OBJETIVO E SERVIÇOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS- IBGEN BIBLIOTECA REGULAMENTO TÍTULO I DA NATUREZA, OBJETIVO E SERVIÇOS"

Transcrição

1 REGULAMENTO TÍTULO I DA NATUREZA, OBJETIVO E SERVIÇOS Art. 1 Este Regulamento pretende fixar normas e procedimentos pertencentes à Biblioteca da Faculdade IBGEN Instituto Brasileiro de Gestão de Negócios. Art. 2 A Biblioteca tem como objetivo atender à comunidade acadêmica, oferecendo documentos e serviços que dêem suporte às atividades de ensino, pesquisa e extensão. 1º A Biblioteca destina-se, primordialmente, a alunos regularmente matriculados em todos os níveis de ensino da Faculdade IBGEN e em qualquer um de seus campus, seus professores e funcionários (ativos ou aposentados), mas também põe à disposição o seu acervo para consulta local à comunidade em geral. 2º Os serviços oferecidos pela Biblioteca são: serviço de referência consulta local (consulta no espaço físico da Biblioteca a todo e qualquer item), empréstimo domiciliar, empréstimo para o interior do Estado do Rio Grande do Sul, acesso ao Catálogo online, pesquisas e levantamentos bibliográficos, orientação na normalização de trabalhos científicos e comutação bibliográfica COMUT/IBICT. Atualizado em Dezembro de REGULAMENTO DA 1

2 TÍTULO II DO CADASTRO Art. 3 São cadastrados, após a matrícula, mediante apresentação da carteira de identificação do aluno ou comprovante de matrícula, todos os alunos dos Cursos de Graduação - Bacharelado e Superiores em Tecnologias - e Pós-Graduação, professores e funcionários desse estabelecimento de ensino. TÍTULO III DO EMPRÉSTIMO, RENOVAÇÃO E DEVOLUÇÃO Art. 4 O empréstimo domiciliar da Biblioteca destina-se aos professores, alunos de Graduação - Bacharelado e Superiores em Tecnologias - e Pós-Graduação, e aos funcionários da Faculdade IBGEN. 1º O prazo de devolução e a quantidade de itens obedecem ao seguinte quadro: Tipo de usuário Professor Aluno de Graduação Aluno de Pós- Graduação Funcionário Material Quantidade Prazo (dias) Livros Periódicos 5 7 DVD 2 7 VHS 2 7 Livros 5 7 Periódicos 2 7 Livros 7 15 Periódicos 3 7 Livros 3 14 Periódicos 3 2 CD-ROM 3 3 REGULAMENTO DA 2

3 2º Alunos de Graduação - Bacharelado e Superiores em Tecnologias que estiverem em POI, POII ou POIII, seguem o quadro abaixo: Aluno de Graduação em POI, POII ou POIII Livros 7 7 Periódicos 2 7 3º - Para efetuar o empréstimo, os estudantes de graduação e pós-graduação devem apresentar a carteira estudantil; os professores e funcionários apresentarão o crachá. Os estudantes do interior deverão enviar um com a solicitação de empréstimo. 4º Não há empréstimo domiciliar de obras raras, obras de referência (dicionários, manuais, enciclopédias) 5º São materiais de reserva especial os títulos que, solicitados por professores, permanecem na Biblioteca por prazo determinado, para consulta local. 6º O usuário em débito com a Biblioteca perderá o direito a novos empréstimos, renovações e reservas, até que seja regularizada a situação. Ao final de cada semestre, estará sujeito a sanções administrativas, caso permaneça inadimplente. 7º O sábado é considerado dia útil para efetuar empréstimos, devoluções e cobranças de comissão de permanência. Art. 5 A devolução de itens emprestados far-se-á dentro do prazo estabelecido. A não observância dessa norma implicará cobrança de taxa de permanência por dia e por item. O valor será divulgado/fixado na Biblioteca. 1º A devolução do item emprestado far-se-á na Biblioteca, a sua equipe, dentro do horário de seu funcionamento. 2º - Quando houver multa na devolução, o aluno deverá pagá-la no setor financeiro da instituição e apresentar o recibo para novos empréstimos.. REGULAMENTO DA 3

4 Art. 6 A renovação será concedida, pelo mesmo período do empréstimo inicial, a contar da data da renovação. 1º O usuário não poderá renovar o empréstimo, se estiver em débito ou se o item foi reservado. 2º A renovação do empréstimo deve ser feita na Biblioteca (até o horário de fechamento da Biblioteca) ou pelo Catálogo Online, até às 23h59min (pelo horário de Brasília) do último dia do prazo de devolução. 3º Caso exista reserva do item a ser devolvido, a devolução deve ser efetuada até o término do horário de atendimento da Biblioteca, evitando cobrança de taxa de permanência por atraso. 4º O usuário em atraso, que deseja continuar com o item, deverá trazê-lo à Biblioteca, efetuar a devolução, pagar a taxa de permanência e, se não houver reserva, fazer novo empréstimo. Art. 7 O usuário poderá reservar somente materiais que estejam emprestados. A reserva é nominal e obedecerá à ordem cronológica de pedidos. 1º O item estará disponível para o primeiro usuário da lista de reservas por até 2 (dois) dias após a devolução efetiva. Depois, será liberado para o próximo da lista ou retornará para a estante, caso não haja outras reservas. 2º É permitido que itens que estejam na reserva sejam usados para consulta local. TÍTULO IV DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 8 O usuário da Biblioteca é responsável pela conservação do material retirado. O extravio ou dano implica a reposição do mesmo por exemplar idêntico. 1º Em se tratando de obra esgotada, o bibliotecário indicará item equivalente. 2º O usuário está sujeito a pagar comissão de permanência diária, desde a data de vencimento até a reposição do material. REGULAMENTO DA 4

5 3º O usuário, que não zelar pelos bens da Biblioteca, está sujeito a penalidades e ao ressarcimento dos danos. Art. 9 O usuário ou visitante depositará alimentos, bebidas, pastas, mochilas, bolsas ou similares no guarda-volumes, enquanto estiver no recinto da Biblioteca. 1º O usuário é responsável pela chave do guarda-volumes. 2º Recomenda-se não deixar objetos de valor e/ou dinheiro, pois a Biblioteca não se responsabiliza por eventuais extravios. 3º Ao fim do expediente, os guarda-volumes serão abertos e retirados os conteúdos. A devolução far-se-á mediante entrega da chave, com a equipe da Biblioteca. Art. 10 As salas de estudo da Biblioteca destinam-se, prioritariamente, a trabalhos acadêmicos em grupo. 1º Não podem ser requisitadas para reuniões de caráter não-curricular. 2º A reserva das salas de estudo não poderá exceder a 3 (três) horas diárias. 3º As salas de estudos tornar-se-ão disponíveis, se o requisitante não comparecer após dez minutos da hora marcada. Art. 11 O material utilizado nas consultas não deve ser reposto nas estantes, mas deixado sobre as mesas e/ou entregue a equipe da Biblioteca. Art. 12 Não se permite, nas dependências da Biblioteca, fumar, consumir alimentos e bebidas e usar telefones celulares. Art. 13 Não se permite a entrada de animais no recinto da Biblioteca. Art. 14 O tom de voz, na Biblioteca, deverá ser discreto. REGULAMENTO DA 5

6 Art. 15 A equipe da Biblioteca pode solicitar a identificação de qualquer pessoa que estiver transitando nas dependências da Biblioteca. Art. 16 Os computadores disponibilizados aos usuários não podem ser usados para outros fins senão os acadêmicos (sites e bases de dados online), quando e se acontecer de algum usuário utilizar os computadores para outros fins, será solicitada a liberação da máquina para outro usuário. Art. 17 Os casos omissos, neste Regulamento, serão resolvidos pelo bibliotecário responsável e/ou pela Coordenação da Faculdade. REGULAMENTO DA 6

Regulamento Interno. Biblioteca FCR

Regulamento Interno. Biblioteca FCR Regulamento Interno Biblioteca FCR Regulamento Interno Biblioteca FCR Capítulo I Do objetivo Art. 1.º O objetivo deste regulamento é divulgar as normas e procedimentos de uso da Biblioteca da Faculdade

Leia mais

2. DA UTILIZAÇÃO, HORÁRIO E FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA:

2. DA UTILIZAÇÃO, HORÁRIO E FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA: 1. APRESENTAÇÃO A Biblioteca LUIZ BIRAGHI tem como principal objetivo dar apoio informacional aos professores e aos alunos da Faculdade Santa Marcelina Muriaé, atende, também aos funcionários e à comunidade

Leia mais

DEPARTAMENTO de BIBLIOTECA

DEPARTAMENTO de BIBLIOTECA DEPARTAMENTO de BIBLIOTECA Principais Serviços Acesso ao catálogo on-line. Consulta ao acervo, reserva e renovação on-line ou pessoalmente. Empréstimo domiciliar. Empréstimo e devolução em qualquer biblioteca

Leia mais

Regulamento da Biblioteca 20/05/ OBJETIVO 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO 3 3 CLIENTES 3 4 SERVIÇOS 4 5 CADASTRO DE CLIENTES PARA EMPRÉSTIMOS 5

Regulamento da Biblioteca 20/05/ OBJETIVO 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO 3 3 CLIENTES 3 4 SERVIÇOS 4 5 CADASTRO DE CLIENTES PARA EMPRÉSTIMOS 5 ÁREA CÓDIGO / VERSÃO Biblioteca 1.01 REGULAMENTO v.12 TÍTULO VIGÊNCIA A PARTIR DE Regulamento da Biblioteca 20/05/2013 SUMÁRIO Página 1 OBJETIVO 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO 3 3 CLIENTES 3 4 SERVIÇOS 4 5 CADASTRO

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DON DOMÊNICO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DON DOMÊNICO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DON DOMÊNICO Capítulo I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1 - A Biblioteca destina-se aos alunos e professores do Colégio e da Faculdade Don Domênico. Atende também à comunidade externa

Leia mais

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO UNISAL

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO UNISAL REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO UNISAL 2016 Apresentação Este documento estabelece condições e procedimentos para a utilização dos serviços, materiais e instalações das Bibliotecas do UNISAL, para garantir

Leia mais

Regulamento da Biblioteca Joel Rodrigues Pereira REGULAMENTO DA BIBLIOTECA JOEL RODRIGUES PEREIRA CAPÍTULO I DA FINALIDADE

Regulamento da Biblioteca Joel Rodrigues Pereira REGULAMENTO DA BIBLIOTECA JOEL RODRIGUES PEREIRA CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DA BIBLIOTECA JOEL RODRIGUES PEREIRA CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º. A Biblioteca é responsável por disponibilizar, para a comunidade acadêmica e ao público em geral, infraestrutura bibliográfica,

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA EMPRÉSTIMOS E CONSULTAS DE OBRAS BIBLIOTECA PROF o EDILSON GOLNÇALVES

NORMAS GERAIS PARA EMPRÉSTIMOS E CONSULTAS DE OBRAS BIBLIOTECA PROF o EDILSON GOLNÇALVES NORMAS GERAIS PARA EMPRÉSTIMOS E CONSULTAS DE OBRAS BIBLIOTECA PROF o EDILSON GOLNÇALVES Cap. I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 - A Biblioteca presta seus serviços à Comunidade Acadêmica da FACULDADE

Leia mais

BIBLIOTECA RUY BARBOSA

BIBLIOTECA RUY BARBOSA Informações Gerais O sistema de bibliotecas compreende a biblioteca central e a biblioteca setorial da Pós-Graduação. A biblioteca é um órgão fundamental de referência e apoio às atividades de ensino,

Leia mais

Normas e Regulamento

Normas e Regulamento Normas e Regulamento Usuários: São considerados usuários das Bibliotecas da UFMG: 1. Alunos da UFMG regularmente matriculados nos cursos de: Ø Graduação; Ø Pós-Graduação (Doutorado, Mestrado e Especialização);

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLA DIEESE DE CIÊNCIAS DO TRABALHO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLA DIEESE DE CIÊNCIAS DO TRABALHO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLA DIEESE DE CIÊNCIAS DO TRABALHO ENDEREÇO: Rua Aurora, 957 CEP 01209-001 Centro Tel: 3821-2161 / 2157 CONTATOS: Eliana Martins Pereira Bibliotecária eliana@dieese.org.br

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE MEDICINA TROPICAL DE SÃO PAULO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE MEDICINA TROPICAL DE SÃO PAULO REGULAMENTO DA DO INSTITUTO DE MEDICINA TROPICAL DE SÃO PAULO Capítulo I Objetivos Artigo 1º - A Biblioteca do IMT tem por missão promover o acesso à informação e oferecer suporte ao ensino e pesquisa

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA DIRETORIA DE GRADUAÇÃO BIBLIOTECA

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA DIRETORIA DE GRADUAÇÃO BIBLIOTECA FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA DIRETORIA DE GRADUAÇÃO BIBLIOTECA REGULAMENTO Aprovado pelos Colegiados dos Cursos de Medicina e Enfermagem em 17/08/06 e pela Congregação em 23/11/06 Marilia 2006 DA NATUREZA

Leia mais

FACULDADE SÃO PAULO RECREDENCIADA NO MEC PELA PORTARIA Nº 284, DE 23 DE MARÇO DE 2015 Biblioteca Acadêmica

FACULDADE SÃO PAULO RECREDENCIADA NO MEC PELA PORTARIA Nº 284, DE 23 DE MARÇO DE 2015 Biblioteca Acadêmica BIBLIOTECA PROFESSOR JOSÉ MASTRANGELO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este regulamento visa melhorar o aproveitamento dos recursos da Biblioteca, satisfazendo ao máximo as necessidades de seus usuários.

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA - ANCILA ANA TONATTO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA - ANCILA ANA TONATTO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA - ANCILA ANA TONATTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este regulamento visa melhorar o aproveitamento dos recursos da Biblioteca, satisfazendo ao máximo as necessidades

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA I - Disposições Gerais Artigo 1º. O presente Regulamento normatiza os serviços oferecidos pelas Bibliotecas da FAVIÇOSA, define o tipo de material disponível para empréstimo,

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE DO MARANHÃO-FACAM

REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE DO MARANHÃO-FACAM REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE DO MARANHÃO-FACAM 2 SUMÁRIO 1 NATUREZA E FINALIDADES... 2 2 SERVIÇOS OFERECIDOS... 2 3 ESTRUTURA... 3 4 HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO... 3 5 USUÁRIOS... 4 6 INSCRIÇÃO DE

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA BIBLIOTECA COMENDADOR PRIMO TEDESCO

REGULAMENTO GERAL DA BIBLIOTECA COMENDADOR PRIMO TEDESCO Universidade Alto Vale do Rio do Peixe UNIARP CNPJ: 82.798.828/0001-00 Rua Victor Baptista Adami, 800 - Centro - Cx. Postal 232 CEP 89500-000 - Caçador - SC Fone/Fax: (49)3561-6200/3561-6202 REGULAMENTO

Leia mais

NORMAS GERAIS DA BIBLIOTECA DO IFCE CAMPUS TIANGUÁ

NORMAS GERAIS DA BIBLIOTECA DO IFCE CAMPUS TIANGUÁ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ BIBLIOTECA CAMPUS TIANGUÁ Rodovia CE 187, s/n, Aeroporto CEP: 62.320-000 Tianguá - CE (88) 3671.2299 / tiangua.ifce.edu.br

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE CIRURGIÕES-DENTISTAS APCD - INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA O presente regulamento tem por finalidade garantir o bom uso e a preservação do acervo

Leia mais

REGULAMENTO DO SERVIÇO TÉCNICO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO (STBD)

REGULAMENTO DO SERVIÇO TÉCNICO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO (STBD) REGULAMENTO DO SERVIÇO TÉCNICO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO (STBD) 1 HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Período de aulas: Segunda à Sexta-feira das 8h00 às 21h00 Período de recesso escolar: Segunda a Sexta-feira

Leia mais

REGULAMENTO Biblioteca ESPM-Sul

REGULAMENTO Biblioteca ESPM-Sul REGULAMENTO Biblioteca ESPM-Sul 1 - INTRODUÇÃO A Biblioteca ESPM-Sul tem por finalidade disponibilizar a informação em seus diferentes suportes, incentivar a pesquisa, dar apoio bibliográfico ao corpo

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATENDIMENTO E CONSULTA À BMHS CAPÍTULO I. Disposições Gerais

REGULAMENTO PARA ATENDIMENTO E CONSULTA À BMHS CAPÍTULO I. Disposições Gerais REGULAMENTO PARA ATENDIMENTO E CONSULTA À BMHS CAPÍTULO I Disposições Gerais Art. 1º - O presente Regulamento tem como objetivo descrever os procedimentos para acesso aos serviços prestados pelo Setor

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO TOLEDO BIBLIOTECA CENTRAL DR. AFONSO TOLEDO

CENTRO UNIVERSITARIO TOLEDO BIBLIOTECA CENTRAL DR. AFONSO TOLEDO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO TOLEDO Este Regulamento fixa normas de funcionamento e procedimentos para serviços de empréstimo, devolução, renovação e reserva de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA BIBLIOTECA APOENA EDUCAÇÃO BAE CENTRO

MANUAL DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA BIBLIOTECA APOENA EDUCAÇÃO BAE CENTRO MANUAL DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA BIBLIOTECA APOENA EDUCAÇÃO BAE CENTRO Fortaleza 2012 1 APRESENTAÇÃO A Biblioteca tem como objetivo disponibilizar a informação registrada em qualquer suporte documental,

Leia mais

DEBIB departamento de biblioteca. Câmpus Cornélio Procópio

DEBIB departamento de biblioteca. Câmpus Cornélio Procópio DEBIB departamento de biblioteca Câmpus Cornélio Procópio Principais Serviços Acesso ao catálogo online Pergamum. Consulta ao acervo, reserva e renovação on-line ou pessoalmente. Empréstimo de materiais

Leia mais

BIBLIOTECA MARTINHO LUTERO CEULJI/ULBRA

BIBLIOTECA MARTINHO LUTERO CEULJI/ULBRA BIBLIOTECA MARTINHO LUTERO CEULJI/ULBRA Ji-Paraná 2016 1 CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ Reitor Valmir Miguel de Souza Diretora Acadêmica Rosângela Kiekow da Rosa Diretora Administrativa Márcia

Leia mais

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO BIBLIOTECA FAPPES

FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO BIBLIOTECA FAPPES FAPPES FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO BIBLIOTECA FAPPES Fixa as normas que regulamentam o funcionamento da Biblioteca da FAPPES Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior.

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA BIBLIOTECA MARIA DA GRAÇA F. LISBOA REGULAMENTO O presente regulamento da Biblioteca do Centro Universitário Celso Lisboa tem por objetivo normatizar procedimentos, orientar usuários

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS COORDENADORIA DE BIBLIOTECAS REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DA UEMG CAPÍTULO I DAS FINALIDADES E ATRIBUIÇÕES

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS COORDENADORIA DE BIBLIOTECAS REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DA UEMG CAPÍTULO I DAS FINALIDADES E ATRIBUIÇÕES UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS COORDENADORIA DE BIBLIOTECAS REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DA UEMG CAPÍTULO I DAS FINALIDADES E ATRIBUIÇÕES Art. 1º As Bibliotecas são centros de cultura, estudo e

Leia mais

Regulamento para acesso e uso da Biblioteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo.

Regulamento para acesso e uso da Biblioteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Regulamento para acesso e uso da Biblioteca da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Do Acesso e da Consulta Art. 1º. A Biblioteca está disponível para consulta a todo usuário

Leia mais

MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA

MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA CARACTERÍSTICA E ACESSO As Bibliotecas da Universidade Braz Cubas são destinadas ao Corpo Docente, Discente e aos funcionários administrativos. As Bibliotecas utilizam o sistema

Leia mais

Nome da Política Sistema de Bibliotecas. Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) original. original arquivado) arquivado)

Nome da Política Sistema de Bibliotecas. Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) original. original arquivado) arquivado) Código do Documento SISBAM 001 Nome da Política Sistema de Bibliotecas Versão Autor Aprovação Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) Assinatura Data: (dd/mm/aaaa) (Ver no documento (Ver no documento (Ver no documento

Leia mais

III- apostilas; IV- catálogos; V- referências; MANUAL DO ALUNO VII- folhetos e separatas; IX- Fitas de vídeo;

III- apostilas; IV- catálogos; V- referências; MANUAL DO ALUNO VII- folhetos e separatas; IX- Fitas de vídeo; Este manual foi elaborado com o objetivo de informar aos usuários as rotinas e procedimentos de utilização da Biblioteca, permitindo uma interação melhor com os nossos serviços. III- apostilas; IV- catálogos;

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A UTILIZAÇÃO DAS BIBLIOTECAS DOS CAMPI DO IFES

ORIENTAÇÕES PARA A UTILIZAÇÃO DAS BIBLIOTECAS DOS CAMPI DO IFES ORIENTAÇÕES PARA A UTILIZAÇÃO DAS BIBLIOTECAS DOS CAMPI DO IFES As Bibliotecas dos campi do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) têm como missão atender os alunos, professores e servidores, fornecendo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA GUIA DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA CENTRAL DOM ERIC JAMES DEITCHMAN

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA GUIA DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA CENTRAL DOM ERIC JAMES DEITCHMAN CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA GUIA DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA CENTRAL DOM ERIC JAMES DEITCHMAN Mineiros 2015 Biblioteca Central Dom Eric James Deitchman - UNIFIMES 1 COMO FUNCIONA

Leia mais

BIBLIOTECA LA SALLE NORMAS DE UTILIZAÇÃO

BIBLIOTECA LA SALLE NORMAS DE UTILIZAÇÃO BIBLIOTECA LA SALLE NORMAS DE UTILIZAÇÃO Manaus, janeiro de 2017. Mantida pela Sociedade Porvir Científico Credenciada pela Portaria Ministerial nº 2.359, de 11/08/04 D.O.U. de 12/8/2004. BIBLIOTECA LA

Leia mais

Regulamento da Biblioteca IBMEC CENTRO

Regulamento da Biblioteca IBMEC CENTRO Regulamento da Biblioteca IBMEC CENTRO 1. Usuários autorizados São considerados usuários desta Biblioteca os alunos, ex-alunos (Alumni), professores e funcionários das unidades do Ibmec MG, RJ e Brasília.

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO E CONSULTA DO ACERVO BIBLIOTECA DA FANORPI- UNIESP

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO E CONSULTA DO ACERVO BIBLIOTECA DA FANORPI- UNIESP REGULAMENTO EMPRÉSTIMO E CONSULTA DO ACERVO BIBLIOTECA DA FANORPI- UNIESP Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º- A Biblioteca, presta seus serviços à comunidade acadêmica da FANORPI- UNIESP e

Leia mais

DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA CÂMPUS DE FRANCISCO BELTÃO

DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA CÂMPUS DE FRANCISCO BELTÃO DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA DEPARTAMENTO DE BIB DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECA CÂMPUS DE FRANCISCO BELTÃO GUIA DO USUÁRIO CONSULTA AO ACERVO OU RESERVA Acesse o site: www.utfpr.edu.br/franciscobeltrao Entre

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL - FACIPLAC NORMAS E PROCEDIMENTOS DA BIBLIOTECA FACIPLAC

FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL - FACIPLAC NORMAS E PROCEDIMENTOS DA BIBLIOTECA FACIPLAC FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL - FACIPLAC NORMAS E PROCEDIMENTOS DA BIBLIOTECA FACIPLAC Gama, DF 2015 1 SUMÁRIO 1 DA INTRODUÇÃO... 3 2 DO OBJETIVO... 3 3 DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO...

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Direito de Ribeirão Preto Biblioteca REGULAMENTO

Universidade de São Paulo Faculdade de Direito de Ribeirão Preto Biblioteca REGULAMENTO Universidade de São Paulo Faculdade de Direito de Ribeirão Preto Biblioteca REGULAMENTO 1. Horário de Funcionamento - Período letivo: segunda a sexta-feira: 8-22h e sábados: 9-13h (sábados próximos à feriados

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Departamento de Biblioteca

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Departamento de Biblioteca Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Departamento de Biblioteca REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - Campus Londrina DA

Leia mais

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA MISSÃO

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA MISSÃO FACULDADE UNIGRAN CAPITAL REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA MISSÃO Art. 1º A Biblioteca da Unigran Capital atua como mediadora entre a informação e a comunidade universitária no âmbito do ensino,

Leia mais

CAPÍTULO I OBJETIVO CAPÍTULO II HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

CAPÍTULO I OBJETIVO CAPÍTULO II HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO 1 de 5 CAPÍTULO I OBJETIVO Art. 1º Este regulamento tem por objetivo orientar os alunos e colaboradores da Escola SENAI Alfried Krupp sobre os serviços prestados pela biblioteca, bem como sobre as regras

Leia mais

REGIMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS- FAT

REGIMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS- FAT REGIMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS- FAT Da Finalidade e da Administração Art. 1º. A Biblioteca da Faculdade de Tecnologia de Alagoas- FAT tem como finalidade ser o suporte atualizado

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FIC

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FIC 1 FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FIC CASSILÂNDIA 2010 2 REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FIC TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este Regulamento disciplina os aspectos

Leia mais

REGULAMENTO. Biblioteca. Das Disposições Gerais

REGULAMENTO. Biblioteca. Das Disposições Gerais Biblioteca REGULAMENTO Das Disposições Gerais Artigo 1 º - As Bibliotecas da UMC, subordinadas à Vice-Reitoria destinam-se ao atendimento do corpo docente, corpo discente, estagiários, ex-alunos e funcionários,

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS EURYDICE PIRES DE SANT ANNA REGULAMENTO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO E OBJETIVOS

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS EURYDICE PIRES DE SANT ANNA REGULAMENTO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO E OBJETIVOS BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS EURYDICE PIRES DE SANT ANNA REGULAMENTO O presente Regulamento refere-se à organização e o funcionamento da Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de Sant Anna,

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DAS FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA E DO COLÉGIO RUI BARBOSA TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DAS FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA E DO COLÉGIO RUI BARBOSA TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DAS FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA E DO COLÉGIO RUI BARBOSA TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º - Este regulamento disciplina as normas que regem o funcionamento da biblioteca

Leia mais

Fundação Faculdade de Direito de Sorocaba

Fundação Faculdade de Direito de Sorocaba Fundação Faculdade de Direito de Sorocaba Biblioteca Carlos Alberto de Moura Pereira da Silva REGULAMENTO DO SETOR CENTRAL e PERIÓDICOS 1. HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Durante o período letivo o horário de

Leia mais

ÁREA DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO REGULAMENTO

ÁREA DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO REGULAMENTO ÁREA DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO REGULAMENTO O presente documento tem como objetivo regulamentar a prestação de serviços informacionais prestados aos usuários da Biblioteca do Laboratório Nacional de

Leia mais

Regulamento da Biblioteca Central Doutor José Mariano da Rocha Filho

Regulamento da Biblioteca Central Doutor José Mariano da Rocha Filho Regulamento da Biblioteca Central Doutor José Mariano da Rocha Filho CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º A Biblioteca Central destina-se ao corpo docente, discente, pesquisadores, técnicos especializados,

Leia mais

REGULAMENTO Nº 01, DE 17 DE MAIO DE 2016

REGULAMENTO Nº 01, DE 17 DE MAIO DE 2016 REGULAMENTO Nº 01, DE 17 DE MAIO DE 2016 Estabelece o Regimento interno da Biblioteca Central "Alberto Rubens de Almeida Lóss" Fundação Educacional Presidente Castelo Branco- Colatina-ES. A Direção da

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CASA DO ESTUDANTE

REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CASA DO ESTUDANTE REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CASA DO ESTUDANTE CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º - A Biblioteca da Faculdade Casa do Estudante, através de suas instalações, do seu acervo, de seus recursos

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA 2016

REGULAMENTO BIBLIOTECA 2016 REGULAMENTO BIBLIOTECA 2016 CAPÍTULO I DO OBJETIVO E DA APLICAÇÃO Art. 1 Este documento tem como objetivo definir as normas para a prestação e utilização dos serviços das s Unisinos. Parágrafo único -

Leia mais

GUIA DAS UNIRITTER BIBLIOTECAS REGULAMENTO GERAL DAS BIBLIOTECAS GUIA DAS BIBLIOTECAS SERVIÇOS DA BIBLIOTECA DÚVIDAS FREQUENTES BASE DE DADOS

GUIA DAS UNIRITTER BIBLIOTECAS REGULAMENTO GERAL DAS BIBLIOTECAS GUIA DAS BIBLIOTECAS SERVIÇOS DA BIBLIOTECA DÚVIDAS FREQUENTES BASE DE DADOS GERAL GUIA DAS BIBLIOTECAS UNIRITTER DR. ROMEU RITTER DOS REIS BIBLIOTECA FAPA GERAL Todo usuário deve ter sua identidade acadêmica, que é de uso pessoal e intransferível. O usuário é responsável pelo

Leia mais

Art. 1º. Aprova o Regulamento Interno do Sistema de Bibliotecas da UNIDAVI.

Art. 1º. Aprova o Regulamento Interno do Sistema de Bibliotecas da UNIDAVI. RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº 09/2014 Regulamento Interno do Sistema de Bibliotecas da UNIDAVI. O Presidente do Conselho Universitário do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI,

Leia mais

FTGA - Faculdade de Taquaritinga Biblioteca Regulamento Interno

FTGA - Faculdade de Taquaritinga Biblioteca Regulamento Interno FTGA - Faculdade de Taquaritinga Biblioteca Regulamento Interno O serviço de biblioteca da Faculdade de Taquaritinga tem como objetivo dar suporte informacional aos docentes, discentes e funcionários,

Leia mais

PORTARIA Nº 26 /2015. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

PORTARIA Nº 26 /2015. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, PORTARIA Nº 26 /2015 Institui o Regulamento Interno do Sistema de Bibliotecas da Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO PARA FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA IR. IRACEMA FARINA

REGULAMENTO PARA FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA IR. IRACEMA FARINA REGULAMENTO PARA FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA IR. IRACEMA FARINA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - A Biblioteca Ir. Iracema Farina atende alunos, professores, coordenadores, diretores acadêmicos,

Leia mais

REGULAMENTO. Para: Coordenadores de Curso / Bibliotecas Setoriais Assunto: Normas de Atendimento Rede de Bibliotecas da Faculdade Radial de Curitiba

REGULAMENTO. Para: Coordenadores de Curso / Bibliotecas Setoriais Assunto: Normas de Atendimento Rede de Bibliotecas da Faculdade Radial de Curitiba Curitiba, 27 de janeiro de 2011 Comunicado Interno Biblioteca nº. 001 / 2011 Para: Coordenadores de Curso / Bibliotecas Setoriais Assunto: Normas de Atendimento Rede de Bibliotecas da Faculdade Radial

Leia mais

Biblioteca Professor Sebastião Carlos Fajardo

Biblioteca Professor Sebastião Carlos Fajardo Biblioteca Professor Sebastião Carlos Fajardo As Bibliotecas são agências sociais dinâmicas que oferecem a todo e qualquer indivíduo a informação, o conhecimento e o lazer. Para tanto, utilizam inúmeros

Leia mais

Art. 5º. O horário de funcionamento da Biblioteca de segunda-feira a sexta-feira, das 16h às 22h, aos sábados Fechado.

Art. 5º. O horário de funcionamento da Biblioteca de segunda-feira a sexta-feira, das 16h às 22h, aos sábados Fechado. REGULMENTO DA BIBLIOTECA FIPECAFI Este regulamento disciplina o funcionamento da Biblioteca FIPECAFI, em caráter administrativo e organizacional com usuários inscritos bem como Docentes, Alunos e Funcionários

Leia mais

REGULAMENTO DA BBIBLIOTECA AMERICANO DO BRASIL DA FACULDADE INTEGRADA DE ENSINO SUPERIOR DE COLINAS DO TOCANTINS - FIESC

REGULAMENTO DA BBIBLIOTECA AMERICANO DO BRASIL DA FACULDADE INTEGRADA DE ENSINO SUPERIOR DE COLINAS DO TOCANTINS - FIESC REGULAMENTO DA BBIBLIOTECA AMERICANO DO BRASIL DA FACULDADE INTEGRADA DE ENSINO SUPERIOR DE COLINAS DO TOCANTINS - FIESC CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS E DA DENOMINAÇÃO Art. 1º - Este Regulamento disciplina

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA A Biblioteca está sob a responsabilidade do DAIT - Departamento de Acervo e Informação Tecnológica do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo - IPT. Desenvolve

Leia mais

SISTEMA FIEMG BIBLIOTECA FATEC FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI JUIZ DE FORA Avenida Barão do Rio Branco, 2572 Centro CEP: Tel:

SISTEMA FIEMG BIBLIOTECA FATEC FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI JUIZ DE FORA Avenida Barão do Rio Branco, 2572 Centro CEP: Tel: SISTEMA FIEMG BIBLIOTECA FATEC FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI JUIZ DE FORA Avenida Barão do Rio Branco, 2572 Centro CEP: 36016-311 Tel: 32 3216-1932 REGULAMENTO INTERNO A Biblioteca da FATEC tem por missão

Leia mais

REGULAMENTO - Biblioteca ESPM-Rio

REGULAMENTO - Biblioteca ESPM-Rio REGULAMENTO - Biblioteca ESPM-Rio A Biblioteca ESPM-Rio tem como missão promover o acesso e incentivar o uso e a criação de conhecimento nas áreas de comunicação, marketing e gestão, contribuindo para

Leia mais

REGULAMENTO DO USO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DO USO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DO USO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DA BIBLIOTECA E SUA UTILIZAÇÃO Art. 1. A Biblioteca é um instrumento de apoio didático-pedagógico do INSEP e está subordinada à Diretoria Administrativa. Art.

Leia mais

FACULDADE TREVISAN REGULAMENTO DA BIBLIOTECA SÃO PAULO RIBEIRÃO BONITO RIO DE JANEIRO

FACULDADE TREVISAN REGULAMENTO DA BIBLIOTECA SÃO PAULO RIBEIRÃO BONITO RIO DE JANEIRO FACULDADE TREVISAN REGULAMENTO DA BIBLIOTECA SÃO PAULO RIBEIRÃO BONITO RIO DE JANEIRO 2 / 2015 SUMÁRIO I DISPOSIÇÕS GERAIS... 3 II DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO... 3 III DA INSCRIÇÃO... 3 IV DOS USUÁRIOS...

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR REDE SESI/MS

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR REDE SESI/MS REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR REDE SESI/MS Biblioteca do sesi A biblioteca escolar tem como objetivo promover o acesso à cultura e o incentivo à leitura nos alunos e professores por meio da distribuição

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA PAULO FREIRE - FATECE

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA PAULO FREIRE - FATECE REGULAMENTO DA BIBLIOTECA PAULO FREIRE - FATECE Este regulamento visa estabelecer padrões e normas referentes ao funcionamento da Biblioteca Paulo Freire da Faculdade de Tecnologia, Ciências e Educação,

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA ALCIDES VIEIRA CARNEIRO FACULDADE CNEC ILHA DO GOVERNADOR. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais

REGULAMENTO BIBLIOTECA ALCIDES VIEIRA CARNEIRO FACULDADE CNEC ILHA DO GOVERNADOR. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais REGULAMENTO BIBLIOTECA ALCIDES VIEIRA CARNEIRO FACULDADE CNEC ILHA DO GOVERNADOR Dispõe sobre o Funcionamento da Biblioteca da Faculdade CNEC Ilha do Governador. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art.

Leia mais

Guia do usuário BIBLIOTECA. Martinho Lutero

Guia do usuário BIBLIOTECA. Martinho Lutero Guia do usuário BIBLIOTECA Martinho Lutero Biblioteca ILES/ULBRA BIBLIOTECA MARTINHO LUTERO ITUMBIARA GUIA DO USUÁRIO Itumbiara-GO Comunidade Evangélica Luterana São Paulo Reitor Marcos Fernando Ziemer

Leia mais

REGULAMENTO REDE DE BIBLIOTECAS SENAI/SC

REGULAMENTO REDE DE BIBLIOTECAS SENAI/SC REGULAMENTO REDE DE BIBLIOTECAS SENAI/SC CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1º A Biblioteca é o órgão subordinado administrativamente à Direção da Unidade, regida pelo presente Regulamento e tendo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA ASSESSORIA PARA DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO Biblioteca Universitária

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA ASSESSORIA PARA DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO Biblioteca Universitária Regulamento do Serviço de Empréstimo entre Bibliotecas Externas (SEEBE/UFLA) Art. 1. O presente regulamento dispõe sobre o funcionamento do Serviço de Empréstimo entre Bibliotecas Externas, doravante denominado

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PRÓ-SABER - ISEPS BIBLIOTECA REGULAMENTO

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PRÓ-SABER - ISEPS BIBLIOTECA REGULAMENTO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PRÓ-SABER - BIBLIOTECA REGULAMENTO Largo dos Leões, 70 Humaitá - CEP 22260210 - Rio de Janeiro RJ - Fones: (21)2266-7440 - FAX 2286-7733 OBJETIVO O trabalho da biblioteca

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CENTRAL ALTO SÃO FRANCISCO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CENTRAL ALTO SÃO FRANCISCO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CENTRAL ALTO SÃO FRANCISCO Elaboração: Bibliotecária Leticia Helena Melo CRB6/2953 IGUATAMA - MG 2017 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 APLICAÇÂO... 3 3 RESPONSABILIDADE... 3 4 CALENDARIO

Leia mais

Instruções de Uso da Biblioteca

Instruções de Uso da Biblioteca Instruções de Uso da Biblioteca Rebeca Araújo Mendes INSTRUÇÕES DE USO DA BIBLIOTECA Bibliotecária responsável Rebeca Araújo Mendes Horário de funcionamento: Segunda à sexta-feira 17h às 21h45. APRESENTAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA C A P Í T U L O I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º. A Biblioteca da Faculdade UNEB, adiante citada Biblioteca, é o órgão responsável pela administração e controle do acervo

Leia mais

CAPÍTULO I. Do Funcionamento

CAPÍTULO I. Do Funcionamento CAPÍTULO I Do Funcionamento Art. 1.º O atendimento da Biblioteca Telles funciona nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira: das 7h00 às 22h00; aos sábados: das 8h00 às 17h00. As salas de estudo

Leia mais

ASSOCIAÇÃO VINTE E OITO DE AGOSTO AVOAEC

ASSOCIAÇÃO VINTE E OITO DE AGOSTO AVOAEC ASSOCIAÇÃO VINTE E OITO DE AGOSTO AVOAEC Biblioteca Luiz Gama REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ASSOCIAÇÃO VINTE E OITO DE AGOSTO AVOAEC Biblioteca Luiz Gama SUMÁRIO I DO REGULAMENTO E SUA APLICAÇÃO...3 II USUÁRIOS...3

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE FIP / MAGSUL DE PONTA PORÃ

REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE FIP / MAGSUL DE PONTA PORÃ REGULAMENTO BIBLIOTECA DA FACULDADE FIP / MAGSUL DE PONTA PORÃ Este regulamento visa estabelecer padrões e normas referentes ao funcionamento da Biblioteca das Faculdades F I P / MAGSUL, objetivando sempre

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL ATO DA MESA DIRETORA Nº 89, DE 2011

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL ATO DA MESA DIRETORA Nº 89, DE 2011 ATO DA MESA DIRETORA Nº 89, DE 2011 Aprova o Regimento Interno da Biblioteca da Câmara Legislativa do Distrito Federal. A MESA DIRETORA DA CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL, no uso de suas atribuições

Leia mais

NORMAS PARA EMPRÉSTIMO DE OBRAS E MATERIAIS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PUC Goiás.

NORMAS PARA EMPRÉSTIMO DE OBRAS E MATERIAIS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PUC Goiás. NORMAS PARA EMPRÉSTIMO DE OBRAS E MATERIAIS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PUC Goiás. 1. Disposições Gerais Artigo 1º. O serviço de empréstimo do Sistema

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALTO MÉDIO SÃO FRANCISCO FUNAM BIBLIOTECA FAC FUNAM REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALTO MÉDIO SÃO FRANCISCO FUNAM BIBLIOTECA FAC FUNAM REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALTO MÉDIO SÃO FRANCISCO FUNAM BIBLIOTECA FAC FUNAM REGIMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1 A biblioteca FAC FUNAM tem como objetivo a disseminação da Informação

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA. Anexo da Resolução nº 049/04. Capítulo I

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA. Anexo da Resolução nº 049/04. Capítulo I REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA Anexo da Resolução nº 049/04 Capítulo I Das disposições gerais e horários de funcionamento Art. 1 A biblioteca da FAP é um órgão com administração própria, contando com

Leia mais

Regimento. 1 regimento // biblioteca odilon azevedo

Regimento. 1 regimento // biblioteca odilon azevedo Regimento biblioteca odilon azevedo 1 regimento // biblioteca odilon azevedo Regimento BIBLIOTECA ODILON DE AZEVEDO TÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º. A Biblioteca mantida pela Faculdade de Artes Dulcina

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FACULDADE DE GUARARAPES

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FACULDADE DE GUARARAPES REGULAMENTO DA BIBLIOTECA FACULDADE DE GUARARAPES CAPÍTULO I CONSTITUIÇÃO, FINALIDADES E COMPETÊNCIAS Art. 1º - A Faculdade de Guararapes-FAG, com o seu limite territorial circunscrito ao município de

Leia mais

COLÉGIO MAUÁ BIBLIOTECA JOSÉ DE ALENCAR REGULAMENTO GERAL

COLÉGIO MAUÁ BIBLIOTECA JOSÉ DE ALENCAR REGULAMENTO GERAL COLÉGIO MAUÁ BIBLIOTECA JOSÉ DE ALENCAR REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DO OBJETIVO E DA APLICAÇÃO Art. 1 Este Regulamento tem como objetivo estabelecer as normas para a prestação dos serviços e o uso adequado

Leia mais

SOCIEDADE REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA LTDA SOREC FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL FACIMED REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

SOCIEDADE REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA LTDA SOREC FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL FACIMED REGULAMENTO DA BIBLIOTECA SOCIEDADE REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA LTDA SOREC FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL FACIMED REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CACOAL RONDÔNIA 2011 2 TÍTULO I A BIBLIOTECA E SEUS FINS Art. 1º - As Bibliotecas

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA CENTRAL

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA CENTRAL REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA CENTRAL ESTHER AUGUSTA CALMON Linhares LINHARES 2016 SUMÁRIO I. DA APRESENTAÇÃO...03 II. III. IV. DAS FINALIDADES...03 DO FUNCIONAMENTO...03 DOS USUÁRIOS...03 V. DOS DIREITOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA. Contatos: (35) /1181

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA. Contatos: (35) /1181 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA Contatos: (35)3829-1174/1181 www.biblioteca.ufla.br biblioteca@reitoria.ufla.br informacao@biblioteca.ufla.br BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Lavras / MG 2013 HORÁRIOS DE

Leia mais

REGULAMENTO DE BIBLIOTECAS

REGULAMENTO DE BIBLIOTECAS REGULAMENTO DE BIBLIOTECAS Este regulamento visa estabelecer padrões e normas para o funcionamento das Bibliotecas das Unidades de Ensino mantidas pela UNIASSELVI, objetivando sempre o aperfeiçoamento

Leia mais

FACULDADE AVANTIS BALNEÁRIO CAMBORIÚ Av. Marginal Leste, Km 132 Bairro dos Estados CEP: Balneário Camboriú- SC

FACULDADE AVANTIS BALNEÁRIO CAMBORIÚ Av. Marginal Leste, Km 132 Bairro dos Estados CEP: Balneário Camboriú- SC ALINE MEDEIROS D OLIVEIRA CRB 14-1063 GUIA DO USUÁRIO DA BIBLIOTECA ARTENIR WERNER DA FACULDADE AVANTIS BALNEÁRIO CAMBORIÚ BALNEÁRIO CAMBORIÚ 2016 Serviços: Acesso ao Acervo on-line; Consulta ao acervo

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA (SIBIFB) Aprovado pela Resolução nº 010/2014-CS-IFB de 06/05/2014

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA (SIBIFB) Aprovado pela Resolução nº 010/2014-CS-IFB de 06/05/2014 REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA (SIBIFB) Aprovado pela Resolução nº 010/2014-CS-IFB de 06/05/2014 Capítulo I Dos Objetivos Art. 1º Este Regulamento tem como objetivo

Leia mais

REGULAMENTO. CAPÍTULO II DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Artigo 3º - O horário de atendimento da Biblioteca segue o período de atividades do campus.

REGULAMENTO. CAPÍTULO II DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Artigo 3º - O horário de atendimento da Biblioteca segue o período de atividades do campus. 1 SOROCABA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS BIBLIOTECA Rodovia João Leme dos Santos, KM 110 - SP-264 Bairro do Itinga Sorocaba - São Paulo - Brasil CEP 18052-780 Telefone: (15) 3229-6000 (PABX) Home

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Art. 2º Esta Resolução entra em vigor nesta data revogando a Resolução CSA n.º 30/2010, de 21 de dezembro de 2010.

R E S O L U Ç Ã O. Art. 2º Esta Resolução entra em vigor nesta data revogando a Resolução CSA n.º 30/2010, de 21 de dezembro de 2010. RESOLUÇÃO CSA N. 09/2011 ALTERA O REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA DA. O Presidente do Conselho Superior de Administração CSA, no uso das atribuições que lhe confere o art.

Leia mais

CAPÍTULO I. Do Funcionamento

CAPÍTULO I. Do Funcionamento CAPÍTULO I Do Funcionamento Art. 1.º O atendimento da Biblioteca Telles funciona nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira: das 7h00 às 22h00; aos sábados: das 8h00 às 17h00. As salas de estudo

Leia mais

BIBLIOTECA UNESP FEG CAMPUS DE GUARATINGUETA REGULAMENTO DO SERVIÇO TÉCNICO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO

BIBLIOTECA UNESP FEG CAMPUS DE GUARATINGUETA REGULAMENTO DO SERVIÇO TÉCNICO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO BIBLIOTECA UNESP FEG CAMPUS DE GUARATINGUETA REGULAMENTO DO SERVIÇO TÉCNICO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E ADMINISTRATIVA O STBD Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação

Leia mais