Conceito de procedimentos e funções

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conceito de procedimentos e funções"

Transcrição

1 Tópicos Introdução Como funcionam as funções Declaração de funções Exemplo de funções 1

2 Introdução As funções, são unidades de código desenhadas para cumprir uma determinada tarefa. Até agora, já utilizamos algumas funções printf(); - Permite escrever um inteiro, um real, um carácter ou uma cadeia de caracteres no ecrã. putchar(); - Permite imprimir um carácter no ecrã. puts(); - Permite escrever uma cadeia de caracteres no ecrã. scanf(); - Permite ler do teclado um inteiro, um real, um carácter ou uma cadeia de caracteres. getchar(); - Permite ler um carácter do teclado gets(); - Permite ler uma cadeia de caracteres do teclado exit(); - Permite terminar a execução de um programa log(); - Calcula o logaritmo decimal de um número sin(); - Calcula o seno de um número qualquer etc 2

3 Como funciona uma função O código da função só é executado quando a função é invocada algures no programa que está ligado a função. Sempre que a função é invocada, o programa que a invocou fica suspenso temporariamente, em seguida são executadas todas as instruções presentes no corpo da função. Uma vez terminada a função, o controlo de execução do programa volta no ponto em que essa função foi invocada O programa que invoca uma função pode enviar dados para função. Esses dados são recebidos pela função e armazenados em variáveis locais, essas variáveis locais chamam-se parâmetros das funções. Depois da função terminar o seu funcionamento, a função pode devolver um valor para o programa que a invocou. 3

4 Declaração de funções Estrutura de um programa em C (lembram-se?) Directivas de Pré-Processamento Declarações Globais int main(void) Declarações das funções Definições Locais Instruções Exemplo de um programa com uma função para o calculo da área de um circulo #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <math.h> #define PI int main() float Area; int Raio; printf( insira o raio: ); scanf( %d,&raio); Area = calcula_area_circulo(raio); printf( %.3f,Area); exit(0); 4

5 #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <math.h> #define PI Declaração de funções Declaração de funções As variáveis Raio e raio são completamente Independentes e até podem ter o mesmo nome int main() float Area; int Raio; printf( insira o raio: ); scanf( %d,&raio); Area = calcula_area_circulo(raio); printf( %.3f,Area); exit(0); Operação de atribuição de valores entre variáveis Raio raio Operação de atribuição de valores entre variáveis Area area 5

6 #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <math.h> #define PI int main() Declaração de funções A variável area apenas é visível dentro da função calcula_area_circulo A instrução return permite terminar a execução da função e voltar ao programa que a invocou float Area; int Raio; printf( insira o raio: ); scanf( %d,&raio); Area = calcula_area_circulo(raio); printf( %.3f,Area); exit(0); Operação de atribuição de valores entre variáveis Area area 6

7 Declaração de funções tipo nome_da_função(declaração dos parâmetros de entrada) declaração das variáveis locais; intruções; return (valor); Parâmetros de entrada da função Volta para o programa que chamou essa função Variáveis que só são visíveis pela função Obedece a regra semelhante a regra de atribuição de nomes às variáveis O tipo de retorno pode ser int, float, double, char ou void 7

8 Quais a razões que nos levam a utilizar ou escrever as funções? Reduzir a complexidade de um programa Evitar a repetição de código dentro de um programa As funções normalmente devolvem um valor através da instrução return. A instrução return não é obrigatória nas funções As funções que não devolvem qualquer valor são chamas procedimentos ou procedures.(estas funções são do tipo void) 8

9 Exemplo de funções standard da linguagem C Essas são funções predefinidas em linguagem C pow() putchar() exit() printf() scanf() sin() float pow(float x, float y) int putchar(int ch) void exit(int code) int printf(char *f,... ) int scanf(char *f,...) double sin(double x) 9

10 Conceito de procedimentos e funções Exemplo de funções Essas são funções são criadas pelo programador Objectivo: calcular a área do circulo Parâmetros de entrada: valor do raio A função devolve o valor da área do circulo float calcula_area_triangulo(float base, float altura) return base*altura/2; Objectivo: calcular a área do triangulo Parâmetros de entrada: valor da base e o valor da altura. A função devolve o valor da área do triangulo void factorial(int x) int i,x,n=1; for( i = 1 ; i <= x ; i++ ) n = n*i; printf("%d",n); return; Objectivo: calcular o factorial de um número inteiro positivo. Parâmetros de entrada: um valor inteiro. A função não devolve nada (void) Então é um procedimento 10

11 #include <stdio.h> #include <stdlib.h> ; void factorial(int x); Onde escrever as funções? As funções podem ser colocadas em qualquer local de um ficheiro desde que se colocam os protótipos no inicio do ficheiro int main() int raio = 1; int n = 3; printf( A. Circulo: %.3f\n, calcula_area_circulo(raio)); factorial(n); exit(0); void factorial(int x) int i,x,n=1; for( i = 1 ; i <= x ; i++ ) n = n*i; printf( factorial de %d é : %d\n",x,n); return; 11

Strings. Introdução. Definição de strings. Criação/Declaração de strings. Inicialização de strings. Manipulação de strings. Exemplos.

Strings. Introdução. Definição de strings. Criação/Declaração de strings. Inicialização de strings. Manipulação de strings. Exemplos. Introdução Definição de strings. Criação/Declaração de strings. Inicialização de strings. Manipulação de strings. Exemplos. 1 definições Uma string é uma sequência, um conjunto, ou uma cadeia de caracteres.

Leia mais

Funções de Entrada e Saída

Funções de Entrada e Saída inicio Escrita no ecrã (Saída de dados) Escrever( introduza o valor do raio ) Raio Leitura do valor do raio S Raio < 0 N O utilizador insere o valor do raio (Entrada de dados do teclado) Escrita no ecrã

Leia mais

11 - Estrutura de um programa em C

11 - Estrutura de um programa em C 11 - Estrutura de um programa em C directivas para o compilador { main ( ) declarações instruções } -É possível utilizar comentários, exemplo: /* Comentário */ que não são traduzidos pelo compilador, pois

Leia mais

Material sobre Funções AEDS 1

Material sobre Funções AEDS 1 Material sobre Funções AEDS 1 1 Funções - revisão Funções definem operações que são usadas frequentemente Funções, na matemática, requerem parâmetros de entrada e definem um valor de saída 2 Funções -

Leia mais

Estrutura de um programa em linguagem C

Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Exemplo de um programa em linguagem C Directivas de Pré-Processamento #include Declarações Globais Declarações

Leia mais

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores ! Variáveis, Tipos de Dados e Operadores Engenharias Informática Aplicada 2.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) VARIÁVEL VARIÁVEL É um local lógico, ligado a um endereço físico da memória

Leia mais

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C 1 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X 2 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação Linguagem C Controle do Fluxo de Execução Lógica de Programação Caro(a) aluno(a), Aqui começaremos a escrever os nossos primeiros programas em uma Linguagem de Programação. Divirta-se!!! Estrutura Seqüencial

Leia mais

(SCC-0120) Linguagem C

(SCC-0120) Linguagem C (SCC-0120) Introdução à Ciência da Computação: Linguagem C Prof. Zhao Liang Estag. PAE: Murillo G. Carneiro (São Carlos) Instituto de Ciências Matemáticas e Computação (ICMC) (SCC-0120) Introdução à Ciência

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Primeiro programa em C #include int main() { int num1, num2, result; scanf("%d",&num1); scanf("%d",&num2); result = num1 + num2; printf("%d",

Leia mais

Escreva a função e_caracter que verifica se um determinado caracter é um numero ou não. Escreva um Programa de teste da função.

Escreva a função e_caracter que verifica se um determinado caracter é um numero ou não. Escreva um Programa de teste da função. Engenharia informatica Escreva a função e_caracter que verifica se um determinado caracter é um numero ou não. Escreva um Programa de teste da função. #include Int e_caracter (char c) { Return(

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CENTRO 06. Funções, variáveis, parâmetros formais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CENTRO 06. Funções, variáveis, parâmetros formais UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CENTRO 06 Disciplina: Linguagem de Programação C Profª Viviane Todt Diverio Funções, variáveis, parâmetros formais

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

ponteiros INF Programação I Prof. Roberto Azevedo

ponteiros INF Programação I Prof. Roberto Azevedo ponteiros INF1005 -- Programação I -- 2016.1 Prof. Roberto Azevedo razevedo@inf.puc-rio.br ponteiros tópicos o que são ponteiros operadores usados com ponteiros passagem de ponteiros para funções referência

Leia mais

Linguagem C (estruturas condicionais)

Linguagem C (estruturas condicionais) Linguagem C (estruturas condicionais) André Tavares da Silva atavares@joinville.udesc.br Comandos de Controle de Fluxo Todos os comandos devem ser terminados com um ;. { e são usados para delimitar um

Leia mais

Capítulo 3: Programando com Funções

Capítulo 3: Programando com Funções Capítulo 3: Programando com Funções INF1004 e INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Organização de Código Um programa de computador representa a implementação

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010 Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010 1 Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar o uso de variáveis de vários tipos

Leia mais

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C 1 Sintaxe da linguagem C Componentes reconhecidos pela linguagem C (sintaxe da linguagem): tipos propriedades dos dados; declarações partes do programa, podendo dar significado

Leia mais

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 INF1007: Programação 2 0 Revisão 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 Tópicos Principais Variáveis e Constantes Operadores e Expressões Entrada e Saída Tomada de Decisão Construção com laços

Leia mais

Introdução à Programação em C

Introdução à Programação em C Introdução à Programação em C Tipos e Operadores Elementares Estruturas de Controlo Resumo Novidades em C Exemplo: Factorial Tipos de Dados Básicos Saltos Condicionais: if-then-else Valor de retorno de

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Engenharia de CONTROLE e AUTOMAÇÃO Introdução à Linguagem C Aula 02 DPEE 1038 Estrutura de Dados para Automação Curso de Engenharia de Controle e Automação Universidade Federal de Santa Maria beltrame@mail.ufsm.br

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008 Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008 Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar comandos de entrada e saída simples

Leia mais

Linguagem de Programação I. Aula 10 Funções

Linguagem de Programação I. Aula 10 Funções Linguagem de Programação I Aula 10 Funções Da Aula Anterior Tipos de dados básicos e operadores em C Declaração de variáveis e modificadores de tipo Estruturas de Controle Arrays unidimensionais Geração

Leia mais

Comandos de entrada. e saída. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada.

Comandos de entrada. e saída. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. e saída Biblioteca stdio.h Comandos Função scanf() Função gets() Função getchar() Material cedido pelo prof. Daniel Callegari scanf() Rotina de entrada que lê todos os tipos de dados. Protótipo: int scanf(const

Leia mais

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C DCC 120 Laboratório de Programação Variáveis Uma variável representa um espaço na memória do computador para armazenar um determinado tipo de dado. Em C,

Leia mais

Programação. MEAer e LEE. Bertinho Andrade da Costa. Instituto Superior Técnico. Argumentos da linha de comando Funções recursivas

Programação. MEAer e LEE. Bertinho Andrade da Costa. Instituto Superior Técnico. Argumentos da linha de comando Funções recursivas Programação MEAer e LEE Bertinho Andrade da Costa 2010/2011 1º Semestre Instituto Superior Técnico Argumentos da linha de comando Funções recursivas Programação 2010/2011 DEEC-IST Arg. da linha de comando;

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Laboratório 4 Correcção de erros sintácticos e tipos de dados primitivos

Laboratório 4 Correcção de erros sintácticos e tipos de dados primitivos Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia Departamento de Sistemas e Informática Laboratório 4 Correcção de erros sintácticos e tipos de dados primitivos Disciplina de Introdução à

Leia mais

INF 1620 P3-29/06/04 Questão 1 Nome:

INF 1620 P3-29/06/04 Questão 1 Nome: INF 1620 P3-29/06/04 Questão 1 Considere um arquivo texto que descreve um conjunto de retângulos e círculos. Cada linha do arquivo contém a descrição de uma figura. O primeiro caractere da linha indica

Leia mais

Matrizes em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Universidade Federal do Paraná

Matrizes em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Universidade Federal do Paraná em C Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto Universidade Federal do Paraná Uma matriz é uma coleção de variáveis do mesmo tipo que é referenciada por um nome comum; Em C todas as matrizes consistem

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 02 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para

Leia mais

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero Linguagem C Prof.ª Márcia Jani Cícero A estrutura Básica de um Programa em C Consiste em uma ou várias funções ou programas. main( ) // primeira função a ser executada // inicia a função // termina a função

Leia mais

Introdução à Linguagem C Variáveis e Expressões

Introdução à Linguagem C Variáveis e Expressões INF1005: Programação 1 Introdução à Linguagem C Variáveis e Expressões 08/03/10 (c) Paula Rodrigues 1 Tópicos Principais Programando em C Funções Variáveis Define Operadores e Expressões Entrada e Saída

Leia mais

Estruturas de repetição. Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C.

Estruturas de repetição. Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C. capa Estruturas de repetição Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C. - Aprender a implementar algoritmos em C com laços de repetições. Estruturas de

Leia mais

Aula 12- Variáveis e valores reais

Aula 12- Variáveis e valores reais Aula 12- Variáveis e valores reais Até agora todos os nossos problemas continham apenas valores inteiros e portanto variáveis do tipo int. Para resolver problemas que usam valores com parte fracionária,

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

Métodos Computacionais. Comandos Condicionais e de Repetição em C

Métodos Computacionais. Comandos Condicionais e de Repetição em C Métodos Computacionais Comandos Condicionais e de Repetição em C Tópicos da Aula Hoje vamos acrescentar comportamentos mais complexos a programas em C Comandos Condicionais if-else switch Comandos de Repetição

Leia mais

Modificadores de Tipos

Modificadores de Tipos Modificadores de Tipos Palavras reservadas: signed (com sinal) unsigned (sem sinal) long (expande faixa de valores) short (contrai faixa de valores) Exemplo: unsigned char letra; long int numero1, numero2;

Leia mais

Linguagem C Funções. André Tavares da Silva.

Linguagem C Funções. André Tavares da Silva. Linguagem C Funções André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Funções É uma coleção de comandos identificados por um nome (identificador); As funções executam ações e podem retornar valores; main, printf

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação aula 4 Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação Introdução à Computação 1.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) Programas Programas são seqüências de instruções

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Estruturas de Repetição. for() while() do-while() break; continue;

Estruturas de Repetição. for() while() do-while() break; continue; Estruturas de Repetição for() while() do-while() break; continue; 1 Auto-Ajuda (!) Como ajudar a solucionar erros básicos do meu programa? Verificar os ; Verificar se não há comandos em maiúsculas; Verificar

Leia mais

INF 1620 P1-04/10/03 Questão 1 Nome:

INF 1620 P1-04/10/03 Questão 1 Nome: INF 1620 P1-04/10/03 Questão 1 a) Implemente uma função para calcular as raízes de uma equação do segundo grau do tipo ax 2 +bx+c=0. O protótipo dessa função deve ser: void raizes (float a, float b, float

Leia mais

Introdução a Programação na Linguagem C.

Introdução a Programação na Linguagem C. Introdução a Programação na Linguagem C. Prof. Gemilson George E-mail: gemilson@geo.com.br Skype: gemilson_geo MSN: gemilsongeorge@gmail.com Facebook: facebook.com/gemilson Fone: (83)8880-2046 Blog: informaticageo.wordpress.com

Leia mais

Computação e Programação Aula prática nº 5. Enunciados dos problemas

Computação e Programação Aula prática nº 5. Enunciados dos problemas Enunciados dos problemas 1 2. Implementação de uma calculadora 2.1 Objectivos do exercício análise sequencial de um problema baseada em objectos e desenvolvimento do respectivo algoritmo; codificação do

Leia mais

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio)

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio) Módulo 1 Introdução AEDS I C++ (Rone Ilídio) Introdução Linguagens de Programação Fonte Compilador Executável SO I Hardware C++ - Características Evolução do C, ou seja, possui a mesma sintaxe É uma linguagem

Leia mais

Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1007 Programação 2 P1 17/04/2010

Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1007 Programação 2 P1 17/04/2010 Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1007 Programação 2 P1 17/04/2010 Aluno: Instruções: 1) Escreva seu nome completo, matrícula e turma em todas as folhas desta prova; 2) A prova deve ser completamente

Leia mais

Sumário. Introdução à Ciência da Computação. Ponteiros em C. Introdução. Definição. Por quê ponteiros são importantes?

Sumário. Introdução à Ciência da Computação. Ponteiros em C. Introdução. Definição. Por quê ponteiros são importantes? Introdução à Ciência da Computação Ponteiros em C Prof. Ricardo J. G. B. Campello Sumário Introdução Definição de Ponteiros Declaração de Ponteiros em C Manipulação de Ponteiros em C Operações Ponteiros

Leia mais

Introdução à Programação em C (I)

Introdução à Programação em C (I) Introdução à Programação em C (I) IAED Tagus, 2009/2010 Organização de Ficheiros em C Organização Típica de Ficheiros em C Inclusão de bibliotecas de sistema Inclusão de bibliotecas locais Definição de

Leia mais

Introdução à Programação em C (II)

Introdução à Programação em C (II) Introdução à Programação em C (II) Resumo Streams de Texto Leitura e escrita de caracteres Caracteres como números inteiros Exemplos Cópia de Ficheiros Contagem de Caracteres Contagem de Linhas Contagem

Leia mais

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Introdução Variáveis Tipos de dados Operadores e Expressões: Operadores

Leia mais

Controlo de Execução. K&R: Capitulo 3

Controlo de Execução. K&R: Capitulo 3 Controlo de Execução K&R: Capitulo 3 IAED, 2009/2010 Controlo de Execução Instruções e Blocos if else-if switch Ciclos: Instruçõeswhile e for Instruçãodo-while break e continue goto e labels 2 IAED, 2009/2010

Leia mais

Funções em Linguagem C Parte II

Funções em Linguagem C Parte II Slides inicialmente preparados pelo Prof. Dr. Claudio Fabiano Motta Toledo Funções em Linguagem C Parte II Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1. Semestre 2017 Sumário Introdução a Ponteiros Escopo de Variáveis

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Funções. Pedro Olmo Stancioli Vaz de Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Funções. Pedro Olmo Stancioli Vaz de Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I Funções Pedro Olmo Stancioli Vaz de Melo Exercício Brutus e Olívia foram ao médico, que disse a eles que ambos estão fora do peso ideal. Ambos discordaram veementemente

Leia mais

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano O C++ foi inicialmente desenvolvido por Bjarne Stroustrup durante a década de 1980 com o objetivo de melhorar a linguagem de programação C, mantendo a compatibilidade com esta linguagem. Exemplos de Aplicações

Leia mais

Introdução a linguagem C. Introdução à Programação 06/07

Introdução a linguagem C. Introdução à Programação 06/07 Introdução a linguagem C Introdução à Programação 06/07 A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C A linguagem C foi criada, na década de setenta, por Dennis M. Ritchie; Apesar de se considerar uma linguagem de alto

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Universidade Federal do Espírito Santo Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Variáveis Tipos de Dados Básicos Formação dos identificadores o nome deve começar com uma letra

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Introdução à Linguagem C 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em um computador DEC PDP-11 em Unix C++ é uma extensão da linguagem C O sistema Unix é escrito

Leia mais

Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples

Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples SSC0101 - ICC1 Teórica Introdução à Ciência da Computação I Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples Prof. Vanderlei Bonato: vbonato@icmc.usp.br Prof. Claudio Fabiano Motta Toledo: claudio@icmc.usp.br

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2009 / 2010

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2009 / 2010 Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2009 / 2010 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 2º semestre Trabalho nº 5 Funções e Vectores

Leia mais

Elementos de programação em C

Elementos de programação em C Elementos de programação em C Entrada e saída: teclado e monitor de vídeo Francisco A. C. Pinheiro, Elementos de Programação em C, Bookman, 2012. Visite os sítios do livro para obter material adicional:

Leia mais

Introdução à Programação em C (I)

Introdução à Programação em C (I) Introdução à Programação em C (I) Factorial Definição de função para cálculo de factorial Scheme (define (factorial n) (if (= n 1) 1 (* n (factorial (- n 1))))) C int factorial (int n) { if (n == 1) return

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTROLE

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURA SEQUENCIAL E ESTRUTURAS CONDICIONAIS Introdução à Ciência da Computação Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURAS CONDICIONAIS Estrutura Condicional Simples

Leia mais

Linguagens de programação. Introdução ao C (continuação)

Linguagens de programação. Introdução ao C (continuação) Linguagens de programação Introdução ao C (continuação) M@nso 2003 Sumário Introdução à programação Linguagem C Repetição de instruções Ciclos com controlo inicial ciclo While ciclo For Ciclos com controlo

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012 Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Histórico A linguagem C é uma linguagem de programação inventada na década de 1970 por Dennis Ritchie Brian Kennigaham.

Leia mais

Sub-rotinas. 2014/2 Programação Básica de Computadores (INF 09325) Freddy Brasileiro

Sub-rotinas. 2014/2 Programação Básica de Computadores (INF 09325) Freddy Brasileiro Sub-rotinas 2014/2 Programação Básica de Computadores (INF 09325) Freddy Brasileiro www.inf.ufes.br/~fbrasileiro fbrasileiro@inf.ufes.br Programa / Bibliografia 4. Sub-programas e funções 1. Funções e

Leia mais

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes. Prof.: Bruno Gomes

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes. Prof.: Bruno Gomes Fundamentos de Programação Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes Prof.: Bruno Gomes 1 Variáveis Representa uma porção da memória que pode ser utilizada pelo programa para armazenar informações

Leia mais

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton nilton@comp.uems.br Introdução A linguagem C foi inventada por Dennis Ritchie e

Leia mais

Algoritmos. Para encontrar a raiz de uma equação quadrática, são necessários alguns passos detalhados:

Algoritmos. Para encontrar a raiz de uma equação quadrática, são necessários alguns passos detalhados: Algoritmos Para encontrar a raiz de uma equação quadrática, são necessários alguns passos detalhados: Dada a equação de 2º grau Subtraia c em ambos os lados Multiplique ambos os lados por 4a Aplique a

Leia mais

MESMO QUE ESTAS VARIÁVEIS TENHAM NOME IDÊNTICOS

MESMO QUE ESTAS VARIÁVEIS TENHAM NOME IDÊNTICOS Funções As funções são blocos de instruções que facilitam o entendimento do código. Porque usar funções? Para permitir o reaproveitamento de código já construído (por você ou por outros programadores);

Leia mais

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Este documento explica como transformar um algoritmo escrito na forma pseudocódigo

Leia mais

Introdução à Linguagem C. Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py, Deise Saccol e Vania Bogorny

Introdução à Linguagem C. Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py, Deise Saccol e Vania Bogorny Introdução à Linguagem C Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py, Deise Saccol e Vania Bogorny 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em um computador

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação Vetores e Strings int vetor[] / rand() / #define / char string[] / gets() Gil Eduardo de Andrade Vetores Introdução Um vetor pode ser definido como é um conjunto de elementos (variáveis)

Leia mais

Linguagem C. Operadores

Linguagem C. Operadores Linguagem C Operadores Operadores aritméticos: + - * / % C oferece cinco operadores artiméticos binários Soma (+) Subtração ( - ) Multiplicação ( * ) Divisão ( / ) Módulo (%) um operador unário menos unário

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 1º semestre Trabalho nº 5 Funções http://tele1.dee.fct.unl.pt/pm

Leia mais

Funções em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Linguagem de Programação Estruturada I. Universidade Federal do Paraná

Funções em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Linguagem de Programação Estruturada I. Universidade Federal do Paraná em C Linguagem de Programação Estruturada I Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto Universidade Federal do Paraná Sumário Funções: Conceitos; Forma Geral das funções; Regras de Escopo; Argumentos

Leia mais

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição de constantes:

Leia mais

Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011

Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011 Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011 Tipos Básicos Quantos valores distintos podemos representar com o tipo char? Operadores de Incremento e Decremento ++ e -- Incrementa ou decrementa

Leia mais

Curso de Introdução à Liguagem de. Grupo PET-Tele. Universidade Federal Fluminense. July 16, 2012

Curso de Introdução à Liguagem de. Grupo PET-Tele. Universidade Federal Fluminense. July 16, 2012 urso de à urso de à Universidade Federal Fluminense July 16, 2012 Indrodução urso de à O é uma linguagem de programação criada por Dennis Ritchie, em 1972 e que continua a ser muito utilizada até os dias

Leia mais

Linguagem C. Armazenamento de Dados em Arquivos - Continuação

Linguagem C. Armazenamento de Dados em Arquivos - Continuação Linguagem C Armazenamento de Dados em Arquivos - Continuação Arquivos Binários Comandos para gravação e leitura de arquivos (revisão): FILE *arquivo; arquivo = fopen( nome, modo ); fwrite (&variavel, sizeof

Leia mais

Linguagem C: funções e ponteiros. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: funções e ponteiros. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: funções e ponteiros Prof. Críston Algoritmos e Programação Funções Recurso das linguagens de programação que permite dar um nome para um conjunto de instruções Facilita a reutilização de algoritmos

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Introdução à Linguagem C Simone Ceolin UNIFRA Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py e Deise Saccol 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em

Leia mais

Linguagem C Ficheiros Compilação Separada

Linguagem C Ficheiros Compilação Separada Linguagem C Ficheiros Compilação Separada typedef definição de tipos Apontadores para estruturas Ficheiros na bibiloteca standard do C Compilação Separada Definição de novos tipos em C É possível definir

Leia mais

Introdução à Computação MAC0110

Introdução à Computação MAC0110 Introdução à Computação MAC0110 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 2 Variáveis e Atribuições Memória Principal: Introdução Vimos que a CPU usa a memória principal para guardar as informações que estão

Leia mais

Linguagem C (repetição)

Linguagem C (repetição) Linguagem C (repetição) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Exercício Escrever um programa que conte (mostre na tela) os números de 1 a 100. Comandos aprendidos até o momento: printf, scanf, getchar,

Leia mais

Operações com Vectores e Matrizes

Operações com Vectores e Matrizes Operações com Vectores e Matrizes Tópicos Introdução Vectores Definição de vectores Criação/Declaração de vectores Inicialização de vectores exemplos Matrizes Definição de matrizes Criação/Declaração de

Leia mais

2ª Licenciatura AED1 e PC1 Prof. Eduardo 1 1 MODULARIZAÇÃO

2ª Licenciatura AED1 e PC1 Prof. Eduardo 1 1 MODULARIZAÇÃO 2ª Licenciatura AED1 e PC1 Prof. Eduardo 1 1 MODULARIZAÇÃO A identificação de problemas mais complexos resultará no desenvolvimento de algoritmos também mais complexos para resolve-os. Uma abordagem eficiente

Leia mais

Trabalho Linguagem e Programação de Compiladores

Trabalho Linguagem e Programação de Compiladores Trabalho Linguagem e Programação de Compiladores Responda as questões. Os exercícios deverão ser desenvolvidos utilizando as estruturas apresentadas em aula e adequadas para cada problema. Forma de entrega:

Leia mais

15 a Aula Subprogramação /Subalgoritmos Função e Procedimento

15 a Aula Subprogramação /Subalgoritmos Função e Procedimento FISP 1/6 15 a Aula Subprogramação /Subalgoritmos Função e Procedimento Objetivo: Simplificação e racionalização na elaboração de algoritmos mais complexos Recursos: Estruturação de algoritmos e modularização

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

19 Vetores, Ponteiros e Funções

19 Vetores, Ponteiros e Funções 19 Vetores, Ponteiros e Funções Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto Oobjetivodestaaulaérelacionarotipovetor com ponteiros eassimentendercomoutilizarvetorescomo parâmetros de funções. Ao final dessa

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Enunciado: a)implementar a função maior que devolve o maior de dois números inteiros passados como parâmetro; b)construir um programa em C que determine o maior de

Leia mais

1 Exercícios com ponteiros

1 Exercícios com ponteiros Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Oitava Aula Prática - 29 de outubro de 2010 O objetivo desta aula prática é exercitar ponteiros e funções. 1 Exercícios com ponteiros

Leia mais

Tipos de Dados Simples

Tipos de Dados Simples Programação 11543: Engenharia Informática 6638: Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 3 Tipos de Dados Simples Tipos de Dados Simples Objectivos: Hierarquia de tipos de dados Tipos de dados simples

Leia mais