CULTIVARES DE SOJA LICENCIADAS SAFRA SUL 2013/2014. niderasementes.com.br

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CULTIVARES DE SOJA LICENCIADAS SAFRA SUL 2013/2014. niderasementes.com.br"

Transcrição

1 CULTIVARES DE SOJA LICENCIADAS SAFRA SUL 3/4 niderasementes.com.br

2 Parceria que rende mais. NS4823 A mais precoce do mercado. Resistência ao acamamento. Ótima arquitetura de plantas. Marrom Ereta, porte médio, potencial engalhamento 10 a 16 cm 65 a 85 cm 28 a a 108 dias 105 a 125 dias Mancha OlhodeRã 140,3 179,0 102/ 320 a a a

3 NS 4901 NS 5258 Bom potencial de engalhamento. Superprecocidade. Boa sanidade. Superprecoce com maior amplitude geográfica. Bom peso de grãos. Bom porte de planta. Ereta, Porte Médio 10 a 15 cm 60 a 75 cm Marrom Claro Branca Ereta com bom engalhamento 8 a 12 cm 70 a 85 cm 28 a 40 dias 97 a 108 dias 105 a 125 dias 32 a 48 dias 100 a 120 dias 105 a 127 dias Mancha OlhodeRã Mancha OlhodeRã / 340 a / 300 a

4 NS 5290 NA5909 RG Elevado número de nós produtivos. Porte ereto de fácil manejo. Precocidade. Estabilidade produtiva em diferentes ambientes. Ótimo potencial de ramificação. Possibilita plantio de segunda safra. Marrom Branca Ereta 8 a 15 cm 75 a 90 cm Semiereta, Ótimo pontencial engalhamento. 16 a 19 cm 36 a 56 dias 104 a 125 dias 110 a 132 dias 38 a 64 dias 109 a 125 dias 115 a 130 dias Mancha OlhodeRã Mancha OlhodeRã 167,0 143,1 180,6 / 320 a a / / ( RS / SC / PR Alto ) ( PR / MS ) ( MS ) 280 a a a a a

5 NS 6209 A 6411 RG Alto teto produtivo. Ótimo potencial de ramificação. Boa inserção de vagem. Elevado peso de grãos. Melhor arquitetura de planta. Ótima na Macro 01. Determinado Porte médio e boa ramificação 13 a 20 cm 80 a 105 cm Determinado Semiereta, com potencial de engalhamento 13 a 15 cm 40 a 66 dias 109 a 127 dias 122 a 138 dias 40 a 60 dias 109 a 125 dias 115 a 130 dias Mancha OlhodeRã Mancha OlhodeRã 171,0 151,3 191,5 / 280 a a a 360 / 280 a a a

6 NS5401 NS 6220 Ótimo rendimento na Microrregião. Boa sanidade. Ótimo arranque inicial. Ótimo rendimento na Microrregião. Arquitetura de planta favorável ao manejo cultural. ao acamamento. Ereta, porte moderado 10 cm 72 a 84 cm Ereta, porte médio 10 cm 35 a 50 dias 95 a 100 dias 110 a 120 dias 30 a 45 dias 101 a 123 dias 109 a 131 dias Mancha OlhodeRã Mancha OlhodeRã 199,0 154,0 102/ / ( RS / SC / PR Alto ) ( PR / MS ) ( MS ) 300 a a a / ( SC / PR ) ( RS / SC / PR Alto / SP ) 290 a a a a

7 IPRO Controle e supressão das principais lagartas da soja. IPRO são as novas cultivares de Soja Nidera Sementes com a revolucionária tecnologia Intacta 2 PRO. A alta produtividade que você já conhece, agora potencializada. Começa uma nova era na agricultura. CONTROLE Anticarsia gemmatalis Lagarta da Soja Chrysodeixis includens e Rachiplusia nu Falsa Medideira Benefícios das cultivares Nidera com tecnologia Intacta 2 PRO : PRODUTIVIDADE: rendimento potencializado pela combinação da reconhecida genética Nidera de alta produtividade com a tecnologia Intacta 2 PRO. Crocidosema aporema Broca das Axilas ou Broca dos Ponteiros Heliothis virescens Lagarta da Maçã PROTEÇÃO CONTRA INSETOS: lagarta da soja, Lagarta da maçã, Falsa medideira e Broca das axilas ou Broca das ponteiras. SUPRESSÃO: lagarta Elasmo, Lagarta Helicoverpa zea e Lagarta Helicoverpa armigera. TOLERÂNCIA AO HERBICIDA GLIFOSATO: proporcionada pela tecnologia 2, que traz mais tranquilidade e flexibilidade ao produtor. SUPRESSÃO Elasmopalpus lignosellus Lagarta Elasmo Helicoverpa zea e Helicoverpa armigera Lagarta Helicoverpa niderasementes.com.br Intacta 2 PRO é marca registrada utilizada sob licença 12 13

8 NS5106 IPRO Intacta 2 PRO é marca registrada utilizada sob licença de uso da Monsanto Company. NS5151 IPRO Intacta 2 PRO é marca registrada utilizada sob licença de uso da Monsanto Company. Superprecoce. Ótimo potencial de ramificação. ao acamamento. Superprecoce. Ótima sanidade de folhas e raízes. ao acamamento. Cor do Hilo Altura Planta Marrom Preta Ereta 60 a 95 cm 7 a 15 cm Cor do Hilo Altura Planta Marrom Preta Ereta 65 a 90 cm 7 a 15 cm Componentes Rendimento Componentes Rendimento Número de nós por planta: Número de vagem por nó: Número de sementes por vagem: Teor médio Proteína: Teor médio óleo: 15 a 20 3 a 6 2,5 36,7% 21,7% Número de nós por planta: Número de vagem por nó: Número de sementes por vagem: Teor médio proteina: Teor médio óleo: 15 a 20 3 a 6 2,5 37,9% 20,9% 28 a 45 dias 105 a 120 dias 30 a 45 dias 105 a 125 dias Cancro da Haste Mancha Alvo Mancha OlhodeRâ Nematoide de galha Acamamento Deiscência da vagem Cancro da Haste Mancha Alvo Mancha OlhodeRâ Oidio Nematoide de galha Acamamento Deiscência da vagem 102/ / ( RS / SC / PR Alto ) ( PR / MS ) ( MS ) 300 a a a / / ( RS / SC / PR Alto ) ( PR / MS ) ( MS ) 300 a a a

9 NS5160 IPRO Intacta 2 PRO é marca registrada utilizada sob licença de uso da Monsanto Company. NS5959 IPRO Intacta 2 PRO é marca registrada utilizada sob licença de uso da Monsanto Company. Superprecoce. Ótimo potencial de ramificação. ao acamamento. Amplitude geográfica e época de plantio. Aquitetura favorável ao manejo cultural. Permite a semeadura de segunda safra. Cor do Hilo Altura Planta Marrom Branca Preta Ereta 65 a 90 cm 7 a 15 cm Cor do Hilo Altura Planta Preta imperfeita Semiereta 70 a 110 cm 10 a 18 cm Componentes Rendimento Componentes Rendimento Número de nós por planta: Número de vagem por nó: Número de sementes por vagem: Teor médio proteína: Teor médio óleo: 15 a 20 3 a 6 2,5 38,8% 20,1% Número de nós por planta: Número de vagem por nó: Número de sementes por vagem: Teor médio proteina: Teor médio óleo: 17 a 22 4 a 6 2,5 38,6% 20,2% 28 a 45 dias 105 a 120 dias 30 a 45 dias 108 a 128 dias Cancro da Haste Mancha Alvo Mancha OlhodeRâ Oidio Nematoide de galha Acamamento Deiscência da vagem Sem Informação Sem Informação Cancro da Haste Mancha Alvo Mancha OlhodeRâ Oidio Nematoide de galha Acamamento Deiscência da vagem 102/ / ( RS / SC / PR Alto ) ( PR / MS ) ( MS ) 300 a a a ( RS SC PR ) ( RS SC PR SP ) ( PR SP ) 330 a a a

10 REGIÕES EDAFOCLIMÁTICAS DE SOJA niderasementes.com.br Contatos: Matheus Horner (54) Nilson Bagatini (54) Caroline Cooper (42)

GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 2

GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 2 GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 2 CREDENZ é a Bayer inteira voltada para o seu negócio. Credenz é a marca de sementes da Bayer que já nasceu trazendo toda a credibilidade que a marca Bayer tem, e

Leia mais

GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 1

GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 1 GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 1 CREDENZ é a Bayer inteira voltada para o seu negócio. Credenz é a marca de sementes da Bayer que já nasceu trazendo toda a credibilidade que a marca Bayer tem, e

Leia mais

Parcerias que semeiam crescimento.

Parcerias que semeiam crescimento. Parcerias que semeiam crescimento. Catálogo 6 Soja SEMEANDO O FUTURO DESDE 1856 KWS Catálogo de Soja 6 1 A KWS Sementes vem acompanhando a evolução do mercado e a cada safra traz mais novidades para seus

Leia mais

GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 3

GUIA VARIEDADES DE SOJA 2015/16 MACRO 3 GUIA VAIEDADE DE OJA 2015/16 MACO 3 CEDENZ é a Bayer inteira voltada para o seu negócio. Credenz é a marca de sementes da Bayer que já nasceu trazendo toda a credibilidade que a marca Bayer tem, e carrega

Leia mais

Sementes de. A Linha de Sementes de Soja Dow AgroSciences avança sem parar. Com um portifólio adaptado para as principais regiões do país e variedades

Sementes de. A Linha de Sementes de Soja Dow AgroSciences avança sem parar. Com um portifólio adaptado para as principais regiões do país e variedades Sementes de SOJA A Linha de Sementes de Soja Dow AgroSciences avança sem parar. Com um portifólio adaptado para as principais regiões do país e variedades de alto potencial produtivo, os produtores têm

Leia mais

Lançamento Soja marca Pioneer no Sul do Brasil. Ricardo B. Zottis Ger. Produto RS/SC

Lançamento Soja marca Pioneer no Sul do Brasil. Ricardo B. Zottis Ger. Produto RS/SC Lançamento Soja marca Pioneer no Sul do Brasil Ricardo B. Zottis Ger. Produto RS/SC Agenda 1. Histórico Soja marca Pioneer 2. Pesquisa Soja Brasil 3. Qualidade das Sementes DuPont Pioneer 4. Cultivares

Leia mais

Conheça as novas possibilidades do agronegócio

Conheça as novas possibilidades do agronegócio Marciliano Gaspre Líder em Marketing e Vendas (62) 9814 2205 marciliano@guaia.com.br contato@guaia.com.br www.guaia.com.br (62) 3332 1385 Av. Dom Bosco, 916, 1º andar, Sala 03, Bairro Pedrinhas, Silvânia

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA (2005/06) Unidades Demonstrativas

CULTIVARES DE SOJA (2005/06) Unidades Demonstrativas CULTIVARES DE SOJA (2005/06) Unidades Demonstrativas Cultivares da Embrapa Soja: Embrapa 48 Grupo de Maturação: Precoce/Semiprecoce; *Semeadura: a partir de 25/10 até 10/12; Substituiu a cv. BR-16; *Alto

Leia mais

GUIA DE SEMENTES 2016

GUIA DE SEMENTES 2016 Dow SementesTM GUIA DE SEMENTES 2016 Soluções para um Mundo em Crescimento PATROCINADOR MUNDIAL A Dow AgroSciences faz a diferença no agronegócio de mais de 140 países, investindo constantemente em pesquisa

Leia mais

PORTFÓLIO DE VARIEDADES

PORTFÓLIO DE VARIEDADES PORTFÓLIO DE VARIEDADES SOJA ABRIL, 2015 SEEDCORP.COM.BR VARIEDADES SEEDCORP RR IPRO EXCLUSIVIDADES SEEDCORP RR IPRO NA 5909 RG Nidera Precocidade: possibilidade de segunda safra; Máxima estabilidade em

Leia mais

Conte com a Pampa para uma colheita de sucesso na próxima safra!

Conte com a Pampa para uma colheita de sucesso na próxima safra! GUIA DE CULTIVARES A semente é a base do sucesso de uma lavoura. Sua qualidade é essencial para os bons resultados de cada safra, garantindo maior produtividade, competitividade e o lucro do produtor.

Leia mais

Guia de Produtos 2014. Região Sul

Guia de Produtos 2014. Região Sul Guia de Produtos 2014 Sul Eleita em 2013 a melhor empresa brasileira de sementes * *Revista Globo Rural Supervisores regionais Índice Mato Grosso do Sul Nicolas Alves Cornacioni (67) 8118 6043 nicolas.cornacioni@coodetec.com.br

Leia mais

Portfólio Embrapa de Cultivares de Soja. Sistema Intacta

Portfólio Embrapa de Cultivares de Soja. Sistema Intacta Portfólio Embrapa de Cultivares de Soja Sistema Intacta 1 Com a genética Embrapa você leva muito mais tecnologia para o campo. Foto: cláudio Nonaca Melhoramento Genético na Embrapa Uma boa safra começa

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA. BAHIA Safra 2011/12. Soja. Transferência de Tecnologia

CULTIVARES DE SOJA. BAHIA Safra 2011/12. Soja. Transferência de Tecnologia Soja Rod. Carlos João Strass, s/n, acesso Orlando Amaral Distrito de Warta, CP 231, CEP 86001-970, Londrina, PR Fone (43) 3371 6000 Fax (43) 3371 6100 www.cnpso.embrapa.br sac@cnpso.embrapa.br Transferência

Leia mais

Portfólio Embrapa de Cultivares de Soja. Sistema Intacta

Portfólio Embrapa de Cultivares de Soja. Sistema Intacta Portfólio Embrapa de Cultivares de Soja Sistema Intacta 1 Com a genética Embrapa você leva muito mais tecnologia para o campo. Foto: cláudio Nonaca Melhoramento Genético na Embrapa Uma boa safra começa

Leia mais

SOJA BT E O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS: EXPERIÊNCIAS E PERSPECTIVAS. Antonio Cesar S. dos Santos Londrina, 06 de Julho de 2016

SOJA BT E O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS: EXPERIÊNCIAS E PERSPECTIVAS. Antonio Cesar S. dos Santos Londrina, 06 de Julho de 2016 SOJA BT E O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS: EXPERIÊNCIAS E PERSPECTIVAS Antonio Cesar S. dos Santos Londrina, 6 de Julho de 216 Agenda Introdução (Área Plantada de Transgênicos Global e Brasil) Produtos aprovados

Leia mais

Mesorregião MT-RO Mato Grosso - Rondônia. Catálogo Soja

Mesorregião MT-RO Mato Grosso - Rondônia. Catálogo Soja Mesorregião MT-RO Mato Grosso - Rondônia Catálogo Soja 2013 Cultivares de Soja Marca Pionee r Mesorregião MT-RO Diversidade genética e qualidade A DuPont Pioneer, com mais de 85 anos de melhoramento, é

Leia mais

Mesa Redonda- Sala 4 BIOTECNOLOGIAS NO ALGODOEIRO: EFICIÊNCIA, CUSTOS, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS

Mesa Redonda- Sala 4 BIOTECNOLOGIAS NO ALGODOEIRO: EFICIÊNCIA, CUSTOS, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS Mesa Redonda- Sala 4 BIOTECNOLOGIAS NO ALGODOEIRO: EFICIÊNCIA, CUSTOS, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS : EFICIÊNCIA, CUSTOS, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS 1- Transgenias disponíveis, variedades, problemas e perspectivas

Leia mais

ManeJo de Insetos na soja Intacta RR2 PRo SEMEANDO O FUTURO

ManeJo de Insetos na soja Intacta RR2 PRo SEMEANDO O FUTURO ManeJo de Insetos na soja Intacta RR2 PRo A cultura da soja está exposta, durante gemmatalis (lagarta todo o seu ciclo, ao ataque de diferentes Pseudoplusia includens espécies de insetos. Esses insetos

Leia mais

PARA SUA PRODUTIVIDADE CONTINUAR CRESCENDO, NOSSA TECNOLOGIA NÃO PARA DE AVANÇAR.

PARA SUA PRODUTIVIDADE CONTINUAR CRESCENDO, NOSSA TECNOLOGIA NÃO PARA DE AVANÇAR. Milho Roundup Ready 2 é marca registrada da Monsanto Technology LLC. Marcas registradas e de propriedade de Dow AgroSciences. PARA SUA PRODUTIVIDADE CONTINUAR CRESCENDO, NOSSA TECNOLOGIA NÃO PARA DE AVANÇAR.

Leia mais

Sistema Cultivance Ideal para a rotação de tecnologias na cultura da soja.

Sistema Cultivance Ideal para a rotação de tecnologias na cultura da soja. Sistema Cultivance Ideal para a rotação de tecnologias na cultura da soja. 1 Índice Introdução...5 O herbicida do Sistema Cultivance...6 O grande diferencial...7 Os benefícios do sistema...7 Boas práticas

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. ENSAIO DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine Max) NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA, SAFRA 2014/2015, EM QUERÊNCIA - MT

RELATÓRIO TÉCNICO. ENSAIO DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine Max) NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA, SAFRA 2014/2015, EM QUERÊNCIA - MT RELATÓRIO TÉCNICO ENSAIO DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine Max) NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA, SAFRA 2014/2015, EM QUERÊNCIA - MT Executora: RURAL TÉCNICA EXPERIMENTOS AGRONÔMICOS LTDA Av. Norte,

Leia mais

Boletim Técnico. FiberMax. Mais que um detalhe: uma genética de fibra.

Boletim Técnico. FiberMax. Mais que um detalhe: uma genética de fibra. Boletim Técnico FiberMax. Mais que um detalhe: uma genética de fibra. Oferece aos produtores a possibilidade de controle de lagartas e das plantas daninhas. A associação das tecnologias GlyTol TwinLink

Leia mais

Guia de Produtos Região Centro

Guia de Produtos Região Centro Guia de Produtos 2014 Centro Cooperativa Central de Pesquisa Agrícola Coodetec Sul Cascavel - PR BR 467, Km 98 - Caixa Postal 301 CEP: 85813-450 Telefone: 45 3321 3536 Fax: 45 3321 3500 cd@coodetec.com.br

Leia mais

Milho Doce SV0006SN Seminis. Milho Doce SV9298SN Seminis. Biotecnologia e qualidade que unem o campo, indústria e mercado.

Milho Doce SV0006SN Seminis. Milho Doce SV9298SN Seminis. Biotecnologia e qualidade que unem o campo, indústria e mercado. Milho Doce Seminis Biotecnologia e qualidade que unem o campo, indústria e mercado. Milho Doce SV0006SN Seminis Qualidade que une campo, indústria e mercado. Milho doce Performance series single pro sc

Leia mais

08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA

08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA 08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA COM TECNOLOGIA INTACTA RR2 PRO EM DUAS ÉPOCAS DE SEMEADURA O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de cultivares de soja disponíveis comercialmente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Rurais. Núcleo de Pesquisas em Práticas Culturais e Ecofisiologia

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Rurais. Núcleo de Pesquisas em Práticas Culturais e Ecofisiologia UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Rurais Núcleo de Pesquisas em Práticas Culturais e Ecofisiologia População de plantas para maximização de rendimentos em soja Lucio Zabot Santa Maria,

Leia mais

PLANEJAMENTO E MANEJO DE LAVOURAS TRANSGÊNICAS DE ALGODÃO NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO

PLANEJAMENTO E MANEJO DE LAVOURAS TRANSGÊNICAS DE ALGODÃO NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO PLANEJAMENTO E MANEJO DE LAVOURAS TRANSGÊNICAS DE ALGODÃO NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO Wanderley Katsumi Oishi Consultor Agrícola Quality Cotton Cons. Agronômica Ltda. Cenário do Manejo das Variedades Transgênicas

Leia mais

Resultados de Pesquisa dos Ensaios de Melhoramento de Soja Safra 2008/09

Resultados de Pesquisa dos Ensaios de Melhoramento de Soja Safra 2008/09 Resultados de Pesquisa dos Ensaios de Melhoramento de Soja Safra 2008/09 Alberto Francisco Boldt; Engenheiro agrônomo, pesquisador do Instituto Mato-Grossense do Algodão IMAmt; Caixa Postal: 149, CEP 78.850-000;

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA. MACRORREGIÕES 4 E 5 norte e nordeste do Brasil

CULTIVARES DE SOJA. MACRORREGIÕES 4 E 5 norte e nordeste do Brasil CULTIVARES DE SOJA MACRORREGIÕES 4 E 5 norte e nordeste do Brasil Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Soja Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento CuLtivares de Soja MACRORREGIÕES

Leia mais

Híbridos de. A Dow AgroSciences oferece um portifólio de híbridos com lançamentos projetados para os desafios de cada região do Brasil,

Híbridos de. A Dow AgroSciences oferece um portifólio de híbridos com lançamentos projetados para os desafios de cada região do Brasil, Híbridos de MILHO GRÃO E SILAGEM A Dow AgroSciences oferece um portifólio de híbridos com lançamentos projetados para os desafios de cada região do Brasil, aliado à biotecnologia PowerCore. Escolher a

Leia mais

TBIO SELETO - Rusticidade, precocidade e bom potencial de rendimento

TBIO SELETO - Rusticidade, precocidade e bom potencial de rendimento TBIO SELETO - Rusticidade, precocidade e bom potencial de rendimento Igor Tonin 1, André Cunha Rosa 2, Ottoni Rosa Filho 3 Ana Silvia de Camargo 4 1 Eng. Agrônomo, Biotrigo Genética Ltda (BIOTRIGO), Rua

Leia mais

com spider na soja a safrinha é segura

com spider na soja a safrinha é segura com spider na soja a safrinha é segura Quem comprova é a Dow AgroSciences O poder dos 4S COM SPIDER NA SOJA A SAFRINHA É SEGURA O Time da Dow AgroSciences desenvolveu perguntas e respostas sobre Spider

Leia mais

Campeão da Região Sudeste. (Produtor) (Consultor) (Estudo de caso) (Relator)

Campeão da Região Sudeste. (Produtor) (Consultor) (Estudo de caso) (Relator) Campeão da Região Sudeste (Produtor) (Consultor) (Estudo de caso) (Relator) Produtor: Ivaldo Lemes da Costa Consultor: Cleber Longhin Cultura: SOJA Propriedade Agrícola: Sítio Matarazzo Município: Itapetininga/SP

Leia mais

14 AVALIAÇÃO DE HERBICIDAS PRÉ-EMERGENTES NA

14 AVALIAÇÃO DE HERBICIDAS PRÉ-EMERGENTES NA 14 AVALIAÇÃO DE HERBICIDAS PRÉ-EMERGENTES NA CULTURA DA SOJA EM LUCAS DO RIO VERDE, MT O objetivo neste trabalho foi avaliar a eficácia dos herbicidas Boral, Classic, e Spider visando o manejo do complexo

Leia mais

Cultivares de Soja para as Regiões Norte e Nordeste do Brasil

Cultivares de Soja para as Regiões Norte e Nordeste do Brasil ISSN 0104-7633 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 40 Cultivares de Soja para as Regiões Norte e Nordeste do Brasil Teresina, PI outubro, 2005 Autores Ricardo Montalván del Águila Embrapa

Leia mais

Dinâmica e manejo de doenças. Carlos A. Forcelini

Dinâmica e manejo de doenças. Carlos A. Forcelini Dinâmica e manejo de doenças Carlos A. Forcelini Campo Experimental UPF (28º10 S, 52º20 W, 687m) 6 km Manejo de doenças e rendimento de grãos Com manejo Sem manejo 2009 58 27 2010 56 33 2011 61 45 Fatores

Leia mais

P a n o r a m a dos insetos pragas das culturas de soja, milho e algodão na Defesa Sanitária Vegetal para Mato Grosso do Sul

P a n o r a m a dos insetos pragas das culturas de soja, milho e algodão na Defesa Sanitária Vegetal para Mato Grosso do Sul P a n o r a m a dos insetos pragas das culturas de soja, milho e algodão na Defesa Sanitária Vegetal para Mato Grosso do Sul PAULO E. DEGRANDE Universidade Federal da Grande Dourados O CONVITE versus FALAR

Leia mais

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS PARA PRODUÇÃO DE SOJA VERDE OU TIPO HORTALIÇA

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS PARA PRODUÇÃO DE SOJA VERDE OU TIPO HORTALIÇA AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS PARA PRODUÇÃO DE SOJA VERDE OU TIPO HORTALIÇA Rafael Santos Finholdt (1), Roberto Kazuhiko Zito (2), Maria Eugenia Lisei de Sá (3) (1) Bolsista PIBIC FAPEMIG/EPAMIG, rafaelfinholdt@yahoo.com.br;

Leia mais

478 cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2014/15

478 cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2014/15 478 cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2014/15 José Carlos Cruz 1 Israel Alexandre Pereira Filho 1 Eduardo de Paula Simão 2 1 Pesquisadores da Embrapa Milho

Leia mais

Características e Desempenho Produtivo de Cultivares de Arroz de Terras Altas Recomendadas para Roraima

Características e Desempenho Produtivo de Cultivares de Arroz de Terras Altas Recomendadas para Roraima Características e Desempenho Produtivo de Cultivares de Arroz de Terras Altas Recomendadas para Roraima Antonio Carlos Centeno Cordeiro. Eng. Agr. Dr. Pesquisador da Embrapa Roraima Em Roraima, o cultivo

Leia mais

Híbrido simples de Milho BRS 1010

Híbrido simples de Milho BRS 1010 Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento 07 ISSN 00-5605 Dezembro, 2004 Sete Lagoas, MG Híbrido simples de Milho BRS 00 Sidney Netto Parentoni Elto Eugenio Gomes e Gama Manoel Xavier dos Santos

Leia mais

PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DE SOJA Fundação BA Embrapa. Sebastião Pedro da S. Neto André Ferreira Pereira Geraldo Estevam S.

PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DE SOJA Fundação BA Embrapa. Sebastião Pedro da S. Neto André Ferreira Pereira Geraldo Estevam S. PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DE SOJA Fundação BA Embrapa Sebastião Pedro da S. Neto André Ferreira Pereira Geraldo Estevam S. Carneiro Nosso Grande Desafio 60 Custo Total (R$) Preço Médio (R$) Prod.

Leia mais

Índice. Sementes Seminis. Compromissos Seminis. Combinação de qualidade com produtividade. produtividade. Conhecimento. inovação

Índice. Sementes Seminis. Compromissos Seminis. Combinação de qualidade com produtividade. produtividade. Conhecimento. inovação Cenouras e Cebolas Compromissos Seminis produtividade Maior potencial produtivo Resistência a pragas e doenças Qualidade de sementes CenouraS Índice Conhecimento Rede global de melhoramento genético Soluções

Leia mais

Viabilidade do Biocontrole de Pragas em Sistemas Integrados. Sergio Abud Biólogo Embrapa Cerrados

Viabilidade do Biocontrole de Pragas em Sistemas Integrados. Sergio Abud Biólogo Embrapa Cerrados Viabilidade do Biocontrole de Pragas em Sistemas Integrados Sergio Abud Biólogo Embrapa Cerrados Ameaças Fitossanitárias Segundo a Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária (SBDA), 150 Pragas Quarentenárias

Leia mais

Uma das maneiras de reduzir os efeitos da

Uma das maneiras de reduzir os efeitos da Uma das maneiras de reduzir os efeitos da baixa disponibilidade de forragem sobre o desempenho dos animais é conservar a forragem de uma estação de crescimento para períodos de escassez de alimentos. A

Leia mais

ISSN 1679-043X Janeiro, 2009

ISSN 1679-043X Janeiro, 2009 ISSN 1679-043X Janeiro, 2009 ISSN 1679-043X Janeiro, 2009 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Agropecuária Oeste Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 98 Cultivares de Soja

Leia mais

É POSSÍVEL TER SUCESSO NA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NÃO BT? Eng.º Agr.º Ezelino Carvalho GBCA / EQUIPE Consultoria Agronômica

É POSSÍVEL TER SUCESSO NA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NÃO BT? Eng.º Agr.º Ezelino Carvalho GBCA / EQUIPE Consultoria Agronômica É POSSÍVEL TER SUCESSO NA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NÃO BT? Eng.º Agr.º Ezelino Carvalho GBCA / EQUIPE Consultoria Agronômica 10º Congresso Brasileiro de Algodão Foz do Iguaçu - PR, Setembro/2015 OBJETIVOS Discutir

Leia mais

Bayer Sementes FiberMax

Bayer Sementes FiberMax Bayer Sementes FiberMax Coord. Desenvolvimento Técnico Sementes FiberMax Planta Forte Sementes ao Botão Floral Semente: É um chip que carrega as características genéticas. Indutor de Produtividade. Características

Leia mais

Desafios fitossanitários do cultivo da soja no Mercosul: INSETOS PRAGAS Desafios para o Brasil

Desafios fitossanitários do cultivo da soja no Mercosul: INSETOS PRAGAS Desafios para o Brasil Desafios fitossanitários do cultivo da soja no Mercosul: INSETOS PRAGAS Desafios para o Brasil Edson Hirose Embrapa Soja 1 As principais pragas Da Soja? 2 Principais pragas x fase de desenvolvimento da

Leia mais

BRS 1060 Híbrido Simples de Milho

BRS 1060 Híbrido Simples de Milho 169 ISSN 1679-0162 Sete Lagoas, MG Dezembro, 2009 BRS 1060 Híbrido Simples de Milho Paulo Evaristo de Oliveira Guimarães, Sidney Netto Parentoni, Cleso Antônio Patto Pacheco, Walter Fernandes Meirelles,

Leia mais

ANEXO I INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO DOS ENSAIOS DE DISTINGUIBILIDADE, HOMOGENEIDADE E ESTABILIDADE DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine max (L.

ANEXO I INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO DOS ENSAIOS DE DISTINGUIBILIDADE, HOMOGENEIDADE E ESTABILIDADE DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine max (L. ANEXO I INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO DOS ENSAIOS DE DISTINGUIBILIDADE, HOMOGENEIDADE E ESTABILIDADE DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine max (L.) Merrill) I. OBJETIVO Estas instruções visam estabelecer diretrizes

Leia mais

9.5 PRINCIPAIS PRAGAS E DOENÇAS DO FEIJOEIRO

9.5 PRINCIPAIS PRAGAS E DOENÇAS DO FEIJOEIRO 9.5 PRINCIPAIS PRAGAS E DOENÇAS DO FEIJOEIRO 9.5.1 Controle de Pragas PRINCIPAIS PRAGAS -Lagarta elasmo -Vaquinhas - Mosca branca -Ácaro branco -Carunchos LAGARTA ELASMO Feijão da seca aumento da população

Leia mais

FiberMax. Mais que um detalhe: uma genética de fibra.

FiberMax. Mais que um detalhe: uma genética de fibra. FiberMax. Mais que um detalhe: uma genética de fibra. Requisitos para o cultivo de algodoeiro GlyTol LibertyLink, além de boas práticas de manejo integrado de plantas daninhas. Cap 1: Descrição do Produto

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES DE ARROZ IRRIGADO INDICADAS PARA SEMEIO NA SAFRA 2009/10 EM RORAIMA

CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES DE ARROZ IRRIGADO INDICADAS PARA SEMEIO NA SAFRA 2009/10 EM RORAIMA CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES DE ARROZ IRRIGADO INDICADAS PARA SEMEIO NA SAFRA 2009/10 EM RORAIMA Antonio Carlos Centeno Cordeiro Eng. Agr. Dr. Pesquisador da Embrapa Roraima Em Roraima, o agronegócio

Leia mais

Relato da situação da ferrugem e do vazio sanitário na região Sul (PR, SC e RS) e Sudeste (MG, SP)

Relato da situação da ferrugem e do vazio sanitário na região Sul (PR, SC e RS) e Sudeste (MG, SP) Reunião do Consórcio Antiferrugem 26 de junho de 2008. Londrina, PR. Relato da situação da ferrugem e do vazio sanitário na região Sul (PR, SC e RS) e Sudeste (MG, SP) Dulândula S. M. Wruck - Epamig Leila

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CASE DA REGIÃO

APRESENTAÇÃO DO CASE DA REGIÃO APRESENTAÇÃO DO CASE DA REGIÃO SUL Leandro Sartoreli Ricci Mamborê - PR 2010/2011 Produtividade: 6.027 kg/ha (100,5 sc/ha) - Variedade SYN 3358 (Variedade com folhas lanceoladas e alta resistência ao acamamento)

Leia mais

Influência da Safrinha na Eficiência de Produção do Milho no Brasil

Influência da Safrinha na Eficiência de Produção do Milho no Brasil XXX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO SALVADOR 5 DE AGOSTO DE 2014 Influência da Safrinha na Eficiência de Produção do Milho no Brasil Aildson Pereira Duarte Instituto Agronômico, Campinas (IAC) Influência

Leia mais

Quatrocentas e sessenta e sete cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2013/14

Quatrocentas e sessenta e sete cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2013/14 1 Quatrocentas e sessenta e sete cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2013/14 José Carlos Cruz 1 Israel Alexandre Pereira Filho 1 Luciano Rodrigues Queiroz

Leia mais

AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS

AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS Paulo Rogério Nascimento Resende (1), Maria Eugênia Lisei de Sá (2), Roberto Kazuhiko Zito (3) (1) Bolsista

Leia mais

PRODUTIVIDADE DE SOJA EM RESPOSTA AO ARRANJO ESPACIAL DE PLANTAS E À ADUBAÇÃO NITROGENADA ASSOCIADA A FERTILIZAÇÃO FOLIAR

PRODUTIVIDADE DE SOJA EM RESPOSTA AO ARRANJO ESPACIAL DE PLANTAS E À ADUBAÇÃO NITROGENADA ASSOCIADA A FERTILIZAÇÃO FOLIAR 28 Resumos da XXXIII Reunião de Pesquisa de Soja da Região Central do Brasil - Londrina, PR, agosto de 203 5 PRODUTIVIDADE DE SOJA EM RESPOSTA AO ARRANJO ESPACIAL DE PLANTAS E À ADUBAÇÃO NITROGENADA ASSOCIADA

Leia mais

TBIO ITAIPU Elevado potencial de rendimento

TBIO ITAIPU Elevado potencial de rendimento TBIO ITAIPU Elevado potencial de rendimento Ior Tonin 1, André Cunha Rosa 2, Ottoni de Rosa Filho 3 e Ana Silvia de Camaro 4. 1 En. Arônomo, Biotrio Genética Ltda (BIOTRIGO), Rua João Battisti,71, CEP

Leia mais

Avaliação de Cultivares de Soja Safra 14/15 e Recomendações para Safra 15/16 Assistências Técnicas Conveniadas

Avaliação de Cultivares de Soja Safra 14/15 e Recomendações para Safra 15/16 Assistências Técnicas Conveniadas Avaliação de Cultivares de Soja Safra 14/15 e Recomendações para Safra 15/16 Assistências Técnicas Conveniadas Equipe Fitotecnia Soja Eng. Agr. Carlos Pitol Pesquisador Téc.Agr. Elton José Erbes Adm.Rural/Téc.Agr.

Leia mais

Perspectivas para a Tecnologia na Agricultura e Desenvolvimento de Novas Variedades de Cana de Açúcar

Perspectivas para a Tecnologia na Agricultura e Desenvolvimento de Novas Variedades de Cana de Açúcar Perspectivas para a Tecnologia na Agricultura e Desenvolvimento de Novas Variedades de Cana de Açúcar Federico Tripodi Diretor de Negócios de Cana de Açúcar Set/2014 Monsanto no Mundo Quem Somos Europa,

Leia mais

Instituto Federal Goiano Campus Rio Verde, GO

Instituto Federal Goiano Campus Rio Verde, GO RELATÓRIO TÉCNICO PARCIAL DE PRATICABILIDADE E EFICIÊNCIA AGRONÔMICA DO NOCTOVI NO MANEJO DE LEPDOPTERA NA CULTURA DA SOJA Projeto AGRO 05 006 - ISCA Tecnologias. 1 - TÍTULO: Aplicações sucessivas de NOCTOVI

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOSTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENERGIA NA AGRICULTURA - PPGEA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOSTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENERGIA NA AGRICULTURA - PPGEA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOSTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENERGIA NA AGRICULTURA - PPGEA CORNELIO PRIMIERI Eng. Agrônomo/Professor/Pesquisador FAG Faculdade Assis Gurgacz

Leia mais

CARACTERÍSTICAS AGROMORFOLÓGICAS DE VARIEDADES DE SOJA INDICADAS PARA CULTIVO NO RIO GRANDE DO SUL, SAFRA 2011/2012

CARACTERÍSTICAS AGROMORFOLÓGICAS DE VARIEDADES DE SOJA INDICADAS PARA CULTIVO NO RIO GRANDE DO SUL, SAFRA 2011/2012 CARACTERÍSTICAS AGROMORFOLÓGICAS DE VARIEDADES DE SOJA INDICADAS PARA CULTIVO NO RIO GRANDE DO SUL, SAFRA 2011/2012 STEFANELLO, Fernando 1. Tagliapietra & BONETTI, Luiz Pedro 2 Palavras-chave: Descritores

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A

CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A D E S E M P E N H O D E CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A O R I O G R A N D E D O S U L Julho, 2013 RESULTADOS DE 2012 2013 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas

Leia mais

18 PRODUTIVIDADE DA SOJA EM FUNÇÃO DA

18 PRODUTIVIDADE DA SOJA EM FUNÇÃO DA 18 PRODUTIVIDADE DA SOJA EM FUNÇÃO DA APLICAÇÃO DE MACRONUTRIENTES EM PÓS- EMERGÊNCIA DA CULTURA O objetivo neste trabalho foi avaliar a aplicação de macronutrientes de diversas fontes e épocas de aplicação

Leia mais

16 EFEITO DA APLICAÇÃO DO FERTILIZANTE FARTURE

16 EFEITO DA APLICAÇÃO DO FERTILIZANTE FARTURE 16 EFEITO DA APLICAÇÃO DO FERTILIZANTE FARTURE EM RELAÇÃO AO FORMULADO PADRÃO O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho do fertilizante Farture (00-12-12) em diferentes dosagens em relação ao

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DAS TECNOLOGIAS GERADAS PELA EMBRAPA

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DAS TECNOLOGIAS GERADAS PELA EMBRAPA RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DAS TECNOLOGIAS GERADAS PELA EMBRAPA Data limite para o envio da Síntese do Relatório de Impactos: 31/01/2015 Data limite para o relatório completo: 31/03/2015 Nome

Leia mais

Tecnologias de Manejo As cinco principais lagartas da cultura do milho no Brasil

Tecnologias de Manejo As cinco principais lagartas da cultura do milho no Brasil A cultura do milho é uma das mais importantes na agricultura brasileira. Presente em mais de 14 milhões de hectares, representa uma importante fonte de renda e desenvolvimento para muitas regiões produtoras

Leia mais

KWS Inovação e Selecção

KWS Inovação e Selecção KWS CATÁLOGO 2015 KWS CATÁLOGO 2015 KWS CATÁLOGO 2015 KWS CATÁLOGO 2015 KWS CATÁLO KWS Inovação e Selecção CATÁLOGO 2015 KWS no mundo: Grande expansão das atividades de investigação 2005/06 2006/07 2007/08

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DOS RELATOS DO DESEMPENHO DA CULTURA DA SOJA NO BRASIL - SAFRA 2015/2016. Divania de Lima Embrapa Soja Londrina-PR

CONSOLIDAÇÃO DOS RELATOS DO DESEMPENHO DA CULTURA DA SOJA NO BRASIL - SAFRA 2015/2016. Divania de Lima Embrapa Soja Londrina-PR CONSOLIDAÇÃO DOS RELATOS DO DESEMPENHO DA CULTURA DA SOJA NO BRASIL - SAFRA 2015/2016 Divania de Lima Embrapa Soja Londrina-PR RELATORES POR ESTADO Mércio Luiz Strieder Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Leia mais

OR Sementes: 26 anos de excelência em trigo

OR Sementes: 26 anos de excelência em trigo OR Sementes: 26 anos de excelência em trigo Em 8 de julho, 2015 ocorreu a Reunião Anual da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo. A destacada participação da OR Melhoramento de Sementes levanos a compartilhar

Leia mais

6.4 CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS

6.4 CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS 6.4 CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS Prejuízos: -Competição por água; -Competição por luz; -Competição por nutrientes; -Hospedeiros de pragas e doenças; -Interferência na operação de colheita. Período de competição:

Leia mais

CULTIVARES DE TRIGO EMBRAPA

CULTIVARES DE TRIGO EMBRAPA CULTIVARES DE TRIGO EMBRAPA Irrigado NR VCU 1 - Fria/Úmida VCU 2 - Quente/Úmida VCU 3 - Mod. Seca/Quente VCU 4 - Seca/Quente - Cerrado LEGENDA: Od Oídio FF Ferrugem da Folha MF Manchas Foliares Gib Giberela

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. Avaliação do comportamento de CULTIVARES DE SOJA semeadas em 2 épocas na região Parecis de Mato Grosso.

RELATÓRIO TÉCNICO. Avaliação do comportamento de CULTIVARES DE SOJA semeadas em 2 épocas na região Parecis de Mato Grosso. RELATÓRIO TÉCNICO Avaliação do comportamento de CULTIVARES DE SOJA semeadas em 2 épocas na região Parecis de Mato Grosso. Executora: P.A. Av. Nilo Torres, n 913 W, Parque Leblon, Tangará da Serra-MT CEP:

Leia mais

RESULTADOS DE 2009 CULTIVARES DE TRIGO INDICADAS PARA O PARANÁ E SÃO PAULO. Fevereiro, 2010

RESULTADOS DE 2009 CULTIVARES DE TRIGO INDICADAS PARA O PARANÁ E SÃO PAULO. Fevereiro, 2010 DESEMPENHO DE CULTIVARES DE TRIGO INDICADAS PARA O PARANÁ E SÃO PAULO Fevereiro, 2010 RESULTADOS DE 2009 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas pelo zoneamento agrícola, em

Leia mais

13 AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO VIA

13 AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO VIA 13 AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO VIA FOLIAR APLICADOS NA SOJA EM LUCAS DO RIO VERDE, MT O objetivo neste trabalho foi testar e avaliar o programa de nutrição foliar recomendado pela empresa Helena

Leia mais

Eng. Agr. Ederson A. Civardi. Bonito MS 2014

Eng. Agr. Ederson A. Civardi. Bonito MS 2014 Eng. Agr. Ederson A. Civardi Bonito MS 2014 Sumário 1 - Introdução 2 - Importância Soja 3 - Importância Mofo Branco 4 - Ciclo da doença 5 - Métodos de controle 6 - Alguns resultados de experimentos 7 -

Leia mais

MINAS GERAIS E REGIÃO CENTRAL DO BRASIL. Safra 2010/2011. Soja Transferência de Tecnologia. Embrapa Soja. Embrapa Transferência de Tecnologia

MINAS GERAIS E REGIÃO CENTRAL DO BRASIL. Safra 2010/2011. Soja Transferência de Tecnologia. Embrapa Soja. Embrapa Transferência de Tecnologia Soja Transferência de Tecnologia Embrapa Soja Rod. Carlos João Strass, acesso Orlando Amaral, Warta C. Postal 231 CEP 86001-970 Londrina, PR Telefone (43) 33716000 Fax (43) 33716100 www.cnpso.embrapa.br

Leia mais

Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Trigo 2012

Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Trigo 2012 09 Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Trigo 01 Introdução A falta de uma política de incentivo à triticultura nacional, a altura da importância que o produto tem para o Brasil e que

Leia mais

Embrapa Uva e Vinho CURSO SOBRE PRODUÇÃO INTEGRADA DE MAÇÃ João Bernardi Alexandre Hoffman

Embrapa Uva e Vinho CURSO SOBRE PRODUÇÃO INTEGRADA DE MAÇÃ João Bernardi Alexandre Hoffman Embrapa Uva e Vinho CURSO SOBRE PRODUÇÃO INTEGRADA DE MAÇÃ João Bernardi Alexandre Hoffman www.cnpuv.embrapa.br Normas PIM: PORTA-ENXERTO OBRIGATÓRIAS: Usar somente porta-enxertos (P.E.) recomendados;

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLOGICA DAS SEMENTES NA PRODUTIVIDADE DA CULTURA DA SOJA. Material e Métodos. Sementes (Brasil, 2009.

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLOGICA DAS SEMENTES NA PRODUTIVIDADE DA CULTURA DA SOJA. Material e Métodos. Sementes (Brasil, 2009. 1 02 AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLOGICA DAS SEMENTES NA PRODUTIVIDADE DA CULTURA Objetivo Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do vigor de sementes de soja na produtividade BOLETIM Material

Leia mais

CARLA DETONI EZEQUIEL *1 ; WAGNER DA ROSA HARTER 1 ; CAMILA HADDAD SILVEIRA 1 ; LUIZ HENRIQUE MARQUES 1 ; MAURICIO BATISTA 1

CARLA DETONI EZEQUIEL *1 ; WAGNER DA ROSA HARTER 1 ; CAMILA HADDAD SILVEIRA 1 ; LUIZ HENRIQUE MARQUES 1 ; MAURICIO BATISTA 1 Eficiência de no controle de Helicoverpa armigera (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae) na cultura do algodão Efficiency of to control Helicoverpa armigera (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae) on cotton CARLA

Leia mais

1.2. Situação da Cultura do Trigo no Brasil e no Mundo

1.2. Situação da Cultura do Trigo no Brasil e no Mundo 1.2. Situação da Cultura do Trigo no Brasil e no Mundo TRIGO BALANÇO MUNDIAL Ano Área Produção Consumo Consumo Estoque final (mil ha) (mil t) (mil t) per capta (mil t) (kg/hab/ano) 2007/08 217.102 612.708

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Soja Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. 2011/2012 Região Centro-Sul do Brasil

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Soja Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. 2011/2012 Região Centro-Sul do Brasil Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Soja Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento 2011/2012 Região Centro-Sul do Brasil Embrapa Soja Londrina, PR 2011 Exemplares desta publicação

Leia mais

RESULTADOS DE DESEMPENHO DAS CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA SC, PR, SP e MS. Julho, 2010

RESULTADOS DE DESEMPENHO DAS CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA SC, PR, SP e MS. Julho, 2010 DESEMPENHO DAS CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA SC, PR, SP e MS Julho, 2010 RESULTADOS DE 2009 2010 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas pelo zoneamento agrícola, em ensaios

Leia mais

IRGA 424 OPÇÃO DE PRODUTIVIDADE

IRGA 424 OPÇÃO DE PRODUTIVIDADE IRGA 424 OPÇÃO DE PRODUTIVIDADE A IRGA 424 apresenta como diferencial o alto potencial produtivo, responde muito bem ao manejo e às altas adubações. Origem: cruzamento IRGA 370-42-1-1F-B5/BR IRGA 410//IRGA

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA. MACRORREGIÕES 1, 2 e 3 Centro-Sul do Brasil

CULTIVARES DE SOJA. MACRORREGIÕES 1, 2 e 3 Centro-Sul do Brasil Embrapa Soja Rodovia Carlos João Strass, Acesso Orlando Amaral C. P. 231 CEP 86001-970 Londrina, PR Telefone: (43) 3371 6000 Fax: (43) 3371 6100 www.embrapa.br/soja www.embrapa.br/fale-conosco/sac/ Embrapa

Leia mais

DENSIDADE DE SEMEADURA E POPULAÇÃO INICIAL DE PLANTAS PARA CULTIVARES DE TRIGO EM AMBIENTES DISTINTOS DO PARANÁ

DENSIDADE DE SEMEADURA E POPULAÇÃO INICIAL DE PLANTAS PARA CULTIVARES DE TRIGO EM AMBIENTES DISTINTOS DO PARANÁ DENSIDADE DE SEMEADURA E POPULAÇÃO INICIAL DE PLANTAS PARA CULTIVARES DE TRIGO EM AMBIENTES DISTINTOS DO PARANÁ José Salvador Simoneti Foloni 1*, Manoel Carlos Bassoi 1, Luis César Vieira Tavares 1, Larissa

Leia mais

CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DE CULTIVARES DE ARROZ IRRIGADO E DE SEQUEIRO RECOMENDADAS PARA O MATO GROSSO DO SUL

CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DE CULTIVARES DE ARROZ IRRIGADO E DE SEQUEIRO RECOMENDADAS PARA O MATO GROSSO DO SUL Nº. 7, set./94, p.1-5 CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DE CULTIVARES DE ARROZ IRRIGADO E DE SEQUEIRO RECOMENDADAS PARA O MATO GROSSO DO SUL João Carlos Heckler¹ Carlos Ricardo Fietz² Reinaldo Bazoni³ 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safra 2014/2015

Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safra 2014/2015 Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safra 2014/2015 REALIZAÇÃO: Apoio www.fundacaoprosementes.com.br A Fundação Pró-Sementes 1999 Constituída por 39 Produtores de sementes do estado do Rio Grande do Sul

Leia mais

6 Práticas Culturais

6 Práticas Culturais CULTURA DO ARROZ 6 Práticas Culturais A produção de arroz no Brasil é feita em dois grandes sistemas: - Terras altas - Várzeas Incluindo diversas modalidades de cultivo. Cultivo irrigado com irrigação

Leia mais

AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE AVEIA BRANCA (Avena sativa) NA REGIÃO SUL DE MATO GROSSO DO SUL, SAFRAS 1997 E 1998

AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE AVEIA BRANCA (Avena sativa) NA REGIÃO SUL DE MATO GROSSO DO SUL, SAFRAS 1997 E 1998 ISSN 0104-5164 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Emrapa Agropecuária Oeste Ministério da Agricultura e do Aastecimento BR 163, km 253,6 - Trecho Dourados-Caarapó km 5 Caixa Postal 661 79804-970

Leia mais

Rally da Safra. QUALIDADE DE GRÃOS Safra 2014/2015. Cuiabá, 08 de Julho de 2015

Rally da Safra. QUALIDADE DE GRÃOS Safra 2014/2015. Cuiabá, 08 de Julho de 2015 Rally da Safra QUALIDADE DE GRÃOS Safra 2014/2015 Cuiabá, 08 de Julho de 2015 Parâmetros de Qualidade Classificação Proteína Bruta Extrato Etéreo Composição Química VARIAÇÃO DE PROTEÍNA E ÓLEO Proteína:

Leia mais

Densidade de pragas e inimigos naturais em resposta ao tratamento de sementes de soja com inseticidas.

Densidade de pragas e inimigos naturais em resposta ao tratamento de sementes de soja com inseticidas. Densidade de pragas e inimigos naturais em resposta ao tratamento de sementes de soja com inseticidas. Vieira, A.C. ; Sismeiro, M.N.S. ; Visentini, A. 2 ; Tura, G.M. 2 ; Fazam, J.C. ; Silva, J.E.P. Da

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR Foi realizado no dia 10 de julho de 2012 em Guarapuava (PR), o painel de custos de produção de grãos. A pesquisa faz parte do Projeto Campo Futuro da Confederação

Leia mais

A Importância da Utilização de Sementes de Alto Vigor e os Seus Efeitos Sobre a Produtividade da Soja

A Importância da Utilização de Sementes de Alto Vigor e os Seus Efeitos Sobre a Produtividade da Soja A Importância da Utilização de Sementes de Alto Vigor e os Seus Efeitos Sobre a Produtividade da Soja José de Barros França Neto Embrapa Soja 67º SIMPAS 24/11/2015 Sinop, MT Base para o sucesso da lavoura!!!

Leia mais