Manual do Usu rio Perfil Benefici rio Portal Unimed Centro-Oeste e Tocantins

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Usu rio Perfil Benefici rio Portal Unimed Centro-Oeste e Tocantins"

Transcrição

1 Manual do Usu rio Perfil Benefici rio P gina 1 de 13

2 1. Introdu o Est e do c u m e n t o te m co m o obj e ti v o de m o n s t r a r pa s s o a pa s s o as prin ci p a i s fu n ci o n a l i d a d e s de s ti n a d a s ao be n e f i c i r i o do Po r t a l U ni m e d C e n t r o- O e s t e e To c a n t i n s. 2. In ͺcio Clique em um dos dois links informados na imagem acima; Caso j tenha cadastro em nosso Portal, clique no local indicado pelo n ²mero 1; Para se cadastrar em nosso Portal, clique no local indicado pelo n ²mero 2. P gina 2 de 13

3 P gina 3 de 13

4 3. Cadastro de benefici rio Est a fun ci o n a l i d a d e pe r m i t e ao be n e f i c i r i o se ca d a s t r a r e m no s s o Po r t a l. Caso 1: C a s o vo c Ί sai b a se u n ² m e r o da ca rt e i r a U n i m e d, cliq u e aq u i; Caso 2: C a s o n 0 0 o sai b a se u n ² m e r o da car t e i r a U n i m e d, cliq u e aq u i; Passo 1: C a s o te n h a es c o l h i d o o caso 1, pr e e n c h a o ca m p o co m se u n ² m e r o da car t e i r a U n i m e d, se m os 3 pri m e i r o s n ² m e r o s (978). Ex e m p l o : C d i g o da car t e i r a : , digit a r ; Passo 2: C a s o te n h a es c o l h i d o o caso 2, pr e e n c h a o ca m p o co m o C P F do titul a r do pla n o de sa ² d e ; Passo 3: Pr e e n c h a o ca m p o co m a dat a de na s c i m e n t o do titul a r do pla n o de sa ² d e ; Passo 4: Pr e e n c h a o ca m p o co m o se u e-m a il; Passo 5: C o n f i r m e o se u e-m a il; Passo 6: Pr e e n c h a o ca m p o co m u m a se n h a da su a es c o l h a ; Passo 7: C o n f i r m e su a se n h a ; Passo 8: Cli q u e no bo t 0 0 o C a d a s t r a r. P gina 4 de 13

5 4. Efetuar login Est a se o de m o n s t r a co m o u m be n e f i c i r i o efe t u a lo gi n e m no s s o Po r t a l. Caso 1: Cli q u e aq u i Caso 2: Cli q u e aq u i Caso 3: Cli q u e aq u i Passo 1: Pr e e n c h a C P F); Passo 2: Pr e e n c h a Passo 3: Cli q u e no ca s o pr e fir a fa z e r o ca s o pr e fir a fa z e r o ca s o pr e fir a fa z e r o o ca m p o es c o l h i d o logi n co m se u n ² m e r o da ca rt e i r a U n i m e d ; logi n co m se u e-m a il; logi n co m se u C P F ; e m u m do s ca s o s aci m a (N ² m e r o da car t e i r a U ni m e d, E-m a il ou o ca m p o co m a se n h a qu e us o u par a faz e r o ca d a s t r o ; bo t 0 0 o Lo g i n. P gina 5 de 13

6 5. Atualiza o de cadastro Est a fun ci o n a l i d a d e te m o obj e ti v o de atu a li z a r os da d o s do be n e f i c i r i o ca d a s t r a d o s na U ni m e d. Clique no local indicado na imagem acima. P gina 6 de 13

7 Passo 1: Pr e e n c h a o ca m p o co m se u no m e ; Passo 2: Pr e e n c h a o ca m p o co m se u C P F ; Passo 3: In di q u e se vo c Ί po s s u i alg u m tip o de defi ci Ί n c i a f ͺsic a ; Passo 4: Pr e e n c h a o ca m p o co m o no m e de se u pai; Passo 5: Pr e e n c h a o ca m p o co m o no m e de su a m 0 0 e ; Passo 6: Pr e e n c h a o ca m p o co m su a da t a de na s c i m e n t o ; Passo 7: Es c o l h a se u se x o ; Passo 8: Pr e e n c h a o ca m p o co m se u R G; Passo 9: Pr e e n c h a o ca m p o co m o r g 0 0 o de se u R G; Passo 10: Pr e e n c h a o ca m p o co m o no m e de su a cid a d e ; Passo 11: Pr e e n c h a o ca m p o co m se u log r a d o u r o ; Passo 12: Pr e e n c h a o ca m p o co m alg u m co m p l e m e n t o de se u en d e r e 0 4 o ; P gina 7 de 13

8 Passo 13: Pr e e n c h a o ca m p o co m se u bair r o ; Passo 14: Pr e e n c h a o ca m p o co m o est a d o e m qu e vo c Ί m o r a ; Passo 15: Pr e e n c h a o ca m p o co m o n ² m e r o de su a ca s a, ap a r t a m e n t o, etc; Passo 16: Pr e e n c h a o ca m p o co m se u C E P. Passo 17: Cli q u e no bo t 0 0 o Cadastrar. 6. Hist rico de atendimento Est a fun ci o n a l i d a d e pe r m i t e vis u a l i z a r to d o s os ate n d i m e n t o s qu e o be n e f i c i r i o fe z us a n d o o no s s o pla n o de sa ² d e. Passo 1: N o ca m p o Data Inicial, info r m e a da t a de in ͺci o de s e j a d a pa r a a co n s u l t a ; Passo 2: N o ca m p o Data Final, info r m e a da t a fin al de s e j a d a pa r a a co n s u l t a ; Passo 3: Cli q u e no bo t 0 0 o Consultar; P gina 8 de 13

9 Passo 4: Cli q u e no loc a l indi c a d o na im a g e m aci m a (ima g e m de u m a lup a) par a vis u a l i z a r os de t a l h e s da co n s u l t a. P gina 9 de 13

10 7. Imprimir IRPF Est a fun ci o n a l i d a d e pe r m i t e ao be n e f i c i r i o vis u a l i z a r, im p r i m i r ou salv a r se u im p o s t o de re n d a de pe s s o a f ͺsi c a. Clique no local indicado na imagem acima. Caso 1: Cli q u e aq u i ca s o pr e fir a im p r i m i r o IR P F do Tit ul a r; Caso 2: Cli q u e aq u i ca s o pr e fir a im p r i m i r o Tit ul a r e se u s de p e n d e n t e s ; Passo 1: N o ca m p o Ano Referente, es c o l h a o an o o qu a l de s e j a qu e sej a im p r e s s o o IR P F ; Passo 2: Cliq u e e m im p r m i r. Se r cria d o u m ar q u i v o.pdf o qu a l o be n e f i c i r i o po d e r sal v a r e m se u co m p u t a d o r ou abrir. E m qu a l q u e r u m a da s op e s, o be n e f i c i r i o po d e r vis u a l i z a r e im p r i m i r o ar q u i v o us a n d o o pr o g r a m a Ad o b e R e a d e r (w w w. adobe.co m/b r/pr o d u c t s/ reader/) ou qu a l q u e r ou tr o pr o g r a m a de su a pr e f e r Ί n c i a. P gina 10 de 13

11 P gina 11 de 13

12 8. Segunda via de boleto Est a fun ci o n a l i d a d e pe r m i t e ao be n e f i c i r i o im p r i m i r a se g u n d a via de bol e t o ba n c r i o do no s s o pla n o de sa ² d e. Clique no local indicado na imagem acima. P gina 12 de 13

13 Passo 1: Cli q u e no loc a l qu e cor r e s p o n d e a u m a im p r e s s o r a indi c a d a pel a im a g e m aci m a. Se r cria d o u m ar q u i v o.pdf o qu a l o be n e f i c i r i o po d e r sal v a r e m se u co m p u t a d o r ou abrir. E m qu a l q u e r u m a da s op e s, o be n e f i c i r i o po d e r vis u a li z a r e im p r i m i r o ar q u i v o us a n d o o pr o g r a m a Ad o b e R e a d e r ( ou qu a l q u e r ou tr o pr o g r a m a de su a pr e f e r Ί n c i a. P gina 13 de 13

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO 1. RESULTADOS QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO 1.1- QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO: AMOSTRA REFERENTE AS

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

REGULAMENTO DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE HOSPEDAGEM No u s o d a c o mp e t ê n c i a p r e v i s t a al í n e a v ) d o n. º 1 d o ar t i g o 64º d o De c r e t o -Le i n. º 1

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus da fuvest 009 ª fase - Matemática 08.0.009 MATEMÁTIA Q.0 Na figura ao lado, a reta r tem equação y x no plano cartesiano Oxy. Além dis so, os pontos 0,,, estão na reta r, sendo 0 = (0,). Os pontos A 0,

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP GIS Gertran Integration Suite Guia de T ransferência de Arquivos Entidade x DATAPREV Versão 1.0 HTTPS G I S G ui a de T ra n sf er ên ci a d e Ar qu i vo s 1/ 8 ÍNDICE ANALÍT ICO 1. INTRODU ÇÃO......4

Leia mais

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 D A T A D E A B E R T U R A : 2 9 d e d e z e m b r o d e 2 0 1 0 H O R Á R I O : 9:0 0 h o r a s L O C A L D A S E S S Ã O P Ú B L I C A: S a l a d a C P L/

Leia mais

Resolução feita pelo Intergraus! Módulo Objetivo - Matemática FGV 2010/1-13.12.2009

Resolução feita pelo Intergraus! Módulo Objetivo - Matemática FGV 2010/1-13.12.2009 FGV 010/1-13.1.009 VESTIBULAR FGV 010 DEZEMBRO 009 MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A PROVA DE MATEMÁTICA QUESTÃO 1 (Prova: Tipo B Resposta E; Tipo C Resposta C; Tipo D Resposta A) O gráfico abaio fornece o

Leia mais

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to.

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. GASTRONOMIA Instruções Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. Res pe i te mar gens e en tra das de pa rá gra fo. Use as in for ma ções

Leia mais

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.)

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.) 32988 Quarta-feira 22 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Ou tu bro de 2003 Art. 3º O Gru po Parlamentar reger-se-á pelo seu regulamento in ter no ou, na falta deste, pela decisão da ma i o ria absoluta de seus mem

Leia mais

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10 QUESTÃO 1 VESTIBULAR FGV 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS 15 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA MANHÃ MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A O mon i tor de um note book tem formato retangular com a di ag o nal medindo

Leia mais

ér co pe pa as le so se al tr on ro pr arc lie ond ase ete ole es ima ine red air o ca re uta mito K iro tei K bj or d orei ali tr tio seg as o em ocr at co arc h ong ab chl

Leia mais

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO A Casan 5/09) Diário do Sul/Tubarão - 29/09/2015 2 - Colunista - Arilton Barriros Mídia Imprssa A Ca www.clipagm.com.br 1 Mídia Imprssa Pr Projto d li ncaminha Balnário Piçarras ao tratamnto d sgoto 8/09)

Leia mais

Palavra. puxa. menina menina

Palavra. puxa. menina menina menina menina menino menino sapato sapato bota bota uva uva mamã mamã leque leque casa casa janela janela telhado telhado escada escada chave chave galinha galinha gema gema rato rato cenoura cenoura girafa

Leia mais

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO Consórcio muda d ndrço Corrio Lagano - 20/01/2016 5 - Colunista - Olivt Salmória Mídia Imprssa Co m d n 1 Içara prd vantagm comptitiva 9/01) Diário d Notícias/Criciúma - 20/01/2016 7 - Gral Mídia Imprssa

Leia mais

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP GIS Gertran Integration Suite Guia de T ransferência de Arquivos Entidade x DATAPREV Versão 1.0 SFTP 1/ 8 ÍNDICE ANALÍT ICO 1. INTRODU ÇÃO......4 2. TRANSFERÊNCIA VIA SFTP......5 3. CONSIDERAÇÕES FINAIS......8

Leia mais

URBANISMO COMERCIAL EM PORTUGAL E A REVITALIZAÇÃO DO CENTRO DAS CIDADES

URBANISMO COMERCIAL EM PORTUGAL E A REVITALIZAÇÃO DO CENTRO DAS CIDADES LEITURAS URBANISMO COMERCIAL EM PORTUGAL E A REVITALIZAÇÃO DO CENTRO DAS CIDADES [Carlos José Lopes Balsas (1999), Gabinete de Estudos e Prospectiva Económica, Ministério da Economia, ISBN: 972-8170-55-6]

Leia mais

Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades

Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades PNV 289 Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades Orides Bernardino São Leopoldo/RS 2012 Centro de Estudos Bíblicos Rua João Batista de Freitas, 558 B. Scharlau Caixa Postal 1051 93121-970

Leia mais

Confronto com as idéias a respeito de literatura infantil

Confronto com as idéias a respeito de literatura infantil AULA S LI T E R A T U R A IN F A N T I L E J U V E N I L LI N G U A G E M D O IM A G I N Á R I O I Pr o f a. Dr a M a r i a Zil d a d a C u n h a I - Introdução A liter a t u r a inf a n t i l e juv e

Leia mais

LICENÇA WEB E DESKTOP GUIA DE CADASTRO E ATIVAÇÃO

LICENÇA WEB E DESKTOP GUIA DE CADASTRO E ATIVAÇÃO LICENÇA WEB E DESKTOP ÍNDICE LICENÇA WEB E DESKTOP (CADASTRO) Criar conta (cadastro)...3 Confirmação de cadastro...3 LICENÇA WEB Gerar licença web...5 Ativar licença web...6 Alterar licença web...7 LICENÇA

Leia mais

PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O

PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O O s depós itos fos s ilíferos, o s s ítios paleontológ icos (paleobiológicos ou fossilíferos) e o s fós s eis q u e a p r e s e n ta m valores científico, educativo o u cultural

Leia mais

MODALIDADES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL DOS QUADROS SUPERIORES NAS EMPRESAS

MODALIDADES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL DOS QUADROS SUPERIORES NAS EMPRESAS MODALIDADES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL DOS QUADROS SUPERIORES NAS EMPRESAS João Pedro Cordeiro Resumo O presente artigo versa sobre as práticas de gestão de recursos humanos pelas empresas, e mais especificamente

Leia mais

Ainda há Tempo, Volta

Ainda há Tempo, Volta Ainda há empo, Volta Letra e Música: Diogo Marques oprano ontralto Intro Envolvente (q = 60) enor aixo Piano Ó Œ. R.. F m7 2 A b 2 E b.. 2 Ó Œ É 2 Ó Œ F m7 2.. 2 2 A b 2 2 Ainda há empo, Volta Estrofe

Leia mais

MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR

MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR O Sonho de Renato O Sonho de Renato a e i o u A E I O U so nho de Re na to Eu sou Renato Valadares Batista. Tenho 14 anos. Sou filho de Pedro Batista e Luzia Valadares.

Leia mais

Jingle de 50 anos da Eletrobras Arranjo vocal para vozes mistas com acompanhamento

Jingle de 50 anos da Eletrobras Arranjo vocal para vozes mistas com acompanhamento Paa os bavos e talentosos cantoes do Sisa Eleto Jingle de 50 anos da Eleto Aanjo vocal paa vozes mistas com acompanhamento Aanjo de Cismaie Hackenbeg Rio de Janeio, 24/04/2012 Contato: cismaie@ioacappella.com.b

Leia mais

LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 SUMÁRIO. T í t u l o I C a p í t u l o Ú n i c o D a s D i s p o s i ç õ e s P re l i m i n a res

LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 SUMÁRIO. T í t u l o I C a p í t u l o Ú n i c o D a s D i s p o s i ç õ e s P re l i m i n a res LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 SUMÁRIO T í t u l o I C a p í t u l o Ú n i c o D a s D i s p o s i ç õ e s P re l i m i n a res T í t u l o I I D o P ro v i m e n t o, Va c â n c i a, R e m o

Leia mais

SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de TI

SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de TI Manual do Usuário Manual do Usuário SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de TI Suporte e Help Desk - IMA Linhas gerais - Objetivos SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de Suporte, desenvolvido

Leia mais

Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal.

Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal. Manual do Comprador 1 Comprar Anúncios Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal. 1.1 CRIAR CONTA TURISMO AGORA Para comprar produtos

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO Certidão e Reimpressão de Documentos 1 / 17 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada...

Leia mais

UNICAMP 2012 (2ª Fase)

UNICAMP 2012 (2ª Fase) 1. Re so lu ção (se rá con si de ra do ape nas o que es ti ver den tro des te es pa ço). a)...in te res se do pú bli co (L1): Tra ta-se de um subs tan ti vo pos to que de ter mi na do pe lo ar ti go o,

Leia mais

Quero um Novo Lar پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 0 پ0 0 پ0 3پ0 0 پ0 3 پ0 0

Quero um Novo Lar پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 0 پ0 0 پ0 3پ0 0 پ0 3 پ0 0 1 3 پ0 7 _ پ0 7 _ پ0 7 _ & 4 7 A. ز E 7 1 j j پ0گ7? 4 n #_ n _ L? Mi - nha ca -sa e -ra ve - ha nپ0ٹ0o po - di - a su - por - tar پ0ˆ7. _ eu me 4 پ0 7 پ0 8 & E 7 G 6 /A A _.. nnn_ n پ0ˆ7_ j j j j G j پ0گ7

Leia mais

Medley Forró 2. œ œ # œ œ œ œ #.

Medley Forró 2. œ œ # œ œ œ œ #. Roteiro e adapta: Edu Morelenbaum e Rold Valle Ú 106 sa Branca 4 2 Luiz Gonzaga # # 6 # # # # # 12 # # # # # # 18 # # # # # 24 0 Quan-do_o - # iei # # de São Jo - ão - - - a # ter - ra_ar - D # Eu per-gun

Leia mais

E v o lu ç ã o d o c o n c e i t o d e c i d a d a n i a. A n t o n i o P a i m

E v o lu ç ã o d o c o n c e i t o d e c i d a d a n i a. A n t o n i o P a i m E v o lu ç ã o d o c o n c e i t o d e c i d a d a n i a A n t o n i o P a i m N o B r a s i l s e d i me nt o u - s e u ma v is ã o e r r a d a d a c id a d a n ia. D e u m mo d o g e r a l, e s s a c

Leia mais

VESTIBULAR UNICAMP 2010-1ª FASE - NOVEMBRO/2009

VESTIBULAR UNICAMP 2010-1ª FASE - NOVEMBRO/2009 VESTIBULAR UNICAMP 2010-1ª FASE - NOVEMBRO/2009 Comentário da Redação Nes te ano, a pro va de Re da ção da Uni camp foi ex ce len te. Em pri me i ro lu gar, pelo res pe i to ao for ma to tra di ci o nal

Leia mais

SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL DE MATO GROSSO DO SUL

SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL DE MATO GROSSO DO SUL SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL DE MATO GROSSO DO SUL 2. Links Uteis Site do IMASUL http://www.imasul.ms.gov.br/ Acessar

Leia mais

nelson de oliveira ódio sustenido

nelson de oliveira ódio sustenido ódio sustenido sai da chu va, josé! Ah, José, que é que vo cê faz aí parado? Sai da chu va, José! Larga es sa tai nha e cor re pra varanda. Ah, José, a vi da não é só ga nhar ou per der. Você sa be dis

Leia mais

ÍCONE QUE INICIA O SISTEMA

ÍCONE QUE INICIA O SISTEMA ÍCONE QUE INICIA O SISTEMA De duplo clique para abrir a tela de login abaixo: PASSOS: 1-Mantenha apenas PRD no campo Ambiente 2-Clique em Abrir Ambiente de Conexão com o Banco de Dados para carregar os

Leia mais

P PÓ P. P r r P P Ú P P. r ó s

P PÓ P. P r r P P Ú P P. r ó s P PÓ P P r r P P Ú P P r ó s P r r P P Ú P P ss rt çã s t à rs r t t r rt s r q s t s r t çã r str ê t çã r t r r P r r Pr r r ó s Ficha de identificação da obra elaborada pelo autor, através do Programa

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

P R O J E Ç Õ E S. Produção Vendas Interna Importação Exportação Emprego ,1% -10,7% 6,2% -3,7% ,3% 2,0% 3,5% 5,0% 15.

P R O J E Ç Õ E S. Produção Vendas Interna Importação Exportação Emprego ,1% -10,7% 6,2% -3,7% ,3% 2,0% 3,5% 5,0% 15. BOLETIM TENDÊNCIAS DE CURTO PRAZO ANÁLISE GERAL J ANEIRO. 2017 L i d e r a d a p e l a i n d ú s t r i a T ê x t i l, a p r o d u ç ã o i n d u s t r i a l da c a d e i a de T ê x ti l & V e s t u á r

Leia mais

Correção da Unicamp 2009 2ª fase - Matemática feita pelo Intergraus. 14.01.2009

Correção da Unicamp 2009 2ª fase - Matemática feita pelo Intergraus. 14.01.2009 MATEMÁTICA 1. O transporte de carga ao porto de Santos é feito por meio de rodovias, ferrovias e dutovias. A tabela abaixo for ne ce al guns da dos re la ti vos ao trans por te ao por to no pri me i ro

Leia mais

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197.

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197. Ferramentas Elétricas Ferramentas Ferragem EPI Agronegócio Hidráulica Elétrica Químicos e Impermeabilzantes Pintura ÍNDICE Por departamento / Seção EPI Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção

Leia mais

Manual de Inscrição Online do Processo Seletivo MANUAL DE INSCRIÇÃO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014

Manual de Inscrição Online do Processo Seletivo MANUAL DE INSCRIÇÃO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014 MANUAL DE INSCRIÇÃO ONLINE DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014 Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) 3031-5050 CEP: 86.061-450 1 SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SITE... 3

Leia mais

REGULA M E N T O DO PROGRA M A SUPER PONTO S

REGULA M E N T O DO PROGRA M A SUPER PONTO S REGULA M E N T O DO PROGRA M A SUPER PONTO S SORO C R E D 1. DEFINIÇÕE S 1.1. AD M I N I S T R A D O R A S O R O C R E D AD M I N I S T R A D O R A DE CA R T Õ E S DE CR É D I T O LT D A. 1.2. AFILI A

Leia mais

Orientações para Cadastramento com Certificado Digital no sistema de Visualização de Autos do TST

Orientações para Cadastramento com Certificado Digital no sistema de Visualização de Autos do TST Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários no sistema de Visualização de Autos do TST (Versão 1.0 Atualizado em 20/02/2015) Orientações para Cadastramento com

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

O que é a Nota Fiscal Eletrônica?

O que é a Nota Fiscal Eletrônica? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? A Nota Fiscal Eletrônica - NFS-e é um documento fiscal digital gerado e armazenado eletronicamente em tempo real, no site da própria Prefeitura, com o objetivo de registrar

Leia mais

Bem vindo ao Tutorial Peso Ideal

Bem vindo ao Tutorial Peso Ideal Bem vindo ao Tutorial Aqui você encontrará informações sobre como u lizar o portal do aluno. 1 Acessando o Portal Ao acessar em seu navegador o você será direcionado para esta página, que é a área de login

Leia mais

10.1 Objetivos, Conceitos e Funções. Os obje ti vos prin ci pais do con tro le orça men tá rio são: Responsabilidade pelo Controle Orçamentário

10.1 Objetivos, Conceitos e Funções. Os obje ti vos prin ci pais do con tro le orça men tá rio são: Responsabilidade pelo Controle Orçamentário Capítulo 10 Controle Orçamentário Essa etapa acon te ce após a exe cu ção das tran sa ções dos even tos eco nô mi cos pre vis - tos no plano orça men tá rio. Não se con ce be um plano orça men tá rio sem

Leia mais

16 CARLOS RODRIGUES BRANDÃO

16 CARLOS RODRIGUES BRANDÃO 16 CARLOS RODRIGUES BRANDÃO 1 a Começa assim Este jogo começa com todos os participantes procurando as PA LAVRAS SEMENTES. E isso não é nada difícil! Basta as pessoas que vão jogar o jogo saírem conversando

Leia mais

DE PESSOAL DE NÍVEL N. Brasília, Março de 2010 Ministério da Educação

DE PESSOAL DE NÍVEL N. Brasília, Março de 2010 Ministério da Educação Brasília, Março de 2010 I Conferência da ANAMBA e Encontro Regional Americano do EMBA COUNCIL São Paulo, 08 a 10 de março de 2010 A AVALIAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO TÓPICOS O SNPG e a necessidade

Leia mais

Correção da Unicamp 2010 2ª fase - Física feita pelo Intergraus. 12.01.2010

Correção da Unicamp 2010 2ª fase - Física feita pelo Intergraus. 12.01.2010 da Unicamp 010 ª fase - Física 1.01.010 UNICAMP 010 - FÍSICA Esta prova aborda fenômenos físicos em situações do cotidiano, em experimentos científicos e em avanços tecnológicos da humanidade. Em algumas

Leia mais

Manual SIGETEC. Sistema de Gestão Tecnológica MANUAL DO USUÁRIO. Proinfo. Ministério da Educação

Manual SIGETEC. Sistema de Gestão Tecnológica MANUAL DO USUÁRIO. Proinfo. Ministério da Educação Manual SIGETEC Sistema de Gestão Tecnológica MANUAL DO USUÁRIO Proinfo Ministério da Educação Índice Login 4 Esqueceu sua Senha 5 Trocar Senha 5 Financeiro Importação de Arquivos 7 Log de Importação de

Leia mais

Como Digitalizar e Enviar seus Documentos

Como Digitalizar e Enviar seus Documentos 1 Como Digitalizar e Enviar seus Documentos Informamos que para a efetivação do seu cadastro e principalmente para a solicitação de crédito Belcorp, é obrigatório o envio do cadastro e contrato impressos,

Leia mais

Vamos Subir Nova Voz

Vamos Subir Nova Voz c c Vamos Subir Nova Voz 2 Letra e Música: Lucas Pimentel Arr: Henoch Thomas 2 5 2 to Eu-pos tem - po te-nho ou vi - do a pro- 2 g g 8 mes - sa de que vi - rás pra res -ga -tar os fi-lhos Teus Nem sem-pre

Leia mais

Manual do Portal do Aluno

Manual do Portal do Aluno Manual do Portal do Aluno Setor de Tecnologia da Informação T.I. Escola Superior Batista do Amazonas Última revisão: 9/10/2012 Conteúdo 1. Acessando o Portal do Aluno... 3 2. Menu do Portal do Aluno...

Leia mais

Cadastro Territorial Multifinalitário no planejamento e gestão territorial urbana

Cadastro Territorial Multifinalitário no planejamento e gestão territorial urbana Mundo Geo Connect Seminário Geotecnologia na Gestão Municipal Sessão Desafios para as Prefeituras: o CTM como instrumento de política fiscal e urbana São Paulo, 16 de junho de 2011 Cadastro Territorial

Leia mais

LEI Nº 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973. Insti tui o Código de Processo Ci vil.

LEI Nº 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973. Insti tui o Código de Processo Ci vil. Outubro de 2003 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira 31 34351 ares, me diante a exibição de ofí cio ou mandado em forma regular. 1º So men te se ex pe di rá pre ca tó ria, quando, por essa for ma, for

Leia mais

KEITH CAMERON SMITH. As 10 principais diferenças entre os milionários e a classe média

KEITH CAMERON SMITH. As 10 principais diferenças entre os milionários e a classe média KEITH CAMERON SMITH As 10 principais diferenças entre os milionários e a classe média Prefácio Por que es cre vi es te livro? Três mo ti vos me le va ram a es cre ver es te li vro. O pri - meiro foi a

Leia mais

ALTERAÇÃO DAS CONFI GURAÇÕES PESSOAI S... 3 I NSERÇÃO DE M ATERI AL NO PORTAL... 3 1. NOTÍ CI A... 3 2. EVENTO... 4 3. PÁGI NA... 4 4. I MAGEM...

ALTERAÇÃO DAS CONFI GURAÇÕES PESSOAI S... 3 I NSERÇÃO DE M ATERI AL NO PORTAL... 3 1. NOTÍ CI A... 3 2. EVENTO... 4 3. PÁGI NA... 4 4. I MAGEM... GUIA DO USUÁRIO CGI ALTERAÇÃO DAS CONFI GURAÇÕES PESSOAI S... 3 I NSERÇÃO DE M ATERI AL NO PORTAL... 3 1. NOTÍ CI A... 3 2. EVENTO... 4 3. PÁGI NA... 4 4. I MAGEM... 5 5. ARQUI VO... 6 6. DOCUMENTO...

Leia mais

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO Bem-vindo à VR Benefícios Entendemos a importância deste benefício aos seus funcionários e por isso queremos estar com você neste momento. Utilize este guia

Leia mais

Av. Tor res de Oli vei ra, 255 Ja gua ré - São Pau lo - SP (11) Rua Pa dre Car va lho, 730 (11) Pi nhei ros - São Pau lo - SP

Av. Tor res de Oli vei ra, 255 Ja gua ré - São Pau lo - SP (11) Rua Pa dre Car va lho, 730 (11) Pi nhei ros - São Pau lo - SP Serigrafados Bisotados Temperados Laminados Av. Tor res de Oli vei ra, 255 Ja gua ré - São Pau lo - SP (11) 2827-2100 Rua Pa dre Car va lho, 348 Pi nhei ros - São Pau lo - SP (11) 2142-8588 Rua Pa dre

Leia mais

Sumário. Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos. 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3

Sumário. Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos. 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3 Sumário Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3 2 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos) Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos

Leia mais

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem Quadro de conteúdos Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano Língua Portuguesa Matemática História Geografia Ciências Naturais Arte Inglês ABC da passarinhada O alfabeto Quantidade A ideia de quantidade Eu, criança

Leia mais

The Visgraf Video Database

The Visgraf Video Database Como se usa o sistema The Visgraf Video Database Na página inicial deve-se fazer login com nome de usuário e senha. Se o usuário for um administrador vai ser direcionado a uma página específica aos administradores.

Leia mais

f F LÍNGUA PORTUGUESA figo faca foca café fumo fa fe fi fo fu Fa Fe Fi Fo Fu Eu sou a letra que se lê fa, fe, fi, fo, fu. Completa.

f F LÍNGUA PORTUGUESA figo faca foca café fumo fa fe fi fo fu Fa Fe Fi Fo Fu Eu sou a letra que se lê fa, fe, fi, fo, fu. Completa. Data : / / Eu sou a letra que se lê fa, fe, fi, fo, fu. Completa. faca figo foca f F café fumo fa fe fi fo fu Fa Fe Fi Fo Fu É a família. É a familia. É o Filipe. É o Filipe. Copia. f fa fe fi fo fu F

Leia mais

O RESTAURANTE NO FIM DO UNIVERSO

O RESTAURANTE NO FIM DO UNIVERSO O RESTAURANTE NO FIM DO UNIVERSO DOUGLAS ADAMS O RESTAURANTE NO FIM DO UNIVERSO Volume Dois da Série O MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS A Jane e James, agradecimentos profundos; a Geoffrey Perkins, por realizar

Leia mais

Manual Internet Colaborador. Manual Internet Colaborador Venda Virtual Automóveis Seminovos. 4/7/2012 Página 1

Manual Internet Colaborador. Manual Internet Colaborador Venda Virtual Automóveis Seminovos. 4/7/2012 Página 1 Manual Internet Colaborador Venda Virtual Automóveis Seminovos 4/7/2012 Página 1 Sumário 1. Acesso ao Sistema...3 2. Criar Login e Senha...3 3. Alterar senha no 1º acesso...5 4. Efetuar o Login...8 5.

Leia mais

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO GLOSSÁRIO PREV PEPSICO A T A A ABRAPP Aã Aã I Aí I R ANAPAR A A M A A A Lí Aá S C é ç í ê çõ 13ª í ã. Açã B E F Pê P. Cí ê, ã ê. V Cê Aã P ( á). N í, - I R P Fí (IRPF), S R F, à í á, ( 11.053 2004), çã.

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO Bem-vindo à VR Benefícios Entendemos a importância deste benefício aos seus funcionários e por isso queremos estar com você neste momento. Utilize este guia

Leia mais

TUTORIAL PORTAL AO ALUNO. Acesse o Site da Escola QI.EDUBR. Parando o Mouse em cima do link Portal do Aluno:

TUTORIAL PORTAL AO ALUNO. Acesse o Site da Escola QI.EDUBR. Parando o Mouse em cima do link Portal do Aluno: Pg.1 Acesse o Site da Escola QI.EDUBR Parando o Mouse em cima do link Portal do Aluno: Você terá acesso para: Faculdade Matrícula Online; Acessar o Portal; Download Do Manual de Acesso; Ambiente Virtual

Leia mais

PASSO A PASSO PARA A COMPRA DO CERTIFICADO DIGITAL. Atenção: Este processo é de extrema importância para todas as Pessoas Jurídicas.

PASSO A PASSO PARA A COMPRA DO CERTIFICADO DIGITAL. Atenção: Este processo é de extrema importância para todas as Pessoas Jurídicas. PASSO A PASSO PARA A COMPRA DO CERTIFICADO DIGITAL Atenção: Este processo é de extrema importância para todas as Pessoas Jurídicas. O certificado digital será utilizado no envio das declarações junto à

Leia mais

O que é a Nota Fiscal Eletrônica?

O que é a Nota Fiscal Eletrônica? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? A Nota Fiscal Eletrônica - NFS-e é um documento fiscal digital gerado e armazenado eletronicamente em tempo real, no site da própria Prefeitura, com o objetivo de registrar

Leia mais

w w w. v o c e s a. c o m. b r SEFAZ BAHIA

w w w. v o c e s a. c o m. b r SEFAZ BAHIA sumário executivo w w w. v o c e s a. c o m. b r w w w. e x a m e. c o m. b r melhores empresas para você trabalhar São Pau lo, setembro de 2010. Pre za do(a) Sr(a)., SEFAZ BAHIA Em pri mei ro lu gar,

Leia mais

FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS

FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS FACULDADES UNIFICADAS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 REGULAMENTO DO NÚ CLEO DE PRÁ TICA JURÍ DICA DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE

Leia mais

MANUAL DE ACESSO PORTAL DO CLIENTE EMPRESA Saiba como acessar essa importante ferramenta.

MANUAL DE ACESSO PORTAL DO CLIENTE EMPRESA Saiba como acessar essa importante ferramenta. No seu navegador de internet, acesse 1 2 http://www.vs.unimed.coop.br, na página inicial, clique no espaço PORTAL DO CLIENTE. 1º Acesso Empresa : Na tela seguinte, clique em Seu primeiro acesso? 3 A partir

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO 1 / 15 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada... 8 Certidão Específica... 10 Certidão

Leia mais

PADRÕES DE VIDA DOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS NOS PROCESSOS DE TRANSIÇÃO PARA A VIDA ADULTA

PADRÕES DE VIDA DOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS NOS PROCESSOS DE TRANSIÇÃO PARA A VIDA ADULTA PADRÕES DE VIDA DOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS NOS PROCESSOS DE TRANSIÇÃO PARA A VIDA ADULTA Rosário Mauritti Resumo Este artigo começa por analisar a influência das origens sociais nas trajectórias de

Leia mais

A Gonçalves no México I N F O R M A

A Gonçalves no México I N F O R M A I N F O R M A Novembro de 2007 Depois de atuar por quase três anos no México com um escritório comercial, a Gonçalves investe em uma unidade industrial no país, que entrará em operação no início de 2008.

Leia mais

Auditoria Médica. A Unimed Campina Grande irá adotar ações para REDUZIR o prazo para autorizações LOCAIS de guias de urgência/emergência;

Auditoria Médica. A Unimed Campina Grande irá adotar ações para REDUZIR o prazo para autorizações LOCAIS de guias de urgência/emergência; Treinamento Grupo II Hospitais e Terceiros Auditoria Médica A Unimed Campina Grande irá adotar ações para REDUZIR o prazo para autorizações LOCAIS de guias de urgência/emergência; Hospitais devem CADASTRAR

Leia mais

Sistema de Arquivos. Sistemas de Arquivos

Sistema de Arquivos. Sistemas de Arquivos Sistemas de Arquivos Definições Básicas 1.Um arquivo é uma unidade lógica de informação criado por processos. As informações podem representar instruções e dados de qualquer tipo [1]. Exemplo de arquivos.

Leia mais

PASSOS INICIAIS PARA ACESSO AO SISTEMA... 03. - Painel geral... 08. - Tela de Intimações... 10. - Com ajuizar uma ação?... 11

PASSOS INICIAIS PARA ACESSO AO SISTEMA... 03. - Painel geral... 08. - Tela de Intimações... 10. - Com ajuizar uma ação?... 11 ÍNDICE PASSOS INICIAIS PARA ACESSO AO SISTEMA......................... 03 DENTRO DO SISTEMA - Painel geral...................................................... 08 - Tela de Intimações.................................................

Leia mais

Prgrmçã O Mu s u Év r, p r l ém f rcr s s i g ns «vi s i t s cl áss i cs» qu cri m s p nt s c nt ct nt r s di v rs s p úb l ic s qu vi s it m s c nt ú d s d s u ri c s p ó l i, p r cu r, c nc m i t nt

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

Portal Acadêmico Manual Técnico Renovação de Matrícula 2015/1

Portal Acadêmico Manual Técnico Renovação de Matrícula 2015/1 A rematrícula poderá ser feita acessando o site da Multivix e clicando no link Portal Acadêmico, ou digitando diretamente no seu navegador o endereço http://portal.. Na tela de login, entre com seus dados

Leia mais

COINF. Roteiro de Treinamento 0800Net. Versões e Revisões deste Documento. Índice. 1. Nome do Projeto. 2. Roteiro. Roteiro Treinamento Solicitante

COINF. Roteiro de Treinamento 0800Net. Versões e Revisões deste Documento. Índice. 1. Nome do Projeto. 2. Roteiro. Roteiro Treinamento Solicitante Versões e Revisões deste Documento Data Comentário FEV/2009 Roteiro Treinamento Solicitante Autor Índice 1. Nome do Projeto...1 2. Roteiro...1 Entrando no sistema...1 Menu de Opções Meu Cadastro...2 Tela

Leia mais

Correção da Unicamp ª fase - Matemática feita pelo Intergraus

Correção da Unicamp ª fase - Matemática feita pelo Intergraus da Unicamp 010 ª fase - Matemática 13.01.010 UNIAMP 010 - MATEMÁTIA 1. Uma confeitaria produz dois tipos de bo los de fes ta. ada quilograma do bolo do tipo A consome 0, kg de açúcar e 0, kg de farinha.

Leia mais

J u i n 2 0 0 9 L e ttr e d 'i n fo r m a ti o n n 1 9 E d i to r i al E p p u r si m u o ve «E t p o u r ta n t e l l e b o u g e» m u r m u r a G a l l i l é e s u r s o n c h a m p e s t l a r g e.

Leia mais

Conhecendo o Kit Real

Conhecendo o Kit Real Conhecendo o Kit Real Versão do Kit Botão de Login Botões de Cálculo Pesquisa de Cálculos Botões de Transmissão Manutenção e Relatórios Acompanhamento de propostas transmitidas Versão do Kit: Mostra qual

Leia mais

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira.

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira. Q u a, 3 0 d e J u l h o d e 2 0 1 4 search... REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES Selecione a Edição ANTIGAS C l i q u e n o l i n k a b a i xo p a r a a c e s s a r a s e d i ç õ e s a n

Leia mais

A SEGMENTAÇÃO DO ESPAÇO DE INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA PORTUGUESA

A SEGMENTAÇÃO DO ESPAÇO DE INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA PORTUGUESA A SEGMENTAÇÃO DO ESPAÇO DE INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA PORTUGUESA Luísa Oliveira e Helena Carvalho Resumo A inovação tecnológica como força motriz de um novo padrão de competitividade coloca, como questão central,

Leia mais

Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta

Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta Agosto/2014 Sumário Sistema CADSUS WEB... 3 Orientações para Navegadores... 4 Acesso ao Sistema... 4 Página para Consulta... 5 Alteração de senha... 7 Perda

Leia mais

1. Consulta de Certificado Digital 1. 2. Modelo de faturamento por Central de Serviços 3. 3 Configuração de informações para Faturamento de pedidos 4

1. Consulta de Certificado Digital 1. 2. Modelo de faturamento por Central de Serviços 3. 3 Configuração de informações para Faturamento de pedidos 4 CONFIGURAÇÃO PEDIDOS 1. Consulta de Certificado Digital 1 2. Modelo de faturamento por Central de Serviços 3 3 Configuração de informações para Faturamento de pedidos 4 4 Faturamento de NF-e pela SEFAZ

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

Cadastrando Convênio do Paciente

Cadastrando Convênio do Paciente Cadastrando Convênio do Paciente Para que o ControlMedic consiga identi car na hora do agendamento se a Clínica ou o Médico ao qual está sendo agendado um horário atende no convênio do Paciente, é necessário

Leia mais

Correção da fuvest ª fase - Geografia feita pelo Intergraus

Correção da fuvest ª fase - Geografia feita pelo Intergraus Q.01 GEOGRAFIA O conflito envolvendo Geórgia e Rússia, aprofundado em 2008, foi marcado por ampla repercussão in ter na - ci o nal. Ou tros con fli tos, en vol ven do pa í ses da ex-união So vié ti ca,

Leia mais