Ref.: Ataque à comunidade Guarani e Kaiowá Ñande Ru Marangatú e assassinato do jovem Semião Vilhalva.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ref.: Ataque à comunidade Guarani e Kaiowá Ñande Ru Marangatú e assassinato do jovem Semião Vilhalva."

Transcrição

1 Goiânia e Heidelberg, 02 de setembro de 2015 Senhora Dilma Rousseff Presidenta da República Federativa do Brasil Palácio do Planalto, Praça dos Três Poderes, Brasília DF Ref.: Ataque à comunidade Guarani e Kaiowá Ñande Ru Marangatú e assassinato do jovem Semião Vilhalva. Excelentíssima Senhora Presidenta: Receba as saudações da FIAN Internacional, uma organização de Direitos Humanos que trabalha pela realização do direito à alimentação e nutrição adequadas há cerca de 30 anos. O nosso Secretariado Internacional tem sede em Heidelberg, Alemanha. Contamos com seções e coordenações nacionais em 20 países por todo o mundo, incluindo o Brasil. A FIAN tem status consultivo ante a Organização dos Estados Americanos e das Nações Unidas, incluindo representação permanente em Genebra. A Seção Brasileira da FIAN Internacional e o próprio Secretariado Internacional acompanham, desde 2005, a situação das comunidades indígenas Guarani e Kaiowá do Estado de Mato Grosso do Sul. O propósito desta carta é expressar nossa profunda preocupação com o ataque contra a comunidade Guarani e Kaiowá Ñande Ru Marangatú, que culminou com a

2 morte de jovem Semião Vilhalva de 24 anos e outros feridos; dentre eles, uma criança de um ano de idade atingida por bala de borracha 1. No dia 29 de agosto, cerca de cem fazendeiros armados e com coletes à prova de balas, em quarenta caminhonetes, se dirigiram à Fazenda Barra 2, com o propósito de expulsar, de maneira ilegal, os Guarani e Kaiowá do seu território ancestral. No dia 30 de agosto, o caixão com o corpo do jovem Semião Vilhalva foi entregue à comunidade por um motorista terceirizado da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) 3. A terra indígena Ñande Ru Marangatú foi homologada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 28 de março de 2005, mas o processo foi suspenso por meio de uma liminar concedida pelo então Ministro do Supremo Tribunal Federal, Nelson Jobim, no mesmo ano de 2005 (MS nº 25463). Desde então, o processo aguarda julgamento e atualmente está sob a relatoria do Ministro Gilmar Mendes. A comunidade de Ñande Ru Marangatú tem sido afetada, nos últimos 10 anos, pelo uso protelatório de ações judiciais, que visam impedir a execução do decreto de homologação, o qual foi emitido segundo o ordenamento jurídico brasileiro. Os recursos judiciais e a morosidade em seu julgamento têm causado a violação do direito dos povos indígenas ao seu território e à alimentação adequada. Em razão da demora de 10 anos para o julgamento, pelo STF, do Mandado de Segurança nº 25463, a comunidade decidiu, em 23 de agosto deste ano, ocupar as áreas que se sobrepõem ao seu Tekoha Ñande Ru Marangatú. Foi esta reocupação que gerou o ataque do dia 29 de agosto. 1 - CONSELHO INDIGENISTA MISSIONÁRIO. Nota Pública. Disponível em: Acesso em: 31 de ago CORREIO DO ESTADO. Notícias. Disponível em: Acesso em: 31 de agos CONSELHO INDIGENISTA MISSIONÁRIO. Nota Pública. Disponível em: Acesso em: 31 de ago.2015.

3 Importante registrar que foi noticiado pela imprensa local, Dourados News 4, que na data de 29 de agosto, pela manhã, houve reunião na sede da Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul (FAMASUL), na cidade de Antônio João. Desta reunião participaram produtores rurais, o Deputado Luis Henrique Mandetta (DEM), a Deputada Tereza Cristina (PSDB) e o Senador Valdemir Moca (PMDB). Logo após a reunião, cerca de cem pessoas, armadas e com coletes a prova de balas, em quarenta caminhonetes, se dirigiram para expulsar a comunidade. Este fato é forte indício de que estão organizados representantes do poder público junto a particulares detentores de grande poder econômico, para a realização de atos ilícitos. Esses atos visam barrar o direito ao território que foi constitucionalmente reconhecido aos indígenas do Brasil e se constituem em reação criminosa a exigibilidade dos direitos das comunidades indígenas. Desde a suspensão do processo de demarcação pelo STF, os indígenas que lutam pelas suas terras, há mais de quatro décadas, continuam sem direito ao seu território, nos termos que lhe garante a Constituição Federal da República Federativa do Brasil. Vivem, portanto, em situação de marginalização e dentro de um quadro gravíssimo de violações de todos os seus direitos fundamentais em razão da ação e omissão do Estado Brasileiro. É importante também registrar que, recentemente, em decisão ainda não publicada do STF no MS nº 31245, o Plenário do Supremo Tribunal Federal entendeu que o Mandado de Segurança não é a via adequada para discutir demarcação de terras indígenas. Nesse contexto, o Estado Brasileiro não pode continuar descumprindo obrigações internacionais previstas em tratados de direitos humanos, como, por 4 DOURADOS NEWS. Notícias. Disponível em: Acesso em 31 de ago.2015.

4 exemplo, o Pacto Internacional de Direitos Econômicos Sociais e Culturais, a Convenção Americana de Direitos Humanos, a Convenção 169 da OIT, entre outros. Em particular, perpetuando as violações do direito ao território, que é constitucionalmente reconhecido. Assim, em razão dos fatos expostos, a Fian Brasil e o Secretariado Internacional da FIAN requerem aos três poderes do Estado brasileiro: Ao Poder Executivo: a) Que sejam garantidas ações emergenciais de respeito, proteção, promoção e provimento de direitos fundamentais como saúde, alimentação, água, moradia, educação e segurança., até a data em que lhes seja efetivamente garantido o seu direito ao território; b) Que sejam aceleradas as ações necessárias para conclusão definitiva do processo de demarcação da T.I Nhanderu Marangatu e de outras Terras Indígenas do Estado, para que não se repitam casos de violência como o que vimos em Ñande Ru Marangatu; c) Que se crie uma força tarefa para investigar o ocorrido, identificar os autores e partícipes do assassinato do jovem indígena Semião Vilhalva e garantir a punição exemplar de todos responsáveis pelos atos de violência contra a comunidade Ñande Ru Marangatú, ocorridos no dia 29 de agosto. Ao Poder Judiciário: d) Que o STF julgue o Mandado de Segurança nº 25463, pendente de julgamento há 10 anos; e) Que o mandado de segurança não seja aceito como instrumento para discussão de processos demarcatórios de terras indígenas;

5 Ao Congresso Nacional: f) Que apure a participação e envolvimento de Deputados Federais e Senadores no ataque realizado no dia 29.08, no Município de São João/MS, contra a comunidade Ñande Ru Marangatú e adote as medidas adequadas. Atenciosamente, Marcelo Brito dos Santos Diretor Presidente da FIAN Brasil Flávio Valente Secretário Geral da FIAN Internacional Com cópia para: Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo Presidente da FUNAI João Pedro Gonçalves da Costa Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça Ricardo Lewandowski Relatores das Nações Unidas sobre povos indígenas, defensores de DDHH e Alimentação Comissão Interamericana de Direitos Humanos

6 Serviço Europeu de Ação Exterior em Bruxelas, Bélgica. Comissões de Direitos Humanos e Relações entre UE e Brasil no Parlamento Europeu.

CARTA DO COMITÊ BRASILEIRO DE DEFENSORAS/ES DOS DIREITOS HUMANOS À MINISTRA DA SECRETARIA DOS DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

CARTA DO COMITÊ BRASILEIRO DE DEFENSORAS/ES DOS DIREITOS HUMANOS À MINISTRA DA SECRETARIA DOS DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CARTA DO COMITÊ BRASILEIRO DE DEFENSORAS/ES DOS DIREITOS HUMANOS À MINISTRA DA SECRETARIA DOS DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Brasília,12 de Dezembro de 2012. O Comitê Brasileiro de Defensoras/es

Leia mais

O Dever de Consulta Prévia do Estado Brasileiro aos Povos Indígenas.

O Dever de Consulta Prévia do Estado Brasileiro aos Povos Indígenas. O Dever de Consulta Prévia do Estado Brasileiro aos Povos Indígenas. O que é o dever de Consulta Prévia? O dever de consulta prévia é a obrigação do Estado (tanto do Poder Executivo, como do Poder Legislativo)

Leia mais

ESCOLA DE FORMAÇÃO 2007 ESTUDO DIRIGIDO. Liberdade de profissão

ESCOLA DE FORMAÇÃO 2007 ESTUDO DIRIGIDO. Liberdade de profissão ESCOLA DE FORMAÇÃO 2007 ESTUDO DIRIGIDO Liberdade de profissão Preparado por Carolina Cutrupi Ferreira (Escola de Formação, 2007) MATERIAL DE LEITURA PRÉVIA: 1) Opinião Consultiva n. 5/85 da Corte Interamericana

Leia mais

MORTE DO ÍNDIO OZIEL GABRIEL: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA. Senhor Presidente,

MORTE DO ÍNDIO OZIEL GABRIEL: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA. Senhor Presidente, ** Discurso proferido pelo deputado GERALDO RESENDE (PMDB/MS), em sessão no dia 05/06/2013. MORTE DO ÍNDIO OZIEL GABRIEL: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, No dia

Leia mais

Identificação e recuperação de créditos

Identificação e recuperação de créditos www.pwc.com Identificação e recuperação de créditos Outubro/ 2014 Conteúdo Descrição Pág. Posicionamentos nos Tribunais Superiores quanto à não incidência de contribuição previdenciária sobre determinados

Leia mais

NOVOS INSTRUMENTOS PERMITEM CONCRETIZAR DIREITOS HUMANOS NO STF E STJ

NOVOS INSTRUMENTOS PERMITEM CONCRETIZAR DIREITOS HUMANOS NO STF E STJ NOVOS INSTRUMENTOS PERMITEM CONCRETIZAR DIREITOS HUMANOS NO STF E STJ (Conjur, 10/12/2014) Alexandre de Moraes Na luta pela concretização da plena eficácia universal dos direitos humanos o Brasil, mais

Leia mais

www.lrwc.org lrwc@portal.ca Tel: +1 604 736 1175 Fax: +1 604 736 1170 3220 West 13 th Avenue, Vancouver, B.C. CANADA V6K 2V5

www.lrwc.org lrwc@portal.ca Tel: +1 604 736 1175 Fax: +1 604 736 1170 3220 West 13 th Avenue, Vancouver, B.C. CANADA V6K 2V5 NGO in Special Consultative Status with the Economic and Social Council of the United Nations Promoting human rights by protecting those who defend them www.lrwc.org lrwc@portal.ca Tel: +1 604 736 1175

Leia mais

COPIA - STF MS 29039 - CPF 15359783842-06/06/2013 10:10:53

COPIA - STF MS 29039 - CPF 15359783842-06/06/2013 10:10:53 Excelentíssimo Senhor Doutor Ministro Gilmar Mendes Egrégio Supremo Tribunal Federal M a n d a d o d e S e g u r a n ç a n º : 2 9 7 23 O b j e t o : P e d i d o d e R e c o n s i d e r a ç ã o I n f o

Leia mais

kleber.matos@planalto.gov.br, gerson.almeida@planalto.gov.br e joao.filho@planalto.gov.br

kleber.matos@planalto.gov.br, gerson.almeida@planalto.gov.br e joao.filho@planalto.gov.br À SECRETARIA ESPECIAL DE DIREITOS HUMANOS Ministro Paulo de Tarso Vannuchi E-mail: paulo.vannuchi@sedh.gov.br e valeria.silva@sedh.gov.br AO MINISTÉRIO DAS CIDADES Ministro Márcio Fortes de Almeida E-mail:

Leia mais

Dilma sanciona novo Código de Processo Civil

Dilma sanciona novo Código de Processo Civil ilma sanciona novo Código de Processo Civil - 16/03/2015 - Poder -... de 6 17/03/2015 10:03 Dilma sanciona novo Código de Processo Civil Pedro Ladeira/Folhapress A presidente Dilma Rousseff com o ex-presidente

Leia mais

MANIFESTO PÚBLICO CONTRA A PEC 215/2000

MANIFESTO PÚBLICO CONTRA A PEC 215/2000 MANIFESTO PÚBLICO CONTRA A PEC 215/2000 Brasília (DF), junho de 2015. No dia 19 de maio de 2015, na Câmara dos Deputados, organizações e movimentos sociais, indígenas, indigenistas e ambientalistas, junto

Leia mais

Brasília (DF), junho de 2015.

Brasília (DF), junho de 2015. Brasília (DF), junho de 2015. No dia 19 de maio de 2015, na Câmara dos Deputados, organizações e movimentos sociais, indígenas, indigenistas e ambientalistas, junto com as Frentes Parlamentares de Apoio

Leia mais

BRASIL. (tradução não oficial para o português)

BRASIL. (tradução não oficial para o português) Distr. GERAL CCPR/C/BRA/CO/2 2 de Novembro 2005 Original: Inglês Comitê de Direitos Humanos 85ª Sessão CONSIDERAÇÃO DE RELATÓRIOS ENVIADOS POR ESTADOS PARTES SOB O ARTIGO 40 DO PACTO Observações finais

Leia mais

Modelo esquemático de ação direta de inconstitucionalidade genérica EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

Modelo esquemático de ação direta de inconstitucionalidade genérica EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Modelo esquemático de ação direta de inconstitucionalidade genérica EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Legitimidade ativa (Pessoas relacionadas no art. 103 da

Leia mais

Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP

Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP 1. Mandado de Segurança nº 427619320014013800 Nº Integração: 184-002 Numeração antiga: 200138000428677 Incidentes: Apelação nº 427619320014013800 com

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal )1( oãdróca atneme86242 DE-SM Diário da Justiça de 09/06/2006 03/05/2006 TRIBUNAL PLENO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES EMBARGANTE(S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO EMBARGADO(A/S) : FERNANDA

Leia mais

Como o bullying contra jovens indígenas estudantes de escolas de branco perpetua estereótipo negativo do índio

Como o bullying contra jovens indígenas estudantes de escolas de branco perpetua estereótipo negativo do índio Universidade de São Paulo Glenda Carlos Ferreira de Almeida Nilbberth Pereira da Silva Orientador: Professor Doutor José Coelho Sobrinho Como o bullying contra jovens indígenas estudantes de escolas de

Leia mais

O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares?

O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares? O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares? Sociedade Brasileira de Direito Público - SBDP Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP Julgados sobre as movimentações das

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Determinado partido político, que possui dois deputados federais e dois senadores em seus quadros, preocupado com a efetiva regulamentação das normas constitucionais,

Leia mais

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS EMPREGADOS DE EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS, SERVIÇOS DE INFORMÁTICA E SIMILARES FENADADOS

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS EMPREGADOS DE EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS, SERVIÇOS DE INFORMÁTICA E SIMILARES FENADADOS Brasília, 26 de julho de 2007. Ao DD Presidente da EMPRESA SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS SERPRO Sr. MARCUS VINÍCIUS FERREIRA MAZONI SGAN Quadra 601 Módulo V Brasília DF CEP 70836 900 (61) 2105

Leia mais

Marco legal. da política indigenista brasileira

Marco legal. da política indigenista brasileira Marco legal da política indigenista brasileira A política indigenista no país tem como base a Constituição Federal de 1988, o Estatuto do Índio (Lei nº 6.001/1973) e instrumentos jurídicos internacionais,

Leia mais

ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL

ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL Turma e Ano: Direito Público I (2013) Matéria / Aula: Direito Constitucional / Aula 13 Professor: Marcelo L. Tavares Monitora: Carolina Meireles ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL Lei 9.882/99

Leia mais

Campo Grande, 08 de outubro de 2015

Campo Grande, 08 de outubro de 2015 Campo Grande, 08 de outubro de 2015 Deus enxugará toda a lágrima de seus olhos, pois nunca mais haverá morte, nem luto, nem clamor, e nem dor haverá mais. Sim! As coisas antigas se foram! (Ap. 21.4) Nhanderu

Leia mais

Brasília, em '; de e,:ym~7to de 2011.

Brasília, em '; de e,:ym~7to de 2011. TRA REC 000051 ---- Urgente Ofício N -=t~ AFEPA/DACICOCIT/DE I/PARL Brasília, em '; de e,:ym~7to de 2011. Senhora Senadora, Faço referência ao Oficio 184, datado de 15 de setembro, da Subsecretaria de

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

1 Juiz do Trabalho, titular da 11ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

1 Juiz do Trabalho, titular da 11ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. A contratação de servidores por prazo determinado para atender necessidade temporária de excepcional interesse público e a competência da Justiça do Trabalho. Cleber Lúcio de Almeida 1 I. Constitui objeto

Leia mais

Pela Defesa dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas, Quilombolas e das Comunidades em situação de Ocupações Urbanas!

Pela Defesa dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas, Quilombolas e das Comunidades em situação de Ocupações Urbanas! Pela Defesa dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas, Quilombolas e das Comunidades em situação de Ocupações Urbanas! Os povos indígenas Kaingang, Guarani, Xokleng, comunidades Quilombolas do Rio Grande

Leia mais

Consultora Legislativa da Área I Direito Constitucional, Eleitoral, Municipal, Administrativo, Processo Legislativo e Poder Judiciário

Consultora Legislativa da Área I Direito Constitucional, Eleitoral, Municipal, Administrativo, Processo Legislativo e Poder Judiciário CRIAÇÃO DE MUNICÍPIOS. DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL QUE SUSPENDEU, EM CARÁTER LIMINAR, A EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO DE PINTO BANDEIRA (ADIN N O 2.381-1) REGINA MARIA GROBA BANDEIRA Consultora Legislativa

Leia mais

Nº 108771/2015 ASJCIV/SAJ/PGR

Nº 108771/2015 ASJCIV/SAJ/PGR Nº 108771/2015 ASJCIV/SAJ/PGR Relatora: Ministra Rosa Weber Impetrante: Airton Galvão Impetrados: Presidente da República e outros MANDADO DE INJUNÇÃO. APOSENTADORIA ESPE- CIAL. SERVIDOR PÚBLICO COM DEFICIÊNCIA.

Leia mais

ARTIGO: Efeitos (subjetivos e objetivos) do controle de

ARTIGO: Efeitos (subjetivos e objetivos) do controle de ARTIGO: Efeitos (subjetivos e objetivos) do controle de constitucionalidade Luís Fernando de Souza Pastana 1 RESUMO: há diversas modalidades de controle de constitucionalidade previstas no direito brasileiro.

Leia mais

Responsável (CPF): Nelson Monteiro da Rocha (549.133.147-34)

Responsável (CPF): Nelson Monteiro da Rocha (549.133.147-34) Tribunal de Contas da União Data DOU: 19/07/2004 Colegiado: Segunda Câmara Número da Ata: 25/2004 Texto do Documento: RELAÇÃO Nº 58/2004 - Segunda Câmara - TCU Gabinete do Ministro Benjamin Zymler Relação

Leia mais

Enrique Ricardo Lewandowski nasceu na cidade do Rio de Janeiro, RJ em 11 de maio de 1948.

Enrique Ricardo Lewandowski nasceu na cidade do Rio de Janeiro, RJ em 11 de maio de 1948. Perfil: Ministro Ricardo Lewandowski Por Mateus Morais Araújo Enrique Ricardo Lewandowski nasceu na cidade do Rio de Janeiro, RJ em 11 de maio de 1948. Em 1967, aos 19 anos, Lewandowski prestou serviço

Leia mais

Tassos Lycurgo DIREITO CONSTITUCIONAL. Notas de Aula (Esboço) Docente: Prof. Dr. Tassos Lycurgo Website: www.lycurgo.org E-mail: TL@ufrnet.

Tassos Lycurgo DIREITO CONSTITUCIONAL. Notas de Aula (Esboço) Docente: Prof. Dr. Tassos Lycurgo Website: www.lycurgo.org E-mail: TL@ufrnet. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE DIREITO PÚBLICO DIREITO CONSTITUCIONAL Notas de Aula (Esboço) Atualizada em: 18.10.06 Docente: Prof. Dr.

Leia mais

Em nome do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime. UNODC quero agradecer ao coordenador residente, sr. Jorge

Em nome do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime. UNODC quero agradecer ao coordenador residente, sr. Jorge Boa tarde! Em nome do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime UNODC quero agradecer ao coordenador residente, sr. Jorge Chediek, e a toda sua equipe, pela oportunidade em participar desse importante

Leia mais

Ref: ADICIONAL DE PERICULOSIDADE DA CATEGORIA DOS PROFISSIONAIS DE VIGILÂNCIA LEI 12.740/2012

Ref: ADICIONAL DE PERICULOSIDADE DA CATEGORIA DOS PROFISSIONAIS DE VIGILÂNCIA LEI 12.740/2012 EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO DO MINISTERIO DO TRABALHO E EMPREGO Ref: ADICIONAL DE PERICULOSIDADE DA CATEGORIA DOS PROFISSIONAIS DE VIGILÂNCIA LEI 12.740/2012 ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE VIGILÂNCIA,

Leia mais

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso A respeito da idade de ingresso das crianças, no ensino fundamental de 9 anos de duração, ocorreram acaloradas discussões na esfera educacional

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: PRT da 4ª Região Órgão Oficiante: Dr. Roberto Portela Mildner Interessado 1: Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região. Interessado 2: Banco Bradesco S/A. Assuntos: Meio ambiente do trabalho

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Nota Técnico n.º 08/07 Relações das obras com indícios de irregularidades graves constantes nos anexos às leis orçamentárias para os exercícios de 2002

Leia mais

Destacando que a responsabilidade primordial e o dever de promover e proteger os direitos humanos, e as liberdades fundamentais incumbem ao Estado,

Destacando que a responsabilidade primordial e o dever de promover e proteger os direitos humanos, e as liberdades fundamentais incumbem ao Estado, Declaração sobre o Direito e o Dever dos Indivíduos, Grupos e Instituições de Promover e Proteger os Direitos Humanos e as Liberdades Fundamentais Universalmente Reconhecidos 1 A Assembléia Geral, Reafirmando

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA PA nº 1.36.000.000703/2008-95/GAB.01/PRTO Os Procuradores da República signatários, no cumprimento da determinação contida na CF/88, art. 127,

Leia mais

R E L A T Ó R I O. O Sr. Ministro RICARDO LEWANDOWSKI: Trata-se de. habeas corpus, com pedido de medida liminar, impetrado por

R E L A T Ó R I O. O Sr. Ministro RICARDO LEWANDOWSKI: Trata-se de. habeas corpus, com pedido de medida liminar, impetrado por HABEAS CORPUS 97.511 SÃO PAULO RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI PACTE.(S) : PAULO SALIM MALUF IMPTE.(S) : JOSÉ ROBERTO LEAL DE CARVALHO COATOR(A/S)(ES) : PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA R

Leia mais

Antonio Henrique Lindemberg. 1 - Assinale a assertiva correta:

Antonio Henrique Lindemberg. 1 - Assinale a assertiva correta: Antonio Henrique Lindemberg 1 - Assinale a assertiva correta: a. Segundo a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, pode-se invocar validamente o princípio do direito adquirido em face das leis de ordem

Leia mais

AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS EM DEFESA DOS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS: A COMUNIDADE INDÍGENA TEKOHA YHOVY LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE GUAÍRA- PR

AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS EM DEFESA DOS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS: A COMUNIDADE INDÍGENA TEKOHA YHOVY LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE GUAÍRA- PR AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS EM DEFESA DOS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS: A COMUNIDADE INDÍGENA TEKOHA YHOVY LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE GUAÍRA- PR Gisele Kava 1 Natália Raquel Niedermayer 2 RESUMO: O trabalho

Leia mais

Comentário à Jurisprudência

Comentário à Jurisprudência Comentário à Jurisprudência OS TRATADOS DE DIREITOS HUMANOS NA JURISPRUDÊNCIA DO STF APÓS A EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 45/2004 CÁSSIO HENRIQUE AFONSO DA SILVA Oficial do Ministério Público 1. Introdução

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 01/03/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 MANDADO DE SEGURANÇA 30.604 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) : MIN. GILMAR MENDES :MARCELINA MARIA FERREIRA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre as Tabelas de Custas e a Tabela de Porte de Remessa e Retorno dos Autos e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso

Leia mais

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. MANDADO DE SEGURANÇA. SERVIDOR PÚBLICO. DELEGADO DE POLÍCIA. AFASTAMENTO PREVENTIVO DO CARGO. REQUISITOS PARA A MEDIDA LIMINAR. 1. A concessão de medida liminar em mandado de segurança

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 5 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000429851 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Mandado de Segurança nº 0226204-83.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é impetrante EDEMAR CID FERREIRA,

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

A requerente sustenta, mais, em síntese:

A requerente sustenta, mais, em síntese: A Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, com fundamento no art. 4º da Lei 4.348/64, requer a suspensão da execução da medida liminar concedida pelo relator do Mandado de Segurança nº 2006.01.00.043354-2

Leia mais

Convenção de Nova Iorque - Reconhecimento e Execução de Sentenças Arbitrais Estrangeiras

Convenção de Nova Iorque - Reconhecimento e Execução de Sentenças Arbitrais Estrangeiras CONVENÇÃO DE NOVA YORK Convenção de Nova Iorque - Reconhecimento e Execução de Sentenças Arbitrais Estrangeiras Decreto nº 4.311, de 23/07/2002 Promulga a Convenção sobre o Reconhecimento e a Execução

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2015

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2015 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2015 As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:

Leia mais

NOTA INFORMATIVA Nº 1.385, DE 2015

NOTA INFORMATIVA Nº 1.385, DE 2015 Consultoria Legislativa NOTA INFORMATIVA Nº 1.385, DE 2015 Relativa à STC nº 2015-03673, do Senador Ricardo Ferraço, que solicita a análise sobre a legislação federal e estadual, acerca da possibilidade

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2008. (Do Sr. Geraldo Resende)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2008. (Do Sr. Geraldo Resende) 1 REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2008. (Do Sr. Geraldo Resende) Requer informações ao Senhor Gilberto Passos Gil Moreira, Ministro de Estado da Cultura - MinC, sobre a Certificação de Auto-reconhecimento

Leia mais

Direitos das Pessoas Idosas e a Implementação da Convenção

Direitos das Pessoas Idosas e a Implementação da Convenção Direitos das Pessoas Idosas e a Implementação da Convenção Perly Cipriano Subsecretário de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos - Brasil Dados atuais sobre envelhecimento no mundo No ano de 2007, 10.7%

Leia mais

Art. 1º Fica aprovado, na forma do Anexo, o Regimento Interno do Conselho Nacional de Arquivos - CONARQ. JOSÉ EDUARDO CARDOZO ANEXO

Art. 1º Fica aprovado, na forma do Anexo, o Regimento Interno do Conselho Nacional de Arquivos - CONARQ. JOSÉ EDUARDO CARDOZO ANEXO PORTARIA Nº 2.588, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011 Aprova o Regimento Interno do Conselho Nacional de Arquivos O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições previstas nos incisos I e II do parágrafo

Leia mais

Subseção I Disposição Geral

Subseção I Disposição Geral Subseção I Disposição Geral Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias;

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECLAMAÇÃO 15.309 SÃO PAULO RELATORA RECLTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECLDO.(A/S) ADV.(A/S) INTDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROSA WEBER :MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO :PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

Temas relevantes da agenda federativa

Temas relevantes da agenda federativa Relatório produzido nos termos do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e a Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, 2011.

Leia mais

MENSAGEM Nº 110, DE 2007

MENSAGEM Nº 110, DE 2007 COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL MENSAGEM Nº 110, DE 2007 Submete à consideração do Congresso Nacional, o texto do Memorando de Entendimento sobre Cooperação Trilateral em Agricultura

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0052654-08.2013.8.19.0000 Agravante: Município de Armação de Búzios Agravado: Lidiany da Silva Mello

Leia mais

www.lrwc.org lrwc@portal.ca Tel: +1 604 736 1175 Fax: +1 604 736 1170 3220 West 13 th Avenue, Vancouver, B.C. CANADA V6K 2V5

www.lrwc.org lrwc@portal.ca Tel: +1 604 736 1175 Fax: +1 604 736 1170 3220 West 13 th Avenue, Vancouver, B.C. CANADA V6K 2V5 NGO in Special Consultative Status with the Economic and Social Council of the United Nations Promoting human rights by protecting those who defend them www.lrwc.org lrwc@portal.ca Tel: +1 604 736 1175

Leia mais

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Noticiário de fevereiro de 2013 Brasília, março de 2013 SECRETARIA DE TRANSPARÊNCIA Conteúdo 1. Análise de notícias... 3 2. Pré-sal...

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 12 06/03/2013 PLENÁRIO AG.REG. NO MANDADO DE INJUNÇÃO 4.842 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA AGTE.(S) :UNIÃO PROC.(A/S)(ES) :ADVOGADO-GERAL

Leia mais

Meu nome é Elizeu Lopes, Ava Kuarahy, sou Guarani-Kaiowá, representante da

Meu nome é Elizeu Lopes, Ava Kuarahy, sou Guarani-Kaiowá, representante da Sra. Presidente do Fórum Permanente 2015 Sra. Relatora Especial para nós povos indígenas. Mba'éichapa!!! Meu nome é Elizeu Lopes, Ava Kuarahy, sou Guarani-Kaiowá, representante da Grande Assembleia Aty

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 23/05/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 24/04/2012 SEGUNDA TURMA HABEAS CORPUS 106.942 GOIÁS RELATOR PACTE.(S) IMPTE.(S) COATOR(A/S)(ES) : MIN. JOAQUIM BARBOSA :SUPERIOR

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MANDADO DE SEGURANÇA 32.833 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO :CARLOS RODRIGUES COSTA :LUZIA DO CARMO SOUZA :PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DA

Leia mais

CASO AVENA E OUTROS NACIONAIS MEXICANOS (MEXICO v. UNITED STATES OF AMERICA) Professor Fabrício Pasquot Polido

CASO AVENA E OUTROS NACIONAIS MEXICANOS (MEXICO v. UNITED STATES OF AMERICA) Professor Fabrício Pasquot Polido CASO AVENA E OUTROS NACIONAIS MEXICANOS (MEXICO v. UNITED STATES OF AMERICA) Professor Fabrício Pasquot Polido Fatos do caso 1. Em 09 de janeiro de 2003 o Governo do México iniciou procedimento contencioso

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS RAUL BELENS JUNGMANN PINTO, brasileiro, solteiro portador da Cédula de Identidade RG n 964.067 SSP-PE, inscrito

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO N. 0006328-24.2010.2.00.0000 RELATOR : CONSELHEIRO FELIPE LOCKE CAVALCANTI REQUERENTE : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SECCIONAL DO

Leia mais

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Na mesma semana em que os trabalhadores brasileiros tomaram as ruas e conseguiram suspender a votação do Projeto de Lei

Leia mais

Parecer pela denegação do mandado de segurança.

Parecer pela denegação do mandado de segurança. Ministério Público Federal Procuradoria-Geral da República 19756 OBF PGR Mandado de Segurança 31.068 3 - DF Relator: Ministro Luiz Fux Impetrante: Cláudio Topgian Rollemberg Impetrado: TCU Mandado de segurança.

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Competência da Justiça Militar Paulo Tadeu Rodrigues Rosa* A Justiça Militar é um dos órgãos do Poder Judiciário, com previsão constitucional e Lei de Organização Judiciária que

Leia mais

Quanto ao órgão controlador

Quanto ao órgão controlador Prof. Ms. Cristian Wittmann Aborda os instrumentos jurídicos de fiscalização sobre a atuação dos Agentes públicos; Órgãos públicos; Entidades integradas na Administração Pública; Tem como objetivos fundamentais

Leia mais

: MIN. MARCO AURÉLIO EDUCAÇÃO - FNDE DECISÃO

: MIN. MARCO AURÉLIO EDUCAÇÃO - FNDE DECISÃO MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 2.453 DISTRITO FEDERAL RELATOR AUTOR(A/S)(ES) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. MARCO AURÉLIO :ESTADO DO CEARÁ :PROCURADOR-GERAL

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO 19.511 DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RECLTE.(S) :SINDICATO ESTADUAL DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO - SEPE/RJ ADV.(A/S) :ITALO PIRES AGUIAR

Leia mais

O SR. PRESIDENTE (Gim Argello. PTB DF) Sobre a mesa, requerimento que passo a ler. É lido o seguinte:

O SR. PRESIDENTE (Gim Argello. PTB DF) Sobre a mesa, requerimento que passo a ler. É lido o seguinte: 30730 Sexta-feira 15 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Agosto de 2008 O SR. PRESIDENTE (Gim Argello. PTB DF) Sobre a mesa, requerimento que passo a ler. É lido o seguinte: REQUERIMENTO Nº 979, DE 2008 Requeiro,

Leia mais

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador ROBERTO REQUIÃO I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador ROBERTO REQUIÃO I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DEFESA NACIONAL, sobre o Projeto de Decreto Legislativo nº 41, de 2013 (nº 564, de 2012, na origem), da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa

Leia mais

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D.

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. AC no 001.2011.003557-1/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO REMESSA OFICIAL No 001.2011.003557-1/001

Leia mais

Atos do Poder Legislativo

Atos do Poder Legislativo LEI LEI ISSN 1677-7042 Ano CXLII 202 Brasília - DF, quinta-feira, 20 de outubro de 2005. Sumário PÁGINA Atos do Poder Judiciário... 1 Atos do Poder Legislativo... 1 Atos do

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Segurança proíbe depósitos de terceiros em contas de presidiários

CÂMARA DOS DEPUTADOS Segurança proíbe depósitos de terceiros em contas de presidiários ASSESSORIA PARLAMENTAR INFORMATIVO 14 DE NOVEMBRO DE 2014 CÂMARA DOS DEPUTADOS Segurança proíbe depósitos de terceiros em contas de presidiários A intenção é evitar que condenados usem essas contas para

Leia mais

Relatos sobre o Curso de Extensão de Direito Indigenista

Relatos sobre o Curso de Extensão de Direito Indigenista Relatos sobre o Curso de Extensão de Direito Indigenista Carla Mayara Alcântara Cruz* O curso de Extensão de Direito Indigenista, realizado pelo programa Rede de Saberes 1 e coordenado pela Universidade

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem ROBERTO LEMOS DOS SANTOS FILHO TRF3 - Tribunal Regional Federal da 3ª Região Data de posse 24/09/1999 Vaga a que deseja concorrer Membro do CNJ Juiz Federal (Art. 103-B, caput,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA CARLOS SAMPAIO, cidadão brasileiro, deputado federal, com endereço profissional na Câmara dos Deputados, Anexo I, Edifício Principal, Brasília DF, telefone

Leia mais

Proposição: Projeto de Lei e Diretrizes Orçamentárias. a) O Excelentíssimo Relator da Lei de Diretrizes

Proposição: Projeto de Lei e Diretrizes Orçamentárias. a) O Excelentíssimo Relator da Lei de Diretrizes NOTA TÉCNICA CONJUNTA Associação Nacional dos Procuradores da República Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios Associação Nacional

Leia mais

Nº /2015 ASJCRIM/SAJ/PGR Petição n. 5263 Relator : Ministro Teori Zavascki Nominados : ANTÔNIO PALOCCI

Nº /2015 ASJCRIM/SAJ/PGR Petição n. 5263 Relator : Ministro Teori Zavascki Nominados : ANTÔNIO PALOCCI Nº /2015 ASJCRIM/SAJ/PGR Petição n. 5263 Relator : Ministro Teori Zavascki Nominados : ANTÔNIO PALOCCI PROCESSO PENAL. COLABORAÇÃO PREMIADA. EX- PRESSA VEDAÇÃO CONSTITUCIONAL (ART. 86, 4º, CF/88) PARA

Leia mais

4 Parecer pela concessão da segurança.

4 Parecer pela concessão da segurança. Nº 3192 /2014-ASJMA/SAJ/PGR Mandado de Segurança 29.039/DF Relator: Ministro Gilmar Mendes Impetrante: Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) e outro(a/s) Impetrado: Corregedor Nacional

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL João e José são pessoas com deficiência física, tendo concluído curso de nível superior. Diante da abertura de vagas para preenchimento de cargos vinculados ao Ministério

Leia mais

Outrossim, ficou assim formatado o dispositivo do voto do Mn. Fux:

Outrossim, ficou assim formatado o dispositivo do voto do Mn. Fux: QUESTÃO DE ORDEM Nos termos do art. 131 e seguintes do Regimento do Congresso Nacional, venho propor a presente QUESTÃO DE ORDEM, consoante fatos e fundamentos a seguir expostos: O Congresso Nacional (CN)

Leia mais

OAB 140º - 1ª Fase Extensivo Final de Semana Disciplina: Direito Internacional Professor Diego Machado Data: 06/09/2009. 1.

OAB 140º - 1ª Fase Extensivo Final de Semana Disciplina: Direito Internacional Professor Diego Machado Data: 06/09/2009. 1. TEMAS ABORDADOS EM AULA Aula 1: Nacionalidade, Estrangeiro 1. Nacionalidade É um direito fundamental, é um Direito Humano que tem a previsão na previsão na Declaração de Direitos Humanos de 48, portanto,

Leia mais

Em 1983, participou da fundação da União da Juventude Socialista (UJS).

Em 1983, participou da fundação da União da Juventude Socialista (UJS). MINISTRO DA DEFESA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Dr. José Aldo Rebelo Figueiredo Nasceu no dia 23 de fevereiro de 1956, na cidade de Viçosa, em Alagoas. Em 1968, foi aprovado no exame de admissão para

Leia mais

Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) PARECER Nº, DE 2015

Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) PARECER Nº, DE 2015 PARECER Nº, DE 2015 Da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle, sobre a Proposta de Fiscalização e Controle nº 1, de 2015, que propõe investigação sobre o processo de

Leia mais

Prof. Cristiano Lopes

Prof. Cristiano Lopes Prof. Cristiano Lopes CONCEITO: É o procedimento de verificar se uma lei ou ato normativo (norma infraconstitucional) está formalmente e materialmente de acordo com a Constituição. Controlar significa

Leia mais

stf.empauta.com 'Sessão secreta não é compatível com a Carta' NACIONAL ENTREVISTA

stf.empauta.com 'Sessão secreta não é compatível com a Carta' NACIONAL ENTREVISTA 'Sessão secreta não é compatível com a Carta' Lewandowski critica voto secreto no Congresso Para ministro do Supremo, "esse modo de pensar é incompatível com a Constituição" 'Sessão secreta não é compatível

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 2.169 ESPÍRITO SANTO RELATORA AUTOR(A/S)(ES) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO :PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Leia mais

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES REQUERENTE(S) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA REQUERIDO(A/S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO REQUERIDO(A/S) :

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

: MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO MEDIDA CAUTELAR EM MANDADO DE SEGURANÇA 32.299 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS

Leia mais