Classificação. Diuréticos Tiazídicos Hidroclorotiazida Diuréticos de Alça Furosemida Diuréticos Poupadores de Potássio Espironolactona e Amilorida

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Classificação. Diuréticos Tiazídicos Hidroclorotiazida Diuréticos de Alça Furosemida Diuréticos Poupadores de Potássio Espironolactona e Amilorida"

Transcrição

1 Diuréticos

2 Classificação Diuréticos Tiazídicos Hidroclorotiazida Diuréticos de Alça Furosemida Diuréticos Poupadores de Potássio Espironolactona e Amilorida

3 Diuréticos Tiazídicos Hidroclorotiazida

4 Hidroclorotiazida: Local: túbulo contorcido distal; Acesso: transporte para o lúmen no TCP; Mecanismo: inibidor do simporte Na-Cl. 4

5 Hidroclorotiazida: Fatores que influenciam sua eficácia: Ø TFG TFG<30 ml/min à Ineficaz Ø Sais orgânicos no sangue: ácido úrico Competição pelo transportador no TCP 5

6 Hidroclorotiazida: Consequências: Ø Aumento da excreção de NaCl em 5%; Ø Aumento da perda de água; Diurese moderada e persistente Ø Aumento da excreção de HCO - 3 e PO 3-4 (inibição da anidrase carbônica); Ø Aumento da excreção de K + e H + ; Ø Aumenta reabsorção de Ca 2+ no TCP etcd. 6

7 Farmacocinética 1. Via Oral 2. Início do efeito: 2horas 3. Ação mais duradoura: 6 a 12 horas 4. Excreção renal: forma inalterada

8 Farmacoterapia Indicações Contra-Indicações 1. Hipertensão arterial sistêmica 2. Edema por ICC leve 3. Glaucoma de ângulo aberto 4. Osteoporose 5. Litíase por Ca Cirrose hepática 7. Intoxicação por Br- 1. Hipersensibilidade ao fármaco 2. Insuficiência renal grave com TFG<30ml/min 3. Hipopotassemia à TdP 4. Gravidez 5. Lactação 8

9 Farmacoterapia 1. Hipotensão; Reações Adversas 2. Hiponatremia, hipomagnesemia, hipocloremia à cãimbras, dores musculares, fraqueza muscular; 3. Hipopotassemia à hiperglicemia, TdP, alcalose metabólica; 4. Hipercalcemia; 5. Hiperuricemia; 9

10 Farmacoterapia 6. Alcalose metabólica; 7. Alterações dos lipídeos sanguíneos; 8. Disfunção erétil; 9. Discrasias sanguíneas. Reações Adversas 10

11 Diuréticos de Alça Furosemida

12 Furosemida Local de ação: alça de Henle; Mecanismo: bloqueio do transportador Na + /2Cl - /K + ; Acesso: transporte ao lúmen no TCP; 12

13 Farmacocinética 1. Início do efeito:: Via Oral 1hora Via EV 5 minutos Via IM Pouco tempo 2. Duração: 6 a 8 h via Oral 3. Efeito rebote àadministrar junto a IECA 13

14 Furosemida Conseqüências: 1. Aumenta em 65% a excreção de NaCl; Grande e rápida perda de água; 1. Perda de HCO - 3 e PO -3 4 ; 2. Aumento da perda de Ca +2, Mg +2 e K + ; 3. Aumento da capacitância venosa e diminuição da pré-carga; 4. Reduz a secreção de ácido úrico. 14

15 Farmacoterapia Indicações 1. ICC moderada e grave 2. Cirrose hepática com ascite 3. Hipercalcemia 4. Edema pulmonar agudo 5. Glaucoma de ângulo aberto 6. Anúria, oligúria 7. Edema associado à insuficiência renal crônica Contra-Indicações 1. Hipersensibilidade 2. Gravidez 3. Mulheres climatérias 4. Hipopotassemia à TdP Cuidado: uso de digitálicos 15

16 Farmacoterapia Reações adversas 1. Hipocalemia à hiperglicemia, risco de TdP; 2. Alcalose; 3. Hiponatremia, hipocloremia, hipocalcemia (tetania), hipomagnesemia (arritmias); 4. Alterações nos lipídeos sanguíneos; 5. Ototoxicidade; 6. Deprime medula óssea; 7. Rash cutâneo, fotossensibilidade; 8. Hipotensão ortostática; 9. Distúrbios TGI; 10. Hiperuricemia; 16

17 Diuréticos poupadores de potássio Espironolactona

18 Espironolactona Local de ação: receptores citosólicosde aldosterona; Não precisa chegar ao lúmen dos túbulos renais; Mecanismo: antagonistas dos receptores de aldosterona. 18

19 Farmacocinética 1. Via Oral 2. Biodisponibilidade: 73% 3. Meia-vida: 13 a 24horas 4. Metabólito ativo: Canrenona (biotransformação hepática) 19

20 Espironolactona Consequências: Antagonismo dos receptores da aldosterona 1. Aumento da excreção de NaCl 2. Retenção de K + ü Espironolactona tem afinidade por receptor de progesterona e androgênios à ginecomastia, hisurtismo, impotência, galactorréia, ciclos menstruais irregulares. 20

21 Farmacoterapia Reações adversas 1. Galactorréia, hisurtismo, ginecomastia; 2. Hipertricose; 3. Diminuição da libido; 4. Engrossamento da voz; 5. Discrasias sanguíneas; 6. Câncer de mama; 7. Sonolência; 8. Impotência; 9. Úlceras pépticas; 10. Sintomas TGI. 21

22 Diuréticos poupadores de potássio Amilorida

23 Amilorida Local de ação: porção final do túbulo contorcido distal e ducto coletor; Mecanismo: Øinibe canais de Na + das células principais; *células intercaladas tipo A Øinibe ação de Na + /K + -ATPase (dose maior). Consequências: Diminui a excreção de Mg +2 e K +.

24 Farmacocinética 1. Via Oral; 2. Biodisponibilidade: 15 25%; 3. Meia-vida: 6-9h; 4. Excreção: renal e fecal. 24

25 Amilorida Indicações Contra-indicações 1. Hipertensão; 2. Edema; 3. Reduz a poliúria induzida por lítio. 1. Hipercalemia 2. Suplemento de K + 3. Anúria 4. IRA 5. Nefropatia diabética 25

26 Farmacoterapia Reações Adversas: 1. Cefaléia; 2. Fadiga; 3. Hipercalemia; 4. Hiponatremia; 5. Ginecomastia; 6. Disfunção erétil; 7. Dispnéia; 8. Arritmias 9. Alopécia 10. Hemorragia 11. Poliúria 12. Hipotensão ortostática 26

Diuréticos. Classificação da diurese. FUNÇÕES RENAIS A manutenção do meio interno através s da: Secreção de hormônios. Excreção de drogas

Diuréticos. Classificação da diurese. FUNÇÕES RENAIS A manutenção do meio interno através s da: Secreção de hormônios. Excreção de drogas Diuréticos Os diuréticos são fármacos f que tem a propriedade de causar Diuréticos aumento do volume urinário rio e cujo mecanismo é a inibição da reabsorção tubular de sódio s e água. Prof. Carlos Cezar

Leia mais

DIURÉTICOS Professora: Fernanda Brito

DIURÉTICOS Professora: Fernanda Brito DIURÉTICOS Professora: Fernanda Brito PRINCIPAIS FUNÇÕES RENAIS Promover a excreção de produtos de degradação (uréia, ác. úrico, creatinina) Regular o balanço hidro-eletrolítico Regular a concentração

Leia mais

FARMACOLOGIA. Aula 11 Continuação da aula anterior Rim Diuréticos Antidiuréticos Modificadores do transporte tubular ANTIGOTOSOS

FARMACOLOGIA. Aula 11 Continuação da aula anterior Rim Diuréticos Antidiuréticos Modificadores do transporte tubular ANTIGOTOSOS FARMACOLOGIA Aula 11 Continuação da aula anterior Rim Diuréticos Antidiuréticos Modificadores do transporte tubular ANTIGOTOSOS RIM RIM RIM Filtra perto de 150 litros por dia! Após secreção e reabsorção

Leia mais

Hidroclorotiazida. Diurético - tiazídico.

Hidroclorotiazida. Diurético - tiazídico. Hidroclorotiazida Diurético - tiazídico Índice 1. Definição 2. Indicação 3. Posologia 4. Contraindicação 5. Interação medicamentosa 1. Definição A Hidroclorotiazida age diretamente sobre os rins atuando

Leia mais

Fármacos com Ação nas Arritmias, Insuficiência Cardíaca e Acidentes Vasculares

Fármacos com Ação nas Arritmias, Insuficiência Cardíaca e Acidentes Vasculares UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Ciências Farmacêuticas Departamento de Farmácia Fármacos com Ação nas Arritmias, Insuficiência Cardíaca e Acidentes Vasculares Prof. Dr. Roberto Parise Filho Química

Leia mais

Profa. Dra. Milena Araújo Tonon Corrêa 1

Profa. Dra. Milena Araújo Tonon Corrêa 1 Profa. Dra. Milena Araújo Tonon Corrêa 1 Fármacos que afetam as funções renal e cardiovascular 2 Diuréticos: Os diuréticos aumentam a taxa de excreção de Na +,Cl - ou HCO -. 3 Eles também diminuem a reabsorção

Leia mais

Diuréticos, Quando eu devo associar?

Diuréticos, Quando eu devo associar? Diuréticos, Quando eu devo associar? Curso de emergências em cardiologia de cães e gatos Goldfeder e dos Santos Cardiologia Veterinária Alexandre Bendas, MSc Doutorando Universidade Federal Fluminense

Leia mais

DIURÉTICOS 09/10/2016 CONCEITO INTRODUÇÃO FISIOLOGIA RENAL FISIOLOGIA RENAL FISIOLOGIA RENAL

DIURÉTICOS 09/10/2016 CONCEITO INTRODUÇÃO FISIOLOGIA RENAL FISIOLOGIA RENAL FISIOLOGIA RENAL CONCEITO DIURÉTICOS Diuréticos são drogas que promovem a excreção renal de água, sódio e outros eletrólitos, aumentando assim a formação de urina e o débito urinário. Prof. Karina Lemos Guedes Karinag@pitagoras.com.br

Leia mais

Fisiologia Renal. Mecanismos tubulares I ESQUEMAS SOBRE FISIOLOGIA RENAL. Profa. Ms Ana Maria da Silva Curado Lins Universidade Católica de Goiás

Fisiologia Renal. Mecanismos tubulares I ESQUEMAS SOBRE FISIOLOGIA RENAL. Profa. Ms Ana Maria da Silva Curado Lins Universidade Católica de Goiás ESQUEMAS SOBRE FISIOLOGIA RENAL. Mecanismos tubulares I Fisiologia Renal Profa. Ms Ana Maria da Silva Curado Lins Universidade Católica de Goiás Mecanismos de manipulação do filtrado pelos túbulos renais:

Leia mais

BULA DO PROFISSIONAL DE SAÚDE. BURINAX (bumetanida) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA Comprimidos 1 mg

BULA DO PROFISSIONAL DE SAÚDE. BURINAX (bumetanida) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA Comprimidos 1 mg Abbott laboratórios do Brasil Ltda. Fax: 55 11 5536 7345 BULA DO PROFISSIONAL DE SAÚDE BURINAX (bumetanida) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA Comprimidos 1 mg BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE I) IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

98% intracelular extracelular

98% intracelular extracelular DISTRIBUIÇÃO CORPORAL DE 98% intracelular extracelular 2% HOMEOSTASE DE POTÁSSIO BALANÇO EXTERNO vs BALANÇO INTERNO BALANÇO INTERNO BALANÇO EXTERNO HOMEOSTASE DE POTÁSSIO BALANÇO EXTERNO vs BALANÇO INTERNO

Leia mais

Aldazida espironolactona, hidroclorotiazida

Aldazida espironolactona, hidroclorotiazida Aldazida espironolactona, hidroclorotiazida PARTE I IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO Nome: Aldazida Nome genérico: espironolactona e hidroclorotiazida Forma farmacêutica e apresentações: Aldazida em embalagens

Leia mais

21/07/14. Processos metabólicos. Conceitos Básicos. Respiração. Catabolismo de proteínas e ácidos nucleicos. Catabolismo de glicídios

21/07/14. Processos metabólicos. Conceitos Básicos. Respiração. Catabolismo de proteínas e ácidos nucleicos. Catabolismo de glicídios Prof. Dr. Adriano Bonfim Carregaro Medicina Veterinária FZEA USP www.anestesia.vet.br Processos metabólicos Respiração Catabolismo de proteínas e ácidos nucleicos Ácidos acético, sulfúrico, fosfórico e

Leia mais

MINI BULA VALSARTANA + HIDROCLOROTIAZIDA

MINI BULA VALSARTANA + HIDROCLOROTIAZIDA MINI BULA VALSARTANA + HIDROCLOROTIAZIDA Apresentação de Valsartana + hidroclorotiazida compr. rev. emb. c/ 14 e 28 compr. Cada compr. rev. contém 80 mg de valsartana e 12,5 mg de hidroclorotiazida ou

Leia mais

Benicar Htc. Apresentação de Benicar Htc. embalagens com 30 comprimidos: 20 mg/ 12,5 mg; 40 mg/ 12,5 mg ou 40 mg/ 25 mg. Benicar Htc - Indicações

Benicar Htc. Apresentação de Benicar Htc. embalagens com 30 comprimidos: 20 mg/ 12,5 mg; 40 mg/ 12,5 mg ou 40 mg/ 25 mg. Benicar Htc - Indicações Benicar Htc Apresentação de Benicar Htc embalagens com 30 comprimidos: 20 mg/ 12,5 mg; 40 mg/ 12,5 mg ou 40 mg/ 25 mg. Benicar Htc - Indicações Benicar HCT é indicado para o tratamento da hipertensão arterial.

Leia mais

MODELO DE TEXTO DE BULA

MODELO DE TEXTO DE BULA MODELO DE TEXTO DE BULA CLORANA hidroclorotiazida Forma farmacêutica e de apresentação Clorana 25 mg - cartucho contendo 30 comprimidos Clorana 50 mg - cartucho contendo 20 comprimidos USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Leia mais

Grupo farmacoterapêutico: Medicamentos anti-hipertensores; diuréticos poupadores de potássio.

Grupo farmacoterapêutico: Medicamentos anti-hipertensores; diuréticos poupadores de potássio. Leia todo este Folheto Informativo com atenção antes de começar a tomar o medicamento. - Conserve este Folheto Informativo. Pode ser necessário voltar a lê-lo. - Se tiver alguma dúvida, fale com o seu

Leia mais

Alterações do equilíbrio hídrico Alterações do equilíbrio hídrico Desidratação Regulação do volume hídrico

Alterações do equilíbrio hídrico Alterações do equilíbrio hídrico Desidratação Regulação do volume hídrico Regulação do volume hídrico Alteração do equilíbrio hídrico em que a perda de líquidos do organismo é maior que o líquido ingerido Diminuição do volume sanguíneo Alterações do equilíbrio Hídrico 1. Consumo

Leia mais

Laboratório de Furosemida Genérico. Referência de Furosemida Furosemida Inj

Laboratório de Furosemida Genérico. Referência de Furosemida Furosemida Inj Laboratório de Furosemida Genérico Referência de Furosemida Furosemida Inj Apresentação de Furosemida Cada comprimido contém: Furosemida........................... 40 mg Excipiente q.s.p..................

Leia mais

Aldazida espironolactona e hidroclorotiazida

Aldazida espironolactona e hidroclorotiazida Aldazida espironolactona e hidroclorotiazida I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Aldazida Nome genérico: espironolactona e hidroclorotiazida APRESENTAÇÃO Aldazida em embalagens contendo 30

Leia mais

R1CM HC UFPR Dra. Elisa D. Gaio Prof. CM HC UFPR Dr. Mauricio Carvalho

R1CM HC UFPR Dra. Elisa D. Gaio Prof. CM HC UFPR Dr. Mauricio Carvalho R1CM HC UFPR Dra. Elisa D. Gaio Prof. CM HC UFPR Dr. Mauricio Carvalho CASO CLÍNICO Homem, 45 anos, com cirrose por HCV foi admitido com queixa de fraqueza e icterícia de início recente. O paciente possuía

Leia mais

Anatomia funcional do rim Função renal

Anatomia funcional do rim Função renal Anatomia funcional do rim Função renal Ganho Balanço diário Perda Ingestão Equilíbrio osmótico Bebidas e comidas Suor Pulmões Ingestão Metabolismo Metabolismo Urina Fezes Perdas Fluido extracelular Fluido

Leia mais

HIDROCLOROTIAZIDA Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Comprimido Simples 50mg

HIDROCLOROTIAZIDA Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Comprimido Simples 50mg HIDROCLOROTIAZIDA Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Comprimido Simples 50mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: HIDROCLOROTIAZIDA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Comprimido

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Fisiologia Renal Função Tubular Formação da Urina Clearance (Depuração) Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas

Leia mais

Aldazida Laboratórios Pfizer Ltda. Comprimidos 50 mg + 50 mg

Aldazida Laboratórios Pfizer Ltda. Comprimidos 50 mg + 50 mg Aldazida Laboratórios Pfizer Ltda. Comprimidos 50 mg + 50 mg Aldazida espironolactona e hidroclorotiazida I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Aldazida Nome genérico: espironolactona e hidroclorotiazida

Leia mais

MODELO DE BULA. Lasilactona espironolactona furosemida

MODELO DE BULA. Lasilactona espironolactona furosemida MODELO DE BULA Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Lasilactona espironolactona furosemida FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Cápsulas. Embalagens

Leia mais

espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg espironolactona_com_v2_vp VERSÃO 02 da RDC 47 - Esta versão altera a VERSÃO 01 Página 1

espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg espironolactona_com_v2_vp VERSÃO 02 da RDC 47 - Esta versão altera a VERSÃO 01 Página 1 espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg Página 1 espironolactona Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 Comprimido FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Embalagens com 30 comprimidos

Leia mais

DISTÚRBIO HIDRO- ELETROLÍTICO E ÁCIDO-BÁSICO. Prof. Fernando Ramos Gonçalves -Msc

DISTÚRBIO HIDRO- ELETROLÍTICO E ÁCIDO-BÁSICO. Prof. Fernando Ramos Gonçalves -Msc DISTÚRBIO HIDRO- ELETROLÍTICO E ÁCIDO-BÁSICO Prof. Fernando Ramos Gonçalves -Msc Distúrbio hidro-eletrolítico e ácido-básico Distúrbios da regulação da água; Disnatremias; Alterações do potássio; Acidoses

Leia mais

Espironolactona GERMED FARMACEUTICA LTDA. Comprimido. 25mg; 50mg e 100mg

Espironolactona GERMED FARMACEUTICA LTDA. Comprimido. 25mg; 50mg e 100mg Espironolactona GERMED FARMACEUTICA LTDA Comprimido 25mg; 50mg e 100mg espironolactona medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Comprimidos de 25 mg embalagem de 15, 30, e 450 comprimidos.

Leia mais

Aula 9: Hipertensão arterial sistêmica (HAS)

Aula 9: Hipertensão arterial sistêmica (HAS) Aula 9: Hipertensão arterial sistêmica (HAS) Pressão arterial O coração bombeia o sangue para os demais órgãos do corpo por meio de tubos chamados artérias. Quando o sangue é bombeado, ele é "empurrado

Leia mais

DISTÚRBIOS DO SÓDIO E DO POTÁSSIO

DISTÚRBIOS DO SÓDIO E DO POTÁSSIO DISTÚRBIOS DO SÓDIO E DO POTÁSSIO HIPONATREMIA Dosagem de sódio ( Na ) sérico < 130mEq/L Oferta hídrica aumentada; Baixa oferta de sódio; Redistribuição osmótica de água ( p.ex. hiperglicemia); Excreção

Leia mais

Turma(s): A11, A12, A13, A14, A21, A22, A23, A24, B11, B12, B13, B14, B21, B22, B23, B24

Turma(s): A11, A12, A13, A14, A21, A22, A23, A24, B11, B12, B13, B14, B21, B22, B23, B24 AULA n.º: 1 Dia 27-09-2016 das 14:00 às 17:00 Ana Leonor Alves Ribeiro Apresentação: disciplina, docente, avaliação, programa, bibliografia. I - FARMACOLOGIA GERAL: 1. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA FARMACOLOGIA

Leia mais

Sistema Urinário. Patrícia Dupim

Sistema Urinário. Patrícia Dupim Sistema Urinário Patrícia Dupim Insuficiência Renal Ocorre quando os rins não conseguem remover os resíduos metabólicos do corpo. As substância normalmente eliminadas na urina acumulam-se nos líquidos

Leia mais

ALDAZIDA. Comprimidos. 50 mg + 50 mg

ALDAZIDA. Comprimidos. 50 mg + 50 mg ALDAZIDA Comprimidos 50 mg + 50 mg Aldazida espironolactona e hidroclorotiazida I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Aldazida Nome genérico: espironolactona e hidroclorotiazida APRESENTAÇÕES

Leia mais

Indapamida Generis 1,5 mg Comprimidos de libertação prolongada

Indapamida Generis 1,5 mg Comprimidos de libertação prolongada Indapamida Generis 1,5 mg Comprimidos de libertação prolongada Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento. Conserve este folheto informativo. Pode ter necessidade de o reler. Caso ainda

Leia mais

Aldactone espironolactona

Aldactone espironolactona Aldactone espironolactona I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Aldactone Nome genérico: espironolactona APRESENTAÇÕES Aldactone 25 mg ou 50 mg em embalagens contendo 30 comprimidos. Aldactone

Leia mais

espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg espironolactona_com_v5_vp VERSÃO 05 da RDC 47 - Esta versão altera a VERSÃO 04 Página 1

espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg espironolactona_com_v5_vp VERSÃO 05 da RDC 47 - Esta versão altera a VERSÃO 04 Página 1 espironolactona Bula para paciente Página 1 espironolactona Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Embalagens com 30 comprimidos contendo 25 mg ou 50 mg de espironolactona.

Leia mais

ph do sangue arterial = 7.4

ph do sangue arterial = 7.4 Regulação do Equilíbrio Ácido Base ph do sangue arterial = 7.4 < 6.9 ou > 7.7 = MORTE 1 Importância do ph nos processos biológicos Protonação ou desprotonação de radicais proteicos Variação da carga total

Leia mais

EUTÍMICO EUTÍMICO 03/02/2014

EUTÍMICO EUTÍMICO 03/02/2014 Prof. José Reinaldo do Amaral EUTÍMICO Eficaz no controle da maniae da hipomania Eficaz no controle da depressão Sempioraro póloopostoda doença Eficaz naprofilaxiada maniae da depressão Estabiliza o humor

Leia mais

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS FARMACOLOGIA CARDIOVASCULAR Prof. Márcio Batista Powerpoint Templates Page 1 Powerpoint Templates Page 2 A N T I - H I P E R T E N S I V O S MECANISMOS DE CONTROLE DA PRESSÃO

Leia mais

BIOQUÍMICA II SISTEMAS TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS 3/1/2012

BIOQUÍMICA II SISTEMAS TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS 3/1/2012 BIOQUÍMICA II Professora: Ms. Renata Fontes Medicina Veterinária 3º Período O conteúdo de Bioquímica II utiliza os conhecimentos adquiridos referentes ao estudo do metabolismo celular e fenômenos físicos

Leia mais

FISIOLOGIA HUMANA. Sistema Renal - Filtração Glomerular - Prof. Fernando Zanoni

FISIOLOGIA HUMANA. Sistema Renal - Filtração Glomerular - Prof. Fernando Zanoni FISIOLOGIA HUMANA Sistema Renal - Filtração Glomerular - Prof. Fernando Zanoni fzanoni@prof.ung.br Função geral dos rins Homeostasia dos líquidos e eletrólitos Filtração, reabsorção, secreção e excreção

Leia mais

Controle da Osmolalidade dos Líquidos Corporais. Prof. Ricardo Luzardo

Controle da Osmolalidade dos Líquidos Corporais. Prof. Ricardo Luzardo Controle da Osmolalidade dos Líquidos Corporais Prof. Ricardo Luzardo Osmolalidade é uma função do número total de partículas em solução, independente de massa, carga ou composição química. As partículas

Leia mais

ATACAND HCT. candesartana cilexetila + hidroclorotiazida

ATACAND HCT. candesartana cilexetila + hidroclorotiazida ATACAND HCT candesartana cilexetila + hidroclorotiazida I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ATACAND HCT candesartana cilexetila + hidroclorotiazida APRESENTAÇÕES Comprimidos de 8/12,5 mg em embalagens com

Leia mais

STILGRIP. Kley Hertz Farmacêutica S.A. Pó para Solução Oral 400 mg paracetamol + 4 mg cloridrato de fenilefrina + 4 mg maleato de clorfeniramina

STILGRIP. Kley Hertz Farmacêutica S.A. Pó para Solução Oral 400 mg paracetamol + 4 mg cloridrato de fenilefrina + 4 mg maleato de clorfeniramina STILGRIP Kley Hertz Farmacêutica S.A. Pó para Solução Oral 400 mg paracetamol + 4 mg cloridrato de fenilefrina + 4 mg maleato de clorfeniramina STILGRIP paracetamol maleato de clorfeniramina cloridrato

Leia mais

irbesartana + hidroclorotiazida

irbesartana + hidroclorotiazida irbesartana + hidroclorotiazida Bula para paciente Comprimido 150 mg + 12,5 mg / 300 mg + 12,5 mg Página 1 irbesartana + hidroclorotiazida Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 Comprimido FORMA FARMACÊUTICA

Leia mais

Conceito de ph ph = - Log [H + ] Aumento [H + ] => diminuição do ph => acidose Diminuição [H + ] => aumento do ph => alcalose Alterações são dependent

Conceito de ph ph = - Log [H + ] Aumento [H + ] => diminuição do ph => acidose Diminuição [H + ] => aumento do ph => alcalose Alterações são dependent Equilíbrio ácido-básico A concentração de H no FEC é mantida dentro de um limite extremamente estreito: 40 nmol/l = 1.000.000 menor que a Concentração dos outros íons!! [H] tem profundo efeito nos eventos

Leia mais

MODURETIC (hidroclorotiazida/cloridrato de amilorida), MSD

MODURETIC (hidroclorotiazida/cloridrato de amilorida), MSD MODURETIC (hidroclorotiazida/cloridrato de amilorida), MSD Identificação do Medicamento O que é MODURETIC (hidroclorotiazida/cloridrato de amilorida), MSD? Formas Farmacêuticas e Apresentações MODURETIC

Leia mais

Losartana potássica (equivalente a 25 mg de losartana base)... 27,31mg

Losartana potássica (equivalente a 25 mg de losartana base)... 27,31mg Losartec losartana potássica Forma farmacêutica e apresentações Comprimidos revestidos: 25mg - caixas com 10 e 30 comprimidos 50mg - caixas com 10 e 30 comprimidos USO ADULTO Composição Comprimidos revestidos

Leia mais

Espironolactona EMS S/A. Comprimido. 25mg; 50mg e 100mg

Espironolactona EMS S/A. Comprimido. 25mg; 50mg e 100mg Espironolactona EMS S/A Comprimido 25mg; 50mg e 100mg I-IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO espironolactona Medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES Comprimidos de 25 Comprimidos de 50 Comprimidos

Leia mais

Farmacologia Cardiovascular

Farmacologia Cardiovascular Farmacologia Cardiovascular Classificação Diuréticos Tiazídicos Hidroclorotiazida Diuréticos de Alça Furosemida Diuréticos Poupadores de Potássio Espironolactona e Amilorida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida:

Leia mais

Manejo da Ascite no Cirrótico

Manejo da Ascite no Cirrótico XVIII WORKSHOP INTERNACIONAL DE HEPATITES VIRAIS DE PERNAMBUCO VII SIMPÓSIO DE TRANSPLANTE HEPÁTICO E HIPERTENSÃO PORTA BRASIL/ INGLATERRA Manejo da Ascite no Cirrótico Gustavo Pereira Serviço de Gastroenterologia

Leia mais

Permita-me uma boa dica de leitura para atualizar a fé:

Permita-me uma boa dica de leitura para atualizar a fé: A soberba é o maior obstáculo que o homem opõe à graça de Deus. E é o pecado capital mais perigoso: insinua-se e tende a infiltrar-se até nas boas obras, fazendo-as perder essa condição e o mérito sobrenatural;

Leia mais

2. O que precisa de saber antes de tomar Bendroflumetiazida Azevedos

2. O que precisa de saber antes de tomar Bendroflumetiazida Azevedos Folheto informativo: Informação para o doente Bendroflumetiazida Azevedos 2,5 mg comprimidos Bendroflumetiazida Azevedos 5 mg comprimidos Bendroflumetiazida Leia com atenção todo este folheto antes de

Leia mais

MODELO DE BULA. Lasilactona espironolactona furosemida

MODELO DE BULA. Lasilactona espironolactona furosemida MODELO DE BULA Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Lasilactona espironolactona furosemida FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Cápsulas. Embalagens

Leia mais

FARMACOLOGIA DOS DIURÉTICOS

FARMACOLOGIA DOS DIURÉTICOS Universidade Federal Fluminense Depto. Fisiologia e Farmacologia Disciplina de Farmacologia FARMACOLOGIA DOS DIURÉTICOS Profa. Elisabeth Maróstica INTRODUÇÃO PRINCIPAIS FUNÇÕES RENAIS: Excreção de produtos

Leia mais

Aldactone espironolactona. Aldactone 25 mg em embalagem contendo 30 comprimidos. Aldactone 50 mg em embalagem contendo 30 comprimidos.

Aldactone espironolactona. Aldactone 25 mg em embalagem contendo 30 comprimidos. Aldactone 50 mg em embalagem contendo 30 comprimidos. Aldactone espironolactona PARTE I IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO Nome: Aldactone Nome genérico: espironolactona Forma farmacêutica e apresentações: Aldactone 25 mg em embalagem contendo 30 comprimidos. Aldactone

Leia mais

Substância ativa: 1-oxo-3-(3-sulfamil-4-clorofenil)-3-hidroxi-isoindolina (clorotalidona). Cada comprimido contém 50 mg de clorotalidona.

Substância ativa: 1-oxo-3-(3-sulfamil-4-clorofenil)-3-hidroxi-isoindolina (clorotalidona). Cada comprimido contém 50 mg de clorotalidona. RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1. Denominação do medicamento Hygroton 50 mg comprimidos 2. Composição qualitativa e quantitativa Substância ativa: 1-oxo-3-(3-sulfamil-4-clorofenil)-3-hidroxi-isoindolina

Leia mais

Eletrólitos na Nutrição Parenteral

Eletrólitos na Nutrição Parenteral Unesp Eletrólitos na Nutrição Parenteral Sergio A R Paiva Complicações da NP Mecânicas Infecciosas Distúrbios metabólicos Complicações da NP Mecânicas Infecciosas Distúrbios metabólicos Complicações da

Leia mais

Ancloric. cloridrato de amilorida + hidroclorotiazida

Ancloric. cloridrato de amilorida + hidroclorotiazida 1 Anexo A Folha de rosto para a bula Ancloric cloridrato de amilorida + hidroclorotiazida Vitapan Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimido simples 50mg/5mg 2 IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Ancloric hidroclorotiazida

Leia mais

HIDRION. Laboratório Gross S/A. Comprimidos Furosemida 40 mg/cloreto de Potássio 100 mg

HIDRION. Laboratório Gross S/A. Comprimidos Furosemida 40 mg/cloreto de Potássio 100 mg HIDRION Laboratório Gross S/A. Comprimidos Furosemida 40 mg/cloreto de Potássio 100 mg HIDRION furosemida cloreto de potássio APRESENTAÇÕES Comprimido: 40 mg de furosemida e 100 mg de cloreto de potássio

Leia mais

APARELHO URINÁRIO (III)

APARELHO URINÁRIO (III) APARELHO URINÁRIO (III) (Reabsorção e secreção tubulares) Mário Gomes Marques Instituto de Fisiologia da FML (Director: Prof. Luis Silva-Carvalho) 1 RIM (reabsorção e secreção tubulares) Qualquer substância

Leia mais

FARMACOCINÉTICA FARMACODINÂMICA FARMACOCINÉTICA CONCEITOS PRELIMINARES EVENTOS ADVERSOS DE MEDICAMENTOS EAM. Ação do medicamento na molécula alvo;

FARMACOCINÉTICA FARMACODINÂMICA FARMACOCINÉTICA CONCEITOS PRELIMINARES EVENTOS ADVERSOS DE MEDICAMENTOS EAM. Ação do medicamento na molécula alvo; CONCEITOS PRELIMINARES Remédio; Medicamentos; Medicação; Fármaco; Droga; Eventos Adversos de Medicamentos (EAM). EVENTOS ADVERSOS DE MEDICAMENTOS EAM Associado ou não à um dano ao paciente. É o caminho

Leia mais

espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg espironolactona_com_v6_vp VERSÃO 06 da RDC 47 - Esta versão altera a VERSÃO 05

espironolactona Bula para paciente Comprimido 25 e 50 mg espironolactona_com_v6_vp VERSÃO 06 da RDC 47 - Esta versão altera a VERSÃO 05 espironolactona Bula para paciente espironolactona Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Embalagens com 30 comprimidos contendo 25 mg ou 50 mg de espironolactona.

Leia mais

Insuficiência Cardiaca

Insuficiência Cardiaca Enfermagem em Clínica Médica Insuficiência Cardiaca Enfermeiro: Elton Chaves email: eltonchaves76@hotmail.com EPIDEMIOLOGIA A Insuficiência Cardíaca ou insuficiência cardíaca congestiva - é resultante

Leia mais

ATACAND. candesartana cilexetila

ATACAND. candesartana cilexetila ATACAND candesartana cilexetila I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ATACAND candesartana cilexetila APRESENTAÇÕES Comprimidos de 8 mg em embalagem com 30 comprimidos. Comprimidos de 16 mg em embalagens com

Leia mais

Biofísica renal. Estrutura e função dos rins

Biofísica renal. Estrutura e função dos rins Biofísica renal Estrutura e função dos rins Múltiplas funções do sistema renal Regulação do balanço hídrico e eletrolítico (volume e osmolaridade) Regulação do equilíbrio ácidobásico (ph) Excreção de produtos

Leia mais

Aldactone Laboratórios Pfizer Ltda. Comprimidos 25 mg, 50 mg e 100 mg

Aldactone Laboratórios Pfizer Ltda. Comprimidos 25 mg, 50 mg e 100 mg Aldactone Laboratórios Pfizer Ltda. Comprimidos 25 mg, 50 mg e 100 mg Aldactone espironolactona I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Aldactone Nome genérico: espironolactona APRESENTAÇÕES Aldactone

Leia mais

candesartana cilexetila Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos simples 8 mg e 16 mg

candesartana cilexetila Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos simples 8 mg e 16 mg candesartana cilexetila Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos simples 8 mg e 16 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO candesartana cilexetila

Leia mais

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO Página 1 de 19 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Libeo 10 mg comprimidos mastigáveis para cães 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Um comprimido

Leia mais

irbesartana + hidroclorotiazida

irbesartana + hidroclorotiazida irbesartana + hidroclorotiazida Althaia S.A. Indústria Farmacêutica. Comprimidos 150 mg + 12,5mg 300 mg + 12,5mg irbesartana + hidroclorotiazida Medicamento Genérico Lei nº 9.787, de 1999. I IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

APROVADO EM INFARMED FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR. ONDOLEN FORTE 50 mg + 50 mg comprimidos

APROVADO EM INFARMED FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR. ONDOLEN FORTE 50 mg + 50 mg comprimidos FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR ONDOLEN FORTE 50 mg + 50 mg comprimidos Espironolactona + Hidroclorotiazida Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento. -Conserve este

Leia mais

SISTEMA TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS

SISTEMA TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS SISTEMA TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS Regulação do Equilíbrio Ácido-Básico ph = Potencial Hidrogeniônico Concentração de H + Quanto mais ácida uma solução maior sua concentração de H + e menor o seu ph

Leia mais

Micardis HCT telmisartana hidroclorotiazida. Comprimidos de MICARDIS HCT de 40 mg/12,5 mg: embalagens com 14 e 28 comprimidos.

Micardis HCT telmisartana hidroclorotiazida. Comprimidos de MICARDIS HCT de 40 mg/12,5 mg: embalagens com 14 e 28 comprimidos. Micardis HCT telmisartana hidroclorotiazida ABCD Forma farmacêutica e apresentações Comprimidos de MICARDIS HCT de 40 mg/12,5 mg: embalagens com 14 e 28 comprimidos. Comprimidos de MICARDIS HCT de 80 mg/12,5

Leia mais

DIUREMIDA. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Comprimido 40mg

DIUREMIDA. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Comprimido 40mg DIUREMIDA Geolab Indústria Farmacêutica S/A Comprimido 40mg MODELO DE BULA PARA O PROFISSIONAL DE SAÚDE Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento.

Leia mais

APROVADO EM INFARMED

APROVADO EM INFARMED FOLHETO INFORMATIVO TIASAR, COMPRIMIDOS REVESTIDOS TIASAR 25 mg comprimidos revestidos COMPOSIÇÃO Comprimidos a 25 mg Losartan potássico... 25,0 mg Excipiente q.b.p.... 1 comprimido revestido FORMA FARMACÊUTICA

Leia mais

O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL PRESSÃO ALTA?

O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL PRESSÃO ALTA? COMO EU TRATO? O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL OU PRESSÃO ALTA? MINISTÉRIO DA SAÚDE Coordenação de Doenças Crônico-Degenerativas Hipertensão Arterial ou Pressão Alta é quando a pressão que o sangue faz na

Leia mais

Comprometimento Orgânico

Comprometimento Orgânico Paciente Oncológico Comprometimento Orgânico Loco-regionais Invasão e compressão À distância Metástases Secundários ao tratamento Quimioterápicos Metabólicos sistêmicos Hipercalcemia Hiponatremia Produção

Leia mais

APROVADO EM INFARMED

APROVADO EM INFARMED FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR APROVADO EM Por favor leia este folheto antes de começar a tomar LARUTAN 600 mg. Guarde este folheto até ter acabado o medicamento. Pode necessitar de

Leia mais

VENZER candesartana cilexetila MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA

VENZER candesartana cilexetila MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA VENZER candesartana cilexetila MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA APRESENTAÇÃO Comprimidos com 8 mg de candesartana cilexetila. Embalagem contendo 30 comprimidos. Comprimidos

Leia mais

Micardis HCT. telmisartana hidroclorotiazida

Micardis HCT. telmisartana hidroclorotiazida ABCD Micardis HCT telmisartana hidroclorotiazida Forma farmacêutica e apresentações Comprimidos de MICARDIS HCT de 40 mg/12,5 mg: embalagens com 14 e 30 comprimidos. Comprimidos de MICARDIS HCT de 80 mg/12,5

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PROGRAMA DE ENSINO TUTORIAL (PET) FACULDADE DE MEDICINA DISTÚRBIO HIDROELETROLÍTICO E ÁCIDO-BÁSICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PROGRAMA DE ENSINO TUTORIAL (PET) FACULDADE DE MEDICINA DISTÚRBIO HIDROELETROLÍTICO E ÁCIDO-BÁSICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PROGRAMA DE ENSINO TUTORIAL (PET) FACULDADE DE MEDICINA DISTÚRBIO HIDROELETROLÍTICO E ÁCIDO-BÁSICO Petiano(a): Flora Cruz de Almeida ÁGUA CORPORAL Sexo - Homem: 60% - Mulher:

Leia mais

FUNÇÃO RENAL. Profa. Dra. Enny Fernandes Silva

FUNÇÃO RENAL. Profa. Dra. Enny Fernandes Silva FUNÇÃO RENAL Profa. Dra. Enny Fernandes Silva Funções do Rim Balanço hídrico e salino Excreção de compostos nitrogenados Regulação ácido-base Metabolismo ósseo Atividade eritropoiética Controle da pressão

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE DIURÉTICOS NO TRATAMENTO DA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA UMA REVISÃO 1

ASSOCIAÇÃO DE DIURÉTICOS NO TRATAMENTO DA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA UMA REVISÃO 1 ASSOCIAÇÃO DE DIURÉTICOS NO TRATAMENTO DA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA UMA REVISÃO 1 Jessyca Bandeira Corrêa 2, Juliana Ücker 3, Maiara Schenkel 4, Gabriela Gelatti 5, Adriane Tormohlen 6, Marilei Uecker Pletsch

Leia mais

Embalagens de 20, 60 e 100 comprimidos de libertação modificada

Embalagens de 20, 60 e 100 comprimidos de libertação modificada Acalka (Citrato de Potássio) Embalagens de 20, 60 e 100 comprimidos de libertação modificada Cada comprimido contém como princípio activo 1080 mg de citrato de potássio (equivalente a 10 meq de potássio).

Leia mais

LASIX. Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Comprimidos 40mg

LASIX. Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Comprimidos 40mg LASIX Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Comprimidos 40mg CONFIDENCIAL Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Av. Major Sylvio de Magalhães Padilha, 5200 - Ed. Atlanta - Jd. Morumbi - CEP 05693-000 - São Paulo

Leia mais

ECAMAIS é usado no tratamento da hipertensão arterial.

ECAMAIS é usado no tratamento da hipertensão arterial. FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o utilizador ECAMAIS 10 mg + 12.5 mg comprimidos ECAMAIS 20 mg + 12.5 mg comprimidos Lisinopril + hidroclorotiazida Leia atentamente este folheto antes de tomar este

Leia mais

Sistema excretor. Professora Mariana Peixoto

Sistema excretor. Professora Mariana Peixoto Sistema excretor Professora Mariana Peixoto Eliminação de excretas nos seres humanos Unidade básica dos rins: néfrons (Cápsula de Bowman) (alça de Henle) Formação da urina Filtração glomerular Glóbulos

Leia mais

Manejo clínico da ascite

Manejo clínico da ascite Manejo clínico da ascite Prof. Henrique Sérgio Moraes Coelho XX Workshop Internacional de Hepatites Virais Recife Pernambuco 2011 ASCITE PARACENTESE DIAGNÓSTICA INDICAÇÕES: ascite sem etiologia definida

Leia mais

MEDQUÍMICA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA

MEDQUÍMICA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA hidroclorotiazida Genérico Lei nº 9787, de 1999 MEDQUÍMICA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Comprimido 25 mg e 50 mg hidroclorotiazida genérico lei nº 9787, de 1999" comprimido I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Leia mais

Iguassina hidroclorotiazida triantereno

Iguassina hidroclorotiazida triantereno Iguassina hidroclorotiazida triantereno Forma Farmacêutica e Apresentação: Comprimido: Embalagem com 20 comprimidos. USO ADULTO USO ORAL Composição: Cada comprimido contém: hidroclorotiazida 50 mg triantereno

Leia mais

ácido zoledrônico Bula para paciente Solução injetável 4 mg/5ml

ácido zoledrônico Bula para paciente Solução injetável 4 mg/5ml ácido zoledrônico Bula para paciente Solução injetável 4 mg/5ml ácido zoledrônico Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 Solução injetável FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Embalagens com 1 frasco-ampola

Leia mais

Comprimido. CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO: Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30ºC).

Comprimido. CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO: Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30ºC). acetazolamida Comprimido IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Comprimido 250 mg: caixa com 25 comprimidos. USO PEDIÁTRICO E ADULTO COMPOSIÇÃO: Comprimido Cada comprimido contém:

Leia mais

furosemida Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos 40 mg

furosemida Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos 40 mg furosemida Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos 40 mg BULA PARA PROFISSIONAL DE SAÚDE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO furosemida Medicamento genérico

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Aldactazine 25mg/15mg comprimidos Espironolactona/altizida Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contêm informação

Leia mais

TRANSTORNOS ÁCIDOS-BÁSICOS

TRANSTORNOS ÁCIDOS-BÁSICOS TRANSTORNOS ÁCIDOS-BÁSICOS Marcos Mendes Disciplina de Fisiologia FMABC Conceitos ph = 7,40 0,04 (compatível com a vida 6,8 a 7,8) ph < 7,36 ACIDEMIA ph > 7,44 ALCALEMIA pco2 (a) = (40 4) mmhg TRANST.

Leia mais

ATACAND HCT candesartana cilexetila + hidroclorotiazida. Comprimidos de 8/12,5 mg ou 16/12,5 mg em embalagens com 20 ou 30 comprimidos.

ATACAND HCT candesartana cilexetila + hidroclorotiazida. Comprimidos de 8/12,5 mg ou 16/12,5 mg em embalagens com 20 ou 30 comprimidos. ATACAND HCT candesartana cilexetila + hidroclorotiazida I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ATACAND HCT candesartana cilexetila + hidroclorotiazida APRESENTAÇÕES Comprimidos de 8/12,5 mg ou 16/12,5 mg em embalagens

Leia mais

BULA DO PACIENTE. BURINAX (bumetanida) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA Comprimidos 1 mg

BULA DO PACIENTE. BURINAX (bumetanida) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA Comprimidos 1 mg Abbott laboratórios do Brasil Ltda. BULA DO PACIENTE BURINAX (bumetanida) ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA Comprimidos 1 mg I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Burinax bumetanida BULA PARA O PACIENTE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Edema OBJECTIVOS. Definir edema. Compreender os principais mecanismos de formação do edema. Compreender a abordagem clínica do edema

Edema OBJECTIVOS. Definir edema. Compreender os principais mecanismos de formação do edema. Compreender a abordagem clínica do edema OBJECTIVOS Definir edema Compreender os principais mecanismos de formação do edema Compreender a abordagem clínica do edema É um sinal que aparece em inúmeras doenças, e que se manifesta como um aumento

Leia mais

EXAMES COMPLEMENTARES GASOMETRIA GASOMETRIA ARTERIAL EQUILÍBRIO ÁCIDO - BÁSICO EQUILÍBRIO ÁCIDO - BÁSICO

EXAMES COMPLEMENTARES GASOMETRIA GASOMETRIA ARTERIAL EQUILÍBRIO ÁCIDO - BÁSICO EQUILÍBRIO ÁCIDO - BÁSICO GASOMETRIA ARTERIAL EXAMES COMPLEMENTARES GASOMETRIA A gasometria arterial é um exame invasivo que mede as concentrações de oxigênio, a ventilação e o estado ácido-básico. Prof. Carlos Cezar I. S. Ovalle

Leia mais