ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA"

Transcrição

1 ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA 1 Objecto É objecto do presente procedimento a alienação de edifícios das escolas do 1.º ciclo desactivadas, no estado em que se encontram, propriedade do Município de Figueiró dos Vinhos, cujas bases de licitação são as seguintes: Lote Designação/Localização Descrição/Áreas Matriz Registo Valor base licitação 1 Primária - Carapinhal 39 52'45.70"N S. Coberta: 185 m '45.67"W Logradouro: m 2 U / ,40 2 Primária - Jarda 39 51'26.29"N S. Coberta: 158 m '8.98"W Logradouro: 977,28 m 2 U / ,80 3 Primária - Carreira 39 50'4.68"N S. Coberta: 157,37 m '38.29"W Logradouro: 1.867,63 m 2 U / , Primária - Lomba da Casa Primária - Moninhos Fundeiros 39 56'50.74"N 8 19'15.03"W S. Coberta: 159,84 m 2 Logradouro: 1.044,32 m '51.29"N S. Coberta: 149,16 m '45.45"W Logradouro: 1.031,64 m 2 U / U / , ,30 6 Primária - Vale do Rio 7 Primária - Ponte S. Simão 2 - Localização dos edifícios 39 51'20.68"N S. Coberta: 149,16 m '16.55"W Logradouro: m '18.88"N S. Coberta: 76,5 m '52.56"W Logradouro: 1.079,50 m 2 U / U / , ,00 Lote Designação/Localização Freguesia 1 Primária - Carapinhal 39 52'45.70"N 8 16'45.67"W Figueiró dos Vinhos 2 Primária - Jarda 39 51'26.29"N 8 18'8.98"W Arega 3 Primária - Carreira 39 50'4.68"N 8 19'38.29"W Arega 4 Primária - Lomba da Casa 5 Primária - Moninhos Fundeiros 6 Primária - Vale do Rio 7 Primária - Ponte S. Simão 39 56'50.74"N 8 19'15.03"W 39 56'51.29"N 8 17'45.45"W 39 51'20.68"N 8 16'16.55"W 39 55'18.88"N 8 18'52.56"W Figueiró dos Vinhos

2 3 Acto Público 3.1. A alienação dos edifícios das escolas do 1.º ciclo desactivadas, será efectuada por hasta pública que decorrerá no Salão Nobre do Município de Figueiró dos Vinhos, na hora e data a indicar no anúncio de divulgação da hasta pública Os interessados deverão comparecer no local e ser portadores de documento de identificação válido. No caso de pessoas colectivas, deverão os interessados estar habilitados com poderes bastantes para arrematar Os bens descritos serão licitados pela ordem acima indicada, constituindo cada edifício escolar um lote. Os interessados deverão licitar verbalmente, sendo o valor mínimo de cada lanço para os Lotes 1 a 5 de euros (mil euros) e para os Lotes 6 e 7 de 500 euros (quinhentos euros). 4 Adjudicação 4.3. Terminados os procedimentos previstos, o imóvel é adjudicado provisoriamente pelo Júri, a quem tiver oferecido o preço mais elevado, e a quem incumbe, de imediato, proceder ao pagamento de 10% do valor da adjudicação As importâncias entregues nos termos do número anterior, serão devolvidas ao adjudicatário caso não se venha a concretizar a transmissão por motivo que não lhe seja imputado Caso, no prazo legalmente previsto para o efeito, não seja exercido o direito de preferência pelas entidades a quem seja legalmente atribuído tal direito, deve o adjudicatário provisório proceder ao pagamento de 40% do valor da adjudicação, no prazo de 5 dias úteis após a notificação para o efeito, por carta registada, com aviso de recepção O adjudicatário deverá declarar se licita em nome próprio ou no de sociedade ou cooperativa de que seja gerente ou sócio ou se licita como mandatário ou gestor de negócios de outrem. Se o adjudicatário declarar que actua enquanto representante, mandatário ou gestor de negócios de outrem, deverá apresentar

3 no prazo de 5 dias úteis, a contar da data da realização do acto público, documentação suficiente para provar a qualidade que alega Caso não seja observado o prazo anteriormente referido, a adjudicação fica sem efeito No final da arrematação, será elaborado o respectivo auto de arrematação, conforme modelo anexo, que deve ser assinado pelos membros do Júri e pelo adjudicatário provisório O adjudicatário deve apresentar, no prazo de 8 dias úteis a contar da comunicação de não exercício do direito de preferência, os seguintes documentos: a) Documento comprovativo de se encontrar com a situação regularizada perante a Fazenda Nacional; b) Documento comprovativo de se encontrar com a situação regularizada perante a Segurança Social A não apresentação dos documentos, por motivo imputável ao adjudicatário, implica a não adjudicação definitiva do imóvel Não são admitidas quaisquer reclamações sobre o estado dos bens e eventuais defeitos. 5 - Condições de Pagamento 5.1. O adjudicatário provisório paga no acto do Hasta Pública 10% do valor total da adjudicação Não se apresentando nenhuma entidade a exercer o direito de preferência, o adjudicatário provisório será notificado desse facto, por carta registada, com aviso de recepção, devendo proceder ao pagamento de 40% do valor total da adjudicação, no prazo de 5 dias úteis O adjudicatário procede ao pagamento dos restantes 50% do valor total da adjudicação, no acto de transmissão definitiva do bem, cuja marcação é da responsabilidade da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, devendo para o efeito notificar da data e hora designada, por carta registada, com aviso de recepção, com antecedência de 8 dias úteis.

4 5.4. Todos os encargos legais e despesas decorrentes da alienação são da responsabilidade do adjudicatário, ficando o adjudicatário obrigado ao pagamento do Imposto Municipal Sobre Transmissões (IMT), se do mesmo não estiver isento, bem como ao pagamento do Imposto de Selo legalmente previsto O pagamento será efectuado pelo arrematante na tesouraria da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, mediante guia de recebimento a emitir pela Unidade Orgânica Administrativa e Financeira - Sector Financeiro, sitas ambas nos Paços do Município de Figueiró dos Vinhos, Praça do Município, Figueiró dos Vinhos e cujo horário de abertura ao público é o seguinte: 9:00-12:30 e 14:00 16: Condições Resolutivas da Adjudicação 6.1. Sem prejuízo do disposto nos números seguintes, o não cumprimento pelo adjudicatário dos procedimentos e obrigações previstos nas condições de alienação, implica a perda de quaisquer direitos eventualmente adquiridos sobre o imóvel, revertendo para a Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos as fracções livres de ónus e encargos e todas as edificações e benfeitorias nele existentes, bem como as importâncias já entregues A prestação de falsas declarações ou a falsificação de documentos apresentados implica a exclusão da hasta pública, bem como a anulação da adjudicação, no caso do imóvel lhe ter sido adjudicado, perdendo para a Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos as quantias já entregues, sem prejuízo da participação às entidades competentes, para efeitos de procedimento penal Verificando-se as situações supra mencionadas, ou quando, por qualquer outra causa, não haja lugar à competente adjudicação, o imóvel pode ser adjudicado, por decisão da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, ao interessado que apresentou a proposta de que resultou o valor de arrematação imediatamente inferior.

5 6.4. Ocorrendo a situação prevista no precedente ponto, o novo adjudicatário será notificado, no prazo de 5 dias úteis, para proceder à entrega do valor correspondente à 50% do valor total da adjudicação. 7 - Consulta do Processo As condições de alienação, estão disponíveis para consulta na Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos Sector de Património, onde poderá ser consultado, nos dias úteis das 9:00 horas às 16:00 horas, até à data e hora limite do acto público. 8 - Penalizações O incumprimento das presentes condições de alienação, por motivos imputáveis ao adjudicatário, implicará na reversão dos edifícios a favor do Município de Figueiró dos Vinhos, incluindo todas as benfeitorias nele entretanto realizadas, sem direito a qualquer indemnização ou devolução das verbas pagas a qualquer título.

CÂMAI~ MUNICIPAL DE MAFRA CONDIÇÕES GERAIS PARA ALIENAÇÃO, EM HASTA PÚBLICA, DE MATERIAIS DIVERSOS, CONSIDERADOS COMO SUCATA

CÂMAI~ MUNICIPAL DE MAFRA CONDIÇÕES GERAIS PARA ALIENAÇÃO, EM HASTA PÚBLICA, DE MATERIAIS DIVERSOS, CONSIDERADOS COMO SUCATA CÂMAI~ MUNICIPAL DE MAFRA CONDIÇÕES GERAIS PARA ALIENAÇÃO, EM HASTA PÚBLICA, DE MATERIAIS DIVERSOS, CONSIDERADOS COMO SUCATA CONDIÇÕES GERAIS PARA ALIENAÇÃO POR HASTA PÚBLICA CÂMAlt~ MUNICIPAL DE MAFRA

Leia mais

HASTA PÚBLICA N.º 1/ VENDA DE GARAGEM E ARRECADAÇÕES MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

HASTA PÚBLICA N.º 1/ VENDA DE GARAGEM E ARRECADAÇÕES MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA N.º 1/2015 - VENDA DE GARAGEM E ARRECADAÇÕES MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO 1 Objeto do procedimento Hasta Pública para alienação dos imóveis abaixo identificados:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA A ALIENAÇÃO DE 5.373,12 M2, SITA NO CASAL DO MOINHO DE DE PARCELA DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO, COM

CONDIÇÕES GERAIS PARA A ALIENAÇÃO DE 5.373,12 M2, SITA NO CASAL DO MOINHO DE DE PARCELA DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO, COM CONDIÇÕES GERAIS PARA A ALIENAÇÃO DE DE PARCELA DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO, COM 5.373,12 M2, SITA NO CASAL DO MOINHO DE BAIXO, JUNTO À VARIANTE NORTE DA ERICEIRA. Condições Gerais para alienação por hasta

Leia mais

HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE CASA DE HABITAÇÃO (Sita no Bairro de Alvoraçães, Bloco 11, 3.º Direito em Lamego) CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA

HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE CASA DE HABITAÇÃO (Sita no Bairro de Alvoraçães, Bloco 11, 3.º Direito em Lamego) CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE CASA DE HABITAÇÃO (Sita no Bairro de Alvoraçães, Bloco 11, 3.º Direito em Lamego) CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA 1 - Entidade adjudicante: Município de Lamego, pessoa colectiva

Leia mais

CAPÍTULO I. Disposições Gerais

CAPÍTULO I. Disposições Gerais NORMAS PARA A ADJUDICAÇÃO DO PRÉDIO SITO NO CARVALHAL DE AZÓIA SAMUEL ANTIGA ESCOLA DO 1º. CEB (ARTIGO MATRICIAL 986) CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º Objeto Alienação do prédio urbano sito no lugar

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D E M O U R A PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA PARA A ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL

C Â M A R A M U N I C I P A L D E M O U R A PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA PARA A ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA PARA A ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL MARÇO DE 2016 1 OBJETO 1.1. A presente hasta pública tem por objeto a alienação do imóvel identificado no Anexo I, pela morada,

Leia mais

A entidade promotora deste acto é o Município de Fafe, com sede na Av. 5 de Outubro

A entidade promotora deste acto é o Município de Fafe, com sede na Av. 5 de Outubro REGULAMENTO DA HASTA PÚBLICA CONCESSÃO DO DIREITO DE SUPERFÍCIE DE UM LOTE DE TERRENO DESTINADO Á INSTALAÇÃO DE UM POSTO DE ABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEIS, NA ZONA INDUSTRIAL DO SOCORRO. 1 - OBJECTO DA

Leia mais

PROCEDIMENTO CONCURSAL HASTA PÚBLICA VENDA DE PRÉDIO (URBANO) SITO NA VILA DE MONTE REDONDO TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1.º OBJECTO O presente

PROCEDIMENTO CONCURSAL HASTA PÚBLICA VENDA DE PRÉDIO (URBANO) SITO NA VILA DE MONTE REDONDO TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1.º OBJECTO O presente PROCEDIMENTO CONCURSAL HASTA PÚBLICA VENDA DE PRÉDIO (URBANO) SITO NA VILA DE MONTE REDONDO TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1.º OBJECTO O presente regulamento tem por objeto a venda do seguinte bem:

Leia mais

Programa de Procedimento

Programa de Procedimento Programa de Procedimento Hasta Pública Câmara Municipal de Vila Real de Santo António Em cumprimento dos deveres e competências desta Câmara Municipal, vai proceder-se através de hasta pública, à alienação

Leia mais

Artigo 3.º Uso a que se destina o prédio

Artigo 3.º Uso a que se destina o prédio CONDIÇÕES DE VENDA EM HASTA PÚBLICA DO PRÉDIO SITO EM PENELA, FREGUESIA DE SÃO MIGUEL, CONCELHO DE PENELA, DESTINADO A CONSTRUÇÃO E INSTALAÇÃO DA CASA DE CHÁ FREIRE GRAVADOR As presentes condições de venda

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM SEMI- REBOQUE

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM SEMI- REBOQUE NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM SEMI- REBOQUE ÍNDICE 1 Identificação da Entidade Alienante 2 Objeto 3 Consulta do processo 4 Condições de admissão à Hasta Pública 5 Documentos de habilitação

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESPAÇO COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DE MÉRTOLA

PROGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESPAÇO COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DE MÉRTOLA PROGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESPAÇO Pág. 1 de 6 Índice Art.º 1º Objeto Art.º 2º Entidade adjudicante Art.º 3º Órgão que tomou a decisão de contratar

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- [nome completo], portador do cartão de cidadão

Leia mais

Município de Marvão. Alienação das Habitações do Bairro Fronteira de Marvão

Município de Marvão. Alienação das Habitações do Bairro Fronteira de Marvão Victor Manuel Martins Frutuoso, Presidente da Câmara Municipal de Marvão, torna públicas as condições de alienação das habitações do Bairro da Fronteira, aprovadas na reunião de Câmara Municipal, do dia

Leia mais

ALIENAÇÃO DE TERRENO NO ESPAÇO DE DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ECONOMICAS PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO

ALIENAÇÃO DE TERRENO NO ESPAÇO DE DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ECONOMICAS PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO ALIENAÇÃO DE TERRENO NO ESPAÇO DE DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ECONOMICAS PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO 1 DESIGNAÇÃO, ENDEREÇO, NÚMERO DE TELEFONE E DE FAX DA ENTIDADE ADJUDICANTE Município do Bombarral,

Leia mais

REGULAMENTO DE HASTA PÚBLICA

REGULAMENTO DE HASTA PÚBLICA REGULAMENTO DE HASTA PÚBLICA 1. Objeto da Hasta Pública Refere-se o presente Regulamento à hasta pública, promovida pelo Município de Vizela, com sede na Praça do Município, n.º 522, 4815-013 Vizela (telefone:

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA ! Município da Nazaré - Câmara Municipal NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM VEÍCULO AUTOMÓVEL DA CÂMARA MUNICIPAL DA NAZARÉ (AUTOCARRO) Página! 1 de 9! ÍNDICE 1 Identificação da Entidade

Leia mais

EDITAL/ANUNCIO 126/2012 PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA VENDA DE 18 LOTES DE TERRENO SITOS NO CONCELHO DE CASCAIS

EDITAL/ANUNCIO 126/2012 PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA VENDA DE 18 LOTES DE TERRENO SITOS NO CONCELHO DE CASCAIS 04.04.2012 Sumário PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA VENDA DE 18 LOTES DE TERRENO, SITOS NO CONCELHO DE CASCAIS EDITAL/ANÚNCIO 126/2012 EDITAL/ANUNCIO 126/2012 PROCEDIMENTO

Leia mais

Regulamento. Venda de Imóveis propriedade da Fundação para o Desenvolvimento da Zona Histórica do Porto. CAPÍTULO I Disposições gerais

Regulamento. Venda de Imóveis propriedade da Fundação para o Desenvolvimento da Zona Histórica do Porto. CAPÍTULO I Disposições gerais Fundação para o Desenvolvimento da Zona Histórica do Porto Rua da Reboleira,47 4050-492 Porto Regulamento Venda de Imóveis propriedade da Fundação para o Desenvolvimento da Zona Histórica do Porto CAPÍTULO

Leia mais

ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL

ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL PROGRAMA DO PROCEDIMENTO DE HASTA PÚBLICA 1. OBJETO DA HASTA PÚBLICA 1.1 A presente hasta pública, promovida pelo Município de Carrazeda de Ansiães, tem por objeto a alienação

Leia mais

FREGUESIA DE QUIAIOS NIPC 510 833 535

FREGUESIA DE QUIAIOS NIPC 510 833 535 PROGRAMA DE HASTA PÚBLICA Para atribuição do direito de ocupação efetiva de natureza precária da loja n.º 4 no Mercado de Quiaios Artigo 1.º Identificação A loja objeto de hasta pública localiza-se no

Leia mais

EDITAL HASTA PUBLICA DE VENDA DE DEZ LOTES DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO LOTEAMENTO DA QUINTA DA BOUÇA SOUSELO

EDITAL HASTA PUBLICA DE VENDA DE DEZ LOTES DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO LOTEAMENTO DA QUINTA DA BOUÇA SOUSELO EDITAL HASTA PUBLICA DE VENDA DE DEZ LOTES DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO LOTEAMENTO DA QUINTA DA BOUÇA SOUSELO (APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA EM CARTA FECHADA) 1. O Município de Cinfães, na sequência da deliberação

Leia mais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais EDITAL Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais Ricardo João Barata Pereira Alves, Eng.º, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, torna público que, no uso da competência que

Leia mais

EDITAL N.º 17/17/UFAFDN HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE IMÓVEL

EDITAL N.º 17/17/UFAFDN HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE IMÓVEL EDITAL N.º 17/17/UFAFDN HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE IMÓVEL Nuno Raposo de Magalhães Ortigão de Oliveira, Presidente da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, para os devidos efeitos legais,

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA

MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: INSTITUTO DA HABITAÇÃO E DA REABILITAÇÃO URBANA, I.P., pessoa coletiva nº 501 460 888, com sede na Avenida Columbano Bordalo Pinheiro, 5, 1099-019

Leia mais

MUNICÍPIO DO CADAVAL Câmara Municipal HASTA PÚBLICA PARA A CEDÊNCIA TEMPORÁRIA DA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL DO CADAVAL

MUNICÍPIO DO CADAVAL Câmara Municipal HASTA PÚBLICA PARA A CEDÊNCIA TEMPORÁRIA DA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL DO CADAVAL HASTA PÚBLICA PARA A CEDÊNCIA TEMPORÁRIA DA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL DO CADAVAL Com vista à adjudicação de exploração do Bar da Piscina Municipal, a delibera abrir a presente hasta pública,

Leia mais

Sitos em Campo Queimado, freguesia de Outeiro Seco, concelho de Chaves

Sitos em Campo Queimado, freguesia de Outeiro Seco, concelho de Chaves NORMAS DE PROCEDIMENTO PRÉ-CONTRATUAL TENDENTE À ALIENAÇÃO/LOCAÇÃO DO DIREITO DE PROPRIEDADE DOS LOTES DO LOTEAMENTO DENOMINADO: PARQUE EMPRESARIAL DE CHAVES PARQUE DE ATIVIDADES DE CHAVES E PLATAFORMA

Leia mais

Procedimentos para Alienação de Imóveis CST IPSS

Procedimentos para Alienação de Imóveis CST IPSS Procedimentos para Alienação de Imóveis CST IPSS 1. Objeto da Hasta (Praça) Pública 1.1. A presente Hasta (Praça) Pública, promovida pelo Centro Social do Tourigo Instituição Particular de Solidariedade

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE PNEUS USADOS ÍNDICE

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE PNEUS USADOS ÍNDICE NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE PNEUS USADOS ÍNDICE 1 Identificação da Entidade Alienante 2 Objeto 3 Consulta do processo 4 Condições de admissão à Hasta Pública 5 Documentos de habilitação

Leia mais

Secção de Património e Aprovisionamento EDITAL HASTA PUBLICA PARA ALIENAÇÃO DE BEM IMÓVEL POR HASTA PÚBLICA "ESCOLA PRIMÁRIA DE MA TELA"

Secção de Património e Aprovisionamento EDITAL HASTA PUBLICA PARA ALIENAÇÃO DE BEM IMÓVEL POR HASTA PÚBLICA ESCOLA PRIMÁRIA DE MA TELA Secção de Património e Aprovisionamento EDITAL HASTA PUBLICA PARA ALIENAÇÃO DE BEM IMÓVEL POR HASTA PÚBLICA "ESCOLA PRIMÁRIA DE MA TELA" (APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA EM CARTA FECHADA) 1. A Câmara Municipal

Leia mais

Concurso público para selecção de plataformas electrónicas para contratação pública. Programa do Concurso

Concurso público para selecção de plataformas electrónicas para contratação pública. Programa do Concurso Concurso público para selecção de plataformas electrónicas para contratação pública Programa do Concurso ANCP Novembro de 2008 Índice Artigo 1.º Objecto do concurso... 3 Artigo 2.º Entidade pública contratante...

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FRANCA DE XIRA

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FRANCA DE XIRA REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DO DIREITO DE PROPRIEDADE DE IMÓVEIS PARA (A DEFINIR) (com as alterações aprovadas pela Assembleia Municipal em 22/02/2011) PARTE I REGRAS GERAIS Art. 1.º (Âmbito de aplicação)

Leia mais

PROCEDIMENTO. I Arrendamento

PROCEDIMENTO. I Arrendamento PROCEDIMENTO Arrendamento de imóvel para fim não habitacional sito no Empreendimento Social Armindo Lopes Coelho, lote 8 nº 319 e 325 da Rua Pedra Moura na União das Freguesias de Sandim, Olival, Lever

Leia mais

Regulamento de alienação de lotes de terreno para habitação no loteamento das Eiras de Baixo

Regulamento de alienação de lotes de terreno para habitação no loteamento das Eiras de Baixo Regulamento de alienação de lotes de terreno para habitação no loteamento das Eiras de Baixo 1 REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DE LOTES DE TERRENO PARA HABITAÇÃO Na prossecução dos objectivos estabelecidos pela

Leia mais

MOITA - ALHOS VEDROS Quinta da Fonte da Prata Rua Fernando Pessoa GPS: N 38º ',W 9º '

MOITA - ALHOS VEDROS Quinta da Fonte da Prata Rua Fernando Pessoa GPS: N 38º ',W 9º ' Isabel Maria Moutinho Pereira Silva COMARCA DE LISBOA, LISBOA - INST. CENTRAL PROC. N.º 861/14.6T8LSB - 1ª SEC. COMÉRCIO - J4 INSOLVENTE: CARTA F E C H A D A MOITA - ALHOS VEDROS Quinta da Fonte da Prata

Leia mais

HASTA PÚBLICA N.º 01/2016 ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

HASTA PÚBLICA N.º 01/2016 ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA N.º 01/2016 ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO Artigo 1.º Objeto do procedimento O presente programa de procedimento, doravante designado

Leia mais

CONCURSO Nº 2/DGS/2017

CONCURSO Nº 2/DGS/2017 CONCURSO Nº 2/DGS/2017 VENDA DE UMA MORADIA NO BAIRRO DA MADRE DE DEUS CONCELHO DE LISBOA REGULAMENTO ÍNDICE 1. Objeto do concurso 2. Consulta do processo 3. Concorrentes 4. Visita ao imóvel 5. Caracterização

Leia mais

PROGRAMA. ARTIGO 4.º - Os espaços a concurso encontram-se identificados por designação de letras, mais precisamente como A, B, e C.

PROGRAMA. ARTIGO 4.º - Os espaços a concurso encontram-se identificados por designação de letras, mais precisamente como A, B, e C. PROCEDIMENTO DE HASTA PÚBLICA PARA ATRIBUIÇÃO, A TÍTULO PRECÁRIO, DA EXPLORAÇÃO ECONÓMICA DE TRÊS QUIOSQUES DESTINADOS À VENDA DE GELADOS, A INSTALAR NA ESPLANADA À BEIRA MAR PROGRAMA ARTIGO 1.º - Em conformidade

Leia mais

ARREMATAÇÃO EM HASTA PÚBLICA

ARREMATAÇÃO EM HASTA PÚBLICA ARREMATAÇÃO EM HASTA PÚBLICA CESSÃO DE DIREITO DE OCUPAÇÃO QUIOSQUE DA ESPLANADA DO CARVALHIDO CONDIÇÕES GERAIS DA ARREMATAÇÃO 1 OBJETO A presente arrematação tem por objeto a cessão do direito de ocupação

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal Regulamento Municipal de Alienação de Lotes de Terreno Propriedade do Município Nota justificativa Considerando a necessidade de se criarem normas harmónicas a que há-de

Leia mais

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal EDITAL N.º 83/2012

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal EDITAL N.º 83/2012 MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal EDITAL N.º 83/2012 ---- Paulo Alexandre Homem de Oliveira Fonseca, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, torna público, nos termos legais que, a Câmara Municipal,

Leia mais

NORMAS REGULAMENTARES DA VENDA

NORMAS REGULAMENTARES DA VENDA MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE POIARES Câmara Municipal VENDA EM HASTA PÚBLICA DE BENS MÓVEIS E OUTROS MATERIAIS HASTA PÚBLICA Nº 2/2014 NORMAS REGULAMENTARES DA VENDA 1. ENTIDADE ADJUDICANTE Município de Vila

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE SUCATA DIVERSA (METAIS FERROSOS) ÍNDICE

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE SUCATA DIVERSA (METAIS FERROSOS) ÍNDICE NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE SUCATA DIVERSA (METAIS FERROSOS) ÍNDICE 1 Identificação da Entidade Alienante 2 Objeto 3 Consulta do processo 4 Condições de admissão à Hasta Pública 5

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA A UTILIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DO BAR DO PÊGO ESCURO - GÓIS. Processo nº A1/2015 PROGRAMA DE CONCURSO

CONCURSO PÚBLICO PARA A UTILIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DO BAR DO PÊGO ESCURO - GÓIS. Processo nº A1/2015 PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA A UTILIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DO BAR DO PÊGO ESCURO - GÓIS Processo nº A1/2015 PROGRAMA DE CONCURSO [1] PROGRAMA DE CONCURSO INDÍCE 3. Identificação e Objeto do Concurso 3. Entidade Adjudicante

Leia mais

ANEXO I - GUIA DO PARTICIPANTE DO LEILÃO

ANEXO I - GUIA DO PARTICIPANTE DO LEILÃO ANEXO I - GUIA DO PARTICIPANTE DO LEILÃO Este guia pretende orientar e ajudar todos os eventuais compradores interessados em participar no leilão a realizar no portal Casa Sapo entre os dias 14 de Setembro

Leia mais

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal EDITAL N.º 76/2012

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal EDITAL N.º 76/2012 MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal EDITAL N.º 76/2012 ---- Paulo Alexandre Homem de Oliveira Fonseca, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, torna público, nos termos legais que, a Câmara Municipal,

Leia mais

LEILÃO VISITA: SOB MARCAÇÃO Vale da Estrada (Nave) Sarzedas - Castelo Branco / GPS: 39 50'04.3"N 7 38'33.9"W

LEILÃO VISITA: SOB MARCAÇÃO Vale da Estrada (Nave) Sarzedas - Castelo Branco / GPS: 39 50'04.3N 7 38'33.9W LEILÃO Insolvência: "Joel Conde & Fernandes, Lda." Processo de Insolvência n.º 1651/14.1TBBRG Comarca de Braga, Braga - Inst. Local - Secção Cível - J3 Por determinação do Exmo. Administrador de Insolvência,

Leia mais

CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE ALDONSA MARIA ROSADO FACHADAS

CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE ALDONSA MARIA ROSADO FACHADAS CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE ALDONSA MARIA ROSADO FACHADAS TRIBUNAL DA COMARCA DE LISBOA - BARREIRO INSTÂNCIA CENTRAL 2ª SECÇÃO DO COMÉRCIO J4 PROCESSO Nº 2102/15.0T8BRR e FERNANDO JORGE SIMÕES PESSOA TRIBUNAL

Leia mais

Exploração de Espaços Oficiais da Feira Gastronómica das Sanjoaninas Programa de Procedimento. Artigo 1.º Objeto e Entidade Promotora

Exploração de Espaços Oficiais da Feira Gastronómica das Sanjoaninas Programa de Procedimento. Artigo 1.º Objeto e Entidade Promotora Exploração de Espaços Oficiais da Feira Gastronómica das Sanjoaninas 2015 Programa de Procedimento Artigo 1.º Objeto e Entidade Promotora 1. O presente procedimento tem por objeto a adjudicação de espaços

Leia mais

CARTA AZAMBUJA INSOLVENTE: VISITAS P/ MARCAÇÃO. Danielar Imobiliária, Lda. Avenida Condes de Azambuja SETÚBAL

CARTA AZAMBUJA INSOLVENTE: VISITAS P/ MARCAÇÃO. Danielar Imobiliária, Lda. Avenida Condes de Azambuja SETÚBAL CARTA F INSOLVENTE: E C H A D A AZAMBUJA Danielar Imobiliária, Lda. Avenida Condes de Azambuja SETÚBAL TRIBUNAL DO COMÉRCIO DE LISBOA PROC. N.º 174/10.0TYLSB- 1º JUÍZO Rua Cidade de Debrecen ACEITAM-SE

Leia mais

Anexo I. REGULAMENTO DO LEILÃO online realizado entre os dias 18 de JANEIRO e 29 de FEVEREIRO DE 2012

Anexo I. REGULAMENTO DO LEILÃO online realizado entre os dias 18 de JANEIRO e 29 de FEVEREIRO DE 2012 Anexo I. REGULAMENTO DO LEILÃO online realizado entre os dias 18 de JANEIRO e 29 de FEVEREIRO DE 2012 O leilão é organizado pela Casa26 Mediação Imobiliária, Lda. com sede em Vereda da Banda de Música

Leia mais

CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE RICARDO JORGE ALMEIDA REBELO

CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE RICARDO JORGE ALMEIDA REBELO CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE RICARDO JORGE ALMEIDA REBELO TRIBUNAL DA COMARCA DE LEIRIA - ALCOBAÇA INSTÂNCIA CENTRAL - 2ª SECÇÃO COMÉRCIO J1 PROCESSO Nº 676/14.1T8ACB 8 de fevereiro 3ª Feira 17h00 Rua Manuel

Leia mais

ALCANENA PORTO DE MÓS

ALCANENA PORTO DE MÓS Construções Pastilha & Pastilha, S.A. COMARCA DE LEIRIA, ALCOBAÇA - INST. CENTRAL PROC. N.º 1772/09.2TBPMS - 2ª SEC. COMÉRCIO - J1 INSOLVENTE: NEGOCIAÇÃO P A R T I C U L A R ALCANENA PORTO DE MÓS RECEÇÃO

Leia mais

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR Processo n.º 1289/15.6T8OLH Comarca de Faro, Olhão - Inst. Central - Sec. Comércio - J2 de Olhão da Restauração NEGOCIAÇÃO PARTICULAR Propostas até 27 de Maio de 2016 Insolvência de: Holdigeste - Gabinete

Leia mais

LEILÃO. Dia 09 Junho h Local: VIP Executive Art s Hotel - Av. D. João II Nº43, Parque das Nações - Lisboa GPS: , -9.

LEILÃO. Dia 09 Junho h Local: VIP Executive Art s Hotel - Av. D. João II Nº43, Parque das Nações - Lisboa GPS: , -9. LEILÃO Dia 09 Junho 2017 15h Local: VIP Executive Art s Hotel - Av. D. João II Nº43, Parque das Nações - Lisboa GPS: 38.773115, -9.097718 Insolvência de: Prata do Zêzere Compra, Venda e Administração de

Leia mais

Hasta Pública. Alienação do Lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal. (antigo lote da Frutinatura)

Hasta Pública. Alienação do Lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal. (antigo lote da Frutinatura) Alienação do Lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal (antigo lote PROGRAMA DE PROCEDIMENTO 1. Objecto e entidade adjudicante 1.1- A presente hasta pública destina-se à alienação do Lote n.º 1 da Zona

Leia mais

Programa do procedimento

Programa do procedimento PROGRAMA DO PROCEDIMENTO DA HASTA PÚBICA PARA ALIENAÇÃO DE DEZ FRAÇÕES AUTÓNOMAS MUNICIPAIS DOS BLOCOS HABITACIONAIS LOCALIZADOS NA ESTRADA DO RIO DIZ NA GUARDA Programa do procedimento Programa do procedimento

Leia mais

CONCURSO Nº 3/DGS/2017

CONCURSO Nº 3/DGS/2017 CONCURSO Nº 3/DGS/2017 VENDA DE TERRENOS PARA CONSTRUÇÃO NO ALTO DO LAGOAL CAXIAS - CONCELHO DE OEIRAS REGULAMENTO 1. Objeto do concurso 2. Consulta do processo 3. Concorrentes 4. Inspeção ao terreno 5.

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D E M O U R A PROPOSTA

C Â M A R A M U N I C I P A L D E M O U R A PROPOSTA PROPOSTA Hasta Pública para a adjudicação do direito de ocupação de espaço público para exploração de 1 quiosque Considerando o interesse do atual proprietário do quiosque sito na Praça Sacadura Cabral

Leia mais

DOSSIER PARA EVENTO. «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.»

DOSSIER PARA EVENTO. «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.» DOSSIER PARA EVENTO «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.» Processo n.º 801/12.7T2AVR Juízo Comércio Aveiro Comarca Baixo Vouga LEILÃO: Data: Sexta-feira, 14 de Outubro de 2016 Hora:

Leia mais

Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira

Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira ARTIGO 1.º Objeto da Concessão 1. O presente normativo visa estabelecer as regras

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DAS LAJES DAS FLORES CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS

CÂMARA MUNICIPAL DAS LAJES DAS FLORES CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS CÂMARA MUNICIPAL DAS LAJES DAS FLORES CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS CADERNO DE ENCARGOS PARTE I CLÁUSULAS JURÍDICAS Artigo 1.º Objeto O objecto do contrato consiste, de acordo com as cláusulas

Leia mais

2. Os terrenos rústicos e a sua base de licitação, a que corresponde a 12,00 (doze euros) por hectare e por ano, são os seguintes:

2. Os terrenos rústicos e a sua base de licitação, a que corresponde a 12,00 (doze euros) por hectare e por ano, são os seguintes: Hasta pública (apresentação de proposta em carta fechada) para arrendamento rural agrícola de terrenos rústicos das Freguesias de Beirã, Santa Maria de Marvão, Santo António das Areias e São Salvador da

Leia mais

Hasta Pública. Regras da hasta pública. Preâmbulo

Hasta Pública. Regras da hasta pública. Preâmbulo Hasta Pública Regras da hasta pública Preâmbulo Nos termos e com os fundamentos ínsitos na deliberação camarária nº 3, apresentada e aprovada na reunião de Câmara de 5 de Fevereiro de 2014, procede-se

Leia mais

Contrato n.º 12/2015. É celebrado o presente contrato que se regerá pelo disposto nas cláusulas seguintes: Cláusula 1ª. Objeto do Contrato

Contrato n.º 12/2015. É celebrado o presente contrato que se regerá pelo disposto nas cláusulas seguintes: Cláusula 1ª. Objeto do Contrato CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA AS ATIVIDADES PRÁTICAS DOS ALUNOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE JOVENS DE PANIFICAÇÃO E PASTELARIA E DO CURSO PROFISSIONAL DE RESTAURAÇÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

«Anexo R.6 - Regulamento de Alienação e Construção no Loteamento da Zona. Sul/Poente do Aglomerado de Alter do Chão»

«Anexo R.6 - Regulamento de Alienação e Construção no Loteamento da Zona. Sul/Poente do Aglomerado de Alter do Chão» «Anexo R.6 - Regulamento de Alienação e Construção no Loteamento da Zona Sul/Poente do Aglomerado de Alter do Chão» Artigo 1.º Objeto O presente regulamento estabelece os princípios e as regras gerais

Leia mais

CONCESSÃO DO PRÉDIO URBANO NA RUA DO ARNADO - COIMBRA TERMOS DE REFERÊNCIA

CONCESSÃO DO PRÉDIO URBANO NA RUA DO ARNADO - COIMBRA TERMOS DE REFERÊNCIA CONCESSÃO DO PRÉDIO URBANO NA RUA DO ARNADO - COIMBRA TERMOS DE REFERÊNCIA 1 TERMOS DE REFERÊNCIA REGRAS DO PROCEDIMENTO Artigo 1.º Finalidade Destinam-se os presentes TERMOS DE REFERÊNCIA a regular o

Leia mais

INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL, S.A.

INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL, S.A. INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL, S.A. PROCEDIMENTO DE VENDA ATRAVÉS DE LEILÃO PÚBLICO DE ÁRVORES EM PÉ, NA EN1 (IC2) ENTRE OS KMS 125+000 E KM158+100 N. 02/2016/IP/CN-LST As condições de venda a que se refere

Leia mais

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objeto O presente regulamento estabelece as normas pelas quais o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P.

Leia mais

REGULAMENTO DE VENDA E TRANSMISSÃO DE LOTES NA ZONA DE ACTIVIDADES ECONÓMICAS DO CASAL BRANCO

REGULAMENTO DE VENDA E TRANSMISSÃO DE LOTES NA ZONA DE ACTIVIDADES ECONÓMICAS DO CASAL BRANCO REGULAMENTO DE VENDA E TRANSMISSÃO DE LOTES NA ZONA DE ACTIVIDADES ECONÓMICAS DO CASAL BRANCO CAPÍTULO I Das condições de venda SECÇÃO I Generalidades Artigo 1º (Identificação e Localização) Cada lote

Leia mais

PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS

PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS APROVADO NA REUNIÃO DO EXECUTIVO MUNICIPAL DE 14/11/2016 O Presidente da Câmara Municipal Dr. Armando Varela PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS Concurso Público Cessão de Exploração do Quiosque sito no Espaço Descoberto

Leia mais

DIREITO DE SUPERFÍCIE PELO PRAZO DE CEM (100) ANOS, SOBRE PRÉDIO SITO EM VALE FIGUEIRA, SÃO JOÃO DA TALHA,

DIREITO DE SUPERFÍCIE PELO PRAZO DE CEM (100) ANOS, SOBRE PRÉDIO SITO EM VALE FIGUEIRA, SÃO JOÃO DA TALHA, REGRAS DO PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA A VENDA DO DIREITO DE SUPERFÍCIE, A TÍTULO ONEROSO E PELO PRAZO DE CEM (100) ANOS, SOBRE PRÉDIO SITO EM VALE FIGUEIRA, NA FREGUESIA

Leia mais

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR NEGOCIAÇÃO PARTICULAR Insolvência: "Fruti Cordeiro, Lda." Processo de Insolvência n.º 2578/15.5T8ACB Comarca de Leiria, Alcobaça - Inst. Central - 2ª Secção Comércio Por determinação do Exmo. Administrador

Leia mais

Desenvolvimento Económico REGULAMENTO PARA A ALIENAÇÃO DE LOTES PARA EMPRESAS DE I&D COM BASE TECNOLÓGICA NOTA JUSTIFICATIVA

Desenvolvimento Económico REGULAMENTO PARA A ALIENAÇÃO DE LOTES PARA EMPRESAS DE I&D COM BASE TECNOLÓGICA NOTA JUSTIFICATIVA REGULAMENTO PARA A ALIENAÇÃO DE LOTES PARA EMPRESAS DE I&D COM BASE TECNOLÓGICA NOTA JUSTIFICATIVA O licenciamento da localização, construção e instalação dos estabelecimentos será feito em conformidade

Leia mais

REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS POR VIA ELETRÓNICA ÍNDICE

REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS POR VIA ELETRÓNICA ÍNDICE REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS POR VIA ELETRÓNICA ÍNDICE CAPÍTULO I Disposições gerais... 2 Artigo 1º - Objeto... 2 Artigo 2º - Imóveis... 2 Artigo 3º - Transparência... 2 Artigo 4º - Consulta do

Leia mais

HASTA PÚBLICA, POR LICITAÇÃO VERBAL, PARA A ATRIBUIÇÃO DO DIREITO DE USO PRIVATIVO DOS POSTOS DE AMARRAÇÃO NA DOCA DE RECREIO DO JARDIM OUDINOT

HASTA PÚBLICA, POR LICITAÇÃO VERBAL, PARA A ATRIBUIÇÃO DO DIREITO DE USO PRIVATIVO DOS POSTOS DE AMARRAÇÃO NA DOCA DE RECREIO DO JARDIM OUDINOT 1/8 PROCESSO DE HASTA PÚBLICA - ÍNDICE GERAL - I - ANÚNCIO II - CONDIÇÕES GERAIS DE ARREMATAÇÃO III - MINUTA DO ALVARÁ DE LICENÇA IV PLANTA DE LOCALIZAÇÂO DOS POSTOS DE AMARRAÇÂO 2/8 I- ANÚNCIO Faz-se

Leia mais

PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE PROGRAMA DE RADIO SOBRE O QREN. Programa do Concurso

PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE PROGRAMA DE RADIO SOBRE O QREN. Programa do Concurso PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE PROGRAMA DE RADIO SOBRE O QREN Programa do Concurso Lisboa, 2009 PROGRAMA DO CONCURSO Concurso público n.º /2009, para a aquisição de serviço de produção e difusão de programa de

Leia mais

Relação de Bens. Insolvência de: CARLA SUSANA CARDOSO BALTAZAR. Segunda 5 de Setembro de h30. Condições Gerais

Relação de Bens. Insolvência de: CARLA SUSANA CARDOSO BALTAZAR. Segunda 5 de Setembro de h30. Condições Gerais Relação de Bens CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DOS BENS MÓVEIS E IMÓVEIS 1. a. A venda de bens é pública, devendo os proponentes identificar-se correctamente, ou identificarem a sociedade que representam e,

Leia mais

CALENDÁRIO PARA O CONCURSO PARA CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DO CAFÉ BAR DA SEDE DOS ÓRGÃOS AUTÁRQUICOS VILA FRANCA, VIANA DO CASTELO

CALENDÁRIO PARA O CONCURSO PARA CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DO CAFÉ BAR DA SEDE DOS ÓRGÃOS AUTÁRQUICOS VILA FRANCA, VIANA DO CASTELO JUNTA DE FREGUESIA DE VILA FRANCA VIANA DO CASTELO CALENDÁRIO PARA O CONCURSO PARA CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DO CAFÉ BAR DA SEDE DOS ÓRGÃOS AUTÁRQUICOS VILA FRANCA, VIANA DO CASTELO Concurso aberto em: 17

Leia mais

HASTA PÚBLICA PARA A VENDA DO PRÉDIO URBANO - SITO NA RUA MAESTRO VIRGÍLIO FORTUNATO WENCESLAU, BLOCO B, N.º 4.

HASTA PÚBLICA PARA A VENDA DO PRÉDIO URBANO - SITO NA RUA MAESTRO VIRGÍLIO FORTUNATO WENCESLAU, BLOCO B, N.º 4. MUNICÍPIO DE ALPIARÇA EDITAL N.º 50 /2016 HASTA PÚBLICA PARA A VENDA DO PRÉDIO URBANO - SITO NA RUA MAESTRO VIRGÍLIO FORTUNATO WENCESLAU, BLOCO B, N.º 4. Mário Fernando Atracado Pereira, Presidente da

Leia mais

CONDIÇÕES DA HASTA PÚBLICA PARA ARRENDAMENTO DE ESPAÇO COMERCIAL (Praça Visconde de Castanheira de Pera) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

CONDIÇÕES DA HASTA PÚBLICA PARA ARRENDAMENTO DE ESPAÇO COMERCIAL (Praça Visconde de Castanheira de Pera) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CONDIÇÕES DA HASTA PÚBLICA PARA ARRENDAMENTO DE ESPAÇO COMERCIAL (Praça Visconde de Castanheira de Pera) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Cláusula 1.ª Objeto do procedimento 1 O presente procedimento tem

Leia mais

VISITAS POR MARCAÇÃO PRÉVIA

VISITAS POR MARCAÇÃO PRÉVIA Tribunal de Família e Menores e de Comarca do Seixal / Processo n.º 6414/13.9 TBSXL - 3º Juízo Cível Insolvência de: Joaquim Manuel Duarte Carvalho e Anabela Lemos Alves Silva de Carvalho Local: Rua José

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (MINUTA TIPO)

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (MINUTA TIPO) CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (MINUTA TIPO) Entre: ESTAMO PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS, S.A., pessoa colectiva com o número único de matricula e de identificação de pessoa colectiva 503.152.544, com

Leia mais

ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO

ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO CIRCULAR Nº 110/2012 (SA) RF/MS/RC Lisboa, 15 de Novembro de 2012 ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO Caro Associado, Como é do V/ conhecimento a APAVT é proprietária de uma fração sita

Leia mais

HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE VEÍCULOS MUNICIPAIS

HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE VEÍCULOS MUNICIPAIS HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE VEÍCULOS MUNICIPAIS 1 Índice Artigo 1.º - Lei Habilitante... 3 Artigo 2.º - Entidade Pública Adjudicante... 3 Artigo 3.º - Objeto... 3 Artigo 4.º - Consulta do Processo...

Leia mais

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º. Objeto

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º. Objeto REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objeto O presente regulamento estabelece as normas pelas quais o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P.

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º ,

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º , CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE: PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º 500960046, com sede na Av. João XXI, n.º 63, em Lisboa, com o capital social de 3.844.143.735,00

Leia mais

Município de Portalegre CONDIÇÕES DE CONCESSÃO E EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE DA PISCINA MUNICIPAL DE PORTALEGRE. Artigo 1.º. Âmbito da Aplicação

Município de Portalegre CONDIÇÕES DE CONCESSÃO E EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE DA PISCINA MUNICIPAL DE PORTALEGRE. Artigo 1.º. Âmbito da Aplicação CONDIÇÕES DE CONCESSÃO E EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE DA PISCINA MUNICIPAL DE PORTALEGRE Artigo 1.º Âmbito da Aplicação As presentes condições aplicam-se à concessão e exploração do quiosque da Piscina Municipal

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato)

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato) - 1/6 CADERNO DE ENCARGOS Cláusula Primeira (Objeto do contrato) O objeto do contrato consiste na cedência do direito à exploração de uma loja correspondente à fração A do prédio urbano inscrito na matriz

Leia mais

Negociação Particular Recepção de propostas até 20 de Março 2017

Negociação Particular Recepção de propostas até 20 de Março 2017 Negociação Particular Recepção de propostas até 20 de Março 2017 Insolvente: Manos Santos Constrói, Lda. COMARCA DE CASTELO BRANCO, FUNDÃO INST. CENTRAL PROC. N.º 510/10.1TBCTB - SEC. COMÉRCIO - J1 Local:

Leia mais

PROGRAMA E CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA PARA ARRENDAMENTO DE ESPAÇO COMERCIAL (Praça Visconde de Castanheira de Pera)

PROGRAMA E CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA PARA ARRENDAMENTO DE ESPAÇO COMERCIAL (Praça Visconde de Castanheira de Pera) PROGRAMA E CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA PARA ARRENDAMENTO DE ESPAÇO COMERCIAL (Praça Visconde de Castanheira de Pera) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Cláusula 1.ª Objeto do procedimento 1 O presente

Leia mais

Carta Fechada Receção de propostas até 17/01/2017

Carta Fechada Receção de propostas até 17/01/2017 Carta Fechada Receção de propostas até 17/01/2017 Abertura e divulgação dia 25/01/2017 às 14H45 Visitas P/Marcação de Segunda à Sexta: Gestor do Processo: Alfredo Calado - 916 692 320 Insolvente: Urbarústico

Leia mais

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre:

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre: CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre: -------------------------------- PRIMEIRO CONTRATANTE E PROMITENTE-VENDEDOR: ---------------------- NOME

Leia mais

EDITAL Nº 17/ E para constar se passou este e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares de estilo.

EDITAL Nº 17/ E para constar se passou este e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares de estilo. PG03-00-IMP-17 01 EDITAL EDITAL Nº 17/2015 ---------- Joaquim José Pinto Moreira, Presidente da Câmara Municipal de Espinho: ----------------------- ---------- Faz público, em cumprimento da deliberação

Leia mais

CONVITE. Câmara Municipal de Proença a Nova CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR

CONVITE. Câmara Municipal de Proença a Nova CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR CONVITE Câmara Municipal de Proença a Nova CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR A Câmara Municipal de Proença a Nova, sita na Avenida do Colégio, 6150 401 Proença a Nova, com

Leia mais

Negociação Particular Recepção de propostas até 12/05/2016

Negociação Particular Recepção de propostas até 12/05/2016 Negociação Particular Recepção de propostas até 12/05/2016 Insolvente: Fisaram - Sociedade de Construções, Lda. COMARCA DE LISBOA OESTE, SINTRA - INST. CENTRAL PROC. N.º 12878/15.9T8SNT - SEC. COMÉRCIO

Leia mais

Carta Fechada Receção de propostas até 27/01/2017

Carta Fechada Receção de propostas até 27/01/2017 Carta Fechada Receção de propostas até 27/01/2017 Abertura e divulgação dia 02/02/2017 às 10H10 Insolvente: Valacabo - Valas e Instalações Cabos Eléctricos, Lda. Visitas P/Marcação de Segunda à Sexta:

Leia mais

[ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portadora do cartão de cidadão

[ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portadora do cartão de cidadão CONTRATO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL [ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portador do cartão de cidadão n.º [ ], válido até [ ], contrata na qualidade de locador, doravante

Leia mais

Regulamento Concessão e Exploração dos Quiosques Municipais. CAPÍTULO I Disposições gerais

Regulamento Concessão e Exploração dos Quiosques Municipais. CAPÍTULO I Disposições gerais Regulamento Concessão e Exploração dos Quiosques Municipais CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º (Objecto e âmbito de aplicação) O presente regulamento tem por objeto a definição das regras de concessão

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º ,

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º , CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (Lote - UL ) ENTRE: PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º 500960046, com sede na Av. João XXI, n.º 63, em Lisboa, com o capital social

Leia mais