Por Talamira Taita Rodrigues Brito

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Por Talamira Taita Rodrigues Brito"

Transcrição

1 Programas acadêmicos e o ensino de graduação: estratégias para o fortalecimento da formação - Panorama da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB Por Talamira Taita Rodrigues Brito

2 Localização regional da UESB

3 Nossos Cursos de Formação Inicial por campus Vitória da Conquista Itapetinga Ciências Biológicas Bacharelado Ciências Biológicas Licenciatura Dança Licenciatura Educação - Física Licenciatura Enfermagem Farmácia Fisioterapia Letras Vernáculas Licenciatura Matemática enfoque em informática Licenciatura Medicina Odontologia Química Bacharelado Química Licenciatura Sistemas de Informação Bacharelado Teatro Licenciatura Administração Agronomia Ciências Biológicas Licenciatura Ciências Biológicas Bacharelado Ciências Contábeis Ciências da Computação Ciências Econômicas Ciências Sociais Licenciatura Cinema e Audiovisual Comunicação Social Jornalismo Direito Engenharia Florestal Filosofia Licenciatura Física Licenciatura Geografia Licenciatura História Licenciatura Letras Modernas Letras Vernáculas Matemática Licenciatura Medicina Licenciatura Psicologia Bacharelado + Formação Complementar em Licenciatura Ciências Bilógicas Licenciatura Ciências Biológicas Bacharelado Engenharia Ambiental Engenharia de Alimentos Física Licenciatura Licenciatura Química Licenciatura Química com atribuições Tecnológicas Zootecnia

4 Sobre nossos programas Institucionais A UESB está contemplada em todos os Programas e Projeto junto a CAPES: LIFE, Prodocência, Observatório, PET, PIBID e PAFOR. Para o Momento PIBID & PARFOR

5 PIBID CAPES & FAPESB Característica maior Ação Preventiva junto aos cursos de formação inicial. CAMPUS TIPO DE BOLSA NÚMERO DE BOLSISTA TOTAL Projeto Institucional Coordenador 01 Institucional Coordenador de Área de Gestão Coordenador de área 23 Professor Supervisor Iniciação à Docência 330 Vitória da Conquista Coordenador de área 22 Professor Supervisor Iniciação à Docência 305 Itapetinga Coordenador de área 8 Professor Supervisor Iniciação à Docência 112 TOTAL

6 PIBID FAPESB Contemplado em Uma coordenação Geral 1. Dois cursos contemplados Filosofia e Ciências Biológicas alunos participantes Supervisores escolares 4. e Vitória da Conquista 5. Característica de Complementar

7 PARFOR Programa de Formação de Professores 1. Convênio firmado com a CAPES em 2009; 2. Antes tínhamos nossos convênios diretos entre município/estado/universidade; 3. São 19 turmas distribuídas em cidade Sede e idade Polo. Essas turmas somam 1300 professores que estão em processo de qualificação profissional atualmente. CURSOS História Letras português Ciências biológicas Matemática Matemática Ciências Sociais Artes Letras Inglês Ciências Biológicas CAMPUS/Cidade Vitória da Conquista Vitória da Conquista Vitória da Conquista Vitória da Conquista Vitória da Conquista Condeúba Jaguaquara Santa Inês Itapetinga Macarani Itotroró Itapetinga

8 Alguns desafios para o PIBID Manter o sentido de rede de produção coletiva viva; Avaliar o caminho do PIBID na vida de todos os envolvidos. Para isso foi construído um instrumento contendo Indicadores de qualidade para compor nosso olhar sobre as práticas e seus impactos na vida formativa de tais sujeitos; Constituição de um Comitê Gestor de programas e projetos Institucionais recentemente; Aprovação de uma Resolução que acate um Conselho para cuidar das questões que surgem como ordem do dia do PIBID. Sustentar uma discussão permanente do processo de Iniciação à Docência como algo que ainda precisa fazer parte de forma mais íntima da vida do professor da Universidade; Construir mecanismos no Plano Individual de Trabalho que valide tudo que fazemos no PIBID como atividade docente. Isso certamente vai requerer uma concepção diferenciada de olhar para as bolsas... de olhar para os currículos, de olhar para nosso papel na contexto de construir a educação e formação de professores para a crianças, jovens e adultos; Manter o encontro anual do PIBID da UESB como um espaço permanente de avaliação, de troca de experiência e de publicação daquilo que se produz nas escolas de nossas cidades que são parceiras de trabalho; Consolidar o encontro baiano do PIBID como um espaço legitimador das ações do PROGRAMA e divulgador das produções;

9 Sobre o PARFOR e seus desafios Mapear as demandas de nossos três territórios de identidade para pensar nas condições do PAFOR e suas modalidades presencial ou à distância para oferecer a formação; Entender que o Curso de fato é de formação em serviço e por esta razão as matrizes curriculares precisam ter vida própria, precisam não ser tão semelhante aos cursos de Formação Inicial; Ter apoio maior dos municípios: que a contrapartida aconteça como um ato necessário ao processo e não uma prestação de favores; Aderir qualidade no olhar de nossos professores ao pensar sobre seu trabalho junto ao PAFOR; Constituir um consórcio entre os municípios para fomentar a consolidação de turmas de licenciaturas variadas; Não fazer do curso de o Curso de Magistério do século passado o professor está sendo qualificado muitas vezes em para seguir para os anos finais para ministrar aulas de matemática e etc; Aproximar cada vez mais o professor do ambiente universitário como lócus de fomento a pesquisa de sua prática, a investigar e buscar mecanismos de cientificar o trabalho de sala de aula; Criar condições de diálogos entre a PPG e os municípios no intuito de fomentar cursos de pós-formação. Isso já tem sido uma reinvidicação de alguns municípios tarefa nada fácil!

10 Umas das consequências do PIBID no processo de fomentar políticas internas na UESB Proposta de Edital Interno para Iniciação ao Ensino UESB a

11 Contato Institucional: (77) Talamira Taita Rodrigues Brito

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de 02.05.2006

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de 02.05.2006 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de 02.05.2006 QUADRO DE VAGAS DISTRIBUIDAS POR CURSOS E TURNOS O Concurso Vestibular 2016 da UESB objetiva

Leia mais

CAMPUS A. C. SIMÕES / CURSOS

CAMPUS A. C. SIMÕES / CURSOS CAMPUS A. C. SIMÕES / CURSOS % de Administração Bacharelado - Administração Bacharelado - Agronomia Bacharelado- Bacharelado - Bacharelado - Biblioteconomia Bacharelado - Bacharelado - Bacharelado - Ciências

Leia mais

RESUMO DAS VAGAS OFERECIDAS AO SISU PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2014

RESUMO DAS VAGAS OFERECIDAS AO SISU PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2014 CAMPO GRANDE/Campo Grande-MS 15830 Administração (Bacharelado) 60 25,0% Integral 315830 Administração (Bacharelado) 60 25,0% Noturno 1128367 Alimentos (Tecnológico) 40 25,0% Noturno 18387 Análise de Sistemas

Leia mais

CAMPUS A. C. SIMÕES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3

CAMPUS A. C. SIMÕES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3 CAMPUS CURSO CÓDIGO IES CURSO TURNO DESCRICAO FORMACAO ACAO AFIRMATIVA VAGAS RESTANTES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3 ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

RESUMO DAS VAGAS OFERECIDAS AO SISU PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2015

RESUMO DAS VAGAS OFERECIDAS AO SISU PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2015 CAMPO GRANDE/Campo Grande-MS 15830 Administração (Bacharelado) 60 37,5% Integral 315830 Administração (Bacharelado) 60 37,5% Noturno 1128367 Alimentos (Tecnológico) 40 37,5% Noturno 18387 Análise de Sistemas

Leia mais

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu CAMPUS RECIFE CURSO PROVA ENEM PESO ADMINISTRAÇÃO ARQUEOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas Processo Seletivo UFAL 2013 - Sisu 2013.1 Quantidade de Inscritos por curso (Maior para Menor)

Universidade Federal de Alagoas Processo Seletivo UFAL 2013 - Sisu 2013.1 Quantidade de Inscritos por curso (Maior para Menor) CAMPUS A. C. SIMÕES MEDICINA Integral Bacharelado 6283 CAMPUS A. C. SIMÕES DIREITO Matutino Bacharelado 3659 CAMPUS A. C. SIMÕES SERVIÇO SOCIAL Noturno Bacharelado 3621 CAMPUS A. C. SIMÕES PEDAGOGIA Noturno

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Processo Seletivo Seriado UFAL 2008

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Processo Seletivo Seriado UFAL 2008 NÃO COTISTAS 001 - ADMINISTRAÇÃO - ARAPIRACA 554,182 625,493 013 - ADMINISTRAÇÃO DIURNO - MACEIÓ 539,781 659,113 063 - ADMINISTRAÇÃO NOTURNO - MACEIÓ 501,367 588,832 030 - AGRONOMIA - ARAPIRACA 529,170

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO 2010

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO 2010 NÃO COTISTAS 001 - ADMINISTRAÇÃO - ARAPIRACA 547,388 627,513 013 - ADMINISTRAÇÃO DIURNO - MACEIÓ 515,584 612,794 063 - ADMINISTRAÇÃO NOTURNO - MACEIÓ 490,187 593,592 030 - AGRONOMIA - ARAPIRACA 533,820

Leia mais

Maior nota - 1º chamada - 2014 CAMPUS CUIABÁ

Maior nota - 1º chamada - 2014 CAMPUS CUIABÁ Maior - 1º chamada - 2014 CAMPUS CUIABÁ Maior Ampla - Maior L1 - Maior L2 - Maior L3 - Maior L4 - Maior ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO - MATUTINO 715.18 715.18 630.48 633.62 676.6 689.66 ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO

Leia mais

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR - ª FASE / // PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A ª FASE ª Fase ª Fase ª Fase ADMINISTRAÇÃO (MATUTINO),,,,,, ADMINISTRAÇÃO (NOTURNO),,,,,, AGRONOMIA

Leia mais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP1 - Ensino Médio em escola pública, cota social

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP1 - Ensino Médio em escola pública, cota social Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS 3 6 6 7 0,86 1 5 0,20 6 7 0,86 62 2,77 Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno 10 6 1,67 48 7 6,86 5 5 54 7 7,71 222 1 Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS

Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS Periodo Curso NrVagasUni NrVagasL3 NrVagasL4 2015_1 ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - (Integral) 8 0 0 2015_2 ADMINISTRAÇÃO -

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação.VESTIBULAR UFBA 2013 RLSV006.1 - CONCORRÊNCIA

Universidade Federal da Bahia Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação.VESTIBULAR UFBA 2013 RLSV006.1 - CONCORRÊNCIA Página 1 de 5 Campus: UFBA - Salvador 187140 Arquitetura e Urbanismo - Noturno - Salvador 327 36 9,08 101140 Arquitetura e Urbanismo - Salvador 987 96 10,28 189140 Bacharelado Interdisciplinar em Ciência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2013 - Cota Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno - CESNORS - P.M. Curso: 515 - ADMINISTRAÇÃO - Noturno Curso:

Leia mais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP2 - Ensino Médio em escola pública Cota B - Necessidades Especiais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP2 - Ensino Médio em escola pública Cota B - Necessidades Especiais Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno 1 4 0,25 10 5 17 31 0,55 12 4 76 5 15,20 12 4 57 4 14,25 211 6,84 Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2014 - Cota Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno - CESNORS - P.M. Curso: 515 - ADMINISTRAÇÃO - Noturno Curso:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG PROCESSO SELETIVO 2013-1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG PROCESSO SELETIVO 2013-1 A105 Agronomia (bacharelado) Goiânia 56 8,86 A110 Ciências da Computação (bacharelado) Goiânia 32 5,72 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) Goiânia 48 3,92 A120 Engenharia Civil (bacharelado) Goiânia

Leia mais

NOTAS MÍNIMAS NO ENEM 2012, ENTRE OS CANDIDATOS CONVOCADOS, CONSIDERANDO ATÉ A ÚLTIMA CHAMADA.

NOTAS MÍNIMAS NO ENEM 2012, ENTRE OS CANDIDATOS CONVOCADOS, CONSIDERANDO ATÉ A ÚLTIMA CHAMADA. Administração Matutino Administração Noturno Agronomia Biomedicina A. C. 656.01 A 1 582.98 A 2 623.08 A. C. 630.01 A 1 595.10 A 2 633.89 A 3 451.66 A. C. 582.74 A 1 591.39 A 2 577.87 A 3 506.48 A. C. 629.86

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação Coordenadoria de Planejamento, Informação e Comunicação (COPIC)

Pró-Reitoria de Graduação Coordenadoria de Planejamento, Informação e Comunicação (COPIC) Pró-Reitoria de Graduação Coordenadoria de Planejamento, Informação e Comunicação (COPIC) Quantitativo de Vagas - SiSU 1º/2015 - Cursos de Graduação Presencial Campus Unidade Acadêmica Cód. UFC Cód. emec

Leia mais

Boletim Informativo 0

Boletim Informativo 0 Boletim Informativo 0 ADMISSÃO 25.570 inscritos no 1º Vestibular de 2012 UnB ofereceu 2.343 vagas em 96 cursos nos quatro campi. Provas foram aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro de 2011 No dia 7 de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS VESTIBULAR 2013 DEMANDA PARCIAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS VESTIBULAR 2013 DEMANDA PARCIAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - M - BACHARELADO 50 438 8,76 Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - N - BACHARELADO 50 424 8,48 Natal Humanística I CIÊNCIAS CONTÁBEIS - M - BACHARELADO 45 285 6,33 Natal

Leia mais

http://sisugestao.mec.gov.br/ies/adesao carregando

http://sisugestao.mec.gov.br/ies/adesao carregando carregando BRASIL Sisu - Sistema de Seleção Unificada. MEC - Ministério da Educação Termo de Adesão 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES 1.1 - Informações da IES 1.1.1 - IES:

Leia mais

COD Curso Inscritos Vagas Concorrência

COD Curso Inscritos Vagas Concorrência COD Curso Inscritos Vagas Concorrência A105 Agronomia (bacharelado) 496 56 8.8571 A110 Ciências da Computação (bacharelado) 183 32 5.7188 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) 188 48 3.9167 A120 Engenharia

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

ANEXO I - Relação dos cursos oferecidos pela UFG no Processo Seletivo 2014-1

ANEXO I - Relação dos cursos oferecidos pela UFG no Processo Seletivo 2014-1 ANEXO I - Relação dos cursos oferecidos pela no Processo Seletivo -1 CURSOS OFERECIDOS EM GOIÂNIA Em que: sm: salário-mínimo; PPI: estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas; DC: Demais estudantes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2011 1 EDITAL N. 066/2010

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2011 1 EDITAL N. 066/2010 Página 1 de 6 Goiânia A302 Administração (bacharelado) 50 686 13,72 Goiânia A105 Agronomia 70 526 7,51 Goiânia A106 Arquitetura e Urbanismo 35 697 19,91 Goiânia A405 Artes Cênicas (bacharelado ou licenciatura)

Leia mais

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista MEC e MCTI Programa Quero ser professor Quero ser cientista Contexto: Censo da Educação Superior 2012 Posição Nome OCDE Total % Matrícula % Acumulado 1 Administração 833.042 11,9 11,9 2 Direito 737.271

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Programas e ações da Capes

FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Programas e ações da Capes FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA Programas e ações da Capes CAPES - atribuições (Lei 11.502/2007) No âmbito da educação superior Subsidiar o Ministério da Educação na formulação de políticas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - INTEGRAL/BRAGANCA 627.87 532.46 556.73 ADMINISTRACAO

Leia mais

A - Sistema Cidadão Presente A - afro - brasileiros B - Sistema Cidadão Presente B - necessidades especiais

A - Sistema Cidadão Presente A - afro - brasileiros B - Sistema Cidadão Presente B - necessidades especiais Curso: 2005 - ADMINISTRACAO (Noturno) - CESNORS 4 5 0,80 91 9 10,11 123 28 4,39 Curso: 501 - ADMINISTRACAO - Bacharelado (Diurno) 11 5 2,20 72 8 9,00 145 5,64 Curso: 515 - ADMINISTRACAO - Bacharelado (Noturno)

Leia mais

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Universidade de Brasília (UnB) Câmpus Darcy Ribeiro BIOLÓGICAS SOCIAIS SOCIAL FILOSOFIA FÍSICA GEOGRAFIA HISTÓRIA LETRAS LÍNGUA PORTUGUESA LETRAS FRANCÊS LETRAS INGLÊS MATEMÁTICA PSICOLOGIA Integral (Mat/Vesp)

Leia mais

ANEXO I NÚMERO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS CURSOS PRESENCIAIS DE GRADUAÇÃO PARA PREENCHIMENTO EM 2015-2 POR REGIONAL, CURSO E OPÇÃO DE PARTICIPAÇÃO

ANEXO I NÚMERO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS CURSOS PRESENCIAIS DE GRADUAÇÃO PARA PREENCHIMENTO EM 2015-2 POR REGIONAL, CURSO E OPÇÃO DE PARTICIPAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE GESTÃO ACADÊMICA PRÉDIO DA REITORIA CÂMPUS II FONE: (62) 3521 1088 FAX: (62)3521-1074 CAIXA POSTAL 131 GOIÂNIA/GO. CEP: 74001 970 EDITAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014-1 Relação Candidato/Vagas (C/V)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014-1 Relação Candidato/Vagas (C/V) A105 Agronomia (bacharelado) integral Goiânia 35 588 16,8 A110 Ciências da Computação (bacharelado) integral Goiânia 20 210 10,5 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) integral Goiânia 30 180 6 A120

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 750.38 683.78 703.36 ADMINISTRACAO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 813.54 703.71 740.51 ADMINISTRACAO

Leia mais

Graduação Presencial 2010 - Matriculados 1º Semestre

Graduação Presencial 2010 - Matriculados 1º Semestre Catalão Administração Bacharelado Noturno 209 Catalão Ciências Biológicas Licenciatura Integral 179 Catalão Ciências Biológicas Bacharelado Integral 20 Catalão Ciências da Computação Bacharelado Integral

Leia mais

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes ADMISSÃO PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes Os candidatos fizeram provas nos dias 4 e 5 de dezembro de 2010. Aprovados em primeira chamada deverão efetuar registro nos dias 7 e 8 de fevereiro

Leia mais

Seleção de Projetos Institucionais Edital nº 61/2013

Seleção de Projetos Institucionais Edital nº 61/2013 Seleção de Projetos Institucionais Edital nº 61/2013 Coordenação-Geral de Programas de Valorização do Magistério Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid

Leia mais

64 Ampla 600,08 619,68 633,04 637,28 644,26. 6 Cota Masculina 586,00 595,74 612,44 617,84 625,96

64 Ampla 600,08 619,68 633,04 637,28 644,26. 6 Cota Masculina 586,00 595,74 612,44 617,84 625,96 ANÁLISE DIÁRIA DOS PONTOS DE CORTE DOS CURSOS DA UFAL - SISU 2012.1 CAMPUS A. C. SIMÕES (Maceió, AL) Pontos de corte - 7 a 12/1/2012 CURSO GRAU TURNO 64 Ampla 600,08 619,68 633,04 637,28 644,26 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Projetos de Extensão. Prof. Msc. Marcílio Meira <marcilio.meira@ifrn.edu.br> Informátic ca

Projetos de Extensão. Prof. Msc. Marcílio Meira <marcilio.meira@ifrn.edu.br> Informátic ca Extensão Projetos de Extensão Prof. Msc. Marcílio Meira Informátic ca Objetivos da aula a. Compreender o que é um Projeto de Extensão, e seus objetivos; b Aprender como se

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585 Cursos de Graduação Curso Grau Campus Código e-mec Administração Bacharelado Florianópolis 14213 Agronomia Bacharelado Florianópolis 14214 Agronomia

Leia mais

OFERTA INSTITUICAO CAMPUS CURSO GRAU TURNO

OFERTA INSTITUICAO CAMPUS CURSO GRAU TURNO 106137 UFPE CARUARU MEDICINA Bacharelado Integral (Mat/Vesp) 50 807,69 810,71 810,14 106117 UFPE RECIFE MEDICINA Bacharelado Integral (Mat/Vesp) 87 782,54 786,23 787,68 94728 UNIVASF CENTRO PETROLINA MEDICINA

Leia mais

Legenda: AC: Ampla Concorrência

Legenda: AC: Ampla Concorrência Em caráter meramente ilustrativo, veja abaixo as notas de corte relativas ao processo de seleção de 2014. Em 2014, a UFC adotou o percentual de reserva de vagas de 50%, nos termos da Lei nº 12.711/2012.

Leia mais

Legenda: Campus Nome do Curso Turno Classe Vagas

Legenda: Campus Nome do Curso Turno Classe Vagas Em caráter meramente ilustrativo, veja abaixo as notas de corte relativas ao processo de seleção de 2013. Em 2013, a UFC adotou o percentual de reserva de vagas de 12,5%, nos termos da Lei nº 12.711/2012.

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Notas de corte em 20/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp)

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Notas de corte em 20/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Universidade de Brasília (UnB) Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Notas de corte em 20/1/2015, BIOLÓGICAS 20 699,92 SOCIAIS 45 669,57 COMUNICAÇÃO SOCIAL 33 713,05 FILOSOFIA 20 643,51 FÍSICA 18

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/1

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/1 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/1 1. Abertura O Coordenador do PROUNI, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS,

Leia mais

COMPROV UFCG Manual do Candidato Vestibular 2013

COMPROV UFCG Manual do Candidato Vestibular 2013 Dos Cursos Oferecidos Os Cursos de Graduação oferecidos pela UFCG têm funcionamento nos turnos: Matutino M (aulas pela manhã), Vespertino T (aulas à tarde), Noturno N (aulas à noite) e Diurno D (aulas

Leia mais

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR EDITAL Nº 001/2011-DCV PUBLICAÇÃO DA RELAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE. O Diretor de Concurso Vestibular

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre IFAC CAMPUS AVANÇADO DE XAPURI QUÍMICA Licenciatura Noturno 40

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre IFAC CAMPUS AVANÇADO DE XAPURI QUÍMICA Licenciatura Noturno 40 Sistema de Seleção Unificada - Sisu Edição 1º/2012 VAGAS POR IES, LOCAL DE OFERTA E CURSO Item UF IES Nome IES Sigla da IES Local de oferta Nome do curso Grau do curso Turno do curso Nº vagas total Instituto

Leia mais

UnB adota SiSU como forma de ingresso

UnB adota SiSU como forma de ingresso UnB adota SiSU como forma de ingresso No total, 88 cursos de graduação foram ofertados. Medicina foi o mais concorrido do País Neste ano, a Universidade de Brasília (UnB) adotou, pela primeira vez, ao

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015 CAMPUS FLORIANÓPOLIS ADMINISTRAÇÃO - DIURNO ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO AGRONOMIA ANTROPOLOGIA - BEL - DIURNO ARQUITETURA E URBANISMO ARQUIVOLOGIA - BEL - DIURNO ARTES CÊNICAS - BEL - NOTURNO BIBLIOTECONOMIA

Leia mais

UFRGS Concurso Vestibular 2011. Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção

UFRGS Concurso Vestibular 2011. Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção UFRGS Concurso Vestibular 2011 Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção Código Nome do Curso Vagas Médias Ofer Ocup Primeiro Último 01 Administração - Diurno Acesso Universal 56 56 711,68 572,40 Ensino

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo Diurno Salvador E 729.32

Arquitetura e Urbanismo Diurno Salvador E 729.32 UFBA - INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU 2015.1 LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais

Curso Nome do Curso Trf PD Total

Curso Nome do Curso Trf PD Total Cidade:Campo Grande CCBS Centro de Ciências Biológicas e da Saúde 0110 Ciências Biológicas - Bacharelado 3 1 4 0113 Farmácia 7 6 13 0114 Fisioterapia 20 9 29 CCET Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas

Leia mais

UFRGS Concurso Vestibular 2009. Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção

UFRGS Concurso Vestibular 2009. Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção UFRGS Concurso Vestibular 2009 Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção Código Nome do Curso Candidatos Vagas Densidade 01 Administração - Diurno 708 80 8,85 Acesso Universal 479 56 Ensino Público 206

Leia mais

Pré- Inscrições de Professor nos cursos do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica Parfor

Pré- Inscrições de Professor nos cursos do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica Parfor Pré- Inscrições de Professor nos cursos do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica Parfor Fórum Permanente de Apoio à Formação Docente da Bahia Forprof-BA Secretaria da Educação do

Leia mais

Estrutura Acadêmica e Administrativa da PUC Goiás

Estrutura Acadêmica e Administrativa da PUC Goiás Estrutura Acadêmica e Administrativa da PUC Goiás Estruturas Organizacionais da Instituição: histórico 1950 1960 Universidade de Goiás Incorporadas: - Faculdade de Filosofia (1948) - Faculdade de Ciências

Leia mais

Curso Zootecnia (bacharelado) Turno: Integral (Matutino e Vespertino)

Curso Zootecnia (bacharelado) Turno: Integral (Matutino e Vespertino) CAMPUS DE ALMENARA Curso Letras/Português (licenciatura)-turno: Noturno CAMPUS DE BRASÍLIA DE MINAS Curso Administração (bacharelado) Turno: Noturno CAMPUS DE ESPINOSA CAMPUS DE JANAÚBA Curso Agronomia

Leia mais

Ensino Público Estadual

Ensino Público Estadual Ensino Público Estadual UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOESTE - Francisco Beltrão - Pr Cursos Acadêmico Professores Total Administração (Bacharelado) Matutino* 78 Pós-Graduados 21 Administração

Leia mais

GRUPO1 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO 28 7 4,00 45 7 6,43 331 9 36,78 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO 12 6 2,00

GRUPO1 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO 28 7 4,00 45 7 6,43 331 9 36,78 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO 12 6 2,00 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS PROCESSO SELETIVO 1/2014 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) 02 03 77 79 05 83 11 GRUPO1 ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO ARTES - HABILITAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD 1 EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD PUBLICAÇÃO DA RELAÇAO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE - PROVOU. A Pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual

Leia mais

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693 Área de Ciências Biologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9011 Nota do último colocado: 2012: 139,9 2013: 134,0 Biologia e Geologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9012 Nota do último colocado:

Leia mais

Bolsas e Programas de Financiamento de Estudo

Bolsas e Programas de Financiamento de Estudo Bolsas e Programas de Financiamento de Estudo A PUC Minas fechou o ano de 2006 tendo cerca de 35% dos alunos da graduação beneficiados com bolsa de estudo. O benefício contemplou 16.047 estudantes - incluindo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 015/2008 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 015/2008 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 015/2008 CONSUNI Aprova a Estrutura Organizacional da Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT. O Presidente do Conselho Universitário CONSUNI, da Universidade do Estado de Mato Grosso

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/2

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/2 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/2 1. Abertura O Coordenador do PROUNI, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS,

Leia mais

Avaliação da Dimensão Pesquisa

Avaliação da Dimensão Pesquisa CPA Comissão Própria de Avaliação A Comissão Própria de Avaliação CPA/UNIPAMPA, constituída pela Portaria no 697, de 6 de março de 00, tem as atribuições de condução dos processos de avaliação internos

Leia mais

Boletim Informativo 0

Boletim Informativo 0 Boletim Informativo 0 ADMISSÃO 2º Vestibular de 2012 teve 21.369 inscritos UnB ofereceu 4.184 vagas em 96 cursos nos quatro campi. Provas foram aplicadas nos dias 2 e 3 de junho de 2012 A Universidade

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES - 2012 a 2021 Instituição: ENSINO DE GRADUAÇÃO Programas/Projetos/Ações Ano Natureza Valores Fonte de Recursos Beneficiado Manutenção

Leia mais

Lembramos que a homologação representa apenas a autorização da UFSC para que os(as) estudantes participem da seleção, que é realizada pela CAPES.

Lembramos que a homologação representa apenas a autorização da UFSC para que os(as) estudantes participem da seleção, que é realizada pela CAPES. Veja abaixo o resultado da análise (homologação) das candidaturas dos(as) estudantes de graduação da UFSC às bolsas oferecidas pelo Programa Ciência sem Fronteiras por meio das Chamadas Públicas 143, 144,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DO 1º SEMESTRE DE 2016 // CURSOS MODALIDADE LOCAL Administração - manhã (* 3 )/noite bacharelado Cid. Universitária 8 Agronomia - manhã bacharelado Cid. Universitária 10 Arquitetura e

Leia mais

UnB Notas de Corte Sisu 2014 na Universidade de Brasília Janeiro 2014 Notas de Câmpus Curso Turno Disputa Corte

UnB Notas de Corte Sisu 2014 na Universidade de Brasília Janeiro 2014 Notas de Câmpus Curso Turno Disputa Corte UnB Notas de Corte Sisu 2014 na Universidade de Janeiro 2014 Notas de Câmpus Curso Turno Disputa Corte Gama Abi Engenharia Int Esc. pública, 1,5 SM 676,6 Gama Abi Engenharia Int Cota Racial UnB 682,72

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89 e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.684 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016 O Reitor

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015 EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015 O Reitor do CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS CEULP, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto na Resolução de n 374/2010

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 177, DE 30 DE AGOSTO DE 2013. HENRIQUE MONGELLI.

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 177, DE 30 DE AGOSTO DE 2013. HENRIQUE MONGELLI. INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 177, DE 30 DE AGOSTO DE 2013. O PRÓ-REITOR DE ENSINO DE GRADUAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul no uso das suas atribuições legais, e considerando expansão

Leia mais

CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L)

CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L) CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L) (VESTIBULAR EM DUAS FASES) São aqueles tradicionalmente oferecidos pela UFBA, acrescidos de 26 novas opções de curso, das quais 18 no noturno, nas modalidades Licenciatura,

Leia mais

Reunião 3º ano Ensino Médio

Reunião 3º ano Ensino Médio Reunião 3º ano Ensino Médio ENSINO MÉDIO Aprofundamento da aprendizagem; Questionamentos sobre a vida pessoal; Apoio à escolha profissional; Autonomia para resolver problemas, buscando soluções próprias.

Leia mais

ENADE 2004/2013. Guia para o registro da situação do aluno no histórico escolar. Pró-Reitoria de Ensino

ENADE 2004/2013. Guia para o registro da situação do aluno no histórico escolar. Pró-Reitoria de Ensino ENADE Guia para o registro da situação do aluno no histórico escolar Pró-Reitoria de Ensino 2004/2013 Paulo César Pereira Reitor Diretoria Executiva José Sérgio Sarmento Garcia Pró-Reitoria de Administração

Leia mais

EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO ANEXO I

EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO ANEXO I MINISTERIO DA EDUCACÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL E TECNOLOGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA. EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR

Leia mais

ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012). ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012). ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012). UFAL / SiSU 2014.1 Página 1 de 15 ANÁLISE DIÁRIA DOS PONTOS DE CORTE DOS CURSOS DA UFAL - SISU 2014.1 Dados atualizados em 10/1/2014-14h00 LEGENDA AMPLA DEMAIS VAGAS (Ampla concorrência) PPI 1,5 Candidatos

Leia mais

SISU UFBA 2015.1 Quadro de vagas por categoria de cotas da 2ª chamada

SISU UFBA 2015.1 Quadro de vagas por categoria de cotas da 2ª chamada SISU UFBA 2015.1 Quadro de vagas por categoria de cotas da 2ª chamada LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ RETIFICAÇÃO Nº 08 DO EDITAL Nº 12/2015 DO IFPR CONCURSO DE DOCENTE O Reitor Substituto do INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR, no uso da competência que lhe confere a Portaria

Leia mais

CALENDÁRIO E ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU ESPECIAL PUCPR CAMPUS CURITIBA E SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

CALENDÁRIO E ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU ESPECIAL PUCPR CAMPUS CURITIBA E SÃO JOSÉ DOS PINHAIS CALENDÁRIO E ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU ESPECIAL PUCPR CAMPUS CURITIBA E SÃO JOSÉ DOS PINHAIS Data: conforme calendário abaixo Ensaio: 18h Solenidade: 20h30 Local: TUCA Número de convidados: enviado por

Leia mais

UFBA INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU ANO: 2014

UFBA INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU ANO: 2014 UFBA INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU ANO: 2014 LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais

RELAÇÃO DAS PONTUAÇÕES MÁXIMAS E MÍNIMAS, POR CURSO, DA 2ª EDIÇÃO DO SISU/UFMG

RELAÇÃO DAS PONTUAÇÕES MÁXIMAS E MÍNIMAS, POR CURSO, DA 2ª EDIÇÃO DO SISU/UFMG SISU/UFMG 2014 Campus Belo Horizonte ADMINISTRACAO AQUACULTURA ARQUITETURA E URBANISMO ARQUITETURA E URBANISMO BIBLIOTECONOMIA BIOMEDICINA CIENCIA DA COMPUTACAO CIENCIAS BIOLÓGICAS (Licenciatura) 1 666,72

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 130 SELEÇÃO DE BOLSISTA DE SUPERVISÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA- PIBID/2009

Leia mais

UFG (Projetos) e seu conceito (MEC)

UFG (Projetos) e seu conceito (MEC) UFG (Projetos) e seu conceito (MEC) Dos cursos avaliados pelo Ministério da Educação (MEC) em 2007, a maioria obteve conceito bom (nota 4) ou excelente (nota 5) no Enade, no Índice de Diferença de Desempenho

Leia mais

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Alguns indicadores I n d i c a d o r e s 2006 Acréscimo Número de Alunos Graduação (Regulares, Probásica e Educação a Distância) 23.924 Pós-Graduação (Mestrado

Leia mais

Relação da Nota Mínima e Máxima por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Convocados para a 2ª Fase Lei n.º 12.711/2012

Relação da Nota Mínima e Máxima por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Convocados para a 2ª Fase Lei n.º 12.711/2012 Relação da e por e Categoria de Concorrência dos Candidatos para a 2ª Fase Administração - M 24 24 2 13 52 26 13 40 13 28 53 44 37 67 120 Administração - N 16 30 9 19 37 43 15 38 11 29 50 40 33 53 123

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 033/2015

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 033/2015 DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 033/2015 Altera o Anexo I do Regimento Geral da Universidade de Taubaté. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, na conformidade do Processo nº PRG- 036/2012, aprovou e eu promulgo a seguinte

Leia mais

Resolução nº 048, de 18 de maio de 2015.

Resolução nº 048, de 18 de maio de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

CANDIDATOS CLASSIFICADOS NA SEGUNDA LISTA DE ESPERA UFRJ/SISU - AÇÃO AFIRMATIVA

CANDIDATOS CLASSIFICADOS NA SEGUNDA LISTA DE ESPERA UFRJ/SISU - AÇÃO AFIRMATIVA 111002556750 ABI - HISTÓRIA Área Básica de Ingresso (ABI) Integral Instituto de História 111005414972 ABI - HISTÓRIA Área Básica de Ingresso (ABI) Noturno Instituto de História 111010349831 ABI - HISTÓRIA

Leia mais

UEM: Breve Contextualização

UEM: Breve Contextualização UEM: Breve Contextualização Campus Regionais, Bases de Pesquisa e Pólos de Ensino a Distância BASE PESQUISA PORTO RICO CAMPUS CIANORTE CAMPUS CIDADE GAUCHA FAZENDA EXPERIMENTAL IGUATEMI UEM MARINGA CAMPUS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP Alunos apontam melhorias na graduação Aumenta grau de formação dos professores e estudantes mostram que cursos possibilitam

Leia mais

NOTAS DE CORTE 2014-1

NOTAS DE CORTE 2014-1 BIOMEDICINA NOTAS DE CORTE 2014-1 486,78 471,89 466,93 nº18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas 549,8 Ampla Concorrência 661,83 BIOTECNOLOGIA 451,58 518,75 488,98 nº18/2012),

Leia mais

MAPEANDO AS CORRELAÇÕES ENTRE PRODUTIVIDADE E INVESTIMENTOS DE BOLSAS EM PROGRAMAS DE PÓSGRADUAÇÃO: o caso da Universidade Federal de Goiás

MAPEANDO AS CORRELAÇÕES ENTRE PRODUTIVIDADE E INVESTIMENTOS DE BOLSAS EM PROGRAMAS DE PÓSGRADUAÇÃO: o caso da Universidade Federal de Goiás MAPEANDO AS CORRELAÇÕES ENTRE PRODUTIVIDADE E INVESTIMENTOS DE BOLSAS EM PROGRAMAS DE PÓSGRADUAÇÃO: o caso da Universidade Federal de Goiás Dalton Lopes Martins (UFG) dmartins@gmail.com Arlon Silva (UFG)

Leia mais

EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014. Fonte CPD Agosto 2015

EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014. Fonte CPD Agosto 2015 EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014 Fonte CPD Agosto 2015 EGRESSOS 2015 (INGRESSANTES 2008) CURSO A B C D UNIVERSAL TOTAL Administração Diurno - - 6-26 32 Administração Noturno - - 3-7

Leia mais

Universidade Estatual do Sudoeste da Bahia UESB. Pró-Reitoria de Graduação

Universidade Estatual do Sudoeste da Bahia UESB. Pró-Reitoria de Graduação Universidade Estatual do Sudoeste da Bahia UESB Pró-Reitoria de Graduação ESTRUTURA PROGRAD A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) é um órgão assessor da Reitoria responsável pelo Ensino de Graduação. Atualmente

Leia mais