Depressão: Os Caminhos da Alma... (LÚCIA MARIA)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Depressão: Os Caminhos da Alma... (LÚCIA MARIA)"

Transcrição

1 (LÚCIA MARIA) 1

2 Dedicatória: A todos os que sofrem de depressão, uma doença cruel e invisível, mas que pode ser vencida. 2

3 Sinopse: Muito embora, o título comece com uma expressão diferente, a intenção desta obra é abordar um assunto delicado e ao mesmo tempo preocupante, com a seriedade e responsabilidade que devemos ter diante da depressão. A depressão é um mal que não se limita a nenhuma condição ou característica do ser humano, seja jovem, velho, culto, ignorante, rico ou pobre... Quando finalmente, se descobre que uma pessoa está com depressão, é por que já se tentou todo tipo de tratamento, e quase sempre com resultados insatisfatórios e inconclusivos. Ela surge aos poucos e é confundida com tristeza, desânimo, preguiça, apatia, e outros sintomas parecidos. É uma doença de difícil diagnóstico, exceto por profissionais experientes: Nesse caso, psicólogos, psiquiatras e médicos. Um diagnóstico correto facilita o tratamento adequado e evita-se a dor e o sofrimento que ela causa no seu portador. Quem já passou por uma situação dessas, sabe o quanto é desesperador, conviver com ela todos os dias... 3

4 E, além disso, ainda sofrer preconceito por parte dos familiares, amigos e colegas de trabalho, que acreditam se tratar de chiliques por parte da pessoa ou pior ainda, ser um antissocial. É um mal não detectado por aparelhos convencionais. A pessoa começa a murchar dia a dia, num sofrimento intenso sem explicações. Aos poucos se afastam do convívio social, e estão sempre quietos (as) e tristes. Não se interessam por estar em ambientes que antes gostavam de estar, começam a se descuidar de sua higiene pessoal, uns dormem a maior parte do tempo, ficam irritados às vezes por nada, outros choram por qualquer coisa, e etc. Esses são apenas alguns dos muitos comportamentos que apresentam, pois vai depender do tipo de depressão que a pessoa tem. Essa obra vem dar esclarecimentos, orientações e dicas no tratamento desse mal que já está sendo chamada de A doença do século. E como se sabe, o melhor remédio para um mal é a prevenção, então nos adiantemo-nos em prevenir contra ela, ou elas... 4

5 Sumário: 01- Não seja um refém passivo. 02- Enfrentando esse inimigo de forma eficaz. 03- Combatendo a depressão através do corpo. 04- A depressão é um vírus mortal invisível. 05- As múltiplas faces da depressão A dor significa que você ainda vive. 07- Você precisa saber como se livrar dela. 08- Conheça esse inimigo (Depressão) em detalhes. LÚCIA MARIA 5

6 Capítulo I: Não seja um refém passivo... Poderia começar esse livro com explicações das mais variadas possíveis sobre o tema... Porém, os que se interessam em ler um livro com esse título, podem estar numa situação em que vivencia uma profunda angústia, tristeza, vazio existencial, ou então tem alguém na família ou muito próximo que apresenta estes sinais... Diante disso, achei mais eficaz, começar pelo que seria o término de um assunto, ou seja, começar pelo fim... Os sete primeiros capítulos serão para esclarecimentos, autoajuda e para quem precisa de uma linguagem menos técnica e mais utilitária. O último capítulo, (8) apresenta a depressão de maneira mais técnica, específica e numa abordagem mais científica, porém, não menos importante. É necessário que todos entendam: A depressão não é chiliques, e tampouco tristeza, é uma doença. Não é algo que se possa deixar pra depois. Ela tem e deve ser combatida de forma agressiva, no 6

7 sentido amplo da palavra, antes que seja tarde demais... O primeiro passo no combate a depressão, é identifica-la. Para tanto, basta observar alguns comportamentos que a pessoa apresenta de forma insistente, com no mínimo cinco ou mais aspectos relacionados. Observe essas características: - Isolamento, a pessoa passa a evitar contatos com outras pessoas. - Perda de apetite diminuindo o peso ou compulsão alimentar. - Perda do desejo sexual e desmotivação para o que antes gostava de fazer. - Pensamentos de suicídio e morte, pra se livrar da angústia. - Autoagressão, física e psicológica. - Mudanças na percepção do tempo, não se dá conta do dia ou da noite. - Acessos de choro, sem motivos aparentes. - Desatenção à própria higiene... - Prefere dormir quase o tempo todo. - Mudanças comportamentais: Do tipo agressivo ou 7

8 irritabilidade de uma hora pra outra, sem motivos aparentes e com qualquer coisa, lugar e pessoas. - Medo ou sensação de ser ou estar sendo abandonado, sensação de inutilidade e falta de esperança. Dificuldade em concentrar-se ou tomar uma decisão. - Sentimentos exagerados de culpa, tristeza ou mágoa. - Perda de energia ou sentimento de cansaço, sem ter feito qualquer atividade justiçável. Humores alterados, ora depressivo e apático, ora irritado e ansioso. Convém ressaltar, que não dá pra qualquer pessoa fazer essa identificação é preciso conhecer bem a pessoa, o assunto ou ser um especialista. Muitas pessoas com depressão na verdade costumam negar a existência de tais sentimentos no início dela... Mesmo porque, a doença pode aparecer de muitas maneiras... Às vezes por um sentimento de raiva persistente, ataques de ira repentinos, tentativas constantes de culpar os outros por acontecimentos inesperados... Também é comum apresentarem inúmeras dores pelo corpo todo, sem outras causas médicas que possam 8

Depressão. Em nossa sociedade, ser feliz tornou-se uma obrigação. Quem não consegue é visto como um fracassado.

Depressão. Em nossa sociedade, ser feliz tornou-se uma obrigação. Quem não consegue é visto como um fracassado. O QUE É SAÚDE? É o nosso estado natural. Segundo a O.M.S. saúde é mais do que a ausência de doença ou enfermidade: É o estado de perfeito bem-estar físico, mental e social. Depressão Em nossa sociedade,

Leia mais

Depressão. Um distúrbio que tem solução.

Depressão. Um distúrbio que tem solução. Depressão Um distúrbio que tem solução. DEPRESSÃO Depressão é um transtorno psiquiátrico sem causa definida. Afeta o humor, levando à perda de interesse e de prazer por quase todas as atividades do dia

Leia mais

Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil Gabinete Nacional da Ordem DeMolay

Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil Gabinete Nacional da Ordem DeMolay Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil Gabinete Nacional da Ordem DeMolay Ano DeMolay 2016/2017 Depressão não é frescura O QUE É DEPRESSÃO? De acordo com o doutor em psicobiologia

Leia mais

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR Até recentemente o Transtorno Bipolar era conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva. É um transtorno no qual ocorrem alternâncias do humor, caracterizando-se por períodos

Leia mais

3.8 Tristeza e depressão na criança e no adolescente

3.8 Tristeza e depressão na criança e no adolescente Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente 3.8 Tristeza e depressão na criança e no adolescente Introdução Os sentimentos de tristeza, desapontamento, desvalorização e culpa, surgem pontualmente

Leia mais

OS CICLOS DOS 7 ANOS

OS CICLOS DOS 7 ANOS OS CICLOS DOS 7 ANOS Os mistérios que envolvem a nossa vida, desde o nascimento, como as experiências, os fatos, os acontecimentos, bons e ruins, as pessoas que surgem ou desaparecem, de nossas vidas,

Leia mais

Depressão: o que você precisa saber

Depressão: o que você precisa saber Depressão: o que você precisa saber Se você acredita que tem depressão, ou conhece alguém que talvez sofra desse transtorno, leia este material. O que é a depressão? A depressão é um transtorno mental

Leia mais

Depressão em mulheres

Depressão em mulheres Depressão em mulheres Por que a depressão é maior em mulheres? O que é depressão? A depressão é um distúrbio de alteração do humor sério e por vezes incapacitante. Causa sentimentos de tristeza, desespero,

Leia mais

Pr. Ericson Martins. Uma abordagem básica sobre um dos maiores dilemas dos dias atuais!

Pr. Ericson Martins. Uma abordagem básica sobre um dos maiores dilemas dos dias atuais! Pr. Ericson Martins Depressão Emocional Uma abordagem básica sobre um dos maiores dilemas dos dias atuais! Leitura: Salmo 77 Constituição do homem Física Espiritual PROPOSIÇÃO: 1. Introdução 2. O que

Leia mais

3.15 As psicoses na criança e no adolescente

3.15 As psicoses na criança e no adolescente Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente 3.15 As psicoses na criança e no adolescente Introdução As psicoses são doenças mentais raras que, geralmente, se iniciam no fim da adolescência

Leia mais

A Importância dos Cuidados com o Cuidador. Lívia Kondrat

A Importância dos Cuidados com o Cuidador. Lívia Kondrat A Importância dos Cuidados com o Cuidador Lívia Kondrat ABRALE 22 de Julho de 2011 CÂNCER é uma doença crônica; possui tratamentos com possibilidade de cura; traz consigo estigmas; está cercada por mitos,

Leia mais

Associação entre síndrome pré-menstrual e transtornos mentais Celene Maria Longo da Silva Gicele Costa Minten Rosângela de Leon Veleda de Souza

Associação entre síndrome pré-menstrual e transtornos mentais Celene Maria Longo da Silva Gicele Costa Minten Rosângela de Leon Veleda de Souza Associação entre síndrome pré-menstrual e transtornos mentais Celene Maria Longo da Silva Gicele Costa Minten Rosângela de Leon Veleda de Souza Denise Petrucci Gigante 1 Síndrome pré-menstrual (SPM) Conjunto

Leia mais

Todos os dados serão anónimos e confidenciais, pelo que não deverá identificar-se em parte alguma do questionário.

Todos os dados serão anónimos e confidenciais, pelo que não deverá identificar-se em parte alguma do questionário. Sara Oliveira Valente, aluna a frequentar o 4º ano da licenciatura Enfermagem na Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa, para a elaboração da monografia intitulada: Prevenção da

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Maio de 2010 Estresse O estresse é um conjunto de sinais que o corpo usa para mostrar que a pessoa está num estado que não corresponde ao que ela realmente

Leia mais

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental DEPRESSÃO O que você precisa saber Fênix Associação Pró-Saúde Mental Eu admito que preciso de ajuda, pois sozinho não consigo... (Grupo Fênix: Os 6 Passos para a Recuperação) a 1 Edição São Paulo 2010

Leia mais

Principais sintomas: - Poliúria (urinar muitas vezes ao dia e em grandes quantidades); - Polidipsia (sede exagerada); - Polifagia (comer muito);

Principais sintomas: - Poliúria (urinar muitas vezes ao dia e em grandes quantidades); - Polidipsia (sede exagerada); - Polifagia (comer muito); O diabetes mellitus é uma doença crônica que se caracteriza por uma elevada taxa de glicose (açúcar) no sangue. Essa elevação ocorre, na maioria das vezes, por uma deficiência do organismo em produzir

Leia mais

GRAVE. DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? A depressão grave é uma condição médica comum e afeta 121 MILHÕES de pessoas em todo o mundo.

GRAVE. DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? A depressão grave é uma condição médica comum e afeta 121 MILHÕES de pessoas em todo o mundo. APRESENTA GRAVE DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? Indivíduos com depressão grave geralmente apresentam pelo menos 4 destes sintomas por pelo menos 2 semanas: Estado de ânimo depressivo; * Movimento,

Leia mais

COMO MANTER O LAR LIVRE DA DROGA

COMO MANTER O LAR LIVRE DA DROGA COMO MANTER O LAR LIVRE DA DROGA A PREVENÇÃO AO USO DO CRACK COMEÇA DENTRO DE CASA: Estudos apontam que pais ausentes ou superprotetores podem favorecer a queda dos filhos na dependência química. A PREVENÇÃO

Leia mais

Males da Alma......são transtornos que causam sofrimento intenso, comprometem a rotina da pessoa afetada, alteram

Males da Alma......são transtornos que causam sofrimento intenso, comprometem a rotina da pessoa afetada, alteram Males da Alma......são transtornos que causam sofrimento intenso, comprometem a rotina da pessoa afetada, alteram seu comportamento e trazem prejuízos em todas as áreas da vida de quem está doente. Ansiedade,

Leia mais

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH Distúrbio Bipolar, também conhecido como mania e depressão, é uma desordem do cérebro que causa mudanças não previstas no estado mental da pessoa,

Leia mais

DEPRESSÃO TEM CURA? SAIBA MAIS SOBRE ESSE MAL

DEPRESSÃO TEM CURA? SAIBA MAIS SOBRE ESSE MAL DEPRESSÃO TEM CURA? SAIBA MAIS SOBRE ESSE MAL SUMÁRIO 01. Depressão: tristeza ou doença? 3 02. Saiba identificar os sintomas de um deprimido 7 03. Depressão severa: saiba como tomar controle 12 01 DEPRESSÃO:

Leia mais

SUICÍDIO COMO IDENTIFICAR?

SUICÍDIO COMO IDENTIFICAR? COMO IDENTIFICAR? Ludmila Palhano 1 O detalhamento do conhecimento dos fatores de risco auxilia na delimitação da populações nas quais os eventos poderão ocorrer com maior frequência. ABP, 2014 Dois principais

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

saiba MAIs sobre o transtorno AFetIVo BIpoLAr TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR

saiba MAIs sobre o transtorno AFetIVo BIpoLAr TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR saiba MAIs sobre o transtorno AFetIVo BIpoLAr Apresentação O conteúdo deste folheto foi elaborado por profissionais do conselho científico da ABRATA, Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores

Leia mais

DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO

DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO ESTA FARMÁCIA CUIDA DE SI DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO ESTA FARMÁCIA CUIDA DE SI O QUE É A DEPRESSÃO? A depressão é uma perturbação do humor que interfere na capacidade para funcionar

Leia mais

Quando o medo foge ao controle

Quando o medo foge ao controle Quando o medo foge ao controle Transtorno de Ansiedade Generalizada Texto traduzido e adaptado por Lucas Machado Mantovani, mediante prévia autorização do National Institute of Mental Health, responsável

Leia mais

Sinais visíveis de transtornos psicológicos: como identificar e lidar com estes pacientes?

Sinais visíveis de transtornos psicológicos: como identificar e lidar com estes pacientes? Sinais visíveis de transtornos psicológicos: como identificar e lidar com estes pacientes? Sávia M. Emrich Pinto Psicóloga Serviço de Radioterapia Sinais visíveis de transtornos psicológicos: como identificar

Leia mais

Conceito e definição

Conceito e definição Sinais de alerta Conceito e definição BULLYING conceito Ainda não apresenta tradução consensual ( abuso de colegas, vitimizar, intimidar, violência na escola ou agressão sistemática e intencional entre

Leia mais

Insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões:

Insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões: O que é Insônia? Insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões: Dificuldade em cair no sono Levantar freqüentemente durante a noite com dificuldade

Leia mais

Pergaminho dos Sonhos

Pergaminho dos Sonhos Pergaminho dos Sonhos Michel R.S. Era uma vez um poeta... Um jovem poeta que aprendera a amar e deixar de amar. E de uma forma tão simples, assim como o bem e o mal, O amor tornou-se o objetivo de suas

Leia mais

não somos auto-suficientes precisamos de algo que nos energize e alimente

não somos auto-suficientes precisamos de algo que nos energize e alimente não somos auto-suficientes precisamos de algo que nos energize e alimente o que drena sua energia? esgotamento no corpo e na alma sinais de esgotamento: cansaço permanente tristeza profunda e contínua

Leia mais

4 hábitos ruins no trabalho e como lidar com eles

4 hábitos ruins no trabalho e como lidar com eles 4 hábitos ruins no trabalho e como lidar com eles São Paulo Pense no perfil de um excelente profissional. Provavelmente, ele não é preguiçoso ou sem foco, sem certo? Tampouco excessivamente competitivo

Leia mais

Informação para os pacientes e seus familiares

Informação para os pacientes e seus familiares Psicose Psychosis - Portuguese UHN Informação para os pacientes e seus familiares Leia esta brochura para aprender: o que é a psicose o que a causa os sinais ou sintomas de psicose que tratamentos podem

Leia mais

NÃO SOU FELIZ! Dr. Fernando Lucchese. Por quê?

NÃO SOU FELIZ! Dr. Fernando Lucchese. Por quê? Dr. Fernando Lucchese NÃO SOU FELIZ! Por quê? Considerando a felicidade como regra e o sofrimento como exceção, este livro mostra como a felicidade está perto de você. a 3 Dedico este livro aos infelizes,

Leia mais

PSICÓLOGO RAFAEL A. PRADO

PSICÓLOGO RAFAEL A. PRADO PSICÓLOGO RAFAEL A. PRADO As síndromes depressivas têm como elementos mais salientes o humor triste e o desânimo; Entretanto, elas caracterizam-se por uma multiplicidade de sintomas afetivos, instintivos

Leia mais

DEPRESSÃO OLIVEIRA. E. N. P. 1 RIBEIRO. T. C 2 FARIA. M.C. C. 3 RESUMO

DEPRESSÃO OLIVEIRA. E. N. P. 1 RIBEIRO. T. C 2 FARIA. M.C. C. 3 RESUMO DEPRESSÃO OLIVEIRA. E. N. P. 1 RIBEIRO. T. C 2 FARIA. M.C. C. 3 RESUMO A Depressão é um sentimento exagerado da tristeza, ou seja, um transtorno mental. É uma doença que causa um grande desânimo, cansaço,

Leia mais

1. Identificação Nome: Está interessado(a) em receber as nossas Newsletters? ( ) Sim ( ) Não Como ficou a conhecer a nossa clínica?

1. Identificação Nome: Está interessado(a) em receber as nossas Newsletters? ( ) Sim ( ) Não Como ficou a conhecer a nossa clínica? Preparação 1ª consulta Anti-envelhecimento Responda ao seu questionário o mais rigorosamente possível porque da exatidão das suas respostas depende a eficácia da nossa consulta e melhor será orientado

Leia mais

Exemplo 1 O Mago (1); O Papa (5); O Mundo (21); O Diabo (15) Amor Dinheiro

Exemplo 1 O Mago (1); O Papa (5); O Mundo (21); O Diabo (15) Amor Dinheiro Exemplo 1 Pergunta O Mago (1); Dificuldade O Papa (5); Objetivo O Mundo (21); Resposta O Diabo (15) 1 + 5 + 21 + 15 = 42 / 4 + 2 = 6 Amor O consulente deseja iniciar um relacionamento, mas não tem intenções

Leia mais

Como Prevenir o Suicídio?

Como Prevenir o Suicídio? Como Prevenir o Suicídio? Profa. Ana Carolina Schmidt de Oliveira Psicóloga CRP 06/99198 Especialista em Dependência Química (UNIFESP) Doutoranda (UNIFESP) anacarolina@vidamental.com.br vidamental.com.br

Leia mais

INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AUTO-RELATO)

INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AUTO-RELATO) THIS SECTION FOR USE BY STUDY PERSONNEL ONLY. Did patient (subject) perform self-evaluation? No (provide reason in comments) Evaluation performed on visit date or specify date: Comments: DD-Mon-YYYY As

Leia mais

Profa. Ana Carolina Schmidt de Oliveira Psicóloga CRP 06/99198 Especialista em Dependência Química (UNIFESP) Doutoranda (UNIFESP)

Profa. Ana Carolina Schmidt de Oliveira Psicóloga CRP 06/99198 Especialista em Dependência Química (UNIFESP) Doutoranda (UNIFESP) Profa. Ana Carolina Schmidt de Oliveira Psicóloga CRP 06/99198 Especialista em Dependência Química (UNIFESP) Doutoranda (UNIFESP) anacarolina@vidamental.com.br vidamental.com.br Transtornos Ansiosos (TA)

Leia mais

Abaixo são listados as composições para cada tipo de necessidade. Medo

Abaixo são listados as composições para cada tipo de necessidade. Medo A terapia Floral foi desenvolvida na década de 1930 pelo médico inglês Dr Edward Bach, que pesqu Abaixo são listados as composições para cada tipo de necessidade. Medo Rock Rose: O remédio da salvação.

Leia mais

Nunca diria Diabetes? Isso são coisas da tua cabeça!, pois não?

Nunca diria Diabetes? Isso são coisas da tua cabeça!, pois não? Nunca diria Diabetes? Isso são coisas da tua cabeça!, pois não? ENTÃO PORQUE O DIZEMOS DE ALGUÉM QUE SOFRE DE ADICÇÕES? SAIBA MAIS EM: As adicções acontecem quando ingerimos uma substância ou nos envolvemos

Leia mais

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE Grave violação dos direitos fundamentais de toda criança e adolescente, no entanto muito comum. Cerca de 10% das crianças e adolescentes que chegam

Leia mais

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família O Impacto Psicossocial do Cancro na Família Maria de Jesus Moura Psicóloga Clínica Unidade de Psicologia IPO Lisboa ATÉ MEADOS DO SEC.XIX Cancro=Morte PROGRESSOS DA MEDICINA CURA ALTERAÇÃO DO DIAGNÓSTICO

Leia mais

Relacionamento Abusivo

Relacionamento Abusivo CARLA EGÍDIO LEMOS PSICÓLOGA Relacionamento Abusivo Relacionamento Abusivo Quando ouvimos falar de Relacionamento Abusivo geralmente nos lembramos da relação amorosa em que a mulher é sempre a vítima,

Leia mais

Análise do Artigo para leitura

Análise do Artigo para leitura Conflitos e gerações Análise do artigo solicitado para leitura; Conflitos geracionais no ambiente de trabalho; Stress e conflitos organizacionais; Stress, conflitos e doenças do trabalho. Prof. Dr. Alexandre

Leia mais

01. Multifacetas da depressão. 02. Conceito. 03. Reconhecendo os sintomas

01. Multifacetas da depressão. 02. Conceito. 03. Reconhecendo os sintomas Akira Nakao Depressão Olá, como você está? Longe do autossabotador? Ótimo. Hoje vou falar sobre depressão. Para quê? Para que sirva como um conhecimento preventivo, a fim de evitar uma possível queda depressiva,

Leia mais

pare de fumar agora!

pare de fumar agora! pare de fumar agora! Parar de fumar é muito mais fácil do que você pensa! O sistema Como Parar de Fumar Cigarro é tão eficiente porque ensina não só como deixar de fumar, mas também ensina a nunca mais

Leia mais

Demência de Alzheimer. Dra. Célia Petrossi Gallo Garcia Médica Psiquiatra PAI-ZN

Demência de Alzheimer. Dra. Célia Petrossi Gallo Garcia Médica Psiquiatra PAI-ZN Demência de Alzheimer Dra. Célia Petrossi Gallo Garcia Médica Psiquiatra PAI-ZN Introdução Causa mais freqüente de demência (50% dos casos em > 65 anos) Neurotransmissores: diminuição de acetilcolina e

Leia mais

COMPREENSÃO DAS EMOÇÕES E COMPORTAMENTOS DO SER HUMANO, SOB A ÓTICA DA PSIQUIATRIA. Dr Milton Commazzetto - Médico Psiquiatra

COMPREENSÃO DAS EMOÇÕES E COMPORTAMENTOS DO SER HUMANO, SOB A ÓTICA DA PSIQUIATRIA. Dr Milton Commazzetto - Médico Psiquiatra COMPREENSÃO DAS EMOÇÕES E COMPORTAMENTOS DO SER HUMANO, SOB A ÓTICA DA PSIQUIATRIA O Homem conhece o átomo, a velocidade da luz, a distância dos planetas, domina cada vez mais o conhecimento técnico: o

Leia mais

MÓDULO SOMBRAS E PROJEÇÕES

MÓDULO SOMBRAS E PROJEÇÕES 5 MÓDULO SOMBRAS E PROJEÇÕES RELEMBRANDO... Sombra é tudo que nós não nos permitimos ser. Tudo que de alguma forma você renega dentro de você ou se limita. A projeção é uma transferência involuntária da

Leia mais

Sumário. Prefácio... 7 Nota do autor... 9. Parte 1: A natureza da depressão 1. A experiência da depressão... 13 2. Causas da depressão...

Sumário. Prefácio... 7 Nota do autor... 9. Parte 1: A natureza da depressão 1. A experiência da depressão... 13 2. Causas da depressão... Sumário Prefácio... 7 Nota do autor... 9 Parte 1: A natureza da depressão 1. A experiência da depressão... 13 2. Causas da depressão... 27 Parte 2: Passado doloroso 3. Entenda o passado... 45 4. Lide com

Leia mais

Transtorno Bipolar. Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor

Transtorno Bipolar. Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor Transtorno Bipolar Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor Introdução * O transtorno bipolar (TBP) é uma condição psiquiátrica relativamente freqüente, ente, com prevalência na

Leia mais

Redes sociais, afectos e pessoas idosas

Redes sociais, afectos e pessoas idosas Redes sociais, afectos e pessoas idosas António M. Fonseca afonseca@porto.ucp.pt CONVERSAS DE FIM DE TARDE VISEU, 29 JUNHO 2012 Uma vida mais longa A esperança média de vida tem aumentado de forma dramática:

Leia mais

Suicídio. Saber, agir e prevenir.

Suicídio. Saber, agir e prevenir. Suicídio. Saber, agir e prevenir. ENTENDENDO O SUICÍDIO PEDINDO AJUDA VERDADES E MITOS SOBRE O SUICÍDIO VERDADES MITOS O suicídio é um fenômeno Pensamentos e sentimentos de Em geral, os suicídios são A

Leia mais

GUIA PRÁTICO PARA PROFESSORES

GUIA PRÁTICO PARA PROFESSORES GUIA PRÁTICO PARA PROFESSORES Depressão infanto-juvenil Sugestões práticas da: Nota introdutória Até há alguns anos atrás crianças e depressão eram dois termos que pareciam não se poder relacionar. Hoje

Leia mais

SAÚDE 20 S AÚDE - VIVA MAIS, VIVA MELHOR

SAÚDE 20 S AÚDE - VIVA MAIS, VIVA MELHOR 20 S AÚDE - VIVA MAIS, VIVA MELHOR Reconhecer a depressão Todos os anos, cerca de 400 mil portugueses sofrem de depressão. Ainda assim, são muitas as pessoas que continuam a achar que esta doença só afeta

Leia mais

Setembro Amarelo faz alerta para aumento de casos de suicídio

Setembro Amarelo faz alerta para aumento de casos de suicídio Setembro Amarelo faz alerta para aumento de casos de suicídio Conforme informa a Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% dos suicídios poderiam ser evitados. Conscientização No Brasil, a campanha Setembro

Leia mais

DEPRESSÃO PÓS-PARTO NA ADOLESCÊNCIA

DEPRESSÃO PÓS-PARTO NA ADOLESCÊNCIA DEPRESSÃO PÓS-PARTO NA ADOLESCÊNCIA GUIZELINI. G. F. 1 PETA. G. P. V. 2 GAMEIRO. N. T. FARIA. M. C. C. 3 RESUMO A pesquisa que foi realizada, demonstra que a grande maioria das adolescentes que engravidam

Leia mais

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DA SES UNIDADE III (Parte 1)

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DA SES UNIDADE III (Parte 1) RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DA SES UNIDADE III (Parte 1) TAUANE PAULA GEHM Mestre e doutorando em Psicologia Experimental TEMAS Psicopatologia geral. Transtornos psicológicos, cognitivos, relacionados ao uso

Leia mais

AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano)

AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano) AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano) a) Manter uma identidade pessoal e uma identidade para o casamento > Dependência exagerada - A identidade do cônjuge é um reflexo do seu

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO AUTOCONHECIMENTO PARA MANTER A ESTABILIDADE EMOCIONAL. Silvana Lopes Ribeiro Futura Diretora Executiva Mary Kay

A IMPORTÂNCIA DO AUTOCONHECIMENTO PARA MANTER A ESTABILIDADE EMOCIONAL. Silvana Lopes Ribeiro Futura Diretora Executiva Mary Kay A IMPORTÂNCIA DO AUTOCONHECIMENTO PARA MANTER A ESTABILIDADE EMOCIONAL OBJETIVO Apenas quando conseguimos equilibrar nossa vida espiritual-pessoal-profissional, vislumbramos as reais possibilidades em

Leia mais

Superando os momentos difíceis

Superando os momentos difíceis Superando os momentos difíceis Valdir José de Castro Superando os momentos difíceis para viver melhor Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline Mendes Fontes Revisão:

Leia mais

Mara Nogueira nº150/03 Sandra Simões nº 080/05

Mara Nogueira nº150/03 Sandra Simões nº 080/05 Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior de Tecnologia Licenciatura Informática para a Saúde Aplicação Informática de Registo e Monitorização do Processo Clínico da Unidade de Cuidados Paliativos

Leia mais

ORIENTAÇÃO DOUTRINÁRIA EM CASOS DE ATENDIMENTO FRATERNO

ORIENTAÇÃO DOUTRINÁRIA EM CASOS DE ATENDIMENTO FRATERNO CURSO A PRÁTICA DA FRATERNIDADE NOS CENTROS ESPÍRITAS ORIENTAÇÃO DOUTRINÁRIA EM CASOS DE ATENDIMENTO FRATERNO Estudaremos nesta videoaula alguns casos de Atendimento Fraterno com as possíveis orientações

Leia mais

Perfil do Co-Dependente: Comportamentos, Pensamentos e Estados Emocionais

Perfil do Co-Dependente: Comportamentos, Pensamentos e Estados Emocionais Comportamentos, Pensamentos e Estados Maria Roseli Rossi Avila mariaroselirossiavila@yahoo.com.br Três perfis do relacionamento humano: 1) Independente 2) Dependente 3) Interdependente 1 Independente:

Leia mais

Tre s abordagens para a cura da mente

Tre s abordagens para a cura da mente Tre s abordagens para a cura da mente Acredito que já mais do que hora de encararmos o fato de que há algo extremamente errado com a família humana e isto já ocorre há muito tempo. Há guerras e boatos

Leia mais

Questionando o sentido de algumas ações: bullying, vício em tecnologias e outras questões

Questionando o sentido de algumas ações: bullying, vício em tecnologias e outras questões Questionando o sentido de algumas ações: bullying, vício em tecnologias e outras questões QUAL É O SENTIDO DO BULLYNG? O Bullyng é uma forma de preconceito que consiste na prática de atos violentos (físicos

Leia mais

Impatiens,mimulus,water Violet

Impatiens,mimulus,water Violet Os estados afetivos Esta lista não visa substituir o questionário feito pelo profissional. Procure os itens mais próximos da sua situação. Havendo indicação de mais de um floral, confronte as descrições

Leia mais

A QUÍMICA DO AMOR. Aline Castelo Branco Educadora Sexual, jornalista e escritora. Pesquisadora do Nusex ( Unesp)

A QUÍMICA DO AMOR. Aline Castelo Branco Educadora Sexual, jornalista e escritora. Pesquisadora do Nusex ( Unesp) A QUÍMICA DO AMOR Aline Castelo Branco Educadora Sexual, jornalista e escritora. Pesquisadora do Nusex ( Unesp) SERÁ? ROLOU UMA QUÍMICA ENTRE NÓS! EXPLICAÇÃO CIENTÍFICA REAÇÕES DOS SENTIMENTOS O AMOR

Leia mais

SCL-90-R (Derrogatis, 1993) Tradução e adaptação de Pocinho Pereira. Em que medida sofreu das seguintes queixas

SCL-90-R (Derrogatis, 1993) Tradução e adaptação de Pocinho Pereira. Em que medida sofreu das seguintes queixas Nome: Idade: Sexo: Estado Civil: Habilitações: Profissão: Data: / / Instruções: a seguir encontra-se uma lista de problemas e quexas médicas que algumas pessoas costumam ter. leia cuidadosamente cada questão

Leia mais

Perturbações Afectivas

Perturbações Afectivas Perturbações Afectivas 1 Grupo das Grupo das Depressão endógena Mania endógena Equivalentes afectivos Personalidades afectivas (hipertímica, depressiva, ciclotímica mica) 2 Incidência 1,5% da população

Leia mais

Quando o Pânico domina

Quando o Pânico domina Quando o Pânico domina Vera Ramalho Psiquilibrios O ataque de pânico é considerado uma reacção de alerta do organismo, que pode ocorrer em situações externas, percebidas pelo indivíduo como ameaçadoras,

Leia mais

Curiosidade. Vídeo. Teste. + Saúde. Porque você deve tomar café da manhã. O que você quer ser quando crescer? Qual o seu nível de ansiedade?

Curiosidade. Vídeo. Teste. + Saúde. Porque você deve tomar café da manhã. O que você quer ser quando crescer? Qual o seu nível de ansiedade? Edicão Novembro 2013 Pág. 03 + Saúde Porque você deve tomar café da manhã Teste Qual o seu nível de ansiedade? Vídeo O que você quer ser quando crescer? Curiosidade Guarde seus exames! Pág. 04 Pág. 06

Leia mais

(Lopes Neto, 2005) Manual adaptado por Prof. Ms. Maria Lucia Dondon

(Lopes Neto, 2005) Manual adaptado por Prof. Ms. Maria Lucia Dondon BULLYING O Bullying pode ser entendido como um balizador para um nível de tolerância da sociedade com relação à violência. Portanto, enquanto a sociedade não estiver preparada para lidar com Bullying,

Leia mais

Mente Sã Corpo São! Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1

Mente Sã Corpo São! Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1 Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1 Mente Sã Corpo São! Unidade de Cuidados na Comunidade Centro de Saúde de Alfândega da Fé Elaborado por: Rosa Correia

Leia mais

Enfrentamento da Dor. Avaliação de Situação 10/05/2013. Enfrentamento da Dor Crônica. Processo de Avaliação Cognitiva. Profa. Dra. Andréa G.

Enfrentamento da Dor. Avaliação de Situação 10/05/2013. Enfrentamento da Dor Crônica. Processo de Avaliação Cognitiva. Profa. Dra. Andréa G. Enfrentamento da Dor Crônica Enfrentamento da Dor Profa. Dra. Andréa G. Portnoi BIO PSICO SOCIAL Sensação Incapacitação Diagnóstico Medicamentos Procedimentos Tratamentos Emoção Cognição Comportamento

Leia mais

7.2. ANEXO II G UIA DA ENTREVISTA ESTRUTURADA PARA A E SCALA PARA AVALIAÇÃO DE DEPRESSÃO DE H AMILTON. Moreno RA, Moreno DH.

7.2. ANEXO II G UIA DA ENTREVISTA ESTRUTURADA PARA A E SCALA PARA AVALIAÇÃO DE DEPRESSÃO DE H AMILTON. Moreno RA, Moreno DH. 7.2. ANEXO II G UIA DA ENTREVISTA ESTRUTURADA PARA A E SCALA PARA AVALIAÇÃO DE DEPRESSÃO DE H AMILTON Moreno RA, Moreno DH. Escalas de avaliação para depressão de Hamilton (HAM-D) e Montgomery-Asberg (MADRS).

Leia mais

O que a lei define como bullying

O que a lei define como bullying Todo mundo sabe que fazer bullying é fazer sofrer. O bullying parece uma brincadeira. Mas não é. Mesmo assim, ainda tem gente que faz ou apoia, gente que sofre em silêncio ou fica calado vendo alguém sofrer.

Leia mais

CONVERSANDO SOBRE A DOR DA PERDA

CONVERSANDO SOBRE A DOR DA PERDA CONVERSANDO SOBRE A DOR DA PERDA Lélia de Cássia Faleiros (CRP: 24801) Psicóloga Clínica, Dra. em Educação pela Universidade de São Paulo FE-USP (2007). Tanatóloga, com curso de atualização para o trabalho

Leia mais

INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AVALIADO POR CLÍNICOS) (IDS-C)

INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AVALIADO POR CLÍNICOS) (IDS-C) INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AVALIADO POR CLÍNICOS) (IDS-C) NOME: DATA: Faça um círculo na resposta de cada item que melhor descreva seu paciente nos últimos 7 dias. 1. Insônia Inicial: 0 Nunca

Leia mais

Anorexia/Bulimia. Trabalho realizado por: Ana Margarida Piloto Carla Sofia Veiga Catarina Isabel Cabral Sandra Catarina Dias

Anorexia/Bulimia. Trabalho realizado por: Ana Margarida Piloto Carla Sofia Veiga Catarina Isabel Cabral Sandra Catarina Dias Anorexia/Bulimia Trabalho realizado por: Ana Margarida Piloto Carla ofia Veiga Catarina Isabel Cabral andra Catarina Dias 1 Anorexia Critérios rios de Diagnóstico Recusa de manter um peso igual ou superior

Leia mais

Como explicar a Morte às Crianças?

Como explicar a Morte às Crianças? Daniela Anéis Psicóloga Clínica Como explicar a Morte às Crianças? Guia para Pais, Professores e Avós Falar de Morte não é fácil em nenhuma idade. Mas quando se trata de crianças pode ser ainda mais difícil.

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

Depressão e Espiritualidade. Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH)

Depressão e Espiritualidade. Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH) Depressão e Espiritualidade Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH) Conceitos Tristeza emoção natural. Resposta à frustração, decepção ou fracasso.

Leia mais

VIVER BEM RENATO MAURÍCIO EM HERÓI TAMBÉM É GENTE SAÚDE DO HOMEM

VIVER BEM RENATO MAURÍCIO EM HERÓI TAMBÉM É GENTE SAÚDE DO HOMEM VIVER BEM RENATO MAURÍCIO EM HERÓI TAMBÉM É GENTE SAÚDE DO HOMEM Renato Maurício vive achando que é um super-herói. Trabalha muito e resolve tudo. Todo dia se reúne no bar com os amigos, que fazem até

Leia mais

Patologias psiquiátricas mais prevalentes na atenção básica: Alguns sintomas físicos ocorrem sem nenhuma causa física e nesses casos,

Patologias psiquiátricas mais prevalentes na atenção básica: Alguns sintomas físicos ocorrem sem nenhuma causa física e nesses casos, Diretrizes Gerais de Abordagem das Somatizações, Síndromes ansiosas e depressivas Alexandre de Araújo Pereira Patologias psiquiátricas mais prevalentes na atenção básica: Somatizações Transtornos Depressivos

Leia mais

Deixo meus olhos Falar

Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1º Edição Maio de 2013 WWW.perse.com.br 1 Tânia Abrão Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão

Leia mais

Informação é a melhor proteção. AIDS

Informação é a melhor proteção. AIDS Informação é a melhor proteção. AIDS AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL Das Informações Éticas na Participação de Médicos em Seminários, Fóruns, Conferências, Congressos e

Leia mais

ARTIGO: O seu filho está deprimido? A depressão infantil -

ARTIGO: O seu filho está deprimido? A depressão infantil - Dra. Luisa Gomes Caires Psicóloga Clínica ARTIGO: O seu filho está deprimido? A depressão infantil - Tomás 1, de 8 anos, vem à Consulta de Psicologia por apresentar dificuldades de aprendizagem e enurese

Leia mais

O homem como sujeito da realidade da saúde. Prof. Dr. Lazslo A. Ávila

O homem como sujeito da realidade da saúde. Prof. Dr. Lazslo A. Ávila O homem como sujeito da realidade da saúde Prof. Dr. Lazslo A. Ávila O significado do trabalho O quê é Trabalho? Sentido etimológico da palavra Sentido histórico-social O trabalho enquanto veículo de transformação

Leia mais

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos ÍNDICE Sumário INTRODUÇÃO... 3 ISSO ACONTECE COM VOCÊ TAMBÉM?... 4 MAS PERAÍ, QUEM GANHA NA LOTERIA?... 5 QUE NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA... 6 O QUE FAZEM PARA GANHAR NA MEGA SENA?... 7 8 DICAS PRÁTICAS

Leia mais

SIT Mindfulness Ficha de Inscrição Programa de 14/11/2016 a 19/12/2016

SIT Mindfulness Ficha de Inscrição Programa de 14/11/2016 a 19/12/2016 SIT Mindfulness Ficha de Inscrição Programa de 14/11/2016 a 19/12/2016 Nome: Data de Nascimento: NIF: Ocupação / Profissão: Telemóvel: Email: Morada: Nome e tel de pessoa a contactar em caso de urgência:

Leia mais

Bullying e Cyberbullying

Bullying e Cyberbullying Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri UFVJM Departamento de Química DEQUI Bullying e Cyberbullying Franciele Martins de Queiroz Diamantina, 22 de Outubro de 2016 1 Brincadeira X Bullying/Cyberbullying

Leia mais

DICAS DE SAÚDE. Quais as opções de tratamento disponíveis para depressão?

DICAS DE SAÚDE. Quais as opções de tratamento disponíveis para depressão? DICAS DE SAÚDE Quais as opções de tratamento disponíveis para depressão? André Gordilho, Pisiquiatria, Depressão O tratamento principal é feito à base de medicações, através do uso isolado ou combinado

Leia mais

Caso Clínico. Dificuldades diagnósticas na Esquizofrenia de início precoce. Dra. Cristina Barberá González Dr. Paulo C. Sallet

Caso Clínico. Dificuldades diagnósticas na Esquizofrenia de início precoce. Dra. Cristina Barberá González Dr. Paulo C. Sallet Caso Clínico Dificuldades diagnósticas na Esquizofrenia de início precoce Dra. Cristina Barberá González Dr. Paulo C. Sallet. Informantes: Familiares (mãe, pai, dois irmãos), prontuário. Identificação:

Leia mais

3.5 Medos e ansiedade na criança e no adolescente

3.5 Medos e ansiedade na criança e no adolescente Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente 3.5 Medos e ansiedade na criança e no adolescente Introdução À medida que cresce e descobre o mundo à sua volta, a criança vai-se apercebendo como

Leia mais