PERCEPÇÃO DA SOCIEDADE SOBRE A QUALIDADE DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E A SUSTENTABILIDADE DOS NEGÓCIOS. Flávia Flamínio

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERCEPÇÃO DA SOCIEDADE SOBRE A QUALIDADE DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E A SUSTENTABILIDADE DOS NEGÓCIOS. Flávia Flamínio"

Transcrição

1 PERCEPÇÃO DA SOCIEDADE SOBRE A QUALIDADE DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E A SUSTENTABILIDADE DOS NEGÓCIOS Flávia Flamínio

2 O MUNDO E AS EMPRESAS MUDARAM

3 O AMBIENTE DE NEGÓCIOS DA EMPRESA Fornecedores Produção Finanças Suprimentos Vendas

4 O AMBIENTE DE NEGÓCIOS DA EMPRESA Vendas Intermediários Fornecedores Finanças Intermediários Fornecedores RH Suprimentos Produção MKT

5 O AMBIENTE DE NEGÓCIOS DA EMPRESA Fornecedores, Acionistas Finanças Marketing Operações Suporte TI Negócios Institucional Clima

6 O MUNDO E AS EMPRESAS MUDARAM Avanço Tecnológico - Novos negócios = Postura Diferenciada das Empresas Padrão da Revolução Industrial = Linear, Compartimentado, Especializado, Lógico, Centralizado Coexiste Padrão da Revolução Digital = Não Linear, Fragmentado, Multidisciplinar, Sistêmico, Distribuído

7 O MUNDO E AS EMPRESAS MUDARAM Mídias Sociais Avaliação Mais Constante dos Serviços - Públicos Relações Ganha-Ganha = Caminho Sem Volta Desenvolvimento da Sociedade

8 MUDANÇAS GLOBAIS - TENDÊNCIAS Riqueza nos países em desenvolvimento Destaque para China Aumento da influência política da Ásia Necessidade de desenvolvimento em infraestrutura Maior demanda por produtos básicos Envelhecimento da população nos países ocidentais Desenvolvimento na área da saúde População mais inteligente e mais saudável Impacto da tecnologia na vida das pessoas Fluxo internacional de pessoas, comercial e de informações

9 MUDANÇAS GLOBAIS - TENDÊNCIAS Riqueza nos países em desenvolvimento Envelhecimento da população nos países ocidentais Escassez de profissionais / gestores competentes Migração para cidades obriga melhor infraestrutura Impacto da tecnologia na vida das pessoas Fluxo internacional de pessoas, comercial e de informações

10 MUDANÇAS GLOBAIS TENDÊNCIAS POTENCIAIS PLATAFORMAS DE INOVAÇÃO Nanotecnologia Biotecnologia / Genômica Inteligência artificial Robótica Conectividade onipresente Encriptação de dados

11 MUDANÇAS GLOBAIS - TENDÊNCIAS BRASIL Crescimento Econômico População economicamente ativa Tendência de crescimento em setores de baixo valor agregado: -Produção agrícola brasileira -Cenário favorável ao desenvolvimento do pré-sal -Gastos com infraestrutura destaque transportes -Produtos Premium e Produtos Simplificados Envelhecimento da população Desafios nas contas públicas relacionados à aposentadoria

12 MUDANÇAS GLOBAIS - TENDÊNCIAS BRASIL 3º Maior crescimento dos BRICS 68% Da população em idade ativa Urbanização crescente Crescimento da privatização das estradas Parcerias público-privadas

13 INOVAÇÃO Economia colaborativa Relação ganha ganha Experiências de impacto Cliente se sentir parte do todo

14 INOVAÇÃO É matéria-prima para geração de valor Não é invenção É solução para um problema que traz resultado de valor significativo

15 Realidade do Mercado Mudando na Mesma Velocidade do Avanço Tecnológico FUNDAMENTAL: 1.Olhar as Mudanças em Curso 2.Perguntar-se: Está Preparado Para Elas?

16 Experiência É o conjunto das ações relacionadas ao consumo Produto julgado pela experiência integral Simplicidade de acesso

17 Integração O acesso ao produto/serviço precisa ser: Fácil Comunicação Intuitivo Integrado com outras experiências Apoiado em tecnologia

18 Confiança Transparência (Consumidor ganhou consciência + Acesso à informação) Honestidade na comunicação Respeito Será o ativo mais relevante para as marcas

19 MÍNIMO Produzir com Qualidade Conduta Correta Entregar Bons Serviços/Produtos VALOR HOJE Ética Transparência Cidadania COMPLIANCE

20 COMPLIANCE - Estar em Conformidade em Relação a Uma Determinada Diretriz - Lei - Orientação - Regra ou Norma FAZER O CORRETO

21 Aumenta a Cobrança da Sociedade Por Uma Governança Mais Clara e Transparente Por Parte das Empresas BRASIL Movimento Acelerado Pela Lei Anticorrupção (2013) Punições que Vem Ocorrendo no Mundo Empresarial (Lava Jato, Zelotes)

22 COMPLIANCE Solução Para Eliminar Fraude e Cumprir Normas 1ª Fase: Pode ser Punida 2ª Fase: Se Acostuma com a Atividade 3ª Fase: Começa a Ver Benefícios que Cumprir Regras Traz Para o Negócio

23 COMPLIANCE 3ª Fase TERÁ VANTAGEM COMPETITIVA SOBRE SEUS CONCORRENTES Redução de Custos Controle Melhor do Negócio Eliminação de Muitos Riscos

24 COMPLIANCE Estamos no Estágio Inicial - Formato Punitivo Futuro - Ter um Bom Compliance Será a Regra, Não a Exceção Parte Natural do Negócio - CINTO DE SEGURANÇA - USO OBRIGATÓRIO

25 COMPLIANCE COMO SER EFETIVO NESSA ATIVIDADE? ÉTICA E CONDUTA Só Irá Funcionar se Estiver Enraizada na Missão e nos Valores da Empresa

26 LÍDER EMPRESARIAL Satisfaz Stakeholders Fornecedor Funcionário Acionista Cliente Membro da Comunidade ESPERA-SE ESSA CONSCIÊNCIA ABRANGENTE

27 OBRIGADA! Flávia Flamínio

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

Seminário Nacional NTU Lei Anticorrupção e Programa de Compliance. Lélis Marcos Teixeira

Seminário Nacional NTU Lei Anticorrupção e Programa de Compliance. Lélis Marcos Teixeira Seminário Nacional NTU - 2014 Lei Anticorrupção e Programa de Compliance Lélis Marcos Teixeira 28/agosto/2014 Iniciativas FETRANSPOR Lei 12.846/2013 Agenda Abertura Histórico Iniciativas Dúvidas Encerramento

Leia mais

Antonio Huertas Presidente da MAPFRE

Antonio Huertas Presidente da MAPFRE ASSEMBLEIA GERAL DE ACIONISTAS PARA ONDE VAMOS? Antonio Huertas Presidente da MAPFRE 11 de março de 2016 Plano Estratégico 2016-2018 Áreas Regionais Compromissos Estratégicos Triênio 2 A nova estratégia

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Prof. Marcelo Mello Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Gerenciamento de serviços Nas aulas anteriores estudamos: 1) Importância dos serviços; 2) Diferença entre produtos x serviços; 3) Composto de Marketing

Leia mais

Ética e Conduta Empresarial no âmbito da saúde 26º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos

Ética e Conduta Empresarial no âmbito da saúde 26º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos Ética e Conduta Empresarial no âmbito da saúde 26º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos Anahp O tema da ética Anahp Representatividade Ética Organizações de saúde e ética Ao trabalhar

Leia mais

USO PÚBLICO. Apresentação institucional Suzano Papel e Celulose

USO PÚBLICO. Apresentação institucional Suzano Papel e Celulose Apresentação institucional Suzano Papel e Celulose Sumário Quem somos Transformação Desafios Por que HANA? Conclusões 2 Visão Geral A Suzano é uma empresa de base florestal, de capital aberto, controlado

Leia mais

Ética, Governança e Compliance. Marcelo Coimbra

Ética, Governança e Compliance. Marcelo Coimbra Ética, Governança e Compliance Marcelo Coimbra Ética Empresarial A ética empresarial é o conjunto de valores que regem uma empresa e formam uma filosofia organizacional. Essa filosofia possui princípios

Leia mais

INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO NA QUARTA ONDA

INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO NA QUARTA ONDA NE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO NA QUARTA ONDA MÁRIO AGUILAR 1 ONDE ESTAMOS, PARA ONDE VAMOS? ERAS E REVOLUÇÕES IDENTIFICANDO O CENÁRIO 1º onda: 2º onda: 3º onda: 4º onda: Revolução Revolução Era do Era

Leia mais

IV Workshop PPI -CIESP

IV Workshop PPI -CIESP IV Workshop PPI -CIESP Por dentro da Segurança 25/10/2016 Por dentro da Segurança Inteligência Competitiva com Sistemas de Câmeras Integrados aaffonso@tpsolutions.com.br 2 a2 a3 Evolução Tecnológica A

Leia mais

ATUAÇÃO DO SEBRAE NO AMBIENTE TECNOLÓGICO DE CASA & CONSTRUÇÃO

ATUAÇÃO DO SEBRAE NO AMBIENTE TECNOLÓGICO DE CASA & CONSTRUÇÃO ATUAÇÃO DO SEBRAE NO AMBIENTE TECNOLÓGICO DE CASA & CONSTRUÇÃO Quem somos Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Entidade privada, de interesse público e sem fins lucrativos criada em

Leia mais

Sustentabilidade, Governança a e

Sustentabilidade, Governança a e Sustentabilidade, Governança a e Inovação O guru Michael Porter avisa: o aquecimento global mudará radicalmente a forma de fazer negócios e a governança corporativa. Fonte: Exame dez/2008 Inovar para

Leia mais

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1 Sumário PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos Capítulo 1 Cadeias de suprimentos no século xxi... 2 A revolução da cadeia de suprimentos... 4 Integração gera valor... 6 Modelo geral de cadeia

Leia mais

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof.

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof. WEBINAR Pós-graduação Gestão de Serviços em TI Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Prof. Ademar Albertin Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança

Leia mais

Ensinando Estratégia utilizando um Estudo de Caso

Ensinando Estratégia utilizando um Estudo de Caso MÓDULO 1 Ensinando Estratégia utilizando um Estudo de Caso Unidade de Ensino: Análise da Estratégia O Modelo de Porter Análise Estratégica Declaração de Visão e Missão do Negócio Análise do Ambiente Externo

Leia mais

MISSÃO VISÃO VALORES

MISSÃO VISÃO VALORES MISSÃO VISÃO VALORES MISSÃO VISÃO Contribuir para a eficiência do setor público e para a simplificação da vida do cidadão por meio de soluções tecnológicas inovadoras" VALORES MISSÃO VISÃO Ser referenciada

Leia mais

Jornada do CFO O papel do executivo financeiro na crise. Othon Almeida, Sócio líder do CFO Program da Deloitte

Jornada do CFO O papel do executivo financeiro na crise. Othon Almeida, Sócio líder do CFO Program da Deloitte Jornada do CFO 2015 O papel do executivo financeiro na crise Othon Almeida, Sócio líder do CFO Program da Deloitte A jornada do CFO O panorama econômico brasileiro mudou ao longo das décadas... 2016-2018:???????

Leia mais

É A SOLUÇÃO LÍDER DE MERCADO PARA TRANSFERÊNCIA DE MENSAGENS ENTRE SISTEMAS

É A SOLUÇÃO LÍDER DE MERCADO PARA TRANSFERÊNCIA DE MENSAGENS ENTRE SISTEMAS IBM WEBSPHERE MQ Sobre o WEBSPHERE MQ É A SOLUÇÃO LÍDER DE MERCADO PARA TRANSFERÊNCIA DE MENSAGENS ENTRE SISTEMAS O WEBSPHERE MQ possibilita a troca de informações entre aplicações de forma segura e confiável.

Leia mais

CONSULTORIA EMPRESARIAL

CONSULTORIA EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CONSULTORIA EMPRESARIAL INSCRIÇÕES ABERTAS: Início das aulas: 21/08/2017 Término das aulas: Agosto/2018 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira -18h30 às 22h30 - Semanal Quarta-Feira

Leia mais

Vladimir Mendes Queiroz. Gerente Corporativo de Auditoria Interna. Rede Marista RS DF Amazônia

Vladimir Mendes Queiroz. Gerente Corporativo de Auditoria Interna. Rede Marista RS DF Amazônia 16.05.2014 Implantação do Programa de Compliance da Rede Marista e a sua importância em relação às demandas legais, a exemplo da nova LEI ANTICORRUPÇÃO. Vladimir Mendes Queiroz Gerente Corporativo de Auditoria

Leia mais

Tendências de Empregabilidade e Competências do Futuro

Tendências de Empregabilidade e Competências do Futuro VOLTA DE APOIO AO EMPREGO 2017 Tendências de Empregabilidade e Competências do Futuro Paula Loureiro 25 maio 2017 Introdução http://portugalglorioso.blogspot.co.uk/2014/02/ahistoria-do-mundo-em-2-minutos.html

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA GESTÃO DE PESSOAS DIREITO EMPRESARIAL E TRABALHISTA CONTABILIDADE Os recursos

Leia mais

O Baobá. é a árvore da vida, e tem em si a mais profunda mensagem de sustentabilidade e prosperidade.

O Baobá. é a árvore da vida, e tem em si a mais profunda mensagem de sustentabilidade e prosperidade. O Baobá é a árvore da vida, e tem em si a mais profunda mensagem de sustentabilidade e prosperidade. Especializada em gestão e sociedade, com foco em sustentabilidade para os setores público e privado.

Leia mais

Governança, Riscos e Compliance

Governança, Riscos e Compliance Governança, Riscos e Compliance Novembro de 2014 GRC Nossa visão Práticas da organização em relação a: (i) supervisão, (ii) estratégia, (iii) gestão do risco; e (iv) cumprimento de leis e regulamentações,

Leia mais

CURSO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE SAÚDE UNIMED

CURSO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE SAÚDE UNIMED CURSO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE SAÚDE UNIMED PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS FGV CORPORATIVO 12.227/14_v3 QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas (**) Carga Horária (*) 1. Cooperativismo e Administração de Serviços

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas

Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas Esse capitulo estuda o referencial do conhecimento de SI necessário aos usuários finais das empresas e abordagem revista sobre desdobramentos-chaves no

Leia mais

Conceito: estratégia de produção. Gestão da Produção Aula 3. Conceito: estratégia de produção. Conceito: estratégia de produção 03/04/2014

Conceito: estratégia de produção. Gestão da Produção Aula 3. Conceito: estratégia de produção. Conceito: estratégia de produção 03/04/2014 Gestão da Produção Aula 3 Estratégia de Produção: Origens e Novas Orientações Uma estratégia de produção é formada a partir de um conjunto de metas, políticas e restrições auto impostas, que descrevem

Leia mais

JOGOS EM PROCESSOS DE TREINAMENTOS

JOGOS EM PROCESSOS DE TREINAMENTOS JOGOS EM PROCESSOS DE TREINAMENTOS AULA 02 1 Professora Ms Karen Reis 2012 JOGOS DIGITAIS Atividade em sala de Aula Globalização e a Evolução Tecnológica Mitos e Verdades SWOT Tecnologias de Visualização

Leia mais

Cadeia de Suprimentos. Aula 1. Contextualização. O que é Supply Chain Management? Prof. Luciano José Pires

Cadeia de Suprimentos. Aula 1. Contextualização. O que é Supply Chain Management? Prof. Luciano José Pires Cadeia de Suprimentos Aula 1 Contextualização Prof. Luciano José Pires O que é Supply Chain Management? Atual e futuro A Logística é uma das atividades econômicas mais antigas e também um dos conceitos

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico MBA: Gestão Empresarial IESI Planejamento Estratégico Planejamento estratégico: Visão integrada Alcance de objetivos Criar valor, diferencial e identidade Pensamento estratégico Planejamento Estratégico

Leia mais

1. CARTA DA DIRETORIA

1. CARTA DA DIRETORIA 1. CARTA DA DIRETORIA A ADVANCE EMBALAGENS adota o presente Código de Conduta Empresarial com o objetivo de conduzir seus negócios embasando-se na obediência a princípios éticos e legais no relacionamento

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade BRASILPREV SEGUROS E PREVIDÊNCIA S/A 24.09.2014 Sumário 1. INTRODUÇÂO 3 2. DEFINIÇÕES 4 3. PAPÉIS E RESPONSABILIDADES 6 4. DIRECIONAMENTO 7 5. PREMISSAS 9 6. DISPOSIÇÕES GERAIS

Leia mais

HISTÓRICO VISÃO, MISSÃO E VALORES. Transformar em negócios sustentáveis, momentos de desenvolvimento humano. PERFIL DO CURSO

HISTÓRICO VISÃO, MISSÃO E VALORES. Transformar em negócios sustentáveis, momentos de desenvolvimento humano. PERFIL DO CURSO HISTÓRICO 1 A Faculdade Europeia de Administração e Marketing, mantida pelo ENSIGEST Brasil Ltda é uma instituição que tem compromisso com o saber, com a cidadania, com o Estado de Pernambuco. Teve seu

Leia mais

A Responsabilidade Social Empresarial O Balanço Social

A Responsabilidade Social Empresarial O Balanço Social A Responsabilidade Social Empresarial O Balanço Social A. Domingues Azevedo Bastonário da OTOC XXIV Seminário Internacional de Paises Latinos Europa América 2 de Novembro 2011 Argentina 1 Preocupação social

Leia mais

PERFIL CORPORATIVO CTIS

PERFIL CORPORATIVO CTIS PERFIL CORPORATIVO CTIS PERFIL CORPORATIVO Sobre a CTIS A CTIS foi fundada em 1983. Ela iniciou sua trajetória com dois sócios, um office- boy e uma secretária, ocupando uma área de apenas 27m². Hoje,

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com KLS DIFERENÇAS Existe diferença no ensino a distância realizado nas instituições de ensino para

Leia mais

O atendimento na quarta revolução industrial. Nino Albano

O atendimento na quarta revolução industrial. Nino Albano O atendimento na quarta revolução industrial Nino Albano A evolução do atendimento aos clientes 1ª onda do atendimento: Balcão de atendimento 2ª onda do atendimento: Centrais telefônicas 3ª onda do atendimento:

Leia mais

SEMINÁRIO INTERNACIONAL Painel: Experiências bem-sucedidas em CT&I: das estratégias de financiamento à vanguarda na gestão empresarial

SEMINÁRIO INTERNACIONAL Painel: Experiências bem-sucedidas em CT&I: das estratégias de financiamento à vanguarda na gestão empresarial SEMINÁRIO INTERNACIONAL Painel: Experiências bem-sucedidas em CT&I: das estratégias de financiamento à vanguarda na gestão empresarial SÉRGIO PAUPÉRIO SÉRIO FILHO DEZEMBRO/2015 24 QUEM SOMOS De origem

Leia mais

Sustentabilidade como alavanca de valor. Campinas, 7 novembro de 2013

Sustentabilidade como alavanca de valor. Campinas, 7 novembro de 2013 Sustentabilidade como alavanca de valor Campinas, 7 novembro de 2013 Visão Energia é essencial ao bem-estar das pessoas e ao desenvolvimento da sociedade. Nós acreditamos que produzir e utilizar energia

Leia mais

O PONTO DE ENCONTRO DOS NEGÓCIOS CRIATIVOS E INOVADORES.

O PONTO DE ENCONTRO DOS NEGÓCIOS CRIATIVOS E INOVADORES. O PONTO DE ENCONTRO DOS NEGÓCIOS CRIATIVOS E INOVADORES. CONTEXTO INOVAÇÃO BLOCKCHAIN INOVAÇÃO ABERTA IMPRESSÃO 3D REVOLUÇÃO INDUSTRIAL TRANSFORMAÇÃO DIGITAL OPENLABS NOVOS MODELOS DE NEGÓCIOS REDES GLOBAIS

Leia mais

As dores da jornada. Othon Almeida. Dezembro de Sócio-líder do CFO Program Brasil, Deloitte

As dores da jornada. Othon Almeida. Dezembro de Sócio-líder do CFO Program Brasil, Deloitte As dores da jornada Othon Almeida Sócio-líder do CFO Program Brasil, Deloitte Dezembro de 2014 O panorama econômico brasileiro mudou ao longo das décadas... 2015-2018:??????? 2011-2014: Esgotamento do

Leia mais

PORTUGAL 4.0 Desafios e Oportunidades

PORTUGAL 4.0 Desafios e Oportunidades Desafios e Oportunidades Conferência NORGARANTE Braga 29 Novembro 16 José Carlos Caldeira jcaldeira@ani.pt 1 O CONTEXTO 4.0 Principais tendências HUMAN CENTERED Customização de Produtos Processos Inteligentes

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Prof. Jamil Moysés Filho, Msc. Código SIGA: TMBAES*06_38 1 OBJETIVO: Ao final do Curso, o aluno será capaz

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 2.2 Sistemas Empresariais: ERP SCM 1 Sistema empresarial Constitui uma estrutura centralizada para uma organização e garante que as informações possam ser compartilhadas

Leia mais

Esse é o nosso negócio. A INFORMAÇÃO DE QUE VOCÊ PRECISA. NEM MAIS, NEM MENOS.

Esse é o nosso negócio. A INFORMAÇÃO DE QUE VOCÊ PRECISA. NEM MAIS, NEM MENOS. Esse é o nosso negócio. A INFORMAÇÃO DE QUE VOCÊ PRECISA. NEM MAIS, NEM MENOS. Novas demandas de mercado exigem que modelos técnicos consagrados sejam incorporadas a novas tecnologias, novos conhecimentos

Leia mais

Nossas soluções para o setor sucroenergético

Nossas soluções para o setor sucroenergético www.pwc.com.br Nossas soluções para o setor sucroenergético Centro PwC Brasil de Excelênca em Agribusiness Serviços PwC para o setor sucroenergético Agrícola Gestão de fornecedores de cana Revisão da estrutura

Leia mais

ESTUDO TEMÁTICO (ET ) A INSERÇÃO DA TECNOLOGIA NA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL AUTOR

ESTUDO TEMÁTICO (ET ) A INSERÇÃO DA TECNOLOGIA NA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL AUTOR ESTUDO TEMÁTICO (ET.003.95) A INSERÇÃO DA TECNOLOGIA NA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL AUTOR Antonio Carlos Lopes Simas Consultant - Agribusiness Department IFC - International Finance Corporation O AMBIENTE INTERNACIONAL

Leia mais

www.cloud4project.com SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO - Objetivo 2. CAD x BIM x CIM - SMART CITIES - Conceitos genéricos - Desafios 3. CONTRIBUIÇÃO DA INTELIGÊNCIA MILITAR - Problemática da gestão da infraestrutura

Leia mais

Responsabilidade Social, Sustentabilidade e a Cadeia de Valor do Varejo

Responsabilidade Social, Sustentabilidade e a Cadeia de Valor do Varejo Responsabilidade Social, Sustentabilidade e a Cadeia de Valor do Varejo Juracy Parente GVcev - Centro de Excelência em Varejo 17 de Outubro 2007 VISÃO HOLISTICA Visão Holística = Somos todos (seres humanos,

Leia mais

Apoio à Inovação. Novembro 2009

Apoio à Inovação. Novembro 2009 Apoio à Inovação Novembro 2009 Agenda O BNDES Inovação Política de Inovação do BNDES Instrumentos de Apoio à Inovação Linhas Programas Fundos Produtos Prioridades 1950 1960 1970 1980 1990 Infra-estrutura

Leia mais

Gestão Negócios OBJETIVO NESTA AULA. Gestão de resultados e desempenho - AULA 11

Gestão Negócios OBJETIVO NESTA AULA. Gestão de resultados e desempenho - AULA 11 de resultados e desempenho - OBJETIVO Propiciar o entendimento de teorias e métodos de avaliação de desempenho e resultados, identificando as competências essências do colaborador e as oportunidades de

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA D e K

1ª ETAPA - TURMA D e K CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PF 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PF 3 ÉTICA E CIDADANIA I PF 3 FÍSICA GERAL I PF 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PF 3 FÍSICA EXPERIMENTAL I COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Tendências em Sistemas de Informação

Tendências em Sistemas de Informação Prof. Glauco Ruiz Tendências em Sistemas de Informação Os papéis atribuídos à função dos SI têm sido significativamente ampliados no curso dos anos. De 1950 a 1960 Processamento de Dados Sistemas de processamento

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA D e K

1ª ETAPA - TURMA D e K CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PAIE 3 FÍSICA EXPERIMENTAL I PAIE 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS

Leia mais

COMPETÊNCIAS COLABORATIVAS Garantir Resultados Diferenciados por meio das Competências Colaborativas

COMPETÊNCIAS COLABORATIVAS Garantir Resultados Diferenciados por meio das Competências Colaborativas COMPETÊNCIAS COLABORATIVAS Garantir Resultados Diferenciados por meio das Competências Colaborativas Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br www.facebook.com/rogeriolemeoficial Rogerio Leme Diretor

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE IMPRESSÃO EM IMPRESSORA DIGITAL COM REDUÇÃO DE CUSTOS DE IMPRESSÃO E MATERIAL

PADRONIZAÇÃO DE IMPRESSÃO EM IMPRESSORA DIGITAL COM REDUÇÃO DE CUSTOS DE IMPRESSÃO E MATERIAL PADRONIZAÇÃO DE IMPRESSÃO EM IMPRESSORA DIGITAL COM REDUÇÃO DE CUSTOS DE IMPRESSÃO E MATERIAL Renato Gomes 1, Renato Luiz Gambarato 2 1 Graduando em Produção Industrial na FATEC Botucatu, renato_g581@hotmail.com

Leia mais

Ricardo Augusto Bordin Guimarães Auditoria Administrativa Hospitalar ricardo@rgauditoria.com.br (51) 9841.7580 www.rgauditoria.com.br www.twitter.com/ricardorgaud Qualidade e Gestão em Saúde através da

Leia mais

Graduação: Administração e Ciências Econômicas. Quadro de disciplinas e carga horária

Graduação: Administração e Ciências Econômicas. Quadro de disciplinas e carga horária Graduação: Administração e Ciências Econômicas Quadro de disciplinas e carga horária 2016 ÍNDICE 1. QUADRO DE DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO... 3 2. QUADRO DE DISCIPLINAS E CARGA

Leia mais

PORTUGAL 4.0 Desafios e Oportunidades Conferência NORGARANTE

PORTUGAL 4.0 Desafios e Oportunidades Conferência NORGARANTE Desafios e Oportunidades Conferência NORGARANTE Miguel Barbosa mbarbosa@ani.pt O CONTEXTO 4.0 Principais tendências HUMAN CENTERED Customização de Produtos Processos Inteligentes e Apoiados GLOBAL & NETWORKED

Leia mais

Cadeia de valor: agregando valor

Cadeia de valor: agregando valor MSc. Paulo Cesar C. Rodrigues paulo.rodrigues@usc.br www.paulorodrigues.pro.br Mestre em Engenharia de Produção A principal preocupação de empresas, tanto de produto como de serviços, tem se voltado para

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Eficiência Operacional e Qualidade de Serviços CASE: A Grande Jornada CAP - Club Athletico Paulistano Renato Maio EMPRESAS / ATUAÇÃO Lozinsky Consultoria de Negócios Consultoria

Leia mais

Governança Corporativa Transparência e Sustentabilidade

Governança Corporativa Transparência e Sustentabilidade FECOMERCIO - 21/11 SÃO PAULO Governança Corporativa Transparência e Sustentabilidade LUIZ DE LUCA Coordenador Comissão GC em Saúde - IBGC Superintendente Corporativo Hospital Samaritano Governança Corporativa

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

RIGESA - Divisão Florestal. A CADEIA PRODUTIVA DA MADEIRA E SEU NOVO CONTEXTO EMPRESARIAL Heuzer Saraiva Guimarães

RIGESA - Divisão Florestal. A CADEIA PRODUTIVA DA MADEIRA E SEU NOVO CONTEXTO EMPRESARIAL Heuzer Saraiva Guimarães XIV SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO SOBRE SISTEMAS DE COLHEITA DE MADEIRA E TRANSPORTE FLORESTAL RIGESA - Divisão Florestal A CADEIA PRODUTIVA DA MADEIRA E SEU NOVO CONTEXTO EMPRESARIAL Heuzer Saraiva Guimarães

Leia mais

CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO

CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO PEDRO SALANEK FILHO 2017 Administrador de Empresas Pós-Graduado em Finanças MBA em Gestão Executiva Mestre em Sustentabilidade Socioeconômica Histórico Econômico 2014 2016

Leia mais

Gestão de recursos humanos: visão geral

Gestão de recursos humanos: visão geral Gestão de recursos humanos: visão geral REFERÊNCIA: CAP.1 LIVRO TEXTO Por que estudar GRH? Empresas competem por meio das pessoas. Sucesso das empresas depende, cada vez mais, da capacidade de gerenciar

Leia mais

FLUXOGRAMA DE TRABALHO EM GRUPO

FLUXOGRAMA DE TRABALHO EM GRUPO ADMSINF CONTEÚDO 7 CORREÇÃO FLUXOGRAMA DE TRABALHO EM GRUPO FUNÇÃO 1 - PROFESSOR FUNÇÃO 2 - LIDER FUNÇÃO 3 - PESQUISADORES FUNÇÃO 4 - REDATORES FUNÇÃO 5 - REVISORES ETAPA 1 - ENTENDIMENTO ETAPA 2 - IMERSÃO

Leia mais

Tendências do Setor de Cosméticos e os Desafios da Região da Amazônia para Focar em Produtos Diferenciados e Ingredientes Exóticos. O que Fazer?

Tendências do Setor de Cosméticos e os Desafios da Região da Amazônia para Focar em Produtos Diferenciados e Ingredientes Exóticos. O que Fazer? Tendências do Setor de Cosméticos e os Desafios da Região da Amazônia para Focar em Produtos Diferenciados e Ingredientes Exóticos. O que Fazer? Seminário: Marco Regulatório Acesso e Repartição de Benefícios

Leia mais

A importância da liderança como diferencial competitivo. Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015

A importância da liderança como diferencial competitivo. Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015 A importância da liderança como diferencial competitivo Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015 Ellebe Treinamento em Gestão Organizacional A Ellebe atua em empresas públicas e privadas nas áreas

Leia mais

Prof. Heráclito Ney Suiter

Prof. Heráclito Ney Suiter Prof. Heráclito Ney Suiter Definições importantes: Pensamento Complexo: Não predomina o raciocínio fragmentado (o modelo mental binário do ou/ou ).Nem o utopismo da primazia do todo - o sistemismo reducionista..

Leia mais

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei Filme BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei almassei@gmail.com » A quantidade de informação gerada hoje pelos sistemas de informação dobra a cada 14 meses!» 90% dos dados no mundo hoje foram criados

Leia mais

Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI

Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI 2ª REUNIÃO DO COMITÊ DE LÍDERES DA MEI DE 2016 Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI Gilberto Peralta GE 13 de maio de 2016 MARCO INSTITUCIONAL Emenda Constitucional nº 85 Inserção da inovação

Leia mais

onvergência dos Processos

onvergência dos Processos onvergência dos Processos de Gestão de Riscos, Auditoria Interna, Controles Internos e Compliance Situação Atual Convergência Funções e Atividades (Situação Atual) Acionistas Processo de informação e divulgação

Leia mais

Eficiência e Eficácia

Eficiência e Eficácia Eficiência e Eficácia Desempenho das Organizações A eficiência é determinante da eficácia: caso haja recursos disponíveis, e estes forem utilizados corretamente, a probabilidade de atingir os objetivos

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC)

Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC) Título Norma de Responsabilidade Socioambiental Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC) Abrangência Agências, Departamentos, Empresas Ligadas e Unidades no Exterior Sinopse Diretrizes

Leia mais

BUSINESS PARTNER RH. Estratégias, funções e práticas

BUSINESS PARTNER RH. Estratégias, funções e práticas 1 BUSINESS PARTNER RH Estratégias, funções e práticas 2016 BUSINESS PARTNER - RH Estratégias, funções e práticas Dia 18 de agosto 12:30/13:15 Transamerica Expo Center Auditório Principal Espaço Corners

Leia mais

Governo Eletrônico no Brasil: Integração e Padronização para a Prestação de Serviços Públicos

Governo Eletrônico no Brasil: Integração e Padronização para a Prestação de Serviços Públicos Governo Eletrônico no Brasil: Integração e Padronização para a Prestação de Serviços Públicos João Batista Ferri de Oliveira Agenda Cenários Diretrizes do Governo Eletrônico Integração e Interoperabilidade

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO DO SEBRAE EM INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO DO SEBRAE EM INOVAÇÃO E TECNOLOGIA ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO DO SEBRAE EM INOVAÇÃO E TECNOLOGIA Sebraetec Inovação ALI Centro Sebrae de Sustentabilidade INOVAÇÃO PARA O SEBRAE A concepção de novo produto ou processo produtivo, bem como a agregação

Leia mais

Professor: Sergio Enabe. 2o. Semestre Estratégia

Professor: Sergio Enabe. 2o. Semestre Estratégia INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: Administração SÉRIE: 6º/5º semestres TURNO: Diurno/ Noturno DISCIPLINA: Planejamento Operacional: RH e Finanças Professor: Sergio Enabe Estratégia 2o.

Leia mais

Volta de Apoio ao Emprego 2017 Empreendedorismo Social: uma alavanca no desenvolvimento das competências transversais

Volta de Apoio ao Emprego 2017 Empreendedorismo Social: uma alavanca no desenvolvimento das competências transversais Empreendedorismo Social: uma alavanca no desenvolvimento das competências transversais Isabel Ferreira (iferreira@ipca.pt) Guimarães, 25 maio de 2017 Volta de Apoio ao Emprego 2017 Agenda: 1. Enquadramento

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

Centro Federal do Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Departamento de Engenharia de Produção

Centro Federal do Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Departamento de Engenharia de Produção Centro Federal do Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Departamento de Engenharia de Produção A empresa Perfil da empresa (EXEMPLO) A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma

Leia mais

Tecnologias e Interoperabilidade no Transporte Ferroviário

Tecnologias e Interoperabilidade no Transporte Ferroviário Tecnologias e Interoperabilidade no Transporte Ferroviário Guilherme Quintella Chairman UIC South America 13 de Setembro de 2012 UIC União Internacional de Ferrovias» Fundada em 1922 com sede em Paris»

Leia mais

ESPANHA Mercado Um parceiro de confiança /

ESPANHA Mercado Um parceiro de confiança / Mercado 1º cliente (25% de quota) e 1º fornecedor (cerca de 33%) Mais de 6.000 empresas portuguesas exportam para Espanha Portugal é o 5º cliente de Espanha (7%) e 8º fornecedor (quase 4%) Espanha vende

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social Responsabilidade Social 1 Sistemas! 2 3 Sistemas de Informação O que é? 4 Sistemas de Informação? Componentes Sistemas de Informação Objetivos 5 6 Pra que servem os Sistemas de Informação? TEMPO DECISÕES

Leia mais

CONTEÚDO LOCAL DESAFIOS E OPORTUNIDADES

CONTEÚDO LOCAL DESAFIOS E OPORTUNIDADES CONTEÚDO LOCAL DESAFIOS E OPORTUNIDADES CADFOR São Paulo Organização Nacional da Indústria do Petróleo - ONIP CONTEÚDO LOCAL SIGNIFICA O VALOR AGREGADO NO PAÍS PARA A PRODUÇÃO DE UM BEM, SISTEMA OU SERVIÇO

Leia mais

É a proximidade que nos faz enxergar com o mesmo olhar de nossos clientes. AOXTI

É a proximidade que nos faz enxergar com o mesmo olhar de nossos clientes. AOXTI É a proximidade que nos faz enxergar com o mesmo olhar de nossos clientes. AOXTI Fones: (11) 3431-8113 * 4044-8144 * 4044-7448 Email: comercial@aoxti.com.br www.aoxti.com.br Apresentação Síntese das Atividades

Leia mais

Com a evolução das ferramentas, o que era encarado apenas como uma ferramenta de monitoramento passou ser um canal de diálogo e relacionamento,

Com a evolução das ferramentas, o que era encarado apenas como uma ferramenta de monitoramento passou ser um canal de diálogo e relacionamento, Isabela Pimentel Com a evolução das ferramentas, o que era encarado apenas como uma ferramenta de monitoramento passou ser um canal de diálogo e relacionamento, mudando de buzz monitoring para social

Leia mais

O que é a RBCIH? A Rede é uma associação ligada politicamente à Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

O que é a RBCIH? A Rede é uma associação ligada politicamente à Frente Nacional de Prefeitos (FNP). O que é a RBCIH? A Rede é uma associação ligada politicamente à Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Quando ela foi criada e quem a compõe? A Rede foi criada em setembro de 2014 e reúne prefeitos, secretários,

Leia mais

O Lançamento (resumo)

O Lançamento (resumo) O Lançamento (resumo) O lançamento da EXPO TIC BRASÍLIA 2017 "Governança, Negócios Digitais, Tecnologia e Inovação", aconteceu dia 08 de dezembro de 2016, às 09:00, no Windsor Plaza Brasília Hotel Brasília,

Leia mais

A Cemig e a Sustentabilidade Empresarial

A Cemig e a Sustentabilidade Empresarial A Cemig e a Sustentabilidade Empresarial Luiz Fernando Rolla Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações O que é desenvolvimento sustentável? Éo desenvolvimento que atende

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Administração Campus: Teresópolis Missão O curso de Graduação em Administração tem como missão formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências

Leia mais

Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação

Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação A prática de remuneração variável e gestão por competências no setor público brasileiro Agenda

Leia mais

Tendências da Digitalização da Economia

Tendências da Digitalização da Economia Seminário A Região de Lisboa e Vale do Tejo e o País, 10 anos depois do PNPOT Economia 4.0 Jaime S. Andrez / Presidente da CD do COMPETE 2020 16 maio 2017 1 Tendências da Digitalização da Economia A economia

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Estratégia de Governança Digital. do Governo Federal

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Estratégia de Governança Digital. do Governo Federal Estratégia de Governança Digital do Governo Federal Histórico da Governança Digital 2000 Comitê Executivo de Governo Eletrônico 2005 eping: padrões de interoperabilidade 2010 Estratégia Geral de TI (EGTIC)

Leia mais

1º Diálogo IFRS & GRI. Diretrizes da Global Reporting Initiative no Brasil e no mundo. Carlos Eduardo Lessa Brandão Conselho de Stakeholders

1º Diálogo IFRS & GRI. Diretrizes da Global Reporting Initiative no Brasil e no mundo. Carlos Eduardo Lessa Brandão Conselho de Stakeholders 1º Diálogo IFRS & GRI Diretrizes da Global Reporting Initiative no Brasil e no mundo Carlos Eduardo Lessa Brandão Conselho de Stakeholders São Paulo, 12 de maio de 2010 Histórico 1997: criação 2000: 1ª

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versão 2.0 Aprovada por meio da RES nº 261/2017, de 19/09/2017 Deliberação nº 075/2017, de 05/10/2017 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Referências...

Leia mais

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras Plano Estratégico PETROBRAS Missão Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social e ambiental, nos mercados nacional e internacional,

Leia mais

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos negócios Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos Negócios Agenda Um pouco do do Bradesco Sustentabilidade e o Bradesco Planejamento

Leia mais