MATÉRIA INSTRUÇÃO GERAL UNIDADE DIDÁTICA III FARDAMENTO. ASSUNTO Uniformes e Distintivos do Exército

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MATÉRIA INSTRUÇÃO GERAL UNIDADE DIDÁTICA III FARDAMENTO. ASSUNTO Uniformes e Distintivos do Exército"

Transcrição

1 MATÉRIA INSTRUÇÃO GERAL UNIDADE DIDÁTICA III FARDAMENTO ASSUNTO Uniformes e Distintivos do Exército

2 OBJETIVOS - Identificar o uso de cada uniforme. - Descrever a composição dos uniformes mais usados. - Identificar os distintivos das Armas, Quadro de Material Bélico e Serviço de Intendência. - Descrever os cuidados a serem tomados para uma boa apresentação do uniforme. - Utilizar corretamente os uniformes, preocupando-se com a boa aparência.

3 I - INTRODUÇÃO SUMÁRIO II - DESENVOLVIMENTO Uniformes Distintivos Armas Cuidados III - CONCLUSÃO Será realizado atividade complementar à Instrução (Tarefa) e Teste Simulado.

4 INTRODUÇÃO A presente Instrução contém as prescrições sobre os uniformes do Exército Brasileiro, peças complementares, insígnias, distintivos e condecorações, regulando sua posse, composição, uso e descrição geral. As figuras mostram o uniforme e descrevem o as peças integrantes dos uniformes e das peças complementares, das prescrições relativas aos uniformes especiais dos estabelecimentos de ensino e dos uniformes históricos adotados por Organizações Militares do Exército Brasileiro. O uso correto dos uniformes é fator primordial na boa apresentação individual e coletiva do pessoal do Exército, contribuindo para o fortalecimento da disciplina e do bom conceito da Instituição perante a opinião pública. Constitui obrigação de todo militar zelar por seus uniformes, pela correta apresentação de seus subordinados e dos que lhe são de menor hierarquia.

5 UNIFORME 1º A a) posse facultativa para Oficial, tanto no desempenho de cargos no País como em comissões no exterior, conforme determinação do Comandante do Exército; 1. quepe cinza; 2. túnica cinza-escuro fechada; 3. camisa branca de colarinho simples; 4. colarinho simples branco; 5. calça preta; 6. cinto de couro preto; 7. meia de náilon preta; 8. sapato preto. c) uso em recepções de gala, solenidades oficiais, reuniões ou cerimônias em que se exija casaca ou fraque aos civis.

6 UNIFORME 1º B a) posse facultativa para Oficial, sendo obrigatória no desempenho de cargos no País e comissões no exterior, conforme determinação do Comandante do Exército; 1. jaqueta preta; 2. camisa branca plissada de colarinho duplo; 3. calça preta; 4. cinto de couro preto; 5. faixa preta; 6. gravata horizontal preta; 7. corrente para jaqueta preta; 8. meia de náilon preta; 9. sapato preto. c) uso em recepções de gala, solenidades oficiais, reuniões ou cerimônias em que se exija "smoking", "summer" ou "dinner-jacket" aos civis; d) uso autorizado aos integrantes da Banda Sinfônica do Exército, com divisas douradas, para ocasiões especiais e concertos em traje de gala.

7 UNIFORME 2º A1 a) posse obrigatória para Oficial e facultativa para Subtenente e Sargento; 1. quepe cinza; 2. túnica cinza-escuro aberta; 3. camisa branca de colarinho duplo; 4. gravata vertical preta; 5. calça cinza-claro; 6. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 7. meia de náilon preta; 8. sapato preto. c) uso em reuniões, solenidades ou atos sociais quando for exigido traje passeio completo aos civis.

8 UNIFORME 2º A2 a) posse obrigatória para Oficial e facultativa para Subtenente e Sargento; 1. túnica cinza-escuro aberta; 2. camisa branca de colarinho duplo; 3. gravata horizontal preta; 4. calça cinza-claro; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 6. meia de náilon preta; 7. sapato preto. c) uso em atos sociais em que seja exigido "smoking", "summer" ou "dinner jacket" aos civis, podendo substituir o 1º B.

9 UNIFORME 2º B1 a) posse obrigatória para Oficial e facultativa para Subtenente e Sargento; 1. quepe cinza; 2. túnica branca; 3. camisa branca de colarinho duplo; 4. gravata vertical preta; 5. calça cinza-claro; 6. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 7. meia de náilon preta; 8. sapato preto. c) uso, quando determinado, como alternativa para o uniforme 2º A1.

10 UNIFORME 2º B2 a) posse obrigatória para Oficial e facultativa para Subtenente e Sargento; 1. túnica branca; 2. camisa branca de colarinho duplo; 3. gravata horizontal preta; 4. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 5. calça cinza-claro; 6. meia de náilon preta; 7. sapato preto. c) uso, quando determinado, como alternativa para o uniforme 2º A2.

11 UNIFORME 3º A a) posse obrigatória para Oficial, Subtenente e Sargento; 1. boina ou quepe verde-oliva conforme seja determinado; 2. túnica verde-oliva; 3. camisa bege manga comprida; 4. gravata bege; 5. calça verde-oliva; 6. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 7. meia de náilon preta; 8. sapato preto. c) uso em trânsito, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em cerimônias, reuniões e atos sociais em que seja exigido traje passeio completo aos civis.

12 UNIFORME 3º B1 a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. boina; 2. blusão verde-oliva; 3. camisa bege manga comprida para Oficial, Subtenente e Sargento; 4. gravata bege para Oficial, Subtenente e Sargento; 5. camiseta meia-manga camuflada para Cabo, Taifeiro e Soldado; 6. calça verde-oliva; 7. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 8. coturno ou sapato preto conforme seja determinado. c) uso: 1. principalmente em formaturas e desfiles; 2. pelas tropas blindadas, mecanizadas, de selva, pára-quedista, de montanha, de aviação, da Brigada de Operações Especiais e da Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel) em substituição ao 3º A porém, não excluindo o uso deste ultimo, em situações especiais; 3. em trânsito e apresentações individuais e coletivas; 4. em solenidades e atos sociais quando determinado.

13 UNIFORME 3º B2 a) posse obrigatória para Oficial e Praça, servindo em Organização Militar Hipomóvel, de Ensino ou de Instrução Eqüestre; b) posse facultativa para Oficial e Praça somente para prática de esportes e competições eqüestres; c) composição: 1. boina ou capacete de hipismo para competição; 2. blusão verde-oliva ou túnica verde-oliva; 3. camisa bege manga comprida para Oficial, Subtenente e Sargento; 4. gravata bege para Oficial, Subtenente e Sargento; 5. camiseta meia-manga camuflada para Cabo, Taifeiro e Soldado; 6. culote verde-oliva para Oficial, Subtenente e Sargento; 7. calça verde-oliva para Cabo, Taifeiro e Soldado; 8. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 9. bota de couro preta para Oficial, Subtenente e Sargento; 10. coturno de três fivelas para Cabo, Taifeiro e Soldado; 11. espora; 12. pingalim (opcional). d) uso: 1. em trânsito e apresentações individuais ou coletivas; 2. em substituição ao 3º A quando determinado; 3. em competições hípicas quando exigida a casaca de hipismo aos cavaleiros civis, sendo permitido o uso da túnica e do quepe verde-oliva somente para as competições de adestramento e salto; 4. é admitido o uso do culote verde-oliva de malha elástica nas competições hípicas.

14 UNIFORME 3º C1 a) posse obrigatória para Oficial, Subtenente e Sargento; 1. boina ou quepe verde-oliva conforme seja determinado; 2. camisa bege manga comprida; 3. gravata bege; 4. calça verde-oliva; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 6. meia de náilon preta; 7. sapato preto. c) uso: 1. em atividades internas das organizações militares, exceto em solenidades oficiais; 2. com suéter de lã verde-oliva em atividades internas das organizações militares e, em trânsito, no deslocamento do quartel para residência ou viceversa; 3. com japona de passeio ou jaqueta verde-oliva quando em trânsito, atividades internas das organizações militares, atividades externas, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em solenidades e atos sociais em que seja permitido traje esporte aos civis.

15 UNIFORME 3º C2 a) posse obrigatória para Oficial, Subtenente e Sargento; 1. boina; 2. camisa bege manga comprida; 3. gravata bege; 4. calça verde-oliva; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 6. coturno. c) uso: 1. em atividades internas das organizações militares, exceto em solenidades oficiais; 2. com suéter de lã verde-oliva em atividades internas das organizações militares e, em trânsito, no deslocamento do quartel para residência ou vice-versa; 3. com japona de passeio ou jaqueta verde-oliva quando em trânsito, atividades internas das organizações militares, atividades externas, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em solenidades e atos sociais em que seja permitido traje esporte aos civis.

16 UNIFORME 3º C3 a) posse obrigatória para Oficial, Subtenente e Sargento, servindo em Organização Militar Hipomóvel, de Ensino ou de Instrução Eqüestre; b) posse facultativa para Oficial, Subtenente e Sargento somente para a prática de esportes e competições eqüestres; c) composição: 1. boina ou capacete de hipismo para competição; 2. camisa bege manga comprida; 3. gravata bege; 4. culote verde-oliva; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 6. bota de couro preta; 7. espora; 8. pingalim (opcional). d) uso: 1. em atividades internas das organizações militares, exceto em solenidades oficiais; 2. com suéter de lã verde-oliva em atividades internas das organizações militares e, em trânsito, no deslocamento do quartel para residência ou vice-versa; 3. com japona de passeio ou jaqueta verde-oliva quando em trânsito, atividades internas das organizações militares, atividades externas, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em solenidades e atos sociais em que seja permitido traje esporte aos civis; 4. em competições hípicas quando não for exigida a casaca de hipismo aos cavaleiros civis; 5. é admitido o uso do culote verde-oliva de malha elástica nas competições hípicas.

17 UNIFORME 3º D1 a) posse: 1. obrigatória para Oficial, Subtenente e Sargento; 2. obrigatória para Cabo, Taifeiro e Soldado pertencentes aos contingentes de Hospitais, Repartições, Estabelecimentos e elementos de Comando e Serviços dos Quartéis-Generais; 1. boina; 2. camisa bege meia-manga; 3. camiseta meia-manga bege (opcional); 4. calça verde-oliva; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 6. meia de náilon preta; 7. sapato preto. c) uso em trânsito, atividades internas das organizações militares, atividades externas, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em solenidades e atos sociais em que seja permitido traje esporte aos civis.

18 UNIFORME 3º D2 a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. boina; 2. camisa bege meia-manga; 3. camiseta meia-manga bege (opcional); 4. calça verde-oliva; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 6. coturno; c) uso: 1. pelas tropas de selva, pára-quedista, blindadas ou mecanizadas, montanha, de aviação, da Brigada de Operações Especiais e da Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel) em substituição ao 3º D1; 2. em trânsito, atividades internas das organizações militares, atividades externas, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em solenidades e atos sociais em que seja permitido traje esporte aos civis.

19 UNIFORME 3º D3 a) posse obrigatória para Oficial e Praça, servindo em Organização Militar Hipomóvel, de Ensino ou de Instrução Eqüestre; b) posse facultativa para Oficial e Praça somente para prática de esportes e competições eqüestres; c) composição: 1. boina ou capacete de hipismo para competição; 2. camisa bege meia-manga; 3. camiseta meia-manga bege (opcional); 4. culote verde-oliva para Oficial, Subtenente e Sargento; 5. calça verde-oliva para Cabo, Taifeiro e Soldado; 6. cinto de náilon verde-oliva com fivela dourada; 7. bota de couro preta para Oficial, Subtenente e Sargento; 8. coturno de três fivelas para Cabo, Taifeiro e Soldado; 9. espora; 10. pingalim (opcional). d) uso: 1. em trânsito, atividades internas e externas, apresentações individuais ou coletivas e, quando determinado, em solenidades e atos sociais em que seja permitido traje esporte para os civis; 2. em competições hípicas quando não for exigida a casaca de hipismo aos cavaleiros civis; 3. é admitido o uso do culote verde-oliva de malha elástica nas competições hípicas.

20 UNIFORME 4º A1 a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. boina, gorro com pala camuflado, gorro com pala colorido, gorro de selva ou chapéu tropical camuflado conforme seja determinado; 2. blusa de combate camuflada; 3. camiseta meia-manga camuflada; 4. calça camuflada; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela preta; 6. coturno. c) uso em instrução, serviço em campanha, serviço interno, atividades diárias, formaturas e combate.

21 UNIFORME 4º A3 a) posse obrigatória para Oficial e Praça, servindo em Organização Militar Hipomóvel, de Ensino ou de Instrução Eqüestre; b) posse facultativa para Oficial e Praça somente para prática de esportes e competições eqüestres; c) composição: 1. boina, gorro com pala camuflado ou capacete de hipismo para treinamento conforme seja determinado; 2. blusa de combate camuflada; 3. camiseta meia-manga camuflada; 4. culote camuflado para Oficial, Subtenente e Sargento; 5. calça camuflada ou calça camuflada com abertura longitudinal para Cabo, Taifeiro e Soldado; 6. cinto de náilon verde-oliva com fivela preta; 7. bota de couro preta para Oficial, Subtenente e Sargento; 8. coturno de três fivelas para Cabo, Taifeiro e Soldado; 9. espora; 10. pingalim (opcional). d) uso em instrução, serviço em campanha, serviço interno, formaturas, atividades diárias e prática de esportes eqüestres.

22 UNIFORME 4º B1 a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. boina, gorro com pala camuflado, gorro com pala colorido, gorro de selva ou chapéu tropical camuflado conforme seja determinado; 2. camiseta meia-manga camuflada; 3. calça camuflada; 4. cinto de náilon verde-oliva com fivela preta; 5. coturno. c) uso em instrução, serviço em campanha, serviço interno e atividades diárias.

23 UNIFORME 4º B2 a) posse obrigatória para Oficial e Praça, servindo em Organização Militar Hipomóvel, de Ensino ou de Instrução Eqüestre; b) posse facultativa para Oficial e Praça somente para prática de esportes e competições eqüestres; c) composição: 1. boina, gorro com pala camuflado ou capacete de hipismo para treinamento; 2. camiseta meia-manga camuflada; 3. culote camuflado para Oficial, Subtenente e Sargento; 4. calça camuflada ou calça camuflada com abertura longitudinal para Cabo, Taifeiro e Soldado; 5. cinto de náilon verde-oliva com fivela preta; 6. bota de couro preta para Oficial, Subtenente e Sargento; 7. coturno de três fivelas para Cabo, Taifeiro e Soldado; 8. espora; 9. pingalim (opcional); d) uso em instrução, serviço em campanha, serviço interno, atividades diárias e prática de esportes eqüestres.

24 UNIFORME 4º C a) posse obrigatória para Oficial e Praça conforme seja determinado; 1. gorro com pala camuflado ou chapéu tropical camuflado conforme seja determinado; 2. camiseta meia-manga camuflada; 3. bermuda camuflada; 4. cinto de náilon verde-oliva com fivela preta; 5. meia verde-oliva; 6. botina de lona camuflada; c) uso: 1. em atividades internas das organizações militares e em embarcações; 2. atividades de engenharia de construção.

25 UNIFORME 5º C a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. calção de banho preto; 2. sandália de borracha preta; 3. roupão de banho branco (opcional). c) uso em natação.

26 UNIFORME 5º A a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. camiseta sem manga branca; 2. calção para treinamento físico; 3. meia branca; 4. sapato tipo tênis preto; c) uso: 1. treinamento físico militar; 2. atividades internas das organizações militares; 3. para a realização do Teste de Aptidão Física (TAF), está autorizado o uso de calçado apropriado para a corrida. d) uso facultativo com o gorro com pala verde-oliva no uniforme 5º A para Oficial e Praça: 1. atividades individuais; e 2. atividades esportivas onde os militares estejam cumprindo a rotina diária da OM; e) uso facultativo com a bermuda preta para treinamento físico para Oficiais e Praça; 1. treinamento físico militar; 2. atividades internas das organizações militares.

27 UNIFORME 5º C a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. calção de banho preto; 2. sandália de borracha preta; 3. roupão de banho branco (opcional). c) uso em natação.

28 UNIFORME 5º D a) posse obrigatória para Oficial e Praça; 1. camisa meia-manga camuflada; 2. calção para treinamento físico; 3. meias verdes; e 4. sapato tipo tênis preto. c) uso facultativo, em atividades internas de faxina e de serviços gerais, nas Organizações Militares. d) uso facultativo com o gorro com pala camuflado: 1. atividades individuais; e 2. atividades coletivas onde os militares estejam cumprindo a rotina diária da OM.

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO ANEXO À PORTARIA Nº PM4-001/2.1/97 DESCRIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DAS PEÇAS DOS UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR 1 ÍNDICE UNIFORMES DE GALA Item Página I - G-1.1 "Masculino"

Leia mais

Assinatura Publicação 26/10/00 27/10/00, Folha 1

Assinatura Publicação 26/10/00 27/10/00, Folha 1 Assinatura Publicação 26/10/00 27/10/00, Folha 1 Ementa: APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORMES DA GUARDA CIVIL METROPOLITANA DE SAO PAULO, E DA OUTRAS PROVIDENCIAS. DECRETO Nº 40.001, 26 DE OUTUBRO DE 2000

Leia mais

1º UNIFORME B1, MASCULINO, OFICIAIS - 1º B1: - boné masculino branco (uso eventual); - túnica branca de gala, com passadeiras; - camisa branca de mang

1º UNIFORME B1, MASCULINO, OFICIAIS - 1º B1: - boné masculino branco (uso eventual); - túnica branca de gala, com passadeiras; - camisa branca de mang 1º UNIFORME A1, MASCULINO, OFICIAIS - 1º A1: - jaqueta masculina azul-ferrete de gala, com platinas duras de encaixe, azul-ferrete; - camisa branca de gala; - gravata preta horizontal; - calça azul-ferrete

Leia mais

REGULAMENTO DE UNIFORMES. Generalidades. alunos do CPMG, permitindo sua rápida identificação perante os demais membros da comunidade.

REGULAMENTO DE UNIFORMES. Generalidades. alunos do CPMG, permitindo sua rápida identificação perante os demais membros da comunidade. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS ANEXO III TÍTULO I Generalidades Art. 1º O

Leia mais

Art. 1º. Fica aprovado o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte(RUCBM/RN), anexo ao presente Decreto.

Art. 1º. Fica aprovado o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte(RUCBM/RN), anexo ao presente Decreto. Decreto nº 16.039, de 3 de maio de 2002. Dispõe sobre o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte(RUCBM/ RN). O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando da

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO PIAUÍ C A P Í T U L O I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - O presente Regulamento contém as prescrições sobre os uniformes do Corpo de Bombeiros

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS DO RUCBMRN

DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS DO RUCBMRN CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMRN (RUCBM) ANEXO I DA PORTARIA Nº 153 GAB CMDO, DE 29 DE AGOSTO DE 2014. DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS

Leia mais

SEÇÃO II DOS UNIFORMES FEMININOS

SEÇÃO II DOS UNIFORMES FEMININOS REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR DA PARAÍBA (RUPMPB) SEÇÃO II DOS UNIFORMES FEMININOS I - 1º UNIFORME FEMININO EVENTOS SOCIAIS 1º UNIFORME A - (1ºA)- TÚNICA BRANCA a) 1º UNIFORME A (1º A) Túnica

Leia mais

REGULAMENTO DOS UNIFORMES DA GUARDA CIVIL METROPOLITANA

REGULAMENTO DOS UNIFORMES DA GUARDA CIVIL METROPOLITANA PUBLICADO DOC 21/07/2010, p. 1, 3-5 c. 2-4, todas DECRETO Nº 51.646, DE 20 DE JULHO DE 2010 Aprova o Regulamento dos Uniformes da Guarda Civil Metropolitana. GILBERTO KASSAB, Prefeito do Município de São

Leia mais

Palácio Paiaguás, em Cuiabá, 18 de outubro 2012, 191º da Independência e 124º da República. Transc. D.O. n 25911 de 18/10/2012

Palácio Paiaguás, em Cuiabá, 18 de outubro 2012, 191º da Independência e 124º da República. Transc. D.O. n 25911 de 18/10/2012 DECRETO Nº 1.400, DE 18 DE OUTUBRO DE 2012. Aprova o Regulamento de Uniformes da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso RUPM/MT e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso

Leia mais

SUMÁRIO. José de Anchieta Junior - Governador do Estado Boa Vista-RR, (quarta-feira) 19 de Dezembro de 2007

SUMÁRIO. José de Anchieta Junior - Governador do Estado Boa Vista-RR, (quarta-feira) 19 de Dezembro de 2007 SUMÁRIO Página Atos do Poder Executivo...01 Governadoria do Estado...01 Casa Militar...37 Casa Civil...37 Controladoria Geral do Estado...38 Secretaria de Estado da Gestão Estratégica e Administração...38

Leia mais

SEÇÃO III DOS UNIFORMES DAS UNIDADES ESPECIALIZADAS

SEÇÃO III DOS UNIFORMES DAS UNIDADES ESPECIALIZADAS REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR DA PARAÍBA (RUPMPB) SEÇÃO III DOS UNIFORMES DAS UNIDADES ESPECIALIZADAS I - 8º UNIFORME CAVALARIA 8º UNIFORME A (8ºA) - CAVALARIA HISTÓRICO NEGO a) 8º UNIFORME

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 45.993, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2008. (publicado no DOE nº 223, de 17 de novembro de 2008) Aprova o Regulamento

Leia mais

DECRETO Nº 39.034, DE FEVEREIRO DE 2006

DECRETO Nº 39.034, DE FEVEREIRO DE 2006 1 DECRETO Nº 39.034, DE FEVEREIRO DE 2006 APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,

Leia mais

RELAÇÃO DE INSUMOS DOS PRODUTOS ADQUIRIDOS PELA D ABST

RELAÇÃO DE INSUMOS DOS PRODUTOS ADQUIRIDOS PELA D ABST NOTA: A relação abaixo é apenas uma sugestão de possíveis códigos NCM para preenchimento da declaração de origem. Os licitantes podem utilizar códigos diferentes, caso os listados não sejam adequados ao

Leia mais

DECRETO Nº 3.192, DE 22 DE MAIO DE 2006.

DECRETO Nº 3.192, DE 22 DE MAIO DE 2006. DECRETO Nº 3.192, DE 22 DE MAIO DE 2006. APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORME DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

Claudio Frederico de Carvalho

Claudio Frederico de Carvalho Claudio Frederico de Carvalho II 2.º Regulamento de Uniformes da Guarda Municipal de Curitiba Claudio Frederico de Carvalho II Regulamento de Uniformes da GUARDA MUNICIPAL de Curitiba 2ª Edição CURITIBA

Leia mais

MARCO AURÉLIO MACEOO OE MEIO - TENCEI PM IORG1

MARCO AURÉLIO MACEOO OE MEIO - TENCEI PM IORG1 MARCO AURÉLIO MACEOO OE MEIO - TENCEI PM IORG1 REGULAMENTO DE UNIFORMES DA PMCE DECRETO n 18.063, de 06.08.1986 Com novos uniformes modificados pela Portaria n 094/2013, publicada no BCG n 224, de 28.11.2013

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL Confere RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL AJUDÂNCIA GERAL BOLETIM GERAL (BGCB) Nº 149 QUARTEL EM NATAL RN, 26 de agosto de 2015.

Leia mais

ANO XLIII Nº 43 BRASÍLIA DF, QUARTA-FEIRA, 2 DE MARÇO DE 2011

ANO XLIII Nº 43 BRASÍLIA DF, QUARTA-FEIRA, 2 DE MARÇO DE 2011 ANO XLIII Nº 43 BRASÍLIA DF, QUARTA-FEIRA, 2 DE MARÇO DE 2011 PREÇO R$ 3,00 SEÇÃO I SEÇÃO II SEÇÃO III SUMÁRIO PÁG. PÁG. PÁG. Atos do Poder Legislativo... 62 Atos do Poder Executivo... 1 40 Casa Civil...

Leia mais

CONTRATAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS E PREFERÊNCIAIS NAS LICITAÇÕES REPERCUSSÕES NO PLANEJAMENTO, JULGAMENTO E CONTRATO

CONTRATAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS E PREFERÊNCIAIS NAS LICITAÇÕES REPERCUSSÕES NO PLANEJAMENTO, JULGAMENTO E CONTRATO CONTRATAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS E PREFERÊNCIAIS NAS LICITAÇÕES REPERCUSSÕES NO PLANEJAMENTO, JULGAMENTO E CONTRATO 5 A 7 DE NOVEMBRO / BRASÍLIA DECRETO Nº 7.601, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2011. Estabelece

Leia mais

INSTITUCIONALIZA O UNIFORME

INSTITUCIONALIZA O UNIFORME DECRETO Nº29.482, de 03 de outubro de 2008. INSTITUCIONALIZA O UNIFORME DO PROGRAMA RONDA DO QUARTEIRÃO E MODIFICA O DECRETO Nº18.063, DE 06 DE AGOSTO DE 1986 (REGULAMENTODE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR

Leia mais

Art. 3º - Compete ainda, ao Comandante Geral estabelecer normas para aplicação do Regulamento ora aprovado.

Art. 3º - Compete ainda, ao Comandante Geral estabelecer normas para aplicação do Regulamento ora aprovado. DECRETO N.º 18.063, de 06 de agosto de 1986 Aprova o Regulamento de Uniformes da Polícia Militar do Ceará e dá outras providências O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais que

Leia mais

Catálogo de uniformes

Catálogo de uniformes Catálogo de uniformes Educação Infantil Uniforme de uso diário da Educação Infantil (Maternal II, Pré-escola I e II) Camisa vermelha meia-manga, sem manga ou manga comprida. Calça ou short vermelho (helanca

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E HISTÓRICO DA AERONÁUTICA

COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E HISTÓRICO DA AERONÁUTICA COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E HISTÓRICO DA AERONÁUTICA Fl. nº 1 Rio de Janeiro, 13 de abril de 2005 ADITAMENTO AO BOLETIM DO COMANDO DA AERONÁUTICA Nº 068 Para conhecimento do Pessoal

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA ICA 168-6/2011 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA PESSOAL-MILITAR RCA 35-2 REGULAMENTO DE UNIFORMES PARA OS MILITARES DA AERONÁUTICA (RUMAER) 2012 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DIRETORIA

Leia mais

Sumário ATOS DO CHEFE DO PODER EXECUTIVO. Ano XXII - Estado do Tocantins, terça-feira, 14 de dezembro de 2010 DIÁRIO OFICIAL N o 3.

Sumário ATOS DO CHEFE DO PODER EXECUTIVO. Ano XXII - Estado do Tocantins, terça-feira, 14 de dezembro de 2010 DIÁRIO OFICIAL N o 3. Ano XXII - Estado do Tocantins, terça-feira, 14 de dezembro de 2010 DIÁRIO OFICIAL N o 3.278 1 ANO XXII - PALMAS, TERÇA - FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2010 - N O 3.278 ATOS DO CHEFE DO PODER EXECUTIVO DECRETO

Leia mais

PERÍODO DE ADAPTAÇÃO 2016

PERÍODO DE ADAPTAÇÃO 2016 PERÍODO DE ADAPTAÇÃO 2016 POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ ESCOLA DE OFICIAIS ENXOVAL SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 2016 P á g i n a 2 ITENS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMAL

REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMAL 2014 REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE ALAGOAS Maceió-AL 1 COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO NOVO REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMAL Presidente Cel. QOBM/Comb. Mat. 139983-4 - Adriano

Leia mais

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares R-5-PM Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR 3ª Edição Tiragem: 1.000 exemplares 1996 Setor Gráfico do CSM/MInt - 1 - POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

Calça Safari Rip Stop conjunto 2075 79,39 164.734,26 Camisa Safari Rip Stop conjunto 2075 81,20 168.490,00

Calça Safari Rip Stop conjunto 2075 79,39 164.734,26 Camisa Safari Rip Stop conjunto 2075 81,20 168.490,00 JANEIRO/2012 EMPRESA MATERIAL Medida Quant. R$ Unit. R$ Total MULTAS REFERENTES AO CONSELHO REFERENTES ECONOMICO AO FORNECEDOR Aquisição data pgt Quepe para Oficial Subalterno e cadete PM/BM unidade 334

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO POLÍCIA MILITAR COMANDO GERAL. PORTARIA nº 506-R, de 27 de maio de 2010

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO POLÍCIA MILITAR COMANDO GERAL. PORTARIA nº 506-R, de 27 de maio de 2010 GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO POLÍCIA MILITAR COMANDO GERAL PORTARIA nº 506-R, de 27 de maio de 2010 O CORONEL PM COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições

Leia mais

R E G U L A M E N T O D E U N I F O R M E S D A P O L Í C I A M I L I T A R D O P A R A N Á

R E G U L A M E N T O D E U N I F O R M E S D A P O L Í C I A M I L I T A R D O P A R A N Á R E G U L A M E N T O D E U N I F O R M E S D A P O L Í C I A M I L I T A R D O P A R A N Á C U R I T I B A 2 0 0 0 PARANÁ POLÍCIA MILITAR ESTADO MAIOR COMISSÕES DE REFORMULAÇÃO DE UNIFORMES A presente

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 43.430, DE 29 DE OUTUBRO DE 2004. (republicado no DOE nº 03, de 06 de janeiro de 2005) (vide abaixo publicação

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO

ATOS DO PODER EXECUTIVO ESTADO DA PARAÍBA Nº 14.621 João Pessoa - Domingo, 17 de Abril de 2011 Preço: R$ 2,00 ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 32.101, DE 15 DE ABRIL DE 2011 Aprova o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros

Leia mais

Aprova o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso do Sul e da outras providências.

Aprova o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso do Sul e da outras providências. DECRETO Nº 5.576 DE 27 DE JULHO DE 1990 Aprova o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso do Sul e da outras providências. O Governador do Estado de Mato Grosso do

Leia mais

3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE) 3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE)

3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE) 3º ANO A - FORRÓ (REGIÃO NORDESTE) 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO A - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO B - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ 3º ANO C - FORRÓ

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ETIQUETAS DE MARCA PRÓPRIA VIGÊNCIA: 26/07/10

MANUAL DO FORNECEDOR MF MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ETIQUETAS DE MARCA PRÓPRIA VIGÊNCIA: 26/07/10 VERSÃO 10 PAG: 1 / 8 Esta instrução tem por objetivo implementar o nome MARISA como única marca própria de produtos, em substituição às diversas marcas desenvolvidas pela empresa. 1. ESPECIFICAÇÕES DAS

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA RESULTADO DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 5584/2010 PREGÃO Nº 099/2010 SISTEMA REGISTRO DE PREÇOS OBJETO: Confecção de uniformes completos, acessórios e equipamentos diversos

Leia mais

Comparativo. Uniforme Escoteiro X. Vestuário Escoteiro

Comparativo. Uniforme Escoteiro X. Vestuário Escoteiro Comparativo Uniforme Escoteiro X Vestuário Escoteiro VOCÊ SABIA QUE MUDAREMOS NOSSO TRAJE? SABE O QUE É UNIFORME ESCOTEIRO? CONHECE O NOVO VESTUÁRIO? Vamos começar do começo, para que todos possam entender

Leia mais

Capítulo 61. Vestuário e seus acessórios, de malha

Capítulo 61. Vestuário e seus acessórios, de malha Capítulo 61 Vestuário e seus acessórios, de malha Notas. 1. O presente Capítulo compreende apenas os artefatos de malha, confeccionados. 2. Este Capítulo não compreende: a) os artefatos da posição 62.12;

Leia mais

EXTRATOS DA LEGISLAÇÃO E NORMAS COMPLEMENTARES

EXTRATOS DA LEGISLAÇÃO E NORMAS COMPLEMENTARES EXTRATOS DA LEGISLAÇÃO E NORMAS COMPLEMENTARES USO DE UNIFORMES DE TEMPO QUENTE DP CEMA n.º 29/2004, de 5 de maio (OA1 20/12-05-2004) Considerando a conveniência de se aperfeiçoarem as normas para as mudanças

Leia mais

Vestidos, saia e soutien p.4 ENTRE NA MODA

Vestidos, saia e soutien p.4 ENTRE NA MODA Vestidos, saia e soutien p.4 ENTRE NA MODA 2 entre na moda! Ouse a novidade, brinque com a moda! Seja qual for a sua morfologia ou o seu estilo, você é uma mulher Castaluna: uma mulher bonita e audaciosa

Leia mais

Capítulo 62. Vestuário e seus acessórios, exceto de malha

Capítulo 62. Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Notas. 1. O presente Capítulo compreende apenas os artefatos confeccionados de qualquer matéria têxtil, com exclusão das pastas ("ouates") e dos

Leia mais

Capítulo 62. Vestuário e seus acessórios, exceto de malha

Capítulo 62. Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Notas. 1.- O presente Capítulo compreende apenas os artefatos confeccionados de qualquer matéria têxtil, com exclusão das pastas ("ouates") e dos

Leia mais

EMENDA Nº /2017 AO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 186/2017

EMENDA Nº /2017 AO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 186/2017 EMENDA Nº /2017 AO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 186/2017 - Ficam incluídos os artigos 2º e 3º no Projeto de Lei Complementar nº186/2017, com a seguinte redação: Art 2º - A aquisição individual de peças

Leia mais

TABELA LAVANDERIA DRYCLEAN USA

TABELA LAVANDERIA DRYCLEAN USA TABELA LAVANDERIA DRYCLEAN USA LISTA DE S - LAVANDERIA Almofada (P) até 35cm Almofada (M) até 45cm Almofada (G) acima de 45cm Assento / encosto sofá (1 lugar) Assento / encosto sofá (2 lugares) Assento

Leia mais

Regulamento da Farda

Regulamento da Farda Regulamento da Farda Do Regulamento Interno: 1. O aluno deve usar sempre e corretamente o uniforme em vigor. 2. O uso do uniforme tem como objetivo: a. criar uma identidade de Escola; b. contribuir para

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR. Paulo Cesar Hartung Gomes Governador do Estado

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR. Paulo Cesar Hartung Gomes Governador do Estado ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR Paulo Cesar Hartung Gomes Governador do Estado Ricardo de Rezende Ferraço Vice-Governador do Estado André de Alburqueque Garcia Secretário de Estado

Leia mais

Coleção Outono / Inverno 2011

Coleção Outono / Inverno 2011 Coleção Outono / Inverno 2011 Bermudas Maria João Ped Pule 2055 Ped Pule com elastano 82%algodão 16%poliéster 2%elastano 40 / 42 / 44 / 46 / 48 / 50 / 52 / 54 / 56 / 58 / 60 / 62 / 64 Bermudas Bermuda

Leia mais

CIRCULAR Nº 01/2016_2017 DATA: 04Ago2016. ASSUNTO: Conferência e prova de enxoval. Exmo(a). Sr.(a) Encarregado de Educação:

CIRCULAR Nº 01/2016_2017 DATA: 04Ago2016. ASSUNTO: Conferência e prova de enxoval. Exmo(a). Sr.(a) Encarregado de Educação: CIRCULAR Nº 01/2016_2017 DATA: 04Ago2016 ASSUNTO: Conferência e prova de enxoval Exmo(a). Sr.(a) Encarregado de Educação: O enxoval previsto para os Alunos do Colégio Militar integra atualmente os artigos

Leia mais

- 1 - R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.

- 1 - R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1. R-5-PM Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR 3ª Edição Tiragem: 1.000 exemplares 1996 Setor Gráfico do CSM/MInt - 1 - POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 1ª EDIÇÃO 2012 1 RIO GRANDE

Leia mais

Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados. Capítulo 61. Vestuário e seus Acessórios, de malha.

Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados. Capítulo 61. Vestuário e seus Acessórios, de malha. Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados Capítulo 61 Vestuário e seus Acessórios, de malha. CÓDIGO NCM DESCRIÇÃO ALÍQUOTA % 61.01 SOBRETUDOS, JAPONAS, GABÕES, CAPAS, ANORAQUES, CASACOS

Leia mais

Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e

Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e Manual de Uniformes Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e que justificam o investimento no

Leia mais

Grupo Tipo Unid Enxoval feminino para alunas externas. VALOR

Grupo Tipo Unid Enxoval feminino para alunas externas. VALOR Masculino para alunos residentes. Masculino para alunos semi-residentes. Enxoval masculino para alunos externos. Enxoval feminino para alunas residentes Enxoval feminino para alunas semi-residentes. Enxoval

Leia mais

Maceió - Terça-feira 23 de maio de 2006 3

Maceió - Terça-feira 23 de maio de 2006 3 23 de maio de 2006 3 DECRETO Nº 3.192, DE 22 DE MAIO DE 2006. APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORME DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS. ALAGOAS, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

DECRETO Nº 16.144, DE 27 DE JULHO DE 1994

DECRETO Nº 16.144, DE 27 DE JULHO DE 1994 DECRETO Nº 16.144, DE 27 DE JULHO DE 1994 APROVA o Regulamento de Uniformes da Polícia Militar do Amazonas e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, usando das atribuições que lhe são

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ CORPO DE BOMBEIROS MILITAR MINUTA DE DECRETO QUE APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO PARÁ (RUBM) Instrutor: Subtenente Carlos SETEMBRO/2004 DECRETO

Leia mais

REGULAMENTO DE UNIFORMES

REGULAMENTO DE UNIFORMES POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS ANEXO III REGULAMENTO DE UNIFORMES TÍTULO I Generalidades Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

DECLARAÇÃO. A pasta contém 18 páginas numeradas com o descritivo de cada peça.

DECLARAÇÃO. A pasta contém 18 páginas numeradas com o descritivo de cada peça. DECLARAÇÃO Guarapuava, 20 de novembro de 2016 Nesta pasta, estão contidas as descrições completas das peças do Uniforme Escolar do Colégio Imperatriz Dona Leopoldina para execução a partir de 2017. A pasta

Leia mais

Decreto n.º 41/09, de 25 de Agosto - Regulamento de uniformes e distintivos do pessoal da carreira especial do Serviço de Migração e Estrangeiros

Decreto n.º 41/09, de 25 de Agosto - Regulamento de uniformes e distintivos do pessoal da carreira especial do Serviço de Migração e Estrangeiros Decreto n.º 41/09, de 25 de Agosto - Regulamento de uniformes e distintivos do pessoal da carreira especial do Serviço de Migração e Estrangeiros e-mail: geral@info-angola.com portal: www.info-angola.com

Leia mais

Diário oficial da União Seção 1 - Nº 214, terça-feira, 8 de novembro de 2011 DECRETO Nº 7.601, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2011

Diário oficial da União Seção 1 - Nº 214, terça-feira, 8 de novembro de 2011 DECRETO Nº 7.601, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2011 Diário oficial da União Seção 1 - Nº 214, terça-feira, 8 de novembro de 2011 ATOS PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 7.601, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2011 Estabelece a aplicação de margem de preferência nas licitações

Leia mais

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul. Secretário de Estado de Fazenda JADER RIEFFE JULIANELLI AFONSO

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul. Secretário de Estado de Fazenda JADER RIEFFE JULIANELLI AFONSO SUPLEMENTO 11-1 0-1977 Diário Oficial Estado de Mato Grosso do Sul ANO XXXVI n. 8.810 CAMPO GRANDE-MS, SEGUNDA-FEIRA, 27 PÁGINAS GOVERNADOR ANDRÉ PUCCINELLI Vice-Governadora SIMONE TEBET Secretário de

Leia mais

Montes Claros / Junho / 2017 Ensino Fundamental

Montes Claros / Junho / 2017 Ensino Fundamental 6º ANO BRASIL / 7º ANO PORTUGAL TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO MENINAS: Camiseta tipo Hering branca de manguinha, saia com 3 babados, dois laranja e 1 amarelo, faixa marrom na cintura, flor laranja

Leia mais

Reunimos 10 peças clássicas, que nunca sairão de moda e que todo homem que se preza deve ter no seu guarda-roupa.

Reunimos 10 peças clássicas, que nunca sairão de moda e que todo homem que se preza deve ter no seu guarda-roupa. Nós homens temos, atualmente, diversas opções de roupas e acessórios. Porém, muitas vezes nos esquecemos de comprar algumas peças que são essenciais para o dia a dia. Reunimos 10 peças clássicas, que nunca

Leia mais

D i c a s e E s t i l o s p a r a N o i v o s O q u e u s a r?

D i c a s e E s t i l o s p a r a N o i v o s O q u e u s a r? O q u e u s a r? Smoking Black Tie: Para um casamento moderno, luxuoso e realizado durante à noite. Composição: As lapelas com detalhes em cetim, camisa branca, podendo ser plissada no peito. A gravata

Leia mais

Exércitos de Brasil e Argentina fortalecem laços com treinamento conjunto

Exércitos de Brasil e Argentina fortalecem laços com treinamento conjunto Exércitos de Brasil e Argentina fortalecem laços com treinamento conjunto As Forças Armadas da Argentina e do Brasil reforçaram os laços de cooperação ao participarem de exercícios de guerra simulada e

Leia mais

REGULAMENTO DE UNIFORMES DA GUARDA CIVIL / MUNICIPAL...

REGULAMENTO DE UNIFORMES DA GUARDA CIVIL / MUNICIPAL... REGULAMENTO DE UNIFORMES DA DAS NORMAS GERAIS O presente Regulamento tem por finalidade prescrever os uniformes da Guarda Civil / Municipal..., bem como regular seu uso, posse e confecção. O uso correto

Leia mais

Regulamento de Uniformes APLICÁVEL AO CBM/AP

Regulamento de Uniformes APLICÁVEL AO CBM/AP COLETÂNEA DA Regulamento de Uniformes APLICÁVEL AO CBM/AP VOLUME 1 GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAPÁ Antônio Waldez Góes da Silva SECRETÁRIO ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO DA DEFESA SOCIAL Aldo Alves Ferreira

Leia mais

Código de Traje Académico

Código de Traje Académico Código de Traje Académico Secção 1 Direito ao uso do traje Artigo 1 O uso do traje académico só é permitido a partir do dia das serenatas (pelos caloiros que forem ao traçar da capa, por parte dos seus

Leia mais

LOOKBOOK CARMIM SUMMER FEMININO PRIMAVERA 17 FEMININO VERÃO 38 MASCULINO 48 ACESSÓRIOS 99 NOSSAS LOJAS SUMMER COLLECTION 2 SUMMER COLLECTION 3

LOOKBOOK CARMIM SUMMER FEMININO PRIMAVERA 17 FEMININO VERÃO 38 MASCULINO 48 ACESSÓRIOS 99 NOSSAS LOJAS SUMMER COLLECTION 2 SUMMER COLLECTION 3 SUMMER COLLECTION 1 LOOKBOOK CARMIM SUMMER 2016 04 FEMININO PRIMAVERA 17 FEMININO VERÃO 38 MASCULINO 48 ACESSÓRIOS 99 NOSSAS LOJAS SUMMER COLLECTION 2 SUMMER COLLECTION 3 LOOK 1 BLUSA 44496 CALÇA 01929

Leia mais

Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com.

Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com. www.centraldecatalogos.com.br - (11) 3723-5566 Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com.br www.idealwork.com.br

Leia mais

DECRETO Nº 8.580 DE 03 DE ABRIL DE 1985

DECRETO Nº 8.580 DE 03 DE ABRIL DE 1985 DECRETO Nº 8.580 DE 03 DE ABRIL DE 1985 Aprova o Regulamento de Uniforme da Polícia Militar do Distrito Federal RUPM e dá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que

Leia mais

Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Medicina Veterinária CÓDIGO DO TRAJE ACADÉMICO

Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Medicina Veterinária CÓDIGO DO TRAJE ACADÉMICO Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Medicina Veterinária CÓDIGO DO TRAJE ACADÉMICO Grupo Organizado para as Tradições Académicas G.O.T.A. O G.O.T.A. tem como objectivo preservar todas as tradições

Leia mais

Confira os sete maiores erros masculinos ao escolher a roupa

Confira os sete maiores erros masculinos ao escolher a roupa Confira os sete maiores erros masculinos ao escolher a roupa Pequenos detalhes, como a meia ou a gravata errada, podem comprometer a aparência Por Ana Maria Madeira Share on emailshare on facebookshare

Leia mais

SENADO FEDERAL. PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 37, DE 2016 (nº 4.255/2015, na Câmara dos Deputados)

SENADO FEDERAL. PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 37, DE 2016 (nº 4.255/2015, na Câmara dos Deputados) SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 37, DE 2016 (nº 4.255/2015, na Câmara dos Deputados) Altera o soldo e o escalonamento vertical dos militares das Forças Armadas, constantes da Lei nº 11.784,

Leia mais

68 - Transformers Natalizados. Quantidade: 2. Execução de 2 (duas) malhas cirrie de corpo inteiro cor chumbo. 2 pares de sapatilha de couro.

68 - Transformers Natalizados. Quantidade: 2. Execução de 2 (duas) malhas cirrie de corpo inteiro cor chumbo. 2 pares de sapatilha de couro. 68 - Transformers Natalizados. Quantidade: 2. Execução de 2 (duas) malhas cirrie de corpo inteiro cor chumbo. 2 pares de sapatilha de couro. 69 - Personagem Natalino com balão. Quantidade: 2. Execução

Leia mais

CADERNOS DE ENCARGOS Concurso Público Nº 01/GCA/ENAPOR/2016 CLÁUSULAS TÉCNICAS

CADERNOS DE ENCARGOS Concurso Público Nº 01/GCA/ENAPOR/2016 CLÁUSULAS TÉCNICAS CADERNOS DE ENCARGOS Concurso Público Nº 01/GCA/ENAPOR/2016 CLÁUSULAS TÉCNICAS LOTE 1 Calçados e Equipamentos de Proteção Item 1 Bota 2 Capacetes 3 Sapato de homens 4 Sapato de Senhoras 5 Luvas Descrição

Leia mais

1º Ano - Trajes para festa de encerramento Sítio do Picapau Amarelo15/12

1º Ano - Trajes para festa de encerramento Sítio do Picapau Amarelo15/12 1º Ano - Trajes para festa de encerramento Sítio do Picapau Amarelo 1º Ano - Trajes para festa de encerramento Sítio do Picapau Amarelo 1º Ano - Trajes para festa de encerramento Sítio do Picapau Amarelo

Leia mais

Secretaria Municipal de Ordem Pública MINUTA DE DECRETO

Secretaria Municipal de Ordem Pública MINUTA DE DECRETO MINUTA DE DECRETO APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORMES DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE NITERÓI. RODRIGO NEVES BARRETO, Prefeito Municipal de Niterói, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei,

Leia mais

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS (CFO) 2015

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS (CFO) 2015 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C E X - D E S Mil ESCOLA DE SAÚDE DO EXÉRCITO (Es Apl Sv Sau Ex 1910) ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS (CFO) 2015 Candidato(a), O

Leia mais

http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/boletins.php http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/separatas.php Continue lendo...

http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/boletins.php http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/separatas.php Continue lendo... SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO INFORMAÇÃO As Portarias do Comandante do Exército, todas de 6 de março de 2014, abaixo listadas, alteram, revogam e incluem dispositivos no Regulamento de Uniformes do Exército

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE 1 338400 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 36 PC 6 Dalmalhas / Santanense 2 338418 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 38 PC 70 Dalmalhas / Santanense 3 338426 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 40 PC 152 Dalmalhas / Santanense

Leia mais

Certidão Simplificada

Certidão Simplificada Certidão Simplificada Certificamos que as informações abaixo constam dos documentos arquivados nesta Junta Comercial e são vigentes na data de sua expedição. Nome Empresarial: Natureza Jurídica: Número

Leia mais

Regulamento Bela Vista Country Club

Regulamento Bela Vista Country Club Regulamento Bela Vista Country Club Que maravilha! Nossa região organiza pela 33ª vez mais uma Oktoberfest e os associados do Bela Vista Country Club não podem deixar de contagiar os visitantes com toda

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO C PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 16h30

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO C PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 16h30 TURMA: 2º ANO C PROFESSORA ROSÂNGELA Prezados Pais e Responsáveis, HORÁRIO DA DANÇA: 16h30 Camiseta amarela lisa, saia jeans, meia calça branca, bota, cabelo com duas tranças com fita verde e amarela e

Leia mais

SÍMBOLO DA FAB. RUMAER Insígnias e Acessórios - Página 1

SÍMBOLO DA FAB. RUMAER Insígnias e Acessórios - Página 1 SÍMBOLO DA FAB RUMAER Insígnias e Acessórios - Página 1 INSÍGNIA DE POSTO PARA USO NA GOLA E GORRO MARECHAL-DO-AR TENENTE-BRIGADEIRO MAJOR-BRIGADEIRO BRIGADEIRO RUMAER Insígnias e Acessórios - Página 2

Leia mais

Secretaria Municipal de Administração

Secretaria Municipal de Administração Secretaria Municipal de Administração PROCESSO: DATA: RUBRICA: FOLHA: 130/0324/2015 02/02/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE PARA AQUISIÇÂO DE UNIFORMES E SEUS COMPLEMENTOS, DESTINADOS A (SETECENTOS) GUARDAS

Leia mais

Nº s DE ITENS CARÁTER

Nº s DE ITENS CARÁTER CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA DE PESSOAL DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NAS FILEIRAS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL NA QUALIFICAÇÃO

Leia mais

Roupas de cama, de malha De algodão De fibras sintéticas ou artificiais 0

Roupas de cama, de malha De algodão De fibras sintéticas ou artificiais 0 I.- OUTROS ARTEFATOS TÊXTEIS CONFECCIONADOS ALÍQUOTA 63.1 Cobertores e mantas. 631.1. -Cobertores e mantas, elétricos 631.2. -Cobertores e mantas (exceto os elétricos), de lã ou de pêlos finos 631.3. -Cobertores

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL RECIFE, 15 DE JANEIRO DE 2004. Suplemento Normativo Nº G 1.0.00.

ESTADO DE PERNAMBUCO POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL RECIFE, 15 DE JANEIRO DE 2004. Suplemento Normativo Nº G 1.0.00. ESTADO DE PERNAMBUCO POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL RECIFE, 15 DE JANEIRO DE 2004 Suplemento Normativo Nº G 1.0.00.0 002 02 SUPLEMENTO NORMATIVO N º G 1.0.00.0 002 Para conhecimento desta PM

Leia mais

2º ANO A - DANÇA DA BALAINHA (REGIÃO SUL) 2º ANO A - DANÇA DA BALAINHA (REGIÃO SUL)

2º ANO A - DANÇA DA BALAINHA (REGIÃO SUL) 2º ANO A - DANÇA DA BALAINHA (REGIÃO SUL) 2º ANO A - DANÇA DA BALAINHA (REGIÃO SUL) 2º ANO A - DANÇA DA BALAINHA (REGIÃO SUL) Vestido branco abaixo do joelho, com manga fofa e folho na barra do vestido; Faixa amarrada de lado na cintura em tecido

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL Confere RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL AJUDÂNCIA GERAL BOLETIM GERAL (BGCB) Nº 007 QUARTEL EM NATAL RN, 13 de janeiro de 2016.

Leia mais

Manual do Uniforme. Versão 2.1 / 2016 Marketing AMM

Manual do Uniforme. Versão 2.1 / 2016 Marketing AMM Manual do Uniforme Versão 2.1 / Marketing AMM Esse manual foi elaborado para ajudar as Regionais na composição dos uniformes oficiais e coletes padrões. De acordo com o regimento interno todos os níveis

Leia mais

Que moda! T E N D Ê N C I A S O U T O N O / I N V E R N O

Que moda! T E N D Ê N C I A S O U T O N O / I N V E R N O Que moda! T E N D Ê N C I A S O U T O N O / I N V E R N O Atenta la trip Sopra o ven BUS B10. STOP. Tamanhos Tallas 4 a 16. Túnica, Chaquetón, 30,25 125..Camisa Calças, 21,95 de rayas,. Casaco 43. Polo

Leia mais

Ref: Modelo: Vestido Detalhe: Gola amarração com bordado na pala Tecido: Alfaiataria Tamanhos: 36 ao 46 BORDADO ELETRÔNICO. Azul Marinho.

Ref: Modelo: Vestido Detalhe: Gola amarração com bordado na pala Tecido: Alfaiataria Tamanhos: 36 ao 46 BORDADO ELETRÔNICO. Azul Marinho. Outono Inverno17 Ref: 71339 Modelo: Vestido Detalhe: Gola amarração com bordado na pala Tecido: Alfaiataria Tamanhos: 36 ao 46 BORDADO ELETRÔNICO Azul Marinho Nude 2 Ref: 71345 Modelo: Vestido Detalhe:

Leia mais

TABELLA DE FARDAMENTO Inferiores do Corpo de Marinheiros Nacionaes

TABELLA DE FARDAMENTO Inferiores do Corpo de Marinheiros Nacionaes TABELLA DE FARDAMENTO Inferiores do Corpo de Marinheiros Nacionaes PEÇAS NA PROMOÇÃO A 2º SEMESTRES DE FARDAMENTO SARGENTO INVERNO VERÃO Panno: Bonet (4)... 1 1 1 QUATRIENIO Calça... 1 1 1 Camisa... 1

Leia mais

Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha

Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Notas. 1.- O presente Capítulo compreende apenas os artefatos confeccionados de qualquer matéria têxtil, com exclusão das pastas ("ouates") e dos

Leia mais

Nosso Noticiário continua. A Substituição do BRABATT 2

Nosso Noticiário continua. A Substituição do BRABATT 2 Porto Príncipe, Haiti, 15 de setembro de 2010 15ª Edição A Substituição do BRABATT 2 Em 15 de agosto, o 2º Batalhão de Infantaria de Força de Paz do 13º Contingente Brasileiro da Missão das Nações Unidas

Leia mais