FUNÇÕES SINTÁTICAS. Funções sintáticas a nível da frase. Profª Maria Rodrigues

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNÇÕES SINTÁTICAS. Funções sintáticas a nível da frase. Profª Maria Rodrigues"

Transcrição

1 FUNÇÕES SINTÁTICAS Funções sintáticas a nível da frase Profª Maria Rodrigues

2 FUNÇÕES SINTÁTICA (ESQUEMA SÍNTESE) Sujeito Complementos: -direto -indireto -oblíquo -Agente da passiva Frase Funções internas ao GN: -compl. de nome -Modificador restritivo -Modificador apositivo Predicado Modificador (de frase) Vocativo predicativo - do sujeito -do compl. direto modificador verbal - com valor de: tempo/ modo / lugar-

3 SUJEITO E PREDICADO Calvin protestou. - simples : Ele protestou. -composto: Eu eo Calvin protestámos. - nulo subentendido: Saí sem avisar. Elementos sujeito - nulo indeterminado: Contam que a centrais a casa é assombrada. - nulo expletivo: Anoiteceu. predicado

4 TIPOS DE SUJEITO Simples Eu faço desporto; Quem casa quer casa. Composto O Rui e a mãe vão ao cinema. Nulo não está expresso e pode apresentar variantes: Nulo subentendido: o sujeito, embora não explícito, pode ser recuperado a partir do contexto: (eu) Saí a correr. Nulo indeterminado: Nota-se um avanço no trabalho. Nulo expletivo : Ontem aconteceu. Anoiteceu

5 ELEMENTOS DO PREDICADO Predicado é a função sintática desempenhada pelos elementos do grupo verbal, cujo núcleo é o verbo que pode apresentar uma só forma ou um complexo verbal. - complemento direto Complementos do verbo - complemento indireto - complemento oblíquo - complemento agente da passiva - predicativo do sujeito - predicativo do compl. direto - modificadores do grupo verbal

6 COMPLEMENTO DIRETO O Calvin adora o tigre. (quem?) O tigre adora as árvores do jardim. (o quê?) Os tigres têm unhas e dentes afiados. (o quê?) Calvin observava quem estava na árvore. (quem?) Nota que: O complemento direto não é iniciado por qualquer preposição. Estas expressões (grupo nominal) podem ser substituídas por o, a, os, as. Calvin percebia que a situação era difícil. ( = isso)

7 COMPLEMENTO INDIRETO Dá a teu filho bom nome e bom ofício. A pergunta tola não dês resposta. Dá-me um sorriso a brincar, Dá-me uma palavra a rir. Fernando Pessoa Observa que as expressões assinaladas (grupos preposicionais ) podem ser substituídas pelo pronome pessoal lhe/lhes: Dá a teu filho bom nome e bom ofício. Dá-lhe bom nome e bom ofício.(a quem?) A pergunta tola não dês resposta. Não lhe dês resposta. (a quê?) O complemento indireto inicia-se geralmente pela preposição a.

8 COMPLEMENTO OBLÍQUO O complemento oblíquo pode ser constituído por um grupo preposicional ou por um grupo adverbial. Entreguei uma encomenda a um amigo. * Enviei a Faro o meu representante. Ela renunciou a dois bilhetes. (a quê?) * Na primeira frase, a expressão destacada pode ser substituída pelo pronome lhe trata-se de um complemento indireto. Nos dois exemplos seguintes, as expressões a Faro e a dois bilhetes não podem ser substituídos por lhe/lhes, logo, desempenham a função de complemento oblíquo.

9 COMPLEMENTO AGENTE DA PASSIVA Os exercícios já foram corrigidos pela professora. O metro é utilizado por muitos cidadãos. O complemento agente da passiva é a função sintática desempenhada, numa frase passiva, por uma expressão iniciada pela preposição por, seguida de um verbo na passiva. Na frase ativa, o complemento agente da passiva desempenha a função sintática de sujeito. A professora já corrigiu os exercícios. Muitos cidadãos utilizam o metro.

10 PREDICATIVO DO SUJEITO Os tigres são ferozes! Os tigres são malvados! Pareço adoentado. Ele está sem coragem. As frases apresentam verbos copulativos, através dos quais se predica algo acerca do sujeito. As palavras destacadas completam o sentido do verbo e relacionam-se com o sujeito- desempenham a função de predicativo do sujeito. A saber: Verbos copulativos Ser, estar, parecer, continuar, lembrar, ficar, Permanecer...

11 PREDICATIVO DO COMPLEMENTO DIRETO Nomeou-o ministro. Consideravam-no um excelente escritor. Nestas frases as palavras assinaladas completam o sentido do verbo e recaem sobre o complemento direto desempenham, por isso, a função de predicativo do complemento direto.

12 MODIFICADOR DO GRUPO VERBAL Os navegadores portugueses ouviram o Adamastor com receio. Eles enfrentaram o Adamastor corajosamente. Os navegadores portugueses, outrora, enfrentaram o Adamastor. O modificador verbal é uma função sintática desempenhada por grupos de palavras com características internas diversas. Podem exprimir : -uma ideia de modo - uma ideia de lugar - uma ideia de tempo - uma ideia de causa - uma ideia de fim

13 VOCATIVO Calvin, vem imeditamente ao pé de mim! Ulisses, enganaste bem o gigante. O vocativo representa, sintaticamente, a pessoa ou a realidade a quem nos dirigimos. Distingue-se do sujeito porque está isolado por vírgulas e não é com ele que o verbo concorda. O vocativo pode aparecer em diferentes locais da frase.

14 MODIFICADOR DE FRASE Lamentavelmente ninguém apoiou o treinador. Talvez vá a tua casa. Evidentemente vou comparecer. A função sintática de modificador de frase pode ser desempenhada por grupos adverbiais que incidem sobre a totalidade da frase. O modificador de frase com a forma de grupo adverbial não pode ser interogado nem negado.

15 FUNÇÕES SINTÁTICAS INTERNAS A GRUPOS NOMINAIS Complemento do nome Função sintática de um constituinte do grupo nominal que se encontra à direita do nome e é selecionado por ele; geralmente é um grupo preposicional, podendo também ser um grupo adjetival ou grupo preposicional oracional (Cf. gramática) A necessidade de atenção constante torna-se cansativa. A reação contra o árbitro foi injusta.

16 FUNÇÕES SINTÁTICAS INTERNAS A GRUPOS NOMINAIS Modificadores do nome Função sintática de um constituinte do grupo nominal que se encontra normalmente à direita do nome mas não é selecionado por ele. O modificador do nome pode ser um grupo nominal, adjetival, ou preposicional ou uma oração subordinada adjetiva. Modificador do nome restritivo ( restringe a realidade que refere) Prefiro bifes grelhados. Gato que usa luvas não caça ratos. Modificador de nome apositivo ( não restringe a realidade que refere; é sempre isolado por vírgulas) D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, tem um novo monumento.

Funções sintáticas. Porto Editora

Funções sintáticas. Porto Editora Funções sintáticas Funções sintáticas ao nível da frase Sujeito Função sintática desempenhada por grupos nominais ou por alguns tipos de orações. O sujeito pode ser classificado como: sujeito simples sujeito

Leia mais

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Relação entre um elemento subordinante (palavra, constituinte ou oração) e uma oração subordinada. As orações subordinadas podem ser: adverbiais

Leia mais

FUNÇÕES SINTÁTICAS. Ficha 2 FUNÇÕES SINTÁTICAS A NÍVEL DA FRASE. 1. Sujeito. Classificação do sujeito

FUNÇÕES SINTÁTICAS. Ficha 2 FUNÇÕES SINTÁTICAS A NÍVEL DA FRASE. 1. Sujeito. Classificação do sujeito FUNÇÕES SINTÁTICAS FUNÇÕES SINTÁTICAS A NÍVEL DA FRASE Caderno de atividades e avaliação contínua ficha 2 1. Sujeito A função sintática de sujeito é desempenhada pelo constituinte da frase que controla

Leia mais

Funções sintáticas. Porto Editora

Funções sintáticas. Porto Editora Funções sintáticas Funções sintáticas 1. Funções sintáticas ao nível da frase 2. Funções sintáticas internas ao grupo verbal Quais são as funções sintáticas ao nível da frase? Sujeito Predicado Vocativo

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

CONSTITUINTES DA FRASE E FUNÇÕES SINTÁCTICAS

CONSTITUINTES DA FRASE E FUNÇÕES SINTÁCTICAS NOVA TERMINOLOGIA NO ENSINO DO PORTUGUÊS CONSTITUINTES DA FRASE E FUNÇÕES SINTÁCTICAS Helena Mateus Montenegro hmateus@uac.pt Ponta Delgada, 2010 I. Constituintes da frase Grupo nominal Grupo adjectival

Leia mais

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66 ÍNDICE 1 TEXTO E DISCURSO 4 1.1. Coesão e coerência textual organização de parágrafos 4 1.2. Pontuação 7 1.3. Discurso direto / discurso indireto 10 1.4. Frase ativa / frase passiva 13 CONSOLIDAÇÃO: EXERCÍCIOS

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Valor modal e aspetual.

Valor modal e aspetual. ÍNDICE GERAL Índice de conteúdos 4 Apresentação 6 Ficha 1 7 Subclasses de palavras. Ficha 2 12 Classes Palavras convergentes. Ficha 3 17 Subclasses de palavras. Orações coordenadas. Ficha 4 22 Ficha 5

Leia mais

Constituintes da Frase

Constituintes da Frase Constituintes da Frase As frases são constituídas por conjuntos de palavras que se relacionam entre si e formam uma unidade de sentido. A tua irmã Marta ofereceu-te um xaile. Grupos Frásicos 2 Grupos Frásicos

Leia mais

PREDICATIVO DO SUJEITO

PREDICATIVO DO SUJEITO DOC. N... 1 CEL FUNÇÕES SINTÁTICAS PREDICATIVO DO SUJEITO Conhecimentos prévios: - Classes de palavras: verbo (Ciclos 1º e 2º); nome e adjetivo (Ciclos 1º e 2º); advérbio e preposição (2º ciclo, embora

Leia mais

8.º ano po port r uguês ês Oo CTEP-PORT8_ _P001_016_3P_CIMG.indd 1 01/08/17 15:07

8.º ano po port r uguês ês Oo CTEP-PORT8_ _P001_016_3P_CIMG.indd 1 01/08/17 15:07 português 8.º ano Oo Índice de conteúdos por domínio Apresentação... 2-3 Dicas de preparação para os testes... 6 Recursos expressivos... 50-52 Texto narrativo... 53-57 Ação... 53-57 O RA LI DA D E Tempo...

Leia mais

REVISÃO. Profª Fernanda Machado

REVISÃO. Profª Fernanda Machado REVISÃO Profª Fernanda Machado O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. O QUE DEVEMOS APRENDER? Identificar e reconhecer os constituintes sintáticos

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA INTEGRADA Laboratório de Língua. Compreensão / Expressão do Oral. Escrita CEL. Leitura. Ana Paula Grancho

SEQUÊNCIA DIDÁTICA INTEGRADA Laboratório de Língua. Compreensão / Expressão do Oral. Escrita CEL. Leitura. Ana Paula Grancho SEQUÊNCIA DIDÁTICA INTEGRADA Laboratório de Língua Escrita Leitura CEL Compreensão / Expressão do Oral Ana Paula Grancho Apresentação 1. Nome da sequência: CEL - Constituintes da frase e função sintática

Leia mais

1 Complementos e modificadores Distinção estrutural entre complementos e modificadores... 3

1 Complementos e modificadores Distinção estrutural entre complementos e modificadores... 3 Guião 4 3 A estrutura da frase 34 A estrutura interna de alguns constituintes: sintagma verbal, nominal, adjectival e preposicional 35 Funções sintácticas (de constituintes obrigatórios e de constituintes

Leia mais

O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares

O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares PEEME -- O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares Helena Isabel Parreira Agrupamento nº de Escolas de Grândola Resultados da avaliação sumativa

Leia mais

A morfologia divide as palavras em classes gramaticais; já a sintaxe estuda a função das palavras dentro de um contexto oracional.

A morfologia divide as palavras em classes gramaticais; já a sintaxe estuda a função das palavras dentro de um contexto oracional. Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia divide

Leia mais

Lições de Português pela análise sintática

Lições de Português pela análise sintática Evanildo Bechara Professor Titular e Emérito da Universidade do Estado do Riy'deJãneÍro;(tJERj) e da Universidade Federal Fluminense (UFF) Membro da A caciemia 'Brasileira de Letras e da Academia Brasileira

Leia mais

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO FRASE: todo enunciado de sentido completo capaz de estabelecer comunicação. Pode ser nominal ou verbal. Nominal: não possui verbo Exemplos:

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329)

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Orações Subordinadas d Adjetivas Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Professora Simone 2 Orações Subordinadas Adjetivas A sua história assustadora será contada para todos assustadora

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. Indica estado; VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

ÍNDICE. Capítulo 1 - Fonética e fonologia. Capítulo 11 - A frase

ÍNDICE. Capítulo 1 - Fonética e fonologia. Capítulo 11 - A frase ÍNDICE Capítulo 1 - Fonética e fonologia Fonética e fonologia; fonema e som; fonema e letra... 13 Representa9ao gráfica dos fonemas, nome das letras do alfabeto portugues, vogal e semivogal, consoante...............................................................

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 11º ANO

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 11º ANO Objetivos: Desenvolver os processos linguísticos, cognitivos e metacognitivos necessários à operacionalização de cada uma das competências de compreensão e produção nas modalidades oral e escrita. Interpretar

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação Personagens Narrador Espaço Tempo Modalidades do discurso Narrativas de tradição popular O caldo de pedra Mestre Finezas: o passado glorioso Mestre

Leia mais

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Língua Portuguesa 6º ano Ano letivo 2012 2013 1º PERIODO CONTEÚDOS Expressão Oral Exposição oral Texto oral Leitura expressiva Leitura coral Dramatização de

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS PORTUGUÊS 8.º ANO 2015/2016

PLANO DE ESTUDOS PORTUGUÊS 8.º ANO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS PORTUGUÊS 8.º ANO 2015/2016 O aluno, no final do 8.º ano, deve ser capaz de: Domínio da diversificados e recorrendo a mecanismos de Produzir textos orais de Domínio da Domínio da Domínio

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS - 7.º ANO DE PORTUGUÊS - 7.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No final do 7.º ano de escolaridade, o aluno deve ser capaz de: interpretar e produzir textos orais com diferentes graus de formalidade e complexidade,

Leia mais

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ...

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ... ... DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO Conteúdos Aulas previstas 1º PERÍODO Textos jornalísticos (notícia, entrevista, reportagem, artigo de opinião, comentário, crónica) Textos biográficos

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2017 / 2018 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Textos não literários Notícia Reportagem Texto

Leia mais

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º DOMÍNIOS A AVALIAR INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Tipo 1 Leitura, Educação Literária, Gramática e Escrita. Testes de avaliação (leitura, educação literária, gramática e escrita) DOMÍNIO COGNITIVO (COMPETÊNCIAS

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS - 7.º ANO DE PORTUGUÊS - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No final do 7.º ano de escolaridade, o aluno deve ser capaz de: interpretar e produzir discursos/textos orais com diferentes graus de formalidade

Leia mais

CONTEÚDOS MANUAL ADOTADO: P6 - L. P. 6.º ano Nova Edição - Texto Editores, ISBN n.º

CONTEÚDOS MANUAL ADOTADO: P6 - L. P. 6.º ano Nova Edição - Texto Editores, ISBN n.º CONTEÚDOS MANUAL ADOTADO: P6 - L. P. 6.º ano Nova Edição - Texto Editores, ISBN n.º 978-972-47-5373-7 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 6.º ANO 1.º período (ca. 78 aulas) - Interpretação

Leia mais

LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA

LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA 1. Observe o seguinte excerto retirado do texto: Quando os pais usam sanções que não sejam físicas ou humilhantes (...) e assinale a alternativa correta com relação à formação

Leia mais

SUMÁRIO ORTOGRAFIA... 29

SUMÁRIO ORTOGRAFIA... 29 SUMÁRIO CAPÍTULO I ORTOGRAFIA... 29 1. Ditongo... 31 2. Formas variantes... 35 3. Homônimos e parônimos... 36 4. Porque, por que, por quê, porquê... 44 5. Hífen... 45 6. Questões desafio... 50 CAPÍTULO

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2016 / 2017 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Notícia Frio arrasta centenas de corvos marinhos

Leia mais

Parte I 1. Variedades e variações do português Português e comunidade linguística lusófona* 18 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 19

Parte I 1. Variedades e variações do português Português e comunidade linguística lusófona* 18 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 19 Parte I 1. Variedades e variações do português Português e comunidade linguística lusófona* 18 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 19 Variedades do português 20 Variedades geográficas (europeia

Leia mais

Concurseiro. Sinta-se a vontade para estudar conosco. Português Prof. Joaquim Bispo. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Sinta-se a vontade para estudar conosco. Português Prof. Joaquim Bispo. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 SINTAXE DA ORAÇÃO Aula 2 Sintaxe: é a parte da gramática

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente Aula 18 Termos essenciais da oração II Professor Guga Valente O meu tempo O meu tempo O meu tempo não é o seu tempo. O meu tempo é só meu. O seu tempo é seu e de qualquer pessoa, até eu. O seu tempo é

Leia mais

oficina de gramática Exemplo de uma (PPEB, página 19) momentos de trabalho autónomo. que ele merece um cuidado especial e

oficina de gramática Exemplo de uma (PPEB, página 19) momentos de trabalho autónomo. que ele merece um cuidado especial e Exemplo de uma oficina de gramática [ ] importa notar que, sendo certo que o conhecimento explícito da língua é transversal aos diferentes domínios, [ ], também é certo que ele merece um cuidado especial

Leia mais

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes 2012 São Subordinadas Substantivas as orações equivalentes a substantivos dos períodos simples. Exemplos: Período simples: Substantivo (núcleo do OD) Quero a sua presença

Leia mais

Índice de conteúdos por domínio

Índice de conteúdos por domínio português Oo Índice de conteúdos por domínio Texto expositivo/informativo... 68-70 Testes? Como ficar preparado?... 6-7 Texto de opinião... 71-73 Verbos de instrução... 7-8 Resumo... 74-76 oralidade educação

Leia mais

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui.

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. 4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. Obs.: Na inversão, aparecerá a vírgula se houver predicativo pleonástico. Ex.: Professor, eu já o fui. predicativo: professor.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 CONTEÚDOS E

Leia mais

DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS

DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos de Português 6º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERIODO DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS Apresentação oral (de livros, provérbios, episódios do quotidiano, personagens

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Português do Ensino Básico, Metas Curriculares de Português do Ensino Básico

Leia mais

Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos.

Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos. 5 Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp. 269-270 Classes de palavras Distinguir verbo principal e copulativo 1. Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos. Frases 1.1

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

É possível transformar a expressão "a profundidade das palavras dele", objeto direto, em oração. Observe:

É possível transformar a expressão a profundidade das palavras dele, objeto direto, em oração. Observe: PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Classificação das Orações Subordinadas As orações subordinadas dividem-se em três grupos, de acordo com a função sintática que desempenham e a classe de palavras a que

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO As orações podem ser constituídas da seguinte forma: Períodos simples» são aqueles formados por uma só oração. Exemplo: O mar estava calmo. (Aparece apenas um verbo: estava. Logo, período

Leia mais

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra o erro: Neymar não admitiu o erro do juiz. suj VTD função: núcleo do direto classe: substantivo

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2017 / 2018 DISCIPLINA PORTUGUÊS ANO 6.ºANO Planificação Longo Prazo Fluência de leitura: palavras e textos. Texto de características narrativas. Texto de enciclopédia e

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal Bárbara da Silva Português Aula 52 Adjunto adnominal Adjunto Adnominal É o termo que determina, especifica ou explica um substantivo. O adjunto adnominal possui função adjetiva na oração, a qual pode ser

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL SINTAXE II: TERMOS INTEGRANTES E TERMOS ACESSÓRIOS Tutora: Ariana de Carvalho TERMOS INTEGRANTES A nomenclatura está relacionada com a função dos

Leia mais

Conteúdos para o teste de ingresso MATEMÁTICA agosto 2018 (Ingresso em 2019) INGRESSO DE 6ª PARA 7º. ANO/2019 DO ENSINO FUNDAMENTAL

Conteúdos para o teste de ingresso MATEMÁTICA agosto 2018 (Ingresso em 2019) INGRESSO DE 6ª PARA 7º. ANO/2019 DO ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos para o teste de ingresso MATEMÁTICA agosto 2018 (Ingresso em 2019) INGRESSO DE 6ª PARA 7º. ANO/2019 DO ENSINO FUNDAMENTAL Operações com números naturais: adição, subtração, multiplicação, divisão,

Leia mais

Exercícios sobre tipos de predicado

Exercícios sobre tipos de predicado Exercícios sobre tipos de predicado Exercício 1: Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B SINTAXE

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B SINTAXE LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B SINTAXE 1 Profª. Raquel Freitas Sampaio É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. Identifica e reconhece os constituintes

Leia mais

Planificação anual Português 6º ano

Planificação anual Português 6º ano Planificação anual Português 6º ano Unidades / Textos Unidade 0 Leitura 1.º período Domínios / Conteúdos Nº de aulas previstas Começar de novo Apresentação Texto não literário Texto narrativo. 65 Avaliação

Leia mais

5 Comentários. 5.1 O Problema do Predicativo do Sujeito

5 Comentários. 5.1 O Problema do Predicativo do Sujeito 5 Comentários 5.1 O Problema do Predicativo do Sujeito Considerar o predicativo do sujeito um actante (como fazem Brito e Bechara) implica incluir os tradicionalmente chamados verbos de ligação ou copulativos

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

Pronome relativo A língua portuguesa apresenta 7 formas de pronomes e advérbios relativos consensuais: Que O que Quem O qual Onde Quanto Cujo

Pronome relativo A língua portuguesa apresenta 7 formas de pronomes e advérbios relativos consensuais: Que O que Quem O qual Onde Quanto Cujo Orações Subordinadas Relativas / Adjectivas (Bibliografia: Peres, J. e Móia, T., (1995), Áreas Críticas da Língua Portuguesa, Editorial Caminho, Lisboa) Não são argumentos de um predicador (ou seja, não

Leia mais

DICAS ÚTEIS PARA ORAÇÕES

DICAS ÚTEIS PARA ORAÇÕES DICAS ÚTEIS PARA ORAÇÕES SUBSTANTIVAS ORAÇÃO PRINCIPAL Nome da oração que não possui a conjunção. ORAÇÃO SUBORDINADA Nome da oração que tem no seu início a conjunção; completa uma oração principal. CONJUNÇÃO

Leia mais

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Funções do substantivo Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Orações desenvolvidas São introduzidas por uma conjunção integrante (que,se); ou introduzidas por pronome

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE MORFOLOGIA X SINTAXE 1 TRANSITIVIDADE VERBAL OU PREDICAÇÃO VERBAL 1- VERBOS NOCIONAIS (significativos) ação, fenômeno e movimento VI, VTD, VTI ou VTDI 2- VERBOS RELACIONAIS (não-significativos) estado,

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Termos Integrantes Sintaxe Termos Integrantes Termos integrantes Objeto Direto Objeto Indireto Complemento Nominal Agente da Passiva Predicativo do Sujeito

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. Indica estado; VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Ensino Fundamental 9º ano Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

Exercícios de múltipla escolha

Exercícios de múltipla escolha Exercícios de múltipla escolha 1-A classe gramatical da palavra alegria é: a-substantivo b-adjetivo c-advérbio d-pronome e-sujeito 2-A função sintática da palavra alegria é: a-predicado b-predicativo do

Leia mais

Planificação a longo prazo - programa do 6º ano - disciplina de Português Ano letivo de AULAS PREVISTAS (blocos 90)

Planificação a longo prazo - programa do 6º ano - disciplina de Português Ano letivo de AULAS PREVISTAS (blocos 90) Planificação a longo prazo - programa do 6º ano - disciplina de Português Ano letivo de 2016-2017 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO INÍCIO 15 setembro 2016 3 janeiro 2017 16 abril 2017 FINAL 16 dezembro

Leia mais

Exemplos de exercícios

Exemplos de exercícios Sintaxe Exemplos de exercícios Complemento oblíquo Percurso: 1. Constatação da existência de constituintes do GV selecionados pelo verbo (complemento direto, indireto e oblíquo). 2. Treino de reconhecimento

Leia mais

PREDICATIVO DO OBJETO. A vitória tornou eleito o vereador.

PREDICATIVO DO OBJETO. A vitória tornou eleito o vereador. PREDICATIVO DO OBJETO A vitória tornou eleito o vereador. Façamos, pois, a análise sintática: SUJEITO = A vitória PREDICADO = tornou eleito o vereador OBJETO DIRETO = o vereador PREDICATIVO DO OBJETO=

Leia mais

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br Professor Jailton www. professorjailton.com.br Período Composto por Subordinação Oração Subordinada Substantiva Oração Subordinada Adjetiva Oração Subordinada Adverbial Funções do substantivo Sujeito Objeto

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais Finitas Consoante a natureza da relação existente entre a oração subordinada e a subordinante, aquela pode ser: 1. Temporal situa um acontecimento anterior ou posterior

Leia mais

Integrado Aulas 33 e 35 Apostila 5; pág. 81 Pontuação. Prof. Eloy Gustavo

Integrado Aulas 33 e 35 Apostila 5; pág. 81 Pontuação. Prof. Eloy Gustavo Integrado Aulas 33 e 35 Apostila 5; pág. 81 Pontuação 1 Virgulação na Oração Casos Gerais 2 1ª Regra termos naturalmente ligados Termos naturalmente ligados não se separam por qualquer sinal de pausa.

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL Profª Giovana Uggioni Silveira ADJUNTO ADNOMINAL É o termo da oração que acompanha e modifica um substantivo, conferindo-lhe características e atributos. Artigos,

Leia mais

Orações subordinadas 8º ano f. Professora: Allana Rauana Almeida Cortez.

Orações subordinadas 8º ano f. Professora: Allana Rauana Almeida Cortez. 8º ano f Professora: Allana Rauana Almeida Cortez. Definição: adjetivas exercem função sintática de um adjetivo, ou seja, de um adjunto adnominal. Introduzidas pelos pronomes relativos que, cujo, quem,

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação e personagens Espaço e tempo Narrador e modalidades do discurso Narrativas de tradição popular Chocolate à Chuva: as férias de Mariana Chocolate

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV PARECER

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV PARECER Questão 24 A questão 24 aborda sintaxe. O candidato deve identificar a frase em que o pronome oblíquo de 1ª pessoa me pode ser substituído pelo pronome de terceira pessoa lhe, noutras palavras, a frase

Leia mais

OBJETIVOS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS. 1. Identificar o tema e explicitar o assunto. 2. Distinguir o essencial do acessório.

OBJETIVOS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS. 1. Identificar o tema e explicitar o assunto. 2. Distinguir o essencial do acessório. DISCIPLINA: Português ANO DE ESCOLARIDADE: 7º Ano 2016/2017 METAS CURRICULARES DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA PROGRAMA OBJETIVOS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS Oralidade 1. Interpretar discursos orais com

Leia mais

Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte.

Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Exemplo: O jogo será no domingo. O jogo decidirá o campeonato. Reunindo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FUNÇÃO SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FUNÇÃO SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FUNÇÃO SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS Profª. Raquel Freitas Sampaio PARA QUE SABER Os pronomes relativos exercem um papel fundamental nas relações de vínculo e coesão entre

Leia mais

Escola EB 2,3 António Feijó Planificação anual de Português 7º ano 2016/2017

Escola EB 2,3 António Feijó Planificação anual de Português 7º ano 2016/2017 Escola EB 2,3 António Feijó Planificação anual de Português 7º ano 2016/2017 1.º período (65 tempos) Unidades (tempos 45 ) / Textos Domínios / Conteúdos Recursos Unidade 0 (7 tempos) Partida largada fugida!

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação Personagens Narrador Espaço Tempo Modalidades do discurso Diários e memórias Narrativas de tradição popular Saga: Vig, a ilha do mar do Norte Saga:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE Ano letivo de 2016 / 2017 GESTÃO DE CONTEÚDOS Ensino regular Português - 6.º Ano Unidades de Ensino / Conteúdos Nº Aulas Previstas (45 min) Unidades Abordadas: Unidade

Leia mais

VERBO DE LIGAÇÃO E PREDICATIVO DO SUJEITO

VERBO DE LIGAÇÃO E PREDICATIVO DO SUJEITO VERBO DE LIGAÇÃO E PREDICATIVO DO SUJEITO Verbo de Ligação É aquele que, expressando estado, liga características ao sujeito, estabelecendo entre eles (sujeito e características) certos tipos de relações.

Leia mais

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito O estudo do predicado O predicado, como já vimos, é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE GONDOMAR PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS - 8º ANO 2014/20145

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE GONDOMAR PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS - 8º ANO 2014/20145 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE GONDOMAR PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS - 8º ANO 2014/20145 Metas Curriculares (Domínios de Referência, Objetivos e Descritores de Desempenho ORALIDADE 1. Interpretar discursos

Leia mais

Lista de exercícios de Língua Portuguesa

Lista de exercícios de Língua Portuguesa CORREÇÃO DA LISTA DE EXERCÍCIOS 1. A importância do estudo da língua Observe esse trecho retirado de uma redação nota zero. O autor tinha boas ideias, mas infelizmente, foi incapaz de expressá-las com

Leia mais