ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO"

Transcrição

1 A CÂMARA MUNICIPAL DE ALENQUER Praça Luís de Camões ALENQUER - Telef Fax e-mau: aerai6~cm-a eflaue.dt ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO r Proposta da Câmara Municipal, por deliberação de 11 de Abril de 2011 Aprovado pela Assembleia Municipal a 5 de Maio de 2011 Entrada em vigor a 4 de Agosto de 2011

2 Praça Luis de Camões ALENQUER. TeIef Fax e-mali: aerai~cm-aienpuer.w Preâmbulo Considerando que se verificou uma fraca adesão ao Cartão Municipal do Idoso, em vigor desde o dia 14 de Novembro de 2008; Considerando que os documentos exigidos para o processo de candidatura implicam a deslocação dos munícipes a outros serviços, o que acarreta custos que nem sempre estão ao alcance dos mesmos; Considerando que o valor de referência para o cálculo dos rendimentos a considerar para efeitos da atribuição do Cartão Municipal do Idoso, deverá ser adequado à situação económica e social actual, o que poderá permitir o alargamento do número de beneficiários; Considerando que é um desígnio da Câmara Municipal promover um maior apoio no âmbito da 3~ idade; Considerando que a Lei n. 159/99, de 14 de Setembro, transferiu para as autarquias locais atribuições e competências no domínio da acção social designadamente a participação destas, em cooperação com instituições de solidariedade social e em parceria com a administração central, em programas e projectos de acção social de âmbito municipal direccionados para o combate à pobreza e à exclusão social; Considerando que, de acordo com a alínea c) do n. 4 do artigo 64, da Lei 169/99, de 18 de Setembro, é da competência da Câmara Municipal estabelecer em Regulamento Municipal as condições relativas à prestação de serviços e apoios a estratos sociais desfavorecidos; Assim, no uso da competência prevista pelos artigos 112. e 241. da Constituição da República Portuguesa e conferida pela alínea a) do n. 6 do artigo 64. com remissão para a alínea a) do n. 2 do artigo 53., ambas da Lei n. 169/99, de 18 de Setembro, na redacção dada pela Lei n. 5-N2002, de lide Janeiro, a Assembleia Municipal na segunda reunião realizada a 5 de Maio de 2011, da sessão ordinária de 27 de Abril de 2011, aprovou a ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO, sob proposta desta Câmara Municipal aprovada na sua reunião ordinária de ii de Abril de 2011, cumpridas que foram as determinações constantes do artigo do Código do Procedimento Administrativo. ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUMCIPAL DO IDOSO FI. 1

3 1 ri CÂMARA MUNICIPAL DE ALENQUER Praça Luis de Camões ALENQUER. Telef Fax e-mau Artigo 1. Alterações ao Regulamento do Cartão Municipal do Idoso O artigo 1O. do Regulamento é revogado e os artigos 4, 5, 70, 9.o e 11.0, Regulamento passam a ter a seguinte redacção: 13 e 15. do «Artigo 4. E Ter idade igual ou superior a 65 anos; 2- Residir e ser eleitor no concelho de Alenquer permanentemente; 3- Ter um rendimento mensal per capita do agregado familiar igual ou inferior ao valor do indexante dos Apoios Sociais (IAS), fixado para o ano civil a que se reporta o pedido. Artigo 5. Para efeitos do presente Regulamento são considerados como rendimentos, todos os recursos do agregado familiar que sejam traduzidos ou traduziveis em numerário designadamente os provenientes do trabalho, de pensões, de reformas, de prestações a cargo de companhias de seguro ou de fundos de pensões, de rendimentos prediais ou quaisquer outros com carácter duradouro ou habitual. 1 Artigo 7.. ] 2 - Os documentos necessários para a adesão ao Cartão Municipal do Idoso são os seguintes: a) Revogada; b) Fotocópia do documento de identificação válido; c) d) Revogada; e) Declaração da Junta de Freguesia na qual deve constar o número de eleitor, o local de A. 2

4 Praça Luis de Gamões ALENQUER. Telef Fax e-mau: ~4: residência e a composição do agregado familiar; f) Revogada; g) Fotocópia do último recibo de pensões ou comprovativo do seu valor, assim como comprovativos dos rendimentos dos demais elementos do agregado familiar; h) Revogada; i) Revogada. 3 - Sempre que não seja possível entregar, no acto de candidatura, todos os documentos exigidos no n. anterior, deverão fazê-lo no prazo de 10 dias, sob pena de cancelamento da mesma. 4- Artigo 9. [ O Cartão Municipal do Idoso concede aos seus titulares os seguintes benefícios: a) b) Pequenas reparações domésticas no domicílio a realizar pelos serviços da Câmara Municipal de Alenquer, através da Oficina Domiciliária que obedece a normas de funcionamento próprias. 2 A Câmara Municipal de Alenquer pode ainda conceder outros benefícios, que serão publicados no Boletim Municipal e publicitados pelos meios habituais. Artigo 1O. Revogado Artigo Não permitir a utilização do Cartão por terceiros, salvo em casos excepcionais de impossibilidade do titular, nomeadamente incapacidade de deslocação para requerer os benefícios. FI. 3

5 Praça Luis de Camões ALENQUER. Telef Fax e-mau: 4- Artigo Constituem causa de cessação do direito de utilização do Cartão Municipal do Idoso, nomeadamente: a) b) c) d) Revogada; e) 2 - As situações indicadas no presente artigo terão como consequência imediata a anulação do Cartão, a devolução do valor correspondente aos beneficios obtidos e a período de 1 ano, de requerer o Cartão Municipal do Idoso. interdição por um Artigo ] 1 - O Cartão Municipal do Idoso tem a validade de 2 anos e deverá ser renovado pelo beneficiário. 2 - A renovação é gratuita e obedece ao processo estabelecido no artigo 4 deste Regulamento. 3 - Revogado.)) Artigo 2. Entrada em vigor A presente Alteração ao Regulamento entra em vigor 15 dias após a sua publicação. ALTERAçÃo AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso Regulamento do Cartão Municipal do Idoso Preâmbulo Considerando a importância crescente do papel das autarquias locais, no âmbito do apoio às populações, a Câmara Municipal de Grândola atenta que está

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS. Regulamento Municipal para o Programa de Turismo Sénior

CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS. Regulamento Municipal para o Programa de Turismo Sénior CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS Regulamento Municipal para o Programa de Turismo Sénior Preâmbulo Considerando a necessidade de apoiar as pessoas idosas, proporcionando-lhes momentos lúdicos, de lazer e de

Leia mais

Freguesia de Penela da Beira

Freguesia de Penela da Beira EDITAL Alexandre Rui Lopes Escudeiro, Presidente da Junta de Freguesia de Penela da Beira: Torna público que esta Junta de Freguesia em reunião extraordinária de 17 de Setembro de 2010, aprovou o seguinte

Leia mais

Município de Monforte REGULAMENTO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO

Município de Monforte REGULAMENTO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO Município de Monforte REGULAMENTO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO Convertido para formato digital em 16 de fevereiro de 2013. Aplicação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa - Cumprimento da Resolução do

Leia mais

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso do Concelho de Ferreira do Zêzere

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso do Concelho de Ferreira do Zêzere REGULAMENTOS Regulamento do Cartão Municipal do Idoso do Concelho de Ferreira do Zêzere MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÂMARA MUNICIPAL Aprovado pela Câmara Municipal por deliberação de 09 de fevereiro

Leia mais

Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento estabelece as regras de adesão e utilização do Cartão Almodôvar Solidário.

Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento estabelece as regras de adesão e utilização do Cartão Almodôvar Solidário. Regulamento do Cartão Almodôvar Solidário Preâmbulo Decorridos cerca de seis anos sobre a implementação do Cartão Municipal do Idoso, o qual constituiu um importante marco no apoio aos mais desfavorecidos,

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL 65 +

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL 65 + REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL 65 + Elaborado Por: Desenvolvimento Social Acção Social Data: Verificado Por: Data: Aprovado por: Câmara Municipal de Estremoz Data: 05/01/2011 Aprovado por: Assembleia

Leia mais

Regulamento do Cartão Sénior do Município do Funchal

Regulamento do Cartão Sénior do Município do Funchal Regulamento do Cartão Sénior do Município do Funchal Nota Justificativa O Município do Funchal, ao longo dos anos, tem vindo a implementar programas destinados à população sénior residente no concelho,

Leia mais

Regulamento do Cartão Jovem Municipal Nota justificativa

Regulamento do Cartão Jovem Municipal Nota justificativa Regulamento do Cartão Jovem Municipal Nota justificativa Considerando que o Município do Barreiro tem como princípio o bem-estar, a realização pessoal e a plena participação social dos jovens. Considerando

Leia mais

Regulamento de implementação e funcionamento da Loja Social de Alenquer

Regulamento de implementação e funcionamento da Loja Social de Alenquer Regulamento de implementação e funcionamento da Loja Social de Alenquer Nota Justificativa Num contexto marcado por uma profunda crise sócio-económica, que origina o crescente aumento de situações de pobreza

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVATERRA DE MAGOS. Regulamento para atribuição de bolsas de estudo a alunos do ensino superior. Preâmbulo

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVATERRA DE MAGOS. Regulamento para atribuição de bolsas de estudo a alunos do ensino superior. Preâmbulo CÂMARA MUNICIPAL DE SALVATERRA DE MAGOS Regulamento para atribuição de bolsas de estudo a alunos do ensino superior Preâmbulo O desenvolvimento de medidas de carácter social com o intuito de melhorar as

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DA LAGOA Regulamento n.º 27/2007 de 3 de Setembro de 2007

CÂMARA MUNICIPAL DA LAGOA Regulamento n.º 27/2007 de 3 de Setembro de 2007 CÂMARA MUNICIPAL DA LAGOA Regulamento n.º 27/2007 de 3 de Setembro de 2007 Torna público, em conformidade com a deliberação tomada pela Câmara Municipal, em sua reunião ordinária realizada a 23 de Julho

Leia mais

Regulamento do Cartão do Idoso do Município de Vila do Porto

Regulamento do Cartão do Idoso do Município de Vila do Porto MUNICÍPIO DE VILA DO PORTO Regulamento do Cartão do Idoso do Município de Vila do Porto Carlos Henrique Lopes Rodrigues, Presidente da Câmara Municipal do concelho de Vila do Porto: Torna público que,

Leia mais

Regulamento do CARTÃO MUNICIPAL SÉNIOR. Nota Justificativa

Regulamento do CARTÃO MUNICIPAL SÉNIOR. Nota Justificativa Regulamento do CARTÃO MUNICIPAL SÉNIOR Nota Justificativa Perante o envelhecimento e solidão em que os idosos do concelho se encontram e, tendo em conta a saúde e rendimentos precários que os caracterizam,

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL. DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL. DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura (APRESENTAR ORIGINAIS E ENTREGAR FOTOCÓPIAS DE TODOS OS DOCUMENTOS) B.I./ C.C./Cédula

Leia mais

Regulamento Municipal de Atribuição do Cartão Social do Reformado, Pensionista e Idoso

Regulamento Municipal de Atribuição do Cartão Social do Reformado, Pensionista e Idoso Regulamento Municipal de Atribuição do Cartão Social do Reformado, Pensionista e Idoso Preâmbulo A Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, na redacção dada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro, prevê, na

Leia mais

MUNICÍPIO DE BARRANCOS

MUNICÍPIO DE BARRANCOS MUNICÍPIO DE BARRANCOS Regulamento do Programa Casa Jovem Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento Jovem e de Incentivo ao Mercado de Arrendamento Local Preâmbulo No âmbito do Programa de Intervenção

Leia mais

REGULAMENTO. Projeto Esperança

REGULAMENTO. Projeto Esperança REGULAMENTO Projeto Esperança Aprovação Câmara Municipal: 21-12-2015 Assembleia Municipal: 12-02-2016 REGULAMENTO PROJETO ESPERANÇA PREÂMBULO O Município de Arruda dos Vinhos, no desenvolvimento da sua

Leia mais

APOIO À RECUPERAÇÃO HABITACIONAL DE ESTRATOS SOCIAIS DESFAVORECIDOS

APOIO À RECUPERAÇÃO HABITACIONAL DE ESTRATOS SOCIAIS DESFAVORECIDOS APOIO À RECUPERAÇÃO HABITACIONAL DE ESTRATOS SOCIAIS DESFAVORECIDOS FORMULÁRIO DE CANDIDATURA I. Apoio à recuperação habitacional 1ª Candidatura Recandidatura POR FAVOR LEIA ATENTAMENTE O FORMULÁRIO DE

Leia mais

Ação Social NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA LOJA SOLIDÁRIA MUNICÍPIO DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO

Ação Social NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA LOJA SOLIDÁRIA MUNICÍPIO DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO Ação Social NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA LOJA SOLIDÁRIA MUNICÍPIO DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO Nota justificativa O Município de Sobral de Monte Agraço, no exercício das suas competências, deverá promover e/ou

Leia mais

Proposta de Regulamento para atribuição do Cartão Municipal do Idoso

Proposta de Regulamento para atribuição do Cartão Municipal do Idoso Proposta de Regulamento para atribuição do Cartão Municipal do Idoso Nas sociedades contemporâneas reveste especial preocupação as condições e qualidade de vida, designadamente da população considerada

Leia mais

Universidade Lusófona do Porto Bolsas de Estudo. Regulamento

Universidade Lusófona do Porto Bolsas de Estudo. Regulamento Universidade Lusófona do Porto Bolsas de Estudo Regulamento 1. Requisitos a cumprir para candidatura - Não ser detentor/a de grau académico universitário; - Não beneficiar de outra bolsa de estudo ou vantagem

Leia mais

PROJETO REGULAMENTO MUNICIPAL DO PROGRAMA DE COMPARTICIPAÇÃO DE MEDICAMENTOS AOS IDOSOS CARENCIADOS

PROJETO REGULAMENTO MUNICIPAL DO PROGRAMA DE COMPARTICIPAÇÃO DE MEDICAMENTOS AOS IDOSOS CARENCIADOS PROJETO REGULAMENTO MUNICIPAL DO PROGRAMA DE COMPARTICIPAÇÃO DE MEDICAMENTOS AOS IDOSOS CARENCIADOS PREÂMBULO Os idosos são tradicionalmente um grupo social com dificuldades reconhecidas que advém, sobretudo

Leia mais

REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES

REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES Divisão de Educação e Promoção Social Ano Letivo 2014/2015 Regulamento Municipal para atribuição de Auxílios Económicos relativos a manuais escolares,

Leia mais

Regulamento de Concessão de Bolsas de Estudo Para o Ensino Superior. Aprovado após deliberação em reunião de Câmara de dia 16 de Dezembro de 2009

Regulamento de Concessão de Bolsas de Estudo Para o Ensino Superior. Aprovado após deliberação em reunião de Câmara de dia 16 de Dezembro de 2009 Regulamento de Concessão de Bolsas de Estudo Para o Ensino Superior Aprovado após deliberação em reunião de Câmara de dia 16 de Dezembro de 2009 Beja, 2009 Artigo 1º Objecto O presente regulamento estabelece

Leia mais

Regulamento do Programa Municipal de Incentivo à Natalidade Nota Justificativa

Regulamento do Programa Municipal de Incentivo à Natalidade Nota Justificativa Regulamento do Programa Municipal de Incentivo à Natalidade Nota Justificativa Considerando: - A importância que a área do desenvolvimento social assume na política de ação social do Município de Cinfães;

Leia mais

Tarifário para Tarifário para 2015

Tarifário para Tarifário para 2015 Tarifário para 2015 Setembro de 2014 Página 1 de 12 Índice Tarifas de Abastecimento... 3 Tarifas de Saneamento... 4 Outros serviços de abastecimento... 5 Outros serviços de saneamento... 7 Processos de

Leia mais

REGULAMENTO DO SUBSÍDIO AO ARRENDAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO

REGULAMENTO DO SUBSÍDIO AO ARRENDAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO REGULAMENTO DO SUBSÍDIO AO ARRENDAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO Artigo 1.º (Âmbito) 1 O presente regulamento regula a concessão de subsídio ao arrendamento pelo município de Santo Tirso. 2 Podem

Leia mais

Municipal de Apoio ao Arrendamento. Preâmbulo

Municipal de Apoio ao Arrendamento. Preâmbulo Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento Preâmbulo O quadro legal de transferência de atribuições e competências para as autarquias locais, estabelecido pela Lei 159/99 de 14 de Setembro, estabelece

Leia mais

PROJETO DE REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO. - Município da Ribeira Brava - Preâmbulo

PROJETO DE REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO. - Município da Ribeira Brava - Preâmbulo PROJETO DE REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO - Município da Ribeira Brava - Preâmbulo O Município da Ribeira Brava, à semelhança da generalidade dos concelhos da Região e do País em geral, tem uma

Leia mais

DECLARAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA

DECLARAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA DECLARAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PRÉVIA CONSTITUIÇÃO DE DIREITOS REAIS DE HABITAÇÃO PERIÓDICA (DRHP) Enquadramento Legal: Decreto-Lei n.º 275/93, de 5 de Agosto, na redacção dada pelo Decreto-Lei n.º 37/2011,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE REGULAMENTO. Subsídio "Apoio ao Estudante"

CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE REGULAMENTO. Subsídio Apoio ao Estudante CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE REGULAMENTO Subsídio "Apoio ao Estudante" A educação é a forma mais simples de transformar uma sociedade. Uma população mais culta permite acolher novas ideias de futuro e

Leia mais

Regulamento sobre a atribuição de apoios para aquisição de medicação e do cartão municipal do idoso. Preâmbulo

Regulamento sobre a atribuição de apoios para aquisição de medicação e do cartão municipal do idoso. Preâmbulo Regulamento sobre a atribuição de apoios para aquisição de medicação e do cartão municipal do idoso Preâmbulo Os apoios sociais assumem particular relevância perante o atual panorama de fragilidade em

Leia mais

REGULAMENTO. Gabinete de Consulta Jurídica e de Apoio Jurídico do Municipio de Arruda dos Vinhos

REGULAMENTO. Gabinete de Consulta Jurídica e de Apoio Jurídico do Municipio de Arruda dos Vinhos REGULAMENTO Gabinete de Consulta Jurídica e de Apoio Jurídico do Municipio de Arruda dos Vinhos Aprovação Câmara Municipal: 02-05-2016 Assembleia Municipal: 27-06-2016 REGULAMENTO DO GABINETE DE CONSULTA

Leia mais

À HABITAÇÃO DEGRADADA NO

À HABITAÇÃO DEGRADADA NO Praça Luis de Camões.2580-318 ALENQUER. Telel. 263730900. Fax 263711 504. e-mau: peral@cm-alenauer.ot i1 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À HABITAÇÃO DEGRADADA NO MUNICÍPIO DE ALENQUER Proposta da Câmara

Leia mais

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE OEIRAS REGULAMENTO CENTRO DE DIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE OEIRAS REGULAMENTO CENTRO DE DIA CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE OEIRAS REGULAMENTO CENTRO DE DIA Artigo 1º Definição 1. O Centro Social Paroquial de Oeiras com sede na Igreja Matriz de Oeiras, é uma Instituição Particular de Solidariedade

Leia mais

Viseu Aconchega. Objetivos do projeto:

Viseu Aconchega. Objetivos do projeto: Normas de Admissão Viseu Aconchega O Projeto Viseu Aconchega tem como finalidade o combate à solidão, a ajuda aos estudantes com dificuldades em alojamento e a revitalização do centro histórico, através

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO SÉNIOR MUNICIPAL NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CARTÃO SÉNIOR MUNICIPAL NOTA JUSTIFICATIVA REGULAMENTO DO CARTÃO SÉNIOR MUNICIPAL NOTA JUSTIFICATIVA Tendo em vista a reformulação do Regulamento do Cartão Municipal do Idoso em vigor desde 1999, considerando a realidade presente e a adequação

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições gerais

CAPÍTULO I Disposições gerais REGULAMENTO DO CARTÃO SOCIAL MUNICIPAL Preâmbulo O Cartão Social Municipal é um documento emitido pela câmara municipal de Proença-a-Nova, com o objetivo de conceder benefícios na utilização de bens e

Leia mais

Câmara Municipal da Lourinhã

Câmara Municipal da Lourinhã Câmara Municipal da Lourinhã Tarifas de Abastecimento de Água, de Saneamento e De Resíduos Sólidos Urbanos Capítulo I Tarifa Social O Município da Lourinhã propõe um novo tarifário de cariz social. As

Leia mais

(PROPOSTA) REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO À HABITAÇÃO DEGRADADA DO MUNICÍPIO DE PONTA DELGADA PREÂMBULO

(PROPOSTA) REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO À HABITAÇÃO DEGRADADA DO MUNICÍPIO DE PONTA DELGADA PREÂMBULO (PROPOSTA) REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO À HABITAÇÃO DEGRADADA DO MUNICÍPIO DE PONTA DELGADA PREÂMBULO Nos termos dos artigos 23.º e 24º do Decreto-Lei n.º 159 de 14 de setembro compete aos municípios

Leia mais

Município de Marvão. Alienação das Habitações do Bairro Fronteira de Marvão

Município de Marvão. Alienação das Habitações do Bairro Fronteira de Marvão Victor Manuel Martins Frutuoso, Presidente da Câmara Municipal de Marvão, torna públicas as condições de alienação das habitações do Bairro da Fronteira, aprovadas na reunião de Câmara Municipal, do dia

Leia mais

MUNICÍPIO DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO. Projeto de Regulamento Municipal de medidas de apoio social e incentivo à fixação de pessoas e famílias

MUNICÍPIO DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO. Projeto de Regulamento Municipal de medidas de apoio social e incentivo à fixação de pessoas e famílias Projeto de Regulamento Municipal de medidas de apoio social e incentivo à fixação de pessoas e famílias Preâmbulo Considerando que a intervenção dos municípios na área social é cada vez mais premente,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE S. DOMINGOS DE RANA CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO CARTÃO APOIO MAIS PREÂMBULO

JUNTA DE FREGUESIA DE S. DOMINGOS DE RANA CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO CARTÃO APOIO MAIS PREÂMBULO REGULAMENTO CARTÃO APOIO MAIS PREÂMBULO O Cartão Apoio Mais é emitido pela Junta de S. Domingos de Rana e tem como objectivo conceder benefícios e descontos na utilização de bens e serviços a cidadãos

Leia mais

MUNICÍPIO DE VALPAÇOS PREÂMBULO

MUNICÍPIO DE VALPAÇOS PREÂMBULO REGULAMENTO MUNICIPAL DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO PREÂMBULO Nos termos do artigo 235.º n.º 2 da Constituição da República Portuguesa, as Autarquias são pessoas colectivas territoriais dotadas de

Leia mais

Aviso de abertura Atribuição de Habitação Social em Regime de Arrendamento Apoiado

Aviso de abertura Atribuição de Habitação Social em Regime de Arrendamento Apoiado Aviso de abertura Atribuição de Habitação Social em Regime de Arrendamento Apoiado Avisam-se todos os interessados que podem ser apresentadas até ao dia 3 de novembro de 2015, as candidaturas para atribuição

Leia mais

Programa de Acompanhamento Solidário Sénior

Programa de Acompanhamento Solidário Sénior Regulamento Interno PASS Considerando a necessidade de regulamentar a resposta social, Programa de Acompanhamento (PASS), elaborou-se o presente regulamento com a finalidade de definir linhas orientadoras.

Leia mais

Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal

Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO, SOCIAL E CULTURAL (DDESC) Regulamento para Atribuição de Apoios a Estratos Sociais Desfavorecidos Regulamento para Atribuição

Leia mais

REQUERIMENTO PRESTAÇÕES POR ENCARGOS FAMILIARES ABONO DE FAMÍLIA PRÉ-NATAL E ABONO DE FAMÍLIA PARA CRIANÇAS E JOVENS

REQUERIMENTO PRESTAÇÕES POR ENCARGOS FAMILIARES ABONO DE FAMÍLIA PRÉ-NATAL E ABONO DE FAMÍLIA PARA CRIANÇAS E JOVENS REQUERIMENTO PRESTAÇÕES POR ENCARGOS FAMILIARES ABONO DE FAMÍLIA PRÉ-NATAL E ABONO DE FAMÍLIA PARA CRIANÇAS E JOVENS INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO O requerimento deve ser preenchido manualmente.

Leia mais

2ª Alteração ao Regulamento Municipal de Apoio à Fixação de Jovens e Famílias. Artigo 1º. Artigo 1º Objeto

2ª Alteração ao Regulamento Municipal de Apoio à Fixação de Jovens e Famílias. Artigo 1º. Artigo 1º Objeto 2ª Alteração ao Regulamento Municipal de Apoio à Fixação de Jovens e Famílias Artigo 1º Os artigos 1º, 2º e 3º que passam a ter a seguinte redação: Artigo 1º Objeto 1. O Programa de apoio visa contribuir

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DAR VIDA AOS ANOS. Preâmbulo

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DAR VIDA AOS ANOS. Preâmbulo REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DAR VIDA AOS ANOS Preâmbulo Tendo por base o n. 8 do artigo 112. e o artigo 241. da Constituição da República Portuguesa, e no âmbito da prossecução das suas atribuições

Leia mais

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso. Preâmbulo

Regulamento do Cartão Municipal do Idoso. Preâmbulo 1 Regulamento do Cartão Municipal do Idoso Preâmbulo O Município de Arronches, à semelhança da generalidade dos concelhos do interior do País, tem uma parte significativa da sua população composta por

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO Preâmbulo O Concelho de Portel, à semelhança da generalidade dos Concelhos do interior do país, tem uma parte significativa

Leia mais

Regulamento para atribuição do Cartão Municipal do Idoso na área do Município de Lagoa Açores

Regulamento para atribuição do Cartão Municipal do Idoso na área do Município de Lagoa Açores Regulamento para atribuição do Cartão Municipal do Idoso na área do Município de Lagoa Açores Preâmbulo Aos Municípios incumbem, em geral, prosseguir os interesses próprios, comuns e específicos das populações

Leia mais

1. A bolsa de Estudo é um apoio social directo aos Associados, estudantes, filhos, adoptados e netos financeiramente carenciados.

1. A bolsa de Estudo é um apoio social directo aos Associados, estudantes, filhos, adoptados e netos financeiramente carenciados. BOLSAS DE ESTUDO E SÉNIOR REGULAMENTO REGULAMENTO PARA AS BOLSAS DE ESTUDO E DAS BOLSAS SENIORES O Conselho de Administração do Cofre de Previdência, deliberou em 14 de Maio de 2013, (acta nº14/13) a atribuição

Leia mais

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO REDUÇÃO DE TAXA CONTRIBUTIVA APOIO À REDUÇÃO DA PRECARIEDADE NO EMPREGO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO

Leia mais

EDITAL 13/2013 PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA

EDITAL 13/2013 PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA EDITAL 13/2013 PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA O (IFRS) - Câmpus Caxias do Sul, em cumprimento às determinações da Lei nº 9.394/96 e legislação regulamentadora, comunica a abertura de Processo

Leia mais

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO REGULAMENTO PREÂMBULO Portugal, quer pelo aumento da esperança de vida, quer pelos baixos níveis da natalidade, está a tornar-se num país com população envelhecida. Valença não

Leia mais

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira A Lei nº 59/2008, de 11 de Setembro, que regula o Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2009,

Leia mais

Regulamento do Fundo Social de Emergência Preâmbulo

Regulamento do Fundo Social de Emergência Preâmbulo Regulamento do Fundo Social de Emergência Preâmbulo A Câmara Municipal de Cinfães, através de medidas de intervenção, inclusão e apoio social, tem vindo a promover ações concertadas e articuladas com os

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE HABITAÇÕES SOCIAIS PREÂMBULO

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE HABITAÇÕES SOCIAIS PREÂMBULO REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE HABITAÇÕES SOCIAIS PREÂMBULO A Constituição da República Portuguesa consagra no seu Artigo 65.º-1, no capítulo reservado aos direitos e deveres sociais, o Direito à Habitação,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PALMELA REGULAMENTO DE ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO SÓCIOEDUCATIVA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

MUNICÍPIO DE PALMELA REGULAMENTO DE ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO SÓCIOEDUCATIVA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGULAMENTO DE ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO SÓCIOEDUCATIVA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR PREÂMBULO A educação pré-escolar constitui a primeira etapa na educação básica, destina-se às crianças com idades compreendidas

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.02

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.02 NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.02 Estatuto das organizações não governamentais das pessoas com deficiência Foi publicado, em Diário da República, o Decreto-Lei n.º 106/2013, de 30 de Julho, que define o estatuto

Leia mais

MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS CÂMARA MUNICIPAL MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS CÂMARA MUNICIPAL PROCEDIMENTO PRÉVIO DE ARREMATAÇÃO POR PROPOSTA EM CARTA FECHADA PARA ATRIBUIÇÃO DA CONCESSÃO DO DIREITO DE OCUPAÇÃO DE LOCAIS DE VENDA NO MERCADO MUNICIPAL

Leia mais

MUNICIPIO DE ALMADA. Assembleia Municipal EDITAL Nº 32/XI-1º/ (Fixação da Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis IMI. para vigorar em 2014)

MUNICIPIO DE ALMADA. Assembleia Municipal EDITAL Nº 32/XI-1º/ (Fixação da Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis IMI. para vigorar em 2014) MUNICIPIO DE ALMADA (Fixação da Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis IMI para vigorar em 2014) EU, JOSÉ MANUEL MAIA NUNES DE ALMEIDA, PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALMADA Torno público

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FRANCA DE XIRA

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FRANCA DE XIRA REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DO DIREITO DE PROPRIEDADE DE IMÓVEIS PARA (A DEFINIR) (com as alterações aprovadas pela Assembleia Municipal em 22/02/2011) PARTE I REGRAS GERAIS Art. 1.º (Âmbito de aplicação)

Leia mais

Junta de Freguesia de Aljustrel. Regulamento para Apoio e Incentivos a Melhorias Básicas em Habitações e a Demolição de Barracões

Junta de Freguesia de Aljustrel. Regulamento para Apoio e Incentivos a Melhorias Básicas em Habitações e a Demolição de Barracões Junta de Freguesia de Aljustrel Regulamento para Apoio e Incentivos a Melhorias Básicas em Habitações e a Demolição de Barracões INTRODUÇÃO Considera a Junta de Freguesia de Aljustrel que uma habitação

Leia mais

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO. Preâmbulo

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO. Preâmbulo REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO Preâmbulo Faz parte da missão do grupo Águas de Portugal (Grupo AdP) constituir-se como uma referência no setor do ambiente, de forma a promover a universalidade,

Leia mais

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL, S.R. DA SAÚDE Portaria n.º 52/2014 de 30 de Julho de 2014

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL, S.R. DA SAÚDE Portaria n.º 52/2014 de 30 de Julho de 2014 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL, S.R. DA SAÚDE Portaria n.º 52/2014 de 30 de Julho de 2014 Considerando que o regime dos reembolsos é um benefício único aos utentes do

Leia mais

CALHETA D ESPERANÇAS

CALHETA D ESPERANÇAS CÂMARA MUNICIPAL DA CALHETA MADEIRA REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO À FAMILIA E INCENTIVO À NATALIDADE CALHETA D ESPERANÇAS Página 1 de 5 Nota Justificativa Considerando a crescente intervenção deste Município

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA NOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO CONCELHO DE ALPIARÇA

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA NOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO CONCELHO DE ALPIARÇA REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA NOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO CONCELHO DE ALPIARÇA O presente documento tem por objecto a regulamentação

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO. Preâmbulo

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO. Preâmbulo REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO Preâmbulo A educação e formação dos jovens são fatores essenciais para o desenvolvimento económico e social do concelho e da região onde nos inserimos. Neste

Leia mais

Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional

Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional Nota Justificativa Ao abrigo do quadro legal de atribuições e competências dos municípios, consolidado na Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA

REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA PRINCÍPIOS GERAIS O presente regulamento define as normas de funcionamento da Assembleia de Parceiros do Grupo de

Leia mais

CÓDIGO DA EXECUÇÃO DAS PENAS E MEDIDAS PRIVATIVAS DA LIBERDADE. Actualização N.º 1

CÓDIGO DA EXECUÇÃO DAS PENAS E MEDIDAS PRIVATIVAS DA LIBERDADE. Actualização N.º 1 CÓDIGO DA EXECUÇÃO DAS PENAS E MEDIDAS PRIVATIVAS DA LIBERDADE Actualização N.º 1 Código da Execução das Penas e Medidas Privativas da Liberdade 2 TÍTULO: AUTOR: CÓDIGO DA EXECUÇÃO DAS PENAS E MEDIDAS

Leia mais

REGULAMENTO DE EMERGÊNCIA SOCIAL DE CONDEIXA-A-NOVA Página 1 de 19 NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DE EMERGÊNCIA SOCIAL DE CONDEIXA-A-NOVA Página 1 de 19 NOTA JUSTIFICATIVA Página 1 de 19 NOTA JUSTIFICATIVA A pobreza representa uma privação do direito básico de cada indivíduo participar plenamente na vida social, económica, cultural e política da comunidade em que se insere.

Leia mais

ADAPTA O REGIME DA CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES AO REGIME GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL EM MATÉRIA DE APOSENTAÇÃO E CÁLCULO DE PENSÕES

ADAPTA O REGIME DA CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES AO REGIME GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL EM MATÉRIA DE APOSENTAÇÃO E CÁLCULO DE PENSÕES ADAPTA O REGIME DA CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES AO REGIME GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL EM MATÉRIA DE APOSENTAÇÃO E CÁLCULO DE PENSÕES APROVADO PELA LEI N.º 52/2007, DE 31 DE AGOSTO ALTERADA PELOS SEGUINTES

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 127, DE 25 DE AGOSTO DE (Publicado no DOU, Seção 1, de 24/09/2015, pág. 100)

RESOLUÇÃO Nº 127, DE 25 DE AGOSTO DE (Publicado no DOU, Seção 1, de 24/09/2015, pág. 100) RESOLUÇÃO Nº 127, DE 25 DE AGOSTO DE 2015. (Publicado no DOU, Seção 1, de 24/09/2015, pág. 100) Dispõe sobre a criação de Carteira de Identidade Especial para os Conselheiros do CNMP. O CONSELHO NACIONAL

Leia mais

DECRETO N.º 189/IX DEFINE O REGIME JURÍDICO DA ASSISTÊNCIA NOS LOCAIS DESTINADOS A BANHISTAS. Artigo 1.º Objecto

DECRETO N.º 189/IX DEFINE O REGIME JURÍDICO DA ASSISTÊNCIA NOS LOCAIS DESTINADOS A BANHISTAS. Artigo 1.º Objecto DECRETO N.º 189/IX DEFINE O REGIME JURÍDICO DA ASSISTÊNCIA NOS LOCAIS DESTINADOS A BANHISTAS A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, para valer como

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DA BOLSA DE TERRAS DE CAMINHA

REGULAMENTO MUNICIPAL DA BOLSA DE TERRAS DE CAMINHA REGULAMENTO MUNICIPAL DA BOLSA DE TERRAS DE CAMINHA ÍNDICE Preâmbulo...1 Artigo 1.º Objeto e objetivos... 1 Artigo 2.º Condições de adesão... 1 Artigo 3.º Funcionamento... 2 Artigo 4.º Responsabilidades...

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA 1/6 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (nº SM ) Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais

ACADEMIA NACIONAL SUPERIOR DE ORQUESTRA. Ano lectivo de 2013/2014 REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDO. Capítulo I Disposições Gerais

ACADEMIA NACIONAL SUPERIOR DE ORQUESTRA. Ano lectivo de 2013/2014 REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDO. Capítulo I Disposições Gerais ACADEMIA NACIONAL SUPERIOR DE ORQUESTRA Ano lectivo de 2013/2014 REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDO Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1 Objecto O presente Regulamento disciplina a atribuição de Bolsas

Leia mais

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO (1ª REVISÃO)

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO (1ª REVISÃO) REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO (1ª REVISÃO) PREÂMBULO O Centro de Apoio Social e Acolhimento C.A.S.A. Bernardo Manuel Silveira Estrela, doravante designado por C.A.S.A., é uma Instituição

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALENQUER

CÂMARA MUNICIPAL DE ALENQUER F 1. 2580 318 ALENQUER Telel, 263 730 900 Faz 263 711 504 geral@cni alenquer,pi www.cm alenquer.pt EDITAL N. 114/2010 JORGE MANUEL DA CUNHA MENDES RISO, PRESIDENTE DA : TORNA PÚBLICO que, após apreciação

Leia mais

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Altera o Código de Processo Civil, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 44129, de 28 de Dezembro de 1961, designadamente procedendo à introdução da regra de competência territorial

Leia mais

INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO. Requerimento PRESTAÇÕES FAMILIARES Abono de Família Pré-Natal e Abono de Família para Crianças e Jovens

INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO. Requerimento PRESTAÇÕES FAMILIARES Abono de Família Pré-Natal e Abono de Família para Crianças e Jovens INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO Requerimento PRESTAÇÕES FAMILIARES Abono de Família Pré-Natal e Abono de Família para Crianças e Jovens Nota: Os requerentes de abono de família para crianças

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE MANTEIGAS E A FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE SÃO PEDRO DO CONCELHO DE MANTEIGAS

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE MANTEIGAS E A FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE SÃO PEDRO DO CONCELHO DE MANTEIGAS PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE MANTEIGAS E A FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE SÃO PEDRO DO CONCELHO DE MANTEIGAS Considerando que: a) nos termos do disposto no artigo 23º da Lei

Leia mais

MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO

MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA I Âmbito de Aplicação O. (indicar o tipo de estabelecimento ou estrutura prestadora de serviços) designado por (indicar

Leia mais

Portaria n.º 879-A/2010, de 29 de Novembro, Série II, n.º231

Portaria n.º 879-A/2010, de 29 de Novembro, Série II, n.º231 Aprova os modelos oficiais do recibo designado de recibo verde electrónico A generalização da utilização das tecnologias da informação e da comunicação nos procedimentos administrativos é reconhecida internacionalmente

Leia mais

Altera a Lei Geral Tributária, o Código de Procedimento e de Processo Tributário e o Regime Geral das Infracções Tributárias

Altera a Lei Geral Tributária, o Código de Procedimento e de Processo Tributário e o Regime Geral das Infracções Tributárias DECRETO N.º 139/X Altera a Lei Geral Tributária, o Código de Procedimento e de Processo Tributário e o Regime Geral das Infracções Tributárias A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c)

Leia mais

PARA ALUGUER DE EQUIPAMENTO

PARA ALUGUER DE EQUIPAMENTO Anúncio Procedimento n.º P05/2012 PARA ALUGUER DE EQUIPAMENTO 1 ANUNCIO ANUNCIO PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA PARA ALUGUER DE EQUIPAMENTO Artigo 1º Designação do contrato a celebrar -------------------------------------------------------------------------------4

Leia mais

Centro Comunitário...1. Índice...1. Centro Comunitário...3. Capítulo I...3. O Estabelecimento: Natureza e Objectivos...3

Centro Comunitário...1. Índice...1. Centro Comunitário...3. Capítulo I...3. O Estabelecimento: Natureza e Objectivos...3 REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO ÍNDICE Centro Comunitário...1 Índice...1 Centro Comunitário...3 Capítulo I...3 O Estabelecimento: Natureza e Objectivos...3 Artigo 1º - Caracterização e Localização...3

Leia mais

ESTABELECE MECANISMOS DE CONVERGÊNCIA

ESTABELECE MECANISMOS DE CONVERGÊNCIA ESTABELECE MECANISMOS DE CONVERGÊNCIA DO REGIME DE PROTEÇÃO SOCIAL DA FUNÇÃO PÚBLICA COM O REGIME GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL NO QUE RESPEITA ÀS CONDIÇÕES DE APOSENTAÇÃO E CÁLCULO DAS PENSÕES (LEI N.º 60/2005,

Leia mais

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO SERVIÇO MUNICIPAL DE PROTECÇÃO CIVIL Edital n.º 82/2000 (2.ª série). AP. Carlos Alberto Pinto de Oliveira, presidente da Câmara Municipal da Azambuja: Torna público

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCANENA CÂMARA MUNICIPAL. Regulamento Cartão Sénior Municipal

MUNICÍPIO DE ALCANENA CÂMARA MUNICIPAL. Regulamento Cartão Sénior Municipal Regulamento Cartão Sénior Municipal Artigo 1º Objeto 1- O Cartão Sénior Municipal é um cartão emitido pela Câmara Municipal de Alcanena que tem como destinatários os cidadãos residentes no concelho de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE GRÂNDOLA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO PARA O ENSINO SUPERIOR

CÂMARA MUNICIPAL DE GRÂNDOLA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO PARA O ENSINO SUPERIOR CÂMARA MUNICIPAL DE GRÂNDOLA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO PARA O ENSINO SUPERIOR Cap. I Disposições Gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento disciplina a atribuição de bolsas de

Leia mais

TARIFÁRIO DOS SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO A VIGORAR EM 2014

TARIFÁRIO DOS SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO A VIGORAR EM 2014 TARIFÁRIO DOS SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO A VIGORAR EM 2014 Tarifário de abastecimento de água: O tarifário do serviço de abastecimento de água compreende uma componente fixa e uma componente

Leia mais

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA CÓDIGO DA ESCOLA 404457 CONTRIBUINTE Nº: 600074129 RUA LONGJUMEAU 3150-122 CONDEIXA-A-NOVA Telf.: 239940200 Fax: 239941090 Email: info@eps-condeixa-a-nova.rcts.pt REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR

Leia mais

Associação Alentejo de Excelência ESTATUTOS. Artigo 1º Denominação, Sede e Duração

Associação Alentejo de Excelência ESTATUTOS. Artigo 1º Denominação, Sede e Duração Associação Alentejo de Excelência ESTATUTOS Artigo 1º Denominação, Sede e Duração 1. A associação, sem fins lucrativos, adopta a denominação de Alentejo de Excelência - Associação para a Competitividade,

Leia mais

Regulamento de alienação de lotes de terreno para habitação no loteamento das Eiras de Baixo

Regulamento de alienação de lotes de terreno para habitação no loteamento das Eiras de Baixo Regulamento de alienação de lotes de terreno para habitação no loteamento das Eiras de Baixo 1 REGULAMENTO DE ALIENAÇÃO DE LOTES DE TERRENO PARA HABITAÇÃO Na prossecução dos objectivos estabelecidos pela

Leia mais