TEREZA APARECIDA ASTA GEMIGNANI. Doutora em Direito do Trabalho- USP Membro da ANDT Vice diretora da Escola Judicial do TRT

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEREZA APARECIDA ASTA GEMIGNANI. Doutora em Direito do Trabalho- USP Membro da ANDT Vice diretora da Escola Judicial do TRT"

Transcrição

1 TEREZA APARECIDA ASTA GEMIGNANI Desembargadora do TRT de Campinas Doutora em Direito do Trabalho- USP Membro da ANDT Vice diretora da Escola Judicial do TRT

2 dar O conceito de retribuição receber entre iguais retribuir formou o embrião dos institutos do débito/crédito JUSTIÇA COMUTATIVA privativa de quem era cidadão

3 Aumento das desigualdades O outro é visto como um objeto passível de dominação/sujeição ( Foucault- A microfísica do poder) Os critérios de Justiça Comutativa são insuficientes para resolver os conflitos sociais. As providencias distributivas se davam pelo critério do assistencialismo, travestidas de políticas públicas que dependiam dos humores de quem estivesse no poder

4 Insere a Justiça Distributiva no edifício jurídico e lhe confere caráter normativo (O. Viana x Waldemar Ferreira) Constrói o conceito de dignidade nas relações assimétricas O outro, embora desigual, deixa de ser objeto e passa a ostentar a condição de sujeito Entende que os direitos fundamentais são oponíveis não apenas em face do Estado, mas também nas relações entre particulares.

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14 - complexidade - velocidade - pressão

15

16

17

18 O desafio de criar parâmetros de responsabilidade num mundo que cultiva a irresponsabilidade. A responsabilidade como conceito nuclear do direito e sua nova formatação A construção do conceito de responsabilidade coletiva

19 A imputação de responsabilidade fundada na culpa se revelou insuficiente para solucionar os novos conflitos, surgidos em decorrência da intensificação das situações de risco. Isto significa o fim da responsabilidade subjetiva e sua substituição pela responsabilidade objetiva?

20 A responsabilidade subjetiva continua no ordenamento e assim deve ser observada a fim de garantir: 1- O direito de regresso 2- A ação profilática/educativa do direito como balizador da conduta social.

21 O que é gestão por assédio? ACP n Relatora Des. Tereza Aparecida Asta Gemignani A organização empresarial contemporânea produtividade-pressão-ritmo Os limites do corpo e da mente. Os períodos de descanso. Os tempos da vida privada

22 Indenização por dano existencial Indenização por dano moral coletivo

23 TUTELA DE URGÊNCIA- art I do CPC O juiz poderá, à requerimento da parte, antecipar,total ou parcialmente,os efeitos da tutela pretendida no pedido inicial,desde que, existindo prova inequívoca,se convença da verossimilhança da alegação e : I- haja fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação

24 TUTELA DE EVIDÊNCIA- art II do CPC O juiz poderá, à requerimento da parte, antecipar,total ou parcialmente,os efeitos da tutela pretendida no pedido inicial,desde que, existindo prova inequívoca,se convença da verossimilhança da alegação e : II- fique caracterizado o abuso do direito de defesa ou o manifesto propósito protelatório do réu.

25 Artigo 461- CPC Na ação que tenha por objeto o cumprimento da obrigação de fazer/não fazer, o juiz concederá a tutela específica da obrigação ou determinará providencias que assegurem o resultado prático equivalente ao do adimplemento. parágrafo 3º Sendo relevante o fundamento da demanda e havendo justificado receio de ineficácia do provimento final, é lícito ao juiz conceder a tutela liminarmente ou mediante justificação prévia, citado o réu. A medida liminar poderá ser revogada ou modificada, a qualquer tempo, em decisão fundamentada.

26 Parágrafo 4º O juiz poderá impor multa diária ao réu,independentemente de pedido do autor, se for suficiente ou compatível com a obrigação, fixando-lhe prazo razoável para o cumprimento do preceito. Parágrafo 5º Para a efetivação da tutela específica ou a obtenção do resultado prático equivalente, o juiz poderá,de oficio ou a requerimento, determinar as medidas necessárias, tais como a imposição de multa por tempo de atraso,busca e apreensão,remoção de pessoas e coisas, desfazimento de obras e impedimentos de atividade nociva, se necessário com requisição de força policial

27 Não convém afastar a cominação de astreine para inibir conduta futura, porque a partir da reparação do ilícito pela empresa a tutela reparatória converte-se em tutela inibitória, preventiva de eventual descumprimento, não dependendo da existência efetiva do dano. TST-E-ED-RR Tel. Min. Augusto César- 15/05/2014.

28

29 A precaução visa estimular o comportamento cuidadoso, mediante a adoção antecipada de medidas amplas, que possam garantir uma suficiente margem de segurança da linha de perigo, a fim de evitar a ocorrência de possível ameaça à saúde e segurança. Aponta para a adoção de condutas acautelatórias de caráter geral, considerando o risco em potencial in dubio pro securitate

30 A prevenção visa garantir a adoção antecipada de medidas definidas que possam evitar a ocorrência de um dano provável, numa determinada situação, reduzindo ou eliminando suas causas, quando se tem conhecimento de um risco concreto e determinado

31 A precaução e a prevenção vão estimular um novo tipo de conduta, com o escopo de evitar que o dano ocorra. Reduzem o nível da conflitualidade Reduzem a gravidade das consequências para o trabalhador, a empresa e a sociedade.

32

33 DAR CONCRETUDE AOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS PROMOVER O TRABALHO DECENTE PREVENIR LESÕES, ACIDENTES E DOENÇAS REDUZIR CONFLITOS GARANTIR EFICIÊNCIA - melhor resultado/menor custo

34 O EIXO DAS NOVAS TUTELAS mudança de mentalidade da reparação para a prevenção da ideia de custo investimento

35

36 BENEFÍCIOS

37

38 A atividade jurisdicional se revela indispensável para colmatar as lacunas do ordenamento infraconstitucional, levando à edificação de novos marcos normativos, num movimento que cada vez mais estimula o diálogo entre as diferentes fontes de direito. Trata-se de um método valorativo e inovador Considera as especificidades do caso concreto a fim de preservar a coerência do sistema.

39 Os desafios da era contemporânea exigem a construção de um novo modelo, baseado na harmonização, em que a maior atuação de um, ou de outro, depende da ponderação dos valores em conflito, para garantir que o ordenamento jurídico se mantenha apto a operr com funcionalidade,não só na solução do conflito existente, mas também na PREVENÇÃO dos novos conflitos.

40

41 A Era contemporânea, marcada pela crescente complexidade dos conflitos, desafia a edificação de uma jurisdição trabalhista constitucional pautada pela eficiência. A mera cominação de ressarcimento de um dano que já ocorreu não atende a este escopo. Necessidade de evitar o dano conferindo maior amplitude às tutelas de urgência e de evidência. Necessidade de implementar novas tutelas como a prevenção e a precaução.

42

43

TIPOS DE PROCESSO. Os processos são classificados de acordo. com o tipo de provimento jurisdicional. pretendido / depende do tipo de

TIPOS DE PROCESSO. Os processos são classificados de acordo. com o tipo de provimento jurisdicional. pretendido / depende do tipo de TIPOS DE PROCESSO Os processos são classificados de acordo com o tipo de provimento jurisdicional pretendido / depende do tipo de resultado esperado pela parte Processo de Conhecimento é aquele em que

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Faculdade de Direito Teoria Geral do Processo 2 Professor Vallisney Grupo: Daniel Rezende (13/0106607), Leonardo Maia (13/0120171), Vitor Salazar (13/0137227), Diogo Eira (13/0107701).

Leia mais

Conteúdo: Antecipação dos Efeitos da Tutela: Conceito, Requisitos, Conteúdo, Legitimidade, Antecipação de Tutela em Pedido Incontroverso.

Conteúdo: Antecipação dos Efeitos da Tutela: Conceito, Requisitos, Conteúdo, Legitimidade, Antecipação de Tutela em Pedido Incontroverso. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Processo Civil / Aula 23 Professor: Edward Carlyle Conteúdo: Antecipação dos Efeitos da Tutela: Conceito, Requisitos, Conteúdo, Legitimidade, Antecipação de Tutela

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 Dispõe sobre a substituição processual pelo sindicato da categoria profissional. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º O sindicato da categoria profissional,

Leia mais

Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos Estados Unidos, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de

Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos Estados Unidos, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos Estados Unidos, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de drogas. Um em cada três jovens negros americanos serão presos

Leia mais

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada o Semelhança advinda da sumariedade, medida cautelar e antecipação da tutela não se confundem. Distinguem as figuras no objetivo; a medida cautelar

Leia mais

EXECUÇÃO DAS OBRIGAÇÕES DE FAZER E NÃO FAZER

EXECUÇÃO DAS OBRIGAÇÕES DE FAZER E NÃO FAZER EXECUÇÃO DAS OBRIGAÇÕES DE FAZER E NÃO FAZER 1. Execução com base em título judicial Art. 461. Na ação que tenha por objeto o cumprimento de obrigação de fazer ou não fazer, o juiz concederá a tutela específicada

Leia mais

A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil - 2ª Edição SUMÁRIO

A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil - 2ª Edição SUMÁRIO A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil - 2ª Edição SUMÁRIO PARTE 1 A TUTELA PROVISÓRIA PREVISTA NO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA CRÍTICA... 19 CAPÍTULO I TEORIA

Leia mais

TUTELA PROVISÓRIA NO NOVO CPC

TUTELA PROVISÓRIA NO NOVO CPC TUTELA PROVISÓRIA NO NOVO CPC Prof. Advogado. Mestre em Processo Civil pela PUC/SP. LL.M pela University of California Berkeley School of Law. DA TUTELA PROVISÓRIA Disposições gerais Art. 294 A tutela

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº: 0050632-74.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: EUZENI FARIA GONÇALVES AGRAVADO: LEANDRO DE TAL Relator: Desembargador MARCELO LIMA BUHATEM Vistos, etc... D

Leia mais

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 Código de Processo Civil. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PARTE GERAL LIVRO V DA TUTELA PROVISÓRIA

Leia mais

CONDÔMINO ANTISSOCIAL

CONDÔMINO ANTISSOCIAL CONDÔMINO ANTISSOCIAL Identificação: Prática reiterada de condutas colidentes com a Convenção e Regimento Interno. Potencial ofensivo grave. Repercussão geral na coletividade. Denominação: Conceito aberto

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Tutela provisória I. Prof. Luiz Dellore

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Tutela provisória I. Prof. Luiz Dellore DIREITO PROCESSUAL CIVIL Tutela provisória I Prof. Luiz Dellore 1. Finalidades dos processos Processo de conhecimento: crise de incerteza Processo de execução: crise de inadimplemento 2. Tutela provisória

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 SUMÁRIO Capítulo I CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 1. Previsão normativa... 23 1.1. A tradição individualista na tutela dos direitos... 23 1.2. Surgimento e consolidação da tutela

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio doença previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Estadual.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio doença previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Estadual. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio doença previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Estadual. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

Tutelas no novo CPC: Liminares?

Tutelas no novo CPC: Liminares? Tutelas no novo CPC: Liminares? Valter Nilton Felix Quando os efeitos da tutela definitiva são antecipados pelo juízo, tem-se a tutela provisória, satisfativa (fornecimento de certidão negativa é ordenada

Leia mais

MEDIDAS CAUTELARES EM ARBITRAGEM MARÍTIMA. Iwam Jaeger RIO DE JANEIRO

MEDIDAS CAUTELARES EM ARBITRAGEM MARÍTIMA. Iwam Jaeger RIO DE JANEIRO Iwam Jaeger iwam@kincaid.com.br RIO DE JANEIRO FONE: (55 21) 2276 6200 FAX: (55 21) 2253 4259 AV. RIO BRANCO, 25-1º andar 20090-003 - RIO DE JANEIRO RJ MEDIDAS CAUTELARES NO DIREITO MARÍTIMO O PODER GERAL

Leia mais

8) Gratuidade da Justiça e Honorários Advocatícios

8) Gratuidade da Justiça e Honorários Advocatícios PETIÇÃO INICIAL 8) Gratuidade da Justiça e Honorários Advocatícios Nas bancas anteriores à FGV, o item gratuidade da justiça somente veio pontuado em gabarito quando era necessário requerer o pagamento

Leia mais

DECISÃO SUPERMERCADO DIA BRASIL

DECISÃO SUPERMERCADO DIA BRASIL fls. 1 DECISÃO Processo Físico nº: 0003811-51.2015.8.26.0063 Ordem nº 1871/2015 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Indenização por Dano Moral Requerente: SUPERMERCADOS BURGOS & CIA LTDA. Requerido:

Leia mais

AULA 24. Os pressupostos genéricos são a probabilidade do direito, perigo de dano ou risco ao resultado útil do processo.

AULA 24. Os pressupostos genéricos são a probabilidade do direito, perigo de dano ou risco ao resultado útil do processo. Turma e Ano: Master A (2015) 06/07/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 24 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol AULA 24 CONTEÚDO DA AULA: Tutela provisória : tutela

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

6. AÇÕES POSSESSÓRIAS 6.1 A

6. AÇÕES POSSESSÓRIAS 6.1 A 6. AÇÕES POSSESSÓRIAS 6.1 A posse e seus efeitos - O que é a posse? - Quais os efeitos oriundos da posse? > Direito à tutela possessória > Percepção dos frutos > Indenização pelas benfeitorias > Direito

Leia mais

ROTEIRO TUTELAS PROVISÓRIAS DE URGÊNCIA E DE EVIDÊNCIA

ROTEIRO TUTELAS PROVISÓRIAS DE URGÊNCIA E DE EVIDÊNCIA PROFESSORA: DRA. JULIANA JUSTO ROTEIRO TUTELAS PROVISÓRIAS DE URGÊNCIA E DE EVIDÊNCIA 07.05.2015 1. HISTÓRICO 1.1 1973 PRIMEIRO MOMENTO 1.2 1994 SEGUNDO MOMENTO Art. 273. O juiz poderá, a requerimento

Leia mais

(7) Agravo de Instrumento nº

(7) Agravo de Instrumento nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0003412-46.2014.8.19.0000 JUÍZO DE ORIGEM: VARA ÚNICA DA COMARCA DE IGUABA GRANDE AGRAVANTE:

Leia mais

Escola Superior do Ministério Público de S. Paulo. 10º Curso de Especialização em Interesses Difusos e Coletivos Mód. III IC e ACP (2015)

Escola Superior do Ministério Público de S. Paulo. 10º Curso de Especialização em Interesses Difusos e Coletivos Mód. III IC e ACP (2015) Escola Superior do Ministério Público de S. Paulo 10º Curso de Especialização em Interesses Difusos e Coletivos Mód. III IC e ACP (2015) Hugo Nigro Mazzilli 1 ACP Hoje Tutelas provisórias em ações coletivas

Leia mais

DECISÃO. CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO em face de THIAGO NASCIMENTO FERNANDES.

DECISÃO. CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO em face de THIAGO NASCIMENTO FERNANDES. PROCESSO :1122-13.2015.4.01.3604 AUTOR :CRM / MATO GROSSO RÉU FISCAL DA LEI :THIAGO NASCIMENTO FERNANDES :MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL MANDADO Nº : OFÍCIO Nº : DECISÃO 1. Trata-se de ação civil pública,

Leia mais

A FUNÇÃO SOCIAL DA TUTELA ANTECIPADA NO PROCESSO DO TRABALHO COMO MEIO DE FACILITAÇÃO DO ACESSO À JUSTIÇA

A FUNÇÃO SOCIAL DA TUTELA ANTECIPADA NO PROCESSO DO TRABALHO COMO MEIO DE FACILITAÇÃO DO ACESSO À JUSTIÇA A FUNÇÃO SOCIAL DA TUTELA ANTECIPADA NO PROCESSO DO TRABALHO COMO MEIO DE FACILITAÇÃO DO ACESSO À JUSTIÇA THE ROLE OF SOCIAL PROTECTION EARLY IN THE PROCESS WORK AS ACCESS TO JUSTICE FACILITATION MEDIA

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade).

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). (Nome do autor), brasileiro, casado, engenheiro de minas, carteira de identidade

Leia mais

Dano moral Projeção processual Prof. Denis Donoso Denis Donoso

Dano moral Projeção processual Prof. Denis Donoso Denis Donoso Dano moral Projeção processual Prof. Denis Donoso Denis Donoso Parte I Dano moral Âmbito material (brevíssima revisão) Responsabilidade civil Elementos geradores da responsabilidade civil. Dano e suas

Leia mais

PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. Prof. Luis Fernando

PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. Prof. Luis Fernando PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA Prof. Luis Fernando CPC, 475-L Art. 475-I. O cumprimento da sentença far-se-á conforme os arts. 461 e 461-A desta Lei ou, tratando-se de obrigação por quantia

Leia mais

Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. B.O.P.E. Batalhão de Operações para Provas de Empresarial: S.O.S. 2ª Fase

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO MONOCRÁTICA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO MONOCRÁTICA fls. 237 Registro: 2016.0000609797 DECISÃO MONOCRÁTICA Agravo de Instrumento Processo nº 2163570-75.2016.8.26.0000 Relator(a): Luis Mario Galbetti Órgão Julgador: 7ª Câmara de Direito Privado Voto nº:

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Tutela provisória II. Prof. Luiz Dellore

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Tutela provisória II. Prof. Luiz Dellore DIREITO PROCESSUAL CIVIL Tutela provisória II Prof. Luiz Dellore Gênero Espécies Subespécies Tutela Provisória Tutela de urgência - Tutela cautelar - Tutela antecipada Tutela de evidência -- Art. 294.

Leia mais

15º CONCURSO PÚBLICO PARA PROCURADOR DO TRABALHO ESPELHO DE CORREÇÃO DA 2ª PROVA (SUBJETIVA)

15º CONCURSO PÚBLICO PARA PROCURADOR DO TRABALHO ESPELHO DE CORREÇÃO DA 2ª PROVA (SUBJETIVA) 15º CONCURSO PÚBLICO PARA PROCURADOR DO TRABALHO ESPELHO DE CORREÇÃO DA 2ª PROVA (SUBJETIVA) QUESTÃO Nº 1 Os princípios constitucionais do processo obrigam e vinculam o Processo do Trabalho, a exemplo

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Federal da Vara Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade).

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Federal da Vara Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). Bom dia, hoje trago um modelo de petição de pensão por morte e, razão da morte do filho com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Federal

Leia mais

Décima Sexta Câmara Cível Gabinete do Desembargador Marco Aurélio Bezerra De Melo

Décima Sexta Câmara Cível Gabinete do Desembargador Marco Aurélio Bezerra De Melo AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO AGRAVADA QUE DEFERE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA PARA DETERMINAR AO MUNICÍPIO DE NOVA FRIBURGO A DISPONIBILIZAÇÃO DE CONSULTA MÉDICA DE NEUROLOGISTA. RECURSO DO RÉU. Direito à Saúde.

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores GILBERTO LEME (Presidente) e ARTUR MARQUES. São Paulo, 14 de agosto de 2017.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores GILBERTO LEME (Presidente) e ARTUR MARQUES. São Paulo, 14 de agosto de 2017. ACÓRDÃO Registro: 2017.0000597071 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1116258-14.2016.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante APPLE COMPUTER DO BRASIL LTDA, é apelado

Leia mais

Gustavo Filipe Barbosa Garcia CPC. Novo. e Processo do Trabalho. Atualizado com as Instruções Normativas 39 e 40 de 2016 do TST

Gustavo Filipe Barbosa Garcia CPC. Novo. e Processo do Trabalho. Atualizado com as Instruções Normativas 39 e 40 de 2016 do TST Gustavo Filipe Barbosa Garcia Novo CPC e Processo do Trabalho Atualizado com as Instruções Normativas 39 e 40 de 2016 do TST 2016 NOVO CPC E PROCESSO DO TRABALHO Gustavo Filipe Barbosa Garcia havendo retratação,

Leia mais

19/04/17. 1) Obrigações de fazer:

19/04/17. 1) Obrigações de fazer: 1) Obrigações Classificação: obrigação positiva Conceito: cujo objeto mediato consiste em uma atividade humana lícita, possível e determinada. Distinção entre obrigação de fazer e obrigação de dar (ad

Leia mais

É preciso diferenciar a natureza jurídica da antecipação de tutela da decisão de antecipação de tutela, não sendo expressões sinônimas.

É preciso diferenciar a natureza jurídica da antecipação de tutela da decisão de antecipação de tutela, não sendo expressões sinônimas. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Processo Civil / Aula 24 Professor: Edward Carlyle Conteúdo: Antecipação de Tutela: Efetividade, Momento do Requerimento; Revogação e Modificação; Fungibilidade;

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP KID PAPÃO,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 321 707 DESPACHO Agravo de Instrumento Processo nº 2017785-82.2016.8.26.0000 Fls. 319: Diante do teor das alegações apresentadas pelo requerente, justificando assim a urgência da apreciação de seu

Leia mais

22/10/2008 INTERESSE DIREITO

22/10/2008 INTERESSE DIREITO EM DEFESA DO DIREITO A TER DIREITOS Prof. MSc. Guilhardes de Jesus Júnior INTERESSE DIREITO 1 Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia

Leia mais

Escola Superior do Ministério Público de S. Paulo. Ação Civil Pública. Tutelas de Urgência. Fundo de Defesa dos Direitos Difusos. Hugo Nigro Mazzilli

Escola Superior do Ministério Público de S. Paulo. Ação Civil Pública. Tutelas de Urgência. Fundo de Defesa dos Direitos Difusos. Hugo Nigro Mazzilli Escola Superior do Ministério Público de S. Paulo Ação Civil Pública. Tutelas de Urgência. Fundo de Defesa dos Direitos Difusos. Hugo Nigro Mazzilli 2013 1 www.mazzilli.com.br 2 Distinguiremos inicialmente:

Leia mais

COMO EVITAR PASSIVO TRABALHISTA Reinaldo de Francisco Fernandes

COMO EVITAR PASSIVO TRABALHISTA Reinaldo de Francisco Fernandes COMO EVITAR PASSIVO TRABALHISTA Reinaldo de Francisco Fernandes email: GRÁFICO COMPARATIVO encargos sociais (fonte José Pastore) 2 QUADRO EVOLUTIVO DO VOLUME DE AÇÕES fonte TST 3 O complexo normativo Constituição

Leia mais

A IMPOSSIBILIDADE DE CONCESSÃO DA TUTELA ANTECIPADA EX OFFICIO

A IMPOSSIBILIDADE DE CONCESSÃO DA TUTELA ANTECIPADA EX OFFICIO A IMPOSSIBILIDADE DE CONCESSÃO DA TUTELA ANTECIPADA EX OFFICIO AUTORA: Gimene Vieira da Cunha Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Pelotas Advogada inscrita na OAB/RS sob o nº 80.830 Pós-Graduada

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 141, DE 2011 Redação Final

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 141, DE 2011 Redação Final PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 141, DE 2011 Redação Final Do Senador ROBERTO REQUIÃO Dispõe sobre o direito de resposta ou retificação do ofendido por matéria divulgada, publicada ou transmitida por veículo

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Prof. Eduardo

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Prof. Eduardo CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Prof. Eduardo A que se presta o Código de Processo Civil? FACULDADE ASSIS GURGACZ CÓDIGO CIVIL DE 2002 Parte Geral Livro I Das pessoas Livro II Dos bens Livro III Dos fatos jurídicos

Leia mais

PANDURATA ALIMENTOS LTDA. MINISTÉRIO PÚBLICO A C Ó R D Ã O

PANDURATA ALIMENTOS LTDA. MINISTÉRIO PÚBLICO A C Ó R D Ã O AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO PRIVADO NÃO ESPECIFICADO. CONSUMIDOR. AÇÃO COLETIVA DE CONSUMO. PROPAGANDA ENGANOSA. ANTECIPAÇÃO DE TUTELA. REQUISITOS. Considerado o fato de que uma única consumidora, apenas,

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%.

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. É válido o desconto em folha para pagamento de empréstimo bancário livremente

Leia mais

EXECUÇÕES ESPECÍFICAS

EXECUÇÕES ESPECÍFICAS EXECUÇÕES ESPECÍFICAS Prof. Ms. Bernardo Ribeiro Câmara Advogado e sócio do Escritório Freire, Câmara & Ribeiro de Oliveira Advogados; Mestre em Direito Processual Civil pela PUC/MG Especialista em Direito

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0020919-20.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: COMPANHIA ESTADUAL DE ÁGUAS E ESGOTOS - CEDAE AGRAVADO:

Leia mais

PONTO 1: Tutela específica PONTO 2: Tutela Cautelar. 1. Tutela específica:

PONTO 1: Tutela específica PONTO 2: Tutela Cautelar. 1. Tutela específica: 1 DIREITO PROCESSUAL CIVIL PONTO 1: Tutela específica PONTO 2: Tutela Cautelar 1. Tutela específica: Tutela antecipada específica prevista no art. 461, 3º 1, CPC, que se aplica subsidiariamente ao art.

Leia mais

Com a Constituição Federal de 1988, houve uma mudança na natureza da responsabilidade do empregador em casos de acidente de trabalho.

Com a Constituição Federal de 1988, houve uma mudança na natureza da responsabilidade do empregador em casos de acidente de trabalho. APLICAÇÃO DO ART. 7º, INCISO XXVIII, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL X ART. 927, PARÁGRAFO ÚNICO, DO CÓDIGO CIVIL. Com a Constituição Federal de 1988, houve uma mudança na natureza da responsabilidade do empregador

Leia mais

PROCESSO CIVIL DRA. JAQUELINE MIELKE SILVA

PROCESSO CIVIL DRA. JAQUELINE MIELKE SILVA 1 PROC. CIVIL PONTO 1: TUTELA CAUTELAR, TUTELA ANTECIPADA DA PARCELA INCONTROVERSA PONTO 2: a) ASTREINTES PONTO 3: b) TUTELA ANTECIPADA ESPECÍFICA TUTELA CAUTELAR - Art. 273 1 CPC: EFEITOS PASSÍVEIS DE

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de benefício assistencial do LOAS com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de benefício assistencial do LOAS com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de benefício assistencial do LOAS com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 1250-D.M

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 1250-D.M TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 1250-D.M O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e tendo em vista o contido no protocolado sob nº

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO MONOCRÁTICA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO MONOCRÁTICA fls. 1 Registro: 2013.0000161312 DECISÃO MONOCRÁTICA Agravo de Instrumento Processo nº 0051663-37.2013.8.26.0000 Relator(a): Erickson Gavazza Marques Órgão Julgador: 5ª Câmara de Direito Privado Decisão

Leia mais

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS 1) Pretensão: A pretensão é o desejo de uma pessoa de submeter ao seu o interesse de terceiro, de obter certo benefício, como o recebimento de alguma importância ou a imposição

Leia mais

DISSOLUÇÃO PARCIAL DE SOCIEDADE Causas e Procedimento. Paulo Sérgio Restiffe

DISSOLUÇÃO PARCIAL DE SOCIEDADE Causas e Procedimento. Paulo Sérgio Restiffe DISSOLUÇÃO PARCIAL DE SOCIEDADE Causas e Procedimento Paulo Sérgio Restiffe NOÇÕES GERAIS Relações Internas : Esgarçamento A legislação deve definir: as causas e as conseqüências Princípios Função Social

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº DE (Apensado: PL nº 950/03)

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº DE (Apensado: PL nº 950/03) COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 2.689 DE 1996 (Apensado: PL nº 950/03) Altera as Leis nºs 8.437, de 30 de junho de 1992, e 5.869, de 11 de janeiro de 1973, e dá outras

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO n º 0018320-11.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: ADMILSON DE SOUZA SANTOS AGRAVADA: LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A RELATOR: DES. MARCELO CASTRO ANÁTOCLES DA SILVA FERREIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

AÇÃO CIVIL PÚBLICA E AÇÃO CIVIL COLETIVA. Aline Riegel Nilson André Canuto de Figueirêdo Lima PRT da 14ª Região

AÇÃO CIVIL PÚBLICA E AÇÃO CIVIL COLETIVA. Aline Riegel Nilson André Canuto de Figueirêdo Lima PRT da 14ª Região AÇÃO CIVIL PÚBLICA E AÇÃO CIVIL COLETIVA Aline Riegel Nilson André Canuto de Figueirêdo Lima PRT da 14ª Região 1. NOÇÕES GERAIS DE PROCESSO COLETIVO Itália anos 70 Mauro Cappelletti, Vittorio Denti e Andrea

Leia mais

1) teve uma filha na data de , de nome Cássia Maria de Paula Barros, sem contudo ter registrado o nome do pai;

1) teve uma filha na data de , de nome Cássia Maria de Paula Barros, sem contudo ter registrado o nome do pai; Peça Prático-Profissional Você, como advogado, foi procurado em seu escritório pela Sra. Cássia de Paula Barros, empregada doméstica, com residência em Recife/PE, que lhe narra os seguintes fatos: 1) teve

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE José, brasileiro, estado civil, portador do RG, CPF, CTPS, residente e domiciliado na, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, conforme procuração

Leia mais

Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25

Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25 SUMÁRIO Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25 1.1. Organização da Justiça do Trabalho... 25 1.1.1. Introdução... 25 1.1.2. Tribunal Superior do Trabalho... 26 1.1.3. Tribunais Regionais

Leia mais

Ofício nº (SF) Brasília, em 26 de setembro de 2013.

Ofício nº (SF) Brasília, em 26 de setembro de 2013. Ofício nº 2.157 (SF) Brasília, em 26 de setembro de 2013. A Sua Excelência o Senhor Deputado Marcio Bittar Primeiro-Secretário da Câmara dos Deputados Assunto: Projeto de Lei do Senado à revisão. Senhor

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1 DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO PROCESSUAL CIVIL PONTO 1: Sentença SENTENÇA, COISA JULGADA A aula terá o seguinte enfoque: - Definição de sentença - Modificação da sentença - Efeitos da sentença - Tutela

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Responsabilidade objetiva do Estado Elaine Rodrigues de Paula Reis A responsabilidade do Poder Público não existirá ou será atenuada quanto a conduta da Administração Pública não

Leia mais

RELATOR: Senador NEUTO DE CONTO

RELATOR: Senador NEUTO DE CONTO PARECER Nº, DE 2009 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em caráter terminativo, sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 58, de 2005, que altera a redação do art. 1.211-A à Lei nº 5.869,

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site:

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória Turma e Ano: Master A (2015) 06/07/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 23 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol CONTEÚDO DA AULA: Tutela provisória : AULA 23 12.7) Competência

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 865. JURANDYR REIS JUNIOR RELATORA DESIGNADA : DES. DENISE KRÜGER PEREIRA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 865. JURANDYR REIS JUNIOR RELATORA DESIGNADA : DES. DENISE KRÜGER PEREIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 865.377-0, DE CASCAVEL - 1ª VARA CÍVEL AGRAVANTE : UNIMED CASCAVEL COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO AGRAVADO : VALDIR BILIBIO RELATOR ORIGINÁRIO : DES. JURANDYR REIS JUNIOR RELATORA

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS ADEP MG ANÁLISE PRELIMINAR DO ANTEPROJETO DE REFORMA DO CPC

ASSOCIAÇÃO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS ADEP MG ANÁLISE PRELIMINAR DO ANTEPROJETO DE REFORMA DO CPC Nº Aspectos Positivos 1 Capítulo IV, Seção III - Da Defensoria Pública (havia a previsão específica de uma seção para tratar apenas da Defensoria Pública) Há o reconhecimento da instituição como essencial

Leia mais

Teoria Geral das Obrigações

Teoria Geral das Obrigações Teoria Geral das Obrigações 1. Conceito de Obrigação: é uma relação jurídica de caráter transitório e pessoal, onde o titular do crédito pode exigir o cumprimento de uma prestação de dar, fazer ou não

Leia mais

O PJE precariza ou dá efetividade ao Direito do Trabalho? Ministro Cláudio Brandão

O PJE precariza ou dá efetividade ao Direito do Trabalho? Ministro Cláudio Brandão O PJE precariza ou dá efetividade ao Direito do Trabalho? Ministro Cláudio Brandão 1 O processo judicial eletrônico não significa digitalização do processo cartular, cartorial. Importa em nova interpretação

Leia mais

PROCESSO DE CONHECIMENTO. Petição Inicial (282 do CPC)

PROCESSO DE CONHECIMENTO. Petição Inicial (282 do CPC) PROCESSO DE CONHECIMENTO Petição Inicial (282 do CPC) Juiz; Qualificações; Fatos e Fundamentos; DEVERÁ INDICAR Pedido; Valor da Causa; Provas; Requerimento. PEDIDO (ART. 282, CPC) O pedido é o último elemento

Leia mais

Sumário RECURSOS CÍVEIS

Sumário RECURSOS CÍVEIS Sumário RECURSOS CÍVEIS 1. Conceito de recurso......................... 25 2. Recurso adesivo (art. 500 do CPC).......... 29 3. Recurso adesivo (art. 500 do CPC)- (Modelo 2)................. 32 4. Desistência

Leia mais

VÍCIOS E DEFEITO DOS PRODUTOS E SERVIÇOS E ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

VÍCIOS E DEFEITO DOS PRODUTOS E SERVIÇOS E ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO VÍCIOS E DEFEITO DOS PRODUTOS E SERVIÇOS E ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO Dra. Adriana Borghi Fernandes Monteiro Promotora de Justiça Coordenadora da Área do Consumidor Vício do Produto ou do Serviço CDC

Leia mais

Número:

Número: Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão PJe - Processo Judicial Eletrônico Consulta Processual 30/09/2016 Número: 0857074-64.2016.8.10.0001 Classe: MANDADO DE SEGURANÇA Órgão julgador: 4ª Vara da Fazenda

Leia mais

Direito processual penal Conceito e finalidade

Direito processual penal Conceito e finalidade Direito processual penal Conceito e finalidade O Direito é uno, logo não devemos interpretar as disciplinas do direito de forma isolada, mas sim em um sistema único que se comunica com as outras disciplinas

Leia mais

DIREITO AMBIENTAL PRINCÍPIOS. Professor Eduardo Coral Viegas

DIREITO AMBIENTAL PRINCÍPIOS. Professor Eduardo Coral Viegas DIREITO AMBIENTAL PRINCÍPIOS Professor Eduardo Coral Viegas É o conjunto de princípios que dá autonomia ao Direito Ambiental. DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável

Leia mais

LIVRO: MANUAL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 1ªED., 2012 SUMÁRIO

LIVRO: MANUAL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 1ªED., 2012 SUMÁRIO LIVRO: MANUAL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 1ªED., 2012 SUMÁRIO LIVRO I - DIREITO MATERIAL Rafael Carvalho Rezende Oliveira 1. Introdução 1.1. A importância do combate à corrupção

Leia mais

R E L A T Ó R I O E V O T O

R E L A T Ó R I O E V O T O AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 315469-70.2012.8.09.0000 (201293154695) APARECIDA DE GOIÂNIA AGRAVANTE: LEANDRO EVANGELISTA CIRQUEIRA AGRAVADO: MUNICÍPIO DE APARECIDA DE GOIÂNIA RELATOR: JUIZ SÉRGIO MENDONÇA

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Ação Civil Pública para tutela ambiental Analisa os apectos atuais da Ação Civil Pública com base na Lei n. 7.437/85 no âmbito da tutela ambiental. Cláudia Melina Kamaroski Mundstoch

Leia mais

Ações Possessórias. Márcio Olmo Cardoso 1 INTRODUÇÃO

Ações Possessórias. Márcio Olmo Cardoso 1 INTRODUÇÃO 216 Ações Possessórias INTRODUÇÃO Márcio Olmo Cardoso 1 Quando se fala em posse, é preciso destacar que a primeira teoria a respeito do assunto consagrava que para ter a posse era necessário que a pessoa

Leia mais

Introdução...1. Parte I A Religião e o Mundo do Trabalho

Introdução...1. Parte I A Religião e o Mundo do Trabalho SUMÁRIO Introdução...1 Parte I A Religião e o Mundo do Trabalho Capítulo 1 Religião, Direitos Humanos e Espaço Público: Algumas Nótulas Preliminares...7 1. Religião e Direitos Humanos...7 2. O Regresso

Leia mais

MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO. SEGURANÇA JURÍDICA.

MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO. SEGURANÇA JURÍDICA. Flávio Tartuce. Professor do programa de mestrado e doutorado da Faculdade Autônoma de Direito (SP). Professor dos cursos de graduação e pós-graduação da Escola Paulista de Direito (SP). Doutor em Direito

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL DECISÃO /2015 20ª VARA FEDERAL PROCESSO nº 28278-06.2015.4.01.3400 AUTOR : UNIÃO DOS ADVOGADOS PÚBLICOS FEDERAIS DO BRASIL RÉ : UNIÃO FEDERAL DECISÃO A UNIÃO DOS ADVOGADOS PÚBLICOS DO BRASIL ajuizou a

Leia mais

Direito das Obrigações

Direito das Obrigações Direito das Obrigações Kauísa Carneiro ZANFOLIN RESUMO: Trata-se de obrigações das quais acarretam consequências jurídicas, são tratadas pela parte especial do Código Civil. Corresponde a uma relação de

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO A C Ó R D Ã O

MINISTÉRIO PÚBLICO A C Ó R D Ã O AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. AMBIENTAL. OBRIGAÇÃO DE FAZER. RECOLHIMENTO DE ANIMAIS DE VIA PÚBLICA E CONSEQUENTE DESTINAÇÃO A LOCAL ADEQUADO E TRATAMENTO. ALEGAÇÃO DE ALTERAÇÃO DA SITUAÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 473 Registro: 2015.0000798098 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Embargos de Declaração nº 1003251-59.2014.8.26.0053/50000, da Comarca de, em que é embargante SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

Das Normas Fundamentais do Processo Civil

Das Normas Fundamentais do Processo Civil Das Normas Fundamentais do Processo Civil UMA ANÁLISE LUSO-BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA 2015 Artur César de Souza \11X ALMEDINA DAS NORMAS FUNDAMENTAIS DO PROCESSO CIVIL UMA ANÁLISE LUSO-BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

Leia mais

Curso de Arbitragem 1 FRANCISCO JOSÉ CAHALI

Curso de Arbitragem 1 FRANCISCO JOSÉ CAHALI Curso de Arbitragem 1 Curso de Arbitragem 10 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 1. INTRODUÇÃO... 23 1.1 Introdução às alternativas adequadas de resolução de disputas... 25 1.2 Breve histórico... 30 1.3 Bibliografia

Leia mais

A C Ó R D Ã O DO AGRAVO INTERNO.

A C Ó R D Ã O DO AGRAVO INTERNO. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO 24ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO NO AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0011012-84.2015.8.19.0000 4ª VARA EMPRESARIAL AGRAVANTE : MICROSOFT INFORMATICA LTDA AGRAVADO : MINISTÉRIO

Leia mais

Ação civil pública, ação popular e ação de improbidade: ações concorrentes?

Ação civil pública, ação popular e ação de improbidade: ações concorrentes? Ação civil pública, ação popular e ação de improbidade: ações concorrentes? Eduardo Talamini 1 Introdução Os dois riscos na compreensão do processo coletivo: - Aplicação indevida de parâmetros específicos

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A AGRAVO DE INSTRUMENTO. FAMÍLIA. AÇÃO DE EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS. OBRIGAÇÃO AVOENGA. AUSÊNCIA DE PROVA DA DIMINUIÇÃO DAS POSSIBILIDADES DO ALIMENTANTE. NECESSIDADE DE DILAÇÃO PROBATÓRIA. 1. No caso, corretamente

Leia mais

LIMINARES NO PROCESSO CAUTELAR

LIMINARES NO PROCESSO CAUTELAR LIMINARES NO PROCESSO CAUTELAR TEIXEIRA, Renato de Sousa 1 CASTRO, Marco 1 FERNANDES, Ariane de Oliveira 2 1. Processo Cautelar. Processo x Tempo, II. O Processo Cautelar e Processo Principal, III. Características

Leia mais