- Orientações para preenchimento da DIRF na Instrução Normativa nº 1.587, de 15 de setembro de 2015 através do link abaixo:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Orientações para preenchimento da DIRF na Instrução Normativa nº 1.587, de 15 de setembro de 2015 através do link abaixo:"

Transcrição

1 Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Seguindo os moldes de atualizações passadas, segue abaixo, o link para instalação da DIRF 2016 e também rotinas para a geração e importação do arquivo. Antes deverá ser conferido se a versão do sistema de Departamento Pessoal é ou superior. TÉRMINO DO PRAZO PARA ENTREGA: 29 de fevereiro de Faça download da DIRF através do link abaixo: - Orientações para preenchimento da DIRF na Instrução Normativa nº 1.587, de 15 de setembro de 2015 através do link abaixo: declaracao-do-imposto-de-renda-retido-na-fonte/dirf2016-perguntas-e-respostas pdf Rotinas para Geração no módulo de DP SH3 e exportação do arquivo DIRF 2015/2016: Antes de executar o processo de fechamento anual é necessário: Conferir se os funcionários que são aposentados estão com a Situação = Aposentado e com a data de aposentadoria preenchida. Conferir se os funcionários que recebem o benefício de pensão por morte estão marcados com a opção na aba admissão. Conferir o cadastro de códigos e cadastro da folha seguindo os passos abaixo: Conferindo o cadastro de códigos no módulo de Departamento Pessoal; 1. Selecione o menu Cadastro - Código; 2. Clique no botão Imprimir. Verifique se os códigos que na coluna DIRF recebem o S (marcação SIM), realmente deverão ser enviados a DIRF. Todos os códigos de proventos que são base de IRRF deverão estar marcados. Descontos de pagamentos indevidos e faltas também devem estar marcados tanto para DIRF, quanto para RAIS; IMPORTANTE: O processo de fechamento anual será usado tanto para a DIRF quanto para a RAIS, portanto confira também a marcação na coluna da RAIS. Atenção especial deve ser dada aos códigos de: Férias indenizadas ou pagas em rescisão;

2 Abono Pecuniário de férias; Pensão Alimentícia; Horas extras (50%, 80%, ou 100%);

3 Plano de Saúde; Cadastro da Folha 1. Selecione o menu Cadastro - Folha; 2. Preencha o campo CPF do Resp. do CNPJ:, com o CPF do Responsável pelo CNPJ junto a Receita Federal; 3. Preencha os campos Telefone, Fax e ; Essas informações são usadas no preenchimento da DIRF. Com os cadastros conferidos, podemos fazer a inclusão do processo da DIRF.

4 Fazendo a inclusão do processamento anual da DIRF no módulo de Departamento Pessoal 1. Selecione o menu Processamento - Anual; 2. Verifique se o processo de 2014 já se encontra fechado - se estiver aberto é necessário fechá-lo; 3. Clique no botão Incluir; 4. Digite no campo Ano: 2015; 5. Clique em Gravar; Essa rotina gera o movimento anual de 2015, possibilitando a geração dos arquivos da DIRF e deverá ser feita em todas as Folhas. 1. Clique no botão Digitação; 2. Na nova janela clique sobre o botão Localizar, e dê um duplo clique sobre um dos funcionários. Observe que todos os funcionários da empresa foram incluídos com seus movimentos. Essa janela se assemelha bastante à da DIRF, justamente para facilitar a visualização. Navegue entre as guias para verificar os valores. Utilize também o Botão Contra-Cheque para verificar o recebimento mensal do funcionário. Gerando o Arquivo da DIRF: 1. Clique sobre o botão ; 2. Preencha os dados necessários, como nome e CPF do Responsável pelo preenchimento da DIRF. 3. No campo Rendimentos acima de: para que gere de todos deverá ser preenchido com R$ 0, Deverá ser marcado totalizar empresas; 5. Em destino deverá ser preenchido com o caminho onde será salvo o arquivo da DIRF. Com esse processo será possível gerar o arquivo para importação na DIRF , que consolida os valores recebidos em Importando o arquivo para o programa da DIRF Com o programa da DIRF 2016 aberto; 2. Selecione o menu declaração - Importar dados; 3. Abrirá uma tela Analise/Importação de arquivos; 4. Clique em avançar, deverá estar marcada a opção Declaração; 5. Selecione o caminho onde foi salvo o arquivo da DIRF feito no sistema da SH3; 6. Clique em avançar; 7. Verifique no Nome/Nome empresarial corresponde aos dados do município; 8. Observe que na importação para o aplicativo da Receita Federal o Ano-Calendário deve informado como 2015; 9. Clique em avançar; 10. Na tela apresentada serão listadas as informações sobre o arquivo, marque as opções se necessário; 11. Clique em avançar para finalizar a importação. ATENÇÃO: 1º) Na ficha Rendimentos Recebidos Acumuladamente devem ser declarados no código 1889 e devem constar o rendimento pago de forma acumulada (art. 12-A da Lei nº 7.713, de 1988), relativo a anos-calendário anteriores ao do pagamento, decorrentes de:

5 a) aposentadoria, pensão, transferência para a reserva remunerada ou reforma, pagos pela Previdência Social da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios; ou ainda b) os provenientes do trabalho, inclusive aqueles oriundos das decisões das Justiças do Trabalho, Federal, Estaduais e do Distrito Federal; Gerando a DIRF na Contabilidade: 1º Altere o exercício para º Verifique se a versão do seu executável da contabilidade é ou superior; 3º Verifique se nos cadastros dos credores que vão para DIRF: O campo DIRF está marcado; E se os CNPJs e CPFs estão preenchidos corretamente, sendo que esse campo não pode estar preenchidos com º Para Gerar o arquivo da DIRF na Contabilidade ir em: Relatório > DIRF > Relação de Empenhos com Desconto de IRRF; Campo Data preencher com: 01/01/2015 a 31/12/2015 Campo Valor Limite preencher com R$ 0,00. Contas de DESPESA que devem ser geradas: (PF) (PF) (PJ) (PJ) (PJ) Caso exista alguma outra conta de despesa em que houve pagamento de pessoa jurídica ou física, também deverá ser gerada. Marcar somente as opções: Filtrar os Valores pelo CNPJ. Gerar arquivo da DIRF; Preencher com o nome do Responsável e CPF pela empresa; Clicar em OK. Em caso de dúvidas, entre em contato com a equipe de consultores de suporte da SH3 Informática.

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal,

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Seguindo os moldes de atualizações passadas, segue abaixo, orientações para os procedimentos a serem seguidos referente a DIRF 2017 (ano-base 2016) a respeito

Leia mais

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal,

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Seguindo os moldes de atualizações passadas, segue abaixo, orientações para instalação da RAIS 2017 (ano-base 2016) e também rotinas para a geração, verificação

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2014 A DIRF2014 DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2015.

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2014 A DIRF2014 DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2015. Porto Feliz- 19 de Janeiro de 2015. INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2014 A DIRF2014 DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2015. PARA FAZER A GERAÇÃO DA DIRF 2014 O SISTEMA DA FOLHA2015 DEVERÁ

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2017

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2017 Porto Feliz- 01 de Fevereiro de 2017. INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2017 A DIRF DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2017. PARA FAZER A GERAÇÃO DA DIRF 2017, O SISTEMA DA FOLHA2017 DE PAGAMENTO

Leia mais

Fechamento Anual / Geração da DIRF

Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Dirf Nesta versão está disponível a geração do arquivo para a entrega da Dirf 2017 (referente ao ano calendário 2016), com data de entrega até dia

Leia mais

Menu Cadastro > opção Códigos.

Menu Cadastro > opção Códigos. 0 Versão 1.0 2016 A Gratificação Natalina, mais conhecida como 13º Salário, consiste no pagamento de uma gratificação salarial ao trabalhador. Um direito garantido a que o servidor faz jus na proporção

Leia mais

1. DMED Ficha Técnica da DMED Instalação do Aplicativo DMED Como gerar o arquivo da DMED no X-Clinic?

1. DMED Ficha Técnica da DMED Instalação do Aplicativo DMED Como gerar o arquivo da DMED no X-Clinic? 1. DMED............................................................................................. 2 1.1 Ficha Técnica da DMED...........................................................................

Leia mais

Como gerar o carnê leão pelo módulo folha?

Como gerar o carnê leão pelo módulo folha? Como gerar o carnê leão pelo módulo folha? Através desta solução, será demonstrado como configurar a empresa e como gerar o carnê o leão. 1 CONFIGURAÇÃO DOS PARAMETROS 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique

Leia mais

MANUAL DE EXPORTAÇÃO DO ARQUIVO DIRF 2013 ANO BASE 2012 FORTES AC PESSOAL

MANUAL DE EXPORTAÇÃO DO ARQUIVO DIRF 2013 ANO BASE 2012 FORTES AC PESSOAL MANUAL DE EXPORTAÇÃO DO ARQUIVO DIRF 2013 ANO BASE 2012 FORTES AC PESSOAL 1. DETALHES NO LAYOUT DA DIRF 2013 1.1 Abono Pecuniário e Salário Família; Na DIRF 2013 os valores de Abono pecuniário e Salário

Leia mais

A JL tem uma super novidade. para sua empresa!!!!

A JL tem uma super novidade. para sua empresa!!!! A JL tem uma super novidade para sua empresa!!!! Novo sistema de Gestão de Documentos chamado Área do Cliente muito mais fácil e mais completo que substituirá o Safe-doc a partir de 01/10/2015! Prezado

Leia mais

Neste bip. Novas Configurações de Plano de Saúde. Você Sabia? Edição 49 Setembro de 2014

Neste bip. Novas Configurações de Plano de Saúde. Você Sabia? Edição 49 Setembro de 2014 Neste bip Novas configurações de plano de saúde... 1 Alterações no Rumo para o CAGED... 2 Cuidado ao instalar o programa DAPI... 2 Data de entrada ao importar notas do site... 3 Importação de extrato bancário...

Leia mais

Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional?

Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional? Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional? Através desta solução, será demonstrado quais lançamentos realizar para que sejam importados

Leia mais

OBSERVAÇÂO:- As Datas que constam nas telas dos sistemas abaixo são meramente ilustrativas, sendo que a data correta será 2016.

OBSERVAÇÂO:- As Datas que constam nas telas dos sistemas abaixo são meramente ilustrativas, sendo que a data correta será 2016. Porto Feliz, 07 de Março de 2017. OBSERVAÇÂO:- As Datas que constam nas telas dos sistemas abaixo são meramente ilustrativas, sendo que a data correta será 2016. INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA

Leia mais

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 10.0A-06 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

Manual de Publicação no [Portal Transparência Municipal] DEPARTAMENTO DE PESSOAL. Manual de Publicação SH3 Solução para Gestão Publica

Manual de Publicação no [Portal Transparência Municipal] DEPARTAMENTO DE PESSOAL. Manual de Publicação SH3 Solução para Gestão Publica Manual de Publicação no [Portal Transparência Municipal] Em virtude da publicação de alguns relatórios no Portal Transparência Municipal, a SH3 disponibiliza o manual para operação e configuração dos sistemas

Leia mais

Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++

Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++ Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++ Atualize o módulo do Aluguel (ALUGUEL.EXE) para efetuar os processos necessários para acúmulo dos valores do IRRF e posteriormente a geração do arquivo para importação

Leia mais

Para preencher clique no campo e pressione as teclas + simultaneamente.

Para preencher clique no campo e pressione as teclas <CTRL> + <ENTER> simultaneamente. MANUAL DE INTEGRAÇÃO RAIS 2007 Considerações Importantes: 1 A partir da RAIS de 2005, foram acrescentadas informações adicionais como por exemplo a Contribuição Sindical Patronal, Contribuição Sindical

Leia mais

SADP FAQ 82. Facilitando seu dia a dia. Geração de DIRF 2016 ano base 2015 e RAIS FAQ82 Geração de DIRF e RAIS

SADP FAQ 82. Facilitando seu dia a dia. Geração de DIRF 2016 ano base 2015 e RAIS FAQ82 Geração de DIRF e RAIS SADP Geração de DIRF 2016 ano base 2015 e RAIS 2015 FAQ 82 Facilitando seu dia a dia FAQ82 Geração de DIRF e RAIS Prezado cliente, Esta FAQ 82 tem como objetivo orientá-lo sobre a geração da DIRF 2016

Leia mais

GUIA SOBRE A GERAÇÃO DO ARQUIVO DIRF NO SISTEMA INTEGRADO DE PESSOAL - SIP

GUIA SOBRE A GERAÇÃO DO ARQUIVO DIRF NO SISTEMA INTEGRADO DE PESSOAL - SIP Atualização: Original........................ Página: 1 GUIA SOBRE A GERAÇÃO DO ARQUIVO DIRF NO SISTEMA INTEGRADO DE PESSOAL - SIP 1- Geração da DIRF por meio do SIP Depto. Técnico (*) (Jan 2016) Anualmente,

Leia mais

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão)

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) Conteúdo: 1. Dados do responsável e contabilista 2. Emissão de balancete para conferência 3. Gerando arquivo ECD no sistema JOTEC 4. Utilizando o programa validador

Leia mais

Neste bip. Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego. Você Sabia? Edição 68 Abril de 2016

Neste bip. Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego. Você Sabia? Edição 68 Abril de 2016 Neste bip Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego... 1 Geração dos recibos de vale transporte... 2 Horário de Trabalho... 3 Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego O validador do arquivo

Leia mais

Ressaltamos caso não esteja aberta no banco de dados da prefeitura a Unidade Câmara ou a Unidade Município os seguintes passos deverão ser seguidos:

Ressaltamos caso não esteja aberta no banco de dados da prefeitura a Unidade Câmara ou a Unidade Município os seguintes passos deverão ser seguidos: Manual da Prestação de Contas do SiaceLRF Primeiro Bimestre Dentro do Sistema da SH3 o primeiro passo é fazer a consolidação dos dados da prefeitura e da Câmara dentro do Município, para os municípios

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3. Acessar o sistema... 6 3.1. Autenticar

Leia mais

Fechamento Anual/ Geração da RAIS

Fechamento Anual/ Geração da RAIS Fechamento Anual/ Geração da RAIS A Relação Anual de Informações Anual (RAIS) tem por objetivo: o suprimento às necessidades de controle da atividade trabalhista no País, o fornecimento de dados para a

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CERTIFICADO NF-E

ATUALIZAÇÃO CERTIFICADO NF-E MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA ATUALIZAÇÃO CERTIFICADO NF-E [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] Material Desenvolvido para a Célula NF-e Autor:

Leia mais

Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013

Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013 Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013 Sumário 1. Alterações nos menus Relatórios e Gráficos... 3 2. Resgate do orçamento para cálculo de rateio de condomínio... 4 3. Alteração em Permissões

Leia mais

MANUAL TRON CONNECT Empresário / Gestor

MANUAL TRON CONNECT Empresário / Gestor MANUAL TRON CONNECT Empresário / Gestor O Tron Connect, a mais nova solução web da Tron Informática, funciona como um controle gerencial de todos os colaboradores por empresa, totalmente integrado com

Leia mais

Atualização da DIRF 2017 referente a Previdência Privada e FAPI

Atualização da DIRF 2017 referente a Previdência Privada e FAPI Atualização da DIRF 2017 referente a Previdência Privada e FAPI Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na DIRF 2017 para Contribuição à Previdência Privada

Leia mais

Utilização do Sistema FaciliTiss. Guia de Resumo de Internação

Utilização do Sistema FaciliTiss. Guia de Resumo de Internação Utilização do Sistema FaciliTiss Guia de Resumo de Internação Versão 1 - ABR/2015 1 SUMÁRIO 1. Site...3 2. Login...4 3. Complemento Cadastro...4 4.Cadastro Operadora, Solicitante e Executante...5 5. Profissional

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS Origem: ProUrbano Data de Criação: 22/03/2010 Ultima alteração: Versão: 1.3 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano

Leia mais

Jd Soft Informática Ltda F o n e : ( )

Jd Soft Informática Ltda F o n e : ( ) INFORMATIVO DPPH Nº 007 14/02/2012. MANTER EM DIA AS ATUALIZAÇÕES O programa DOWNLOAD JD é o nosso portal oficial onde são publicadas as versões e os manuais de atualização e de informação para o usuário.

Leia mais

Importar e Receber NF-e

Importar e Receber NF-e Importar e Receber NF-e Procedimentos prévios para importar: 1. Caso ainda não tenha sido criada, criar na área de trabalho o atalho para a pasta RECEBER. Para isso vá no SGL e clique no menu CADASTRO

Leia mais

Treinamento Sistema Imobilis Módulo II

Treinamento Sistema Imobilis Módulo II Imobilis Módulo II Preparação de recibos Recibos> Reajuste Informe o mês para que o sistema verifique de acordo com o cadastro, quais são os contratos que serão reajustados. Maior índice p/ reajuste Para

Leia mais

Manual de Instruções do Movimento de Caixa

Manual de Instruções do Movimento de Caixa Manual de Instruções do Movimento de Caixa 1 Sumário MANUAL DO MOVIMENTO DE CAIXA 3 Cadastrando o Plano de Contas 3 Cadastrando as Contas Bancárias/Caixa 4 Cadastrando um Tipo Contábil pelo Athenas3000

Leia mais

Tutorial Conferência SEFIP

Tutorial Conferência SEFIP Tutorial Conferência SEFIP Antes da Conferência entre a SEFIP e a Folha, é importante observar as configurações básicas iniciais para geração correta do arquivo, inibindo a ocorrência de erros e inconsistências

Leia mais

Sistema Corporativo DIRF 2016

Sistema Corporativo DIRF 2016 www.benner.com.br Atualizado em 3/2/2016 Copyright 2016 Benner Software de Gestão de Negócios Todos os direitos reservados. É proibido qualquer tipo de reprodução total ou parcial desta publicação, sem

Leia mais

Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016

Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016 Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016 SEGURANÇA E SAÚDE PARA A INDÚSTRIA 1 Acessar o site da Campanha SESI de Vacinação Contra a Gripe pelo link: http://189.36.20.16/sesimg e clicar no item ADESÃO.

Leia mais

Como simular cálculo de rescisão e férias?

Como simular cálculo de rescisão e férias? Como simular cálculo de rescisão e férias? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina para simular cálculos de rescisão e férias. Essa opção é válida para empregados e estagiários, exceto

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

AJUDA DE NAVEGAÇÃO OFFICE2 CRM - CLIENTE

AJUDA DE NAVEGAÇÃO OFFICE2 CRM - CLIENTE AJUDA DE NAVEGAÇÃO OFFICE2 CRM - CLIENTE ATENÇÃO: Solicitamos que em caso de ao acessar o Office 2 CRM, encontrar qualquer informação divergente de sua empresa, nos comunique imediatamente, por favor,

Leia mais

Atualização automática do programa Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet Recuperação de nomes Rendimentos isentos e não tributáveis

Atualização automática do programa Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet Recuperação de nomes Rendimentos isentos e não tributáveis Atualização automática do programa Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet Recuperação de nomes Rendimentos isentos e não tributáveis Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva

Leia mais

Usando a geração de boletos

Usando a geração de boletos Usando a geração de boletos O sistema permite que sejam gerados boletos de cobrança, os boletos podem ser impressos ou enviados por e-mail. O sistema permite a geração de carteiras do tipo Não registrada,

Leia mais

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo?

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? 1- PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 - Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 - Na guia GERAL, clique em DEFINIÇÕES; 1.2.1 - No quadro GERAL, selecione

Leia mais

Junho Utilização do CCS

Junho Utilização do CCS Utilização do CCS Acesso O acesso à tela de login deve ser feito por meio da página principal do Banco Central na internet, www.bcb.gov.br, clicando-se no menu vertical de opções (parte esquerda), em Sistema

Leia mais

Título: Como deduzir o IR e CSLL pago em meses anteriores, apurados antes das deduções?

Título: Como deduzir o IR e CSLL pago em meses anteriores, apurados antes das deduções? Título: Como deduzir o IR e CSLL pago em meses anteriores, apurados antes das deduções? Através desta opção, o sistema irá considerar como Pago em meses anteriores, os valores de IR e CSLL calculados antes

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA ANUAL E DIMOB. Sami ERP Imobiliário

IMPOSTO DE RENDA ANUAL E DIMOB. Sami ERP Imobiliário IMPOSTO DE RENDA ANUAL E DIMOB Sami ERP Imobiliário Atualize o módulo do Aluguel (ALUGUEL.EXE) para efetuar os processos necessários para acúmulo dos valores do IRRF e posteriormente a geração do arquivo

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema FaciliTiss Guia de Consulta

Manual de Utilização do Sistema FaciliTiss Guia de Consulta Manual de Utilização do Sistema FaciliTiss Guia de Consulta Versão 1 - ABR/2015 1 SUMÁRIO 1. Site...3 2. Login...4 3. Complemento de Cadastro...4 4. Cadastro Operadora, Solicitante e Executante...5 5.

Leia mais

Título: Como realizar a importação do Cadastro de Empresas pelo arquivo do SPED Fiscal?

Título: Como realizar a importação do Cadastro de Empresas pelo arquivo do SPED Fiscal? Título: Como realizar a importação do Cadastro de Empresas pelo arquivo do SPED Fiscal? A partir desta ferramenta, é possível realizar a importação dos dados cadastrais de empresas Clientes do Escritório

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 3 2. Acessando o sistema... 4 3. Mensagem encaminhada pelo sistema.... 4 4. Emitindo um novo

Leia mais

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Módulo: Easy Import Control Documentação: Nota Mãe e Filha Versão: Protheus 11

Módulo: Easy Import Control Documentação: Nota Mãe e Filha Versão: Protheus 11 Módulo: Easy Import Control Documentação: Nota Mãe e Filha Versão: Protheus 11 Pag. 2 Sumário INTRODUÇÃO... 3 Capítulo 1 Parte Operacional... 4 DESEMBARAÇO... 5 MANUTENÇÃO DE DESEMBARAÇO... 5 RECEBIMENTO

Leia mais

Grupos de Serviços Tipos de Serviços Serviços Eventuais Recorrentes

Grupos de Serviços Tipos de Serviços Serviços Eventuais Recorrentes Grupos de Serviços Tipos de Serviços Serviços Eventuais Recorrentes Desenvolvimento do Conteúdo Grupos de Serviços Centralizam todos os serviços que pertencem a determinado grupo e que serão vinculados

Leia mais

Está gerando diferença de INSS Terceiros entre o sistema e a SEFIP.

Está gerando diferença de INSS Terceiros entre o sistema e a SEFIP. Está gerando diferença de INSS Terceiros entre o sistema e a SEFIP. Através desta solução, será possível identificar prováveis causas de diferença de INSS entre o sistema e a SEFIP, com relação ao INSS

Leia mais

Título: Como configurar no módulo Folha as empresas do Simples Nacional com atividades concomitantes?

Título: Como configurar no módulo Folha as empresas do Simples Nacional com atividades concomitantes? Título: Como configurar no módulo Folha as empresas do Simples Nacional com atividades concomitantes? Os dados a seguir foram elaborados para a configuração para empresas do Simples Nacional com atividades

Leia mais

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Emitir Nota Fiscal Simples Remessa com Baixa no Estoque:... 2 2.1 Gerando Contas a Receber... 2 2.3 Sem Gerar Contas a Receber... 5 Apresentação

Leia mais

Manual de Acesso ao SIGEPE

Manual de Acesso ao SIGEPE Manual de Acesso ao SIGEPE Fonte: Decanto de Gestão de Pessoas UnBǁ Elaboração: Divisão de Administração de Pessoal Prezado (a) Servidor (a), O Governo Federal, por meio de seu Ministério do Planejamento,

Leia mais

A primeira configuração que deve ser conferida está na parte cadastral da empresa.

A primeira configuração que deve ser conferida está na parte cadastral da empresa. 13º Salário O objetivo deste manual é orientar ao usuário quanto à geração da folha de 13º Salário, bem como Adiantamento de 13º Salário e Complemento de 13º. Clique nos links abaixo para navegar entre

Leia mais

Título: Como configurar folha professor categoria Aulista?

Título: Como configurar folha professor categoria Aulista? Título: Como configurar folha professor categoria Aulista? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina para configuração da folha professor. 1 PARÂMETROS 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique

Leia mais

SISTEMA DE FOLHA DE PAGAMENTO SFP40H

SISTEMA DE FOLHA DE PAGAMENTO SFP40H SISTEMA DE FOLHA DE PAGAMENTO SFP40H Especializada em softwares para a gestão pública. Trabalhamos para atender nossos clientes da maneira mais eficiente possível. Estamos aqui para encontrar soluções!

Leia mais

Para iniciar o processo de geração da RAIS, verificar as configurações abaixo:

Para iniciar o processo de geração da RAIS, verificar as configurações abaixo: Passo a Passo para interface da RAIS Para iniciar o processo de geração da RAIS, verificar as configurações abaixo: 1- Ir em opções, configurações, configurar ambiente, verificar se nos campos códigos

Leia mais

Manual do Usuário - Novo SCDP Universidade Federal de Alagoas

Manual do Usuário - Novo SCDP Universidade Federal de Alagoas Manual do Usuário - Novo SCDP Universidade Federal de Alagoas 1 Janeiro de 2014 1. Acesso... 02 1.1 Usuários Novos. 03 1.2 Token. 05 2. Solicitação de Viagem. 08 2.1. Cadastrar. 08 2.2 Reserva de Passagem...

Leia mais

CÁLCULO DA FOLHA. 1- Fechamento Quinzenal/Mensal 2- Lançamentos individuais na Ficha Mensal 3- Gerar lançamentos na Ficha Mensal 4- Cálculo da Folha

CÁLCULO DA FOLHA. 1- Fechamento Quinzenal/Mensal 2- Lançamentos individuais na Ficha Mensal 3- Gerar lançamentos na Ficha Mensal 4- Cálculo da Folha CÁLCULO DA FOLHA Objetivo: Realizar o cálculo da folha de pagamento dos funcionários, podendo ser realizado individualmente por funcionário ou por departamento. 1- Fechamento Quinzenal/Mensal 2- Lançamentos

Leia mais

Retaguarda Pagamento de. Pet Shop

Retaguarda Pagamento de. Pet Shop Retaguarda Pagamento de Comissão Pet Shop 1 Pagamento de Comissão Objetivos: Informar Comissão de Venda por funcionário; Informar Comissão de Venda por Grupo de Produtos; Cadastrar Comissão por Faixa de

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Conhecendo o sistema Certidões Negativas Cadastros das certidões... 6

SUMÁRIO. 1. Conhecendo o sistema Certidões Negativas Cadastros das certidões... 6 SUMÁRIO 1. Conhecendo o sistema... 3 2. Certidões Negativas... 5 2.1 Cadastros das certidões... 6 2.2 Exclusões de Negativas cadastradas com erro... 7 3. Geração de Anexo de Nota Fiscal... 8 3.1. Como

Leia mais

Entendendo o Funcionamento do SIOPE

Entendendo o Funcionamento do SIOPE Solução em Gestão Municipal Solução em Gestão Municipal Entendendo o Funcionamento do SIOPE O SIOPE atualmente está exigindo dos municípios informações referentes a execução orçamentária no que se refere

Leia mais

Tutorial plano de pagamento por curso

Tutorial plano de pagamento por curso Tutorial plano de pagamento por curso Conteúdo 1. Cadastro de regras para perda de bolsa/recuperação de bolsa... 2 2. Cadastro de desconto por aluno... 3 3. Gerar boletos... 5 4. Procedimentos para mudança

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL E CONFEDERATIVA

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL E CONFEDERATIVA INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL E CONFEDERATIVA O sistema de emissão de guias avulsas é destinado aos departamentos de pessoal ou recursos humanos dos empregadores rurais, muitas

Leia mais

Financeiro Controle de Cheque

Financeiro Controle de Cheque Financeiro Controle de Cheque 1 Objetivo O controle de cheques é importante para o controle financeiro da empresa. É possível também visualizar todas as situações que envolvem os cheques (depositado, devolvido,

Leia mais

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016 Neste bip Como atualizar as tabelas no SEFIP... 1 Depreciação... 2 Empresas Imunes e Isentas... 3 Notas explicativas... 3 Você Sabia? Como atualizar as tabelas no SEFIP? No nosso site de documentação on-line

Leia mais

SPED ECF - Como gerar as informações do registro M350 referente à Parte A - Demonstração da Base de Cálculo?

SPED ECF - Como gerar as informações do registro M350 referente à Parte A - Demonstração da Base de Cálculo? SPED ECF - Como gerar as informações do registro M350 referente à Parte A - Demonstração da Base de Cálculo? Esta opção estará disponível somente para empresas com forma de tributação de lucro: Lucro Real

Leia mais

Título: Integração de Impostos pagos pelo Escritório Folha x Honorários

Título: Integração de Impostos pagos pelo Escritório Folha x Honorários Título: Integração de Impostos pagos pelo Escritório Folha x Honorários Pode ocorrer alguma situação onde o escritório de contabilidade paga alguns impostos para seus clientes, como por exemplo: INSS,

Leia mais

SPED ECF - Como importar as informações do registro P500 referente ao cálculo da CSLL?

SPED ECF - Como importar as informações do registro P500 referente ao cálculo da CSLL? SPED ECF - Como importar as informações do registro P500 referente ao cálculo da CSLL? Esta opção estará disponível somente para empresas com forma de tributação de lucro: Lucro Presumido. 1 IMPORTAÇÃO

Leia mais

GERANDO O ARQUIVO HOMOLOGNET DENTRO DO ATHENAS 1º Passo: Após a rescisão de contrato ter sido calculada e efetivada o usuário deverá verificar quais

GERANDO O ARQUIVO HOMOLOGNET DENTRO DO ATHENAS 1º Passo: Após a rescisão de contrato ter sido calculada e efetivada o usuário deverá verificar quais GERANDO O ARQUIVO HOMOLOGNET DENTRO DO ATHENAS 1º Passo: Após a rescisão de contrato ter sido calculada e efetivada o usuário deverá verificar quais as verbas que compõe o seu cálculo, lembrando que deve

Leia mais

BECOMEX Melhores Práticas

BECOMEX Melhores Práticas BECOMEX Melhores Práticas REINTEGRA Procedimento para Importar os Arquivos Necessários para Preenchimento dos Dados de NCM, Notas e DE Procedimento para Importar os Arquivos Necessários para Preenchimento

Leia mais

Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) 1 CM. Contribuições Mensais 1 CM 10 CM 12 CM 12 CM 180 CM.

Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) 1 CM. Contribuições Mensais 1 CM 10 CM 12 CM 12 CM 180 CM. Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) Você, Microempreendedor Individual que se formalizou e não quer perder os benefícios no INSS nem ficar inadimplente, precisa pagar as guias

Leia mais

Agendamento de Entregas

Agendamento de Entregas Agendamento de Entregas MT-212-00143 - 2 Última Atualização 24/11/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Solicitar um Agendamento de Entregas de Materiais; Acompanhar o andamento

Leia mais

CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS Objetivo: Cadastrar todos os dados e funções relacionadas aos funcionários da empresa, para que possam ser gerados os cálculos na folha de pagamento e outras obrigações. Acesse:

Leia mais

MANUAL SEFINNET / SEFINNET WEB FLORIANÓPOLIS SC VERSÃO 3.0 ( )

MANUAL SEFINNET / SEFINNET WEB FLORIANÓPOLIS SC VERSÃO 3.0 ( ) MANUAL SEFINNET / SEFINNET WEB FLORIANÓPOLIS SC VERSÃO 3.0 (3.00.0001) SERVIÇOS PRESTADOS - GIF PJ - DES CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA SUMÁRIO 2 Importação dos arquivos BGR 3 Cadastro de Talonários 5 Configuração

Leia mais

QUADRO 3 Rendimentos Tributáveis, Deduções e Imposto Retido na Fonte

QUADRO 3 Rendimentos Tributáveis, Deduções e Imposto Retido na Fonte Entenda o Comprovante de Rendimentos dos Assistidos Para a Declaração do IRPF exercício 2017, ano-calendário 2016, a FAPES preparou um roteiro explicando os principais campos do Comprovante de Rendimentos

Leia mais

CADASTRO DE EXCEÇÕES PIS/COFINS

CADASTRO DE EXCEÇÕES PIS/COFINS Apresentação Este tutorial descreve sobre o processo para cadastro de exceções de tributação de PIS/COFINS e orientações gerais de execução da rotina 1000 Processamentos Fiscais para o recálculo de PIS/COFINS.

Leia mais

SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta?

SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta? SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta? Esta opção estará disponível somente para empresas com forma de tributação de lucro: Imune/Isenta.

Leia mais

Como realizar configuração para integração na Folha?

Como realizar configuração para integração na Folha? Como realizar configuração para integração na Folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas para integração entre os módulos Folha e Contabilidade. 1 CONFIGURAR

Leia mais

Título: Como realizar a configuração da integração contábil de uma empresa com Atividade Imobiliária Custo Incorrido?

Título: Como realizar a configuração da integração contábil de uma empresa com Atividade Imobiliária Custo Incorrido? Título: Como realizar a configuração da integração contábil de uma empresa com Atividade Imobiliária Custo Incorrido? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar uma rotina de lançamentos contábeis,

Leia mais

Título: Configuração para emissão das Certidões Negativas de Débito - CND.

Título: Configuração para emissão das Certidões Negativas de Débito - CND. Título: Configuração para emissão das Certidões Negativas de Débito - CND. 1 LIBERAÇÃO DE USUÁRIOS DO ESCRITÓRIO: 1.1- Acesse o menu ATENDIMENTO, opção CONTROLE, opção USUÁRIOS e clique em USUÁRIOS DO

Leia mais

Fale Conosco MT Última Atualização 23/07/2015

Fale Conosco MT Última Atualização 23/07/2015 Fale Conosco MT-611-00002-7 Última Atualização 23/07/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Abrir um chamado para relacionamento com o Cadastro de Fornecedores através

Leia mais

Neste bip Adiantamento de 13

Neste bip Adiantamento de 13 Neste bip Adiantamento de 13 Adiantamento de 13... 1 Facilitadores nos lançamentos contábeis - alterado... 2 Mensagens no TRCT... 3 Regra de importação... 4 Você Sabia? Que no sistema existe um recurso

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA 1 Índice Pág. Características Técnicas... 3 Atalho Módulo Financeiro... 4 Contas à Pagar... 5 Contas à Receber...

Leia mais

Está gerando diferença de INSS RAT entre o sistema e a SEFIP. O que pode ser?

Está gerando diferença de INSS RAT entre o sistema e a SEFIP. O que pode ser? Está gerando diferença de INSS RAT entre o sistema e a SEFIP. O que pode ser? Através desta solução, será possível identificar prováveis causas de diferença de INSS entre o sistema e a SEFIP, com relação

Leia mais

Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº /2015?

Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº /2015? Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº 13.097/2015? 1 PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS;

Leia mais

Cheque Recebimentos com múltiplos cheques

Cheque Recebimentos com múltiplos cheques Conteúdo 1Introdução 2Comentários - Relatórios Fixos 3Natureza da Receita Produto 4Cheque 5Cancelamento de NFe 6O.S. no orçamento 7Devolução 8SNGPC Introdução Este artigo tem como objetivo tirar dúvidas

Leia mais

Título: Como realizar a configuração do posto de combustível pelo movimento de combustíveis?

Título: Como realizar a configuração do posto de combustível pelo movimento de combustíveis? Título: Como realizar a configuração do posto de combustível pelo movimento de combustíveis? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique no botão [Nova Vigência];

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 2 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Contas a Receber. Índice. 1. Adicionando uma Receita Manual

Contas a Receber. Índice. 1. Adicionando uma Receita Manual Contas a Receber Gerencie suas contas a receber com o VHSYS, sistema integrado e boletos, com registro, sem registro e duplicadas em apenas alguns cliques. Índice 1. Adicionando uma Receita Manual 2. Gerenciando

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS- DBV

DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS- DBV DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS- DBV SUMÁRIO 1. CADASTRO INICIAL... 1 2. ACESSO AO SISTEMA... 3 2.1. Preenchimento de Novo Formulário... 4 2.1.1. Declaração de Dependentes... 5 2.1.2

Leia mais

CARTILHA DE UTILIZAÇÃO DO SIGISS E DO SIGIPM

CARTILHA DE UTILIZAÇÃO DO SIGISS E DO SIGIPM CARTILHA DE UTILIZAÇÃO DO SIGISS E DO SIGIPM SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS.::Perguntas Mais Frequentes::..::Help Desk::..::Download::. Licenciado para Prefeitura Municipal

Leia mais

1. ROTEIRO DAS ATIVIDADES A SEREM EXECUTADAS NO SISTEMA SODPESSOAL-DOS 1.1. PROCESSAR TODOS OS TRABALHADORES

1. ROTEIRO DAS ATIVIDADES A SEREM EXECUTADAS NO SISTEMA SODPESSOAL-DOS 1.1. PROCESSAR TODOS OS TRABALHADORES 1. ROTEIRO DAS ATIVIDADES A SEREM EXECUTADAS NO SISTEMA SODPESSOAL-DOS 1.1. PROCESSAR TODOS OS TRABALHADORES a) A partir do menu: Processamento-> DIRF-> Lancamento-> Funcionario/Socio/Autonomo; b) No campo

Leia mais

Cálculo de Hora Extra:

Cálculo de Hora Extra: Cálculo de Hora Extra: Confira como resolver, em poucos passos, um cálculo com o aplicativo Debit Trabalhista. Este cálculo contém: Horas Extras (hora + adicional) 13º salário Férias Aviso prévio Multa

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão 2.18 1 Sumário 1 Instalação do AFV...3 2 Configurações do AFV...4 3 Recebendo as tabelas...6 4 Consultando clientes...6 5 Consultando

Leia mais

Está gerando diferença de INSS empresa entre o sistema e a SEFIP.

Está gerando diferença de INSS empresa entre o sistema e a SEFIP. Está gerando diferença de INSS empresa entre o sistema e a SEFIP. Através desta solução, será possível identificar prováveis causas de diferença de INSS entre o sistema e a SEFIP, com relação ao INSS empresa.

Leia mais