O texto de João 4:35 a 38 nos apresentam três princípios relacionados à colheita espiritual. Vejamos o primeiro:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O texto de João 4:35 a 38 nos apresentam três princípios relacionados à colheita espiritual. Vejamos o primeiro:"

Transcrição

1 OS CAMPOS ESTÃO PRONTOS PARA A COLHEITA João Que a Paz do Senhor Jesus Cristo seja com todos vocês irmãos e irmãs. Por gentileza, abram as suas Bíblias no Evangelho de João, capítulo 4, versículos 35 a 38. Na Bíblia Revista e Atualizada está escrito assim: 35- Não dizeis vós que ainda há quatro meses até a ceifa? Eu, porém, vos digo: erguei os olhos e vede os campos, pois já branquejam para a ceifa. 36- O ceifeiro recebe desde já a recompensa e entesoura o seu fruto para a vida eterna; e dessarte, se alegram tanto o semeador como o ceifeiro. 37- Pois, no caso, é verdadeiro o ditado: Um é o semeador, e outro é o ceifeiro. 38- Eu vos enviei para ceifar o que não semeastes; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho. Chegamos, pela graça de Deus, a terceira fase do projeto Um milhão de contatos missionários. No ano de 2009, os promessistas firmaram o compromisso pessoal no propósito de alcançarem 12 contatos missionários. Em 2010, o alvo foi de 10 contatos e, em 2011, estaremos focados em alcançar mais 8 contatos, para a glória de nosso Deus. Nós sabemos que esse projeto é um grande desafio para a Igreja Adventista da Promessa em geral, e para todos nós, individualmente. Ele exige preparo, amor e prontidão de nossa parte. Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde, se à noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dormindo. Marcos.13.35:36 O texto que lemos é a continuação de um dos mais admiráveis fatos ocorridos na Bíblia, a saber, o encontro de Jesus com a mulher samaritana. Ela ouviu da boca de Jesus, não o que gostaria de ouvir, mas o que precisava ouvir. A atitude dessa mulher é notável. Ela ouviu a Palavra, mas não a reteve somente para si mesma. Pelo contrário, ela se apressou a propagá-la aos outros. Com essa mulher aprendemos o princípio da prontidão. Tanto a semeadura quanto a colheita requerem pessoas prontas para o serviço e dedicadas a ele. O texto de João 4:35 a 38 nos apresentam três princípios relacionados à colheita espiritual. Vejamos o primeiro: I. TRABALHEMOS COM PRONTIDÃO CONSIDERANDO A URGÊNCIA DA COLHEITA. Foi no encontro que teve com Jesus, que a mulher samaritana se deparou com a verdade que mudou a sua vida. Ela ouviu dos lábios dele, a seguinte afirmação: Eu sou o Messias! Eu, que estou falando com você (Jo 4:26- NVI). Essas palavras eram fortes demais ao seu coração, pois sabia ela que eram verdade! Essa mulher tinha certeza que Jesus não era semelhante aos demais profetas da época, que se diziam ser o Messias aguardado pelos judeus. Afinal, nos poucos momentos de diálogo que teve com ela, Jesus havia detalhado fatos secretos (ao menos para um desconhecido) da vida dela! (Jo 4:29). A mulher samaritana foi impulsionada, pelo poder da palavra de Cristo a testemunhar dele aos seus conterrâneos. Jesus tinha absoluta certeza de que além daquela mulher, muitos outros samaritanos creriam nele. Por isso, ele

2 lembrou aos discípulos: Não dizeis que ainda há quatro meses até a colheita? (Jo 4:35a). Os discípulos estavam dizendo isso. Era dezembro, ou início de janeiro, e a ceifa, nessa região, acontecia em abril ou começo de maio. 1 Eles, não estavam errados, cientificamente falando. Afinal, a colheita não pode ser realizada imediatamente à semeadura. Mas Cristo lança mão desse fato para expressar uma verdade acerca da colheita espiritual: ela é urgente! Observem, por gentileza, a parte b do versículo 35 de João 4: Eu lhes digo: Abram os olhos e vejam os campos! Eles estão maduros para a colheita. O que Jesus quis dizer com essas palavras é que apesar da colheita de grãos estarem ainda distante (quatro meses), a colheita de almas já poderia ser feita. 2 Não havia tempo a perder. Será que essa afirmação tem algum sentido? Certamente, sim! O versículo 39 declara: Muitos samaritanos daquela cidade creram nele por causa do seguinte testemunho dado pela mulher: Ele me disse tudo o que tenho feito. A noção de urgência está no coração de Deus! Ele nos convoca a sairmos do comodismo e a ter uma visão além do natural. Ele quer que olhemos para os campos pela ótica espiritual e isso envolve urgência na ceifa. Os campos estão brancos, portanto, estejamos prontos para agir rapidamente! Caso contrário as pessoas poderão se perder! Elas podem ser atacadas e arrebatadas por aquele que veio para matar, roubar e destruir (Jo 10:10). Lembre-se que no mundo natural a colheita pode demorar muito tempo após a semeadura, mas no mundo espiritual, ela deve ser realizada imediatamente! Na mente de Cristo, o tempo de se anunciar a Palavra é agora, isto é, o presente! Qual tem sido a nossa preocupação diante desse vasto campo, que é o mundo? Temos sido impulsionados pela urgência da mulher samaritana ou pelo pensamento cômodo dos discípulos? O que estamos esperando? Os campos estão brancos! Está na hora de agir! Cristo está nos chacoalhando neste momento por meio da sua palavra! Desatemo-nos das armadilhas da ociosidade. Desprendemo-nos da inércia espiritual. Corramos para os campos a fim de realizarmos a ceifa! O campo, é a nossa família, é o nosso bairro, é a nossa cidade, é o mundo! E o tempo da salvação é o dia chamado hoje. Trabalhemos com prontidão considerando a urgência da colheita. Este é o primeiro princípio. Vamos, portanto, ao segundo: II. TRABALHEMOS COM PRONTIDÃO CONSIDERANDO O MANDAMENTO DA COLHEITA. A colheita tem um tempo para ser realizada: o presente. Mas também tem uma razão imprescindível para ser realizada: é uma ordem. E quem atesta isso? O próprio Jesus. Veja, por favor, o que ele fala no inicio do versículo 38: Eu vos enviei para ceifar... Esse texto é tremendo! É possível observamos nele três itens importantes. Em primeiro lugar, o texto destaca o comissionador. Foi Jesus quem chamou os discípulos e os capacitou. Quando somos por ele capacitados, temos ousadia para pregar como ovelhas no meio de lobos! Isso é 1 Hendriksen (2004:232) 2 Hendriksen (2004:233)

3 impressionante! O mandamento da colheita não tem procedência humana, mas divina! Não é terreno, mas celestial! Ele provém daquele que é digno de ser chamado EU SOU! Em segundo lugar, o texto destaca os comissionados. O termo vos está na terceira pessoa do plural. Aqui, ele está se referindo aos discípulos daquela época. Mas também está se dirigindo aos discípulos dessa geração! O mandamento da colheita é para nós também! Cristo também estava falando de nós quando disse em Mt 5:13: Vós sois o sal da terra. Do mesmo modo eram também para nós as palavras dele registradas no versículo seguinte: Vós sois a luz do mundo (Mt 5:14). Portanto, não pense você que está desobrigado desta função tão essencial que é a colheita. O comissionado é o pastor e o membro da igreja; a criança, o jovem, o adulto e o ancião. Todos, individualmente, fomos chamados e convocados para a urgente colheita! Em terceiro lugar, o texto destaca a missão. Leiamo-lo novamente: Eu vos enviei para ceifar (grifo nosso). Cristo não nos colocou no mundo sem propósito. Não fomos chamados sem propósito. Ele nos comissionou. A nossa missão é árdua, perigosa, enfadonha, mas muito importante! Trata-se de uma questão de vida ou morte. Não há outra opção: Ou cumprimos a missão de ceifar vidas do cárcere da morte, ou, nos tornaremos as próprias vítimas da morte. Quem não ceifa para Cristo, é ceifado pelo pecado. Vocês ainda lembram o que está escrito em Marcos 16:15? Vamos recitá-lo juntos:...ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Queridos irmãos e irmãs, por se tratar de um mandamento, a colheita não deve ser realizada de qualquer maneira. Precisamos estar munidos da ferramenta certa para que possamos realizá-la com eficácia. A Palavra de Deus é o instrumento da colheita. Jamais obedeceremos corretamente à ordem de Cristo se ignorarmos a sua Palavra. Se quisermos ver as pessoas se arrependerem dos seus pecados e passarem por uma transformação de vida, devemos pregar-lhes a Palavra! Nada além da Palavra! Os samaritanos se renderam a Cristo porque ouviram a Palavra! A colheita será farta se o foco estiver no evangelho e não nos evangelistas, pois o evangelho é poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê (Rm 1:16). Por se tratar de um mandamento, a colheita não se restringe a uma parte do campo, mas a toda extensão dele. Talvez os discípulos tivessem o seguinte pensamento acerca dos samaritanos: Não pode haver colheita aqui! Essa gente despreza os judeus e não aceitaria a nossa mensagem. Mas era justamente o contrário: aqueles campos estavam prontos para a ceifa. 3 A colheita pode e deve ser feita em todas as classes da sociedade, sem preconceito. Encaremos a colheita como uma ordem, mas não obedeçamos por uma questão de obrigação, mas de alegria, sabendo que são bemaventurados os que ouvem a palavra de Deus, e a observam (Lc 11:28). O segundo princípio, como vimos, é este: Trabalhemos com prontidão considerando o mandamento da colheita. Vamos, portanto, ao terceiro e último princípio: 3 Wiersbe (2006:388)

4 III. TRABALHEMOS COM PRONTIDÃO CONSIDERANDO A RECOMPENSA DA COLHEITA. Como vimos, a colheita espiritual distingue-se da colheita natural pelo fato desta ter de aguardar um período de tempo considerável a partir da semeadura para ser concretizada, enquanto que aquela acontece logo após a Palavra ser semeada. Mas não é só isso. Ambas também se diferem no que concerne à sua recompensa. Por gentileza, vejam novamente na Bíblia de vocês, o que está escrito no versículo 36 do capítulo 4 do evangelho de João: O ceifeiro recebe desde já a recompensa e entesoura o seu fruto para a vida eterna; e, dessarte, se alegram tanto o semeador como o ceifeiro. É possível observarmos, nessas palavras de Jesus, pelo menos, duas importantes lições quanto à recompensa da colheita espiritual. A primeira delas refere-se à sua durabilidade. Uma colheita normal ou natural poderá trazer muitas alegrias ao ceifeiro. Ela pode encher os seus celeiros e torná-lo muito rico. Todavia, a recompensa produzida por esse tipo de colheita não é durável, porque se trata de um tesouro inteiramente terreno, o qual pode contribuir, muitas vezes, negativamente para a espiritualidade das pessoas. Se não houver um cuidado voltado nesse sentido, o coração delas correrá o risco de se focar somente nos bens terrenos e se distanciar cada vez mais de Cristo. A recompensa produzida pela colheita espiritual, no entanto, é completamente diferente! Jesus faz questão de afirmar que, nela, o ceifeiro entesoura o seu fruto para a vida eterna! Essa colheita produz uma recompensa durável meus queridos irmãos e irmãs! Quem dela participa reserva para si um tesouro não terreno, mas celestial! Essa colheita é espiritual porque envolve o novo nascimento das pessoas. Estas abrirão os seus olhos para ver Aquele que é a luz do mundo, Cristo! Elas o amarão e crerão na sua palavra e serão salvas mediante a graça salvadora de nosso Deus! Elas se depararão, finalmente, não mais com a morte, mas com a vida, a qual é eterna! A segunda importante lição quanto à recompensa da colheita espiritual é o seu compartilhamento. O texto afirma que tanto o semeador quanto o ceifeiro se alegram. O mérito da colheita não é somente deste ou daquele, mas de todos. Os que semeiam não são mais importantes do que os que ceifam. Logicamente, as suas funções são diferentes, mas o resultado do trabalho é o mesmo. A glória do trabalho de todos é destinada a um só Deus. O objetivo é o mesmo: salvar vidas. Na ceifa do Senhor, não há competição. Cada um recebe uma tarefa, e todos fazem parte do trabalho uns dos outros (1 Co 3:6-). Um semeia, o outro colhe, mas todos os trabalhadores recebem a recompensa justa por seu trabalho. 4 Veja, por favor, novamente o versículo 38: Eu vos enviei para ceifar o que não semeastes; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho. Possivelmente, os outros, antes dos discípulos, haviam trabalhado entre os samaritanos, ou seja, plantaram entre eles a mensagem do evangelho. 5 Mas os discípulos agora são comissionados a colher os frutos do trabalho deles. Talvez Cristo esteja se referindo a ele mesmo, ou aos profetas do Antigo 4 Idem 3. 5 Hendriksen (2004:235)

5 Testamento. De qualquer modo, o trabalho tinha de ser continuado. Nós também fomos comissionados para ceifar do trabalho dos cristãos do passado. Portanto, em atitude de prontidão, estejamos dispostos a dar prosseguimento à colheita. A recompensa que nos aguarda é eterna e compartilhável! CONCLUSÃO: Amados irmãos e irmãs, a Palavra de Deus hoje nos convoca à ceifa. Os campos estão brancos e a colheita não pode atrasar. Ela é urgente. Aliás, urgentíssima! Paulo, o missionário mais influente de cristianismo de todos os tempos, tinha essa percepção impregnada na sua mente. Por essa razão, ele disse a Timóteo, o seu filho na fé: Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina (2 Tm 4:2). Além disso, a colheita é também um mandamento. Fomos comissionados por Cristo para participar dela. Quem ceifa, recebe do Senhor, uma recompensa durável e compartilhável! Quer você receber essa recompensa? Então, aceite o desafio proposto neste culto. Faça agora mesmo o compromisso diante do Senhor da seara de fazer, até ao final do ano de 2011, oito contatos missionários! Lembrese que isso não é impossível, pelo contrário, o próprio Senhor da seara o capacitará para essa grande obra! Sabendo que a seara é grande, mas os trabalhadores são poucos (Lc 10:2), oremos firmemente para o Senhor faça de nós ceifeiros entusiasmados e comprometidos para a ceifa. Amém! BIBLIOGRAFIA BOOR, Werner de. Evangelho de João I: comentário esperança. Curitiba: Ed. Evangélica Esperança, BRUCE F.F. João. São Paulo: Sociedade Religiosa Edições Vida Nova e Associação Religiosa Editora Mundo Cristão, HENDRIKSEN, William. O Evangelho de João. São Paulo: Ed. Cultura Cristã, WIERSBE, Warren W. Comentário Bíblico Expositivo: Novo Testamento: Volume I. Santo André, SP: Geográfica editora, 2006.

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4. AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.1-42 INTRODUÇÃO A narrativa da Mulher Samaritana se desenvolve

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS Curso Bíblico Lição 7 Lembre-se que é da vontade de Deus que todos os homens se salvem: Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao

Leia mais

O NASCIMENTO DO SALVADOR

O NASCIMENTO DO SALVADOR Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz no culto de natal na Igreja Batista Novo Coração, em 20 de dezembro de 2015. Evangelho de Lucas 2.8-20: 8 Havia pastores que estavam nos campos próximos

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS Pr. Cristiano Nickel Junior O propósito é que a Igreja seja um exército com bandeiras Martyn Lloyd-Jones No princípio era aquele

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais

Perfil da Igreja que possui maturidade

Perfil da Igreja que possui maturidade Perfil da Igreja que possui maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Atos 2.7-45 7 - E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

Leia mais

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende por que é importante

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua.

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua. Vigie com os Valores e Ferramentas espirituais. Veremos dois textos que falam sobre perda, e tiraremos a lição para nossas vidas, para Não perdermos o que Deus já nos deu, e para que isso não aconteça,

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30 PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:2730 FILIPENSES 1:2730 Somente deveis portarvos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI Lição 07 A COMUNIDADE DO REI OBJETIVO: Apresentar ao estudante, o ensino bíblico sobre a relação entre a Igreja e o Reino de Deus, para que, como súdito desse reino testemunhe com ousadia e sirva em amor.

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA A IMPORTÂNCIA DAS OBRAS DE FÉ William Soto Santiago Cayey Porto Rico 16 de Março de 2011 Reverendo William Soto Santiago, Ph. D. CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO http://www.cder.com.br E-mail:

Leia mais

Lição 1. Lição 2. Lição 5

Lição 1. Lição 2. Lição 5 Caro responsável, O tema desta revista O Livro de Deus trata especificamente da Bíblia, enfatizando às crianças que ela é a Palavra de Deus, onde Ele nos conta sobre si mesmo e nos diz como devemos viver

Leia mais

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM Se espera de uma v i g í l i a jo v e m um bom planejamento, divulgação, objetivo e um tema definido acertando em cheio o objetivo proposto no planejamento da vigília. Em uma vigília

Leia mais

Retroceder? Só se for pra pegar impulso!

Retroceder? Só se for pra pegar impulso! Retroceder? Só se for pra pegar impulso! Hb 10:35-39 "Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a

Leia mais

Lição Oito. Amando aos Outros. (Desenvolvendo um Estilo Compassivo de Vida)

Lição Oito. Amando aos Outros. (Desenvolvendo um Estilo Compassivo de Vida) Livrinho 2 Pàgina 60 Lição Oito Amando aos Outros (Desenvolvendo um Estilo Compassivo de Vida) O amor fica ao centro real do Cristianismo. Ele resume numa só palavra a própria essência da fé cristã. Foi

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

www.projeto-timoteo.org 2ª edição Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Apostila do Aluno

www.projeto-timoteo.org 2ª edição Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Apostila do Aluno Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo 1 Apostila do Aluno Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro.

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro. A importância do estudo bíblico para a vida cristã 2 Pedro 1.12-2121 Pr. Fernando Fernandes Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo

Leia mais

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus A Identidade da Igreja do Senhor Jesus Atos 20:19-27 (Ap. Paulo) Fiz o meu trabalho como Servo do Senhor, com toda a humildade e com lágrimas. E isso apesar dos tempos difíceis que tive, por causa dos

Leia mais

História: Vocês querem que eu continue contando a história do Natal? Maria e José seguiam para Belém,

História: Vocês querem que eu continue contando a história do Natal? Maria e José seguiam para Belém, Data: 13/12/2015 Texto Bíblico: Lucas 2:7; 8-20 e Mateus 2:1-12 Versículo para memorizar: Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu único Filho, para que todo aquele que Nele crê não morra,

Leia mais

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br 34 Lição 5 A Quem deve ser batizado? Antes de subir ao céu, o Senhor Jesus Cristo ordenou aos seus discípulos: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crê e for batizado

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

SOBERANIA DE DEUS E A RESPONSABILIDADE HUMANA NA EVANGELIZAÇÃO

SOBERANIA DE DEUS E A RESPONSABILIDADE HUMANA NA EVANGELIZAÇÃO SOBERANIA DE DEUS E A RESPONSABILIDADE HUMANA NA EVANGELIZAÇÃO E disse-lhes (Jesus): "Vão pelo mundo todo e preguem o Evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer

Leia mais

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras)

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Mostre o "Homem em Pecado" separado de Deus Esta luz (aponte para o lado direito) representa

Leia mais

O Arrebatamento da Igreja

O Arrebatamento da Igreja Texto Base: 1Ts 4.13-18 O Arrebatamento da Igreja "Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois,

Leia mais

O Papel da Mulher Cristã

O Papel da Mulher Cristã O Papel da Mulher Cristã Hoje as mulheres estão bem mais interessadas em carreiras profissionais e menos desejosas do papel no lar. Porém cada um tem a sua importância. Qual será então, o papel da mulher

Leia mais

A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser cego.

A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser cego. Mensagem: O HOMEM QUE ABRIU OS OLHOS PARA DEUS Pastor: José Júnior Dia: 22/09/2012 sábado AMAZON JOVENS Texto-base: Lucas 18:35-43 A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser

Leia mais

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

O SENHOR É A NOSSA BANDEIRA. William Soto Santiago Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 Vila Hermosa -Tabasco México

O SENHOR É A NOSSA BANDEIRA. William Soto Santiago Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 Vila Hermosa -Tabasco México O SENHOR É A NOSSA BANDEIRA William Soto Santiago Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 Vila Hermosa -Tabasco México Reverendo William Soto Santiago, Ph. D. CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO http://www.cder.com.br

Leia mais

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e I João 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida 2 (pois a vida foi manifestada, e nós

Leia mais

Lição 1 - Apresentando o Evangelho Texto Bíblico Romanos 1.16,17

Lição 1 - Apresentando o Evangelho Texto Bíblico Romanos 1.16,17 Lição 1 - Apresentando o Evangelho Texto Bíblico Romanos 1.16,17 Paulo escreveu uma carta à Igreja de Roma, mas não foi ele o instrumento que Deus usou para fazer acontecer uma Agência do Reino de Deus

Leia mais

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA Ap 21.9-11 - E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado.

Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado. 1 Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado. Neste sentido a Carta aos Hebreus é uma releitura da lei,

Leia mais

O povo da graça: um estudo em Efésios # 34 Perseverando com graça - Efésios 6.18-24

O povo da graça: um estudo em Efésios # 34 Perseverando com graça - Efésios 6.18-24 Perseverando com graça Efésios 6.18-24 O povo da graça: um estudo em Efésios # 34 18 Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem

Leia mais

A cena começa com uma descida. Então, quem desceu se Jesus tomou o livro e se assentou?

A cena começa com uma descida. Então, quem desceu se Jesus tomou o livro e se assentou? A resposta para sua pergunta é Sim, e Não. Permita-me explicar porque as duas coisas. Eu creio que o Cordeiro saiu do Trono SIM, mas eu NÃO creio que ele desceu. Há aqueles que defendem a tese de que o

Leia mais

A parábola das dez virgens: Amanhã eu vou. (Mt 25.1-13)

A parábola das dez virgens: Amanhã eu vou. (Mt 25.1-13) 1 A parábola das dez virgens: Amanhã eu vou. (Mt 25.1-13) Na cultura judaica, as meninas eram entregues em casamento entre 13 e 14 anos de idade. Muitos casamentos já eram arranjados quando do nascimento

Leia mais

apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina" (Efésios 2:20).

apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina (Efésios 2:20). LIÃO 30 COMO FORTALECER O MINISTÉRIO TEXTO: Mateus 16.18 Introdução. Quando o Senhor Jesus Cristo veio à terra disse:" Edificarei a Minha igreja" (Mateus 16:18b). O apóstolo Paulo ensinou: "Edificados

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro?

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro? ...as religiões? Sim, eu creio que sim, pois não importa a qual religião pertença. O importante é apoiar a que tem e saber levá-la. Todas conduzem a Deus. Eu tenho minha religião e você tem a sua, e assim

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO Texto: Apocalipse 22:1-2 Então o anjo me mostrou o rio da água da vida que, claro como cristal, fluía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da RUA principal da cidade. De

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? Esse texto é um dos mais preciosos sobre Davi. Ao fim de sua vida,

Leia mais

Discipulado Pastor Emanuel Adriano (Mano) DISCIPULADO

Discipulado Pastor Emanuel Adriano (Mano) DISCIPULADO Discipulado Pastor Emanuel Adriano (Mano) DISCIPULADO Em vários textos a Bíblia relata visões que Deus deu a seu povo. Essas visões tinham por objetivo trazer uma orientação ou direção, em outros momentos

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Copyright 2009 por Marcos Paulo Ferreira Eliézer dos Santos Magalhães Aridna Bahr Todos os direitos em língua portuguesa reservados por: A. D. Santos Editora Al. Júlia da Costa, 215 80410-070 - Curitiba

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

Avaliação de: A Ressurreição de Lázaro Vol.- Sete- Valor: 10.0 Pontos-Data: / / Professor /a: Nota Aluno /a: Idade

Avaliação de: A Ressurreição de Lázaro Vol.- Sete- Valor: 10.0 Pontos-Data: / / Professor /a: Nota Aluno /a: Idade Avaliação de: A Ressurreição de Lázaro Vol.- Sete- Valor: 10.0 Pontos-Data: / / Professor /a: Nota Aluno /a: Idade Filhotinho leia atentamente as questões para que se saia bem! Deus te abençoe ricamente.

Leia mais

COMO PREPARAR E COMUNICAR SEU TESTEMUNHO PESSOAL

COMO PREPARAR E COMUNICAR SEU TESTEMUNHO PESSOAL COMO PREPARAR E COMUNICAR SEU TESTEMUNHO PESSOAL O objetivo desta mensagem é motivar e equipar você a preparar e usar seu testemunho ao compartilhar sua fé com outros. Esta lição ajudará você a: 1. Conhecer

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Tema Geral da IELB: Igreja comunica a Vida! Cristo para todos! Enfoque 2014: Comunicando sempre: Jesus a fonte da água viva.

Tema Geral da IELB: Igreja comunica a Vida! Cristo para todos! Enfoque 2014: Comunicando sempre: Jesus a fonte da água viva. Introdução Falar sobre água, na Bíblia, é tocar num assunto vital, tendo em vista o clima daquela região. Água, mesmo em uso metafórico, é uma imagem bem impactante, num clima semiárido. No entanto, o

Leia mais

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA TEXTO: 1 SAMUEL CAPITULO 3 HOJE NÃO É SOBRE SAMUEL QUE VAMOS CONHECER, SABEMOS QUE SAMUEL foi o último dos juízes e o primeiro dos profetas. Ele foi comissionado para ungir asaul, o primeiro rei, e a David,

Leia mais

Fruto do Espírito: Amabilidade e Mansidão

Fruto do Espírito: Amabilidade e Mansidão Fruto do Espírito: Amabilidade e Mansidão O Trigo Humilde Um lavrador e seu jovem filho foram para os campos colher trigo. Ao olharem os campos de grãos dourados bailando ao sabor do vento, o garoto exclamou,

Leia mais

O chamado de Jesus ao discipulado

O chamado de Jesus ao discipulado Lição 3 12 a 19 de janeiro O chamado de Jesus ao discipulado Sábado à tarde Ano Bíblico: Gn 37 39 VERSO PARA MEMORIZAR: "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

Mantendo uma Posição Firme

Mantendo uma Posição Firme Livro 1 página 65 Lição Nove Mantendo uma Posição Firme (O Batismo e a Membresia na Igreja) Introdução: O batismo e a membresia na igreja säo coisas inteiramente diferentes. Eles estão juntos nesta lição

Leia mais

Lição Dois. Mordomia Cristã. Conceito Básico: O alicerce da mordomia cristã é o conceito de que tudo que existe pertence a

Lição Dois. Mordomia Cristã. Conceito Básico: O alicerce da mordomia cristã é o conceito de que tudo que existe pertence a Livrinho 2 Pàgina 12 Lição Dois Mordomia Cristã Conceito Básico: O alicerce da mordomia cristã é o conceito de que tudo que existe pertence a Deus. Ele é o Criador e Sustentador de tudo. Isto incluí a

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia.

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Caríssimos Irmãos e Irmãs: Assim que Maria Madalena vira o túmulo vazio, correu à Jerusalém atrás de Pedro e João. Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XXII A PRIMEIRA CARTA DE PEDRO E REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO Até aqui o Novo Testamento tem dito pouco sobre

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 5

Ajuntai tesouros no céu - 5 "Ajuntai tesouros no céu" - 5 Mt 6:19-21 Temos procurado entender melhor através das escrituras, o que Jesus desejou ensinar aos seus discípulos nesta sequência de palavras, e pra isso, estudamos algumas

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

É necessário olharmos mais meticulosamente para o restabelecimento dessa nação à luz das profecias.

É necessário olharmos mais meticulosamente para o restabelecimento dessa nação à luz das profecias. Apesar dos surpreendentes e espantosos acontecimentos experimentados nestes dias, o maior de todos os sinais do fim dos tempos - e, contudo, o menos enfatizado - é o retorno do povo judeu à Terra Prometida

Leia mais

Princípios de Fé Estudo 1

Princípios de Fé Estudo 1 Estudo 1 1 Tema: A fé e a comunhão Texto Base: o que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER JANEIRO - 1 COLHER ONDE PLANTEI

2015 O ANO DE COLHER JANEIRO - 1 COLHER ONDE PLANTEI JANEIRO - 1 COLHER ONDE PLANTEI Texto: Sal. 126:6 Durante o ano de 2014 falamos sobre a importância de semear, preparando para a colheita que viria neste novo ano de 2015. Muitos criaram grandes expectativas,

Leia mais

Curso Bíblico. Discipulado de Integração. Discipulado de Integração

Curso Bíblico. Discipulado de Integração. Discipulado de Integração Curso Bíblico Discipulado de Integração Curso Bíblico Gratuito Para Novos Discípulos de Jesus Cristo Quando aceitamos o evangelho, cremos em Jesus Cristo como nosso Salvador e Senhor, temos o nascimento

Leia mais

1. QUAL É O MANDAMENTO?

1. QUAL É O MANDAMENTO? FAZER DISCÍPULOS Texto: Mateus 28:18-20 (18) E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. (19) Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS Movendo Pessoas da Congregação para os Comprometidos para que não mais sejamos como meninos Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.

Leia mais

Os encontros de Jesus O cego de nascença AS TRÊS DIMENSÕES DA CEGUEIRA ESPIRITUAL

Os encontros de Jesus O cego de nascença AS TRÊS DIMENSÕES DA CEGUEIRA ESPIRITUAL 1 Os encontros de Jesus O cego de nascença AS TRÊS DIMENSÕES DA CEGUEIRA ESPIRITUAL 04/03/2001 N Jo 9 1 Jesus ia caminhando quando viu um homem que tinha nascido cego. 2 Os seus discípulos perguntaram:

Leia mais

Compartilhando a Sua Fé

Compartilhando a Sua Fé Livrinho 2 Pàgina 4 Lição Um Compartilhando a Sua Fé O Propósito desta Lição Agora que você descobriu a alegria de pecados perdoados e de uma nova vida em Cristo, sem dúvida quer que os seus familiares

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

Igreja Pentecostal da Bíblia

Igreja Pentecostal da Bíblia Igreja Pentecostal da Bíblia 2014 O Ano de Josué ** Fidelidade Josué cap. 24 ** Pastoreio # 014 Direção Nacional Retorno: Antes do pastoreio #014 é hora de ouvir: Motive os envolvidos no pastoreio a relatar

Leia mais

LECTIO DIVINA Domingo V da Páscoa Ano B

LECTIO DIVINA Domingo V da Páscoa Ano B LECTIO DIVINA Domingo V da Páscoa Ano B Autor: Ricardo Grzona e Cristian Buiani, frpo Tradução: Adriano Israel (PASCOM) PRIMEIR LEITURA: Atos dos Apóstolos 9, 26-31 SALMO RESPONSORIAL: Salmo 21 SEGUNDA

Leia mais

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa:

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa: Lição 5 O INVESTIMENTO QUEBRA GELO: Compartilhe qual foi o maior investimento que você fez em sua vida. Por que você investiu? O que lhe garantiu o sucesso? VERSO DA SEMANA: Estejam sempre preparados para

Leia mais

Transformação. Texto Bíblico

Transformação. Texto Bíblico Texto Bíblico Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus. Ele veio a Jesus, à noite, e disse: Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais

Leia mais

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ANOTAÇÕES Como Planejar Um Culto Sensível Aos Não-crentes INTRODUÇÃO Uma das características do ministério de Jesus é que ele atraía muitas pessoas A Bíblia diz que "Numerosas

Leia mais

6. Pergunta de Transição: Quem é o meu próximo? 7. Frase de Transição: Quando usamos de misericórdia estamos agindo para a salvação.

6. Pergunta de Transição: Quem é o meu próximo? 7. Frase de Transição: Quando usamos de misericórdia estamos agindo para a salvação. 1 SERMÃO EXPOSITIVO TITULO: UM MINISTÉRIO DE COMPAIXÃO Lucas 10:25-37. INTRODUÇÃO 1. Saudações: Saúdo a todos os irmãos e amigos desta igreja com a paz do Senhor Jesus e a certeza na esperança de sua breve

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.

Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Lc 18.1-8 Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Ele disse: "Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava

Leia mais

#93r. 11.7 O Apocalipse X Mateus 24

#93r. 11.7 O Apocalipse X Mateus 24 11.7 O Apocalipse X Mateus 24 #93r Há uma grande semelhança entre a sequência dos acontecimentos do período da Tribulação, descritos no livro do Apocalipse, com relação a Mateus 24. Vamos hoje, analisar

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO

BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO PAGINA 1 BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO 10. O ENSINAMENTO SOBRE JESUS Pouco tempo depois, ajuntou-se outra vez uma grande multidão. Como eles não tinham nada para comer, Jesus chamou os discípulos

Leia mais