CARTA DA JUVENTUDE DE TERREIROS DE TERESINA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTA DA JUVENTUDE DE TERREIROS DE TERESINA"

Transcrição

1 Relatório Final

2

3

4

5 APRESENTAÇÃO CARTA DA JUVENTUDE DE TERREIROS DE TERESINA Nós, Juventude de terreiros de Teresina, reunidos no 1º Seminário Municipal de Juventude de Terreiros de Teresina realizado nos dias 07 e 08 de novembro de 2009, decidimos manifestar nossa reflexão acerca da realidade e da condição de vida dos jovens das comunidades de terreiros, o preconceito e a discriminação racial e religiosa ainda é um componente da exclusão social da população negra, os problemas de ausência de um sistema de saúde que atenda as necessidades específicas da população negra, uma educação que ainda não contempla conteúdos que reconstruam o papel social, cultural e político das comunidades negras tolhidos por uma cultura imposta com valores autoritários, individualistas, consumistas, baseados numa prática religiosa intolerante, principalmente de correntes cristãs tradicionais e fundamentalistas. Diante desses e tantos outros problemas, como o desemprego, a violência, o abuso e a exploração sexual, o analfabetismo, estamos nos organizando enquanto jovens cidadãos e cidadãs através da Rede Municipal de juventude de Terreiros de Teresina, que é uma expressão política das comunidades de terreiros espalhadas pela cidade de Teresina para defender a nossa identidade, nossos valores e lutar pelos direitos assegurados na Constituição Federal, garantindo o completo exercício da nossa cidadania, aprimorando o diálogo e estreitando as relações com os órgãos do poder público responsáveis pela implementação de política públicas de desenvolvimento e inclusão social.

6 Manifestamos ainda, nossa posição de que o preconceito e a discriminação é um mal social que precisamos combater com organização e conscientização de nossos direitos, para sermos respeitados e apoiados pela sociedade, considerando a nossa contribuição contínua para a construção de uma sociedade centrada na ética do cuidado, do respeito à diversidade cultural, religiosa e étnico-racial; promotora da eqüidade na relações sociais, políticas, econômicas, principalmente em relação às populações em situação de vulnerabilidades, dentre elas, nós jovens da comunidades de terreiros. A Rede Municipal de Juventude de Terreiros de Teresina com a sua agenda política assume o compromisso de defender e propor políticas públicas para a juventude de terreiros da cidade, proporcionando ao mesmo tempo o aprendizado social e o intercâmbio com os poderes públicos e as demais organizações da sociedade. Entendemos ser de fundamental importância o diálogo entre jovens, adultos e idosos e para que políticas de desenvolvimento humano e social sejam efetivas e resolutivas. Para tanto, a rede é uma expressão afirmativa das comunidades de terreiros, que garante a participação nos espaços de gestão coletiva, conselhos de políticas públicas, comitês técnicos dentre outros. A cidade é de todos e todas. A juventude de terreiros construindo um futuro para uma Teresina mais humana.

7 07/11/ sábado PROGRAMAÇÃO 9:30 - Abertura Saudação aos Orixas, aos Pretos Velhos e Pretas Velhas - Saudação a Exu e ao Santo do Dia. Entoação do Hino da Umbanda. Solenidade de Abertura - Mesa de Autoridades - Sonia Terra - Presidente da Fundação Cultural do Piauí - FUNDAC; - George Carlos- Representante da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí - SESAPI; - Carlos André - Representante da Fundação Municipal de Saúde; - Fátima Solano - Representante da Secretaria Estadual de Educação do Paiauí - SEDUC; - Felipe Pereira - Representante das Comunidades Tradicionais de Terreiros; - Claudia Tatiane - Representante da FUNDAC; - Rondinele dos Santos - Presidente da Rede Estadual de Religiões Afro-Brasileiras em Saúde do Piauí; - João Leite - Presidente d Coletivo Gay Mirindiba - Fábio Sanção - Presidente da Rede Municipal de Jovens de Terreiros; - Ana Bartira - Coordenadora de Juventude de Terreiros do Rio de Janeiro - Comitê Técnico de Saúde da População Negra; - Rosário Bezerra - Vereadora de Teresina; - Simone Lira(Ya-Adarinan) - Criola-RJ; - Francisca Odete - Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase - Piauí - MORHAN/PI; - Urbano Eulálio - Secretário Municipal de Juventude de Teresina; - Antonia Aguiar - Representante da Coordenadoria de Direitos Humanos e Juventude; 11:45 - Apresentação Cultural 12:30 - Almoço 14:00 - Mesa de Expositores (1) - Narciso Chagas - Coordenador de Educação Permanente em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí; - Ana Bartira - Coordenadora de Juventude de Terreiros do Rio de Janeiro e Membro do Comitê Técnico de Saúde da População Negra.

8 PROGRAMAÇÃO 07/11/ sábado - Simone Lira- Representante do Grupo Criola do Rio de Janeiro - Rondinele dos Santos - Rede Estadual de Religiões Afro-Brasileiras em Saúde do Piauí Debate 16:30 - Mesa de Expositores (2) - Jamilson Viana- Representante da Secretaria Municipal de Juventude de Teresina; - Socorrinha - Diretora da Juventude no Estado do Piauí - Daniel Carvalho de Oliveira - Advogado e Membro da OAB; - João Leite - Coletivo de Gays Mirindiba; - Lucimar Batista - Voluntária do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase - Morhan/Piauí; Debate 19:00 - Jantar 08/11/ domingo 9:00 - Mesa de Expositores (3) - José Marmo da Silva - Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde - Narciso Chagas - Coordenador de Educação Permanente em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí; - Graça Silva - Representante da Coordenadoria Estadual de Direitos Humanso e Juventude do Piauí - CEDHJ; - Luís Severino Santos - Representante da FUNDAC; - Claudio Melo - Universidade Federal do Piauí; - Haldaci Regina - Representante da CEDHJ. Debate 10:30 - Trabalho em Grupo Grupo 01 - Saúde; Grupo 02 - Direitos Humanos; Grupo 03 - Segurança e Intolerância Religiosa e Grupo 04 - Educação e Cultura. 12:00 - Almoço 14:00 - Apresentação dos Trabalhos 15:30 - Eleição da Coordenação Oficial da Rede Municipal de Juventude de Terreiros de Teresina/PI 18:00 - Plenária Final e Aprovação dos Trabalhos

9 PROPOSTAS SAÚDE - Possibilitar a articulação da coordenação municipal de jovens de terreiros com a SEMJUV e a Coordenação de saúde dos adolescentes para abordarem e procurarem soluções para minimizar/controlar/eliminar os problemas de saúde mais presentes nos terreiros (Hipertensão, DST/AIDS, hepatites, gravidez precoce, hanseníase, transtornos mentais, álcool, tabaco e outras drogas, saúde bucal e etc). - Acabar com a resistência e o preconceito que os profissionais da Equipe de Saúde da Família têm em visitar os espaços de terreiros; - Incluir o tema da saúde da população negra e dos terreiros nos cursos de capacitação dos profissionais de saúde; - Transformar os espaços de terreiros em espaços de campanhas de saúde; - Realizar cursos de capacitação em controle social e educação em saúde para as comunidades de terreiros e pais e mãe de santo; - Priorizar a implantação da caderneta de saúde do adolescente nos terreiros; - Constituir grupo técnico de saúde da população negra na Fundação Municipal de Saúde de Teresina; - Realizar oficinas de prevenção e saúde através do lúdico (teatro de bonecos) contextualizando os/as jovens de terreiros; - Realizar palestras e oficinas sobre prevenção e saúde, (homo)sexualidade e direitos da mulher para a juventude de terreiro;

10 SAÚDE - Realizar cursos de sensibilização das comunidades em saúde ambiental; - Produzir material educativo sobre saúde ambiental utilizando as lendas do candomblé e da umbanda; - Realizar mutirões periódicos de saúde nos terreiros com diversas especialidades médicas e odontológicas.

11 PROPOSTAS DIREITOS HUMANOS - Qualificar os/as jovens das comunidades tradicionais de terreiros para o mercado de trabalho, como forma de acessibilizar e garantir a eles/as os direitos básicos do cidadão/ã. - Fomentar a cultura das comunidades tradicionais de terreiros e das religiões afros garantindo a liberdade de expressão das mesmas nos próprios terreiros e o respeito da sociedade como um todo. - Apresentar projetos de construções de centros de esporte e lazer e/ou quadras para os/as jovens das comunidades de terreiros. - Inserir os/as jovens em programas governamentais de esporte e lazer como meio de socializá-los quebrando assim o preconceito e estigma contras as pessoas que freqüentam terreiros e que praticam a umbanda e candomblé. - Elaborar e apresentar projeto de criação de Centro de Referência das Comunidades Tradicionais de Terreiros. - Possibilitar a divulgação dos direitos dos/as adeptos/as das religiões afros para que estes/as possam reivindicá-los.

12 PROPOSTAS SEGURANÇA E INTOLERÂNCIA RELIGIOSA - Organizar e realizar momentos de formação (tais como oficinas, seminários, núcleos de estudo etc) dentro dos terreiros, abordando temas como a história das religiões africanas, políticas públicas, auto-estima, ética e cidadania etc. - Elaborar e distribuir material didático, panfletos, informativos e etc, sobre as religiões de matrizes africanas evitando a deturpação dessas nos meios de comunicação e na sociedade. - Elaborar um projeto de Lei junto aos poderes legislativos do município e do Estado para combater a intolerância religiosa na mídia. - Realizar debates freqüentes sobre a questão da intolerância religiosa nos meios de comunicação. - Garantir a participação dos/as jovens nos Conselhos que trabalhem a temática negra, a religião, a saúde, os direitos humanos dentre outros. - Permitir a representação jovem para atuar nas Federações de Umbanda de Teresina e do Piauí. - Exigir a presença do item religião de matriz africana, no tópico religiões dos formulários de coleta de dados de órgãos municipais e Estaduais. - Realizar campanha em âmbito Municipal e Estadual contra a intolerância religiosa.

13 PROPOSTAS EDUCAÇÃO E CULTURA - Formar e conscientizar o corpo docente e discente sobre as religiões de matriz africana, evitando a evasão escolar dos/as adeptos/as destas por conta da discriminação e da intolerância religiosa. - Capacitar os/as educadores com uma formação continuada sobre as religiões de origem africana; - Mudar a grade curricular convencional que aborda o Ensino Religioso com base nas religiões cristãs; - Levar a juventude dos terreiros, bem como pais e mães de santos, para dentro das escolas permitindo a integração e o diálogo, a discussão de seus problemas no âmbito educacional; - Provocar debates e mobilizações em nível nacional sobre o acordo Vaticano/Brasil. - Resgatar a memória da cultura afro descendente; - Incluir no calendário cultural municipal e estadual as expressões culturais dos terreiros.

14

15

16

17

18 PARTICIPANTES Coordenação do Evento Fábio Sanção Rondinele dos Santos Tiago Rodrigues da silva Luana Maria Ricardo Rodrigues Sanção da Silva Marlene soares dos santos Rafael Rodrigues Sanção Silva Cristiane Castro Antonia Aguiar Wallisson Rodrigues Iris Maria da Silva Maria do Socorro Soares Cardoso Natalia Débora Soares Cardoso Suporte Bruno Guerra - Arte do Evento Maria do Socorro Pereira - CDHJ FATIMA MARIA - SEDUC Eliezer - SMJV Conrado Lisboa - Coletivo Gay Mirindiba Cleide Maria Brito - FAR Joselândia Rodrigues - FUNDAC Leidysmar Ferreira - Del. Dos Direitos Humanos Maria do Socorro - ABL Francisco Gleiso - Assist. Dep. Estadual Fábio Novo Nelson Muniz - SESAPI Deusimar - SESAPI Relatoria Abdom Silva Evanielle Mendes Junice Inscritos Maria do Destero Alves de Sena Ana Paula Araujo Monica Dayana Wallisson Rodrigues Iris Maria da Silva Maria do Socorro Soares Cardoso Natalia Débora Soares Cardoso Giovanna Antonio Silvestre Maria ludiana Pai Julinho Tatiana Gomes da silva Maria Claudete da silva lima Esina Maria da silva Feitosa Francileide Monteiro de Sousa Maria de Sousa P. de Andrade Daniel Ferreira de Sousa Rafael Alves de Sousa Marlene da silva Santana Santos Maria de Jesus Antonia Marta R. da Silva Manoel Pereira Gomes

19 Cleidivan das Chagas da Silva Márcia Coutinho da Conceição Francisco das Chagas Felipe Pereira Joselandia Rodrigues Claudia Tatiana Costa Lucas da Silva Basílio Lopes Isael Mendes Carlos André Janilde Muniz Sousa Ramayara Gonçalves Lima Antonia Marta Ricardo da Silva Maria de Jesus Ricardo da Silva Manoel Pereira Rafael Alves de Sousa José de Ribamar Johnny de Sousa Gomes Glecia Arcângelo Monica Dayana Camila Lopes Divanete Ynaira N.S. Sousa Eldenira R da Silva Neves Francisco das Chagas S Junior Ricardo Danilo Julio P da Silva Elton Marcos Fabrício Jonas da Silva Martins Janaina Mendes Francisca Yara Joceison Costa Rosinha Mendes Francilene Carvalho Joana Darc Deusimar Santos Anna Carolina Antonia Barbosa Célio Rodrigues Edimar Lopes Francisca Lobão Francisca Junice Viviane dos Santos Mauricio Georgevitch Diego Conrado Jacinta Lúcia Coutinho Machado João Batista Viana Tércio Fernandes Vilanova Ketiane Pereira Viana Denise Carla Ferreira de Oliveira Luana Maria Nogueira Tiago Gomes de Oliveira Helen Denis Ylana Wanderson

20 REALIZAÇÃO Realização Associação Santuário Sagrado Pai João de Aruanda Rede Estadual de Cultos Afros-Brasileiros do Piauí em Saúde Rede Municipal de Juventude de Terreiros PATROCÍNIO Patrocínio Secretaria Estadual de Saúde do Piauí - SESAPI Prefeitura Municipal de Teresina Apoio Governo do Estado do Piauí APOIO Secretaria Municipal de Juventude de Teresina - SEMJUV Rede Nacioanal de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde Coordenadoria Estadual de Direitos Humanos e Juventude - CEDHJ Ordem dos Advogados do Brasil - OAB

21

22

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração e acompanhamento das políticas públicas na área de cidadania, em nível municipal, estadual e nacional, promovendo

Leia mais

JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS

JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS 1. Assegurar com políticas públicas e programas de financiamento o direito dos jovens índios, afrodescendentes, camponeses

Leia mais

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 17.108, de 27 de julho de 2005. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA DE TRABALHO PROGRAMAS ESPECÍFICOS VOLTADOS PARA

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016

PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016 PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016 UM DUQUE PARA TODOS SAÚDE Proposta de ação: - Estabelecer parceria com as redes de hospitais do SUS, para melhor atendimento da população Bacelarense. - Ampliar

Leia mais

Salvador e Lauro de Freitas discutem saúde e religiões afro-brasileiras

Salvador e Lauro de Freitas discutem saúde e religiões afro-brasileiras Salvador e Lauro de Freitas discutem saúde e religiões afro-brasileiras Fotos: Alberto Lima Nos dias 14 e 15 de setembro, as Secretarias da Saúde de Salvador e Lauro de Freitas, Bahia, promoveram o I Seminário

Leia mais

e construção do conhecimento em educação popular e o processo de participação em ações coletivas, tendo a cidadania como objetivo principal.

e construção do conhecimento em educação popular e o processo de participação em ações coletivas, tendo a cidadania como objetivo principal. Educação Não-Formal Todos os cidadãos estão em permanente processo de reflexão e aprendizado. Este ocorre durante toda a vida, pois a aquisição de conhecimento não acontece somente nas escolas e universidades,

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília Nome do Evento: Fórum Mundial de Direitos Humanos Tema central: Diálogo e Respeito às Diferenças Objetivo: Promover um

Leia mais

Introdução. O racismo institucional compreende a produção sistemática da segregação étnicoracial

Introdução. O racismo institucional compreende a produção sistemática da segregação étnicoracial Educação Permanente no Centro de Educação e Apoio para Hemoglobinopatias de Minas Gerais (Cehmob-MG) - Resultados do Fórum de Debates sobre Racismo Institucional Débora Lopes Paiva CEHMOB - NUPAD/FM/UFMG

Leia mais

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral.

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral. EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente nos âmbitos federal, estadual,

Leia mais

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população negra brasileira são fundamentadas historicamente na luta

Leia mais

Blumenau, 24 de junho de 2015. Ilustríssimo(a) Senhor(a) Vereador(a).

Blumenau, 24 de junho de 2015. Ilustríssimo(a) Senhor(a) Vereador(a). 1 Ofício nº 01/2015 - CDS - OAB/BLUMENAU Aos(as) Excelentíssimos(as) Vereadores(as) de Blumenau. Blumenau, 24 de junho de 2015. Ilustríssimo(a) Senhor(a) Vereador(a). Conforme se denota do sítio eletrônico,

Leia mais

O Conselho Estadual de Educação do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições e considerando:

O Conselho Estadual de Educação do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições e considerando: GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Educação e Cultura Conselho Estadual de Educação RESOLUÇÃO Nº 198/2010 REGULAMENTA AS DIRETRIZES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E O

Leia mais

Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres. 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento;

Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres. 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento; Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento; Objetivo geral Promover a igualdade no mundo do trabalho e a autonomia

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRO GONCALVES COMISSÃO ORGANIZADORA DO TESTE SELETIVO Local das Provas - Candidatos (A-Z)

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRO GONCALVES COMISSÃO ORGANIZADORA DO TESTE SELETIVO Local das Provas - Candidatos (A-Z) ADELICE PEREIRA DE ANDRADE 8/00 PROF DE HAB HISTORIA ADILENE PEREIRA DE ANDRADE 8/00 PROF DE HAB MATEMATICA ALBAMARA DE OLIVEIRA E SOUSA /00 PROF DE EDUC INFANTIL ALDEIDE FERREIRA LIMA /00 PROF POLIVALENCIA

Leia mais

ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DE ALAGOAS

ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DE ALAGOAS ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DE ALAGOAS ENSINO BÁSICO Nomes das instituições representadas: SEE/AL, SEMED-Maceió, SEMED-Barra de Santo Antônio- Campestre e Novo Lino, Associação Clube

Leia mais

EXAME CLASSIFICATÓRIO EAD 2014.2 TERESINA - DIRCEU CANDIDATOS CONVOCADOS PARA MATRÍCULA - 2ª CHAMADA

EXAME CLASSIFICATÓRIO EAD 2014.2 TERESINA - DIRCEU CANDIDATOS CONVOCADOS PARA MATRÍCULA - 2ª CHAMADA EXAME CLASSIFICATÓRIO EAD 2014.2 TERESINA - DIRCEU CANDIDATOS CONVOCADOS PARA MATRÍCULA - 2ª CHAMADA CURSO NOME SISTEMAS DE COTAS EDSON DE LIMA BRITO CYNTIA ELENICE OLIVEIRA SOUSA LIMA TIAGO LOPES DOS

Leia mais

CURSO: 42 - TERESINA - GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CURSO: 42 - TERESINA - GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CURSO: 42 - TERESINA - GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INSC NOME DOC. IDENT. NASCIMENTO MAT HIS L. POR L. EST REDA ESCORE COLOC SITUAÇÃO 83771 DENIS DE ALENCAR CARVALHO 5035176-1 22/12/1988 14 20 16 13 20 1463,76

Leia mais

TÍTULO: AFRO-EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A SUPERAÇÃO DO RACISMO NAS ESCOLAS A PARTIR DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI N. 10.639/03.

TÍTULO: AFRO-EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A SUPERAÇÃO DO RACISMO NAS ESCOLAS A PARTIR DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI N. 10.639/03. TÍTULO: AFRO-EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A SUPERAÇÃO DO RACISMO NAS ESCOLAS A PARTIR DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI N. 10.639/03. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: LETRAS INSTITUIÇÃO:

Leia mais

RESULTADO DO VESTIBULAR AGENDADO Provas: 22 MAIO 2010 (Sábado) CANDIDATOS APROVADOS

RESULTADO DO VESTIBULAR AGENDADO Provas: 22 MAIO 2010 (Sábado) CANDIDATOS APROVADOS RESULTADO DO VESTIBULAR AGENDADO Provas: 22 MAIO 2010 (Sábado) NOME Manoel Ribeiro Samyres de Nardo da Silva Simone Alves Gomes Martins Poliana Pinheiro Poletto OPÇÃO Enfermagem Noturno Biomedicina Noturno

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia PORTARIA Nº 14/2009 Aprova o Regulamento da I Conferência Municipal de Cultura de Eunápolis-BA e dá outras providências. A SECRETÁRIA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ UESPI UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEAD

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ UESPI UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEAD RESULTADO DA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA E GRADUAÇÃO 24.2, NA MODALIDADE A DISTÂNCIA, DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 2/24 A UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Leia mais

LISTA DE PRÉ-SELECIONADOS 1ª CHAMADA - UNIDADE SEDE 2º SEMESTRE DE 2015

LISTA DE PRÉ-SELECIONADOS 1ª CHAMADA - UNIDADE SEDE 2º SEMESTRE DE 2015 Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni LISTA DE PRÉ-SELECIONADOS 1ª CHAMADA - UNIDADE SEDE 2º SEMESTRE DE 2015 IRLA SHIRLEY SOUSA COUTINHO JAKELYNE DE SOUSA FRANCO LIONEIDE DA

Leia mais

Inscrição Nome Opção de Curso Status. 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado

Inscrição Nome Opção de Curso Status. 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado Processo Seletivo 2016/1 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado 000000004960 VALERIA DIAS MIRANDA EDUCACAO FISICA Aprovado 000000005764 BRUNNO DE PAULA SILVA BARBOSA EDUCACAO FISICA

Leia mais

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus.

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. 1. Resumo Descritivo Data: 31 de outubro de 2013. Local: Assembleia Legislativa

Leia mais

JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL

JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL OBJETIVOS E METAS 1. Prover apoio psicológico, médico e social ao jovem em

Leia mais

Relatório da Plenária Estadual de Economia Solidária

Relatório da Plenária Estadual de Economia Solidária Relatório da Plenária Estadual de Economia Solidária Nome da Atividade V Plenária Estadual de Economia Solidária de Goiás Data 28 a 30 de agosto de 2012 Local Rua 70, 661- Setor Central -Sede da CUT Goiás

Leia mais

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO Maria Salete da Silva Josiane dos Santos O Programa Assistência Sócio-Jurídica, extensão do Departamento de Serviço Social, funciona no Núcleo

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS 1. Assegurar, em regime de colaboração, recursos necessários para a implementação de políticas de valorização

Leia mais

Incluir no pagamento por performance o preenchimento da variável raça/cor.

Incluir no pagamento por performance o preenchimento da variável raça/cor. PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E DEFESA CIVIL SUBSECRETARIA DE PROMOÇÃO, ATENÇÃO PRIMÁRIA E VIGILÂNCIA EM SAÚDE SUPERINTENDÊNCIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE COORDENAÇÃO DE

Leia mais

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL.

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL. III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL. DOCUMENTO BASE: 1 - A comissão organizadora propõe aos delegados das pré conferências a aprovação das seguintes propostas de políticas e ações

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO SUPERIOR EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL EDUCAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SISTEMA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA EDUCAÇÃO E MÍDIA Comitê Nacional de Educação

Leia mais

Quadro de Lotação das Turmas 2012.2

Quadro de Lotação das Turmas 2012.2 São João do Piauí II UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI COORDENAÇÃO GERAL DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PARFOR LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA Quadro de Lotação das

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE IV. CÂMARA TEMÁTICA DA EDUCACÃO, CULTURA E DESPORTOS Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE Meta 1 Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola; Meta 2 Até 2010, 80% e,

Leia mais

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 AULA 05 Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 FÁBRICA DE IDÉIAS PEDAGÓGICAS CONCURSO PMSP FUND II 2011 (em parceria com a APROFEM e o Jornal dos Concursos)

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 07/2015: PROJETOS DE EXTENSÃO APROVADOS E CONTEMPLADOS COM BOLSAS

CHAMADA PÚBLICA Nº 07/2015: PROJETOS DE EXTENSÃO APROVADOS E CONTEMPLADOS COM BOLSAS CHAMADA PÚBLICA Nº 07/25: DEPARTAMENTO TÍTULO DO PROJETO COORDENADOR HISTÓRIA UNDÉ HISTÓRIA, CULTURA MEMÓRIAS E REPERTÓRIOS DO CARIRI MARIA TELVIRA DA CONCEIÇÃO HISTÓRIA REDE DE FORMAÇÃO DOCENTE EM HISTÓRIA

Leia mais

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL MEDIDAS CONCRETAS PARA O ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ÂMBITO DOMÉSTICO/FAMILIAR A presente Matriz insere-se no

Leia mais

ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES

ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES I ÁREAS DE INTERESSE Criança e Adolescente Apoio aos Fóruns, Comitês, Associações

Leia mais

RESULTADO DO REMANEJAMENTO DE VAGAS REMANESCENTES DO VESTIBULAR UAB-UESPI/2014.2, DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 004/2015

RESULTADO DO REMANEJAMENTO DE VAGAS REMANESCENTES DO VESTIBULAR UAB-UESPI/2014.2, DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 004/2015 RESULTADO DO REMANEJAMENTO DE VAGAS REMANESCENTES DO VESTIBULAR UAB-UESPI/2014.2, DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NEAD/UESPI/UAB Nº 004/2015 A - UESPI, por intermédio da Coordenação de Projetos e Documentação

Leia mais

DATA DE NASCIMENTO. 220000930 Adeilze Maia de Morais Medeiros 2,0 02/08/1966 Eliminado(a) de acordo com a alínea "c" do Item 31.

DATA DE NASCIMENTO. 220000930 Adeilze Maia de Morais Medeiros 2,0 02/08/1966 Eliminado(a) de acordo com a alínea c do Item 31. OCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE GRADUAÇÃO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA 220000930 Adeilze Maia de Morais Medeiros 2,0 02/08/1966 Eliminado(a) de acordo com a alínea "c" do Item 31. 220000433 Aldo Paulino

Leia mais

EIXO VI VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO: FORMAÇÃO, REMUNERAÇÃO, CARREIRA E CONDIÇÕES DE TRABALHO

EIXO VI VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO: FORMAÇÃO, REMUNERAÇÃO, CARREIRA E CONDIÇÕES DE TRABALHO VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO: FORMAÇÃO, REMUNERAÇÃO, CARREIRA E CONDIÇÕES DE TRABALHO PROPOSIÇÕES ESTRATÉGIAS E RESPONSABILIDADE* UNIÃO DF ESTADOS MUNICÍPIOS 1. Profissionais da educação:

Leia mais

Instituto Crescer Movimento Cidadania e Juventude

Instituto Crescer Movimento Cidadania e Juventude Instituto Crescer Movimento Cidadania e Juventude Organização sem fins lucrativos, criada em 06.03.2003, na cidade de Itajaí. Membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente COMDICA.

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE: Avaliação dos Atores do Sistema de Garantia de Direitos participantes das Oficinas em São Paulo

RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE: Avaliação dos Atores do Sistema de Garantia de Direitos participantes das Oficinas em São Paulo RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE: Avaliação dos Atores do Sistema de Garantia de Direitos participantes das Oficinas em São Paulo APRESENTAÇÃO A SaferNet Brasil é uma associação civil de direito privado, com

Leia mais

PALCO (MEIO AMBIENTE / TECNOLOGIA / DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA / CULTURA / COMUNICAÇÃO)

PALCO (MEIO AMBIENTE / TECNOLOGIA / DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA / CULTURA / COMUNICAÇÃO) UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO UEMA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMAÇÃO DE APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS PIBEX PALCO (MEIO AMBIENTE / TECNOLOGIA / DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA

Leia mais

SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES PRESIDENTA DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff MINISTRA DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DE

Leia mais

LISTA DE RESUMOS APROVADOS NOS GRUPOS DE TRABALHO

LISTA DE RESUMOS APROVADOS NOS GRUPOS DE TRABALHO LISTA DE RESUMOS APROVADOS NOS GRUPOS DE TRABALHO GT 1 - PROTEÇÃO SOCIAL, POLÍTICA SOCIAL E SEGURIDADE SOCIAL 21/05/2015 19:00 às 22:00 hs A EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO MUNICÍPIO DE CAJAZEIRAS-PB: O Flávia SONHO

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

SEMANA DE AÇÃO MUNDIA NO PIAUÍ 21 a 28 de abril de 2013 Nem herói, nem culpado. Professor tem de ser valorizado! Ter bons educadores e educadoras é

SEMANA DE AÇÃO MUNDIA NO PIAUÍ 21 a 28 de abril de 2013 Nem herói, nem culpado. Professor tem de ser valorizado! Ter bons educadores e educadoras é SEMANA DE AÇÃO MUNDIA NO PIAUÍ 21 a 28 de abril de 2013 Nem herói, nem culpado. Professor tem de ser valorizado! Ter bons educadores e educadoras é um direito da sociedade. TEMA: Valorização dos Profissionais

Leia mais

1. Garantir a educação de qualidade

1. Garantir a educação de qualidade 1 Histórico O Pacto pela Juventude é uma proposição das organizações da sociedade civil, que compõem o Conselho Nacional de Juventude, para que os governos federal, estaduais e municipais se comprometam

Leia mais

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A)

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A) COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED NOME: JOÃO BATISTA RODRIGUES DOS SANTOS DADOS DO(A) COORDENADOR(A) CARGO/FUNÇÃO: Assessor Político INSTITUIÇÃO: Secretaria Estadual

Leia mais

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA Autores: FIGUEIREDO 1, Maria do Amparo Caetano de LIMA 2, Luana Rodrigues de LIMA 3, Thalita Silva Centro de Educação/

Leia mais

Programação Multimídia e Expressões Artísticas

Programação Multimídia e Expressões Artísticas Programação Multimídia e Expressões Artísticas 1 5/11/2006 Espaço Multimeios 9h00 18h00 Os multimídias estarão expostos durante os dias 5 e 6 de novembro. Local: 2º Andar Espaço Expressões Artísticas 9h00

Leia mais

Coleção Cadernos Afro-Paraibanos APRESENTAÇÃO

Coleção Cadernos Afro-Paraibanos APRESENTAÇÃO Coleção Cadernos Afro-Paraibanos APRESENTAÇÃO O racismo é um fenômeno das relações sociais do Brasil. No estado da Paraíba, onde mais de 60% da população é negra, não encontramos essa mesma proporcionalidade

Leia mais

PÚBLICO-ALVO Assistentes sociais que trabalham na área da educação e estudantes do curso de Serviço Social.

PÚBLICO-ALVO Assistentes sociais que trabalham na área da educação e estudantes do curso de Serviço Social. OBJETIVOS: Promover o debate sobre o Serviço Social na Educação; Subsidiar as discussões para o Seminário Nacional de Serviço Social na Educação, a ser realizado em junho de 2012 em Maceió-Alagoas; Contribuir

Leia mais

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente

Leia mais

Consulta Pública ESTRATÉGIAS

Consulta Pública ESTRATÉGIAS Plano Municipal de Educação PME Secretaria Municipal de Educação São Francisco do Sul Fórum Municipal de Educação Consulta Pública META 3: Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população

Leia mais

PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTOÀ FEMINIZAÇÃO DA AIDS NO CEARÁ - 2009

PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTOÀ FEMINIZAÇÃO DA AIDS NO CEARÁ - 2009 COORDENADORIA DE PROMOÇÃO E PROTEÇÃO À SAÚDE - COPROM NÚCLEO DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE DOENÇAS NUPREV PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTOÀ FEMINIZAÇÃO DA AIDS NO CEARÁ - 2009 Responsáveis pela elaboração:

Leia mais

A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA.

A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA. A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA. SILVA, Jessica Da¹. NADAL, Isabela Martins². GOMES, R.C. Ana³. RESUMO: O presente trabalho é referente à prática

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS UNIÃO 1

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS UNIÃO 1 EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS Tendo em vista a construção do PNE e do SNE como política de Estado, são apresentadas, a seguir, proposições e estratégias, indicando

Leia mais

ESTRUTURA ORGANIZATIVA

ESTRUTURA ORGANIZATIVA ESTRUTURA ORGANIZATIVA 1. COORDENAÇÃO 1.1 COMITÊ EXECUTIVO O Comitê Executivo tem entre suas funções a de encaminhar os processos aprovados na Comissão Organizadora e tomar as decisões decorrentes desses

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13008 10 E Técnico de Instalações Elétricas Carlos Jorge Oliveira Rodrigues Escola Secundária de São Pedro do Sul 13791 10 E Técnico de Instalações Elétricas Daniel dos Santos Rodrigues Escola Secundária

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE APRESENTAÇÃO: A violência sexual contra a criança e o adolescente tem sido um problema de difícil enfrentamento por

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL PROGRAMAÇÃO DO ESTÁGIO DE ADAPTAÇÃO Dia 1º de agosto de 2013 Quinta-feira. 9h às 12h: Posse solene e conferência magna A missão do Ministério Público como agente de transformação social. Palestrante: José

Leia mais

MINISTÉRIO DO TURISMO

MINISTÉRIO DO TURISMO MINISTÉRIO DO TURISMO TURISMO SUSTENTÁVEL & INFÂNCIA-TSI Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva Ministra de Estado Marta Suplicy Coordenadora Elisabeth Bahia MINISTÉRIO DO TURISMO A missão do

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

Protagonismo Juvenil 120ª Reunião da CNAIDS. Diego Callisto RNAJVHA / Youth Coalition for Post-2015

Protagonismo Juvenil 120ª Reunião da CNAIDS. Diego Callisto RNAJVHA / Youth Coalition for Post-2015 Protagonismo Juvenil 120ª Reunião da CNAIDS Diego Callisto RNAJVHA / Youth Coalition for Post-2015 E como está a juventude HOJE aos olhos da sociedade? - 22% perderam a virgindade antes dos 15 anos - 18%

Leia mais

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL Proposta I Fomentar a criação de grêmios estudantis, fóruns de juventude, diretórios centrais de estudantes,

Leia mais

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51 Nº Horário: 51 4625160693 Sofia Margarida Santos Ferreira Admitido 7197226139 Mónica Sofia Jesus Mateus Admitido 6392341730 Gonçalo Jorge Fernandes Rodrigues Fiúza Admitido 7816555741 Dora Maria Gonçalves

Leia mais

Pacto Gaúcho pelo Fim do Racismo Institucional

Pacto Gaúcho pelo Fim do Racismo Institucional Pacto Gaúcho pelo Fim do Racismo Institucional Aos 21 de março de 2014, dia em que o mundo comemora o Dia Internacional contra a Discriminação Racial instituído pela ONU em 1966, adotamos o presente Pacto

Leia mais

OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE GAYS, HSH E TRAVESTIS METAS ATIVIDADES RESPONSÁVEIS

OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE GAYS, HSH E TRAVESTIS METAS ATIVIDADES RESPONSÁVEIS OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE GAYS, HSH E TRAVESTIS METAS ATIVIDADES RESPONSÁVEIS 1 Estimular 80% da população de gays, HSH e travestis do

Leia mais

LICENCIATURA PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

LICENCIATURA PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI COORDENAÇÃO GERAL DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PARFOR LICENCIATURA PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA BOM JESUS Fisiologia do Exercício 90

Leia mais

Objetivo 2 Ampliar e qualificar o acesso integral e universal à prevenção das DST/HIV/aids para Gays, outros HSH e Travestis.

Objetivo 2 Ampliar e qualificar o acesso integral e universal à prevenção das DST/HIV/aids para Gays, outros HSH e Travestis. Histórico 1º semestre de 2008 Elaboração do Plano Nacional de Enfrentamento da Epidemia de Aids e das DST entre gays, hsh e travestis Agos/08 Oficina Macro Sudeste para apresentação do Plano Nacional Set/08

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA II SEMANA DO BEBÊ TEMA: CABEDELO ACOLHE A PRIMEIRA INFÂNCIA BEBÊ COM DIREITOS É BEBÊ CIDADÃO

PROGRAMAÇÃO DA II SEMANA DO BEBÊ TEMA: CABEDELO ACOLHE A PRIMEIRA INFÂNCIA BEBÊ COM DIREITOS É BEBÊ CIDADÃO PROGRAMAÇÃO DA II SEMANA DO BEBÊ TEMA: CABEDELO ACOLHE A PRIMEIRA INFÂNCIA BEBÊ COM DIREITOS É BEBÊ CIDADÃO DIA 21/09 Domingo Missa em Ação de Graças na Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus Público Alvo:

Leia mais

CURSO: GESTÃO FINANCEIRA

CURSO: GESTÃO FINANCEIRA 30 de maio de 2015 CURSO: GESTÃO FINANCEIRA JADER SOUTO FRANCO 8h CURSO: GESTÃO FINANCEIRA BRUNO SOUZA ROCHA LUCIENE FREIRE SILVA VERÔNICA PEREIRA DA SILVA SANTOS 8h30 CURSO: PROCESSOS GERENCIAIS GILDEANE

Leia mais

APURAÇÃO DE RESULTADO ENTREVISTA. 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior

APURAÇÃO DE RESULTADO ENTREVISTA. 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior 46 Samuel Souza Evangelista 130 104 Jussara Cândida Soares Desclassificada 45 Bruno José Rupino 130 61 Fabiana Grigógio

Leia mais

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Proposta de ações para elaboração do Plano Estadual da Pessoa com Deficiência Objetivo Geral: Contribuir para a implementação

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes

Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES Diretriz 01 - Promoção da cultura do respeito e da garantia dos direitos humanos de

Leia mais

FAETEC 2014.1 - Edital de Vagas Remanescentes. 2a Reclassificação

FAETEC 2014.1 - Edital de Vagas Remanescentes. 2a Reclassificação Seleção: Ensino Técnico de Nível Médio na forma articulada: integrada Unidade Escolar: ETE Adolpho Bloch Curso: Hospedagem Turno: Diurno 15 16 17 18 19 20 21 39430 40423 40708 42151 42191 42949 43655 2522302

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 285, DE 2006

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 285, DE 2006 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 285, DE 2006 Autoriza o Poder Executivo a criar o Programa Cantando as Diferenças, destinado a promover a inclusão social de grupos discriminados e dá outras providências. O

Leia mais

CAMPUS: MINISTRO PETRONIO PORTELLA - TERESINA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

CAMPUS: MINISTRO PETRONIO PORTELLA - TERESINA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES EDITAL 02/2014/PIBID-UFPI, de 14 de fevereiro de 2014. SELEÇÃO DE SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CAMPUS: MINISTRO PETRONIO PORTELLA - TERESINA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

Leia mais

FAETEC - Técnico de Nível Médio - 2º Semestre. 2ª Reclassificação - Ano Letivo de 2013

FAETEC - Técnico de Nível Médio - 2º Semestre. 2ª Reclassificação - Ano Letivo de 2013 CVT Cidade de Deus Curso Técnico Subsequente ao Ensino Médio - Edificações (Noturno) 38 314010966 SAMUEL JOSÉ FAUSTINO JUNIOR Página 1 de 28 CVT Itaboraí Curso Técnico Subsequente ao Ensino Médio - Edificações

Leia mais

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO DE RECURSOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO DE RECURSOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL PREVIDÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO DE RECURSOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 20ª JR - Vigésima Junta de Recursos PAUTA DE JULGAMENTO Pauta de julgamento dos recursos das

Leia mais

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE 2013 PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO PSE NO ANO DE 2013. Janeiro/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DO SURUBIM SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROCESSO SELETIVO 2015 PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO JURÍDICO DOUTORADO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROCESSO SELETIVO 2015 PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO JURÍDICO DOUTORADO BANCA: D-01D LINHA DE PESQUISA: DIREITOS HUMANOS E ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO: FUNDAMENTAÇÃO, PARTICIPAÇÃO E EFETIVIDADE ÁREA DE ESTUDO: DIREITO POLÍTICO SALA: 501 Carlos Athayde Valadares Viegas Ricardo

Leia mais

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência Programa Momento do Programa: Momento LOA+Créditos Tipo de Programa: Temático Macrodesafio Fortalecer a cidadania Eixo Direitos da Cidadania e Movimentos Sociais R$ 50.000.000 Notas de usuário para Programa

Leia mais

RESULTADO DE SELEÇÃO DE BOLSAS REMANESCENTES DO PROUNI 2012/2 DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS EDITAL 01/2012 PROEX/PROAD

RESULTADO DE SELEÇÃO DE BOLSAS REMANESCENTES DO PROUNI 2012/2 DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS EDITAL 01/2012 PROEX/PROAD RESULTADO DE SELEÇÃO DE BOLSAS REMANESCENTES DO PROUNI 2012/2 DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS EDITAL 01/2012 PROEX/PROAD CURSO: ADMINISTRAÇÃO 1 ADMINISTRAÇÃO MATUTINO 2005.1.023.8303 TORQUATO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL REDA 001/2013 CANDIDATOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO 678.244.125-04 806.514.025-49 668.468.

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL REDA 001/2013 CANDIDATOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO 678.244.125-04 806.514.025-49 668.468. CARGO Área de Atuação Nº CPF NOME DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL REDA 001/2013 CANDIDATOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO 678.244.125-04 BÁRBARA CRISTINA DOS CORREIA Nota Final

Leia mais

EDITAL Nº 42/2015 PROCESSO SELETIVO DISCENTE PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015/2 3ª CHAMADA IFRJ NOME DO CANDIDATO

EDITAL Nº 42/2015 PROCESSO SELETIVO DISCENTE PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015/2 3ª CHAMADA IFRJ NOME DO CANDIDATO EDITAL Nº 42/2015 PROCESSO SELETIVO DISCENTE PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015/2 IFRJ Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ

Leia mais

Formulário de inscrição para Unidades Escolares:

Formulário de inscrição para Unidades Escolares: Presidência da República Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas 1. Contextualização: Formulário de inscrição para Unidades Escolares: a) Descreva

Leia mais

EE DR. LUÍS ARRÔBAS MARTINS

EE DR. LUÍS ARRÔBAS MARTINS QUAL É A NOSSA COR? Sala 3 Interdisciplinar EF I EE DR. LUÍS ARRÔBAS MARTINS Professoras Apresentadoras: DÉBORA CARLA M S GENIOLE ELIZABETH REGINA RIBEIRO FABIANA MARTINS MALAGUTI FERNANDA MARIA DE OLIVEIRA

Leia mais

RESULTADO GERAL DO VESTIBULAR 2013.1

RESULTADO GERAL DO VESTIBULAR 2013.1 RESULTADO GERAL DO VESTIBULAR 2013.1 ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 1 000033 MARIO ALEX HOLANDA DA SILVA 2 000018 ANDRE DA CUNHA COSTA 3 000111 GISELE PRECHEDES NASCIMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 1 000019

Leia mais

Hospital Sofia Feldman

Hospital Sofia Feldman Hospital Sofia ldman Relatório de Remuneração de Médicos Referente a Mês/Ano: 07/2015 NOME DO TRABALHADOR ROBERTO SALES MARTINS VERCOSA PAULO MAX GARCIA LEITE LUCAS BARBOSA DA SILVA JOAO BATISTA MARINHO

Leia mais

Processo Seletivo Público Apex-Brasil ASII-07. Comunicado 04 Resultado Final 1ª Etapa - Análise Curricular 15/05/2014

Processo Seletivo Público Apex-Brasil ASII-07. Comunicado 04 Resultado Final 1ª Etapa - Análise Curricular 15/05/2014 Processo Seletivo Público Apex-Brasil ASII-07 Comunicado 04 Resultado Final 1ª Etapa - Análise Curricular 15/05/2014 INFORMAÇÕES IMPORTANTES: 1ª ETAPA: de caráter eliminatório e classificatório A análise

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE CENTRO DE EDUCAÇÃO CED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE CENTRO DE EDUCAÇÃO CED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE Linha A: Formação, Didática e Trabalho Docente Núcleo 1: Didática, Saberes Docentes e Práticas Pedagógicas - Maria Socorro Lucena Lima - Jacques Therrien - Maria Marina Dias Cavalcante Local: Sala do Prof.

Leia mais

Carvalho Goretti Moreira Leal de, Themis; Ribas Almeida, Milene. Brasil RESUMO

Carvalho Goretti Moreira Leal de, Themis; Ribas Almeida, Milene. Brasil RESUMO ID:862 PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA AMPLIANDO AS AÇÕES DE PREVENÇÃO EM DST/AIDS E HEPATITES VIRAIS JUNTO À POPULAÇÃO ESCOLAR: UM ESPAÇO PARA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E PROMOÇÃO DA SAÚDE Carvalho Goretti

Leia mais