Doido pelo Rio. Transcrição em Português. Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Doido pelo Rio. Transcrição em Português. Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest."

Transcrição

1 Doido pelo Rio Transcrição em Português Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest. É a primeira vez que tu vem? Não, não, eu vem muitas vezes. Ah, é mesmo? Já é meio malandro, né? Parada meio carioca. Tem que tomar cuidado. Tem que ficar esperto. Porque tem muito vagabundo malandro, entendeu? Então, tu vai, por exemplo, tu vai chegando com pinta de gringo e neguinho passa a perna mesmo. Vou te levar para o Santo Cristo, Hotel Buterflay. Vou te levar no Sugar Loaf. O Sugar Loaf é um lugar que os gringos se amarra. Tu vai se amarrar. É um lugar bonito pra caramba. Tem um visual assim... o maior visu do Rio de janeiro. The wonderful city! Quem é essa outra pessoa? Essa daí? Essa daí é a Marlene. Essa aí é a minha rainha, compadre. Minha Marlene... deixa aqui. Olha. Tudo isso aqui foi presente que ela deu. Aí, eu deixei só os esses daqui, que são os primeiros, porque a gente tem aquele apego emocional, né? Quando tem apego emocional na parada, é outra história. Não precisa ter trinta, ter cinquenta. Aí, uma meia dúzia só de vinte já tá bom. O artista pega o cliente, vai pra cima, pra baixo, e depois some. Eu, não, cara. Eu gosto de criar um vínculo, entendeu? Não chega, é? Oi? Não chega? No hotel? Chega, claro que chega, rapaz. Já tá chegando, já.

2 Mas eu só vou apontando aqui para não ter que pegar ali por Duque de Caxias, entendeu? Porque se pegar Caxias, compadre, aí é Nova Iguaçu, e aí vai dar a maior volta. Quer dizer, vai demorar um pouquinho mais, mas é você quem sabe. A gente pode fazer o caminho tradicional por Caxias mesmo. Não, não... É isso aí, parceiro, chegamos. Aqui? É, ué. Tu não falou que queria ficar perto do povo, que queria um lugar simplesinho, não queria nada metido a bacana? Taí. Tu não queria um hotel "barrata"? Tá cheio de barata aí. Tô brincando, compadre. Eu sei que, olhando assim, pode assustar, mas às vezes as aparências se enganam. Eu conheço o dono daqui. Tudo gente humilde, trabalhadeira. Tu pode ficar sossegado. Tu vê as primas aí, tudo trabalhando, na maior honestidade, na maior tranquilidade, ganhando seu pão. Na boa, entendeu? Mas, também, tu falou que teu pai é brasileiro, por que tu não vai pra casa dos teus parentes? Porque todas morreram. Então, meu irmão, o jeito é tu ficar aqui mesmo, né? Vamos lá, que eu vou te apresentar à rapaziada. Aí, meu compadre. Eu levo as tuas malas aqui na maior boa vontade, depois rola aquele agrado, não é não? E aí, coroa! Olá, minha querida, tudo bem? Madame! Ô, madame! Madame! Tudo bom? Que vai ser hoje? Trouxe um cliente pra senhora. OK, preenche a ficha aí. Então, doutor, são R$ 135 pela corrida, né? Do aeroporto até aqui. Mais R$ 20 das malas. Fecha tudo por R$ 150, que hoje é o teu dia de sorte. Tá bom assim? Muito obrigado. Eu vou deixar contigo o meu cartão. Qualquer coisa, se precisar, é só entrar em contato. Tá certo? Boa estadia aí, fica tranquilo que a madame vai cuidar de você com todo o carinho. Qualquer lugar, qualquer corrida que quiser fazer, é só telefonar, tá certo? Então, valeu, meu compadre. Espere! Ô, sem encostar, sem encostar. Fala sem encostar. É que... eu... não sou turista, eu sou brasileiro por parte de pai e...

3 Eu quero ir aonde você vai, fazer as coisas que você faz. Eu querer levar seu vida. Eu tô ligado, gringo, eu tô ligado. Mas, sabe o que que é, agora não vai dar, não, bicho, porque eu tô atrasadão. Já marquei com a minha noiva. E mulher, sabe como é que é. Mulher, a gente tem de marcar presença, tem que comparecer... Eu sei, mas eu pagar. Eu pagar quanta você querer... eu... eu posso... Não tem necessidade... Toma. Porra, meu querido, porra! Amigo é pra essas coisas, meu compadre. Chega aí, entra no possante, que eu vou te apresentar à cidade maravilhosa como gringo nenhum nunca conheceu. Tenha a bondade, tenha a bondade... Valeu, madame. Vai mais tarde pro samba? Ah, eu vou. Mas o Tonho tá demorando muito. Tô, na praia. Tá. Até mais tarde, então, amiga. Beijo. Valeu. Ô, Marlene! Ué! Que tanta tralha é essa? Você detesta carregar coisa pra praia. Não, isso não é pra mim, não. Isso aqui é pro meu camarada aqui, ó, o Ernest. Deixa eu te apresentar. Essa daqui é a minha rainha, Marlene. Oi, tudo bem? Senhor, o Tonho não me falou que ia trazer um amigo hoje pra praia. Porque ele me prometeu que a gente ia passar a tarde todinha juntos, sabe, só nos dois. Não, não. Mas sabe o que que é? O Ernest, eu peguei ele hoje no aeroporto e, olha só que beleza, ele quer que eu seje o guia dele aqui pela cidade maravilhosa, entendeu? E ele vai pagar uma grana preta pra levar a minha vida. Não é uma beleza? Vai me pagar pra eu fazer o que eu faço. Ai, meu deus, vocês fazem muito mistério. Tudo bem? Como vai? Prazer. Seja bem-vindo. Obrigada, o seu namorada falar muito bem de você... É mesmo? Espero que só coisa boa, né? É boa, é, muito boa, muito boa. Ô, ô Ernest, ô Ernest, ô Ernest! Ô meu compadre, esse lugar aí é meu, entendeu? Faz o seguinte: senta aqui na cadeira, porque aí tem um guarda-sol, aí te protege, porque senão tu vai ficar torradão, entendeu?

4 Ah, não, não, eu querer ficar bronzeada. Eu sei, eu tô ligado, mas faz o seguinte: tu fica bronzeada aqui nessa cadeira, que esse lugar aí é meu. Não, eu querer ficar deitada aqui. Tonho, depois a gente troca de lugar. Tá certo, então. Meu camarada! Passa aqui nas minhas costas. Mas é claro, minha rainha. Amor, ele não é muito branquinho, não? Pô, o cara quer pegar sol, ele é valente. Deixa ele, ué. Ô Ernest! Ernest, né? É. Quer passar protetor? O sol do Rio queima, hein? Ô Ernest, ô Ernest! Não, não. Não, não, Ernest. É pra passar o protetor em você. Tá ligado, meu compadre? Passa em você, pra tu não ficar torradão, entendeu? Vamos dar um mergulho lá, Marlene. Ai, vamos, amor. Poxa! Senão quebra a firma. Faz assim, tudo certinho, bonitinho, aí! Quem vai tomar banho primeiro? Ernest? Quer tomar banho, jogar uma água no corpo? Não, não. Não precisa de banho, não. Obrigada. Não vai querer. Mas você está muito queimado, cheio de areia, isso faz mal. Sabe o que que é? Lá na terra dele, esse pessoal toma banho uma vez por semana só, entendeu, e quando toma. Eu não vai querer banho, mas vai querer uma cafezinha. Café? Agora?

5 Eu vai querer uma cafezinha agora. Tá, é só um cafezinho. Vamos lá. Vai querer agora? Você toma cafezinha? Então vai tomar na cozinha. Parece que eu estar pegando fogo. Faz muito calor aqui. É, é quente, compadre. Eu já falei. Eu vai querer outro caipirinha. Ai, Ernest, não faz isso, não. Daqui a pouco você não vai aguentar cair no samba, de tanta cachaça que você bebeu aí. Você vai ver, Marlene, como eu sabe sambar. Agora! Agora! Olha lá, Marlene. Olha o cara, lá, cheio de mulher em volta e não tira o olho daqui. Olha aí, se ele tiver a cara de pau de te tirar pra dançar, tu não vai, hein? Tu não vai! Tá bom, então vamos lá dançar comigo? Vambora lá, mas vamos dançar longe desse Zé Ruela. Ô, Ernest! Ô, Ernest! Aí, não, neguinho. Porra, bicho! Aí, todo mundo olhando, compadre. Senta aí, senta aí. Trocar uma ideia. Na moral. Senta aí, senta aí, senta aí. Porra, bicho! Assim, não, compadre. Tá fazendo o maior papelão, cara! Tá bebendo demais. Segura a tua onda, aí. Ô menor, ô menor, traz uma água aí, traz uma água aí. Porra, bicho, te levei pra minha casa, te apresentei minha mulher, tá aqui na casa dos meus irmão. Todo mundo olhando e tu fazendo esse papelão aí, ô! Aí quebra a firma, cara. Fica difícil o nosso acordo. Ô, Ernest! Ô, Ernest! Tá legal, parceiro? Ô, Ernest, fala aí, rapaz. Fala comigo, fala com a Marlene. O que que tá pegando? Marlene! Marlene, eu amar você, Marlene. Puta que o pariu! Imagina! Você nem me conhece. Não interessa. Eu estar apaixonada por você, Marlene. Eu sou namorada do Tonho. Eu estou com ele há muito tempo. Mas eu quero que você seja meu namorada, eu quero que você seja meu namorada.

6 Eu quero que você seja meu namorada! Ei, parceiro, segura a onda aí. Aí, Ernest, vou mandar um papo reto pra tu. A Marlene é minha namorada, sacou? A gente tá junto, a gente vai se casar, a gente se ama. Ama, nada. Ama, nada. Quem ama a Marlene sou eu, quem ama a Marlene sou eu, quem ama a Marlene. E agora vou dar um prova do meu amor por você, Marlene, aqui, olha. Ai! Meu deus! É doido. Tu comeu cocô, Ernest? Porra, cara. Tu vai se machucar. Ô, Ernest! Não sei. Acho, eu acho que é esse calor que está me deixando doido. Doido de amor por você, Marlene. Doido de amor por você, Marlene. Olha só... Olha só... Larga ela. Larga ela, ô gringo filho da puta. Poder morrer por você, Marlene. Quer ver? Eu poder morrer por você, Marlene. Eu poder morrer por você... Que foi isso? Que foi isso? Chama uma ambulância! Chama uma ambulância, aí! Cara, você tá bem? Morreu? Meu Deus! Aquele cara que estava com a gente. Tem que chamar alguém. Tem que chamar um médico. Visita! Vai para onde?

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas.

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. DIÁLOGOS: 00.01.32 MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez. 00.02.02 JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. 00.02.03 MADAME SILMARA - Não? 00.02.04 JOANA -Não. A senhora

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso?

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? Todo mundo vai à festa da Giovanna MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? SEU LOCUTOR É claro, Dona Made! Que bom! A senhora é muito

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 2 CENA 01. CAPELA / CASAMENTO. INTERIOR.

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

Real Brazilian Conversations #20 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #20 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: The city of Belo Horizonte Minas Gerais state. Context: In this conversation André and Guilherme talk about the city of Belo Horizonte, in Minas Gerais state. Cultural notes,

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

-Oi Vô! Vamos pra água? -Calma! Ainda tem que pintar a canoa!

-Oi Vô! Vamos pra água? -Calma! Ainda tem que pintar a canoa! Sabedoria do mar Pesquisa: Fábio G. Daura Jorge, Biólogo. Leonardo L. Wedekin, Biólogo. Natália Hanazaki, Ecóloga. Roteiro: Maurício Muniz Fábio G. Daura Jorge Ilustração: Maurício Muniz Apresentação Esta

Leia mais

Em Círculos. Mateus Milani

Em Círculos. Mateus Milani Em Círculos Mateus Milani Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas Ariano Suassuna. Sinopse Círculos. A vida

Leia mais

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Roleta Russa 13 A Patricinha Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Oi. Eu sou a Patrícia. Prazer. Você é?... Quer sentar? Aceita uma bebida, um chá, um

Leia mais

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo.

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo. Cena 4 Uma rua. Um latão de lixo. Mulher Velha e Homem Velho Homem Velho: Puta vesida de velha. Mulher Velha: O que você tá procurando? Homem Velho: Comida. Mulher Velha: Já faz mais de dez anos que não

Leia mais

Daniel Duarte. 1 a edição

Daniel Duarte. 1 a edição Daniel Duarte 1 a edição Rio de Janeiro 2016 Agradecimentos Agradeço ao Thiago, que me encontrou pela internet adentro e acreditou neste projeto, e que em tão pouco tempo se tornou uma pessoa muito especial

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

Tudo que você quiser

Tudo que você quiser Os anjos cantam No primeiro instante fui na lagoa pescar ainda na lagoa eu fui me banhar. No segundo instante comecei a coçar então lá no doutor eu fui me consultar. Ele disse que era só um platelminto

Leia mais

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA ELA por Raquel Schaedler Peça para três personagens: O homem A mulher ELA Você comeu? Comi. Você tá com fome? Um pouquinho. quer um miojo? Não. Você não tem um chocolate aí? Tenho. Tem? O que você tem?

Leia mais

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô.

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô. Parabéns para o Dan Tocou o telefone lá em casa. Meu pai atendeu na sala. Alô. Meu avô, pai do meu pai, do outro lado da linha, fez voz de quem não gostou da surpresa. Eu liguei pra dar parabéns ao Dan.

Leia mais

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes O ATAQUE NA PISCINA Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes de Natália, Bárbara não queria que

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

cuidados vida cristã

cuidados vida cristã cuidados vida cristã Hoje vamos coversa sobre a importância da vida cristã. Pra você o que e uma vida cristã..vida cristã tem a ver com nossa vida espiritual como vc trata a sua vida espiritual com que

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs!

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Era só um sonho. Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Já estava com muita saudades! No dia em que poderia ir em um show, aconteceu

Leia mais

MARINHEIROS 01.REMA CANOA REMA CANOA, MARINHEIRO REMA CANOA, DEVAGAR BIS ESSA CANOA SÓ FOI FEITA PRA MARTIM PARA ANGOLA 02.

MARINHEIROS 01.REMA CANOA REMA CANOA, MARINHEIRO REMA CANOA, DEVAGAR BIS ESSA CANOA SÓ FOI FEITA PRA MARTIM PARA ANGOLA 02. MARINHEIROS 01.REMA CANOA REMA CANOA, MARINHEIRO REMA CANOA, DEVAGAR BIS ESSA CANOA SÓ FOI FEITA PRA MARTIM PARA ANGOLA 02.APITOU UM NAVIO LÁ FORA PITOU UM NAVIO APITOU E TORNOU APITAR A BARRA ESTÁ TODA

Leia mais

Real Brazilian Conversations #22 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #22 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: Board Games Context: In this conversation Guilherme talks to his friend Anderson about board games. Anderson explains when some board games first appeared, their Brazilian

Leia mais

Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, que entrou em vigor no Brasil em 2009.

Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, que entrou em vigor no Brasil em 2009. Copyright 2010 by Caeto Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, que entrou em vigor no Brasil em 2009. Capa Elisa v. Randow Preparação Alexandre Boide Revisão Luciane

Leia mais

Real Brazilian Conversations #21 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #21 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: How it is like to live in Uberlândia MG. Context: In this conversation André talks to his aunt Edmárcia, about the city of Uberlândia, in Minas Gerais state. She tells us

Leia mais

Jogo do século. por Sulamita Ricardo

Jogo do século. por Sulamita Ricardo Jogo do século por Sulamita Ricardo Personagens Narrador- Comentarista- Repórter- Cristiano- Ronaldo- Primo- Rogério- Torcida do Cristiano- Torcida do Ronaldo- Narrador- Bem, amigos de Piraquara, daqui

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

O Mistério da bolsa Grande

O Mistério da bolsa Grande O Mistério da bolsa Grande Gisela está indo para casa no Rio de Janeiro, após um mês de férias em Londres. Ela vive em um apartamento no Rio com dois amigos. Ela deixa seu avião às cinco horas. É uma hora

Leia mais

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá.

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. Sozinha Em Casa. Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. 1.SOZINHA EM CASA: Em Uma Pequena Villa Avia Garota Chamada Eduarda

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

Arrasando no Fechamento

Arrasando no Fechamento Arrasando no Fechamento Nada acontece até que alguém venda algo. Mary Kay Ash Por que o Fechamento na Sessão é TÃO IMPORTANTE? Muitas vezes fazemos sessões maravilhosas e conseguimos realmente encantar

Leia mais

2 TU-AFETIVIDADE E SEXUALIDADE. Meus primeiros amores. Na construção do amor

2 TU-AFETIVIDADE E SEXUALIDADE. Meus primeiros amores. Na construção do amor E acima de tudo isto, o amor, que é vínculo da unidade perfeita. Col. 3,1 1 E acima de tudo isto, o amor, que é vínculo da unidade perfeita. Col 3,1 Te convidamos para ler estas histórias... Um homem de

Leia mais

"FÉRIAS NA PRAIA" Roteiro de. Deborah Zaniolli

FÉRIAS NA PRAIA Roteiro de. Deborah Zaniolli "FÉRIAS NA PRAIA" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 704.710 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "FÉRIAS

Leia mais

TEIA. Mulher arruma mesa para o chá da tarde. A campainha toca. Ela atende, Outra entra. Olham-se em silêncio, se abraçam.

TEIA. Mulher arruma mesa para o chá da tarde. A campainha toca. Ela atende, Outra entra. Olham-se em silêncio, se abraçam. 1 TEIA Texto de Douglas Daronco Personagens: arruma mesa para o chá da tarde. A campainha toca. Ela atende, entra. Olham-se em silêncio, se abraçam. Que bom que você veio. Senti tanto sua falta! Eu também.

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

IMPORTANTE: Este livro é recomendado para pessoas solteiras. Caso você seja louco comprometido e coloque em prática essas dicas, que seja com seu parc

IMPORTANTE: Este livro é recomendado para pessoas solteiras. Caso você seja louco comprometido e coloque em prática essas dicas, que seja com seu parc IMPORTANTE: Este livro é recomendado para pessoas solteiras. Caso você seja louco comprometido e coloque em prática essas dicas, que seja com seu parceiro(a). O Guia dos Solteiros não se responsabiliza

Leia mais

YAHUVAH falou com ele mesmo ele

YAHUVAH falou com ele mesmo ele Na casa da vovó da Nina, uma história muito especial foi contada! Que história foi essa? Vamos ver? Um, dois, três e... já!!!! Eba, vovó!! Acabei de comer!! Isso, Nina! Você comeu tudinho, tudinho! A sua

Leia mais

Real Brazilian Conversations #24 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #24 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: The flu, fears and drinks. Context: In this conversation André and Guilherme talk a little bit about what is like to get a cold, their main fears, and also what they like

Leia mais

Não furtarás. (Shemot 20:15)

Não furtarás. (Shemot 20:15) O que você faria se quisesse muito um brinquedo ou qualquer outra coisa e não desse para comprar? Vamos ver o que a história desta semana nos ensina sobre isso? Filha? Vamos à papelaria com o papai? Eba!!

Leia mais

July: Eu também! Achei o máximo as coisas que ela faz. Vou pedir para a minha mãe fazer umas roupinhas novas. Estou pensando até em montar um guarda-r

July: Eu também! Achei o máximo as coisas que ela faz. Vou pedir para a minha mãe fazer umas roupinhas novas. Estou pensando até em montar um guarda-r Série Ao infinito e além... Sua vida além das estrelas! 4 a 8 anos Aprendendo a Viver! Conceito Viver a vida como se fosse o melhor presente. Versículo-chave Não desperdicem nenhum pouco desta maravilhosa

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume III 05 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME III (05 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL 2012

Leia mais

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA?

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (VC): HUAHSUASHUAHSUAHSUA SEI LÁ (EU): ENTENDO TUDO NO REAL TA DESABANDO

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

No princípio Deus criou o céu e a terra

No princípio Deus criou o céu e a terra No princípio Deus criou o céu e a terra No início Deus criou céu e terra. Ele sempre pensou em todos nós e impulsionado pelo seu grande amor, Deus quis criar o mundo. Como um pai e uma mãe que preparam

Leia mais

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. NOITE

Leia mais

FILHO 1: Ô mãe! Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato?

FILHO 1: Ô mãe! Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? CENA I LOCUTOR: Apresentamos uma família qualquer, com mãe, pai, filhos, tia e avó. Todos morando em uma casa simples. A família com seus mais diversos membros deve ser uma semente plantada com atenção,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS A PROFESSORA DA 2ª SÉRIE ESCREVEU UMA LISTA DE MATERIAIS QUE OS ALUNOS PRECISAM LEVAR PARA A ESCOLA: 3. ESCRITA DE UM TRECHO DE UMA CANTIGA

Leia mais

Um amor inacabado. Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília:

Um amor inacabado. Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília: Gabriele Fernanda Cordeiro Barbosa Um amor inacabado Você sente algo por ela sim. Vai falar com ela! Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília: Vamos, Ceci, vai lá falar

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Igor Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 05 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

ROTEIRO ORIGINAL VIDA DE CADEIRANTE. Barreiras e decisões

ROTEIRO ORIGINAL VIDA DE CADEIRANTE. Barreiras e decisões ROTEIRO ORIGINAL VIDA DE CADEIRANTE Barreiras e decisões CONTATO COM AUTOR E-MAIL: jrodrigues35@hotmail.com TEL: (11) 960754786 VIDA DE CADEIRANTE ROTEIRISTA José Rodrigues FRASE DE CHAMADA Barreiras e

Leia mais

Luan e Fernando estão indo para a balada de carro.

Luan e Fernando estão indo para a balada de carro. 1 SEQUÊNCIA 1 - EXT. AVENIDAS DE SP. NOITE Luan e Fernando estão indo para a balada de carro. INÍCIO CRÉDITOS Luan dirige imprudentemente enquanto Fernando sofre para preparar quatro carreiras de cocaína

Leia mais

Roteiro de Áudio. LOCUTOR Bom dia, galera ligada aqui na rádio Difusão. Eu sou Henrique Queiroz! LOCUTORA E eu sou Marcela Siqueira!

Roteiro de Áudio. LOCUTOR Bom dia, galera ligada aqui na rádio Difusão. Eu sou Henrique Queiroz! LOCUTORA E eu sou Marcela Siqueira! Roteiro de Áudio 1 Episódio Provérbios Programa Quem ri seus males espanta VINHETA DE ABERTURA SOM: VINHETA DO PROGRAMA Bom dia, galera ligada aqui na rádio Difusão. Eu sou Henrique Queiroz! A E eu sou

Leia mais

Anja Entra pelo meio : Olá meu nome é Gabriele, estamos na época do Natal, como

Anja Entra pelo meio : Olá meu nome é Gabriele, estamos na época do Natal, como TEATRO - Véspera de Natal Personagens : 12 ( 7 mulheres - 5 homens ) Esposa : Marido: Mulher 1 : Mulher 2: Cara 1 : Cara 2: Mãe : Filho: Carla : Carol: Anja: Jesus. Anja Entra pelo meio : Olá meu nome

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

Priscila foi passear com a sua mamãe! Lá no parque, a pequena Priscila viu alguém um tanto diferente... Vamos ver quem foi?

Priscila foi passear com a sua mamãe! Lá no parque, a pequena Priscila viu alguém um tanto diferente... Vamos ver quem foi? Priscila foi passear com a sua mamãe! Lá no parque, a pequena Priscila viu alguém um tanto diferente... Vamos ver quem foi? Mamãe! Mamãe! Vamos no balanço? Vamos, filha! Espera só um instantinho que a

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA

PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA Personagens: NARRADORA: ROMEU: JULIETA: MERCUTIO: FREI LOURENÇO: CAPULETO (Pai de Julieta): SENHORA CAPULETO (Mãe de Julieta): CARLOTA (Irmã de Julieta): AMA

Leia mais

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Peça de Carlos José Soares Revisão Literária Nonata Soares Personagens: Ricardo

Leia mais

COMEERJ 2002 POLO IV - Cafarnaum O ARADO ESTÁ PRONTO, A TERRA ESPERA, ARAI!

COMEERJ 2002 POLO IV - Cafarnaum O ARADO ESTÁ PRONTO, A TERRA ESPERA, ARAI! COMEERJ 2002 POLO IV - Cafarnaum O ARADO ESTÁ PRONTO, A TERRA ESPERA, ARAI! Texto baseado em obra do escritor Gil Vicente, de 1532 (Adaptação de Ivânia (...) e Marco Antonio Guadagnini ) LIVRE ARBÍTRIO

Leia mais

DEVOTOS DA COR. Pesquisadora: Mariza de Carvalho Soares Direção: Bruno Pacheco de Oliveira Transcrição: (12 min., 1999)

DEVOTOS DA COR. Pesquisadora: Mariza de Carvalho Soares Direção: Bruno Pacheco de Oliveira Transcrição: (12 min., 1999) 1 DEVOTOS DA COR Pesquisadora: Mariza de Carvalho Soares Direção: Bruno Pacheco de Oliveira Transcrição: (12 min., 1999) Legendas - Sou irmã... Daqui da igreja. - Santo Elesbão, Santa Efigênia e o Senhor

Leia mais

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI PROCURA-SE UMA VIÚVA Por CARLA GIFFONI BN 010.350 carlagiffoni@yahoo.com.br http://recantodasletras.com.br /autores/carlagiffoni 1- CORREDOR DA CAPELA MORTUÁRIA - INT - DIA Matilde e Donana, duas senhoras

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

Música: O Caminho. Compositor: Daniel Feitosa. Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição

Música: O Caminho. Compositor: Daniel Feitosa. Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição Música: O Caminho Compositor: Daniel Feitosa Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição Não vá se enganar se quiser se salvar o homem penitente este sim passará Pelos

Leia mais

Fichas de Português. Bloco V. Estruturas Gramaticais. Números cardinais ; 101 a Количественные числительные... Numerale cardinale...

Fichas de Português. Bloco V. Estruturas Gramaticais. Números cardinais ; 101 a Количественные числительные... Numerale cardinale... Fichas de Português Bloco V Estruturas Gramaticais Números cardinais ; 101 a 1 000 000 000. Количественные числительные... Numerale cardinale... Preposição + pronomes pessoais. Пpeдлoг + мecтoимeниe. Prepoziţii

Leia mais

Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história:

Você já ouviu a história de uma tal garota legal? Bem, se não, deixeme contar uma história: Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história: Uma garota legal é alguém que se dedica de alma e coração em um relacionamento. Ela é alguém que poderia esperar

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

============================================================================

============================================================================ Elevador para motos Postado por Gil - 2005/01/27 11:36 Ola, bom, depois que eu abri o outro topico sobre o projeto das motos, nao tenho conseguido dormir, pois meu cerebro nao para, ai conversei com o

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: ######## 66 Leitura e Mediação Pedagógica AC Pesquisador: Paula Maria Cobucci Ribeiro Dias Transcrição (1) P: As coisas mudam ou não mudam? Olha só: tem umas coisas boas. Olha só.

Leia mais

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam PEÇA ESPÍRITA : Confusão de Natal Grupo de Teatro Espírita Sentimento do 20º CRE DA USEERJ Autores : Sidney Pinto Guedes Margareth Silva Rocha Cavalcante Autor Espiritual : Odilon Silva, psicografado por

Leia mais

PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio].

PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio]. 1 2 ANOS PASSADO [Muitos] anos atrás, MULHER NASCER [uma] mulher deu à luz. 3 4 5 PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. SURD@ [É] surdo! QUERER [Eu] não quero [o] bebê. 6 ABANDONAR ÁGUA [E]

Leia mais

ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares

ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares AN O ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares o Literária ata Soares OC. ento Social. Dois casais discutem a vida conjugal, sofrendo a influências mútuas. Os temas casamento,

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela anoitecer 1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela chamado pio,bom o cara e legal mas tem um

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 23 Leitura e Mediação Pedagógica S. Pesquisador: Helen Danyane Soares Caetano de Souza 04-set-10 Dentro de casa tem Transcrição (1) P: Bom dia S.? (2) C: Bom dia. (3) P: Tudo bem?

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

Manual de como eu fiz (Passo a passo)

Manual de como eu fiz (Passo a passo) Manual de como eu fiz (Passo a passo) 2014 - Ano I - Manual III Deixo um exemplo de como fazer. Assim como eu fiz, Façam vocês também Editorial Presados companheiros de hobby, Com estes manuais com pequenas

Leia mais

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984.

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984. museudapessoa.net P/1 Então, vamos lá. Eu queria que você me falasse seu nome completo. R Meu nome é Karen Fisher. P/1 E onde você nasceu, Karen? R Eu nasci aqui no Rio, Rio de Janeiro. P/1 Na cidade mesmo?

Leia mais

SOE - Serviço de Orientação Educacional

SOE - Serviço de Orientação Educacional SOE - Serviço de Orientação Educacional Projeto Aprendendo a Ser para Aprender a Conviver Tema: Amizade e Conflito 3º AT Marise Miranda Gomes - Orientadora Educacional - Psicopedagoga Clínica e Institucional

Leia mais

EDUARDO E MÔNICA AHAROM AVELINO. Livremente baseado em: EDUARDO E MÔNICA - música da Legião Urbana

EDUARDO E MÔNICA AHAROM AVELINO. Livremente baseado em: EDUARDO E MÔNICA - música da Legião Urbana E MÔNICA De AHAROM AVELINO Livremente baseado em: E MÔNICA - música da Legião Urbana FADE IN. QUARTO DO / INT/ DIA Eduardo está dormindo, sua mãe entra no quarto para acordá-lo. MAE Eduardo, acorda...

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante Coleção A sanita mutante! Os Mutantes Já publicados A sanita mutante A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante O prego mutante Frutas mutantes Estrela mutante A irmã mutante Maio de 2016 20

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

============================================================================

============================================================================ Postado por clubedasagrale - 2009/06/20 19:00 ALGUEM sabe me dizer como faço para saber se o cdi da (rm) esta queimado não tem faisca nem uma na vela. ONDE encontrar este cdi para comprar se ele estiver

Leia mais

Coisas De Pré- Adolescentes!

Coisas De Pré- Adolescentes! Coisas De Pré- Adolescentes! Um pouco sobre mim e a minha página! Oie Amores! Tudo bem? Meu nome é Kylianne, tenho 12 anos! Eu fiz essa página para poder falar tudo que nós adolescentes amamos! Coisas

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

Ginástica Íntima. Cartilha de exercícios para os músculos do assoalho pélvico

Ginástica Íntima. Cartilha de exercícios para os músculos do assoalho pélvico Ginástica Íntima Cartilha de exercícios para os músculos do assoalho pélvico UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE GRADUAÇÃO DE FISIOTERAPIA DISCIPLINA: FISIOTERAPIA APLICADA À GINECOLOGIA

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

O Orelhudo. 1ª Cena. por Sulamita Ricardo. Personagens Sábados Meireles- Max- Pedrinho- Flavinho- Mãe- Músicas Música 1- Vinheta música2- triste

O Orelhudo. 1ª Cena. por Sulamita Ricardo. Personagens Sábados Meireles- Max- Pedrinho- Flavinho- Mãe- Músicas Música 1- Vinheta música2- triste O Orelhudo Personagens Sábados Meireles- Max- Pedrinho- Flavinho- Mãe- por Sulamita Ricardo Músicas Música 1- Vinheta música2- triste 1ª Cena Sábados Meireles- Boa Noite, está começando mais um Linha Direta.

Leia mais