Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores. Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES. Professora Arq.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores. Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES. Professora Arq."

Transcrição

1 Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES Professora Arq. SIMONE CAMILLO

2 A cor A ciência que estuda a medida das cores é chamada de colorimetria. A colorimetria desenvolve métodos de quantificação da cor e estuda o tom, a saturação e a intensidade da cor. O tom da cor é que faz com que ela seja identificada como azul, verde, amarela etc. A saturação da cor mostra se a cor é natural ou pigmentada artificialmente. A intensidade caracteriza a força da cor. As cores são divididas em primárias, secundárias, terciárias e neutras.

3 Cores Primárias As cores primárias são: vermelho amarelo e azul. São consideradas as primeiras cores. O vermelho é uma cor quente que mostra vitalidade energia e coragem. O amarelo é uma cor suave e alegre que simboliza o otimismo. O azul é a cor que dá concentração e melhora a mente.

4 Cores Secundárias As cores secundárias são formadas pela mistura de duas cores primárias. As cores secundárias são: verde, roxo e laranja. O azul misturado com o amarelo origina o verde. O azul misturado com o vermelho origina o roxo, e o vermelho misturado com o amarelo origina o laranja.

5 As cores terciárias resultam da mistura de uma cor primária com uma ou duas cores secundárias. São todas as outras cores, como o marrom, que é a mistura de amarelo ou vermelho com preto. Cores Terciárias

6 As cores neutras são usadas para complementar uma cor desejada, sendo que as cores neutras têm pouco reflexo. Entre as cores neutras podemos citar o branco, o cinza e o marrom. O branco é luz isenta de cor, o preto é a ausência de cor e os tons cinza são a mistura do branco com o preto. Cores Neutras

7 Cores QUENTES e FRIAS

8 O que são? A roda de cores pode ser divida em cores frias e quentes. As cores quentes são mais vivas e energéticas. As cores frias dão a sensação de calma e tranquilidade. Branco e preto são consideradas cores neutras.

9 Policromia e Monocromia

10 Policromia É a arte feita com várias cores. É o emprego de várias cores no mesmo trabalho. POLI + CROMIA = MUITAS CORES

11 Importante! Em artes gráficas, a policromia é obtida através da combinação das três cores primárias (amarelo; cian; magenta) mais o preto para realçar os contrastes. As ilustrações aparecem com cores bonitas. Tonalidades e matizes dão uma agradável sensação a quem olha. Mas, para imprimir, as cores foram separadas. Não resta dúvida de que, para se obter um resultado harmônico da combinação de cores, é necessário um certo critério, bom-senso e um mínimo de conhecimento do uso dos materiais de pintura mas a experiência pessoal é ainda mais decisiva e é o que alimenta a revolução constante da arte. As técnicas de pintura se desenvolveram, se industrializaram e a tecnologia criou os pigmentos sintéticos. Cores artificiais, feitas em laboratório, mas tão intensas e belas como as cores naturais que tentam imitar. Muitas tintas industrializadas ainda são feitas com pigmentos naturais, mas já existem pigmentos sintéticos de todas as cores. Os corantes também são pigmentos. Você já percebeu quantos corantes consumimos em nossas refeições? É por que a cor dos alimentos também é um atrativo para aguçar o paladar: a gente também come com os olhos.

12 Vejam alguns exemplos

13 Monocromia Uma pintura que emprega vários tons de uma mesma cor recebe o nome de monocromia: a arte feita com uma única cor, com variação de tonalidades. É a harmonia obtida através da adição gradativa de branco ou preto a uma única cor primária, secundária ou terciária. MONO + CROMIA = UMA COR Observe como se faz uma escala monocromática a partir de uma cor escolhida (primária ou secundária ):

14 ESCALA MONOCROMÁTICA É a gradação de valor e intensidade de uma mesma cor. Misturadas com o preto tornam-se mais escuras (ESCALA DE VALOR) e com o branco ficam mais claras ( ESCALA DE INTENSIDADE ). As coisas, na realidade, nunca são de uma só matiz ou tonalidade de cor. Existe grande variedade de matizes e tons dentro de uma mesma cor. As cores recebem influência da luz, da intensidade, dos reflexos e também da nossa própria retina.

15 Exemplos de Monocromias

16 Conclusão Desde a antiguidade o homem usa a cor em suas representações, sejam elas figurativas ou abstratas, e com o tempo o uso a variação da gama de cores e sua aplicação tomou uma amplitude que podemos a evidenciar em tudo que cerca a humanidade, nas propagandas, artes, moda, cinema, objetos, etc. Compreender as cores, sua importância e classificação é parte do nosso conhecimento

17 Referencias CALABRIA, Carla Paula Bronde. Arte, história e produção 2. Ed. Renovada.FTD,2009: São Paulo

ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA

ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia- Corpo, movimento e linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 2.2 Conteúdos Cores

Leia mais

Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores. Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES. Professora Arq.

Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores. Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES. Professora Arq. Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES Professora Arq. SIMONE CAMILLO Você já tentou perceber o mundo em preto e branco? Você já pensou

Leia mais

Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 Aula 3.1 Conteúdo: Luz e sombra. 3 Habilidade: Reconhecer, diferenciar e saber utilizar diversas técnicas de arte, com procedimentos

Leia mais

APOSTILA DE ARTES VISUAIS 7º

APOSTILA DE ARTES VISUAIS 7º Colégio Pedro II Campus São Cristóvão II APOSTILA DE ARTES VISUAIS 7º ano 1º trimestre Unidade I Cor Nome: Nº.: Turma: Ano: Professor(a): 1 Cor No momento, meu espírito está inteiramente tomado pela lei

Leia mais

Cores. Misturando apenas essas três cores, em proporções e intensidades variadas, podemos obter todas as outras, mesmo as que não estão no

Cores. Misturando apenas essas três cores, em proporções e intensidades variadas, podemos obter todas as outras, mesmo as que não estão no Cores A cor é uma sensação provocada pela luz sobre o órgão da visão, isto é, sobre nossos olhos. A cor-luz pode ser observada através dos raios luminosos. Cor-luz é a própria luz que pode se decompor

Leia mais

Professor Gerson Witte Artes - EMI Informática. As Cores. Professor Gerson Witte EMI Informática Artes I

Professor Gerson Witte Artes - EMI Informática. As Cores. Professor Gerson Witte EMI Informática Artes I As Cores Professor Gerson Witte EMI Informática Artes I Apesar de serem o mesmo fenômeno físico, existe duas maneiras de entender as cores. A cor é uma radiação eletromagnética, corresponde à parte do

Leia mais

A Luz-Cor EDUCAÇÃO VISUAL 8º ANO

A Luz-Cor EDUCAÇÃO VISUAL 8º ANO A Luz-Cor EDUCAÇÃO VISUAL 8º ANO O que é a cor? ? O que é a cor? O que é a cor? A cor é uma perceção visual provocada pela ação de um feixe de ondas eletromagnéticas sobre células especializadas da retina,

Leia mais

Arte da cor. Se no desenho o que mais se utiliza é o traço, na pintura o mais importante é a cor

Arte da cor. Se no desenho o que mais se utiliza é o traço, na pintura o mais importante é a cor O tom da cor Arte da cor. Se no desenho o que mais se utiliza é o traço, na pintura o mais importante é a cor Ao escrever, cada pessoa tem uma maneira própria de fazer as letras. O mesmo acontece com a

Leia mais

Design da Informação. Aula 08 Usando. Prof. Dalton Martins

Design da Informação. Aula 08 Usando. Prof. Dalton Martins Design da Informação Aula 08 Usando cores Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Faculdade de Informação e Comunicação Universidade Federal de Goiás Círculo cromático Um círculo cromático

Leia mais

Estudo da cor [breve síntese]

Estudo da cor [breve síntese] Estudo da cor [breve síntese] Sem luz não existe cor Aristóteles, filósofo grego que viveu de 384 a 322 ac, parece ter sido o primeiro a perceber que os olhos não podem ver a cor sem luz. A cor está presente

Leia mais

CORES CONHEÇA SUA COLORAÇÃO PESSOAL

CORES CONHEÇA SUA COLORAÇÃO PESSOAL CORES CONHEÇA SUA COLORAÇÃO PESSOAL As cores que usamos emitem luminosidade ao nosso rosto, realçando ou apagando a coloração da pele. Existe um conjunto de cores específico para cada pessoa, de acordo

Leia mais

Azul, amarelo, mais amarelo Abóbora ou laranja Vermelho e amarelo Marrom, vermelho e preto

Azul, amarelo, mais amarelo Abóbora ou laranja Vermelho e amarelo Marrom, vermelho e preto Tabela para mistura de cores Verde Azul, amarelo, mais amarelo Abóbora ou laranja Vermelho e amarelo Vinho Marrom, vermelho e preto Cinza Roxo Marrom Marrom oliva Marrom telha Marrom castanha Marrom claro

Leia mais

Colégio Drummond/Anglo Cultura Artística e Literária 8º ano HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES

Colégio Drummond/Anglo Cultura Artística e Literária 8º ano HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES As cores harmoniosas são aquelas que funcionam bem em conjunto ou justapostas, e que produzem um esquema de cores atrativo. O círculo cromático ou roda das cores pode

Leia mais

Sem luz não existe cor

Sem luz não existe cor Estudo da cor Sem luz não existe cor Aristóteles, um filósofo grego, que viveu de 384 a 322 ac, parece ter sido o primeiro a perceber que os olhos não podem ver a cor sem luz. A cor está presente na nossa

Leia mais

Uma boa palheta de cores pode chamar seu público para seu site, fornecer uma sensação de imersão poderosa. Boa palheta de cores Impacto no usuário.

Uma boa palheta de cores pode chamar seu público para seu site, fornecer uma sensação de imersão poderosa. Boa palheta de cores Impacto no usuário. Aula 06 Uma boa palheta de cores pode chamar seu público para seu site, fornecer uma sensação de imersão poderosa. Boa palheta de cores Impacto no usuário. Cor cria emoção Páginas que usam bem a cor têm

Leia mais

Características da cor

Características da cor Características da cor Qualquer cor particular pode ser obtida a partir da combinação de VERMELHO AZUL VERDE (Primárias aditivas) (no caso de transmissão) Isto é, uma fonte de luz vermelha, uma fonte de

Leia mais

EBOOK O PODER DAS CORES NA DECORAÇÃO

EBOOK O PODER DAS CORES NA DECORAÇÃO EBOOK O PODER DAS CORES NA DECORAÇÃO As cores são elementos presentes em nossa vida de diversas formas, aparecendo nas roupas, nos ambientes, na alimentação, e em tantas outras coisas, pois cada uma tem

Leia mais

Teoria das Cores MODULO III DESIGNER GRÁFICO. Suélen Dayane Martins. Professora

Teoria das Cores MODULO III DESIGNER GRÁFICO. Suélen Dayane Martins. Professora Teoria das Cores MODULO III DESIGNER GRÁFICO Suélen Dayane Martins Professora Aspectos Históricos Aristóteles entendia a cor como propriedade dos corpos, defendido em sua obra De sensu et sensibili. Para

Leia mais

Teoria das Cores Cor Pigmento

Teoria das Cores Cor Pigmento Cores Primárias Teoria das Cores Cor Pigmento Cores Secundárias Cores Terciárias Cores Quentes Cores Neutras Cores Frias 1 Cores Complementares Cores Análogas Análogas do amarelo Análogas do verde Análogas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO VISUAL COR. Prof. Carlos Café Dias

PROGRAMAÇÃO VISUAL COR. Prof. Carlos Café Dias PROGRAMAÇÃO VISUAL COR Prof. Carlos Café Dias O mundo à nossa volta é repleto de cores, mas tudo está na nossa cabeça, é ativado em nós. Experimentamos as cores por apenas um sentido: a visão. As cores

Leia mais

TEORIA DAS CORES. Então, contrariando o CMYK, no RGB a mistura de todas as cores resulta em branco e, a ausência delas, em preto.

TEORIA DAS CORES. Então, contrariando o CMYK, no RGB a mistura de todas as cores resulta em branco e, a ausência delas, em preto. TEORIA DAS CORES Basicamente há duas escalas para cores: o CMYK (composto por ciano, magenta, yellow e black) usado na impressão e tinturaria, além do RGB (red, green e blue) usado em monitores de projeção.

Leia mais

PROCESSAMENTO DE IMAGENS COLORIDAS

PROCESSAMENTO DE IMAGENS COLORIDAS PROCESSAMENTO DE IMAGENS COLORIDAS Fundamentos da cor A visão da cor É a capacidade de um organismo ou máquina de distinguir objetos baseando-se nos comprimentos de onda (ou freqüências) da luz sendo refletida,

Leia mais

Teoria da Cor - Fundamentos Básicos

Teoria da Cor - Fundamentos Básicos Teoria da Cor - Fundamentos Básicos O objetivo desse material de apoio é trazer algumas informações básicas sobre teoria da cor, embora seu estudo seja muito mais amplo e envolve diversos aspectos de percepção,

Leia mais

Prof. a Graciela Campos

Prof. a Graciela Campos Blog Design com Poesia [ http://gracicampos.wordpress.com/ ] Facebook GracicamposDesign [www.facebook.com/gracicamposdesign ] Prof. a Graciela Campos Blog Design e Poesia Prof. a Graciela Campos Link aulas

Leia mais

Cores. Profa. Dra. Rúbia Gomes Morato Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado

Cores. Profa. Dra. Rúbia Gomes Morato Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado Cores Profa. Dra. Rúbia Gomes Morato Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado Quais as cores das palavras abaixo? NÃO LEIA O QUE ESTÁ ESCRITO!!! A VARIÁVEL VISUAL COR As cores que percebemos são produzidas

Leia mais

Apostila de rendering automotivo

Apostila de rendering automotivo Apostila de rendering automotivo idealização/ execução/ ilustrações: Leonardo Castilho INTRODUÇÃO Rendering, é uma forma de arte rápida, limpa, essencialmente é algo 3D projetado em uma folha de papel.

Leia mais

COMBINAÇÃO DE CORES NA DECORAÇÃO: UM GUIA PARA NÃO ERRAR A MÃO!

COMBINAÇÃO DE CORES NA DECORAÇÃO: UM GUIA PARA NÃO ERRAR A MÃO! COMBINAÇÃO DE CORES NA DECORAÇÃO: UM GUIA PARA NÃO ERRAR A MÃO! Introdução 3 A roda de cores 6 Paleta de cores 10 Combinações que dão certo 15 Algumas dicas 20 Conclusão 26 Sobre a Valle Casa & Conforto

Leia mais

A cor exerce múltiplas ações: impressionar, expressar e a de construir Uma imagem. A cor vista: impressiona ; a cor sentida : provoca emoções.

A cor exerce múltiplas ações: impressionar, expressar e a de construir Uma imagem. A cor vista: impressiona ; a cor sentida : provoca emoções. A cor exerce múltiplas ações: impressionar, expressar e a de construir Uma imagem. A cor vista: impressiona ; a cor sentida : provoca emoções. A cor é construtiva: pois tendo um significado próprio, possui

Leia mais

SEMIÓTICA DAS CORES. A cor é estímulo (cromoterapia) É elemento de diferenciação Determina um estilo

SEMIÓTICA DAS CORES. A cor é estímulo (cromoterapia) É elemento de diferenciação Determina um estilo SEMIÓTICA DAS CORES SEMIÓTICA DAS CORES A cor é uma sensação visual, uma onda luminosa, um raio de luz branca que atravessa nossos olhos. Não tem existência material, trata-se apenas de sensação produzida

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Utilização de Cores em HTML Cores primárias Cores secundárias 2 Utilização de Cores em HTML Os comprimentos de onda vermelho, amarelo

Leia mais

Imagem bitmap. Gráfico vetorial. gráficos vetoriais

Imagem bitmap. Gráfico vetorial. gráficos vetoriais Sobre imagens bitmap e gráficos vetoriais Os elementos gráficos de um computador podem ser divididos em duas categorias principais -- bitmap e vetor. Imagem bitmap Gráfico vetorial Imagens bitmap são ideais

Leia mais

Prof. Fernando Lang da Silveira

Prof. Fernando Lang da Silveira As sombras são coloridas com as três cores originais das lâmpadas (vermelho, verde e azul) e mais outras três cores (magenta, ciano e amarelo), além do branco e do preto. Prof. Fernando Lang da Silveira

Leia mais

imagem COMUNICAÇÃO VISUAL

imagem COMUNICAÇÃO VISUAL imagem COMUNICAÇÃO VISUAL Imagem (do latim imago) é toda e qualquer visualização gerada pelo ser humano, seja em forma de objeto, de obra de arte, de registro foto-mecânico, de construção pictórica (pintura,

Leia mais

Processamento Digital de Imagens. Cor

Processamento Digital de Imagens. Cor Processamento Digital de Imagens Cor Em uma descrição física a cor está associada ao seu comprimento de onda. Ao se analisar o espectro eletromagnético na região do visível, os menores comprimentos de

Leia mais

Cor SCC0251 Processamento de Imagens

Cor SCC0251 Processamento de Imagens Cor SCC0251 Processamento de Imagens Prof. Moacir Ponti Jr. www.icmc.usp.br/~moacir Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação USP 2012/1 Moacir Ponti Jr. (ICMCUSP) Cor 2012/1 1 / 39 Sumário 1 Introdução

Leia mais

Volume I. Na Arte de Fotografar! Vivaldo Armelin Júnior

Volume I. Na Arte de Fotografar! Vivaldo Armelin Júnior Volume I Na Arte de Fotografar! Vivaldo Armelin Júnior 2013 Luz & Cores 2013 FotoMBoé 2 Neste primeiro volume apresentaremos as propriedades das cores e as suas três classificações que são elas: Cores-Pigmento

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 O estudo das cores não é peculiar apenas da pintura ou do desenho; é um estudo amplo, que sem dúvida está presente dentro de muitas outras áreas e que estão diretamente interconectados. Veja nesta aula

Leia mais

IntroduÄÅo a teoria da cor Material desenvolvido e organizado pelo professor AndrÉ Furtado Material elaborado para a disciplina de Projeto Visual 3

IntroduÄÅo a teoria da cor Material desenvolvido e organizado pelo professor AndrÉ Furtado Material elaborado para a disciplina de Projeto Visual 3 Material para a disciplina Projeto Visual 3 Teoria da cor - introduäåo Prof. www.ufrgs.br Teoria da cor. Propriedades das cores As cores têm algumas propriedades inerentes que lhes permite se distinguir

Leia mais

diariodocabelo.com.br

diariodocabelo.com.br Este e-book foi feito carinhosamente para você, reunindo as melhores dicas de colorimetria capilar e cortes que você precisa para alcançar seus objetivos profissionais. Cortes de Cabelo Técnicas maravilhosas

Leia mais

Levando em consideração o valor das cores nas obras de arte, explique:

Levando em consideração o valor das cores nas obras de arte, explique: Atividade extra Módulo 1 Fascículo 1 Artes Unidade 1 Artes: Princípios e Linguagens Questão 1 As cores são capazes de nos transmitir diversas sensações, criar espaços, dar volume a um objeto, aproximá-lo

Leia mais

Aplicações Informáticas B 12º Ano

Aplicações Informáticas B 12º Ano Aplicações Informáticas B 12º Ano Prof. Adelina Maia 2013/2014 AIB_U4A 1 Bases sobre a teoria da cor aplicada aos sistemas digitais (red / Green / blue) Modelo CMYK (cyan / magenta / yellow + Black) Modelo

Leia mais

Cores na Inteface Gráfica

Cores na Inteface Gráfica Cores na Inteface Gráfica Ana Paula Costa Fabiano Gonçalves Maria Cristina Díez Renato Pantel Introdução O uso correto da cor, facilita a formação do modelo mental. O uso adequado da cor pode facilitar

Leia mais

Uso de Cores no Design de Interfaces

Uso de Cores no Design de Interfaces CBSI Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Uso de Cores no Design de Interfaces Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Interação Homem-Computador Faculdade de

Leia mais

CURSO COMPLETO DE PROJETO DE MÓVEIS. MÓDULO 02 Composição/Decoração de Interiores

CURSO COMPLETO DE PROJETO DE MÓVEIS. MÓDULO 02 Composição/Decoração de Interiores CURSO COMPLETO DE PROJETO DE MÓVEIS MÓDULO 02 Composição/Decoração de Interiores CURSO COMPLETO DE PROJETO DE MÓVEIS MÓDULO 02 Aula 06 Assuntos a serem abordados 08. Elementos da Composição do Ambiente:

Leia mais

Computação Gráfica Síntese de Cores

Computação Gráfica Síntese de Cores Computação Gráfica Síntese de Cores Professora: Sheila Cáceres Natureza da cor O ser humano é capaz de visualizar só um subconjunto do espectro de luz solar: desde 380 nanômetros (violeta) a 780 nanômetros

Leia mais

COLORINDO SEUS SONHOS...

COLORINDO SEUS SONHOS... COLORINDO SEUS SONHOS... DICAS PARA PINTURA DE QUARTO DE SEU MAIOR TESOURO: UM FILHO... Escolhendo a cor e a tinta certa para o quarto do bebê Prezar pelo bem-estar da criança é o ponto primordial na hora

Leia mais

Luz e Cor. Luz. Onda eletro-magnética. Computação Gráfica Interativa - Gattass 10/26/2004. Luz e Cor. λ (m) f (Hertz)

Luz e Cor. Luz. Onda eletro-magnética. Computação Gráfica Interativa - Gattass 10/26/2004. Luz e Cor. λ (m) f (Hertz) Marcelo Gattass, PUC-Rio Luz Onda eletro-magnética 10 2 10 4 10 6 10 8 10 10 10 12 10 14 10 16 10 18 10 20 (m) rádioam FM,TV Micro-Ondas Ultra-Violeta Infra-Vermelho RaiosX f (Hertz) 10 6 10 4 10 2 10

Leia mais

E-book. Guia de Cores: entenda seus conceitos e usos

E-book. Guia de Cores: entenda seus conceitos e usos E-book Guia de Cores: entenda seus conceitos e usos Introdução Como vemos as cores Cores primárias, secundárias e terciárias Aspectos da cor Temperatura da cor Harmonia das cores 4 7 10 13 16 20 O que

Leia mais

STV 29 SET SINAL I esta tensão de vídeo é produzida na matriz do transmissor como a seguinte combinação de vermelho, verde e azul:

STV 29 SET SINAL I esta tensão de vídeo é produzida na matriz do transmissor como a seguinte combinação de vermelho, verde e azul: STV 29 SET 2008 1 LARGURA DE FAIXA DO SINAL Y este sinal é transmitido com a largura de faixa da freqüência de vídeo completa de 0-4 MHz, como na transmissão monocromática contudo, a maioria dos receptores

Leia mais

Manual de Identidade Visual Indústria de Impressoras Tecnológicas da Amazônia Ltda

Manual de Identidade Visual Indústria de Impressoras Tecnológicas da Amazônia Ltda Manual de Identidade Visual INTRODUÇÃO Com a importância que a IITA tem conquistado no Brasil, é essencial que a nossa marca seja utilizada seguindo o Manual de Identidade Visual. Uma marca sempre bem

Leia mais

HOSPITAL ANÁLISE DE CORES

HOSPITAL ANÁLISE DE CORES UFU Arquitetura e Urbanismo e Design Análise da Forma Luis Eduardo Jacqueline Avelhaneda Pablo Augusto Sofia Peliciari Ulisses Rocha HOSPITAL ANÁLISE DE CORES A cor pode ser entendida como sensações visuais

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Introdução O manual da marca do Consultório na Rua tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia o serviço, compreendendo os padrões e regras de aplicação

Leia mais

Manual da Marca e Identidade Visual

Manual da Marca e Identidade Visual Manual da Marca e Identidade Visual 02 CONCEITO Design A representação gráfica de pessoas, a base do cooperativismo, livres de qualquer discriminação, mobilizadas para atingir o bem comum, apresentado

Leia mais

A simbologia das cores e Harmonias de Cores

A simbologia das cores e Harmonias de Cores A simbologia das cores e Harmonias de Cores A cor tem o poder de atração da sua marca, estímulo da compra na sua loja, transmissão de confiabilidade no seu site, inúmeras influências e fatores de decisão

Leia mais

A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA: A LINGUAGEM DO MAPA. Prof. Clésio

A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA: A LINGUAGEM DO MAPA. Prof. Clésio A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA: A LINGUAGEM DO MAPA Prof. Clésio O domínio da representação gráfica se inclui no universo da comunicação visual, que por sua vez faz parte da comunicação social. Participa, portanto,

Leia mais

Teoria das Cores Psicodinâmica das Cores. Estudo sobre a percepção das cores.

Teoria das Cores Psicodinâmica das Cores. Estudo sobre a percepção das cores. Teoria das Cores Psicodinâmica das Cores Estudo sobre a percepção das cores. Estudos sobre a Luz e a Cor Aristóteles: as cores eram uma propriedade dos objetos, assim como peso, material e textura. Eram

Leia mais

INTRODUçÃO ÀS. UNIVERSIDADE DE AVEIRO Departamento de Física Detecção Remota

INTRODUçÃO ÀS. UNIVERSIDADE DE AVEIRO Departamento de Física Detecção Remota INTRODUçÃO ÀS UNIVERSIDADE DE AVEIRO Departamento de Física Detecção Remota Raquel Diogo, 38961 2011/2012 O que é o RGB? RGB abreviatura do sistema de cores aditivas: vermelho, r, verde, g e azul, b. As

Leia mais

Curso de Bacharelado em Design de Moda. Cor aplicada ao Design Claudia Albert Aula 1

Curso de Bacharelado em Design de Moda. Cor aplicada ao Design Claudia Albert Aula 1 Curso de Bacharelado em Design de Moda Cor aplicada ao Design Claudia Albert Aula 1 Material 1. Papel A4 2. Um pacote A4 de papel color set 3. Lápis de cor ou caneta colorida ou pastel 4. Tesoura 5. Cola

Leia mais

Prof. a Graciela Campos

Prof. a Graciela Campos Blog Design com Poesia [ http://gracicampos.wordpress.com/ ] Facebook GracicamposDesign [www.facebook.com/gracicamposdesign ] Prof. a Graciela Campos Prof. a Graciela Campos Link aulas / plano de aula

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 7 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores explica como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu qualidade Modo

Leia mais

PARA NÃO ERRAR MAIS: APRENDA A COMBINAR GRAVATAS COM CAMISAS

PARA NÃO ERRAR MAIS: APRENDA A COMBINAR GRAVATAS COM CAMISAS PARA NÃO ERRAR MAIS: APRENDA A COMBINAR GRAVATAS COM CAMISAS 3 A gravata tem um poder de mudar o modo como as pessoas olham para você. Mas com tantas opções e combinações, para algumas pessoas fica difícil

Leia mais

As cores são ações e paixões da luz.

As cores são ações e paixões da luz. As cores são ações e paixões da luz. Goethe Robert Delunay, Drama políltico, óleo e colagem sobre cartão, 88,7 x 67,3, 1914 Cada olhar envolve uma observação, cada observação uma reflexão, cada reflexão

Leia mais

MODELO de COR (1) ORIENTADO PARA O EQUIPAMENTO. Finalidade? Especificação precisa das cores numa certa gama, para determinada classe de equipamentos.

MODELO de COR (1) ORIENTADO PARA O EQUIPAMENTO. Finalidade? Especificação precisa das cores numa certa gama, para determinada classe de equipamentos. MODELO de COR (1) ORIENTADO PARA O EQUIPAMENTO Finalidade? Especificação precisa das cores numa certa gama, para determinada classe de equipamentos. O que é? Sub-espaço 3D Sistema de coordenadas 3D Combinação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA TERRA DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA MAPEAMENTO GEOMORFOLÓGICO GB 097 AULA 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA TERRA DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA MAPEAMENTO GEOMORFOLÓGICO GB 097 AULA 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA TERRA DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA MAPEAMENTO GEOMORFOLÓGICO GB 097 AULA 2 Professor: Fabiano A. Oliveira 2017 RECUPERAÇÃO DE CONCEITOS: CARTOGRAFIA TEMÁTICA

Leia mais

Cor.doc Página 1 de 5 Teoria das Cores

Cor.doc Página 1 de 5 Teoria das Cores Cor.doc Página 1 de 5 Teoria das Cores As imagens formadas na retina são planas, entretanto, conseguimos enxergar o volume dos objetos, uma das razões disto ocorrer é devido à iluminação nas diferentes

Leia mais

Cores em Computação Gráfica

Cores em Computação Gráfica Cores em Computação Gráfica Uso de cores permite melhorar a legibilidade da informação, possibilita gerar imagens realistas, focar atenção do observador, passar emoções e muito mais. Colorimetria Conjunto

Leia mais

Ondas Eletromagnéticas

Ondas Eletromagnéticas Luz e Cor Ondas Eletromagnéticas Uma fonte de radiação emite ondas eletromagnéticas. Possuem diferentes comprimentos de onda. O olho humano é sensível a somente alguns: Distinção das cores Ao falarmos

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa Ano: 7 Turma: 71

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa Ano: 7 Turma: 71 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: ARTE Professor (a): JANAINA Ano: 7 Turma: 71 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça

Leia mais

As imagens. As imagens. Representação digital de imagens. As imagens Wilson de Pádua Paula Filho 1

As imagens. As imagens. Representação digital de imagens. As imagens Wilson de Pádua Paula Filho 1 As As As Dispositivos gráficos Resolução espacial de : pixel - unidade de imagem, usada para medir resolução gráfica; visão humana - cerca de 3000 x 3000 pixels; fotografia - até 8000 x 8000 pixels. 2001

Leia mais

Fundamentos sobre. Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE. Antonio G. Thomé Sala AEP/1033. Processamento de Imagens

Fundamentos sobre. Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE. Antonio G. Thomé Sala AEP/1033. Processamento de Imagens Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE Fundamentos sobre Processamento de Imagens Antonio G. Thomé thome@nce.ufrj.br Sala AEP/1033 Sumário do Curso Introdução Ambientação com o MatLab Aquisição

Leia mais

Guia Técnico de Pintura

Guia Técnico de Pintura Guia Técnico de Pintura XI - Cor, a escolha Introdução Cada vez mais apercebemo-nos do poder que a cor tem. Vivemos rodeados por cor e isso influencia todos os aspectos da nossa vida, tendo mesmo o poder

Leia mais

LISTA DE MATERIAL - 2015 6º Ano MATERIAL DE USO INDIVIDUAL

LISTA DE MATERIAL - 2015 6º Ano MATERIAL DE USO INDIVIDUAL 6º Ano 05 cadernos de 96 folhas (Matemática, Língua Portuguesa, História, Geografia e Ciências) 02 cadernos de 60 folhas (Filosofia e Inglês) MATERIAIS ESPECÍFICOS PARA AULA DE ARTES 01 pasta catálogo

Leia mais

MANUAL DE MARCA HEXAGON ELO LINE MODE

MANUAL DE MARCA HEXAGON ELO LINE MODE MAUAL DE MARCA ODELO LI ODELO LIE MODEL ODELO LIE MODELO ELO LIE MODE M LO LI 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 SUMÁRIO Assinatura Principal Assinaturas Alternativas Padrão Tipográfico Padrão Cromático

Leia mais

Como decorar com branco

Como decorar com branco Como decorar com branco Diz-se que o branco é o novo preto e a verdade é que a cor mais pura e simples da roda das cores tem tido um protagonismo inigualável na decoração de interiores ao longo dos últimos

Leia mais

2-) Descreva algumas das diferenças entre mistura de cores de luz e mistura de cores de tintas.

2-) Descreva algumas das diferenças entre mistura de cores de luz e mistura de cores de tintas. Lista cores 1-) Três fontes de luz projetam luz sobre um anteparo como mostrado na figura ao lado. Cada fonte projeta uma região circular de cor diferente. A. Nomeie cada parte do anteparo com a cor apropriada.

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 5)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 5) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 5) 1 Sistema de cores A modelagem dos sistemas de cor é essencial, pois para a visualização

Leia mais

COR. Prof. Wanderlei Paré

COR. Prof. Wanderlei Paré DEFINIÇÃO Cada fonte, ou centro luminoso, emana ondas ou vibrações que, impressionando a vista, dão precisamente a sensação de luz. A luz se compõe de uma mistura de radiações de diferentes longitudes

Leia mais

Gorovitz/Maass Design 2000. Recomendações para uso de cores no ambiente escolar

Gorovitz/Maass Design 2000. Recomendações para uso de cores no ambiente escolar Gorovitz/Maass Design 2000 Recomendações para uso de cores no ambiente escolar Introdução O objetivo desse trabalho é fazer um estudo que fundamente as recomendações de uso de cor na pintura de ambientes

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: MATÉRIA: INTERFACE HOMEM COMPUTADOR (IHC)

Leia mais

Teoria da Cor para WebDesigners. O significado da cor

Teoria da Cor para WebDesigners. O significado da cor Teoria da Cor para WebDesigners 2016 O significado da cor Cor no design é muito subjetivo. O que evoca uma reação em uma pessoa pode evocar uma reação muito diferente em outra. Às vezes isso é devido à

Leia mais

Processamento de Imagens Coloridas. Prof. Adilson Gonzaga

Processamento de Imagens Coloridas. Prof. Adilson Gonzaga Processamento de Imagens Coloridas Prof. Adilson Gonzaga 1 Aparência de um Objeto A aparência de um objeto é o resultado de uma complexa interação da luz incidente sobre este objeto, suas características

Leia mais

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Douglas Farias Cordeiro Universidade Federal de Goiás 06 de julho de 2015 Mini-currículo Professor do curso Gestão da Informação Formação: Graduação

Leia mais

Fundamentos. da Cor. Claudio Dreher de Araujo Número de matrícula: 0519503-9 Curso: Design (420) Teoria da Luz e Cor - EGR5110

Fundamentos. da Cor. Claudio Dreher de Araujo Número de matrícula: 0519503-9 Curso: Design (420) Teoria da Luz e Cor - EGR5110 Fundamentos da Cor Aluno: Claudio Dreher de Araujo Número de matrícula: 0519503-9 Curso: Design (420) Turma: 0195A Disciplina: Teoria da Luz e Cor - EGR5110 Professora: Berenice Gonçalves Data de entrega:

Leia mais

A Cor. Uma abordagem no 3º ciclo. Ana Rita Lopes Mota Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Ano lectivo 2007/2008

A Cor. Uma abordagem no 3º ciclo. Ana Rita Lopes Mota Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Ano lectivo 2007/2008 A Cor Uma abordagem no 3º ciclo Ana Rita Lopes Mota Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Ano lectivo 2007/2008 Índice! Concepções alternativas identificadas! Projecto de investigação A Cor! Objectivos

Leia mais

verdes Dicas Coral Paredes & tetos Fosco é o acabamento mais contemporâneo e minimiza as imperfeições nas suas paredes.

verdes Dicas Coral Paredes & tetos Fosco é o acabamento mais contemporâneo e minimiza as imperfeições nas suas paredes. Esta impressão é uma representação das cores da Tintas Coral. Para uma visualização mais precisa, consulte o novo leque de cores - Language of Colors Geração II - disponível nas lojas, e sempre que possível

Leia mais

SISTEMA EPOXI Líquido Mármores e Granitos

SISTEMA EPOXI Líquido Mármores e Granitos 120 Telagem Comp. A É recomendado como adesivo para fixação de tecido (telagem) em chapas e ladrilhos de mármore e granitos Epóxi Líquido Alta 100 : 20pp reforçando-as. Apresenta boa penetração e impregnação

Leia mais

Manual da Marca e da Identidade Visual

Manual da Marca e da Identidade Visual Manual da Marca e da Identidade Visual fev 2017 versão 20170223 índice apresentação 2 marca desenho da marca 3 assinaturas 4 malha de construção 5 dimensionamento mínimo 6 área de proteção 7 cores cromia

Leia mais

Índice CORES. Naturais Superclareadores Marrons Cinzas Tizianos Matizadores Beges Dourados Acajus Acobreados Vermelhos Bronze Violetas Mix Tons

Índice CORES. Naturais Superclareadores Marrons Cinzas Tizianos Matizadores Beges Dourados Acajus Acobreados Vermelhos Bronze Violetas Mix Tons Índice Quem Somos Nossa Missão Nossos Valores Parque Fabril Nosso Atendimento Conceitos básicos Coloração Permanente Tecnologia e Mecanismo de Ação CORES 3 4 5 6 7 8 9 10 Naturais Superclareadores Marrons

Leia mais

Tonalidade, luminosidade, saturação.

Tonalidade, luminosidade, saturação. Tonalidade, luminosidade, saturação. O mundo da cor é uma mistura desses três atributos. Figura 1: Roda das cores. Amarelo-Verde Amarelo Laranja Vermelho Verde Vermelho-Violeta Azul-Verde Azul Azul-Violeta

Leia mais

Guilherme Lima. Designer Gráfico

Guilherme Lima. Designer Gráfico Guilherme Lima Designer Gráfico TEORIA DAS CORES A teoria A Teoria das Cores afirma que a cor é um fenômeno físico relacionado a existência da luz, ou seja, se a luz não existisse, não existiriam cores.

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DE MARCA

MANUAL DE APLICAÇÃO DE MARCA MANUAL DE APLICAÇÃO DE MARCA A construção do logotipo Ordena Vida parte do princípio de que em um ambiente deve existir harmonia para existir qualidade de vida, alegria, organização, inspiração e prazer

Leia mais

Elementos de linguagem: A cor

Elementos de linguagem: A cor Profa Ana Rezende Ago /set 2006 A todo o momento recebemos informações através dos sentidos, da visão, do olfacto,... em cada cem informações que recebemos oitenta são visuais dessas, quarenta são cromáticas,

Leia mais

Manual de Uso da Marca INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Manual de Uso da Marca INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA Manual de Uso da Marca Marca A identidade visual do Instituto Federal de, Ciência e Tecnologia (IF) foi construída sobre a ideia do homem, integrado e funcional. A marca deve ser preservada e apresentada

Leia mais

Prof. a Graciela Campos

Prof. a Graciela Campos Blog Design com Poesia [ http://gracicampos.wordpress.com/ ] Facebook GracicamposDesign [www.facebook.com/gracicamposdesign ] Prof. a Graciela Campos Blog Design e Poesia Prof. a Graciela Campos Link aulas

Leia mais

Professora Cristina Cardoso 8º Ano- EDUCAÇÃO VISUAL Escola Básica e Secundária D. Martinho Vaz de Castelo Branco

Professora Cristina Cardoso 8º Ano- EDUCAÇÃO VISUAL Escola Básica e Secundária D. Martinho Vaz de Castelo Branco Professora Cristina Cardoso 8º Ano- EDUCAÇÃO VISUAL Escola Básica e Secundária D. Martinho Vaz de Castelo Branco LUZ E COR A COR A cor é um produto cultural; não existe se não for percebida, isto é, se

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Manual de Aplicação

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Manual de Aplicação Manual de Aplicação Fevereiro de 2012 A Marca A identidade visual do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IF) foi construída sobre a ideia do homem, integrado e funcional. A marca deve

Leia mais

COMPUTAÇÃO GRÁFICA CORES. Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof.

COMPUTAÇÃO GRÁFICA CORES. Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. COMPUTAÇÃO GRÁFICA CORES Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CORES EM COMPUTAÇÃO GRÁFICA O uso de cores permite melhorar

Leia mais

DE IDENTIDADE VISUAL.

DE IDENTIDADE VISUAL. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL O projeto de reposicionamento da antiga Aldeia Infantil SOS, que plenamente adequou a instituição às diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente,

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 6 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda os usuários a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida.

Leia mais