8 Referências bibliográficas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "8 Referências bibliográficas"

Transcrição

1 8 Referências bibliográficas ALI. M. S. Dificuldades da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Acadêmica, Gramática secundária da língua portuguesa. São Paulo: Melhoramentos, AZEREDO, J. C. Fundamentos de gramática do português. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., Iniciação à sintaxe do português. 6. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., BECHARA, E. Moderna gramática portuguesa. 37ª ed. Rio de Janeiro: Lucerna, Lições de português pela análise sintática. 14. ed. Rio de Janeiro: Padrão, BERNARDO, S. Uma abordagem funcionalista para análise de conversa formal. Palavra. n. 4, p , BOMFIM, E. R. M. Notas gramaticais às cartas do Pe. Antônio Vieira. Rio de Janeiro (no prelo). BUSSE, W.; VILELA, M. Gramática de valências. Coimbra: Livraria Almedina, COSERIU, E. Lições de lingüística geral. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, CUNHA, C.; CINTRA, L. F. L. Nova gramática do português contemporâneo. 4ª ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2007.

2 59 CUNHA, M. A. F.; COSTA, M. A. A interdependência dos componentes sintático, semântico e pragmático. Veredas revista de estudos lingüísticos. v. 5, n. 2, p , jul./ dez CUNHA. M. A. F.; SOUZA, M. M. Transitividade e seus contextos de uso. Rio de Janeiro: Lucerna, FARACO, C. A. Lingüística histórica: uma introdução ao estudo da história das línguas. São Paulo: Parábola Editorial, FIORIN, J. L. (Org.). Introdução à lingüística II: princípios de análise. 4. ed. São Paulo: Contexto, GONÇALVES, S. C. L.; LIMA-HERNANDES, M. C.; CASSEB-GALVÃO, V. C. (Org.). Introdução à gramaticalização: princípios teóricos e aplicação. São Paulo: Parábola, KATO, M. A. Formas de funcionalismo na sintaxe. DELTA, São Paulo, v. 14, Disponível em: < Acesso em: 20 out LIMA, C. H. R. Gramática normativa da língua portuguesa. 47ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, LUCCHESI, D. Sistema, mudança e linguagem: um percurso na história da lingüística moderna. São Paulo: Parábola, LYONS, J. Linguagem e lingüística: uma introdução. Rio de Janeiro: LTC, NEVES, M. H. M. A gramática funcional. São Paulo: Martins Fontes, Gramática de usos do português. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

3 60. Que gramática estudar na escola? São Paulo: Contexto, PAVEAU, M-A; SARFATI, G-E. As grandes teorias da lingüística: da gramática comparada à pragmática. São Carlos: Claraluz, PERINI, M. A. Gramática descritiva do português. 4. ed. São Paulo: Ática, Sofrendo a gramática. 3. ed. São Paulo: Ática, ROBERTS, I; KATO, M. A. (Org.). Português brasileiro: homenagem a Fernando Tarallo. Campinas: Editora da Unicamp, ROBINS, R. H. Pequena história da lingüística. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, SAUSSURE. F. Curso de lingüística geral. 26. ed. São Paulo: Cultrix, SCHERRE, M. M. P. Doa-se lindos filhotes de poodle: variação lingüística e preconceito. São Paulo: Parábola Editorial, SILVA, R. V. M. O português arcaico: fonologia, morfologia e sintaxe. São Paulo: Contexto, Variação e mudança no português arcaico: ter ou haver em estruturas de posse. In: Miscelânea de estudos lingüísticos, filológicos e literários in memorian Celso Cunha. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, SIQUEIRA, C. L. A tradição gramatical e a ótica funcionalista: um estudo das definições de sujeito. Rio de Janeiro, p. Dissertação PUC Rio, Departamento de Letras. SOUZA e SILVA, M. C. P.; KOCH, I. G. V. Lingüística aplicada ao português: sintaxe. 11. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

4 61 VILELA. M. Gramática de valências: teoria e aplicação. Coimbra: Livraria Almedina, WEEDWOOD. B. História concisa da lingüística. São Paulo: Parábola Editorial, 2002.

5 9 Anexos Anexo 1 QUE CONSTRUÇÕES ABAIXO VOCÊ CONSIDERA ACEITÁVEIS NO PORTUGUÊS? 1) Já estamos nos programando, a gente vai à festa semana que vem. 2) Nas situações mais difíceis da vida, existem pessoas que sabem escutar as outras. 3) Como o ônibus atrasou, muita gente existe do lado de fora da empresa. 4) Tem pessoas que não enxergam as outras como semelhantes. 5) É do conhecimento de todos que houveram muitos problemas durante as eleições. 6) Durante a entrevista, tiveram momentos de muita descontração. 7) Já fizemos o sorteio, agora vamo ver quem será o premiado. 8) O sinal já tocou, mas muita gente ainda há no corredor da escola. 9) O local onde voto é muito requisitado, por isso hão muitos eleitores na seção. 10) A chuva não atrapalhou, a gente fomos ao jogo no Maracanã. 11) Existiu um programa de televisão que apresentava entrevistas interessantes. 12) Outrora, no Brasil, fora necessário que os jovens fossem às ruas lutar por um país mais justo. 13) Sei que existe carros nacionais com preços de importados. 14) Tinham umas mulheres querendo falar com você de manhã. 15) No futuro, creio que as pessoas hão de ser mais conscientes de seu papel social.

6 63 Anexo 2 Para você, que função sintática desempenham os termos grifados nas frases abaixo? 1) É certo que há muita gente desinformada no Brasil. a) sujeito b) objeto direto c) predicativo 2) Tem gente que é extremamente solidária. a) sujeito b) objeto direto c) predicativo 3) Lúcio é um grande amigo para todos nós. a) sujeito b) objeto direto c) predicativo 4) Existe um bom número de jornalistas do lado de fora do teatro. a) sujeito b) objeto direto c) predicativo 5) Tenho dois irmãos que moram em Pernambuco. a) sujeito b) objeto direto c) predicativo

7 Anexo 3 64

8 65

9 66

10 67

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 6 Referências Bibliográficas ALENCAR, J. Obra Completa. v. 1. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1959. AMADO, J. Bahia de todos os santos. São Paulo: Martins Editora, 1960. ANDRADE, A. A. Banha de. Verney e

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 94 6 Referências Bibliográficas ALI, M. Said. Gramática secundária da língua portuguesa. Revisada e Comentada conforme a NGB por Evanildo Bechara. São Paulo: Melhoramentos, 1964. AZEREDO, J. C. Iniciação

Leia mais

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE:

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: PLANO DA DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira CURSO: Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: 1º Ano CARGA HORÁRIA: 100 h.r. EMENTA Estudos de Fonética e Fonologia

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 6 Referências bibliográficas ALMEIDA FILHO, J. C. P. (org.) Parâmetros atuais para o ensino de Português-Língua Estrangeira. Campinas: Pontes Editores, 1997.. Identidade e caminhos no ensino de português

Leia mais

P R O G R A M A. IV Unidade Prática de textos: Textos de autores portugueses e brasileiros dos séculos XIX e XX

P R O G R A M A. IV Unidade Prática de textos: Textos de autores portugueses e brasileiros dos séculos XIX e XX PERÍODO: 76.1 / 77.2 I Unidade Estrutura e formação dos vocábulos 1.1 Estruturas mórficas 1.2 - Formação do léxico português 1.3 - Processos de formação de palavras II Unidade Funções sintáticas dos termos

Leia mais

Plano de ensino: CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

Plano de ensino: CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Plano de ensino: CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Título Contextualização Ementa Objetivos gerais CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA A língua portuguesa,

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS (REDE NACIONAL) Disciplina: GRAMÁTICA, VARIAÇÃO E ENSINO. Profª Rosângela Maria Bessa Vidal (UERN)

MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS (REDE NACIONAL) Disciplina: GRAMÁTICA, VARIAÇÃO E ENSINO. Profª Rosângela Maria Bessa Vidal (UERN) MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS (REDE NACIONAL) Disciplina: GRAMÁTICA, VARIAÇÃO E ENSINO Profª Rosângela Maria Bessa Vidal (UERN) EMENTA: Avaliação de gramáticas pedagógicas. Análise epilinguística e metalinguística

Leia mais

Disciplinas ministradas em outros cursos

Disciplinas ministradas em outros cursos Disciplinas ministradas em outros cursos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACOMB BIBLIOTECONOMIA NOME DA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO E EXPRESSÃO II PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS Disciplina: Língua Portuguesa IV UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Plano de Curso 2011 Ano / Período: 4 ano 1. EMENTA Introdução aos estudos semânticos e do léxico da língua portuguesa. Abordagem sobre a

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROGRAMA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROGRAMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROGRAMA Disciplina Obrigatória - GRAMÁTICA, VARIAÇÃO E ENSINO Carga horária

Leia mais

PLANO DE CURSO. PROGRAMA DA DISCIPLINA HORÁRIA Disciplina Língua Portuguesa VIII 100. Dra. Auxiliadora dos Santos Pinto.

PLANO DE CURSO. PROGRAMA DA DISCIPLINA HORÁRIA Disciplina Língua Portuguesa VIII 100. Dra. Auxiliadora dos Santos Pinto. PLANO DE CURSO AUTORIZAÇÃO E RECONHECIMENTO DO CURSO DE LETRAS Curso: Letras Habilitação: Português e Literaturas da Língua Portuguesa Autorização: 16/1989 CFE Reconhecimento: Portaria MED Documento 1784

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira EMENTA

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira EMENTA 53 14 PLANOS DE DISCIPLINAS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira Curso: Técnico em Agroindústria Integrado ao Ensino Médio

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Português Instrumental Código: Fisio 304 Pré-requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

Funções gramaticais: Sujeito e predicado. Luiz Arthur Pagani (UFPR)

Funções gramaticais: Sujeito e predicado. Luiz Arthur Pagani (UFPR) Funções gramaticais: Sujeito e predicado (UFPR) 1 1 Tradição gramatical termos essenciais: São termos essenciais da oração o sujeito e o predicado. [2, p. 119] As orações de estrutura favorita em português

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL MATRIZ CURRICULAR NOTURNO Fase Nº. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas 1. Leitura e produção textual I 4 60 2. Introdução a informática 4

Leia mais

Funções gramaticais: Objeto direto e indireto. Luiz Arthur Pagani (UFPR)

Funções gramaticais: Objeto direto e indireto. Luiz Arthur Pagani (UFPR) Funções gramaticais: Objeto direto e indireto (UFPR) 1 1 Tradição gramatical termos essenciais, mas condicionados ao verbo: Objeto direto é o complemento transitivo direto, ou seja, o complemento que normalmente

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Humanas ANO/SEMESTRE: 2013/2 CURSO: Pedagogia FASE:

Leia mais

P R O G R A M A. O léxico português. Processos de criação e renovação

P R O G R A M A. O léxico português. Processos de criação e renovação UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS CLÁSSICAS E VERNÁCULAS DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA II (Red. e Expressão Oral) CARGA HORÁRIA: 45 horas

Leia mais

LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS)

LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS) LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS) Componente Curricular Complementar Total Teórica Prática EAD 1 Pré-requisitos 1. Alfabetização e Letramento BA000492 2. Análise de Livros

Leia mais

HORÁRIO DO CURSO DE LETRAS PERÍODOS DIURNO E NOTURNO ANO LETIVO DE º ANO/1º SEMESTRE

HORÁRIO DO CURSO DE LETRAS PERÍODOS DIURNO E NOTURNO ANO LETIVO DE º ANO/1º SEMESTRE HORÁRIO DO CURSO DE LETRAS PERÍODOS DIURNO E NOTURNO ANO LETIVO DE 2014 1º ANO/1º SEMESTRE 2 aulas) Observação: Leitura e Produção de Textos I * * (LNG1050) Habilidades Básicas Integradas do Inglês: Produção

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 20 H

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 20 H Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Turismo, Hospitalidade e Lazer CURSO: Técnico em Hospedagem Proeja FORMA/GRAU:( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL - LICENCIATURA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL - LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL - LICENCIATURA Campus de Realeza Turno Noturno Fase Nº. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Pré Requisito 1. GLA001

Leia mais

Aula 5 Funções sintáticas e transitividade verbal

Aula 5 Funções sintáticas e transitividade verbal Aula 5 Funções sintáticas e transitividade verbal Pablo Faria HL220C Prática de análise gramatical IEL/UNICAMP SUMÁRIO AULA ANTERIOR Predicado NOMENCLATURA COMPARADA Funções sintáticas diversas Quanto

Leia mais

CURSO ANO LETIVO PERIODO/ANO Departamento de Letras º CÓDIGO DISCIPLINA CARGA HORÁRIA Introdução aos estudos de língua materna

CURSO ANO LETIVO PERIODO/ANO Departamento de Letras º CÓDIGO DISCIPLINA CARGA HORÁRIA Introdução aos estudos de língua materna CURSO ANO LETIVO PERIODO/ANO Departamento de Letras 2017 5º CÓDIGO DISCIPLINA CARGA HORÁRIA Introdução aos estudos de língua materna 04h/a xxx xxx 60 h/a xxx xxx EMENTA Iniciação ao estudo de problemas

Leia mais

Módulo - MOD-1 - HISTÓRIA DA GRAMÁTICA TRADICIONAL.

Módulo - MOD-1 - HISTÓRIA DA GRAMÁTICA TRADICIONAL. Módulo - MOD-1 - HISTÓRIA DA GRAMÁTICA TRADICIONAL. Responsáveis: Prof.Johnny José Mafra; Prof. Sueli Coelho; Prof. Lorenzo Vitral; Profa. Eunice Nicolau; Profa. Márcia Rumeu; Prof.Heloisa Penna; Prof.

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: Fonética e Fonologia da Língua Portuguesa Curso: LICENCIATURA EM LETRAS COM HABILITAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA Período: 4 Semestre:

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA II NOME DO CURSO: PEDAGOGIA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA II NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 2º CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA II NOME DO CURSO: PEDAGOGIA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 2. EMENTA Leitura do mundo e leitura de

Leia mais

Artigo 2 - O Curso de Letras habilitará o aluno em Português e uma Língua Estrangeira e suas respectivas literaturas.

Artigo 2 - O Curso de Letras habilitará o aluno em Português e uma Língua Estrangeira e suas respectivas literaturas. Resolução Unesp-41, de 12-7-2007 Publicada no D.O.E. de 13/07/2007 - Seção I pag 53 (Alterada pela Resolução UNESP 20 de 31-3-2009 Publicada no D.O.E. de 01/04/2009, Seção I, página 42 e Resolução UNESP

Leia mais

P R O G R A M A. OBJETIVO: Possibilitar, através de um maior domínio da frase e do parágrafo, uma melhor organização dos vários níveis de discurso.

P R O G R A M A. OBJETIVO: Possibilitar, através de um maior domínio da frase e do parágrafo, uma melhor organização dos vários níveis de discurso. PERÍODO 92.1/ 93.2 P R O G R A M A EMENTA: Aspectos do discurso lingüístico: a frase e o parágrafo. OBJETIVO: Possibilitar, através de um maior domínio da frase e do parágrafo, uma melhor organização dos

Leia mais

PROPOSTA CURSO DE LETRAS HORÁRIO 2017

PROPOSTA CURSO DE LETRAS HORÁRIO 2017 CURSO DE LETRAS 1 ANO - 1º SEMESTRE - PERÍODO DIURNO E NOTURNO Estudos Literários I LTE5028 Variação e Mudança Linguísticas LNG5027 Língua Alemã I *LEM5108 Introdução à Língua Italiana: noções gerais *LEM5152

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PARA LICENCIATURAS

LÍNGUA PORTUGUESA PARA LICENCIATURAS LÍNGUA PORTUGUESA PARA LICENCIATURAS OBJETIVO GERAL Oportunizar o desenvolvimento de competências, habilidades e estratégias essenciais para a recepção e produção de textos de circulação geral e acadêmica,

Leia mais

1 Introdução. 1.1 O que motivou a pesquisa e objetivos

1 Introdução. 1.1 O que motivou a pesquisa e objetivos 1 Introdução 1.1 O que motivou a pesquisa e objetivos Os conceitos de transitividade verbal e de complementação verbal são de fundamental importância para o estudo da sintaxe na língua portuguesa. Entretanto,

Leia mais

TÍTULO: REVISITANDO A TRANSITIVIDADE VERBAL EM CORPORAS ESCRITOS: A GRAMÁTICA E O USO

TÍTULO: REVISITANDO A TRANSITIVIDADE VERBAL EM CORPORAS ESCRITOS: A GRAMÁTICA E O USO 16 TÍTULO: REVISITANDO A TRANSITIVIDADE VERBAL EM CORPORAS ESCRITOS: A GRAMÁTICA E O USO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: LETRAS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ

Leia mais

0 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

0 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO N 0 210, 14 DE JULHO DE 2009 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 277ª Reunião Ordinária, realizada em 14 de julho de 2009, e considerando

Leia mais

III. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

III. OBJETIVOS ESPECÍFICOS CURSO: Licenciatura em Matemática MODALIDADE: Presencial DISCIPLINA: Leitura e Produção de Textos CÓDIGO: PROFESSOR: Hugo dos Santos Konkel CARGA HORÁRIA MANAL/MESTRAL: 0 ou - 80h/a ou 60h/r MESTRE/ANO:

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS - DIURNO (CURRÍCULO EM IMPLANTAÇÃO PROGRESSIVA A PARTIR DE ) PORTARIA DE APROVAÇÃO Nº 240/PREG/2006 DE 7/11/06

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS - DIURNO (CURRÍCULO EM IMPLANTAÇÃO PROGRESSIVA A PARTIR DE ) PORTARIA DE APROVAÇÃO Nº 240/PREG/2006 DE 7/11/06 CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS - DIURNO (CURRÍCULO EM IMPLANTAÇÃO PROGRESSIVA A PARTIR DE 2007-1) PORTARIA DE APROVAÇÃO Nº 240/PREG/2006 DE 7/11/06 CRIAÇÃO DO CURSO : DECRETO Nº 36658/54 RECONHECIMENTO DO

Leia mais

ANEXO 1 A Ementário e Quadro de disciplinas por Departamentos/Setores

ANEXO 1 A Ementário e Quadro de disciplinas por Departamentos/Setores ANEXO 1 A Ementário e Quadro de disciplinas por Departamentos/Setores LET 1 - DISCIPLINAS DO SETORES DE LÍNGUA PORTUGUESA,LITERATURAS E LATIM Atenção: As disciplinas em negrito são novas disciplinas propostas.

Leia mais

ÁREAS: NORMAL SUPERIOR, PEDAGOGIA E LETRAS MÁXIMO DE 10 HORAS SEMANAIS FUNDAMENTAL I (1º AO 5º ANO) PORTUGUÊS. ORIENTAÇÃO DE TAREFAS ESCOLARES

ÁREAS: NORMAL SUPERIOR, PEDAGOGIA E LETRAS MÁXIMO DE 10 HORAS SEMANAIS FUNDAMENTAL I (1º AO 5º ANO) PORTUGUÊS. ORIENTAÇÃO DE TAREFAS ESCOLARES ANEXO I TABELA DE S DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO PARA O ANO DE 2017 ESCOLA MUNICIPAL MONSENHOR JOSÉ COTA (ÁREA URBANA) Rua Diamantina, n.º 281 - Cabanas PORTUGUÊS MÍNIMO DE DE REFORÇO ESCOLAR EM PORTUGUÊS.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE LETRAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE LETRAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE LETRAS NOME DA DISCIPLINA: Estágio 3 PROFESSORA RESPONSÁVEL: Larissa Warzocha F. Cruvinel CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 96 h/a CARGA HORÁRIA

Leia mais

7 Referências Bibliográficas

7 Referências Bibliográficas 7 Referências Bibliográficas ABDALA JR., Benjamin. A escrita neo-realista: análise sócio-estilística dos romances de Carlos de Oliveira e Graciliano Ramos. São Paulo: Ática, 1981.. Os cravos de abril In.

Leia mais

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares Aulas de

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares Aulas de Identificação Plano de Ensino Curso: Direito Disciplina: Língua Portuguesa Ano/semestre: 2012/01 Carga horária: Total: 80h Semanal: 4h Professor: Michelle Teixeira da Silva Período/turno: matutino e noturno

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Leitura e Produção Textual Professor: Wilma Cléa Ferreira e-mail: wilmaclea@yahoo.com.br Código: Carga Horária: 60 H Créditos:

Leia mais

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte)

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Pablo Faria HL220C Prática de análise gramatical IEL/UNICAMP SUMÁRIO O SUJEITO GRAMATICAL: TIPOLOGIA Quantidade de núcleos Colocação Realização e

Leia mais

textos: discussão e interpretação. de aula.

textos: discussão e interpretação. de aula. PLANO DE ENSINO 2013.1 ENGENHARIA CIVIL Disciplina LÍNGUA PORTUGUESA Código UPR 406 Docente Rita de Cássia Silva Tagliaferre Semestre I Carga horária 40 h 1 EMENTA A leitura e sua prática. A comunicação.

Leia mais

1 Introdução. 1 Anexo 3

1 Introdução. 1 Anexo 3 1 Introdução Tenho notado que os usuários do português brasileiro têm dificuldades com a sintaxe dos verbos haver e existir. A percepção dessas dificuldades decorre da constatação em redações escolares

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA EDU236 Fundamentos da Educação: Sociologia - 30 36 2 0 3º EDU237 Fundamentos da Educação: Filosofia - 30 36 2 0 3º LET812 Estudos de Leitura - 60 72 2 2 3º LET872 Teoria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:11:47

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:11:47 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:11:47 Curso: Licenciatura Dupla em Português e Espanhol Nível: Ensino Superior Grau Conferido: Licenciado em Lingua

Leia mais

TRANSITIVIDADE VERBAL: TEORIA E PRÁTICA GRAMATICAIS

TRANSITIVIDADE VERBAL: TEORIA E PRÁTICA GRAMATICAIS TRANSITIVIDADE VERBAL: TEORIA E PRÁTICA GRAMATICAIS RESUMO: Gessilene Silveira Kanthack - (UESC-BA) O objetivo deste trabalho é abordar a transitividade verbal à luz dos pressupostos básicos da gramática

Leia mais

PLANO DE CURSO. Código: Carga Horária: 40 Créditos: 02 Pré-requisito(s): Período: III Ano: 2015.

PLANO DE CURSO.   Código: Carga Horária: 40 Créditos: 02 Pré-requisito(s): Período: III Ano: 2015. CNPJ: 0.866./0001-9 e Inscrição Municipal nº 00.1- PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Letras Vernáculas. Disciplina: Linguística-III Professor: Wellington Neves Vieira e-mail:

Leia mais

Libras I EMENTA PROGRAMA Referências básicas: Referências complementares:

Libras I EMENTA PROGRAMA Referências básicas: Referências complementares: Libras I LEM185 Pré-requisitos: Não há. Introdução ao estudo das visões sobre a surdez. Estudo de aspectos culturais dos surdos brasileiros. Conhecimentos básicos sobre os fundamentos linguísticos da Libras.

Leia mais

O USO DO DICIONÁRIO COMO RECURSO DIDÁTICO

O USO DO DICIONÁRIO COMO RECURSO DIDÁTICO 103 O USO DO DICIONÁRIO COMO RECURSO DIDÁTICO Dayane Carneiro Rocha (UFT) dayane.dayane17@hotmail.com Luiz Roberto Peel Furtado de Oliveira (UFT) luizpeel@uft.edu.br Resumo: Este trabalho é esboço inicial

Leia mais

DISCIPLINA 01 EXPRESSÃO ESCRITA TOTAL 20

DISCIPLINA 01 EXPRESSÃO ESCRITA TOTAL 20 DISCIPLINA 01 EXPRESSÃO ESCRITA - 2014 UNIDADES DIDÁTICAS HORAS PÁGINA I. A SELEÇÃO VOCABULAR: CRITÉRIOS E APLICAÇÕES II. GRAMÁTICA DE TEXTO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM 10 10-03 05 06 TOTAL 20 Plano de Disciplinas

Leia mais

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno)

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno) ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ABREU, A. S. A Arte de Argumentar: gerenciando razão e emoção. Cotia: Ateliê Editorial, 2009. AMARANTE, R. C. Heróis de Papel: a imagem do jornalista em notícias de guerra

Leia mais

CAMPUS DE REALIZAÇÃO: MINISTRO PETRÔNIO PORTELLA TIPO DE CURSO: 2ª LICENCIATURA BLOCO: IV CRÉDITOS: 1.1.0

CAMPUS DE REALIZAÇÃO: MINISTRO PETRÔNIO PORTELLA TIPO DE CURSO: 2ª LICENCIATURA BLOCO: IV CRÉDITOS: 1.1.0 DISCIPLINA: Linguística do Texto e do Discurso. Percurso histórico. Conceito de texto. A construção dos sentidos no texto (A coerência textual; a coesão textual). Gêneros de texto. A tipologia dos gêneros

Leia mais

EMENTA: O discurso enquanto prática social em diferentes situações de uso. Práticas discursivas (oralidade, leitura e escrita) e análise lingüística.

EMENTA: O discurso enquanto prática social em diferentes situações de uso. Práticas discursivas (oralidade, leitura e escrita) e análise lingüística. 17. LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA Carga horária total: 360 h/a - 300h EMENTA: O discurso enquanto prática social em diferentes situações de uso. Práticas discursivas (oralidade, leitura e escrita) e análise

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Dados de Identificação. Ementa. Objetivos

PLANO DE ENSINO. Dados de Identificação. Ementa. Objetivos PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Campus: Jaguarão Curso: Letras - Português Componente Curricular: JLEAD004 - Estudos Gramaticais I Código: 41094 Pré-requisito(s): Não se aplica Docentes: Denise

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-PORTUGUÊS - IRATI (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-PORTUGUÊS - IRATI (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-PORTUGUÊS - IRATI (Currículo iniciado em 2015) ANÁLISE DO DISCURSO 68 h/a 1753/I Vertentes da Análise do Discurso. Discurso e efeito de sentido. Condições de

Leia mais

O PREENCHIMENTO DA CASA DO SUJEITO NA LÍNGUA POMERANA DE SANTA MARIA DE JETIBÁ Larisse Cunha Cestaro (UFES)

O PREENCHIMENTO DA CASA DO SUJEITO NA LÍNGUA POMERANA DE SANTA MARIA DE JETIBÁ Larisse Cunha Cestaro (UFES) MORFOSSINTAXE O PREENCHIMENTO DA CASA DO SUJEITO NA LÍNGUA POMERANA DE SANTA MARIA DE JETIBÁ Larisse Cunha Cestaro (UFES) larissecestaro@yahoo.com.br INTRODUÇÃO O presente trabalho tem o intuito de verificar

Leia mais

SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM LINGUÍSTICA/2011

SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM LINGUÍSTICA/2011 SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM LINGUÍSTICA/2011 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Linguística, no uso de suas atribuições, torna público o Edital de Seleção para o Mestrado em Linguística,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO JURÍDICA Código da Disciplina: JUR 311 Curso: DIREITO Semestre de Oferta da Disciplina: 2º Faculdade Responsável: DIREITO Programa em vigência

Leia mais

COORDENAÇÃO, SUBORDINAÇÃO E CORRELAÇÃO: TRÊS PROCESSOS DISTINTOS DE FORMAÇÃO DO PERÍODO COMPOSTO

COORDENAÇÃO, SUBORDINAÇÃO E CORRELAÇÃO: TRÊS PROCESSOS DISTINTOS DE FORMAÇÃO DO PERÍODO COMPOSTO 196 Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos COORDENAÇÃO, SUBORDINAÇÃO E CORRELAÇÃO: TRÊS PROCESSOS DISTINTOS DE FORMAÇÃO DO PERÍODO COMPOSTO Ana Cecília dos Santos Santoro (UFF) anacsantoro@ig.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:05:33

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:05:33 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:05:33 Curso: Lic. em Lingua Port. e Literat. de Lingua Port. - Noturno Nível: Ensino Superior Grau Conferido: Licenciado

Leia mais

Um bicho de sete cabeças

Um bicho de sete cabeças Um bicho de sete cabeças Meiry Peruchi Mezari Curso de Letras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Resumo: Neste artigo, discute-se o entendimento de gramática normativa de alunos de Ensino

Leia mais

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Língua Portuguesa - (1ª série)

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Língua Portuguesa - (1ª série) Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Língua Portuguesa - (1ª série) COMPETÊNCIAS HABILIDADES CONTEÚDOS Compreender/Interpretar textos Distinguir textos descritivos, narrativos,

Leia mais

SUBSTANTIVO. Mara Lucia Chamorro da S. de Carvalho

SUBSTANTIVO. Mara Lucia Chamorro da S. de Carvalho SUBSTANTIVO Mara Lucia Chamorro da S. de Carvalho Não há oposição ou diferenças entre os autores quanto à divisão e descrição das classes gramaticais. Segundo Cegalla (2000), há dez classes de palavras

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:31:58

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:31:58 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:31:58 Curso: Licenciatura Dupla em Português e Italiano Nível: Ensino Superior Grau Conferido: Licenciado em Língua

Leia mais

4ºSEMESTRE 3ºSEMESTRE CH 375 CRED 21 SINTAXE I SINTAXE II. DELL h (4.0.0) DELL 749 DELL h (4.0.0) 60h (4.0.0)

4ºSEMESTRE 3ºSEMESTRE CH 375 CRED 21 SINTAXE I SINTAXE II. DELL h (4.0.0) DELL 749 DELL h (4.0.0) 60h (4.0.0) UESB 1ºSEMESTRE 2ºSEMESTRE 3ºSEMESTRE 4ºSEMESTRE 5ºSEMESTRE 6ºSEMESTRE 7ºSEMESTRE 8ºSEMESTRE CURSO DE LETRAS VERNÁCULAS Português e respectivas Literaturas (Licenciatura) Reconhecido Port. Ministerialnº

Leia mais

3 semester CAMPUS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS. Palmas 1 IDENTIFICAÇÃO

3 semester CAMPUS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS. Palmas 1 IDENTIFICAÇÃO 3 semester INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, 1 IDENTIFICAÇÃO Componente Curricular: Morfologia Total de horas: 80 Introdução à Morfologia. Noções básicas de depreensão dos morfemas e reconhecimento de aspectos

Leia mais

A pontualidade e o uso dos conectivos temporais em PL2E: entendendo a cultura para entender a gramática

A pontualidade e o uso dos conectivos temporais em PL2E: entendendo a cultura para entender a gramática A pontualidade e o uso dos conectivos temporais em PL2E: entendendo a cultura para entender a gramática Adriana ALBUQUERQUE (PUC-Rio, Rio de janeiro Brasil) 1. Introdução O processo de ensino e aprendizagem

Leia mais

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Língua Portuguesa - (1ª série)

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Língua Portuguesa - (1ª série) Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Língua Portuguesa - (1ª série) COMPETÊNCIAS HABILIDADES CONTEÚDOS 1. Compreender/Interpretar textos 1. Distinguir textos descritivos,

Leia mais

Professor: Layane Dias Cavalcante Viana Titulação: Graduada em Letras, Especialista em Linguística e Mestre em Letras PLANO DE CURSO

Professor: Layane Dias Cavalcante Viana Titulação: Graduada em Letras, Especialista em Linguística e Mestre em Letras PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Código: ENF - 302 Pré-requisito: Nenhum Período Letivo:

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-IRATI (Currículo iniciado em 2009) LETRAS-PORTUGUÊS

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-IRATI (Currículo iniciado em 2009) LETRAS-PORTUGUÊS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-IRATI (Currículo iniciado em 2009) LETRAS-PORTUGUÊS DIDÁTICA 0545/I C/H 68 A didática e o ensino de línguas. O planejamento e a avaliação escolar no processo

Leia mais

Códigos Disciplinas Carga Horária. LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários I 60 horas ---

Códigos Disciplinas Carga Horária. LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários I 60 horas --- LICENCIATURA EM LETRAS: PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS MATRIZ CURRICULAR Habilitação em Português e respectivas literaturas o Ciclo Básico: LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: LETRAS Titulação: LICENCIADO Habilitação: PORT-LITERATURAS Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 87.01.001 Versão: 2 Turno: (OB) Carga horária obrigatória: 2515 (O) Carga horária optativa: 120

Leia mais

Aula9 COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO. Lêda Corrêa

Aula9 COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO. Lêda Corrêa Aula9 COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO META Apresentar e distinguir os recursos da coordenação e da subordinação; ampliar a perspectiva dos recursos da coordenação e da subordinação. OBJETIVOS Ao final desta

Leia mais

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA - PGD

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA - PGD UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN CAMPUS AVANÇADO PROFª. MARIA ELISA DE A. MAIA - CAMEAM DEPARTAMENTO DE LETRAS DL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS PPGL Curso de Mestrado Acadêmico

Leia mais

ÍNDICE PRIMEIRA PARTE

ÍNDICE PRIMEIRA PARTE ÍNDICE PRIMEIRA PARTE IN T R O D U Ç Ã O... 9 APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA SLH T J... 11 1. Sem iótica... II 2. Lingüística... 12 3. Herm enêutica... 12 4. Texto Jurídico... 13 CAPÍTULO 1 - GRAMATICA DA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE LETRAS (BACHARELADO) - 216/2(currículo 4) CAMPUS MARIANA CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CHS CHA AULAS LET71 ESTUDOS CLASSICOS 6 72 4 1 LET711 I 6 72 4 1 LET712 PRODUCAO DE TEXTOS

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 88 6 Referências Bibliográficas I Livros Teóricos ALARCOS LLORACH, E. Gramática de La Lengua Española. Madrid: Espasa Calpe, (Real Academia Española), 1994. ALCINA, J. y BLECUA, J. M.. Gramática Española.

Leia mais

Linguagem em (Dis)curso LemD, v. 9, n. 1, p , jan./abr. 2009

Linguagem em (Dis)curso LemD, v. 9, n. 1, p , jan./abr. 2009 Linguagem em (Dis)curso LemD, v. 9, n. 1, p. 187-191, jan./abr. 2009 RESENHA DE INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS DA LINGUAGEM: DISCURSO E TEXTUALIDADE [ORLANDI, E.P.; LAGAZZI- RODRIGUES, S. (ORGS.) CAMPINAS, SP:

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2016

PLANEJAMENTO ANUAL 2016 PLANEJAMENTO ANUAL 2016 Professor Joabe Bernardo dos Santos Língua Portuguesa 9º ano Colégio Nossa Senhora da Piedade Referências: -SAE, 9º ano: Língua Portuguesa. Livro do professor: livro 1 / IESDE BRASIL

Leia mais

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br

Professor Jailton. www. professorjailton.com.br Professor Jailton www. professorjailton.com.br Período Composto por Subordinação Oração Subordinada Substantiva Oração Subordinada Adjetiva Oração Subordinada Adverbial Funções do substantivo Sujeito Objeto

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos SINTAXE, SINTAXES: UMA INTRODUÇÃO Glenda Aparecida Queiroz Milanio (UFMG) glendamilanio@hotmail.com OTHERO, Gabriel de Ávila; KENEDY, Eduardo. (Orgs.) Sintaxe, sintaxes: uma introdução. São Paulo: Contexto,

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores O USO DA CONSTRUÇÃO ESTAR + GERÚNDIO: UMA PRÁTICA REFLEXIVA NO PROCESSO DE ENSINO E PRENDIZAGEM

Leia mais

6LET062 LINGUAGEM E SEUS USOS A linguagem verbal como forma de circulação de conhecimentos. Normatividade e usos da linguagem.

6LET062 LINGUAGEM E SEUS USOS A linguagem verbal como forma de circulação de conhecimentos. Normatividade e usos da linguagem. HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM ESTUDOS LITERÁRIOS 1ª Série 6LET063 LINGUAGEM COMO MANIFESTAÇÃO ARTÍSTICA Linguagem como manifestação artística, considerando os procedimentos sócio-históricos e culturais.

Leia mais

3 Metodologia de trabalho

3 Metodologia de trabalho 3 Metodologia de trabalho Trabalharemos com dados que serão quantificados e depois analisados qualitativamente. A quantificação dos dados levará ao conhecimento da(s) estrutura(s) preferida(s) no caso

Leia mais

Módulo 5 : Textos dos Media II 21 horas

Módulo 5 : Textos dos Media II 21 horas Escola Secundária de Leal da Câmara Ano Lectivo de 2007 / 08 Curso Profissional Planificação Anual de Português (Módulos 5, 6, 7 e 8) / Critérios de Avaliação 11.º ano Início do Módulo: 12/9/07 Módulo

Leia mais

Aspectos morfossintáticos da língua portuguesa

Aspectos morfossintáticos da língua portuguesa Aspectos morfossintáticos da língua portuguesa Claudio Cezar Henriques (UERJ e ABF) Dependendo dos objetivos e dos métodos adotados na explicação dos fatos da língua, as classes gramaticais e as funções

Leia mais

Doutora Isabel Barros Dias Doutora Maria do Rosário Lupi Bello

Doutora Isabel Barros Dias   Doutora Maria do Rosário Lupi Bello TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PORTUGUÊS - HISTÓRIA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS ESTUDOS PORTUGUESES (MAIOR EM ESTUDOS PORTUGUESES + MINOR EM HISTÓRIA GERAL),

Leia mais

Faculdade de Letras Oferta de Disciplinas para Graduação

Faculdade de Letras Oferta de Disciplinas para Graduação Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA I LEV1 LÍNGUA PORTUGUESA I LEV602 Análise, interpretação e crítica de textos relativos ao fenômeno da linguagem. Elaboração de trabalhos de síntese e produção de textos dissertativos

Leia mais

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE:

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: PLANO DA DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira CURSO: Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: 2º Ano CARGA HORÁRIA: 100 h.r. EMENTA Aspectos morfológicos e

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 11º ANO

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 11º ANO Objetivos: Desenvolver os processos linguísticos, cognitivos e metacognitivos necessários à operacionalização de cada uma das competências de compreensão e produção nas modalidades oral e escrita. Interpretar

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru Curso 1503 / 1504 - Licenciatura em Matemática 1701 - Bacharelado em Meteorologia 3002 / 3003 - Licenciatura em Pedagogia Ênfase Identificação Disciplina 0004460A - Leitura e Produção Textual Docente(s)

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Prof. Celso Henrique Soufen Tumolo

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Prof. Celso Henrique Soufen Tumolo Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Resolução n. 005/CEG/2009, de 25/03/2009 Portaria Normativa n. 40/2007/MEC, exclusiva para registro do diploma Habilitar professores para o pleno exercício

Leia mais

OPERADOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS

OPERADOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS OPERADOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS 1. Manutenção, regulagem e operação de semeadoras, plantadoras e transplantadoras; 2. Manutenção, regulagem e operação de máquinas e implementos agrícolas usados no preparo

Leia mais

Quando dividimos uma oração em partes para estudar as diferentes funções que as palavras podem desempenhar na oração e entre as orações de um texto, e

Quando dividimos uma oração em partes para estudar as diferentes funções que as palavras podem desempenhar na oração e entre as orações de um texto, e MORFOSSINTAXE Quando analisamos a que classe gramatical pertencem as palavras de determinada frase, estamos realizando sua análise morfológica. A morfologia é a parte da gramática que estuda a classificação,

Leia mais

Pensando nos critérios de identificação e conceituação da categoria gramatical de sujeito 1

Pensando nos critérios de identificação e conceituação da categoria gramatical de sujeito 1 Pensando nos critérios de identificação e conceituação da categoria gramatical de sujeito 1 Cleber Ataíde 2 Os conceitos gramaticais com os quais lidamos sujeito, verbo, substantivo, oração etc. são entidades

Leia mais

PLANO DE ENSINO SEMESTRE :

PLANO DE ENSINO SEMESTRE : Coordenação do Curso de Graduação em Letras-Português PLANO DE ENSINO SEMESTRE : 2014.2 CÓDIGO/NOME DA DISCIPLINA: LLV7802 - Leitura e Produção de Texto TURMA: 01335 HORAS/AULA: 60h/ terça-feira das 09h10

Leia mais

Doutora Isabel Barros Dias Doutora Maria do Rosário Lupi Bello

Doutora Isabel Barros Dias   Doutora Maria do Rosário Lupi Bello TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS E LITERATURAS MODERNAS VARIANTE DE ESTUDOS PORTUGUESES PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS ESTUDOS PORTUGUESES (MAIOR EM ESTUDOS

Leia mais