The role of M&S in Systems Life Cycle

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "The role of M&S in Systems Life Cycle"

Transcrição

1 The role of M&S in Systems Life Cycle Mário Simões Marques CAPT (PRT N) Superintendência do Material Seminário sobre Modelação e Simulação (M&S) IESM, 18 FEB

2 Summary Introduction Definitions and Concepts M&S Types M&S in Systems Life Cycle

3 Introduction "As the complexity of a system increases, our ability to make precise and significant statements about its behaviour diminishes until a threshold is reached beyond which precision and significance (or relevance) become almost mutually exclusive characteristics M & S (Zadeh, 1973)

4 Introduction Purposes of M&S: Perform experiments for: Decision support Understanding Education Provide experience for: Training (gaining/enhancing competence): Motor skills Decision and communication skills Operational skills Entretainment Imitation (Ören, 2009)

5 Knowledge Pyramid Introduction Understanding Awareness with intentionality Awareness Knowledge in time sensitive context Knowledge Information in context Information Data with semantic label Data Symbols that represent object properties (Ackoff, 1989; Turnitsa & Tolk, 2008; Turban et al., 2007 )

6 Definitions and Concepts System System of Systems Life Cycle Model Modeling Simulation Modeling & Simulation

7 Definitions and Concepts System combination of interacting elements organized to achieve one or more stated purposes (ISO 15288)

8 Definitions and Concepts System of Systems (SoS) a set or arrangement of systems that results when independent and useful systems are integrated into a larger system that delivers unique capabilities (DoD - Defense Acquisition Guidebook)

9 Definitions and Concepts Life cycle evolution of a system, product, service, project or other human-made entity from conception through retirement (ISO NATO AAP-48Ed1) Life cycle Seminário of co-operative, sobre Modelação joint, multi-national, e Simulação and (M&S) commonly funded Simões programmes Marques (NATO CAPT AAP-20Ed2) (PRT N)

10 Definitions and Concepts Life cycle (Capability development process) Develop possible solutions (NATO ACT Dir 80-7)

11 Definitions and Concepts Life cycle (Capability development process) (NATO ACT Dir 80-7)

12 Definitions and Concepts Life cycle (Research, Development & Engineering) Engineering & Manufact. Development Engineering & Production (US Army RDECOM, 2015) Support to warfighter

13 Definitions and Concepts System Engineering V lifecycle model Build the right system Build the system right (incoseonline.org.uk)

14 Definitions and Concepts SoS Engineering Multi-V lifecycle model (Defense Acquisition University)

15 Definitions and Concepts Model A physical, mathematical, or otherwise logical abstract representation of a system, entity, phenomenon. (DoD P)

16 Definitions and Concepts Modeling Application of a standard, rigorous, structured methodology to create and validate a physical, mathematical, or otherwise logical representation of a system, entity, phenomenon, or process

17 Definitions and Concepts Simulation The implementation of a model over time A method, software framework or system for implementing one or more models in the proper order to determine how key properties of the original may change over time An unobtrusive scientific method of inquiry involving experiments with a model rather than with the portion of reality this model represents (RTO TR-MSG-058)

18 Definitions and Concepts Modeling and Simulation (M&S) The use of models, including emulators, prototypes, simulators, and stimulators, either statically or over time, to develop data as a basis for making managerial or technical decisions. The terms modeling and simulation are often (though imprecisely) used interchangeably. (DoD P)

19 Definitions and Concepts System alterations System under study Simulation Model Simulation Experiment Simulation Analysis Conclusions Real World M&S (adapted from: Maria, 1997)

20 M&S Types live simulation - actual players use genuine systems in a real environment virtual simulation - actual players use simulated systems in a synthetic environment constructive simulation - simulated players use simulated systems in a synthetic environment

21 M&S Types Digital simulation - Simulation or simulators that represent functioning using programming (software) code in a manner that mimics realworld equipment, events, processes, etc Human-in-the-loop (HITL) simulation - Simulation and simulators that employ one or more human operators in direct control of the simulation/simulator or in some key support function (e.g., decision making) Hardware-in-the-loop simulation - Simulation and simulators that employ one or more pieces of operational equipment (to include computer hardware) within the simulation/simulator system Software-in-the-loop simulation - Simulation and simulators that employ one or more elements of operational software (computer programming code) within the simulation/simulator system (DoD MSBOK, 2008)

22 M&S Types Based on the model representation: Discrete M&S Continuous M&S Monte Carlo M&S System Dynamics M&S Gaming-based M&S Agent-based M&S AI-based M&S VR-based M&S Based on the model execution: Distributed/Parallel M&S Web-based M&S (Balci, 2004)

23 M&S in System Life Cycle Modeling and Simulation

24 M&S in System Life Cycle Pre-concept identify and document stakeholder requirements; identify areas of risk to the capability delivery. This provides focus for research and industry capability/ capacity to ensure delivery to an acceptable timescale and affordable cost. (NATO AAP-20Ed2) Pre-concept Milestones M1. UOR M2. LTCR M3. Force Goals

25 M&S in System Life Cycle Pre-concept R&D + M&S related with Emergent Technologies or Capability Needs Pre-concept Modeling and Simulation

26 M&S in System Life Cycle Concept refine and broaden the studies, experiments, and engineering models pursued during the Pre-Concept Stage; and develop preliminary system requirements and a feasible design solution. (NATO AAP-20Ed2) Concept Milestones M1. Study Phase Review

27 M&S in System Life Cycle CD & E Seminar Wargame Analytic Wargame Constructive Simulation HITL Simulation Live Simulation Model-exercise-model Synthetic environment Virtual simulation (TTCP GUIDEx) Modeling and Simulation Concept Experiment - An empirical means of establishing cause-and-effect relationships through the manipulation of independent variables and measurement of dependent variables in a controlled environment. Experimentation is enacted by the testing of hypotheses.

28 M&S in System Life Cycle Development develop a system that meets or exceeds the stated requirements and can be produced, tested, evaluated, operated, supported and retired (NATO AAP-20Ed2) Development Milestones M1. Requirements Review M2. Functional Review M3. Design Review M4. Test Readiness Review M5. Configuration Audits M6. Verification Review M7. Validation Review M8. Production Readiness Review

29 M&S in System Life Cycle Development Prediction of behavior/performance of systems Evaluation of alternatives Sensitivity analysis Evaluation of designs Virtual prototyping Testing Planning/ Acquisition Proof of concept SoS Interoperability Integration (Ören, 2011; DoD Instruction ) Modeling Modelling and Simulation Development

30 M&S in System Life Cycle Production manufacture and test the system, and produce related support and enabling systems as needed (NATO AAP-20Ed2) Production Milestones M1. Approved Production Plan M2. Effective contract(s) date(s) M3. Approved Quality Plan M4. Acceptance of SOI M5. Programme MOU(s)

31 M&S in System Life Cycle Production Decision Support Planning Scheduling Production Optimization Supply Chain Optimization Testing Cost estimation Modeling Modelling and Simulation Production

32 M&S in System Life Cycle Service operate the product at the intended operational sites, including modification and upgrades; deliver the required services with continued operational and cost effectiveness. This stage ends when the system is taken out of service. (NATO AAP-20Ed2) Service Milestones M1. In Service Review M2. Planned major maintenance events

33 M&S in System Life Cycle Service Skills Training Decision Making Training (TTP) Combination of Skills & Decision Making Training Team Training Joint & Combined Training (LVC) Synthetic Environments Modeling Modelling and Simulation Service

34 M&S in System Life Cycle Support provide logistics, maintenance, and support services that enable continued operation and sustainable service. The Support Stage is completed with the retirement of the system and termination of support services. (NATO AAP-20Ed2) Service Milestones M1. First unit fielded M2. In Service Review M3. Planned major maint. event(s) M4. First unit retired

35 M&S in System Life Cycle Support Troubleshooting Training System Engineering Decision Making Training Logistic operations optimization Upgrade impact simulation Planning/Scheduling Modeling Modelling and Simulation Service

36 M&S in System Life Cycle Retirement demilitarize and dispose of the system at the end of its useful life and remove related operational and support services. Disposal should be carried out i.a.w. legal and regulatory requirements relating to safety, security & environment. (NATO AAP-20Ed2) Retirement Milestones M1. Disengagement Phase Review

37 M&S in System Life Cycle Retirement Capability impact simulation Environmental, safety impact simulation Live simulation for TTP validation Live simulation for training purpose (CSLC Simulation Support Disposal Phase Guide) Modeling and Simulation Retirement

38 Wrapping up Concept Development Production Service Live. Virtual Constructive

39 The role of M&S in Systems Life Cycle Mário Simões Marques CAPT (PRT N) Superintendência do Material Seminário sobre Modelação e Simulação (M&S) IESM, 18 FEB

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013. Joinville/ Jaraguá do Sul

AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013. Joinville/ Jaraguá do Sul AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013 Training Overview SAP01 SAP Overview SAPTEC Fundamentals of SAP NetWeaver Application Server Conhec. MS Office e Internet Conhec. Tecn. da Informação 3 ECC6.0

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013 Consórcio do Politecnico di Milano Fevereiro 2013 DESIGN DEFINITIONS SENAI & POLI.design Fevereiro 2013 Design como uma atividade específica no processo de P&D que visa a projetação dos aspectos funcionais

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Engenharia de Requisitos Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br O Documento de Requisitos Introdução The requirements for a system are the descriptions

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Turismo Industrial. A problemática e tendências para o futuro

Turismo Industrial. A problemática e tendências para o futuro Turismo Industrial A problemática e tendências para o futuro Seminário Turismo Industrial e Desenvolvimento Local Turismo de Portugal - 30 Outubro 2013 Carlos Costa [ccosta@ua.pt] Universidade de Aveiro

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures GeoInfo - 2006 Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures Leonardo Lacerda Alves Clodoveu A. Davis Jr. Information Systems Lab

Leia mais

2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P.

2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. A implementação de processos Ágeis em uma organização CMMI 5 Lúcia Mazoni Couto - luciamazoni.couto@hp.com Líder do Escritório de Projetos e Processos HP

Leia mais

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS Ana Helena da Silva, MCI12017 Cristiana Coelho, MCI12013 2 SUMMARY 1. Introduction 2. The importance of IT in Organizations 3. Principles of Security 4. Information

Leia mais

Performance Measurement Dashboard. António Almeida INESC Porto. VFF project. Holistic, extensible, scalable and standard Virtual Factory Framework

Performance Measurement Dashboard. António Almeida INESC Porto. VFF project. Holistic, extensible, scalable and standard Virtual Factory Framework Performance Measurement Dashboard António Almeida INESC Porto VFF project Holistic, extensible, scalable and standard Virtual Factory Framework Agenda 1. Motivações e Desafios 2. Projeto Virtual Factory

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL Ana Cristina Costa Almeida Risk and Reliability Senior Consultant DNV Energy

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Campos extraídos diretamente Título Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Huang, Chin-Yu and Lin, Chu-Ti Ano de publicação 2006 Fonte de publicação

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Comunicação Multimédia (Desenvolvimento) Multimedia Communication (Development) 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement

a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement a partnership for new applications of virtual and augmented reality targeting the automotive industry Portugal Fraunhofer Gesellschaft Agreement Porto, 18th April 2007 Outline 1. Presentation of CEIIA

Leia mais

Contact Contato. FLV Representações Ltda. Av. Ibirapuera, 2064 São Paulo - SP - 04028-001 Telefone: +55 11 5572-0411 Brasil fabio.viviani@flv-rep.

Contact Contato. FLV Representações Ltda. Av. Ibirapuera, 2064 São Paulo - SP - 04028-001 Telefone: +55 11 5572-0411 Brasil fabio.viviani@flv-rep. A Companhia Advanced Car Technology Systems é o centro de competência para a segurança veicular dentro do grupo Magna. É um dos mais modernos centros para desenvolvimento e testes no mundo, aonde componentes

Leia mais

IBM Rational Quality Manager. Felipe Freire IBM Rational pfreire@br.ibm.com

IBM Rational Quality Manager. Felipe Freire IBM Rational pfreire@br.ibm.com Gerenciamento de Qualidade IBM Rational Quality Manager Felipe Freire IBM Rational pfreire@br.ibm.com Introdução Jazz Rational Quality Manager Demonstração Agenda 2 Teste de software?!? O que é? Para que

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Mestrado em U.C. SISTEMAS INTEGRADOS DE Gestão Integrada da Qualidade,Ambiente e Segurança GESTÃO Horas presenciais

Leia mais

Ontology Building Process: The Wine Domain

Ontology Building Process: The Wine Domain Ontology Building Process: The Wine Domain João Graça, Márcio Mourão, Orlando Anunciação, Pedro Monteiro, H. Sofia Pinto, and Virgílio Loureiro Summary Context Ontology Wine Domain Existing Wine Ontologies

Leia mais

Company Presentation COMPANY

Company Presentation COMPANY COMPANY ATRIA is a integrator of systems of Automation enclosing the most diverse segments of market. We count on the excellency technique and more than 15 years experience of our team in the Industrial

Leia mais

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE SWEBOK Guide to the Engineering Body Of Knowledge Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE 1 Iniciativa do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) Computer Society. (www.ieee.org)

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

Projecto: +INOV-custos / Project: +INOV-costs

Projecto: +INOV-custos / Project: +INOV-costs 1 OBJETIVO / OBJECTIVE 2 FASES / PHASES 3 RESULTADOS SUNVISOR / SUNVISOR RESULTS 4 RESULTADOS CARTER / CARTER RESULTS Grupo industrial especializado en la gestión de procesos de alto valor añadido 1 Objetivo

Leia mais

Objetivos & Motivação

Objetivos & Motivação Roteiro Tecnologia do Processo de Software Estado da Arte! Objetivos da Aula!! Slides! Leitura adicional recomendada quites@computer.org 2 Objetivos Objetivos &! Apresentar uma visão panorâmica do assunto

Leia mais

Processo de Software

Processo de Software Processo de Software Prof. Nelmar P Gomes 2007 Engenharia de Software Slide 1 Processo de Software Conjunto de atividade coerentes para especificar, projetar, implementar e testar sistemas de software

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

Governança de TI: Aspectos Gerenciais

Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança de TI: Aspectos Gerenciais 1 Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança é a forma como a estrutura organizacionalestá

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para o Colóquio do SC B5 2009

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para o Colóquio do SC B5 2009 Cigré/Brasil CE B5 Proteção e Automação Seminário Interno de Preparação para o Colóquio do SC B5 2009 Rio de Janeiro, 15-16 de setembro de 2009 Dados do Artigo Número: PS1 107 Título: Client Conformance

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org.

desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org. desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org.br laboratórios de desenvolvimento... Produção de Software: histórico

Leia mais

Definição do Modelo de Processo

Definição do Modelo de Processo Definição do Modelo de Processo 1. Introdução 1.1. Finalidade Mapear práticas sugeridas (i) pelo Padrão para Gestão de Portfólio do PMI, (ii) pelo Modelo de Referência do MPS.BR e (iii) pela Norma ISO/IEC

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

Soluções para SMART CITIES. Nuno Alves

Soluções para SMART CITIES. Nuno Alves Soluções para SMART CITIES Nuno Alves Agenda Contexto Organizacional Conceito e Objetivos Intergraph Smart Cities 12/7/2014 2014 Intergraph Corporation 2 Intergraph Corporation Intergraph Intergraph helps

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologia/ Faculty of Sciences and Technology. Licenciatura em Design e Multimédia/1st Cycle in Design and Multimedia 6.

Faculdade de Ciências e Tecnologia/ Faculty of Sciences and Technology. Licenciatura em Design e Multimédia/1st Cycle in Design and Multimedia 6. Faculdade de Ciências e Tecnologia/ Faculty of Sciences and Technology Código/ Code Nome disciplina/ Course unit name Ano/Year Sem. ECTS Curso/ Degree programme Obs. 00760 Design e Comunicação/Design and

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS

VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS PARA APOIO AO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Rafael de Souza Lima Espinha Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Testes de segurança. Conferência Código Seguro 25 Nov 2004. Dependable Technologies for Critical Systems

Testes de segurança. Conferência Código Seguro 25 Nov 2004. Dependable Technologies for Critical Systems Testes de segurança Conferência Código Seguro 25 Nov 2004 Dependable Technologies for Critical Systems Copyright Critical Software S.A. 1998-2004 All Rights Reserved. Agenda O que é segurança Tipo de segurança

Leia mais

NUCLEARINSTALLATIONSAFETYTRAININGSUPPORTGROUP DISCLAIMER

NUCLEARINSTALLATIONSAFETYTRAININGSUPPORTGROUP DISCLAIMER NUCLEARINSTALLATIONSAFETYTRAININGSUPPORTGROUP DISCLAIMER Theinformationcontainedinthisdocumentcannotbechangedormodifiedinanywayand shouldserveonlythepurposeofpromotingexchangeofexperience,knowledgedissemination

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico

Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico Winston Carvalho Santana Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL Programa de Pós-Graduação Profissional

Leia mais

GESTÃO DO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS MILITARES

GESTÃO DO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS MILITARES GESTÃO DO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS MILITARES Mauro Guedes Ferreira Mosqueira Gomes Diretor do Arsenal de Guerra do Rio 23 Setembro 2009 SEMINÁRIO INTERNACIONAL Product Lifecycle Management Sumário Introdução;

Leia mais

Systems Engineering. Luís Carlos Catarino

Systems Engineering. Luís Carlos Catarino Concurrent Design & Systems Engineering Luís Carlos Catarino CSE-200-4 Introdução à 29/05/2012 Agenda Engenharia de Sistemas Engenharia Simultânea Projeto Simultâneo Exemplo: Concurrent Design Facility

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. ENGENHARIA DE SOFTWARE I Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 /

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

CMM. Model: : Um Modelo para Melhoria do Processo (de Produção) de Software. Capability. Maturity. Odisnei Galarraga odisnei@atlas.unisinos.

CMM. Model: : Um Modelo para Melhoria do Processo (de Produção) de Software. Capability. Maturity. Odisnei Galarraga odisnei@atlas.unisinos. CMM Capability Maturity Model: : Um Modelo para Melhoria do Processo (de Produção) de Software Odisnei Galarraga odisnei@atlas.unisinos.br 8/3/2002 Pró-Reitoria de Administração - Diretoria de Serviços

Leia mais

MODELAGEM VISUAL DE UM SOFTWARE PARA O GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES EM GESTÃO DE PROJETOS

MODELAGEM VISUAL DE UM SOFTWARE PARA O GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES EM GESTÃO DE PROJETOS 127 MODELAGEM VISUAL DE UM SOFTWARE PARA O GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES EM GESTÃO DE PROJETOS VISUAL MODELING OF SOFTWARE FOR COMMUNICATION MANAGEMENT IN PROJECT MANAGEMENT Ricardo Rall 1 Arilson José

Leia mais

Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS

Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS Curso Datas Lisboa Datas Porto Datas Coimbra Workshop SharePoint 2007 Developer Planning, Deploying and Managing Microsoft System Center Configuration

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para a Bienal 2008

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para a Bienal 2008 Cigré/Brasil CE B5 Proteção e Automação Seminário Interno de Preparação para a Bienal 2008 Rio de Janeiro, 26-27 de junho de 2008 Dados do Artigo Número: B5-109 Título: Functional and Interoperability

Leia mais

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Construção, Território e Ambiente CU Name Código UC 11 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 95 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

Designing drive controllers with Matlab - Simulink 1kW

Designing drive controllers with Matlab - Simulink 1kW Eletrónica de potência Equipment and systems for vocational qualifications and engineering education on the following topics: Electrical machines, power electronics, drive technology Complete machine labs,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA

GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA Projeto Integrado GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA Novembro - 2013 São Bernardo do Campo - SP Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 1 Projeto Integrado GERENCIAMENTO DE

Leia mais

Engineering the future. Electronic Manufacturing Services

Engineering the future. Electronic Manufacturing Services Engineering the future Electronic Manufacturing Services 1 Company presentation Primetec is a technological based company, dedicated to the development and manufacture of complete electronic equipment,

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

Interacção Homem-Máquina Interfaces Tangíveis e Realidade Aumentada

Interacção Homem-Máquina Interfaces Tangíveis e Realidade Aumentada Interacção Homem-Máquina Interfaces Tangíveis e Realidade Aumentada Pedro Campos dme.uma.pt/pcampos pcampos@uma.pt Novos paradigmas de interacção Pervasive computing Wearable computing Tangible user interfaces

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

Um método para o planejamento operacional da distribuição: aplicação para casos com abastecimento de granéis líquidos

Um método para o planejamento operacional da distribuição: aplicação para casos com abastecimento de granéis líquidos Leonardo Gondinho Botelho Um método para o planejamento operacional da distribuição: aplicação para casos com abastecimento de granéis líquidos Dissertação de Mestrado Departamento de Engenharia Industrial

Leia mais

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O D I S S E R T A Ç Ã O D E M E S T R A D O M A S T E R I N G D I S S E R T A T I O N A V A L I A Ç Ã O D A C O N D I Ç Ã O D E T Ã O B O M Q U A N T O N O V O U M A A P L I C A Ç Ã O E N V O L V E N D O

Leia mais

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Prof. Dr. Igor Renato Bertoni Olivares Top 02 in analytical chemistry Impact Factor - 6,6

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

Governança, Gestão, Risco, Conformidade e Valor - GGRCV. 16 de Março de 2012. Ian Lawrence Webster, CGEIT, CRISC Presidente ISACA Capítulo Brasília

Governança, Gestão, Risco, Conformidade e Valor - GGRCV. 16 de Março de 2012. Ian Lawrence Webster, CGEIT, CRISC Presidente ISACA Capítulo Brasília Governança, Gestão, Risco, Conformidade e Valor - GGRCV 16 de Março de 2012 Ian Lawrence Webster, CGEIT, CRISC Presidente ISACA Capítulo Brasília ISACA A ISACA mundial é constituída por pessoas em busca

Leia mais

Os Desafios da Segurança no Desenvolvimento com Métodos Ágeis. OWASP Education Project. The OWASP Foundation http://www.owasp.org

Os Desafios da Segurança no Desenvolvimento com Métodos Ágeis. OWASP Education Project. The OWASP Foundation http://www.owasp.org Os Desafios da Segurança no Desenvolvimento com Métodos Ágeis Education Project Rafael Dreher Porto Alegre Chapter - Co-founder Security Consultant @ Dell dreher@owasp.org Copyright 2007 The Foundation

Leia mais

MODELOS DE REFERÊNCIA PARA BIBLIOTECAS: a experiência do SIBi/USP

MODELOS DE REFERÊNCIA PARA BIBLIOTECAS: a experiência do SIBi/USP MODELOS DE REFERÊNCIA PARA BIBLIOTECAS: a experiência do SIBi/USP Teresinha das Graças Coletta 1, Maria Helena Di Francisco 2, Fabio Muller Guerrini³, Thyerre de Castro Ramazzi 4 1 Mestrado, Escola de

Leia mais

Estações de Tratamento de Água. Water Treatment Plants. Semestre do plano de estudos 2

Estações de Tratamento de Água. Water Treatment Plants. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Estações de Tratamento de Água CU Name Código UC 724 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 90 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 1 Whoi am RESUME OF THE PRESENTER Coordenador de processos de Certificação na APCER Auditor ISO 9001 / ISO 27001 / ISO 20000 / SA 8000 Assessor Qweb e IQNET 9004

Leia mais

INICIAÇÃO Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística

INICIAÇÃO Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística HOLOFACE Programação de Simulação de Interfaces Interativas Aluno: Leandro Santos Castilho 1 Orientador: Romero Tori 2 Linha de Pesquisa: Ambientes Interativos Projeto: Livro 3D Resumo Os conceitos de

Leia mais

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Silvane Guimarães Silva Gomes, Frederico José Vieira Passos Universidade Federal de Viçosa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano

Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano Curricular Unit: Information Systems for Management

Leia mais

Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software

Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software Fábio Levy Siqueira 1 and Paulo Sérgio Muniz Silva 2 1 Programa de Educação Continuada da Poli-USP, São Paulo, Brazil 2 Escola Politécnica

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais