SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. Fernanda Nunes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. Fernanda Nunes"

Transcrição

1 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Fernanda Nunes

2 Base Legal Lei Federal nº 8.666/1993 art. 15, inciso II, e parágrafos 1º ao 6º Decreto Federal nº 3.931/2001 (aplicável no âmbito da União). Decreto Estadual nº /1997 (Estado do RS) Decreto Estadual nº /2007 (Estado do RS)

3 Definição Legal Conjunto de procedimentos para registro formal de preços relativos à prestação de serviços e aquisição de bens, para contratações futuras. (DF nº 3.931/01, art. 1º, parágrafo único, inciso I)

4 Conceito Doutrinário Sistema de Registro de Preços é um procedimento especial de licitação que se efetiva por meio de uma concorrência ou pregão sui generis, selecionando a proposta mais vantajosa, com observância do princípio da isonomia, para eventual e futura contratação pela Administração. (FERNANDES, Jorge Ulisses Jacoby. In: Sistema de Registro de Preços e Pregão Presencial e Eletrônico, 3ª ed., 2009, p. 30)

5 Elementos Integrantes do Conceito 1) procedimento especial: não obriga a aquisição do produto ou serviço; 2) efetiva-se por concorrência ou pregão sui generis : no SRP há licitação nas modalidades que mais ampliam a competição. 3) a Administração vincula-se, em termos, à proposta do licitante vencedor.

6 Desse modo: Elementos Integrantes do Conceito a) a Administração não está obrigada a comprar; b) o licitante tem o dever de garantir o preço (DF nº 3.931/01, art. 10); c) a Administração não pode comprar de outro licitante que não seja aquele que ofereceu a melhor proposta (LF 8.666/93, art. 15, 4º); d) o licitante tem a possibilidade de exonerar-se do compromisso assumido na ocorrência de caso fortuito ou força maior (DF nº 3.931/01, art. 13, 2º).

7 Elementos Integrantes do Conceito 4) seleciona a proposta mais vantajosa: adoção, em regra, do tipo menor preço. Excepcionalmente, admite-se o tipo técnica e preço (DF nº 3.931/01, art. 3º, 1º); 5) para futura e eventual contratação pela Administração: a Administração firma um compromisso com os licitantes vencedores de, em necessitando do produto, adquirir daquele que ofereceu a proposta mais vantajosa, pelo prazo máximo de 1 (um) ano.

8 Princípios aplicáveis ao Sistema de Registro de Preços O SRP tanto é regido pelos princípios aplicáveis às licitações (LF nº 8.666/1993, art. 3º, caput), como pelos princípios relativos às compras e serviços, em especial: princípio da padronização: LF nº 8.666/1993, art. 11 e art. 15, I; princípio do parcelamento: LF nº 8.666/1993, art. 15, IV c. c. o art. 23, 1º; princípio da economicidade: LF nº 8.666/93, art. 3º, caput, c. c. art. 15, IV.

9 Abrangência do Decreto Federal nº 3.931/2001 Aplicável no âmbito da União. Regulamentação pelos demais entes federativos (LF nº 8.666/93, art. 15, 3º c/c arts. 117 e 118): Ex. RS Decreto nº /1997 e Decreto nº /2007.

10 Objetos passíveis de SRP compras: material de expediente, material de limpeza, peças, pneus, combustíveis e lubrificantes, medicamentos, etc.; Serviços A respeito do SRP para serviços, Jacoby Fernandes é da opinião de que o mesmo pode ser aplicado em três situações:

11 Objetos passíveis de SRP 1ª) serviços que se assemelham a compras. Ex.: compra de bilhetes de passagem aérea (na verdade, o que se está adquirindo é um serviço de transporte); 2ª) serviços em sentido estrito, com ocorrência freqüente e eventual. Ex.: manutenção predial; 3ª) serviços contínuos. Ex.: limpeza e conservação.

12 Quando usar o SRP? Avaliar o caso concreto, em face dos contornos do objeto pretendido e da necessidade da Administração. É indicado para objetos mais simples que podem ser individualizados mediante descrição simplificada e sucinta, sem complexidade. Serviços de engenharia, como regra, não podem ser contratados.

13 Quando usar o SRP? Hipóteses de utilização preferencial do SRP (art. 2º do DF nº 3.931/01) - rol não exaustivo: quando, pelas características do bem ou serviço, houver necessidade de contratações freqüentes (inciso I); quando for mais conveniente a aquisição de bens com previsão de entregas parceladas ou contratação de serviços necessários à Administração para o desempenho de suas atribuições (inciso II);

14 Quando usar o SRP? quando for conveniente a aquisição de bens ou a contratação de serviços para atendimento a mais de um órgão ou entidade, ou a programas de governo (inciso III); quando pela natureza do objeto não for possível definir previamente o quantitativo a ser demandado pela Administração (inciso IV).

15 Validade da Ata de Registro de Preços Não superior a 1 (um) ano (DF 3.931/01, art. 4º, caput e Decreto Estadual , art. 4º). Prorrogação: o DF (art. 4º, 2º) a admite excepcionalmente, nos termos do art. 57, 4º, da Lei de Licitações. No TCU, decisão da 1ª Câmara reconheceu a legalidade da prorrogação (Acórdão nº 3.034/05).

16 Validade da Ata de Registro de Preços A doutrina divide-se acerca do tema. Jacoby Fernandes e Jessé Torres admitem a prorrogação. Já Marçal Justen Filho entende que tal prorrogação vai de encontro ao disposto no art. 15, 3º, inciso III, da LF nº 8.666/93, que estabelece a validade do registro até 1 (um) ano.

17 Carona na Ata de Registro de Preços DF nº 3.931/01, art. 8º, caput: A Ata de Registro de Preços, durante sua vigência, poderá ser utilizada por qualquer órgão ou entidade da Administração que não tenha participado do certame licitatório, mediante prévia consulta ao órgão gerenciador, desde que devidamente comprovada a vantagem.

18 Carona na Ata de Registro de Preços DE nº /97, art. 8º: O Registro de Preços poderá ser utilizado por órgãos ou entidades da Administração Pública Estadual, mediante anuência do licitador, desde que observados os quantitativos licitados.

19 Carona na Ata de Registro de Preços DE nº /2007, art. 1º: A adesão ao sistema de registro de Preços mantidos por outros Órgãos e Entidades da União, dos Estados ou Municípios de que trata o artigo 15 da Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, será feita de acordo com o disposto neste Decreto.

20 Carona na Ata de Registro de Preços Em outras palavras, a carona consiste na permissão regulamentar dada à unidade administrativa que não promoveu o SRP ou tampouco dele participou (não é nem gerenciador e nem participante), de apenas se beneficiar da ata de outrem, a ela aderindo mediante o cumprimento de algumas exigências formais.

21 Carona na Ata de Registro de Preços O TCU, por meio do Acórdão nº 1487/2007 Plenário, admitiu o procedimento da carona, no entanto, impôs censura ao disposto no 3º do artigo 8º do Decreto Federal, que permite a cada órgão ou entidade contratar até 100% (cem) por cento dos quantitativos registrados na Ata.

22 Carona na Ata de Registro de Preços Nessa mesma decisão, determinou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão MPOG, a adoção de providências com vistas à reavaliação das regras atuais, de forma a estabelecer limites para a adesão a registros de preços realizados por outros órgãos ou entidades, visando à preservação dos princípios da competição, da igualdade de condições entre os licitantes e da busca da maior vantagem para a Administração Pública. (recomendação ainda não adotada)

23 Carona na Ata de Registro de Preços A decisão em tela foi objeto de Pedido de Reexame impetrado pelo MPOG, encontrando-se ainda pendente de julgamento no Proc. nº TC / Em sentido diverso, o TCE-SC, no Processo de Consulta nº 07/ , Decisão nº 2.392/2007, entendeu pela impossibilidade da carona na Ata de Registro de Preços, nos seguintes termos:

24 Carona na Ata de Registro de Preços Por se considerar que o sistema de carona, instituído no art. 8º do Decreto (federal) nº 3.931/2001, fere o princípio da legalidade, não devem os jurisdicionados deste Tribunal utilizar as atas de registros de preços de órgãos ou entidades da esfera municipal, estadual ou federal para contratar com particulares, ou permitir a utilização de suas atas por outros órgãos ou entidades de qualquer esfera, excetuada a situação contemplada na Lei (federal) nº /2001. (medicamentos)

25 Carona na Ata de Registro de Preços O Tribunal de Contas do RS, em sede de consulta, ainda não enfrentou a matéria relativa à legalidade da figura do carona. Por outro lado, há precedente admitindo a possibilidade de aproveitamento, pelos Municípios, do Registro Nacional de Preços do Ministério da Saúde, nos termos da LF nº /01, para a aquisição de medicamentos e insumos farmacêuticos (Inf. CT nº 065/2001 e Par. Nº 43/2001).

26 Revisão de Preços DF 3.931/2001, art. 12: 1º O preço registrado poderá ser revisto em decorrência de eventual redução daqueles praticados no mercado, ou de fato que eleve o custo dos serviços ou bens registrados, cabendo ao órgão gerenciador da Ata promover as necessárias negociações junto aos fornecedores.

27 Revisão de Preços Decreto Estadual /1997, art. 3º: Os preços serão reajustados na forma e condições previstas no instrumento convocatório

28 Revisão de Preços A possibilidade de revisão de preços da Ata prevista no Decreto Federal e no Decreto Estadual tem fundamento na necessidade de preservação do equilíbrio econômicofinanceiro (CF/88, art. 37, XXI; LF 8.666/93, art. 65, inciso II, alínea d ).

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública Magno Subtil Registro de Preços Decreto Estadual 7.437/2011 Sistema de Registro de Preços é o conjunto de procedimentos para registro

Leia mais

DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013

DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto Vigência no art. 15 da

Leia mais

Lei /16 e Licitações

Lei /16 e Licitações Lei 13.303/16 e Licitações Rafael Da Cás Maffini Mestre e Doutor em Direito pela UFRGS, Professor de Direito Administrativo na UFRGS, Advogado, Sócio Diretor do escritório Rossi, Maffini, Milman & Grando

Leia mais

ASSESSORIA TÉCNICA AUDITORIA INTERNA Assunto: Utilização de modalidade de licitação Carta Convite

ASSESSORIA TÉCNICA AUDITORIA INTERNA Assunto: Utilização de modalidade de licitação Carta Convite Pelotas, 26 de setembro de 2013. ASSESSORIA TÉCNICA 02.2013 Assunto: Utilização de modalidade de licitação Carta Convite A elaboração da presente assessoria técnica tem como referência principal os apontamentos

Leia mais

OBJETO: GUIA PARA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

OBJETO: GUIA PARA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS GUIA PARA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS OBJETO: Registro de preços para eventual contratação de empresa para a prestação de serviços técnicos especializados de elicitação, documentação, desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PÓS CONTRATAÇÃO PÓS CONTRATAÇÃO FISCALIZAÇÃO MEDIÇÕES E RECEBIMENTO VIGÊNCIA CONTRATUAL ADITAMENTOS CONTRATUAIS INEXECUÇÃO E SANÇÕES Lei nº 8.666/93 FISCALIZAÇÃO Art. 58. O regime

Leia mais

Diário Oficial do. Prefeitura Municipal de Pindobaçu. quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I - Edição nº 00020

Diário Oficial do. Prefeitura Municipal de Pindobaçu. quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I - Edição nº 00020 Diário Oficial do Município quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I - Edição nº 00020 Prefeitura Municipal de Pindobaçu publica 87C8838C9D32FA79D58576C4B61280F5 quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I

Leia mais

Direito Administrativo Decreto nº 7.892, de 23 de Janeiro de 2013.

Direito Administrativo Decreto nº 7.892, de 23 de Janeiro de 2013. Direito Administrativo Decreto nº 7.892, de 23 de Janeiro de 2013. DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de

Leia mais

PUBUCADO NO QUADRO DE AVISO DA

PUBUCADO NO QUADRO DE AVISO DA DECRETO N 071, DE 24 DE JANEIRO DE 2014. PUBUCADO NO QUADRO DE AVISO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS Em: S14 / (LI,&OIA' Regulamenta o Sistema de Registro de Preços disciplinado no art. 15 da Lei

Leia mais

Art. 37, XXI, CF. Disciplina: Direito Administrativo Professor: Rodrigo Bordalo

Art. 37, XXI, CF. Disciplina: Direito Administrativo Professor: Rodrigo Bordalo Art. 37, XXI, CF (...) as obras, serviços, compras e alienações serão contratados mediante processo de licitação pública que assegure igualdade de condições a todos os concorrentes (...) Art. 37, XXI,

Leia mais

SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93)

SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93) SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93) 1. (CESPE / SEGER / 2013) De acordo com o princípio da impessoalidade, a conduta dos licitantes deve ser lícita e compatível com a moral, a ética e os bons costumes.

Leia mais

REVISTA EMPREENDEDORISMO E SUSTENTABILIDADE

REVISTA EMPREENDEDORISMO E SUSTENTABILIDADE REGISTRO DE PREÇOS: A APLICAÇÃO DESTE SISTEMA NA VISÃO DO FORNECEDOR À ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Keite Mendonça Pinheiro Felipe Boselli RESUMO: A Administração Pública, no exercício de suas atividades, objetivando

Leia mais

Professora Taís Flores

Professora Taís Flores Professora Taís Flores GABARITO - D COMENTÁRIOS Inicialmente, percebam que as alternativas III e IV não correspondem à literalidade da lei. Assim, abre-se uma margem de liberdade para que a banca as considere

Leia mais

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC...

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC... SUMÁRIO Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC PREFÁCIO... 15 Nota dos autores... 17 CAPÍTULO 1 ASPECTOS GERAIS... 19 1.1 Introdução... 19 1.2 Objetivos... 22 1.3 Definições... 30 1.4 Diretrizes...

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Licitação João Batista Rios Júnior* 1. O QUE É. Quando a administração pública no uso e gozo de suas atribuições convoca, mediante edital ou convite, empresas empenhadas em apresentar

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Page 1 of 10 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Vigência Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da

Leia mais

ASSUNTO: Licitação. Sistema de Registro de Preço. Adesão à Ata de registro de preços. Carona. Limites e forma de contratação.

ASSUNTO: Licitação. Sistema de Registro de Preço. Adesão à Ata de registro de preços. Carona. Limites e forma de contratação. RECOMENDAÇÃO nº. 21/2017/FAMEM São Luís (MA), 20 de setembro de 2017. ASSUNTO: Licitação. Sistema de Registro de Preço. Adesão à Ata de registro de preços. Carona. Limites e forma de contratação. Excelentíssimo

Leia mais

LICITAÇÕES. Prof. Thiago Gomes

LICITAÇÕES. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes ASPECTOS INTRODUTÓRIOS Conceito de Licitação É o procedimento administrativo mediante o qual a administração pública seleciona a proposta mais vantajosa para o contrato de seu interesse.

Leia mais

CAPACITAÇÃO. Legislação e Prática

CAPACITAÇÃO. Legislação e Prática CAPACITAÇÃO Funcionários Departamento de Compras e Licitações Membros da Comissão de Licitações Pregoeiro e Equipe de Apoio Legislação e Prática LICITAÇÃO Procedimento administrativo prévio à contratação

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA UTILIZANDO PREGÃO E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA UTILIZANDO PREGÃO E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA UTILIZANDO PREGÃO E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS 03 e 04 de julho Brasília, 03 e 04 de julho de 2017 Carga Horária: 16 horas/atividade Horário: 8h30 às 18h (com intervalo

Leia mais

Licitações, Pregão e Contratos

Licitações, Pregão e Contratos Licitações, Pregão e Contratos Objetivo Destina-se Datas Carga horária Capacitar servidores municipais para a realização de licitações e gestão dos contratos da Administração Municipal. Aos profissionais

Leia mais

Licitação dispensável e dispensa de licitação

Licitação dispensável e dispensa de licitação Licitação dispensável e dispensa de licitação I INTRODUÇÃO. O presente artigo trata da análise da dispensa de licitação e da licitação dispensável, a fim de confirmar se há diferença ou não nos institutos

Leia mais

24 e 25/03/2014 BRASÍLIA - DF CURSO: QUESTÕES POLÊMICAS EM LICITAÇÕES E CONTRATOS SOB A VISÃO DO TCU

24 e 25/03/2014 BRASÍLIA - DF CURSO: QUESTÕES POLÊMICAS EM LICITAÇÕES E CONTRATOS SOB A VISÃO DO TCU Apresentação Sabe-se que os temas pertinentes às licitações e aos contratos administrativos comportam vasta divergência doutrinária e jurisprudencial, sendo salutar que o gestor público acompanhe as posições

Leia mais

O Processo de Contratação e Licitação da Eletrobras

O Processo de Contratação e Licitação da Eletrobras O Processo de Contratação e Licitação da Eletrobras A Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras (www.eletrobras.com) - Maior companhia do setor de energia elétrica da América Latina - A Eletrobras

Leia mais

2. DA FUNDAMENTAÇÃO: DECRETO 7.892/2013, ARTIGO 22

2. DA FUNDAMENTAÇÃO: DECRETO 7.892/2013, ARTIGO 22 1. DOS CONCEITOS - Sistema de Registro de Preços: conjunto de procedimentos para registro formal de preços relativos à prestação de serviços e aquisição de bens, para contratações futuras. - Ata de Registro

Leia mais

O EXMO. SR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais,

O EXMO. SR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais, O EXMO. SR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade de adotar medidas que contribuam para a redução de custos e que possam

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS licitacao@tes.com.br (16) 3951.9030 Atas de Registro de Preços O Sistema de Registro de Preço é um procedimento com base em planejamento de um ou mais órgãos para futura contratação

Leia mais

É o sucinto relatório. Segue o exame jurídico.

É o sucinto relatório. Segue o exame jurídico. Parecer Jurídico n. 17/2012 Interessado: CAU/DF. Assunto: Consulta. Dispensa de licitação. Possibilidade. Ementa: Consulta formulada pelo Conselho Federal de Farmácia. Dispensa de Licitação. Subsunção

Leia mais

1 A OBRIGATORIEDADE CONSTITUCIONAL DA EFETIVAÇÃO DE LICITAÇÃO TOSHIO MUKAI

1 A OBRIGATORIEDADE CONSTITUCIONAL DA EFETIVAÇÃO DE LICITAÇÃO TOSHIO MUKAI Doutrina Registro de Preços: Inconstitucionalidade do Artigo 8º do Decreto Federal nº 3.931/2001 e do Artigo 15-A, 3º, do Decreto Estadual nº 51.809/2007 (Figura do Carona ). Possibilitação de Cometimento

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº. 16/0058 PG. Anexo IV MINUTA TERMO DE REGISTRO DE PREÇO

PREGÃO SESC/AN Nº. 16/0058 PG. Anexo IV MINUTA TERMO DE REGISTRO DE PREÇO PREGÃO SESC/AN Nº. 6/0058 PG Anexo IV MINUTA TERMO DE REGISTRO DE PREÇO Aos... dias do mês de... de..., na sede da Administração Nacional do Serviço Social do Comércio Sesc, localizado na Avenida Ayrton

Leia mais

: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN P A R E C E R Nº 695/2014-TC

: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN P A R E C E R Nº 695/2014-TC Processo nº Interessado Assunto : 9.069/2013 - TC : Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN : Consulta P A R E C E R Nº 695/2014-TC EMENTA: PROCEDIMENTO DE CONSULTA. CONHECIMENTO. DIREITO ADMINISTRATIVO.

Leia mais

DECRETO Nº , DE 1º DE JUNHO DE 2015

DECRETO Nº , DE 1º DE JUNHO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 56.144, DE 1º DE JUNHO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Registro de Preços, previsto nos artigos

Leia mais

SESMA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

SESMA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº132/SESMA/2015 Aos 10 dias do mês de Agosto do ano de 2015, o MUNICÍPIO DE BELÉM, por intermédio da - SESMA, por seu representante legal, nos termos da Lei Federal nº 10.520,

Leia mais

Painel I. Painel II PREGÃO PRESENCIAL A LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO

Painel I. Painel II PREGÃO PRESENCIAL A LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO O curso Pregão Presencial Formação de Pregoeiro e Lei de Acesso a Informação tem o objetivo de capacitar os servidores e gestores públicos envolvidos na área e instrumentalizar os municípios para o seu

Leia mais

O que é o Sistema de Registro de Preços?

O que é o Sistema de Registro de Preços? 1 O que é o Sistema de Registro de Preços? O Sistema de Registro de Preços (SRP) possui previsão na lei de licitações (Lei n.º 8.666/93 da seguinte forma: Art. 15. As compras, sempre que possível, deverão:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Processo nº 23505.000084/2017-52 Pregão Eletrônico nº 03/2017. Resposta à Impugnação apresentada pela empresa: SERVICE FERNANDES LTDA, CNPJ: 10.999.443/0001-91 1. DAS PRELIMINARES Trata-se de impugnação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO CAMPO ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO CAMPO ESTADO DA BAHIA ADJUDICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 035/2016 O Pregoeiro Municipal torna público, nos termos da Lei nº 10.520/2002 e Lei nº 8.666/93, a ADJUDICAÇÃO do Pregão Presencial nº 035/2016 realizado no dia 18/08/2016,

Leia mais

XIV SINAOP SIMPÓSIO NACIONAL DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS

XIV SINAOP SIMPÓSIO NACIONAL DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS XIV SINAOP SIMPÓSIO NACIONAL DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS Tribunal de Contas de Mato Grosso TCE/MT Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (IBRAOP) Planejamento de obras e sustentabilidade

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 16/0009 PG

PREGÃO SESC/AN Nº 16/0009 PG PREGÃO SESC/AN Nº 16/0009 PG ANEXO III MINUTA DE TERMO DE REGISTRO DE PREÇO Aos... dias do mês de... de..., na sede da Administração Nacional do SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Sesc, localizado na Avenida Ayrton

Leia mais

PROCESSO Nº 1.23.000.001039/2014-06

PROCESSO Nº 1.23.000.001039/2014-06 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2015 PROCESSO Nº 1.23.000.001039/2014-06 VALIDADE: 12 MESES Aos 02 dias do mês de março de 2015, na, Sala de licitações, localizada na Rua Domingos Marreiros, nº 690 Bairro

Leia mais

SÚMULAS DO TCU SÚMULA Nº 103 SÚMULA Nº 157 SÚMULA Nº 177 SÚMULA Nº 191 SÚMULA Nº 205 SÚMULA Nº 222

SÚMULAS DO TCU SÚMULA Nº 103 SÚMULA Nº 157 SÚMULA Nº 177 SÚMULA Nº 191 SÚMULA Nº 205 SÚMULA Nº 222 SÚMULAS DO TCU SÚMULA Nº 103 Na falta de normas legais regimentais específicas, aplicam-se, analógica e subsidiariamente, no que couber, a juízo do Tribunal de Contas da União, as disposições do Código

Leia mais

Parecer Jurídico nº 03/2014 Interessado: CAU/DF. Assunto: Dispensa de Licitação. Renovação do seguro de veículo automotor.

Parecer Jurídico nº 03/2014 Interessado: CAU/DF. Assunto: Dispensa de Licitação. Renovação do seguro de veículo automotor. Parecer Jurídico nº 03/2014 Interessado: CAU/DF. Assunto: Dispensa de Licitação. Renovação do seguro de veículo automotor. Ementa: Renovação de seguro para veículos. Verificação de legitimidade. Subsunção

Leia mais

DESAFIOS NAS LICITAÇÕES PARA GESTORES DA FAZENDA PÚBLICA SUCESSO NO RDC E OUTRAS FERRAMENTAS

DESAFIOS NAS LICITAÇÕES PARA GESTORES DA FAZENDA PÚBLICA SUCESSO NO RDC E OUTRAS FERRAMENTAS REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES NOS MUNICÍPIOS DESAFIOS NAS LICITAÇÕES PARA GESTORES DA FAZENDA PÚBLICA SUCESSO NO RDC E OUTRAS FERRAMENTAS Professor Jacoby Fernandes Ribeirão Preto, 19 de julho de

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS 1 Conceito Sistema de Registro de Preços o conjunto de procedimentos para registro formal de preços relativos à prestação de serviços e aquisição de bens, para contratações

Leia mais

0c D-1 ILMA. SENHORA CORDENADORA DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO

0c D-1 ILMA. SENHORA CORDENADORA DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO 0c29.0.2.D-1 ILMA. SENHORA CORDENADORA DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS (CFN) CFN PROTOCOLOS- DATA5J..J25.JZI$ RESPONSAVEL REF.: CONCORRÊNCIA CFN N 1/2015 SANTA CLARA ENGENHARIA

Leia mais

DECRETO Nº 5.344, de 30 de novembro de (Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial)

DECRETO Nº 5.344, de 30 de novembro de (Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial) DECRETO Nº 5.344, de 30 de novembro de 2015. (Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial) Dispõe sobre o Regulamento do Sistema de Registro de Preços, e adota outras providências.

Leia mais

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Mato Grosso COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO IMPUGNAÇÃO Nº 1

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Mato Grosso COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO IMPUGNAÇÃO Nº 1 IMPUGNAÇÃO Nº 1 PR-MT-00044970/2014 PROCESSO 1.20.000.001940/2014-81 REFERÊNCIA: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/ 20114 I DO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO Trata-se de pedido de impugnação referente ao edital do Pregão

Leia mais

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS ABORDAGEM JURISPRUDENCIAL E SOBRETUDO PRÁTICA

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS ABORDAGEM JURISPRUDENCIAL E SOBRETUDO PRÁTICA CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS ABORDAGEM JURISPRUDENCIAL E SOBRETUDO PRÁTICA OS TEMAS MAIS RELEVANTES APRESENTADOS EM UMA PERSPECTIVA PRÁTICA E ORIENTADA PARA A REALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

LICITAÇÕES E CONTRATOS TEMAS POLÊMICOS E OS ENTENDIMENTOS DO TCU E DOS TRIBUNAIS SUPERIORES

LICITAÇÕES E CONTRATOS TEMAS POLÊMICOS E OS ENTENDIMENTOS DO TCU E DOS TRIBUNAIS SUPERIORES SEMINÁRIO NACIONAL LICITAÇÕES E CONTRATOS TEMAS POLÊMICOS E OS ENTENDIMENTOS DO TCU E DOS TRIBUNAIS SUPERIORES Responsabilidade dos agentes Alterações do contrato Sanções SRP Sustentabilidade Retenção

Leia mais

Exmo. Sr. Conselheiro Relator,

Exmo. Sr. Conselheiro Relator, PARECER Nº. : 021/CT/2008-1 - Exmo. Sr. Conselheiro Relator, Tratam os autos de consulta formulada pelo Sr. Prefeito Municipal em exercício, Sr. Manoel Machado, mediante a qual solicita deste Tribunal

Leia mais

O QUE MUDA NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS COM O NOVO DECRETO Nº 7.892/13

O QUE MUDA NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS COM O NOVO DECRETO Nº 7.892/13 SEMINÁRIO NACIONAL O QUE MUDA NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS COM O NOVO DECRETO Nº 7.892/13 Planejamento e julgamento do pregão e a gestão da ata e do contrato Aspectos polêmicos, entendimentos do TCU

Leia mais

ILEGALIDADE E INCONSTITUCIONALIDADE DA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREVISTA NO DECRETO FEDERAL Nº 7.892/2013

ILEGALIDADE E INCONSTITUCIONALIDADE DA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREVISTA NO DECRETO FEDERAL Nº 7.892/2013 ILEGALIDADE E INCONSTITUCIONALIDADE DA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREVISTA NO DECRETO FEDERAL Nº 7.892/2013 DÉCIO SEIJI FUJITA 1 RESUMO O procedimento licitatório tem assento constitucional, consoante

Leia mais

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/ PROCESSO Nº 086/2015.

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/ PROCESSO Nº 086/2015. RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/2015 - PROCESSO Nº 086/2015. 1. Trata-se de pedido de impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº 014/2015, que tem por objeto a contratação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação Geral de Compras e Contratos

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação Geral de Compras e Contratos Projeto - Compra Compartilhada Aquisição de Microcomputadores, Notebooks e Workstation Institutos e Universidades vinculadas à rede Federal de educação do Ministério da Educação Sistema de Registro de

Leia mais

Art. 48, LC 123/06: como licitar objetos de natureza divisível? Ronny Charles L. de Torres Março de 2016

Art. 48, LC 123/06: como licitar objetos de natureza divisível? Ronny Charles L. de Torres Março de 2016 Art. 48, LC 123/06: como licitar objetos de natureza divisível? Ronny Charles L. de Torres Março de 2016 DIVISÃO DE OBJETO Pretensão contratual x objeto da licitação Aglu@nação x Adjudicação por itens

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 64/2016

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 64/2016 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 64/2016 PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. 64/2016 PROCESSO Nº. 23066.050404/2016-51 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos 9 dias do mês de novembro de 2016, a Universidade

Leia mais

Campus de Ilha Solteira

Campus de Ilha Solteira ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO Nº: 636/2015 ASSUNTO: REGISTRO DE PREÇOS PARA FRETAMENTO DE VEÍCULOS PREGÃO PRESENCIAL Nº: 39/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: 02/2015 Nos termos do artigo 12 do Decreto

Leia mais

AS FRAGILIDADES DA CARTA CONVITE.

AS FRAGILIDADES DA CARTA CONVITE. www.apd.adv.br +55 (27) 3019-3993 AS FRAGILIDADES DA CARTA CONVITE. RESUMO: O texto trata das modalidades de licitação presentes no ordenamento jurídico brasileiro, dando uma ênfase à modalidade chamada

Leia mais

PROCEDIMENTOS PRÁTICOS DOS PROCESSOS DE COMPRA DIRETA E LICITAÇÃO

PROCEDIMENTOS PRÁTICOS DOS PROCESSOS DE COMPRA DIRETA E LICITAÇÃO PROCEDIMENTOS PRÁTICOS DOS PROCESSOS DE COMPRA DIRETA E LICITAÇÃO Em conformidade com a CF, Lei 8.666/93, Lei 10.520/02, IN 05/13/UDESC Setor de Compras ABRIL/2015 PRINCIPAIS ATIVIDADES DO SETOR MONTAGEM

Leia mais

Licitação da Solução de Registro Eletrônico em Saúde. Paulo Cesar de Araújo Gerente

Licitação da Solução de Registro Eletrônico em Saúde. Paulo Cesar de Araújo Gerente Paulo Cesar de Araújo Gerente SRES Constituída dos seguintes serviços: 1. Disponibilização do Software RES 2. Serviços de Integração com a Base Única 3. Serviços de Manutenção Evolutiva 4. Serviços de

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS DO PLANEJAMENTO E JULGAMENTO DO PREGÃO ATÉ A GESTÃO DA ATA E DO CONTRATO

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS DO PLANEJAMENTO E JULGAMENTO DO PREGÃO ATÉ A GESTÃO DA ATA E DO CONTRATO SEMINÁRIO NACIONAL SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS DO PLANEJAMENTO E JULGAMENTO DO PREGÃO ATÉ A GESTÃO DA ATA E DO CONTRATO Aspectos polêmicos, entendimentos do TCU e boas práticas 30 DE JULHO A 1º DE AGOSTO

Leia mais

PROCESSO Nº /

PROCESSO Nº / ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 18/2015 PROCESSO Nº 1.23.000.001987/2015-14 VALIDADE: 12 MESES Aos 09 dias do mês de novembro de 2015, na, Sala de licitações, localizada na Rua Domingos Marreiros, nº 690

Leia mais

DECISÃO DE RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS EDITAL TOMADA DE PREÇO Nº 02/2010

DECISÃO DE RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS EDITAL TOMADA DE PREÇO Nº 02/2010 DECISÃO DE RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS EDITAL TOMADA DE PREÇO Nº 02/2010 Recurso apresentado contra a classificação da empresa TEXAS INFORMÁTICA LTDA., como vencedora do LOTE 1/ITEM1, proposto

Leia mais

REPACTUAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO

REPACTUAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO REPACTUAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO CASOS PRÁTICOS E QUESTÕES CONTROVERSAS 18 e 19 de maio Brasília, 18 e 19 de maio de 2017 Carga horária: 16 horas/atividade Horário: 8h30 às 18h (com intervalo

Leia mais

PARECER JURÍDICO RELATÓRIO

PARECER JURÍDICO RELATÓRIO PARECER JURÍDICO Referência: Processo Licitatório nº 00039/2014 Pregão Presencial nº 0022/2014 Objeto: Aquisição de veículo utilitário O km, na cor branca, transformado em ambulância simples remoção, para

Leia mais

Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos. Módulo 7: Registro de Preços

Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos. Módulo 7: Registro de Preços Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos Módulo 7: Registro de Preços Edinando Brustolin Graduado e mestre em Direito pela UFSC. Assessor jurídico da Federação Catarinense de

Leia mais

Diário Oficial do. Prefeitura Municipal de Ruy Barbosa. terça-feira, 11 de julho de 2017 Ano I - Edição nº Caderno 1

Diário Oficial do. Prefeitura Municipal de Ruy Barbosa. terça-feira, 11 de julho de 2017 Ano I - Edição nº Caderno 1 Diário Oficial do Município terça-feira, 11 de julho de 2017 Ano I - Edição nº 00097 Caderno 1 Prefeitura Municipal de Ruy Barbosa publica terça-feira, 11 de julho de 2017 Ano I - Edição nº 00097 Caderno

Leia mais

PORTARIA N.º 018/2010. Promotora de Justiça signatária, no uso das suas atribuições

PORTARIA N.º 018/2010. Promotora de Justiça signatária, no uso das suas atribuições PORTARIA N.º 018/2010 O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, pela Promotora de Justiça signatária, no uso das suas atribuições institucionais que lhe são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição

Leia mais

Regimes de execução dos contratos e contratação integrada

Regimes de execução dos contratos e contratação integrada Regime Diferenciado de Contratações - RDC Lei Federal nº 12.462/11 Regimes de execução dos contratos e contratação integrada Augusto Dal Pozzo Artigo 8º Regimes de contratação de obras e serviços de engenharia

Leia mais

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Geral Departamento de Administração

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Geral Departamento de Administração REFERÊNCIA:Processo n 08130.000046/2012 ASSUNTO: Análise de Pedido de Impugnação - Pregão Eletrônico nº 36/2012 IMPUGNANTE: CINCO F CONSULTORIA PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS LTDA. Insurge a empresa CINCO F

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2379

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2379 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2379 NATUREZA DA DEMANDA: ELEMENTO DE DESPESA: CRÉDITO ORÇAMENTÁRIO: FORMA DE PROCEDIMENTO: Insumo Estratégico para Saúde Material de Consumo 10.303.2015.20AE As despesas decorrentes

Leia mais

Contratos Formalização, Gestão e Fiscalização

Contratos Formalização, Gestão e Fiscalização Contratos Formalização, Gestão e Fiscalização Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão seplan@tcu.gov.br Junho/2016 Foto: Lucila Rosa Formalização, Gestão e Fiscalização de Contratos Fundamentos

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS: AUMENTO DE QUANTITATIVO DURANTE A VIGÊNCIA DA ATA.

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS: AUMENTO DE QUANTITATIVO DURANTE A VIGÊNCIA DA ATA. SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS: AUMENTO DE QUANTITATIVO DURANTE A VIGÊNCIA DA ATA. GIRSEI SEVERINO DE PAULA 1 RESUMO: O presente artigo visa explorar tópicos centrais que tratam da licitação, do Sistema

Leia mais

Como contratar TI com riscos baixos. Carlos Mamede Sefti/TCU

Como contratar TI com riscos baixos. Carlos Mamede Sefti/TCU Como contratar TI com riscos baixos Carlos Mamede Sefti/TCU Contratação de TI Riscos envolvidos na contratação Mitigação dos riscos Como contratar TI com riscos baixos 2 Agenda 1. Contratações públicas

Leia mais

REFLEXÕES DA FIGURA DE CARONA NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS FEDERAIS

REFLEXÕES DA FIGURA DE CARONA NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS FEDERAIS REFLEXÕES DA FIGURA DE CARONA NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS FEDERAIS Resumo: As aquisições de bens e serviços em Instituições Federais de Educação Superior - IFES são realizadas

Leia mais

Curso de Formação e Atualização de Pregoeiros e da Equipe de Apoio

Curso de Formação e Atualização de Pregoeiros e da Equipe de Apoio Curso de Formação e Atualização de Pregoeiros e da Equipe de Apoio Principais Destaques: Determinações do TCU, Gratificações, Competência e Responsabilidades, Julgamento da Proposta, Preços Inexequíveis,

Leia mais

REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES

REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES Susana Filgueiras Brasília, 10 de setembro de 2012 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Lei nº12.462, de 5 de agosto de 2011. Decreto nº 7.581, de 11 de outubro de 2011. Lei nº 12.688,

Leia mais

I - a promoção do desenvolvimento econômico e social no âmbito regional;

I - a promoção do desenvolvimento econômico e social no âmbito regional; DECRETO N 2.060, DE 20 DE MAIO DE 2008. Regulamenta o tratamento diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte ou equiparadas nas contratações públicas de bens, serviços

Leia mais

Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul Rua Benjamin Constant, 686 CEP CNPJ / Fone

Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul Rua Benjamin Constant, 686 CEP CNPJ / Fone JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO EDITAL Nº 1881/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 125/2010 A Empresa IMPRENDERE SERVIÇOS E MATERIAIS PARA ESCRITÓRIO LTDA - ME, apresentou impugnação aos termos do Edital nº 1881/2010 Pregão

Leia mais

Controle de preços em obras públicas:

Controle de preços em obras públicas: Controle de preços em obras públicas: Princípios gerais na utilização dos sistemas oficiais de preços Rafael Jardim Cavalcante Contextualização Decisão Lei para o caso concreto; Interpretação da Lei direito

Leia mais

DECRETO N.º , DE 07 DE DEZEMBRO DE 2006.

DECRETO N.º , DE 07 DE DEZEMBRO DE 2006. DECRETO N.º 10.540, DE 07 DE DEZEMBRO DE 2006. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços no Município de Porto Velho, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, usando da atribuição

Leia mais

Inovações da Instrução Normativa/SLTI n 06/2013. Repensando a contratação pública

Inovações da Instrução Normativa/SLTI n 06/2013. Repensando a contratação pública Inovações da Instrução Normativa/SLTI n 06/2013 Repensando a contratação pública 1. Breve contexto Impulso inicial para estudar soluções de melhoramento para as contratações de serviços terceirizados:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Serra-BA Praça Vitorino José Alves, nº 112-B, Centro, Bom Jesus da Serra-Ba

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Serra-BA Praça Vitorino José Alves, nº 112-B, Centro, Bom Jesus da Serra-Ba PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 035/2016 REGISTRO DE PREÇOS Nº 031/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 030/2016 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/2016 Aos oito dias do mês de junho do ano de dois mil e dezesseis, de um

Leia mais

MUNICÍPIO DE POMBAL PREFEITURA MUNICIPAL DE POMBAL PROCURADORIA JURÍDICA DO MUNICÍPIO

MUNICÍPIO DE POMBAL PREFEITURA MUNICIPAL DE POMBAL PROCURADORIA JURÍDICA DO MUNICÍPIO MUNICÍPIO DE POMBAL PREFEITURA MUNICIPAL DE POMBAL PROCURADORIA JURÍDICA DO MUNICÍPIO Pregão Presencial n 0006/2016 Processo n 09.084.054.0013/2016 Origem: Comissão Permanente de Licitação Assunto: Contratação

Leia mais

QUESTÕES TRF 5ª REGIAO CESPE

QUESTÕES TRF 5ª REGIAO CESPE QUESTÕES TRF 5ª REGIAO CESPE - 2011 1 - ( CESPE - 2011 - TRF - 5ª REGIÃO - Juiz) Entre os setores do Estado, destaca-se o denominado terceiro setor conceito surgido com a reforma do Estado brasileiro,

Leia mais

AVISO DE CANCELAMENTO PREGÃO PRESENCIAL N.º 12/2017

AVISO DE CANCELAMENTO PREGÃO PRESENCIAL N.º 12/2017 AVISO DE CANCELAMENTO PREGÃO PRESENCIAL N.º 12/2017 O Serviço Social do Comércio SESC - Administração Regional no Estado do Mato Grosso do Sul, por meio da Comissão Permanente de Licitação, torna público

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA GRUPAMENTO DE INFRAESTRUTURA E APOIO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 035/GIAS-SJ/2016

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA GRUPAMENTO DE INFRAESTRUTURA E APOIO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 035/GIAS-SJ/2016 PAG Nº 67720.012900/2014-59 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA GRUPAMENTO DE INFRAESTRUTURA E APOIO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 035/GIAS-SJ/2016 PREGÃO ELETRÔNICO PARA

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/2016

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/2016 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/2016 Dispõe sobre os prazos e demais regras técnicas relativas à alimentação do Sistema de Licitações e Contratos LicitaCon pelos órgãos e entidades jurisdicionados do Tribunal

Leia mais

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 6ªed.

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 6ªed. Destacam-se, assim, no presente livro, a ampla pesquisa de jurisprudência, o enfoque prático do texto e a linguagem utilizada, de fácil compreensão. LUCAS ROCHA FURTADO Autor CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS

Leia mais

A IMPLANTAÇÃO DO REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (RDC) NA UFSC: UMA AÇÃO EFETIVA DE GESTÃO NA POLÍTICA INSTITUCIONAL DE LICITAÇÃO.

A IMPLANTAÇÃO DO REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (RDC) NA UFSC: UMA AÇÃO EFETIVA DE GESTÃO NA POLÍTICA INSTITUCIONAL DE LICITAÇÃO. A IMPLANTAÇÃO DO REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (RDC) NA UFSC: UMA AÇÃO EFETIVA DE GESTÃO NA POLÍTICA INSTITUCIONAL DE LICITAÇÃO. FOCO NA CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA. RICARDO

Leia mais

Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família. (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS

Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família. (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS Aquisições através das Regras do Banco Mundial O Artigo 42 5º da Lei 8.666 permite que os

Leia mais

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO: 01.100.208/2016 MODALIDADE: CONVITE Nº 01.100.208/2016 OBJETO: Contratação de empresa para prestação de serviço de coquetel para a Câmara Municipal, pelo período

Leia mais

Prefeitura Municipal de Birigui Estado de São Paulo CNPJ /

Prefeitura Municipal de Birigui Estado de São Paulo CNPJ / MANIFESTAÇÃO À RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 44/2013 De Acordo: Pedro Felício Estrada Bernabé Prefeito Municipal Birigui, 04 de julho de 2.013. OBJETO: Registro de preços para aquisição de baterias automotivas

Leia mais

O SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS E O CARONA. Sérgio Veríssimo de Oliveira Filho

O SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS E O CARONA. Sérgio Veríssimo de Oliveira Filho 115 O SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS E O CARONA Sérgio Veríssimo de Oliveira Filho Procurador do Município de Londrina, lotado no Setor de Licitações, Contratos e Convênios Administrativos da Gerência de

Leia mais

DECRETO Nº , DE 25 DE NOVEMBRO DE 2015.

DECRETO Nº , DE 25 DE NOVEMBRO DE 2015. DECRETO Nº 19.224, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2015. Estabelece os critérios e os percentuais máximos, relativos às taxas de Benefícios e Despesas Indiretas (BDI), a serem aplicados na elaboração do orçamento

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana Estado do Rio de Janeiro Coordenadoria de Compras e Licitações. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n.

Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana Estado do Rio de Janeiro Coordenadoria de Compras e Licitações. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. 033/2013 PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS n. 033/2013 PROCESSO n. 11.233/2012 Aos vinte e dois dias do mês de maio do ano de 2013, a Prefeitura Municipal de Bom Jesus

Leia mais

CONTRATAÇÃO DIRETA NO ÂMBITO DO RDC

CONTRATAÇÃO DIRETA NO ÂMBITO DO RDC CONTRATAÇÃO DIRETA NO ÂMBITO DO RDC Marçal Justen Neto LL.M em Direito Público pela London School of Economics - LSE Advogado de Justen, Pereira, Oliveira e Talamini 1. Introdução A legislação do Regime

Leia mais

II FÓRUM PREGÃO ELETRÔNICO NA USP Bolsa Eletrônica de Compras: Utilização & Funcionalidade

II FÓRUM PREGÃO ELETRÔNICO NA USP Bolsa Eletrônica de Compras: Utilização & Funcionalidade II FÓRUM PREGÃO ELETRÔNICO NA USP Bolsa Eletrônica de Compras: Utilização & Funcionalidade Tópicos Embasamento Legal Cenário das Compras na USP Módulo de Compras Web no Sistema Mercúrio Compatibilização

Leia mais