Seu filho recebeu diagnóstico de Diabetes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seu filho recebeu diagnóstico de Diabetes"

Transcrição

1 Seu filho recebeu diagnóstico de Diabetes

2 Índice Página 1. Seu filho recebeu diagnóstico de diabetes 3 2. O que é diabetes? 3 3. Controlando o diabetes 4 4. Como ficarei sabendo quanto meu filho/filha precisa comer? 5 5. Há alimentos que afetam o nível de glicemia, mais do que outros 5 6. Alimentação saudável diariamente 6 7. Meu filho tem permissão para comer doces 8. Atividades físicas e esportivas 9. Verificação da glicemia 10. Como e quando deve ser monitorada a glicemia? 11. Por que os níveis glicêmicos da criança podem variar? 12. Hipoglicemia ou nível baixo de glicemia 13. Hiperglicemia ou nível elevado de glicemia 14. Cetoacidose diabética 15. Problemas de saúde relacionados 16. Insulina 17. Convivendo com o diabetes 18. Observações finais

3 1. Seu filho recebeu diagnóstico de diabetes Quando seu filho ou sua filha recebeu o diagnóstico de diabetes, provavelmente você sentiu-se confuso e assustado, com muitas dúvidas passando pela sua cabeça. Como é que isso foi acontecer? O que eu fiz, para que meu filho/filha tivesse diabetes? A resposta mais simples e clara é: Ninguém tem culpa Nem você, nem a criança, nem ninguém poderia ter feito nada para evitar. O diabetes iria desenvolver-se, de qualquer maneira. Na verdade, foi até bom que o médico tenha descoberto que seu filho/filha tem diabetes, porque agora você vai saber como controlar e poderá ajudar seu filho/filha a crescer saudável. Quando acontece uma coisa dessas, você acaba descobrindo que a vida continua. E, de uma coisa você pode ter certeza: você irá lidar com a situação, da mesma forma que outros pais de crianças com diabetes já vêm fazendo, porque o diabetes vai se tornar mais fácil de controlar do que é para você, agora, no começo. Evidentemente, você está diante de um grande desafio. Você irá enfrentar uma série de novas tarefas, para as quais você terá que arranjar tempo. Você terá que trabalhar direto, junto com a criança, para desenvolver um estilo de vida equilibrado, com refeições saudáveis, e seguindo o tratamento recomendado. Agora a criança está precisando de sua ajuda e suporte, mas logo ela saberá como fazer o diabetes encaixar-se em sua vida. Aceite todo o suporte disponível em seu dia a dia. Uma equipe de profissionais sua equipe de diabetes estará sempre à sua disposição, mesmo nas situações difíceis. Além disso, existe uma ampla variedade de fontes de informações e de organizações de apoio. Não há nenhum motivo para que você tenha que estar sozinho para lidar com essa situação. 2. O que é Diabetes? Diabetes é uma condição que torna o organismo incapaz de processar a glicose, um açúcar presente na maioria dos alimentos que comemos, e a principal fonte de energia do organismo. O hormônio chamado insulina, produzido pelo pâncreas, converte a glicose em energia vital. Pessoas com diabetes ou não produzem insulina, ou produzem muito pouco, em quantidade insuficiente para que o organismo realize a conversão de glicose em energia. Se a glicose não for devidamente processada, ela vai-se acumulando no sangue, ocasionando inúmeros sintomas que afetam a saúde e o bem-estar das pessoas com diabetes. Existem dois tipos de diabetes: Diabetes Tipo 1, na qual o pâncreas não produz insulina; e Tipo 2, na qual o pâncreas não produz insulina suficiente, e a quantidade produzida é ineficaz. Normalmente, o diabetes Tipo 2 ocorre mais tarde, na vida. Em geral, crianças com diabetes têm o Tipo 1 e dependem de tratamento diário com insulina, para que seus organismos assimilem os alimentos que elas ingerem. O diabetes ainda não tem cura. Porém, com controle adequado, com um planejamento saudável das refeições, exercícios físicos, medicamento e monitoramento frequente da glicemia (taxa de glicose no sangue), as crianças com diabetes podem aprender a evitar complicações, tendo uma vida normal e participando de todas as atividades escolares. Planos bem-sucedidos de tratamento do diabetes ajudam as crianças a se desenvolverem normalmente, tanto de forma física quanto emocionalmente, mantendo o controle de seus níveis de glicemia. 3

4 3. Controlando o Diabetes 3. Controlando o Diabetes Embora o diabetes ainda não tenha cura, há muitas coisas que você e seu filho/filha podem fazer para mantê-lo sob controle. Esse controle significa, basicamente, manter os níveis de glicemia da criança dentro de uma faixa de valores recomendada pelo médico. A regrinha fundamental é a seguinte: alimentos e estresse normalmente aumentam o nível de glicose, e insulina e medicamento oral abaixam o nível de glicose. Fazer exercícios físicos e verificar regularmente a glicemia ajudam a manter os níveis de glicemia dentro da faixa de valores recomendada. Basicamente, funciona como os pratos de uma balança. Mas, nem sempre, as coisas são tão simples quanto parecem. O controle do diabetes exige uma grande dose de disciplina na vida diária. Você pode ajudar seu filho/filha incentivando-o(a), dando explicações, mas também mantendo a calma, quando as coisas não correm tão bem. Porém, se seu filho/filha ainda for muito pequeno, a principal responsabilidade é sua. Crianças um pouco mais velhas vão querer ser independentes e controlar elas mesmas o diabetes. Mesmo assim, por mais que seu filho/filha seja independente, ele/ela irá precisar de seus cuidados. Uma equipe de especialistas pode ajudar você e seu filho/filha a controlar o diabetes. Uma alimentação adequada é um dos aspectos mais importantes do controle do diabetes. Tendo em vista que o organismo precisa de insulina para conseguir utilizar o alimento que consome, a criança precisará manter um equilíbrio correto entre as aplicações de insulina e ingestão de alimentos. Servir pequenas quantidades de alimento, distribuídas ao longo do dia, faz com que a criança receba os nutrientes e vitaminas necessários. Também é importante evitar alimentos ricos em gorduras, sal e açúcar. Um nutricionista especializado em diabetes irá ajudar você a estabelecer um plano alimentar adequado e explicará a você e seu filho/filha algumas informações nutricionais que serão muito úteis. A melhor dieta para seu filho/filha vai depender do tipo de tratamento que ele/ela está recebendo. No caso de tratamentos convencionais com insulina (doses fixas de insulina), prescritos a crianças com diabetes tipo 1, você e a criança precisam estar seguros de que ela: irá se alimentar no mesmo horário, aproximadamente, todos os dias. não irá pular refeições ou lanches. comerá a quantidade certa, em cada refeição. Essa equipe é formada por: O médico diabetologista ou endocrinologista da criança. Um nutricionista com especialização para trabalhar com crianças com diabetes. Um educador em diabetes. Um oftalmologista (médico especialista em olhos), porque o diabetes pode causar problemas aos olhos, se não estiver bem controlado. Um assistente social ou psicólogo que irá ajudar a criança a lidar com suas preocupações e a esclarecer suas dúvidas. 4

5 4. Como ficarei sabendo quanto meu filho/filha precisa comer? Quando ingerimos alimentos que contêm carboidratos é necessário insulina, por isso, os alimentos são divididos em dois grupos: alimentos com carboidratos e alimentos com pouquíssimo, ou nenhum carboidrato. A maneira mais simples de controlar o plano alimentar de seu filho/filha é fazendo a contagem de carboidratos. O médico irá estabelecer a quantidade de insulina que é preciso injetar para cada quantidade de carboidrato (relação insulina : carboidrato), com base na ingestão diária de carboidratos. Essa quantidade pode ir-se alterando ao longo do tempo e, portanto, deve ser constantemente acompanhada. 5. Há alimentos que afetam o nível de glicemia, mais do que outros A glicemia de seu filho/filha irá aumentar pouco, se ele/ela comer: cereais (trigo, milho, arroz, centeio e outros grãos de espigas) ou produtos de cereais parcial ou totalmente integrais; verduras e folhas; produtos não adoçados; sementes oleaginosas (amêndoas, castanhas, amendoins, etc.), leguminosas (feijões, ervilhas, lentilhas, grão-de-bico e outras vagens). A glicemia aumentará mais rapidamente quando a criança com diabetes comer qualquer alimento feito com farinha de trigo branca, ou que contenha açúcar, bebidas adoçadas com açúcar, pois o açúcar vai, praticamente, direto para a corrente sanguínea da criança. Em geral, pode-se dizer que a glicemia de seu filho/filha irá elevar-se menos: - se o alimento for mais sólido, ou menos líquido, quanto maior for o teor de proteína ou gordura (o excesso de qualquer um dos dois, deverá ser evitado), - quando o alimento for menos processado - quanto menor for o conteúdo de açúcar ou farinha de trigo da refeição. 5

6 6. Alimentação saudável diariamente Dependendo do tipo de tratamento, i.e. convencional ou com sistema de infusão contínua de insulina, poderá ter um plano alimentar restrito, ou menos restrito. Um(a) nutricionista pode ajudar você a montar um plano alimentar saudável e equilibrado, para seu filho/filha. Para a criança, nem sempre é fácil seguir um plano alimentar. Um amiguinho pode convidar para uma festinha de aniversário com todos aqueles doces que as crianças adoram... Se isso acontecer de vez em quando, não se preocupe, desde que seja uma exceção. Tente explicar a seus filho/filha que você precisa saber dessas festinhas com antecedência, para que elas possam ser encaixadas no plano alimentar. Ao mesmo tempo, você precisa lembrar-se de que seu filho/filha não gostaria de sentir-se diferente de seus amiguinhos e amiguinhas. Porém, tenha sempre em mente que manter um plano alimentar saudável é um dos fatores mais importantes, quando o assunto é controle do diabetes. 7. Meu filho tem permissão para comer doces? Toda a criança gosta de doces. Alimentos que contêm açúcar, como docinhos e sobremesas, podem ser consumidos com moderação. Mas, tendo em vista que eles fazem subir os níveis glicêmicos de seu filho/filha, é bom ter sempre muito cuidado. O melhor é comer o doce logo depois de uma refeição grande. Também é melhor que esses itens contenham gorduras ou proteínas; bolos, confeitos e sobremesas são menos perigosos se forem feitos com farinha integral. O grande desejo de comer algo doce, por sua vez, pode ser vencido comendo-se carboidratos na forma de cereais, frutas e laticínios, e fazendo muito exercício físico ao ar livre. Porém, podemos recomendar o uso de adoçantes, cuja contagem de carboidratos é zero. Seu filho/filha pode ingerir refrigerantes, iogurtes e geleias de frutas adoçados com adoçantes artificiais. Por outro lado, não se recomendam substitutos do açúcar, como frutose, sorbitol e outras substâncias adicionadas normalmente em sobremesas especiais para diabéticos, pois se ingeridas em grandes quantidades, podem provocar indigestão. É por isso que tais substâncias não estão recomendadas nas diretrizes internacionais sobre diabetes. 6

7 8. Atividades Físicas e Esportivas Os benefícios dos exercícios físicos no tratamento do diabetes já foram estabelecidos há tempos. Crianças com diabetes precisam exercitar-se regularmente pois isso ajuda a equilibrar sua ingestão de alimentos e insulina, e pode ajudar a baixar os níveis de glicose no sangue. Fazer exercícios físicos, por meio de esportes organizados pode ser especialmente benéfico, pois os esportes coletivos ajudam as crianças a sentirem-se integradas com os colegas. Todavia, crianças com diabetes devem ter atividades físicas planejadas, incluindo ingestão de alimento antes, depois e, às vezes, durante os exercícios físicos. O momento e a quantidade de alimento podem ser determinados fazendo testes de glicemia antes de iniciar uma atividade. Os pais precisam ser informados se algum evento ou atividade especial for afetar os horários das refeições as crianças não podem fazer exercícios físicos caso apresentem sintomas de hipoglicemia. 9. Verificação da glicemia Os níveis de glicemia de seu filho/filha mostram a efetividade e o sucesso de seu plano de tratamento do diabetes. Por isso, é importante verificar regularmente seus níveis de glicemia. O tratamento pode ser ajustado para adequarse às necessidades da criança, e pode evitar subidas e descidas desnecessárias de seus níveis de glicemia. Quais devem ser os níveis de glicemia de seu filho/filha? Normalmente, é o médico que irá decidir com você qual é a faixa meta ideal. O padrão é: Objetivos Glicêmicos e de hemoglobina glicada por idade IDADE PRÉ-PRANDIAL (mg/dl) PÓS-PRANDIAL (mg/dl) HEMOGLOBINA GLICADA (%) Menos de 6 anos 100 a a 200 Mais de 7,5 e menos de 8,5 De 6 a 12 anos 90 a a 180 Menos de 8 De 13 a 19 anos 90 a a 150 Menos de 7 a 7,5 Fonte: Diretrizes SBD

8 10. Como e quando deve ser monitorada a glicemia? Os níveis de glicemia de uma criança com diabetes devem ser verificados, pelo menos, quatro vezes por dia. Se seu filho/filha estiver em regime intensivo de insulina, as medições devem ser mais frequentes. O médico(a) da criança lhe dará instruções mais detalhadas. Para verificar o nível de glicemia obtém-se uma pequena gota de sangue, da ponta de um dos dedos da mão. Com a ajuda de lancetadores especiais, como o Accu-Chek Multiclix e Accu-Chek Softclix, que visam minimizar a dor, é feita uma minúscula picada. É necessário um kit de teste para verificar a glicemia da criança. Esse kit pode incluir: Monitores de glicemia como o Accu-Chek Active, Accu-Chek Performa e Accu-Chek Performa Nano. Escolha o monitor com o qual você e seu filho/filha sintam-se mais à vontade. Um lancetador para obter uma minúscula gota de sangue (um aparelho praticamente indolor que comporta 6 lancetas em um tambor é o Accu-Chek Multiclix) Tiras de teste, nas quais o sangue é aplicado, ou que absorvem automaticamente o sangue um diário do diabetes para anotar cada leitura, ou um diário eletrônico que mantém um registro de cada leitura. O médico(a) ou a enfermeira podem ajudar você a escolher os produtos que melhor atendam suas necessidades pessoais. A criança não tem necessidade de desinfetar os dedos, antes de fazer uma medição. Basta lavar bem as mãos, pelo simples motivo de que pode ficar algum resíduo de alimento misturado ao sangue, e isso pode distorcer as medições da glicemia. Se seu filho/filha ainda for muito pequeno, você é quem deve fazer o procedimento. Porém, assim que a criança entrar na escola, ela ja deverá fazer, ela mesma, os testes. Certifique-se de que a criança saberá anotar os resultados no diário. Crianças maiores e adolescentes, geralmente têm preguiça de fazer as medições e anotações. Porém, isso é importante porque os resultados cuidadosamente documentados irão garantir que o médico tenha um quadro completo para poder ajustar o tratamento com insulina. 11. Por que os níveis glicêmicos da criança podem variar? Os níveis de glicemia podem inverter-se facilmente ou quando a criança está crescendo muito depressa, ou por estresse, ou por alterações hormonais. Isso não tem que ser, necessariamente, um problema pois, muitas vezes, os níveis voltam sozinhos à normalidade. Apesar disso, é importante saber reconhecer quando a situação é séria para que você e a criança possam reagir correta e imediatamente. Parentes, amigos, professores ou qualquer pessoa que fique frequentemente com a criança também devem saber o que fazer. Além do mais, nunca se sabe quando a criança irá precisar subitamente de ajuda. Evidentemente, seu filho/filha deverá estar sempre carregando uma identificação médica informando que ele/ela tem diabetes. Sempre que você observar sintomas descritos numa das categorias a seguir, e não tiver certeza do que fazer, entre imediatamente em contato com o médico da criança. Ele informará exatamente o que fazer. 8

9 12. Hipoglicemia ou nível baixo de glicemia A hipoglicemia ocorre quando a quantidade de glicose no sangue cai a níveis abaixo de 60mg/dL. Essa queda pode ocorrer se a criança tiver feito mais exercícios físicos do que de costume, se não se alimentou na hora, se deixou de fazer ou atrasou alguma refeição, ou se aplicou uma quantidade excessiva de insulina. Hipoglicemia, o problema mais frequente de crianças com diabetes, é uma situação de emergência. Pode acontecer em minutos, numa criança com aparência saudável e normal, por isso, é importante agir imediatamente. Crianças em idade escolar podem, normalmente, identificar seus próprios sintomas e sabem como avisar um adulto ou um cuidador, quando sentem que estão com uma queda de glicemia. Contudo, em crianças muito pequenas que não conseguem expressar como se sentem, é importante monitorar cuidadosamente o comportamento, em busca de sintomas. Sintomas de hipoglicemia: Tremedeira, tremores Fome excessiva Fadiga, sonolência Palidez Irritabilidade, choro Tontura Falta de concentração, dispersão Desmaio e perda de consciência Suor excessivo Falta de coordenação Fala pastosa Pulso acelerado (Taquicardia) Visão embaçada Dor de cabeça Nervosismo Ansiedade O quê você pode fazer se uma criança sob seus cuidados apresentar sintomas de hipoglicemia? É fundamental, no primeiro sinal de hipoglicemia, dar açúcar imediatamente, para ajudar a controlar o nível de glicemia. Dê à criança, uma das seguintes coisas: Sachê de glicose (15g) 15 ml (3 colheres de chá) ou 3 tabletes de açúcar em ½ copo d'água 175 ml (3/4 xícara) de suco de fruta ou refrigerante comum 15 ml (1 colher de sopa) de mel Espere minutos. Se não houver melhora, repita o tratamento. Se faltar mais de uma hora para a próxima refeição, ou se a criança for fazer alguma atividade física, dê-lhe um lanche, como meio sanduíche ou queijo e biscoitos (algum alimento com 15 g de carboidratos e uma fonte de proteína). Não deixe a criança sozinha, até que ela esteja completamente recuperada. É muito importante que a criança esteja acompanhada por uma pessoa responsável, se tiver que voltar para casa. Não deixe de informar aos pais sobre a ocorrência da hipoglicemia, para que eles possam resolver o problema com o médico. Se a criança perder a consciência, tiver convulsão, ou não conseguir engolir, deite-a de lado e não lhe dê bebida nem alimento. Se houver uma enfermeira na escola, chame-a imediatamente, e se tiver glucagon aplique-o imediatamente, na dose de 0,5mg SC, a menores de 5 anos, e 1mg, a maiores de cinco anos e ligue para os pais da criança e/ou para um médico. Fonte: Diretrizes SBD

10 13. Hiperglicemia ou nível elevado de glicemia Normalmente, a hiperglicemia é causada por falta de insulina ou por excesso de alimento. Ela também pode ocorrer quando o organismo está sob estresse causado por um resfriado ou gripe. Em geral, não há necessidade de tratamento de emergência, mas você precisa conversar com seu médico, para alinharem a melhor maneira de manter a glicemia dentro do controle. Se a hiperglicemia não for controlada, ela pode levar à cetoacidose, uma condição séria, que exige cuidados médicos imediatos. Os sintomas da hiperglicemia podem incluir sede excessiva, fadiga, fraqueza, urinar frequentemente e visão embaçada pela hiperglicemia, desidratação, vômito e dor abdominal pela cetoacidose. O que você e a criança devem fazer? verificar mais regularmente a glicemia beber mais (água, chá) exames de urina de cetonas e glicose para reconhecimento precoce de descompensação metabólica se a criança recebe insulina: injetar insulina de ação rápida da maneira indicada pelo médico para que a glicemia da criança volte aos níveis de sua faixa alvo entrar em contato com o médico 14. Cetoacidose Diabética Casos graves ou mais prolongados de hiperglicemia (geralmente envolvendo níveis de glicose acima dos 300 mg/dl) podem causar cetoacidose. Essa pode ser uma condição muito séria. Ocorre quando não há insulina no organismo para ajudar a fazer a glicose entrar nas células, de modo que as células começam a decompor gorduras em busca de energia. Quando as gorduras são decompostas, o organismo produz cetonas. Cetonas podem ser perigosas se permanecerem por muito tempo no corpo. Um exame de urina é a melhor maneira de detectar cetonas e glicose na criança. Se seu filho/filha está sem comer por algum tempo, i.e. após uma noite de sono, muitas vezes podem ser detectadas cetonas, embora não seja detectada glicose e os níveis de glicemia estejam normais. Essa é conhecida como acetona de fome, um fenômeno que não é perigoso e pode ser facilmente controlado alimentando-se no café da manhã. No entanto, se cetonas e glicose forem encontrados na urina, este é sempre um sinal de falta de insulina e indica descompensação metabólica, ou cetoacidose. Nesse caso, a criança precisará injeção de insulina e hidratação. Os sintomas ou sinais de alerta, típicos da cetoacidose são: sensação de náusea vômito dor abdominal sentir-se mal fraqueza muscular tontura, e até entrar em coma, que pode ter consequências críticas 10

11 15. Problemas de saúde relacionados Se todas as pessoas envolvidas no tratamento do diabetes de seu filho/filha diabetes atuarem de forma correta e consciente, as complicações de longo prazo do diabetes podem ser evitadas ou, pelo menos, adiadas por anos. Porém, se seu filho/filha não controlar a glicemia regularmente, ou se não tomar os medicamentos conforme instruções do médico, juntamente com as complicações agudas, já descritas, podem ocorrer complicações de longo prazo. Entre essas complicações, citamos: lesão nos vasos sanguíneos da retina perda da função renal danos aos nervos, especialmente nos pés complicações cardiovasculares, doença cardíaca e derrame Normalmente, essas complicações relacionadas ao diabetes surgem causadas pelos níveis elevados de glicemia e por pressão alta. Essa dupla causa dano a pequenos vasos sanguíneos e aos vasos capilares dos olhos, dos rins e também aos vasos maiores, do coração e do cérebro. Em geral, essas complicações só se desenvolvem depois que uma pessoa já vem tendo diabetes há uns 10 a 12 anos, e muito raramente na infância. Apesar disso, os exames regulares devem ser iniciados na infância para reduzir o risco das complicações de longo prazo. O médico lhe dará mais informações sobre esse tema. Assim que algum sinal de cetoacidose for detectado leve a criança ao médico, ou vá direto ao hospital mais próximo pois essa é uma condição séria e com ameaça de vida. 16. Insulina Pessoas com diabetes Tipo 1 e algumas com Tipo 2 tomam insulina. Insulina é um hormônio produzido no pâncreas. Nas pessoas saudáveis, insulina é a chave que abre as células para a entrada da glicose que foi extraída dos carboidratos, durante a digestão. Sem insulina, os níveis de glicose sobem rapidamente no sangue e, para gerar o combustível de que necessita, o organismo começa a decompor suas próprias gorduras. Se o organismo não produz sua própria insulina, ou se produz em quantidade insuficiente, a insulina precisa ser obtida de uma fonte externa. No momento, a única maneira de fazer isso é injetando insulina no tecido subcutâneo, ou com uma seringa, ou com uma caneta de insulina, ou usando bomba de insulina. Se a insulina fosse administrada em forma de comprimidos ou de xarope, ela seria digerida pelo estômago e perderia todo o efeito. 11

12 16. Insulina Opções de tratamento Basicamente, existem três opções de tratamento com insulina. O médico de seu filho/filha ajudará você a decidir qual é a melhor opção para a criança. O tratamento convencional com insulina envolve a injeção de uma dose específica de insulina 2 a 4 vezes por dia, em horários determinados, além da ingestão de uma quantidade correspondente de carboidratos. O tratamento com basal-bolus de insulina, também conhecido como tratamento intensivo proporciona muito mais flexibilidade, mas exige muito maior conhecimento e habilidade. Esse tipo de tratamento é feito pela aplicação de uma insulina de ação lenta que cobrem a necessidade básica de insulina da criança. Além disso, várias vezes por dia é injetada a chamada dose bolus de insulina, com insulina de ação rápida, para compensar à quantidade de carboidratos consumidos. Também são administradas doses suplementares para corrigir a glicemia da criança, quando ela estiver fora da faixa-alvo. Tratamentos com sistema de infusão contínuo de insulina fazem com que a insulina vá sendo injetada o tempo todo, por meio de um cateter (um tubinho fino e uma cânula que vai liberando a insulina da bomba para o tecido subcutâneo). A bomba de insulina é um aparelho que contém insulina, e pode ser usado preso a um cinto ou num bolso da calça ou da camisa. O SICI (Sistema de infusão contínua de insulina) é conectado ao corpo por meio de um conjunto de infusão ou cateter. O médico da criança poderá lhe dizer se essa opção de tratamento seria a melhor para seu filho/filha. O sistema de infusão contínua de insulina, por exemplo, Accu-Chek Combo, pode proporcionar o máximo de flexibilidade na vida diária da criança por está permanentemente administrando exatamente a dose certa de insulina, e compensa, de maneira inteligente, alguma refeição fora do programa ou o excesso de exercício físico. No entanto, o sistema de infusão contínua de insulina exige que você e a criança aprendam a programá-lo, e ele deve ser usado o tempo todo (exceto no banho e na natação). Com o sistema a criança também precisa testar regularmente a glicemia e seguir um plano alimentar. Como injetar a Insulina Normalmente, aplicará a insulina por meio de uma seringa ou uma caneta de insulina. No começo, você injetará a insulina na criança, mas com o tempo a criança aprenderá a injetar-se. Uma criança maiorzinha aprende rapidamente a fazer isso. O médico decidirá com você e com seu filho/filha com qual frequência e quais as doses de insulina a criança deverá receber e, se for o caso, ensinará como misturar a dose. O local da injeção precisa ser lavado antes de administrar a injeção. Em geral, a criança não precisa desinfetar a pele, exceto se não houver condições de lavar o local. Como guardar a Insulina O melhor é que a insulina seja guardada na geladeira, entre +2 a +10 graus Célsius. Frasco de insulina aberto, guardado em temperatura ambiente não deverá ser usado por mais de 3 a 6 semanas. Nunca deixe a insulina no freezer, em ambientes quentes, ou sob a luz solar direta, pois qualquer dessas situações prejudicará a efetividade do medicamento. 12

13 17. Convivendo com o Diabetes 17. Convivendo com o Diabetes Na pré-escola e escola O diabetes de seu filho/filha não impedirá que ele/ela frequente uma pré-escola. Na escola, a criança também poderá fazer todas as atividades. Muitas das crianças e professoras raramente irão perceber que seu filho/filha tem diabetes. A melhor maneira de evitar mal-entendidos é informar a todas as pessoas envolvidas não apenas quem cuida ou os amiguinhos, mas também babás, professores de educação física e outras pessoas que têm contato regular com a criança. Seria bom se fosse feita uma reunião com todos, no começo do ano letivo. Seria bom, também, se você lhes passasse algo por escrito, um tipo de carta, explicando o que é diabetes, porque e o quê a criança precisa alimentar-se regularmente, o quê fazer em caso de hipoglicemia e hiperglicemia, e para quem ligar, em caso de emergência. Pensando nisso, criamos um manual com diretrizes para professores de crianças com diabetes. Em viagens Viajar, especialmente sair de férias, é sempre uma grande aventura, para as crianças. Não deixe que o diabetes de seu filho/filha prenda você e a criança em casa! De maneira geral, você pode viajar, sempre que quiser. Se você seguir algumas recomendações gerais, durante a viagem, quase certamente você terá uma viagem tranquila: Antes de sair, verifique se você e a criança sabem tudo o que precisam sobre o diabetes e sobre o tratamento. Antes de sair, informe-se ao máximo sobre os costumes e culinária do local para onde vocês vão. Converse com o médico da criança, antes de viajar. Pode ser que ele sugira uma opção de tratamento diferente. Ele também pode fazer uma receita de medicamento inclusive remédios para alguma emergência Quando estiver em viagem perceba se a criança está testando a glicemia mais frequentemente do que de costume, para que você possa reagir mais rapidamente, se os níveis saírem da faixa-alvo. Não se preocupe demais, se algum teste estiver anormal: mantenha a calma e curta as férias. Não deixe de levar os seguintes itens: insulina mais do que o suficiente, tiras de teste e lancetas um kit de reserva: monitor de glicemia, baterias, caneta de insulina, seringas ou bomba de insulina sachês de glicose e bebidas adoçadas lanche de emergência (para o caso de engarrafamentos de tráfego, greves de transportes, etc.) uma pulseira ou pendente de identificação médica (com informações em vários idiomas, se for o caso) informando que a criança tem diabetes possivelmente uma bolsa térmica para insulina medicamentos (aconselhe-se com o médico da criança) se forem passar de fusos horários, converse com o médico da criança tenha o endereço de um hospital ou de um médico, próximo de onde vocês irão ficar não despache a insulina em caso de viagem de avião, leve-a sempre com você 13

14 18. Observações finais 18. Observações finais Esperamos que este guia tenha conseguido lhe dar alguma ideia do trabalho que você tem pela frente, de como lidar com situações inesperadas, de onde buscar ajuda, do que você precisa estar alerta, e de outros aspectos. Se você apenas deu uma espiada no guia, se leu apenas algumas partes, ou se leu tudo com atenção: este guia continuará sendo útil no futuro se quiser certificar-se de algo, se surgir alguma dúvida específica, ou mesmo que você queira apenas recapitular seu conhecimento, de vez em quando. Conviver com diabetes é um processo de aprendizagem dedique-se, e aprenda, aos poucos, como cuidar do diabetes de seu filho/filha, de modo a melhor atender a você e a criança. Logo, logo, para você e para seu filho/filha, o diabetes fará parte, naturalmente, do dia-a-dia uma rotina diária que será tão interessante, tão excitante e, na verdade, tão normal como era antes do diagnóstico. Cada criança é única, é uma pessoinha muito especial com ou sem diabetes. Logo você verá que você e seu filho/filha estarão vivendo vidas normais mesmo com diabetes. 14

15 ACCU-CHEK é uma marca registrada Roche Roche

Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes

Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes Índice Página 1. Aprendendo a conviver com o diabetes. 3 2. O que é diabetes? 4-5 3. Hiperglicemia e Cetoacidose. 6 4. Planeje com antecedência.

Leia mais

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog DICAS PARA UTILIZAÇÃO DESTA CARTILHA 1. Você pode distribuí-la para todos os

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

Quais são os sintomas? O sucesso no controle do diabetes depende de quais fatores? O que é monitorização da glicemia? O que é diabetes?

Quais são os sintomas? O sucesso no controle do diabetes depende de quais fatores? O que é monitorização da glicemia? O que é diabetes? Quais são os sintomas? Muita sede, muita fome, muita urina, desânimo e perda de peso. Esses sintomas podem ser observados antes do diagnóstico ou quando o controle glicêmico está inadequado. O aluno com

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR A Diabetes afeta cerca de 366 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 1 milhão de Portugueses. A cada 7 segundos morre no Planeta Terra

Leia mais

NOSSO ALUNOCOM DIABETES

NOSSO ALUNOCOM DIABETES NOSSO ALUNOCOM DIABETES NOSSO ALUNOCOM DIABETES Estamos fornecendo algumas informações importantes sobre diabetes para auxiliar a equipe da escola na rotina escolar do aluno com Diabetes. Quando houver

Leia mais

Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes

Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes Diabetes é uma doença ocasionada pela total falta de produção de insulina pelo pâncreas ou pela quantidade insuficiente da substância no corpo. A insulina

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

0800 30 30 03 www.unimedbh.com.br

0800 30 30 03 www.unimedbh.com.br ANS - Nº 34.388-9 0800 30 30 03 www.unimedbh.com.br Março 2007 Programa de Atenção ao Diabetes O que é diabetes? AUnimed-BH preocupa-se com a saúde e o bem-estar dos seus clientes, por isso investe em

Leia mais

Como viver bem com diabetes

Como viver bem com diabetes Como viver bem com diabetes Sumário 3 5 7 8 10 12 14 15 16 17 19 O que é diabetes? Como saber se tenho diabetes? Por que controlar bem o diabetes? Alimentação Por que fazer exercícios físicos? Tratamento

Leia mais

Que tipos de Diabetes existem?

Que tipos de Diabetes existem? Que tipos de Diabetes existem? -Diabetes Tipo 1 -também conhecida como Diabetes Insulinodependente -Diabetes Tipo 2 - Diabetes Gestacional -Outros tipos de Diabetes Organismo Saudável As células utilizam

Leia mais

Diabetes. Introdução. Sintomas

Diabetes. Introdução. Sintomas Diabetes Introdução A diabetes desenvolve-se quando o organismo não consegue controlar a quantidade de glicose (açúcar) no sangue. Isto pode acontecer se o corpo não produzir quantidades suficientes da

Leia mais

Guia de viagem. O kit de emergência

Guia de viagem. O kit de emergência Guia de viagem Viajar é sempre muito bom. Mesmo em uma viagem de negócios, é possível aproveitar. De férias, então, todo mundo gosta. Mas, para garantir a tranquilidade do passeio, é preciso planejar,

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

Diabetes Gestacional

Diabetes Gestacional Diabetes Gestacional Introdução O diabetes é uma doença que faz com que o organismo tenha dificuldade para controlar o açúcar no sangue. O diabetes que se desenvolve durante a gestação é chamado de diabetes

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

D I R E T O R I A D E S A Ú D E

D I R E T O R I A D E S A Ú D E Saúde In Forma Junho/2013 Dia 26 de Junho Dia Nacional do Diabetes Diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue. A glicose é a principal fonte de

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

Diário de Glicemia. Uma ferramenta para ajudar no controle da glicemia

Diário de Glicemia. Uma ferramenta para ajudar no controle da glicemia Diário de Glicemia Uma ferramenta para ajudar no controle da glicemia Seu diário de glicemia Período do diário: de até Dados Pessoais: Nome Endereço Cidade Estado CEP Telefones Dados do médico: Nome Telefones

Leia mais

O que é diabetes mellitus tipo 2?

O que é diabetes mellitus tipo 2? O que é diabetes mellitus tipo 2? Todas as células do nosso corpo precisam de combustível para funcionar. O principal combustível chama-se glicose, que é um tipo de açúcar. Para que a glicose consiga entrar

Leia mais

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia).

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia). diabetes Quando Acidente a glicemia vascular (glicose cerebral no sangue) (tromboses), sobe, o pâncreas uma das principais O que Quais é a diabetes? as complicações associadas à diabetes? produz causas

Leia mais

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Governo do Estado da Bahia Jacques Wagner Secretário de Saúde do Estado da Bahia Jorge José Santos Pereira Solla Superintendência de Atenção

Leia mais

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS 2013 Diretoria Executiva Diretor-Presidente: Cassimiro Pinheiro Borges Diretor Financeiro: Eduardo Inácio da Silva Diretor de Administração: André Luiz de Araújo Crespo

Leia mais

Alimentação e Hidratação para a prática de Atividade Física

Alimentação e Hidratação para a prática de Atividade Física LAHOR CLÍNICA MÉDICA Tatiana Oliveira Nutricionista - CRN 7508 Rua Mário Amaral, 267 - Paraíso - SP Tel/Fax: (11) 3884-7127 Tel: (11) 3051-5554 Alimentação e Hidratação para a prática de Atividade Física

Leia mais

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós Trabalho elaborado por: Enf. Anabela Queirós O que é a diabetes? Uma doença que dura toda vida Provocada pela ausência ou perda de eficácia da insulina; Provoca a subida de açúcar no sangue A diabetes

Leia mais

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar 25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar O açúcar pode ser ótimo para o nosso humor, mas é péssimo para a nossa saúde. O excesso dele conduz à obesidade, diabetes, ao câncer, entre outros. Às vezes, muitos

Leia mais

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física A Importância dos Alimentos Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

INTRODUÇÃO. Diabetes & você

INTRODUÇÃO. Diabetes & você INTRODUÇÃO Diabetes & você Uma das coisas mais importantes na vida de uma pessoa com diabetes é a educação sobre a doença. Conhecer e saber lidar diariamente com o diabetes é fundamental para levar uma

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel DIABETES MELLITUS Diabetes mellitus Definição Aumento dos níveis de glicose no sangue, e diminuição da capacidade corpórea em responder à insulina e ou uma diminuição ou ausência de insulina produzida

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Dicas Para Emagrecer com Saúde

Dicas Para Emagrecer com Saúde 2011 www.blog.vivaplenamente.com Página 1 DIREITOS DE DISTRIBUIÇÃO Você pode distribuir este e-book livremente, assim como presenteá-lo a través do seu site ou blog aos seus visitantes e clientes. A única

Leia mais

CLÍNICA UPTIME TRATAMENTO DA DOR E PROBLEMAS EMOCIONAIS OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO. (segunda parte) A ESCOLHA

CLÍNICA UPTIME TRATAMENTO DA DOR E PROBLEMAS EMOCIONAIS OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO. (segunda parte) A ESCOLHA OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO (segunda parte) A ESCOLHA Responda à seguinte pergunta: Você gosta de carro? Se você gosta, vamos em frente. Escolha o carro de seus sonhos: Mercedes,

Leia mais

7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber. Até mesmo as comidas consideradas "magras" pedem consumo moderado

7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber. Até mesmo as comidas consideradas magras pedem consumo moderado 7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber Até mesmo as comidas consideradas "magras" pedem consumo moderado Por Roberta Vilela - publicado em 26/11/2010 Mudança dos hábitos alimentares A mudança

Leia mais

type 2 diabetes Um projeto da O QUE É DIABETES? * TIPO 1 * TIPO 2 Um pacote educativo para informar sobre diabetes nas escolas

type 2 diabetes Um projeto da O QUE É DIABETES? * TIPO 1 * TIPO 2 Um pacote educativo para informar sobre diabetes nas escolas type 2 diabetes Um projeto da O QUE É DIABETES? * TIPO 1 * TIPO 2 Um pacote educativo para informar sobre diabetes nas escolas FAMILIARES DE ALUNOS COM DIABETES diabetes type 2 diabetes tipo 2 EQUIPE DAS

Leia mais

Novolin R insulina humana

Novolin R insulina humana Novolin R insulina humana IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Novolin R insulina humana APRESENTAÇÕES Solução injetável em um frasco-ampola. 100 UI/mL Embalagem contendo 1 frasco-ampola com 10 ml. O frasco-ampola

Leia mais

Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e. outros sintomas

Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e. outros sintomas Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e outros sintomas Nutricionista Camila Costa Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício InCor/FMUSP Será que o que você come influencia

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo

A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo A alimentação adequada e nutricionalmente equilibrada é um dos fatores importantes e essenciais para a otimização do desempenho, sendo

Leia mais

Profa. Joyce Silva Moraes

Profa. Joyce Silva Moraes Alimentação e Saúde Profa. Joyce Silva Moraes saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estarestar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar

Leia mais

A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam.

A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam. Dieta durante o tratamento O que comer e o que evitar de comer Após a cirurgia A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam.

Leia mais

HUMALOG KWIKPEN insulina lispro (derivada de ADN* recombinante)

HUMALOG KWIKPEN insulina lispro (derivada de ADN* recombinante) 1 CDS12JUL06 HUMALOG KWIKPEN insulina lispro (derivada de ADN* recombinante) FORMAS FARMACÊUTICAS, APRESENTAÇÕES E COMPOSIÇÃO HUMALOG KWIKPEN é uma solução aquosa clara, incolor, para administração subcutânea

Leia mais

O QUE SABE SOBRE A DIABETES?

O QUE SABE SOBRE A DIABETES? O QUE SABE SOBRE A DIABETES? 11 A 26 DE NOVEMBRO DE 2008 EXPOSIÇÃO PROMOVIDA PELO SERVIÇO DE MEDICINA INTERNA DO HOSPITAL DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, EPE DIABETES MELLITUS É uma doença grave? Estou em

Leia mais

Parabéns!! Você está grávida!

Parabéns!! Você está grávida! Parabéns!! Você está grávida! Você está grávida e mudanças acontecerão no seu corpo e nas suas emoções. É um caminho, um tempo e uma experiência ímpar, que você não perceberá, mas fará de você uma nova

Leia mais

Tome uma injeção de informação. Diabetes

Tome uma injeção de informação. Diabetes Tome uma injeção de informação. Diabetes DIABETES O diabetes é uma doença crônica, em que o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, ou o organismo não a utiliza da forma adequada. Tipos

Leia mais

Para que serve o alimento?

Para que serve o alimento? Alimentação e Saúde saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar afeto, carinho e aceitação Uma

Leia mais

Cura Naturalmente a Diabetes Tipo 2 Em Menos De 1 Mês

Cura Naturalmente a Diabetes Tipo 2 Em Menos De 1 Mês Cura Naturalmente a Diabetes Tipo 2 Em Menos De 1 Mês A diabetes tipo II se tornou uma das doenças mais comuns nos tempos modernos. A boa notícia é que em pouco menos de um mês, seguindo um plano de alimentação

Leia mais

especial iate LIAMARA MENDES

especial iate LIAMARA MENDES 54 Maio / Junho de 2013 especial use os alimentos a seu favor iate por LIAMARA MENDES Uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos pode ser considerada a fórmula ideal para a conquista do corpo perfeito.

Leia mais

RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES PARA ALUNOS COM DIABETES, HIPERTENSÃO, DOENÇA CELÍACA, E INTOLERÂNCIA Á LACTOSE.

RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES PARA ALUNOS COM DIABETES, HIPERTENSÃO, DOENÇA CELÍACA, E INTOLERÂNCIA Á LACTOSE. RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES PARA ALUNOS COM DIABETES, HIPERTENSÃO, DOENÇA CELÍACA, E INTOLERÂNCIA Á LACTOSE. 1. DOENÇA CELIACA É uma doença que causa inflamações nas camadas da parede do intestino delgado,

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta?

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta? HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL

HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes TER DIABETES NÃO É O FIM... É o início de uma vida mais saudável, com alimentação

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MELHORAR SINTOMAS DA TPM

ORIENTAÇÕES PARA MELHORAR SINTOMAS DA TPM ORIENTAÇÕES PARA MELHORAR SINTOMAS DA TPM As mulheres sofrem durante a tensão pré-menstrual, seja por causa de cólicas, dores de cabeça ou compulsão alimentar. Mas, sempre podemos fazer com que tudo seja

Leia mais

Conheça mais sobre. Diabetes

Conheça mais sobre. Diabetes Conheça mais sobre Diabetes O diabetes é caracterizado pelo alto nível de glicose no sangue (açúcar no sangue). A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é responsável por fazer a glicose entrar para

Leia mais

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL A promoção da alimentação saudável é uma diretriz da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e uma das prioridades para a segurança alimentar e nutricional

Leia mais

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças FACTORES DE RISCO Factores de risco de doença cardiovascular são condições cuja presença num dado indivíduo aumentam a possibilidade do seu aparecimento. Os mais importantes são o tabaco, a hipertensão

Leia mais

Como se preparar para a semana de provas

Como se preparar para a semana de provas Como se preparar para a semana de provas REGRAS DE ESTUDO (APLICAR DIARIAMENTE) ANTES DO INÍCIO DE CADA ATIVIDADE 1º CONCENTRAÇÃO (1 A 2 MINUTOS) PROCURE A SEQUÊNCIA: * FIQUE EM POSIÇÃO CONFORTÁVEL; *

Leia mais

Alimentação para o bom humor

Alimentação para o bom humor Alimentação para o bom humor Muitas pessoas não sabem o valor que uma boa alimentação tem no nosso dia a dia. É fundamental se preocupar com isso, pois os alimentos têm influência direta na nossa qualidade

Leia mais

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa Vou passar a você, algumas receitas que usei para poder emagrecer mais rápido e com saúde. Não direi apenas só sobre como preparar algumas receitas, mas também direi como perder peso sem sofrimento e de

Leia mais

Diabetes na infância e Hipoglicémia

Diabetes na infância e Hipoglicémia XXVIII Ação de formação Noções de primeiros socorros Consulta Pediatria H.E.S. Évora EPE Diabetes na infância e Hipoglicémia Abril 2012 Enf.ª-Ana Beja Enf.ª - Gisela Antunes O que é a Diabetes? A diabetes

Leia mais

HUMALOG KWIKPEN insulina lispro (derivada de ADN* recombinante) D.C.B. 04920

HUMALOG KWIKPEN insulina lispro (derivada de ADN* recombinante) D.C.B. 04920 CDS19NOV10 HUMALOG KWIKPEN insulina lispro (derivada de ADN* recombinante) D.C.B. 04920 APRESENTAÇÕES HUMALOG KWIKPEN é uma solução aquosa clara, incolor, para administração subcutânea contendo 100 unidades

Leia mais

Como este guia pode melhorar a sua vida

Como este guia pode melhorar a sua vida Guia de Bem-Estar Álcool Como este guia pode melhorar a sua vida Benefícios positivos Dieta mais equilibrada: - em quantidade - em conteúdo Melhoria da auto-imagem Capacidade maior/mais prolongada de concentração

Leia mais

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar A Rede Asbran e Filiadas lança nesta sexta-feira, dia 31, mais uma ação da campanha nacional pela redução no consumo do sal e do açúcar,

Leia mais

Conheça o Diabetes. EducaDiabetes Educação em diabetes para uma vida mais saudável. Sidney Carmo

Conheça o Diabetes. EducaDiabetes Educação em diabetes para uma vida mais saudável. Sidney Carmo Conheça o Diabetes EducaDiabetes Educação em diabetes para uma vida mais saudável Sidney Carmo Índice Este e-book foi feito para você... 3 Os sintomas do Diabetes... 4 Pré Diabetes... 5 Como prevenir o

Leia mais

Seção 13 - Distúrbios Hormonais Capítulo 148 - Hipoglicemia

Seção 13 - Distúrbios Hormonais Capítulo 148 - Hipoglicemia Texto de apoio ao curso de especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Manual Merck Seção 13 - Distúrbios Hormonais Capítulo 148 - Hipoglicemia A hipoglicemia é um distúrbio

Leia mais

VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA LIGA DE DIABETES ÂNGELA MENDONÇA

VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA LIGA DE DIABETES ÂNGELA MENDONÇA VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA ÂNGELA MENDONÇA LIGA DE DIABETES A intervenção nutricional pode melhorar o controle glicêmico. Redução de 1.0 a 2.0% nos níveis de hemoglobina

Leia mais

FICHA TÉCNICA. ISBN: 978-989-96506-7-1 Novembro de 2010 APN

FICHA TÉCNICA. ISBN: 978-989-96506-7-1 Novembro de 2010 APN FICHA TÉCNICA Título: A criança e a Diabetes: Aqui aprendes a comer! Direcção Editorial: Alexandra Bento Concepção: Delphine Dias Corpo Redactorial: Delphine Dias, Ana Martins Produção Gráfica: Delphine

Leia mais

VOCÊ CUIDA DO SEU DIABETES, A GENTE CUIDA DE VOCÊ.

VOCÊ CUIDA DO SEU DIABETES, A GENTE CUIDA DE VOCÊ. Referências bibliográficas: 1. Sociedade Brasileira de Diabetes. Algoritmo para o tratamento do diabetes tipo 2 atualização 2011. Posicionamento Oficial SBD no. 3. São Paulo: SBD; 2011. 2. Sociedade Brasileira

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIV OS:

JUSTIFICATIVA OBJETIV OS: JUSTIFICATIVA Para termos um corpo e uma mente saudável, devemos ter uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes, carnes, cereais, vitaminas e proteínas. Sendo a escola um espaço para a promoção

Leia mais

Confira a lista dos 25 melhores alimentos para emagrecer:

Confira a lista dos 25 melhores alimentos para emagrecer: Emagrecer nem sempre é uma das tarefas mais simples. A fórmula parece simples (dieta + exercício + descanso) porém diferentes pessoas precisam de diferentes soluções. Uma coisa é certa: qualquer ajuda

Leia mais

Dependendo dos motivos, o diabetes pode ser de dois tipos:

Dependendo dos motivos, o diabetes pode ser de dois tipos: DIABETES O diabetes já é tratado como uma epidemia nos EUA. O Brasil é o quinto país no mundo em número de diabéticos, com 7,6 milhões de casos em 2007 ele estava na oitava posição, dos quais 50% não sabem

Leia mais

CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada

CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada 1 Água ALIMENTE-SE DE FORMA EQUILIBRADA E SAUDÁVEL. A alimentação influi na sua segurança ao volante. Uma alimentação incorreta pode gerar fadiga,

Leia mais

A PESSOA COM DIABETES

A PESSOA COM DIABETES A PESSOA COM DIABETES A diabetes mellitus é uma doença crónica com elevados custos humanos, sociais e económicos, em rápida expansão por todo o mundo. Calcula-se que Portugal terá, na segunda década deste

Leia mais

Aula 10: Diabetes Mellitus (DM)

Aula 10: Diabetes Mellitus (DM) Aula 10: Diabetes Mellitus (DM) Diabetes Mellitus (DM) Doença provocada pela deficiência de produção e/ou de ação da insulina, que leva a sintomas agudos e a complicações crônicas características; Insulina:

Leia mais

USO PEDIÁTRICO OU ADULTO

USO PEDIÁTRICO OU ADULTO Novolin N Insulina Humana (DNA Recombinante) Forma farmacêutica, via de administração e apresentação Suspensão injetável de Insulina Isofana Humana. Para injeção subcutânea. A embalagem de Novolin N contém:

Leia mais

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo Infância -Promoção e consolidação dos hábitos alimentares - Incremento das necessidades nutricionais para

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Introdução Geralmente, as pessoas descobrem estar diabéticas quando observam que, apesar

Leia mais

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor MINISTÉRIO DA SAÚDE ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO ALGARVE DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor Durante os meses de Verão as temperaturas podem

Leia mais

Principais propriedades físicas da água.

Principais propriedades físicas da água. BIOQUÍMICA CELULAR Principais propriedades físicas da água. Muitas substâncias se dissolvem na água e ela é comumente chamada "solvente universal". Por isso, a água na natureza e em uso raramente é pura,

Leia mais

Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES

Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES 5.5.2009 Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES Introdução Diabetes Mellitus é uma doença metabólica, causada pelo aumento da quantidade de glicose sanguínea A glicose é a principal fonte de energia

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

Sal Sal Sal Substitua por: Açúcar Açúcar Açúcar Substitua por: Substitua por Subs titua por: Substitua por:

Sal Sal Sal Substitua por: Açúcar Açúcar Açúcar Substitua por: Substitua por Subs titua por: Substitua por: Dia mundial da saúde No dia 7 de Abril de cada ano é comemorado o Dia Mundial da Saúde. Este dia foi criado em 1948 pela OMS (Organização Mundial de Saúde), fundamentado no direito de cada cidadão à saúde.

Leia mais

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista Dicas de Saúde Quero e preciso emagrecer! O sucesso no emagrecimento e manutenção de peso saudável depende de metas e expectativas sensatas. Se você traçar para si mesmo metas sensatas, terá maior probabilidade

Leia mais

hidratação ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS

hidratação ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS hidratação ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS O NOSSO CORPO É CONSTITUÍDO NA MAIOR PARTE POR ÁGUA A ÁGUA É O PRINCIPAL CONSTITUINTE DO ORGANISMO, É ESSENCIAL PARA A VIDA E TEM

Leia mais

XlII ÍNDICE GLICÊMICO E CARGA GLICÊMICA ÍNDICE GLICÊMICO

XlII ÍNDICE GLICÊMICO E CARGA GLICÊMICA ÍNDICE GLICÊMICO XlII ÍNDICE GLICÊMICO E CARGA GLICÊMICA ÍNDICE GLICÊMICO O índice glicêmico dos alimentos é hoje reconhecidamente o fator mais importante na elaboração de qualquer dieta que vise perda e manutenção de

Leia mais

Se você treinar em jejum:

Se você treinar em jejum: SUCOFITNESS Atividade física Atividade física é definida como qualquer movimentação do corpo e dos músculos que leva a um gasto de energia. Além de ser praticada como lazer e recreação, quando realizada

Leia mais

1 Por que tomar café da manhã?

1 Por que tomar café da manhã? A U A UL LA Por que tomar café da manhã? Exercícios Acordar, lavar o rosto, escovar os dentes, trocar de roupa e... tomar o café da manhã. É assim que muitas pessoas começam o dia, antes de ir trabalhar.

Leia mais

Dieta de hemodiálise. Avitum

Dieta de hemodiálise. Avitum Dieta de hemodiálise Avitum Por que preciso ter uma dieta especial agora que estou em diálise? Embora a diálise remova muitos dos produtos residuais de seu sangue, ainda assim você precisa ter cuidado

Leia mais

Sugestões de Lanches para intervalo entre as principais refeições

Sugestões de Lanches para intervalo entre as principais refeições Sugestões de Lanches para intervalo entre as principais refeições Quando se está em processo de emagrecimento procurar evitar os seguintes produtos: doces, frituras, refrigerantes, sucos artificiais, biscoitos

Leia mais

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor Quando ocorre uma Onda de Calor emitem-se Alertas: Amarelo ou Vermelho, com menos e mais gravidade, respectivamente. Devem adoptar-se cuidados

Leia mais

Tipos de Diabetes. Diabetes Gestacional

Tipos de Diabetes. Diabetes Gestacional Tipos de Diabetes Diabetes Gestacional Na gravidez, duas situações envolvendo o diabetes podem acontecer: a mulher que já tinha diabetes e engravida e o diabetes gestacional. O diabetes gestacional é a

Leia mais

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana HOSPITAL DAS CLÍNICAS - UFMG Programa de Reabilitação Cardiovascular e Metabólica Residência Multiprofissional em Saúde Cardiovascular CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica

Leia mais

Café da manhã. na medida para você

Café da manhã. na medida para você Café da manhã na medida para você Seja qual for a sua rotina, agitada ou calma, a regra primordial é não fugir da primeira refeição do dia, que lhe trará muitas vitaminas e nutrientes, além de ajudar a

Leia mais

SUMÁRIO DIABETES...4 O QUE É PRÉ-DIABETES...5 TIPO DE DIABETES...6 PREVENÇÃO...8 DIAGNÓSTICO...8 DETECÇÃO DO DIABETES...9 TRATAMENTO...

SUMÁRIO DIABETES...4 O QUE É PRÉ-DIABETES...5 TIPO DE DIABETES...6 PREVENÇÃO...8 DIAGNÓSTICO...8 DETECÇÃO DO DIABETES...9 TRATAMENTO... 2 SUMÁRIO DIABETES...4 O QUE É PRÉ-DIABETES...5 TIPO DE DIABETES...6 PREVENÇÃO...8 DIAGNÓSTICO...8 DETECÇÃO DO DIABETES...9 TRATAMENTO...10 PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA...17 PLANO ALIMENTAR...18 CUIDANDO

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS DIABETES MELLITUS Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente cerca de 171 milhões de indivíduos diabéticos no mundo.

Leia mais

Projeto Planeta Azul Ponto de Apoio Especial sobre Alimentação

Projeto Planeta Azul Ponto de Apoio Especial sobre Alimentação Projeto Planeta Azul Ponto de Apoio Especial sobre Alimentação (...) A verdade, em matéria de saúde, está na adaptação e no respeito à Natureza (...). Mokiti Okada Para uma alimentação saudável, podemos

Leia mais

EXCLUSIVAMENTE PARA ADMINISTRAÇÃO SUBCUTÂNEA USO ADULTO ACIMA DE 18 ANOS INFORMAÇÕES AO PACIENTE

EXCLUSIVAMENTE PARA ADMINISTRAÇÃO SUBCUTÂNEA USO ADULTO ACIMA DE 18 ANOS INFORMAÇÕES AO PACIENTE CDS19NOV10 HUMALOG MIX 50 KWIKPEN insulina lispro (50% de insulina lispro e 50% de insulina lispro protamina) derivada de ADN* recombinante D.C.B. 04920 APRESENTAÇÕES HUMALOG MIX 50 KWIKPEN é uma suspensão

Leia mais