Corpo da Dissertação ou Tese

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Corpo da Dissertação ou Tese"

Transcrição

1 PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DOS MATERIAIS PGCEM DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA SEMINÁRIOS Corpo da Dissertação ou Tese 2015/02

2 Corpo da dissertação/tese O propósito do trabalho é provar que o candidato deu uma contribuição útil a grande massa de conhecimentos existentes. Documento formal para mostrar dois pontos: Você tem uma pergunta (problema) importante. Você achou a resposta (ou a solução) para a pergunta.

3 Corpo da dissertação/tese Os examinadores vão se perguntar: Qual a pergunta (ou problema) que este estudante se propôs responder (resolver)? A pergunta (ou problema) é relevante? A resposta (ou a solução) é convincente?

4 Corpo da dissertação/tese De acordo com a ABNT*, o corpo de uma dissertação/tese é constituído de três capítulos: Introdução. Desenvolvimento. Conclusão(ões). ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: Trabalhos acadêmicos apresentação. Rio de Janeiro, 2005.

5 Corpo da dissertação/tese Nas Ciências Físicas e Naturais o formato tradicional divide os trabalhos em mais capítulos. O trabalho pode ser visto como resposta a uma pergunta ou como a solução para um problema.

6 Corpo da dissertação/tese Tente responder: Qual é a pergunta (ou qual é o problema)? Como você procurou resposta para a pergunta (ou solução para o problema)? Quais foram seus achados? Como você resume a resposta (ou solução)?

7 Corpo da dissertação/tese Configurando a dissertação/tese Introdução você diz qual é a pergunta (ou qual é o problema)? Revisão da Literatura apresenta o estado da arte sobre tema. Materiais e Métodos explica como procurou resposta.

8 Corpo da dissertação/tese Configurando a dissertação/tese Resultados Mostra o que você achou. Discussão Discute o significado dos achados. Conclusões Resume a resposta (ou solução).

9 Corpo da dissertação/tese Referências 6. Conclusões 5. Discussão 4. Resultados 3. Materiais e Métodos 2. Revisão da literatura 1. Introdução

10 INTRODUÇÃO Fornece ao leitor condições de entender o assunto da pesquisa sem recorrer a outras fontes. De que assunto trata o trabalho? Como está o conhecimento sobre o assunto hoje? Quem foi o pioneiro no tema? Por que é importante tratar esse assunto hoje? Qual a contribuição? Como o assunto foi tratado (lugar, época, limitações, condições)? Neste capítulo explique o que você vai fazer.

11 REVISÃO DA LITERATURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA

12 REVISÃO DA LITERATURA REDAÇÃO Resumir e comentar o que leu Anotar o que pensa durante a leitura. (Depois de um tempo, nem sequer se lembrará se leu este ou aquele artigo); Organizar o material por tópicos; Mostrar que conhece um pouco do passado e da evolução do assunto na literatura até o presente (Impossível conhecer tudo sobre o assunto); Postura crítica???? Maturidade

13 REDAÇÃO REVISÃO DA LITERATURA Citar todas as fontes consultadas Referências. Expor com clareza o que foi lido. A discussão dos resultados deve estar relacionada com o que foi lido, com as observações, reflexões e interpretações.

14 MATERIAIS E MÉTODOS Deve fornecer informações suficientes para outro pesquisador reproduzir seu trabalho. Faça ilustrações, use fotografias ou desenhos. Convém descrever: Limitações ou grau de validade dos achados, cálculos feitos.

15 MATERIAIS E MÉTODOS Em trabalhos experimentais: tipo de material, de instrumental, de equipamentos utilizados; especificações técnicas sobre quantidades, fonte ou forma de preparação dos materiais; qualquer tipo de calibração de experimentos; local e época do experimento. Não descrever equipamentos comuns ou de uso geral, como balanças, microscópios, etc.

16 MATERIAIS E MÉTODOS Descrição dos métodos na ordem que foram executados.

17 MATERIAIS E MÉTODOS Ao final da escrita deste capítulo, avalie: Foram dadas informações suficientes sobre materiais e métodos empregados, de tal forma que outro pesquisador possa reproduzir seu trabalho? Se você usou dados secundários, outro pesquisador pode usar os mesmos dados para uma reavaliação? Existe informação suficiente para que a análise estatística possa ser repetida? O programa de computador utilizado está citado e disponível para outro pesquisador?

18 MATERIAIS E MÉTODOS Receita para obtenção dos dados. Comece a redação da dissertação por este capítulo.

19 RESULTADOS Neste capítulo, você vai demonstrar o que conseguiu. Descrever os métodos já descritos em materiais e métodos sem repetir; Apresente suas observações; Arranje os dados numéricos em tabelas e gráficos; Informe as unidades de medida no sistema internacional (SI);

20 RESULTADOS Apresentados os dados, passe a análise; Se os dados forem numéricos, faça uma análise estatística; Você deve explicar os números; Os resultados são estatisticamente significantes?

21 DISCUSSÃO Interpretação dos fatos e dos achados. Capítulo mais difícil de escrever; Deve ser rico em referências a literatura revista; Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Que associações, correlações, tendências, generalizações seus achados sugerem? Até que ponto seus achados estão de acordo com os resultados da literatura?

22 DISCUSSÃO Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Que razões você tem para acreditar que seus achados comprovam ideias prevalecentes ou permitem refutar determinada teoria? Qual relação você presume existir entre os achados de seu trabalho e a primeira ideia sobre o assunto, que você relatou na introdução? Que nova hipótese ou nova teoria você pode lançar para explicar o fenômeno que observou? (cuidado)

23 DISCUSSÃO Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Que solução mais simples ou mais barata você conseguiu para um problema real? Qual a importância dessa solução? Que características (ou padrões) têm seus dados e suas estatísticas? Considere as variações de época, lugar, condições. Quais são as causas prováveis dos resultados obtidos?

24 DISCUSSÃO Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Diga o que você aprendeu e o que você entendeu que não era sabido ou entendido antes do seu trabalho. Você pode fazer uma proposta concreta para uma nova pesquisa? Qual é a importância real do seu trabalho? Importante deixar claro o que é resultado (você observou) e o que é discussão (você interpretou)

25 CONCLUSÕES Decorrem da discussão, ou seja, até certo ponto devem estar contidas no capítulo de discussões. Devem ser baseadas no que foi discutido; Deve haver consistência com a proposição ou com os objetivos; Podem ser escritas de forma dissertativa ou em itens numerados;

26 Pense nestas questões: CONCLUSÕES Qual é a afirmativa mais importante, ou mais contundente, ou mais forte, ou de maior peso que você pode fazer, tendo como base suas observações. Sua pesquisa revelou algum problema, ou ampliou a compreensão de fatos ou teorias, ou descobriu novos problemas considerando o problema que você propôs inicialmente?

27 Pense nestas questões: CONCLUSÕES Os métodos de pesquisa que você utilizou são adequados para novas pesquisas sobre o tema ou precisam ser modificados? Qual a sua postura diante das controvérsias na área? Qual é a resposta que você obteve para a pergunta inicial?

b) Revisão: os artigos de revisão analisam e discutem trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc.

b) Revisão: os artigos de revisão analisam e discutem trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc. 1 O Artigo Científico e sua estrutura Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do

Leia mais

Termos livres retirados do texto representam o conteúdo do documento.

Termos livres retirados do texto representam o conteúdo do documento. Palavras-chave Termos livres retirados do texto representam o conteúdo do documento. Um bom critério para selecionar as palavras-chaves são os Vocabulários Controlados Termos organizados, segundo um método,

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Leitura crítica de artigos científicos www.contemporaneo.com.br Seria correto se todos os artigos publicados fossem cientificamente saudáveis, mas, infelizmente,

Leia mais

1. Introdução O que é um relatório Organização de um relatório Identificação As 4 questões...

1. Introdução O que é um relatório Organização de um relatório Identificação As 4 questões... Cabeçalho da secção 1 Índice 1. Introdução...1 1.1. O que é um relatório...1 2. Organização de um relatório...2 2.1. Identificação...2 2.2. As 4 questões...2 2.3. Informação adicional...2 2.4. Estrutura...2

Leia mais

Diretrizes Para Elaboração de Projetos de Pesquisa.

Diretrizes Para Elaboração de Projetos de Pesquisa. Faculdade de Tecnologia e Ciências FTC Colegiado de Engenharia Civil Diretrizes Para Elaboração de Projetos de Pesquisa. PROFESSORA: Shaiala Aquino O Que é Pesquisa? É utilizada para a descoberta de novos

Leia mais

4. Escrevendo a Monografia. TCC Profº C. J. M. Olguín

4. Escrevendo a Monografia. TCC Profº C. J. M. Olguín 4. Escrevendo a Monografia TCC 2013. Profº C. J. M. Olguín prof.olguin@gmail.com carlos.olguin@unioeste.br Sumário Ordem Física dos Capítulos; Ordem de Escrita Sugestão; Partes da Monografia. Ordem Física

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA.

NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. ANEXO 02 DA RESOLUÇÃO CGESA Nº 001, DE 27 DE MARÇO DE 2013. NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. A estrutura do TCC deverá ser composta por pré-texto,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS A redação de um relatório científico tem como um de seus principais objetivos registrar com exatidão e clareza como o experimento foi realizado e compreendido.

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO)

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO) MANUAL PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO) 1 BANNER (PÔSTER CIENTÍFICO) 1.1 Conceito O banner, painel ou pôster é um tipo de trabalho científico que objetiva, de forma clara e

Leia mais

A PESQUISA CIENTÍFICA

A PESQUISA CIENTÍFICA A PESQUISA CIENTÍFICA CONCEITO e DEFINIÇÕES - A pesquisa surge quando temos consciência de um problema e nos sentimos impelidos a buscar a sua solução. (R. Mandolfo, citado em Asti Vera, 1976) - Investigação

Leia mais

Etapas de uma Pesquisa

Etapas de uma Pesquisa Etapas de uma Pesquisa Planejamento Execução Divulgação Objetivos Justificativa Revisão Bibliográfica Metodologia Cronograma Projeto Coleta de dados Tabulação Analise Conclusão Relatório Relatório Apresentação

Leia mais

Antonio Castelnou CONCLUSÃO

Antonio Castelnou CONCLUSÃO Antonio Castelnou CONCLUSÃO Apresentação em PowerPoint Como apresentar uma MONOGRAFIA de várias páginas em poucos minutos? Para responder esta pergunta basta lembrar que a função de uma apresentação não

Leia mais

(ESPAÇO PARA SER COLOCADO O TÍTULO DO TRABALHO)

(ESPAÇO PARA SER COLOCADO O TÍTULO DO TRABALHO) (CAPA) (ESPAÇO PARA SER COLOCADO O NOME DA INSTITUIÇÃO) (ESPAÇO PARA SER COLOCADO O NOME DO AUTOR) (ESPAÇO PARA SER COLOCADO O TÍTULO DO TRABALHO) (ESPAÇO PARA SER COLOCADA A CIDADE - ESTADO) (ESPAÇO PARA

Leia mais

MANUAL DO AVALIADOR O

MANUAL DO AVALIADOR O MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? É uma exposição que divulga os resultados de experimentos ou de levantamentos realizados, com rigor científico, por alunos, sob a orientação de um professor.

Leia mais

UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO PROJETO DE MONOGRAFIA 1. [TÍTULO DO PROJETO] [Subtítulo (se houver)] 2

UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO PROJETO DE MONOGRAFIA 1. [TÍTULO DO PROJETO] [Subtítulo (se houver)] 2 UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO PROJETO DE MONOGRAFIA 1 [TÍTULO DO PROJETO] [Subtítulo (se houver)] 2 Acadêmico: [...] Orientador: Prof. [ ] São Luís Ano 1 Modelo de

Leia mais

Universidade de Mogi das Cruzes

Universidade de Mogi das Cruzes Modelo de Relatório técnico-científico baseado na NBR 10719, 1989. Universidade de Mogi das Cruzes Engenharia (Ex.: Engenharia Civil) Projeto Científico de (Ex.: Relatório de Experiências de Física I,

Leia mais

PROJETO GRÁFICO. Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco ou reciclado, formato A4 (21cm X 29,7cm).

PROJETO GRÁFICO. Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco ou reciclado, formato A4 (21cm X 29,7cm). 1 PROJETO GRÁFICO O projeto gráfico segue os padrões da NBR 14724 da ABNT - Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação. Consiste na apresentação gráfica do trabalho acadêmico e é de responsabilidade

Leia mais

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Faculdade de Araçatuba - FAAR Araçatuba-SP 2016 Nome Completo

Leia mais

AULA 01 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos

AULA 01 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos 1 AULA 01 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos Ernesto F. L. Amaral 08 de março de 2012 Metodologia (DCP 033) Fonte: Severino, Antônio Joaquim. 2007. Metodologia do trabalho científico.

Leia mais

Volta Redonda, março de 2009

Volta Redonda, março de 2009 Trabalho de Conclusão de Curso TCC Prof. José Maurício dos Santos Pinheiro Núcleo de Graduação Tecnológica Volta Redonda, março de 2009 Agenda Objetivos Alcance Coordenação Orientação O Aluno Pesquisador

Leia mais

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, p

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, p LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 1993. p.238-243. 1. ARTIGOS CIENTÍFICOS Os artigos científicos são pequenos estudos, porém

Leia mais

MBA EMPRESARIAL. Disciplina: Metodologia do Trabalho Cientifico

MBA EMPRESARIAL. Disciplina: Metodologia do Trabalho Cientifico FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA Departamento de Pesquisa: Curso de Pós-Graduação "Lato-Sensu" MBA EMPRESARIAL Disciplina: Metodologia do Trabalho Cientifico Prof. Adm. Ms. Alexandre de Paula Pereira

Leia mais

Modelo de Proposta Preliminar de Projeto de Pesquisa Semestre

Modelo de Proposta Preliminar de Projeto de Pesquisa Semestre Modelo de Proposta Preliminar de Projeto de Pesquisa Semestre 2015.1 1. Título do Projeto: Claro, conciso e suficientemente descritivo para definir o assunto tratado. Máximo de 17 palavras. 2. Nome do

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo Nome do autor(a) 1 Nome do(a) professor(a) orientador(a) 2 RESUMO Este modelo permite a visualização da estrutura geral de um artigo científico e apresenta orientações

Leia mais

Algoritmo. Conjunto finito de instruções que permitem a realização de uma tarefa. 2.1: Introdução 2. ALGORITMOS

Algoritmo. Conjunto finito de instruções que permitem a realização de uma tarefa. 2.1: Introdução 2. ALGORITMOS 2 - Algoritmo 2.1: Introdução 2. ALGORITMOS Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Antes de se utilizar uma linguagem de computador,

Leia mais

PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS. Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF

PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS. Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF A Importância de publicar Prestação de contas à sociedade, divulgando o que aprendeu e descobriu, com o

Leia mais

COMO ELABORAR RESPOSTAS DE QUESTÕES DISSERTATIVAS

COMO ELABORAR RESPOSTAS DE QUESTÕES DISSERTATIVAS COMO ELABORAR RESPOSTAS DE QUESTÕES DISSERTATIVAS By Prof. Ms. Deborah Costa - 2014 INTRODUÇÃO 1 Este e-book discutirá sobre as questões dissertativas propostas em diferentes avaliações : universidade,

Leia mais

Em resposta à solicitação de revisão do resultado da prova didática da candidata Ionara Fonseca da Silva Andrade, consideramos que:

Em resposta à solicitação de revisão do resultado da prova didática da candidata Ionara Fonseca da Silva Andrade, consideramos que: Parecer da Banca de Linguística e Língua Portuguesa referente ao recurso de solicitação de revisão da prova didática Candidata: Ionara Fonseca da Silva Andrade Inscrição 506 Edital 04/2010 CEMULTI Campus

Leia mais

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5]

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5] 1 TÍTULO DO ARTIGO [fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Subtítulo [Se houver, fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Nome do Autor 1 [Fonte Times New Roman 10, Texto

Leia mais

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa 2014. 1 Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa FACULDADE POLIS DAS ARTES Professor: Tiago Silva de Oliveira E-mail: psicotigl@yahoo.com.br Noturno/2014.1 Carga Horária 80h 1 Dia da Semana

Leia mais

AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos

AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos 1 AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos Ernesto F. L. Amaral 19 de março de 2010 Metodologia (DCP 033) Fonte: Severino, Antônio Joaquim. 2007. Metodologia do trabalho científico.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO

Leia mais

Redação do Trabalho de Conclusão

Redação do Trabalho de Conclusão Redação do Trabalho de Conclusão Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo 2010/1 1 Agenda Estrutura de Tese e Dissertação Elementos

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL

MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL Colegiado Alex Martins Varela de Arruda Alex

Leia mais

Trabalhos Acadêmicos MEMORIAL RESUMO RESENHA ARTIGO PROJETO

Trabalhos Acadêmicos MEMORIAL RESUMO RESENHA ARTIGO PROJETO Trabalhos Acadêmicos MEMORIAL RESUMO RESENHA ARTIGO PROJETO MEMORIAL Memorial é um depoimento escrito relativo à lembrança, à vivência de alguém; memórias. Deve conter um breve relato sobre a história

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV

Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV O IEDUV traz para Vitória do Espirito Santo e em especial para o Brasil, o I Workshop Internacional de Ergonomia, neste

Leia mais

TRABALHO INTERDISCIPLINAR

TRABALHO INTERDISCIPLINAR TRABALHO INTERDISCIPLINAR 2º semestre 1. TEMA As práticas administrativas nas pequenas e micro empresas e o papel do Administrador, compreendidas pelo processo administrativo (funções universais da administração

Leia mais

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CAMPO MOURÃO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular CAMPO MOURÃO 2010 1. APRESENTAÇÃO A finalidade

Leia mais

Como Elaborar Artigos para Publicação?

Como Elaborar Artigos para Publicação? Material compilado pelo Prof. Dr. Luiz Alberto Pilatti do Programa de Mestrado em Engenharia de Produção da UTFPR Campus Ponta Grossa Como Elaborar Artigos para Publicação? Apresentar a norma NBR 6022

Leia mais

Noções Gerais Sobre Pesquisa

Noções Gerais Sobre Pesquisa 23 Noções Gerais Sobre Pesquisa Nossas possibilidades de conhecimento são muito, e até tragicamente, pequenas. Sabemos pouquíssimo, e aquilo que sabemos, sabemo-lo muitas vezes superficialmente, sem grande

Leia mais

Estatística Básica. Introdução à Análise Exploratória de Dados. Renato Dourado Maia. Instituto de Ciências Agrárias

Estatística Básica. Introdução à Análise Exploratória de Dados. Renato Dourado Maia. Instituto de Ciências Agrárias Estatística Básica Introdução à Análise Exploratória de Dados Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Pergunta Inicial O que é Estatística? 2/26 Contexto

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Centro Paula Souza Faculdade de Tecnologia da Zona Leste GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Estatística Aplicada Profa Dra. Rosângela Maura Correia Bonici Sumário 1 Introdução... 3 2 Estrutura do

Leia mais

ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE REVISÃO DA LITERATURA

ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE REVISÃO DA LITERATURA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE REVISÃO DA LITERATURA Profa. MsC. Paula Silva de Carvalho Chagas Departamento

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12)

FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12) FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12) GURUPI TO MÊS, ANO. MODELO DE FOLHA DE ROSTO NOME DO ALUNO (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO

Leia mais

PROJETO E ANÁLISES DE EXPERIMENTOS (PAE) INTRODUÇÃO AOS MÉTODOS ESTATÍSTICOS EM ENGENHARIA

PROJETO E ANÁLISES DE EXPERIMENTOS (PAE) INTRODUÇÃO AOS MÉTODOS ESTATÍSTICOS EM ENGENHARIA PROJETO E ANÁLISES DE EXPERIMENTOS (PAE) INTRODUÇÃO AOS MÉTODOS ESTATÍSTICOS EM ENGENHARIA VARIABILIDADE NA MEDIDA DE DADOS CIENTÍFICOS Se numa pesquisa, desenvolvimento de um processo ou produto, o valor

Leia mais

Volpato GL CIÊNCIA: da filosofia à publicação. 6ª ed. 377p. [www.bestwriting.com.br] SUMÁRIO

Volpato GL CIÊNCIA: da filosofia à publicação. 6ª ed. 377p. [www.bestwriting.com.br] SUMÁRIO SUMÁRIO AGRADECIMENTOS SOBRE O AUTOR PREFÁCIO À SEXTA EDIÇÃO PRIMEIRAS PALAVRAS PARTE 1 - DA FILOSOFIA À CIÊNCIA NOÇÕES DA HISTÓRIA DA CIÊNCIA EMPÍRICA O início O início de uma nova era Filosofia medieval

Leia mais

TÍTULO EM CAIXA ALTA José da SILVA 1, Maria dos SANTOS 2, Marcos SOUZA 3

TÍTULO EM CAIXA ALTA José da SILVA 1, Maria dos SANTOS 2, Marcos SOUZA 3 1 TÍTULO EM CAIXA ALTA José da SILVA 1, Maria dos SANTOS 2, Marcos SOUZA 3 RESUMO É a apresentação sintética do texto, onde se destacam os aspectos mais relevantes do trabalho realizado. Deve-se apresentar

Leia mais

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar?

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar? Hábitos de Estudo Queridos alunos, Você sabe estudar? Estudar deve ser um hábito como escovar os dentes, comer e dormir? Qual o lugar apropriado para estudar? É adequado estudar da mesma forma para as

Leia mais

ATA Anexo IV Normas da Disciplina EST 797 Seminários NORMAS DA DISCIPLINA EST797 - SEMINÁRIO TÍTULO I NORMAS GERAIS CAPÍTULO I DA ADMINISTRAÇÃO

ATA Anexo IV Normas da Disciplina EST 797 Seminários NORMAS DA DISCIPLINA EST797 - SEMINÁRIO TÍTULO I NORMAS GERAIS CAPÍTULO I DA ADMINISTRAÇÃO ATA 035 - Anexo IV Normas da Disciplina EST 797 Seminários NORMAS DA DISCIPLINA EST797 - SEMINÁRIO TÍTULO I NORMAS GERAIS CAPÍTULO I DA ADMINISTRAÇÃO Art. 1º - O seminário é uma disciplina da área de concentração

Leia mais

CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DE UM ARTIGO CIENTÍFICO

CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DE UM ARTIGO CIENTÍFICO CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DE UM ARTIGO CIENTÍFICO PRODUZIR ARTIGOS CIENTÍFICOS Os artigos científicos são pequenos estudos, porém completos, que tratam de uma questão verdadeiramente científica, mas que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA ENGENHARIA MECÂNICA E DE ENERGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA ENGENHARIA MECÂNICA E DE ENERGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA ENGENHARIA MECÂNICA E DE ENERGIA Medições Térmicas ENG03108 - Prof Paulo Smith Schneider TÉCNICAS DE REDAÇÃO A estrutura de um relatório técnico

Leia mais

Módulo: 1ª fase C-H: 36 h-a Ano: Professora: Karoliny Correia. ESTRATÉGIAS DE ENSINO 4 h-a Aula expositivodialogada;

Módulo: 1ª fase C-H: 36 h-a Ano: Professora: Karoliny Correia. ESTRATÉGIAS DE ENSINO 4 h-a Aula expositivodialogada; IDENTIFICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CÂMPUS ITAJAÍ PLANO DE ENSINO Unidade Curricular:

Leia mais

ÁREA 1 GESTÃO, PRODUÇÃO E MEIO AMBIENTE

ÁREA 1 GESTÃO, PRODUÇÃO E MEIO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL EDITAL 2015/01 - A O DIRETOR DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, CONSIDERANDO

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científic Código: ADM 290 Pré-requisito: Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

Página 2 em diante devem estar contemplados os seguintes itens:

Página 2 em diante devem estar contemplados os seguintes itens: 1 TEMPLATE - Projeto de pesquisa FORMATAÇÃO Fonte: Texto: Arial ou Times New Roman, tamanho 12. Títulos: Arial ou Times New Roman, tamanho 14, negrito Espaço: duplo Margens: 2,5 cm em todas as margens

Leia mais

TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO SE HOUVER

TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO SE HOUVER 3 cm UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE... NOME DO ACADÊMICO 3 cm TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO SE HOUVER (título escrito em letra 14, maiúscula, negrito, centralizado) 2 cm (negrito

Leia mais

AS NORMAS DA ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

AS NORMAS DA ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS AS NORMAS DA ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Metodologia Científica 1 Engenharia Elétrica Turma C Docente: Wildson Cruz Estudantes: Amauri Nunes José Aldo Leonardo Batista Marcos Nascimento

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento Acadêmico de Eletrotécnica Curso

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento Acadêmico de Eletrotécnica Curso PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento Acadêmico de Eletrotécnica Curso Algumas Informações Importantes: a) O modelo da proposta está especificado

Leia mais

TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE ITENS DE MÚLTIPLA ESCOLHA. A elaboração de itens requer que se considerem os seguintes procedimentos:

TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE ITENS DE MÚLTIPLA ESCOLHA. A elaboração de itens requer que se considerem os seguintes procedimentos: TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE ITENS DE MÚLTIPLA ESCOLHA Angela Corrêa da silva A elaboração de itens requer que se considerem os seguintes procedimentos: - tipo de item adequado ao objetivo. - Técnica de

Leia mais

A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA. MMC01 Temas de Dissertação em Engenharia Mecânica

A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA. MMC01 Temas de Dissertação em Engenharia Mecânica A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA MMC01 Temas de Dissertação em Engenharia Mecânica Pesquisa Bibliográfica Obter informações sobre o tema; Conhecer as publicações e aspectos que já foram abordados; Verificar opiniões

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE PESQUISA

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE PESQUISA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE PESQUISA Prof. Dr. Ari Melo Mariano Prof. a Dr. a Fernanda Vinhaes de Lima Prof. a Dr. a Mara Lúcia Castilho Prof. Dr. Eduardo Cyrino de Oliveira Filho Olívia Laquis

Leia mais

Instruções para elaboração de Relatório de Estágio do Curso de Engenharia Florestal da UFPR

Instruções para elaboração de Relatório de Estágio do Curso de Engenharia Florestal da UFPR Instruções para elaboração de Relatório de Estágio do Curso de Engenharia Florestal da UFPR As orientações apresentadas neste documento, forma elaboradas com base no conjunto de normas para apresentação

Leia mais

UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL

UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL NOME COMPLETO DA CONCEDENTE (EMPRESA): NOME COMPLETO DO SUPERVISOR DA CONCEDENTE (EMPRESA): CARGO: TELEFONE: _ E-MAIL: _ ENDEREÇO: _ NOME COMPLETO DO ESTAGIÁRIO(A): _ TELEFONES (COMERCIAL/CELULAR/RESIDENCIAL):

Leia mais

Instituto Superior de Línguas e Administração. Licenciatura em [Curso] [Título do Trabalho, Centrado e em Maiúsculas e Minúsculas]

Instituto Superior de Línguas e Administração. Licenciatura em [Curso] [Título do Trabalho, Centrado e em Maiúsculas e Minúsculas] Instituto Superior de Línguas e Administração Licenciatura em [Curso] [Título do Trabalho, Centrado e em Maiúsculas e Minúsculas] [Número e Nome/Apelido do(s) discente(s)] Docente: [Grau Académico e Nome

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO

COMO ELABORAR UM ARTIGO COMO ELABORAR UM ARTIGO Jaqueline C. Bueno 1 Resumo Nosso objetivo é detalhar os passos na elaboração de um artigo acadêmico. Utilizaremos a NBR 6022 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Leia mais

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO CAPA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO - Instituição de Ensino Universidade federal de São João del-rei

Leia mais

UnB/FGA Eletricidade Aplicada

UnB/FGA Eletricidade Aplicada UnB/FGA 201634 Eletricidade Aplicada Laboratório # 1 Bancada Principal / Análise de circuitos elétricos 1 1º semestre de 2015 Objetivos Explicação sobre a bancada didática. Medidas elétricas: voltímetro

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Prof. Dr. Ari Melo Mariano Prof. a Dr. a Fernanda Vinhaes de Lima Prof. a Dr. a Mara Lúcia Castilho Olívia Laquis de Moraes Clara Coelho Paranhos

Leia mais

Título do projeto: subtítulo

Título do projeto: subtítulo ANEXO 05 ao Edital nº 001/2016 PPGDH MODELO DO PROJETO DE PESQUISA Número de páginas: mínimo de 10 e máximo de 15 Título do projeto: subtítulo Nome completo do(a) Mestrando(a) João Pessoa-PB Mês / ano

Leia mais

Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação. Aula 3. Projeto de Pesquisa. Revisão Sistemática. Profa. Fátima L. S. Nunes

Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação. Aula 3. Projeto de Pesquisa. Revisão Sistemática. Profa. Fátima L. S. Nunes Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação Aula 3 Projeto de Pesquisa Revisão Sistemática Profa. Fátima L. S. Nunes Metodologia Pesquisa SI- 1 Como elaborar um projeto? Roteiro 1) Escolha do tema

Leia mais

Revisão de Metodologia Científica

Revisão de Metodologia Científica Revisão de Metodologia Científica Luiz Eduardo S. Oliveira Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática http://lesoliveira.net Luiz S. Oliveira (UFPR) Revisão de Metodologia Científica 1

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Humanas ANO/SEMESTRE: 2013/2 CURSO: Pedagogia FASE:

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURITIBA 2002 REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS I- INTRODUÇÃO

Leia mais

Analfabeto funcional é o sujeito incapaz de interpretar o que lê e de usar a leitura e escrita em atividades cotidianas (UNESCO).

Analfabeto funcional é o sujeito incapaz de interpretar o que lê e de usar a leitura e escrita em atividades cotidianas (UNESCO). Segundo o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) Somente 26% dos brasileiros acima de 15 anos apresentam plenas habilidades de leitura e escrita; 74% dos brasileiros entre 15 e 64

Leia mais

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS CAMPINAS 2011 Edição: Faculdade São Leopoldo Mandic Biblioteca São Leopoldo Mandic Organização e redação: Fabiana Menezes Messias de Andrade Luciana Butini

Leia mais

ELEMENTOS DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ELEMENTOS DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO ELEMENTOS DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 ELEMENTOS PRELIMINARES: CAPA: É a proteção externa do documento, portanto o material usado deve ser resistente ao manuseio. Permitem-se cores, fotos e

Leia mais

Redação. O assunto é mais abrangente; o tema, por sua vez, é a delimitação de um aspecto a ser trabalhado.

Redação. O assunto é mais abrangente; o tema, por sua vez, é a delimitação de um aspecto a ser trabalhado. Redação E aí, galera do Me Salva! Tudo bem? Está chegando o grande dia, não é?! As provas do ENEM acontecerão logo logo, portanto, cá estamos para revisar este assunto: REDAÇÃO. A ideia é traçarmos um

Leia mais

CE Estatística I

CE Estatística I CE 002 - Estatística I Agronomia - Turma B Professor Walmes Marques Zeviani Laboratório de Estatística e Geoinformação Departamento de Estatística Universidade Federal do Paraná 1º semestre de 2012 Zeviani,

Leia mais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Maria Elisa V. Pickler Nicolino,

Leia mais

II. ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO I

II. ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO I II. ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO I A elaboração do Relatório de Estágio é a fase de construção lógica do trabalho que foi previsto no Plano de Estágio, com base nos dados e informações coletados durante

Leia mais

Sugestões para cada seção

Sugestões para cada seção Escrever um Artigo Científico não das tarefas mais fáceis, mas com um as dicas (a seguir), que preparamos para auxiliar estudantes que precisam desenvolver textos científicos, ficará muito mais fácil.

Leia mais

AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA

AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA Centro Universitário Franciscano Pró-Reitoria de Graduação Oficinas de Apoio Técnico AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA Profª Vanessa Ramos Kirsten vanessark@unifra.br PESQUISA ÉTICA DIVULGAÇÃO Autoria Dados

Leia mais

1espaço de 1,5cm INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS - CAMPUS SÃO JOÃO EVANGELISTA CURSO XXXXXXXXXXXXXXX. 2 espaços de 1,5 cm

1espaço de 1,5cm INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS - CAMPUS SÃO JOÃO EVANGELISTA CURSO XXXXXXXXXXXXXXX. 2 espaços de 1,5 cm 1espaço de 1,5cm INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS - CAMPUS SÃO JOÃO EVANGELISTA CURSO XXXXXXXXXXXXXXX 2 espaços de 1,5 cm NOME DO(A) ALUNO(A) Caixa alta (Maiúsculo), negrito, centralizado. Caixa alta,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 1º semestre Trabalho nº 5 Funções http://tele1.dee.fct.unl.pt/pm

Leia mais

Metodologia Científica. Aula 2

Metodologia Científica. Aula 2 Metodologia Científica Aula 2 Proposito da aula Conhecer a definição de Metodologia Científica; A importância da Metodologia Científica; Objetivos da Metodologia Científica enquanto disciplina; Divisão

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente PLANO DE ENSINO Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (EETI) Engenharias: Ambiental; Civil; de Computação; de Petróleo; de Produção; Elétrica; Curso(s) Mecânica; Mecatrônica e Química Disciplina

Leia mais

PROJETO E ANÁLISES DE EXPERIMENTOS (PAE) EXPERIMENTOS COM DOIS FATORES E O PLANEJAMENTO FATORIAL

PROJETO E ANÁLISES DE EXPERIMENTOS (PAE) EXPERIMENTOS COM DOIS FATORES E O PLANEJAMENTO FATORIAL PROJETO E ANÁLISES DE EXPERIMENTOS (PAE) EXPERIMENTOS COM DOIS FATORES E O PLANEJAMENTO FATORIAL Dr Sivaldo Leite Correia CONCEITOS E DEFINIÇÕES FUNDAMENTAIS Muitos experimentos são realizados visando

Leia mais

FUNDAMENTOS DA METODOLOGIA CIENTÍFICA. Prof. Dr. Nitish Monebhurrun

FUNDAMENTOS DA METODOLOGIA CIENTÍFICA. Prof. Dr. Nitish Monebhurrun FUNDAMENTOS DA METODOLOGIA CIENTÍFICA. Prof. Dr. Nitish Monebhurrun 1. Objetivo O curso intitulado Fundamentos da metodologia científica busca explicar e dividir algumas técnicas do raciocínio jurídico

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: CEG201-INTRODUÇÃO À EXPRESSÃO GRÁFICA. Professora Vaz. 1º semestre 2015

CURSO DE BACHARELADO EM EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: CEG201-INTRODUÇÃO À EXPRESSÃO GRÁFICA. Professora Vaz. 1º semestre 2015 CURSO DE BACHARELADO EM EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: CEG201-INTRODUÇÃO À EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Vaz 1º semestre 2015 1 AULA 01 (03 DE MARÇO) Professora Vaz 1º semestre 2015 2 EMENTA Definição e

Leia mais

COMO ELABORAR UM RELATÓRIO CIENTÍFICO. MAÍRA DE CAMPOS GORGULHO PADGURSCHI Departamento de Biologia Vegetal Instituto de Biologia - UNICAMP

COMO ELABORAR UM RELATÓRIO CIENTÍFICO. MAÍRA DE CAMPOS GORGULHO PADGURSCHI Departamento de Biologia Vegetal Instituto de Biologia - UNICAMP COMO ELABORAR UM RELATÓRIO CIENTÍFICO MAÍRA DE CAMPOS GORGULHO PADGURSCHI Departamento de Biologia Vegetal Instituto de Biologia - UNICAMP Atividades necessárias na ciência BE 180 Introdução à Ecologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2 TCC2 Direção da Escola de Arquivologia Coordenação

Leia mais

Como elaborar um artigo cientíico

Como elaborar um artigo cientíico Como elaborar um artigo cientíico O que é um artigo cientiico? Comunicação de idéias e informações de maneira clara e concisa. Característica: publicação em periódicos científicos. Artigo científico é

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA CURSO XXXXXXXX DISCIPLINA XXXXXX JOSÉ DA SILVA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA CURSO XXXXXXXX DISCIPLINA XXXXXX JOSÉ DA SILVA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA CURSO XXXXXXXX DISCIPLINA XXXXXX JOSÉ DA SILVA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS Regras gerais de apresentação: Formato: papel branco, no formato

Leia mais

Cada autor traz em suas obras uma indicação para tal. Algumas pequenas alterações podem ser percebidas e não fazem diferença no corpo do texto.

Cada autor traz em suas obras uma indicação para tal. Algumas pequenas alterações podem ser percebidas e não fazem diferença no corpo do texto. 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 5: Formatação de trabalhos acadêmicos Para uma melhor visualização, interpretação, estética e organização, todo trabalho acadêmico precisa ser organizado de forma

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA JURÍDICA

METODOLOGIA DA PESQUISA JURÍDICA WELBER BARRAL Professor licenciado da Universidade Federal de Santa Catarina METODOLOGIA DA PESQUISA JURÍDICA 5 a Edição Belo Horizonte 2016 SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... xiii PREFÁCIO A 5º EDIÇÃO...xvii A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Rua Vinte, 1600. Bairro Tupã. CEP 38304-402, Ituiutaba / MG Em acordo com a ABNT NBR 14724:2011

Leia mais

O plano de negócios. Hoje

O plano de negócios. Hoje O plano de negócios Hoje 1. Entender a importância do plano de negócios 2. Conhecer a estrutura de um plano de negócios 3. Explicar como o processo de escrever um plano de negócio pode ser tão importante

Leia mais