Corpo da Dissertação ou Tese

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Corpo da Dissertação ou Tese"

Transcrição

1 PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DOS MATERIAIS PGCEM DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA SEMINÁRIOS Corpo da Dissertação ou Tese 2015/02

2 Corpo da dissertação/tese O propósito do trabalho é provar que o candidato deu uma contribuição útil a grande massa de conhecimentos existentes. Documento formal para mostrar dois pontos: Você tem uma pergunta (problema) importante. Você achou a resposta (ou a solução) para a pergunta.

3 Corpo da dissertação/tese Os examinadores vão se perguntar: Qual a pergunta (ou problema) que este estudante se propôs responder (resolver)? A pergunta (ou problema) é relevante? A resposta (ou a solução) é convincente?

4 Corpo da dissertação/tese De acordo com a ABNT*, o corpo de uma dissertação/tese é constituído de três capítulos: Introdução. Desenvolvimento. Conclusão(ões). ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: Trabalhos acadêmicos apresentação. Rio de Janeiro, 2005.

5 Corpo da dissertação/tese Nas Ciências Físicas e Naturais o formato tradicional divide os trabalhos em mais capítulos. O trabalho pode ser visto como resposta a uma pergunta ou como a solução para um problema.

6 Corpo da dissertação/tese Tente responder: Qual é a pergunta (ou qual é o problema)? Como você procurou resposta para a pergunta (ou solução para o problema)? Quais foram seus achados? Como você resume a resposta (ou solução)?

7 Corpo da dissertação/tese Configurando a dissertação/tese Introdução você diz qual é a pergunta (ou qual é o problema)? Revisão da Literatura apresenta o estado da arte sobre tema. Materiais e Métodos explica como procurou resposta.

8 Corpo da dissertação/tese Configurando a dissertação/tese Resultados Mostra o que você achou. Discussão Discute o significado dos achados. Conclusões Resume a resposta (ou solução).

9 Corpo da dissertação/tese Referências 6. Conclusões 5. Discussão 4. Resultados 3. Materiais e Métodos 2. Revisão da literatura 1. Introdução

10 INTRODUÇÃO Fornece ao leitor condições de entender o assunto da pesquisa sem recorrer a outras fontes. De que assunto trata o trabalho? Como está o conhecimento sobre o assunto hoje? Quem foi o pioneiro no tema? Por que é importante tratar esse assunto hoje? Qual a contribuição? Como o assunto foi tratado (lugar, época, limitações, condições)? Neste capítulo explique o que você vai fazer.

11 REVISÃO DA LITERATURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA LEITURA

12 REVISÃO DA LITERATURA REDAÇÃO Resumir e comentar o que leu Anotar o que pensa durante a leitura. (Depois de um tempo, nem sequer se lembrará se leu este ou aquele artigo); Organizar o material por tópicos; Mostrar que conhece um pouco do passado e da evolução do assunto na literatura até o presente (Impossível conhecer tudo sobre o assunto); Postura crítica???? Maturidade

13 REDAÇÃO REVISÃO DA LITERATURA Citar todas as fontes consultadas Referências. Expor com clareza o que foi lido. A discussão dos resultados deve estar relacionada com o que foi lido, com as observações, reflexões e interpretações.

14 MATERIAIS E MÉTODOS Deve fornecer informações suficientes para outro pesquisador reproduzir seu trabalho. Faça ilustrações, use fotografias ou desenhos. Convém descrever: Limitações ou grau de validade dos achados, cálculos feitos.

15 MATERIAIS E MÉTODOS Em trabalhos experimentais: tipo de material, de instrumental, de equipamentos utilizados; especificações técnicas sobre quantidades, fonte ou forma de preparação dos materiais; qualquer tipo de calibração de experimentos; local e época do experimento. Não descrever equipamentos comuns ou de uso geral, como balanças, microscópios, etc.

16 MATERIAIS E MÉTODOS Descrição dos métodos na ordem que foram executados.

17 MATERIAIS E MÉTODOS Ao final da escrita deste capítulo, avalie: Foram dadas informações suficientes sobre materiais e métodos empregados, de tal forma que outro pesquisador possa reproduzir seu trabalho? Se você usou dados secundários, outro pesquisador pode usar os mesmos dados para uma reavaliação? Existe informação suficiente para que a análise estatística possa ser repetida? O programa de computador utilizado está citado e disponível para outro pesquisador?

18 MATERIAIS E MÉTODOS Receita para obtenção dos dados. Comece a redação da dissertação por este capítulo.

19 RESULTADOS Neste capítulo, você vai demonstrar o que conseguiu. Descrever os métodos já descritos em materiais e métodos sem repetir; Apresente suas observações; Arranje os dados numéricos em tabelas e gráficos; Informe as unidades de medida no sistema internacional (SI);

20 RESULTADOS Apresentados os dados, passe a análise; Se os dados forem numéricos, faça uma análise estatística; Você deve explicar os números; Os resultados são estatisticamente significantes?

21 DISCUSSÃO Interpretação dos fatos e dos achados. Capítulo mais difícil de escrever; Deve ser rico em referências a literatura revista; Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Que associações, correlações, tendências, generalizações seus achados sugerem? Até que ponto seus achados estão de acordo com os resultados da literatura?

22 DISCUSSÃO Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Que razões você tem para acreditar que seus achados comprovam ideias prevalecentes ou permitem refutar determinada teoria? Qual relação você presume existir entre os achados de seu trabalho e a primeira ideia sobre o assunto, que você relatou na introdução? Que nova hipótese ou nova teoria você pode lançar para explicar o fenômeno que observou? (cuidado)

23 DISCUSSÃO Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Que solução mais simples ou mais barata você conseguiu para um problema real? Qual a importância dessa solução? Que características (ou padrões) têm seus dados e suas estatísticas? Considere as variações de época, lugar, condições. Quais são as causas prováveis dos resultados obtidos?

24 DISCUSSÃO Algumas perguntas que podem ajudá-lo: Diga o que você aprendeu e o que você entendeu que não era sabido ou entendido antes do seu trabalho. Você pode fazer uma proposta concreta para uma nova pesquisa? Qual é a importância real do seu trabalho? Importante deixar claro o que é resultado (você observou) e o que é discussão (você interpretou)

25 CONCLUSÕES Decorrem da discussão, ou seja, até certo ponto devem estar contidas no capítulo de discussões. Devem ser baseadas no que foi discutido; Deve haver consistência com a proposição ou com os objetivos; Podem ser escritas de forma dissertativa ou em itens numerados;

26 Pense nestas questões: CONCLUSÕES Qual é a afirmativa mais importante, ou mais contundente, ou mais forte, ou de maior peso que você pode fazer, tendo como base suas observações. Sua pesquisa revelou algum problema, ou ampliou a compreensão de fatos ou teorias, ou descobriu novos problemas considerando o problema que você propôs inicialmente?

27 Pense nestas questões: CONCLUSÕES Os métodos de pesquisa que você utilizou são adequados para novas pesquisas sobre o tema ou precisam ser modificados? Qual a sua postura diante das controvérsias na área? Qual é a resposta que você obteve para a pergunta inicial?

1. Introdução O que é um relatório Organização de um relatório Identificação As 4 questões...

1. Introdução O que é um relatório Organização de um relatório Identificação As 4 questões... Cabeçalho da secção 1 Índice 1. Introdução...1 1.1. O que é um relatório...1 2. Organização de um relatório...2 2.1. Identificação...2 2.2. As 4 questões...2 2.3. Informação adicional...2 2.4. Estrutura...2

Leia mais

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular

Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CAMPO MOURÃO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS Normas para elaboração de Relatório de Estágio Curricular CAMPO MOURÃO 2010 1. APRESENTAÇÃO A finalidade

Leia mais

Os textos em AZUL são chamadas para se preencher com as informações necessárias. Os textos em VERMELHO são explicações sobre o item próximo.

Os textos em AZUL são chamadas para se preencher com as informações necessárias. Os textos em VERMELHO são explicações sobre o item próximo. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE DIREITO Campus Universitário - Trindade - Caixa Postal 476 88040-900 - Florianópolis - Santa Catarina DISCIPLINA PROJETO

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo Nome do autor(a) 1 Nome do(a) professor(a) orientador(a) 2 RESUMO Este modelo permite a visualização da estrutura geral de um artigo científico e apresenta orientações

Leia mais

Antonio Castelnou CONCLUSÃO

Antonio Castelnou CONCLUSÃO Antonio Castelnou CONCLUSÃO Apresentação em PowerPoint Como apresentar uma MONOGRAFIA de várias páginas em poucos minutos? Para responder esta pergunta basta lembrar que a função de uma apresentação não

Leia mais

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5]

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5] 1 TÍTULO DO ARTIGO [fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Subtítulo [Se houver, fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Nome do Autor 1 [Fonte Times New Roman 10, Texto

Leia mais

Pesquisa, metodologia e métodos (O qué que eu faço...?)

Pesquisa, metodologia e métodos (O qué que eu faço...?) Pesquisa, metodologia e métodos (O qué que eu faço...?) O que é Pesquisa? O que é Metodologia? David González david.epidemio@gmail.com O que é Método? E dai? Pesquisa 1. Indagação; inquirição; busca; investigação;

Leia mais

Como elaborar um relatório

Como elaborar um relatório Francisco Carrapiço, 2001 Biologia Celular Como elaborar um relatório 1. O que é um relatório? Um relatório de uma actividade prática, é uma exposição escrita de um determinado trabalho ou experiência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO... CURSO... NOME DE ALUNO TÍTULO DO PROJETO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO... CURSO... NOME DE ALUNO TÍTULO DO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO... CURSO... NOME DE ALUNO TÍTULO DO PROJETO Mossoró/RN (Ano) NOME DO ALUNO TÍTULO DO PROJETO Projeto apresentado ao Conselho do Curso XXXXXXX da Universidade

Leia mais

Manual para elaboração de artigos

Manual para elaboração de artigos 1 Manual para elaboração de artigos ESTRELA 2016 2 APRESENTAÇÃO Este documento visa auxiliar os estudantes da Faculdade La Salle Estrela na elaboração de artigos, apresentando as regras dispostas nas normas

Leia mais

Avaliação dos Estudantes sobre o Uso de Imagens como Recurso Auxiliar no Ensino de Conceitos Químicos

Avaliação dos Estudantes sobre o Uso de Imagens como Recurso Auxiliar no Ensino de Conceitos Químicos UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID-PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA BOLSISTA: LIANE ALVES DA SILVA Avaliação dos Estudantes sobre o Uso de Imagens como Recurso Auxiliar

Leia mais

Fonte de pesquisa essencial para estudantes e pesquisadores na área das ciências farmacêuticas, este livro único apresenta uma visão introdutória e co

Fonte de pesquisa essencial para estudantes e pesquisadores na área das ciências farmacêuticas, este livro único apresenta uma visão introdutória e co NOVAS AQUISIÇÕES Durante os anos que se seguiram à 3ª edição desta obra, muito bem aceita por estudantes, residentes, pós-graduandos, clínicos gerais, gastroenterologistas e hepatologistas, surgiram novos

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS A redação de um relatório científico tem como um de seus principais objetivos registrar com exatidão e clareza como o experimento foi realizado e compreendido.

Leia mais

Formas de organizar os conteúdos CONTEÚDOS ESCOLARES

Formas de organizar os conteúdos CONTEÚDOS ESCOLARES Formas de organizar os conteúdos CONTEÚDOS ESCOLARES Multidisciplinaridade: é a organização de conteúdos mais tradicional. Os conteúdos escolares são apresentados por matérias independentes umas das outras.

Leia mais

Título do artigo Subtítulo (opcional)

Título do artigo Subtítulo (opcional) 1 MODELO Título do artigo Subtítulo (opcional) Nome Completo dos autores em Ordem Alfabética 1 Professor Orientador (Nome Completo) 2 RESUMO O resumo só poderá ser elaborado depois de concluído o trabalho.

Leia mais

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Faculdade de Araçatuba - FAAR Araçatuba-SP 2016 Nome Completo

Leia mais

Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV

Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV O IEDUV traz para Vitória do Espirito Santo e em especial para o Brasil, o I Workshop Internacional de Ergonomia, neste

Leia mais

CE Estatística I

CE Estatística I CE 002 - Estatística I Agronomia - Turma B Professor Walmes Marques Zeviani Laboratório de Estatística e Geoinformação Departamento de Estatística Universidade Federal do Paraná 1º semestre de 2012 Zeviani,

Leia mais

PESQUISA CIENTÍFICA -Aula 4-

PESQUISA CIENTÍFICA -Aula 4- PESQUISA CIENTÍFICA -Aula 4- Prof. Alexandre Paiva da Silva Pombal PB SUMÁRIO Pesquisa Conceitos Características Objetivos Finalidades Requisitos Qualidades do pesquisador Tipos de pesquisa científica

Leia mais

Página 2 em diante devem estar contemplados os seguintes itens:

Página 2 em diante devem estar contemplados os seguintes itens: 1 TEMPLATE - Projeto de pesquisa FORMATAÇÃO Fonte: Texto: Arial ou Times New Roman, tamanho 12. Títulos: Arial ou Times New Roman, tamanho 14, negrito Espaço: duplo Margens: 2,5 cm em todas as margens

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR PROFISSIONALIZANTE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR PROFISSIONALIZANTE NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR PROFISSIONALIZANTE 1. O Relatório do Estágio Curricular Profissionalizante deverá obedecer ao tamanho de papel A4 (21,0 x 29,7 cm). 2. Na elaboração

Leia mais

Volta Redonda, março de 2009

Volta Redonda, março de 2009 Trabalho de Conclusão de Curso TCC Prof. José Maurício dos Santos Pinheiro Núcleo de Graduação Tecnológica Volta Redonda, março de 2009 Agenda Objetivos Alcance Coordenação Orientação O Aluno Pesquisador

Leia mais

Preparando um projeto de pesquisa - ideias apresentadas no texto de Raul Wazlawick Metodologia de Pesquisa para Ciência da Com

Preparando um projeto de pesquisa - ideias apresentadas no texto de Raul Wazlawick Metodologia de Pesquisa para Ciência da Com Preparando um projeto de pesquisa - ideias apresentadas no texto de Raul Wazlawick Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação Maria Angélica de Oliveira Camargo Brunetto Universidade Estadual de

Leia mais

VI Jornada Severino Sombra Tema: Oportunidades e desafios: como fazer o seu conhecimento campeão?

VI Jornada Severino Sombra Tema: Oportunidades e desafios: como fazer o seu conhecimento campeão? VI Jornada Severino Sombra Tema: Oportunidades e desafios: como fazer o seu conhecimento campeão? 1. Objetivos: Trazer ao conhecimento e à apreciação da comunidade os resultados dos projetos de Extensão

Leia mais

Como elaborar um poster

Como elaborar um poster Como elaborar um poster Luciana Pizzani O poster é um dos meios de divulgação científica mais difundidos, pois permite que as informações permaneçam expostas e acessíveis de modo direto e por mais tempo.

Leia mais

Mini-curso. Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula

Mini-curso. Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula Mini-curso Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula Professor responsável Prof. Dr. Daniel Abud Seabra Matos (UFOP) Mariana 2014 2 Prezados/as professores/as,

Leia mais

Visão Geral do Trabalho de Pesquisa

Visão Geral do Trabalho de Pesquisa Visão Geral do Trabalho de Pesquisa Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda Etapas do Trabalho de Pesquisa Escolha do

Leia mais

CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Preparação de um trabalho de pesquisa: - Resumo, Introdução e Conclusões

CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Preparação de um trabalho de pesquisa: - Resumo, Introdução e Conclusões CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Preparação de um trabalho de pesquisa: - Resumo, Introdução e Conclusões Prof. Jesús P. Mena-Chalco jesus.mena@ufabc.edu.br 3Q-2016 1 Sobre revisão

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

UnB/FGA Eletricidade Aplicada

UnB/FGA Eletricidade Aplicada UnB/FGA 201634 Eletricidade Aplicada Laboratório # 1 Bancada Principal / Análise de circuitos elétricos 1 1º semestre de 2015 Objetivos Explicação sobre a bancada didática. Medidas elétricas: voltímetro

Leia mais

Atividade 1. Objetivos: Planificação: Etapa 1. Debata: Tempo: 3 horas. Disciplinas: Ciências Naturais, Ciências Sociais, Inglês.

Atividade 1. Objetivos: Planificação: Etapa 1. Debata: Tempo: 3 horas. Disciplinas: Ciências Naturais, Ciências Sociais, Inglês. Atividade 1 Tempo: 3 horas Disciplinas: Ciências Naturais, Ciências Sociais, Inglês. Ciclo de ensino: Ensino secundário da área das ciências. Objetivos: Conseguir decifrar e compreender um artigo científico

Leia mais

Metodologia Científica

Metodologia Científica Metodologia Científica O PROCESSO DE LEITURA E DA PRODUÇÃO DE TEXTOS Profª Ma. Fabiana Rocha O PROCESSO DE LEITURA Importância da Leitura Aprendizagem do ser humano; Enriquecer o vocabulário; Obter conhecimento;

Leia mais

Módulo: 1ª fase C-H: 36 h-a Ano: Professora: Karoliny Correia. ESTRATÉGIAS DE ENSINO 4 h-a Aula expositivodialogada;

Módulo: 1ª fase C-H: 36 h-a Ano: Professora: Karoliny Correia. ESTRATÉGIAS DE ENSINO 4 h-a Aula expositivodialogada; IDENTIFICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CÂMPUS ITAJAÍ PLANO DE ENSINO Unidade Curricular:

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL

MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO MANUAL PARA ELABORAÇAO DE PROJETO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL Colegiado Alex Martins Varela de Arruda Alex

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO?

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Título do artigo, centralizado. Maria da Silva Pereira* Maria Alves de Arruda** Nome(s) do(s) autor(es). RESUMO

Leia mais

AS NORMAS DA ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

AS NORMAS DA ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS AS NORMAS DA ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Metodologia Científica 1 Engenharia Elétrica Turma C Docente: Wildson Cruz Estudantes: Amauri Nunes José Aldo Leonardo Batista Marcos Nascimento

Leia mais

Coloque aqui o Título do seu Projeto de Pesquisa. Fulano de Tal

Coloque aqui o Título do seu Projeto de Pesquisa. Fulano de Tal ANEXO 1 (apague essa linha no seu projeto) Coloque aqui o Título do seu Projeto de Pesquisa Fulano de Tal fdtal@email.br Resumo O resumo deve conter entre 150 e 250 palavras e apresentar brevemente justificativa,

Leia mais

Informação Prova Prova código 302 de Biologia

Informação Prova Prova código 302 de Biologia Informação Prova Prova código 302 de Biologia Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Despacho normativo n.º 1-D/2016, de 4 de março O presente documento

Leia mais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Maria Elisa V. Pickler Nicolino,

Leia mais

Redação do Trabalho de Conclusão

Redação do Trabalho de Conclusão Redação do Trabalho de Conclusão Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo 2010/1 1 Agenda Estrutura de Tese e Dissertação Elementos

Leia mais

HISTÓRIA Profº Maurício POETA

HISTÓRIA Profº Maurício POETA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PADRONIZAÇÃO DOS TRABALHOS ESCOLARES. Este manual tem por objetivo orientar a produção dos trabalhos escolares feitos pelos alunos da Escola Estadual Poeta Domingos Bauer Leite,

Leia mais

FORMATAÇÃO E MODELO PARA RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

FORMATAÇÃO E MODELO PARA RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO FORMATAÇÃO E MODELO PARA RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO O relatório deverá ser entregue em formato pdf, sendo dispensada a forma impressa. Para a elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa PLANO DE ENSINO 2016 Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa Competências e Habilidades Gerais da Disciplina Desenvolver a responsabilidade e o gosto pelo trabalho em equipe; Relacionar

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO GRUPO DISCIPLINAR DE BIOLOGIA E GEOLOGIA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação é uma componente essencial do processo de ensino-aprendizagem e deve ser sistemática e cuidadosa para ser objetiva e rigorosa.

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: CEG201-INTRODUÇÃO À EXPRESSÃO GRÁFICA. Professora Vaz. 1º semestre 2015

CURSO DE BACHARELADO EM EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: CEG201-INTRODUÇÃO À EXPRESSÃO GRÁFICA. Professora Vaz. 1º semestre 2015 CURSO DE BACHARELADO EM EXPRESSÃO GRÁFICA DISCIPLINA: CEG201-INTRODUÇÃO À EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Vaz 1º semestre 2015 1 AULA 01 (03 DE MARÇO) Professora Vaz 1º semestre 2015 2 EMENTA Definição e

Leia mais

PROFESSORA: CLAUDIA ROSA

PROFESSORA: CLAUDIA ROSA PROFESSORA: CLAUDIA ROSA 1- DEMONSTRAR DOMÍNIO DA MODALIDADE ESCRITA DA LÍNGUA PORTUGUESA; Usar linguagem coloquial não rola Tipo assim, use a norma culta da gramática! 2 COMPREENDER A PROPOSTA DE REDAÇÃO

Leia mais

Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base.

Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base. Esquema Textual Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base. Assim esquema é a apresentação do texto, colocando em destaque

Leia mais

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito CURSO DE... NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO MARINGÁ ANO NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO Recuo de 7 cm, fonte 12, espaço simples Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Metropolitana de Maringá

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA Abril 2016 Prova 302 2016 12º Ano de escolaridade (Decreto-Lei nº 139/2012, de 05 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar?

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar? Hábitos de Estudo Queridos alunos, Você sabe estudar? Estudar deve ser um hábito como escovar os dentes, comer e dormir? Qual o lugar apropriado para estudar? É adequado estudar da mesma forma para as

Leia mais

Dicas EPIS ALUNOS. Balanço e Resultados Escolares Dica 1/3

Dicas EPIS ALUNOS. Balanço e Resultados Escolares Dica 1/3 Janeiro Balanço e Resultados Escolares Balanço e Resultados Escolares Dica 1/3 Aproveita o início deste período para fazeres um balanço do teu comportamento e dos teus resultados escolares no 1º Período.

Leia mais

METODOLOGIA DA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA

METODOLOGIA DA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA Profª. Dra. Paula Silva de Carvalho Chagas Faculdade de Fisioterapia UFJF Doutora em Ciências da Reabilitação

Leia mais

ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE REVISÃO DA LITERATURA

ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE REVISÃO DA LITERATURA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA ELABORAÇÃO DE ESTUDOS DE REVISÃO DA LITERATURA Profa. MsC. Paula Silva de Carvalho Chagas Departamento

Leia mais

TRABALHO INTERDISCIPLINAR

TRABALHO INTERDISCIPLINAR TRABALHO INTERDISCIPLINAR 2º semestre 1. TEMA As práticas administrativas nas pequenas e micro empresas e o papel do Administrador, compreendidas pelo processo administrativo (funções universais da administração

Leia mais

EDMS: conceito básico

EDMS: conceito básico EDMS Engineering Document Management System Gestão Eletrônica de Documentos - GED EDMS: conceito básico Propósito: Gerenciar documentos técnicos da empresa durante todo o Ciclo de Vida, seja na fase de

Leia mais

PESQUISA EM INFORMÁTICA -INTRODUÇÃO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

PESQUISA EM INFORMÁTICA -INTRODUÇÃO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. PESQUISA EM INFORMÁTICA -INTRODUÇÃO Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Providenciando o ferramental inicial Templates para artigos da SBC Normas ABNT para referências

Leia mais

UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE ESTATÍSTICA NOS CURSOS DE ENGENHARIA

UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE ESTATÍSTICA NOS CURSOS DE ENGENHARIA UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE ESTATÍSTICA NOS CURSOS DE ENGENHARIA PEDRO FERREIRA FILHO ESTELA MARIS P. BERETA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UFSCar 1. AGENDA I. Motivação II. Diagnóstico III. Necessidades

Leia mais

Sugestões para cada seção

Sugestões para cada seção Escrever um Artigo Científico não das tarefas mais fáceis, mas com um as dicas (a seguir), que preparamos para auxiliar estudantes que precisam desenvolver textos científicos, ficará muito mais fácil.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Rua Vinte, 1600. Bairro Tupã. CEP 38304-402, Ituiutaba / MG Em acordo com a ABNT NBR 14724:2011

Leia mais

TABELA ELEMENTOS PARA ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO

TABELA ELEMENTOS PARA ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO TABELA ELEMENTOS PARA ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO TIPO DE ELEMENTO ELEMENTOS DESCRIÇÃO Elementos externos Capa Nome da Instituição, Nome do autor, título e subtítulo, local (cidade), Ano. Elementos

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO. Profa. Dra. Renata Trigueirinho Alarcon

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO. Profa. Dra. Renata Trigueirinho Alarcon METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Profa. Dra. Renata Trigueirinho Alarcon O QUE É METODOLOGIA CIENTÍFICA? Método, deriva da palavra grega methodos, que etimologicamente, pode ser assim dividida: a) meta

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO Departamento de Estatística Luiz Medeiros Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos.

Leia mais

Elaboração de Monografia. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais

Elaboração de Monografia. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais Os trabalhos de conclusão de curso de graduação e pós-graduação (especialização) conhecidos como (TCC) constituem uma etapa fundamental para a formação do estudante. O aluno apresenta um trabalho abordando

Leia mais

Métodos de Estudo & Investigação Científica. Elaborando um projeto de pesquisa

Métodos de Estudo & Investigação Científica. Elaborando um projeto de pesquisa Elaborando um projeto de pesquisa A pesquisa é a realização concreta de uma investigação planeada, desenvolvido e redigida de acordo com as normas das metodologias consagradas pela ciência; Requerida quando

Leia mais

Sumário. Introdução, 1

Sumário. Introdução, 1 Sumário Introdução, 1 1 Como tomar o estudo e a aprendizagem mais eficazes, 5 1 Eficácia nos estudos, 5 2 Anotação, 8 2.1 Anotações corridas, 9 2.2 Anotações esquemáticas, 10 2.3 Anotações resumidas, 12

Leia mais

Autor: Profª Msª Carla Diéguez METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

Autor: Profª Msª Carla Diéguez METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Autor: Profª Msª Carla Diéguez METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA OBJETIVO DA AULA AULA 3 O PROJETO E O ARTIGO PARTE 1 TEMA DE PESQUISA, FONTES E FICHAMENTO Objetivo Geral Auxiliar o aluno na elaboração

Leia mais

Prof. Angelus G.P da Silva

Prof. Angelus G.P da Silva Prof. Angelus G.P da Silva Norma UENF Norma ABNT NBR 14724 2011 Impressão em um lado da folha Papel A4 Fonte arial, tamanho 12 Espaço 1,5 entre linhas Numeração: Arábica desde a introdução, a 1,25cm do

Leia mais

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS CAMPINAS 2011 Edição: Faculdade São Leopoldo Mandic Biblioteca São Leopoldo Mandic Organização e redação: Fabiana Menezes Messias de Andrade Luciana Butini

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATO DE EXPERIÊNCIA OU ESTUDO DE CASO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATO DE EXPERIÊNCIA OU ESTUDO DE CASO Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Desenvolvimento Pessoal Gerência de Desenvolvimento Técnico

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE FÍSICA CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA NOME DO ALUNO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE FÍSICA CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA NOME DO ALUNO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE FÍSICA CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA NOME DO ALUNO TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA Boa Vista ano NOME DO ALUNO TÍTULO DO

Leia mais

Prof. Carlos José Giudice dos Santos

Prof. Carlos José Giudice dos Santos Prof. Carlos José Giudice dos Santos É o registro sistemático das idéias de uma obra (texto, artigo de revista, livro ou capítulo de livro. A palavra fichamento deriva de ficha. Antigamente (antes da invenção

Leia mais

17ª Semana de Psicologia da UNIT SUBMISSÃO DE PROPOSTAS MODALIDADES DE TRABALHO

17ª Semana de Psicologia da UNIT SUBMISSÃO DE PROPOSTAS MODALIDADES DE TRABALHO 17ª Semana de Psicologia da UNIT SUBMISSÃO DE PROPOSTAS Estamos recebendo propostas de apresentação de trabalhos na 17ª Semana de Psicologia da UNIT. MODALIDADES DE TRABALHO Os trabalhos deverão ser inscritos

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Ensino de Física. Equipamentos Didáticos. Condução de Calor.

PALAVRAS-CHAVE Ensino de Física. Equipamentos Didáticos. Condução de Calor. 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO

Leia mais

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

CONSIDERAÇÕES INICIAIS Estatística Básica CONSIDERAÇÕES INICIAIS Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Renato Dourado Maia 2/35 Formação Graduação: Engenharia de Controle e Automação

Leia mais

Como elaborar um bom seminário?

Como elaborar um bom seminário? Como elaborar um bom seminário? O que é um seminário? É uma técnica de aprendizagem que estimula o caráter investigativo, crítico e intelectual do aluno, pois lhe dá a oportunidade de conhecer de forma

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia MODELO DE ESTRUTURA DA MONOGRAFIA

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia MODELO DE ESTRUTURA DA MONOGRAFIA Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia MODELO DE ESTRUTURA DA MONOGRAFIA Comissão Coordenadora de Monografia Maio de 2011 2 SEQUÊNCIA DAS PÁGINAS INICIAIS DA MONOGRAFIA

Leia mais

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor A seguir são propostos alguns procedimentos que, caso sejam exercitados cotidianamente, podem ser muito eficientes para o desenvolvimento

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MATER CHRISTI VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE MATER CHRISTI

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MATER CHRISTI VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE MATER CHRISTI VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE MATER CHRISTI DATA DO EVENTO: 31 de maio e 01 de junho de 2016 INSCRIÇÕES: Na Central de atendimento de 29 de março a 30 de maio de 2016. INVESTIMENTO:

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 1º semestre Trabalho nº 5 Funções http://tele1.dee.fct.unl.pt/pm

Leia mais

Análise Exploratória de Dados

Análise Exploratória de Dados Análise Exploratória de Dados Objetivos da aula Resolver exercícios do livro-texto com o auxílio do R. 1) Exercício 29 Uma amostra de dez casais e seus respectivos salários anuais (em salários mínimos)

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente PLANO DE ENSINO Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (EETI) Engenharias: Ambiental; Civil; de Computação; de Petróleo; de Produção; Elétrica; Curso(s) Mecânica; Mecatrônica e Química Disciplina

Leia mais

Terminologia e conceitos de Metrologia

Terminologia e conceitos de Metrologia A U A UL LA Terminologia e conceitos de Metrologia Um problema Muitas vezes, uma área ocupacional apresenta problemas de compreensão devido à falta de clareza dos termos empregados e dos conceitos básicos.

Leia mais

TENDÊNCIAS DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA NO BRASIL DE 2000 A 2013: EVENTOS CIENTÍFICOS

TENDÊNCIAS DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA NO BRASIL DE 2000 A 2013: EVENTOS CIENTÍFICOS TENDÊNCIAS DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA NO BRASIL DE 2000 A 2013: EVENTOS CIENTÍFICOS Ailton Paulo de Oliveira Júnior UFTM Tayrinne Helena Vaz - UFTM Resumo: Com a intenção de obter indicadores

Leia mais

PROVA BRASIL: LEITURA E INTERPRETAÇÃO

PROVA BRASIL: LEITURA E INTERPRETAÇÃO PROVA BRASIL: LEITURA E INTERPRETAÇÃO Pamella Soares Rosa Resumo:A Prova Brasil é realizada no quinto ano e na oitava série do Ensino Fundamental e tem como objetivo medir o Índice de Desenvolvimento da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE PSICOLOGIA NORMAS COMPLEMENTARES Nº 02/2016/PSI

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE PSICOLOGIA NORMAS COMPLEMENTARES Nº 02/2016/PSI UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE PSICOLOGIA NORMAS COMPLEMENTARES Nº 02/2016/PSI A Direção do Instituto de Psicologia e a Coordenação do Curso de Psicologia, baseadas no

Leia mais

EDITAL 01/2009 CHAMADA PARA ARTIGOS REVISTA GÊNERO E DIREITO DISCIPLINA A CHAMADA DE ARTIGOS PARA

EDITAL 01/2009 CHAMADA PARA ARTIGOS REVISTA GÊNERO E DIREITO DISCIPLINA A CHAMADA DE ARTIGOS PARA EDITAL 01/2009 CHAMADA PARA ARTIGOS REVISTA GÊNERO E DIREITO DISCIPLINA A CHAMADA DE ARTIGOS PARA PUBLICAÇÃO NA REVISTA GÊNERO E DIREITO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM GÊNERO E DIREITO - UNIVERSIDADE

Leia mais

I. Dominar linguagens (DL): Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica.

I. Dominar linguagens (DL): Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica. As cinco grandes competências do ENEM Apresentaremos a seguir as grandes competências do Exame Nacional do Ensino Médio. Elas exigem dos estudantes e dos educadores uma série de novos procedimentos no

Leia mais

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO CAPA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO - Instituição de Ensino Universidade federal de São João del-rei

Leia mais

PREPARA-TE PARA OS EXAMES: descobre os verbos mais importantes. Biblioteca da ESMA Coordenadora: Catarina Azevedo

PREPARA-TE PARA OS EXAMES: descobre os verbos mais importantes. Biblioteca da ESMA Coordenadora: Catarina Azevedo PREPARA-TE PARA OS EXAMES: descobre os verbos mais importantes 2012-2013 Coordenadora: Catarina Azevedo Um exame prepara-se com antecedência e depende muita da tua capacidade de interpretares corretamente

Leia mais

Projeto 1000 no Enem. Conclusão. Bruna Camargo (67) (Aulas particulares)

Projeto 1000 no Enem. Conclusão. Bruna Camargo (67) (Aulas particulares) Projeto 1000 no Enem Conclusão OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: Nas dissertações, a conclusão é a parte final que condensa os pontos centrais da discussão, inclusive o posicionamento apresentado na tese. A conclusão

Leia mais

Análise da Informação Económica e Empresarial

Análise da Informação Económica e Empresarial Análise da Informação Económica e Empresarial Aula 4: Noções fundamentais sobre a realização de trabalho empírico em Economia e Gestão tratamento de informação e elaboração de relatórios Análise da Informação

Leia mais

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize º Semestre

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize º Semestre Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão Maria Cecilia Bonato Brandalize 2015 1º Semestre Tópicos 1. Apresentação Oral 1.1. Importância 1.2. Suporte 1.3. Preparação 1.4. Dicas Importantes 2. Trabalho

Leia mais

Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Federal do Maranhão

Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Federal do Maranhão Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Federal do Maranhão A Dissertação de Mestrado e Tese de Doutorado deverá ser obrigatoriamente,

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

MANUAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Prof. Dr. Ari Melo Mariano Prof. a Dr. a Fernanda Vinhaes de Lima Prof. a Dr. a Mara Lúcia Castilho Olívia Laquis de Moraes Clara Coelho Paranhos

Leia mais

TRABALHO FINAL I CEAP Prof.ª Maria Helena Carvalho /Prof. Msc. Paulo José Morais

TRABALHO FINAL I CEAP Prof.ª Maria Helena Carvalho /Prof. Msc. Paulo José Morais TRABALHO FINAL I CEAP 2011.2 PROBLEMATIZAÇÃO Tendo a certeza de que o problema está adequadamente delimitado, será preciso realizar um cuidadoso processo de problematização. A Sugestão é que cada problema

Leia mais

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK ESCOPO Especifica os princípios gerais para a elaboração de teses e dissertações, visando apresentação

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ANDRADINA NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ANDRADINA NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ANDRADINA NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER ANDRADINA/SP 2016 NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO:

Leia mais

O que vem a ser computação quântica?

O que vem a ser computação quântica? O que vem a ser computação quântica? Encontro Regional de Ciências Roberto Imbuzeiro Oliveira (IMPA) Rio de Janeiro, 02/08/2012 Computação quântica? Por que isso pode ser útil? Computação quântica? Por

Leia mais

Biologia. Objeto de Avaliação. Ensino Secundário. Prova

Biologia. Objeto de Avaliação. Ensino Secundário. Prova INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUENCIA Biologia 2015 Ensino Secundário O presente documento divulga informação relativa à PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUENCIA do ensino secundário da disciplina de

Leia mais