Prado, Alan Souza. P896g Gestão de projetos / Alan Souza Prado. Varginha, slides; il.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prado, Alan Souza. P896g Gestão de projetos / Alan Souza Prado. Varginha, 2015. 102 slides; il."

Transcrição

1 Prado, Alan Souza. P896g Gestão de projetos / Alan Souza Prado. Varginha, slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Administração de projetos. 2. Planejamento estratégico. I. Título. II. Fundação de Ensino e Pesquisa - FEPESMIG CDD: AC: Elaborado por: Isadora Ferreira CRB-06 31/06

2 Atividades do Engenheiro de Produção (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) O projeto, a modelagem, a implantação, a operação, a manutenção e a melhoria de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo homens, recursos financeiros e materiais, tecnologia, informação e energia. Compete ainda especificar, prever e avaliar os resultados obtidos destes sistemas para a sociedade e o meio ambiente, recorrendo a conhecimentos especializados da matemática, física, ciências humanas e sociais, conjuntamente com os princípios e métodos de análise e projeto da engenharia.

3 Competência do Engenheiro de Produção (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) Dimensionar e integrar recursos físicos, humanos e financeiros, a fim de produzir com eficiência ao menor custo, considerando a possibilidade de melhorias contínuas; Utilizar ferramental matemático e estatístico para modelar sistemas de produção e auxiliar na tomada de decisões; Projetar, implementar e aperfeiçoar sistemas, produtos e processos, levando em consideração os limites e as características das comunidades envolvidas; Prever e analisar as demandas, selecionar conhecimento científico e tecnológico, projetando produtos ou melhorando suas características e funcionalidades; Incorporar conceitos e técnicas da qualidade em todo o sistema produtivo, tanto nos seus aspectos tecnológicos quanto organizacionais, aprimorando produtos e processos, produzindo normas e controle de auditoria.

4 Competência do Engenheiro de Produção (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) Prever a evolução dos cenários produtivos, percebendo a interação entre as organizações e os seus impactos sobre a competividade; Acompanhar os avanços tecnológicos, organizando-os e colocando-os a serviço da demanda das empresas e da sociedade; Compreender a inter-relação dos sistemas de produção com o meio ambiente, tanto no que se refere a utilização de recursos escassos quanto à disposição final de resíduos e rejeitos, visando a sustentabilidade; Utilizar indicadores de desempenho, sistemas de custeio, bem como avaliar a viabilidade econômica e financeira de projetos; Gerenciar e otimizar o fluxo de informação nas empresas utilizando tecnologias adequadas.

5 Habilidades do Engenheiro de Produção (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) Iniciativa empreendedora; Iniciativa para auto aprendizado e educação continuada; Comunicação oral e escrita; Leitura, interpretação e expressão por meios gráficos; Visão crítica de ordens de grandeza; Domínio de técnicas computacionais; Conhecimento, em nível técnico, de língua estrangeira; Conhecimento da legislação pertinente; Capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares; Capacidade de identificar, modelar e resolver problemas. Compreensão dos problemas administrativos, socioeconômicos e do meio ambiente; Pensar globalmente, agir localmente ;

6 Objetivo O objetivo primário desta disciplina é: Proporcionar ao graduando o instrumental necessário para entender as metodologias mais atuais no campo da Administração por Projetos, capacitando-o a participar e liderar projetos de produtos e serviços.

7 Introdução Relação entre TI e Engenharia de Produção 1 Melhorar Processos Internos 2 Aplicar Melhores Controles Reduzir Custos Melhorar a qualidade e disponibilidade das informações importantes interna e externamente à organização. Agregar valor aos serviços e produtos ofertados por uma organização

8 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 1) ENGENHARIA DE OPERAÇÕES E PROCESSOS DA PRODUÇÃO Projetos, operações e melhorias dos sistemas que criam e entregam os produtos (bens ou serviços) primários da empresa Gestão de Sistemas de Produção e Operações 1.2. Planejamento, Programação e Controle da Produção 1.3. Gestão da Manutenção 1.4. Projeto de Fábrica e de Instalações Industriais: organização industrial, layout/arranjo físico 1.5. Processos Produtivos Discretos e Contínuos: procedimentos, métodos e sequências 1.6. Engenharia de Métodos

9 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 2) LOGÍSTICA Técnicas para o tratamento das principais questões envolvendo o transporte, a movimentação, o estoque e o armazenamento de insumos e produtos, visando a redução de custos, a garantia da disponibilidade do produto, bem como o atendimento dos níveis de exigências dos clientes Gestão da Cadeia de Suprimentos 2.2. Gestão de Estoques 2.3. Projeto e Análise de Sistemas Logísticos 2.4. Logística Empresarial 2.5. Transporte e Distribuição Física 2.6. Logística Reversa

10 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 3) PESQUISA OPERACIONAL Resolução de problemas reais envolvendo situações de tomada de decisão, através de modelos matemáticos habitualmente processados computacionalmente. Aplica conceitos e métodos de outras disciplinas científicas na concepção, no planejamento ou na operação de sistemas para atingir seus objetivos. Procura, assim, introduzir elementos de objetividade e racionalidade nos processos de tomada de decisão, sem descuidar dos elementos subjetivos e de enquadramento organizacional que caracterizam os problemas Modelagem, Simulação e Otimização 3.2. Programação Matemática 3.3. Processos Decisórios 3.4. Processos Estocásticos 3.5. Teoria dos Jogos 3.6. Análise de Demanda 3.7. Inteligência Computacional

11 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 5) ENGENHARIA DO PRODUTO Conjunto de ferramentas e processos de projeto, planejamento, organização, decisão e execução envolvidas nas atividades estratégicas e operacionais de desenvolvimento de novos produtos, compreendendo desde a concepção até o lançamento do produto e sua retirada do mercado com a participação das diversas áreas funcionais da empresa Gestão do Desenvolvimento de Produto 5.2. Processo de Desenvolvimento do Produto 5.3. Planejamento e Projeto do Produto

12 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 6) ENGENHARIA ORGANIZACIONAL Conjunto de conhecimentos relacionados à gestão das organizações, englobando em seus tópicos o planejamento estratégico e operacional, as estratégias de produção, a gestão empreendedora, a propriedade intelectual, a avaliação de desempenho organizacional, os sistemas de informação e sua gestão e os arranjos produtivos Gestão Estratégica e Organizacional 6.2. Gestão de Projetos 6.3. Gestão do Desempenho Organizacional 6.4. Gestão da Informação 6.5. Redes de Empresas 6.6. Gestão da Inovação 6.7. Gestão da Tecnologia 6.8. Gestão do Conhecimento

13 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 7) ENGENHARIA ECONÔMICA Formulação, estimação e avaliação de resultados econômicos para avaliar alternativas para a tomada de decisão, consistindo em um conjunto de técnicas matemáticas que simplificam a comparação econômica Gestão Econômica 7.2. Gestão de Custos 7.3. Gestão de Investimentos 7.4. Gestão de Riscos

14 Áreas e Subáreas de EP onde Projetos é fundamental (ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção) 8) ENGENHARIA DO TRABALHO Projeto, aperfeiçoamento, implantação e avaliação de tarefas, sistemas de trabalho, produtos, ambientes e sistemas para fazê-los compatíveis com as necessidades, habilidades e capacidades das pessoas visando a melhor qualidade e produtividade, preservando a saúde e integridade física. Seus conhecimentos são usados na compreensão das interações entre os humanos e outros elementos de um sistema. Pode-se também afirmar que esta área trata da tecnologia da interface máquina - ambiente - homem - organização Projeto e Organização do Trabalho 8.2. Ergonomia 8.3. Sistemas de Gestão de Higiene e Segurança do Trabalho 8.4. Gestão de Riscos de Acidentes do

15 Introdução As mudanças contemporâneas: Exigem que as empresas adotem uma nova postura de atuação frente aos seus: clientes, competidores, fornecedores e em relação à sua administração interna.

16 Introdução As empresas investem cada vez mais em ações de melhorias: Processos de reengenharia, Sistema de gestão empresarial integrado, Certificações ISO (International Standart Organization), Produção enxuta, custeio por atividades, Objetivo: capacitar a empresas para atuar de forma competitiva no mercado.

17 Introdução Discute-se o cada vez mais o impacto ações. Alta demanda um alto investimento, Mudanças no comportamento da empresa (internamente e externamente), Possuem um longo período de implantação. Exemplo: Implantação de sistema de gestão empresarial integrado (ERP).

18 Introdução Ao se adotar uma ação destas exige-se: Levantadas as atividades, funções, informações e recursos que são utilizados pela empresa, Resumindo: Levanta-se todos os processos de negócios que existentes na empresa.

19 Introdução Processo de Negócio? Uma série contínua de atividades realizadas pela empresa, com a finalidade de gerar um produto ou informação.

20 Introdução A modelagem dos processos de negócio ainda não é uma prática comum entre as empresas. Contribuindo para o aumento de custo e de tempo de implantação de uma ação ou projeto de melhoria. Por que? Porque as empresas têm de investir tempo e recursos no desenvolvimento do modelo de seus processos de negócios, uma vez que, em sua maioria não possuem.

21 Introdução No sentido de minimizar os prejuízos : Organizações de pesquisa, empresas de consultoria e empresas de desenvolvimento de sistemas, disponibilizam modelos. Estudos mostraram que o uso de modelos de referência em projetos organizacionais podem reduzir o custo e o tempo de implantação em até 30%.

22 Introdução A modelagem dos processos de negócios tem como finalidade e a gestão de projetos: melhorar a representação e compreensão de como a empresa trabalha; racionalizar e assegurar o fluxo de informações; armazenar o conhecimento adquirido e o know how da empresa, para uso posterior; prover uma base para análises econômicas e organizacionais; simular o comportamento de partes da empresa; prover uma base para tomada de decisões operacionais e organizacionais e controlar, coordenar ou monitorar algumas partes da empresa (i.e., alguns processos).

23 GESTÃO DE PROJETOS

24 O que é um Gerenciamento? Sinônimos: Antônimos: Incide: Descrição:

25 O que é um Gerenciamento? Sinônimos: Organizar, gerir, administrar, manejar, dirigir, encabeçar, zelar, presidir, menear, superintender, chefiar, intender, sobreintender, manear, comandar. Antônimos: Desorganizar. Incide: Sobre coisas, pessoas ou ambos. Descrição: Ato de gerenciar, administrar, gerir negócios, bens ou serviços. Organizar, planejar e executar atividades que facilitem o processo de trabalho.

26 O que é um Projeto? Sinônimos: Arquitetura, descrição, esboço, lineamento, rascunho, desígnio, alvo, intenção, intuito, plano, pressuposto, programa, propósito, apontamento, ideia, método, preparação, programação, prospecto, traçado, orientação, mira e idealização. Antônimos: Incide: Pessoas, tempo, custo, recursos e qualidade.

27 O que é um Projeto? Descrição: Projeto é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido, sendo conduzido por pessoas dentro de parâmetros predefinidos de tempo, custo, recursos envolvidos e qualidade. (Vargas, 2005)

28 O que é um Processo? Sinônimos: Antônimos: Incide: Descrição:

29 O que é um Processo? Sinônimos: Ação, arrumação, atividade, movimento, artimanha, mecanismo, modo, maneira, forma, jeito, meio, método, sistema, norma, ordem, orientarão, regra, rumo, rotina, procedimento, compasso, fórmula, guia, seguimento. Antônimos: Incide: Pessoas, tempo, custo, recursos e qualidade. Descrição: Um processo é caracterizado como uma atividade ou conjunto de atividades para obtenção de algo. Conjunto sequencial e particular de ações com objetivo comum.

30 O que é um Gerenciamento de Projeto? É a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas para a execução de projetos de forma efetiva e eficaz.

31 O que se quer atingir com o Gerenciamento de Projeto? Uma competência estratégica para organizações, permitindo com que elas unam os resultados dos projetos com os objetivos do negócio.

32 Onde o Gerenciamento de Projeto pode ser aplicado? Em todas as áreas do conhecimento humano: Trabalhos Administrativos. Trabalhos Estratégicos. Trabalhos Operacionais. E na vida pessoal?

33 Quando o Gerenciamento de Projeto é necessário? Em qualquer situação onde exista um empreendimento que não é fixo e rotineiro. E se é único e pouco familiar, como deve ser a atividade de projeto? Existe a necessidade de se controlar as atividades necessárias para alcançar os resultados desejados de forma otimizada, minimizando ou eliminando a possibilidade de fracasso, o que reduz as incertezas.

34 Importante para o sucesso no Gerenciamento de Projeto Identificar e diferenciar o projeto das demais atividades desenvolvidas. Dificuldade: Maior parte dos envolvidos realiza trabalhos rotineiros. Frequentemente atividades rotineiras e de projeto tem as mesmas necessidades: Reuniões, telefonemas, relatórios, análises e etc.

35 Como distinguir Rotina de Projeto? A diferença básica está nos... Os projetos possuem... Claras e definidas! Os projetos possuem um período definido de...

36 Outros Esforços Projetos

37 Compartilhamento de Recursos Mudança de Mercado Necessidade de Gerenciamento de Projetos Interdependência

38 Características de Projetos Temporariedade Individualidade

39 O que um projeto deve ter? Valores para: Prazos. Custos. Pessoal. Materiais. Equipamentos envolvidos. Qualidade desejada para o projeto.

40 É possível preestabelecer estes parâmetros com total precisão? Não. Então como fazemos? Todos eles serão claramente identificados, quantificados e readequados no decorrer do plano de projeto. Então porque estabelecemos antecipadamente? Os parâmetros iniciais vão atuar como referência para o projeto e sua avaliação.

41 Como se define o sucesso de um projeto? O projeto ficou abaixo do orçado? O projeto terminou mais rápido? O Projeto consumiu menos materiais e pessoas? O Cliente ou Patrocinador foi surpreendido pela qualidade do resultado do Projeto?

42 Na verdade!!! Sob a ótica de planejamento de projetos: Nenhuma das respostas destes questionamentos descreve um projeto bem sucedido. UM PROJETO BEM SUCEDIDO É AQUELE QUE É REALIZADO CONFORME O PLANEJADO.

43 Então quais quesitos deve-se considerar? Ser concluído dentro do prazo previsto. Ser concluído dentro do orçamento previsto. Ter utilizado os recursos (materiais, equipamentos e pessoas) eficientemente, sem desperdícios. Ter atingido a qualidade e o desempenho desejados. Ter sido concluído com o mínimo possível de alterações no escopo. Ter sido aceito sem restrições do patrocinador. Ter sido empreendido sem que ocorresse interrupção ou prejuízo nas atividades normais da organização.

44 O SUCESSO DE UM PROJETO É COLHER O QUE SE PLANTOU! NEM MAIS NEM MENOS

45 Pontos importantes para o Sucesso: Selecionar corretamente a equipe de projeto. Desenvolver um senso de comprometimento. Manter a boa relação entre os stakeholders. Determinar quais processos precisam de melhoria. Desenvolver estimativas de custos, prazos e qualidade realistas. Evitar otimismo e pessimismo exagerado.

46 Vantagens! Evita surpresas durante a execução dos trabalhos. Permite desenvolver diferenciais competitivos e novas técnicas. Antecipa situações desfavoráveis, permitindo ações preventivas e corretivas. Orçamentos antes dos gastos. Agiliza decisões. Aumenta o controle gerencial de todas as fases a serem implementadas. Otimiza a alocação de pessoas, equipamentos e materiais. Documenta e facilita as estimativas para projetos futuros.

47 Principais causas do Fracasso? Metas e Objetivos mal estabelecidos. Pouca compreensão da complexidade do projeto. Estimativas de cronograma e financeiras mal realizadas. Projeto baseado em dados insuficientes ou inadequados. Não teve Gerente de projeto ou teve vários Sem liderança. Sistema de controle inadequado. Projeto estimado com base em experiência empírica, ou feeling. Treinamento e capacitação inadequados. Expectativas desalinhadas. Falta de padrão de trabalho.

48 Exemplos de Projeto Instalação de uma nova planta industrial. Redação de um livro. Reestruturação de um determinado setor ou departamento da empresa. Elaboração de um plano de marketing e publicidade. Lançamento de um novo produto ou serviço. Informatização de um determinado setor da empresa. Construção de uma casa. Realização de uma viagem. Execução de campanha política. Desenvolvimento de um software. etc.

49 Ciclo de Vida dos Projetos Todo projeto pode ser subdividido em determinadas fases de desenvolvimento. O entendimento destas fases permite a equipe de projeto um melhor controle do total de recursos utilizados para atingir as metas estabelecidas. Esse conjunto de fases é conhecido como CICLO DE VIDA.

50 Ciclo de Vida

51 ATIVIDADE

52

53

54

55

56

57

58

59 As fases do Ciclo de Vida Aplicada a partir de 5 grupos de processos: Iniciação. Planejamento. Execução. Monitoramento e controle. Encerramento.

60 As fases do Ciclo de Vida

61 As fases do Ciclo de Vida Iniciação Monitoramento É a fase inicial e do Controle Projeto Planejamento é fase responsável por Execução Encerramento Identificação é a fase de é a necessidade fase que quando materializa a execução tudo detalhar É a fase aquilo que que acontece será paralelamente realizado pelo as que dos Transforma-se foi trabalhos planejado. é avaliada em através problema de uma projeto. demais fases. Qualquer auditoria. estruturado erro a ser resolvido. ocorrido nas fases Objetiva Cronograma acompanhar e controlar o que Planejamento anteriores Documentos Missão e Objetivo ficam e do projeto evidentes são definidos. são nesta encerrados. fase. está Interdependência sendo realizado. entre Encerramento atividades Grande Falhas Execução Documentos ocorridas parte do durante orçamento iniciais são e discutidas esforço são são e Propor Alocação ações de recursos corretivas e preventivas no consumidos analisadas confeccionados. para nesta que fase erros similares não menor Análise espaço de custos de tempo. ocorram Melhores novamente. estratégias são identificadas Escopo, Controle tempo, e comparação custo, qualidade, do status recursos atual e selecionadas. humanos, com o previsto. comunicações, riscos e aquisições.

62 Fase de Execução detalhada

63 Mapas Mentais Ferramentas de apoio gratuitas:

64 Project Management Office Local central para conduzir, planejar, organizar, controlar e finalizar as atividades de projeto. Objetivos: Centralizar as Informações. Estabelecer políticas e procedimentos para os projetos. Ser um centro de apoio a equipe. Representar fisicamente o projeto. Estimular o espírito de corpo da equipe.

65 Project Management Office Principais funções: Gerenciamento de cronogramas. Auxílio, supervisão, geração e elaboração de documentos e relatórios de projeto. Manutenção de históricos de projetos. Operação de ferramentas computacionais e softwares de gerenciamento de projetos.

66 Tipos de PMO Existem três níveis de Escritório de Projetos: Projeto autônomo. Project Support Office. Enterprise Project Support Office.

67 Projeto Autônomo Conselho Diretor Projeto Autônomo Operações PMO Equipe Equipe Equipe Departamento de Marketing Departamento de Engenharia Departamento Financeiro Departamento de Informática

68 Project Support Office Conselho Diretor Departamento de informática Departamento de Marketing Departamento de Engenharia Departamento Financeiro PMO Operações do Departamento Projetos

69 Enterprise Project Support Office Conselho Diretor PMO Departamento de informática Departamento de Engenharia Departamento Financeiro Operações do Departamento Projetos Operações do Departamento Projetos Operações do Departamento Projetos

70 Direcionamento

71 Papel do Gerente de Projetos Pessoa alocada pela organização executora para liderar a equipe responsável por alcançar os objetivos do projeto. O papel do gerente de projetos é diferente de um gerente funcional ou gerente de operações: Gerente funcional - proporcionar a supervisão de gerenciamento de uma unidade funcional ou de negócios, Gerente de operações - responsável pela eficiência das operações de negócios.

72 Papel do Gerente de Projetos Concentra-se nos objetivos especificados do projeto. Controla os recursos atribuídos ao projeto para atender da melhor forma possível aos objetivos do projeto Gerencia as restrições (escopo, cronograma, custo e qualidade)

73 Papel do Gerente de Projetos Responsáveis pelo atendimento de necessidades: de tarefas, necessidades de equipe, e necessidades individuais.

74 Competências do Gerente de Projetos Além das habilidades específicas a qualquer área e das proficiências de gerenciamento geral exigidas pelo projeto. Conhecimento. Refere-se ao que o gerente de projetos sabe sobre gerenciamento de projetos. Desempenho. Refere-se ao que o gerente de projetos é capaz de fazer ou realizar quando aplica seu conhecimento em gerenciamento de projetos.

75 Competências do Gerente de Projetos Pessoal. Refere-se ao comportamento do gerente de projetos na execução do projeto ou atividade relacionada HABILIDADES.

76 Liderança, Habilidades do Gerente de Projetos Construção de equipes, Motivação, Comunicação, Influência, Tomada de decisões, Consciência política e cultural, Negociação, Ganho de confiança Gerenciamento de conflitos, e Coaching

77 O Perfil do Gerente de Projetos Ricardo Vargas 1 - Videocast - O Perfil Profissional do Gerente de Projetos.

78 O sucesso depende de que? 10% de Ferramentas. 90% de Pessoas.

79 Cenários de Projeto? Vídeo Público - Youtube Cenário 1 Cenário 2

80 Você é um possível gerente de Projetos?

81 Ferramentas de Projeto - EAP?

82 PRIMEIRA AÇÃO!!! MAPA MENTAL MINDMAP

83 Ferramentas WBS Chart Pro Construção de EAP (Paga)

84 Ferramentas WBS Tool Construção de EAP (Live - Online)

85 Ferramentas X-Mind Mapa Mental, WBS, etc

86 Ferramentas MINDJET MindManager Mapa Mental, WBS, etc

87 Ferramentas de Iniciação Temos que encontrar as justificativas, o que irá impulsionar o desenvolvimento do projeto; As justificativas são estratégias, razões mercadológicas de mais curto prazo que irão impor o desenvolvimento; Deve se deixar bem claro as especificidades técnicas do projeto, questões quantitativas e qualitativas

88 Ferramentas de Iniciação Após definição do resultado pretendido e colocá-lo juntamente com a variável tempo temos então definido o objetivo do projeto; O objetivo acompanha todo o ciclo de vida do projeto; Após definido o projeto, começa a esboçar o escopo, o que será abrangido pelo projeto.

89 Ferramentas de Iniciação Consideramos como escopo o conjunto de produtos ou subprodutos a serem entregues ou mesmo o grupo de macro atividades a serem desenvolvidas para que se atinja o objetivo do projeto.

90 Ferramentas de Iniciação Formalmente ao início do projeto gera-se um documento denominado Termo de Abertura do Projeto. Este documento deve conter: Objetivo e escopo do projeto; Requisitos e necessidades externas ao projeto; Expectativas da administração; Riscos e desafios; Ligações com outros projetos; Estimativa de recursos necessários; Quantidade, período de tempo; Medidas de desempenho; Sponsor, Gerente do Projeto, Grupo do Projeto.

91 Premissa versus Restrição Premissas: são hipóteses, não confirmadas, porem consideradas na montagem do projeto. Restrições: são limitações factuais, são fatos assumidos no projeto. Elas não podem ser esquecidas ou burladas, com possibilidade de sofrer penalidades por isso.

92 Premissa versus Restrição Premissas: são hipóteses, não confirmadas, porem consideradas na montagem do projeto. Restrições: são limitações factuais, são fatos assumidos no projeto. Elas não podem ser esquecidas ou burladas, com possibilidade de sofrer penalidades por isso.

93 Premissa versus Restrição Vídeo Público - Youtube 3 Riscos x Premissas x Restrições

94 Identificação dos Riscos Ferramentas e Técnicas Documentação existente; Coleta de dados; Dados Históricos (Checklists Lições Aprendidas); Diagramação (Fluxograma, etc); Forças; Fraquezas; Oportunidades e Ameaças - SWOT; Opinião especializada.

95 Identificação dos Riscos Vídeo Público - Youtube Cenário 1 Cenário 2

96 WBS - Work Breakdown Structure É a decomposição do projeto em partes menores de trabalho e, em seguida, as decompondo novamente até chegar a um nível de detalhe que combine com as necessidades de planejamento e programação das ações (tarefas) a serem realizadas pela equipe do projeto. Conhecida também como EAP Estrutura Analítica de Projeto.

97 Ricardo Vargas EAP Estrutura Analítica de Projeto 4 - Videocast Elaborando a Estrutura Analítica do Projeto (EAP)

98 EAP Estrutura Analítica de Projeto OBJETIVO DO PROJETO ETAPA 1 ETAPA 2 ETAPA 3 SUB-ETAPA 2.1 SUB-ETAPA 2.2 SUB-ETAPA 2.3 TAREFA TAREFA TAREFA TAREFA 2.2.4

99 EAP Estrutura Analítica de Projeto Critérios para EAP Possibilidade de medir o estado ou grau de organização de cada atividade; Início e término de eventos claramente definidos; Existência de produto em cada atividade; Facilidade de estimar duração e custo da atividade; Duração da atividade dentro de limites aceitáveis;

100 EAP Estrutura Analítica de Projeto Como fazer uma EAP (4 Passos) Escreva o produto ou serviço que será entregue ao final do projeto no topo da EAP. O que eu tenho que fazer, de maneira geral/macro para produzir/gerar o produto ou serviço final do projeto? Dentro dessa caixinha que trabalho terei que fazer? Vá decompondo essas caixas até o nível de pacote de trabalho, isto é, até o nível de um grupo/pacote de atividades, e não até o nível de atividades.

101 EAP Estrutura Analítica de Projeto CONSTRUÇÃO DE UMA CASA PREPARO DO LOCAL FUNDAÇÕES ESTRUTURA INSTALAÇÕES PAREDES TETOS ACABAMENTOS

102 EAP Estrutura Analítica de Projeto CONSTRUÇÃO DE UMA CASA PREPARO DO LOCAL FAZER LAYOUT FAZER A CERCA FAZER A ESCAVAÇÃO

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1.

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 1.1 2 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 3 1 Leitura

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

Engenharia de Produção: Grande área e diretrizes curriculares

Engenharia de Produção: Grande área e diretrizes curriculares ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção DOCUMENTO NÃO CONCLUÍDO Engenharia de Produção: Grande área e diretrizes curriculares Documento elaborado nas reuniões do grupo de trabalho de graduação

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

Gerenciamento de projetos. cynaracarvalho@yahoo.com.br

Gerenciamento de projetos. cynaracarvalho@yahoo.com.br Gerenciamento de projetos cynaracarvalho@yahoo.com.br Projeto 3URMHWR é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma seqüência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

AULA 3 PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA.

AULA 3 PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA. Planejamento, Programação e Controle em Projetos AULA 3 PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA. 1 Palestra Aspectos do Projeto e Planejamento na Gestão da Segurança do Trabalho Engº Gonçalo Siqueira

Leia mais

Gerenciamento de Projetos: Conceitos.

Gerenciamento de Projetos: Conceitos. ELABORAÇÃO E ANÁLISE DE PROJETOS Aula 10: 1 1 O que é Projeto 2 Caracterização de um projeto 3 Processos e áreas do gerenciamento de projeto 4 Análise de viabilidade do projeto 5 O papel do gerente de

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Project Management Institute. Prof. Miguel Torres miguel.torres@terra.com.br

Gerenciamento de Projetos Project Management Institute. Prof. Miguel Torres miguel.torres@terra.com.br Gerenciamento de Projetos Project Management Institute Prof. Miguel Torres miguel.torres@terra.com.br Objetivo do Curso Criar condições e proporcionar métodos para o desenvolvimento da capacidade gestora,

Leia mais

Mudança de Mercado. Tamanho do Empreendimento. Não familiaridade. Compartilhamento de Recursos. Interdependência. Imagem da Organização

Mudança de Mercado. Tamanho do Empreendimento. Não familiaridade. Compartilhamento de Recursos. Interdependência. Imagem da Organização Quando os projetos são necessários? Mudança de Mercado Não familiaridade Compartilhamento de Recursos Necessidade de Gerenciamento de Projetos Tamanho do Empreendimento Interdependência Imagem da Organização

Leia mais

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido,

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 As 10 áreas de Conhecimento 2 INTEGRAÇÃO 3 Gerência da Integração Processos necessários

Leia mais

PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.

PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail. PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 Processos Processos, em um projeto, é um conjunto de ações e atividades

Leia mais

Engenharia de Software II: Definindo Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Definindo Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Definindo Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Explorando as Áreas de Conhecimento de Gerenciamento de Projeto Entendendo como Projetos Acontecem

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br

Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br Motivações Gerenciamento de projetos, vem sendo desenvolvido como disciplina desde a década de 60; Nasceu na indústria bélica

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

PMO A implantação do Escritório de Projetos e a C&M. Setembro/2013

PMO A implantação do Escritório de Projetos e a C&M. Setembro/2013 PMO A implantação do Escritório de Projetos e a C&M Setembro/2013 Apresentação Newton Leandro Gonçalves Braga Especialista em Manutenção Industrial e Engenheiro Civil Pós graduando em Gestão de Projetos

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis MBA em Gestão de Projetos Gerenciamento de Projetos Prática essencial para gerar negócios sustentáveis Prof: Ângelo Braga, PMP, MBA angelo.braga@fgv.br eu@angelobraga.com.br 2/154 Contatos Prof. Ângelo

Leia mais

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES MBA ARQUITETURA DE INTERIORES Coordenador: Carlos Russo Professor: Fábio Cavicchioli Netto, PMP 1 APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR CONHECENDO OS PARTICIPANTES EXPECTATIVAS DO GRUPO 2 SUMÁRIO PMI / PMBoK / Certificados

Leia mais

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br)

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br) Obrigado por acessar esta pesquisa. Sei como é escasso o seu tempo, mas tenha a certeza que você estará contribuindo não somente para uma tese de doutorado, mas também para a melhoria das práticas da Comunidade

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 1944,

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

Engenharia de Produção: Grande Área e Diretrizes Curriculares

Engenharia de Produção: Grande Área e Diretrizes Curriculares ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção Engenharia de Produção: Grande Área e Diretrizes Curriculares Documento elaborado nas reuniões do grupo de trabalho de graduação em Engenharia de

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Cartilha Gestão de Projetos SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Esta cartilha tem como objetivo transmitir os conceitos básicos relacionados ao Gerenciamento de Projetos e compartilhar da metodologia

Leia mais

Aula 04 - Planejamento Estratégico

Aula 04 - Planejamento Estratégico Aula 04 - Planejamento Estratégico Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam permitir com que você saiba definir o escopo do projeto. Para tal, serão apresentados elementos que ajudem a elaborar

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 29 3.1 GERENCIAMENTO DO ESCOPO O Gerenciamento do Escopo do Projeto engloba os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todas

Leia mais

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) PMI O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? O PMBoK Guide 3º Edition (2004) é uma denominação que representa todo o somatório de conhecimento dentro da área de gerenciamento de projetos, além de fornecer uma

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) 2 Gerente Sênior de Projetos e Processos, 18 anos de experiência

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

Estar apto a utilizar técnicas, ferramentas e terminologias básicas do gerenciamento de projetos após a realização do curso.

Estar apto a utilizar técnicas, ferramentas e terminologias básicas do gerenciamento de projetos após a realização do curso. Curso sobre Gerenciamento de Projetos Apresentação O Gerenciamento de Projetos evoluiu nos últimos anos, ampliando sua área de atuação dentro das organizações. Nos mais variados campos da administração,

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades

Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades 1. DESCRIÇÕES DO CARGO - ESPECIALISTA EM DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA NUCLEAR E DEFESA a) Descrição Sumária Geral Desenvolver, projetar, fabricar,

Leia mais

Informação Verde Green IT Citizen Certification O caminho da Informação do Papel ao Digital

Informação Verde Green IT Citizen Certification O caminho da Informação do Papel ao Digital Informação Verde Green IT Citizen Certification O caminho da Informação do Papel ao Digital 39 Gestão de Projeto PMI Project Management Institute Vídeo Jandira O que é um Projeto? Empreendimento Temporário

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Projetos Atualidades Tipos de Projetos Conceitos e Instituições Certificação Importância

Leia mais

ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1

ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1 ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1 RESUMO Diversos profissionais relatam dificuldades em coordenar adequadamente projetos sob sua responsabilidade. Muitos fatores que influenciam

Leia mais

Conceituar projetos e a gerência de projetos. Conhecer a importância e os benefícios do gerenciamento de projetos Conhecer o PMI, o PMBOK, os grupos

Conceituar projetos e a gerência de projetos. Conhecer a importância e os benefícios do gerenciamento de projetos Conhecer o PMI, o PMBOK, os grupos Gestão de Projetos Empresariais Objetivos: Conceituar projetos e a gerência de projetos. Conhecer a importância e os benefícios do gerenciamento de projetos Conhecer o PMI, o PMBOK, os grupos de processos

Leia mais

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. FAE S.J. dos Pinhais Projeto e Desenvolvimento de Software Conceitos Básicos Prof. Anderson D. Moura O que é um projeto? Conjunto de atividades que: 1. Objetivo específico que pode ser concluído 2. Tem

Leia mais

Plataforma da Informação. Gerenciamento de Projetos

Plataforma da Informação. Gerenciamento de Projetos Plataforma da Informação Gerenciamento de Projetos Motivação Por que devemos fazer Projetos? - O aprendizado por projetos, faz parte de um dos três pilares de formação do MEJ; -Projetos são oportunidades

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Criando EAP. Planejando a qualidade. Criando a Estrutura Analítica do Projeto

Leia mais

I - Uma vez fechada a declaração de escopo, não é possível alterá-la. II - Uma parte interessada tem o poder de vetar a implantação do projeto.

I - Uma vez fechada a declaração de escopo, não é possível alterá-la. II - Uma parte interessada tem o poder de vetar a implantação do projeto. Bateria PMBoK Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com/blog http://twitter.com/timasters http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/ 1. (CESGRANRIO/Petrobras 2008) A Estrutura Analítica do Projeto

Leia mais

BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Por Maria Luiza Panchihak

BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Por Maria Luiza Panchihak BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Por Maria Luiza Panchihak Este artigo apresenta os benefícios do gerenciamento de projetos e mostra a importância desse processo, dentro de uma organização, para

Leia mais

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Uma abordagem voltada para a qualidade de processos e produtos Prof. Paulo Ricardo B. Betencourt pbetencourt@urisan.tche.br Adaptação do Original de: José Ignácio Jaeger

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos Capítulo 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 2 1.1 DEFINIÇÃO DE PROJETOS O projeto é entendido como um conjunto de ações, executadas de forma coordenada por uma organização transitória, ao qual são

Leia mais

Introdução a Gerenciamento de Projetos Prof. MSc. Fábio Assunção

Introdução a Gerenciamento de Projetos Prof. MSc. Fábio Assunção Introdução a Gerenciamento de Projetos Prof. MSc. Fábio Assunção Um projeto é um esforço temporário realizado para criar um produto ou serviço único. Ou seja, é desenvolvido a partir de uma ideia, progredindo

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Residência em Arquitetura de Software Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação

Leia mais

PROJETOS IV. Plano do Projeto Exportação da Bebida Voltz Equipe Style Project (07/10/2009)

PROJETOS IV. Plano do Projeto Exportação da Bebida Voltz Equipe Style Project (07/10/2009) PROJETOS IV Plano do Projeto Exportação da Bebida Voltz Equipe Style Project (07/10/2009) Assinaturas de Aprovação Responsabilidade Organizacional Assinatura Data Gerente de Projeto 07/10/2009 Líder de

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Tutorial de Gerenciamento de Projetos Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Apresentação Erika Yamagishi Engenheira de Computação pela UNICAMP Consultora associada

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W.

GESTÃO DE PROJETOS. Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem. O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W. GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Francisco César Vendrame "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." W. Shakespeare O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo (único), caracterizado

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK Disciplina de Engenharia de Software Material elaborado por Windson Viana de Carvalho e Rute Nogueira Pinto em 19/07/2004 Material alterado por Rossana Andrade em 22/04/2009 - Project Management Institute

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS Branding Corporativo O que é Branding. O que é uma marca. História da Marcas. Naming. Arquitetura de Marcas. Tipos de Marcas. Brand Equity. Gestão de Marcas/Branding.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Fundamentos

Gerenciamento de Projetos Fundamentos Gerenciamento de Fundamentos MBA EM GESTÃO DE PROJETOS - EMENTAS Definição de Projeto. Contexto e Evolução do Gerenciamento de. Areas de conhecimento e os processos de gerenciamento do PMI - PMBoK. Ciclo

Leia mais

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano Unidade I GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Objetivo Estimular o aluno no aprofundamento do conhecimento das técnicas de gestão profissional de projetos do PMI. Desenvolver em aula

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Introdução à Melhoria de Processos de Software baseado no MPS.BR Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda Introdução MPS.BR MR-MPS Detalhando o MPS.BR nível G Introdução

Leia mais

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br POR QUE ESCREVEMOS ESTE E-BOOK? Nosso objetivo com este e-book é mostrar como a Gestão de Processos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 64/2011 Altera a Resolução nº. 57/2007 do CONSEPE, que aprova o Projeto Político-Pedagógico

Leia mais

Gerenciamento de Projetos no Marketing Desenvolvimento de Novos Produtos

Gerenciamento de Projetos no Marketing Desenvolvimento de Novos Produtos Gerenciamento de Projetos no Marketing Desenvolvimento de Novos Produtos Por Giovanni Giazzon, PMP (http://giazzon.net) Gerenciar um projeto é aplicar boas práticas de planejamento e execução de atividades

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação Módulo 15 Resumo Neste módulo vamos dar uma explanação geral sobre os pontos que foram trabalhados ao longo desta disciplina. Os pontos abordados nesta disciplina foram: Fundamentos teóricos de sistemas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: - I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Gerência de Projetos (GEP) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/1 Fase: 8ª

Leia mais

Metodologia de Projetos. André Gomes Coimbra

Metodologia de Projetos. André Gomes Coimbra Metodologia de Projetos André Gomes Coimbra Cronograma Aula 3 Trabalho (10 pts) Aula 5 Avaliação (5 pts) Aula 9 Exercício (10 pts) Aula 10 Apresentação do projeto REDES (25 pts) Aula 11 Avaliação (10 pts)

Leia mais

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis Vamos nos conhecer e definir as diretrizes de nosso curso??? www.eadistancia.com.br

Leia mais

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013. 1 Semestre de 2013

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013. 1 Semestre de 2013 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013 1 Semestre de 2013 Fonte: https://www.facebook.com/cons ELHOSDOHEMAN Defina os seguintes termos: a) Risco Definição do PMBoK, 4ª edição: Um evento

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS Eduardo Christófaro de Andrade Eng. Agrônomo Juliana Maria Mota

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS

IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS Claudio Oliveira Aplicações de CRM Claudio Oliveira Apresentação Claudio Oliveira (cloliveira@usp.br) Professor da Fundação Vanzolini

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos 3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos Este capítulo tem como objetivo a apresentação das principais ferramentas e metodologias de gerenciamento de riscos em projetos, as etapas do projeto onde o processo

Leia mais

PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos

PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos por Mario Trentim em http://blog.mundopm.com.br/2013/01/21/pmo-de-sucesso-precisa-terfoco/ Caro amigo leitor, que tal

Leia mais

Boas Práticas em Gerenciamento de Projetos Material utilizado nas aulas de Pós-graduação do Centro de Informática 2010.2

Boas Práticas em Gerenciamento de Projetos Material utilizado nas aulas de Pós-graduação do Centro de Informática 2010.2 O que é um? s: Tradicional e/ou Ágil? Cristine Gusmão, PhD Tem início e fim bem determinados Things are not always what they seem. Phaedrus, Escritor e fabulista Romano O projeto é uma sequência única,

Leia mais

Fundamentos da Gestão de Projetos Aula 1

Fundamentos da Gestão de Projetos Aula 1 Fundamentos da Gestão de Projetos Aula 1 O tempo não espera por ninguém, e em nenhum outro lugar isso é tão real quanto no gerenciamento de projetos. Jin Mac Tntyre Faculdade PITÁGORAS Fevereiro de 2013

Leia mais

MBA MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MBA MASTER IN PROJECT MANAGEMENT Prof. Me. Luiz A. 321 Brigatti Jr. MBA MASTER IN PROJECT MANAGEMENT 2 /15 Prof. LUIZ A. BRIGATTI Jr. ESTRUTURA DE PROJETOS 3 /15 Prof. LUIZ A. BRIGATTI Jr. 1 Aula 1 Gestão de Projetos -GPR Conceitos Gerais

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS CICLO DE VIDA DE PROJETOS (viabilidade até a entrega / iniciação ao encerramento) RELEVÂNCIA SOBRE AS AREAS DE CONHECIMENTO FATORES IMPACTANTES EM PROJETOS

Leia mais

Gerência de Projetos

Gerência de Projetos Gerência de Projetos Escopo Custo Qualidade Tempo CONCEITO PROJETOS: são empreendimentos com objetivo específico e ciclo de vida definido Precedem produtos, serviços e processos. São utilizados as funções

Leia mais

Simulações em Aplicativos

Simulações em Aplicativos Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 5 Programação da Disciplina 20/Agosto: Conceito de Project Office. 27/Agosto: Tipos de Project Office.

Leia mais