Boleti leti de Serviço

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Boleti leti de Serviço"

Transcrição

1 Boletim de Serviço

2 Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente Denise Marçal Rambaldi de Licenciamento Ambiental Ana Cristina Rangel Henney Diretor de Informação, Monitoramento e Fiscalização Ailton de Mesquita Vieira Diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas André Ilha de Gestão das Águas e do Território Rosa Formiga Diretor de Recuperação Ambiental Luiz Manoel de Figueiredo Jordão Diretor de Administração e Finanças José Marcos Soares Reis Editado pela Gerência de Informação e Acervo Técnico - Geiat Vice-Presidência do INEA - Vpres

3 SUMÁRIO SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO PIABANHA - SUPPIB PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO- CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN /01/1 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO- CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN /01/1 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO- CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN /01/1 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO- CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN /01/1 DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL - DILAM PROCESSO E-07/ / ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. - 16/01/1 PROCESSO E-07/ / HUDSON COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA ME CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN /01/1 PROCESSO E-07/ / JAM AEROPARTS DO IL LTDA - ME CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN /01/1 PROCESSO E-07/50751/ LUCIANO RANGEL JUNIOR CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN /01/1 PROCESSO E-07/505296/ WILMA CARNEIRO BARBATEU CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN /01/1 DIRETORIA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL - DIRAM AUTORIZAÇÃO PARA INÍCIO DE SERVIÇOS E FISCALIZAÇÃO - 30/01/

4 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO PIABANHA - SUPPIB Ato da Superintendência De 21 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN Concedida Certidão INEXIGIBILIDADE DE LICENÇA AMBIENTAL PARA OBRA EMERGENCIAL PARA MURO DE CONTENÇÃO DE TALUDE NO KM 2 DA RJ 160 na RODOVIA ESTADUAL - RJ-160 KM,5, município CARMO De 21 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN Concedida Certidão INEXIGIBILIDADE DE LICENÇA AMBIENTAL PARA OBRA EMERGENCIAL PARA MURO DE CONTENÇÃO DE TALUDE NO KM 32,5 DA RJ 160 na RODOVIA ESTADUAL - RJ-160 KM,5, município CARMO De 21 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN Concedida INEXIGIBILIDADE DE LICENÇA AMBIENTAL PARA OBRA EMERGENCIAL PARA CONTENÇÃO DE TALUDE AO LONGO DA RJ 13 - POÇO FUNDO; NA RODOVIA ESTADUAL RJ A DIVERSOS BAIRROS, município REGIÃO SERRANA De 21 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ /2013 SECRETARIA DE ESTADO DE O - SEO CERTIDÃO AMBIENTAL Nº CA Nº IN Concedida INEXIGIBILIDADE DE LICENÇA AMBIENTAL PARA OBRA EMERGENCIAL DE CON- TENÇÃO DE TALUDE AO LONGO DA RJ 13; RODOVIA RJ 13 - ESTACA 20 A POSSE, município PETRÓPOLIS Ano VI - Nº12-22 de janeiro de 201

5 DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL - DILAM Ato da De 16 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ / ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. Concedido o documento de averbação n. AVB002170, referente a AA IN02510, onde fica alterada a atividade licenciada para: Para o recebimento e beneficiamento com vistas ao envio ao co-processamento, mediante empresas licenciadas, dos resíduos abaixo relacionados. Resíduos 10 t/ano de borra de tinta proveniente da empresa Nacional Gás Butano Distribuidora Ltda, situada em Bauru/SP; 5 t/ano de (bags) de peças pequenas de poliuretano, provenientes da empresa ITW Delfast do Brasil Ltda, situada em São Paulo/SP; 200 t/ano de mix de resíduos sólidos contendo embalagens de papel, papelão, sacarias, vidros, vermiculita, madeira e EPIs contaminados com tintas e pigmentos; 30 t/ano de borra de pigmento contaminada com solvente; 30 t/ano de água contaminada com tintas e aditivos, provenientes da empresa Sun Chemical do Brasil Ltda, situada em Guarulhos/SP; 1600 t/ano de resíduos provenientes da drenagem de fundo de tanque; 50 t/ ano de borra proveniente de filtro prensa da ETE; 3 t/ano de sólidos diversos (panos, EPIs e papel) contaminados com resinas, óleos, tintas e solventes, provenientes da empresa Mauser do Brasil Embalagens Industriais S.A, situada em Taubaté/SP. BOLETIM Nº 119 DE 15/07/2013, PÁGINA 02 PROCESSO: / ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS Fica alterado o fornecedor dos resíduos: Onde se lê: 800 t/ano de Resíduos diversos provenientes da produção de tintas (panos de limpeza, EPIs, borra de cabine de pintura, varrição de fábrica, filtros, vidros, serragem, sacarias de papel e plástico e lodo da estação de tratamento de efluentes), provenientes da empresa DPC do Brasil Performace Coatings Ind. e Com. de Tintas Autom, situada em Guarulhos/SP. Substituir por: 800 t/ano de Resíduos diversos provenientes da produção de tintas (panos de limpeza, EPIs, borra de cabine de pintura, varrição de fábrica, filtros, vidros, serragem, sacarias de papel e plástico e lodo da estação de tratamento de efluentes), provenientes da empresa Axalta Coating Systems Brasil Ltda., situada em Guarulhos/SP. De 16 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ / HUDSON COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA ME CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN Concedida certidão atestando a inexigibilidade de licença ambiental para realizar atividade de comércio atacadista de produtos químicos sem manuseio, sem estoque e sem transporte, atuando em escritório como intermediária comercial, uma vez que não consta no Anexo 1 do Decreto n /2009, onde estão relacionados os empreendimentos e atividades utilizadores de recursos ambientais, considerados efetiva ou potencialmente poluidores, bem como os capazes, sob qualquer forma, de causar degradação ambiental, a serem submetidos ao licenciamento ambiental, na Avenida das Américas, 10101, sala 225, Barra da Tijuca, município Rio de Janeiro. Ano VI - Nº12-22 de janeiro de 201 5

6 De 16 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/ / JAM AEROPARTS DO IL LTDA - ME CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN Concedida certidão atestando a inexigibilidade de licença ambiental para realizar atividade de comércio atacadista de produtos químicos sem manuseio, sem estoque e sem transporte, atuando em escritório como intermediária comercial, uma vez que não consta no Anexo 1 do Decreto n /2009, onde estão relacionados os empreendimentos e atividades utilizadores de recursos ambientais, considerados efetiva ou potencialmente poluidores, bem como os capazes, sob qualquer forma, de causar degradação ambiental, a serem submetidos ao licenciamento ambiental, na Avenida das Américas, 10101, Sala 226, Barra da Tijuca, município Rio de Janeiro. De 16 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/50751/ LUCIANO RANGEL JUNIOR CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN02597 Encaminhada a planta de demarcação da faixa marginal de proteção - FMP nº (01-27) do Rio Mumbuca, com largura de 15,00 metros, no trecho localizado na Rua Joaquim Eugênio dos Santos, Parque Eldorado, município Maricá, na FMP demarcada são vedadas edificações, edículas ou qualquer tipo de construção, com execução dos casos autorizados pelo INEA, através de processo administrativo próprio de Autorização Ambiental de Intervenção em Área de Preservação Permanente (APP), ou no âmbito do processo de licenciamento ambiental, quando este for competência estadual. De 16 de janeiro de 201 PROCESSO E-07/505296/ WILMA CARNEIRO BARBATEU CERTIDÃO AMBIENTAL Nº IN Encaminhada a planta de demarcação da faixa marginal de proteção - FMP nº (01-3) do João Mendes, com largura de 15,00 metros, no trecho localizado na Rua 8, Quadra 11, Lote 8, Maravista, Itaipu, município Niterói, informando que a propriedade não esta inserida na FMP demarcada, são vedadas edificações, edículas ou qualquer tipo de construção, com execução dos casos autorizados pelo INEA, através de processo administrativo próprio de Autorização Ambiental de Intervenção em Área de Preservação Permanente (APP), ou no âmbito do processo de licenciamento ambiental, quando este for competência estadual. Ano VI - Nº12-22 de janeiro de 201 6

7 Ano VI - Nº12-22 de janeiro de 201 7

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

PR O C E S S O E-07/510270/2010 UNIMIL UNIFORMES MILITARES LTDA PR O C E S S O E-07/507472/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A.

PR O C E S S O E-07/510270/2010 UNIMIL UNIFORMES MILITARES LTDA PR O C E S S O E-07/507472/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

PR O C E S S O E-07/504.149/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. PR O C E S S O E-07/504.175/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A.

PR O C E S S O E-07/504.149/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. PR O C E S S O E-07/504.175/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

PROCESSO E-07/508944/2012 - PETROBRAS TRANSPORTES S.A - TRANSPETRO - 22/09/2014

PROCESSO E-07/508944/2012 - PETROBRAS TRANSPORTES S.A - TRANSPETRO - 22/09/2014 Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente Rafael de

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente Rafael de

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marco Aurélio Damato Porto Vice-Presidente

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

Ano 1 - Nº 12-25 de junho de 2009 3

Ano 1 - Nº 12-25 de junho de 2009 3 Boleti tim de Serviço Ano 1 - Nº 12-25 de junho de 2009 boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade dos atos administrativos da instituição. Presidente

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marco Aurélio Damato Porto Vice-Presidente

Leia mais

PROCESSO E-07/509.108/2011 - COCKETT DO BRASIL COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEL LTDA 15/09/2011 PROCESSO E-07/507.257/2011 MINERAÇÃO PIMENTA LTDA 14/09/2011

PROCESSO E-07/509.108/2011 - COCKETT DO BRASIL COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEL LTDA 15/09/2011 PROCESSO E-07/507.257/2011 MINERAÇÃO PIMENTA LTDA 14/09/2011 Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente Rafael de

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente Rafael de

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marco Aurélio Damato Porto Vice-Presidente

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente Rafael de

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marco Aurélio Damato Porto Vice-Presidente

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente Rafael de

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE. Boletim de Serviço SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA PLANILHA TRIMESTRAL DE RESÍDUOS ENTREGA ANUAL DA SEMMA (JANEIRO DE CADA ANO)

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA PLANILHA TRIMESTRAL DE RESÍDUOS ENTREGA ANUAL DA SEMMA (JANEIRO DE CADA ANO) MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA PLANILHA TRIMESTRAL DE RESÍDUOS ENTREGA ANUAL DA SEMMA (JANEIRO DE CADA ANO) CÓD. MAN01 ESCLARECIMENTOS INICIAIS Em nível municipal, além da necessidade de se

Leia mais

DIVISÃO AMBIENTAL. Nosso diferencial:

DIVISÃO AMBIENTAL. Nosso diferencial: A EMPRESA Apoiada em sólidas parcerias, a VIP Soluções é uma empresa de gerenciamento ambiental, provedora de soluções tecnológicas integradas. Nosso diferencial: Ética e segurança para nossos clientes,

Leia mais

MOTORES ENERGIA AUTOMAÇÃO TINTAS. Preparação de tintas e vernizes, limpeza e descarte de embalagens visando à preservação Ambiental

MOTORES ENERGIA AUTOMAÇÃO TINTAS. Preparação de tintas e vernizes, limpeza e descarte de embalagens visando à preservação Ambiental MOTORES ENERGIA AUTOMAÇÃO TINTAS Preparação de tintas e vernizes, limpeza e descarte de embalagens visando à preservação Ambiental Versão 03 Novembro / 2009 A WEG aliada aos princípios de sustentabilidade

Leia mais

zeppini@zeppini.com.br www.zeppini.com.br Estrada Sadae Takagi, 665 CEP 09852-070 Fone (11) 4393-3600 Fax (11) 4393-3609 Zeppini Comercial Ltda

zeppini@zeppini.com.br www.zeppini.com.br Estrada Sadae Takagi, 665 CEP 09852-070 Fone (11) 4393-3600 Fax (11) 4393-3609 Zeppini Comercial Ltda + Sideraço Industrial do Brasil Ltda Rua Francisco Reis, 785-3º Distrito Industrial CEP 88311-710 Itajaí - SC Fone (47) 3341-6700 Fax (47) 3341-6717 vendas@sideraco.com.br www.sideraco.ind.br Zeppini Comercial

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente José Maria

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE DO RIO DE JANEIRO ATO DO PRESIDENTE

SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE DO RIO DE JANEIRO ATO DO PRESIDENTE SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE DO RIO DE JANEIRO ATO DO PRESIDENTE RESOLUÇÃO CONEMA Nº 56 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013. ESTABELECE CRITÉRIOS PARA A INEXIGIBILIDADE DE

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA Resolução nº 307, de 5 de Julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil, disciplinando as ações

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marco Aurélio Damato Porto Vice-Presidente

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE RESOLUÇÃO N. 307, DE 05 DE JULHO DE 2002 Alterações: Resolução CONAMA n. 348, de 16.08.04 Resolução CONAMA n. 431, de 24.05.11 Resolução CONAMA n. 448, de 18.01.12 Resolução

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96

RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96 RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96 Correlações: Alterada pela Resolução nº 448/12 (altera os artigos 2º, 4º, 5º, 6º, 8º, 9º, 10 e 11 e revoga os

Leia mais

Resíduos da Construção Civil INEA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL (DILAM)

Resíduos da Construção Civil INEA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL (DILAM) Resíduos da Construção Civil INEA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL (DILAM) Legislação e Normas Resolução CONAMA n 307 de 04 de Maio de 2002 Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002)

RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002) RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002) Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Correlações: Alterada pela Resolução nº 469/15

Leia mais

TÉCNICAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS EM EMPRESAS DE REPARAÇÃO VEÍCULAR

TÉCNICAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS EM EMPRESAS DE REPARAÇÃO VEÍCULAR 1 o SIMPÓSIO SINDIREPA-RS TÉCNICAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS EM EMPRESAS DE REPARAÇÃO VEÍCULAR Felipe Saviczki - cntl.att@senairs.org.br Engenheiro Ambiental Técnico de Desenvolvimento - Área de Consultoria

Leia mais

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente,

Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, DE Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marcus de Almeida Lima Vice-Presidente José Maria

Leia mais

LICENÇA AMBIENTAL. Lanns Alves de Almeida Filho Secretário de Agricultura e Meio Ambiente

LICENÇA AMBIENTAL. Lanns Alves de Almeida Filho Secretário de Agricultura e Meio Ambiente LICENÇA AMBIENTAL Licença Ambiental Simplificada nº 26/2015 Processo nº. 9481/2015 O Secretário de Agricultura e Meio Ambiente no exercício de sua competência definida pelo Decreto Municipal nº 10.076

Leia mais

LICENÇA DE OPERAÇÃO Regularização

LICENÇA DE OPERAÇÃO Regularização LO N : 0001/2013. A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, criada pela Lei Municipal n 368 de 20/05/77, no uso das atribuições que lhe confere a Lei n 6.938, de 31/08/81, que dispõe sobre

Leia mais

AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE

AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE Conforme a Lei Estadual nº 1., de de embro de 200, FORMULÁRIO PARA EMPREENDIMENTOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS 1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO NOME: IDENTIDADE: ENDEREÇO: ÓRGÃO EXPEDIDOR:

Leia mais

CADASTRO 6- Garagens de ônibus, transportadoras e similares

CADASTRO 6- Garagens de ônibus, transportadoras e similares CADASTRO 6- Garagens de ônibus, transportadoras e similares 1. Identificação Empresa/Interessado: para correspondência: Bairro: Município: CEP: CNPJ/CPF: Fone: Fax: E-mail: Atividade: Localização do empreendimento:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE RESOLUÇÃO INEA Nº 25 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010 ESTABELECE PROCEDIMENTOS PARA REQUERIMENTO DAS LICENÇAS

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS. Marcos Vieira Analista Ambiental GELSAR/INEA

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS. Marcos Vieira Analista Ambiental GELSAR/INEA CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS Marcos Vieira Analista Ambiental GELSAR/INEA Março/2012 Gerência ESTRUTURA GELSAR 1 Gerente SERURB SERVIÇO DE RESÍDUOS URBANOS 1 Chefe de Serviço, 5 analistas

Leia mais

PAINEL III. Licenciamento Ambiental Municipal

PAINEL III. Licenciamento Ambiental Municipal PAINEL III Licenciamento Ambiental Municipal Licenciamento Ambiental Municipal Em 1978 Supressão de vegetação (construções e em áreas públicas) (Código de Posturas de 1974); Em 1981 Supressão de vegetação

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado do Ambiente - SEA Instituto Estadual do Ambiente - INEA PAUTA DE REUNIÃO

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado do Ambiente - SEA Instituto Estadual do Ambiente - INEA PAUTA DE REUNIÃO Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado do Ambiente - SEA Instituto Estadual do Ambiente - INEA PAUTA DE REUNIÃO Data: 03/08/2015 Horário: 15h Local: Instituto Estadual do Ambiente (INEA)

Leia mais

CADASTRO 3 - Comércio varejista de combustível

CADASTRO 3 - Comércio varejista de combustível CADASTRO 3 - Comércio varejista de combustível 1. Identificação Empresa/Interessado: Nome fantasia: para correspondência: Bairro: Município: CEP: CNPJ/CPF: Fone: Fax: E-mail: Atividade: Localização do

Leia mais

O Desenvolvimento de Parques Industriais Ecológicos no Estado do Rio de Janeiro: uma proposta de planejamento para o PIE de Paracambi

O Desenvolvimento de Parques Industriais Ecológicos no Estado do Rio de Janeiro: uma proposta de planejamento para o PIE de Paracambi O Desenvolvimento de Parques Industriais Ecológicos no Estado do Rio de Janeiro: uma proposta de planejamento para o PIE de Paracambi Lilian Bechara Elabras Veiga, D. Sc. Profª Alessandra Magrini, D. Sc.

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio s 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluentes 2.0 Brigada de incêndio 2.1 Limpeza da área s 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Estação de tratamento de esgoto - ETE Tratamento

Leia mais

DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL. Gerência de Licenciamento de Recursos Hídricos - GELIRH

DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL. Gerência de Licenciamento de Recursos Hídricos - GELIRH DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL Gerência de Licenciamento de Recursos Hídricos - GELIRH PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DA GERÊNCIA a. analisar os requerimentos e processos de outorga de direito de uso de

Leia mais

INSTRUMENTOS DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL DEC. 42.159/09 SLAM

INSTRUMENTOS DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL DEC. 42.159/09 SLAM INSTRUMENTOS DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL DEC. 42.159/09 SLAM e MN 050 R5 CLASSIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES POLUIDORAS LP (Lei 1356/08 EIA-RIMA) LI (autoriza pré-operação) LO (A.A/DZ-056 R3 CLASSES 4,5 e 6 MN

Leia mais

FORMULÁRIO 06 CHAPEAÇÃO, OFICINA MECÂNICA, PINTURA AUTOMOTIVA, CENTRO DE DESMANCHE DE VEÍCULOS (CDV)

FORMULÁRIO 06 CHAPEAÇÃO, OFICINA MECÂNICA, PINTURA AUTOMOTIVA, CENTRO DE DESMANCHE DE VEÍCULOS (CDV) FORMULÁRIO 06 CHAPEAÇÃO, OFICINA MECÂNICA, PINTURA AUTOMOTIVA, CENTRO DE DESMANCHE DE VEÍCULOS (CDV) FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL A pessoa jurídica de direito privado, abaixo

Leia mais

EMPRESA 1) DADOS CADASTRAIS ATIVIDADE: COMÉRCIO ATACADISTA DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, ADUBOS, FERTILIZANTES E CORRETIVOS DO SOLO

EMPRESA 1) DADOS CADASTRAIS ATIVIDADE: COMÉRCIO ATACADISTA DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, ADUBOS, FERTILIZANTES E CORRETIVOS DO SOLO EMPRESA 1) ATIVIDADE: COMÉRCIO ATACADISTA DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, ADUBOS, FERTILIZANTES E CORRETIVOS DO SOLO ENDEREÇO: RUA RIO GRANDE DO SUL, 1200, CENTRO, IVAIPORÃ- PR NUMERO DE FUNCIONÁRIOS: 6 AREA

Leia mais

Parecer Técnico GEDIN 257 / 2008 Processo COPAM: 020/2000/036/2007 RESUMO

Parecer Técnico GEDIN 257 / 2008 Processo COPAM: 020/2000/036/2007 RESUMO FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE PARECER TÉCNICO Empreendedor: RECITEC RECICLAGEM TÉCNICA DO BRASIL LTDA. Empreendimento: Expansão da unidade de beneficiamento de resíduos. DN Código Classe Atividade:

Leia mais

sobre cartilha N 1 abrindo os caminhos... critérios plano de MaNeJo Área de amortecimento comunidade

sobre cartilha N 1 abrindo os caminhos... critérios plano de MaNeJo Área de amortecimento comunidade a sobre s a d de dúvi eps e ar suas p e o r i d T o cip ntaçã par ti impla cê pode vo nte como ositivame p cartilha N 1 abrindo os caminhos... critérios plano de MaNeJo Área de amortecimento comunidade

Leia mais

Documento Assinado Digitalmente

Documento Assinado Digitalmente LIA N.º LICENÇA DE INSTALAÇÃO DE AMPLIAÇÃO 253 / 2015-DL A Fundação Estadual de Proteção Ambiental, criada pela Lei Estadual n.º 9.077 de 04/06/90, registrada no Ofício do Registro Oficial em 01/02/91,

Leia mais

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos Perigosos)

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos Perigosos) PARECER ÚNICO CM nº 313/2009 PROTOCOLO SIAM Nº 597630/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 11530/2006/001/2007 LO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) XXX XXX APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

Opersan Resíduos Industriais Sociedade Ltda. 3º Prêmio FIESP de Conservação e Reuso de Água

Opersan Resíduos Industriais Sociedade Ltda. 3º Prêmio FIESP de Conservação e Reuso de Água Opersan Resíduos Industriais Sociedade Ltda. 3º Prêmio FIESP de Conservação e Reuso de Água Projeto de Reuso de Água Eng. Juliano Saltorato Fevereiro 2008 1) Identificação da Empresa: Endereço completo

Leia mais

DECRETO N 18.705, DE 8 DE JULHO DE 2014.

DECRETO N 18.705, DE 8 DE JULHO DE 2014. DECRETO N 18.705, DE 8 DE JULHO DE 2014. Altera o inc. VI do art. 1º, o art. 16 e inclui arts. 16-A, 16-B, 16-C, 16-D, 16- E, 16-F e 16-G ao Decreto nº 18.481, de 10 de dezembro de 2013, que regulamenta

Leia mais

Gestão, Arquitetura e Urbanismo

Gestão, Arquitetura e Urbanismo CONCURSO PETROBRAS ENGENHEIRO(A) CIVIL JÚNIOR ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA: CIVIL Gestão, Arquitetura e Urbanismo Questões Resolvidas QUESTÕES RETIRADAS DE PROVAS DA BANCA CESGRANRIO Produzido por Exatas

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente SISTEMA DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO É expressamente proibido qualquer tipo de intervenção em Área de Preservação Permanente. Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo

Leia mais

ENCONTRO TÉCNICO SOBRE LOGÍSTICA REVERSA DE ÓLEOS LUBRIFICANTES Lei Federal 12.305/2010 PNRS e Resolução Conama 362/2005 DIRETRIZES PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DAS ATIVIDADES LIGADAS AOS OLUCs 13 de

Leia mais

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM OFICINAS MECÂNICAS

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM OFICINAS MECÂNICAS 1 SIMPÓSIO SINDIREPA RS GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM OFICINAS MECÂNICAS 26 ABRIL 2012 Eng. Quim. VILSON TRAVA DUTRA FILHO SERVIÇO DE EMERGÊNCIA - FEPAM - RS telefone comercial - 51-3288-9457 e-mail: postodecombustivel@fepam.rs.gov.br

Leia mais

DIRETORIA DE PRODUÇÃO DE ENERGIA - DP USINA:UHCB GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS

DIRETORIA DE PRODUÇÃO DE ENERGIA - DP USINA:UHCB GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS REVISÃO:12 GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS Código (1) Identificação do Resíduo * Cód. ONU ** Nº de Risco (2) Classe ABNT (3) Estado Físico (4) Área de Geração (5) Meio de Acondicionamento (6) Responsabilidade

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluente 2.0 Paiol 2.1 Limpeza da área 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Aterro sanitário 3.1 Organização da área 3.2 Pátio de estoque Acúmulo

Leia mais

Protegida pelas últimas ramificações da Serra da Mantiqueira, em pleno vale do Rio Camanducaia.

Protegida pelas últimas ramificações da Serra da Mantiqueira, em pleno vale do Rio Camanducaia. MONTEALEGRE ALEGRE DO MONTE DOSUL SUL Protegida pelas últimas ramificações da Serra da Mantiqueira, em pleno vale do Rio Camanducaia. MONTE ALEGRE DO SUL Área 110,306 km² População (estimativa para 2014)

Leia mais

PROCESSO E-07/202154/2001 QUALY LAB ANÁLISES AMBIENTAIS LTDA - 13/06/2014

PROCESSO E-07/202154/2001 QUALY LAB ANÁLISES AMBIENTAIS LTDA - 13/06/2014 Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

QUEM TRATA BEM DOS SEUS RESÍDUOS É BEM TRATADO PELO MERCADO!

QUEM TRATA BEM DOS SEUS RESÍDUOS É BEM TRATADO PELO MERCADO! QUEM TRATA BEM DOS SEUS RESÍDUOS É BEM TRATADO PELO MERCADO! É crescente a preocupação brasileira com as questões ambientais, principalmente quando constatamos que os níveis de poluição e de produção de

Leia mais

Soluções em Gestão Ambiental

Soluções em Gestão Ambiental Soluções em Gestão Ambiental QUEM SOMOS A Silcon Ambiental Empresa de engenharia ambiental, especializada em serviços e soluções para o gerenciamento, tratamento e destinação final de resíduos e na produção

Leia mais

Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823

Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823 LISTA DE OPERADORES DE GESTÃO DE RESÍDUOS LICENCIADOS EM SÃO JORGE ATUALIZADA A 31.07.2012 Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823 - Armazenagem dos seguintes resíduos: LER Alvará n.º 5/DRA/2012 (validade:

Leia mais

Para se implantar totalmente um processo verde precisamos de produtos químicos verdes, e que tenham sustentabilidade, temas já discutidos

Para se implantar totalmente um processo verde precisamos de produtos químicos verdes, e que tenham sustentabilidade, temas já discutidos PROCESSOS VERDES Para se implantar totalmente um processo verde precisamos de produtos químicos verdes, e que tenham sustentabilidade, temas já discutidos anteriormente, mas podemos iniciar o processo

Leia mais

OFICINAS MECÂNICAS E POSTOS DE LAVAGEM

OFICINAS MECÂNICAS E POSTOS DE LAVAGEM Informações para Solicitação de Licenciamento Ambiental de OFICINAS MECÂNICAS E POSTOS DE LAVAGEM no Âmbito do Município de Charqueadas (5.220,00 Oficina Mecânica / 3.421,00 Posto de Lavagem de Veículos)

Leia mais

SAN.T.IN.NT 33. A.R.T.: Anotação de Responsabilidade Técnica do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura CREA;

SAN.T.IN.NT 33. A.R.T.: Anotação de Responsabilidade Técnica do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura CREA; 1 / 5 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. DEFINIÇÕES 4. PROCEDIMENTOS 5. REFERÊNCIAS 6. ANEXOS 1. FINALIDADE Esta Norma tem como finalidade disciplinar e padronizar os procedimentos para liberação

Leia mais

Medidas mitigadoras: X SIM NÃO Medidas compensatórias: SIM X NÃO Condicionantes: Sim Automonitoramento: X SIM NÃO

Medidas mitigadoras: X SIM NÃO Medidas compensatórias: SIM X NÃO Condicionantes: Sim Automonitoramento: X SIM NÃO PARECER ÚNICO nº 012/2008 PROTOCOLO Nº 191358/2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 13526/2006/001/2007 Certidão de Registro de Uso insignificante Nº 168846/2008 APEF: Não Aplica Reserva

Leia mais

Gestão Ambiental em Oficinas Reparadoras de Veículos - Guia Orientador

Gestão Ambiental em Oficinas Reparadoras de Veículos - Guia Orientador APRESENTAÇÃO O Município de São Bernardo do Campo, por meio da Secretaria de Gestão Ambiental, disponibiliza a presente publicação com o objetivo de apresentar à população e aos empresários do ramo de

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente SISTEMA DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO É expressamente proibido qualquer tipo de intervenção em Área de Preservação Permanente. Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo

Leia mais

Programa de Gestão de Resíduos da Amazonas Distribuidora de Energia S.A.

Programa de Gestão de Resíduos da Amazonas Distribuidora de Energia S.A. Programa de Gestão de Resíduos da Amazonas Distribuidora de Energia S.A. Apresentação Thiago Flores dos Santos Gerente da Assessoria de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental EMENTA 1 2 3 Motivação

Leia mais

PARECER ÚNICO nº 160/2008 PROTOCOLO Nº 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0103/1999/0002/2008 Licença de Operação

PARECER ÚNICO nº 160/2008 PROTOCOLO Nº 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0103/1999/0002/2008 Licença de Operação PARECER ÚNICO nº 160/2008 PROTOCOLO Nº 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0103/1999/0002/2008 Licença de Operação Deferimento Validade 4 anos Corretiva Outorga Nº : Não se Aplica

Leia mais

PORTARIA N.º 034/2009, de 03 de agosto de 2009

PORTARIA N.º 034/2009, de 03 de agosto de 2009 PORTARIA N.º 034/2009, de 03 de agosto de 2009 Aprova o MANIFESTO DE TRANSPORTE DE RESÍDUOS MTR e dá outras providências. A DIRETORA PRESIDENTA DA FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO AMBIENTAL HENRIQUE LUIZ

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA GERACÃO, TRATAMENTO E DESTINO FINAL DOS RESÍDUOS GERADOS NAS INDÚSTRIAS DO MUNICÍPIO DE PATO BRANCO PARANÁ BRASIL.

DIAGNÓSTICO DA GERACÃO, TRATAMENTO E DESTINO FINAL DOS RESÍDUOS GERADOS NAS INDÚSTRIAS DO MUNICÍPIO DE PATO BRANCO PARANÁ BRASIL. DIAGNÓSTICO DA GERACÃO, TRATAMENTO E DESTINO FINAL DOS RESÍDUOS GERADOS NAS INDÚSTRIAS DO MUNICÍPIO DE PATO BRANCO PARANÁ BRASIL. Silvia de Veras Néri Rosilea França Garcia UNOCHAPECÓ-CHAPECÓ-SC-BRASIL

Leia mais

Relatório Agregador do Banco de Dados

Relatório Agregador do Banco de Dados Relatório Agregador do Banco de Dados APL Moveleiro da Serra (Bento Gonçalves) N empresas visitadas: 60 Resíduos gerados: 495 Código FEPAM de Resíduos Acumuladores de energia (baterias, pilhas, assemelhados)

Leia mais

Publicação 12/12/2014, Folha 37

Publicação 12/12/2014, Folha 37 RESOLUÇÃO N o : 170 Ano: 2014 Secretaria: SVMA Departamento: CADES Publicação 12/12/2014, Folha 37 Ementa: ALTERA R 61/01(SMMA/CADES) QUE TRATA SOBRE A COMPETENCIA DO MUNICIPIO DE SAO PAULO PARA O LICENCIAMENTO

Leia mais

A gestão de resíduos na UNISINOS atendendo aos requisitos da ISO 14.001:2004. Palestrante: Dra. Luciana Paulo Gomes, UNISINOS lugomes@unisinos.

A gestão de resíduos na UNISINOS atendendo aos requisitos da ISO 14.001:2004. Palestrante: Dra. Luciana Paulo Gomes, UNISINOS lugomes@unisinos. A gestão de resíduos na UNISINOS atendendo aos requisitos da ISO 14.001:2004 Palestrante: Dra. Luciana Paulo Gomes, UNISINOS lugomes@unisinos.br 1 LIVRO: Gestão de Resíduos em Universidades 1. Como foi

Leia mais

Produção Mais Limpa: Melhores Técnicas de Destinação de Resíduos Industriais

Produção Mais Limpa: Melhores Técnicas de Destinação de Resíduos Industriais Produção Mais Limpa: Melhores Técnicas de Destinação de Resíduos Industriais Legislação Classificação dos Resíduos NORMA ABNT 10.004 CLASSE I - PERIGOSOS CLASSE II - NÃO PERIGOSOS classe II A não inertes

Leia mais

Gestão dos Resíduos em Florianópolis - COMCAP. Florianópolis, 03 setembro de 2011

Gestão dos Resíduos em Florianópolis - COMCAP. Florianópolis, 03 setembro de 2011 Gestão dos Resíduos em Florianópolis - COMCAP Florianópolis, 03 setembro de 2011 Missão Prestar serviços públicos p de saneamento ambiental com eficiência, qualidade e responsabilidade social. COMCAP

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) 1 JUSTIFICATIVA Este Termo de Referência tem como finalidade orientar os grandes e pequenos geradores

Leia mais

LT 500 kv Mesquita Viana 2 e LT 345 kv Viana 2 Viana. Novembro de 2010. Anexo 6.3-2 Plano de Gerenciamento e Disposição de Resíduos

LT 500 kv Mesquita Viana 2 e LT 345 kv Viana 2 Viana. Novembro de 2010. Anexo 6.3-2 Plano de Gerenciamento e Disposição de Resíduos EIIA Não excluir esta página LT 500 kv Mesquita Viana 2 e LT 345 kv Viana 2 Viana Novembro de 2010 Coordenador: Consultor: 2422-00-EIA-RL-0001-00 Rev. nº 00 Preencher os campos abaixo Revisão Ortográfica

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEMA N 109, 22 de setembro de 2005.

RESOLUÇÃO CONSEMA N 109, 22 de setembro de 2005. ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE - CONSEMA RESOLUÇÃO CONSEMA N 109, 22 de setembro de 2005. "Estabelece diretrizes para elaboração do Plano Integrado

Leia mais

Plano Básico Ambiental - PBA. Estrada Parque Visconde de Mauá - RJ-163 / RJ-151. Novembro de 2009. 4.2.5 Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Plano Básico Ambiental - PBA. Estrada Parque Visconde de Mauá - RJ-163 / RJ-151. Novembro de 2009. 4.2.5 Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos - PBA Estrada Parque Visconde de Mauá - RJ-163 / RJ-151 4.2.5 Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Elaborado por: SEOBRAS Data: 18/11/2009 Revisão Emissão Inicial INDÍCE 4.2 Plano Ambiental de Construção

Leia mais

Anomalias Prazo para atendimento. Anomalias atendidas dentro do prazo. atendidas, fora do prazo de atendimento

Anomalias Prazo para atendimento. Anomalias atendidas dentro do prazo. atendidas, fora do prazo de atendimento do não, não que 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área A limpeza da área é realizda pela própria equipe de colaboradores do setor. 1.2 1.4 Bebedouro limpeza do filtro, área De acordo com o ET-A-EQ-04 a frequência

Leia mais

Trata-se de solicitação de Licença Municipal de...

Trata-se de solicitação de Licença Municipal de... INDICE 1- Motivo do parecer 2- Descrição da(s) atividade(s) 3- Caracterização ambiental da área de implantação 3.1-Antes do empreendimento 3.2-Após a implantação do empreendimento 4- Unidades de Conservação-UC

Leia mais

Águas & Território. Boletim. nº4 - Dezembro 2014 Publicação da Diretoria de Gestão das Águas e do Território (Digat) Educação Ambiental

Águas & Território. Boletim. nº4 - Dezembro 2014 Publicação da Diretoria de Gestão das Águas e do Território (Digat) Educação Ambiental Boletim Águas & Território nº4 - Dezembro 2014 Publicação da Diretoria de Gestão das Águas e do Território (Digat) Educação Ambiental Esta edição do Boletim Águas & Território apresenta os principais programas,

Leia mais

A identificação dos resíduos em uma indústria de alimentos e sua política ambiental

A identificação dos resíduos em uma indústria de alimentos e sua política ambiental A identificação dos resíduos em uma indústria de alimentos e sua política ambiental RESUMO Este artigo tem como objetivo apresentar um estudo relacionado à investigação dos impactos ambientais gerados

Leia mais

2.3. Projeto de Saneamento do Canteiro de Obras. Revisão 00 NOV/2013. PCH Dores de Guanhães Plano de Controle Ambiental - PCA PROGRAMAS AMBIENTAIS

2.3. Projeto de Saneamento do Canteiro de Obras. Revisão 00 NOV/2013. PCH Dores de Guanhães Plano de Controle Ambiental - PCA PROGRAMAS AMBIENTAIS PCH Dores de Guanhães PROGRAMAS AMBIENTAIS 2.3 Projeto de Saneamento do Canteiro de Obras CAPA PCH Dores de Guanhães ÍNDICE GERAL 1. Introdução... 1 1.1. Ações já Realizadas... 1 1.1.1. Efluentes Líquidos

Leia mais

Solução de Marcação e Gravação para Indústria de ÓLEO & GÁS

Solução de Marcação e Gravação para Indústria de ÓLEO & GÁS Solução de Marcação e Gravação para Indústria de ÓLEO & GÁS FABRICAÇÃO INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO Áreas de Atuação MARCAR - RASTREAR - IDENTIFICAR Através das marcas: Gravograph, Technifor e Propen, a Gravotech

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Meio Ambiente. RESOLUÇÃO SMAC Nº 604 de 23 de novembro de 2015

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Meio Ambiente. RESOLUÇÃO SMAC Nº 604 de 23 de novembro de 2015 PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Meio Ambiente RESOLUÇÃO SMAC Nº 604 de 23 de novembro de 2015 Disciplina a apresentação de Planos de Gerenciamento de Resíduos da Construção

Leia mais