FUTURE UNIVERSITY. Programa para Jovens. Website: Copyright - All Right Reserved - Future University

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUTURE UNIVERSITY. Programa para Jovens. Website: www.futureuniv.org Email: info@futureuniv.org Copyright - All Right Reserved - Future University"

Transcrição

1 FUTURE UNIVERSITY Programa para Jovens Copyright - All Right Reserved - Future University

2 Copyright - All Right Reserved - Future University 2 36

3 Resumo do Programa A Future University pretende selecionar, preparar, educar, inspirar e dar aos empreendedores a capacidade de resolver os problemas mais difíceis da humanidade nos domínios da saúde, pobreza, educação, energia, segurança, longevidade, alimentação, água, e outros desafios globais. Os empreendedores selecionados dispõem de uma visão clara dos maiores desafios do mundo e são envolvidos em programas educacionais que os preparam para melhorar e resolver os problemas do mundo, recorrendo ao uso, por exemplo, de tecnologias do futuro, tais como: impressão 3D, inteligência artificial, robótica, nanotecnologia, supercomputação, engenharia genética, interface cérebro-máquina, e muitas outras futuras e promissoras tecnologias. O objetivo dos programas da Future University é preparar, inspirar e capacitar os participantes a resolver os problemas do mundo mais desafiantes. Durante o programa educacional, os empreendedores aprendem sobre as mais variadas tecnologias de ponta interdisciplinares nas seguintes áreas: Copyright - All Right Reserved - Future University 3 36

4 Os alunos são admitidos com base em três critérios: Excelência Liderança Entrega Os candidatos devem demostrar excelência académica na sua principal área de estudo. Os candidatos devem demonstrar a sua capacidade empreendedora e de liderança comprovada através de empresas ou organizações que criaram ou lideraram. Os candidatos devem demostrar ânsia e empenho para alavancar a tecnologia de modo a abordar os Grandes Desafios da humanidade. O requisito principal é o domínio da língua inglesa. Embora sejam estes os critérios gerais de admissão da Future University, encorajamos-vos a inscreverem-se, independentemente de não terem o dinheiro necessário para pagar os programas e se acreditarem que podem ser uma adição excecional ao nosso corpo estudantil. Iremos oferecer um elevado número bolsas de estudo integrais e parciais. Copyright - All Right Reserved - Future University 4 36

5 Cronograma Dia 1 e 2 Profundo entendimento dos grandes problemas da humanidade. Dia 3, 4 e 5 Aprender acerca das tecnologias de ponta nos dias de hoje. Dia 6 e 7 Promover a ação para a mudança. Quais são os problemas mais desafiantes do mundo? Perceber as suas implicações, interdependência e ligação com as maiores organizações. Quais são os problemas do mundo? Qual é a sua tendência? Como é que os podemos combater? O que é que se tem tentado? O que tem resultado e o que tem falhado? Qual é o maior desafio? Qual é a tecnologia necessária? Os participantes da Future University vão formar uma empresa, com o suporte da incubadora empresarial Future University (FU Labs). As empresas terão um propósito único e revolucionário para abordar um problema sério. Copyright - All Right Reserved - Future University 5 36

6 Propinas e Admissões Propinas A propina para uma semana do programa individual é de 2500 euros. Um número limitado de bolsas integrais ou parciais vai estar disponível. Para além destas bolsas escolares, existem vários métodos de pagamento para os participantes selecionados (por exemplo, pagamentos mensais de aproximadamente 50 euros durante 5 anos). A Future University orgulha-se de ser acessível a quase todos os selecionados. Processo de candidatura e prazos de admissão: Por favor preencha a ficha de candidatura no website da Future University. Será pedido aos indivíduos qualificados que submetam informação adicional, incluindo transcrições oficiais, e será agendada uma entrevista presencial ou via Skype. Os estudantes também serão incentivados a enviar um pequeno vídeo em que expressem a razão pela qual devem ser admitidos no programa. O Programa Individual de 2016 irá ser anunciado brevemente. 1*Aconselhamos que se candidate atempadamente. Isso irá permitir que possamos aceitá-lo mais cedo ou, caso falte alguma coisa na sua candidatura, que possamos notificá-lo com tempo para poder corrigir o erro. Copyright - All Right Reserved - Future University 6 36

7 Locations FUTURE UNIVERSITY Copyright - All Right Reserved - Future University 7 36

8 Localizações Future University Program Nova Iorque O programa da Future University nos EUA decorre no New York Hilton Midtown. O New York Hilton Midtown é um hotel de cinco estrelas de renome mundial. O hotel fica no coração de Manhattan, próximo do Central Park, do Radio City Music Hall, e da Broadway. O hotel é perfeito para satisfazer os mais altos padrões de qualidade exigidos pela Future University. O hotel dispõe de condições excecionais. Eis algumas imagens: Copyright - All Right Reserved - Future University 8 36

9 Localizações Future University Program -Portugal O programa da Future University em Portugal decorre no Hotel Meliã Braga. O Meliã Braga é um hotel de cinco estrelas de renome nacional, sendo um luxuoso hotel de design contemporâneo e perfeito para satisfazer os mais altos padrões de qualidade exigidos pelos participantes nos programas da Future University. O hotel tem uma excelente localização no coração do Norte de Portugal. Eis algumas imagens: Copyright - All Right Reserved - Future University 9 36

10 Localizações Future University Program Paris O programa da Future University em França decorre no Hotel Hilton Paris Orly Airport. O Hilton Paris Orly Airport é um hotel cinco de estrelas, de renome nacional, sendo um luxuoso hotel de design contemporâneo e perfeito para satisfazer os mais altos standards de qualidade exigidos pelos participantes nos programas da Future University. O hotel tem uma excelente localização no coração de Paris. Eis algumas imagens: Copyright - All Right Reserved - Future University 10 36

11 Localizações Future University Program Londres O programa da Future University em Inglaterra decorre no Hotel London Hilton On Park Lane. O London Hilton On Park Lane é um hotel cinco de estrelas de renome nacional, sendo um luxuoso hotel de design contemporâneo e perfeito para satisfazer os mais altos padrões de qualidade exigidos pelos participantes nos programas da Future University. O hotel tem uma excelente localização no coração do Londres. Eis algumas imagens: Copyright - All Right Reserved - Future University 11 36

12 Localizações Future University Program Brasil O Programa da Future University no Brasil decorre no Hotel Hilton São Paulo Morumbi. O Hilton São Paulo Morumbi é um hotel cinco de estrelas de renome nacional, sendo um luxuoso hotel de design contemporâneo e perfeito para satisfazer os mais altos padrões de qualidade exigidos pelos participantes nos programas da Future University. O hotel tem uma excelente localização no coração de São Paulo. Eis algumas imagens: Copyright - All Right Reserved - Future University 12 36

13 FUTURE UNIVERSITY Copyright - All Right Reserved - Future University 13 36

14 Áreas Tecnológicas Inteligência Artificial e Robótica Objetivo Esta área explora como robótica e a inteligência artificial vai ser útil para resolver alguns dos mais desafiantes problemas do mundo, como por exemplo os cuidados de saúde e educação. Irá também apresentar os principais desenvolvimentos na área da robótica, designadamente, a cirurgia robótica, veículos autónomos, robótica humanoide e sistemas de automação revolucionários. Tópicos principais: Introdução às máquinas inteligentes: perceção, ações, representação, raciocínio, aprendizagem e como lidam com a incerteza. Tecnologia de inteligência artificial: a exploração eficiente do espaço de estado, planeamento, inferência lógica artificial, inferência probabilística, linguagens de representação, aprendizagem automática e compreensão da linguagem. Abordagens alternativas à produção de inteligência artificial geral. Robótica: sistemas de hardware (sensores, manipuladores), mobilidade, localização e mapeamento, interações humanorobô, sistemas multiagentes, veículos autónomos, máquinas de escala micro e nano. Aplicações de robótica nos transportes, em casa, na medicina, na segurança, na internet, no entretenimento, no espaço e em outras áreas. As tendências futuras da tecnologia: inteligência artificial amigável vs. hostil. O que acontece quando os computadores conseguem igualar diversas capacidades do cérebro humano? Copyright - All Right Reserved - Future University 14 36

15 Áreas Tecnológicas Biotecnologia Objetivo Esta área analisa os avanços na biotecnologia, que envolve, por exemplo, a medicina personalizada, genómica, biologia sintética, biologia de sistemas e muitos outros. Tópicos Principais: Genómica e proteómica, a sequenciação de genes ultrarrápida e de baixo custo, e extrapolações estatísticas e computacionais de grandes bases de dados biológicos. Sequenciação do genoma completo do consumidor a alta velocidade, análise genética pessoal e ética. Escrita de ADN ultrarrápida e de baixo custo, manipulação/substituição genética seletiva, e a ética da modificação genética. Tecnologias microfluídicas e de molécula única. Copyright - All Right Reserved - Future University 15 36

16 Áreas Tecnológicas Energia Objetivos As tecnologias energéticas criarão novas e imponentes oportunidades de negócio, ao mesmo tempo que resolvem os problemas energéticos do mundo. Esta área explora futuros avanços na produção de energias renováveis e sistemas de gestão e de monitorização ambiental. Tópicos principais Produção de energia renovável, incluindo energia solar, eólica, geotérmica, biológica, nuclear e outras formas de energia. Esta área abrange também: grid 2.0, tecnologias de armazenamento de energia, células de combustível, sistemas de transporte eficientes, conservação e eficiência energética. Os sensores e monitorização; estratégias e modelos climáticos; ciclos globais de carbono e hidrogénio, riscos regionais e globais estratégias de prevenção e mitigação. Segurança alimentar e da água, gestão de resíduos e reciclagem, contaminação e limpeza do meio ambiente. Copyright - All Right Reserved - Future University 16 36

17 Áreas Tecnológicas Medicina e Neurociência Objetivo Em geral, a saúde e a medicina estão em constante mudança. Medicina está a passar por uma explosão de informação digital, potencial para os cuidados de saúde. Esta área explora o futuro da biomedicina, a interface cérebro-máquina, a neurociência humana, o aprimoramento humano, pós-humanismo, transumanismo, cirurgias robóticas, órgãos artificiais, impressão 3D de órgãos humanos e muito mais. Tópicos Principais Preservação digital da informação. Impressão 3D de órgãos humanos e o caso particular da impressão 3D de pele humana. Cirurgia robótica e o futuro da cirurgia. Interface cérebro-maquina e relação com a robótica. Tecnologias de melhoramento e extensão da vida humana. Copyright - All Right Reserved - Future University 17 36

18 Áreas Tecnológicas Nanotecnologia Objetivos A nanotecnologia refere-se à ciência, engenharia e tecnologia que podem ser usadas para manipular e controlar átomos e moléculas individuais e aplica-se em todos os ramos da ciência, incluindo a química, a biologia, a física, a ciência dos materiais e a engenharia.. Tópicos principais Nanopartículas para aplicações médicas. O tratamento do cancro recorrendo ao uso de nanobombas. A nanotecnologia e as consequências económicas para a nova economia. A bio-nanorobótica e o futuro do controlo atómico biológico. Sistemas nanorobóticos avançados na construção, nos cuidados de saúde e no sistema económico mundial. Nanofatura de futuro e a emergência da revolução física. Copyright - All Right Reserved - Future University 18 36

19 Áreas Tecnológicas Sistemas de Computação Objetivo Esta área abrange o rápido crescimento da computação, também conhecida como Lei de Moore. É uma ferramenta essencial para os empreendedores mudarem o mundo e usarem estes recursos para enfrentar e resolver alguns dos seus maiores problemas. Tópicos Principais Limites de silício e o futuro do sistema de computação Von Neumann. Supercomputação. Sistemas de computação biológicos. ADN como ferramenta para o armazenamento de informação. Computação quântica e o aparecimento de um sistema de computação completamente diferente. Apetências de computação para resolver problemas na área da saúde, finanças e em sistemas políticos. Copyright - All Right Reserved - Future University 19 36

20 Áreas Tecnológicas Espaço Objetivo As tecnologias espaciais são fundamentais para a sobrevivência a longo termo da espécie humana. O futuro turismo no espaço pode catapultar o capitalismo nas áreas industriais espaciais. O espaço já não é uma área restrita ao governo. Têm vindo a emergir indústrias privadas neste ramo. Esta área apresenta as novas tecnologias que podem encorajar os empreendedores a entrar neste ramo, previamente restringido aos governos. Tópicos Principais Impressão 3D nas tecnologias espaciais Microssatélites Turismo espacial Sistemas de propulsão Elevadores espaciais e o poder das aplicações da nanotecnologia no espaço. Copyright - All Right Reserved - Future University 20 36

21 Áreas Tecnológicas Fabricação Digital Objetivos A impressão 3D está a revolucionar a capacidade de produção dos objetos localmente. Esta área explora as implicações económicas desta nova capacidade onde a complexidade não tem custo. Esta área explora a impressão 3D na construção civil, nos cuidados de saúde, na indústria dos jogos e em muitas outras áreas. Tópicos Principais Impressoras 3D de plástico, por exemplo a RepRap. A construção por contornos e a impressão 3D de casas. A impressão 3D de comida e as implicações para a indústria alimentar. A impressão 3D de circuitos eletrónicos e o futuro dos sistemas de computação. A impressão 3D na indústria da moda. Copyright - All Right Reserved - Future University 21 36

22 Copyright - All Right Reserved - Future University 22 36

23 FUTURE UNIVERSITY Projetos em equipa Copyright - All Right Reserved - Future University 23 36

24 Projetos em Equipa Ao fim de 5 dias de programa, a equipa da Future University seleciona uma série de projetos que com potencial para resolver um dos vários problemas mundiais no âmbito da saúde, pobreza, educação, energia, segurança, longevidade, alimentação e água. Cada projeto será dirigido por uma equipa de 10 participantes que, em conjunto, enfrentarão o desafio. Espera-se que os projetos elevem as tecnologias do futuro. As áreas dos projetos para os Programas Individuais de 2015 são: Copyright - All Right Reserved - Future University 24 36

25 Projetos em Equipa Pobreza Descrição Os participantes terão de apresentar soluções para enfrentar a pobreza usando tecnologias do futuro. A pobreza é claramente um dos problemas transversais da humanidade. Fatos: Existe um grande número de pessoas pobres no mundo, estimando-se atualmente 2 mil milhões de pessoas. De acordo com a UNICEF, crianças morrem todos os dias devido à pobreza. E "morrem tranquilamente em algumas das aldeias mais pobres do planeta, longe do escrutínio e consciência do mundo. Ser humilde e fraco na vida faz com que essas multidões se tornem ainda mais invisíveis na morte. Mais de 80% da população mundial vive em países onde as diferenças no rendimento social estão a aumentar. Os 40% da população mais pobres do mundo são responsáveis por 5% do rendimento global. Os 20% mais ricos são responsáveis por três quatros do rendimento mundial. Copyright - All Right Reserved - Future University 25 36

26 Projetos Em Equipa Alimentação/Fome Descrição A fome provoca um tremendo sofrimento e é a maior causa de doença. Os participantes serão desafiados a usar tecnologias futuras para propor soluções para este problema. Fatos Nos dias de hoje, existem 805 milhões de pessoas subnutridas. Isto significa que uma em cada nove pessoas não tem comida suficiente para ser saudável e ter uma vida ativa. A fome e má alimentação são o fator de risco número um na saúde mundial mais do que a SIDA, a malária e a tuberculose juntas. Resolver o problema da fome contribui para a paz e a estabilidade. Quando os governos não podem garantir o abastecimento de alimentos adequados, estão propensos a cair. A volatilidade nos mercados alimentares pode transformar-se rapidamente em volatilidade nas ruas. Copyright - All Right Reserved - Future University 26 36

27 Projetos Em Equipa Meio Ambiente Descrição As tecnologias do futuro deverão ter um impacto sério na luta contra a poluição. Os participantes da irão apresentar propostas de como defender o nosso planeta da agressão ambiental. Fatos: Nos Estados Unidos, as centrais elétricas emitem cerca de 2,2 mil milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano, ou cerca de 40% das emissões totais do país. A nova análise do Conselho de Defesa dos Recursos Naturais mostrou que milhões de toneladas de carbono podem ser eliminadas por ano em 2020, em comparação com os níveis de 2012, o equivalente a emissões de 130 milhões de automóveis. Mais de 1,100 condados - um terço dos condados nos 48 estados americanos mais baixos - terão de enfrentar maiores riscos de escassez de água até meados do século como resultado do aquecimento global. As mudanças climáticas também representam desafios únicos para a saúde, tal como o aumento significativo do risco de doença e de morte relacionados com as ondas de calor e o calor extremo. Algumas doenças transmitidas pelos alimentos, águas e insetos tendem a aumentar. Certos grupos etários, incluindo crianças, idosos e os mais carenciados são igualmente mais vulneráveis a uma série de problemas de saúde relacionados com o clima. Copyright - All Right Reserved - Future University 27 36

28 Projetos Em Equipa Educação Descrição Na maior parte dos locais no mundo, a educação continua a ser um direito inacessível a milhões de crianças. Fatos Mais de 72 milhões de crianças em idade escolar não estão na escola e 759 milhões de adultos são analfabetos e não têm a consciência necessária para melhorar tanto as suas condições de vida como as dos seus filhos. Muitos países emergentes não têm os recursos financeiros necessários parar criar escolas, fornecer materiais escolares, nem recrutar e treinar professores. Os fundos prometidos pela comunidade internacional não são suficientes para permitir que os países garantam um sistema de educação para todas as crianças. Na África subsariana, mais de 12 milhões de raparigas correm o risco de nunca receber educação. No Iémen, mais de 80% das raparigas nunca terão a oportunidade de ir à escola. Alguns países, como o Afeganistão ou a Somália, não fazem qualquer esforço para reduzir a diferença entre rapazes e raparigas no que diz respeito à educação. Copyright - All Right Reserved - Future University 28 36

29 Projetos Em Equipa. Água Descrição A água é fundamental para a saúde e sobrevivência. O que é que as tecnologias do futuro podem fazer para garantir água potável para a população mundial? Fatos Cerca de 1,1 mil milhões de pessoas nos países desenvolvidos fazem um uso inadequado da água e 2,6 mil milhões de pessoas carecem de saneamento básico. Quase 2 em cada 3 pessoas que não têm acesso a água potável vivem com menos de 2 dólares por dia; as restantes a vivem com menos de 1 dólar por dia. Mais de 660 milhões de pessoas vivem sem saneamento básico vivem com menos de 2 dólares por dia; mais de 385 milhões vivem com menos de 1 dólar por dia. 1,8 mil milhões de pessoas com acesso a uma fonte de água no espaço de 1 km, que não na sua casa ou no seu quintal, consomem cerca de 20 litros por dia. Há mais de 1,8 milhões de mortes infantis a cada ano como resultado de diarreia. Cerca de metade das pessoas nos países desenvolvidos sofre de problemas de saúde devido à falta de água e défices de saneamento básico. Milhões de mulheres passam várias horas por dia a recolher água. Copyright - All Right Reserved - Future University 29 36

30 Projetos Em Equipa Segurança Descrição: As armas de destruição maciça são uma ameaça à existência humana. Os conflitos étnicos e religiosos estão a colocar toda a vida humana. Fatos: Até final de 2002, a ONU tinha perto de 40 mil soldados e polícias em treze forças de manutenção da paz em todo o mundo. Algumas dessas forças, como as da Índia e do Paquistão, estão em vigor há décadas. Outras, como aquelas em Timor Leste, atingiram os seus objetivos em apenas alguns meses. As Nações não só trabalharam para prevenir e conter os conflitos, como também forjaram tratados para limitar a fabricação, teste e comércio de armas. As armas que mais preocupam são aquelas que causam destruição em massa. Estas incluem armas nucleares, químicas e biológicas que podem matar milhares, e até mesmo milhões de pessoas Os conflitos entre pessoas de diferentes grupos raciais, nacionais, religiosos, linguísticos ou culturais não são de hoje. Algumas lutas já duram há algumas décadas e, em alguns casos, há séculos. Tais conflitos incluem aqueles entre protestantes e católicos na Irlanda, entre palestinos e israelitas no Médio Oriente, e entre os sérvios, bósnios e croatas na antiga Jugoslávia. Copyright - All Right Reserved - Future University 30 36

31 Projetos Em Equipa Saúde Descrição Os cuidados de saúde nos países desenvolvidos precisam seriamente de ser repensados. Além disso, as pandemias podem dizimar a humanidade se estiverem fora de controlo. Vários vírus e bactérias têm vindo a tornar-se preocupações sérias. Que tecnologias podem proteger a humanidade deste crescente risco existencial? Fatos Mil milhões de pessoas não têm acesso a sistemas de cuidados de saúde. Mil milhões de mortes anuais são causadas por doenças não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares, diabetes, cancro e doenças pulmonares crónicas. Isto representa quase dois terços das cerca de 56 milhões de mortes anuais em todo o mundo. As doenças cardiovasculares (DCVs) são a causa de morte número um a nível mundial. Estima-se que 17,5 milhões de pessoas morreram devido a doenças cardiovasculares em 2005, representando 30% das mortes totais. Mais de 80% das mortes por DCV ocorrem nos níveis socioeconómicos baixos e médios. Em 2008, cerca de 6,7 milhões de pessoas morreram devido a doenças infeciosas. Copyright - All Right Reserved - Future University 31 36

32 Projetos Em Equipa Energia Descrição Os participantes irão apresentar soluções para as questões energéticas mundiais mais prementes. Fatos: A dependência contínua de combustíveis fósseis, especialmente a partir de fontes não convencionais, terá impactos negativos e riscos para o meio ambiente cada vez maiores. Os subsídios ao consumo de combustíveis fósseis, 312 mil milhões de dólares em 2009 por 25 países, estão a distorcer os sinais de preço. Muitos desses países eram economias em desenvolvimento. A elevada degradação ambiental está relacionada com a extração de combustíveis fósseis. A tecnologia atual pode facilitar entre 28 e 35% de reduções no consumo de energia e nas emissões de gases de efeito estufa, bem como reduzir o consumo de água. Nos países desenvolvidos, os sistemas e infraestruturas existentes criam resistência à adoção de energias renováveis. 2 mil milhões de pessoas têm um fornecimento de energia elétrica intermitente ou inexistente. Poucas fontes de energias renováveis conseguem competir com fontes de energia convencionais. Os baixos custos de energia convencional (carvão e gás natural) tornam a competição difícil para as tecnologias limpas em fase de arranque. Copyright - All Right Reserved - Future University 32 36

33 Projetos Em Equipa Espaço Descrição As tecnologias espaciais são fundamentais para a sobrevivência da espécie humana a longo prazo. Os participantes irão apresentar soluções para levar a humanidade para o espaço (a nossa última fronteira). Irão surgir muitos benefícios resultantes para os cuidados de saúde e a tecnologia. Fatos Através do uso da robótica, explorar, de forma rápida e barata, a Lua, Marte, asteroides e outros destinos no espaço profundo, de modo a encontrar locais seguros e interessantes para os seres humanos visitarem. Os recursos disponíveis no espaço poderão um dia permitir aos humanos "viver da terra". O turismo no espaço não está agora restrito aos governos. Os elevadores espaciais já foram propostos e estão a ser objeto de uma análise séria. As impressoras 3D têm sido postas no espaço, possibilitando uma abundância material neste. Copyright - All Right Reserved - Future University 33 36

34 Copyright - All Right Reserved - Future University 34 36

35 Copyright - All Right Reserved - Future University 35 36

36 Copyright - All Right Reserved - Future University Copyright - All Right Reserved - Future University 36 36

Contextos da Educação Ambiental frente aos desafios impostos. Núcleo de Educação Ambiental Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Contextos da Educação Ambiental frente aos desafios impostos. Núcleo de Educação Ambiental Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Contextos da Educação Ambiental frente aos desafios impostos pelas mudanças climáticas Maria Teresa de Jesus Gouveia Núcleo de Educação Ambiental Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Leia mais

Células de combustível

Células de combustível Células de combustível A procura de energia no Mundo está a aumentar a um ritmo alarmante. A organização WETO (World Energy Technology and Climate Policy Outlook) prevê um crescimento anual de 1,8 % do

Leia mais

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS Resumo da Agenda 21 CAPÍTULO 1 - Preâmbulo Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS CAPÍTULO 2 - Cooperação internacional para acelerar o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento e políticas

Leia mais

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática A Abiquim e suas ações de mitigação das mudanças climáticas As empresas químicas associadas à Abiquim, que representam cerca

Leia mais

Enfrentar a crise climática vai ajudar a resolver a crise financeira a perspectiva do Greenpeace

Enfrentar a crise climática vai ajudar a resolver a crise financeira a perspectiva do Greenpeace Enfrentar a crise climática vai ajudar a resolver a crise financeira a perspectiva do Greenpeace Manaus Av. Joaquim Nabuco, 2367, Centro CEP: 69020-031 Tel.: +55 92 4009-8000 Fax: +55 92 4009-8004 São

Leia mais

Economia Internacional

Economia Internacional Economia Internacional A abertura de novos mercados criou condições para que a produção econômica mundial crescesse em mais de 150% desde 1980, com a poluição aumentando no mesmo ritmo. Amplo consenso

Leia mais

FIEP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIA DO ESTADO DA PARAÍBA

FIEP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIA DO ESTADO DA PARAÍBA FIEP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIA DO ESTADO DA PARAÍBA INQUETAÇÕES E DESCONFORTO PARA NÓS, SERES HUMANOS! RESPOSTA DA FIEP E DAS INDÚSTRIAS DA PARAÍBA. O QUE ESTAMOS FAZENDO AGORA. ANÁLISE DOS PRINCIPAIS PROBLEMAS

Leia mais

Posicionamento sobre gás de xisto, óleo de xisto, metano em camada de carvão e fracking

Posicionamento sobre gás de xisto, óleo de xisto, metano em camada de carvão e fracking Posicionamento sobre gás de xisto, óleo de xisto, metano em camada de carvão e fracking Nós, uma aliança de organizações não governamentais dedicadas à saúde e ao meio ambiente, temos sérias preocupações

Leia mais

Tratados internacionais sobre o meio ambiente

Tratados internacionais sobre o meio ambiente Tratados internacionais sobre o meio ambiente Conferência de Estocolmo 1972 Preservação ambiental X Crescimento econômico Desencadeou outras conferências e tratados Criou o Programa das Nações Unidas para

Leia mais

O Estado do Futuro 2013-2014

O Estado do Futuro 2013-2014 O Estado do Futuro 2013-2014 Sobre o Projeto Millennium Universidades Organizações da ONU Projeto Millennium Corporações Governos ONGs um sistema Transinstitucional colaborativo Os nodos do Projeto Millennium

Leia mais

Crise ambiental e saúde no planeta

Crise ambiental e saúde no planeta Crise ambiental e saúde no planeta Pensando o papel dos serviços de saúde a partir das questões da Rio+20 CESTEH-ENSP-FIOCRUZ 7 QUESTÕES CRÍTICAS NA RIO+20 1) Empregos 2) Energia 3) Cidades 4) Alimentos

Leia mais

Exploração sustentada de recursos geológicos Recursos energéticos

Exploração sustentada de recursos geológicos Recursos energéticos Exploração sustentada de recursos geológicos Recursos energéticos Aula nº85 22 Maio 09 Prof. Ana Reis Recursos energéticos Vivemos numa época em que os recursos energéticos afectam a vida de todas as pessoas.

Leia mais

Energia, tecnologia e política climática: perspectivas mundiais para 2030 MENSAGENS-CHAVE

Energia, tecnologia e política climática: perspectivas mundiais para 2030 MENSAGENS-CHAVE Energia, tecnologia e política climática: perspectivas mundiais para 2030 MENSAGENS-CHAVE Cenário de referência O estudo WETO apresenta um cenário de referência que descreve a futura situação energética

Leia mais

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM. Energia sustentável

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM. Energia sustentável PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM Energia sustentável A ONU declarou 2012 como o Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos. Esta iniciativa pretende chamar

Leia mais

Iniciativas Futuro Verde" do Japão

Iniciativas Futuro Verde do Japão 1. Compreensão Básica Iniciativas Futuro Verde" do Japão 1. Nas condições atuais, em que o mundo está enfrentando diversos problemas, como o crescimento populacional, a urbanização desordenadas, a perda

Leia mais

Restabelecer a Confiança Global

Restabelecer a Confiança Global Restabelecer a Confiança Global Os dois principais desafios à justiça global, as alterações climáticas e a pobreza, estão interligados. Temos que combatê-los simultaneamente; não podemos cuidar de um sem

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE DE 2011 (Do Sr. Júlio Delgado) O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI Nº, DE DE 2011 (Do Sr. Júlio Delgado) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI Nº, DE DE 2011 (Do Sr. Júlio Delgado) Dispõe sobre a criação do Programa Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento de Compostos Orgânicos de Origem Vegetal para Redução das Emissões de Gases

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

Portugal 2020. Inovação da Agricultura, Agroindústria. Pedro Cilínio pedro.cilinio@iapmei.pt

Portugal 2020. Inovação da Agricultura, Agroindústria. Pedro Cilínio pedro.cilinio@iapmei.pt Portugal 2020 Inovação da Agricultura, Agroindústria e Floresta Pedro Cilínio pedro.cilinio@iapmei.pt FEDER 2020 - Prioridades Concentração de investimentos do FEDER Eficiência energética e energias renováveis

Leia mais

Uma visão geral do sector das energias renováveis na Roménia

Uma visão geral do sector das energias renováveis na Roménia Uma visão geral do sector das energias renováveis na Roménia A Roménia localiza-se geograficamente no centro da Europa (parte sudeste da Europa Central). O país tem,5 milhões de habitantes e abrange uma

Leia mais

Nos estúdios encontram-se um entrevistador (da rádio ou da televisão) e um representante do Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural

Nos estúdios encontram-se um entrevistador (da rádio ou da televisão) e um representante do Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural Guião de Programa de Rádio e Televisão Tema: Redução de Emissões de Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+) Nos estúdios encontram-se um entrevistador (da rádio ou da televisão) e um representante

Leia mais

Engenharia e Meio Ambiente

Engenharia e Meio Ambiente Engenharia e Meio Ambiente 1. ECOLOGIA 2. MEIO AMBIENTE 3. HABITAT E NICHO ECOLÓGICO 4. POTENCIAL BIÓTICO 5. RESISTÊNCIA AMBIENTAL 6. PEGADA ECOLÓGICA O QUE É ECOLOGIA? 1. Ciência que estuda as relações

Leia mais

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Na PepsiCo, Performance com Propósito significa gerar crescimento sustentável através do investimento em

Leia mais

OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO

OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO Conjuntura Para além de enfrentarem a discriminação social e familiar, muitas mulheres ainda lutam para ultrapassar os obstáculos ao

Leia mais

A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO

A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO Introdução Escopo A Carta de Bangkok identifica ações, compromissos e promessas necessários para abordar os determinantes da saúde em

Leia mais

Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995)

Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995) Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995) 1. Nós, os Governos, participante da Quarta Conferência Mundial sobre as

Leia mais

Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics

Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics Engineers Prefácio O Engenheiro 2020 Como será ou deveria

Leia mais

Seja um Profissional em Energia Solar

Seja um Profissional em Energia Solar Seja um Profissional em Energia Solar Nós, da Blue Sol, acreditamos no empoderamento de todos os consumidores de energia elétrica no Brasil através da possibilidade de geração própria da energia consumida.

Leia mais

Reflexões sobre o Quinto relatório de avaliação do IPCC constatações e complexidades Natal outubro 2015. CAROLINA DUBEUX carolina@ppe.ufrj.

Reflexões sobre o Quinto relatório de avaliação do IPCC constatações e complexidades Natal outubro 2015. CAROLINA DUBEUX carolina@ppe.ufrj. Reflexões sobre o Quinto relatório de avaliação do IPCC constatações e complexidades Natal outubro 2015 CAROLINA DUBEUX carolina@ppe.ufrj.br A mudança do clima e a economia Fonte: Adaptado de Margulis

Leia mais

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Ano Internacional dos solos

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Ano Internacional dos solos Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Ano Internacional dos solos Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 4 de dezembro de 2015

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

Aliança do Setor Privado para a Redução do Risco de Desastres no Brasil. Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres

Aliança do Setor Privado para a Redução do Risco de Desastres no Brasil. Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres Aliança do Setor Privado para a Redução do Risco de Desastres no Brasil Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres Iniciativas Globais Aliança do Setor Privado para a Redução do

Leia mais

Anexo III da Resolução n o 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima

Anexo III da Resolução n o 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima Anexo III da Resolução n o 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável I Introdução O Projeto Granja São Roque de redução

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO

CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO Medidas estão sendo tomadas... Serão suficientes? Estaremos, nós, seres pensantes, usando nossa casa, com consciência? O Protocolo de Kioto é um acordo internacional, proposto

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

O Conselho Executivo do Fórum Parlamentar sobre Armas Ligeiras e de Pequeno Porte, realizado no dia 13 de Julho de 2008 em Nova Iorque, E.U.A.

O Conselho Executivo do Fórum Parlamentar sobre Armas Ligeiras e de Pequeno Porte, realizado no dia 13 de Julho de 2008 em Nova Iorque, E.U.A. FÓRUM PARLAMENTAR SOBRE ARMAS LIGEIRAS E DE PEQUENO PORTE Declaração da política sobre a gestão de estoque de munições convencionais O Conselho Executivo do Fórum Parlamentar sobre Armas Ligeiras e de

Leia mais

Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros. Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014

Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros. Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014 Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014 O desafio Horizonte 2020 Compromissos Nacionais Metas UE-27 20%

Leia mais

Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21

Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21 Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21 Resenha Desenvolvimento Raíssa Daher 02 de Junho de 2010 Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21

Leia mais

05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE D I R E T O R I A D E S A Ú D E 05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE Em 05 de Junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e nesse ano o foco está voltado para as Mudanças Climáticas com o tema

Leia mais

PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE. Sustentabilidade e Biodiversidade

PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE. Sustentabilidade e Biodiversidade PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE Sustentabilidade e Biodiversidade Profª. Monica Prantera, Prof. Wellington Matos e Biólogo Leandro Duarte Parceria: Bayer, Unigranrio e SME

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO SIRLENE DE SOUZA B. DAS VIRGENS PROJETO: AMIGOS DO MEIO AMBIENTE

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO SIRLENE DE SOUZA B. DAS VIRGENS PROJETO: AMIGOS DO MEIO AMBIENTE ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO SIRLENE DE SOUZA B. DAS VIRGENS PROJETO: AMIGOS DO MEIO AMBIENTE IVINHEMA MS AGOSTO/2011 ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO SIRLENE DE SOUZA B. DAS VIRGENS PROJETO:

Leia mais

O RELATÓRIO DE ENERGIA ENERGIA 100% RENOVÁVEL ATÉ 2050

O RELATÓRIO DE ENERGIA ENERGIA 100% RENOVÁVEL ATÉ 2050 O RELATÓRIO DE ENERGIA ENERGIA 100% RENOVÁVEL ATÉ 2050 Este Relatório foi possível graças ao generoso apoio da ENECO ISBN 978 2 940443 26 0 Fotografia da capa: Wild Wonders of Europe / Inaki Relanzon /

Leia mais

Curso de Desenvolvimento. sustentável.

Curso de Desenvolvimento. sustentável. 50 Série Aperfeiçoamento de Magistrados 17 Curso de Desenvolvimento Sustentável Juliana Andrade Barichello 1 O objetivo deste trabalho é discorrer sobre os principais pontos das palestras proferidas sobre

Leia mais

DECLARAÇÃO UNESCO/UBC VANCOUVER. A Memória do Mundo na Era Digital: Digitalização e Preservação

DECLARAÇÃO UNESCO/UBC VANCOUVER. A Memória do Mundo na Era Digital: Digitalização e Preservação DECLARAÇÃO UNESCO/UBC VANCOUVER A Memória do Mundo na Era Digital: Digitalização e Preservação 26 a 28 de Setembro de 2012 Vancouver, Colúmbia Britânica, Canadá A Tecnologia Digital oferece meios sem precedentes

Leia mais

MEIO AMBIENTE E VIDA TEXTO PARA A CAMINHADA DE CORPUS CRISTI A VIDA AMEAÇADA...

MEIO AMBIENTE E VIDA TEXTO PARA A CAMINHADA DE CORPUS CRISTI A VIDA AMEAÇADA... MEIO AMBIENTE E VIDA TEXTO PARA A CAMINHADA DE CORPUS CRISTI Daniel Cenci A VIDA AMEAÇADA... A vida é sempre feita de escolhas. A qualidade de vida resulta das escolhas que fazemos a cada dia. É assim

Leia mais

ENERGIA X MEIO AMBIENTE: O QUE DIZ O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DE FURNAS?

ENERGIA X MEIO AMBIENTE: O QUE DIZ O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DE FURNAS? ENERGIA X MEIO AMBIENTE: O QUE DIZ O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DE FURNAS? Maranhão, R.A. 1 1 PECE/POLI/USP, MBA em Gestão e Tecnologias Ambientais, Biológo e Mestre em Geografia, romeroalbuquerque@bol.com.br

Leia mais

2012 - Panorama Energético: Perspectivas para 2040

2012 - Panorama Energético: Perspectivas para 2040 212 - Panorama Energético: Perspectivas para Índice Fundamentos globais 2 Residencial/comercial 3 Transportes 4 Industrial 5 Geração de eletricidade 6 Emissões 7 Fornecimento e tecnologia 8 Conclusão 9

Leia mais

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 3º Ano Principais Conferências Internacionais sobre o Meio Ambiente

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 3º Ano Principais Conferências Internacionais sobre o Meio Ambiente Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 3º Ano Principais Conferências Internacionais sobre o Meio Ambiente Prof. Claudimar Fontinele Em dois momentos a ONU reuniu nações para debater

Leia mais

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30 de julho de 2014 Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 Informações gerais O Acordo de Parceria abrange cinco fundos: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Leia mais

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite para participar neste debate e felicitar os organizadores pela importância desta iniciativa. Na minha apresentação irei falar brevemente da

Leia mais

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. OBS: EM NEGRITO OS ENUNCIADOS, EM AZUL AS

Leia mais

ALEXANDRE UHLIG Instituto Acende Brasil. EXPANSÃO DA GERAÇÃO NA ERA PÓS- HIDRELÉTRICA Guia para debates

ALEXANDRE UHLIG Instituto Acende Brasil. EXPANSÃO DA GERAÇÃO NA ERA PÓS- HIDRELÉTRICA Guia para debates ALEXANDRE UHLIG Instituto Acende Brasil EXPANSÃO DA GERAÇÃO NA ERA PÓS- HIDRELÉTRICA Guia para debates QUESTÕES PARA REFLEXÃO 1 2 Qual o padrão atual da oferta de eletricidade no Brasil? Qual o padrão

Leia mais

ANEXO I QUADRO 1: CÓDIGOS DA DIMENSÃO «DOMÍNIO DE INTERVENÇÃO» Investimento produtivo genérico em pequenas e médias empresas («PME»)

ANEXO I QUADRO 1: CÓDIGOS DA DIMENSÃO «DOMÍNIO DE INTERVENÇÃO» Investimento produtivo genérico em pequenas e médias empresas («PME») PT 8.3.2014 Jornal Oficial da União Europeia L 69/71 ANEXO I Dimensões e códigos para as categorias de intervenção dos Fundos (1) no âmbito do objetivo de Investimento no Crescimento e no Emprego e da

Leia mais

ODS 1 - Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

ODS 1 - Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares. ODS 1 - Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares. 1.1 Até 2030, erradicar a pobreza extrema para todas as pessoas em todos os lugares, atualmente medida como pessoas vivendo com

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves. Fundos Comunitários geridos pela Comissão Europeia M. Patrão Neves Fundos comunitários: no passado Dependemos, de forma vital, dos fundos comunitários, sobretudo porque somos um dos países da coesão (e

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto Capítulo 21 Meio Ambiente Global Geografia - 1ª Série O Tratado de Kyoto Acordo na Cidade de Kyoto - Japão (Dezembro 1997): Redução global de emissões de 6 Gases do Efeito Estufa em 5,2% no período de

Leia mais

CIDADES INTELIGENTES DIREITO DA ENERGIA RITA NORTE

CIDADES INTELIGENTES DIREITO DA ENERGIA RITA NORTE CIDADES INTELIGENTES DIREITO DA ENERGIA RITA NORTE CIDADES INTELIGENTES NOTAS INTRODUTÓRIAS As cidades - espaços de oportunidades, desafios e problemas Diagnóstico dos espaços urbanos: Transformação demográfica

Leia mais

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II PARTILHA DE EXPERIÊNCIAS E APRENDIZAGEM SOBRE O DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL O URBACT permite que as cidades europeias trabalhem em conjunto e desenvolvam

Leia mais

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados.

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados. A MBS SERVIÇOS possui o conhecimento necessário e indispensável para oferecer qualidade e agilidade nas realizações dos serviços prestados. Possuímos sede própria com toda infraestrutura necessária para

Leia mais

Acesse nosso blog: www.abmeseduca.com

Acesse nosso blog: www.abmeseduca.com Realização: Apoio: Acorda Pessoal!!! Pela primeira vez na história: a próxima geração terá menos oportunidades do que seus pais; a crise ecológica dificultará a sobrevivência das gerações futuras; O aquecimento

Leia mais

PO AÇORES 2020 FEDER FSE

PO AÇORES 2020 FEDER FSE Apresentação pública PO AÇORES 2020 FEDER FSE Anfiteatro C -Universidade dos Açores -Ponta Delgada 04 de marçode 2015 PO AÇORES 2020 UM CAMINHO LONGO, DIVERSAS ETAPAS A definição das grandes linhas de

Leia mais

Em 20 anos, Brasil poderá gerar 280 MW de energia do lixo

Em 20 anos, Brasil poderá gerar 280 MW de energia do lixo Em 20 anos, Brasil poderá gerar 280 MW de energia do lixo Fabíola Ortiz - 28/02/13 Potencial de produção de energia vinda dos aterros pode dobrar em 20 anos, se a lei de resíduos sólidos for cumprida.

Leia mais

Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva

Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva Na parte final da fase 1 do projecto Processo de Avaliação em Contextos Inclusivos foi discutido o conceito processo de avaliação inclusiva e prepararam-se

Leia mais

TI Verde: Sustentabilidade na área da tecnologia da informação TI VERDE: SUSTENTABILIDADE NA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TI Verde: Sustentabilidade na área da tecnologia da informação TI VERDE: SUSTENTABILIDADE NA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TI VERDE: SUSTENTABILIDADE NA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Flávio Luiz de Azevedo BRAYNER Paulo Gustavo Sabino RAMOS Patrícia Verônica de Azevedo BRAYNER Resumo: Atualmente a Tecnologia da Informação

Leia mais

Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Inteligência Artificial

Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Inteligência Artificial Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Inteligência Artificial João Marques Salomão Rodrigo Varejão Andreão Inteligência Artificial Definição (Fonte: AAAI ): "the scientific understanding of the mechanisms

Leia mais

Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias

Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias TERMO DE REFERÊNCIA Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias 1. Contexto e Justificação O Programa conjunto sobre o Empoderamento da Mulher

Leia mais

O Protocolo de Kyoto e o Mandato de Bali:

O Protocolo de Kyoto e o Mandato de Bali: Briefing A Caminho de Bali Brasília, 21 de Novembro 2007 O Protocolo de Kyoto e o Mandato de Bali: O que o mundo precisa fazer para combater as mudanças climáticas As mudanças climáticas são, sem dúvida,

Leia mais

Mudança tecnológica na indústria automotiva

Mudança tecnológica na indústria automotiva ESTUDOS E PESQUISAS Nº 380 Mudança tecnológica na indústria automotiva Dyogo Oliveira * Fórum Especial 2010 Manifesto por um Brasil Desenvolvido (Fórum Nacional) Como Tornar o Brasil um País Desenvolvido,

Leia mais

A WaterAid e as mudanças climáticas

A WaterAid e as mudanças climáticas A WaterAid e as mudanças climáticas Kajal Gautam, 16 anos, e a prima, Khushboo Gautam, 16 anos, regressando a casa depois de irem buscar água em Nihura Basti, Kanpur, na Índia. WaterAid/ Poulomi Basu Louise

Leia mais

Economize energia e CO2 hoje As soluções estão prontas! 517milhões. de toneladas de CO2

Economize energia e CO2 hoje As soluções estão prontas! 517milhões. de toneladas de CO2 MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Economize energia e CO2 hoje As soluções estão prontas! 517milhões de toneladas de CO2 poderiam ser economizadas se a Europa dobrasse o uso que faz de aquecimento distrital

Leia mais

NOTA DE IMPRENSA. Embargado até 27/11/2007, às 10h (horário de Brasília) Aquecimento global vai ampliar as desigualdades na América Latina

NOTA DE IMPRENSA. Embargado até 27/11/2007, às 10h (horário de Brasília) Aquecimento global vai ampliar as desigualdades na América Latina NOTA DE IMPRENSA Embargado até 27/11/2007, às 10h (horário de Brasília) Aquecimento global vai ampliar as desigualdades na América Latina Relatório de desenvolvimento humano 2007/2008 estabelece o caminho

Leia mais

CST Recursos Humanos

CST Recursos Humanos CST Recursos Humanos Padrão de Resposta O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: A A ideia de que desenvolvimento sustentável pode ser entendido como proposta ou processo

Leia mais

AULA 9. Ação pelo Ambiente

AULA 9. Ação pelo Ambiente AULA 9 Ação pelo Ambiente Roberto e o seu grupo do meio ambiente estão se preparando para a Grande Reunião que irá tratar dos problemas ambientais do planeta. Ele pede ajuda à Sofia para bolar um plano

Leia mais

micro-empresas e activid i a d de d ec e onómica c TAGUS, 24 de Janeiro de 2015

micro-empresas e activid i a d de d ec e onómica c TAGUS, 24 de Janeiro de 2015 micro-empresas e actividade económica TAGUS, 24 de Janeiro de 2015 20 anos Uma estratégia com o objectivo único de contribuirpara fixar população no interior do seu território. Combater o exodo rural e

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais

Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Data países

Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Data países Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Links Financiador Tema Questões chave Data Montantes países importantes Notas 1 Gates Advocacy Melhorar o apoio da opinião pública

Leia mais

LISTA DE PONTOS CAMPO DAS HUMANIDADES: SABERES E PRÁTICAS

LISTA DE PONTOS CAMPO DAS HUMANIDADES: SABERES E PRÁTICAS LISTA DE PONTOS CAMPO DAS HUMANIDADES: SABERES E PRÁTICAS 1. As humanidades e suas repercussões sobre o pluralismo cultural 2. Humanidades e ciências: o debate transcultural em contextos plurais 3. Pedagogias

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO SOBRE O CLIMA E A QUALIDADE DO AR NOS AÇORES

PROJECTO DE RESOLUÇÃO SOBRE O CLIMA E A QUALIDADE DO AR NOS AÇORES PROJECTO DE RESOLUÇÃO SOBRE O CLIMA E A QUALIDADE DO AR NOS AÇORES Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Exma. Sras. Deputadas e Srs. Deputados Exma. Sra. e Srs. Membros do Governo Desde os anos oitenta que

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 Consultoria especializada (pessoa física) para elaborar e implantar novas metodologias

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

Gestão de Serviços Ambientais nas Empresas. Uma questão estratégica

Gestão de Serviços Ambientais nas Empresas. Uma questão estratégica Gestão de Serviços Ambientais nas Empresas Uma questão estratégica Ética Ambiental ÉTICA. Do grego ETHOS, que significa modo de ser, caráter. Forma de agir do Homem em seu meio social. O comportamento

Leia mais

O que fazemos em Moçambique

O que fazemos em Moçambique 2008/09 O que fazemos em Moçambique Estamos a ajudar 79.850 crianças afectadas pelas inundações Estamos a proporcionar kits para a escola a 1.000 órfãos e crianças vulneráveis Registámos 1.745 crianças

Leia mais

China e África: Será que a lua-de-mel vai continuar?

China e África: Será que a lua-de-mel vai continuar? China e África: Será que a lua-de-mel vai continuar? Wenjie Chen e Roger Nord 21 de dezembro de 2015 A promessa recente de apoio financeiro no valor de USD 60 mil milhões ao longo dos próximos três anos

Leia mais

Mensagens ambientais da HP

Mensagens ambientais da HP Mensagens ambientais da HP Definição da promessa Projeto para o meio ambiente Por ser líder ambiental há décadas no setor tecnológico, a HP faz a diferença com um projeto abrangente de estratégia ambiental,

Leia mais

COP21 Perguntas frequentes

COP21 Perguntas frequentes COP21 Perguntas frequentes Porque é que a conferência se chama COP21? A Conferência do Clima de Paris é oficialmente conhecida como a 21ª Conferência das Partes (ou COP ) da Convenção-Quadro das Nações

Leia mais

A tendência do homem à mecanização, transformando as matérias-primas em bens úteis, gerando resíduos inúteis para o meio;

A tendência do homem à mecanização, transformando as matérias-primas em bens úteis, gerando resíduos inúteis para o meio; OS IMPACTOS AMBIENTAIS E A BIODIVERSIDADE 1 A poluição A introdução no meio ambiente de qualquer matéria ou energia que venha alterar as propriedades físicas, químicas ou biológica que afete a saúde das

Leia mais

Energia, Riqueza e População

Energia, Riqueza e População Energia, Riqueza e População Legenda - Colunas à Esquerda: Crescimento relativo da oferta total de energia - Colunas Centrais: Crescimento relativo do Produto Interno Bruto (PIB) - Colunas à Direita: :

Leia mais

RISCOS EMERGENTES NO SETOR DE SEGUROS NO CONTEXTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO PÓS-2015

RISCOS EMERGENTES NO SETOR DE SEGUROS NO CONTEXTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO PÓS-2015 RISCOS EMERGENTES NO SETOR DE SEGUROS NO CONTEXTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO PÓS-2015 Rio+20 (2012): O Futuro que Queremos Cúpula das Nações Unidas (setembro de 2015): Agenda de Desenvolvimento Pós-2015

Leia mais

Produção e consumo sustentáveis

Produção e consumo sustentáveis Produção e consumo sustentáveis Fernanda Capdeville Departamento de Produção e Consumo Sustentáveis DPCS Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental - SAIC 14 Plenária do Fórum Governamental

Leia mais

O capitalismo e a sociedade de consumo

O capitalismo e a sociedade de consumo O capitalismo e a sociedade de consumo Sociedade de consumo As sociedades dos países capitalistas desenvolvidos que usufruem intensamente dos bens e serviços existentes no mundo moderno. O consumismo contribui

Leia mais

Conceito e Evolução da utilização da Energia

Conceito e Evolução da utilização da Energia Energia Limpa Agenda O que é energia limpa? Tipos de energia limpa Energia Hídrica Energia Eólica Energia Geotérmica Biomassa Energia Solar Energia do Mar O Brasil neste cenário Protocolo de Kyoto Conceito

Leia mais

Instrumentos Econômicos: Tributos Ambientais.

Instrumentos Econômicos: Tributos Ambientais. Alguns acreditam que quando você paga para usar (ou usufruir de) alguma coisa, há a tendência de você usar essa coisa com maior cuidado, de maneira mais eficiente. Isso é verdadeiro quando você compra

Leia mais

Desenvolvimento econômico e social no Brasil e a qualificação profissional num mundo globalizado

Desenvolvimento econômico e social no Brasil e a qualificação profissional num mundo globalizado Desenvolvimento econômico e social no Brasil e a qualificação profissional num mundo globalizado Edson Tomaz de Aquino 1 Resumo: Este artigo apresenta uma reflexão sobre os desafios do Brasil em competir

Leia mais

Portugal 2020 Lançados Programas Operacionais

Portugal 2020 Lançados Programas Operacionais Portugal 2020 Lançados Programas Operacionais Novos PO detêm um valor global de quase 12,2 mil M de financiamento comunitário Alerta de Cliente Dezembro de 2014 Temas/Assuntos: Numa cerimónia realizada

Leia mais

O Consumo de Energia está a aumentar

O Consumo de Energia está a aumentar Schneider Electric -Eficiência Energética HAG 04/2010 1 Luis Hagatong Energy Efficiency Manager Schneider Electric Portugal 3 as Jornadas Electrotécnicas Máquinas e instalações eléctricas ISEP 29 e 30

Leia mais