OS DISTINTOS USOS DO SOLO NA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE POÇOS DE CALDAS (MG)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OS DISTINTOS USOS DO SOLO NA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE POÇOS DE CALDAS (MG)"

Transcrição

1 398 OS DISTINTOS USOS DO SOLO NA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE POÇOS DE CALDAS (MG) Mariana Medeiros Alves¹; Nathalia Oliveira Silva Costa², Alexandre Carvalho de Andrade³ ¹Graduanda em Geografia (IFSULDEMINAS/Poços de Caldas) ²Graduanda em Geografia (IFSULDEMINAS/Poços de Caldas); bolsista PIBIC-FAPEMIG ³Professor do curso de Geografia do IFSULDEMINAS/Campus Poços de Caldas; Pesquisador do Grupo de Estudos Regionais e Socioespaciais. Introdução Tendo em vista a inter-relação econômica e socioespacial entre a urbanização e as atividades comerciais, Cleps (2004, p. 128) descreve que: A urbanização foi um importante instrumento para ampliar a capacidade do comércio, pois, à medida que a cidade se expandia, criavam-se novos pontos de atração para a localização dos novos tipos de estabelecimento comerciais, ou seja, novas centralidades. O município de Poços de Caldas, com uma população de 163 mil habitantes (IBGE, 2015), é considerado, dentro da rede urbana brasileira, como um centro subregional, e exerce significativa influência sobre municípios dos estados de Minas Gerais e de São Paulo (IBGE: REGIC, 2007). Por seu contingente populacional e por seu papel na rede urbana, Poços de Caldas é uma cidade média, e possui expressiva diversificação econômica, sendo as principais atividades produtivas as indústrias, a extração mineral, o turismo, o comércio e as prestações de serviços. O objetivo deste trabalho é demonstrar como a área central de Poços de Caldas, que historicamente tem no turismo uma atividade de significativa importância para a economia e as relações socioespaciais, atualmente apresenta uma diversidade de usos do solo, que reflete o crescimento populacional, as dinâmicas de apropriação do espaço, e o aumento da importância da cidade na rede urbana regional.

2 No contexto da área central de Poços de Caldas, serão elucidadas a presença de um comércio diversificado, e a formação de coesões atreladas ao turismo e a prestação de serviços no setor de saúde, que apresentam como indutores, respectivamente, o conjunto formado pelo Parque Afonso Junqueira e a Praça Pedro Sanches para o turismo, e a Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Poços de Caldas para os serviços de saúde. Assim, para atingir os objetivos propostos neste trabalho, foram realizadas análises no plano diretor municipal de Poços de Caldas, as consultas bibliográficas e em recursos cartográficos, a produção de imagens, e os trabalhos de campo em distintos setores da área central da cidade, em especial os que apresentam formações de coesões atreladas ao turismo e aos serviços de saúde. 399 A área central da cidade de Poços de Caldas Historicamente os atrativos turísticos estão alocados na área central de Poços de Caldas, tais como as fontes de águas termais, os balneários hidrotermais (Termas Antônio Carlos e Balneário Mário Mourão) e o teleférico. Tal situação propiciou, desde o final do século XIX, a implantação de hotéis, restaurantes e espaços para práticas culturais, de eventos e de recreação, neste setor da cidade, o que favorece a interação dos visitantes com o cotidiano dos moradores (ANDRADE, 2011). No centro da cidade, além dos atrativos e dos estabelecimentos de hospedagens e de alimentação, existe uma expressiva infraestrutura de apoio a atividade turística, composta por agências de receptivo, feiras de artesanato, lojas especializadas em produtos locais e regionais, mercado municipal, e opções variadas de entretenimento, tais como salas de cinema, teatros e centros culturais, bares com música ao vivo, museu, dentre outras (figura 1).

3 Figura 1 Aspectos do setor mais turistificado do centro de Poços de Caldas. 1 Loja especializada na venda de produtos locais e regionais; 2 Fachada do Palace Hotel, tendo em seu térreo uma galeria especializada na venda de souvenires relacionados a Poços de Caldas; 3 Praça Pedro Sanches em uma tarde de sábado; 4 Apresentação musical no coreto da Praça Pedro Sanches, e venda de produtos infantis. Fonte: acervo dos autores. Poços de Caldas possui relevante importância para a rede urbana regional, provendo produtos e serviços para seus moradores e para os oriundos dos espaços urbanos e rurais circunvizinhos. A maior parte dos estabelecimentos comerciais e de prestações de serviços está alocada na área central, onde também se encontram os principais atrativos e estabelecimentos de apoio a atividade turística. Esta situação colabora para que o centro da cidade se estabeleça como um espaço de vivências de moradores e visitantes, e, devido a isso, apresente distintas funções produtivas, socioculturais e político-administrativas, que se materializam na paisagem urbana, por meio de edificações, terminais de transportes, praças, vias, monumentos e fontes. A população municipal, entre 1950 e 2015, cresceu de para , sendo 97,6% urbana (IBGE: Censo Demográfico 1950; Estimativa Populacional, 2015). Com isso, a disputa pelo espaço e os resultados de suas modificações funcionais, refletem tanto na verticalização, com a difusão de prédios para fins habitacionais e de prestações de serviços na área central (figura 2), mas também em bairros como Jardim dos Estados, Country Club e Quisisana, quanto na expansão urbana em direção às zonas sul, leste e oeste. Concomitante a estes processos, o centro de Poços de Caldas se consolidou como espaço para circulação, consumo de produtos e serviços, entretenimento, moradia, dentre outros fins. 400 Figura 2 Aspectos da área central de Poços de Caldas. 1 Rua Assis Figueiredo no cruzamento com a Rua Prefeito Chagas, onde fica evidente a diversidade comercial e até mesmo a função residencial que o centro exerce (ponderado/articulado através do plano diretor). No mesmo espaço há redes e franquias, coexistindo com edifícios residenciais. 2 Verticalização da área central, tendo funções residenciais, e em menor intensidade para prestações de serviços. Fonte: acervo dos autores. A prioridade para a implantação de estabelecimentos comerciais, em Poços de Caldas, se dá geralmente na localização central ou em suas proximidades, devido ao

4 potencial da área e a relação com o crescimento urbano, assim como as facilidades de acesso pelos meios de transportes. Verifica-se, assim, os aspectos que contribuem para a maior atração de comerciantes e consumidores, gerando um melhor gerenciamento da área, criando centros comerciais, galerias, edifícios de escritórios, agregando uma coesão no espaço voltado ao comércio diversificado e necessário a cidade média, como bancos, comércios locais, grandes redes de franquias e comércios de necessidades comuns, lojas de roupas, farmácias, lojas de brinquedos, mercados, escritórios de contabilidade, advocacia, dentre outras prestações de serviços (CLEPS, 2004). De acordo com Correa (1997), o processo de coesão se dá na medida em que há a formação de áreas especializadas no interior de um espaço urbano, como ocorre, no contexto da cidade de Poços de Caldas, com a atividade turística, no entorno da Praça Pedro Sanches e do Parque Afonso Junqueira, desde o início do século XX, e, mais recentemente, com estabelecimentos ligados ao setor de saúde nas imediações da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Poços de Caldas. Nesta área há centros médicos, consultórios especializados, laboratórios de análises clínica, órgãos municipais ligados à saúde, dentre outras prestações de serviços nesse setor, e também lojas que comercializam produtos cirúrgicos, farmácias e óticas (figura 3). 401 Figura 3 Coesão de estabelecimentos comerciais e de prestações de serviços no setor de saúde. 1 Santa Casa (esquerda da imagem), o prédio ao final da rua é um centro médico com diversos consultórios, e à direita da imagem há outros prédios com diversos atendimentos médicos e com comércio especializado em saúde, como farmácia de manipulação, venda de

5 produtos cirúrgicos, formando uma coesão na região. 2 Loja de produtos voltados à saúde, nas imediações da Santa Casa; 3 Centro Médico, que, devido a presença de oftalmologistas, abriga também uma ótica; 4 Exemplo das mudanças de funções decorrentes das dinâmicas socioespaciais. Construção que anteriormente tinha uso residencial, e atualmente tem uso para prestação de serviços na área da saúde, neste caso consultórios. Fonte: acervos dos autores. A aglomeração de estabelecimentos comerciais e de serviços de um mesmo segmento atrai, para este espaço, o público consumidor, colaborando para a consolidação das coesões (CORREA, 1997). Em Poços de Caldas, no ano de 2010, os estabelecimentos de saúde privados eram 108 e os públicos 51 (IBGE, 2010), sendo que a maior parte destes está situada nas imediações da Santa Casa, e atrai pessoas do município, mas também das cidades e espaços rurais de sua área de influência. 402 Considerações Finais Poços de Caldas historicamente tem no turismo uma atividade de significativa importância para a economia e as relações socioespaciais locais. Todavia, o desenvolvimento de outras práticas produtivas, como a indústria, a extração mineral, o comércio e a prestação de serviços, colaborou para que o município apresentasse considerável crescimento populacional, em especial a partir da década de cinquenta do século XX, quando os referidos processos econômicos ocorreram com maior intensidade. Concomitante a isto, Poços de Caldas se firmou como uma importante cidade média na rede urbana regional, atraindo habitantes de municípios vizinhos, pelas mais diversas motivações. Na área central da cidade, local onde se concentra a maior parte dos estabelecimentos comerciais e de prestações de serviços, se desenvolvem as coesões apresentadas neste trabalho, na área da saúde, sendo indutora a Santa Casa, e no turismo, sendo indutor o conjunto formado pelo Parque Afonso Junqueira e a Praça Pedro Sanches. A coesão é um fator importante para a cidade de Poços de Caldas, e em especial para os comerciantes e consumidores, visto que a aglomeração e a concentração de comércios e prestações de serviços afins facilitam o funcionamento da área, por manter diferentes, porém interligadas e complementares funções em um mesmo espaço, favorecendo inclusive a mobilidade. Porém, por outro lado, a cidade apresenta um significativo adensamento na área central, que reflete a multiplicidade de usos de seus espaços, e isto pode encarecê-la e mesmo reduzir sua qualidade socioambiental em decorrência do aumento no trânsito, da poluição sonora e do ar, dentre outras. Referências

6 ANDRADE, Alexandre Carvalho de. Crescimento populacional e transformações sócioambientais em municípios turísticos: o caso de Poços de Caldas (MG). Caderno Virtual de Turismo. Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p.67-82, CLEPS, Gleisa Daise Gumiero. O comércio e as cidades: novas territorialidades urbanas. Sociedade e Natureza, 16 (30), p , CORRÊA, Roberto Lobato. Trajetórias geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, IBGE: Regiões de Influência das Cidades (2007). Rio de Janeiro, 2008.

A EXPANSÃO URBANA NA REGIÃO LESTE DA CIDADE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA (SP) E A FORMAÇÃO DE NOVAS CENTRALIDADES

A EXPANSÃO URBANA NA REGIÃO LESTE DA CIDADE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA (SP) E A FORMAÇÃO DE NOVAS CENTRALIDADES 47 A EXPANSÃO URBANA NA REGIÃO LESTE DA CIDADE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA (SP) E A FORMAÇÃO DE NOVAS CENTRALIDADES Nathália Oliveira Silva Costa 1 ; Alexandre Carvalho de Andrade 2. 1 nathaliacosta40@hotmail.com;

Leia mais

DISCIPLINA DE GEOGRAFIA

DISCIPLINA DE GEOGRAFIA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA OBJETIVOS: 1º ano Conhecer o ambiente de moradia e sua localização através de passeios, fotos e desenhos. Conhecer o ambiente de estudo e sua localização através de passeios, fotos,

Leia mais

DOTS Aplicado nos instrumentos de planejamento urbano municipais. LUIZA DE OLIVEIRA SCHMIDT Coordenadora de Cidades, WRI Brasil

DOTS Aplicado nos instrumentos de planejamento urbano municipais. LUIZA DE OLIVEIRA SCHMIDT Coordenadora de Cidades, WRI Brasil DOTS Aplicado nos instrumentos de planejamento urbano municipais LUIZA DE OLIVEIRA SCHMIDT Coordenadora de Cidades, WRI Brasil O que é o DOTS? O Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável é uma

Leia mais

E Vias Modificação de Vias e Logradouros. E Demais Espécies de Logradouros E.2.2 Criação de Faixas de E.2.2.

E Vias Modificação de Vias e Logradouros. E Demais Espécies de Logradouros E.2.2 Criação de Faixas de E.2.2. Anexo A.04 MUNICÍPIO DE ATIBAIA LEI COMPLEMENTAR N.º /, de de de ORDENAMENTO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO EMPREENDIMENTOS CLASSIFICAÇÃO A.04-1 E.1 Intervenções E.1.1 Na Composição e E.1.1.1 Desmatamento Morfologia

Leia mais

PLANEJAMENTOS URBANO E (RE)VITALIZAÇÃO DO CENTRO E SUBCENTROS DE NITERÓI-RJ

PLANEJAMENTOS URBANO E (RE)VITALIZAÇÃO DO CENTRO E SUBCENTROS DE NITERÓI-RJ PLANEJAMENTOS URBANO E (RE)VITALIZAÇÃO DO CENTRO E SUBCENTROS DE NITERÓI-RJ João Penido Gama Departamento de Geografia / UFRJ Bolsista do Programa de Educação Tutorial MEC e-mail: joao.penido28@gmail.com

Leia mais

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográficos BAL. CAMBORIÚ TOTAL

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográficos BAL. CAMBORIÚ TOTAL A Evolução da Mídia Exterior Dados Demográficos BAL. CAMBORIÚ TOTAL BALNEÁRIO CAMBORIÚ Balneário Camboriú possui excelente infra-estrutura de hospedagem com opções variadas para todo tipo de turista, desde

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 7: Avenida Jerônimo de Albuquerque / Cohab

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 7: Avenida Jerônimo de Albuquerque / Cohab CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 7: Avenida Jerônimo de Albuquerque / Cohab 01. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios de São

Leia mais

ANÁLISE CARTOGRÁFICA DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE POUSO ALEGRE/MG

ANÁLISE CARTOGRÁFICA DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE POUSO ALEGRE/MG ANÁLISE CARTOGRÁFICA DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE POUSO ALEGRE/MG Maria Itaiana Ferreira de Moraes 1 ; Thiago César Frediani Sant Ana 2 RESUMO: A vida social do homem está vinculada a ação de interação

Leia mais

Déficit Habitacional. Vladimir Fernandes Maciel. Pesquisador do Núcleo N. de Pesquisas em Qualidade de Vida NPQV Universidade Presbiteriana Mackenzie

Déficit Habitacional. Vladimir Fernandes Maciel. Pesquisador do Núcleo N. de Pesquisas em Qualidade de Vida NPQV Universidade Presbiteriana Mackenzie Déficit Habitacional Vladimir Fernandes Maciel Pesquisador do Núcleo N de Pesquisas em Qualidade de Vida NPQV Universidade Presbiteriana Mackenzie 15/05/2006 Semana da FCECA 1 Estrutura do Workshop Motivação

Leia mais

MUNICÍPIO DE LONDRINA Plano Municipal de Saneamento Básico Relatório de Diagnóstico da Situação do Saneamento

MUNICÍPIO DE LONDRINA Plano Municipal de Saneamento Básico Relatório de Diagnóstico da Situação do Saneamento 2 CARACTERIZAÇÃO GERAL DO MUNICÍPIO 2.1 INSERÇÃO DE LONDRINA NO CONTEXTO REGIONAL Londrina está localizada na Macrorregião Sul do Brasil, na mesorregião Norte Central Paranaense em uma posição geoeconômica

Leia mais

USUÁRIO TIPO ATRAÇÃO PERMANÊNCIA NECESSIDADE Estudantes e Pedestres Consumidores

USUÁRIO TIPO ATRAÇÃO PERMANÊNCIA NECESSIDADE Estudantes e Pedestres Consumidores 4 PROGRAMA 4.1 Quadro de Caracterização do Usuário de Campinas Para definir quais os principais usos para a intervenção na área buscou-se entender as principais necessidades de seus moradores e usuários.

Leia mais

Goiânia. Perfil de consumidores do mercado imobiliário nos bairros Setor Marista, Setor Bueno, Setor Oeste, Jardim Goiás e Alto da Glória.

Goiânia. Perfil de consumidores do mercado imobiliário nos bairros Setor Marista, Setor Bueno, Setor Oeste, Jardim Goiás e Alto da Glória. Report DGBZ Goiânia Perfil de consumidores do mercado imobiliário nos bairros Setor Marista, Setor Bueno, Setor Oeste, Jardim Goiás e Alto da Glória Abril/2017 Qual é o perfil do comprador de imóveis em

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 2: Avenida Colares Moreira / Renascença I e II

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 2: Avenida Colares Moreira / Renascença I e II CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 2: Avenida Colares Moreira / Renascença I e II 01. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios de

Leia mais

1/9 O CONCEITO O TEMA O LOCAL FLUXOS DOS ÔNIBUS- ESTRATÉGIA DE IMPLANTAÇÃO ESTAÇÃO RODOVIÁRIA E CENTRO TURÍSTICO CULTURAL DE NOVA PETRÓPOLIS - RS

1/9 O CONCEITO O TEMA O LOCAL FLUXOS DOS ÔNIBUS- ESTRATÉGIA DE IMPLANTAÇÃO ESTAÇÃO RODOVIÁRIA E CENTRO TURÍSTICO CULTURAL DE NOVA PETRÓPOLIS - RS A CIDADE_NOVA PETRÓPOLIS REGIÃO CENTRAL BAIRRO CENTRO O LOCAL O TEMA O CONCEITO Desde 2014, o proprietário do edifício e concessionário da Estação Rodoviária alegava ter prejuízos e demostrava interesse

Leia mais

ÁREAS DE FIXAÇÃO HUMANA

ÁREAS DE FIXAÇÃO HUMANA Prof. André Silva É FÁCIL DEFINIR O QUE É UMA CIDADE? 8º Ano Geografia ÁREAS DE FIXAÇÃO HUMANA DEMOGRÁFICO Tem em conta o número de habitantes ou a densidade populacional de um território. FUNCIONAL Tem

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO. TÍTULO O FORTALECIMENTO DO CIRCUITO INFERIOR NA REGIÃO DO POTENGI: projeto ambiental para a feira livre de São Paulo do Potengi

PROJETO DE EXTENSÃO. TÍTULO O FORTALECIMENTO DO CIRCUITO INFERIOR NA REGIÃO DO POTENGI: projeto ambiental para a feira livre de São Paulo do Potengi PROJETO DE EXTENSÃO TÍTULO O FORTALECIMENTO DO CIRCUITO INFERIOR NA REGIÃO DO POTENGI: projeto ambiental para a feira livre de São Paulo do Potengi COORDENADOR: Thiago Augusto Nogueira de Queiroz RESUMO

Leia mais

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Especial Conteúdo de Geografia 1. ESPAÇO MUNDIAL

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Especial Conteúdo de Geografia 1. ESPAÇO MUNDIAL Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Especial 4-2011 Conteúdo de Geografia 1. ESPAÇO MUNDIAL EIXO TEMÁTICO I MUNDO COMPETÊNCIAS HABILIDADES CONTEÚDOS 1. Entender a reestruturação do espaço mundial

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ GEOGRAFIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA EIXO TEMÁTICO I MUNDO 1. ESPAÇO MUNDIAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ GEOGRAFIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA EIXO TEMÁTICO I MUNDO 1. ESPAÇO MUNDIAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ GEOGRAFIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA EIXO TEMÁTICO I MUNDO 1. ESPAÇO MUNDIAL COMPETÊNCIAS HABILIDADES CONTEÚDOS 1. A reestruturação do espaço mundial:modos de 1. Entender a reestruturação

Leia mais

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte I Seminário Nacional de Política Urbana e Ambiental Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Brasília abril 2016 Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte Tiago Esteves Gonçalves da Costa ESTRUTURA

Leia mais

O PROCESSO DE VERTICALIZAÇÃO URBANA EM MINEIROS GO

O PROCESSO DE VERTICALIZAÇÃO URBANA EM MINEIROS GO O PROCESSO DE VERTICALIZAÇÃO URBANA EM MINEIROS GO Gabriel Pereira dos Santos 1 Pedro Gabriel da Rocha 2 Valter Henrique Alves do Nascimento 3 William de Jesus Stoll 4 Stelamara Souza Pereira 5. Resumo:

Leia mais

2 ESTUDO DO LUGAR. 2.1 O Objeto

2 ESTUDO DO LUGAR. 2.1 O Objeto 2 ESTUDO DO LUGAR 2.1 O Objeto O Mercado Municipal de Campinas foi construído, em 1954 para atender seus moradores e os bairros adjacentes com o fornecimento de gêneros alimentícios. Funcionava como um

Leia mais

TODO O PAPEL DA CIDADE MÉDIA PARA A PEQUENA CIDADE: ESTUDO DE CASO DOS CONJUNTOS HABITACIONAIS DO MUNICÍPIO DE GLÓRIA DE DOURADOS - MS

TODO O PAPEL DA CIDADE MÉDIA PARA A PEQUENA CIDADE: ESTUDO DE CASO DOS CONJUNTOS HABITACIONAIS DO MUNICÍPIO DE GLÓRIA DE DOURADOS - MS 1 TODO O PAPEL DA CIDADE MÉDIA PARA A PEQUENA CIDADE: ESTUDO DE CASO DOS CONJUNTOS HABITACIONAIS DO MUNICÍPIO DE GLÓRIA DE DOURADOS - MS Graciele da Silva Neiva 1 ; Prof. Dr. Marcos Kazuo Matushima 2 Área

Leia mais

Turismo Histórico-Cultural. diretrizes para o desenvolvimento Ministério do Turismo

Turismo Histórico-Cultural. diretrizes para o desenvolvimento Ministério do Turismo Turismo Histórico-Cultural diretrizes para o desenvolvimento Ministério do Turismo Proposta de Recorte para a Conceituação de Turismo Cultural l o MTur, em parceria com o Ministério da Cultura e o IPHAN,

Leia mais

Geografia - 6º AO 9º ANO

Geografia - 6º AO 9º ANO 5ª Série / 6º Ano Eixos norteadores Temas Conteúdo Habilidades Competências A Geografia como uma - Definição de Geografia - Noções de tempo e -Compreender processos - Identificar diferentes formas de representação

Leia mais

A Dinâmica dos Bairros de Goiânia (GO) como Apoio ao Estudo do Crescimento Urbano do Município.

A Dinâmica dos Bairros de Goiânia (GO) como Apoio ao Estudo do Crescimento Urbano do Município. A Dinâmica dos Bairros de Goiânia (GO) como Apoio ao Estudo do Crescimento Urbano do Município. Rubia Nara Silva Martins 1 rubianara00@hotmail.com Ivanilton José de Oliveira 2 ivanilton.oliveira@gmail.com

Leia mais

Um abraço e boas idéias!!! Núcleo Fora do Eixo. Maiores informações:

Um abraço e boas idéias!!! Núcleo Fora do Eixo. Maiores informações: Em Brasília, existe uma distribuição urbanística setorizada, formada basicamente por áreas residenciais (Super Quadras SQ), associadas a áreas comerciais locais, que atendem à região ao redor (Setor Comercial

Leia mais

A Área ( AIAR) (1) I Várzea do Rio Atibaia

A Área ( AIAR) (1) I Várzea do Rio Atibaia Anexo A.15 MUNICÍPIO DE ATIBAIA LEI COMPLEMENTAR Nº /, de de de ORDENAMENTO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO - ÁREAS DE INTERESSE AMBIENTAL RELEVANTE DISPOSIÇÕES INCIDENTES Área ( AIAR) (1) Restrições ( Usos,

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 188/IX ELEVAÇÃO DE VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ A CIDADE. Exposição de motivos. 1 - Breve caracterização geográfica e demográfica

PROJECTO DE LEI N.º 188/IX ELEVAÇÃO DE VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ A CIDADE. Exposição de motivos. 1 - Breve caracterização geográfica e demográfica PROJECTO DE LEI N.º 188/IX ELEVAÇÃO DE VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ A CIDADE Exposição de motivos 1 - Breve caracterização geográfica e demográfica A vila designada Vila Nova de Santo André, do município de

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS GABINETE DO PREFEITO Ilhéus, 01 de Abril de 2009. OF GAB 013/2009 Senhor Presidente, Em atendimento ao disposto no Art. 73, da Lei Orgânica do Município de Ilhéus, estamos encaminhando à esta Casa Legislativa o Programa de

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 16 : Rua Grande / Centro

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 16 : Rua Grande / Centro CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 16 : Rua Grande / Centro 01. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios de São Luís, indicativo da

Leia mais

PROCESSO SELETIVO GEOGRAFIA

PROCESSO SELETIVO GEOGRAFIA PROCESSO SELETIVO GEOGRAFIA EIXO TEMÁTICO: O MUNDO 1 O ESPAÇO MUNDIAL CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES Compreender o espaço geográfico como resultante das interações históricas entre sociedade e natureza

Leia mais

PARQUE EMPRESARIAL WORLD TRADE CENTER DA PRAIA (WTCP)

PARQUE EMPRESARIAL WORLD TRADE CENTER DA PRAIA (WTCP) PARQUE EMPRESARIAL WORLD TRADE CENTER DA PRAIA (WTCP) Designação Parque Empresarial World Trade Center da Praia (WTCP) Função Habitação/comércio/turismo Localização ilha de Santiago, Município da Praia,

Leia mais

As cidades e a urbanização brasileira. Professor Diego Alves de Oliveira IFMG Campus Betim Fevereiro de 2017

As cidades e a urbanização brasileira. Professor Diego Alves de Oliveira IFMG Campus Betim Fevereiro de 2017 As cidades e a urbanização brasileira Professor Diego Alves de Oliveira IFMG Campus Betim Fevereiro de 2017 O que consideramos cidade? No mundo, existem diferentes cidades (tamanhos, densidades demográficas

Leia mais

1. Descrição da Cidade

1. Descrição da Cidade 1. Descrição da Cidade 2. Top Atrações da Cidade 2.1 - Atração Feira Central 2.2 - Atração Museu José Antônio Pereira 2.3 - Atração Shopping Campo Grande 2.4 - Atração Igreja Santo Antônio 2.5 - Atração

Leia mais

TIPOLOGIAS DE ALOJAMENTO ENQUADRÁVEIS NO COMPETIR+

TIPOLOGIAS DE ALOJAMENTO ENQUADRÁVEIS NO COMPETIR+ TIPOLOGIAS DE ALOJAMENTO ENQUADRÁVEIS NO COMPETIR+ 1 EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS São considerados Empreendimentos Turísticos os estabelecimentos que se destinam a prestar serviços de alojamento turístico,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ROLÂNDIA ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE ROLÂNDIA ESTADO DO PARANÁ FUNÇÃO: JUDICIÁRIA Defesa do interesse público APOIO ADMINISTRATIVO Manutenção da Procuradoria Jurídica no processo judiciário ENCARGOS ESPECIAIS Encargos com precatórios e requisitórios FUNÇÃO: ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

GEOGRAFIA MÓDULO 9. Urbanização I. redes urbanas, o processo de urbanização, o espaço das cidades e especulação imobiliária. Professor Vinícius Moraes

GEOGRAFIA MÓDULO 9. Urbanização I. redes urbanas, o processo de urbanização, o espaço das cidades e especulação imobiliária. Professor Vinícius Moraes GEOGRAFIA Professor Vinícius Moraes MÓDULO 9 Urbanização I redes urbanas, o processo de urbanização, o espaço das cidades e especulação imobiliária O processo de urbanização apresenta diferentes dimensões,

Leia mais

TÍTULO: GRUPO DE TRABALHO HISTÓRIA, PATRIMÔNIO E PRESERVAÇÃO : A ELABORAÇÃO DE PESQUISAS PARA A COMPREENSÃO DA ARQUITETURA DE MONTES CLAROS/MG.

TÍTULO: GRUPO DE TRABALHO HISTÓRIA, PATRIMÔNIO E PRESERVAÇÃO : A ELABORAÇÃO DE PESQUISAS PARA A COMPREENSÃO DA ARQUITETURA DE MONTES CLAROS/MG. TÍTULO: GRUPO DE TRABALHO HISTÓRIA, PATRIMÔNIO E PRESERVAÇÃO : A ELABORAÇÃO DE PESQUISAS PARA A COMPREENSÃO DA ARQUITETURA DE MONTES CLAROS/MG. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA:

Leia mais

O CRESCIMENTO URBANO E OS IMPACTOS SÓCIOAMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS:

O CRESCIMENTO URBANO E OS IMPACTOS SÓCIOAMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS: O CRESCIMENTO URBANO E OS IMPACTOS SÓCIOAMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS: o caso da Ponta D Areia SÃO LUÍS/MA/BRASIL. Francisco Wendell Dias Costa (Geografia-UFMA) wendeldis@ibest.com.br Getúlio Estefânio

Leia mais

CRESCIMENTO DAS CIDADES. Profº Anderson Carlos

CRESCIMENTO DAS CIDADES. Profº Anderson Carlos CRESCIMENTO DAS CIDADES Profº Anderson Carlos URBANIZAÇÃO É o crescimento da proporção entre a população que vive em cidades em comparação com os habitantes de zonas rurais. A transferência da população

Leia mais

OBJETIVOS CONTEÚDOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

OBJETIVOS CONTEÚDOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE CURITIBA DEPARTAMENTO DE ENSINO FUNDAMENTAL GERÊNCIA DE CURRÍCULO GEOGRAFIA 1º ANO OBJETIVOS CONTEÚDOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Observação de objetos em relação à forma,

Leia mais

Bem vindo a Ituiutaba

Bem vindo a Ituiutaba Ituiutaba/MG Bem vindo a Ituiutaba Ituiutaba é uma típica cidade mineira que atravessa um processo de desenvolvimento nunca visto antes em sua história. Em pouco mais de cinco anos, sua economia se transformou

Leia mais

Tese de Doutorado em Ciências Sociais, UFRN, 2006

Tese de Doutorado em Ciências Sociais, UFRN, 2006 LAZER EM NATAL Tese de Doutorado em Ciências Sociais, UFRN, 2006 METODOLOGIA Foi feita a análise dos equipamentos públicos de lazer existentes em diversos bairros da cidade do Natal, e estabelecida a relação

Leia mais

As melhores referência de turismo em parques no mundo contam com parcerias com empresas privadas

As melhores referência de turismo em parques no mundo contam com parcerias com empresas privadas 4.1 Unidades de conservação devem As melhores referência de turismo em parques no mundo contam com parcerias com empresas privadas Por um lado, a criação de áreas públicas protegidas, como das formas mais

Leia mais

Curso PROEJA FIC ENSINO FUNDAMENTAL BILÍNGUE LIBRAS/PORTUGUÊS COM PROFISSIONALIZAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL: EDIÇÃO DE IMAGENS

Curso PROEJA FIC ENSINO FUNDAMENTAL BILÍNGUE LIBRAS/PORTUGUÊS COM PROFISSIONALIZAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL: EDIÇÃO DE IMAGENS Curso PROEJA FIC ENSINO FUNDAMENTAL BILÍNGUE LIBRAS/PORTUGUÊS COM PROFISSIONALIZAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL: EDIÇÃO DE IMAGENS CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total:

Leia mais

GAZIT GROUP. Origem israelense; Presente em mais de 20 países: América do Norte, Ásia, Oriente Médio e América Latina.

GAZIT GROUP. Origem israelense; Presente em mais de 20 países: América do Norte, Ásia, Oriente Médio e América Latina. GAZIT GROUP Origem israelense; Presente em mais de 20 países: América do Norte, Ásia, Oriente Médio e América Latina. Fundada em 1982; 660 propriedades; Área bruta de 6,8 milhões de m²; Valor patrimonial

Leia mais

Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010

Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010 Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010 Secretaria Municipal de Turismo de Porto Alegre Centro Universitário Metodista do IPA Curso Turismo ênfase Hotelaria Futebol Tur Esta pesquisa

Leia mais

ANEXO L.4 Padrões para Estacionamentos

ANEXO L.4 Padrões para Estacionamentos PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS PLANO DIRETOR ANEXO L.4 Padrões para Estacionamentos Uso Mínimo vagas para PGT - 1 * para automotores Vagas para bicicletas Vagas para motocicletas automotores 1.1

Leia mais

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro Copa do Mundo da FIFA Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 2014 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro O MTUR e a Ponto de partida : garantias oferecidas pelo governo federal, estados e

Leia mais

Programação do XXIII Enanpoll será realizada em dois lugares. A comissão organizadora do XXIII Enanpoll deseja aos participantes uma boa viagem

Programação do XXIII Enanpoll será realizada em dois lugares. A comissão organizadora do XXIII Enanpoll deseja aos participantes uma boa viagem Programação do XXIII Enanpoll será realizada em dois lugares A comissão organizadora do XXIII Enanpoll deseja aos participantes uma boa viagem até Goiânia e uma excelente estada, e que Faculdade de Letras

Leia mais

7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES

7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES São Luiz Gonzaga 7.1 Aspectos Gerais 7.1.1 Identificação: Feirarte 7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES 7.1.2 Denominação mais freqüente: Feirarte 7.1.3 Localização: A ser

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 8: Avenida Guajajaras/ São Cristóvão

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 8: Avenida Guajajaras/ São Cristóvão CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 8: Avenida Guajajaras/ São Cristóvão 0. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios de São Luís, indicativo

Leia mais

BELO HORIZONTE ARREDORES DE BELO HORIZONTE DICAS DE PASSEIOS

BELO HORIZONTE ARREDORES DE BELO HORIZONTE DICAS DE PASSEIOS BELO HORIZONTE ARREDORES DE BELO HORIZONTE DICAS DE PASSEIOS ÓTIMA OPÇÃO INHOTIM, SITUADO EM BRUMADINHO Do Aeroporto de Confins - É só seguir pela Rodovia MG-010 (Linha Verde) com sentido a Belo Horizonte,

Leia mais

O HOTEL MAIS ALTO DO BRASIL

O HOTEL MAIS ALTO DO BRASIL O HOTEL MAIS ALTO DO BRASIL EXCELENTE INVESTIMENTO OS NÚMEROS OPORTUNIDADE DOCUMENTAÇÃO O TURISMO - ECONOMIA PRÉDIO PRINCIPAL PRÉDIO DE EVENTOS ESTRUTURA DIFERENCIAL 01 02 03 04 05-06 07 08 09 10 EXCELENTE

Leia mais

LOCALIZAÇÃO

LOCALIZAÇÃO LOCALIZAÇÃO CURITIBA: Sinônimo de sustentável, de organizada, de a mais europeia das cidades brasileiras. Local de encontro de cenários na região sul do país. Pedaços do leste europeu; da França, com parques

Leia mais

Povoamento disperso; económicas predominantes: agricultura, pecuária e silvicultura.

Povoamento disperso; económicas predominantes: agricultura, pecuária e silvicultura. Ano Lectivo 2010/2011 Geografia 8º Ano de escolaridade Professora Márcia Monsanto Áreas de fixação humana Espaço rural: Povoamento disperso; Actividades económicas predominantes: agricultura, pecuária

Leia mais

Os usos dos parques dos bairros,

Os usos dos parques dos bairros, Os usos dos parques dos bairros, Morte e vida das grandes cidades, Jane Jacobs Lazer e Urbanismo Gestão Desportiva e do Lazer IFRN - Campus Natal Cidade Alta 1. INTRODUÇÃO: principais ideias 1. INTRODUÇÃO:

Leia mais

Paulo Tumasz Junior. Demografia 2

Paulo Tumasz Junior. Demografia 2 Paulo Tumasz Junior Demografia 2 APRESENTAÇÕES Slides - População Absoluta: Quantitativo de pessoas em um determinado espaço (País, Estado, Cidade e etc); - Populoso: Grande quantidade de habitantes o

Leia mais

Palavras Chave: segunda residência; produção do espaço urbano; dinâmica imobiliária; Santos SP; segregação socioespacial 2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Palavras Chave: segunda residência; produção do espaço urbano; dinâmica imobiliária; Santos SP; segregação socioespacial 2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA INSTITUCIONAL/IFSP PROJETO DE PESQUISA TÍTULO DO PROJETO: O turismo de segunda residência na Baixada Santista e a dinâmica imobiliária em Santos - SP Área do Conhecimento (Tabela do CNPq): 6. 1 3. 0 0.

Leia mais

A URBANIZAÇÃO PELA INDUSTRIALIZAÇÃO: MODIFICAÇÃO DO ESPAÇO PELA CRIAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL RENAULT EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS- BAIRRO BORDA DO CAMPO.

A URBANIZAÇÃO PELA INDUSTRIALIZAÇÃO: MODIFICAÇÃO DO ESPAÇO PELA CRIAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL RENAULT EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS- BAIRRO BORDA DO CAMPO. A URBANIZAÇÃO PELA INDUSTRIALIZAÇÃO: MODIFICAÇÃO DO ESPAÇO PELA CRIAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL RENAULT EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS- BAIRRO BORDA DO CAMPO. Helen Caroline Cunha BARBOSA Universidade Federal

Leia mais

índice Mega Polo Moda São Paulo: a inspiração Goiás: um estado de opor tunidades Uma alternativa valiosa Infraestrutura Ser viços

índice Mega Polo Moda São Paulo: a inspiração Goiás: um estado de opor tunidades Uma alternativa valiosa Infraestrutura Ser viços G o i â n i a índice Mega Polo Moda São Paulo: a inspiração 4 Goiás: um estado de opor tunidades 6 Uma alternativa valiosa 8 G o i â n i a Infraestrutura 10 Ser viços 12 O Mega Polo Moda São Paulo é o

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA LEI Nº XX.XXX

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA LEI Nº XX.XXX 1 LEI Nº XX.XXX Dispõe sobre incentivos construtivos no Município de Curitiba e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono

Leia mais

2º ano do Ensino Médio. Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia

2º ano do Ensino Médio. Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia 2º ano do Ensino Médio Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia Características gerais O Centro-Sul caracteriza-se por ser o centro articulador do território brasileiro, com maior dinamismo industrial,

Leia mais

CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016

CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 V2 1 1. SETOR 2 UNIVERSO DISTRIBUIÇÃO MACRO REGIÕES SHOPPINGS EM OPERAÇÃO - UNIDADES 26 NORTE 80 NORDESTE 50 CENTRO OESTE 292 SUDESTE 520 +3,5% 538 SHOPPINGS

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA Proponente 84.307.974/0001-02 FUNDACAO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI Proposta Transferência 0000015998 Programa Transferência 2015004553 Implementação do Parque Oceanográfico da Univali Unidade Gestora

Leia mais

URBANIZAÇÃO BRASILEIRA

URBANIZAÇÃO BRASILEIRA URBANIZAÇÃO BRASILEIRA Urbanização é um conceito geográfico que representa o desenvolvimento das cidades. Neste processo, ocorre a construção de casas, prédios, redes de esgoto, ruas, avenidas, escolas,

Leia mais

ANÁLISE DO USO DOS MOBILIÁRIOS URBANOS NAS VIAS PÚBLICAS DO SUB-BAIRRO MANGABEIRA VI, LOCALIZADO NA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB

ANÁLISE DO USO DOS MOBILIÁRIOS URBANOS NAS VIAS PÚBLICAS DO SUB-BAIRRO MANGABEIRA VI, LOCALIZADO NA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB Hawick Arnaud do Nascimento Lopes Universidade Federal da Paraíba hawickarnaud@hotmail.com Rafael de Mendonça Arruda Prefeitura Municipal de Sapé rafaelmend@ymail.com ANÁLISE DO USO DOS MOBILIÁRIOS URBANOS

Leia mais

ESPAÇO O URBANO E TUBERCULOSE: UM ESTUDO DE CASO EM JUIZ DE FORA - MG

ESPAÇO O URBANO E TUBERCULOSE: UM ESTUDO DE CASO EM JUIZ DE FORA - MG ESPAÇO O URBANO E TUBERCULOSE: UM ESTUDO DE CASO EM JUIZ DE FORA - MG Por Jussara Rafael Angelo Luciano Medeiros de Toledo Paulo Chagastelles Sabroza Introdução Tuberculose: 2 milhões de mortes e 9 milhões

Leia mais

Report DGBZ. São Paulo. Mercado imobiliário nos bairros Vila Olímpia, Itaim Bibi, Pinheiros e Vila Madalena. Maio/2017

Report DGBZ. São Paulo. Mercado imobiliário nos bairros Vila Olímpia, Itaim Bibi, Pinheiros e Vila Madalena. Maio/2017 Report São Paulo Maio/2017 Mercado imobiliário nos bairros Vila Olímpia, Itaim Bibi, Pinheiros e Vila Madalena 02 Qual é o perfil do comprador de imóveis em bairros da Zona Oeste de São Paulo? Panorama

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 4: Avenida Marechal Castelo Branco / São Franscisco

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 4: Avenida Marechal Castelo Branco / São Franscisco CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 4: Avenida Marechal Castelo Branco / São Franscisco 01. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios

Leia mais

Albergue da Juventude Cidade Baixa Passeio Arena Cidade Baixa Clarissa Correa de Oliveira IMPLANTAÇÃO MAQUETE FÍSICA

Albergue da Juventude Cidade Baixa Passeio Arena Cidade Baixa Clarissa Correa de Oliveira IMPLANTAÇÃO MAQUETE FÍSICA Um novo conceito em Hospitalidade Urbana Albergue da Juventude Cidade Baixa Passeio Arena Cidade Baixa Clarissa Correa de Oliveira O presente trabalho propõe um ideal albergue da juventude para a cidade

Leia mais

Investimentos em Infraestrutura e Crescimento Econômico Brasileiro

Investimentos em Infraestrutura e Crescimento Econômico Brasileiro Investimentos em Infraestrutura e Crescimento Econômico Brasileiro Márcio Holland Secretário de Política Econômica Comissão de Infraestrutura do Senado Federal Brasília, 19 de maio de 2014 2 Por que investimentos

Leia mais

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográfi cos NAVEGANTES

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográfi cos NAVEGANTES A Evolução da Mídia Exterior Dados Demográfi cos NAVEGANTES Conheça Navegantes Com uma população de aproximadamente 53 mil habitantes, Navegantes é uma importante cidade do litoral norte de Santa Catarina.

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 17 : Rua da Paz / Centro

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 17 : Rua da Paz / Centro CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 17 : Rua da Paz / Centro 01. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios de São Luís, indicativo da

Leia mais

Faça seu evento corporativo no Sesc. Sesc Venda Nova - Centro de Turismo

Faça seu evento corporativo no Sesc. Sesc Venda Nova - Centro de Turismo Faça seu evento corporativo no Sesc. Sesc Venda Nova - Centro de Turismo A UNIDADE Sesc venda nova Centro de Turismo O Sesc Venda Nova Centro de Turismo, fundado na década de 1950, possui piscinas (adulto

Leia mais

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 5: Avenida Daniel de La Touche / Cohama

CORREDORES DE NEGÓCIOS. São Luís - MA. CORREDOR 5: Avenida Daniel de La Touche / Cohama CORREDORES DE NEGÓCIOS São Luís - MA CORREDOR 5: Avenida Daniel de La Touche / Cohama 01. APRESENTAÇÃO Este resumo refere-se a atualização de informações do caderno de Corredores de Negócios de São Luís,

Leia mais

E.S.T.Barreiro Instituto Politécnico de Setúbal

E.S.T.Barreiro Instituto Politécnico de Setúbal CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA Joaquim Carapeto Recuperação e Dinamização do Centro Histórico de Palmela E.S.T.Barreiro Instituto Politécnico de Setúbal 28 de maio de 2015 Revitalização do Centro Histórico

Leia mais

Agregados do Turismo no Ceará via Fortaleza. no Período do Carnaval de Agregados Turísticos. Feriadão do Carnaval movimenta a economia cearense

Agregados do Turismo no Ceará via Fortaleza. no Período do Carnaval de Agregados Turísticos. Feriadão do Carnaval movimenta a economia cearense Cerca de 99 mil turistas visitaram o Ceará - via Fortaleza - no feriado de carnaval, com taxa de ocupação da rede hoteleira estimada em 92,1%. O número de visitantes que entrou no Ceará para o feriadão

Leia mais

Plano Diretor Estratégico

Plano Diretor Estratégico Plano Diretor Estratégico 2014-2024 PARTE I Lógicas de produção e transformação do espaço urbano e o planejamento urbano 3 processos simultâneos de produção e transformação das cidades Adensamento Consolidação

Leia mais

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE.

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. PROGRAMAÇÃO DE CURSOS TÉCNICOS 2º semestre de 2017 FOZ DO IGUAÇU O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. CURSOS TÉCNICOS SENAC. Transações Imobiliárias A HORA DE INVESTIR

Leia mais

Habitar-Trabalhar (Live-Work) PA2 AI1 FAU/UFRJ Professores: Adriana Sansão. Paulo Jardim. Jorge Fleury. João Folly. Leonardo Hortêncio.

Habitar-Trabalhar (Live-Work) PA2 AI1 FAU/UFRJ Professores: Adriana Sansão. Paulo Jardim. Jorge Fleury. João Folly. Leonardo Hortêncio. Habitar-Trabalhar (Live-Work) PA2 AI1 FAU/UFRJ Professores: Adriana Sansão. Paulo Jardim. Jorge Fleury. João Folly. Leonardo Hortêncio. Affonso Mello Habitar Trabalhar Diferentes coisas Diferentes pessoas

Leia mais

Visite nosso stand no local - Av. Adolfo Konder, Itajaí - SC Comercialização: (11) (47) 3368.

Visite nosso stand no local - Av. Adolfo Konder, Itajaí - SC Comercialização: (11) (47) 3368. www.parkcityitajai.com.br Visite nosso stand no local - Av. Adolfo Konder, 1601 - Itajaí - SC Comercialização: (11) 5508.4500 - (47) 3368.3570 Shopping ParkCity Itajaí. O novo centro de compras e lazer

Leia mais

Sorriso FM ESTRELA

Sorriso FM ESTRELA Município de Estrela O município de Estrela tem cerca de 30.628 habitantes (2010) e fica localizado no entroncamento da BR-386 e RST-423, no Vale do Taquari. Conhecida como a Princesinha do Vale, a cidade

Leia mais

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 3ª Geografia 4º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade C1: Compreender a Geografia como ciência do espaço geográfico, reconhecendo-se, de forma crítica, como elemento pertencente e transformador

Leia mais

Inauguração. Localização e Área

Inauguração. Localização e Área Governador Valadares é conhecida pelo seu potencial econômico enraizado no comércio e na prestação de serviços. Apesar desse histórico e de ser considerada a capital do leste mineiro e pólo comercial da

Leia mais

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE.

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. PROGRAMAÇÃO DE CURSOS TÉCNICOS 2º semestre de 2017 CURITIBA CENTRO CURITIBA PORTÃO O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. CURSOS TÉCNICOS SENAC. ÍNDICE A HORA DE INVESTIR

Leia mais

RESENHA Globalização e agricultura:

RESENHA Globalização e agricultura: RESENHA ELIAS, D. Globalização e agricultura: A região de Ribeirão Preto SP. Coleção Campi; 21. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003. Diana Mendonça de Carvalho Mestre pelo Núcleo de Pós-Graduação

Leia mais

INTELIGÊNCIA DE MERCADO

INTELIGÊNCIA DE MERCADO INTELIGÊNCIA DE MERCADO INTELIGÊNCIA DE MERCADO ABF BANCO DE DADOS ABF / SISTEMA DE BI (BUSINESS INTELLIGENCE) Possibilita a extração em tempo real de dados específicos da marca, do segmento e do setor

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br PROFESSOR ALUNO ÉRICA PINHEIRO DISCIPLINA Geografia TURMA SIMULADO: P3 301 Questão

Leia mais

Tempos Modernos, Tempos de Sociologia Material desenvolvido pela Editora do Brasil, não avaliado pelo MEC.

Tempos Modernos, Tempos de Sociologia Material desenvolvido pela Editora do Brasil, não avaliado pelo MEC. Matrizes Curriculares Enem Tempos Modernos, Tempos de Sociologia Material desenvolvido pela Editora do Brasil, não avaliado pelo MEC. H1 Interpretar historicamente e/ou geograficamente fontes documentais

Leia mais

11 a 13 de Abril de 2014 Poços de Caldas - MG

11 a 13 de Abril de 2014 Poços de Caldas - MG QUE TAL UNIR O ÚTIL AO AGRADÁVEL E ALAVANCAR NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS? 11 a 13 de Abril de 2014 Poços de Caldas - MG Criada em 2011, o Construdecore - Evento da Arquitetura, Construção e Decoração

Leia mais

Fragmentação e segregação socioespacial na RMBH

Fragmentação e segregação socioespacial na RMBH SEMINÁRIO NACIONAL AS METRÓPOLES E AS TRANSFORMAÇÕES URBANAS: 9, 10 e 11 DE DEZEMBRO DE 2015 Fragmentação e segregação socioespacial na RMBH Jupira Mendonça Luciana Andrade Alexandre Diniz História marcada

Leia mais

Shanna Duarte Lima Estagiária do Curso de Bacharelado em Turismo. Equipe: Ivone Maio Gerente Roque Lemanski Guia de Turismo

Shanna Duarte Lima Estagiária do Curso de Bacharelado em Turismo. Equipe: Ivone Maio Gerente Roque Lemanski Guia de Turismo A Escola Social de Turismo de Porto Alegre atua desde 2011 para a qualificação profissional e a sensibilização turística de residentes. As atividades são desenvolvidas por meio de palestras, encontros

Leia mais

A CENTRALIDADE DE DUQUE DE CAXIAS NA OFERTA DE SERVIÇOS DE SAÚDE PARA BELFORD ROXO NA BAIXADA FLUMINENSE

A CENTRALIDADE DE DUQUE DE CAXIAS NA OFERTA DE SERVIÇOS DE SAÚDE PARA BELFORD ROXO NA BAIXADA FLUMINENSE A CENTRALIDADE DE DUQUE DE CAXIAS NA OFERTA DE SERVIÇOS DE SAÚDE PARA BELFORD ROXO NA BAIXADA FLUMINENSE Autor: Celso Guilherme de Souza Silva Estudante de Geografia da Universidade do Estado do Rio de

Leia mais

MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS

MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS BRENO FURTADO LIMA 1 e RÚBIA GOMES MORATO 2 brenogeo@yahoo.com.br, rubiagm@gmail.com 1 Bolsista de iniciação científica FAPEMIG

Leia mais

WINDOOR VERÃO 2016 Litoral Norte de São Paulo

WINDOOR VERÃO 2016 Litoral Norte de São Paulo 3º Edição 1º Edição 2º Edição 4º Edição WINDOOR VERÃO 2016 Litoral Norte de São Paulo 1º Edição 5º Edição 3º Edição 2º Edição O Windoor é um moderno painel para ações promocionais, tem a eficiência de

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE GEOGRAFIA - ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE GEOGRAFIA - ENSINO FUNDAMENTAL D1 Identificar diferentes tipos de representação da superfície terrestre (globo terrestre, maquetes, mapas, plantas, croquis). Identificar diferenças entre as representações do espaço geográfico. Comparar

Leia mais

Estruturação do Complexo Metropolitano Expandido

Estruturação do Complexo Metropolitano Expandido (volta Metrópoles em Dados) Estruturação do Complexo Metropolitano Expandido No momento, técnicos da Emplasa desenvolvem estudos para melhor definição, estruturação e caracterização do Complexo Metropolitano

Leia mais

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. ALUNO(a): Lista de atividade P1 Bimestre III Data da prova: 23/09/2016

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. ALUNO(a): Lista de atividade P1 Bimestre III Data da prova: 23/09/2016 zx GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE:7º ALUNO(a): Lista de atividade P1 Bimestre III Data da prova: 23/09/2016 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a

Leia mais

Renata Rodrigues da Silva Universidade Federal de Uberlândia

Renata Rodrigues da Silva Universidade Federal de Uberlândia A GEOGRAFIA DO COMÉRCIO E OS PROCESSO DE DESCENTRALIZAÇÃO E CRIAÇÃO DE NOVAS CENTRALIDADES EM UBERLÂNDIA (MG) A PARTIR DA INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DE SHOPPING CENTERS Renata Rodrigues da Silva Universidade

Leia mais