ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 966/2013 DADOS DO CLIENTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 966/2013 DADOS DO CLIENTE"

Transcrição

1 Local: Departamento de Oceanografia e Limnologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 966/2013 Origem: C02 Jardim externo Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C02 Jardim externo Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 30,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 213,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,55

2 Local: Departamento de Oceanografia e Limnologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 967/2013 Origem: C03 Bebedouro Térreo Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C03 Bebedouro Térreo Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,20 Temperatura, ºC - N.D 28,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 210,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,60

3 Local: Departamento de Oceanografia e Limnologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 968/2013 Origem: C01 Lab. De Ictiologia 1º andar Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C01 Lab. De Ictiologia 1º andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,51 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 28,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 196,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 13,90 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

4 Local: Residência Universitária ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 969/2013 Origem: C09 Cozinha Biomédica Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C09 Cozinha Biomédica Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,36 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 30,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 155,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 13,25 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

5 Local: Residência Universitária ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 970/2013 Origem: C10 Cozinha Mipibú Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C10 Cozinha Mipibú Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,40 Temperatura, ºC - N.D 30,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 151,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 2,45

6 Local: Museu Câmara Cascudo ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 971 /2013 Origem: C06 Copa Setor Elevado Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C06 Copa Setor Elevado Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 29,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 158,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 6,05

7 Local: Museu Câmara Cascudo ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 972/2013 Origem: C04 Bebedouro Museu Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C04 Bebedouro Museu Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,20 Temperatura, ºC - N.D 29,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 156,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,60

8 Local: Museu Câmara Cascudo ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 973/2013 Origem: C05 Torneira Sala de Restauração Data de entrada: 27/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C05 Torneira Sala de Restauração Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 29,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 156,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,05

9 Local: Centro de Convivência ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 895/2013 Origem: A87 APURN (Cozinha) Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A87 APURN (Cozinha) Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,20 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 157,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,00

10 Local: Centro de Convivência ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 896/2013 Origem: A86 APURN (Banheiro) Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A86 APURN (Banheiro) Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 28,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 156,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,20

11 Local: Centro de Convivência ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 897/2013 Origem: A89 Banheiro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A89 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,70 Temperatura, ºC - N.D 28,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 156,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,40 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

12 Local: CAURN ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 898/2013 Origem: A88 Banheiro Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A88 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,50 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 143,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,20 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

13 Local: TV Universitária ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 899/2013 Origem: A55 Copa Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A55 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,30 Temperatura, ºC - N.D 28,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 144,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,90 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

14 Local: Geofísica ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 900 /2013 Origem: A37 Copa Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A37 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 28,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 192,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,20

15 Local: Centro de Educação ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 901/2013 Origem: A39 Copa Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A39 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,50 Temperatura, ºC - N.D 30,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 118,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,05 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

16 Local: Setor de Aulas V ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 902/2013 Origem: A61 Bebedouro Bl. C Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A61 Bebdouro Bl. C Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,20 Temperatura, ºC - N.D 12,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 112,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 6,40

17 Local: Anfiteatro CCET ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 903/2013 Origem: A33 Banheiro Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A33 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 28,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 155,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,05 ( 2 ) Unidade de Turbidez N.D Limite não definido pela legislação em vigor LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato.

18 Local: Centro Tecnológico ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 904/2013 Origem: A35 Copa Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A35 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 28,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 115,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,75

19 Local: Lab. de Geofísica do Petróleo ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 905/2013 Origem: A38 Banheiro Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A38 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 29,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 117,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,05

20 Local: Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 906/2013 Origem: C08 Copa Térreo Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) C08 Copa Térreo Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 29,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 158,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,15 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

21 Local: Departamento de Odontologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 907/2013 Origem: B28 Bebedouro 1º Andar Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B28 Bebedouro 1º Andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,51 ph - 6,00 à 9,50 7,60 Temperatura, ºC - N.D 11,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 145,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,05 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada.

22 Local: Departamento de Odontologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 908/2013 Origem: B29 Torneira Clínica Integrada Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B29 Torneira Clínica Integrada Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,34 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 20,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 157,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 6,75

23 Local: Departamento de Odontologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 909/2013 Origem: B30 Bebedouro Térreo Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B30 Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,34 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 28,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 157,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,40

24 Local: Maternidade escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº910/2013 Origem: B14 Pia Farmácia Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B14 Pia Farmácia Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 25,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 145,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,80 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,25

25 Local: Maternidade escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 911/2013 Origem: B15 Torneira Laboratório Microbiologia Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B15 Torneira Laboratório Microbiologia Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 28,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 145,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,80 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,60

26 Local: Hospital de Pediatria Heriberto Bezerra ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 912/2013 Origem: B19 Pia Centro Cirúrgico Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B19 Pia Centro Cirúrgico Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 26,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 141,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 6,85

27 Local: Hospital de Pediatria Heriberto Bezerra ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 913/2013 Origem: B20 Pia Enfermagem Data de entrada: 25/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B20 Pia Enfermagem Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 27,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 147,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,70 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,80

28 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 938/2013 Origem: B04 Copa Enfermaria (Recepção) Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B04 Copa Enfermagem (Recepção) Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 24,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 151,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,30 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,00

29 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 939/2013 Origem: B02 Copa Centro Cirúrgico Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B02 Copa Centro Cirúrgico Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 152,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 2,00 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

30 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 940/2013 Origem: B01 Lavabo Centro Cirúrgico Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B01 Lavabo Centro Cirúrgico Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 6,90 Temperatura, ºC - N.D 29,4 Sólidos totais, mg/l - N.D 147,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,80 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

31 Local: Hospital Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 941/2013 Origem: B07 Copa Nutrição Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B07 Copa Nutrição Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,53 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 30,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 148,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,10

32 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 942/2013 Origem: B06 Copa Lavanderia Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B06 Copa Lavanderia Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 6,90 Temperatura, ºC - N.D 29,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 148,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,30 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 2,75

33 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 943 /2013 Origem: B03 Copa Enfermaria 19 a e 20 a Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B03 Copa Enfermaria 19 a e 20 a Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,53 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 30,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 148,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,25

34 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 944/2013 Origem: B09 Copa Setor do SAME Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B09 Copa Setor do SAME Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,20 Temperatura, ºC - N.D 27,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 157,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,50 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

35 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 945/2013 Origem: B05 Caixa Hemodiálise Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B05 Caixa Hemodiálise Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 25,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 147,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,45

36 Local: Hospital Universitário Onofre Lopes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 946/2013 Origem: B08 Banheiro Prédio Administrativo Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B08 Banheiro Prédio Administrativo Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 29,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 174,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,00

37 Local: Núcleo de Hematologia e Hemoterapia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 947/2013 Origem: B10 Copa 1º Andar Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B10 Copa 1º Andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 152,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,30 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,05

38 Local: Núcleo de Hematologia e Hematoterapia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 948/2013 Origem: B11 Pia do Banheiro 1º Andar Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B11 Pia do Banheiro 1º Andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 29,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 150,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,30 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,70

39 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 949/2013 Origem: B26 Banheiro Térreo Depto. de Nutrição Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B26 Banheiro Térreo Depto. de Nutrição Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,90 Temperatura, ºC - N.D 14,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 149,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,95

40 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 950/2013 Origem: B22 Copa Creche Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B22 Copa Creche Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 30,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 151,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,20 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,30

41 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 951/2013 Origem: B23 Berçário Creche Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B23 Berçário Creche Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 31,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 154,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,20 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,65

42 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 952/2013 Origem: B21 Copa Biblioteca Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B21 Copa Biblioteca Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,36 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 28,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 153,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,20 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,20

43 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº953/2013 Origem: B27 Copa Restaurante Universitário Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B27 Copa Restaurante Universitário Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 29,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 148,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,65

44 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 954/2013 Origem: B24 Bebedouro Depto. de Farmácia Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B24 Bebedouro Depto. de Farmácia Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,20 Temperatura, ºC - N.D 30,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 158,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,20

45 Local: Centro de Ciências da Saúde ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 955/2013 Origem: B25 Banheiro 1º andar Depto. de Farmácia Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B25 Banheiro 1º andar Depto. de Farmácia Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 4,75 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 31,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 157,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 3,40

46 Local: Maternidade-escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 956/2013 Origem: B12 Térreo Bebedouro Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B12 Térreo Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,70 ph - 6,00 à 9,50 7,40 Temperatura, ºC - N.D 23,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 164,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,05

47 Local: Maternidade-escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 957/2013 Origem: B13 Centro Cirúrgico 1º andar Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B13 Centro Cirúrgico 1º andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,85 ph - 6,00 à 9,50 7,60 Temperatura, ºC - N.D 16,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 156,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,50

48 Local: Maternidade-escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 958/2013 Origem: B16 Copa Lavanderia Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B16 Copa Lavanderia Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,19 ph - 6,00 à 9,50 6,90 Temperatura, ºC - N.D 31,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 159,00 Cloro livre, mg/l - N.D 1,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,90

49 Local: Maternidade-escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 959/2013 Origem: B17 Posto de Enfermagem 2º andar Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B17 Posto de Enfermagem 2º andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,53 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 30,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 151,00 Cloro livre, mg/l - N.D 0,50 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,10

50 Local: Maternidade-escola Januário Cicco ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 960/2013 Origem: B18 UTI Neonatal 1º andar Data de entrada: 26/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) B18 UTI Neonatal 1º andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 1,02 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 21,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 152,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,60 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

51 Local: Residência da Pós ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 860/2013 Origem: A74 Copa Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A74 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,70 Temperatura, ºC - N.D 29,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,70

52 Local: Depto. Ed. Física ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 861/2013 Origem: A63 Bebedouro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A63 Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,70 Temperatura, ºC - N.D 9,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 169,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,35

53 Local: Depto. Ed. Física ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 862/2013 Origem: A62 Cantina Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A62 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,70 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 164,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,80

54 Local: DSU Horto ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 863/2013 Origem: A80 Copa Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A80 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,70 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,80

55 Local: DIMA - Canteiro ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 864/2013 Origem: A81 Banheiro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A81 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 27,80 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,45 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

56 Local: UATR ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 865 /2013 Origem: A79 Banheiro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A79 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 28,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 10,45 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

57 Local: Depto. Enfermagem ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 866/2013 Origem: A66 Cantina Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A66 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 30,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,00

58 Local: Depto. Enfermagem ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 867/2013 Origem: A67 Bebedouro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A67 Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 12,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 12,50 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

59 Local: Superintendência de Infraestrutura ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 868/2013 Origem: A78 Copa Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A78 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 29,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 175,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,15 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

60 Local: Restaurante Universitário ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 869/2013 Origem: A77 Preparação do Suco Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A77 Preparação do Suco Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,90 Temperatura, ºC - N.D 20,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,55 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

61 Local: Restaurante Universitário ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 870/2013 Origem: A76 Lavagem dos Vegetais Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A76 Lavagem dos Vegetais Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 27,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,55

62 Local: Restaurante Universitário ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 871/2013 Origem: A75 Bebedouro Salão Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A75 Bebedouro Salão Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 8,90 Temperatura, ºC - N.D 8,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,10 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

63 Local: Residência Campus 1 ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 872/2013 Origem: A71 Bebedouro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A71 Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 7,10 Temperatura, ºC - N.D 28,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,62

64 Local: Residência Campus 2 ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 873/2013 Origem: A72 Bebedouro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A72 Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,90 Temperatura, ºC - N.D 29,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,10 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

65 Local: Depto. Fisioterapia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 874/2013 Origem: A68 Banheiro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A68 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 28,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 174,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,15 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

66 Local: Depto. Fisioterapia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 875/2013 Origem: A69 Copa Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A69 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 30,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 173,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,20 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

67 Local: Ginásio Pequeno ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 876/2013 Origem: A65 Banheiros Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A65 Banheiros Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,40 Temperatura, ºC - N.D 31,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 164,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,25

68 Local: Prédios Piscina ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 877/2013 Origem: A64 Banheiros Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A64 Banheiros Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,30 Temperatura, ºC - N.D 30,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 4,25

69 Local: Lab. I de Química ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 878/2013 Origem: A41 Banheiro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A41 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 30,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 116,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,15 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

70 Local: NUP-ER ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 879/2013 Origem: A32 Banheiro Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A32 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,50 Temperatura, ºC - N.D 29,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 114,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 5,40

71 Local: BCZM ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 880/2013 Origem: A82 Cantina Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A82 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 30,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 115,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,60

72 Local: BCZM ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 881/2013 Origem: A83 Banheiro 1º Andar Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A83 Banheiro 1º Andar Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 29,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 117,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,10 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

73 Local: BCZM ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 882/2013 Origem: A84 Bebedouro Anexo Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A84 Bebedouro Anexo Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,00 Temperatura, ºC - N.D 9,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 114,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,95 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

74 Local: Banheiro Anexo ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 883/2013 Origem: A85 - BCZM Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A85 Banheiro Anexo Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,51 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 28,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 114,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,95 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

75 Local: Reitoria ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 884/2013 Origem: A90 Cantina Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A90 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,70 Temperatura, ºC - N.D 30,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 165,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,05 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

76 Local: Reitoria ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 885/2013 Origem: A91 Copa PROAD Data de entrada: 22/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A91 Copa - PROAD Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 30,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 14,25 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

77 Local: ETE ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 827/2013 Origem: A26 Laboratório Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A26 Laboratório Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 5,70 Temperatura, ºC - N.D 35,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 166,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,60

78 Local: Setor de Aulas III ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 828/2013 Origem: A48 Banheiro Bl. A Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A48 Banheiro Bl. A Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 8,02 Temperatura, ºC - N.D 35,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 165,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,65

79 Local: Setor de Aulas IV ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 829/2013 Origem: A49 Cantina Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A49 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,86 Temperatura, ºC - N.D 35,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 154,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,80

80 Local: Setor de Aulas IV ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 830/2013 Origem: A50 Bebedouro Bl. B Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A50 Bebedouro Bl. B Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,65 Temperatura, ºC - N.D 35,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 155,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,65

81 Local: Escola de C&T ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 831/2013 Origem: A28 Banheiro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A28 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,51 ph - 6,00 à 9,50 7,72 Temperatura, ºC - N.D 32,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 9,65 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

82 Local: Escola C&T ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 832 /2013 Origem: A29 Copa Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A29 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,68 ph - 6,00 à 9,50 7,70 Temperatura, ºC - N.D 30,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 161,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 9,35 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

83 Local: Escola C&T ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 833/2013 Origem: A30 Cantina Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A30 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,56 Temperatura, ºC - N.D 32,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 155,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 6,95

84 Local: LARHISA ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 834/2013 Origem: A36 Copa Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A36 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 7,38 Temperatura, ºC - N.D 35,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 114,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 10,90 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

85 Local: Laboratório de Física ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 835/2013 Origem: A43 Banheiro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A43 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,31 Temperatura, ºC - N.D 35,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 114,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,05

86 Local: Núcleo Tecnológico ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 836/2013 Origem: A44 Bebedouro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A44 Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,47 Temperatura, ºC - N.D 35,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 158,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 10,50 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

87 Local: Laboratório de Eng. De Alimentos ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 837/2013 Origem: A45 Banheiro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A45 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,52 Temperatura, ºC - N.D 35,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 10,05 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

88 Local: Lab. De Geologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 838/2013 Origem: A40 Cantina Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A40 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 7,32 Temperatura, ºC - N.D 35,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 113,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,20

89 Local: CCET ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 839/2013 Origem: A34 Copa Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A34 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 7,25 Temperatura, ºC - N.D 30,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 112,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 6,85

90 Local: Setor de Aulas II ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 840/2013 Origem: A60 Cantina Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A60 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,30 Temperatura, ºC - N.D 32,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 113,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,80

91 Local: Lab. II de Química ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 841/2013 Origem: A42 Copa Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A42 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,19 Temperatura, ºC - N.D 35,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 114,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 1,15

92 Local: Setor de Aulas I ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 842/2013 Origem: A57 Bebedouro Bl. B Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A57 Bebedouro Bl. B Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,27 Temperatura, ºC - N.D 8,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 142,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 7,00

93 Local: DCE ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 843/2013 Origem: A58 Banheiro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A58 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,27 Temperatura, ºC - N.D 35,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 138,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 5,35 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

94 Local: Setor de Aulas I ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 844/2013 Origem: A59 Cantina Central Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A59 Cantina Central Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,27 Temperatura, ºC - N.D 35,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 138,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 7,50

95 Local: CCHLA ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 845/2013 Origem: A52 Bebedouro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A52 Bebedouro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 7,19 Temperatura, ºC - N.D 11,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 113,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 6,50

96 Local: SEPA ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 846/2013 Origem: A53 Banheiro Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A53 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,31 Temperatura, ºC - N.D 36,10 Sólidos totais, mg/l - N.D 117,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 7,80 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada encontr-se de acordo com a portaria citada.

97 Local: CCHLA ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 847/2013 Origem: A51 Copa Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A51 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,42 Temperatura, ºC - N.D 35,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 138,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,20

98 Local: CCSA ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 848/2013 Origem: A54 Copa Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A54 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 7,37 Temperatura, ºC - N.D 35,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 117,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,05

99 Local: Laboratório de Entomologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 802/2013 Origem: A23 - Banheiro Hora da coleta: 08:42 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A23 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,00 Temperatura, ºC - N.D 32,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 166,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 11,35 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

100 Local: Primatologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 803/2013 Origem: A25 Área de Serviço Hora da coleta: 8:48 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A25 Área de Serviço Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,20 Temperatura, ºC - N.D 35,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 165,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,05

101 Local: Centro de Biociências ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 804/2013 Origem: A19 Copa DMOR Hora da coleta: 8:54 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A19 Copa DMOR Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,40 Temperatura, ºC - N.D 34,90 Sólidos totais, mg/l - N.D 162,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 8,05

102 Local: Centro de Biociências ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 805/2013 Origem: A18 Cantina Hora da coleta: 8:58 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A18 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,50 Temperatura, ºC - N.D 34,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 6,70

103 Local: Museu Morfologia ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 806/2013 Origem: A20 Copa Hora da coleta: 9:05 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A20 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,00 Temperatura, ºC - N.D 30,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 165,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 7,85

104 Local: NUPLAN ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 807 /2013 Origem: A24 Osmose Reversa Hora da coleta: 9:17 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A24 Osmose Reversa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,00 Temperatura, ºC - N.D 31,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 165,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 10,75 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

105 Local: Editora Universitária ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 808/2013 Origem: A21 Copa Hora da coleta: 9:28 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A21 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,70 Temperatura, ºC - N.D 36,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 6,55 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Coliformes Totais.

106 Local: Editora Universitária ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 809/2013 Origem: A22 Galpão Hora da coleta: 9:31 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A22 - Galpão Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 36,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 166,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,75

107 Local: Arquivo Geral ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 810/2013 Origem: A17 Copa Hora da coleta: 9:36 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A17 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 37,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 173,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,75 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

108 Local: Escola de Música ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 811/2013 Origem: A07 Jardim Hora da coleta: 9:46 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A07 Jardim Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,80 Temperatura, ºC - N.D 36,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,20

109 Local: Escola de Música ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 812/2013 Origem: A06 Cantina Hora da coleta: 9:50 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A06 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 36,30 Sólidos totais, mg/l - N.D 166,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 6,65 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

110 Local: NEI Unidade I ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 813/2013 Origem: A09 Copa Hora da coleta: 9:57 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A09 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,10 Temperatura, ºC - N.D 34,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 165,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 15,75 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

111 Local: NEI Unidade I ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 814/2013 Origem: A10 Banheiro Hora da coleta: 10:06 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A10 Banheiro Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,10 Temperatura, ºC - N.D 33,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 7,20

112 Local: INPE ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 815/2013 Origem: A14 Banheiro Portaria Hora da coleta: 10:11 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A14 Banheiro Portaria Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 34,70 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l de N 0,24 10,00 10,75 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato, Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

113 Local: SEDIS ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 816/2013 Origem: A13 Copa Hora da coleta: 10:18 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A13 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,40 Temperatura, ºC - N.D 35,20 Sólidos totais, mg/l - N.D 163,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 12,65 Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Nitrato e Coliformes Totais.

114 Local: Praça Cívica ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 817/2013 Origem: A11 Jardim Hora da coleta: 10:26 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A11 Jardim Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,00 ph - 6,00 à 9,50 6,40 Temperatura, ºC - N.D 35,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 164,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 15,55 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

115 Local: Casa de Pedra ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 818/2013 Origem: A12 Copa Hora da coleta: 10:30 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A12 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 37,60 Sólidos totais, mg/l - N.D 164,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 12,55 LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para o ensaio de Nitrato.

116 Local: DAS / IASS ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 819/2013 Origem: A02 Copa Hora da coleta: 10:40 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A02 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,30 Temperatura, ºC - N.D 33,40 Sólidos totais, mg/l - N.D 164,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 7,00

117 Local: DAS / A. Social ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 820/2013 Origem: A01 - Copa Hora da coleta: 10:44 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A01 Copa Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,34 ph - 6,00 à 9,50 6,00 Temperatura, ºC - N.D 31,00 Sólidos totais, mg/l - N.D 167,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 7,35 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

118 Local: Depto. Artes ANÁLISE E MICROBIOLOGICA DA ÁGUA CERTIFICADO Nº 821/2013 Origem: A03 Cantina Hora da coleta: 10:49 Data de entrada: 20/03/2013 PARÂMETROS Limite de Detecção V.M.P ( 1 ) A03 Cantina Turbidez, UT ( 2 ) 5,00 5,00 0,17 ph - 6,00 à 9,50 6,60 Temperatura, ºC - N.D 36,50 Sólidos totais, mg/l - N.D 166,00 Nitrato, mg/l den 0,24 10,00 8,95 Coliformes Termotolerantes, NMP 100mL - AUSENTE Presente Coliformes Totais, NMP 100mL - AUSENTE Presente LAUDO TÉCNICO: A amostra analisada não se encontra de acordo com a portaria citada para os ensaios de Coliformes Totais e Coliformes Termotolerantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE SUPERINTENDÊNCIA DE INFRA-ESTRUTURA DIVISÃO DE MEIO AMBIENTE RELATÓRIO DE MONITORAMENTO MENSAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE SUPERINTENDÊNCIA DE INFRA-ESTRUTURA DIVISÃO DE MEIO AMBIENTE RELATÓRIO DE MONITORAMENTO MENSAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE SUPERINTENDÊNCIA DE INFRA-ESTRUTURA DIVISÃO DE MEIO AMBIENTE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA LABORATÓRIO DE QUÍMICA ANALÍTICA PROGRAMA

Leia mais

Localização dos poços no Campus

Localização dos poços no Campus UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE SUPERINTENDÊNCIA DE INFRA-ESTRUTURA DIVISÃO DE MEIO AMBIENTE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA NÚCLEO TECNOLÓGICO

Leia mais

João Emanuel Evangelista Pró-Reitor de Planejamento e Coordenação Geral Natal março/2009

João Emanuel Evangelista Pró-Reitor de Planejamento e Coordenação Geral Natal março/2009 UFRN: Missão, Estrutura e Desafios João Emanuel Evangelista Pró-Reitor de Planejamento e Coordenação Geral Natal março/2009 Documentos Oficiais da UFRN Estatuto Regimento Geral Plano de Desenvolvimento

Leia mais

1.1. INFRARAESTRUTURA FÍSICA PARA O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO.

1.1. INFRARAESTRUTURA FÍSICA PARA O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO. 1.1. INFRARAESTRUTURA FÍSICA PARA O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO. Em atenção à política para o ensino prevista no Projeto Pedagógico Institucional, a IES construiu, equipou, regulamentou as atividades

Leia mais

ANEXO IV LISTA DE ENDEREÇOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS

ANEXO IV LISTA DE ENDEREÇOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO IV LISTA DE ENDEREÇOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS PRÉDIO HISTÓRICO Praça Santos Andrade, 50, Centro Curitiba /PR. CEP: 80020-300 CAMPUS REBOUÇAS Rua João Negrão, s/n (esquina com Av. Sete de Setembro),

Leia mais

ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA e MICROBIOLOGICA CERTIFICADO N 0261/2009

ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA e MICROBIOLOGICA CERTIFICADO N 0261/2009 CERTIFICADO N 0261/2009 Amostra: 0261 Solicitante: PROGEL Origem: Ponto 01 Coordenadas Georeferenciadas: E = 229059 N = 9282462 PARÂMETROS V.M.P (*) Ponto 01 Oxigênio dissolvido, mg/l de O 2 5,00 9,00

Leia mais

A ESTRUTURA FÍSICA ATUAL DA UNC

A ESTRUTURA FÍSICA ATUAL DA UNC A ESTRUTURA FÍSICA ATUAL DA UNC Estrutura Física Geral geral em m 2 Canoinhas Marcilio Dias Porto União Concórdia Curitibanos Mafra Rio Negrinho Qtde Em m 2 Qtde Em m 2 Qtde Em m2 Qtde Em m 2 Qtde Em m

Leia mais

PROGRAMA DE NECESSIDADES - CAMPUS ZONA LESTE DA UNIFESP QUADRO DE USOS E ÁREAS DESCRITAS POR FASE DE CRESCIMENTO

PROGRAMA DE NECESSIDADES - CAMPUS ZONA LESTE DA UNIFESP QUADRO DE USOS E ÁREAS DESCRITAS POR FASE DE CRESCIMENTO PROGRAMA DE NECESSIDADES - CAMPUS ZONA LESTE DA UNIFESP QUADRO DE USOS E ÁREAS DESCRITAS POR FASE DE CRESCIMENTO Os quadros aqui apresentado foram elaborados em julho de 2013 pela Pró- Reitoria de Planejamento

Leia mais

Tabela: Instalações Gerais

Tabela: Instalações Gerais Tabela: Instalações Gerais Área construída: (em m 2 ) 2012 2013 2014 CIDADE UNIVERSITÁRIA CAMPUS CENTRO CIDADE UNIVERSITÁRIA CAMPUS CENTRO CIDADE UNIVERSITÁRIA CAMPUS CENTRO 11.445,13 m 2 17.430,53 m 2

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 17/0016-PG ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 17/0016-PG ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 17/0016-PG ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS LOTE 1 SERVIÇO DE ANÁLISE MICROBIOLÓGICA E BACTERIOLÓGICA DA ÁGUA SESC DEODORO, CENTRO, SAÚDE, TURISMO, ITAPECURU E CAXIAS. LOTE ITENS

Leia mais

Vitrine das Profissões uma viagem para o seu futuro

Vitrine das Profissões uma viagem para o seu futuro PROGRAMAÇÃO Vitrine das Profissões uma viagem para o seu futuro PARA ALUNOS PROGRAMAÇÃO DA MANHÃ 1 a EXPEDIÇÃO 20 E 21 DE SETEMBRO manhã 08:00h 09:00h Recepções aos Estudantes e Professores Estacionamento

Leia mais

DIRETORIA DE PRODUÇÃO DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO DE ÁGUA SETOR DE QUALIDADE MONITORAMENTO DA ÁGUA TRATADA

DIRETORIA DE PRODUÇÃO DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO DE ÁGUA SETOR DE QUALIDADE MONITORAMENTO DA ÁGUA TRATADA LOCAL : ETA DR ARMANDO PANNUNZIO SAÍDA Dezembro /2015 PADRÕES INORGÂNICOS E FÍSICO-QUÍMICOS Alumínio mg/l 0,2 0,10 Alcalinidade Bicarbonatos mg/l 250 16,3 Alcalinidade Carbonatos mg/l 120 0 Alcalinidade

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP Seguem abaixo os ramais com suas respectivas classificações. RAM AL LOCAL CLASSIF. 6284 Acesso Legal - Rafael 2 6412 Agendamento - Bloco 2 6425 Agendamento - Núcleo - Administração 4 6427 Agendamento -

Leia mais

Ensaios Unidade Resultados V.M.P 2 Coliformes Termotolerantes UFC / 100 ml Ausência Ausência Coliformes Totais UFC / 100 ml Ausência Ausência

Ensaios Unidade Resultados V.M.P 2 Coliformes Termotolerantes UFC / 100 ml Ausência Ausência Coliformes Totais UFC / 100 ml Ausência Ausência Identificação do Ponto: Bebedouro 020 Alojamento C 20 Laboratório: 219/ 2013 Protocolo: 13.0163 / 2013 Pág.(s): 1/1 ph ---- ph-metrowtw 6,57 6,0 9,5 Turbidez UT (4) Turbidimetro Hach 0,38 0,5* Cor uh (3)

Leia mais

RELATÓRIO DE OCUPAÇÃO DE IMÓVEIS DA UNILA

RELATÓRIO DE OCUPAÇÃO DE IMÓVEIS DA UNILA RELATÓRIO DE OCUPAÇÃO DE IMÓVEIS DA UNILA - 2016 FOZ DO IGUAÇU 2016 RELATÓRIO DE OCUPAÇÃO DE IMÓVEIS DA UNILA - 2016 Reitoria Josué Modesto dos Passos Subrinho Vice-reitoria Nielsen de Paula Pires Pró-Reitoria

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 1º SEMESTRE/2017 CÂMPUS I

DISTRIBUIÇÃO DE SALAS 1º SEMESTRE/2017 CÂMPUS I PRÉDIO SALA TURNO MANHÃ TARDE NOITE 4.201 Centro de Línguas 4.212 Coordenação do Curso de Pedagogia 4.300 Coordenação do Curso de Nutrição 4.301 - - Nutrição/2017 4.302 - - Nutrição/2014 4.303 - - - 4.304

Leia mais

ANEXO I Seleções nº 57 a 83. FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contato(s): (32) /

ANEXO I Seleções nº 57 a 83. FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contato(s): (32) / MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS ANEXO I Seleções nº 57 a 83 FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contato(s): (32) 2102-3521 /

Leia mais

EDITAL Nº006/2017 ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS / JORNADA/ REMUNERAÇÃO/ VAGAS QTD/VAGAS UNIDADE MODALIDA DE DE CONTRATAÇ ÃO JORNADA SEMANAL

EDITAL Nº006/2017 ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS / JORNADA/ REMUNERAÇÃO/ VAGAS QTD/VAGAS UNIDADE MODALIDA DE DE CONTRATAÇ ÃO JORNADA SEMANAL EDITAL Nº006/2017 ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS / JORNADA/ REMUNERAÇÃO/ VAGAS CARGO JORNADA SEMANAL SEÇÃO REMUNERAÇÃO BRUTA MODALIDA DE DE CONTRATAÇ ÃO QTD/VAGAS PCD** AC* UNIDADE AUXILIAR OPERACIONAL 44H

Leia mais

ESTUDO DAS CONDIÇÕES SANITÁRIAS DOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA POTÁVEL DAS ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE PALMAS

ESTUDO DAS CONDIÇÕES SANITÁRIAS DOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA POTÁVEL DAS ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE PALMAS 26 a 29 de novembro de 2013 Campus de Palmas ESTUDO DAS CONDIÇÕES SANITÁRIAS DOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA POTÁVEL DAS ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE PALMAS Nome dos autores: Jemima Santos Pessoa 1 ; Aurélio

Leia mais

Relatório de Laboratório por Curso

Relatório de Laboratório por Curso de cursos de ensino Cód. 57 Ortodontia 89 Técnica cirúrgica 9 Técnica operatória Dentística restauradora 53 9709 ODONTOLOGIA Graduação Bacharelado Presencial 8 373 Espaços para esportes Serviços 9 Anatomia

Leia mais

CADERNO DE ACESSIBILIDADE FÍSICA NA UFRN

CADERNO DE ACESSIBILIDADE FÍSICA NA UFRN 29a Reunião Brasileira de Antropologia - Caderno de Acessibilidade na UFRN Agosto/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE - UFRN CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES - CCHLA DEPARTAMENTO

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL DCE UFPR ANEXO I

REGIMENTO ELEITORAL DCE UFPR ANEXO I **Os estudantes deverão preferencialmente votar nas urnas na qual seu curso estará listado, caso não seja possível, poderão votar em trânsito.** 1. Reitoria I Local: Saguão de Entrada do Prédio Dom Pedro

Leia mais

UFMG EM EXPANSÃO

UFMG EM EXPANSÃO UFMG EM EXPANSÃO 2010-2014 Centros de Atividades Didáticas Instituto de Ciências Exatas (ICEx) - centro de atividades didáticas de ciências naturais (cad 1) - anexo 3 do departamento de química Descrição:

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO. Determinação da alcalinidade pelo método titulométrico. SMWW, 22ª Edição, Método

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO. Determinação da alcalinidade pelo método titulométrico. SMWW, 22ª Edição, Método ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 6 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO CQLAB - Consultoria e Controle de Qualidade Ltda. Determinação

Leia mais

D:\Desktop\17314-MAPA SALA docx

D:\Desktop\17314-MAPA SALA docx 1E-04 6 PEDAGOGIA 1E-03 4 PEDAGOGIA 2º SEMESTRE DE 2016 Conjunto I BLOC0 E 1E-02 FCA 1E-01 ESCOLA DE APLICAÇÃO 1D-04 4 GEST COMERCIAL 1D-03 2 PEDAGOGIA BLOCO D 1D-02 Laboratório Informática I 1D 01 COORD.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS AO CEP/HUOL Versão 1.0

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS AO CEP/HUOL Versão 1.0 ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS AO Versão 1.0 *TODO O PROCEDIMENTO DE SUBMISSÃO SERÁ VIA PLATAFORMA BRASIL RESPEITANDO-SE OS PRAZOS ESTABELECIDOS NO CALENDÁRIO

Leia mais

Concurso Público FIOCRUZ 2016 Edital 03 - Técnico em Saúde Pública Gabarito Definitivo da Prova Objetiva

Concurso Público FIOCRUZ 2016 Edital 03 - Técnico em Saúde Pública Gabarito Definitivo da Prova Objetiva Perfil: TE3001 Análises Clínicas Perfil: TE3002 Análises microbiológicas de insumos e produtos estéreis para a saúde 1 C 31 E 1 C 31 C 2 A 32 D 2 A 32 B 3 D 33 B 3 D 33 D 4 B 34 A 4 B 34 A 5 C 35 B 5 C

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO COMISSÃO ELEITORAL DESIGNADA POR MEIO DA PORTARIA Nº 794/2017 VR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO COMISSÃO ELEITORAL DESIGNADA POR MEIO DA PORTARIA Nº 794/2017 VR PROCESSO ELEITORAL DE ESCOLHA DE REPRESENTANTES DO CORPO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO JUNTO AOS CONSELHOS UNIVERSITÁRIO (CUN), DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) E DE CURADORES (CCUR) DA UFES

Leia mais

Campus Joaquim Amazonas (Recife)

Campus Joaquim Amazonas (Recife) Campus Joaquim Amazonas (Recife) ÁREA I - CIÊNCIAS FILOSÓFICAS E HUMANAS Centro de Filosofia e Ciências Humanas CFCH Centro de Educação CE Centro de Ciências Sociais Aplicadas CCSA Centro de Ciências Jurídicas

Leia mais

UNIRIO / PROPLAN DIRETORIA DE AVALIAÇÃO E INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS - DAINF ORGANOGRAMA DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS. Atualizado em

UNIRIO / PROPLAN DIRETORIA DE AVALIAÇÃO E INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS - DAINF ORGANOGRAMA DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS. Atualizado em Atualizado em 15.03.2016 Boletim Interno nº 05/2016 1 1. GERAL REITORIA Vice-Reitoria Pró-Reitoria de Graduação Pró-Reitoria de Extensão e Cultura Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Pró-Reitoria

Leia mais

CAMPUS RIO BRANCO APOIO ADMINSTRATIVO 2574 COORDENADORIA DE APOIO À POS-GRADUAÇÃO 2627 COORDENADORIA DE APOIO À PESQUISA 2572 GABINETE 2633

CAMPUS RIO BRANCO APOIO ADMINSTRATIVO 2574 COORDENADORIA DE APOIO À POS-GRADUAÇÃO 2627 COORDENADORIA DE APOIO À PESQUISA 2572 GABINETE 2633 LIGAÇÕES INTERNAS (RAMAL PARA RAMAL), USAR SOMENTE OS QUATRO DÍGITOS DO RAMAL PARA LIGAÇÕES EXTERNAS DEVE-SE ACRESCENTAR O PREFIXO 3901. EXEMPLO: INTERNO 2510 DE FORA 3901-2510 CAMPUS RIO BRANCO REITORIA

Leia mais

INSTITUTO DE GESTÃO E HUMANIZAÇÃO HOSPITAL MATERNO INFANTIL RELAÇÃO DE SALÁRIOS FUNÇÃO SALÁRIO OUTROS BENEFICIOS

INSTITUTO DE GESTÃO E HUMANIZAÇÃO HOSPITAL MATERNO INFANTIL RELAÇÃO DE SALÁRIOS FUNÇÃO SALÁRIO OUTROS BENEFICIOS ANALISTA ADMINISTRATIVO 1.928,70 96,44 ANALISTA ADMINISTRATIVO 3.000,00 150,00 ANALISTA ADMINISTRATIVO 3.000,00 150,00 ANALISTA ADMINISTRATIVO 2.249,37 279,87 ANALISTA ADMINISTRATIVO 2.000,00 267,40 ANALISTA

Leia mais

Atividades da feira. Aulões- 2 auditórios das 9h às 17h.

Atividades da feira. Aulões- 2 auditórios das 9h às 17h. Atividades da feira Estandes dos cursos com coordenadores e alunos, tirando dúvidas e apresentando os projetos executados pelos alunos. Estande com orientação vocacional. Aulões preparatórios para o Enem

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE N / A Revisão 0

RELATÓRIO DE ANÁLISE N / A Revisão 0 RELATÓRIO DE ANÁLISE N 70501 / 2017 - A Revisão 0 DADOS DO LABORATÓRIO RR ACQUA SERVICE COLETA E ANÁLISE DE ÁGUA LTDA-ME CNPJ: 08.356.731/0001-86 ENDEREÇO: AV. ANTÔNIO CARDOSO, 1.200 BANGÚ - SANTO ANDRÉ

Leia mais

1.1. INFRARAESTRUTURA FÍSICA PARA O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO.

1.1. INFRARAESTRUTURA FÍSICA PARA O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO. 1.1. INFRARAESTRUTURA FÍSICA PARA O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO. Em atenção à política para o ensino prevista no Projeto Pedagógico Institucional, a IES construiu, equipou, regulamentou as atividades

Leia mais

PROGRAMA DE NECESSIDADES - CAMPUS EMBU DA UNIFESP Estimativa preliminar para Estudo de Viabilidade - Outubro de 2013

PROGRAMA DE NECESSIDADES - CAMPUS EMBU DA UNIFESP Estimativa preliminar para Estudo de Viabilidade - Outubro de 2013 PROGRAMA DE NECESSIDADES - CAMPUS EMBU DA UNIFESP Estimativa preliminar para Estudo de Viabilidade - Outubro de 2013 CURSOS Cinema vespertino 50 200 Cinema noturno 50 200 Artes plásticas verspertino Ingressa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS VESTIBULAR 2013 DEMANDA FINAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS VESTIBULAR 2013 DEMANDA FINAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - M - BACHARELADO 50 500 10,00 Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - N - BACHARELADO 50 495 9,90 Natal Humanística I CIÊNCIAS CONTÁBEIS - M - BACHARELADO 45 310 6,89 Natal

Leia mais

Organograma UDI Hospital

Organograma UDI Hospital Organograma UDI Hospital ASSEMBLÉIA DOS SÓCIOS CONSELHO CONSULTIVO Centro de Estudos Ensino e Pesquisa CONSELHO FISCAL/ AUDITORIA INDEPENDENTE COMISSÃO DE ÉTICA MÉDICA UDI HOSPITAL SUPERINTENDÊNCIA DIRETOR

Leia mais

UFRN - SiSU Total final de inscritos (23/01/2015) CAMPUS CENTRAL Inscrições Curso

UFRN - SiSU Total final de inscritos (23/01/2015) CAMPUS CENTRAL Inscrições Curso CAMPUS CENTRAL Vagas FISIOTERAPIA 602 60 10,03 COMUNICAÇÃO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA 713 80 8,91 ENFERMAGEM 872 100 8,72 (9º) LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA 184 30 6,13 GESTÃO EM SISTEMAS E SERVIÇOS

Leia mais

Ensaios Unidade Resultados V.M.P 2 Coliformes Termotolerantes UFC / 100 ml Ausência Ausência Coliformes Totais UFC / 100 ml Ausência Ausência

Ensaios Unidade Resultados V.M.P 2 Coliformes Termotolerantes UFC / 100 ml Ausência Ausência Coliformes Totais UFC / 100 ml Ausência Ausência Identificação do Ponto: Bebedouro CGR / 106 Laboratório: 351/ 2013 Protocolo: 13.0274 / 2013 Pág.(s): 1/1 ph ---- ph-metrowtw 6,74 6,0 9,5 Turbidez UT (4) Turbidimetro Hach 0,22 0,5* Cor uh (3) Colorímetro

Leia mais

Procedimento atual da GRU

Procedimento atual da GRU Procedimento atual da GRU 1. Do pagamento da GRU Efetuar o link https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp Preencher os campos: Unidade Gestora (UG) 153038 Gestão 15223-Universidadae Federal

Leia mais

PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 002/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS SEÇÃO FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS CENTRO CIRURGICO

PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 002/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS SEÇÃO FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS CENTRO CIRURGICO CARGO PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 002/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS SEÇÃO FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS UTI NEONATAL Ensino Médio Completo;Curso Técnico em Enfermagem;COREM Ativo; Experiência

Leia mais

AÇÕES SOLIDÁRIAS E DE ACOLHIDA CCV

AÇÕES SOLIDÁRIAS E DE ACOLHIDA CCV AÇÕES SOLIDÁRIAS E DE ACOLHIDA CCV CURSO DATA HORÁRIO LOCAL ATIVIDADE RESPONSÁVEL Bloco B Sala B-41 - Apresentação e boas vindas; - Apresentação PET; -Concurso de Fotografia; - Apresentação sobre o plantio

Leia mais

Qualidade da água em agroecossistemas com produção orgânica de hortaliças

Qualidade da água em agroecossistemas com produção orgânica de hortaliças Qualidade da água em agroecossistemas com produção orgânica de hortaliças Adriana Lídia Santana Klock Responsável Técnica pelo Laboratório de Análises de Águas / CEPAF/EPAGRI Altamente poluídas Medianamente

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCORRÊNCIA

RELATÓRIO DE CONCORRÊNCIA 23 - ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA 11 65 5,9 ENFERMAGEM EM CANCEROLOGIA 8 41 5,1 ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA 9 41 4,6 ENFERMAGEM EM CENTRO CIRÚRGICO 2 11 5,5 ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA GERAL 5 40 8,0 ENFERMAGEM

Leia mais

Programação da acolhida aos Calouros 2016 Centro de Ciências da Vida - CCV

Programação da acolhida aos Calouros 2016 Centro de Ciências da Vida - CCV Programação da acolhida aos 2016 Centro de Ciências da Vida - CCV CURSO DATA HORÁRIO LOCAL ATIVIDADE RESPONSÁVEL 22/02 e 19h30 08h SALA A-27 - Apresentação e boas vindas; - Apresentação PET; - Concurso

Leia mais

PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 006/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS SEÇÃO

PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 006/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS SEÇÃO PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 006/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS CARGO SEÇÃO PRONTO SOCORRO PEDIÁTRICO UTI - ADULTO FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS Ativo; Experiência na seção de Pronto socorro

Leia mais

ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA O quadro abaixo apresenta os ambientes organizacionais, com suas respectivas competências e cursos de capacitação relacionados, conforme Lei 11.091, de 12 de janeiro de 2005 e Portaria Nº 9, de 29 de junho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Biblioteca Central do Campus do Pici

Leia mais

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA. Nº 02/2015, 19 de janeiro de 2015

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA. Nº 02/2015, 19 de janeiro de 2015 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA Nº 02/2015, 19 de janeiro de 2015 Nº 1 De 30 de julho de 2013 SUPERINTENDÊNCIA... 4 PORTARIAS... 4 Portaria nº 026, de 14 de janeiro de 2015.... Erro! Indicador não

Leia mais

Apresentação da Comissão de Espaço Físico na reunião extraordinária da Congregação da EFLCH no dia 7 de agosto de 2012

Apresentação da Comissão de Espaço Físico na reunião extraordinária da Congregação da EFLCH no dia 7 de agosto de 2012 Comissão de Espaço Físico, Infraestrutura, Acessibilidade e Inclusão EFLCH - Campus Guarulhos Apresentação da Comissão de Espaço Físico na reunião extraordinária da Congregação da EFLCH no dia 7 de agosto

Leia mais

COORDENADORIA GERAL DE CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL nº 009/2014-COGEPS

COORDENADORIA GERAL DE CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL nº 009/2014-COGEPS COORDENADORIA GERAL DE CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS EDITAL nº 009/2014-COGEPS ENSALAMENTO PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DO 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES POR PRAZO DETERMINADO

Leia mais

NOTA DE CORTE FUVEST à 2016

NOTA DE CORTE FUVEST à 2016 Carreira 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Administração - Ribeirão Preto 52 53 55 49 44 50 46 44 47 45 Administração - Piracicaba (1) - - - - - - 43 43 44 42 Arquitetura - FAU 54 58 60

Leia mais

BOLETIM DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DA REGIÃO HIDROGRÁFICA I - BAÍA DA ILHA GRANDE

BOLETIM DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DA REGIÃO HIDROGRÁFICA I - BAÍA DA ILHA GRANDE REGIÃO HIDROGRÁFICA I - BAÍA DA ILHA GRANDE Este boletim apresenta os últimos resultados do monitoramento dos corpos de água doce da Região Hidrogáfica I, sendo retratados por meio da aplicação do Índice

Leia mais

LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE ÁGUA E ESGOTO REGISTRO NO C.R.Q. - 9ª REGIÃO SOB N.º 01938

LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE ÁGUA E ESGOTO REGISTRO NO C.R.Q. - 9ª REGIÃO SOB N.º 01938 CONVENIO COM: FUNASA/CORE- PR DIVISÃO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA CENTRO DE REFERENCIA EM SANEAMENTO AMBIENTAL LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE ÁGUA E ESGOTO REGISTRO NO C.R.Q. - 9ª REGIÃO SOB N.º 01938 Página

Leia mais

BOLETIM DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DA REGIÃO HIDROGRÁFICA III - MÉDIO PARAIBA DO SUL

BOLETIM DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DA REGIÃO HIDROGRÁFICA III - MÉDIO PARAIBA DO SUL REGIÃO HIDROGRÁFICA III - MÉDIO PARAIBA DO SUL Este boletim apresenta os últimos resultados do monitoramento dos corpos de água doce da Região Hidrogáfica III, sendo retratados por meio da aplicação do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2017 Demanda de Candidatos Candidatos /01/ :09:01 Página: 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2017 Demanda de Candidatos Candidatos /01/ :09:01 Página: 1 Curso Cidade Vagas PcD Total Página: 1 027 ADMINISTRACAO - BACHARELADO - MATUTINO BELEM 32 1,238 174 2 1,414 77.38 10.88 028 ADMINISTRACAO - BACHARELADO - NOTURNO BELEM 32 1,649 197 1 1,847 103.06 12.31

Leia mais

Resultados das análises referentes aos parâmetros básicos de qualidade da água na rede de distribuição N ANÁLISES REALIZADAS N ANÁLISES REALIZADAS

Resultados das análises referentes aos parâmetros básicos de qualidade da água na rede de distribuição N ANÁLISES REALIZADAS N ANÁLISES REALIZADAS Turbidez 51 59 59 Cloro Residual Livre 51 59 59 Cor Aparente 10 59 59 atenderam atenderam atenderam 51 59 02 amostras apresentaram presença de CT Escherichia coli 51 59 Ausência As análises realizadas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS GABINETE DA REITORIA EDITAL N.50 /2016 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG ANEXO

Leia mais

Edital n 59/2013. Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico ANEXO I CARGOS E VAGAS

Edital n 59/2013. Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico ANEXO I CARGOS E VAGAS Cód. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Áreas de Atuação / Conhecimento Edital n 59/2013 Concurso

Leia mais

BOLETIM DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DA REGIÃO HIDROGRÁFICA IX - BAIXO PARAÍBA DO SUL E ITABAPOANA

BOLETIM DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DA REGIÃO HIDROGRÁFICA IX - BAIXO PARAÍBA DO SUL E ITABAPOANA REGIÃO HIDROGRÁFICA IX - BAIXO PARAÍBA DO SUL E ITABAPOANA Este boletim apresenta os últimos resultados do monitoramento dos corpos de água doce da Região Hidrogáfica IX, sendo retratados por meio da aplicação

Leia mais

DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 29/04/2015. Página 1

DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 29/04/2015. Página 1 DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 29/04/2015 CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA TERCEIRA IDADE - CCTI - CENTRO Coordenador(a): Tarcila Rodrigues Endereço: Rua Coronel Monjardim, 147 Bairro: Centro CEP:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS GABINETE DA REITORIA EDITAL N.50 /2016 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG ANEXO

Leia mais

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA. Nº 07/2016,18 de fevereiro de 2016

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA. Nº 07/2016,18 de fevereiro de 2016 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA Nº 07/2016,18 de fevereiro de 2016 Nº 1 De 30 julho de 2013 EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EBSERH HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA Praça Tequinha Farias,

Leia mais

XV ASSEMBLEIA DA ASSEMAE REGIONAL DE SANTA CATARINA EXCELÊNCIA NA GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO

XV ASSEMBLEIA DA ASSEMAE REGIONAL DE SANTA CATARINA EXCELÊNCIA NA GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO XV ASSEMBLEIA DA ASSEMAE REGIONAL DE SANTA CATARINA EXCELÊNCIA NA GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO Experiência Exitosa: Implantação da Norma ABNT no Samae de Jaraguá do Sul - Dificuldades e desafios 1/31

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade do Sul de Santa Catarina. UNISUL Campus Universitário de Tubarão

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade do Sul de Santa Catarina. UNISUL Campus Universitário de Tubarão ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS Unidade Universitária de Tubarão Universidade do Sul de Santa Catarina UNISUL Campus Universitário de Tubarão ADMINISTRAÇÃO Noturno 35 Autorização: Decreto nº 73.487, de

Leia mais

Policlínica Veterinária

Policlínica Veterinária Laboratórios e Toaletes Anatomia 150,0 Boco C Campus V Itaperuna Ossário e sala de tanques 69,3 Térreo - Bloco C Histologia e Hematologia 84,0 Térreo - Bloco A Bioquímica e Biofísica 63,0 Térreo - Bloco

Leia mais

FUVEST 2017 INSCRITOS POR OPÇÃO DE CURSO ANTES DAS PROVAS ESPECÍFICAS ANTECIPADAS

FUVEST 2017 INSCRITOS POR OPÇÃO DE CURSO ANTES DAS PROVAS ESPECÍFICAS ANTECIPADAS Carreira 100 Administração, Ciências Contábeis, Economia, Economia Empresarial e Control... Curso 10 Administracao Diurno Ribeirao Preto 48 680 47% 339 23% 236 16% 197 14% 1452 Curso 15 Administracao Noturno

Leia mais

Evasão Anual segundo o método de Lobo na UFPE a 2014

Evasão Anual segundo o método de Lobo na UFPE a 2014 Caruaru 101082 Bacharelado CAA ADMINISTRAÇÃO -CAA 12,1 6,7 12,0 12,2 13,7 Caruaru 101086 Bacharelado CAA CIÊNCIAS ECONÔMICAS - CAA 22,9 13,9 17,8 15,8 23,0 Caruaru 101127 Bacharelado CAA DESIGN - CAA 8,2

Leia mais

Documento Assinado Digitalmente

Documento Assinado Digitalmente CERTIFICADO DE CADASTRO DE LABORATÓRIO A Fundação Estadual de Proteção Ambiental, criada pela Lei Estadual nº 9.077 de 04/06/90, registrada no Ofício do Registro Oficial em 01/02/91, e com seu Estatuto

Leia mais

EDITAL PROAC 014/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017

EDITAL PROAC 014/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 EDITAL PROAC 014/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 O Pró-Reitor Acadêmico, Prof. Dr. José Martins de Oliveira Junior, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS GABINETE DA REITORIA EDITAL N.50 /2016 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO DA UFG ANEXO

Leia mais

INFLUÊNCIA DE FOSSAS NEGRAS NA CONTAMINAÇÃO DE POÇOS SUBTERRÂNEOS NA COMUNIDADE VILA NOVA, ITAIÇABA-CEARÁ 1

INFLUÊNCIA DE FOSSAS NEGRAS NA CONTAMINAÇÃO DE POÇOS SUBTERRÂNEOS NA COMUNIDADE VILA NOVA, ITAIÇABA-CEARÁ 1 1 INFLUÊNCIA DE FOSSAS NEGRAS NA CONTAMINAÇÃO DE POÇOS SUBTERRÂNEOS NA COMUNIDADE VILA NOVA, ITAIÇABA-CEARÁ 1 Yanna Julia Dantas de Souza 2, Jardson Álvaro Freitas Bezerra 3, Hozineide Oliveira Rolim 4,

Leia mais

Melhorias na Unidade Floriano Peixoto

Melhorias na Unidade Floriano Peixoto Melhorias na Unidade Floriano Peixoto GERÊNCIA DE OPERAÇÕES E MANUTENÇÃO GOM Resumo da Manutenção de Férias 2012/2013 Unidade Floriano Peixoto Ø Pintura da entrada da Unidade; Ø Melhoria de acesso de pedestres

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DEMANDAS POR CENTRO PARA ORÇAMENTO 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DEMANDAS POR CENTRO PARA ORÇAMENTO 2014 UNVERSDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-RETORA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DEMANDAS POR CENTRO PARA ORÇAMENTO 2014 OBRAS CCBS Construção de uma mini-central de aulas (20 salas) Reforma e adequação de laboratórios

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO LS ANALYSES LABORATÓRIO DE PESQUISAS DE ANÁLISES QUÍMICAS, FÍSICO-QUÍMICAS E MICROBIOLÓGICAS LTDA.

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO LS ANALYSES LABORATÓRIO DE PESQUISAS DE ANÁLISES QUÍMICAS, FÍSICO-QUÍMICAS E MICROBIOLÓGICAS LTDA. ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 5 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO LS ANALYSES LABORATÓRIO DE PESQUISAS DE ANÁLISES QUÍMICAS,

Leia mais

O médico pode atuar no Sistema Único de Saúde (SUS), em hospitais, clínicas, empresas e também em consultório próprio.

O médico pode atuar no Sistema Único de Saúde (SUS), em hospitais, clínicas, empresas e também em consultório próprio. Informações sobre o curso A saúde humana é o objeto de estudo do médico. Ele pesquisa e trata disfunções e moléstias, escolhendo os melhores procedimentos de prevenção e combate. Precisa estar sempre bem

Leia mais

SELETIVO ESPECIAL Edital nº068/vrg/2017 2º semestre de 2017 QUADRO DE CURSOS

SELETIVO ESPECIAL Edital nº068/vrg/2017 2º semestre de 2017 QUADRO DE CURSOS SELETIVO ESPECIAL Edital nº068/vrg/2017 2º semestre de 2017 QUADRO DE CURSOS CAMPUS ITAJAÍ Biomedicina 13h30 às 18h45 Biomédico Obs.: O horário de estágio do 8º período ficará condicionado à disponibilidade

Leia mais

TRATAMENTO DE ÁGUA: SISTEMA FILTRO LENTO ACOPLADO A UM CANAL DE GARAFFAS PET

TRATAMENTO DE ÁGUA: SISTEMA FILTRO LENTO ACOPLADO A UM CANAL DE GARAFFAS PET TRATAMENTO DE ÁGUA: SISTEMA FILTRO LENTO ACOPLADO A UM CANAL DE GARAFFAS PET Maick Sousa Almeida (1); Anderson Oliveira de Sousa (1); Ana Paula Araújo Almeida (2) (1) Universidade Estadual da Paraíba;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA COR RENDA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA COR RENDA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA COR RENDA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 702.44 673.82 685.89 ADMINISTRACAO

Leia mais

QUADRO DE VAGAS EDITAL N. 01/PROAD/SGP/2016. Lotação: Campus Universitário de Cuiabá

QUADRO DE VAGAS EDITAL N. 01/PROAD/SGP/2016. Lotação: Campus Universitário de Cuiabá QUADRO DE VAGAS EDITAL N. /PROAD/SGP/26 Para as áreas que ofertam vagas reservadas preferencialmente para Pessoa com Deficiência(PcD) ou para Negros, serão aceitas inscrições para ampla concorrência, nos

Leia mais

DETECÇÃO DE COLIFORMES TOTAIS PELO SISTEMA CROMOGÊNICO (COLILERT-QUANTI-TRAY 2000).

DETECÇÃO DE COLIFORMES TOTAIS PELO SISTEMA CROMOGÊNICO (COLILERT-QUANTI-TRAY 2000). DETECÇÃO DE COLIFORMES TOTAIS PELO SISTEMA CROMOGÊNICO (COLILERT-QUANTI-TRAY 2000). 1 Introdução/ Desenvolvimento José Ferreira Lima Júnior 1 Allan de Jesus dos Reis Albuquerque 2 Maxsuel Alves Avelino

Leia mais

Edital de MONITORIA DOS CURSOS DA SAÚDE

Edital de MONITORIA DOS CURSOS DA SAÚDE Edital de MONITORIA DOS CURSOS DA SAÚDE 2013.1 Período de inscrição para monitoria: 25/02 A 01/03/2013 Local: SALA 20/BLOCO E/CAMPUS II (DIREÇÃO DA SAÚDE) Horário: de segunda à sexta-feira das 08 às 12

Leia mais

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 48/2015-UFAM

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 48/2015-UFAM ANEXO I EDITAL ABERTURA Nº 48/2015-UFAM Unidade Acadêmica FAO Depto. QUADRO I VAGAS PARA AS UNIDAS ACADÊMICAS DA CAPITAL Área de Conhecimento Clínica Integrada - Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo- Facial

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade do Sul de Santa Catarina. UNISUL Campus Universitário de Tubarão

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade do Sul de Santa Catarina. UNISUL Campus Universitário de Tubarão ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS Unidade Universitária de Tubarão Universidade do Sul de Santa Catarina UNISUL Campus Universitário de Tubarão ADMINISTRAÇÃO Noturno 45 Autorização: Decreto nº 73.487, de

Leia mais

Resultados das análises referentes aos parâmetros básicos de qualidade da água na rede de distribuição N ANÁLISES REALIZADAS N ANÁLISES REALIZADAS

Resultados das análises referentes aos parâmetros básicos de qualidade da água na rede de distribuição N ANÁLISES REALIZADAS N ANÁLISES REALIZADAS Turbidez 51 59 59 Cloro Residual Livre 51 59 59 Cor Aparente 10 59 59 atenderam atenderam atenderam 51 59 01 amostra apresentou presença de CT Escherichia coli 51 59 Ausência As análises realizadas estão

Leia mais

Professor Temporário SITUAÇÃO DAS VAGAS

Professor Temporário SITUAÇÃO DAS VAGAS SITUAÇÃO DAS VAGAS Vagas com candidatos inscritos com a titulação de Doutor Não houve candidatos inscritos Vagas com candidatos inscritos com a titulação de Doutor Vagas com candidatos inscritos com a

Leia mais

Concorrência desigual com grupos poderosos e as EADs. Baixas mensalidades compatíveis com a realidade socioeconômica e incompatíveis com as

Concorrência desigual com grupos poderosos e as EADs. Baixas mensalidades compatíveis com a realidade socioeconômica e incompatíveis com as Concorrência desigual com grupos poderosos e as EADs. Baixas mensalidades compatíveis com a realidade socioeconômica e incompatíveis com as permanentes necessidades de investimentos. Ausência de docentes

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO QUALITATIVA DO ESGOTO

CARACTERIZAÇÃO QUALITATIVA DO ESGOTO Sistema de Esgotamento Sanitário e Pluvial CARACTERIZAÇÃO QUALITATIVA DO ESGOTO Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental Universidade Federal de Minas Gerais Caracterização do esgoto doméstico

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS SERVIÇO AUTONOMO DE ÁGUA E ESGOTO PARINTINS - AMAZONAS

ESTADO DO AMAZONAS SERVIÇO AUTONOMO DE ÁGUA E ESGOTO PARINTINS - AMAZONAS Plano de amostragem mensal recomendável para o controle da qualidade da água do sistema de abastecimento do SAAE, para fins de análises microbiológicas, em função da população abastecida conforme a Portaria

Leia mais

Curso Campus Quantidade Administração - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Diurno - Semestral Arapiraca 275 Administração Pública -

Curso Campus Quantidade Administração - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Diurno - Semestral Arapiraca 275 Administração Pública - Curso Campus Quantidade Administração - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Diurno - Semestral Arapiraca 275 Administração Pública - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Noturno - Semestral

Leia mais

ÁREA DOS LABORATÓRIOS

ÁREA DOS LABORATÓRIOS DOS S CENTRO DE APOIO MULTIDISCIPLINAR 1 Laboratório de Bioinformática 18,00 2 Laboratório Central Analítica 54,00 3 Laboratório de Diagnóstico Molecular 36,00 4 Laboratório de Espectrometria 36,00 5 Laboratório

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE DA ÁGUA DE CISTERNAS RESIDENCIAIS NO MUNICÍPIO DE ARARUNA-PB

ANÁLISE DA QUALIDADE DA ÁGUA DE CISTERNAS RESIDENCIAIS NO MUNICÍPIO DE ARARUNA-PB ANÁLISE DA QUALIDADE DA ÁGUA DE CISTERNAS RESIDENCIAIS NO MUNICÍPIO DE ARARUNA-PB Bruno Andrade de Freitas (1); Anderson Oliveira de Sousa (1); Maick Sousa Almeida (2); Felipe Augusto da Silva Santos (3);

Leia mais

Distribuição dos Inscritos por Opção de Curso

Distribuição dos Inscritos por Opção de Curso http://www.fuvest.br/estat/inscur.html?anofuv=213 1 of 6 3/22/213 2:59 PM FUVEST 213 Transferência 214 Outros Exames Novidades Usuários Contato Você ainda não está logado Clique aqui para entrar no sistema

Leia mais

Diagnóstico da qualidade química das águas superficiais e subterrâneas do Campus Carreiros/FURG.

Diagnóstico da qualidade química das águas superficiais e subterrâneas do Campus Carreiros/FURG. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE Instituto de Oceanografia LABORATÓRIO DE HIDROQUÍMICA Diagnóstico da qualidade química das águas superficiais e subterrâneas do Campus Carreiros/FURG. Coordenadora: MSc.

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS UNISUL - Unidade Universitária de Araranguá DIREITO NO 20 0 ABERTURA DE : RESOLUÇÃO CONSUN Nº009/1991, DE 30/8/1991 Obs.:OS ESTÁGIOS, A PARTIR DO 6º (SEXTO) SEMESTRE, SERÃO OFERTADOS NO PERÍODO DIURNO.

Leia mais

Câmpus Sede Rua dos Estudantes, 225 Parque Iracema - Catanduva - SP Fone/fax: (17) CEP

Câmpus Sede Rua dos Estudantes, 225 Parque Iracema - Catanduva - SP Fone/fax: (17) CEP A FACULDADE FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO www.fipa.com.br - atendimento@fipa.com.br Tele-atendimento: 0800-772-5393 Câmpus Sede Rua dos Estudantes, 225 Parque Iracema - Catanduva - SP Fone/fax: (17)

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE SETEMBRO DE 2016

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE SETEMBRO DE 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.853, DE 20 DE SETEMBRO DE 2016 Aprova a oferta dos Cursos de Graduação da Universidade

Leia mais

Nota à Imprensa 015/2014

Nota à Imprensa 015/2014 Nota à Imprensa 015/2014 Data: 06.06.14 Veículo: Jornal Estado de São Paulo Pauta: expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica Repórter: Guilherme Soares Dias Telefones:

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585 Cursos de Graduação Curso Grau Campus Código e-mec Administração Bacharelado Florianópolis 14213 Agronomia Bacharelado Florianópolis 14214 Agronomia

Leia mais