Portaria SAS nº 312 de 05 de junho de 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Portaria SAS nº 312 de 05 de junho de 2008"

Transcrição

1 Portaria SAS nº 32 de 05 de junho de 2008 O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições e, Considerando a Portaria GM/MS n.º 32 de 08 de fevereiro de 2007, que institui a Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde SUS; Considerando a Portaria GM/MS n.º 2848 de 06 de novembro de 2007 que consolida a estrutura organizacional e o detalhamento completo dos procedimentos da Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde SUS; Considerando a necessidade de efetuar adequações da tabela de procedimentos, a partir de contribuições recebidas das áreas técnicas do Ministério da Saúde, bem como de gestores estaduais e municipais de saúde, resolve: Art. º - Atualizar os Atributos dos Procedimentos, da Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais (OPM) do SUS, relacionados nos anexos: I, II, III, IV, V, VI e VII, desta portaria. º - Os anexos de I a VII definidos neste Artigo estão disponíveis no sítio da Secretaria de Atenção à Saúde: 2º - A tabela completa dos procedimentos com as adequações realizadas para competência junho de 2008, encontra-se disponível no Sistema de Gerenciamento da Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS SIGTAP, no endereço eletrônico: usuário e senha: publico. Art. 2º Estabelecer que caberá ao Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas - DRAC, da Secretaria de Atenção à Saúde SAS, providenciar junto ao Departamento de Informática do SUS DATASUS/SE/MS, para que sejam efetivadas nos Sistemas de Informações as adequações definidas nesta portaria. Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. José Carvalho de Noronha DO Nº 0 de /06/2008, Seção, pg. 63

2 Serviço / Classificação: ANEXO 0 ATRIBUTOS DE PROCEDIMENTOS ALTERADOS GRUPO PRATICAS CORPORAIS EM MEDICINA TRADICIONAL CHINESA 34 - Serviço de práticas integrativas e complementares <<>> Práticas corporais/atividade física ANEXO II ATRIBUTOS DE PROCEDIMENTOS ALTERADOS GRUPO 02 Habilitação: Habilitação: Habilitação: BIOPSIA DE CORPO VERTEBRAL A CEU ABERTO Centro de referência de alta complexidade em traumatoortopedia BIOPSIA DE CORPO VERTEBRAL LAMINA E PEDICULO VERTEBRAL (POR DISPOSITIVO GUIADO) Centro de referência de alta complexidade em traumatoortopedia BIOPSIA DE LAMINA PEDICULO E PROCESSOS VERTEBRAIS (A CEU ABERTO) Centro de referência de alta complexidade em traumatoortopedia BIOPSIA DE PROSTATA BIOPSIA DE TIREOIDE OU PARATIREOIDE BIOPSIA ESTEREOTAXICA Qtd. de Dias Permanência: BIOPSIA PRE-ESCALENICA 223F COLETA DE SANGUE P/ TRIAGEM NEONATAL 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> 02 - Exames para triagem neonatal BIOPSIA/EXERESE DE NODULO DE MAMA Idade Mínima: 0 Mês(es) DOSAGEM DE FERRITINA Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> 00 - Exames bioquímicos

3 Instrumento de Registro: Modalidade: DOSAGEM DE VITAMINA B Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> 00 - Exames bioquímicos DETERMINACAO DE TEMPO DE COAGULACAO 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hematológicos e hemostasia DETERMINACAO DE TEMPO DE SANGRAMENTO - DUKE 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hematológicos e hemostasia DOSAGEM DE ALFA-FETOPROTEINA Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames sorológicos e imunológicos INTADERMORREACAO COM DERIVADO PROTEICO PURIFICADO (PPD) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames sorológicos e imunológicos DETERMINACAO DE INDICE DE TIROXINA LIVRE 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DETERMINACAO DE RETENCAO DE T Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DETERMINACAO DE T3 REVERSO 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE 7-ALFA-HIDROXIPROGESTERONA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE ALDOSTERONA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE ANDROSTENEDIONA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE CALCITONINA

4 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE CORTISOL 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE DEHIDROEPIANDROSTERONA (DHEA) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE DIHIDROTESTOTERONA (DHT) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE ESTRADIOL 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE ESTRIOL 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE ESTRONA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE GASTRINA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE GONADOTROFINA CORIONICA HUMANA (HCG, BETA HCG) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE HORMONIO DE CRESCIMENTO (HGH) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE HORMONIO LUTEINIZANTE (LH) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE HORMONIO TIREOESTIMULANTE (TSH) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE INSULINA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE PEPTIDEO C

5 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE PROGESTERONA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE PROLACTINA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE RENINA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE SOMATOMEDINA C (IGF) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE SULFATO DE HIDROEPIANDROSTERONA (DHEAS) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE TESTOSTERONA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE TESTOSTERONA LIVRE 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE TIREOGLOBULINA 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE TIROXINA (T4) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE TRIIODOTIRONINA (T3) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames hormonais DOSAGEM DE DIGITALICOS (DIGOXINA, DIGITOXINA) 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames toxicológicos ou de monitorização terapêutica PESQUISA DE ANTIGENO CARCINOEMBRIOGENICO CEA 22323

6 Instrumento de Registro: Modalidade: Instrumento de Registro: Modalidade: Instrumento de Registro: Modalidade: Instrumento de Registro: Modalidade: 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> 00 - Exames em outros líquidos biológicos DETERMINACAO DE ANTICORPOS ANTIPLAQUETARIOS 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia DETERMINACAO DIRETA E REVERSA DE GRUPO ABO 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia FENOTIPAGEM DE SISTEMA RH - HR 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia IDENTIFICACAO DE ANTICORPOS SERICOS IRREGULARES C/ PAINEL DE HEMACIAS 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia PESQUISA DE ANTICORPOS IRREGULARES PELO METODO DA ELUICAO 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia PESQUISA DE ANTICORPOS SERICOS IRREGULARES 37OC 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia PESQUISA DE ANTICORPOS SERICOS IRREGULARES A FRIO 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia PESQUISA DE FATOR RH (INCLUI D FRACO) Instrumento de Registro: Modalidade: Instrumento de Registro: Modalidade: 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia TESTE INDIRETO DE ANTIGLOBULINA HUMANA (TIA) 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia

7 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia TITULACAO DE ANTICORPOS ANTI A E/OU ANTI B Instrumento de Registro: Modalidade: 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar, 03 - Hospital Dia 28 - Serviço de hemoterapia <<>> Diagnóstico em hemoterapia EXAME CITOPATOLOGICO DE MAMA 2205, 22348, , , Serviço de diagnóstico por anatomia patológica e/ou citopatologia <<>> Exames citopatológicos DETERMINACAO DE RECEPTORES TUMORAIS HORMONAIS EXAME ANATOMOPATOLOGICO DE MAMA - BIOPSIA 20 - Serviço de diagnóstico por anatomia patológica e/ou citopatologia <<>> 00 - Exames anatomopatológicos EXAME ANATOMOPATOLOGICO DE MAMA - PECA CIRURGICA 20 - Serviço de diagnóstico por anatomia patológica e/ou citopatologia <<>> 00 - Exames anatomopatológicos RADIOGRAFIA DE COLUNA TORACICA (AP + LATERAL) Instrumento de Registro: Modalidade: 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar RADIOGRAFIA DE MAO Instrumento de Registro: Modalidade: 05 - AIH (Proc. Secundário) 02 - Hospitalar DENSITOMETRIA OSSEA DUO-ENERGETICA DE COLUNA (VERTEBRAS LOMBARES) 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> 00 - Radiologia ECOCARDIOGRAFIA TRANSTORACICA 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> Ultrasonografia 22 - Serviço de diagnóstico por métodos gráficos/dinâmicos <<>> Exame eletrocardiográfico ULTRA-SONOGRAFIA DE ARTICULACAO

8 Modalidade: 02 - Hospitalar, 03 - Hospital 02 Dia - Hospitalar, 03 - Hospital Dia MARCACAO DE LESAO PRE-CIRURGICA DE LESAO NAO PALPAVEL DE MAMA ASSOCIADA A 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> Ultrasonografia CINTILOGRAFIA DE PANCREAS 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> Medicina nuclear in vivo CINTILOGRAFIA P/ PESQUISA DO REFLUXO VESICO-URETERAL 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> Medicina nuclear in vivo BRONCOSCOPIA (BRONCOFIBROSCOPIA) 223F VIDEOTORACOSCOPIA 223F5, 09 - Leito Dia / Cirúrgicos AMNIOSCOPIA 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> Ultrasonografia EXAME MICROBIOLOGICO A FRESCO DO CONTEUDO CERVIC0-VAGINAL 20305, Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames microbiológicos TRIAGEM OFTALMOLÓGICA - PROJETO OLHAR BRASIL 3 - Serviço de oftalmologia <<>> Projeto Olhar Brasil AVALIACAO URODINAMICA COMPLETA 30 - Serviço de nefrologia/urologia <<>> Tratamento em nefrologia em geral CATETERISMO DE URETRA 30 - Serviço de nefrologia/urologia <<>> Tratamento em nefrologia em geral CULTURA P/ IDENTIFICACAO DO VIBRIO CHOLERAE EM ANALISE DE ALIMENTOS 4 - Serviço de vigilância em saúde <<>> Vigilância ambiental PESQUISA DE CORPOS CETONICOS NA URINA

9 45 - Serviço de diagnóstico por laboratório clínico <<>> Exames de uroanálise ANEXO III ATRIBUTOS DE PROCEDIMENTOS ALTERADOS GRUPO CONSULTA C/ IDENTIFICACAO DE CASOS NOVOS DE TUBERCULOSE - Serviço de atenção ao paciente com tuberculose <<>> 00 - Diagnóstico e tratamento CONSULTA DE PROFISSIONAIS DE NIVEL SUPERIOR NA ATENCAO BASICA , , 22322, 22326, , , , , , , , , , , , , , , 2232B, PRIMEIRA CONSULTA DE PEDIATRIA AO RECEM-NASCIDO Valor SH: 0,00 Valor SP: 0,00 Qtd. de Dias Permanência: INTERNACAO DOMICILIAR 03 - Clínico DIAGNOSTICO E/OU ATENDIMENTO DE URGENCIA EM CLINICA PEDIATRICA 03 - Clínico DIAGNOSTICO E/OU ATENDIMENTO DE URGENCIA EM CLINICA CIRURGICA ACOMPANHAMENTO NEUROPSICOLOGICO DE PACIENTE EM REABILITACAO 5 - Serviço de atenção psicossocial <<>> Atendimento psicossocial 5 - Serviço de atenção psicossocial <<>> 00 - Residência terapêutica em saúde mental ATENDIMENTO / ACOMPANHAMENTO A PACIENTE QUE DEMANDE CUIDADOS INTENSIVOS DE Serviço de reabilitação <<>> 00 - Reabilitação visual, 35 - Serviço de reabilitação <<>> Reabilitação mental/autismo TERAPIA FONOAUDIOLOGICA INDIVIDUAL CID: 07 - Serviço de atenção a saúde auditiva <<>> Terapia fonoaudiológica ACOMPANHAMENTO SEMI-INTENSIVO DE CRIANCA E ADOLESCENTE C/ TRANSTORNOS F43, F48, F49, F420, F42, F422, F428, F429, F430, F43, F432, F438, F439, F440, F44, F442, F443, F444, F445, F446, F447, F448, F449, F450, F45, F452, F453, F454,

10 2550 F458, F459, F480, F48, F488, F489, F500, F50, F502, F503, F504, F505, F508, F509, F700, F70, F708, F709, F70, F7, F78, F79, F720, F72, F728, F729, F49, F99, F200, F20, F202, F203, F204, F205, F206, F208, F209, F220, F228, F229, F230, F23, F232, F233, F238, F239, F250, F25, F252, F258, F259, F300, F30, F302, F308, F309, F30, F3, F32, F33, F34, F35, F36, F37, F38, F39, F320, F32, F322, F323, F328, F329, F330, F33, F332, F333, F334, F338, F339, F34, F348, F349, F380, F38, F388, F400, F40, F402, F408, F409, F40, F4, F42 CID: F780, F78, F788, F ATENDIMENTO EM GERIATRIA ( TURNO) Qtd. de Dias Permanência: 09 - Leito Dia / Cirúrgicos, 3 - Leito Dia / Geriatria ATENDIMENTO EM GERIATRIA (2 TURNOS) Qtd. de Dias Permanência: ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE MEDIO / GRANDE QUEIMADO CID: L55, L552, L558, L559, L598, L599, T340, T34, T342, T343, T344, T345, T346, T347, T35, T348, T ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PEQUENO QUEIMADO CID: L550, L55, L558, L559, L598, L599, T330, T33, T332, T333, T334, T335, T336, T337, T338, T339, T TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS BACTERIANAS TRATAMENTO DE DOENCAS BACTERIANAS ZOONOTICAS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DEVIDAS A PROTOZOARIOS (B55 a B64) TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DEVIDAS A PROTOZOARIOS (B55 a B64) TRATAMENTO DE HANSENIASE Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE HELMINTIASES (B65 a B83) TRATAMENTO DE HELMINTIASES (B65 a B83) Qtd. de Dias Permanência: 4 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE INFECCOES DE TRANSMISSAO PREDOMINANTEMENTE SEXUAL (A50 A A64) TRATAMENTO DE INFECCOES DE TRANSMISSAO PREDOMINANTEMENTE SEXUAL (A50 A A64)

11 TRATAMENTO DE INFECCOES VIRAIS DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL TRATAMENTO DE MICOSES (B35 A B49) TRATAMENTO DE MICOSES (B35 A B49) Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS CAUSADAS POR CLAMIDIAS (A70 A A74) TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS CAUSADAS POR CLAMIDIAS (A70 A A74) Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS CAUSADAS POR ESPIROQUETAS (A65 A A69) TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS CAUSADAS POR ESPIROQUETAS (A65 A A69) Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE POLIOMIELITE PARALITICA AGUDA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE TUBERCULOSE (A5 a A9) TRATAMENTO DE TUBERCULOSE (A5 a A9) Qtd. de Dias Permanência: 3 CID: B TRATAMENTO DE ANEMIA APLASTICA E OUTRAS ANEMIAS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE ANEMIA HEMOLITICA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE HEMOFILIAS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DO SANGUE E DOS ORGAOS HEMATOPOETICOS TRATAMENTO DA FIBROSE CISTICA Qtd. de Dias Permanência:

12 TRATAMENTO DE DESNUTRICAO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DIABETES MELLITUS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DISTURBIOS METABOLICOS 24 - Serviço de endocrinologia <<>> 00 - Diagnóstico/Tratamento das doenças endócrinas, metabólicas e nutricionais TRATAMENTO DE TRANSTORNOS DA GLANDULA TIREOIDE Qtd. de Dias Permanência: Serviço de endocrinologia <<>> 00 - Diagnóstico/Tratamento das doenças endócrinas, metabólicas e nutricionais TRATAMENTO DE TRANSTORNOS DE OUTRAS GLANDULAS ENDOCRINAS Qtd. de Dias Permanência: Serviço de endocrinologia <<>> 00 - Diagnóstico/Tratamento das doenças endócrinas, metabólicas e nutricionais AJUSTE MEDICAMENTOSO DE SITUACOES NEUROLOGICAS AGUDIZADAS INTERNACAO P/ ADMINISTRACAO DE MEDICACAO ESPECIFICA P/ O TRATAMENTO DE TRATAMENTO DE ABSCESSO CEREBRAL Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE COREIA AGUDA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO CONSERVADOR DA DOR REBELDE DE ORIGEM CENTRAL E NEOPLASICA

13 22308, 22309, 2230, 223, 2233, 2235, 22322, 22326, Serviço de assistência de alta complexidade em neurocirurgia <<>> Tratamento neurocirúrgico da dor funcional TRATAMENTO CONSERVADOR DA HEMORRAGIA CEREBRAL 2230, 223, 22340, TRATAMENTO CONSERVADOR DE TRAUMATISMO CRANIOENCEFALICO (GRAU LEVE) 2235, 22322, 2233, 22340, TRATAMENTO CONSERVADOR DE TRAUMATISMO CRANIOENCEFALICO (GRAU MEDIO) 2235, 22340, TRATAMENTO CONSERVADOR DE TRAUMATISMO CRANIOENCEFALICO GRAVE 2235, 22340, Serviço de assistência de alta complexidade em neurocirurgia <<>> 00 - Neurocirurgia do trauma e anomalias do desenvolvimento TRATAMENTO CONSERVADOR DE TRAUMATISMO RAQUIMEDULAR 2235, 22340, Serviço de assistência de alta complexidade em neurocirurgia <<>> 00 - Neurocirurgia do trauma e anomalias do desenvolvimento TRATAMENTO CONSERVADOR DE TUMOR CEREBRAL TRATAMENTO DAS MIELITES / MIELOPATIAS TRATAMENTO DE COMPLICACOES DA HIDROCEFALIA Qtd. de Dias Permanência: 7

14 TRATAMENTO DE CRISES EPILETICAS NAO CONTROLADAS 2235, TRATAMENTO DE DISTROFIAS MUSCULARES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DOENCA DE PARKINSON Qtd. de Dias Permanência: 7 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DOENCA DOS NEURONIOS MOTORES CENTRAIS C/ OU S/ AMIOTROFIAS TRATAMENTO DE DOENCAS HEREDO-DEGENERATIVAS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE ESCLEROSE GENERALIZADA PROGRESSIVA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE FRATURA DA COLUNA VERTEBRAL C/ LESAO DA MEDULA ESPINHAL Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE INTERCORRENCIAS DE DOENCAS NEUROMUSCULARES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE MIASTENIA GRAVE Qtd. de Dias Permanência: 6

15 TRATAMENTO DE POLINEUROPATIAS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE POLIRRADICULONEURITE DESMIELINIZANTE AGUDA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE SURTO DE ESCLEROSE MULTIPLA Qtd. de Dias Permanência: 7 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DOS PROCESSOS TOXI INFECCIOSOS DO CEREBRO E DA MEDULA TRATAMENTO DE ANEURISMA DA AORTA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE CARDIOPATIA HIPERTROFICA Idade Máxima : 0 Ano(s) 03 - Clínico TRATAMENTO DE CARDIOPATIA ISQUEMICA CRONICA TRATAMENTO DE CHOQUE ANAFILATICO TRATAMENTO DE CHOQUE HIPOVOLEMICO TRATAMENTO DE CHOQUE HIPOVOLEMICO 22322, Admite permanência à maior TRATAMENTO DE COMPLICACOES CARDIACAS POS-CIRURGIA

16 TRATAMENTO DE COMPLICACOES DE DISPOSITIVOS PROTETICOS IMPLANTES E ENXERTOS TRATAMENTO DE DOENCA REUMATICA C/ COMPROMETIMENTO CARDIACO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DOENCA REUMATICA S/ CARDITE TRATAMENTO DE EDEMA AGUDO DE PULMAO TRATAMENTO DE ENDOCARDITE INFECCIOSA EM VALVULA NATIVA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE HIPERTENSAO PULMONAR 03 - Clínico TRATAMENTO DE HIPERTENSAO SECUNDARIA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE INSUFICIENCIA CARDIACA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE LINFADENITES INESPECIFICAS Qtd. de Dias Permanência: , 22322, 223F TRATAMENTO DE MIOCARDIOPATIAS Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS VASCULOPATIAS

17 Qtd. de Dias Permanência: , 223F TRATAMENTO DE PARADA CARDIACA C/ RESSUSCITACAO BEM SUCEDIDA TRATAMENTO DE PE DIABETICO COMPLICADO 22305, 223F TRATAMENTO DE PERICARDITE Idade Máxima : 0 Ano(s) Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE SINDROME CORONARIANA AGUDA Qtd. de Dias Permanência: Admite permanência à maior TRATAMENTO DE TROMBOSE VENOSA PROFUNDA Qtd. de Dias Permanência: , 22322, 223F TRATAMENTO DE VARIZES DOS MEMBROS INFERIORES C/ ULCERA Qtd. de Dias Permanência: , 223F TRATAMENTO DE DOENCAS DO FIGADO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DOENCAS DO PERITONIO TRATAMENTO DE ENTERITES E COLITES NAO INFECCIOSAS TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DO APARELHO DIGESTIVO

18 TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DO INTESTINO TRATAMENTO DE TRANSTORNOS DAS VIAS BILIARES E PANCREAS TRATAMENTO DE AFECCOES BOLHOSAS TRATAMENTO DE ESTAFILOCOCCIAS Qtd. de Dias Permanência: 4 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS AFECCOES DA PELE E DO TECIDO SUBCUTANEO Instrumento de Registro: TRATAMENTO CONSERVADOR DE FRATURA EM MEMBRO INFERIOR C/ IMOBILIZACAO 0 - BPA (Consolidado) Instrumento de Registro: 02 - BPA (Individualizado) TRATAMENTO CONSERVADOR DE LESAO DA COLUNA TORACO-LOMBO- SACRA C/ ORTESE Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO CONSERVADOR DE LESAO DA COLUNA TORACO-LOMBO- SACRA S/ Qtd. de Dias Permanência: 4 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO CONSERVADOR DE LESAO LIGAMENTAR EM MEMBRO C/ IMOBILIZACAO TRATAMENTO CONSERVADOR DE OSTEOMIELITE AGUDA Qtd. de Dias Permanência: , 22340, Instrumento de Registro: 0 - BPA (Consolidado) Instrumento de Registro: 02 - BPA (Individualizado) Admite permanência à maior TRATAMENTO DAS POLIARTROPATIAS INFECCIOSAS / INFLAMATORIAS TRATAMENTO DE ARTRITE REUMATOIDE Qtd. de Dias Permanência: 4

19 2235, TRATAMENTO DE DOENCAS SISTEMICAS DO TECIDO CONJUNTIVO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE ESPONDILITE ANCILOSANTE TRATAMENTO DE OSTEITE TRATAMENTO DE OSTEOPOROSE TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS OSSEAS TRATAMENTO DE COMPLICACOES RELACIONADAS PREDOMINANTEMENTE AO PUERPERIO TRATAMENTO DE ECLAMPSIA TRATAMENTO DE EDEMA, PROTEINURIA E TRANSTORNOS HIPERTENSIVOS NA GRAVIDEZ TRATAMENTO DE INTERCORRENCIAS CLINICAS NA GRAVIDEZ TRATAMENTO DE MOLA HIDATIFORME TRATAMENTO DE ANOMALIAS CROMOSSOMICAS NAO CLASSIFICADAS EM OUTRA PARTE

20 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE MALFORMACOES CONGENITAS DO APARELHO CIRCULATORIO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE FENDA LABIAL E/OU FENDA PALATINA Qtd. de Dias Permanência: 6 Qtd. de Dias Permanência: 4 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE MALFORMACOES CONGENITAS DO APARELHO URINARIO TRATAMENTO DE MALFORMACOES CONGENITAS DOS ORGAOS GENITAIS TRATAMENTO DE NEUROFIBROMATOSE Qtd. de Dias Permanência: 6 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS ANOMALIAS CONGENITAS DO SISTEMA NERVOSO TRATAMENTO DE OUTRAS MALFORMACOES CONGENITAS Qtd. de Dias Permanência: Clínico TRATAMENTO DE OUTRAS MALFORMACOES CONGENITAS DO APARELHO DIGESTIVO Qtd. de Dias Permanência: IODOTERAPIA DE CARCIOMA DIFERENCIADO DA TIREOIDE (250 MCI) Habilitação: 72 - CACON, 73 - CACON com serviço de oncologia pediátrica, 74 - Hospital Geral com cirurgia oncológica, UNACON, UNACON com serviço de hematologia, UNACON com serviço de oncologia pediátrica, UNACON com serviço de radioterapia, 7 - UNACON exclusiva de oncologia pediátrica 2 - Serviço de diagnóstico por imagem <<>> Medicina nuclear in vivo TRATAMENTO DE HIPERTIREOIDISMO GRAVES TRATAMENTO DE HIPERTIREOIDISMO GRAVES ATENDIMENTO A PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS DEVIDO A CAUSAS EXTERNAS

21 Qtd. de Dias Permanência: ATENDIMENTO A PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS POR ENFERMIDADES Qtd. de Dias Permanência: ATENDIMENTO A PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS POR ENFERMIDADES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS POR ENFERMIDADES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS POR ENFERMIDADES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS POR ENFERMIDADES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE PACIENTE SOB CUIDADOS PROLONGADOS POR ENFERMIDADES Qtd. de Dias Permanência: 45

22 TRATAMENTO DE PACIENTES SOB CUIDADOS PROLONGADOS EM HANSENIASE Qtd. de Dias Permanência: LAVAGEM NASAL PELO METODO DE PROETZ (POR SESSAO) 07 - Serviço de atenção a saúde auditiva <<>> Diagnóstico em audiologia/otologia TRATAMENTO DA FIBROSE CISTICA COM MANIFESTACOES PULMONARES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DAS AFECCOES NECROTICAS E SUPURATIVAS DAS VIAS AEREAS INFERIORES Qtd. de Dias Permanência: 7 CID: J TRATAMENTO DAS DOENCAS CRONICAS DAS VIAS AEREAS INFERIORES CID: J40, J40, J4, J48, J42 CID: Idade Mínima: A50, A5, A52, A53, A60, A6, A TRATAMENTO DE CARDIOPATIA PULMONAR NAO ESPECIFICADA (COR PULMONALE) 8 Ano(s) Qtd. de Dias Permanência: 4 CID: Idade Máxima : I269, I270, I27, I278, I280, I28, I288, I TRATAMENTO DE DOENCA DO OUVIDO EXTERNO MEDIO E DA MASTOIDE 0 Ano(s) Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DOENCAS RESPIRATORIAS QUE AFETAM PRINCIPALMENTE O INTERSTICIO Idade Mínima: 0 Meses(s) Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE HEMORRAGIAS DAS VIAS RESPIRATORIAS

23 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE INFECCOES AGUDAS DAS VIAS AEREAS SUPERIORES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DA PLEURA Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DAS VIAS AEREAS SUPERIORES TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DO APARELHO RESPIRATORIO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTRAS INFECCOES AGUDAS DAS VIAS AEREAS INFERIORES TRATAMENTO DE PNEUMONIAS OU INFLUENZA (GRIPE) CID: J TRATAMENTO DE DOENCAS DOS ORGAOS GENITAIS MASCULINOS TRATAMENTO DE DOENCAS GLOMERULARES Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE DOENCAS INFLAMATORIAS DOS ORGAOS PELVICOS FEMININOS TRATAMENTO DE DOENCAS RENAIS TUBULO-INTERSTICIAIS TRATAMENTO DE OUTRAS DOENCAS DO APARELHO URINARIO Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTROS TRANSTORNOS DO RIM E DO URETER Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE INFECCOES ESPECIFICAS DO PERIODO PERINATAL Qtd. de Dias Permanência: 4 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE OUTROS TRANSTORNOS ORIGINADOS NO PERIODO PERINATAL TRATAMENTO DE TRANSTORNOS HEMORRAGICOS E HEMATOLOGICOS DO FETO E DO RECEM-

24 Qtd. de Dias Permanência: 4 Qtd. de Dias Permanência: 0 Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DE TRANSTORNOS RELACIONADOS C/ A DURACAO DA GESTACAO E C/ O TRATAMENTO DE TRANSTORNOS RESPIRATORIOS E CARDIOVASCULARES ESPECIFICOS DO TRATAMENTO DE TRAUMATISMO DE PARTO NO NEONATO Idade Mínima: Idade Máxima : TRATAMENTO DE TRAUMATISMO DE PARTO NO NEONATO 0 Meses Meses Qtd. de Dias Permanência: TRATAMENTO DA INTOXICACAO AGUDA EM USUARIOS DE ALCOOL E OUTRAS DROGAS CID: F70 Qtd. de Dias Permanência: Serviço de atenção psicossocial <<>> Atendimento psicossocial TRATAMENTO DA SINDROME DE ABSTINENCIA DO ALCOOL EM SERVICO HOSPITALAR DE TRATAMENTO DA SINDROME DE ABSTINENCIA DO ALCOOL EM SERVICO HOSPITALAR DE REFERENCIA PARA A ATENCAO INTEGRAL AOS USUARIOS DE ALCOOL EM OUTRAS DROGAS (POR DIA) CID: F03, F54, F Qtd. de Dias Permanência: 05 - Psiquiatria 5 - Serviço de atenção psicossocial <<>> Atendimento psicossocial TRATAMENTO DE DEPENDENCIA DO ALCOOL EM SERVICO HOSPITALAR DE REFERENCIA PARA TRATAMENTO DE DEPENDENCIA DO ALCOOL EM SERVICO HOSPITALAR DE REFERENCIA PARA A ATENCAO INTEGRAL AOS USUARIOS DE ALCOOL E OUTRAS DROGAS (POR DIA) 5

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria SAS nº 312 de 05 de junho de 2008

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria SAS nº 312 de 05 de junho de 2008 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Portaria SAS nº 32 de 05 de junho de 2008 O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições e, Considerando a Portaria GM/MS n.º 32 de 08 de

Leia mais

Um código de origem (Tabela SIA ou SIH) gerando apenas um código novo.

Um código de origem (Tabela SIA ou SIH) gerando apenas um código novo. Grupo: 02 PROCEDIMENTOS COM FINALIDADE DIAGNOSTICA Tipo Cons. Pública Nome do Procedimento Origem: H 39004023 2329 BIOPSIA DO CORPO VERTEBRAL A CEU ABERTO Procedimento Novo: 0201010127 BIOPSIA DE CORPO

Leia mais

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA. Chamada Pública nº. 001/2014

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA. Chamada Pública nº. 001/2014 AVISO DE CHAMADA PÚBLICA Chamada Pública nº. 001/2014 O Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde SESACRE, de conformidade com o art. 24 da Lei 8.080/90 e fundamentado no caput do art.

Leia mais

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS. Relatório de Procedimento com Habilitação

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS. Relatório de Procedimento com Habilitação Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Relatório de Procedimento com Habilitação 24/01/2008 Pág:.1 Grupo: 02-PROCEDIMENTOS COM FINALIDADE DIAGNOSTICA Sub-Grupo: 01-COLETA DE MATERIAL 01-COLETA

Leia mais

PORTARIA N 2.488 DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições,

PORTARIA N 2.488 DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições, Página 1 de 6 PORTARIA N 2.488 DE 2 DE OUTUBRO DE 2007 O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições, Considerando a necessidade de promover a adequação de valores referentes aos procedimentos

Leia mais

Procedimento x CBO. 02.11.08.004-7 GASOMETRIA (APOS OXIGENIO A 100 DURANTE A DIFUSAO ALVEOLO-CAPILAR) 223151 - Médico pneumologista

Procedimento x CBO. 02.11.08.004-7 GASOMETRIA (APOS OXIGENIO A 100 DURANTE A DIFUSAO ALVEOLO-CAPILAR) 223151 - Médico pneumologista Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS 01.01.01.002-8 Procedimento x CBO ATIVIDADE EDUCATIVA / ORIENTACAO

Leia mais

DE_PROCEDIMENTO TP_ATEND TOTAL_SUS

DE_PROCEDIMENTO TP_ATEND TOTAL_SUS TP_ATEND CDPROC DE_PROCEDIMENTO QT TOTAL_SUS TOTAL_IVR 1 AIH 0201010011 AMNIOCENTESE 4 R$ 13,20 R$ 19,80 2 AIH 0201010046 BIOPSIA DE ANUS E CANAL ANAL 17 R$ 376,58 R$ 564,84 3 AIH 0201010062 BIOPSIA DE

Leia mais

Solicitações de Liberação - BLOQUEADAS Competência: 09/2015

Solicitações de Liberação - BLOQUEADAS Competência: 09/2015 Página: 1 ADEMIR QUERINO Nascimento: 02/02/1953 Especialidade: 03 AIH: 421510304139-1 Prontuário: 000000000 Internação: 10/08/2015 Saída: 10/08/2015 Proc. Solicitado:030307012-9 TRATAMENTO DE TRANSTORNOS

Leia mais

Lista de Tabulação CID-BR

Lista de Tabulação CID-BR Mortalidade CID-10 Lista de Tabulação CID-BR Esta classificação foi elaborada a partir da Lista de Tabulação da CID-BR-9, uma versão da Lista Básica de Tabulação da Classificação Internacional de Doenças

Leia mais

Mortalidade CID-10 Lista de Tabulação CID-BR

Mortalidade CID-10 Lista de Tabulação CID-BR Mortalidade CID-10 Lista de Tabulação CID-BR Esta classificação foi elaborada a partir da Lista de Tabulação da CID-BR-9, uma versão da Lista Básica de Tabulação da Classificação Internacional de Doenças

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 107.02.01.01 biópsia de pele e partes moles 39.02.01.01 Biópsia

Leia mais

Óbitos de menores de um ano 2000 2003 Porto Alegre

Óbitos de menores de um ano 2000 2003 Porto Alegre Óbitos de menores de um ano 2000 2003 Porto Alegre Tabela 1 - Distribuição dos óbitos infantis, segundo a classificação de evitabilidade, Porto Alegre, 1996/1999 ANOS ÓBITOS EVITÁVEIS 1996 1997 1998 1999

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO *PORTARIA Nº 3.409/GM, DE 05 DE AGOSTO DE 1998 *

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO *PORTARIA Nº 3.409/GM, DE 05 DE AGOSTO DE 1998 * MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO *PORTARIA Nº 3.409/GM, DE 05 DE AGOSTO DE 1998 * O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando: a) a importância de garantir o

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 33.02.01.01 biópsia do colo uterino 0.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 66.02.01.01 biópsia do colo uterino 4.02.01.01 Biópsia de

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 43.02.01.01 biópsia do colo uterino 1.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar:

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar: A cirurgia endovascular agrupa uma variedade de técnicas minimamente invasivas mediante as quais CIRURGIA ENDOVASCULAR = CIRURGIA SEM CORTES! Técnicas Minimamente Invasivas As técnicas de cirurgia endovascular

Leia mais

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011.

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011. Portaria 024/2011 Estabelece protocolos operacionais para a atividade de Regulação e Auditoria no âmbito do IPSEMG. A Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais, no

Leia mais

Programação Pactuada e Integrada Composição das especialidades e leitos hospitalares Alta Complexidade

Programação Pactuada e Integrada Composição das especialidades e leitos hospitalares Alta Complexidade Alta Complexidade AIDS / CLINICOS 0303180013 TRATAMENTO DE AFECÇÕES ASSOCIADAS AO HIV/AIDS 0303180030 TRATAMENTO DE AFECÇÕES DO APARELHO DIGESTIVO EM HIV/AIDS 0303180048 TRATAMENTO DE AFECÇÕES DO SISTEMA

Leia mais

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada SÅo Paulo, 20 de setembro de 2011 Protocolo: 0115/2011 Informo que a partir de 20/09/2011 alguns protocolos de atendimento da especialidade Cirurgia PlÑstica do Hospital das ClÖnicas foram desativados,

Leia mais

Prefeitura da Estãncia de Atibaia

Prefeitura da Estãncia de Atibaia Prefeitura da Estãncia de Atibaia 4 ANEXO I A5 a A9 Tuberculose Somente quando em tratamento 6 meses A30 Hanseníase Somente durante tratamento B24 Doença pelo Virus da Imunodeficiência Humana (HIV) Somente

Leia mais

As principais causas de morte em Portugal de 1990-1999

As principais causas de morte em Portugal de 1990-1999 As principais causas de morte em Portugal de 199-1999 Observatório Nacional de Saúde. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge Lisboa 3 1 Ficha Técnica Portugal. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo

Leia mais

TABELA UNIFICADA - REPUBLICAÇÃO

TABELA UNIFICADA - REPUBLICAÇÃO TABELA UNIFICADA - REPUBLICAÇÃO COD_PROC DSC_PROC TOTAL AMBULATORIAL VALOR SH VALOR SP TOTAL HOSPITALAR 201010011 AMNIOCENTESE 2,2 2,2 0 2,2 201010020 BIOPSIA / PUNCAO DE TUMOR SUPERFICIAL DA PELE 14,1

Leia mais

O mesmo código de origem (Tabelas SIA ou SIH) gerando mais de um código novo.

O mesmo código de origem (Tabelas SIA ou SIH) gerando mais de um código novo. Procedimento Origem: H 10001042 TERMOMETRIA SUPERFICIAL, C/ FORNO DE BIER(P/APLIC) 0302050019 6068 ATENDIMENTO FISIOTERAPEUTICO PRE E POS-OPERATORIO NAS DISFUNCOES 0302050035 6069 ATENDIMENTO FISIOTERAPEUTICO

Leia mais

10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS -

10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA PROGRAMA DA PROVA GERAL DO CONCURSO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 01- CLÍNICA MÉDICA Insuficiência

Leia mais

CATEGORIA DISPOSITIVO / Faixa Etária L CID MONOBLOCO O C. Idade mínima: 16 a O. Idade máxima: 50 a M O Ç Ã O ACIMA 90 KG

CATEGORIA DISPOSITIVO / Faixa Etária L CID MONOBLOCO O C. Idade mínima: 16 a O. Idade máxima: 50 a M O Ç Ã O ACIMA 90 KG CATEGRIA DISPSITIV / Faixa Etária L MNBLC C Idade mínima: 16 a Idade máxima: 50 a M Ç Ã ACIMA 90 KG Idade mínima: 20 a CID B91- Seqüelas de poliomielite. C412- Neoplasia maligna da coluna vertebral. C72-

Leia mais

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Dispõe sobre a duração e o conteúdo programático da Residência Médica de Cirurgia da Mão O PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA, no uso das

Leia mais

RECUPERAÇÃO DA CAUSA BÁSICA DA MORTE

RECUPERAÇÃO DA CAUSA BÁSICA DA MORTE RECUPERAÇÃO DA CAUSA BÁSICA DA MORTE A definição de causa básica por proposta da OMS desde a CID-6 é a seguinte: Causa básica da morte é (a) a doença ou lesão que iniciou uma sucessão de eventos e que

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 Diário Oficial da União; Poder Executivo, Brasília, DF, n. 81, 29 abr.2002. Seção 1, p. 265-66 Alterada pela Resolução CFM nº 1666/03 (Anexo II) O CONSELHO

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 Dispõe sobre convênio de reconhecimento de especialidades médicas firmado entre o Conselho Federal de Medicina CFM, a Associação

Leia mais

Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção

Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção Processo de Trabalho em saúde: Integralidade e Cuidado do 6º ou 7º Biossegurança no trabalho, aspectos legais, suas classificações

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Alergia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 DATA SALA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR 6/2/2015 102. D 13:15-14:10 Tratamento

Leia mais

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR Aulas teórica s Amb. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL 13:15 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 24/7/2015 Abdome Agudo

Leia mais

13º - AUDHOSP ANO 2014

13º - AUDHOSP ANO 2014 13º - AUDHOSP ANO 2014 PROCEDIMENTOS MÚLTIPLOS Mais de um procedimento principal em uma mesma AIH. VANDERLEI SOARES MOYA OBRIGATÓRIO O LANÇAMENTO DE PELO MENOS DOIS PROCEDIMENTOS PRINCIPAIS DIFERENTES

Leia mais

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny DATA hora AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR 25/10/2013 14:00-14:55 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 14:55-15:50 Abdome Agudo - perfurativo e vascular/hemorrágico Clínica

Leia mais

Ato Normativo PORTARIA Nº 511, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010

Ato Normativo PORTARIA Nº 511, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010 Ato Normativo PT SAS nº 511 Publicação DOU Diário Oficial da União Data: 27/09/2010 Data: 28/09/2010 PORTARIA Nº 511, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010 O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Declaração de Saúde. Nº de Registro da Operadora na ANS 312851. Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante:

Declaração de Saúde. Nº de Registro da Operadora na ANS 312851. Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante: Declaração de Saúde Nº de Registro da Operadora na ANS 312851 Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante: Contratante: Responsável Legal: Beneficiário: Para cada doença ou lesão listada abaixo, o declarante

Leia mais

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO 1 PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 A CIRCULAÇÃO EXTRACORPOREA NA CIRURGIA CARDÍACA BRASILEIRA: HISTÓRICO, AVANÇOS E DESAFIOS. 2 A DISSECÇÃO AÓRTICA E O TRATAMENTO ENDOVASCULAR 3 A IMPORTÂNCIA DA

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE:

O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE: PORTARIA N 42/MS/SAS DE 17 DE MARÇO DE 1994 O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE: 1. Estabelecer os procedimentos de Alta Complexidade da área de Ortopedia. constantes

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM NEFROLOGIA

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM NEFROLOGIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM NEFROLOGIA OBJETIVOS DO PROGRAMA Objetivo Geral Capacitar o profissional médico durante os dois anos de treinamento de conteúdo programático teórico e prático essenciais,

Leia mais

Código: ENFDIG Disciplina: DIDÁTICA GERAL Fase: 5ª Grade curricular: 2000 Pré-requisitos: Psicologia da Educação DESCRIÇÃO DO PROGRAMA:

Código: ENFDIG Disciplina: DIDÁTICA GERAL Fase: 5ª Grade curricular: 2000 Pré-requisitos: Psicologia da Educação DESCRIÇÃO DO PROGRAMA: 21cir FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecimento: Portaria nº 604, de 31 de maio de 1995 E-mail: denf@unir.br Campus Porto Velho/RO. BR 364,

Leia mais

Insuficiência cardíaca / Edema agudo de pulmão

Insuficiência cardíaca / Edema agudo de pulmão UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANA BEZERRA COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA PROCESSO SELETIVO PARA

Leia mais

COD_PROC DSC_PROC TOTAL AMBULATORIAL VALOR VALORTOTAL HOSPITALAR

COD_PROC DSC_PROC TOTAL AMBULATORIAL VALOR VALORTOTAL HOSPITALAR COD_PROC DSC_PROC TOTAL AMBULATORIAL VALOR VALORTOTAL HOSPITALAR SH SP 0201010011 AMNIOCENTESE 2,20 2,20 0,00 2,20 0201010020 BIOPSIA / PUNCAO DE TUMOR SUPERFICIAL DA PELE 14,10 0,00 0,00 0,00 0201010038

Leia mais

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO NOBEMBRO 2007 1 A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC) CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E CUSTO ELEVADO, PORTANTO

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA Código: ENFAEN2 Disciplina: ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM II (Enfermagem ao adulto e ao idoso em doenças tropicais) E ENFAENF (Administração em enfermagem I) Teoria: 60h Prática: 60h Teoria: 3 Prática: 3

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS O objetivo deste questionário é analisar as atividades

Leia mais

Atualizado em Março/2014.

Atualizado em Março/2014. ANEXO I PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER REGISTRADOS EM BPA INDIVIDUALIZADO DE ACORDO COM A PORTARIA Nº 380, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 Atualizado em Março/2014. CÓDIGO NOME 0201010062 BIOPSIA DE BEXIGA 0201010216

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 006 Médico - Anestesiologia

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional Diário Oficial Imprensa Nacional REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF DOU de 28/09/2010 seção 1 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 511, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2010 O Secretário

Leia mais

DECLARAÇÃO PESSOAL DE SAÚDE

DECLARAÇÃO PESSOAL DE SAÚDE 1 A presente declaração, deverá ser preenchida de próprio punho, pelo proponente, de forma clara e objetiva, respondendo SIM ou NÃO, conforme o caso. MUITO IMPORTANTE Chamamos a atenção de V.S.a. para

Leia mais

Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Integração e Regulação do Sistema

Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Integração e Regulação do Sistema PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE ANGIOGRAFIA RADIODIAGNÓSTICA GRUPO 13 SUBGRUPO DEZEMBRO 2007 1 A ANGIOGRAFIA RADIODIAGNÄSTICA CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E ALTO CUSTO, PORTANTO DEVE

Leia mais

Serviços de Saúde no Brasil e Articulação com a Indústria. José Carvalho de Noronha Secretário de Atenção à Saúde Ministério da Saúde

Serviços de Saúde no Brasil e Articulação com a Indústria. José Carvalho de Noronha Secretário de Atenção à Saúde Ministério da Saúde Serviços de Saúde no Brasil e Articulação com a Indústria José Carvalho de Noronha Secretário de Atenção à Saúde Ministério da Saúde Gastos em Saúde, Brasil, 2006 Gastos em Saúde, Brasil, 2006 (milhões

Leia mais

Temas para o Concurso de Residência Médica do Hospital Regional de Presidente Prudente I - Clínica Médica

Temas para o Concurso de Residência Médica do Hospital Regional de Presidente Prudente I - Clínica Médica Temas para o Concurso de Residência Médica do Hospital Regional de Presidente Prudente I - Clínica Médica 01 Demências; 02 Depressão; 03 Hipertensão Arterial Sistêmica Primária e Secundária; 04 Infecções

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 17.276, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta o inciso III do art. 8º da Lei Complementar nº 298, de 20 de dezembro de 2007, acrescido pela Lei Complementar nº 475, de 27 de novembro de 2014.

Leia mais

Declaração de Saúde. Nome do Proponente: Nome do Proponente:

Declaração de Saúde. Nome do Proponente: Nome do Proponente: Nº de Registro da Operadora na ANS - 41656-8 Nº de Registro do Produto - 435451016 Nome do Proponente a Participante Titular ou Responsável Legal (no caso de menor ou incapaz): INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 DO 9-E, de 12/1/01 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria SAS/MS nº 224, de

Leia mais

Medicina de Urgência e Cuidados intensivos 500horas/aula

Medicina de Urgência e Cuidados intensivos 500horas/aula Introdução à Medicina Veterinária Intensiva Introdução à Medicina Veterinária Intensiva Medicina Baseada em Evidências Estatística Biomédica e Metodologia do Ensino Índices Prognósticos Arquitetura Hospitalar

Leia mais

Comissão Examinadora do Título Superior em Anestesiologia

Comissão Examinadora do Título Superior em Anestesiologia Rua Professor Alfredo Gomes, 36 - Botafogo - Rio de Janeiro/RJ - CEP 22251-080 Tel: (21) 2537-8100 Fax: (21) 2537-8188 Portal: http://www.sba.com.br E-Mail: sba2000@openlink.com.br Departamento de Anestesiologia

Leia mais

PORTARIA No- 845, DE 2 DE MAIO DE 2012

PORTARIA No- 845, DE 2 DE MAIO DE 2012 PORTARIA No- 845, DE 2 DE MAIO DE 2012 Estabelece estratégia de qualificação e ampliação do acesso aos transplantes de órgãos sólidos e de medula óssea, por meio da criação de novos procedimentos e de

Leia mais

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Prezado (a) Associado (a) Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Somos uma Operadora de Planos de Saúde constituída fundamentalmente por hospitais e centros médicos que, preocupados com a qualidade,

Leia mais

GRADE CIENTÍFICA DIA 06/11/2014 - QUINTA-FEIRA (1º DIA) HORÁRIOS Anfiteatro 1 Anfiteatro 2 Teatro

GRADE CIENTÍFICA DIA 06/11/2014 - QUINTA-FEIRA (1º DIA) HORÁRIOS Anfiteatro 1 Anfiteatro 2 Teatro 08:30-09:00 ATUALIZAÇÃO EM NEUROCIRURGIA E NEUROCIÊNCIAS: 70 ANOS DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS GRADE CIENTÍFICA DIA 06/11/2014 - QUINTA-FEIRA (1º DIA) 1. Possibilidades futuras das intervenções neurocirúrgicas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 802 Médico Alergia e

Leia mais

Programa de Formação do Internato Complementar de Medicina Interna aprovado pelo Colégio

Programa de Formação do Internato Complementar de Medicina Interna aprovado pelo Colégio Programa de Formação do Internato Complementar de Medicina Interna aprovado pelo Colégio 1 Duração do internato 60 meses. 2 Definição e âmbito: 2.1 A Medicina Interna ocupa-se da prevenção, diagnóstico

Leia mais

AIH - BLOQUEADAS Competência: 06/2011

AIH - BLOQUEADAS Competência: 06/2011 26/07/2011 20:02:58 Página: 1 ABNER VELOSO LOPES Nascimento: 27/08/1966 Especialidade: 05 AIH: 331110318265-1 Prontuário: 000000034 Diag. Principal:F20.0 - Esquizofrenia paranóide Internação: 06/06/2011

Leia mais

DIAGNÓSTICO DAS LOMBALGIAS. Luiza Helena Ribeiro Disciplina de Reumatologia UNIFESP- EPM

DIAGNÓSTICO DAS LOMBALGIAS. Luiza Helena Ribeiro Disciplina de Reumatologia UNIFESP- EPM DIAGNÓSTICO DAS LOMBALGIAS Luiza Helena Ribeiro Disciplina de Reumatologia UNIFESP- EPM LOMBALGIA EPIDEMIOLOGIA 65-80% da população, em alguma fase da vida, terá dor nas costas. 30-50% das queixas reumáticas

Leia mais

1. CANDIDATURA A UM DESEJO

1. CANDIDATURA A UM DESEJO 1. CANDIDATURA A UM DESEJO Dados da criança: (dd/mmm/aaaa i.e. 01Jan2000) Nome: Sexo: Masculino Feminino Doença: Data de Nascimento: Telefone: Morada actual: Idade: Desejo da Criança: Língua-materna: Já

Leia mais

Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 *****

Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 ***** Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 ***** Ementa: Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM n.º 1.634/2002, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192)

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Página 1 de 17 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.666/2003, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES.

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES. MAPA AUDITÓRIO ÓPERA DE ARAME (200 LUGARES) DOMINGO 02 DE AGOSTO DE 2015. 8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:00 8:15 TEMA LIVRE SELECIONADO. 8:15 8:30 TEMA LIVRE SELECIONADO.

Leia mais

PORTARIA Nº 2.600, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 [...] ANEXO VI NORMAS PARA AUTORIZAÇÃO DE EQUIPES ESPECIALIZADAS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

PORTARIA Nº 2.600, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 [...] ANEXO VI NORMAS PARA AUTORIZAÇÃO DE EQUIPES ESPECIALIZADAS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE PORTARIA Nº 2.600, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 Aprova o Regulamento Técnico do Sistema Nacional de Transplantes. [...] ANEXO VI NORMAS PARA AUTORIZAÇÃO DE EQUIPES ESPECIALIZADAS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

Leia mais

CARTA DE ORIENTAÇÃO AO BENEFICIÁRIO

CARTA DE ORIENTAÇÃO AO BENEFICIÁRIO Prezado (a) Beneficiário (a), CARTA DE ORIENTAÇÃO AO BENEFICIÁRIO A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), instituição que regula as atividades das operadoras de planos privados de assistência à

Leia mais

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS -> Grupo: 01-ACOES DE PROMOCAO E PREVENCAO EM SAUDE -> Sub-Grupo: 01-ACOES COLETIVAS/INDIVIDUAIS EM SAUDE -> F.O. : 01-EDUCACAO EM SAUDE -> F.O. : 02-SAUDE

Leia mais

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Ministério da Saúde Sistema Único de Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Grupo: 05 - TRANSPLANTES DE ORGAOS, TECIDOS E CELULAS Sub-Grupo: - COLETA E EXAMES PARA FINS DE DOACAO DE ORGAOS,

Leia mais

Procedimentos Novos no Rol em Consulta Pública - termos técnicos e traduções

Procedimentos Novos no Rol em Consulta Pública - termos técnicos e traduções Procedimentos Novos no Rol em Consulta Pública - termos técnicos e traduções 1 CONSULTA COM FISIOTERAPEUTA consulta realizada com fisioterapeuta para diagnosticar as alterações do desempenho funcional,

Leia mais

Anhanguera - Uniderp

Anhanguera - Uniderp Anhanguera - Uniderp CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA A SELEÇÃO DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICO- VETERINÁRIA - PRMV R1 / TURMA 2012 ÁREA DE CLÍNICA E CIRURGIA DE PEQUENOS ANIMAIS 1. Terapêutica Clínica Geral

Leia mais

PROGRAMA PARA FORMAÇÃO DE CLÍNICOS

PROGRAMA PARA FORMAÇÃO DE CLÍNICOS A PROGRAMA BÁSICO TEÓRICO PROGRAMA PARA FORMAÇÃO DE CLÍNICOS Abdome agudo Abordagem neurológca da fraqueza AIDS (SIDA) Anemias Antibióticos Arritmias cardíacas Asma Auto-imunidade e doenças imunológicas

Leia mais

Conhecimentos em Clínica Médica.

Conhecimentos em Clínica Médica. ANEXO II PROGRAMAS DA PROVA ESCRITA s com Acesso Direto Acupuntura Anestesiologia Cirurgia Geral Dermatologia Infectologia Medicina da Família e Comunidade Medicina Nuclear Neurocirurgia Neurologia Conhecimentos

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA LORENA SP Curso: Enfermagem Disciplina: Enfermagem na Saúde do Adulto Ano letivo 2011 Série 4º Carga Horária Total 270 h/a T 54 h/a P 216 h/a Professor: Jorge de Souza

Leia mais

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Ministério da Saúde Sistema Único de Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Grupo: 05 - TRANSPLANTES DE ORGAOS, TECIDOS E CELULAS Sub-Grupo: - COLETA E EXAMES PARA FINS DE DOACAO DE ORGAOS,

Leia mais

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental).

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). 1 de 9 ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). CARGO PERFIL PRÉ REQUISITO NÍVEL SUPERIOR Administrador Curso Superior

Leia mais

Resolução CNRM Nº 17/2004, de 20 de Dezembro de 2004

Resolução CNRM Nº 17/2004, de 20 de Dezembro de 2004 Resolução CNRM Nº 17/2004, de 20 de Dezembro de 2004 Dispõe sobre a duração e conteúdo do Programa de Residência Médica de Neurocirurgia. O Presidente da Comissão Nacional de Residência Médica no uso das

Leia mais

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO MARÇO 04/03 Teórica Noções em Geriatria e Gerontologia - Histórico - Temas básicos: saúde, autonomia, independência, incapacidade e fragilidade - Epidemiologia do envelhecimento - Papel do cuidador - Qualidade

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 176/2002

PORTARIA NORMATIVA N 176/2002 PORTARIA NORMATIVA N 176/2002 O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE GOIÁS- IPASGO, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Art. 1 - Regulamentar o atendimento

Leia mais

PROCEDIMENTOS HOSPITAL-DIA

PROCEDIMENTOS HOSPITAL-DIA PROCEDIMENTOS HOSPITAL-DIA PROCEDIMENTO PERM. DESCRIÇÃO PORTE 39.03.010-5 HD VARIZES - TRAT. CIRUR. UNIL. 1 MEMBRO 3 39.03.011-3 HD VARIZES - TRAT. CIRUR. BILAR. 2 MEMBRO 5 41.13.001-4 HD EXERESE CISTO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL SUB- PATOLOGIA GERAL E ORAL Estomatologia Métodos de Diagnóstico I e II Processos Patológicos PROGRAMA SUGERIDO (PROVA ESCRITA / DIDÁTICA / PRÁTICA) - TEMAS 1. Cistos dos maxilares. 2. Neoplasias benignas

Leia mais

210 RX Periapical R$ 7,00 220 RX Bite-Wing (Interproximal) R$ 7,00 310 RX Oclusal R$ 14,00 300-490 - 3 URGÊNCIAS/EMERGÊNCIAS ODONTOLÓGICAS

210 RX Periapical R$ 7,00 220 RX Bite-Wing (Interproximal) R$ 7,00 310 RX Oclusal R$ 14,00 300-490 - 3 URGÊNCIAS/EMERGÊNCIAS ODONTOLÓGICAS 1 - DIAGNÓSTICO 100-490 110 Consulta Inicial (Exame Clínico e Orçamento) (VALID. 6 meses) R$ 45,00 120 Urgência odontológica R$ 45,00 130 Exame histopatológico*** (somente clínicas especializadas) ***

Leia mais

Como Indicar (bem) Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM)

Como Indicar (bem) Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM) Como Indicar (bem) Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM) Dra. Luciana Baptista Artigo originalmente publicado no caderno Application do Jornal Interação Diagnóstica n.01, abril/maio

Leia mais

05-TRANSPLANTES DE ORGAOS, TECIDOS E CELULAS

05-TRANSPLANTES DE ORGAOS, TECIDOS E CELULAS 05-TRANSPLANTES DE ORGAOS, TECIDOS E CELULAS Grupo: Sub-Grupo: 05-TRANSPLANTES DE ORGAOS, TECIDOS E CELULAS 01-EXAMES LABORATORIAIS PARA IDENTIFICACAO DE DOADOR E RECEPTOR DE CELULAS-TRONCO HEMATOPOETICAS

Leia mais

EstudoDirigido Exercícios de Fixação Doenças Vasculares TCE Hipertensão Intracraniana Hidrocefalia Meningite

EstudoDirigido Exercícios de Fixação Doenças Vasculares TCE Hipertensão Intracraniana Hidrocefalia Meningite EstudoDirigido Exercícios de Fixação Doenças Vasculares TCE Hipertensão Intracraniana Hidrocefalia Meningite SOMENTE SERÃO ACEITOS OS ESTUDOS DIRIGIDOS COMPLETOS, MANUSCRITOS, NA DATA DA PROVA TERÁ O VALOR

Leia mais

PACIENTES AGUARDANDO CIRURGIA UROLOGIA

PACIENTES AGUARDANDO CIRURGIA UROLOGIA PACIENTES AGUARDANDO CIRURGIA UROLOGIA NA 1 24/03/2009 RTU DE PRÓSTATA 898-002-372-489-358 2 19/05/2009 RTU DE PRÓSTATA 201-020-664-630-007 3 06/07/2009 RTU DE PRÓSTATA 4 06/07/2009 RTU DE PRÓSTATA 206-277-959-480-001

Leia mais

RESOLUÇÃO CIB Nº 265/2012

RESOLUÇÃO CIB Nº 265/2012 RESOLUÇÃO CIB Nº 265/2012 Aprova a Tabela de Valores Diferenciados da Tabela Unificada do SUS para Procedimentos Cirúrgicos Eletivos referentes à Portaria GM/MS Nº 1.340 de 29 de junho de 2012, no âmbito

Leia mais

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 28 de Fevereiro

Leia mais

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS

Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Ministério da Saúde Sistema Único de Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS Grupo: 03 PROCEDIMENTOS CLINICOS SubGrupo: 01 CONSULTAS / ATENDIMENTOS / ACOMPANHAMENTOS Forma de Organização:

Leia mais

Protocolo para Transfusão de Hemocomponentes em Crianças Grupo Hospitalar Conceição - Hospital da Criança Conceição.

Protocolo para Transfusão de Hemocomponentes em Crianças Grupo Hospitalar Conceição - Hospital da Criança Conceição. Protocolo para Transfusão de Hemocomponentes em Crianças Grupo Hospitalar Conceição - Hospital da Criança Conceição. 1. Introdução: Atualmente, a transfusão de hemocomponentes é considerado um procedimento

Leia mais

03- GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

03- GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA 01- CLÍNICA MÉDICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA PROGRAMA DA PROVA GERAL DO CONCURSO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2010 - Edema Agudo

Leia mais

E-mail. Se empresário, funcionário público ou comenrciante, informe o ramo de atividade:

E-mail. Se empresário, funcionário público ou comenrciante, informe o ramo de atividade: Declaração Pessoal de Saúde Informe o prazo de financiamento (em meses) Informe a profissão / atividade Se empresário, funcionário público ou comenrciante, informe o ramo de atividade: Encontra-se em plena

Leia mais