Sinto-me honrada por estar na Escola Superior de. Agricultura Luiz de Queiroz nesse momento festivo, de posse

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sinto-me honrada por estar na Escola Superior de. Agricultura Luiz de Queiroz nesse momento festivo, de posse"

Transcrição

1 Discurso da Profa. Dra. Suely Vilela na Posse do Prof. Dr. Antonio Roque Dechen, na função de Diretor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) Sinto-me honrada por estar na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz nesse momento festivo, de posse do professor Antonio Roque Dechen, na função de diretor dessa Escola. Cumprimento os professores Ricardo Victoria Filho e Fábio Poggiani, que, por seu alto nível acadêmico, também fizeram parte da lista tríplice para a escolha do diretor. Agradeço a dedicação do professor José Roberto Postali Parra, que não mediu esforços para cumprir, com sucesso, os objetivos traçados para sua gestão, e pela efetiva colaboração em comissões da administração da Reitoria. Professor Parra cumprimento-o pela sua gestão e inestimável colaboração.

2 2 Perto de completar 106 anos, orgulha-nos o fato de a ESALQ se constituir em patrimônio nacional e referência internacional pela alta qualidade das suas pesquisas e dos seus cursos. É também um marco histórico da nossa arquitetura, como reconheceu recentemente o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo ao tombar, após uma espera de 23 anos, a sede da escola. Lembro que a ESALQ surgiu graças ao sonho de Luiz de Queiroz e do empenho de um grupo de pioneiros, cientes, à época, da importância da criação de um centro de formação integral de engenheiros agrônomos. Foram visionários porque procuraram desenvolver e incorporar novas tecnologias ao desenvolvimento da produção agropecuária do País.

3 3 Não é exagero dizer que o número expressivo de profissionais formados até aqui por esta Casa constitui-se em um dos principais fatores do vigoroso desenvolvimento da produção agropecuária nacional e do agronegócio em geral nas últimas décadas. A presença relevante desses profissionais se faz notar na atuação em empresas líderes do setor, em centros de pesquisa e universidades, na pesquisa básica e aplicada de ponta e nos intercâmbios internacionais. É por essa razão que estou convicta da posição honrosa que esta Escola sempre ocupará nos anais da história do desenvolvimento econômico e social do Estado de São Paulo e do País.

4 4 Aliando tradição com inovação, e sintonizada com as profundas transformações sociais e econômicas pelas quais o Brasil e o Mundo têm passado nos últimos anos, é preciso ressaltar que a ESALQ foi ampliando os seus campos de atuação. Ela conta hoje com seis cursos de graduação engenharia agronômica, engenharia florestal, ciências econômicas, ciências dos alimentos, gestão ambiental e ciências biológicas -, os quais, juntos, têm mais de alunos. Sua contribuição na formação de recursos humanos pósgraduados de excelência é inconteste e responde pela geração de conhecimentos que têm produzido diversos impactos positivos em suas respectivas áreas.

5 5 Saliento, também, a importância dos programas de educação continuada mantidos pela ESALQ em diversas áreas, como ecologia, biotecnologia, gerenciamento e gestão, que ajudam a alimentar, ainda mais, a grande interlocução que a Escola tem com a sociedade, contribuindo, por meio da educação, com o aprimoramento de profissionais capazes de gerar mudanças qualitativas significativas. Em um ambiente voltado para o ensino e a pesquisa de qualidade, professores, alunos e funcionários desempenham essas atividades em uma área de mais de hectares, formada por esse campus e pelas estações experimentais de Anhembi, Anhumas e Itatinga, o que corresponde a mais de 50% da área total da USP.

6 6 Muito nos orgulha o fato de a ESALQ ter sido escolhida para sediar o Pólo Nacional de Biocombustíveis, um centro voltado para o trabalho em redes, baseado em parcerias com diferentes esferas governamentais e o setor privado. Saliento o caráter principal desse Pólo como o de aprimoramento de novas tecnologias para a produção de biocombustíveis e a formação de recursos humanos especializados, fundamentais para a manutenção e a expansão da posição de liderança brasileira na área. Quero ressaltar que todos esses resultados têm sido obtidos graças ao empenho de gerações de professores, funcionários e alunos. Grupos diversos dedicados ao ensino, pesquisa e extensão se debruçam cotidianamente sobre os mais variados temas, a maioria de vanguarda.

7 7 Manter as atividades da Escola e ampliar suas diferentes frentes de atuação, em sintonia com as transformações atuais e novas demandas sociais, são os grandes desafios a serem enfrentados pelo novo diretor. O professor Dechen reúne as credenciais necessárias para vencê-los. Formado em engenharia agronômica por esta Casa, com mestrado e doutorado também concluídos na Esalq, especialista em solos e nutrição de plantas, há 25 anos vem se dedicando, na USP, às atividades de ensino, pesquisa e extensão. Entre as várias distinções que recebeu, destaca-se a eleição como Agrônomo do Ano de 2006 pela Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo, o que muito honra nossa Instituição.

8 Aliada à sua dedicação à vida acadêmica, a experiência acumulada no exercício de diversos cargos administrativos, entre eles o de vice-diretor desta Escola, será fundamental para o sucesso de sua gestão. 8 Estou certa de que poderei contar com o empenho do professor Dechen e de sua equipe na tarefa de prover à Esalq as condições necessárias para dar passos cada vez mais largos, em sintonia com os propósitos delineados para a nossa Universidade, no que encontrará, de minha parte, ampla ressonância. Agradeço ao corpo docente, funcionários e alunos da Escola, responsáveis pela excelência alcançada e pelos novos frutos que, certamente, serão colhidos no futuro. Desejo, a todos, sucesso na nova gestão! Muito obrigada! Suely Vilela

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA 2010 APRESENTAÇÃO Os programas das Áreas de Concentração foram

Leia mais

COMISSÃO JULGADORA. Possui graduação (1973), mestrado (1979) e doutorado (1983) em Odontologia pela

COMISSÃO JULGADORA. Possui graduação (1973), mestrado (1979) e doutorado (1983) em Odontologia pela COMISSÃO JULGADORA PROF. DR. PAULO VILLELA SANTOS JUNIOR Unidade: Faculdade de Odontologia Campus: São José dos Campos Função: Assessor Técnico de Gabinete PRAd Fone: 11.5627.0550 Email: villela@reitoria.unesp.br

Leia mais

ONCOLOGIA ORTOPÉDICA

ONCOLOGIA ORTOPÉDICA Programa de Capacitação Profissional ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Comissão de Residência Médica COREME A.C.CAMARGO CANCER CENTER O sonho do Prof. Dr. Antônio Prudente de oferecer assistência integrada a pacientes

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO. Nº de Vaga

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO. Nº de Vaga CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO Analista de Informática II - Graduação de Nível Superior na área de Informática CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA - FACULDADE DE ENGENHARIA Assistente

Leia mais

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO ANIMAL

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO ANIMAL UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO ANIMAL CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA 2013 APRESENTAÇÃO Os programas das Áreas de Concentração

Leia mais

S e j a B e m - V i n d o à U f a m

S e j a B e m - V i n d o à U f a m Seja Bem-Vindo à U f a m Dados Gerais Breve histórico A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) é uma instituição pública de ensino superior que oferece, por meio do ensino, pesquisa e extensão, cursos

Leia mais

CGEE. Mestres e Doutores Estudos da demografia da base técnico-científica brasileira. Brasília, 2016

CGEE. Mestres e Doutores Estudos da demografia da base técnico-científica brasileira. Brasília, 2016 ANAIS DA 68ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - PORTO SEGURO - BA - JULHO/2016 CGEE. Mestres e Doutores 2015. Estudos da demografia da base técnico-científica brasileira. Brasília, 2016 O livro Mestres e Doutores

Leia mais

DISCURSO DO PRESIDENTE DA CNI, ROBSON BRAGA DE ANDRADE, NA SOLENIDADE DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA SENAI DE APOIO À

DISCURSO DO PRESIDENTE DA CNI, ROBSON BRAGA DE ANDRADE, NA SOLENIDADE DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA SENAI DE APOIO À 1 DISCURSO DO PRESIDENTE DA CNI, ROBSON BRAGA DE ANDRADE, NA SOLENIDADE DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA SENAI DE APOIO À COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA, EM 13.04.2012. Excelentíssima senhora presidenta

Leia mais

Programa de Aperfeiçoamento ONCOLOGIA ORTOPÉDICA. Comissão de Residência Médica COREME

Programa de Aperfeiçoamento ONCOLOGIA ORTOPÉDICA. Comissão de Residência Médica COREME Comissão de Residência Médica COREME A.C.CAMARGO CANCER CENTER O sonho do Prof. Dr. Antônio Prudente de oferecer assistência integrada a pacientes com câncer, formar profissionais especialistas e disseminar

Leia mais

Programa de Doutoramento em Gestão, Liderança e Políticas no Sector Agroalimentar

Programa de Doutoramento em Gestão, Liderança e Políticas no Sector Agroalimentar Programa de Doutoramento em Gestão, Liderança e Políticas no Sector Agroalimentar Workshop Colaboração entre Moçambique e Portugal nos Sectores Agrícola, Alimentar e Florestal, Maputo, 2 de Junho 2015

Leia mais

Magnífica Reitora da Universidade de São Paulo, Professora Doutora Suely Vilela;

Magnífica Reitora da Universidade de São Paulo, Professora Doutora Suely Vilela; Discurso proferido pelo Professor Antonio Roque Dechen na cerimônia de posse como Diretor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, em 16 de janeiro de 2007. Magnífica Reitora da Universidade

Leia mais

INDICADORES DO SEMINÁRIO

INDICADORES DO SEMINÁRIO 1. Informações quantitativas INDICADORES DO SEMINÁRIO O objetivo deste trabalho é apresentar em números informações a respeito do II Seminário Nacional da Rede Brasileira do Bambu RBB, cujos dados surpreenderam

Leia mais

50 anos antecipando o futuro

50 anos antecipando o futuro Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia 50 anos antecipando o futuro A COPPE INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA NASCEU DISPOSTA A

Leia mais

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM AGROINDÚSTRIA, ALIMENTOS E NUTRIÇÃO

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM AGROINDÚSTRIA, ALIMENTOS E NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM AGROINDÚSTRIA, ALIMENTOS E NUTRIÇÃO CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA 2013 2 APRESENTAÇÃO Os programas das

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2015 DE 11 DE AGOSTO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 02/2015 DE 11 DE AGOSTO DE 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Pró-Reitoria de Extensão PROEX RESOLUÇÃO Nº 02/2015 DE 11 DE AGOSTO DE 2015 Regulamenta o funcionamento da Estação Ecológica da UFMG e aprova seu Regimento Interno

Leia mais

GESTÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL

GESTÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EMENTA GESTÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL DISCIPLINA: Educação Ambiental EMENTA: Educação ambiental no contexto histórico do desenvolvimento da sociedade capitalista. História contemporânea da questão ambiental.

Leia mais

CONSTRUINDO O FUTURO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI. Diamantina, agosto de 2009.

CONSTRUINDO O FUTURO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI. Diamantina, agosto de 2009. CONSTRUINDO O FUTURO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Diamantina, agosto de 2009. Até 2013 UFVJM estará entre as melhores instituições de ensino superior do Brasil... B SITUAÇÃO

Leia mais

O processo de criação de um Centro de Educação a Distância. Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP

O processo de criação de um Centro de Educação a Distância. Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP O processo de criação de um Centro de Educação a Distância Profa. Dra. Vani Moreira Kenski e Equipe NEAD/CEAD/UMESP Planejamento Integrado Gestão de mudança Suporte às Atividades Fim Instituição Vontade

Leia mais

DIRETRIZES METAS INDICADORES DIRETRIZES

DIRETRIZES METAS INDICADORES DIRETRIZES As IFES são produtoras naturais de conteúdos para informação leiga nas várias áreas do conhecimento. As mídias de comunicação e divulgação institucional devem incluir as TV s universitárias das IFES em

Leia mais

Proposta de Gestão do Prof. Joei Saade Candidato a Diretor Geral do IFSP - Câmpus Guarulhos

Proposta de Gestão do Prof. Joei Saade Candidato a Diretor Geral do IFSP - Câmpus Guarulhos JoelSaade Proposta de Gestão do Prof. Joei Saade Candidato a Diretor Geral do IFSP - Câmpus Guarulhos Guarulhos Agosto/2016 1. introdução Este documento reflete a Proposta de Gestão, conforme exigência

Leia mais

Dr. João Esmeraldo da Silva FORMAÇÃO DE MÃO DE OBRA EM GESTÃO DE ATIVOS

Dr. João Esmeraldo da Silva FORMAÇÃO DE MÃO DE OBRA EM GESTÃO DE ATIVOS Dr. João Esmeraldo da Silva FORMAÇÃO DE MÃO DE OBRA EM GESTÃO DE ATIVOS FORMAR MÃO DE OBRA EM GESTÃO DE ATIVOS PARA QUÊ PORQUE O TEMPO NÃO PARA! FORMAR MÃO DE OBRA EM GESTÃO DE ATIVOS PORQUE... Não basta

Leia mais

- PRÊMIOS DA ESALQ. Com o objetivo de dar maior divulgação à existência de Prêmios, transcrevemos abaixo as normas em vigor. ENGENHARIA AGRONÔMICA

- PRÊMIOS DA ESALQ. Com o objetivo de dar maior divulgação à existência de Prêmios, transcrevemos abaixo as normas em vigor. ENGENHARIA AGRONÔMICA - PRÊMIOS DA ESALQ Os prêmios instituídos por ex-professores e por intuições ligadas às disciplinas e respectivas atividades profissionais são outorgados na Sessão Solene de Colação de Grau, aos formandos

Leia mais

MATRIZ DE CONHECIMENTO PROFISSIONAL. J.O. Menten, P.F. Kreyci, M.C. Alves

MATRIZ DE CONHECIMENTO PROFISSIONAL. J.O. Menten, P.F. Kreyci, M.C. Alves MATRIZ DE CONHECIMENTO PROFISSIONAL J.O. Menten, P.F. Kreyci, M.C. Alves OUTUBRO/ 2012 ATRIBUIÇÕES PROFISSIONAIS ATIVIDADES MATRIZ DE CONHECIMENTO PROFISSIONAL Introdução MATRIZ DE CONHECIMENTO PROFISSIONAL

Leia mais

Contato e Mais Informações 5

Contato e Mais Informações 5 Grupo SEMATRON 2 Dia da Engenharia 3 Taxa de Participação 4 Contato e Mais Informações 5 MISSÃO Promover o intercâmbio de conhecimento através de eventos acadêmicos de excelência, que conectem pessoas,

Leia mais

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Análise e Desenvolvimento de Sistemas Universidade Federal do Rio Grande do Norte Análise e Desenvolvimento de Sistemas Mostra de Profissões 2015 Modalidades de Graduação Bacharelado Voltado ao mercado de trabalho em geral Licenciatura Para

Leia mais

Audiovisual / Artes do vídeo / Campo das Artes / Experiência com manipulação sonora desejada

Audiovisual / Artes do vídeo / Campo das Artes / Experiência com manipulação sonora desejada Concurso Docente 07 LISTA DE MATÉRIAS E VAGAS, POR CAMPUS E UNIDADES ACADÊMICAS Unids. Univ. Matéria Perfil e Titulação DE Performance, Imagem e Vídeo / Práticas artísticas / Campo das Artes Cinema e Criação

Leia mais

ENGENHEIRO AGRÔNOMO: ATRIBUIÇÕES, FORMAÇÃO, PERFIL PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO

ENGENHEIRO AGRÔNOMO: ATRIBUIÇÕES, FORMAÇÃO, PERFIL PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO ENGENHEIRO AGRÔNOMO: ATRIBUIÇÕES, FORMAÇÃO, PERFIL PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO 0110113 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA AGRONÔMICA PIRACICABA 22/02/2016 ATRIBUIÇÕES Biológicas (23%) 1. Biologia Geral 2.

Leia mais

REGULAMENTO DOS GRUPOS DE PESQUISA

REGULAMENTO DOS GRUPOS DE PESQUISA REGULAMENTO DOS GRUPOS DE PESQUISA CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este REGULAMENTO rege a natureza, finalidade, composição, normas e disciplina, dos grupos de pesquisa da FACULDADE

Leia mais

Plano de Estudos do 2º Ciclo (Mestrado) em Engenharia Agronómica

Plano de Estudos do 2º Ciclo (Mestrado) em Engenharia Agronómica Plano de Estudos do 2º Ciclo (Mestrado) em Engenharia Agronómica O plano de estudos do Mestrado em Engenharia Agronómica contempla sete áreas de especialização: Agro-Pecuária Biotecnologia e Melhoramento

Leia mais

I. AVALIAÇÃO DO TRABALHO E DO EVENTO (MÁXIMO 10,0 PONTOS)

I. AVALIAÇÃO DO TRABALHO E DO EVENTO (MÁXIMO 10,0 PONTOS) ANEXO V CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A nota final (NF) será dada pela média aritmética da nota de cada uma das alíneas do 1º, Art. 11 o, conforme os critérios estabelecidos nas tabelas apresentadas neste documento.

Leia mais

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA. PROJETO DE LEI N o 5.969, DE 2005 I - RELATÓRIO II - VOTO DO RELATOR

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA. PROJETO DE LEI N o 5.969, DE 2005 I - RELATÓRIO II - VOTO DO RELATOR COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA PROJETO DE LEI N o 5.969, DE 2005 Autoriza o Poder Executivo a transformar o Campus Universitário de Rondonópolis da Universidade Federal de Mato Grosso (CUR-UFMT) em Universidade

Leia mais

Bragança 3041 Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior Agrária de Bragança

Bragança 3041 Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior Agrária de Bragança Bragança 3041 Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior Agrária de Bragança L029 Biologia e Biotecnologia L016 Ciência e Tecnologia Alimentar L009 Ciências Florestais e Recursos Naturais 9085

Leia mais

HORIZONTE O Novo Programa-Quadro da UE para Pesquisa e Inovação Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação

HORIZONTE O Novo Programa-Quadro da UE para Pesquisa e Inovação Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação HORIZONTE 2020 O Novo Programa-Quadro da UE para Pesquisa e Inovação 2014-2020 Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação A União Europeia (UE) é a principal potência econômica mundial UE é

Leia mais

A atuação profissional do graduado em Biotecnologia.

A atuação profissional do graduado em Biotecnologia. A atuação profissional do graduado em Biotecnologia. Com ênfases especialmente fortes em e Celular, e Bioinformática, o profissional em Biotecnologia formado pela UFRGS irá ocupar uma ampla lacuna existente

Leia mais

Iniciação Científica e Pesquisa na Educação Básica e Graduação: Desafios e Oportunidades

Iniciação Científica e Pesquisa na Educação Básica e Graduação: Desafios e Oportunidades BRAFITEC- 2017 Iniciação Científica e Pesquisa na Educação Básica e Graduação: Desafios e Oportunidades Profa. Dra. Adriana Maria Tonini Diretora de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais MISSÃO

Leia mais

Insper Direito Cursos de Curta e Média Duração Acompanhando o mercado jurídico moderno e inovando nos focos setorial e multidisciplinar

Insper Direito Cursos de Curta e Média Duração Acompanhando o mercado jurídico moderno e inovando nos focos setorial e multidisciplinar 1 Porque Insper Direito Cursos de Curta e Média Duração A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais com habilidades multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diversas

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina da

Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina da estudios Universidade de São Paulo Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo PROLAM/USP Maria Cristina Cacciamali Professora Titular da Faculdade de Economia,

Leia mais

ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq

ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq GRUPOS DE PESQUISA: DEFINIÇÃO E CRITÉRIOS ESTABELECIDOS PELA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA PROPe/UNESP a) Definição

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 036/2004-COU/UNICENTRO O JURAMENTO DOS FORMANDOS DO CURSO DE PSICOLOGIA ESTÁ ALTERADO PELA RESOLUÇÃO Nº 8/2016-

RESOLUÇÃO Nº 036/2004-COU/UNICENTRO O JURAMENTO DOS FORMANDOS DO CURSO DE PSICOLOGIA ESTÁ ALTERADO PELA RESOLUÇÃO Nº 8/2016- RESOLUÇÃO Nº 036/2004-COU/UNICENTRO O JURAMENTO DOS FORMANDOS DO CURSO DE PSICOLOGIA ESTÁ ALTERADO PELA RESOLUÇÃO Nº 8/2016- O JURAMENTO DOS FORMANDOS DO CURSO DE FARMÁCIA ESTÁ ALTERADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico

O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico 1 Do começo aos dias de hoje A história do Grupo Ibmec Criação e Desenvolvimento Nasce o Ibmec-RJ, como Instituto para Pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ. Proposta de Parceria. Piracicaba SP

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ. Proposta de Parceria. Piracicaba SP UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Proposta de Parceria Piracicaba SP Esalq Jr. Consultoria A ESALQ Jr. Consultoria é uma associação formada e gerida por alunos da

Leia mais

Coordenação de Pesquisa Relatório de Atividades de Pesquisa ( ) do Instituto Federal de Minas Gerais Campus Ouro Branco

Coordenação de Pesquisa Relatório de Atividades de Pesquisa ( ) do Instituto Federal de Minas Gerais Campus Ouro Branco Coordenação de Pesquisa Relatório de Atividades de Pesquisa (2013-2017) do Instituto Federal de Minas Gerais Campus Ouro Branco Elaborado Por Leandro Elias Morais Março 2017 SUMÁRIO Página 1 INTRODUÇÃO...

Leia mais

PAE: monitoria ou estágio supervisionado em docência?

PAE: monitoria ou estágio supervisionado em docência? PAE: monitoria ou estágio supervisionado em docência? Professora Beatriz Appezzato da Glória Representante do campus Luiz de Queiroz na Comissão Central do PAE _ 1993, por iniciativa da Professora Myriam

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA QUÍMICA Campus: MACAÉ SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Química da Universidade Estácio de Sá, campus Macaé, tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

MELHOR GRADUAÇÃO PRIVADA DO BRASIL 2º MELHOR UNIVERSIDADE PRIVADA DO BRASIL

MELHOR GRADUAÇÃO PRIVADA DO BRASIL 2º MELHOR UNIVERSIDADE PRIVADA DO BRASIL MELHOR GRADUAÇÃO PRIVADA DO BRASIL 2º MELHOR UNIVERSIDADE PRIVADA DO BRASIL IGC MEC/2014 Uma universidade de excelência acadêmica e em busca da internacionalização Aos 47 anos, a Unisinos está entre as

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARÉ

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARÉ ANEXO I CARGOS ÁREA DE ATUAÇÃO MODALIDADE DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS ATRIBUIÇÕES PA Educação Infantil; Anos iniciais (EMEFs, PROVER (Unidocentes e Pluridocentes), EJA - 1º segmento EMEIEFs - Educação Infantil

Leia mais

Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS

Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS Campus Universitário de Cuiabá Bacharelados em: Direito; Filosofia; Sociologia; Antropologia; História; Geografia; Ciências Sociais; Ciências FILOSOFIA - Políticas; Teologia;

Leia mais

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE FACULDADES FACER CERES, JARAGUÁ E RUBIATABA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 2017/1

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE FACULDADES FACER CERES, JARAGUÁ E RUBIATABA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 2017/1 SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE FACULDADES FACER CERES, JARAGUÁ E RUBIATABA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 207/ De 22 de novembro a 9 de dezembro CRONOGRAMA Inscrições Data prevista:

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DE PESQUISA CLÍNICA NO BRASIL

PLANO DE AÇÃO DE PESQUISA CLÍNICA NO BRASIL PLANO DE AÇÃO DE PESQUISA CLÍNICA NO BRASIL Ministério da Saúde - MS Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - SCTIE Departamento de Ciência e Tecnologia - Decit Coordenação de Pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Fundada em 1934, a USP é uma universidade pública, mantida pelos impostos da sociedade do Estado de São Paulo 28% da produção científica

Leia mais

O contributo da ESAC para a formação no âmbito do uso sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos. Maria José Cunha

O contributo da ESAC para a formação no âmbito do uso sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos. Maria José Cunha 20-03-2014 1 O contributo da ESAC para a formação no âmbito do uso sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos Maria José Cunha 20-03-2014 2 ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE COIMBRA MISSÃO Formar profissionais

Leia mais

Treinamento RLM Corte 2014

Treinamento RLM Corte 2014 Treinamento RLM Corte 2014 Campo Grande - MS 12 e 13 de Novembro de 2014 Patrocinador Introdução Desenvolvido na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" ESALQ, USP, Piracicaba, este software formula

Leia mais

REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota. (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003)

REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota. (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003) REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003) A seguir estão definidos os critérios para avaliação e

Leia mais

Discurso de condecoração de Cavaleiro da ordem nacional. do mérito agrícola a Sr. Jacyr Costa Filho. Diretor da divisão Brasil do grupo Tereos

Discurso de condecoração de Cavaleiro da ordem nacional. do mérito agrícola a Sr. Jacyr Costa Filho. Diretor da divisão Brasil do grupo Tereos Discurso de condecoração de Cavaleiro da ordem nacional do mérito agrícola a Sr. Jacyr Costa Filho Diretor da divisão Brasil do grupo Tereos e Presidente do CA de Guarani Brasília, 8 de junho de 2016 Senhor

Leia mais

A COLOCAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOUTORES EGRESSOS DO PRODERNA ITEC/UFPA 1. Resumo

A COLOCAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOUTORES EGRESSOS DO PRODERNA ITEC/UFPA 1. Resumo A COLOCAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOUTORES EGRESSOS DO PRODERNA ITEC/UFPA 1 Autor: Genilda Teixeira Pereira Amaral 2 Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação Universidade Federal do Pará - UFPA (E-mail:

Leia mais

EDITAL 003/16 - FAPESQ/CAPES

EDITAL 003/16 - FAPESQ/CAPES EDITAL 003/16 - FAPESQ/CAPES A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da FAPESQ, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) em conformidade com o cronograma de

Leia mais

Apresentação Institucional. Engenharia de Infraestrutura

Apresentação Institucional. Engenharia de Infraestrutura Apresentação Institucional Engenharia de Infraestrutura Líder de Mercado em Engenharia de Infraestrutura 24 anos de atuação, desenvolvendo projetos nas áreas de: Transporte e Mobilidade Desenvolvimento

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA DOCENTE TITULAÇÃO FORMAÇÃO 1. Alessandro de Magalhães Arantes Doutor Graduação: Engenharia Agronômica, 1994, UNEB-Famesf; Mestrado: Ciência

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: Introdução a Agronomia Código da Disciplina: AGR 152. Semestre de oferta da disciplina: 1 período

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: Introdução a Agronomia Código da Disciplina: AGR 152. Semestre de oferta da disciplina: 1 período PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Introdução a Agronomia Código da Disciplina: AGR 152 Curso: Agronomia Semestre de oferta da disciplina: 1 período Faculdade responsável: Agronomia Programa em vigência

Leia mais

Mestrados e doutorado da Unimontes ganham destaque na avaliação trienal da Capes/MEC

Mestrados e doutorado da Unimontes ganham destaque na avaliação trienal da Capes/MEC Foi divulgada nessa terça-feira (10/12), a avaliação dos programas de mestrados e doutorados brasileiros, realizada a cada três anos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes),

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. ISSN 1678-9644 Dezembro, 2008 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 228 Perfil da Pesquisa Agropecuária Voltada

Leia mais

4ª Reunião de Ministros de Agricultura e do Desenvolvimento Agrário do BRICS. DISCURSO DA MINISTRA KÁTIA ABREU Brasília, 13 de março de 2015

4ª Reunião de Ministros de Agricultura e do Desenvolvimento Agrário do BRICS. DISCURSO DA MINISTRA KÁTIA ABREU Brasília, 13 de março de 2015 4ª Reunião de Ministros de Agricultura e do Desenvolvimento Agrário do BRICS DISCURSO DA MINISTRA KÁTIA ABREU Brasília, 13 de março de 2015 Excelentíssimo Senhor Ilya Shestakov, Vice-Ministro da Agricultura

Leia mais

Engenharia Ambiental Escola Politécnica da USP. Dennis Nakamura Penúltimo ano

Engenharia Ambiental Escola Politécnica da USP. Dennis Nakamura Penúltimo ano Engenharia Ambiental Escola Politécnica da USP Dennis Nakamura Penúltimo ano Quem sou: Dennis Nakamura Penúltimo ano na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Três estágios em consultorias ambientais;

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/TERCEIRO MILÊNIO*

PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/TERCEIRO MILÊNIO* PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/TERCEIRO MILÊNIO* Victória Secaf** * Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem da USP - 1995 ** Professor Doutor da Escola de Enfermagem

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 11029 1000 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Certificação

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 11029 1000 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual

Leia mais

Nova sede da Escola de Contas do TCM é entregue por Edif

Nova sede da Escola de Contas do TCM é entregue por Edif Nova sede da Escola de Contas do TCM é entregue por Edif O presidente do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, Edson Simões, e o conselheiro Eurípedes Sales vistoriaram, nesta sexta-feira (30/9),

Leia mais

O curso de Mestrado e Doutorado envolvem as seguintes áreas de concentração:

O curso de Mestrado e Doutorado envolvem as seguintes áreas de concentração: O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC) da UFPE tem como objetivo básico a formação de recursos humanos de alto nível para desempenhar papel significativo no desenvolvimento auto-sustentado

Leia mais

NORMAS PARA A SEGUNDA ETAPA DO PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2º/SEMESTRE/2014 MAIO/2014

NORMAS PARA A SEGUNDA ETAPA DO PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2º/SEMESTRE/2014 MAIO/2014 Av. Pádua Dias, 11 Caixa Postal 9 CEP: 13418-9 Piracicaba, SP Brasil NORMAS PARA A SEGUNDA ETAPA DO PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2º/SEMESTRE/214 I. DISPOSIÇÕES GERAIS MAIO/214 a) A abertura do processo

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Discurso de posse do Prof. Dr. Sebastião de Sousa Almeida, na função de Diretor da FFCLRP-USP - 18/08/2008 Profa. Dra. Suely Vilela, Magnífica Reitora da Universidade de São Paulo, em nome de quem cumprimento

Leia mais

HIDROVIA TOCANTINS-ARAGUAIA: IMPORTÂNCIA E IMPACTOS ECONÔMICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS SEGUNDO A PERCEPÇÃO DOS AGENTES ECONÔMICOS LOCAIS

HIDROVIA TOCANTINS-ARAGUAIA: IMPORTÂNCIA E IMPACTOS ECONÔMICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS SEGUNDO A PERCEPÇÃO DOS AGENTES ECONÔMICOS LOCAIS HIDROVIA TOCANTINS-ARAGUAIA: IMPORTÂNCIA E IMPACTOS ECONÔMICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS SEGUNDO A PERCEPÇÃO DOS AGENTES ECONÔMICOS LOCAIS ALIVINIO DE ALMEIDA Tese apresentada à Escola Superior de Agricultura

Leia mais

10 SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM LOGÍSTICA AGROINDUSTRIAL RECURSOS HUMANOS E AGRONEGÓCIO: QUAL PAPEL PARA O PROFISSIONAL DE LOGÍSTICA?

10 SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM LOGÍSTICA AGROINDUSTRIAL RECURSOS HUMANOS E AGRONEGÓCIO: QUAL PAPEL PARA O PROFISSIONAL DE LOGÍSTICA? 10 SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM LOGÍSTICA AGROINDUSTRIAL RECURSOS HUMANOS E AGRONEGÓCIO: QUAL PAPEL PARA O PROFISSIONAL DE LOGÍSTICA? Mário Otávio Batalha GEPAI DEP - Piracicaba março/2013 AGRONEGÓCIO: O

Leia mais

A Questão Ambiental PETER BERNSTEIN (1996) Direito Ambiental

A Questão Ambiental PETER BERNSTEIN (1996) Direito Ambiental Prof. Dr. Thiago Leite Engenheiro Florestal (UnB-DF) Mestrado em Ciências Ambientais e Florestais com ênfase em Educação Ambiental (UnB-DF) Doutorado em Ciências Florestais com ênfase em Agroecologia (UnB-DF)

Leia mais

... cont. Dec. 78/ DECIDE. estabelecer as seguintes NORMAS PARA GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS VINCULADOS À PÓS-GRADUAÇÃO:

... cont. Dec. 78/ DECIDE. estabelecer as seguintes NORMAS PARA GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS VINCULADOS À PÓS-GRADUAÇÃO: DECISÃO Nº 78/2003 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em sessão de 16.05.2003, de acordo com o constante no processo nº 23078.009650/02-11 e na proposta da Comissão Especial Decisão nº 119/2001 e tendo em vista

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 11/2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 11/2011 CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 11/2011 Regulamenta o Centro de Ciências da UFJF e dá outras providências. O Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora, no uso de suas atribuições, tendo

Leia mais

Proposta Pedagógica Institucional da UFOB. Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico da UFOB

Proposta Pedagógica Institucional da UFOB. Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico da UFOB Proposta Pedagógica Institucional da UFOB Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico da UFOB UNIVERSIDADE PÚBLICA Instituição social de formação humana e profissional que, por meio de um conjunto

Leia mais

4 Perfil do Quadro de Servidores

4 Perfil do Quadro de Servidores 4 Perfil do Quadro de Servidores 4.1 Servidores Docentes O quadro de servidores docentes do IFRO é composto por Professores do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico regidos pela Lei nº 8.112/90 e Lei nº

Leia mais

CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO

CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO OBJETIVOS DO CURSO Objetivos Gerais O objetivo geral do Curso de Arquitetura e Urbanismo é propiciar ao aluno o desenvolvimento de habilidades e competências com sólida base

Leia mais

Universidade de Coimbra. Faculdade de Ciências e Tecnologia. Departamento de Engenharia Química (DEQ / FCTUC)

Universidade de Coimbra. Faculdade de Ciências e Tecnologia. Departamento de Engenharia Química (DEQ / FCTUC) Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências e Tecnologia Departamento de Engenharia Química (DEQ / FCTUC) Dia Aberto à Inovação e Transferência de Tecnologia DEQ, 4 de Abril de 2006 Licenciatura em Engenharia

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO DIRETOR

QUESTIONÁRIO DO DIRETOR QUESTIONÁRIO DO DIRETOR Caro Diretor(a): este questionário faz parte de uma importante pesquisa sobre a educação nosso estado o SPAECE. O objetivo principal é conhecer os Gestores, suas práticas de gestão

Leia mais

Sebrae, parceiro dos pequenos negócios

Sebrae, parceiro dos pequenos negócios Sebrae, parceiro dos pequenos negócios O Sebrae existe para apoiar os pequenos negócios no Paraná e no Brasil Cenário das micro e pequenas empresas no Brasil Representam 95% dos estabelecimentos formais

Leia mais

Programa Iberoamericano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Proposta de Ação Estratégica para a Convocatória 2017

Programa Iberoamericano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Proposta de Ação Estratégica para a Convocatória 2017 Programa Iberoamericano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Proposta de Ação Estratégica para a Convocatória 2017 Área de Energia: Utilização de na Produção de Combustíveis de Transporte 1 ÁREA

Leia mais

PROGRAMA BOAS PRÁTICAS: POLÍTICA DE GESTÃO DOCUMENTAL CPAD/TRT13

PROGRAMA BOAS PRÁTICAS: POLÍTICA DE GESTÃO DOCUMENTAL CPAD/TRT13 PROGRAMA BOAS PRÁTICAS: POLÍTICA DE GESTÃO DOCUMENTAL CPAD/TRT13 A utilidade dos processos trabalhistas na pesquisa acadêmica. Raimundo Normando Madeiro Monteiro Comissão Permanente de Avaliação de Documentos

Leia mais

Comunicado à imprensa

Comunicado à imprensa Comunicado à imprensa 1- Imprescindível. 2- Civiciti. 3- Pablo Sarrias, CEO da Civiciti. 4- Contexto: processos participativos e democracia eletrônica. 1. Imprescindível Civiciti é uma plataforma de participação

Leia mais

Fundação Luís Eduardo Magalhães Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração Pública

Fundação Luís Eduardo Magalhães Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração Pública Fundação Luís Eduardo Magalhães Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração Pública Compromisso com o novo A Fundação Luís Eduardo Magalhães tem o compromisso de estimular o desenvolvimento

Leia mais

Título do projeto: AQUISIÇÃO DE LIVROS PARA A BIBLIOTECA DA FISMA/FCAA

Título do projeto: AQUISIÇÃO DE LIVROS PARA A BIBLIOTECA DA FISMA/FCAA RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PESQUISA Projeto Agrisus n : 1803/16 Título do projeto: AQUISIÇÃO DE LIVROS PARA A BIBLIOTECA DA FISMA/FCAA Interessado (Coordenador do Projeto): Leandro Barradas Pereira, Engenheiro

Leia mais

A Experiência do Escritório de Processos UFRGS Gabriela Musse Branco

A Experiência do Escritório de Processos UFRGS Gabriela Musse Branco A Experiência do Escritório de Processos UFRGS Gabriela Musse Branco Diretora do Escritório de Processos da UFRGS A UFRGS Negócio: Conhecimento Autarquia pertencente à administração indireta do Executivo

Leia mais

ANEXO I QUADRO VAGAS CARREIRA DE PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO PROFESSOR EBTT CLASSE/NÍVEL D101

ANEXO I QUADRO VAGAS CARREIRA DE PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO PROFESSOR EBTT CLASSE/NÍVEL D101 Área de Conhecimento/ Regime de Trabalho/ Jornada de Trabalho MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Habilitação exigida para investidura no cargo ANEXO I QUADRO VAGAS Número de Vagas Número máximo de classificados AC¹

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE EDUCAÇÂO TUTORIAL - PET EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTOR(A) DO GRUPO PET BIOLOGIA EDITAL Nº 01/2017 A PROGRAD divulga, pelo presente

Leia mais

ANEXO VI PORTARIA CONJUNTA SAD/UPE Nº 70, DE 03 DE JULHO DE 2012 TABELA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS E DE CURRÍCULO. Títulos Acadêmicos

ANEXO VI PORTARIA CONJUNTA SAD/UPE Nº 70, DE 03 DE JULHO DE 2012 TABELA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS E DE CURRÍCULO. Títulos Acadêmicos 1 ANEXO VI PORTARIA CONJUNTA SAD/UPE Nº 70, DE 03 DE JULHO DE 2012 TABELA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS E DE CURRÍCULO Julgamento dos Títulos e do Currículo. Essa prova tem peso 02 (dois). Pontuação

Leia mais

Cidade de Prova - 01 ARACATUBA. Cidade de Prova - 02 ARARAQUARA. Universidade Estadual Paulista - UNESP Mobilidade Funcional - Várias Funções

Cidade de Prova - 01 ARACATUBA. Cidade de Prova - 02 ARARAQUARA. Universidade Estadual Paulista - UNESP Mobilidade Funcional - Várias Funções VNSP0 Cidade de Prova - 0 ARACATUBA 00-008 - Assistente Operacional II (Área de atuação: Reparação Geral) - Faculdade de Odontologia - Câmpus de Araçatuba 5 006-0 - Assistente Administrativo II - IBILCE

Leia mais

4.4 MATRIZ CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

4.4 MATRIZ CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA 4.4 MATRIZ CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA 1º PERÍODO Carga Horária Horas/ Calculo Diferencial e Integral 70 10 80 4 Básica Obrigatória - Química I 40 20 60 3 Básica Obrigatória

Leia mais

Projeto Gauss Investimos em Educação

Projeto Gauss Investimos em Educação Projeto Gauss Investimos em Educação Quem somos O Projeto Gauss é uma associação privada sem fins lucrativos, criada por ex-alunos da Universidade de São Paulo, que, desde 2015, ostenta o título de Organização

Leia mais

EDITAL 01/2016 CREDENCIAMENTO DE DOCENTES

EDITAL 01/2016 CREDENCIAMENTO DE DOCENTES UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS (MESTRADO) UEPB / Embrapa Algodão EDITAL 01/2016 CREDENCIAMENTO DE DOCENTES 1. PREÂMBULO

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI (versão preliminar)

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI (versão preliminar) VII Encontro de Avaliação Institucional da USP Plano de Desenvolvimento Institucional PDI 2012-2017 (versão preliminar) Comissão Permanente de Avaliação - CPA Helio Nogueira da Cruz SP, 16 de agosto de

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL N.º 217, de 21 de Dezembro de 2016

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL N.º 217, de 21 de Dezembro de 2016 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL N.º 217, de 21 de Dezembro de 2016 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL IFFluminense, no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital

Leia mais

Credenciamento do curso de Pós-Graduação em Enfermagem,em nível de Mestrado.

Credenciamento do curso de Pós-Graduação em Enfermagem,em nível de Mestrado. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UF PB ASSUNTO: Credenciamento do curso de Pós-Graduação em Enfermagem,em nível de Mestrado. RELATOR:

Leia mais

CARTA DO RIO DE JANEIRO SOBRE O PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1

CARTA DO RIO DE JANEIRO SOBRE O PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1 CARTA DO RIO DE JANEIRO SOBRE O PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1 1. CONSIDERANDO que a ciência exerce grande influência no desenvolvimento da sociedade, possibilitando transformações no nosso

Leia mais

EMPRESAS JUNIORES: RELAÇÃO INSTITUCIONAL E REGULAMENTAÇÃO

EMPRESAS JUNIORES: RELAÇÃO INSTITUCIONAL E REGULAMENTAÇÃO EMPRESAS JUNIORES: RELAÇÃO INSTITUCIONAL E REGULAMENTAÇÃO NÚCLEO DE EXTENSÃO UFSCar-EMPRESA COORDENADORA: PROFa. Dra. MARTA CRISTINA MARJOTTA-MAISTRO As ações do Núcleo de Extensão UFSCar-Empresa - Orientadas

Leia mais

Nota à Imprensa 015/2014

Nota à Imprensa 015/2014 Nota à Imprensa 015/2014 Data: 06.06.14 Veículo: Jornal Estado de São Paulo Pauta: expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica Repórter: Guilherme Soares Dias Telefones:

Leia mais