Nº João Pessoa, quinta-feira, 24 de abril de 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nº 13.003 João Pessoa, quinta-feira, 24 de abril de 2008"

Transcrição

1 1 Nº João Pessoa, quinta-feira, 24 de abril de 2008 Preço R$ 2,00 ATOS DO GABINETE DA PRESIDÊNCIA ATO DA PRESIDÊNCIA Nº 11/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍ- BA, no uso de suas atribuições legais, resolve I - Determinar que o expediente em todas as unidades do Poder Judiciário do Estado da Paraíba, nas datas abaixo relacionadas, se desenvolva da seguinte forma: :00 às 18:00 h; FERI- ADO; Ponto Facultativo; :00 às 18:00 h; FERIADO; Ponto Facultativo. II Determinar a todos os dirigentes de órgãos da estrutura administrativa do Tribunal de Justiça, inclusive às Diretorias de Fóruns, que adotem rigoroso controle dos horários de entrada e saída do pessoal sob sua subordinação, de forma a evitar prejuízos para prestação jurisdicional e assegurar a compensação decorrente da permuta dos dias e pelo expediente dos dias e Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, quarta-feira, 23 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 575/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar a Excelentíssima Senhora Doutora ÉRICA TATIANA SOARES AMARAL FREITAS, Juíza de Direito do 8º Juizado Substituto da Comarca da Capital, para, no período de 23 a , responder, cumulativamente, pelo expediente da 13ª Vara Cível da mesma Unidade Judiciária, em virtude do afastamento justificado do titular. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 576/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolvedesignar a Excelentíssima Senhora Doutora ANA AMÉLIA AN- DRADE ALECRIM CÂMARA, Juíza de Direito do 15ª Juizado Substituto da Comarca da Capital, para, no período de 22 a , responder, cumulativamente, pelo expediente da 6ª Vara de Família da mesma Unidade Judiciária, em virtude do afastamento justificado do titular. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 578/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar o Excelentíssimo Senhor Doutor ANTÔNIO REGINAL- DO NUNES, Juiz de Direito da 4ª Vara de Família da Comarca de Campina Grande, para, no período de 22 a , cumulativamente, exercer jurisdição, como Juiz Auxiliar na 8ª Vara Cível da mesma Unidade Judiciária. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 579/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar o Excelentíssimo Senhor Doutor ALBERTO QUARES- MA, Juiz de Direito do 5º Juizado Substituto da Comarca de Campina Grande, para, nesta data, responder, cumulativamente, pelo expediente da 1ª Vara de Família da mesma Unidade Judiciária, em virtude do afastamento justificado da titular. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice- Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 580/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARA- ÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar a Excelentíssima Senhora Doutora ISRAELA CLÁUDIA DA SILVA PONTES ASEVEDO, Juíza de Direito da 3ª Vara da Comarca de Guarabira, para, no período de a , responder, cumulativamente, pelo expediente da Unidade Judiciária de Pirpirituba em virtude do afastamento justificado da titular que ingressou em gozo de licença maternidade. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 581/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar o Excelentíssimo Senhor Doutor CLÁUDIO PINTO LO- PES, Juiz de Direito do 1º Juizado Substituto da Comarca de Campina Grande, para, nesta data, responder, cumulativamente, pelo expediente da 1ª Vara Criminal da mesma Unidade Judiciária, em virtude do afastamento justificado da titular. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice- Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 582/ O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARA- ÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar o Excelentíssimo Senhor Doutor SÉRGIO MOU- RA MARTINS, Juiz de Direito do 3º Juizado Substituto da Comarca da Capital, para, no período de 23 a , responder, cumulativamente, pelo expediente da 11ª Vara Cível da mesma unidade judiciária, em virtude do afastamento justificado do titular.gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terçafeira, 22 de abril de 2008.Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 585/2008. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar o Excelentíssimo Senhor Doutor GUSTAVO PESSOA TAVA- RES DE LYRA, Juiz de Direito da 2ª Vara da Comarca de Guarabira, para, no período de 22 a , responder, cumulativamente, pelo expediente da Diretoria do Fórum e 1ª Vara da mesma Unidade judiciária, em virtude do afastamento justificado do titular. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, terça-feira, 22 de abril de Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho. Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GRAPE Nº586/ O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve exonerar, a pedido, FABIANO GONÇALVES DA SILVA, do cargo, em comissão, de Chefe de Gabinete, Símbolo PJ- CTJ-104, do Quadro de Pessoal da Secretaria deste Tribunal. GABINETE DA PRESIDÊNCIA DO TRIBU- NAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 23 de abril de Desembargador GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GRAPE Nº587/ O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve nomear JULIANA PAIVA BANDEIRA MENDONÇA, para exercer, em comissão, o cargo de Chefe de Gabinete, Símbolo PJ-CTJ-104, do Quadro de Pessoal da Secretaria deste TribunaL, com exercício junto ao Gabinete do Desembargador Arnóbio Alves Teodósio. GA- BINETE DA PRESIDÊNCIA DO TRIBUNAL DE JUS- TIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 23 de abril de Desembargador GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GRAPE Nº588/ O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve exonerar, a pedido, GUILHERME ALMEIDA DE MOURA, do cargo, em comissão, de Assessor de Gabinete, Símbolo PJ-CTJ-109, do Quadro de Pessoal da Secretaria deste Tribunal. GABINETE DA PRESIDÊNCIA DO TRI- BUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 23 de abril de Desembargador GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GRAPE Nº589/ O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve nomear ANA PATRÍCIA COSTA LIMA, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor de Gabinete, Símbolo PJ-CTJ-109, do Quadro de Pessoal da Secretaria deste TribunaL, com exercício junto ao Gabinete do Desembargador Arnóbio Alves Teodósio. GABINETE DA PRESIDÊNCIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ES- TADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 23 de abril de Desembargador GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº590/ O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais, resolve designar a servidora CLAUDIA ANGELICA FONSECA DE AN- DRADE, matrícula , para prestar serviços junto ao Gabinete do Desembargador Arnóbio Alves Teodósio. GABINETE DA PRESIDÊNCIA DO TRIBU- NAL DE JUSTIÇA, em João Pessoa, 23 de abril de Desembargador GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 591/ O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições legais, resolve designar a Excelentíssima Senhora Doutora SILSE MARIA DA NÓBREGA TÔR- RES, Juíza de Direito Substituta, em exercício na 4ª Vara Criminal da Comarca da Capital, para, nesta data, responder, cumulativamente, pelo expediente da 6ª Vara Criminal da mesma Unidade Judiciária, em virtude do afastamento justificado do titular.gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, quarta-feira, 23 de abril de 2008.Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 592/ O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições legais, resolve designar a Excelentíssima Senhora Doutora SILMARY ALVES DE QUEI- ROGA VITA, Juíza de Direito do 4º Juizado Substituto da Comarca da Capital, para, nesta data, responder, cumulativamente, pelo expediente da 8ª Vara da Fazenda Pública da mesma Unidade Judiciária.Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, quarta-feira, 23 de abril de 2008.Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 593/ O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições legais, resolve designar o Excelentíssimo Senhor Doutor ALBERTO QUARESMA, Juiz de Direito do 5º Juizado Substituto da Comarca de Campina Grande, para, no período de 23 a , responder, cumulativamente, pelo expediente da 1ª Vara de Família da mesma Unidade Judiciária, em virtude do afastamento justificado da titular.gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, quarta-feira, 23 de abril de 2008.Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho - Vice-Presidente no exercício da Presidência PORTARIA GAPRE Nº 595/ O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, no uso de suas atribuições legais, resolve designar a Excelentíssima Senhora Doutora AYLZIA FABIANA BORGES CARRILHO, Juíza de Direito do 2º Juizado Substituto da Comarca de Campina Grande, para, no período 22 a , atuar como Juíza Auxiliar, na 2ª Vara da Fazenda Pública da mesma Unidade Judiciária. Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em João Pessoa, quarta-feira, 23 de abril de 2008.Desembargador Genésio Gomes Pereira Filho - Vice-Presidente no exercício da Presidência Presidente: Des. Antônio de Pádua Lima Montenegro Vice-Presidente: Des. Genésio Gomes Pereira Filho Corregedor-Geral da Justiça: Des. Júlio Paulo Neto Secretário-Geral: Bel. Robson de Lima Cananéa PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL Des. Manoel Soares Monteiro (Presidente) Des. José Di Lorenzo Serpa SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque (Presidente) Desª. Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti Desª Maria das Neves do Egito de Araújo Duda Ferreira TERCEIRA CÂMARA CÍVEL Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides (Presidente) Des. Genésio Gomes Pereira Filho Des. Márcio Murilo da Cunha Ramos QUARTA CÂMARA CÍVEL Des. Jorge Ribeiro Nóbrega (Presidente) Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos CÂMARA CRIMINAL Des. Joás de Brito Pereira Filho (Presidente) Des. Nilo Luiz Ramalho Vieira Des. Antônio Carlos Coêlho da Franca Des. Leôncio Teixeira Câmara Des. Arnóbio Alves Teodósio CONSELHO DA MAGISTRATURA Des. Antônio de Pádua Lima Montenegro (Presidente) Des. Genésio Gomes Pereira Filho (Vice-Presidente) Des. Júlio Paulo Neto (Corregedor-Geral) Des. Manoel Soares Monteiro Des. Antônio Carlos Coêlho da Franca Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides SUPLENTES Des. Leôncio Teixeira Câmara Des. José Di Lorenzo Serpa Des. Joás de Brito Pereira Filho TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA Praça João Pessoa, s/n - CEP João Pessoa-PB - Fone: (83) Internet:

2 2 EXTRATO - TERMOS ADITIVOS - PROCESSO ADMI- NISTRATIVO Nº e PARTES: Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba e Adailton Marinho Alves e outros.- OBJETO: Prorrogação do lapso contratual por mais 90 (noventa) dias, a partir de 29/03/2008 até 26/06/ INSTRUMENTO: Termos Aditivos nº 03 aos Contratos nº 40-56/2007; 58-61/2007; /2007; /2007; / 2007; /2007; /2007; / 2007; /2007; 159/2007; /2007; /2007; /2007; /2007; /2007; /2007; /2007; / 2007; /2007; 258/2007; /2007; / DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Unidade Orçamentária ; Função 02; Subfunção 122; Programa 5046; Projeto/Atividade Manutenção de Serviços Administrativos; Natureza da Despesa Contratação por tempo determinado; Fonte de Recurso 00.- João Pessoa, 28 de março de DES. ANTONIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. EXTRATO DE CONTRATO Nº 45/ PARTES: Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba e Claudia Silvestre de Vasconcelos.- OBJETO: Contratação de agente de segurança pelo prazo de 90 (noventa) dias, a partir de 31/03/2008 até 28/06/ INSTRUMEN- TO: Contrato nº 45/ VALOR: R$500,00 (quinhentos reais) mensais.- DOTAÇÃO ORÇAMENTÁ- RIA: Unidade Orçamentária ; Função 02; Subfunção 122; Programa 5046; Projeto/Atividade Manutenção de Serviços Administrativos; Natureza da Despesa Contratação por tempo determinado; Fonte de Recurso 00.- João Pessoa, 31 de março de DES. ANTONIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. EXTRATO DE CONTRATO Nº 41/ PARTES: Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba e Gutenberg Macedo de Castro.- OBJETO: Contratação de agente de segurança pelo prazo de 90 (noventa) dias, a partir de 31/ 03/2008 até 28/06/ INSTRUMENTO: Contrato nº 41/ VALOR: R$500,00 (quinhentos reais) mensais.- DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Unidade Orçamentária ; Função 02; Subfunção 122; Programa 5046; Projeto/Atividade Manutenção de Serviços Administrativos; Natureza da Despesa Contratação por tempo determinado; Fonte de Recurso 00.- João Pessoa, 31 de março de DES. ANTONIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRAÇA JOÃO PESSOA, S/N FONE: (83) CEP: JOÃO PESSOA-PB site: Coordenadoria de Comunicação Social do Poder Judiciário Evandro da Nóbrega Chefia de Publicações Oficiais Martinho José Pereira Sampaio GOVERNO DO ESTADO Administração: Cássio Cunha Lima SECRETARIA DO ESTADO DA COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL A UNIÃO SUPERINTENDÊNCIA DE IMPRENSA E EDITORA BR KM 03 - DISTRITO INDUSTRIAL JOÃO PESSOA-PB - CEP SUPERINTENDENTE JOSÉ ITAMAR DA ROCHA CÂNDIDO DIRETOR TÉCNICO GEOVALDO CARVALHO DIRETOR ADMINISTRATIVO RONALDO SÉRGIO GUERRA DOMINONI DIRETOR DE OPERAÇÕES FRED KENNEDY DE ALMEIDA MENEZES EDITOR: WALTER DE SOUZA FONE: ASSINATURA: (083) ANUAL: R$ 400,00 SEMESTRAL: R$ 200,00 NÚMERO ATRASADO: R$ 3,00 FONE: AVISO AOS ASSINANTES Para melhor agilização e eficácia das providências, as reclamações só serão aceitas até 24 horas após publicação. EXTRATO DO CONTRATO Nº 016/ PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº PARTES: TRIBU- NAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA E JA- CKSONVILE LUNA DA SILVA. - INSTRUMENTO: Extrato de Contrato nº 016/ OBJETO: Prestação de serviços de segurança pelo contratado, admitido pelo regime da Lei nº 5.391/91. - DOTAÇÃO ORÇA- MENTÁRIA Unidade Orçamentária ; Função - 02 Subfunção 122; Programa 5046; Projeto/ Atividade 4216 Manutenção de Serviços Administrativos; Natureza da Despesa Contratação por Tempo Determinado; Fonte de Recurso 00.- VALOR: R$500,00 (quinhentos reais) mensais. - PRA- ZO: De 11/03/2008 até 26/06/ João Pessoa, 11 de março de DES. ANTÔNIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO - Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba. ATOS DA SECRETARIA GERAL PORTARIA SECGER Nº 296/ O SECRETÁRIO GERAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta do processo nº , resolve admitir, por delegação, como Estagiária sem ônus, a acadêmica do curso de Direito CAROLINA JOB DA SILVEIRA, para prestar expediente de uma carga horária de 20(vinte) horas semanais junto ao Fórum Criminal da Comarca da Capital. TRIBUNAL DE JUSTIÇA, em João Pessoa, 17 de abril de ROBSON DE LIMA CANANÉA - SECRETÁRIO-GERAL PORTARIA SECGER Nº298/ O SECRETÁRIO GERAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta do processo nº resolve admitir, por delegação, como Estagiário sem ônus, o acadêmico do curso de Direito MARCOS BARBOSA DA SILVA, para prestar expediente de uma carga horária de 20 (vinte) horas semanais junto ao Fórum Criminal Comarca da Capital. TRIBUNAL DE JUSTI- ÇA, em João Pessoa, 18 de abril de ROBSON DE LIMA CANANÉA - SECRETÁRIO-GERAL PORTARIA SECGER Nº299/ O SECRETÁRIO GERAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta do processo nº resolve admitir, por delegação, como Estagiário sem ônus, o acadêmico do curso de Direito ALDENOR DE MEDEI- ROS BATISTA FILHO, para prestar expediente de uma carga horária de 20 (vinte) horas semanais junto ao Fórum Criminal Comarca da Capital. TRIBUNAL DE JUSTIÇA, em João Pessoa, 18 de abril de ROB- SON DE LIMA CANANÉA - SECRETÁRIO-GERAL PORTARIA SECGER Nº300/ O SECRETÁRIO GERAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta do processo nº resolve admitir, por delegação, como Estagiário sem ônus, o acadêmico do curso de Direito ÍTALO JOSÉ LEITE PEREIRA, para prestar expediente de uma carga horária de 20 (vinte)horas semanais junto ao Fórum da Comarca de Sousa. TRIBUNAL DE JUSTIÇA, em João Pessoa, 18 de abril de ROBSON DE LIMA CANANÉA - SECRETÁRIO-GERAL DESPACHOS DA PRESIDÊNCIA O EXCELENTISSIMO SENHOR DESEMBARGADOR ANTÔNIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO, PRESI- DENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA, PROFERIU O SEGUINTE DESPACHO: PERMANENÇAM OS AUTOS SOBRESTADOS PELO PERÍODO DE 01 HUM) ANO. NO PROCESSO ABAI- XO IDENTIFICADO: PEDIDO DE INTERVENÇÃO ESTADUAL Nº REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLI- CO ESTADUAL. REQUERIDO: MUNICÍPIO DE RIA- CHO DOS CAVALOS/PB. ADVOGADOS: SEVERINO RAMALHO LEITE E OUTRO. RECLAMANTE: PEDRO TRAJANO VIEIRA. ADVOGADO: HILDEBRANDO DI- NIZ ARAÚJO. O EXCELENTISSIMO SENHOR DESEMBARGADOR ANTÔNIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO, PRESI- DENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA, PROFERIU O SEGUINTE DESPACHO: DETERMINO O ARQUIVAMTNO DESTES AUTOS. NOS PROCESSOS ABAIXO IDENTIFICADOS: PEDIDO DE INTERVENÇÃO ESTADUAL Nº /001. REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL. REQUERIDO: MUNICÍPIO DE GUARABIRA/PB. ADVOGADOS: MANOLYS MARCE- LINO PASSERAT DE SILANS E OUTROS. INTERES- SADO: JOSÉ FELICIANO DA SILVA. ADVOGADO: JOÃO CAMILO PEREIRA. PEDIDO DE INTERVENÇÃO ESTADUAL Nº /001. REQUERENTE: O MINISTÉ- RIO PÚBLICO ESTADUAL. REQUERIDO: MUNICÍ- PIO DE GUARABIRA/PB. ADVOGADOS: MANOLYS MARCELINO PASSEART DE SILANS E OUTROS. INTERESSADA: CREUZA MOURA SILVA. ADVOGA- DO: PAULO COSTA MAGALHÃES. PEDIDO DE INTERVENÇÃO ESTADUAL Nº /001. REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL. REQUERIDO: MUNICÍPIO DE BREJO DOS SANTOS/PB. ADVOGADOS: MANOEL PORFÍRIO NEVES E OUTRO. INTERESSADA: IVO- NETE VERAS DE SOUSA. ADVOGADO: EZENILDO ALVES DA SILVA. PEDIDO DE INTERVENÇÃO ESTADUAL Nº /001. REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL. REQUERIDO: MUNICÍPIO DE AREIA/PB. ADVOGADO: EDINANDO JOSÉ DINIZ. INTERESSADO: JOSINALDO RIBEIRO DA SILVA. O EXCELENTISSIMO SENHOR DESEMBARGADOR ANTÔNIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO, PRESI- DENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA, PROFERIU O SEGUINTE DESPACHO: FIQUEM OS AUTOS SOBRESTADO PELO PRAZO DE 90 (NOVENTA) DIAS. NO PROCESSO ABAIXO IDENTIFICADO: PEDIDO DE INTERVENÇÃO ESTADUAL Nº /0. REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL. REQUERIDO: MUNICÍPIO DE GUARABIRA/PB. ADVOGADO: JOSÉ ANCHIETA DOS SANTOS. INTERESSADA: MARIA DE FÁTIMA FER- NANDES. ADVOGADO: PAULO COSTA MAGALHÃES. O EXCELENTISSIMO SENHOR DESEMBARGADOR ANTÔNIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO, PRESI- DENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA, PROFERIU O SEGUINTE DESPACHO: IN- TIME-SE PESSOALMENTE O PREFEITO DO MUNI- CÍPIO DE AROEIRAS. NOS PROCESSOS ABAIXO IDENTIFICADOS: REPRESENTAÇÃO Nº /001. RE- PRESENTANTE: MARIA LOPES FERREIRA. ADVO- GADO: JOSÉ DE ARIMATÉIA R. DE MENEZES. RE- PRESENTADO: MUNICÍPIO DE AROEIRAS. REPRESENTAÇÃO Nº /001. RE- PRESENTANTE: RONALDO ALVES SOBRINHO. AD- VOGADO: JOSÉ DE ARIMATÉIA R. DE MENEZES. REPRESENTADO: MUNICÍPIO DE AROEIRAS/PB. REPRESENTAÇÃO Nº /001. RE- PRESENTANTE: REJANE ALVES SOBRINHO. AD- VOGADO: JOSÉ DE ARIMATÉIA R. DE MENEZES. REPRESENTADO: MUNICÍPIO DE AROEIRAS. O EXCELENTISSIMO SENHOR DESEMBARGADOR ANTÔNIO DE PÁDUA LIMA MONTENEGRO, PRESI- DENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA, PROFERIU O SEGUINTE DESPACHO: IN- TIME-SE PESSOALMENTE O PREFEITO DO MUNI- CÍPIO DE ESPERANÇA. NO PROCESSO ABAIXO IDENTIFICADO: PRECATÓRIO Nº /001. CREDO- RA: MARIA EUZENI LEITE. ADVOGADO: SEBASTI- ÃO ARAÚJO DE MARIA. DEVEDOR: MUNICÍPIO DE ESPERANÇA/PB. REMETENTE: JUÍZO DE DIREITO DA 1ª VARA DA COMARCA DE ESPERANÇA. O Excelentíssimo Senhor Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba DEFERIU o pedido do seguintes processo: Processo/Interessado/Período EXPEDIENTE DO DIA 22/04/2008: Juiz Alex Muniz Barreto a O Excelentíssimo Senhor Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba DEFERIU o pedido dos seguintes processos: Processo/Interessado/Período EXPEDIENTE DO DIA 22/04/2008: Juíza Maria dos Remédios P. P. Sarmento a / Juiz Adhemar de Paula L. F. Neto a O Excelentíssimo Senhor Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba INDEFERIU o pedido do seguinte processo: Processo/Interessado/ EXPE- DIENTE DO DIA 22/04/2008: Aída Simplício da Glória O Excelentíssimo Senhor Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba DEFE- RIU o seguinte processo. Processo - Interessado - Despacho - EXPEDIENTE DO DIA 23/04/ Juiz Ruy Jander Teixeira da Rocha. DESPACHOS DOS DESEMBARGADORES Dr. João Batista Barbosa EMBARGOS INFRIGENTES Nº / Relator: João Batista Barbosa (Juiz convocado para substituir o Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior). Embargante: José Gomes de Sousa. Advogado: Clodoaldo P. Vicente de Souza. Embargado: TELEMAR NORTE LESTE S/A - Advogado: Luciana Nóbrega e outros. Decisão: Assim, inadmito, de plano, os embargos infringentes em face de sua intempestividade, nos termos do art. 508 do Código de Processo Civil. Publique-se. APELAÇÃO CÍVEL Nº /004 - Relator: João Batista Barbosa (Juiz convocado para substituir o Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior) - Apelante: Maria de Fátima Vieira de Mendonça - Advogada: Julianna Érika Pessoa de Araújo - Apelada: Telemar Norte e Leste S/A - Advogados: Bruna Monteiro e outros - Decisão:Isso posto, com fulcro no art. 557, caput, do CPC, nego seguimento à apelação cível por está em confronto com jurisprudência dominante do Superior Tribunal de Justiça. APELAÇÃO N.º /001. Relator: Dr. João Batista Barbosa, Juiz convocado para substituir o Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior. Apelante: Ana Grazielle A. Batista e outros. Advogado: Em causa própria. Apelado: Estado da Paraíba, representado por seu procurador, Delosmar Mendonça Júnior. Decisão: Frente ao exposto, com fundamento no art. 557, caput, do CPC, nego seguimento ao recurso, ante sua manifesta improcedência e confronto com jurisprudência dominante do STJ. APELAÇÃO CIVIL Nº /001. Relator: Dr. João Batista Barbosa, Juiz convocado para substituir o Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior - Apelante: CIMAFER Cimento, Madeira e Ferro Ltda. e Manoel de Albuquerque Chaves. Advogado: Paulo Leite da Silva. Apelado: Estado da Paraíba, representado por seu procurador, Ricardo Sérgio F. de Lucena - Decisão: Frente ao exposto, com fundamento no art. 557, caput, do CPC, nego seguimento ao recurso ante sua manifesta improcedência. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - Relator: João Batista Barbosa (Juiz convocado para substituir o Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior) - Apelante: Telemar Norte e Leste S/A - Advogados: Bruno da S. Farias e outro - Apelada: Academia Paraibana de Poesia, representada por João Nunes de Castro - Advogados: Ricardo Tadeu Feitosa Bezerra e outro - Decisão: Ante o exposto, com fulcro no art. 557, 1º - A, do CPC, dou provimento à apelação cível para julgar improcedente o pedido inicial, em virtude da decisão recorrida está em manifesto confronto com jurisprudência dominante do Superior Tribunal de Justiça. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - Relator: Dr. João Batista Barbosa Juiz convocado para substituir o Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior - Apelante: Derinaldo Pereira de Andrade - Advogados: José Cloves Ramos de Farias - Apelado: Município de São João do Cariri - Advogados: Josedeo Saraiva de Souza - Decisão: Ante o exposto, nego provimento ao presente recurso, com fulcro no art. 557 do CPC, em razão da sua manifesta improcedência. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - Relator: Dr. João Batista Barbosa, juiz convocado para substituir o Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior. Apelante: Estado da Paraíba - Advogados: Marcos de Assis Holmes Madruga - Apelado: S/A o Norte e Rádio e Televisão o Norte LTDA - Advogado: Juracy Pereira de Araújo Lima e outro - Decisão: Ante o exposto, com fulcro no art. 557 do CPC, nego seguimento ao recurso, em razão da manifesta improcedência, bem como por ser contrária a Jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 Comarca da Capital - RELATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - Apelante(S): Espedito Cavalcante Pereira - ADVOGADO(A/S): Jerônimo Ferreira de Sousa e outros(a/s) - apelado(a/s): Giseuda Dias Monteiro Pereira - Advogado(A/S): Cosme Soares de Andrade. DECISÃO: Isto posto, com fulcro no art. 130 do CPC c/c art. 127, II, do RITJ/PB converto o julgamento em diligência, a fim de que o apelante acoste aos autos, no prazo de 20 (vinte) dias, a petição inicial, bem como a certidão de trânsito em julgado da primeira ação de exoneração de alimentos, sob o nº AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º: /001 - RELATOR: Drª. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza de Direito Convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - AGRAVAN- TE: FUNASA Fundação Saelpa de Seguridade Social - ADVOGADO: Normando Araújo de Sá e outros - AGRAVADO: Marinaldo Gonçalves de Melo - ADVO- GADO: Fabiano Barcia de Andrade. DECISÃO: Por tais razões, com amparo, ainda, no poder geral de cautela a mim conferido pelo art. 798, CPC, defiro a liminar solicitada, para determinar ao Juízo a quo que, sem óbice à prática dos demais atos executivos e/ou processuais necessários à regular tramitação da demanda, inclusive, penhora, abstenha-se de levantar ou transferir em favor do agravado, antes do julgamento colegiado deste recurso pela 4ª. Câmara Cível desta Corte, quaisquer valores ou bens porventura constritados, até quando estes devem ficar depositados em juízo. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - RE- LATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - APELANTE: Estado da Paraíba, representado por sua procuradora, Dra. Walquíria P. V. Borges Pereira - APELADO: DNA Distribuidora Nacional de Alimentos LTDA. DECISÃO: Posto isso, determino o retorno dos autos a Subsecretaria Judiciária para cumprimento do teor do despacho, com o fito de se certificar a causa da extinção sem resolução de mérito da primeira execução fiscal proposta pela apelante, referente a CDA nº APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - RE- LATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - APELANTE: Estado da Paraíba, representado por sua procuradora, Dra. Mônica Nóbrega Figueiredo - APELADO: INCOVEST Imp. Com. de Vestuário LTDA. DECISÃO: Posto isso, determino o retorno dos autos a Subsecretaria Judiciária para cumprimento do teor do despacho, com o fito de se certificar a causa da extinção sem resolução de mérito da primeira execução fiscal proposta pela apelante, referente a CDA nº APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - RE- LATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos APELANTE: Estado da Paraíba, representado por sua procuradora, Dra. Mônica Nóbrega Figueiredo - APELADO: Agrofrutas Comércio de representações LTDA. DECISÃO: Posto isso, determino o retorno dos autos à Subsecretaria Judiciária, para cumprimento do teor do despacho, com o fito de se determinar a causa da extinção sem resolução de mérito da primeira execução fiscal proposta pela apelante, referente a CDA nº Des. Genésio Gomes Pereira Filho APELAÇÃO CÍVEL: nº /001 16ª Vara Cível da Capital. Relator: Des. Genésio Gomes Pereira Filho. apelante: Instituto Nacional de Seguro Social INSS. ADVOGADO: José Araújo Filho. APE- LADO: José Heronildes dos Santos. ADVOGADOS: Jailton Chaves da Silva e outro. DECISÃO: não conheço o recurso interposto.

3 3 Des. Nilo Luis Ramalho Vieira HABEAS CORPUS N.º /001 RE- LATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira IMPETRAN- TE: Pedro Bernardo da Silva Neto PACIENTE: Lino Ferreira da Silva - DECISÃO: DENEGO A LIMINAR PLEITEADA. RECURSO CRIMINAL EM SENTIDO ESTRITO Nº / 001 RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA RECORRENTE: MURILO DE OLI- VEIRA FIUZA CHAVES ADVOGADO : FELIPE AU- GUSTO FORTE D. N. DEODATO RECORRIDA: A JUS- TIÇA PÚBLICA RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Pronúncia Indícios de autoria e materialidade do crime Alegação de legítima defesa Absolvição sumária - Desclassificação Impossibilidade Improvimento Manutenção da Sentença atacada. Havendo indícios de autoria e materialidade do crime, não há que se falar em absolvição sumária, devendo ser mantida a decisão que pronunciou o Réu. Vistos, relatados e discutidos estes autos de recurso em sentido estrito, acima identificados: Acorda a Egrégia Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, por maioria, negar provimento ao presente recurso, em harmonia com o Parecer Des. Manoel Soares Monteiro AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º / 001 (oriunda da 5ª Vara da Comarca de Patos). RELA- TOR: Des. MANOEL SOARES MONTEIRO. AGRA- VANTE: CIPAN Comércio e Indústria de Produtos Alimentícios do Nordeste LTDA; ADVOGADO: Dr. Aníbal Bruno Montenegro Arruda; AGRAVADA: Ana Paula Gonçalves Lira; ADVOGADO: Dr. Danilo de Freitas Ferreira. AGRAVO DE INSTRUMENTO FRAU- DE À EXECUÇÃO REQUISITOS LEGAIS NÃO CONFIGURAÇÃO PEDIDO DENEGADO RECUR- SO MANIFESTAMENTE IMPROCEDENTE NEGATI- VA DE SEGUIMENTO. - Se quando a agravada alienou o imóvel ainda não havia sido proposta ação capaz de reduzi-la à insolvência, não se configuram os requisitos legais da fraude à execução (art. 593, II, CPC). - Verificando-se a total impropriedade dos argumentos apresentados nas razões recursais, o relator negará seguimento liminarmente ao agravo de instrumento, por manifestamente improcedente (art. 527, I c/c art. 557). - Seguimento negado. Vistos, etc. (...) Feitas estas consideração, NEGO SEGUIMENTO AO AGRAVO DE INSTRUMENTO, POR SER MANIFES- TAMENTE IMPROCEDENTE. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / 001 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de João Pessoa RELATOR: Des. Manoel Soares Monteiro AGRAVANTE: Estado da Paraíba PROCURADO- RA: Sanny Ribeiro Japiassú AGRAVADA: Ana Raquel Fialho Fonseca de Athayde ADVOGADO: Péricles Filgueiras de Athayde Filho Agravo de instrumento. Decisão agravada. Ausência. Documento obrigatório. Agravo não conhecido. Por expressa disposição legal (art. 525, I, do Código de Processo Civil), compete ao agravante instruir a petição de agravo de instrumento com peças reputadas obrigatórias, cuja falta obsta ao seguimento do recurso, por consistir irregularidade insanável. Feitas estas considerações, NEGO SEGUIMENTO ao presente agravo, por ser manifestamente inadmissível, com fundamento no art. 557, do Código de Processo Civil. Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca HABEAS CORPUS Nº /001 1ª Vara da Comarca de Santa Rita Relator : Exmo. Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca Impetrante : Aluízio Nunes de Lucena Paciente : Gutemberg dos Santos Nascimento DECISÃO: Isto posto, diante das informações e razões supra mencionadas, não vislumbro, neste instante processual, a presença do fumus boni juris e do periculum in mora, pressupostos estes ensejadores para admissibilidade da concessão da liminar pleiteada na inicial, considerando-se ainda ao fato de que, em sede de habeas corpus, tal medida, se constitui uma faculdade do Juiz para acudir situação urgente e de extrema ilegalidade, o que, prima facie, entendo não ocorrer no caso em análise. Daí porque, indefiro a liminar pretendida pelo impetrante. À douta Procuradoria de Justiça. Publique-se. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / 001 RELATOR: Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides. AGRAVANTE: Marinalva Barbosa de Queiroz ADVOGADO: Francisco Assis do Nascimento AGRAVADO: UNIMED - Campina Grande - Cooperativa de Trabalho Médico Ltda. ADVOGADO: Maria Rodrigues Sampaio e Giovanni Bosco Dantas de Medeiros. DECISÃO: Pelo exposto, INDEFIRO o pedido de efeito suspensivo ativo ao recurso. Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / 002. Relator: Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Agravantes: Evandro Barbosa da Silva e Silvana de Sousa Farias Adv. Walber José Fernandes Hiluey. Agravados: Roberto da Silva Rocha e Patrícia Daniele dos Santos Rocha Adv. Andréa de Lacerda Gomes, Paulo Esdras Marques Ramos e outros. DECISÃO: Indefiro o pedido de atribuição de efeito suspensivo ao presente recurso, no sentido de manter a decisão do juízo singular. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº /001. Relator: Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Agravante: Esso Brasileira de Petróleo Ltda Adv. Décio Freire e outros. Agravado: Vila Rica Combustíveis e Serviços Ltda Adv. Delosmar Domigos de Mendonça Júnior, Eduardo Monteiro Dantas e outros. DECISÃO: Homologo a desistência, obstando o processamento do presente Agravo de Instrumento. Desª Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira AÇÃO RESCISÓRIA Nº /001 CAMPINA GRANDE. RELATORA: Desª. Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. AUTOR: Detran Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba. AD- VOGADOS: Romilton Dutra Diniz. RÉU: João Batista Pereira Barbosa. ADVOGADOS: Tânio Abílio de Albuquerque Viana e Ingrid Gimena de Souza O. A. Viana. AÇÃO RESCISÓRIA. ANTECIPAÇÃO DE TUTELA. VEROSSIMILHANÇA DA ALEGAÇÃO. PRESENÇA. DANO IRREPARÁVEL OU DE DIFÍCIL REPARAÇÃO. VERIFICAÇÃO. INEXISTÊNCIA DE PERIGO DE IR- REVERSIBILIDADE. CABIMENTO. DEFERIMENTO. A tutela antecipatória somente pode e deve ser concedida, quando a prova for inequívoca, a ponto de convencer o magistrado da verossimilhança da alegação, bem ainda, sob o pálio de poder vir a acontecer incidência de prejuízo irreparável ou de difícil reparação, como também, não existir o perigo de irreversibilidade. Presentes os requisitos deve ser deferida a tutela. DECISÃO: Desta forma, entendo presentes os pré-requisitos indispensáveis à concessão da antecipação da tutela, pelo que a defiro, determinando que seja suspenso o processo de execução até julgamento final da presente ação. AGRAVO Nº /001-CAPITAL. Relatora: Desa. Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. Agravante: Espólio de Wanda Londres da Nóbrega, representando por seu inventariante. Advogado: Walter Londres da Nóbrega, em causa própria. Agravado: Município de João Pessoa, representado por seu Procurador Gilberto Carneiro da Gama. Vistos etc. Espólio de Wanda Londres da Nóbrega, devidamente qualificado nos autos, inconformado com a decisão do Juízo da 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca Capital que, nos autos da ação de execução, rejeitou a exceção de pré-executividade por si manejada, interpôs o presente agravo, com o fito de ver reformada a referida decisão. DECISÃO: Em suma, não restaram evidenciados os possíveis prejuízos iminentes ou de difícil reparação, indutores necessários ao acolhimento liminar, como pleiteado, sem falar na base jurídica complexa a exigir análise do acervo probante, reservado, apenas, quando análise do mérito recursal. Por tal motivação, INDE- FIRO a pretensão liminar. INTIMAÇÃO ÀS PARTES AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / 002 (STJ). Agravante(s): Consórcio Dimensional Tecneng. Advogado(s): Márcio Henrique Carvalho Garcia. Agravado(s): Geraldo Jerônimo Leite. Intimação ao(s) bel(is). VITAL BEZERRA LOPES E PAULO MAR- CELINO CAMPOS, a fim de, na qualidade de Patronos do Agravado, no prazo de 10 dias, apresentarem as contra-razões do Agravo em referência. APELAÇÃO CIVEL SOB Nº /004. Relator: Dr. Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito designado para compor o quorum da 1ª Câmara Cível. Apelante : Terezinha Barreto da Silva. Apelado: Telemar Norte Leste S/A. Intimação aos Beis. Caio César Rocha e Tertuliano Avellar, a fim de, na condição de Procuradores e Advogados da apelante, no prazo legal, de conformidade com o disposto no art. 531, do Código Processo Civil, com a nova redação que lhe foi dada pela Lei de 26 de dezembro de 2001,querendo, impugnar os Embargos Infringentes, manejados pelo apelado acima nominado. Coordenadoria Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. AGRAVO DE INSTRUMENTO PROCESSO Nº /003. (4ªC) Dra. Renata da Câmara Pires Belmont, juíza convocada para substituir o Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos Agravante: FUNASA FUNDAÇÃO SAELPA DE SEGURIDADE SOCIAL. Agravado: MARINALDO GONÇALVES DE MELO. Intimação ao Bel. FABIANO BARCIA DE ANDRADE, a fim de, na condição patrono da parte agravada, e querendo, apresentar as contra-razões, dentro do prazo legal. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO OPOSTOS À DECI- SÃO PROFERIDA NO RECURSO DE AGRAVO - PROCESSO Nº /002. Relator: Des. Jorge Ribeiro Nóbrega. Embargante: SINDEPOL SIN- DICATO DOS DELEGADOS DE PÓLÍCIA CIVIL DO ESTADO DA PARAÍBA. Embargado: FABRÍCIO DE S. CONCEIÇÃO. Intimação ao Bel. DANILO DE S. MOTA, advogado da parte embargada, para no prazo de 05 (cinco) dias, impugnar os embargos de folhas 103/114. Coordenadoria Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. JULGADOS DO TRIBUNAL PLENO Drª. Renata da Câmara Pires Belmont EMBARGOS INFRInGENTES nº /002 - RELATOR: Drª. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza de Direito Convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - EMBAR- GANTE: TELEMAR NORTE LESTE S/A - ADVOGA- DO: Caio César Vieira Rocha e Mário Lúcio de L. N. Filho - EMBARGADO: Denise Cabral Xavier Borges - ADVOGADAs: Nyedja Nara Pereira Galvão e Julianna Érika Pessoa de Araújo. PROCESSUAL CIVIL Embargos Infringentes Ação ordinária declaratória de nulidade c/c repetição de indébito, com pedido liminar de antecipação de tutela Pressupostos recursais específicos - Matéria cognoscível de ofício - art. 530, CPC Lei nº / Apelação cível Segunda Instância Sentença Reforma Necessidade Amplitude recursal Voto vencido Dupla conformidade - Observância Recurso conhecido. Após a sistemática inaugurada pela Lei nº / 2001, o acesso à via recursal dos embargos infringentes exige, além da divergência, que o veredicto do Primeiro Grau de Jurisdição seja reformado em sede de apelação. CONSUMIDOR, CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO Embargos infringentes Ação ordinária declaratória de nulidade c/c repetição de indébito, com pedido liminar de antecipação de tutela Assinatura de uso residencial Telefonia fixa - Natureza Jurídica Preço público Incidente de Uniformização de Jurisprudência Declaração de legalidade pelo Plenário do Tribunal e pela 1ª. Seção do STJ REsp. nº /RS Informativo nº. 337, do STJ Legalidade - Pacificação Provimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em composição plenária do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em desarmonia com o parecer da Procuradoria-Geral de Justiça, por maioria de votos, acolher os embargos infringentes, nos termos do voto da Relatora e da súmula de julgamento de fls. 497/516. EMBARGOS INFRINGENTES Nº /002 - Comarca de Remígio - RELATORa: Drª. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGA- DOS: Caio César da Rocha e outros EMBARGADo: Juvenal Freire Batista - ADVOGADa: Dilma Jane Tavares de Araújo. CONSUMIDOR E PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl EMBARGOS INFRINGENTES Nº / Comarca de Cuité - RELATOR: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGADOS: Cáio César da Rocha e outros - EMBARGADO: Luiz Ferreira de Oliveira - ADVOGADO: Roseno de L. Sousa. CON- SUMIDOR E PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação - Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº / RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337 do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl EMBARGOS INFRINGENTES Nº /002 - Comarca da Capital - RELATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGA- DOS: Caio César da Rocha e outros - EMBARGADO: José Wilson da Silva - ADVOGADO: Marcélio Alexandre Furtado Fialho. CONSUMIDOR E PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/ 10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, acolher os embargos, nos termos do voto da relatora, contra os votos dos desembargadores Manoel Soares Monteiro, José di Lorenzo Serpa, Miguel de Britto Lyra Filho (Juiz convocado), Antônio Carlos Coelho da Franca e Arnóbio Alves Teodósio, que os rejeitavam, conforme certidão de julgamento de fl EMBARGOS INFRINGENTES Nº /002 - Comarca da Capital - RELATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Maria Celeste Menezes da Silva - AD- VOGADOS: Breno Amaro Formiga Filho - EMBARGA- DO: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGADOS: Cáio César da Rocha e outros. CONSUMIDOR E PRO- CESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação Desacolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº / RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, rejeitou-se os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator, contra os votos dos Desembargadores Manoel Soares Monteiro, José Di Lorenzo Serpa, Miguel de Britto Lyra Filho (Juiz convocado), Antônio Carlos Coelho da Franca e Arnóbio Alves Teodósio, que os acolhiam, conforme certidão de julgamento de 389. EMBARGOS INFRINGENTES Nº / Comarca de Guarabira - RELATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGA- DOS: Cáio César da Rocha e outros - EMBARGADA: Maria da Luz Paz - ADVOGADO: João Camilo Pereira Filho. CONSUMIDOR E PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação - Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl. 266.

4 4 EMBARGOS INFRINGENTES Nº / Comarca da Capital - RELATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGA- DOS: Cáio César da Rocha e outros - EMBARGADO: Carmem Silva Araújo. ADVOGADOS: Valter de Melo e outro. CONSUMIDOR E PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação - Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl EMBARGOS INFRINGENTES Nº / Comarca da Capital - RELATORA: Dra. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGA- DOS: Cáio César da Rocha e outros - EMBARGADO: Carmem Silva Araújo - ADVOGADOS: Valter de Melo e outro. CONSUMIDOR E PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza jurídica Preço Súmula nº. 545 do STF Serviço público - Telefonia fixa Manutenção - Custeio Cobrança Legalidade 1ª Seção do STJ - REsp. nº /RS Informativo nº. 337 do STJ Pacificação - Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/ 88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº / RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl EMBARGOS INFRINGENTES Nº / 003- Comarca de Barra de Santa Rosa - RELATORa: Drª. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - AD- VOGADOS: Caio César da Rocha e outros - EMBAR- GADa: Lusia de Medeiros Martins - ADVOGADOS: Roseno de Lima Sousa. PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza Jurídica Preço público Incidente de Uniformização de Jurisprudência Declaração de legalidade pelo Plenário do Tribunal e pela 1ª. Seção do STJ REsp. nº /RS Informativo nº. 337, do STJ Pacificação Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl EMBARGOS INFRINGENTES Nº /002 - Comarca da Capital - RELATORa: Drª. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGA- DOS: Caio César da Rocha e outros - EMBARGADo: Severino Sérgio dos Santos - ADVOGADOS: Valter de Melo e outros. PROCESSUAL CIVIL Embargos infringentes em apelação Assinatura de uso residencial Natureza Jurídica Preço público Incidente de Uniformização de Jurisprudência Declaração de legalidade pelo Plenário do Tribunal e pela 1ª. Seção do STJ REsp. nº /RS Informativo nº. 337, do STJ Pacificação Acolhimento. A cobrança de assinatura de uso residencial não pode ser considerada como taxa, eis que, se assim fosse, o simples fato de o serviço de telefonia estar à disposição do consumidor já seria devida a cobrança desta (art. 145 da CF/88). A tarifa de assinatura de uso residencial exigida dos consumidores presta-se a cobrir os custos realizados com o sistema de telefonia e toda a manutenção da rede. Com efeito, o consumidor possui um terminal telefônico exclusivo, dentro de sua residência, com todo o custo da sua manutenção por conta da empresa de telefonia, não havendo sentido de a empresa de telefonia não poder cobrar por um valor mínimo do serviço que prestou. A tarifa mensal de assinatura básica, incluindo o direito do consumidor a uma franquia de 90 pulsos, além de ser legal e contratual, justifica-se pela necessidade de a concessionária manter disponibilizado, de modo contínuo e ininterrupto, o serviço de telefonia ao assinante, o que lhe exige dispêndios financeiros para garantir sua eficiência.. (STJ 1ª. Seção - Rel. Min. José Delgado REsp. nº /RS Julgamento: 24/10/2007 Inf. nº. 337, do STJ). ACORDAM, em Sessão Plenária deste E. Tribunal de Justiça, por maioria, acolher os presentes embargos infringentes, nos termos do voto do Relator e da súmula de julgamento de fl Dr. Miguel de Britto Lyra Filho MANDADO DE SEGURANÇA Nº / CAPITAL. RELATOR: Juiz Miguel de Britto Lyra Filho, convocado em substituição ao Des. Marcos A. Souto Maior. IMPETRANTE: Renilda de Araújo Santos Fernandes. ADVOGADOS: José Luciano Gadelha e Francisco Pereira Sarmento Gadelha. 1º IMPETRADO: Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba. 2º IMPE- TRADO: Presidente da PBPREV Paraíba Previdência. PRELIMINAR. PENSÃO POR MORTE. NATURE- ZA PREVIDENCIÁRIA. PRESIDENTE DO TRIBUNAL. ILEGITIMIDADE PASSIVA. CONFIGURAÇÃO. ACO- LHIMENTO. EXCLUSÃO DA LIDE.Se a pensão postulada tem natureza previdenciária, o Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba é parte ilegítima para figurar no pólo passivo da ação mandamental, vez que, não é de sua competência a concessão de benefício dessa natureza.mandado DE SEGURANÇA. PEN- SÃO POR MORTE. FATO GERADOR. DATA DO ÓBI- TO. VIGÊNCIA DA EC 41/03. VALOR 70% DO TOTAL DOS PROVENTOS. ART. 40, 7º DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA. DENEGAÇÃO DO WRIT. Por ser a morte do servidor o fato gerador da pensão, deve ser aplicada a regra legal vigente à época e, in casu, já vigia a EC 41, de 19 de dezembro de 2003, tornando legítima a aplicação do redutor de 30%, conforme previsto no art. 40, 7º da CF, ao benefício, sobre a parcela que excede o limite contido no art. 201 da Constituição Federal. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, o Colendo Tribunal Pleno da Egrégia Corte de Justiça da Paraíba, à unanimidade, acolher a preliminar de ilegitimidade passiva do Presidente do Tribunal de Justiça e rejeitar a preliminar de carência de ação agitada pelo Presidente da PBPREV Paraíba Previdência, e, no mérito, por igual votação, denegar a ordem mandamental. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega EMBARGOS DE DECLARAÇÃO N.º /001 - Oriundo da 1ª Vara Distrital de Mangabeira - Comarca da Capital PB.RELATOR: Des. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. EMBARGANTE: Telemar Norte Leste S/A. ADVOGADOS: Caio César Vieira Rocha e Outros. EMBARGADA: Carmem Célia Neves. ADVO- GADOS : Reginaldo do Nascimento Rodrigues e Renata Pessoa Donato. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO COM EFEITOS INFRINGENTES - Omissão Contradição -Inexistência - Rediscussão da matéria já enfrentada no julgado - Via eleita inadequada - Manutenção do decisum Rejeição.Os embargos de declaração têm por finalidade o esclarecimento de ponto omisso, obscuro ou contraditório no julgado, e não se prestam para rediscussão de matéria já enfrentada na decisão.diante da inexistência da omissão no acórdão impugnado, aliado ao fato de pretender a embargante a reforma de matéria já discutida e decidida, a rejeição dos embargos declaratórios é medida que se impõe. O Juiz não está obrigado a responder todas as alegações das partes, quando já tenha encontrado motivo suficiente para fundar a decisão, nem se obriga a ater-se aos fundamentos indicados por elas e tampouco a responder um a um, todos os seus argumentos. Reputa-se litigante de má-fé aquele que interpuser recurso com intuito manifestamente protelatório.vistos, relatados e discutidos estes autos de Embargos de Declaração, em que figuram como partes as acima nominadas. Acordam em Sessão Plenária do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, na conformidade do voto do relator e da súmula de julgamento de fls.323, por votação unânime, REJEITAR OS EMBARGOS. Des. Manoel Soares Monteiro EMBARGO DE DECLARAÇÃO N.º / 001 (Competência Originária). RELATOR: Des. MANO- EL SOARES MONTEIRO. EMBARGANTE: SINDIFIS- CO Sindicato dos Integrantes do Grupo Tributação, Arrecadação e Fiscalização do Estado da Paraíba; AD- VOGADOS: Dr. Sylvio Torres Filho e Outros; EMBAR- GADO: Presidente da PBPREV Paraíba Previdência. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO REDISCUSSÃO DE MATÉRIA DECIDIDA AUSÊNCIA DE REQUISITOS RECURSAIS MEIO ESCOLHIDO IMPRÓPRIO PREQUESTIONAMENTO REJEIÇÃO APLICAÇÃO DE MULTA DE 1% SOBRE O VALOR DA CAUSA. - Os embargos declaratórios têm a finalidade de esclarecer pontos omissos, obscuros ou contraditórios existentes no acórdão, não servindo para reexame de matéria decidida. Também não se admite embargos declaratórios com propósito claramente modificativo, no flagrante intuito de ver reapreciada a matéria, sem, contudo, revelar a existência de qualquer omissão, obscuridade ou contradição relevante, capaz de mudar o julgamento. - Ainda que para fim de prequestionamento, devem estar presentes um dos três requisitos ensejadores dos embargos de declaração. A oposição do recurso sem o preenchimento dos seus requisitos ensejadores, autoriza a aplicação de multa prevista no parágrafo único do art. 538, do Código de Processo Civil. - Rejeição dos embargos de declaração. Acorda o Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, à unanimidade, REJEITAR OS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO e, por maioria, APLICAR MULTA DE 1% (UM POR CEN- TO) SOBRE O VALOR DA CAUSA. Des. Márcio Murilo da Cunha Ramos MANDADO DE SEGURANÇA nº / RELATOR: Márcio Murilo da Cunha Ramos. - IMPETRANTE: Conrado Augusto Abrantes Silva. - ADVOGADOS: Marcílio Evangelista de Souza e Licélia Maria Cordeiro de Souza. - IMPETRADO: Secretário da Administração do Estado e Superintendente da PBPREV Paraíba Previdência. DECISÃO: MAN- DADO DE SEGURANÇA ESTIPÊNDIOS DE 3º SARGENTO PRELIMINARES ILEGITIMIDADE PASSIVA E DECADÊNCIA REJEIÇÃO. A autoridade responsável pela edição do ato hostilizado deve figurar no pólo passivo da ação mandamental, quando tiver competência para desfazer a ilegalidade ou abuso de poder noticiados pelo autor. Aplicação da teoria da encampação. A impugnação de ato omissivo continuado não se sujeita à incidência do prazo decadencial do mandamus. - ESCALONAMENTO VERTICAL DE MILITARES LEI ESTADUAL Nº 7.059/02 REMUNERAÇÃO PARÂMETRO CO- RONEL DESVINCULAÇÃO AO SALÁRIO DO SOL- DADO RECRUTA, FIXADO NO MÍNIMO SEGU- RANÇA DENEGADA. O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu que a lei estadual nº 7.059/02 escalonou a remuneração dos militares do Estado a partir dos vencimentos do Coronel da PM, de cima para baixo, e não os do soldado recruta, que perceberá o mínimo legal. - VISTOS, RELATADOS E DISCU- TIDOS relatados os presentes autos nominados. - ACORDA a Egrégia Terceira Câmara Cível do Colendo Tribunal de Justiça do Estado, POR UNANIMIDA- DE EM REJEITAR A PRELIMINAR DE PRESCRIÇÃO E A PREJUDUCIAL DE DECADÊNCIA, NO MÉRI- TO, POR IGUAL VOTAÇÃO, DENEGOU-SE A SEGU- RANÇA, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM AÇÃO RESCISÓ- RIA Nº /002 - Relator: Des. Márcio Murilo da Cunha Ramos - Embargante: Janeide Aranha Trigueiro - Advogados: Maurício Lucena Brito e outros - Embargado: Laboratório de Análises Médicas Adolpho Lutz Ltda - Advogados : Caius Marcellus Lacerda e outros DECISÃO: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM AÇÃO RESCISÓRIA ALEGAÇÃO DE CONTRA- DIÇÃO INEXISTÊNCIA PRETENSÃO DE RE- DISCUSSÃO DE MATÉRIA JÁ ANALISADA IMPOS- SIBILIDADE ERRO MATERIAL CONFIGURADO CORREÇÃO DEVIDA ACOLHIMENTO PARCIAL. Os embargos declaratórios se prestam ao esclarecimento de obscuridades, eliminação de contradições ou supressão de omissões; e não para amoldar a decisão ao entendimento do embargante inexistindo qualquer um desses requisitos, sua rejeição se impõe. Existindo erro material no acórdão, impõe-se sua correção. - VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS os presentes autos de acima identificados. - ACORDA a Egrégia Terceira Câmara Cível do Colendo Tribunal de Justiça do Estado, POR UNANIMIDADE, EM ACOLHER PAR- CIALMENTE OS EMBARGOS, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. AVERBOU SUSPEIÇÃO O DES. JOSÉ DI LORENZO SERPA. EMBARGOS INFRINGENTES Nº / 002 Vara Única da Comarca de Remígio - Relator: Des. Márcio Murilo da Cunha Ramos - Embargante: Telemar Norte Leste S/A - Advogados: Caio César Rocha e outros - Embargada: Maria do Socorro Costa Silva - Advogada: Dilma Jane Tavares de Araújo DECISÃO: Embargos Infringentes DECLARATÓ- RIA de INEXIGIBILiDADE DE COBRANÇA c/c REPE- TIÇÃO DE INDÉBITO TELEFONIA FIXA CO- BRANÇA DE TARIFA REFERENTE À ASSINATURA BÁSICA RESIDENCIAL DISPONIBILIDADE DO USO DA LINHA A QUALQUER MOMENTO PELO CONSUMIDOR COBRANÇA DA ASSINATURA ESTIPULADA EM CONTRATO RESPEITO À EQUA- ÇÃO ECONÔMICO FINANCEIRA DO CONTRATO DE CONCESSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO ESSENCIAL SENTENÇA PELA IMPROCEDÊNCIA DA PRETEN- SÃO VOTO VENCEDOR PELA ILEGALIDADE E VOTO VENCIDO PELA LEGALIDADE DA COBRAN- ÇA IRRESIGNAÇÃO ACOLHIMENTO DOS EM- BARGOS INFRINGENTES. Segundo entendimento firmado pela Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça, no julgamento do REsp /RS, é legal a cobrança da tarifa de assinatura mensal pela concessionária de serviço de telefonia. Concluíram os eminentes Ministros, em síntese, que, em obediência ao princípio do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, à legislação pertinente e ao Edital de Desestatização das Empresas Federais de Telecomunicação, assim como à necessidade de manutenção da continuidade e ininterrupção da disponibilidade do serviço aos usuários, possível a fixação da tarifa mínima de consumo. - VISTOS, relatados e discutidos os presentes autos dos Embargos Infringentes nº /002, em que é embargante Telemar Norte Leste S/A, sendo embargada Maria do Socorro Costa Silva. - ACORDAM os integrantes do Tribunal Pleno do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, por maioria, em acolher os embargos, nos termos do voto do relator, contra os votos do revisor e dos Desembargadores Miguel de Brito Lyra Filho (Juiz convocado), Manoel Soares Monteiro, Antônio Carlos Coelho da Franca e Arnóbio Alves Teodósio, que os rejeitavam. EMBARGOS INFRINGENTES Nº / 002 2º Cartório da Comarca de Cuité - Relator: Des. Márcio Murilo da Cunha Ramos - Embargante: Telemar Norte Leste S/A - Advogados: Caio César Rocha e outros - Embargada: Francisca Pereira Irmã - Advogados:Roseno de Lima Sousa e outra DECI- SÃO: Embargos Infringentes DECLARATÓRIA de INEXIGIBILIDADE DE COBRANÇA c/c REPETIÇÃO DE INDÉBITO TELEFONIA FIXA COBRANÇA DE TARIFA REFERENTE À ASSINATURA BÁSICA RESIDENCIAL DISPONIBILIDADE DO USO DA LINHA A QUALQUER MOMENTO PELO CONSUMI- DOR COBRANÇA DA ASSINATURA ESTIPULADA EM CONTRATO RESPEITO À EQUAÇÃO ECONÔ- MICO FINANCEIRA DO CONTRATO DE CONCES- SÃO DE SERVIÇO PÚBLICO ESSENCIAL SEN- TENÇA PELA IMPROCEDÊNCIA DA PRETENSÃO VOTO VENCEDOR PELA ILEGALIDADE E VOTO VEN- CIDO PELA LEGALIDADE DA COBRANÇA IRRE- SIGNAÇÃO ACOLHIMENTO DOS EMBARGOS IN- FRINGENTES. Segundo entendimento firmado pela Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça, no julgamento do REsp /RS, é legal a cobrança da tarifa de assinatura mensal pela concessionária de serviço de telefonia. Concluíram os eminentes Ministros, em síntese, que, em obediência ao princípio do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, à legislação pertinente e ao Edital de Desestatização das Empresas Federais de Telecomunicação, assim como à necessidade de manutenção da continuidade e ininterrupção da disponibilidade do serviço aos usuários, possível a fixação da tarifa mínima de consumo. - VIS- TOS, relatados e discutidos os presentes autos dos Embargos Infringentes nº /002, em que é embargante Telemar Norte Leste S/A, sendo embargada Francisca Pereira Irma. - ACORDAM os integrantes do Tribunal Pleno do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, por maioria, em acolher os embargos, nos termos do voto do relator, contra os votos do revisor e dos Desembargadores Miguel de Brito Lyra Filho (Juiz convocado), Manoel Soares Monteiro, Antônio Carlos Coelho da Franca e Arnóbio Alves Teodósio, que os rejeitavam. EMB. DE DECLARAÇÃO NA AÇÃO RESCISÓRIA Nº /002 1ª V. Cível de João Pessoa. - Relator: Márcio Murilo da Cunha Ramos. - Embargante: ESMALE Assistência Internacional de Saúde LTDA. - Advogado: George Alexandre Ribeiro de Oliveira - Réu: Paula Francinete Dutra Basto. - Advogado : Ângela Glória Rolim de Souza e Iene Mangueira Soares. DECI- SÃO: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM AÇÃO RES- CISÓRIA OMISSÃO PONTO IRRELEVANTE AO DESFECHO DA CAUSA INEXISTÊNCIA MATÉ- RIA JÁ EXAMINADA REJEIÇÃO. O ponto que, apesar de impugnado, não for pertinente ao julgamento da demanda não precisa ser enfrentado diretamente pelo julgador, máxime quando o acolhimento de tese com ele incompatível o torne prejudicado. Precedentes. - VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS os presentes autos acima nominados - ACORDAM os integrantes do Tribunal Pleno do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, EM REJEITAR OS EMBARGOS, POR UNANIMIDADE, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. EMBARGOS INFRINGENTES Nº / 002 6ª Vara Cível da Comarca de João Pessoa PB. - Relator: Des. Márcio Murilo da Cunha Ramos - Embargante: Telemar Norte Leste S/A - ADVOGADOS: Caio César Rocha e outros - EmbargadA: Abel Pereira da Silva e outro - AdvogadOS: Fabiano Barcia de Andrade DECISÃO: Embargos Infringentes declarató- RIA de INEXIGIBILidade DE COBRANÇA c/c REPETI- ÇÃO DE INDÉBITO TELEFONIA FIXA COBRAN- ÇA DE TARIFA REFERENTE À ASSINATURA BÁSICA RESIDENCIAL DISPONIBILIDADE DO USO DA LINHA A QUALQUER MOMENTO PELO CONSUMI- DOR COBRANÇA DA ASSINATURA ESTIPULADA EM CONTRATO RESPEITO À EQUAÇÃO ECONÔ- MICO FINANCEIRA DO CONTRATO DE CONCES- SÃO DE SERVIÇO PÚBLICO ESSENCIAL SENTEN- ÇA PELA IMPROCEDÊNCIA DA PRETENSÃO VOTO VENCEDOR PELA ILEGALIDADE E VOTO VENCIDO PELA LEGALIDADE DA COBRANÇA IRRESIGNA- ÇÃO ACOLHIMENTO DOS EMBARGOS INFRIN- GENTES. Segundo entendimento firmado pela Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça, no julgamento do REsp /RS, é legal a cobrança da tarifa de assinatura mensal pela concessionária de serviço de telefonia. Concluíram os eminentes Ministros, em síntese, que, em obediência ao princípio do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, à legislação pertinente e ao Edital de Desestatização das Empresas Federais de Telecomunicação, assim como à necessidade de manutenção da continuidade e ininterrupção da disponibilidade do serviço aos usuários, possível a fixação da tarifa mínima de consumo. - VISTOS, relatados e discutidos os presentes autos dos Embargos Infringentes nº /002, em que é embargante Telemar Norte Leste S/A, sendo embargada Abel Pereira da Silva, Terezinha Neuza Ribeiro e Terezinha Goreth Ribeiro. - ACORDAM os integrantes do Tribunal Pleno do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, por maioria, em acolher os embargos, nos termos do voto do relator, contra os votos do revisor e dos Desembargadores Miguel de Brito Lyra Filho (Juiz convocado), Manoel Soares Monteiro, Antônio Carlos Coelho da Franca e Arnóbio Alves Teodósio, que os rejeitavam. JULGADOS DA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL Dr. Miguel de Britto Lyra Filho APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 - BAR- RA DE SANTA ROSA. RELATOR: Dr. Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado em substituição

5 5 ao Desembargador Marcos A. Souto Maior. APELAN- TE: Município de Barra de Santa Rosa, representado por seu Prefeito Constitucional. ADVOGADO: José Dutra R. Filho. APELADO: José Egídio da Silva. AD- VOGADO: Roseno de Lima Sousa. COBRANÇA. SER- VIDOR PÚBLICO MUNICIPAL. CARGA HORÁRIA. AUMENTO. DECRETO. LEGALIDADE. HORA-EXTRA. COMPROVAÇÃO. NECESSIDADE DE PAGAMENTO. JUROS LEGAIS. MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA. APLICAÇÃO DA MEDIDA PROVISÓRIA N.º 2.180/01. DESPROVIMENTO DO RECURSO. É legal a edição de decreto que tenha por fim o aumento da jornada de trabalho dos servidores públicos municipais, desde que disponha sobre a remuneração correspondente. Silenciando a respeito, é devido o pagamento de horas extras pelo trabalho prestado a maior. Sendo os juros legais matéria de ordem pública, pode o Tribunal de ofício sobre a correta aplicação das regras atinentes. Nas condenações impostas à Fazenda Pública, incide a taxa de juros de mora de 6% (seis por cento) ao ano, se a causa é de natureza alimentar e foi ajuizada após início da vigência da Medida Provisória 2.180, de 24 de agosto de VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Primeira Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, rejeitar a preliminar e, no mérito, negar provimento ao apelo. APELAÇÃO CÍVEL nº /001 Capital. RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado, em substituição ao Des. Marcos Antônio Souto Maior. APELANTE: Comercial Magazine Sapato s Ltda. ADVOGADO: Aluízio de Barros Araújo. APELADO: Josevaldo Franca. ADVOGADO: Ilza Cilma de Lima. APELAÇÃO CÍVEL Preliminar de nulidade do processo Perícia Protesto Necessidade. Há cerceamento de defesa quando a parte protesta pela realização de perícia grafotécnica e não lhe é assegurado o direito de produzir tal prova, que se faz indispensável para o deslinde do feito. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Primeira Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, acolher a preliminar de nulidade do processo. AGRAVO Nº /001 CAMPINA GRANDE. RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado, em substituição ao Desembargador Marcos A. Souto Maior. AGRAVANTE: SERASA S.A. ADVOGADO: André Ferraz de Moura e outros. AGRAVADA: Alda Idalina Tenório. ADVOGADO: José Laecio Mendonça e outros. AGRAVO DE INSTRUMEN- TO. Ação de Indenização proposta direta e exclusivamente em desfavor do órgão responsável pela manutenção do cadastro de inadimplentes. Discussão delimitada apenas quanto à necessidade de notificação prévia do consumidor. Ausência de comprovação de inexistência da dívida. Carência de prova inequívoca e verossimilhança das alegações. Requisitos para a concessão de antecipação de tutela comprometidos. Provimento. Para a exclusão de nome dos cadastros de inadimplentes é necessário que o interessado ataque diretamente a legitimidade e a existência da pendência financeira, inclusive, sendo o caso, prestando caução idônea. Caso contrário, na ausência de elementos capazes de fundamentar a prova inequívoca e a verossimilhança das alegações, torna-se incabível a concessão de tutela antecipada para este fim. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Primeira Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, conhecer e dar provimento ao Agravo de Instrumento. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº / 001 CABEDELO. RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado, em substituição ao Desembargador Marcos A. Souto Maior. AGRAVANTE: LL Material de Construção Ltda. ADVOGADO: Eric Alves Montenegro. AGRAVADO: Banco Bradesco S/A. ADVOGADOS: Paulo Freire e outros. AGRAVO. Justiça gratuita. Ação de Revisão Contratual. Honorários periciais. Declaração de impossibilidade de pagamento. Alegada precariedade financeira. Não comprovação. Desprovimento. Para o deferimento do benefício da justiça gratuita à pessoa jurídica de direito privado, é necessário que se comprove a precariedade da situação financeira. O benefício da assistência judiciária gratuita pode ser deferido às pessoas jurídicas, desde que comprovada a sua impossibilidade de arcar com os encargos financeiros do processo. Precedentes da Corte (...) (STJ, REsp SP, rel. Min. Luiz Fux, Primeira Turma, j , DJ de ). VIS- TOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Primeira Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, conhecer e negar provimento ao Agravo de Instrumento. Des. Manoel Soares Monteiro EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Nº /001 - RELATOR: Des. Manoel Soares Monteiro - EMBARGANTE: Trikem S/A (Advs. Samuel Marques C. de Albuquerque, Maria Christiany Queiroz e outros) - EMBARGADA: CANDE Campina Grande Industrial S/A (Thélio Farias e outros) - EMBARGOS DE DE- CLARAÇÃO. Contradição. Inexistência. Rediscussão da matéria. Meio escolhido impróprio. Rejeição dos aclaratórios. - Os embargos declaratórios têm a finalidade de esclarecer pontos omissos, obscuros ou contraditórios existentes na decisão, não servindo para reexame de matéria decidida a título de que o decisum haveria sido contraditório. ACORDA a Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, na conformidade do voto do relator e da súmula de julgamento de fls. 244, por votação unânime, RE- JEITO os embargos declaratórios. Dr. Arnóbio Alves Teodósio APELAÇÃO CÍVEL N.º /001 (oriunda da 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital). RELATOR: Dr. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO (Juiz de Direito convocado em substituição ao Des. MANOEL SOARES MONTEIRO). APELANTE: Elizabeth Araújo Duarte e Outros; ADVOGADO: Dr. Hugo Ribeiro A. Braga e Outros; PRIMEIRO APELADO: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba; ADVOGADO: Dr. Eugênio Gonçalves Nóbrega; SEGUNDO APELADO: Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. APELAÇÃO CÍVEL AÇÃO ANULATÓRIA DE ACÓRDÃO DO TRI- BUNAL DE CONTAS DO ESTADO ATO ADMINISTRA- TIVO PRESCRIÇÃO QÜINQÜENAL EXTINÇÃO COM APRECIAÇÃO DO MÉRITO DESPROVIMENTO DO RECURSO. - Se é certo que acórdãos emanados do TCE podem ser objeto de análise judicial em seus aspectos formais, a ação anulatória precisa ser intentada no prazo legal, sob pena de prescrição da pretensão. - No caso, havendo sido a ação intentada após o advento do prazo previsto no art. 1º do Decreto n.º /32, imperioso que se reconheça o advento da prescrição. - Desprovimento do recurso. Acorda a Egrégia 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, à unanimidade, NEGAR PROVIMENTO AO RECURSO DE APELAÇÃO. APELAÇÃO CÍVEL N. º: / 001, originário da 3ª Vara Cível da Comarca da Capital PB. Relator para o Acórdão: Dr. Arnóbio Alves Teodósio (Juiz Convocado para substituir o Des. Manoel Soares Monteiro). Apelante: Previban Previdência Privada Paraiban. Advogado: José de Souza Campos. Apelados: Cosme Ferreira Marques e outros. Advogado: Fabiano Barcia de Andrade. PROCESSUAL CÍVEL. Preliminares. Cerceamento de defesa. Não-realização de perícia. Dispensa pelo magistrado. Possibilidade. Ausência de fundamentação na sentença. Decisão suficientemente fundamentada. Violação ao Art. 535, I e II, CPC. Não vislumbrado. Rejeição das Preliminares. Inocorre cerceamento de defesa se, após a fase postulatória, existem nos autos elementos probatórios suficientes para formar a convicção do magistrado; Não padece de nulidade a sentença que expõe, ainda que sucintamente, os motivos em que se fundamentou o convencimento do magistrado. Apreciados adequadamente todos os pontos, não há que se falar em contradição, omissão ou mesmo obscuridade; APELA- ÇÃO CÍVEL. Embargos à Execução. Excesso na Execução. Reconhecido em 1º grau. Base nos Cálculos da Contadoria Judiciária. Fidelidade aos Termos da Sentença no Processo Principal. Desprovimento do recurso. Tendo sido reconhecido o excesso pelo juízo a quo, com base nos cálculos apresentados pela contadoria judicial, que foram fieis ao que determinava a sentença no processo principal, não há mais que se falar em excesso à execução. Apreciados todos os pontos do Recurso Apelatório é forçoso julgá-lo desprovido. ACORDA a Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, na conformidade do voto do Revisor e da Súmula de Julgamento de fl. 240, por maioria de votos, CONHECER DO RECURSO PARA REJEITAR AS PRELIMINARES E NO MÉRITO NE- GAR-LHE PROVIMENTO, em harmonia com o parecer ministerial. JULGADOS DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Desª. Maria das Neves do Egito de A. D.Ferreira APELAÇÃO CÍVEL Nº /001-CAM- PINA GRANDE. RELATORA: Desª Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. APELANTE: Hapvida Assistência Médica Ltda. ADVOGADOS: Teresa Rachel B. N. Pereira e outros. APELADA: Rosalva Maria Machado de Sousa. ADVOGADO: Marxsuell Fernandes de Oliveira. APELAÇÃO CÍVEL. OBRIGAÇÃO DE FAZER. PLANO DE SAÚDE. RETIRADA DE TUMOR. COBERTURA. RECUSA INJUSTIFICADA. ALEGA- ÇÃO DE DOENÇA PREEXISTENTE. ÔNUS DA PRO- VA DO RÉU. DANO MORAL. OCORRÊNCIA. FIXA- ÇÃO DO QUANTUM. OBSERVÂNCIA DOS PRINCÍ- PIOS DA RAZOABILIDADE E PROPORCIONALIDA- DE. CORREÇÃO MONETÁRIA. TERMO INICIAL. DATA DA FIXAÇÃO DO MONTANTE INDENIZATÓ- RIO. PROVIMENTO PARCIAL. Havendo previsão contratual de que o plano de saúde arcará com procedimentos clínicos e cirúrgicos, principalmente em casos de urgência, mostra-se repugnante a sua recusa no adimplemento do mister a que está obrigado. É ilícita a recusa da cobertura securitária, sob a alegação de doença preexistente à contratação do segurosaúde, se a Seguradora não submeteu a segurada a prévio exame de saúde e não comprovou má-fé. (REsp /SP, Rel. Ministro HUMBERTO GOMES DE BARROS, TERCEIRA TURMA, julgado em , DJ p. 213). O Magistrado, na fixação de indenização por danos morais, deve agir com prudência, antenado a resguardar os princípios e valores constitucionais, notadamente os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade. Isto é, o quantum não deve ser absurdamente irrisório, a ponto de inviabilizar a compensação pela dor sofrida, nem, tampouco, exagerado e estapafúrdio, que chegue a consubstanciar enriquecimento ilícito. No caso, a quantia fixada pelo Juízo a quo se mostra compatível com o dano perpetrado. O termo inicial da correção monetária, tratando-se de indenização por danos morais, é a data em que foi arbitrado o seu valor definitivo. (AgRg no REsp /RS, Rel. Ministra NANCY ANDRI- GHI, TERCEIRA TURMA, julgado em , DJ p. 1). Em caso de responsabilidade contratual, os juros moratórios incidem a contar da citação. Precedentes. (EDcl no REsp /RJ, Rel. Ministro HÉLIO QUAGLIA BARBOSA, QUARTA TUR- MA, julgado em , DJ p. 255). Provimento parcial do apelo. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Colenda Segunda Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, à unanimidade, dar provimento parcial ao recurso apelatório. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 CAM- PINA GRANDE. RELATORA: Desª Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. APELANTE: Cia Excelsior de Seguros. ADVOGADOS: José Ulisses de Lyra Júnior e Adson José Alves Farias. APELADO: José Ailton dos Santos Silva. ADVOGADO: Antônio Rodrigues de Araújo. PRELIMINAR. PARTE DISPOSITIVA DA SENTENÇA. ERRO MATERIAL. EXISTÊNCIA. ACOLHIMENTO. Ante a existência de erro material no dispositivo da sentença, o mesmo há de ser corrigido. PRELIMINAR. CARÊNCIA DE AÇÃO. PRÉVIO RE- QUERIMENTO ADMINISTRATIVO. DISPENSABILIDA- DE. REJEIÇÃO. A Constituição Federal garante o livre acesso ao Poder Judiciário, independentemente de prévio ingresso na via administrativa. PRELIMI- NAR. AUSÊNCIA DE DOCUMENTO IMPRESCINDÍ- VEL. LAUDO DE EXAME DE CORPO DE DELITO. ALEGAÇÃO INCONSISTENTE. EXISTÊNCIA DA PRO- VA PERICIAL NOS AUTOS. REJEIÇÃO. É insubsistente a alegação da demandada acerca da ausência de laudo emitido pelo IML, se este se encontra devidamente anexado aos autos. APELAÇÃO CÍVEL. DPVAT. SEGURO OBRIGATÓRIO. VALOR DA INDE- NIZAÇÃO. RESOLUÇÕES DO CNSP. INAPLICABI- LIDADE. LEI N.º 6.194/74. PREVALÊNCIA. APLICA- ÇÃO DA LEI VIGENTE À ÉPOCA DO SINISTRO. CRITÉRIOS ESTABELECIDOS EM LEI. QUANTUM ESTIPULADO EM SALÁRIOS-MÍNIMOS. POSSIBILI- DADE. CORREÇÃO MONETÁRIA. A PARTIR DO EVENTO. JUROS DE MORA. INCIDÊNCIA. CITA- ÇÃO VÁLIDA. FIXAÇÃO EM 1%. ART. 406 DO CÓDI- GO CIVIL. DESPROVIMENTO. As resoluções editadas pelos órgãos reguladores e fiscalizadores da atividade securitária não se sobrepõem às determinações contidas na Lei n.º 6.194/74, que dispõe sobre Seguro Obrigatório de Danos Pessoais. Não incide, na espécie, a MP nº 340/2006, convertida na Lei nº /2007, porquanto o sinistro ocorreu antes da publicação daquela. A correção monetária, por tratarse de recuperação das perdas inflacionárias, deve ser aplicada a partir da data do evento danoso, enquanto os juros de mora, fixados em 1% (um por cento) e em conformidade com o art. 405 e 406, ambos do novo Código Civil, a partir da citação válida. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Segunda Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, acolher a preliminar de erro material, para retificar o nome dos litigantes na parte dispositiva da sentença, rejeitar as preliminares de carência da ação e de ausência de documento imprescindível à verificação da debilidade do promovente e, no mérito, negar provimento ao recurso apelatório. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 CAMPI- NA GRANDE. RELATORA: Desª Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. APELANTE: Unibanco Aig Seguros S/A. ADVOGADOS: José Ulisses de Lyra Júnior e Adson José Alves de Farias. APELADO: José Dias da Silva. ADVOGADO: Wamberto B. Sales. PRELIMINAR. FALTA DE PRESSUPOSTO DE DESENVOLVIMENTO VÁLIDO DO PROCESSO. AUSÊNCIA DE COMPRO- VAÇÃO DA DEBILIDADE COM LAUDO DO IML. PRES- CINDIBILIDADE. EXISTÊNCIA DE OUTRAS PROVAS COMPROBATÓRIAS DO ACIDENTE. REJEIÇÃO. Mostra-se desnecessária a comprovação da gravidade das lesões sofridas, com um laudo do IML, se existem, nos autos, outros documentos suficientes para se aferir a veracidade das alegações. PRELIMINAR. CARÊNCIA DA AÇÃO. PRÉVIO REQUERIMENTO ADMINISTRATI- VO. DISPENSABILIDADE. REJEIÇÃO. A Constituição Federal garante o livre acesso ao Poder Judiciário, independentemente de prévio ingresso na via administrativa. APELAÇÃO CÍVEL. DPVAT. SEGURO OBRIGATÓ- RIO. VALOR DA INDENIZAÇÃO. RESOLUÇÕES DO CNSP. INAPLICABILIDADE. LEI N.º 6.194/74. PREVA- LÊNCIA. CRITÉRIOS ESTABELECIDOS EM LEI. QUAN- TUM ESTIPULADO EM SALÁRIOS-MÍNIMOS. POSSI- BILIDADE. CORREÇÃO MONETÁRIA. A PARTIR DO EVENTO. JUROS DE MORA. INCIDÊNCIA. CITAÇÃO VÁLIDA. DESPROVIMENTO. As resoluções editadas pelos órgãos reguladores e fiscalizadores da atividade securitária não se sobrepõem às determinações contidas na Lei nº 6.194/74, que dispõe sobre Seguro Obrigatório de Danos Pessoais. O salário mínimo é o parâmetro legalmente estabelecido para o tarifamento das indenizações derivadas do seguro obrigatório (artigo 3º da Lei nº 6.194/74), e sua utilização com esse desiderato não importa em conferir-lhe a natureza de indexador, pois se destina simplesmente a assegurar a identidade dos importes mensurados no tempo. A correção monetária, por tratar-se de recuperação das perdas inflacionárias, deve ser aplicada a partir da data do evento danoso, enquanto os juros de mora, por tratar-se de obrigação contratual e, em conformidade com o art. 405 do novo Código Civil, devem ser aplicados a partir da citação válida. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Segunda Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, rejeitar as preliminares e, no mérito, negar provimento ao recurso apelatório. APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 ESPE- RANÇA. RELATORA: Desª Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. APELANTE: Município de Esperança, representado por seu Prefeito. ADVOGADO: Luciano Pires Lisboa. APELADO: Celso Porto Eleutério. ADVOGADO: Sebastião Araújo de Maria. APELAÇÃO CÍVEL. ORDINÁRIA DE COBRANÇA. SERVIDOR PÚBLICO. REDUÇÃO DE JORNADA. DESCONTO SALARIAL EM RAZÃO DA CARGA HORÁRIA. AU- SÊNCIA DE CONCORDÂNCIA EXPRESSA DO SER- VIDOR. IMPOSSIBILIDADE. SUCUMBÊNCIA RECÍ- PROCA. DESCABIMENTO. DESPROVIMENTO. É ilícita a redução salarial em razão de redução de jornada de trabalho, se não há previsão expressa em contrato escrito autorizando o desconto nos vencimentos. Se um litigante decair de parte mínima do pedido, o outro responderá, por inteiro, pelas despesas e honorários. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Segunda Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, negar provimento ao recurso apelatório. APELAÇÃO CÍVEL Nº /002 JA- CARAÚ. RELATORA: Desª Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. APELANTE: Maria Risalva Soares de Souza. ADVOGADAS: Kelly Sabryna de Carvalho Tokuo e Danielle Ismael C. Macedo. APELADA: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Curral de Cima. ADVOGADO: Antonio Gabínio Neto. PRELIMINAR. MANDADO DE SEGURANÇA. CITAÇÃO DO LITIS- CONSORTE PASSIVO NECESSÁRIO. NECESSIDA- DE. INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 47 DO CPC. ACO- LHIMENTO DA PRELIMINAR. ANULAÇÃO DO FEI- TO. Comprovada a real necessidade de citação do litisconsorte passivo necessário, vez que, caso seja concedida a segurança, prejudicá-lo-á diretamente, é necessária a sua citação, na forma do artigo 47 do CPC, concedendo-lhe o estabelecido no artigo 5º, inc. LV, da Constituição Federal. VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. ACORDA, a Segunda Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, à unanimidade, ACOLHER A PRELIMINAR suscitada pelo Ministério Público, para, em conseqüência, anular o processo, determinando a intimação da impetrante para promover a citação do litisconsorte passivo necessário. JULGADOS DA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides APELAÇÃO CÍVEL Nº /001 Vara Única de Mari Relator: Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides Apelante : Banco do Brasil S/A. Advogado: Conceição Honório Apelado : Geraldo de Sousa Morais Advogado: Carlos Augusto de Souza e Outra EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL EMBAR- GOS À EXECUÇÃO IRRESIGNAÇÃO INEXIS- TÊNCIA DE NOVAÇÃO ALEGAÇÕES INFUNDA- DAS LITIGÂNCIA DE MÁ FÉ CONFIGURAÇÃO APELAÇÃO DESPROVIDA. Se a novação não se presume, não é possível vê-la revelada por meras presunções. O ânimo de novar revelado tacitamente deve ser admitido se a prova puder evidenciar, de maneira inequívoca, certa e evidente, a vontade do credor, de extinguir a antiga obrigação. (NELSON E ROSA NERY, Código Civil Comentado, pág. 374) VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS os presentes autos acima identificados. ACORDA a Egrégia Terceira Câmara Cível do Colendo Tribunal de Justiça do Estado, à unanimidade, em desprover a Apelação. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO AGRAVO DE INS- TRUMENTO Nº /002 Comarca de Caapora Relator: Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides Embargante: João Henrique Caminha de Souza Advogado: Roberto F. Vasconcelos Alves Embargado: Ana Luiza Mendonça de Oliveira e Silva Advogado: José Ricardo Porto e outros EMENTA:EMBARGOS DE DECLARAÇÃO PRETEN- SÃO DE REEXAME DA MATÉRIA IMPOSSIBILIDA- DE AUSÊNCIA DOS PRESSUPOSTOS DO ART. 535 DO CPC REJEIÇÃO. A pretensão de simples reexame de prova não enseja Embargos de Declaração. Os embargos de declaração constituem recurso de rígidos contornos processuais, consoante disciplinamento imerso no artigo 535 do Código de Processo Civil, exigindo-se, para seu acolhimento, que estejam presentes os pressupostos legais de cabimento. Inocorrente a hipótese de omissão, não há como prosperar o inconformismo, cujo real intento é a obtenção de efeitos infringentes (EARESP - EMBARGOS DE DE- CLARAÇÃO NO AGRAVO REGIMENTAL NO RECUR- SO ESPECIAL ). VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS os presentes autos acima relatados. ACORDA a Egrégia Terceira Câmara Cível do Colendo Tribunal de Justiça do Estado, por unanimidade, em rejeitar os Embargos com aplicação de multa de 1%. JULGADOS DA QUARTA CÂMARA CRIMINAL Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos APELAÇÃO CÍVEL N.º: /001 Comarca de Campina Grande - RELATOR: Drª. Renata da Câmara Pires Belmont Juíza de Direito Convocada para substituir o Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - apelante: Germano Agra Cariri Caetano - ADVOGADO: Francisco Sylas Machado Costa - 01 APELADO: Alexei Ramos de Amorim - ADVOGADO: Em causa própria - 02 APELADO: Valter Vandilson Custódio de Brito - ADVOGADO: Em causa própria. PROCESSUAL CIVIL Apelação cível Ação de arbitramento judicial de honorários advocatícios Competência absoluta Critério ratione materiae Pressuposto processual subjetivo de validade positivo - Matéria cognoscível de ofício - art. 113, caput c/c art. 301, II, 4º., do CPC Art. 114, I, CF/88 - EC 45/2004 Relação jurídica Natureza Civil Precedentes STJ CC s nºs /MG e 48976/MG Conhecido, para declarar a competência da Justiça Comum Estadual. Assentada pelo Superior Tribunal de Justiça a natureza civil do contrato de prestação de serviços advocatícios, mesmo após o advento da Emenda Constitucional 45/2004, que acrescentou o inciso I ao art. 114, da Norma Ápice, continua competente a Justiça Estadual Comum para processar e julgar as demandas oriundas da aludida modalidade de avença. CIVIL Apelação Cível Ação de arbitramento judicial de honorários advocatícios Art. 22, 2º, Lei 8.906/94 Prestação dos serviços Petições Intimações Comprovação Direito do autor - Fato impeditivo, modificativo ou extintivo Ônus da prova Réu Art. 333, II, do CPC Não desincumbência - Quantificação Prejuízo material Reparação integral Critérios - Remuneração compatível com o trabalho - Valor econômico da questão Piso Tabela da OAB - Desprovimento. Inexitoso o réu no ônus de comprovar fato impeditivo, modificativo ou extintivo da prestação de serviços advocatícios em seu favor, impõe-se, não só declarar a existência do contrato, mas também condenar o beneficiário desses ofícios profissionais por eventual inadimplemento, ainda mais quando o causídico demandante trouxe aos autos

6 6 cópias de peças processuais que atestam seu labor. Na falta de estipulação ou de acordo, os honorários são fixados por arbitramento judicial, em remuneração compatível com o trabalho e o valor econômico da questão, não podendo ser inferiores aos estabelecidos na tabela organizada pelo Conselho Seccional da OAB. (art. 22, 2º., Lei nº /94). ACOR- DAM, em Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao apelo, nos termos do voto do Relator e da súmula de fls. /252. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Nº /001 - Relator: Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos - EMBARGANTE: Lúcia de Fátima Oliveira Coura - Advogados: Luís Carlos Brito Pereira e Clenildo Batista da Silva - EMBARGADO: Bradesco Seguros S.A - Advogados: Paulo Wanderley Câmara e outro. PRO- CESSUAL CIVIL Embargos declaratórios Caráter Modificativo Ausência de obscuridade, contradição ou omissão no corpo do aresto vergastado Fundamentação suficiente - Rediscussão da matéria objeto do julgamento Inadmissibilidade Desacolhimento. Os embargos declaratórios têm por escopo solicitar do julgador que esclareça obscuridade, elimine contradições ou supra omissões, acaso existentes na decisão, e não para adequar a sentença ou o acórdão ao entendimento do embargante. Em sede de embargos de declaração, o apontamento da contradição, omissão ou obscuridade no decisum é pressuposto para que o recurso seja acolhido. Fundamentando o decisum de forma clara e suficiente, não está o magistrado obrigado a se pronunciar sobre todas as teses e dispositivos legais suscitados pelo recorrente. ACORDAM, na Quarta Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, rejeitar os embargos declaratórios, nos termos do voto do relator e de súmula de julgamento de fl Des. Jorge Ribeiro Nóbrega REMESSA OFICIAL E APELAÇÃO CÍVEL N.º /001 Oriundas da Comarca de Bananeiras-PB. RELATOR: Des. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. APELANTE: Município de Bananeiras, representado por seu Prefeito Constitucional. ADVO- GADO: Cláudio Galdino da Cunha. APELADA: Maria José de Araújo Medeiros. ADVOGADOS: João Camilo Pereira e outros. REMETENTE: Exmo. Dr. Juiz de Direito da Comarca de Bananeiras. REMESSA OFICI- AL. Ação de Cobrança. Verbas Salariais. Cargo comissionado. Condenação não excedente a 60 (sessenta) salários mínimos. Inteligência do inciso I, 2º, do art. 475, do CPC. Não conhecimento.- O art. 475, 2º, do CPC, com a redação dada pela Lei nº / 01, ressalvou expressamente que não se aplica o duplo grau obrigatório sempre que a condenação, ou o direito controvertido, for de valor certo não excedente a 60 (sessenta) salários mínimos, devendo-se considerar, nas hipóteses de decisões ilíquidas ou mesmo sem natureza condenatória o quantum monetário apreciável, que o patamar supramencionado deve ser aferido pelo valor da causa, devidamente atualizado à época da prolação da sentença.cobrança. Verbas salariais. Procedência. Irresignação. Prova do pagamento ou do não exercício da atividade no período. Ônus do réu. Férias. Não Comprovação. Provimento Parcial do Apelo.- A condenação ao pagamento de remuneração retida é medida que se impõe, quando o autor demonstra seu vínculo administrativo municipal, e o réu, por sua vez, não comprova o pagamento da remuneração devida ou, ao menos, o não exercício da atividade no período, porquanto era seu o ônus de provar os fatos que modificassem ou extinguissem o direito da promovente de receber verbas pretéritas não pagas.- Para que seja reconhecido o direito a diferenças salariais provindas das férias, é condição essencial, o seu gozo, devendo este ser comprovado por quem pleiteia as referidas verbas.vistos, relatados e discutidos estes autos acima referenciados. Acorda a Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, na conformidade do voto do relator e da súmula de julgamento de fls. 91, por votação unânime, NÃO CONHECER DA REMESSA OFICIAL, e, no mérito, DAR PROVIMENTO PARCIAL AO RECUR- SO, sem manifestação ministerial. JULGADOS DA CÂMARA CRIMINAL Des. Nilo Luis Ramalho Vieir APELAÇÃO CRIMINAL: / 001 RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira APELAN- TE: Jairo Adauto da Silva DEFENSOR: Adriano Medeiros B. Cavalcante APELADO: Justiça Pública.PRELIMINAR DE NULIDADE. VÍCIO NA CITAÇÃO. ACUSADO MILITAR. CITAÇÃO MEDIANTE REQUI- SIÇÃO À AUTORIDADE SUPERIOR. POLICIAL REFORMADO. DESNECESSIDADE. Nos termos do artigo 28 do Código de Processo Penal Militar, o militar em situação de atividade ou assemelhado deve ser citado mediante requisição à autoridade, sob cujo comando estiver. No presente caso, o apelante é um militar reformado que se encontra na reserva, não sendo necessária tal formalidade. Não se encontrando mais em atividade, a sua citação pode ser feita pessoalmente. PENAL E PROCES- SUAL PENAL - PORTE DE ARMA MILITAR RE- FORMADO NECESSIDADE DE AUTORIZAÇÃO ESPECÍFICA. RECURSO A QUE SE NEGA PROVI- MENTO. O porte de arma conferido ao Policial militar se dá em razão das prerrogativas de sua função, perdendo a validade quando da reforma do servidor, sendo necessário, a partir de então, nova autorização a ser expedida pelo poder público, bem com registro específico da arma, tal como exigido a todo cidadão. Vistos, relatados e discutidos estes autos de apelação criminal, acima identificados: Acorda a Egrégia Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, por unanimidade, negar provimento ao presente recurso, em harmonia com o Parecer PETIÇÃO DE HABEAS CORPUS Nº / 001 RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira IMPETRANTE:Bel. Adailton Raulino Vicente da Silva PACIENTE:Josenildo dos Santos.HABEAS CORPUS Ilegalidade do decreto constritivo Não ocorrência Prisão preventiva bem fundamentada Alegação de que o Paciente é primário, tem família bem constituída e profissão definida, além de residência fixa Fatores que por si sós não afastam a possibilidade de decretação da prisão preventiva - Fuga do ora Paciente do distrito da culpa Fundamento suficiente para o decreto constritivo Ordem denegada. Denega-se a ordem de Habeas Corpus quando o decreto constritivo está plenamente fundamentado. TACRSP: A primariedade, os bons antecedentes, o emprego e a residência fixa, por si sós, não afastam a possibilidade de decretação de prisão preventiva (RJDTACRIM 31/340) STJ : A fuga do acusado do distrito de culpa constitui fundamento suficiente na decretação da sua prisão preventiva, para garantia da aplicação da lei penal e conveniência da instrução criminal (RSTJ 104/408). Vistos, relatados e discutidos os autos identificados em epígrafe. Acorda a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em denegar a ordem. Julgamento unânime em harmonia com o Parecer Ministerial. HABEAS-CORPUS N.º /001 RE- LATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira - IMPETRANTE: Darcio Galvão de Andrade - PACIENTE: Darcio Galvão de Andrade. HABEAS CORPUS EXTINÇÃO DE PU- NIBILIDADE PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO EXE- CUTÓRIA CONDENAÇÃO EM 1 (UM) ANO E 3 (TRÊS) MESES DE DETENÇÃO PENA SUBSTITUÍ- DA POR RESTRITIVA DE DIREITOS TRANSCUR- SO DO PRAZO PRESCRICIONAL DE 4 (QUATRO) ANOS OCORRÊNCIA DE CAUSA INTERRUPTIVA DA PRESCRIÇÃO DENEGAÇÃO DA ORDEM. Tendo o paciente iniciado o cumprimento da pena, interrompeu-se o curso da prescrição. E, não decorrido o prazo prescricional a partir deste fato, não há que se falar em extinção da punibilidade. Ordem denegada. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Habeas Corpus, acima identificado: Acorda a Câmara Criminal, por maioria de votos, denegar a ordem de habeas corpus, em harmonia com o parecer ministerial. DESAFORAMENTO N.º /001 RE- LATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira REQUEREN- TE: Representante do Ministério Público do Estado da Paraíba REQUERIDO: Joaquim Adonias Dantas Neto, vulgo Saburá DEFENSOR: Arnaldo Marques de Sousa. PROCESSUAL PENAL. PEDIDO DE DESAFORA- MENTO. SUSPENSÃO DO JULGAMENTO. AUSÊNCIA DE DEMONSTRAÇÃO DA ALEGADA PARCIALIDADE DOS JURADOS. PEDIDO LIMINAR INDEFERIDO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Desaforamento, acima identificado. Acorda a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, por votação unânime, indeferir o pedido liminar. APELAÇÃO CRIMINAL N.º /001 - RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira - APELAN- TE: Sistema Rainha de Comunicação Ltda. (Rádio Panorâmica FM) - ADVOGADO: Alexei Ramos de Amorim, Célio Gonçalves Vieira e outros - APELADO: Município de Campina Grande, representado pelo seu Procurador Geral Fábio Henrique Thoma - ADVOGA- DO: Marxsuell Fernandes de Oliveira. APELAÇÃO CRIMINAL DIREITO DE RESPOSTA PRELIMI- NAR AUSÊNCIA DE TEXTO-RESPOSTA OFEN- SA VEICULADA ATRAVÉS DE EMISSORA DE RADI- ODIFUSÃO FACULDADE LEGAL REJEIÇÃO. Compulsando a legislação atinente à espécie, percebe-se que, sabiamente, buscou o legislador dispor o exercício do direito de resposta de modo compatível com o meio no qual foi propagada a ofensa. De tal sorte, apenas será indispensável a apresentação do chamado texto-resposta, caso a ofensa tenha sido veiculada através de órgão da imprensa escrita. Exegese do 1º, art. 30 e 2º, art. 32 da Lei de Imprensa, bem como, 3º, art. 58 da Lei 9.504/97. MÉRITO DO RECURSO FRUSTADO PEDIDO EXTRAJUDICI- AL- LEGITIMIDADE DA VIA JUDICIAL ESCLARE- CIMENTO À RESPEITO DE REPORTAGEM NA QUAL SE DENUNCIA EVENTUAL FALTA DE MEDICAMEN- TOS - DIREITO SUBJETIVO DE RESPOSTA RE- CURSO INDEFERIDO. - Não se pode reprimir ao autor da demanda a oportunidade de resposta ou retificação de afirmação que considere inverídica ou errônea, respeitado o âmbito do tema em apreço. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de Apelação Criminal. Acorda a Colenda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba em negar provimento ao apelo, em harmonia com o parecer ministerial, à unanimidade. CONFLITO NEGATIVO DE COMPETÊNCIA CRIMI- NAL N.º /001 - RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA - SUSCITANTE : JUÍ- ZO DE DIREITO DA 2ª VARA DA COMARCA DE SOUSA - SUSCITADO: JUÍZO DE DIREITO DA 4ª VARA DA COMARCA DE SOUSA AUTOR: Eliseu José de Melo. CONFLITO NEGATIVO DE COMPE- TÊNCIA CRIMINAL Alegada competência por prevenção não demonstrada Crimes e culpas diversas - Procedência do conflito. No caso em tela, cada ação penal cuida de fato diverso e culpa distinta, de modo que a colheita de provas e o resultado de uma não irá interferir no julgado da outra, não se falando, portanto, em autoridade de jurisdição prevalente. Conflito conhecido e provido. Vistos, relatados e discutidos os autos identificados em epígrafe. Acorda a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba em conhecer do conflito e declarar a competência do juízo suscitado. Julgamento unânime em harmonia com o Parecer Ministerial. APELAÇÃO CRIMINAL N.º /001 - RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira - APELAN- TES: João Batista Ferreira de Paula, vulgo João de Bastiana e Francisco de Assis Moreira, vulgo Xote DEFENSOR: José Ailton Gomes de Souza - APELA- DO: Justiça Pública. FIXAÇÃO DA PENA CON- CURSO DE AGENTES EXAME DAS CIRCUNS- TÂNCIAS JUDICIAIS EM CONJUNTO INOBSER- VÂNCIA DO PRINCÍPIO DA INDIVIDUALIZAÇÃO DA PENA NULIDADE DA SENTENÇA. No exame das circunstâncias judiciais impõe-se a observância do princípio constitucional da individualização da pena, sendo inadmissível que seja levado a efeito de forma conjunta, englobados vários réus num único ato. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de Apelação Criminal. Acorda a Colenda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, por unanimidade, dar provimento ao recurso. APELAÇÃO CRIMINAL N.º /001 - RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA - APELANTE: EDUARDO DE BRITO FARIAS - ADVO- GADO: FRANCISCO PEDRO DA SILVA E FRANCIS- CO ASSIS DO NASCIMENTO - APELADA: A JUSTI- ÇA PÚBLICA. APELAÇÃO CRIMINAL Delito capitulado no art. 180 do CPB - Sentença Condenatória Irresignação Materialidade e Autoria comprovadas Obediência ao disposto nos arts. 59 e 68 do CPB - Improvimento do Apelo. Nega-se provimento ao Apelo, ratificando-se a decisão condenatória proferida pelo juízo de 1º Grau, quando restaram comprovadas nos autos a autoria e a materialidade do delito, tendo o Magistrado Sentenciante, ao aplicar a pena, observado o que preceitua o que dispõe os arts. 59 e 68 do CPB, estando pois bem aplicada.vistos, relatados e discutidos os autos identificados em epígrafe. Acorda a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, negar provimento ao apelo. Julgamento unânime em harmonia com o Parecer Ministerial. Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca NOTÍCIA CRIME nº /001 Relator: Exmo. Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca Noticiante: Ministério Público Estadual Noticiado: Alessandro Alves da Silva, Prefeito Constitucional de Pilõezinhos (Defensor Público Adriano Medeiros Bezerra Cavalcanti) NOTICIA CRIME. Prefeito Municipal. Crime de Responsabilidade e das licitações. Decreto-lei nº 201/67 e Lei nº 8.666/93. Orçamento. Autorização de crédito suplementar pelo legislativo. Abertura pelo agente político. Inobservância da lei de licitações. Permuta de veículos. Autorização legislativa específica. Justa causa. Substrato probatório mínimo para o oferecimento da denúncia. Necessidade. Improcedência da denúncia. Não se efetua despesas ilícitas quando o Poder Legislativo autoriza o crédito suplementar e o Prefeito Constitucional abre o mesmo por decreto dentro dos limites previstos. O direito penal não pode punir a ação do agente onde uma lei, presumidamente constitucional, autorize e tutela sua ação, segundo a conduta conglobante que exclui a tipicidade e por conseqüência o crime. A denúncia deve vir acompanhada com o mínimo embasamento probatório, ou seja, com lastro probatório mínimo (HC /CE, Segunda Turma, Rel. Min. Gilmar Mendes, DJU de 22/06/2007). ACORDA a Egrégia Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba em, por unanimidade, julgar improcedente a denúncia, nos termos do voto do Relator. Des. Joás de Brito Pereira Filho RECURSO EX OFFICIO N /001 AROEIRAS - Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho Recorrente: Juízo de Direito da comarca de Aroeiras Recorrido: José Ivanildo Gomes da Silva (Adv. Gilseppe de Oliveira Sousa) DECISÃO: RECURSO EX OFFICIO. Homicídio qualificado. Legítima defesa. Reconhecimento de plano. Excludente evidenciada estreme de dúvidas. Decisão mantida. Improvimento. Exsurgindo claro e indiscutível o fato de ter o réu se defendido de ataque atual e injusto da vítima, impõese a manutenção da decisão absolutória de primeiro grau, a teor do art. 411 do CPP. - ACORDA a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao recurso oficial. APELAÇÃO CRIMINAL N /001 JOÃO PESSOA Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho Apelante: Fábio Pessoa Lúcio (Advs. Djânio Antônio Oliveira Dias e Maria Gleide de Lima Fernandes) Apelado: A Justiça Pública DECI- SÃO: PROCESSO PENAL Sentença Falta de exame de todos os argumentos defensivos Irrelevância Nulidade inexistente Preliminar repelida. PENAL Furto e estelionato Ações distintas, contra patrimônios diversos Condutas autônomas Concurso material Decisão mantida Apelo improvido. 1. O juiz não está obrigado a julgar o processo de acordo com o pleiteado pelas partes, mas sim, conforme o seu livre convencimento, utilizando-se dos fatos, provas, jurisprudência, aspectos pertinentes ao tema e da legislação que entender aplicável. 2. Não há como cogitar de absorção do furto pelo estelionato quando o agente, depois de subtrair cartões de crédito da primeira vítima, que suportou sérios prejuízos financeiros, deles fez uso para, mantendo em erro os comerciantes, auferir vantagem indevida em detrimento do patrimônio das respectivas operadoras. ACORDA a câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao apelo. APELAÇÃO CRIMINAL N /001 São José de Piranhas/PB. - Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho Apelante: Mario Zan Batista Ferreira Defensor Público Vicente Alencar Ribeiro Apelado: A Justiça Pública DECISÃO: APELAÇÃO CRIMINAL TRÂNSITO. EMBRIAGUEZ AO VOLAN- TE. MATERIALIDADE E AUTORIA DEVIDAMENTE DEMONSTRADAS. 1.CRIME DE PERIGO COMUM QUE TUTELA A INCOLUMIDADE PÚBLICA E INDI- VIDUAL. INDISCUTÍVEL PERIGO REAL DA CON- DUTA DE DIRIGIR SOB EFEITO DE ÁLCOOL, A PONTO DE O RÉU ANDAR DE FORMA CAMBALE- ANTE. ACORDA a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao apelo. APELAÇÃO CRIMINAL N /001 CAJAZEIRAS Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho Apelantes: 1. José Erivan Ramalho de Holanda Sá (Adv. Paulo Sabino de Santana); 2. Nelize Grangeiro de Assis Pereira Assistente de Acusação (Adv. José Batista Neto) - Apelados: 1. A Justiça Pública e Nelize Grangeiro de Assis Pereira Assistente de Acusação (Adv. José Batista Neto); e 2. José Erivan Ramalho de Holanda Sá (Adv. Paulo Sabino de Santana). DECISÃO: CRIME DE TRÂNSITO Homicídio culposo Colisão na parte traseira do veículo da vítima Agente que dirigia em velocidade incompatível, sem guardar a distância regulamentar Imprudência e negligência evidenciadas Condenação inafastável. ACIDENTE DE TRÂNSITO Homicídio culposo Direção sob influência do álcool Prova técnica Não realização Ausência de comprovação da recusa do imputado Supressão por prova oral Inadmissibilidade Int. do art. 277 do CBT, com a redação dada pela Lei n /06. PENA Fixação um pouco acima do mínimo Decisão justificada Pretendida elevação pelo assistente Inadmissibilidade Quantum suficiente à prevenção e reprovação do crime Substituição por restritiva de direitos Inadequação à hipótese Apelo parcialmente provido.1. Se o apelante deu ensejo à colisão, preponderando sua responsabilidade por ter, desenvolvendo velocidade inadequada e sem guardar a distância mínima, abalroado a motocicleta da vítima na parte traseira, não merece censura a sentença desafiada. 2. Ainda que a vítima tenha contribuído para o fato, parando subitamente diante do sinal vermelho, é patente a responsabilidade do agente que, sem guardar a necessária distância, descurando do previsível e do evitável, choca-se com a parte traseira do veículo que segue à sua frente, daí exsurgindo o nexo de causalidade entre sua conduta e o resultado fatídico. 3. Estabelecida a pena um pouco acima do mínimo, levadas em consideração a alta reprovabilidade da conduta, as circunstâncias e o fato de não ter a vítima prestado qualquer contributo para o sinistro, não há como operar a pretendida redução. 4. Se a pena celular foi aplicada um pouco acima do mínimo, parece-me correto afirmar que a suspensão da habilitação do agente há de ser também estabelecida em quantitativo equivalente.5. Não obstante se cuide de crime culposo, as razões que levaram à fixação da pena a patamar além do mínimo (alta reprovabilidade, circunstâncias do crime e a não contribuição da vítima para o seu desfecho) revelam que a substituição por restritivas de direitos não se mostram suficientes à resposta penal pelo ato cometido. ACORDA a câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, em dar provimento parcial ao apelo. HABEAS CORPUS Nº /001 CA- PITAL - Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho Impetrante: Admildo Alves da Silva - Paciente: J. C. V. dos S. DECISÃO: HABEAS CORPUS Crime contra o patrimônio Prisão em flagrante Alegada ausência de motivação para a segregação cautelar (Internação provisória) Configuração Liminar deferida Coação ilegal demonstrada Ordem concedida em definitivo. 1.Uma vez comprovada a coação ilegal suportada pelo paciente, em virtude da ausência de motivação para a sua internação provisória, necessária se faz a concessão, em definitivo, da ordem de liberdade liminarmente deferida. ACORDA a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, por votação unânime, em conceder a ordem, definitivamente, ratificando a liminar outrora concedida, em harmonia com o parecer da Procuradoria de Justiça. AGRAVO EM EXECUÇÃO N /001 CAJAZEIRAS Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho Agravante: Ministério Público do Estado da Paraíba Agravado: Francinildo Bernardo da Silva, vulgo Nildo (Adv. Luís Humberto da Silva) DECI- SÃO: EXECUÇÃO PENAL Progressão de regime Cumprimento de mais de um sexto da pena imposta Apenado de ótimo comportamento Declaração da direção do presídio Preenchimento dos requisitos objetivos e subjetivos Exame criminológico não requerido Decisão mantida Agravo improvido. 1. Não tendo o agente ministerial reclamado a realização de exame criminológico, dispensado pelo magistrado por entender atendidos os requisitos subjetivos pelo apenado, não há como este Tribunal determinar a sua feitura, contra o réu. 2. É de ser mantida a decisão agravada se o reeducando já cumpriu o tempo mínimo exigido ao alcance da progressão e, à época da sentença já satisfazia, também, a exigência de caráter subjetivo necessária e indispensável à concessão do benefício. ACORDA a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao agravo. Des. Arnóbio Alves Teodósio APELAÇÃO CRIMINAL Nº ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande PB. - Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio - Apelante: José Paulo Henrique da Silva, vulgo Paulinho - Advogada: Maria Eliesse de Queiroz Agra - Apelado: Ministério Público Estadual. TRÁFICO DE SUBSTÂNCIA ENTORPE- CENTE. Infringência ao art. 33, caput, da Lei nº / Apreensão de 20 pedras de crak em poder do réu. Condenação. Autoria e Materialidade incontestes. Atividade ilícita comprovada. Apelo da defesa. Desclassificação do delito descrito na denúncia para o de consumo pessoal. Impossibilidade. Mercancia demonstrada. Desprovimento do Apelo. Restando comprovado nos autos que o apelante, ainda que esporadicamente, vendia drogas a terceiros, configurado está o crime de tráfico de entorpecentes, destacando que não é necessário o exercício da atividade ilícita, no instante em que o agente é surpreendido, dado o caráter permanente da conduta. Logo, impossível acolher a pretensão desclassificatória. Vistos, relatados e discutidos estes autos de apelação criminal, acima identificada: Acorda a Câmara Criminal do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao apelo, em harmonia com o parecer ministerial.

7 7 APELAÇÃO CRIMINAL Nº /001 4ª Vara da Comarca de Sousa-PB - Apelante: Agnaldo Gomes da Silva - Advogado: José Silva Formiga - Apelada: A Justiça Pública - Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. FURTO EM CONTINUIDADE DELI- TIVA - Art. 155, caput (três vezes) e art. 155, caput, c/ c o art. 14, II, c/c o art. 71, todos do Código Penal Condenação Irresignação do réu Confissão Alegativa de recuperação dos produtos furtados Circunstância que se verificou somente quando o agente tentou novamente furtar Delito consumado Crime continuado reconhecido - Desprovimento do recurso. O delito de furto se consuma com a mera saída da res da esfera de vigilância de vítima, ainda que por breve espaço de tempo. Disso resulta que não há como se reconhecer somente a figura do furto tentado quando o agente, depois de subtrair coisa móvel alheia, é preso em flagrante delito tentando furtar em outro estabelecimento, ocasião em que o produto do crime anterior é encontrado em seu poder. Vistos, relatados e discutidos estes autos de apelação criminal, acima identificados: Acorda a Egrégia Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, por votação confluente, em negar provimento ao recurso, em harmonia com o parecer ministerial. APELAÇÃO CRIMINAL N.º /001 1ª Vara da Comarca de Santa Rita- PB. - Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio - Apelante: João Batista de França - Advogado: Américo Gomes de Almeida - Apelado: O Ministério Público. TRÁFICO ILÍCITO DE ENTORPECENTES. Maconha. Laudo químico toxicológico. Flagrante. Condenação. Apelo defensivo. Alegativa de fragilidade de provas. Pretensa absolvição. Impossibilidade. Materialidade comprovada. Substância causadora de dependência psíquica. Autoria identificada. Finalidade comercial demonstrada. Mudança do regime inicial de cumprimento da pena. Circunstâncias judiciais não recomendáveis. Não provimento do apelo. Comprovada a posse de substância entorpecente, em quantidade considerável (50,32g), cujo volume é suficiente para caracterizar a mercancia, correta está a condenação nas sanções do art. 33, caput, da Lei /2006. Diante do art. 2º, 1º, da Lei 8.072/90, com a redação que lhe foi dada pela Lei n.º /2006, a pena imposta para os delitos em questão deve ser cumprida em regime inicial fechado, permitida a progressão. Vistos, relatados e discutidos estes autos acima identificados: Acorda a Câmara Criminal do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, à unanimidade, em negar provimento ao apelo, em harmonia com o parecer ministerial. APELAÇÃO CRIMINAL N.º /001 - Origem: 2ª Vara da Comarca de Sousa - Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio - Apelante: José Bento Júnior - Advogado: Eduardo Henrique Jacome e Silva - Apelado: O Ministério Público Estadual. DOS CRIMES CONTRA OS COSTUMES. Atentado violento ao pudor não consumado Art. 214, c/c o art. 224, a e art. 14, II, todos do CP Condenação Inconformismo defensivo Pretendida a absolvição Inviabilidade Autoria e materialidade comprovadas Aplicação da causa especial de aumento prevista no art. 9.º da Lei 8.072/90 bis in idem Exclusão imperativa Regime integralmente fechado Ilegalidade Alteração para o inicialmente fechado Provimento parcial do recurso. Se as provas colhidas para os autos indicam, sem sombra de dúvidas, o apelante como sendo o autor do delito em questão, a condenação combatida deve ser mantida na íntegra, por ser a medida mais cabível para o caso concreto. Na hipótese, é forçosa a exclusão da causa de aumento da pena prevista no artigo 9º da Lei nº 8072/90, utilizada pela douta juíza de primeiro grau, porque tal majorante especial somente pode ser aplicada em crimes praticados com violência real, ou seja, quando resulta lesão corporal de natureza grave ou morte, o que não ocorreu no presente caso. In casu, é mister a correção do regime inicial de cumprimento da pena, em virtude da declaração de inconstitucionalidade do 1º, do art. 2º, da Lei nº 8.072/90, nos autos do HC /SP, o que veda a determinação do regime integralmente fechado para os crimes hediondos e equiparados. Vistos, relatados e discutidos estes autos de apelação criminal, acima identificados: Acorda a Egrégia Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, por votação unânime, em dar provimento parcial ao apelo, em harmonia, com o parecer ministerial. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº / 003 1ª Vara da Comarca de Guarabira - Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio - Recorrente: Paulo Liandro dos Santos - Advogado: Nelson Davi Xavier - Recorrido: A Justiça Pública. PRELIMI- NAR. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO. PRONÚN- CIA. Homicídio qualificado tentado. Art. 121, 2º, I e IV, c/c o art. 14, II, do CP. Argüição de uso de provas ilícitas Pretendida nulidade da sentença de pronúncia Suposto desrespeito a acórdão desta Corte Não ocorrência REJEIÇÃO. É de se rejeitar a preliminar suscitada se dos autos não se verifica qualquer nulidade relativa ao emprego de provas ilícitas. In casu, esta Câmara Criminal ao determinar no HC nº / 002 a nova colheita da prova ministerial diante do Acusado/Recorrente e seu defensor referiu-se às fls. 80, 81 e 82, relativos a depoimentos coletados a título de antecipação de provas, nos termos do art. 366 do CPP, e não aos prestados na esfera policial. RECURSO EM SENTIDO ESTRI- TO. PRONÚNCIA. Homicídio qualificado tentado. Art. 121, 2º, I e IV, c/c o art. 14, II, do CP. Materialidade comprovada Indícios de autoria Pronúncia - Inconformismo defensivo Argumentos Excesso de linguagem Qualificadoras - Afastamento Impossibilidade Manutenção do decisum NÃO PROVIMEN- TO DO RECURSO. Mantém-se a decisão de pronúncia quando, dos autos, se evidencia a existência do crime e indícios de sua autoria. Verificado que o magistrado de primeiro grau, expôs suas razões de convencimento de maneira comedida, porém fundamentada, é se mantê-la em todos os seus termos, não se falando em excesso de linguagem. As qualificadoras, na sentença de pronúncia, só podem ser excluídas quando não encontram quaisquer respaldos nos autos. Vistos, relatados e discutidos os autos acima identificados: Acorda Câmara Criminal, à unanimidade, em negar provimento ao recurso, em harmonia com o parecer Ministerial. PAUTA DE JULGAMENTO DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL SESSÃO DO DIA 29 DE ABRIL DE :30 HORAS. 01) Agravo de Instrumento nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Geraldo Cabral de Vasconcelos Filho e outros. Advogado(s): Danilo Félix Azevedo, José Olavo C. Rodrigues e outro. Agravado 1: Espólio de Geralda Cabral de Vasconcelos. Agravado 2: Sandra Maria Rolim de Azevedo. Advogado(s): Ednaldo de Lima. Decisão: Exmo Juiz Antônio Eimar de Lima. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. COTA sessão de : Após o voto do Relator negando provimento ao Agravo, pediu vista a Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. A Desa. Maria das Neves aguarda. COTA sessão de : A autora do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 02) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVI- SOR: EXMO. JUIZ RODRIGO MARQUES SILVA LIMA. Apelante(s): Unilever Brasil Ltda. Advogado(s): José Ricardo Santos e Luciana Melo Cavalcanti Santos. Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Sentença: Exmo. Juiz Marcos Cavalcanti de Albuquerque. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado por falta de quorum. COTA sessão de : Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, após o voto da Relatora dando provimento ao recurso, pediu vista Dr. Rodrigo Marques Silva Lima. O Des. José Di Lorenzo Serpa aguarda. COTA sessão de : Adiado por falta de quorum. 03) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. Apelante(s): Ana Virgínia de Araújo Silva. Advogado(s): Adalberto Marques de Almeida Lima. Apelado(s): NB Engenharia Ltda e outros. Advogado(s): Ana Rafaela Moreira B. de Carvalho. Sentença: Exmo. Juiz Marcos Aurélio Jatobá. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. COTA sessão de : Adiado face a ausência justificada do Revisor. COTA sessão de : Adiado face a ausência justificada do Revisor. 04) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Distrital de Mangabeira Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Marcondes Felipe da Silva. Advogado(s): Marcos Antônio Felipe da Silva. Apelado(s): Vera Cruz Seguradora S/A. Advogado(s): Odilon de Lima Fernandes. Sentença: Exmo. Juiz Manoel Gonçalves de Abrantes. ACOTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. COTA sessão de : Após o voto da Relatora afastando a prescrição e dando provimento ao Apelo, pediu vista o Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque. A Desa. Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. COTA sessão de : O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 05) Agravo de Instrumento nº /001. Araçagi. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Sizenando Chaves. Advogado(s): José Clodoaldo Maximino Rodrigues. Agravado 1: Mesa da Câmara Municipal de Araçagi, representada por seu Presidente. Advogado(s): Antônio Jocélio Armâncio Rodrigues. Agravado 2: Jânio Alves dos Santos. Advogado(s): Mariana Ramos Paiva Sobreira. Decisão: Exma. Juíza Érica Virgínia da Silva Pontes. COTA sessão de : Adiado por indicação do Relator. COTA sessão de : Adiado por indicação do Relator. 06) Apelação Cível /001. 2ª Vara Cível Capital. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Advogado(s): Severino Barreto Filho, Mércia Carlos de Souza e outros. Apelado(s): João Soares Nuto. Advogado(s): Edmer Palitot Rodrigues. Sentença: Exmo. Juiz Inácio Jairo Queiroz de Albuquerque. COTA sessão de : Após o voto da Relatora, pediu vista a Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. O Des. Marcos Cavalcanti aguarda. COTA sessão de : A autora do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 07) Apelação Cível nº /001. Barra de Santa Rosa. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Barra de Santa Rosa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Wanderley José Dantas. Apelado(s): Jackson Nunes Cândido. Advogado(s): Roseno de Lima Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 08) Apelação Cível nº /001. Araruna. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Campo de Santana, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Ana Priscila Alves de Queiroz. Apelado(s): Leni Soares Bezerra. Advogado(s): José Ivanildo Soares da Silva. Sentença: Exmo. Juiz Ricardo da Silva Brito. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 09) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cabedelo. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Décio Cartaxo Neto. Advogado(s): Rodolfo Dantas. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza. Sentença: Exmo. Juiz Salvador de Oliveira Vasconcelos. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 10) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Distrital de Mangabeira Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César V. Rocha. Apelado(s): Herbert Alexandre Di Pace. Advogado(s): Reginaldo de Sousa Ribeiro e Marcelo Sales Cavalcante. Sentença: Exma. Juíza Leila Cristiani Correia de Freitas e Sousa. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 11) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César V. Rocha. Apelado(s): Cosmo Lima de Paulo. Advogado(s): Breno Amaro Formiga Filho. Sentença: Exmo. Juiz Antônio Eimar de Lima. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 12) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cabedelo. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTI- MA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Luciano Vidal Accioly. Advogado(s): Washington Luis Soares Ramalho e Charles Cruz Barbosa. Apelado(s): Espólio de Telmo Silva de Araújo. Sentença: Exma. Juíza Andréa Gonçalves Lopes Lins. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. 13) Apelação Cível nº /002. 2ª Vara de Família Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. 01 Apelante(s): Aereff Munyr el Timani Calazans, Aleff Mateus el Timani Calazans, representados por sua genitora Sumaia Anis Hamad el Timani Calazans, e outros. Advogado(s): Vanessa Cristina de Morais Ribeiro e Adriana Carla Lima. 02 Apelante(s): Alexandre Herbert Calazans. Advogado(s): Albérgio Gomes de Medeiros. Apelado(s): os mesmos. Sentença: Exmo. Juiz Sivanildo Torres Ferreira. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 14) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. 3ª Vara Cível Capital. RE- LATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza. Apelado(s): João Cordeiro da Silva. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e Tasso Roberto Cavalcanti Maia. Recorrente(s): João Cordeiro da Silva. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e Tasso Roberto Cavalcanti Maia. Recorrido(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Ana Brígida Siqueira, Vera Luce Viana e Glauber Alcântara. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 15) Remessa Oficial nº /001. 2ª Vara Mamanguape. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Autor(s): Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mataraca. Advogado(s): Áurea Emília Bezerra Madruga e Carlos Lira da Silva. Réu(s): Município de Mataraca, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Hervásio Gabínio. Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara da Comarca de Mamanguape. Sentença: Exmo. Juiz Max Nunes de França. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 16) Remessa Oficial nº /001. 4ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Autor(s): Laelson Belo da Silva. Advogado(s): Mário Gomes de Araújo Júnior e Wherle Felício de Lima. Réu(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Walquíria Peixoto Veloso Borges. Remetente: Juízo de Direito da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Hermance Gomes Pereira. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. 17) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. Barra de Santa Rosa. RELA- TOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Barra de Santa Rosa. Advogado(s): Wanderley José Dantas. Apelado(s): Maria Melo de Azevedo. Advogado(s): Roseno de Lima Sousa. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Barra de Santa Rosa. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 18) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Companhia Brasileira de Bebidas Filial Paraíba. Advogado(s): Marília Almeida Vieira, Carlos Frederico C. dos Santos. Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Ricardo Sérgio F. de Lucena. Remetente: Juízo de Direito da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exma. Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 19) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. Bananeiras. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Bananeiras, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Cláudio Galdino da Cunha. Apelado(s): Maria do Rosário Lima dos Santos. Advogado(s): Paulo Costa Magalhães. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Bananeiras. Sentença: Exmo. Juiz Antonio Gomes de Oliveira. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 20) Agravo de Instrumento nº / ª Vara da Fazenda Pública Campina Grande. RELATORA: A EXMA. SRª. DESª. MARIA DE FÁTIMA M. B. CAVALCANTI. Agravante(s): Linaldo Albuquerque Leite e Manoel do Nascimento Batista Pereira. Advogado(s): Enio Pereira de Araújo. Agravado(s): Município de Boa Vista rep por seu Prefeito. Advogado(s): Frannklin Carvalho de Medeiros. Decisão: Aylzia Fabiana Borges Carrilho. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. 21) Agravo de Instrumento nº /001. 2ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: A EXMA. SRª. DESª. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Agravante(s): Estado da Paraíba, rep. por seu Procurador. Procurador(s): Harrison de A. Targino. Agravado(s): Nacional Gás Butano Distribui Distribuidora Ltda. Advogado(s): Erick Macedo e outros. Decisão: Silmary Alves Alves Queiroga Vita. COTA sessão de : Após o voto da Relatora dando provimento parcial ao recurso, pediu vista a Exma. Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. O Des. Marcos Cavalcanti aguarda. 22) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Companhia Brasileira de Bebidas Filial Paraíba. Advogado(s): Marília Almeida Vieira e Carlos Frederico C. dos Santos. Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Ricardo Sérigo de Lucena. Sentença: Exma. Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 23) Apelação Cível nº /001. 5ª Vara de Família Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): José Ikaro Gonçalves da Silva, representado por sua genitora Maria das Dores Gonçalves Maciel e Cynthia Raquel Costa Aires, representada por sua genitora Shirley Maria Alves da Costa. Advogado(s): Marxsuell Fernandes Oliveira. Apelado(s): Jaqueline Freitas Sousa. Advogado(s): Manoel Félix Neto e Giuseppe Fabiano do Monte Costa. Sentença: Exmo. Juiz Eduardo Rubens da Nóbrega Coutinho. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 24) Apelação Cível nº /001. 7ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Gilvan de Almeida Burity. Advogado(s): Itamar Gouveia da Silva. Apelado(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): José Vandalberto de Carvalho. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Vasconcelos. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 25) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): CDL Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro. Advogado(s): Marcus Vinícius Gomes Amorim e José Francisco Fernandes Júnior. Apelado(s): Vanusa Rosa da Silva. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e Tasso Roberto Cavalcante Maia. Sentença: Exma. Juíza Emília Neiva de Oliveira. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 26) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Unimed João Pessoa Cooperativa de Trabalho Médico. Advogado(s): Caius Marcellus Lacerda e Márcio Meira C. Gomes Júnior. Apelado(s): Creusa da Silva Batista. Advogado(s): Paulo Luciano Beserra e Antônio Jansem Targino de Sousa. Senten-

8 8 ça: Exmo. Juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 27) Apelação Cível nº /002. Alhandra. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): FB Cargas Ltda. Advogado(s): Antônio Olímpio Maia de Vasconcelos e Fernando Falcão. Apelado(s): Coletor de Tributos da Cidade de Alhandra. Sentença: Exmo. Juiz Hélder Ronald Rocha de Almeida. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 28) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Miguel Queiroga Filho. Advogado(s): Douglas Antério de Lucena. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Glauber Alcântara Souza Santos e Vera Luce da Silva Viana. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 29) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Ângela Cristina Melo de Lira. Advogado(s): Thélio Farias e Ítalo Farias Bem. Apelado(s): Credicard Banco S/A Administradora de Cartões de Crédito. Advogado(s): Carlos de Sá Pereira Filho e Teresa Rachel B. N. Pereira. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 30) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Narcísio Maia Tecidos Ltda. Advogado(s): Josias de Hollanda Caldas Filho. Apelado(s): Nilza Rodrigues Silva. Advogado(s): Francisco Pedro da Silva. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 31) Apelação Cível nº /001. 4ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Saelpa Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba. Advogado(s): Rogério Varela, Felipe Negreiros e outros. Apelado(s): Deivson Ribeiro de Vasconcelos. Advogado(s): Sósthenes Marinho Costa e Daniel Alves de Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Herbert Luna Lisboa. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 32) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Mércia Santos da Nóbrega. Advogado(s): Ianco Cordeiro, Geraldo Guerra da S. Filho e outros. Apelado(s): Espólio de Maurício de Albuquerque Melo, representado por sua inventariante Bernadete Maria Chaves de Melo. Advogado(s): Manoel Marleno Barros Filho. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Barbosa. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 33) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Cláudio Gonçalo Lourenço. Advogado(s): Antônio Anízio Neto. Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Carlos Arthur de A. Baptista F. Pereira. Sentença: Exma. Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 34) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Edson Luiz Chaves de Oliveira. Advogado(s): Antônio de Freitas Júnior. Apelado(s): Josefa Noeme Arruda Dantas. Defensora: Conceição Santamaria Leite Correia. Sentença: Exmo. Juiz José Guedes Cavalcanti Neto. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 35) Apelação Cível nº /001. 5ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉ- LIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NE- VES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Manuel Cabral de Andrade Neto. Apelado(s): Cosma Lourenço do Nascimento. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. Sentença: Exmo. Juiz Sérgio Moura Martins. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 36) Apelação Cível nº /002. 2ª Vara Bayeux. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NE- VES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Indústria de Prefabricados Alfa Ltda. Advogado(s): Evandro Nunes de Souza. Apelado(s): Gerdau Açominas S/A. Advogado(s): Rodrigo Remígio e Roberta Silva Melo Fernandes. Sentença: Exmo. Juiz Antônio Maroja Limeira Filho. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 37) Apelação Cível nº /001. Pilões. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Cuitegi, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Rodrigo dos Santos Lima. Apelado(s): Marlene Mendes dos Santos. Advogado(s): Cláudio Galdino da Cunha. Sentença: Exma. Juíza Isa Mônia Vanessa de Freitas Paiva. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 38) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Unibanco Aig Seguros S/A. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior e Adson José Alves de Farias. Apelado(s): Glauco Fernandes Machado. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. Sentença: Exma. Desa. Maria Emília Neiva de Oliveira. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 39) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Sul América Cia Nacional de Seguros S/A. Advogado(s): Alysson Filgueira Carneiro Lopes da Cruz. Apelado(s): Edvan Silva Franklin. Advogado(s): Fábio José de Souza Arruda. Sentença: Exma. Juíza Maria Emília Neiva de Oliveira. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 40) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Oscar da Silva Brito. Advogado(s): Getúlio Bustorff Feodrippe Quintão. Apelado(s): Sul América Seguros de Vida e Previdência S/A. Advogado(s): Amanda Figueirôa. Sentença: Exmo. Juiz Miguel de Britto Lyra Filho. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 41) Apelação Cível nº /001. 7ª Vara de Família Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Sonomax Batista Lins e outros. Advogado(s): Dioclécio de O. Barbosa. Apelado(s): Arquineide Mouzinho da Silva Lins. Advogado(s): Ramon Toscano Sebadelhe. Sentença: Exmo. Juiz Flávio Teixeira de Oliveira. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 42) Apelação Cível nº /001. Barra de Santa Rosa. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): Alcinete Vieira Ramos de Macêdo. Advogado(s): Roseno de Lima Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 43) Apelação Cível nº /002. 2ª Vara Patos. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Saelpa Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba. Advogado(s): Dorgival Terceiro Neto. Apelado(s): Manoel Bispo Neto. Advogado(s): Sérgio Petrônio Bezerra Neto. Sentença: Exma. Juíza Higyna Josita S. de Almeida. COTA sessão de : Adiado por falta de quorum em virtude da averbação de suspeição da Exma. Desa. Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. 44) Apelação Cível nº /001. 7ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. Apelante(s): Admilson Francisco do Nascimento. Advogado(s): Augusto Francisco do Nascimento. Apelado(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Giulianna Mariz Maia V. Batista. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Vasconcelos. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Revisor. 45) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. Apelante(s): Clim Clínica Integrada da Mulher Ltda. Advogado(s): Aurora de Barros Souza e Ana Kattarina Bargetzi Nóbrega. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Herman César de Castro Pacífico. Sentença: Exmo. Juiz João Benedito da Silva. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Revisor. 46) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Sapé. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. Apelante(s): Clube Recreativo Sobradense. Advogado(s): Manoel Inácio dos Santos. Apelado(s): Município de Sobrado, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Arnaldo Escorel Júnior. Sentença: Exmo. Juiz Wladimir Alcibíades Marinho Falcão Cunha. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Revisor. 47) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AU- RÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. 01 Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza e Severino Barreto Filho. 02 Apelante(s): Associação Comunitária Achilles Leal. Advogado(s): Augusto Ulysses Pereira Marques. Apelado(s): Os mesmos. Sentença: Exmo. Juiz Sérgio Moura Martins. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 48) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Leônidas José de Farias Maribondo e Severino Barreto Filho. Apelado(s): Luiz Albuquerque Farias Júnior. Advogado(s): Alexei Ramos Amorim, Célio Gonçalves Vieira e outros. Recorrente(s): Luiz Albuquerque Farias Júnior. Advogado(s): Alexei Ramos Amorim, Célio Gonçalves Vieira e outros. Recorrido(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Leônidas José de Farias Maribondo e Severino Barreto Filho. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. COTA sessão de : Adiado por ausência justificada do Relator. 49) Embargos de Declaração nº / ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Embargante(s): Elevadores Otis Ltda. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e outros. Embargado(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Yuri Aragão. 50) Remessa Oficial nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública - Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. Exeqüente: Fazenda Pública Estadual, representado por seu Procurador Ricardo Sérgio F. de Lucena. Executado: Clóvis Costa Comércio Alimentos Ltda. Remetente: Juízo de Direito da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exma. Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. 51) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. Bananeiras. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCAN- TI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Município de Bananeiras, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Cláudio Galdino da Cunha. Apelado(s): Nelson Jerônimo da Silva. Advogado(s): Paulo Costa Magalhães. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Bananeiras. Sentença: Exmo. Juiz Antonio Gomes de Oliveira. 52) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. 4ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA, DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): Brilhantes Indústria e Comércio Alumínio Ltda. Remetente: Juízo de Direito da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Hermance Gomes Pereira. 53) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. 4ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA, DESA. Mª DAS NE- VES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): D.A. Comércio de Confecção e Malhas Ltda. Remetente: Juízo de Direito da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Hermance Gomes Pereira. 54) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. 4ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA, DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): JC Engenharia Civis Ltda. Remetente: Juízo de Direito da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Hermance Gomes Pereira. 55) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. 6ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA, DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): Alberto Martinho da Silva. Advogado(s): Luiz Sérgio de Oliveira. Remetente: Juízo de Direito da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Aluízio Bezerra Filho. 56) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. 6ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA, DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Walquíria Peixoto Veloso Borges. Apelado(s): Iranilda Antas Diniz Cosme. Advogado(s): Clodoaldo José de Lima e Maria das Graças D. Cabral. Remetente: Juízo de Direito da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Aluízio Bezerra Filho. 57) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁ- TIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): CLIM Clínica Integrada da Mulher. Advogado(s): Aurora de Barros Souza, Monique Caroline de Souza Santos e outra. Apelado(s): Banco do Brasil S/ A. Advogado(s): Hermann César de Castro Pacífico. Sentença: Exmo. Juiz João Benedito da Silva. 58) Apelação Cível nº /002. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVI- SOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE AL- BUQUERQUE. Apelante(s): Metallouça Indústria de Produtos Metalúrgicos do Nordeste S/A. Advogado(s): Oscar Adelino de Lima, Thélio Farias e Cláudio de Lucena Neto. Apelado(s): Heinrich Baumgarten KG. Advogado(s): Gilson Guedes Rodrigues. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. 59) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Patos. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Bruno Karpeggiani Felipe Alves. Defensora: Gercilena Sucupira Meira. Apelado(s): Joaquim Monteiro de Sousa. Advogado(s): Alexandre Nunes Costa. Sentença: Exma. Juíza Anna Maria do Socorro Hilário L. Felinto. 60) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. Apelante(s): Maria do Socorro Félix de Oliveira. Advogado(s): Ilza Cilma de Lima. Apelado(s): Fininvest S/A - Negócios de Varejo. Advogado(s): Hugo Ribeiro Braga e Cláudia V. N. Montenegro e outro. Sentença: Exmo. Juiz Josivaldo Félix de Oliveira. 61) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. Apelante(s): Natália Cristina Rocha de Oliveira. Advogado(s): Elenilson Cavalcanti de França. Apelado(s): Bompreço Supermercados do Nordeste Ltda. Advogado(s): Samuel Marques. Sentença: Exmo. Juiz Josivaldo Félix de Oliveira. 62) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Esperança. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTI- MA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Município de Esperança, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Luciano Pires Lisboa. Apelado(s): Maria José da Costa Oliveira. Advogado(s): Sebastião Araújo de Maria. Sentença: Exma. Juíza Lua Yamaoka Maia. 63) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Esperança. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTI- MA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Município de Esperança, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Luciano Pires Lisboa. Apelado(s): José Badu da Silva. Advogado(s): Sebastião Araújo de Maria. Sentença: Exma. Juíza Lua Yamaoka Maia. 64) Apelação Cível nº /001. Serraria. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Município de Serraria, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Justino de Araújo Neto. Apelado(s): Maria Liliane Oliveira da Silva. Advogado(s): Luciano Alvino da Costa. Sentença: Exma. Juíza Hígia Antônia Porto Barreto. 65) Apelação Cível nº /001. Barra de Santa Rosa. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega de Figueiredo. Apelado(s): Ione Félix de Lima Santos. Advogado(s): Roseno de Lima Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. 66) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVI- SOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE AL- BUQUERQUE. Apelante(s): João Batista Guedes. Advogado(s): Ricardo Figueiredo Moreira. Apelado(s): Lia Mônica Rossi. Advogado(s): Suely de Fátima L. da Rocha Dantas e Cassimira Alves Vieira. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. 67) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVI- SOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBU- QUERQUE. Apelante(s): TIM Nordeste S/A. Advogado(s): Leidson F. Torres Matos e Hermano Gadelha de Sá. Apelado(s): Severino do Carmo Barbosa. Advogado(s): Antonio José Ramos Xavier. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. 68) Apelação Cível nº /001. Serra Branca. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Município de Serra Branca, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Josedeo Saraiva de Souza. Apelado(s): José Bernardo de Oliveira. Advogado(s): Maria do Socorro Flor Antonino. Sentença: Exma. Juíza Ana Carmen Pereira Jordão Vieira. 69) Apelação Cível nº /001. Solânea. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Solânea, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e Elyene de Carvalho Costa. Apelado(s): Maria Ribeiro Alves. Advogado(s): Paulo Costa Magalhães. Sentença: Exmo. Juiz Osenival dos Santos Costa. 70) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MAR- COS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Lenimar Nunes de Andrade. Advogado(s): Francisco das Chagas Batista Leite e Vescijudith Fernandes Moreira. Apelado(s): Banco do Estado de São Paulo Banespa. Advogado(s): Max Saeger. Sentença: Exmo. Juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa. 71) Apelação Cível nº /001. Belém. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s):

9 9 Município de Belém, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Kayser Nogueira Pinto Rocha. Apelado(s): Josefa Fontes da Silva. Advogado(s): João Camilo Pereira e outros. Sentença: Exma. Juíza Luciana Rodrigues Lima. 72) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Banco ABN AMRO Real S/A. Advogado(s): João Alberto da Cunha Filho e Andréa Fialho Pessoa Pontes. Apelado(s): Priscila de Lima Araújo. Sentença: Exma. Juíza Maria Emília Neiva de Oliveira. 73) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Patos. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Júlia Nunes da Silva. Advogado(s): Aluísio de Queiroz Melo Neto. Apelado(s): Terezinha Nunes da Costa. Advogado(s): Pedro Palitó Nunes de Lima Filho. Sentença: Exma. Juíza Gabriella de Britto Lyra Leitão Nóbrega. 74) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Guarabira. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CA- VALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Severino Cassimiro da Silva. Advogado(s): Eraldo Luis Braz de Morais. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Severino Barreto Filho e Índio Brasil Leite. Sentença: Exmo. Juiz Gustavo Pessoa Tavares de Lyra. 75) Apelação Cível nº /001. 7ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Yuri Aragão. Apelado(s): CAGEPA Companhia de Água e Esgotos da Paraíba. Advogado(s): Írio Dantas da Nóbrega, Ana Amélia Ramos Paiva e outro. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Vasconcelos. 76) Apelação Cível nº /001. Solânea. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Solânea, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e Elyene de Carvalho Costa. Apelado(s): Diego Raniere Costa Morais. Advogado(s): Paulo Costa Magalhães. Sentença: Exmo. Juiz Osenival dos Santos Costa. 77) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica da Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): J Menino Materiais de Construção Ltda. Sentença: Exmo. Juiz Aluízio Bezerra Filho. 78) Apelação Cível nº /001. Santa Luzia. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Francisco de Medeiros Lima e Maria do Carmo C. Medeiros. Advogado(s): Vitória Maria Costa de Medeiros. Apelado(s): João Henrique dos Santos e Severina M. dos Santos. Advogado(s): Fernando Marinho de L. Júnior e Augusto Karol Marinho de Medeiros. Sentença: Exmo. Juiz Fernando Brasilino Leite. 79) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Sul América Capitalização S/A Sulacap. Advogado(s): Amanda Figueirôa e outros. Apelado(s): Jucélio Fernandes e outros. Advogado(s): Mário Maciel da Cunha e Arsênio Valter de Almeida Ramalho. Sentença: Exmo. Juiz Bartolomeu Correira Lima Filho. 80) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MAR- COS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Unimed João Pessoa Cooperativo de Trabalho Médico. Advogado(s): Márcio Meira Gomes Júnior e Caius Marcellus Lacerda. Apelado(s): Francisca Mangueira de Sousa. Advogado(s): Leônidas Lima Bezerra. Sentença: Exmo. Juiz Alexandre Targino Gomes Falcão. 81) Apelação Cível nº /001. Paulista. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Rafael de Lima Santos. Advogado(s): Francisco das Chagas de Sousa. Apelado(s): Unibanco Aig Seguros S/A. Advogado(s): Tânia Vainsencher e Milena Neves Augusto. Sentença: Exmo. Juiz Alex Muniz Barreto. 82) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. Apelado(s): Júlio César Coutinho de Lima. Advogado(s): Walter de Melo. Sentença: exmo. Juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa. 83) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica da Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): Center Box Ltda. Sentença: Exmo. Juiz Aluízio Bezerra Filho. 84) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica da Nóbrega Figueiredo. Apelado(s): Mercapel Mercantil Auto Peças Ltda. Sentença: Exmo. Juiz Aluízio Bezerra Filho. 85) Apelação Cível nº /001. Alagoa Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CA- VALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Sivone da Silva Vitorino Oliveira. Advogado(s): Haroldo Serrano de Andrade. Apelado(s): Justiça Pública. Sentença: Exmo. Juiz Gutemberg Cardoso Pereira. 86) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Manuel Cabral de Andrade Neto. Apelado(s): Willian Teixeira Santos. Advogado(s): Hamilton Alexandre Freire Pinto. Sentença: Exmo. Juiz José Guedes Cavalcanti Neto. 87) Apelação Cível nº /001. 4ª Vara Sousa. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Marcos Antônio Oliveira Paz. Advogado(s): Daniel Pinto Nóbrega Gadelha. Apelado(s): Município de Sousa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Cleonerubens Lopes Nogueira e João Bosco Marques de Sousa Júnior. Sentença: Exmo. Juiz Perilo Rodrigues de Lucena. 88) Apelação Cível nº /001. 7ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Telecomunicações de São Paulo S/A Telesp. Advogado(s): Juscelino de Oliveira Souza e outros. Apelado(s): Wagner José de Medeiros. Advogado(s): Maxsuell Fernandes de Oliveira. Sentença: exmo. Juiz Alex Muniz Barreto. 89) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza e outros. Apelado(s): Severina Paiva de França. Advogado(s): Marcos Antônio Inácio da Silva, Narriman Xavier da Costa e outro. Sentença: Exmo. Juiz Inácio Jairo Queiroz de Albuquerque. 90) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MAR- COS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Mapfre Vera Cruz Seguradora S/A. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior e Adson José Alves de Farias. Apelado(s): Suzana Celestino da Silva e outros. Advogado(s): Severino Ferreira da Silva. Sentença: Exmo. Juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa. 91) Apelação Cível nº /001. 6ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. Apelante(s): Moema Carneiro Guedes Arnaud. Advogado(s): Leandro M. Costa Trajano e Vamberto A. Costa. Apelado(s): Antônio Carneiro Arnaud e Maria Teresa da Conceição Silva. Advogado(s): Manoel Marleno Barros Filho. Sentença: Exmo. Juiz José Guedes Cavalcanti Neto. 92) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZER- RA CAVALCANTI. Apelante(s): Valdir Bezerra Cabral. Advogado(s): José Laécio Mendonça. Apelado(s): Clubes de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro. Advogado(s): José Francisco Fernandes Júnior. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. 93) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVI- SOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Unimed João Pessoa Cooperativa de Trabalho. Advogado(s): Márcio Meira C. Gomes Júnior e Caius Marcellus Lacerda. Apelado(s): Maria Odete Targino de Sousa. Advogado(s): Antônio Jansem Targino de Sousa. Sentença: Exmo. Juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa. 94) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Esperança. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. Apelante(s): Prefeitura Municipal de Esperança. Advogado(s): Luciano Pires Lisboa. Apelado(s): Jacinta de Fátima Barbosa Gonçalves. Advogado(s): Sebastião Araújo de Maria. Sentença: Exma. Juíza Lua Yamaoka Mariz Maia. 95) Apelação Cível nº /001. 4ª Vara de Família Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVI- SOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Emerson Santos Rodrigues e outros, representados por sua genitora Francisca dos Santos Oliveira. Advogado(s): Marieme Leite Vasconcelos. Apelado(s): Reginaldo Rodrigues da Silva. Advogado(s): José Ricarte de Oliveira e outro. Sentença: Exmo. Juiz Francisco Francinaldo Tavares. 96) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZER- RA CAVALCANTI. Apelante(s): Banco Fiat S/A. Advogado(s): Nayara Chrystine Nóbrega e Mário Steve de Lima. Apelado(s): Robson Antão de Medeiros. Advogado(s): em causa própria. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. 97) Apelação Cível nº /001. 8ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Ministério Público. Apelado 1: Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Giulianna Mariz Maia Batista. Apelado 2: Arquidiocese da Paraíba Mitra Arquidiocesana da Paraíba (Paróquia Nossa Senhira de Nazaré) Sentença: Exmo. Juiz Eduardo José de Carvalho Soares. 98) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. Apelante(s): Banco ABN AMRO Real S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de Morais Ribeiro. Apelado(s): Francisca Formiga do Nascimento, representado por sua Procuradora Vanderleide do Nascimento. Advogado(s): Adair Borges Coutinho e outros. Sentença: Exmo. Juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha. 99) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZER- RA CAVALCANTI. Apelante(s): Banco Bradesco S/A. Advogado(s): Niâni Guimarães Lima de Medeiros. Apelado(s): José Soares de Oliveira. Advogado(s): Marcos Antônio Inácio da Silva. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. 100) Apelação Cível nº /002. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. 01 Apelante(s): Maria das Neves Gomes do Prado. Advogado(s): Érico de Lima Nóbrega. 02 Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César V. Rocha e outros. Apelado(s): Os mesmos. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. PAUTA DE JULGAMENTO DA QUARTA CÂMARA CÍVEL 15ª SESSÃO ORDINÁRIA DIA 29 DE ABRIL DE 2008 HORÁRIO: 08:30 HORAS 01-) Apelação Cível nº /002. RE- RO NÓBREGA. 13ª Vara Cível da Capital. 01 Apelante(s): CAGEPA - Cia de Água e Esgotos da Paraíba. Advogado(s): José Marcos Oliveira dos Santos. 02 Apelante(s): José Jorge Lopes Vilaça e CIAVE Cia Avícola do Nordeste S/A. Advogado(s): Sylvio da Silva Torres Filho e Roberto Nogueira Gouveia. 01 Apelado(s): Marcelo Xavier Fernandes de Lima e Josenir Rodrigues Xavier. Advogado(s): Jamerson Neves de Siqueira. 02 Apelado(s): Caminho do Sol Ltda. Advogado(s): Tânia de Freitas. Na sessão do dia COTA: Adiado a requerimento do 2º Apelante. Na sessão do dia COTA: Rejeitada a preliminar à unanimidade. No mérito, após o voto da relatora desprovendo ambos os apelos, pediu vista o revisor. O Exmo. Dr. João Batista Barbosa aguarda. Na Tribuna, o Bel. Johnson Gonçalves de Abrantes. Na sessão do dia COTA: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 02-) Apelação Cível nº /001. RELA- TOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BAR- BOSA. REVISOR: EXMO. DES. GENESIO GOMES PEREIRA FILHO. 4ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): Esporte Clube Cabo Branco. Advogado(s): José Mario Porto Junior e outro. Apelado(s): José Maria Tavares de Melo Neto e outros. Advogado(s): José Cláudio Pontes e outro.obs: O Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos averbou-se suspeito. O Exmo. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega averbou-se suspeito. Na sessão do dia COTA: Adiado pela ausência justificada do Revisor. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do relator. Na sessão do dia COTA: Após o voto do relator que provia o recurso apelatório, pediu vistas o Revisor. A Exma. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont aguarda. Na sessão do dia COTA: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência do autor do pedido de vista. Na sessão do dia COTA: Após o voto do relator dando provimento ao recurso e do revisor desprovendo, pediu vista a Exma. Dra. Renata Câmara Pires Belmont. Na sessão do dia COTA: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 03-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora. Procuradora(s): Sanny Ribeiro Japiassu. Apelado(s): Adrio Nobre Leite. Advogado(s): Odilon José L. Falcão e outro. Remetente: Juízo de Direito da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 04-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /002. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Companhia de Água e Esgotos da Paraíba - CAGEPA. Advogado(s): Írio Dantas Nóbrega e outros. Apelado(s): Município de Campina Grande. Advogado(s): Fábio Henrique Thoma. Remetente: Juízo de Direito da 1ª Vara da Fazenda Publica de Campina Grande. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 05-) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 5ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Lusa Engenharia Comércio e Indústria Ltda. Advogado(s): Klebert Marque de França. Apelado(s): Ivone Farias Nascimento. Advogado(s): Tânio Abílio de Albuquerque Viana. Recorrente(s): Ivone Farias Nascimento. Advogado(s): Tânio Abílio de Albuquerque Viana. Recorrido(s): Lusa Engenharia Comércio e Indústria Ltda. Advogado(s): Klebert Marque de França. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 06-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATIS- TA BARBOSA. 3ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Banco do Nordeste do Brasil S/A. Advogado(s): Adriano Leite de Macedo. Apelado(s): Jussara Vilarim Pimentel e outros. Advogado(s): Thelio Farias e outros. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação do relator. 07-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Walquiria P. V. Borges Pereira. Apelado(s): Frutus Tropicais S/A. Advogado(s): Sylvio Torres Filho. Remetente: Juízo de Direito da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação do relator. 08-) Agravo de Instrumento nº / 001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓ- BREGA. 5ª Vara Cível de Campina Grande. Agravante(s): Núbia Maria Barbosa Frazão e outros. Advogado(s): Mauro Rocha Guedes. Agravado(s): Espólio de Josenilson Barbosa da Silva, representado por seu inventariante José Wilson Braz Silva. Advogado(s): Leidson Farias e outros. 09-) Agravo de Instrumento nº / 001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓ- BREGA. 7ª Vara da fazenda Pública da Capital. Agravante(s): Amaral Coleta de Lixo Comercial e Urbana Ltda. Advogado(s): Dennys Carneiro Rocha e outros. Agravado(s): EMLUR Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana. 10-) Agravo de Instrumento nº / 001. RELATOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 6ª Vara Cível de Campina Grande. Agravante(s): Banco do Nordeste do Brasil S/A. Advogado(s): Maria Fernanda Diniz N. Brasil e outros. Agravado(s): Espólio de Ivan Farias, representado por seu inventariante. Advogado(s): Alexei Ramos de Amorim e outros. 11-) Agravo de Instrumento nº / 001. RELATOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 8ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Agravante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Procurador. Procurador(s): Gilberto Carneiro da Gama. Agravado(s): MONTAC AR CONDICIONADO LTDA. 12-) Agravo de Instrumento nº / 001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓ- BREGA. 5ª Vara Cível da Capital. Agravante(s): Ilva Marques de Azevedo. Advogado(s): George Suetônio Ramalho Júnior e outros. 01 Agravado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza e outros. 02 Agravado(s): Banco Bradesco S/A. 03 Agravado(s): Banco ABN AMRO S/A. 13-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBRE- GA. 16ª Vara Cível da Capital. Agravante(s): Empresa Brasileira de Telecomunicações. Advogado(s): Caius Marcellus Lacerda e outros. Agravado(s): José Everaldo Vieira Freire. Advogado(s): Em causa Própria. 14-) Embargos de Declaração nº / 001. RELATOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. Embargante(s): Margarida Maria da Silva Melo. Advogado(s): Daniel Sampaio de Azevedo. Embargado(s): Lojas Esplanada S/A. Advogado(s): José Amarildo de Sousa. 15-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Santa Luzia. Apelante(s): Geraldo Medeiros. Advogado(s): Meryclis D Medeiros Batista. Apelado(s): Jairo Maia Ferreira. Advogado(s): Antônio Fausto Terceiro de Almeida. 16-) Apelação Cível nº /002. RE-

10 10 RO NÓBREGA. 3ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): UNIMED João Pessoa Cooperativa de Trabalho Médico. Advogado(s): Caius Marcellus de Lacerda e outros. Apelado(s): Roberto Fernandes Fonseca. Advogado(s): Getúlio Bustorff Feodrippe Quintão. 17-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 1ª Vara de Itaparonga. Apelante(s): Município de Diamante, representado por seu Prefeito. Procurador(s): Luís Antônio da Silva. Apelado(s): Maria de Lourdes Gomes de Sousa. Advogado(s): Jakeleudo Alves Barbosa. 18-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 2ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande. Apelante(s): Laércio Gomes. Advogado(s): Olinda Sammara L. Aguiar. Apelado(s): Município de Campina Grande, representado por seu Prefeito. Procurador: Severino de Azevedo Neto. 19-) Apelação Cível nº /001. RELA- TORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Comarca de Cuité. Apelante(s): Valdecir Braz Pereira. Advogado(s): Genivaldo da Costa Alves. Apelado(s): Município de Cuité, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Giovane Dantas de Medeiros. 20-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 12ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Unibanco União de Bancos Brasileiros S/A. Advogado(s): Luiz Fernando Visconti e outros. Apelado(s): Orlando Pereira dos Santos. Advogado(s): Martinho F. Xavier Junior e outros. 21-) Apelação Cível nº /001. RELA- TORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BEL- MONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 13ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Unibanco União de Bancos Brasileiros S/ A. Advogado(s): André Costa F. de Oliveira. Apelado(s): Amaretintas Comércio de Tintas e Ferragens Ltda. Advogado(s): Martinho Faustino Xavier Júnior. 22-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATIS- TA BARBOSA. 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Procurador(s): Venâncio Viana de Medeiros Filho. Apelado(s): Rosineide Monteiro Gomes Queiroga. Defensor: Fernando Antônio Gomes Queiroga. 23-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Alhandra. Apelante(s): Maria José dos Santos Souza. Advogado(s): Vera Lúcia de Lima Souza. Apelado(s): Geraldo Augustino Campos. Advogado(s): Ronaldo Pessoa dos Santos. 24-) Apelação Cível nº /002. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Remígio. Apelante(s): Maria de Fátima Dias da Cruz. Advogado(s): Dilma Jane Tavares de Araújo. Apelado(s): Município de Remígio, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Lucélia Nunes Rocha e outro. 25-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RI- BEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Taperoá, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Carla Carvalho de Andrade e outros. Apelado(s): João Herbet Trajano Rodrigues. Advogado(s): Kátia Fernanda Tavares. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Taperoá. 26-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Taperoá, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Carla Carvalho de Andrade e outros. Apelado(s): Nicélia Maria Fernandes de Souza. Advogado(s): João Pinto Barbosa Neto. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Taperoá. 27-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RI- BEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Cuité, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Giovanni Dantas de Medeiros. Apelado(s): Júlio Inácio da Silva. Advogado(s): Higor Rocha Simões Fialho. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Cuité. 28-) Apelação Cível nº /002. RE- RO NÓBREGA. 4ª Vara da Comarca de Sousa. Apelante(s): Francisco Dantas da Silva. Advogado(s): Raimundo Antunes Batista e Joana D arc Ferreira de Araújo. Apelado(s): Município de Santa Cruz. Advogado(s): José Francisco da Silva Neto. 29-) Apelação Cível nº /002. RE- RO NÓBREGA. 1ª Vara de Itabaiana. Apelante(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Manuel Cabral de Andrade Neto. Apelado(s): Maria Patrícia Araújo. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. 30-) Apelação Cível nº /003. RELA- TORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BEL- MONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓ- BREGA. 1ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. Apelado(s): Jailton Cabral de Medeiros. Advogado(s): Daniela Delai Rufato e outros. 31-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Serraria. Apelante(s): Município de Serraria, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Justino de Araújo Neto. Apelado(s): José Geraldo Pereira Lima. Advogado(s): Luciano Alvino da Costa. 32-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. REVISORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. 2ª Vara de Guarabira. Apelante(s): José Camilo Monteiro. Advogado(s): Eraldo Luis Braz de Morais. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. 33-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 7ª Vara Cível de Capina Grande. Apelante(s): Weruska Teófilo Nóbrega. Advogado(s): Arsênio Valter de Almeida Ramalho. Apelado(s): TNL PCS S/A. Advogado(s): Carlos Gomes Filho e outros. 34-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Banco ABN ANRO REAL S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de Morais Ribeiro. Apelado(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Yuri Aragão e outros. 35-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 5ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): José Augusto Dantas. Advogado(s): Martinho F. Xavier Júnior e Deorge Aragão de Almeida. Apelado(s): Banco ABN AMRO REAL S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de M. Ribeiro e outros. 36-) Apelação Cível nº /002. RELA- TORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Banco ABN ANRO REAL S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de Morais Ribeiro. Apelado(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Giulianna Mariz Maia V. Batista. 37-) Remessa Oficial nº /001. RE- BELMONT. Impetrante(s): Agar Brasileiro Indústria e Comercio Ltda. Advogado(s): Mara Brasileiro Indústria e Comercio Ltda. Impetrado(s): Diretor do Departamento de Administração tributária do Estado da Paraíba. Remetente: Juízo de Direito da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital. 38-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATIS- TA BARBOSA. 8ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): HOSPLAN PB Hospitais e Clínicas Associadas da Paraíba Ltda. Defensora(s): Diana Rangel Piccoli. Apelado(s): Xérox do Brasil Ltda. Advogado(s): Manoel Sales Sobrinho e outro. 39-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. REVISORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. 2ª Vara de Guarabira. Apelante(s): João Dantas Ribeiro. Advogado(s): Eraldo Luis Braz de Morais. Apelado(s): Banco do Brasil S/ A. Advogado(s): Severino Barreto Filho e Mércia Carlos de Souza e outros. 40-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATIS- TA BARBOSA. 16º Vara Cível da Capital. Apelante(s): Rita Farias de Souza. Advogado(s): Marcos Antônio Inácio da Silva e outros. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza e outra. 41-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Santa Luzia. Apelante(s): Milton Cirilo da Silva. Advogado(s): José Marcilio Batista. 01 Apelado(s): Empresa Nacional de Bebidas Ltda. Advogado(s): Givaldo Soares de Lima. 02 Apelado(s): Urano José de Medeiros. Advogado(s): Petrônio José Nóbrega Damasceno. 42-) Apelação Cível nº /001. RELA- TOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. RE- VISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 2ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza e outros. Apelado(s): Josefa Galvão da Cruz. Advogado(s): Laura Taddei Alves Pereira Pinto Berquó. 43-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Caiçara. Apelante(s): Município de Caiçara, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Márcia Barroso Gondim Coutinho. Apelado(s): Maria Marlene Cândido Inácio. Advogado(s): Julianna Érica Pessoa de Araújo. 44-) Apelação Cível nº /001. RELA- TOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. RE- VISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 2ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): HSBC Bank Brasil S/A Banco Múltiplo. Advogado(s): Valdísio Vasconcelos de Lacerda Filho. Apelado(s): Melina Valença Maciel Paes Barreto. Advogado(s): Marcos Antônio Inácio da Silva e outros. 45-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 2ª Vara de Santa Rita. Apelante(s): CIA Usina São João. Advogado(s): Jaldemiro Rodrigues de Ataíde Júnior e outros. Apelado(s): Valmir da Silva de Melo. Advogado(s): Valter de Melo e outros. 46-) Apelação Cível nº /001. RELA- TOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. RE- VISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 2ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza e outros. Apelado(s): Fernanda Luiz do Nascimento. Advogado(s): David Sarmento Câmara e outros. 47-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Itabaiana. 01 Apelante(s): Edmilson Paiva da Veiga. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. 02 Apelante(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Manoel Cabral de Andrade Neto. Apelado(s): Os mesmos. 48-) Apelação Cível nº /001. RE- LATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATIS- TA BARBOSA. 8ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Sueli Silva do Nascimento. Advogado(s): José Laércio Mendonça. Apelado(s): Associação Comercial de São Paulo. Advogado(s): Veruska Maciel.. 49-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 2ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Alexandre Morais Azevedo. Advogado(s): Thélio Farias e outros. Apelado(s): Tim Nordeste S/A. Advogado(s): Hermano Gadelha de Sá. 50-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 7ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): Abdon Bandeira André. Advogado(s): Itamar Gouveia da Silva e Romero Carvalho Mendes. Apelado(s): Severino Alves de Araújo e Iracema Pereira Pinto. Advogado(s): João Fernandes Barbosa. 51-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Soledade. Apelante(s): Germano Agra Cariri Caetano. Advogado(s): Francisco Sylas Machado Costa. 01 Apelado(s): Alexei Ramos de Amorim. Advogado(s): Em causa própria. 02 Apelado(s): Valter Vandilson Custódio de Brito. Advogado(s): Em causa própria. 52-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. Comarca de Conceição. Apelante(s): Francisco Gilvan Martins. Defensor: Joaquim Lopes Vieira. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Sousa e Priscila de Souza Feitosa. 53-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 2ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Satander Seguros do Brasil S/A. Advogado(s): Adson José Alves de Farias e outro. Apelado(s): Felipe Vila Nova Coelho. Advogado(s): Vera Luce da Silva Viana. 54-) Apelação Cível nº /001. RE- BELMONT. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 16ª Vara Cível da Capital. 01 Apelante(s): Damásio Franca Júnior. Advogado(s): Damásio B. da Franca Neto e outro. 02 Apelante(s): Ivan Ferreira de Pontes. Advogado(s): Silvio Torres Filho e outro. Apelado(s): Os mesmos. Obs: o Exmo. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega averbou-se suspeito. 55-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Mamanguape, representado por seu Procurador. Advogado(s): Johnson Gonçalves de Abrantes e Antônio Fábio Rocha Galdino. Apelado(s): Marcos Antônio Rodrigues de Sousa. Advogado(s): Paulo César Ribeiro. Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara de Mamanguape. 56-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 7ª Vara de Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Yuri Aragão e outros. Apelado(s): RE- FRESCOL Indústria de Refrigerantes S/A. Advogado(s): Gláucio Manoel de Lima Barbosa. Remetente: Juízo de Direito da 7ª Vara da Fazenda da Comarca da Capital. 57-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Santa Helena, representado por seu Prefeito. Advogado(s): José Airton Gonçalves de Abrantes. Apelado(s): Francisco Gabriel de Sena. Advogado(s): Rogério Silva Oliveira e Vanderlânio de Alencar Feitosa. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de São João do Rio do Peixe. 58-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 01 Apelante(s): Joil Freitas da Silva. Advogado(s): Roberto Gomes Lopes. 02 Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Procurador(s): Francisco Luciano Alexandre de Albuquerque. Apelado(s): Os mesmos. Remetente: Juízo de Direito da Comarca da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. 59-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Santa Helena, representado por seu Prefeito. Advogado(s): José Airton Gonçalves de Abrantes e outro. Apelado(s): Maria de Fátima Dino Nascimento. Advogado(s): Vanderlânio de Alencar Feitosa e Rogério Silva Oliveira. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de São João do Rio do Peixe. 60-) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 7ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Banco Sudameris Brasil S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de M. Ribeiro. Apelado(s): Waldilea Oliveira de Farias Bronzeado. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e outros. Apelado(s): Waldilea Oliveira de Farias Bronzeado. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e outros. Recorrido(s): Banco Sudameris Brasil S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de M. Ribeiro. 61-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 1ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): João Freitas de Souza. Advogado(s): José Laércio Mendonça. Apelado(s): Serasa S/A. Advogado(s): Marcus Fábio da Silva Pires e outros. 62-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 1ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Sousa e outros. Apelado(s): Walter Luiz Granjeiro da Silva. Advogado(s): Em causa Própria. 63-) Apelação Cível nº /001. RE- RO NÓBREGA. 1ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Câmara de Dirigentes Lojistas do Recife. Advogado(s): Renata Loureiro Guerra. Apelado(s): Roberto Saraiva Granjeiro. Advogado(s): José Laércio Mendonça. 64-) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. 14ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/ A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. Apelado(s): Maria das Dores Mendes da Silva. Advogado(s): Breno A. Formiga Filho. Recorrente(s): Maria das Dores Mendes da Silva. Advogado(s): Breno A. Formiga Filho. Recorrido(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. PAUTA DE JULGAMENTO DA CÂMARA CRIMINAL DIA: 29 DE ABRIL DE 2008 HORÁRIO ÀS 08:00 HS. RELATOR: JUIZ CONVOCADO DR. ESLU ELOY FILHO REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMA- RA 1º Apelação Criminal nº /001, da 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Apelante: AZARIAS GOMES DA SILVA. (Advs. Albérgio Gomes de Medeiros e Aluízio Nunes de Lucena). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: JUIZ CONVOCADO DR. ESLU ELOY FILHO REVISOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 2º Apelação Criminal nº / 001, da Comarca de Picuí. Apelantes: 1º SAULO JOSÉ DE LIMA. (Advs. Rodrigo Oliveira dos Santos Lima e Paulo Wanderley Câmara) e 2º Representante do Ministério Público. Apelada: A Justiça Pública. Apelado: SAULO JOSÉ DE LIMA. (Advs. Rodrigo Oliveira dos Santos Lima e Paulo Wanderley Câmara). Cota: O Desembargador Leôncio Teixeira Câmara, encontrase impedido. RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA RE- VISOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA 3º Apelação Criminal nº /001, da 7ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelante: JOSÉ MANOEL DA SILVA. (Adv. Fábio José de Souza Arruda). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA RE- VISOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA 4º Apelação Criminal nº / 001, da 2ª Vara da Comarca de Esperança. Apelante: ZEZITO EVARISTO DOS SANTOS, vulgo CHARRO. (Adv. Irenaldo Amâncio). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA RE- VISOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA 5º Apelação Criminal nº / 001, da Comarca de Areia. Apelante: JONAS MORE- NO ALVES. (Adv. José Mendonça Filho). Apelada: A Justiça Pública.

11 11 RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA REVI- SOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRAN- CA 6º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Juazeirinho. Apelantes: 1º EDVAN PE- DRO DOS SANTOS, vulgo DIVAN. (Advs. Djair Novaes e Outro) e 2º MARCELINO DA SILVA CAMPOS. (Advs. Djalma da Costa e Silva Filho e Roberto Sávio de Carvalho Soares). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO REVISOR: DES. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 7º Apelação Criminal nº /001, da 9ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Apelante: JOSÉ ETEALDO DA SILVA PESSOA NETTO. (Adv. Em causa própria). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO REVISOR: DES. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 8º Apelação Criminal nº /001, da 7ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelante: LUIZ CARLOS DE MELO. (Defensor Público, Nair Medeiros Silva P. Peixoto). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO REVISOR: DES. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 9º Apelação Criminal nº /001, da 1ª Vara da Comarca de Cabedelo. Apelante: WELLING- TON CARIRI DO NASCIMENTO. (Advs. Cínthia de Sousa Facundo, Rafaela Maria de Lima L. Santos e Outros). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂ- MARA 10º Apelação Criminal nº / 001, da 1ª Vara da Comarca de Princesa Isabel. Apelante: Representante do Ministério Público. Apelado: JOSÉ LÁZARO MICHEL TEODÓSIO DA SILVA. (Advs. Walter Djones Rapuano e José Rivaldo Rodrigues). RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂ- MARA 11º Apelação Criminal nº / 001, da 1ª Vara da Comarca de Princesa Isabel. Apelante: MANOEL GATO DA SILVA. (Adv. Adão Domingos Guimarães). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂ- MARA 12º Apelação Criminal nº / 001, da Comarca de Serra Branca. Apelante: JOSÉ DA PAZ NUNES DE ANDRADE, vulgo COBRA. (Defensor Público, Odívio Nóbrega de Queiroz). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂ- MARA 13º Apelação Criminal nº / 001, da Comarca de Areia. Apelante: JOÃO BATISTA BARBOSA GONDIM, vulgo BA. (Adv. Clodoaldo José de Albuquerque Ramos). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA 14º Agravo em Execução nº /002, da 1ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Agravante: Representante do Ministério Público. Agravado: FRANCIS- CO DAS CHAGAS GONÇALVES. (Advs. Rogério Bezerra Rodrigues e José Gonçalves Rolim). RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA 15º Mandado de Segurança nº /001, da Comarca de Gurinhém. Impetrantes: JEREMIAS OLI- VEIRA LIMA, MARCOS ANDRÉ DE OLIVEIRA LIMA e ALEXANDRE FRANCISCO DE LIMA. (Advs. Bruno Cezar Cadê e Outra). Impetrado: Juiz de Direito da Comarca de Gurinhém. RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA 16º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº / 002, da Comarca de Barra de Santa Rosa. Recorrentes: 1º JOSÉ ANTÔNIO NETO. (Adv. Genivando da Costa Alves) e 2º FRANCINALDO DA SILVA FRANCO. (Adva. Maria Vitória Pereira Cabral). Recorrida: A Justiça Pública. RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA 17º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /001, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca da Capital. Recorrente: Representante do Ministério Público. Recorrido: SEVERINO AUGUS- TO VITURINO, vulgo PEQUENO. (Defensor Público, Argemiro Queiroz de Figueiredo). RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO REVISOR: DES. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 18º Apelação Criminal nº /001, da 2ª Vara da Comarca de Patos. Apelante: GILVAN AMA- RO. (Advs. Geraldo Carlos Ferreira e Maria José Lucena de Medeiros). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO REVISOR: DES. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 19º Apelação Criminal nº /001, da 1ª Vara da Comarca de Esperança. Apelante: ADEMAR NASCIMENTO DA SILVA, vulgo DEMAR. (Adv. Irenaldo Amâncio). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 20º Apelação Criminal nº /001, da 3ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Apelante: LÚCIA MARIA LIRA DO NASCIMENTO. (Adv. Márcio Aurélio Siqueira Ferreira). Apelado: FRANCISCO DAS CHAGAS SARMENTO. (Advs. Em causa própria e Joaquim de Souza Rolim Júnior). RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 21º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /001, da 1ª Vara da Comarca de Bayeux. Recorrente: EZEQUIEL DE PAULA RAMOS, vulgo SARGENTO DE PAULA. (Advs. Gustavo Lima Neto e Levi Borges Lima Júnior). Recorrida: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 22º Agravo em Execução nº /001, da 7ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Agravante: SEVE- RINO RAMOS DOS SANTOS. (Adv. Harley Hardenberg Medeiros Cordeiro). Agravada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂ- MARA 23º Apelação Criminal nº / 001, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelante: ANTÔNIO MARCOS GOMES ISÍ- DIO, vulgo MARQUINHO. (Adv. Amaury Guimarães Monteiro). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA 24º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /001, da Comarca de Soledade. Recorrente: JOSÉ ANACLEAN DOS SANTOS COS- TA, vulgo CLEAN. (Adv. José Beckenbaner Gouveia da Silva). Recorrida: A Justiça Pública. RELATOR: DES. ANTONIO CARLOS COÊLHO DA FRANCA REVISOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂ- MARA 25º Apelação Criminal nº / 001, da 4ª Vara da Comarca de Cabedelo. Apelantes: SORAIA CRISTINA FERREIRA DA SILVA e SORAN- DRA FERREIRA BESERRA. (Adv. Luis Carlos Alonso de Andrade). Apelada: A Justiça Pública. Assistente de Acusação: Francilene Beserra da Silva. (Advs. Danielle Lacet de Magalhães e Everaldo Moreira Filho). RELATOR: DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA 26º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /001, da Comarca de São Bento. Recorrente: ODAIR DE OLIVEIRA SILVA, vulgo ODA. (Adv. Francisco Cavalcante Filho). Recorrida: A Justiça Pública. RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA RE- VISOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 27º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Mari. Apelante: IZAIAS PEREIRA DA SIL- VA. (Advs. Humberto de Sousa Félix e José Dutra da R. Filho). Apelada: A Justiça Pública. Assistentes de Acusação: Bernadete Alves Ramos e Suely Carlos da Silva. (Advs. Noaldo Belo Meireles e Outros). RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA RE- VISOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 28º Apelação Criminal nº /002, da 2ª Vara da Comarca de Guarabira. Apelante: JOSÉ DE ARIMATEIA XAVIER DAVI. (Advs. Nelson Davi Xavier e Francisco Célio de Oliveira Linhares). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. LEÔNCIO TEIXEIRA CÂMARA RE- VISOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO 29º Apelação Criminal nº /001, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelantes: 1º JURAHILK FRAGOSO DA SILVA. (Adv. Gildásio Alcântara Morais) e 2º MARCOS VINÍCIUS PEREIRA NASCIMENTO. (Adv. Raimundo da Cunha Filho). Apelada: A Justiça Pública. RELATOR: DES. JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO REVISOR: DES. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 30º Apelação Criminal nº /001, da 5ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelante: ROSIMAR DIAS FREIRE. (Advs. João Pereira de Vasconcelos e Maria do Socorro Raia). Apelada: A Justiça Pública. ATA DE JULGAMENTO DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL ATA DA 15ª (DÉCIMA QUINTA) SESSÃO ORDINÁRIA DA COLENDA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO EGRÉ- GIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARA- ÍBA, realizada aos quinze (15) dias do mês de abril do ano de dois mil e oito (2008). Presidência do Excelentíssimo Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque. Presentes a Exma. Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, o Exmo. Juiz Rodrigo Marques Silva Lima, juiz convocado, a Exma. Desa. Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira. Presente ao julgamento o representante do Ministério Público, Dr. Nelson Antônio Cavalcanti Lemos, Procurador de Justiça. Secretários, os Beis. Karina Lígia Queiroz Ramalho e Daniel Soares Monteiro. Aberta a sessão às 08:30 (oito e trinta) horas, foi lida e aprovada, sem restrições, a ATA da sessão anterior. Em seguida, o Exmo. Des. Presidente Marcos Cavalcanti de Albuquerque registrou votos de congratulações à comemoração de 200 anos de instalação do Supremo Tribunal Federal. Os demais Desembargadores, o representante ministerial, e a Ordem dos Advogados, na pessoa do Dr. Odilon Fernandes, acostaram-se à referida homenagem. Dando prosseguimento à sessão, foi submetida à apreciação do Augusto Colegiado a Pauta de Julgamento constante dos feitos adiante discriminados: Pauta Ordinária: 01) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /002. 7ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISOR: EXMO. JUIZ RODRIGO MARQUES SILVA LIMA. Apelante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Yuri Aragão. Apelado(s): Orserv Organização de Serviços e Empregos Ltda. Advogado(s): André Wanderley Soares. Remetente: Juízo de Direito da 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Vasconcelos. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado a pedido da parte apelante. Deferido pedido de juntada de instrumento procuratório, em 10 dias. Na sessão do dia JULGADO: Conhecidos e desprovidos ambos os recursos, unânime. 02) Agravo de Instrumento nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Geraldo Cabral de Vasconcelos Filho e outros. Advogado(s): Danilo Félix Azevedo, José Olavo C. Rodrigues e outro. Agravado 1: Espólio de Geralda Cabral de Vasconcelos. Agravado 2: Sandra Maria Rolim de Azevedo. Advogado(s): Ednaldo de Lima. Decisão: Exmo Juiz Antônio Eimar de Lima. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia COTA: Após o voto do Relator que negava provimento ao agravo, pediu vista a Exma. Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalvanti. A Desa. Maria das Neves aguarda. 03) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVI- SOR: EXMO. JUIZ RODRIGO MARQUES SILVA LIMA. Apelante(s): Unilever Brasil Ltda. Advogado(s): José Ricardo Santos e Luciana Melo Cavalcanti Santos. Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Mônica Nóbrega Figueiredo. Sentença: Exmo. Juiz Marcos Cavalcanti de Albuquerque. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado por falta de quorum. Na sessão do dia COTA: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, após o voto da Relatora dando provimento ao recurso, pediu vista Dr. Rodrigo Marques. O Des. José Di Lorenzo Serpa aguarda. 04) Apelação Cível nº /002. 3ª Vara da Fazenda Pública Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVI- SOR: EXMO. JUIZ RODRIGO MARQUES SILVA LIMA. Apelante(s): Eulanja Oliveira de Melo e outros. Advogado(s): Buarque Berque Fernandes Alves. Apelado(s): Município de Campina Grande, representado por sua Procuradora Ana Karenina S. Ramalho Duarte. Sentença: Exmo. Juiz Ruy Jander Teixeira da Rocha. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA - sessão de : Após o voto da Relatora dando provimento parcial ao recurso, pediu vista Dr. Rodrigo Marques Silva Lima. Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque aguarda. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, por maioria de votos, contra o voto da Desa. Maria das Neves, que dá provimento parcial ao recurso. Lavrará o acórdão Dr. Rodrigo Marques. 05) Apelação Cível nº / ª Vara Cível - Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. Apelante(s): Ana Virgínia de Araújo Silva. Advogado(s): Adalberto Marques de Almeida Lima. Apelado(s): NB Engenharia Ltda e outros. Advogado(s): Ana Rafaela Moreira B. de Carvalho. Sentença: Exmo. Juiz Marcos Aurélio Jatobá. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Revisor. 06) Apelação Cível nº /001. 4ª Vara - Cabedelo. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): INASA Empresa de Incorporação e Empreendimentos Ltda e Damásio Consultoria e venda de imóveis Ltda. Advogado(s): Carlos Frederico Nóbrega Farias e Jaldemiro Rodrigues de Ataíde Jr. Apelado(s): Vera Lúcia Lins Cavalcanti de Melo. Advogado(s): Celso Fernandes Júnior. Sentença: Exma. Juíza Teresa Cristina de Lyra Pereira Veloso. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 07) Remessa Oficial nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. Impetrante(s): Roberto Marquin Silva. Advogado(s): Luciana Tavares Lopes. Impetrado(s): Presidente da Comissão Coordenadora do Concurso para o curso da Polícia Militar do Estado da Paraíba. Remetente: Juízo de Direito da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exma. Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 08) Remessa Oficial nº /001. Caiçara. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. Autor(s): Tecelagem Santo André Ltda. Advogado(s): Augusto Sérgio S. de Brito Pereira e Nadja de Oliveira Santiago. Réu(s): Fazenda Nacional, representado por seu Procurador Ronaldo Inácio de Sousa. Remetente: Juízo de Direito da Vara Única da Comarca de Caiçara. Sentença: Exma. Juíza Giane de Carvalho Teotonio. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Declinou-se da competência, encaminhando-se o feito para o TRF 5ª Região, nos termos do voto da Relator. Unânime. 09) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /002. 3ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALANTI. Apelante(s): A União Superintendência de Imprensa e Editora. Advogado(s): Antônio Flávio de Medeiros Xavier e Adelton de Jesus Alves Mendes. Apelado(s): Cristiane de Souza Ramos Alerta Segurança Eletrônica e Serviços. Advogado(s): Severino Eilson Ramos. Remetente: Juízo de Direito da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Carlos Antônio Sarmento. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Conhecidos e desprovidos ambos os recursos, unânime. 10) Agravo de Instrumento nº /001. 8ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Guiliana Mariz Maia V. Batista e Gilberto C. da Gama e outros. Agravado(s): Trevos Seguros, atualmente denominada Unibanco Aig Seguros S/A. Decisão: Exmo. Juiz Antônio Eimar de Lima. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGA- DO: Provido, unânime. 11) Agravo de Instrumento nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Agravante(s): Viviane Bezerra dos Santos. Advogado(s): Rogério Miranda de Campos, Willemberg de Andrade Souza e outros. Agravado(s): Reginaldo Silva. Advogado(s): Inalda Nunes da Silva. Decisão: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 12) Agravo de Instrumento nº /001. 2ª Vara de Família Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. Agravante(s): Laércio Freire Ataíde. Advogado(s): Leonardo José Videres Trajano e Thyago Luis Barreto Braga. Agravado(s): Cláudia Régia Maurício de Oliveira Ataíde. Advogado(s): Nyedja Nara Pereira Galvão. Decisão: Exmo. Juiz Sivanildo Torres Ferreira. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. 13) Agravo de Instrumento nº /001. 4ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Agravante(s): Unimed João Pessoa Cooperativa de Trabalho Médico. Advogado(s): Caius Marcellus de Lacerda e Sérgio Ricardo Alves Barbosa. Agravado(s): Eva Betânia Mendes Vieira. Advogado(s): Fabiana César Veras. Decisão: Exma. Juíza Adriana Barretolossio de Souza. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Provido, unânime. 14) Agravo de Instrumento nº /001. 3ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Agravante(s): Unimed João Pessoa Cooperativa de Trabalho Médico. Advogado(s): Caius Marcellus de Lacerda, Márcio Meira C. Gomes Júnior e outros. Agravado(s): João Aristhon S. Maior de Oliveira Lima. Advogado(s): Vanessa Araújo de Medeiros e Paulo Antônio Maia Decisão: Exmo. Juiz Miguel de Britto Lyra Filho. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 15) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Unibanco Aig Seguros S/A. Advogado(s): Adson José Alves de Farias e outro. Apelado(s): José Dias da Silva. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 16) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Sílvio José Lobo Barbosa. Advogado(s): Lindinalva Torres Pontes. Apelado(s): Secretário da Administração da Prefeitura de Campina Grande. Sentença: Exmo. Juiz Ruy Jander Teixeira da Rocha. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGA- DO: Prejudicado o recurso, unânime. Julgado extinto o processo sem resolução do mérito, unânime. 17) Apelação Cível nº /001. Alagoa Nova. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Unibanco Aig Seguros S/A. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior, Adson José de Farias e outros. Apelado(s): José Manoel de Souza. Advogado(s): Almir Pereira de Lima. Sentença: Exmo. Juiz Eronildo José Pereira. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 18) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Distrital de Mangabeira Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVI- SOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE AL- BUQUERQUE. Apelante(s): Marcondes Felipe da Silva. Advogado(s): Marcos Antônio Felipe da Silva. Apelado(s): Vera Cruz Seguradora S/A. Advogado(s): Odilon de Lima Fernandes. Sentença: Exmo. Juiz Manoel Gonçalves de Abrantes. Advogado(s): Marcos Antônio Felipe da Silva. Apelado(s): Vera Cruz Seguradora S/A. Advogado(s): Odilon de Lima Fernandes. Sentença: Exmo. Juiz Manoel Gonçalves de Abrantes. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora. Na sessão do dia COTA: Após o voto da Relatora afastando a prescrição, e dando provimento ao apelo, pediu vista o Des. Marcos Cavalcanti. A Desa Mª das Neves aguarda. Fez sustentação oral, pela apelada, o Bel. Odilon de Lima Fernandes. 19) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Roberto Lima Gomes. Advogado(s): José Zenildo Marques Neves. Apelado(s): Nordeste Segurança de

12 12 Valores Ltda. Advogado(s): Jeremias Mendes de Menezes e Adriano Manzatti Mendes. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Barbosa. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 20) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Bradesco Seguradora S/ A. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e Agnelo Amorim A. de Melo. Apelado(s): Construtora Gabarito S/A. Advogado(s): Luiz Gonzaga Meireles Filho. Sentença: Exmo. Juiz Miguel de Britto Lyra Filho. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 21) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Catolé do Rocha. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Régio Leopoldino de Oliveira. Advogado(s): Geraldo Moura da Silva. Apelado(s): Juvenal de Sousa Veras. Advogado(s): Joaquim Daneil. Sentença: Exmo. Juiz Marcos Aurélio Pereira Jatobá Filho. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 22) Apelação Cível nº / ª Vara Sapé. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Moisés Barbosa Ferreira. Advogado(s): Natanael Gomes de Arruda. Apelado(s): Daniel Germino Pereira. Advogado(s): Aécio Flávio Farias de Barros e Roberto Farias de Barros. Sentença: Exmo. Juiz Wladimir Alcibíades Marinho Falcão Cunha. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 23) Apelação Cível nº /001. 8ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NE- VES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Luis Eduardo de Lima Ramos e outros. Apelado(s): Roseane Maria Silva Albuquerque. Advogado(s): Tânio Abílio de Albuquerque Viana. Sentença: Exma. Juíza Silvanna Pires Brasil Lisboa. Cota sessão de : Após o voto da Relatora negando provimento ao recurso, mantendo a sentença em todos os termos, pediu vista a Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. O Des. Marcos Cavalcanti aguarda. Sustentação oral do Bel. Severino Barreto Filho. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 24) Apelação Cível nº / 001. Pedras de Fogo. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO E. DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): S. Ramos Pereira e Cia Ltda. Advogado(s): José Carmelo Marinho Alves. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Conceição Honório. Sentença: Exmo. Juiz Ailton Nunes Melo. Cota sessão de : Rejeitada a preliminar de inépcia da inicial, unânime. No mérito, após o voto da Relatora dando provimento parcial ao recurso, pediu vista a Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. O Des. Marcos Cavalcanti aguarda. Sustentação oral do Bel. Severino Barreto Filho. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido, unânime. 25) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. 5ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. JUIZ CARLOS NEVES DA FRANCA NETO. Apelante(s): TAM Linhas Aéreas S/A. Advogado(s): Rafael Amorim Sarubbi e Márcio Fam Gondim. Apelado(s): Intertour Viagens e Turismo Ltda. Advogado(s): Adalberto Marques de Almeida Lima. Recorrente(s): Intertour Viagens e Turismo Ltda. Advogado(s): Adalberto Marques de Almeida Lima. Recorrido(s): TAM Linhas Aéreas S/A. Advogado(s): Rafael Amorim Sarubbi e Márcio Fam Gondim. Sentença: Exma. Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. COTA sessão de : Retirado de pauta para melhor tramitação e conclusos ao juiz convocado para substituir a Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Revisor. 26) Agravo de Instrumento nº /001. São José de Piranhas. RE- LATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Joaquim Lacerda Neto. Advogado(s): Delosmar Mendonça Júnior e outros. Agravado(s): João Batista Lacerda Cavalcanti. Advogado(s): Paulo Sabino de Santana e Eugênio Gonçalves da Nóbrega. Decisão: Exmo. Juiz José Irlando Sobreira Machado. COTA sessão de : Adiado face a ausência de quorum em virtude da averbação de suspeição da Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 27) Embargos de Declaração nº /001. Alhandra. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Embargante(s): Hans Jurgen Kohl. Advogado(s): Tiago Sobral Pereira Filho e Rodrigo Sorrentino Lianza. Embargado(s): Franziska Xaveria Schauff. Advogado(s): José Mário Porto Júnior, Glauber Gusmão Costa e outro. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 28) Embargos de Declaração nº /001. 7ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Embargante(s): Município de João Pessoa. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara. Embargado(s): Planinfo Centro de Educação Tecnológica Ltda. Advogado(s): Carmina Bezerra Hissa. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 29) Remessa Oficial nº /001. 2ª Vara Catolé do Rocha. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Impetrante(s): Maria Nazaré da Silva. Advogado(s): José Weliton de Melo. Impetrado(s): Prefeito do Município de Brejo dos Santos. Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara de Catolé do Rocha. Sentença: Exmo. Juiz José Gutemberg Gomes Lacerda. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 30) Remessa Oficial nº /001. 4ª Vara da Fazenda Pública - Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTI- MA M. BEZERRA CAVALCANTI. Autor(s): AOJEP Associação dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba. Advogado(s): Eduardo Dantas. Réu(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Geral Harrison Targino. Remetente: Juízo de Direito da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Sentença: Exmo. Juiz Hermance Gomes Pereira. Na sessão do dia COTA: Retirado de pauta para melhor tramitação, encaminhando-se ao novo Revisor. 31) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. Água Branca. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Município de Água Branca, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Avani Medeiros da Silva. Apelado(s): Lucinda Eufrásio Monteiro. Advogado(s): Luiz Nunes Alves. Remetente: Juízo de Direito da Vara Única de Água Branca. Sentença: Exmo. Juiz Iano Miranda dos Anjos. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, conhecidos e desprovidos ambos os recursos, unânime. 32) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. Pilar. RELATOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): Município de São Miguel de Taipú, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Fábio Brito Ferreira. Apelado(s): Maria Helena de Araújo Gouveia. Advogado(s): Débora Marolja Guedes Neta e José Rivaldo Machado Leite. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Pilar. Sentença: Exmo. Juiz Ananias Nilton Xavier de Lira. Na sessão do dia JULGADO: Não se conheceu da Remessa Oficial, unânime. Apelo parcialmente provido, unânime. 33) Agravo de Instrumento nº /001. 1ª Vara da Fazenda Pública Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Ipsem - Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Campina Grande, representado por sua Procuradora Alba Lúcia Diniz de Oliveira. Agravado(s): Rômulo de Araújo Lima. Advogado(s): Vital do Rêgo. Decisão: Exmo. Juiz Francisco Antunes Batista. Na sessão do dia COTA: Retirado de pauta para melhor tramitação, e conclusos. 34) Agravo de Instrumento nº /001. 8ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELA- TOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE AL- BUQUERQUE. Agravante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e outros. Agravado(s): Amanda de Carvalho Costa. Decisão: Exmo. Juiz Antônio Eimar de Lima. Na sessão do dia JULGA- DO: Provido, unânime. 35) Agravo de Instrumento nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Franklin Ramalho Madruga. Advogado(s): Cláudio Freire Madruga e outros. Agravado(s): Francisco Edilson Vieira. Advogado(s): Napoleão Casado Filho e outros. Decisão: Exmo. Juiz João Batista Barbosa. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 36) Agravo de Instrumento nº /001. 8ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MAR- COS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Cobrás Empreendimentos Imobiliários Ltda. Advogado(s): Ronildo Rodrigues Ramalho e Hermano Gadelha de Sá. Agravado(s): Benedito Gomes e Fátima do Nascimento Silva Borges. Advogado(s): Sebastião Alves Carreiro, Vera Lúcia Ferreira Marques e outro. Decisão: Exma. Juíza Renata da Câmara Pires Belmont. Na sessão do dia JULGADO: Provido, unânime. 37) Agravo de Instrumento nº /001. Alhandra. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Agravante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Dario Gurgel de Castro. Agravado(s): Francisco Gilberto Menezes Pereira. Decisão: Exmo. Juiz Hélder Ronald Rocha de Almeida. Na sessão do dia COTA: Retirado de pauta para melhor tramitação, e conclusos à Relatora. 38) Agravo de Instrumento nº /001. 3ª Vara Cabedelo. RELA- TORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Agravante(s): Bradesco Vida e Previdência S/A. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e Fernando J. Ribeiro Lins. Agravado(s): José Carlos Dantas de Sena. Advogado(s): Levi Borges Lima, Gustavo Lima Neto e outro. Decisão: Exmo. Juiz José Célio de Lacerda Sá. Na sessão do dia JULGADO: Provido, unânime. 39) Agravo de Instrumento nº /001. Araçagi. RELA- TOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE AL- BUQUERQUE. Agravante(s): Sizenando Chaves. Advogado(s): José Clodoaldo Maximino Rodrigues. Agravado 1: Mesa da Câmara Municipal de Araçagi, representada por seu Presidente. Advogado(s): Antônio Jocélio Armâncio Rodrigues. Agravado 2: Jânio Alves dos Santos. Advogado(s): Mariana Ramos Paiva Sobreira. Decisão: Exma. Juíza Érica Virgínia da Silva Pontes. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação do Relator. 40) Apelação Cível nº /001. Aroeiras. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTI- MA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Município de Aroeiras, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Gabínio Neto. Apelado(s): Fagner Ferreira de Lima. Advogado(s): Abel Augusto do Rego Costa Júnior. Sentença: Exmo. Juiz Jailson Shizue Suassuna. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 41) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara da Fazenda Pública Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Espólio de Antônio Vieira Lins, representado por sua inventariante Francisca Ilca Bastos Lins. Advogado(s): Francisco Pedro da Silva. Apelado(s): Município de Campina Grande, representado por seu Procurador Severino de Azevedo Neto. Sentença: Exmo. Juiz Francisco Antunes Batista. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 42) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Funasa Fundação Saelpa de Seguridade Social. Advogado(s): Normando Araújo de Sá e Normando Araújo de Sá Júnior. Apelado(s): Hilton Muniz de Brito Filho e outros. Advogado(s): Fabiano Barcia de Andrade. Sentença: Exmo. Juiz Sérgio Moura Martins. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, provido parcialmente, unânime. 43) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha. Apelado(s): Condomínio do Edifício Engenheiro Roberto Palomo. Advogado(s): Érico de Lima Nóbrega e Robérgia Farias de Araújo da Nóbrega. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 44) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara da Fazenda Pública Campina Grande. RELA- TORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Maria Bernadete dos Santos. Advogado(s): José Alencar e Silva Filho. Apelado(s): Ipsem Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Campina Grande, representado por sua Procuradora Alba Lúcia Diniz de Oliveira. Sentença: Exmo. Juiz Francisco Antunes Batista. Na sessão do dia JUL- GADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 45) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Jaciro Alves dos Santos. Advogado(s): Martsung F. C. R. Alencar, Marcos Vinícius S. Magalhães e outros. Apelado(s): EG Porto Bezerra. Advogado(s): Carmen Rachel Dantas Mayer. Sentença: Exmo. Juiz João Benedito da Silva. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 46) Apelação Cível nº /001. Taperoá. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Município de Taperoá, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Rhafaelly Araújo Palmeira e outra. Apelado(s): Maria Gorete dos Santos. Advogado(s): José Ismael Sobrinho. Sentença: Exmo. Juiz José Jackson Guimarães. Na sessão do dia JULGADO: Provido para anular a sentença, unânime. 47) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Associação Comercial de São Paulo. Advogado(s): Aline Cíntia Souto Soares, Samuel Marques e outros. Apelado(s): Aurea Ferreira da Silva. Advogado(s): José Laécio Mendonça. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido, unânime. 48) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Associação Comercial de São Paulo. Advogado(s): Marcela Bethulia, Veruska Maciel e outros. Apelado(s): Atma Suênia Santos Galvão. Advogado(s): José Laécio Mendonça. Sentença: Exma. Juíza Maria Emília Neiva de Oliveira. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido, unânime. 49) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): José Belo da Costa Filho. Advogado(s): Alexandre G. Brozeado e José Olavo C. Rodrigues. Apelado(s): JR Veículos, Roberto Machado de Campos Júnior - ME. Advogado(s): Daniella Ronconi. Sentença: Exmo. Juiz Miguel de Britto Lyra Filho. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 50) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): CDL Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande. Advogado(s): Andreza Melo de Almeida. Apelado(s): José Morais Júnior. Advogado(s): José Laécio Mendonça. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido parcialmente, unânime, reduzindo-se a indenização para R$ 300,00. Sustentação oral da Bela. Andrezza Melo de Almeida. 51) Apelação Cível nº /001. Aroeiras. RE- LATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Município de Aroeiras, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Garbínio Neto. Apelado(s): Nerivaldo Alves Barbosa. Advogado(s): Auda Celi C. de Paula. Sentença: Exmo. Juiz Jailson Shizue Suassuna. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 52) Apelação Cível /001. 2ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVI- SORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Severino Barreto Filho, Mércia Carlos de Souza e outros. Apelado(s): João Soares Nuto. Advogado(s): Edmer Palitot Rodrigues. Sentença: Exmo. Juiz Inácio Jairo Queiroz de Albuquerque. Na sessão do dia COTA: Após o voto da Relatora, pediu vista a Desa. Maria de Fátima M. Bezerra Cavalcanti. O Des. Marcos Cavalcanti aguarda. 53) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Itabaiana. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Município de Itabaiana, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Fabiana Maria F. I. da Costa e Andréa Nogueira P. Solano. Apelado(s): Maria Helena Pereira. Advogado(s): Débora Maroja Guedes Neta. Sentença: Exma. Juíza Isabelle de Freitas Batista. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido parcialmente, unânime. 54) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Maria do Socorro Gomes do Amarante e Mércia Carlos de Souza e outros. Apelado(s): Paulo Simões Montenegro. Advogado(s): Reginaldo de Sousa Ribeiro. Sentença: Exmo. Juiz Inácio Jairo Queiroz de Albuquerque. Na sessão do dia JUL- GADO: Desprovido, unânime. 55) Apelação Cível nº /001. 7ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Risolene Ferreira da Silva. Advogado(s): Maria Lucineide Diógenes de Castro, Maria Salete de Melo Cunha e outros. Apelado(s): IPM Instituto de Previdência do Município de João Pessoa. Advogado(s): Cristiano Henriques S. Souto, Maria Germana G. P. Rangel e outros. Sentença: Exmo. Juiz João Batista Vasconcelos. Na sessão do dia JULGADO: Provido para anular a sentença. 56) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Apelado(s): Neide Justino de Morais. Advogado(s): José de Paula Rêgo. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. 57) Apelação Cível nº /001. 4ª Vara Patos. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): TNL PCS S/A. Advogado(s): Hermano Gadelha de Sá, Carlos Gomes Filho e outros. Apelado(s): Elias Alves de Andrade. Advogado(s): Canuto Fernandes Barreto Neto. Sentença: Exma. Juíza Maria Aparecida Sarmento Gadelha. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. Sustentação oral do Bel. Hermano Gadelha de Sá. 58) Apelação Cível nº /001. Taperoá. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Severino José Neto. Advogado(s): Janduí Barbosa de Andrade. Apelado(s): Alexsandra Sérgio de Souza Neto. Advogado(s): Kátia Fernanda Tavares. Sentença: Exmo. Juiz José Jakson Guimarães. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. 59) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Unimed João Pessoa Cooperativa de Trabalho Médico. Advogado(s): Caius Marcelllus Lacerda, Thiago César Ribeiro Portela e outra. Apelado(s): Manoel Alves da Silva. Advogado(s): João Nunes de Castro Neto. Sentença: Exma. Juíza Ana Amélia Andrade Alecrim Câmara. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 60) Apelação Cível nº /001. 5ª Vara Cível Capital. RE- LATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Banco ABN Amro Real S/A. Advogado(s): Roberto Costa de Luna Freire e outros. Apelado(s): Lenimar de Melo Queiroz. Sentença: Exmo. Juiz Sérgio Moura Martins. Na sessão do dia JULGADO: Provido para anular a sentença, unânime. 61) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Cia Excelsior de Seguros. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior e Adson José Alves Farias. Apelado(s): José Ailton dos Santos Silva. Advogado(s): Antônio Rodrigues de Araújo. Sentença: Exma. Juíza Maria Emília Neiva de Oliveira. Na sessão do dia JULGADO: Acolhida a preliminar para corrigir erro material, unânime. Rejeitadas as preliminares de carência de ação e ausência de documentos indispensáveis à propositura da ação. No mérito, desprovido, unânime. 62) Apelação Cível nº /001. Barra de Santa Rosa. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉ- LIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Barra de Santa Rosa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Wanderley José Dantas. Apelado(s): Jackson Nunes Cândido. Advogado(s):

13 13 Roseno de Lima Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 63) Apelação Cível nº /001. Araruna. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Município de Campo de Santana, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Ana Priscila Alves de Queiroz. Apelado(s): Leni Soares Bezerra. Advogado(s): José Ivanildo Soares da Silva. Sentença: Exmo. Juiz Ricardo da Silva Brito. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 64) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Cabedelo. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NE- VES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Décio Cartaxo Neto. Advogado(s): Rodolfo Dantas. Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza. Sentença: Exmo. Juiz Salvador de Oliveira Vasconcelos. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 65) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Distrital de Mangabeira Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César V. Rocha. Apelado(s): Herbert Alexandre Di Pace. Advogado(s): Reginaldo de Sousa Ribeiro e Marcelo Sales Cavalcante. Sentença: Exma. Juíza Leila Cristiani Correia de Freitas e Sousa. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 66) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César V. Rocha. Apelado(s): Cosmo Lima de Paulo. Advogado(s): Breno Amaro Formiga Filho. Sentença: Exmo. Juiz Antônio Eimar de Lima. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 67) Apelação Cível nº /002. 6ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBU- QUERQUE. Apelante(s): Sandes do Brasil Administração e Corretora de Seguros Ltda. Advogado(s): Jocélio Jairo Vieira e Lidiane de Melo Muniz. Apelado(s): Editora Folha de Pernambuco Ltda. Advogado(s): Djair Pedrosa de Albuquerque, Djair Pedrosa de Albuquerque Filho e outro. Sentença: Exmo. Juiz José Guedes Cavalcanti Neto. Na sessão do dia JUL- GADO: Desprovido, unânime. 68) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Bradesco Vida e Previdência S/A. Advogado(s): Karina Leite de Almeida Florentino e Niâni Guimarães Lima de Medeiros. Apelado(s): José Dinart Freire de Lima. Advogado(s): em causa própria. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 69) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVI- SOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Apelado(s): Dice Rodrigues da Fonseca. Advogado(s): José Laécio Mendonça. Sentença: Exmo. Juiz Leonardo Sousa de Paiva Oliveira. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 70) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível - Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Banco Bradesco S/A. Advogado(s): Paulo Freire e Manoel Justino da Costa. Apelado(s): Severino Marcondes Meira e outros. Advogado(s): Eduardo Monteiro Dantas e outros. Sentença: Exmo. Juiz Miguel de Britto Lyra Filho. Na sessão do dia JULGADO: Provido, unânime. 71) Apelação Cível nº /002. 5ª Vara Santa Rita. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Apelado(s): Aldaci Borges da Silva. Advogado(s): Clara Lúcia Cavalcanti Costa Campos, Renata Pessoa Donato e outro. Sentença: Exma. Juíza Maria de Fátima Lúcia Ramalho. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, provido, unânime. 72) Apelação Cível nº /002. 4ª Vara - Sousa. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Maria Pereira Rocha de Queiroga. Advogado(s): Agostinho Albério F. Duarte e outros. Apelado(s): Município de Santa Cruz, representado por seu Prefeito. Advogado(s): José Francisco da Silva Neto. Sentença: Exmo. Juiz Perilo Rodrigues de Lucena. Na sessão do dia JULGADO: Provido, unânime. Sustentação oral, pela apelante, do Bel. Agostinho Albério Fernandes Duarte. 73) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara - Cabedelo. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Ticiano Gomes do Nascimento Filho e Ana Clara Lira Nascimento, representados por sua genitora Gildeci Alves de Lira. Advogado(s): Ana Carolina Leite do Vale e Maria Salete Melo Cunha. Apelado(s): Ticiano Gomes do Nascimento. Advogado(s): Giordano Loureiro Cavalcanti Grilo. Sentença: Exma. Juíza Andréa Gonçalves Lopes Lins. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. 74) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara da Fazenda Pública - Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVI- SOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Marcos de Assis Holmes Madruga. Apelado(s): José Luciano Freire. Advogado(s): Francisco Carlos Meira da Silva. Sentença: Exma Juíza Silmary Alves de Queiroga Vita. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 75) Apelação Cível nº /002. Barra de Santa Rosa. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Ubiratã Frazão Oliveira. Advogado(s): Roseno Lima de Sousa. Apelado(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César V. Rocha e outros. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 76) Apelação Cível nº /002. Caiçara. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBU- QUERQUE. Apelante(s): Maria de Fátima Bernardo da Fonseca. Advogado(s): Lavoisier Nunes de Castro. Apelado(s): Município de Logradouro, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Xavier da Costa. Sentença: Exma. Juíza Gianne de Carvalho Teotonio. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 77) Apelação Cível nº /001. 5ª Vara Cível - Capital. RE- LATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Jornal Correio da Paraíba Ltda. Advogado(s): Luciana de Albuquerque Cavalcanti, Dayse Vilar Holanda e outro. Apelado(s): Walter Aguiar. Advogado(s): Fábio Andrade de Medeiros. Sentença: Exmo. Juiz Sérgio Moura Martins. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. Sustentação oral, pela apelante, do Bel. Agostinho Albério Fernandes Duarte. 78) Apelação Cível nº /002. 6ª Vara Cível - Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Magnett Elétrica Ltda e Espólio de Moacy Ferreira de Sousa. Advogado(s): Marcus Vinícius Silva Magalhães e Martsung F. C. R. Alencar. Apelado(s): Dalva Ermira de Souza. Advogado(s): em causa própria. Sentença: Exmo. Juiz José Guedes Cavalcanti Neto. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido, unânime. Fixados honorários advocatícios em R$ 1.500,00. Sustentação oral, pela apelante, do Bel. Martsung Alencar. 79) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara - Sousa. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): C. Oliveira Rocha. Advogado(s): Ozael da Costa Fernandes. Apelado(s): Porto Seguro Cia de Seguros Gerais. Advogado(s): Tânia Vainsencher e José Ricardo Varejão. Sentença: Exma. Juíza Maria dos Remédios P. Pedrosa Sarmento. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 80) Apelação Cível nº / ª Vara Cível - Capital. RE- LATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Rava Embalagens Indústria Comércio e Representações. Advogado(s): Paulo Guedes Pereira, Sabrina Pereira Mendes e outro. Apelado(s): Transasa Transportes Ltda. Advogado(s): Anna Carla B. Magalhães e outros. Sentença: Exmo. Juiz Rodrigo Marques Silva Lima. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. Sustentação oral, pela apelante, do Bel. Agostinho Albério Fernandes Duarte. 81) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara - Cabedelo. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Luciano Vidal Accioly. Advogado(s):.Washington Luis Soares Ramalho e Charles Cruz Barbosa. Apelado(s): Espólio de Telmo Silva de Araújo. Sentença: Exma. Juíza Andréa Gonçalves Lopes Lins. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da Relatora. 82) Apelação Cível nº /002. Coremas. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBU- QUERQUE. Apelante(s): Sociedade Anônima de Eletrificação - Saelpa. Advogado(s): Marcelo Weick Pogliese, Rosário Arruda e outros. Apelado(s): João Pereira de Almeida. Advogado(s): Roberto S. Andrade Diniz e José Laedson Andrade Silva. Sentença: Exmo. Juiz Antônio Maroja Limeira Filho. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 83) Apelação Cível nº /001. Alagoa Nova. RELATOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Alysson F. Carneiro Lopes da Cruz. Apelado(s): Euzênia Nascimento Sousa. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. Sentença: Exmo. Juiz Brâncio Barreto Suassuna. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 84) Apelação Cível nº /001. 4ª Vara Sousa. RELATOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): Rita Maria da Conceição. Advogado(s): Renata Aristóteles Pereira. Apelado(s): Ministério Público. Sentença: Exmo. Juiz Perilo Rodrigues de Lucena. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 85) Apelação Cível nº / ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): ADVAT Associação de Defesa das Vítimas de Acidente de Trânsito. Advogado(s): Marcos Maurício Ferreira Lacet. Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Geral Harrison Targino. Sentença: Exmo. Juiz Hermance Gomes Pereira. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 86) Apelação Cível nº /001. Barra de Santa Rosa. RELATOR: EXMO. MARCOS CAVALCAN- TI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): Município de Barra de Santa Rosa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): José Dutra Filho. Apelado(s): Rosineide da Silva. Advogado(s): Roseno de Lima Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Márcio Rocha Galdino. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provido, unânime. 87) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara Itabaiana. RELA- TOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): Município de Itabaiana, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Andréa Nogueira Pereira Solano e Fabiana Mª F. Ismael da Costa. Apelado(s): Mauricélia Rodrigues Alexandre. Advogado(s): Débora Maroja Guedes Neta. Sentença: Exma. Juíza Isabelle Freitas Batista. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 88) Apelação Cível nº /001. Santa Luzia. RELATOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. REVISORA: EXMA. DESA. Mª. DAS NEVES DO E. DE A. D. FEREIRA. Apelante(s): Saelpa Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba. Advogado(s): Carlos Frederico Nóbrega Farias e outros. Apelado(s): Maria das Graças Medeiros. Advogado(s): Stênio José de Lima. Sentença: Exmo. Juiz Fernando Brasilino Leite. Na sessão do dia JULGADO: Provido parcialmente, unânime. 89) Apelação Cível nº /001. 5ª Vara de Família Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Vinicius Souto Brandão. Defensor: Walterluzia Maria Emília Brandão Mendes. Apelado(s): Justiça Pública. Sentença: Exma. Juíza Agamenilde Dias Arruda Vieira Dantas. Na sessão do dia JULGADO: Provido para reformar a sentença, unânime. 90) Apelação Cível nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Hapvida Assistência Médica Ltda. Advogado(s): Teresa Rachel B. N. Pereira e outros. Apelado(s): Rosalva Maria Machado de Sousa. Advogado(s): Marxsuell Fernandes de Oliveira. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. 91) Apelação Cível nº /001. Aroeiras. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Município de Aroeiras, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Gabínio Neto. Apelado(s): Edvaldo Deodato de Mendonça. Advogado(s): Auda Celi Cadena de Paula. Sentença: Exmo. Juiz Jailson Shizue Suassuna. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 92) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): INSS Instituto Nacional do Seguro Social, representado por seu Procurador José Araújo Filho. Apelado(s): Dayse Coutinho Vicente da Silva. Advogado(s): Sosthenes Marinho Costa e Daniel Alves de Sousa. Sentença: Exmo. Juiz José Guedes Cavalcanti Neto. Na sessão do dia JULGADO: Conhecidos e desprovidos ambos os recursos, unânime. 93) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Esperança. RELA- TORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Unibanco Aig Seguros. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior e Adson José Alves de Farias. Apelado(s): Paulo Henrique Vieira da Silva. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales e José Armando da Costa. Sentença: Exma. Juíza Lua Yamaoka Mariz Maia. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 94) Apelação Cível nº /002. 5ª Vara Sousa. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Saelpa Sociedade de Eletrificação da Paraíba. Advogado(s): Rogério Varela, Rosário Arruda, Marcelo Weick e outros. Apelado(s): Maria de Fátima da silva Freitas. Advogado(s): Francisco Josmário O. da Silva e Maria Risolene Gomes. Sentença: Exmo. Juiz Ramonilson Alves Gomes. Na sessão do dia JULGADO: Provimento parcial, unânime. 95) Apelação Cível nº ª Vara Sousa. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTI- MA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Banco Bradesco S/A. Advogado(s): José Edgar da Cunha Bueno Filho e outros. Apelado(s): Kilmara Batista Estrela. Advogado(s): Roberta Queiroga de Oliveira Marques, Marcos Antônio I. da Silva e outros. Sentença: Exmo. Juiz Ramonilson Alves Gomes. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminar, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 96) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Esperança. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NE- VES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVAL- CANTI. Apelante(s): Município de Esperança, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Luciano Pires Lisboa. Apelado(s): Celso Porto Eleutério. Advogado(s): Sebastião Araújo de Maria. Sentença: Exma. Juíza Lua Yamaoka Mariz Maia. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 97) Apelação Cível nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. Apelante(s): Unibanco União de Bancos Brasileiros S/A. Advogado(s): Saulo Costa de Albuquerque, Josias Gomes dos Santos Neto e outros. Apelado(s): Manfredo Guedes Pereira Gouvêa. Denfesora: Ryveka Campos M. Brozeado. Sentença: Exmo. Juiz João Benedito da Silva. Na sessão do dia JULGADO: Provido, unânime, nos termos do voto da Relatora. 98) Apelação Cível nº /001. 1ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Apelante(s): Júlio César Pires Cavalcanti. Advogado(s): em causa própria Apelado1: Condomínio Edifício Residencial Rocha Cavalcante II. Advogado(s): Alberto Jorge Santos Lima Carvalho. Apelado2: STTP - Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos do Município de Campina Grande. Advogado(s): Ítalo Clementino de L. Montenegro e outros. Sentença: Exmo. Juiz Francisco Antunes Batista. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, desprovido, unânime. 99) Apelação Cível nº /001. 2ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. REVISO- RA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CA- VALCANTI. 01 Apelante(s): Embratel Empresa Brasileira de Telecomunicações S/A. Advogado(s): Caius Marcellus Lacerda e Luís Fernando Benevides Ceriani. 02 Apelante(s): Ana Maria Campos de Carvalho. Advogado(s): Oregon Cavalcanti de Carvalho. Apelado 1: Ana Maria Campos de Carvalho. Advogado(s): Oregon Cavalcanti de Carvalho. Apelado 2: Embratel Empresa Brasileira de Telecomunicações S/A. Advogado(s): Caius Marcellus Lacerda e Luís Fernando Benevides Ceriani. Apelado 3: Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha. Sentença: Exmo. Juiz Inácio Jairo Queiroz de Albuquerque. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitada a preliminar, unânime. No mérito, provimento parcial do 1º Apelo, e desprovido o 2º Apelo, unânime. 100) Apelação Cível nº /002. 2ª Vara de Família Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. 01 Apelante(s): Aereff Munyr el Timani Calazans, Aleff Mateus el Timani Calazans, representados por sua genitora Sumaia Anis Hamad el Timani Calazans, e outros. Advogado(s): Vanessa Cristina de Morais Ribeiro e Adriana Carla Lima. 02 Apelante(s): Alexandre Herbert Calazans. Advogado(s): Albérgio Gomes de Medeiros. Apelado(s): os mesmos. Sentença: Exmo. Juiz Sivanildo Torres Ferreira. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 101) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. 3ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. JUIZ JOSÉ AURÉLIO DA CRUZ. REVISORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. Apelante(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Souza. Apelado(s): João Cordeiro da Silva. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e Tasso Roberto Cavalcanti Maia. Recorrente(s): João Cordeiro da Silva. Advogado(s): José de Alencar Guimarães e Tasso Roberto Cavalcanti Maia. Recorrido(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Ana Brígida Siqueira, Vera Luce Viana e Glauber Alcântara. Sentença: Exmo. Juiz Manuel Maria Antunes de Melo. Na sessão do dia JULGADO: Adiado por ausência justificada do Relator. 102) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº /001. 2ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. REVISOR: EXMO. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Apelante(s): Celb Companhia de Energética da Borborema. Advogado(s): Rogério Varela e outros. Apelado(s): Paulo Rodrigues da Silva Filho. Advogado(s): Robson Silva Carvalho. Recorrente: Paulo Rodrigues da Silva Filho. Advogado(s): Robson Silva Carvalho. Recorrido: Celb Companhia de Energética da Borborema. Advogado(s): Rogério Varela e outros. Sentença: Exmo. Juiz Cláudio Antônio de Carvalho Xavier. Na sessão do dia JULGA- DO: Desprovido o 1º Apelo, unânime. Provido parcialmente o Recurso Adesivo, unânime. 103) Embargos de Declaração nº /001. 6ª Vara Cível Capital. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Embargante(s): William Teixeira Santos. Advogado(s): Hamilton Alexandre Freire Pinto. Embargado(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Manuel Cabral de Andrade Neto. COTA sessão de : A sessão de julgamento não foi instalada por falta de quorum, haja vista a ausência justificada da Exma. Desa. Mª de Fátima M. Bezerra Cavalcanti, bem como, por falta de eletricidade na sala de sessões, o que também impossibilitou a abertura dos trabalhos. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Embargos acolhidos, unânime. 104) Agravo Interno nº /001. 4ª Vara Santa Rita. RELATOR: EXMO. DES. MAR- COS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): Indústria Hidromineral do Brasil Ltda. Advogado(s): Lilian Catiani C. Freitas, Luiz Cláudio Volini e outros. Agravado(s): Petropar Embalagens S/ A. Advogado(s): Pedro André Donati e outros. COTA sessão de : Adiado face o adiantado da hora. Na sessão do dia JULGADO: Recurso não conhecido, unânime. 105) Agravo Interno nº /001. 2ª Vara Cabedelo. RELATORA: EXMA. DESA. Mª DAS NEVES DO EGI- TO DE A. D. FERREIRA. Agravante(s): José Francisco Régis e Eneide Monteiro Régis. Advogado(s): Jakeline Alves Cartaxo, Walter Agra Júnior e outro. Agravado(s): José Kehrle e Ângela de Corbara Moura Kehrle. Advogado(s): Hermano Gadelha de Sá e outros. COTA sessão de : Adiado por indicação da Relatora, e conclusos. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 106) Embargos de Declaração nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Simplício Alves Coelho Neto.

14 14 Advogado(s): Klebert Marques da Franca. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 107) Embargos de Declaração nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Antônio José da Silva. Advogado(s): Francisco Pinto de O. Neto e outros. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 108) Embargos de Declaração nº /001. 4ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/ A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Ericina Assunção Batista. Advogado(s): Alfredo Alexsandro Linhares, Alcione Vieira Pordeus e outro. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 109) Embargos de Declaração nº /001. 2ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Admilson Santana de Lima. Advogado(s): Nyedja Nara Pereira Galvão e outra. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 110) Embargos de Declaração nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Gilgimar de Souza Oliveira. Advogado(s): Renata Pessoa Donato e outro. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 111) Embargos de Declaração nº /002. 9ª Vara Cível Capital. RE- LATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Valdemir Mendes Leite. Advogado(s): Walter Serrano Ribeiro e outros. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 112) Embargos de Declaração nº /001. 4ª da Fazenda Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Estado da Paraíba, rep. por seu Procurador. Procurador(s): Harrison de A. Targino. Embargado(s): Josman Lacerda de Albuquerque. Advogado(s): Coriolano Dias de Sá. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 113) Embargos de Declaração nº /002. 1ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Banco Sudameris do Brasil S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de M. Ribeiro e outros. Embargado(s): Maxuel Amelio Padre de Paz. Advogado(s): Giuseppe Fabiano do Monte Costa e outro. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 115) Embargos de Declaração nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Vera Lúcia Lima Carvalho. Advogado(s): Valter de Melo e Cândido Arthur Matos de Souza. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 116) Embargos de Declaração nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREIRA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Maria Livramento de Melo. Advogado(s): Giuseppe Fabiano Costa e Manoel Félix Neto. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 117) Embargos de Declaração nº / ª Vara Cível Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Níbia Cely de Oliveira e outros. Advogado(s): Américo Gomes de Almeida e Ana Érika Magalhães Gomes. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 118) Embargos de Declaração nº /001. 7ª Vara de Família Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. D. FERREI- RA. Embargante(s): Antônio Medeiros Batista. Advogado(s): Maurício Lucena Brito. Embargado(s): Maria das Graças Navarro Serrano. Advogado(s): Márcio Henrique Carvalho Garcia. Na sessão do dia JULGADO: Rejeitadas as preliminares, unânime. No mérito, embargos rejeitados, unânime. 119) Embargos de Declaração nº / ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUER- QUE. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Adalgisa Aragão de Lucena. Advogado(s): Giuseppe F. do Monte Costa e outros. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 120) Embargos de Declaração nº /001. 3ª Vara Cível Campina Grande. RELATOR: EXMO. DES. MARCOS CAVAL- CANTI DE ALBUQUERQUE. Embargante(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Embargado(s): Sebastião Anastácio dos Santos. Advogado(s): Marco Aurélio Viana Almeida. Na sessão do dia JULGADO: Embargos rejeitados, unânime. 121) Agravo Interno nº /001. 6ª Vara da Fazenda Pública Capital. RELATORA: EXMA. DESA. MARIA DE FÁTIMA M. BEZERRA CAVALCANTI. Agravante(s): STTrans Superintendência de Transportes e Trânsito. Advogado(s): Lucas Fernandes Torres. Agravado(s): Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos. Advogado(s): Gilson Brito de Lyra. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. 122) Agravo Interno nº / 001. RELATORA: A EXMA. SRª. DESª. MARIA DE FÁTIMA M. B. CAVALCANTI. Agravante(s): Marluce Ribeiro da Silva e Silva e outros. Procurador(s): Daniel Dalonio Vilar Filho. 1º Agravado(s): Município de Riachão do Bacamarte, rep. por Seu Prefeito. Advogado(s): Felipe Augusto de Melo e Torres. 2º Agravado(s): Erivaldo Guedes do Amaral. Advogado(s): Felipe Augusto de Melo e Torres e Eduardo Sérgio Sousa Medeiros. 1º Agravado(s): Tribunal de Contas do Estado da Paraíba. Advogado(s): Eugênio Gonçalves da Nóbrega. Decisão: Francilene Lucena Melo. Na sessão do dia JULGADO: Recurso não conhecido, unânime. 123) Conflito Negativo de Competência nº /001. RE- LATORA: EXMA. DESA. MARIA DE FÁTIMA M. BE- ZERRA CAVALCANTI. Suscitante: Juízo de Direito da 1ª Vara de Família de Campina Grande. Suscitado: Juízo de Direito da 5ª Vara de Família de Campina Grande. Autor: Assis Alcides da Silva. Defensor: Antônio Gonçalves Vieira Neto. Na sessão do dia JULGADO: À unanimidade,declarou-se competente o juízo suscitado. 124) Agravo Interno nº /002. 6ª Vara Fazenda Capital. RELATOR: EXMO. DR. JOSÉ AURELIO DA CRUZ. Agravante(s): Almeida Dantas e Farias Advogados Associados. Advogado(s): Mariana Ramos Paiva. Sobreira e outros. Agravado(s): Ministério Público do Estado da Paraíba. Na sessão do dia COTA: Adiado por ausência justificada do Relator. 125) Agravo Interno nº /001. 6ª Vara Fazenda Capital. RELATOR: EXMO. DES MARCOS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE. Agravante(s): STTTRANS Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa. Advogado(s): Lucas Fernandes Torres e outros e Lincoln Vita. Agravado(s): Wilma Lopes Fernandes de Almeida. Advogado(s): Heron Martins Fernandes e outros. Na sessão do dia JULGADO: Desprovido, unânime. Nada mais ocorrendo, o Exmo. Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque, Presidente da Colenda 2ª Câmara Cível, deu por encerrada a presente Sessão, da qual lavrada a presente ATA. Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque, PRESIDENTE, Daniel Soares Monteiro, ASSESSOR TÉCNICO JU- DICIÁRIO, Karina Lígia Queiroz Ramalho, P/ AS- SESSOR TÉCNICO JUDICIÁRIO. ATA DE JULGAMENTO DA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL ATA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO ORDINÁ- RIA DA COLENDA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, realizada aos 15º dia do mês de abril do ano 2008 (dois mil e oito). Sob a Presidência do Desembargador SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVI- DES. Presentes, o Excelentíssimo Desembargador GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO, o Excelentíssimo Desembargador MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS e o Dr. MIGUEL DE BRITTO LYRA FILHO Juiz de Direito Convocado para compor quorum, bem como o representante do parquet Estadual, na pessoa do Dr. DORIEL VELOSO GOUVEIA, Procurador de Justiça. Foi aberta a sessão às 09:00 (nove horas), secretariado pelos assessores Danielle Farias da França Azevedo e José Airton Ribeiro de Almeida. Inicialmente, o Excelentíssimo Senhor Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides, assim se pronunciou: - Havendo número legal, sob a proteção de Deus, declaro aberta esta sessão. Dando continuidade aos trabalhos, colocou à apreciação dos demais membros a ata da sessão anterior, não havendo manifestação que objetivasse sua aprovação, ficando aprovada sem restrições. Fora submetido ao crivo de seus pares a pauta de julgamento constante dos feitos a seguir identificados: RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 01 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Campina Grande. Apelante: Edson Pereira. Advogado: Nívea Maria Santos Freire, Rhafaelly Araújo Palmiera e outros. 1º Apelado: Ipsem Instituto de Previdência dos Servidores de Campina Grande, representado por sua Procuradora Alba Lúcia Diniz de Oliveira. 2º Apelado: Prefeitura Municipal de Campina Grande, representada por sua Procuradora Fernanda A. Baltazar de Abreu. Cota: Sessão do dia : Adiado o julgamento. Cota: Sessão do dia : Adiado o julgamento. Cota: Sessão do dia : Adiado o julgamento. RELATOR: EXMO. DES. GE- NÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 02 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 9ª Vara Cível da Comarca da Capital. Apelante: Convívio Bar Ltda. Advogado: Carlos Antônio Germano Figueiredo. Apelado: Hermano Augusto de Almeida. Advogado(s): Zélio Furtado da Silva e outros. Cota: Sessão do dia : Adiado o julgamento. Cota: Sessão do dia : Após o voto do Relator que Acolhia a Preliminar de Cerceamento de Defesa e no mérito, pelo Provimento para anular a sentença e do Vogal Dr. Miguel de Britto de Lyra Filho, que Desprovia, pediu vista o Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides. Cota: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar, por maioria, contra o voto do relator que Acolhia a preliminar de cerceamento de defesa e após, o feito foi suspenso para a próxima sessão para analisar o mérito. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, por maioria, contra o voto do relator, Lavrará o acórdão o Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides. RELA- TOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FI- LHO. 03 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 6ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Embargante: José João da Silva. Advogados: Alexei Ramos de Amorim e outros. Embargado: Banco BMC S/A. Advogado: Frederico Oliveira de Alcântara. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELA- TOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FI- LHO. 04 Embargos de Declaração nº /002. Oriundo da 13ª Vara Cível da Comarca da Capital. Embargante: Francisco Gonçalves da Silva. Advogado: Inaldo de Souza Morais Filho. Embargado: Condomínio Residencial Acre. Advogado: Bruno Chianca Braga. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RE- LATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. 05 Embargos de Declaração nº /003. Oriundo da 1ª Vara Cível da Comarca da Capital. 1º Embargante: Construtora Mart Ltda. Advogados: Thyago Luiz Barreto Braga e outros. 2º Embargante: Líder Empresa Urbana Ltda. Advogado: Jaldemiro Rodrigues de Ataíde Júnior. Embargado: José Geraldo Gregório Filho. Advogado: Ornilo Joaquim Pessoa. Decisão: Sessão do dia : Rejeitados ambos os embargos, com aplicação de multa de 1%, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. 06 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 17ª Vara Cível da Comarca da Capital. Embargante: Manaíra Administradora de Bens Ltda. Advogados: Pedro Pires e outros. Embargado: Ministério Público do Estado das Paraíba através da Curadoria de Defesa dos Direitos do Cidadão. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. 07 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 5ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Embargante: Poligran Polimentos de Granitos do Brasil S/A. Advogados: Vanessa Kalina Silva, Alexei Ramos de Amorim e outros. Embargado: Banco América do Sul S/A. Advogados: Vanessa Cristina de Morais Ribeiro, Adriana Katrim de S. Toledo e outros. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELA- TOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 08 Agravo de Instrumento nº /002. Oriundo da 8ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Agravante: Telemar Norte Leste S/A. Advogados: Caio César Vieira Rocha e outros. Agravado: Maria das Neves Costa Sousa. Advogados: Manoel Félix Neto e outros. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 09 Agravo de Instrumento nº / 001. Oriundo da 11ª Vara Cível da Comarca da Capital. Agravante: Armando José Ferreira de Carvalho. Advogados: Kelly Cristina Nunes Barbosa, Paulo Sérgio C. de Brito e outros. Agravado: Banco do Nordeste do Brasil S/A. Advogada: Fernanda Halime F. Gonçalves. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 10 Remessa Ex- Officio na Ação Popular nº /001. Oriundo da 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Promoventes: Josauro Paulo Neto, José Sinval da Silva Neto e outros. Advogados: Carlos Fábio Ismael dos S. Lima, Celso F. da Silva Júnior e outros. 1º Promovido: Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa. Advogados: Dirceu Marques Galvão Filho e Nélson Azevedo Torres. 2º Promovido: Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogados: José Augusto Nobre e outros. Remetente: Juízo de Direito da 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 11 Remessa Ex-Officio na Ação Ordinária de Cobrança nº /001. Oriundo da 4ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Autor: Edmilson Almeida Costa. Advogados: Gustavo Lima Neto e Levi Borges Lima Júnior. Réu: Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora Sheyla Suruagy Amaral Galvão. Remetente: Juízo de Direito da 4ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CU- NHA RAMOS. 12 Recurso Oficial e Apelação Cível nº /001. Oriundo da Comarca de Bananeiras. Apelante: Município de Bananeiras, representado por seu Prefeito. Advogado: Cláudio Galdino da Cunha. Apelado: Maria de Lourdes Santos Araújo. Advogado: Paulo Costa Magalhães. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Bananeiras. Decisão: Sessão do dia : Remessa não conhecida e Provido a apelação, unânime. RELA- TOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FI- LHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 13 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 12ª Vara Cível da Comarca da Capital. Apelante: Plásticos Phoenix Ltda. Advogado: David Farias Diniz Sousa e Katherine Valéria de Oliveira G. Diniz. Apelado: Boa Vista Fomento Mercantil Ltda. Advogado(s): Edglay Domingues Bezerra. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 14 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 14ª Vara Cível da Comarca da Capital. 1º Apelante: Construtora M Neto Ltda. Advogado: Elmano Cunha Ribeiro. 2º Apelante: César Augusto Gomes Pereira. Advogado: Julianna Érika Pessoa de Araújo. Apelados: Os mesmos. Decisão: Sessão do dia : Provido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 15 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 5ª Vara Cível da Comarca da Capital. 1º Apelante: Unimed João Pessoa Cooperativa de Trabalho Médico. Advogados: Márcio Meira de C. Gomes Júnior e Caius Marcellus de Lacerda. 2º Apelante: Ruth Miranda de Carvalho. Advogado(s): Cláudia V. N. Montenegro. Apelados: Os mesmos. Decisão: Sessão do dia : Desprovido o 1º. apelo e Provido o 2º. apelo, fixando o dano moral em R$ , unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PE- REIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 16 Apelação Cível nº /002. Oriundo da Comarca de Pilões. Apelante: Joana D Arc. Mendes dos Santos.Advogados: Francisco Brilhante Filho e outros. Apelado: Município de Cuitegi, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Carlos Alberto Silva Melo. Cota: Sessão do dia : Após o voto do relator que Desprovia, pediu vista o Desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 17 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 4ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Apelante: Guiomar Ferreira Lima. Advogado: João de Deus Quirino Filho. Apelado: Banco do Brasil S/A. Advogados: Mércia Carlos de Souza e outros. Decisão: Sessão do dia : Provido, unânime. RELA- TOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FI- LHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 18 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 4ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Apelante: Guiomar Ferreira Lima. Advogado: João de Deus Quirino Filho. Apelado: Banco do Brasil S/A. Advogados: Mércia Carlos de Souza e outros. Decisão: Sessão do dia : Provido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 19 Apelação Cível nº /001. Oriundo da Comarca de Pirpirituba. Apelante: Município de Pirpirituba, representado por seu Prefeito. Advogado: José Rodrigues da Silva. Apelado: Severino Costa Farias. Advogado(s): Rodrigo Oliveira dos Santos Lima. Cota: Sessão do dia : Retirada de pauta para melhor tramitação. RELATOR: EXMO. DES. GENÉ- SIO GOMES PEREIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 20 Apelação Cível nº /001. Oriundo da Comarca de Mari. Apelante: Marinalva Rosa de Melo. Advogado: Cláudio Galdino da Cunha. Apelado: Município de Mari, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Antônio Justino de A. Neto. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREI- RA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURI- LO DA CUNHA RAMOS. 21 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 8ª Vara Cível da Comarca da Capital. Apelantes: Maria Gorete Dias da Cruz, Francisco de Assis Souto e outros. Advogados: Josemília de Fátima B. Guerra e Nemésio Almeida Soares Júnior. Apelado: Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PE- REIRA FILHO. REVISOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 22 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 17ª Vara Cível da Comarca da Capital. 1º Apelante: Telemar Norte Leste S/A. Advogados: Caio César Vieira Rocha e outros. 2º Apelante: Geraldo Pedro da Silva. Advogado(s): Nyedja Nara Pereira Galvão e Julianna Érika Pessoa de Araújo. Apelados: Os mesmos. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Provido o 1º. Apelo e Prejudicado o 2. apelo, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. 23 Apelação Cível nº /001. Oriundo da Comarca de Soledade. 1º Apelante: José Ivanildo Barros Gouveia. Advogados: Walter de Agra Júnior e outros. 2º Apelante: Câmara Municipal de Soledade. Advogado: Jaldelênio Reis de Menezes. 3º Apelante: Município de Soledade, representado por seu Prefeito. Advogado: Pedro Adolfo Moreno da Costa Moreira. Apelado: Ministério Público Estadual, através da Curadoria do Patrimônio Público. Cota: Sessão do dia : Adiado o julgamento, a pedido do 1º. apelante. RELATOR: EXMO. DES. SAULO HENRI- QUES DE SÁ E BENEVIDES. REVISOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA. 24 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 5ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Apelante: Atacadão dos Eletrodomésticos do Nordeste S/A. Advogados: Hermano Gadelha de Sá e Carlos Gomes Filho. Apelado: José Marconi Fernandes da Silva. Advogado(s): Tânio Abílio de Albuquerque Viana e Sandy Oliveira Fortunato. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. REVISOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA. 25 Apelação Cível nº /001. Oriundo da Comarca de Taperoá. Apelante: Deoclécio Moura Filho. Advogados: Nívea Maria Santos Souto Maior e outros. Apelado: Município de Taperoá, representado por seu Prefeito. Cota: Sessão do dia : Após o voto do relator que Rejeitava a preliminar e no mérito, Desprovia, pediu vista o Desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos. RELATOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. REVI- SOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA. 26 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 1ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Apelante: Associação Comercial de São Paulo. Advogados: Maximiliano Migliacer. Apelado: Samuel Gomes Miranda. Advogado: José Laécio Mendonça. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Provimento Parcial, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CU- NHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 27 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 17ª Vara Cível da Comarca da Capital. Apelante: Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Apelado: Maria do Socorro Cantalice da Silva. Advogados: Washington Luis Soares Ramalho e Charles Cruz Barbosa. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Provimento Parcial, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVI- DES. 28 Apelação Cível nº / 001. Oriundo da 3ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Apelante: Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Apelado: Antônio Guedes de Brito. Advogados: Raimundo

15 15 da Cunha Lima. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Provido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 29 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 10ª Vara Cível da Comarca da Capital. Apelante: Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Vieira Rocha e outros. Apelado: Aldenor Moura da Silva.Advogados: Guilherme Rangel Ribeiro e outro. Decisão: Sessão do dia : Rejeitada a preliminar e no mérito, Provido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 30 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 4ª Vara da Comarca de Cabedelo. Apelante: Seguradora Vera Cruz S/A - Mapfre. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior e outros. Apelado: S.S.M., menor representado por sua genitora Simone Silva de Mello. Advogados: Jailton Chaves da Silva e outro. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAU- LO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 31 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 4ª Vara da Comarca de Cabedelo. Apelante: Banco Fiat S/A. Advogado(s): Ana Olívia Belém de Figueiredo. Apelado: Carlos André de Sousa Oliveira. Advogados: Aluisio Paredes Júnior e outro. Decisão: Sessão do dia : Conhecido parcialmente o recurso e na parte conhecida dar Provimento Parcial, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 32 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 1ª Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Apelante: HSBC Bank Brasil S/A. Advogado(s): Ivanile Lopes Jordão Segundo, Janaina Rangel Monteiro. Apelado: Jorge Luiz de Oliveira. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVI- SOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 33 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Apelante: Município de João pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Paulo Wanderley Câmara e Gilberto Carneiro da Gama. Apelado: Hosplan Comercial Ltda. Advogados: Jaime Yoshio de A. Sakaki e Mário Roberto César Jácome. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAU- LO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 34 Apelação Cível nº /001. Oriundo da Comarca de Pirpirituba. Apelante: Município de Pirpirituba, representado por seu Prefeito. Advogado(s): José Rodrigues da Silva. Apelado: Marcos Fernandes da Costa. Advogados: Adson Soares Pimentel. Decisão: Sessão do dia : Desprovido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CU- NHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAULO HEN- RIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 35 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Apelante: Estado da Paraíba, representado por seu Procurador Dario Gurgel de Castro. Apelado: Lúcia de Fátima Araújo. Decisão: Sessão do dia : Provido, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. REVISOR: EXMO. DES. SAU- LO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 36 Apelação Cível nº /001. Oriundo da 4ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Apelante: Júlio Maria Bandeira de Melo. Advogado(s): João de Deus Quirino Filho. Apelado: Banco do Brasil S/A. Advogados: Mércia Carlos de Souza e outros. Decisão: Sessão do dia : Provimento Parcial ao apelo da ação ordinária e Provido o apelo da ação cautelar n /001, apensado a estes autos, unânime. PAUTA SUPLEMENTAR: RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 01 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 5ª. Vara Cível da Comarca da Capital. Embargante: Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Mércia Carlos de Sousa e outros. Embargado: Ana Teresa de Barros Machado Wanderley. Advogado(s): Walter Agra Júnior, Jackeline Alves Cartaxo e outros. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 02 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 4ª. Vara Cível da Comarca da Capital. Embargante: UNIBANCO União de Bancos Brasileiros S/A. Advogado(s): Luiz Fernando Visconti e outros. Embargado: Edleia Batista dos Santos. Defensora: Maria da Glória Oliveira. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 03 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 1ª. Vara de Família da Comarca da Capital. Embargante: Lúcia Souza Marques da Fonseca. Advogado(s): Martinho Faustino Xavier Júnior e outros. Embargado: José Alexandre Marques da Fonseca. Advogado: Roberto de Oliveira Batista. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 04 Embargos de Declaração nº /002. Oriundo da Comarca de Paulista. Embargante: Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba - SAELPA. Advogado(s): Jaldemiro Rodrigues de Ataíde Júnior e outros. Embargado: Valdemar José de Sousa. Advogado: Francisco Cavalcante Filho. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELATOR: EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS. 05 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 11ª. Vara Cível da Comarca da Capital. 1º Embargante: Marcelo Passos de Araújo. Advogado: Frederico Matos Brito Santos. 2º Embargante: Brasfibra Fibra de Sisal do Brasil Ltda. Advogado(s): Erick Macedo e outros. Embargado: Fibrasa Fiação Brasileira de Sisal S/A. Advogado(s): Pedro Barreto Pires Bezerra e outros. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELATOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 06 Embargos de Declaração nº / 001. Oriundo da 16ª. Vara Cível da Comarca da Capital. Embargante: Banco Rural S/A. Advogado(s): Leonardo Nascimento Gonçalves Drumond e outros. Embargado: Marpesa Pneus e Serviços Ltda. Advogado(s): Fabrício Montenegro de Moraes e Fernando Madruga Filho. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, com aplicação de multa de 1%, unânime. RELATOR: EXMO. DES. SAU- LO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 07 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 16ª. Vara Cível da Comarca da Capital. Embargante: UNIBANCO União de Bancos Brasileiros S/ A. Advogado(s): Arlinetti Maria e outros. Embargado: Taciana Gomes Pinto. Advogado(s): Valberto Alves de Azevedo Filho e outros. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELA- TOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 08 Embargos de Declaração nº /001. Oriundo da 8ª. Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Embargante: Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Jocielha de Almeida Alves e outros. Embargado: Alexsandro Ferreira Peres. Advogado: Amauri de Lima Costa. Decisão: Sessão do dia : Embargos rejeitados, unânime. RELA- TOR: EXMO. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENEVIDES. 09 Exceção de Suspeição Cível nº /001. Oriundo da 2ª. Vara da Fazenda Pública da Comarca de Campina Grande. Excipiente: Luiz Carlos Almeida Lustosa. Advogado: Valéria Machado de Melo. Excepto: Antônio Rudimacy Firmino de Souza, Juiz de Direito da 2ª. Vara da Fazenda Pública da Comarca de Campina Grande. Decisão: Sessão do dia : Não se conheceu, unânime. RELATOR: EXMO. DES. GENÉSIO GOMES PEREIRA FILHO. 10 Conflito Negativo de Competência Cível nº /001. Oriundo da 3ª. Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Suscitante: Juízo da 5ª. Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Suscitado: Juízo da 4ª. Vara Cível da Comarca de Campina Grande. Autor: Banco ABN AMRO S/A. Advogado(s): Roberto Costa de Luna Freire e outros. Decisão: Sessão do dia : A unanimidade, declarou-se competente o Juízo Suscitado. Nada mais ocorrendo, o Exmo. Des. Presidente deu por encerrada a Sessão da qual foi lavrada a presente ATA. DES. SAULO HENRI- QUES DE SÁ E BENEVIDES. Presidente. DR. DO- RIEL VELOSO GOUVEIA. Procurador de Justiça. DANIELLE FARIAS DA FRANCA AZEVEDO. Assessora de Câmara. JOSÉ AIRTON RIBEIRO DE ALMEIDA. Assessor de Câmara. ATA DE JULGAMENTO DA QUARTA CÂMARA CÍVEL ATA DA 13ª (DÉCIMA TERCEIRA) SESSÃO ORDINÁ- RIA DA COLENDA 4ª (QUARTA) CÂMARA CÍVEL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA, realizada aos 15 dias do mês de abril do ano de 2008 (dois mil e oito).sob a Presidência do Exmo. Sr. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega; presentes o Exmo. Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior, com jurisdição limitada, o Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos, com jurisdição limitada, o Exmo. Des. Genésio Gomes Pereira Filho, o Exmo. Dr. João Batista Barbosa, Juiz convocado para substituir o Exmo. Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior, e a Exma. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont, Juíza convocada para substituir o Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos. Bem como a Exma. Sra. Dra. Maria Salete de Araújo Melo Porto, Promotora de Justiça convocada. Secretariando os trabalhos os Assessores Técnicos Alípio de Miranda Freire Filho e Ana Flávia Neiva de Oliveira. Às 08:30 horas foi aberta a Sessão, sendo lida e aprovada, sem restrições, a ATA da sessão anterior. Antes de iniciar os trabalhos, o Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos pediu a palavra para parabenizar a Exma. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont pelo dia do seu aniversário, conforme registro das notas taquigráficas. O Senhor Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos: (9G)- Senhor Presidente, vou pedir a Vossa Excelência para abrir um parêntese, se Vossa Excelência me permite, porque eu cheguei um pouco atrasado, voltar à pauta administrativa para pedir a Vossa Excelência e eminentes Pares para registrar um ato para mim de grande importância, na data de hoje, dia 15 de abril, que infelizmente caiu no dia de trabalho. Eu confesso que nesta data eu nunca vinha trabalhar. Mas uma pessoa hoje está aniversariando conosco e está trabalhando no dia de hoje. A responsabilidade é muito grande e Vossa Excelência sabe como é a Dra. Renata. O Senhor Desembargador Jorge Ribeiro Nóbrega (Presidente):- A Dra. Renata, não sabia.o Senhor Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos:- A Dra. Renata está aniversariando hoje. Senhor Presidente, quero dar os parabéns. Tentei ligar para ela hoje pela manhã, através do celular, mas o celular está com defeito. Telefonei para Vossa Excelência também, Desembargador Jorge, e Vossa Excelência também não atendeu o telefonema, o telefone também estava desligado. Para não atrapalhar mais a sessão, Dra. Renata, receba todo o meu carinho e em nome do gabinete este registro. Estarei lá no gabinete para lhe dar um abraço.o Senhor Desembargador João Batista Barbosa (Juiz Convocado):- Desembargador Jorge, a Dra. Renata em certas ocasiões me surpreende com tanta simplicidade, eu que sou colega dela há tanto tempo e estou na Turma Recursal, se bem que eu sou muito relapso com relação a aniversário, esqueço até do meu. Quero dizer com isso que, se ela tivesse me dito a data do aniversário dela, possivelmente eu teria esquecido. Mas já que ela está aqui e é um dia muito bonito, como disse o Desembargador Lincoln, eu também tenho esse mesmo costume de trabalhar no dia que aniversário, mas isso é uma grandeza da Dra. Renata que não podemos deixar passar. Por isso, estou aqui, nesta ocasião, como Desembargador Lincoln, parabenizando-a com todo o meu afeto, com todo o meu carinho, porque é uma pessoa que eu tenho muita admiração e muito respeito, e não vou dizer mais nada porque se não vou ser tocado por uma grande emoção. Meus parabéns Dra. Renata.O Senhor Desembargador Luiz Sílvio Ramalho Júnior: - Senhor Presidente, quero desejar à Dra. Renata muitas felicidades neste seu aniversário, que ela seja muito feliz e uma grande Magistrada como ela é.a Senhora Procuradora de Justiça (Maria Salete de Araújo Melo Porto):- Nós, da Procuradoria, desejamos muitas felicidades, e também como amiga e colega da Dra. Renata, meus parabéns. O Senhor Advogado (Johnson Gonçalves de Abrantes): - Senhor Presidente, egrégia Câmara, senhora Procuradora, minha estimada colega Dra. Salete Porto, eu não podia deixar, estando presente na sessão, também de me associar à iniciativa do eminente e ilustre Desembargador Lincoln de prestar esta homenagem à Dra. Renata Câmara. Nós, como advogados, não apenas eu, mas outros colegas assistimos quase que semanalmente (10FN) às intervenções dessa jovem Magistrada, tanto na Câmara quanto no Tribunal Pleno, e identificamos nela uma pessoa muito qualificada para o exercício da Magistratura. Queira Deus que um dia ela possa ter assento definitivo neste Tribunal porque tem todas as qualidades, não só a qualidade de independência, de imparcialidade, de postura ética, mas, sobretudo, a postura de conhecimento do direito. Eu faço um depoimento aqui aparte: eu assisti em determinado dia a um julgamento na Câmara Criminal, onde Sua Excelência estava substituindo, e fiquei impressionado com um debate que ela travou com o Desembargador Martinho Lisboa, um dos ícones da Magistratura, um dos maiores conhecedores do Direito Criminal, e a Dra. Renata teve um debate salutar com aquele Desembargador, e aquilo me impressionou muito, diante da sua juventude, do pouco tempo que tem na Magistratura, mas que já conseguiu um lugar reservado neste Tribunal. E, além disso, as suas qualidades pessoais: uma pessoa afável, acessível, uma pessoa respeitosa, e além de respeitosa, uma pessoa que se impõe também pelo respeito. Meus parabéns, que Deus te abençoe e te faça sempre essa pessoa amável, singela e meiga que sempre foi. Muito obrigado.o Senhor Desembargador Jorge Ribeiro Nóbrega (Presidente): - A Presidência também se associa. E, Desembargador Lincoln, realmente, eu não atendi a sua chamada porque estava desligado ou algo parecido. Mas eu quero também, nesta oportunidade, parabenizar a Dra. Renata por uma data tão bonita como essa, que é o aniversário, e que mesmo assim ela veio trabalhar. Eu, pelo menos, quando coincide o dia do meu aniversário com um dia de trabalho, eu dou feriado a mim mesmo, sem dúvida nenhuma. Hoje é o dia do meu aniversário, hoje eu estou feriando esse dia. Mas, pela grandeza de espírito e também pela vontade do trabalho, pela responsabilidade também que cai sobre os ombros da Dra. Renata, ela compareceu aqui, mesmo numa data tão significante, tão bonita como esta. Que Deus a abençoe e a ilumine, e sem dúvida nenhuma, como disse o Dr. Jonhson, em breve Vossa Excelência também estará integrando o Tribunal de Justiça como membro efetivo da Corte.O Senhor Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos:- Senhor Presidente, hoje recebi também, não sei se foi entregue hoje ou se foi ontem, os agradecimentos de Vossa Excelência. O Senhor Desembargador Jorge Ribeiro Nóbrega (Presidente): - É, muito obrigado.o Senhor Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos:- Vou indicar o nome de Vossa Excelência a candidatura para a Academia Paraibana de Letras.O Senhor Desembargador Jorge Ribeiro Nóbrega (Presidente): - O que é isso, é muita bondade. Pois bem, Dra. Renata, que o Grande Arquiteto do universo continue protegendo Vossa Excelência, o seu esposo e os seus filhos, a sua família, os seus amigos, os seus colegas, hoje e sempre. A Senhora Desembargadora Renata da Câmara Pires Belmont (Juíza Convocada):- Senhor Presidente, eu só queria pedir licença para agradecer. Inicialmente parabenizar Vossa Excelência, também recebi os agradecimentos de Vossa Excelência; parabenizar por esse dom que Vossa Excelência tem, que Deus lhe deu, e agradecer as palavras que todos dirigiram a mim. Apenas creditá-las ao nosso Pai maior, tenho certeza que, se sou merecedora delas, primeiro é porque Ele quis que assim fosse. Eu queria, nessa data de hoje, apenas agradecer a Ele por tudo que tem me dado, essa família maravilhosa que eu tenho, meu esposo, meus filhos, saudáveis, graças a Deus, uma mãe maravilhosa, exemplar, a dádiva que Deus me deu de poder exercer a profissão que eu gostaria de ter no meu Estado natal, de prestar o meu serviço, dentro de minhas limitações, aos cidadãos, meus irmãos paraibanos. Então, eu me considero uma mulher muito feliz por tudo que Ele me possibilitou ter. E, no dia de hoje, só me resta (11FN) pedir a Ele que continue me abençoando, que continue sendo misericordioso comigo diante das minhas limitações, dos meus pecados, mas que Ele continue me agraciando com tudo que Ele já tem me dado, e que pelo menos me possibilite viver com saúde, se assim Ele o fizer, já vai ser para mim o bastante. Então, eu queria creditar os elogios que Vossas Excelências dirigiram a mim, a Ele, porque sem Ele certamente eu não seria o que Vossas Excelências disseram, se é que sou tudo isso. Mas eu queria apenas agradecer a Ele porque certamente isso é dádiva dele, e não me resta outra alternativa senão reconhecê-lo como Responsável maior de tudo que tem acontecido na minha vida. E, se realmente tenho participado dos julgamentos de uma forma a não deixar a desejar, certamente também é Ele que está me capacitando. Então, só queria agradecer aos senhores e agradecer também a esse meu Pai, pedindo para que Ele continue me abençoando. O Senhor Desembargador Jorge Ribeiro Nóbrega (Presidente): - Fica o registro na ata, inclusive com a participação do Ministério Público de segundo grau e da OAB. E que se faça também uma comunicação à Associação dos Magistrados para que faça um registro também. Dando prosseguimento aos trabalhos o Exmo. Sr. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega, Presidente, submeteu à apreciação dos demais Pares, a pauta de julgamento constante dos feitos a seguir identificados:pauta Ordinária:01-) Apelação Cível nº /001. RELATOR: EXMO JUIZ CON- VOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. REVISOR: EXMO. DES. GENESIO GOMES PEREIRA FILHO. 4ª Vara Cível da Capital. Apelante(s): Esporte Clube Cabo Branco. Advogado(s): José Mario Porto Junior e outro. Apelado(s): José Maria Tavares de Melo Neto e outros. Advogado(s): José Cláudio Pontes e outro. Obs: O Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos averbou-se suspeito. O Exmo. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega averbou-se suspeito. Na sessão do dia COTA: Adiado pela ausência justificada do Revisor. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do relator. Na sessão do dia COTA: Após o voto do relator que provia o recurso apelatório, pediu vistas o Revisor. A Exma. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont aguarda. Na sessão do dia COTA: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência do autor do pedido de vista. Na sessão do dia COTA: Após o voto do relator dando provimento ao recurso e do revisor desprovendo-o, pediu vista a Exma. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont. 02-) Apelação Cível nº /002. 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital. RELATORA: EXMA. DRA. RENA- TA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Banco ABN AMRO Real S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de Morais Ribeiro. Apelado(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Yuri Aragão. Na sessão do dia COTA: Rejeitadas a preliminar à unanimidade. No mérito, após o voto da Relatora dando provimento ao recurso, pediu vista o Exmo. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega. Aguarda o Exmo. Dr. João Batista Barbosa, Juiz convocado para substituir o Exmo. Des. Luiz Sílvio Ramalho Júnior. Fez sustentação oral o Bel. Yuri Aragão. Na sessão do dia COTA: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 03-) Apelação Cível nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO. DES. LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR. 1ª Vara Itaporanga. Apelante(s): Município de Diamante, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Luís Antônio da Silva Filho. Apelado(s): Reginaldo Pereira Rodrigues. Advogado(s): Ana Maria Correa Nunes de Sousa Freitas. Na sessão do dia COTA: Rejeitada a preliminar, no mérito, após o voto do relator e revisor negando provimento, pediu vista a Exma. Dra. Renata da Câmara Pires Belmont. Na sessão do dia COTA: A autora do pedido de vista esgotará o prazo regimental. 04-) Questão de Ordem no Agravo Interno nº /001. RELA- TOR: EXMO JUIZ CONVOCADO JOÃO BATISTA BAR- BOSA. Agravante(s): Almira Silva Almeida. Advogado(s): Flávio Augusto Pereira e outro. Agravado(s): Mantém Engenharia e Instalações Ltda e Catarine Helena Limeira Pimentel. Advogado(s): Fábio Roneli Cavalcanti de Souza e outro. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos. Na sessão do dia Julgado: Acolhida à questão de ordem para manter a certidão de julgamento. 05-) Apelação Cível nº /001. RELATOR: EXMO JUIZ CON- VOCADO JOÃO BATISTA BARBOSA. REVISOR: EXMO. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RA- MOS. 4ª Vara de Cabedelo. Apelante(s): Valtívia Ferreira Braga Santos. Advogado(s): Tiago Sobral Pereira Filho e Rodrigo Sorrentino Lianza. Apelado(s): Itaú Seguros S/A. Advogado(s): Milena Neves Augusto e Carlos Antônio Harten Filho. Na sessão do dia COTA: Adiado em face do adiantado da hora. Na sessão do dia COTA: Adiado a pedido do advogado do apelante. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do Exmo. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do relator. Na sessão do dia COTA: Adiado a requerimento do apelante. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificado do revisor. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do revisor. Na sessão do dia Julgado: Rejeitadas as preliminares, no mérito, desprovido. Unânime. 06-) Apelação Cível nº /001. RELATO- RA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BEL- MONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Procurador(s): Ivan Burity de Almeida. Apelado(s): Adoniram Pereira Durant. Advogado(s): Carlos Neves D. Freire e outro. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Na sessão do dia Julgado: Provido. Unânime. 07-) Apelação Cível nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. REVISOR: EXMO. DES. LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR. Comarca de Juazeirinho. Apelante(s): Expresso Guanabara S/A. Advogado(s): Antônio Cleto Gomes. Apelado(s): Rita Maria de Almeida. Advogado(s): Kátia Fernanda Tavares. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação do relator. Na sessão do dia Julgado: Provido. Unânime. 08-) Apelação Cível nº /002. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 13ª Vara Cível da Capital. 01 Apelante(s): CAGEPA - Cia de Água e Esgotos da Paraíba. Advogado(s): José Marcos Oliveira dos Santos. 02 Apelante(s): José Jorge Lopes Vilaça e CIAVE Cia Avícola do Nordeste S/A. Advogado(s): Sylvio da Silva Torres Filho e Roberto Nogueira Gouveia. 01 Apelado(s): Marcelo Xavier Fernandes de Lima e Josenir Rodrigues Xavier. Advogado(s): Jamerson Neves de Siqueira. 02 Apelado(s): Caminho do Sol Ltda. Advogado(s): Tânia de Freitas. Na sessão do dia COTA: Adiado a requerimento do 2º Apelante. Na sessão do

16 16 dia COTA: Rejeitada a preliminar à unanimidade. No mérito, após o voto da relatora desprovendo ambos os apelos, pediu vista o revisor. O Exmo. Dr. João Batista Barbosa aguarda. Na Tribuna, o Bel. Johnson Gonçalves de Abrantes. 09-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº / 001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Maria Leite da Silva. Advogado(s): João Batista de Vasconcelos. 01 Apelado(s): Maria Lucia do Nascimento. Advogado(s): Rosângela Maria de Medeiros Brito. 02 Apelado(s): Antônio dos Santos. Advogado(s): Rosângela Maria de Medeiros Brito. 03 Apelado(s): Kildare do Nascimento. Advogado(s): Rosângela Maria de Medeiros Brito. 04 Apelado(s): Município de Campina Grande, representado por seu Procurador. Advogado(s): Cícero Gutembergue Rodenburch. Remetente: Juízo de Direito da 3ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Na sessão do dia Julgado: Provimento parcial à remessa oficial e apelo não conhecido. Unânime. 10-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº / 002. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Procurador(s): Renan de Vasconcelos Neves. Apelado(s): União Beneficente dos Jovens e Moradores da Enarq do Valentina de Figueiredo. Advogado(s): Thiago Leite Ferreira e outro. Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Na sessão do dia Julgado: Remessa oficial não conhecida e provida a apelação. Unânime. 11-) Questão de Ordem na Apelação Cível nº /002. RELATOR: EXMO. DES. LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR. REVISOR: EXMO. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS. Comarca de Caiçara. Apelante(s): Josefa Felipe de Araújo. Advogado(s): Juliana Érica Pessoa de Araújo. Apelado(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. Obs: O Exmo. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega suscitará questão de ordem. Na sessão do dia COTA: Adiado em face da ausência justificada do Revisor. Na sessão do dia Julgado: Acolhida a questão de ordem para corrigir a súmula de julgamento no sentido de, no mérito, desprover o recurso parcialmente, contra o voto do Exmo. Des. Jorge Ribeiro Nóbrega que o provia parcialmente e lavrará o voto vencido. 12-) Embargos de Declaração nº /001. RELATOR: EXMO. DES. LUIZ SILVIO RAMALHO JÚ- NIOR. Embargante(s): Josefa Gervásio da Cruz. Advogado(s): Giuseppe Fabiano do Monte Costa. Embargado(s): Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação do relator. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 13-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. 1ª Vara Cível de Campina Grande. Agravante(s): Associação Comercial de São Paulo. Advogado(s): Macela B. Casado e Silva e outro. Agravado(s): Maria do Socorro Gonçalves de Lima. Advogado(s): José Laércio Mendonça. Na sessão do dia COTA: Retirado de pauta para melhor tramitação para que seja reincluído em pauta como agravo interno e não como agravo de instrumento. 14-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital. 01 Agravante(s): Jarbas José Santana e Maria da Salete G. de Santana. Advogado(s): Bruno de Farias Cascudo e outros. Agravado(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Advogado(s): Mônica Nóbrega de Figueiredo. Na sessão do dia Julgado: Recurso não conhecido. Unânime. 15-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 2ª Vara de Sapé. Agravante(s): José do Nascimento Silva. Advogado(s): Leopoldo Wagner Andrade da Silveira e outros. Agravado(s): Luzia Nazaré da Silva. Advogado(s): Pedro Francisco do Nascimento e Manoel Inácio dos Santos. Na sessão do dia Julgado: Provido. Unânime. 16-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Agravante(s): O Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Procurador(s): Carlos Arthur de Almeida Baptista Ferreira Pereira. Agravado(s): Gabriel, representado por sua Genitora Edvania Andrade da Silva. Defensor(s): Ângela Maria D. L. de Abrantes. Na sessão do dia Julgado: Rejeitada a preliminar, no mérito, desprovido. Unânime. 17-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 6ª Vara Cível da Capital. Agravante(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Procurador(s): Carlos Arthur de Almeida Baptista Ferreira Pereira. Agravado(s): Macilda Barbosa Leite Fernandes e outros. Advogado(s): Antônio Fernandes Neto e outro. Na sessão do dia COTA: Adiado a requerimento do advogado do agravado. 18-) Agravo de Instrumento nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 1ª Vara Cível da Capital. Agravante(s): José Everaldo Alves Montenegro de Araújo. Advogado(s): Rogério Miranda de Campos. Agravado(s): Previmil Previdência Privada. Advogado(s): Elvecio Alves de Moura. Na sessão do dia Julgado: Desprovido. Unânime. 19-) Agravo Interno nº /003. RELATOR: EXMO. DES. LUIZ SILVIO RAMALHO JÚ- NIOR. Agravante(s): Geraldo do Vale Cavalcante. Advogado(s): Em causa própria e Geraldo do Vale Cavalcante Filho. Agravado(s): José Etealdo da Silva Pessoa Neto. Advogado(s): Em causa própria. Na sessão do dia Julgado: Desprovido. Unânime. 20-) Embargos de Declaração nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. Embargante(s): Celta Veículos Ltda. Advogado(s): Paulo Marinho de Sousa. Embargado(s): Hermano José Fernandes Dantas. Advogado(s): Carolina Bezerra Cavalcanti Arcoverde e outros. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 21-) Embargos de Declaração nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. Embargante(s): Unibanco AIG Seguros S/A. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Junior e outros. Embargado(s): José Marcondes Taurino da Silva. Advogado(s): Almir Pereira. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 22-) Embargos de Declaração nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. Embargante(s): Unibanco AIG Seguros S/A. Advogado(s): José Ulisses de Lyra Júnior. Embargado(s): Erivan Bezerra Santos. Advogado(s): Wamberto Balbino Sales. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 23-) Remessa Oficial nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 2ª Vara de Mamanguape. Impetrante(s): Ítalo Brasil Transporte e Representação Ltda. Advogado(s): José Ferreira de Barros e Maria Diniz de Oliveira Barros. Impetrado(s): Coletor Estadual de Mamanguape. Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara da Comarca de Mamanguape. Na sessão do dia Julgado: Desprovido. Unânime. 24-) Remessa Oficial nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. Autor(s): Maria Aparecida Oliveira Gomes Lucena. Advogado(s): Mauricio José Alves Pereira. Réu(s): Município de Olho D`Água, representado por seu Prefeito. Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara da Comarca de Piancó. Na sessão do dia Julgado: Remessa não conhecida. Unânime. 25-) Apelação Cível nº /002. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Tim Nordeste S/A. Advogado(s): Marcil Fam Godim e outros. Apelado(s): Ministério Público Estadual, ADECON Associação de Defesa do Consumidor, Cidadania e Meio Ambiente e Procon Municipal. Na sessão do dia Julgado: Rejeitadas as preliminares, no mérito, provido. Unânime. 26-) Apelação Cível nº /002. RELATOR: EXMO. DES. LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR. REVISORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. 2ª Vara Distrital de Mangabeira. Apelante(s): Maria das Graças Melo de Arruda. Advogado(s): Francisco Medeiros de Albuquerque. Apelado(s): Instituto Nacional de Seguridade Social - INSS. Advogado(s): Paulo Manoel Moreira Souto. Na sessão do dia Julgado: Provido. Unânime. 27-) Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Comarca de Campina Grande. Apelante(s): CLIPSI Clinica, Pronto Socorro Infantil e Hospital Geral Ltda. Advogado(s): Gutemberg Ventura Farias. Apelado(s): José Sérgio Abrantes Furtado. Advogado(s): Rejane Maria M. de Vasconcelos. Na sessão do dia Julgado: Provimento parcial. Unânime. 28-) Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBRE- GA. 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Apelante(s): Ministério Público do Estado da Paraíba, através da Curadoria do Patrimônio Público da Comarca da Capital. Promotor(s): Adrio Nobre Leite. 01 Apelado(s): Banco Cruzeiro do Sul S/A. Advogado(s): Vanessa Cristina de Moraes Ribeiro e outros. 02 Apelado(s): Banco do Brasil S/A. Advogado(s): Leônidas José de Farias Maribondo. 03 Apelado(s): Estado da Paraíba, representado por seu Procurador. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 29-) Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PI- RES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RI- BEIRO NÓBREGA. Comarca de Santa Rita. Apelante(s): Geraldo Laurentino da Silva. Advogado(s): Edson Xavier Lucena de Araújo. 01 Apelado(s): AM- BEV Companhia de Bebidas das Américas Filial Paraíba. Advogado(s): Marilia Almeida Vieira. 02 Apelante(s): SERASA Centralização de Serviços de Bancos S/A. Advogado(s): Selma Lino Severo. Apelado(s): Os mesmos. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 30-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMA- RA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Estado da Paraíba, representado por sua Procuradora. Procuradora(s): Sanny Ribeiro Japiassu. Apelado(s): Adrio Nobre Leite. Advogado(s): Odilon José L. Falcão e outro. Remetente: Juízo de Direito da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 31-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /002. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Município de Barra de Santa Rosa, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Wanderley José Dantas. Apelado(s): Gleicilene Silva Oliveira. Advogado(s): Roseno de Lima Sousa. Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Barra de Santa Rosa. Na sessão do dia Julgado: Conhecidos e providos parcialmente ambos os recursos. Unânime. 32-) Remessa Oficial e Apelação Cível nº /002. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. Apelante(s): Companhia de Água e Esgotos da Paraíba - CAGEPA. Advogado(s): Írio Dantas Nóbrega e outros. Apelado(s): Município de Campina Grande. Advogado(s): Fábio Henrique Thoma. Remetente: Juízo de Direito da 1ª Vara da Fazenda Publica de Campina Grande. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. 33-) Apelação Cível e Recurso Adesivo nº / 001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. REVISOR: EXMO. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA. 5ª Vara Cível de Campina Grande. Apelante(s): Lusa Engenharia Comércio e Industria Ltda. Advogado(s): Klebert Marque de França. Apelado(s): Ivone Farias Nascimento. Advogado(s): Tânio Abílio de Albuquerque Viana. Recorrente(s): Ivone Farias Nascimento. Advogado(s): Tânio Abílio de Albuquerque Viana. Recorrido(s): Lusa Engenharia Comércio e Indústria Ltda. Advogado(s): Klebert Marque de França. Na sessão do dia COTA: Adiado por indicação da relatora. Pauta Suplementar:01-) Agravo Interno nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PI- RES BELMONT. Agravante(s): Edmar Jerônimo do Nascimento. Advogado(s): Érico de Lima Nóbrega. Agravado(s):Telemar Norte Leste S/A. Advogado(s): Caio César Rocha e outros. Na sessão do dia Julgado: Provimento parcial. Unânime.02-) Embargos de Declaração nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMA- RA PIRES BELMONT. Embargante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Procurador(s): Giulianna Maria Maia V. Batista e outros. Embargado(s): Rádio e Televisão Paraíba Ltda. Advogado(s): Francisco das Chagas Alves Júnior e outros. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 03-) Embargos de Declaração nº /001. RELATORA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BELMONT. Embargante(s): Município de João Pessoa, representado por seu Prefeito. Procurador(s): Luiz Pinheiro Lima e outros. Embargado(s): Rádio e Televisão Paraíba Ltda. Advogado(s): Francisco das Chagas Alves Júnior e outros. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 04-) Embargos de Declaração nº /001. RELATO- RA: EXMA. DRA. RENATA DA CÂMARA PIRES BEL- MONT. Embargante(s): Lindalva Carneiron de Sousa. Advogado(s): Antônio Carneiro de Sousa. Embargado(s): Município de Riacho dos Cavalos, representado por seu Prefeito. Advogado(s): Luiz Augusto da Franca Crispim e outros. Na sessão do dia Julgado: Embargos rejeitados. Unânime. 05-) Conflito Negativo de Competência Cível nº /001. RELATOR: EXMO. DES. JOR- GE RIBEIRO NÓBREGA. Suscitante(s): Juízo de Direito da 5ª Vara Cível de Campina Grande. Suscitado(s): Juízo de Direito da 4ª Vara Cível de Campina Grande. Autor(s): Banco ABN AMRO Real S/A. Advogado(s): Roberto Costa de Luna Freire e outros. Réu(s): Márcia Marinho Rocha de Macedo. Na sessão do dia Julgado: À unanimidade declarou-se competente o juízo suscitante. Nada mais ocorrendo, o Exmo. Des. Presidente deu por encerrada a Sessão da qual foi lavrada a presente ATA. ATA DE JULGAMENTO DA CÂMARA CRIMINAL ATA DA 28ª (VIGÉSIMA OITAVA) SESSÃO ORDINÁRIA DA COLENDA CÂMARA CRIMINAL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA, realizada aos 17 (dezessete) dias do mês de abril do ano dois mil e oito.presidência do Excelentíssimo Senhor Desembargador Joás de Brito Pereira Filho. Presentes os Excelentíssimos Des. Nilo Luis Ramalho Vieira, Antonio Carlos Coêlho da Franca, Leôncio Teixeira Câmara e Arnóbio Alves Teodósio, bem como a Juíza convocada Dra. Renata da Câmara Pires Belmont.Representando o Ministério Público, o Excelentíssimo Procurador de Justiça Dr. Antonio de Pádua Torres.Secretariando os trabalhos, funcionou o Bel. Eduardo Vieira Beltrão de Albuquerque.Às (08:30) horas foi aberta a sessão, sendo lida e aprovada, sem restrições, a ATA da sessão anterior.notas taquigráficas referentes à moção de aplausos ao Juiz Federal Rogério de Meneses Fialho Moreira pela nomeação ao cargo de Desembargador Federal no Tribunal Regional Federal.O Senhor Desembargador Joás de Brito Pereira Filho (Presidente): Antes de dar início ao julgamento, eu gostaria de propor à Câmara, isso já foi até proposto ontem, um voto de aplausos pela nomeação do Desembargador Rogério Fialho; já fiz o quando da indicação dele, naquela oportunidade a Câmara, a unanimidade, aprovou moção de aplausos pela sua indicação e agora pela sua indicação como Desembargador Federal, da 5ª Região. Para Paraíba é uma honra; todos nós conhecemos o Dr. Rogério Fialho, inclusive, o Desembargador Leôncio é da região, de Araruna, e o conhece bem. Um juiz federal muito competente, era diretor de fórum da Secção Judiciária da Paraíba, muito competente, preparado e foi nomeado recentemente. Então, eu gostaria de propor esse voto de aplausos pela nomeação, agora, do Desembargador Rogério Fialho.O Senhor Desembargador Nilo Luís Ramalho Vieira: Eu me acosto a proposição de Vossa Excelência, porque de fato é uma honra para Paraíba, é uma honra para Araruna, é um orgulho para os ararunenses. Aqui nós temos uma bancada de Araruna e uma também um orgulho para Paraíba, que o seu nome está se elevando e mostrando os nossos valores. Eu também fico feliz com a proposição de Vossa Excelência e com essa escolha porque, realmente, o escolhido tem méritos para assumir a função que foi designada.o Senhor Desembargador Antônio Carlos Coelho da Franca: Senhor Presidente, mais um paraibano no Tribunal Regional Federal, porque nós tivemos grande vultos lá como Dr. Ridalvo, Dr. Antônio Paulo Gadelha, tantos outros que ali já passaram. Estou muito feliz com a proposição de Vossa Excelência.O Senhor Desembargador Leôncio Teixeira Câmara: Também, senhor Presidente, e saber que o Dr. Rogério é ararunense, aí nós ficamos ainda mais envaidecidos. Araruna, aquela terra tão querida e fria, mas agradável, somente no clima, assim como Campina Grande, que tem um clima muito agradável. Eu lembro de Araruna como de Campina Grande, quando tinha um filho com uma linguagem ainda de criança que dizia: (6AA) Ar decondicionado no meio da rua, na linguagem de criança, uma coisa linda isso daí. E Araruna, se não bastasse, é o berço do primeiro paraibano a sentar na Academia Brasileira de Letras, José Joaquim Pereira da Silva, salvo engano. Com isso, senhor Presidente, eu me incorporo em gênero, número e grau a proposição de Vossa Excelência.A Senhora Desembargadora Renata da Câmara Pires Belmont (Juíza Convocada): Senhor Presidente, eu também me acosto à propositura de Vossa Excelência, não só pelas qualidades do Dr. Rogério, de inteligência, de um magistrado dedicado, vocacionado, uma pessoa que ama as suas raízes, mas também me acosto à colocação do Desembargador Leôncio pela vaidade que toma o espírito e a alma de todos os ararunenses, notadamente quando se sabe que a lista tríplice era formada por dois outros nome de magistrados de alto gabarito e isso só vem ainda reforçar o orgulho na escolha do nome do Dr. Rogério Fialho. Eu me acosto à propositura de Vossa Excelência.Notas taquigráficas referentes à homenagem à Dra. Renata da Câmara Pires Belmont.O Senhor Desembargador Leôncio Teixeira Câmara: Senhor Presidente, a Dra. Renata está me comunicando que este processo que ela acaba de julgar é último a que Sua Excelência estava vinculada, em razão de ter sido convocada atendendo a pedido meu para integrar esta Câmara e este Pleno. Portanto, sendo o último, eu quero registrar meus agradecimentos à Dra. Renata por esta substituição, pelo que Sua Excelência me fez. Durante esse período, demonstrou o zelo, a dedicação, a proficiência com que tem se havido no curso da sua judicância. Nós sabemos que a Dra. Renata é titular da 8ª Vara Cível da Comarca da Capital, que é uma Vara que estava com muitos problemas de ordens processuais e a Dra. Renata tem, com muita sabedoria e proficiência, equacionado aqueles problemas na 8ª Vara e, mais do que isso, tem vindo aqui me substituir, quando convocada, (9V) e aqui já se encontra substituindo na Câmara Cível ao Desembargador Abraham Lincoln. E tanto na Criminal quanto na Cível, é pelo menos o que tenho de testemunhar, ela tem demonstrado que, na verdade, é uma grande julgadora. Eu agradeço a Sua Excelência e espero que, se convocada em outras oportunidades, aceite. Ao agradecer e ao fazer esse registro, senhor Presidente, eu submeto essa proposição à Câmara, no sentido de que, se aprovada, seja registrado na folha funcional da eminente Juíza esse nosso reconhecimento.o Senhor Desembargador Nilo Luís Ramalho Vieira: Senhor Presidente, eu endosso as palavras do proponente porque, realmente, reflete a verdade. Nós já conhecemos a atuação da Dra. Renata. Então, para não me tornar repetitivo, os mesmos argumentos, os mesmos elogios, adjetivos, eu endosso plenamente tudo o que foi apresentado pelo Desembargador Leôncio Teixeira Câmara.O Senhor Desembargador Joás de Brito Pereira Filho (Presidente): Eu também não poderia deixar de me acostar inteiramente ao voto e também até ao registro na ficha funcional, porque tive o prazer de conviver com a Dra. Renata aqui e estou convivendo também no Tribunal Pleno, e tenho visto efetivamente o seu trabalho, é uma Juíza muito competente e muito preparada. Está de parabéns.o Senhor Advogado (Felipe Negreiros): Senhor Presidente, pela ordem. Eu gostaria também, em nome da OAB, de endossar a propositura do Desembargador Leôncio. Fora a questão de caráter pessoal, sou testemunha e admirador da Dra. Renata, desde os bancos universitários como aluna dedicada. Mas, além disso, quero dizer também como jurisdicionado do orgulho e da confiança de tê-la e de ter presenciado a vossa brilhante atuação e, com certeza também, fazendo minhas as palavras do Desembargador Leôncio para vê-la outras vezes aqui na Câmara Criminal. Obrigado, senhor Presidente.A Senhora Desembargadora Renata da Câmara Pires Belmont (Juíza Convocada): Senhor Presidente, eu sei da preocupação de todos nós com o tempo em relação à pauta, mas, eu vou invocar um provérbio chinês que diz que não se volta mais a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida. Então, para não perder esta oportunidade, só queria, diante de tanta economia de tempo que faço por onde passo, seja aqui na Câmara Criminal, seja no Pleno, de pedir aos senhores apenas um minuto para agradecer a confiança que me foi depositada. Inicialmente pela sugestão do Desembargador Leôncio, que foi acolhida pelo Pleno e por Vossas Excelências, como integrantes do Pleno, e dizer que para mim foi uma satisfação realmente muito grande pelo crescimento profissional que isso me proporcionou. Pelo seguinte: eu fui educada com aquele jargão de respeitar os mais velhos, então, sem querer tirar o merecimento de juízes mais novos, até porque me incluo nessa ala mais nova e sei que nesta existem pessoas de alto gabarito e alta competência; digo que também me incluo nessa ala porque recentemente completei apenas trinta e seis anos e, na intimidade do lar, digo que zerei a idade porque trinta e seis, = 9, noves fora = nada, então, eu me incluo nessa ala mais jovem. Mas, sem querer desmerecer os colegas também desta ala jovem, eu tenho muito respeito e muita admiração pelos colegas mais antigos, talvez, repito, por essa formação familiar de respeitar os mais velhos. Mas, também por ter a consciência, senhor Presidente e nobres Desembargadores, e por saber que a Renata de hoje não é a que um dia assumiu a Comarca de Alagoinha, a experiência é (10S) algo extremamente importante na profissão de qualquer um. Então, em respeito à experiência e aos ensinamentos que a experiência nos traz, eu queria fazer esse registro e esse especial tom de agradecimento, porque ainda a completar dez anos de magistratura, Vossas Excelências me deram a grata satisfação e a rica oportunidade de estar aqui convivendo e aprendendo com os senhores. Eu tive a oportunidade ainda de aprender com o Desembargador José Martinho e com o Desembargador Raphael que, inicialmente, era o meu revisor dos processos em que relatava no gabinete do Desembargador Leôncio. Então, quero fazer esse registro da oportunidade que Vossas Excelências me deram em, de certa forma, antecipar-me no tempo e amadurecer não pelo tempo, mas amadurecer ainda mais com os ensinamentos da experiência, da antiguidade dos senhores.

17 17 A oportunidade de estar aqui com Vossa Excelência, recém-chegado ao Tribunal que apesar de vir de uma advocacia predominantemente cível, mas que não veio a trazer nenhuma quebra de continuidade aos trabalhos dessa Câmara Criminal. Isso senhores, são oportunidades que não têm preço no currículo profissional de um magistrado, principalmente nós, que estamos no primeiro grau, decidindo solitariamente, dentro de um gabinete. Então, senhor Presidente, fazendo esses agradecimentos, quero ainda lembrar e registrar essa importância para que outros juízes não eu necessariamente, mas que outros juízes novos que ainda não estão nem no Quinto Constitucional, tenham também essa experiência, diante da riqueza e da amplitude de conhecimentos que são possibilitados ao magistrado convocado. Portanto, senhor Presidente, só me resta agradecer e, como o Desembargador Leôncio já me disse que, a princípio vai convocar outros juízes para oportunizar também essa carga de experiência, comungo inteiramente com o entendimento dele e acho que ele está correto nessa postura, para que seja oportunizado também para um outro colega. Mas, a experiência que ele já me oportunizou já me foi suficiente e eu reconheço a riqueza e o engrandecimento que foi trazido a Renata, como pessoa pela convivência que me foi possibilitada e, como magistrada, pela riqueza intelectual que pude absorver de todos os integrantes do Pleno, da acolhida muito afável dessa Câmara Criminal, dos serventuários e de todos que fazem parte deste egrégio Tribunal de Justiça como um todo. Então, senhor Presidente, quero fazer esse registro muito sincero, dizer e renovar a grata satisfação de ver o colega Felipe, agradecê-lo pelas palavras. Felipe era um aluno brilhante, não é à toa que é uma estrela na tribuna, sempre foi dessa forma, dentro da sala de aula com esse seu jeito coloquial, aliás, a nossa turma, sem falsa modéstia, era uma turma muito rica. Então, senhor Presidente, eu tenho essa satisfação, no fechamento, de ser uma filha muito amada, porque tem me sido oportunizados momentos muito ricos como pessoa e como profissional. Eu faço esse agradecimento ao egrégio Tribunal como um todo e também ao meu Pai, que ele continue tendo essa atenção com essa filha pecadora que está no mundo tentando viver em paz e no cumprimento de suas palavras, mas reconhecendo que, na fragilidade humana, pode eventualmente ou no dia-a-dia também cair em pecado, mas pela sua misericórdia, Ele tem sido muito bondoso comigo, possibilitando-me essas ricas experiências. Então, senhor Presidente, a minha despedida, o meu agradecimento, o meu abraço e de antemão, a saudade que vou sentir dos senhores quando estiver sozinha, trancada em meu gabinete na 8ª Vara Cível e me permitam que eu volte aqui pelo menos para dar um abraço, renovar essa lembrança e esses dias de trabalho que pude passar aqui. Muito obrigada. Dando prosseguimento à sessão, o Exmo. Des. Presidente submeteu à apreciação da Câmara os Processos constantes da pauta de julgamento, a seguir discriminados:1º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Marcelo Ferreira Soares Raposo. Paciente: JOSÉ ANTÔNIO DA SILVA NETO. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.JULGADO: Ordem denegada pelo 1º fundamento e prejudicada pelo excesso de prazo, em harmonia com o parecer oral complementar. Unânime. Usou da palavra o Bel. Marcelo Ferreira Soares.2º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Daniel Dalônio Vilar Filho. Paciente: DAMIÃO FAUSTINO DA SILVA. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira. JUL- GADO: Ordem prejudicada, em harmonia com o parecer oral. Unânime.3º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Adauto Luiz de Amorim. Paciente: MARIA ELITA COSTA SILVA. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.JULGADO: Ordem denegada, em harmonia com o parecer. Unânime. Usou da palavra o Bel. Adauto Luiz de Amorim.4º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Stênio José de Lima. Paciente: JOEL NOGUEIRA DA COSTA NETO. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. JULGADO: Preliminarmente, não se conheceu do pedido, em harmonia com o parecer. Unânime.5º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Paulo César Brito Dias. Paciente: DJALMA MARQUES DOS SANTOS. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. JUL- GADO: Ordem prejudicada, em harmonia com o parecer oral. Unânime.6º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Daniel Gustavo Guedes P. de Albuquerque. Paciente: SEBASTI- ÃO JOSÉ DA SILVA. Relator: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Ordem denegada, em harmonia com o parecer. Unânime.7º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Wanderley José Dantas. Paciente: JOÃO ME- DEIROS BARRETO. Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.JULGADO: Ordem denegada, em harmonia com o parecer. Unânime.8º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrantes: Beis. Hugo Moreira Feitosa e Antônio Quirino de Moura. Pacientes: GERALDO FERREIRA DE LIMA e LEO- NARDO CARDOSO. Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.JULGADO: Ordem denegada, em harmonia com o parecer. Unânime.9º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Beis. Paulo S. L. Guimarães e José Carlos Lopes Fernandes. Paciente: JOÃO BATISTA BALBINO DE SOUZA. Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.JULGADO: Ordem prejudicada, em harmonia com o parecer oral complementar. Unânime.10º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Raimundo Rodrigues da Silva. Paciente: JAILSON FER- REIRA DOS SANTOS. Relator: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Preliminarmente, não se conheceu do pedido, em harmonia com o parecer oral. Unânime.11º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Paulo de Farias Leite. Paciente: JORGE MOZA ALENCAR SAMPAIO. Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.Cota: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental.12º Petição de Habeas Corpus nº /001. Impetrante: Bel. Ricardo Berto. Paciente: GIL- SON GOMES DE SOUZA. Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.Cota: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental.13º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /001, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina Grande. Recorrente: MURILO DE OLIVEIRA FIUSA CHAVES. (Adv. Felipe Augusto Forte D. N. Deodato). Recorrida: A Justiça Pública. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.JULGADO: Negou-se provimento ao Recurso, em harmonia com o parecer, contra o voto do Des. Antonio Carlos.14º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Gurinhém. Apelante: ANTÔNIO CARLOS CAVALCANTE DIAS. (Adv. Arnaldo Barbosa Escorel Júnior). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca. Revisor: Des. Leôncio Teixeira Câmara.JULGADO: Deu-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.15º Mandado de Segurança nº /001, da 4ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Impetrante: VLADIMIR JOSÉ NOBRE DE CARVALHO. (Adv. Edson Nobre Bezerra de Carvalho). Impetrado: Juiz de Direito da 4ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Relator: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.Cota: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental.16º Apelação Criminal nº /002, da 4ª Vara da Comarca de Cabedelo. Apelante: Assistente de Acusação: Jorge Manuel Almas Pais. (Adv. Tiago Sobral Pereira Filho). Apelado: SEVERINO CASSIANO DOS SANTOS. (Adv. Luiz Gonçalo da Silva Filho). Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.Cota: O autor do pedido de vista esgotará o prazo regimental.17º Petição de Habeas Corpus nº /002. Impetrante: Bel. Ozael da Costa Fernandes. Pacientes: EVA GOMES DE OLIVEIRA, MARIA DAS GRAÇAS GOMES DE OLIVEIRA, FLÁVIO LUCENA DA SILVA e ELIFRAN- CIONE ALVES DA SILVA. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio.JULGADO: Ordem denegada, em harmonia com o parecer. Unânime.18º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Marí. Apelante: SEVERINO JÚLIO DOS SANTOS, vulgo XA- NANA. (Adv. Maurício Vicente de Morais). Apelada: A Justiça Pública. Relatora: Juíza convocada Dra. Renata da Câmara Pires Belmont. Revisor: Des. Joás de Brito Pereira Filho.JULGADO: Negou-se provimento ao apelo, em harmonia em parte com o parecer. Unânime.19º Apelação Criminal nº /004, da Comarca de Rio Tinto. Apelantes: 1º LENILSON CARVALHO DOS SANTOS, vulgo GANSINHO, URURAI BARROS DA SILVA, vulgo URU, MOISÉS BARROS DE ARAÚJO. (Adv. Lúcio José Silva de Lima) e 2º JOSÉ GOMES DA SILVA, vulgo ZEZINHO CABARÉ. (Defensores Públicos, Walterluzia Maria Emília B. Mendes e Adriano Medeiros Bezerra Cavalcanti). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara. Revisor: Joás de Brito Pereira Filho.JULGADO: Deu-se provimento parcial aos apelos, em harmonia em parte com o parecer. Unânime.20º Apelação Criminal nº /001, da 4ª Vara da Comarca de Sousa. Apelante: AGNAL- DO GOMES DA SILVA. (Defensor Público, José Silva Formiga). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.JULGADO: Negou-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.21º Apelação Criminal nº /001, da 1ª Vara da Comarca de Santa Rita. Apelante: JOÃO BATISTA DE FRANÇA. (Adv. Américo Gomes de Almeida). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira. JULGADO: Negou-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.22º Apelação Criminal nº /001, da 2ª Vara da Comarca de Sousa. Apelante: JOSÉ BENTO JÚNIOR. (Adv. Eduardo Henrique Jácome e Silva). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira. JULGA- DO: Deu-se provimento parcial ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.23º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /003, da 1ª Vara da Comarca de Guarabira. Recorrente: PAULO LEAN- DRO DOS SANTOS. (Adv. Nelson Davi Xavier). Recorrida: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. JULGADO: Negou-se provimento ao Recurso, em harmonia com o parecer. Unânime.24º Apelação Criminal nº /001, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelante: JOSÉ PAULO HENRIQUE DA SILVA, vulgo PAULINHO. (Adva. Maria Eliesse de Queiroz Agra). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.JULGADO: Negou-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.25º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Brejo do Cruz. Apelante: SANDOVAL FERREIRA DA SIL- VA, vulgo DODÔ TORRADO (Adv. Jailson Araújo de Souza). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Juiz convocado Dr. Arnóbio Alves Teodósio.Cota: Adiado, por indicação do Relator.26º Apelação Criminal nº /001, da 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Apelantes: 1º CARLOS JOSÉ BA- TISTA DE ANDRADE, vulgo DUDÉ. (Adv. Cícero de Lima e Sousa) e 2º FLÁVIO ALBUQUERQUE BRITO, vulgo PARDAL. (Adv. Michel P. Barreiro). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.Cota: Adiado, por indicação do Relator.27º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Bonito de Santa Fé. Apelante: Representante do Ministério Público. Apelado: FRANCISCO ALEXANDRE DA SIL- VA. (Adv. Júlio Pereira de Sousa). Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.Cota: Adiado, por indicação do Relator.28º Apelação Criminal nº /001, da 4ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Apelantes: FRANCISCO GOMES DO NASCIMENTO, vulgo PITOCA e FRAN- CIONE DA SILVA CORRÓ, vulgo IA. (Defensores Públicos, Acrísio Alves de Almeida e Roberto Sávio de Carvalho Soares). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira. Revisor: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Negouse provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.29º Agravo em Execução nº /001, da 6ª Vara das Execuções Penais da Comarca de Campina Grande. Agravante: ODELIANO DA SILVA SANTOS. (Adv. André Motta de Almeida). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Preliminarmente, não se conheceu do pedido, em harmonia com o parecer. Unânime.30º Apelação Criminal nº /001, da 3ª Vara da Comarca de Cajazeiras. Apelante: Representante do Ministério Público. Apelado: LINDOBERTO PEREIRA SIMÃO. (Defensor Público, Otávio Neto Rocha Sarmento). Relator: Des. Leôncio Teixeira Câmara.JULGADO: Negou-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.31º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Queimadas. Apelante: PAULO ROBERTO MUNIZ DANTAS. (Defensor Público, José Fernandes de Albuquerque). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Joás de Brito Pereira Filho. Revisor: Des. Arnóbio Alves Teodósio.JULGADO: Deu-se provimento parcial para declarar extinta a punibilidade quanto à pena corporal, mantendo-se a inabilitação estabelecida na sentença recorrida. Unânime.32º Recurso Criminal em Sentido Estrito nº /002, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca da Capital. Recorrente: Representante do Ministério Público. Recorrido: VAL- DEMIR RODRIGUES DE QUEIROZ. (Defensor Público, Argemiro Queiroz de Figueiredo). Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio.Cota: Adiado, por indicação do Relator.33º Apelação Criminal nº /002, da Comarca de Uirauna. Apelante: MARIA DO SOCORRO FÉLIX ROLIM MOREIRA. (Advs. João de Deus Quirino e João de Deus Quirino Filho). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Arnóbio Alves Teodósio. Revisor: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira.Cota: Adiado, a requerimento da defesa.34º Apelação Criminal nº /004, da Comarca de Alhandra. Apelante: LEANDRO ANTÔ- NIO CAETANO DA SILVA. (Adva. Cristiane Pérsico de Almeida). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira. Revisor: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Negou-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.35º Apelação Criminal nº /001, da 4ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande. Apelante: FABRÍCIO CAVALCANTE MACHA- DO. (Advs. Alberto Jorge Santos Lima Carvalho e Ítalo Clementino de Lima Montenegro). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Nilo Luís Ramalho Vieira. Revisor: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Deu-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime, nos termos do voto do Relator.36º Apelação Criminal nº /001, da Comarca de Santana dos Garrotes. Apelante: JOSÉ CELESTINO, vulgo ZÉ. (Adv. José Saturnino da Silva). Apelada: A Justiça Pública. Relator: Des. Antonio Carlos Coêlho da Franca.JULGADO: Deu-se provimento ao apelo, em harmonia com o parecer. Unânime.Nada mais ocorrendo, o Exmo. Sr. Des. Presidente deu por encerrada à Sessão, da qual foi lavrada a presente ATA. ATA DE DISTRIBUIÇÃO A Coordenadora de Registro e Distribuição do Tribunal de Justiça da Paraíba a Bela. Maria Dulcis Brasileiro Lima Montenegro torna publico, a quem possa, que foram distribuídos os seguintes feitos: DIA: 22/04/2008 Processo: /002, Apelacao Civel, Por Prevencao, Relator: Desa. Maria De Fatima M. B. Cavalcanti, Apelante: Peugeot Citroen Do Brasil, Automoveis Ltda, Advogado: Paulo Roberto De Carvalho Maciel, Apelados: Ramiro Ferreira Filho, Advogado: Hebert Gois Romeiro E, Luatom Bezerra Adelino De Lima. Processo: /001, Habeas-Corpus, Automatica, Relator: Des. Antonio Carlos Coelho Da Franca, Impetrante: Joao Da Mata Medeiros Filho, Paciente: Ronaldo De Souza Lima, Tambem Conhecido Por Sousa. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Adjamy Araujo Vilar, Aderbal Da Costa V. Filho, Advogado: Henrique Mota Feitosa, Maira Araujo Vilar, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado, Por Seu Procurador Geral, Remetente: Juizo De Direito Da 3a.Vara, Da Comarca De Campina Grande. Processo: /004, Agravo, Por Prevencao, Relator: Des. Abraham Lincoln Da Cunha Ramos, Rel.Subst.: Dra. Renata Da Camara Pires Belmontagravante: Severino Cassimiro Da Silva, Advogado: Erico De Lima Nobrega, Agravado: Telemar Norte Leste S.A. Advogado: Caio Cesar V. Rocha E Outros. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Carneiro Da Cunha Construcoes E, Consultoria, Advogado: Luatom Bezerra Adelino De Lima, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Seu Procurador Geral, Harrison Targino, Remetente: Juizo De Direito Da 1a. Vara Da, Fazenda Publica Da Capital. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Saulo Henriques De Sa Benevides, Apelante: Tatiana Pereira Da Silva Sousa, Advogado: Arabela De Cassia Silva, Apelados: Banco Citicard S/A, Advogado: Niani Guimaraes Lima De Medeiros E, Carlos De Sa Pereira Filho. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Apelante: Telemar Norte Leste S/A, Advogado: Caio Cesar Rocha E Outros, Apelados: Lusinete Pereira De Melo, Advogado: Robergia Farias Araujo Da Nobrega. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Junior, Rel.Subst.: Dr. Joao Batista Barbosaapelante: Fiat Administradora De Consocios Ltda, Advogado: Ivanile Lopes Jordao Segundo, Janaina Rangel Monteiro, Apelados: Jose Virginio Guimaraes, Advogado: Antonio Jose Ramos Xavier. Processo: /002, Agravo, Por Prevencao, Relator: Des. Genesio Gomes Pereira Filho, Agravante: Severino Ramos Ribeiro Cavalcante, Advogado: Erico De Lima Nobrega, Agravado: Telemar Norte Leste S.A. Advogado: Caio Cesar V. Rocha E Outros. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Marcio Murilo Da Cunha Ramos, Agravante: Camila Lilian Andrade Chang, Representado Por Sua Genitora, Ana Maria De Andrade, Advogado: Giuseppe Fabiano Do Monte Costa, Manoel Felix Neto, Agravado: Chang Wen Tsing, Advogado: Alberto Jorge Santos Lima Carvalho, Italo Clementino De Lima Montenegro. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Saulo Henriques De Sa Benevides, Apelante: Deib Otoch S/A, Advogado: Eugenio Gracco Braga De B. Lyra E, Daniel Pires, Apelados: Arlete Maria Das Neves Silva, Advogado: Paulo Sergio Cunha De Azevedo. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Leoncio Teixeira Camara, Apelante: Alisson Amorim Santos, Vulgo Lala Ou Lalo, Advogado: Jose Holgacio M.D oliveira, Apelado: Justica Publica. Processo: /001, Agravo, Por Prevencao, Relator: Des. Marcos Cavalcanti De Albuquerque, Agravante: Severino Rodrigues Da Silva, Advogado: Erico De Lima Nobrega E Outra, Agravado: Telemar Norte Leste S.A. Advogado: Caio Cesar V. Rocha E Outros. Processo: /001, Agravo, Por Prevencao, Relator: Des. Genesio Gomes Pereira Filho, Agravante: Severino Ramos Ribeiro Cavalcante, Advogado: Erico De Lima Nobrega E Outra, Agravado: Telemar Norte Leste S/A, Advogado: Caio Cesar Rocha E Outros. Processo: /001, Apelacao Civel, Por Prevencao, Relator: Des. Saulo Henriques De Sa Benevides, Apelante: Porto Seguro Cia De Seguros Gerais, Advogado: Milena Neves Augusto, Tania Vainsencher, Apelados: Nildeberto Pedro De Almeida, Advogado: Romeu Eloy. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Marcio Murilo Da Cunha Ramos, Apelante: Banco Bradesco S/A, Advogado: Jose Ricardo Pereira, Apelados: Lindalva Soares Da Silva, Advogado: Justino De Sales Pereira. Processo: /003, Agravo, Por Prevencao, Relator: Des. Abraham Lincoln Da Cunha Ramos, Rel.Subst.: Dra. Renata Da Camara Pires Belmontagravante: Banco Bradesco S.A. Advogado: Teresa Rachel B.N.Pereira E Outros, Agravado: Terezinha Nascimento Batista, Advogado: Gilbrto Cesar Coelho E Outro. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Jorge Ribeiro Nobrega, Agravante: Banco Bradesco S.A. Advogado: Teresa Rachel B.N.Pereira E Outros, Agravado: Melina Valenca Maciel Paes Barreto, Advogado: Marcos Antonio I. Da Silva E Outros. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Arnobio Alves Teodosio, Apelante: Assistente De Acusacao, Ednaldo Bezerra Farias, Advogado: Gilberto Aureliano De Lima, Apelado: Welflen Ricardo Nogueira Santos, Advogado: Paulo De Tarso L. Garcia De Medeiros, Bruna Gizelli Bezerra Ferreira. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Desa. Mª Das Neves Do E.A.D. Ferreira, Agravante: Ministerio Publico Da Paraiba, Por Sua Curadoria Da Saude De C.Grande, Agravado: Municipio De Campina Grande, Repres.Por Seu Procurador, Frederico A De Menezes Gomes Junior. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Saulo Henriques De Sa Benevides, Agravante: Marinalva Barbosa De Queiroz, Advogado: Francisco Assis Do Nascimento, Agravado: Unimed Campina Grande-Cooperativa, De Trabalho Medico Ltda, Advogado: Maria Rodrigues Sampaio, Giovanni Bosco D.De Medeiros E Outra. Processo: /001, Agravo, Por Prevencao, Relator: Desa. Mª Das Neves Do E.A.D. Ferreira, Agravante: Flaviano De Albuquerque Viana, Advogado: Marco Aurelio Gomes Costa, Pedro Ramos Cabral, Agravado: Maria Goretti Lima Almeida, Advogado: Daniel Dalonio V. Filho, Isabel Ximenes C.Da Cunha E Outros. Processo: /001, Habeas- Corpus, Automatica, Relator: Des. Arnobio Alves Teodosio, Impetrante: Joao Pinto B. Neto, Paciente: Odival Araujo Sousa, Lucia De Fatima Barbosa Araujo. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Manoel Soares Monteiro, Agravante: Saelpa Sociedade Anonima De, Eletrificacao Da Paraiba, Advogado: Leonardo Giovanni Dias Arruda, Agravado: Jose Paizinho De Oliveira, Advogado: Francisco Cavalcante Filho. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Joas De Brito Pereira Filho, Apelante: Antonio Marques Gomes De Sousa, Vulgo Nego Dim E, Cicero Alves Da Silva, Advogado: Juramir Oliveira De Sousa, Apelado: Justica Publica. Processo: /002, Remessa Ex-Officio No Mand. De Seguranca, Por Prevencao, Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Junior, Rel.Subst.: Dr. Joao Batista Barbosaimpetrante: Adelmar Santos Sousa, Advogado: Higor Rocha Simoes Fialho, Impetrado: Municipio De Cuite, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Giovanni Bosco Dantas De Medeiros, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca De Cuite. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Dr. Miguel De Britto Lyra Filho, Apelante: Joel Luiz Do Nascimento, Advogado: Marcos Antonio Inacio Da Silva, Apelados: Banco Do Brasil S/A, Advogado: Rossana Rangel F De Lacerda E Outros. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Marcos Cavalcanti De Albuquerque, Apelante: Maria Da Luz Alverga Cabral, Advogado: Marcos Antonio Inacio Da Silva, Apelados: Banco Do Brasil S.A. Advogado: Urbano V. De Melo Neto E Outros. Processo: / 001, Habeas-Corpus, Automatica, Relator: Des. Arnobio Alves Teodosio, Impetrante: Telci Teixeira De Souza, Paciente: Ronelio Da Silva Evangelista. Processo: /001, Remessa Ex-Officio No Mand. De Seguranca, Automatica, Relator: Des. Jorge Ribeiro Nobrega, Impetrante: Francisco De Assis Leite De Araujo, Maria Aparecida De Couto Araujo E, Izoneide Cordeiro Ferino, Advogado: Maria Goretti Cordeiro De Oliveira, Impetrado: Municipio De Soledade, Rep. Por Seu Prefeito, Advogado: Antonio Michele Alves Lucena, Remetente: Juizo De Direito Da

18 18 Comarca, De Soledade. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Arnobio Alves Teodosio, Apelante: Manoel Rodrigues, Advogado: Humberto Albino De Moraes, Apelado: Justica Publica. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Abraham Lincoln Da Cunha Ramos, Rel.Subst.: Dra. Renata Da Camara Pires Belmontapelante: Municipio De Mamanguape, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Getulio Bustorff Feodrippe Quintao, Apelados: Orlando Bezerra Da Silva, Advogado: Irenaldo Ribeiro Dos Santos. Processo: /001, Apelacao Civel, Por Prevencao, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Apelante: Municipio De Itapororoca, Representado, Por Seu Prefeito, Advogado: Karina Catao Da Cunha Cavalcante, Apelados: Maria Aparecida Da Silva, Advogado: Humberto Trocoli Neto. Processo: /001, Apelacao Civel, Por Prevencao, Relator: Desa. Maria De Fatima M. B. Cavalcanti, Apelante: Municipio De Itapororoca, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Karina Catao Da Cunha Cavalcante, Marcos Souto Maior Filho, Apelados: Maria De Lourdes Soares, Advogado: Humberto Trocoli Neto. Processo: /001, Apelacao Civel, Por Prevencao, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Apelante: Municipio De Itapororoca, Rep. Por Seu Prefeito, Advogado: Karina Catao Da Cunha Cavalcante, Marcos Souto Maior Filho E Outros, Apelados: Cicero Dos Santos Calixto, Advogado: Humberto Trocoli Neto. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Jorge Ribeiro Nobrega, Agravante: Maria De Fatima Costa De Souza, Kim Personn Bjornstad E Outros, Advogado: Pedro Luiz Viana Lopes, Agravado: Vale Dos Ventos Geradora Eolica S.A. Advogado: Leonardo Lins Morato E Outros. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Leoncio Teixeira Camara, Apelante: Eduardo Max Lucena Da Nobrega, Advogado: Taciano Fontes De Freitas, Apelado: Justica Publica. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Marcio Murilo Da Cunha Ramos, Agravante: Municipio De Sao Miguel De Taipu Pb, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Fabio Brito Ferreira, Agravado: Maria Do Socorro Leal Bandeira Onofre, Advogado: Jacemy Mendonca Beserra. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Maria Do Socorro Leite Araujo, Advogado: Antonio Cesar Lopes Ugulino, Devedor: Municipio De Pombal, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da 1a. Vara De Pombal. Processo: /004, Habeas- Corpus, Por Prevencao, Relator: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira, Impetrante: Jose Willami De Souza, Paciente: Vanessa Alves Cananea, Elisangela Aparecida G. Dos Santos. Processo: / 005, Habeas-Corpus, Por Prevencao, Relator: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira, Impetrante: Ozael Da Costa Fernandes, Paciente: Jossenildo Alves De Lima. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Priscila Macedo Oliveira Da Fonseca, Advogado: Paulo Wanderley Camara, Rodrigo Oliveira Dos Santos Lima, Devedor: Municipio De Serraria, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca De Serraria. Processo: /001, Apelacao Criminal, Por Prevencao, Relator: Des. Nilo Luis Ramalho Vieira, Apelante: Representante Do Ministerio Publico, Apelado: Jose Antonio De Almeida Neto, Vulgo Pingo Dagua, Francisco Da Silva, Vulgo Chico Saboeiro, Advogado: Paulo Sabino De Santana, Francisco Gomes De Araujo Junior. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Desa. Mª Das Neves Do E.A.D. Ferreira, Agravante: Cagepa Cia De Agua E Esgotos Da Paraiba, Advogado: Irio Dantas Da Nobrega E Outros, Agravado: Municipio De Sousa E, Daesa Dep De Aguas Esgosto, E Saneamento Ambiental De Sousa. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Desa. Mª Das Neves Do E.A.D. Ferreira, Agravante: Virna Ribeiro Albuquerque De Oliveira, Advogado: Edilza Batista Soares, Agravado: Francisco Ivai Alves De Oliveira. Processo: /001, Remessa Ex-Officio No Mand. De Seguranca, Automatica, Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Junior, Rel.Subst.: Dr. Joao Batista Barbosaimpetrante: Anna Karla De Araujo, Defensor: Jose Anizio Filho, Impetrado: Prefeito Do Municipio Do Conde, Comissao Organizadora De Concurso Publico, Advogado: Marcos Antonio Leite Ramalho Junior, Remetente: Juizo De Comarca De Alhandra. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Antonio Carlos Coelho Da Franca, Apelante: Junderley Gomes Do Nascimento, Vulgo Juju Ou Junior, Advogado: Joacildo Guedes Dos Santos, Apelado: Justica Publica. Processo: /001, Apelacao Criminal, Automatica, Relator: Des. Antonio Carlos Coelho Da Franca, Apelante: Geraldo Galdino Dos Santos, Vulgo Lala, Advogado: Edmundo Dos Santos Costa, Apelado: Justica Publica. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Adriana Maria Dos Santos, Advogado: Dilma Jane Tavares De Araujo, Devedor: Municipio De Remigio, Representado, Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca, De Remigio. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Maria Jose De Souza Correia, Advogado: Decio Geovanio Da Silva, Devedor: Municipio De Remigio, Representado, Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca De, Remigio. Processo: /003, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Maria Da Guia Dias Goncalves, Advogado: Decio Geovanio Da Silva, Devedor: Municipio De Remigio, Representado, Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca, De Remigio. Processo: /003, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Lucia De Fatima Pereira Lino, Advogado: Dilma Jane Tavares De Araujo, Devedor: Municipio De Remigio, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca De Remigio. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Eduardo Dos Santos, Advogado: Dilma Jane Tavares De Araujo, Devedor: Municipio De Remigio, Representado, Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca De, Remigio-Pb. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Jorge Amilton De Souza Silva, Advogado: Dilma Jane Tavares De Araujo, Devedor: Municipio Remigio Pb, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca, De Remigio-Pb. Processo: / 002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Josefa Ramos De Souza Silva, Advogado: Leopoldo Wagner A. Da Silveira E Outros, Devedor: Municipio Remigio Pb, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Vara Unica De, Remigio. Processo: /003, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Phablo Torres Brasil, Advogado: Dilma Jane Tavares De Araujo, Devedor: Municipio Remigio, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Vara Unica, Da Comarca De Remigio. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Industria De Panificacao Santo Antonio, Advogado: Decio Geovanio Da Silva, Devedor: Municipio Remigio Pb, Representado Por Seu Prefeito, Remetente: Juizo De Direito Da Comarca De Remigio. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Marcio Murilo Da Cunha Ramos, 01 Apelante: Construtora E Imobiliaria Santa, Filomena Ltda, Advogado: Dorgival Terceiro Neto, 02 Apelante: Unibanco Aig Seguros S/ A, Advogado: Fernando Cesar Silva E Outro, Apelados: Luiz Jose Da Silva E, Maria De Fatima Paulino, Advogado: Antonio Jose Ramos Xavier E, Lucenildo Felipe Da Silva. Processo: /001, Apelacao Civel E Recurso Adesivo, Automatica, Relator: Dr. Miguel De Britto Lyra Filho, Apelante: Municipio De Serra Branca, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Josedeo Saraiva De Souza, Apelado: Maria Mendes Gouveia, Advogado: Douglas Anterio De Lucena, Recorrente: Maria Mendes Gouveia, Advogado: Douglas Anterio De Lucena, Recorrido: Municipio De Serra Branca, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Josedeo Saraiva De Souza. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Jorge Ribeiro Nobrega, Apelante: Bradesco Seguros S.A. Advogado: Manuel Cabral De Andrade Neto, Apelados: Jacicliede Ribeiro De Sousa, Advogado: Jaques Ramos Wanderley. Processo: /001, Reclamacao, Automatica, Relator: Des. Abraham Lincoln Da Cunha Ramos, Rel.Subst.: Dra. Renata Da Camara Pires Belmontreclamante: Alvaro Jose Ramalho Batista, Advogado: Jocelio Jairo Vieira, Benedito Jose Da N Vasconcelos, Reclamado: Juiz De Direito Da 5a Vara Civel, Da Capital. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Jose Xavier De Oliveira, Advogado: Jose Luciano Gadelha, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado, Walkiria Veloso B.P.De Lima, Remetente: Juizo De Direito Da 2a.Vara, Da Fazenda Publica Da Capital. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Desa. Mª Das Neves Do E.A.D. Ferreira, Apelante: Maria Ilzenir Moreira Fzranca E Outros, Advogado: Lauricea De Araujo Pereira, Apelados: Maria Da Conceicao Albuquerque De Azevedo, Advogado: Hermann Cesar De Castro Pacifico. Processo: /001, Agravo, Por Prevencao, Relator: Des. Genesio Gomes Pereira Filho, Agravante: Companhia De Seguros Alianca, Do Brasil, Advogado: Flavio De Queiroz B. Cavalcanti, Carlos Antonio Harten Filho E Outros, Agravado: Maria Do Livramento Moura De Lima, Por Si E Por Seus Filhos Menores, Felipe Moura De Lima, Marilia Gabriela Moura De Lima, Advogado: Joao Ferreira Sobrinho, Jari Dias Da Costa E Outros. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Tereza Maria De S. Coutinho, Advogado: Em Causa Propria, Giuseppe Petrucci, Em Causa Propria, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado, Por Seu Procurador, Remetente: Juizo De Direito Da 2a.Vara, Da Fazenda Publica Da Capital. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Florisvaldo Alves Ferreira, Advogado: Raimundo M.Da Nobrega Filho, Adalberto J.Fernandes Alves, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado, Por Seu Procurador Geral, Remetente: Juizo De Direito Da 4a.Vara, Da Fazenda Publica Da Capital. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Takashi Ono, Advogado: Altamir De Alencar Pimentel Filho, Anniclay Rocha Ribeiro Pinto, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Sua Procuradora, Elza Zimpoli E Outros, Remetente: Juizo De Direito Da 1a. Vara Da, Fazenda Publica Da Capital. Processo: /002, Agravo De Instrumento Civel, Ao Presidente, Relator: Presidente, Agravante: Consorcio Dimensional Tecneng, Advogado: Marcio Henrique Carvalho Garcia, Agravado: Geraldo Jeronimo Leite, Advogado: Vital Bezerra Lopes, Paulo Marcelino Campos. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Otacilio Cordeiro Da Silva, Advogado: Jose Luciano Gadelha E Outro, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Seu Procurador, Delosmar Domingos De Mendonca Filho, Remetente: Juizo De Direito Da 2a. Vara Da, Fazenda Publica Da Capital. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Vanderlita De Vasconcelos Neves, Advogado: Jose Olavo C Rodrigues, Alexandre Gomes Bronzeado, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Seu Procurador Geral, Harrison Targino, Remetente: Juizo De Direito Da 4a Vara, Da Fazenda Da Capital. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Gilmar Guedes Dos Santos, Advogado: Luiz De Gonzaga Guimaraes Correia, Luciano Viana Da Silva, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Sua Prpocuradora, Remetente: Juizo De Direito Da 2a.Vara Da Fazenda, Publica Da Capital. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Desa. Mª Das Neves Do E.A.D. Ferreira, Apelante: Empresa Viacao Paraiba, Advogado: Rodrigo Dos Santos Lima, Alexander Jeronimo Rodrigues Leite, 01 Apelados: Espolio De Pedro Francisco Pontes, Representado Por Ramira Delfino De Pontes, Advogado: Jose Dionizio De Oliveira, 02 Apelados: Bradesco Auto/Re Cia De Seguros S.A., Nova Denominacao Do Bradesco Seguros S.A. Advogado: Roberta De Andrade Lima E Outros. Processo: /002, Agravo De Instrumento Civel, Ao Presidente, Relator: Presidente, Agravante: Funasa Fundacao Saelpa De, Seguridade Social, Advogado: Normando Araujo De Sa E Outro, Agravado: Ariosvaldo Belarmino Da Silva, Juvencio Vasconcelos Neto E Outros, Advogado: Fabiano Barcia De Andrade. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Marizete Gonzaga De Lucena, Advogado: Antonio Alves De Sousa, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Seu Procurador Geral, Harrison Targino, Remetente: Juizo De Direito Da 3a Vara Da, Fazenda Publica Da Capital. Processo: / 001, Conflito Negativo De Competencia Civel, Automatica, Relator: Des. Marcos Cavalcanti De Albuquerque, Suscitante: Juizo De Direito Da 16a Vara, Civel Da Capital, Suscitado: Juizo De Direito Da 3a Turma Recursal Mista, Autor: Edilson Alves De Azevedo, Advogado: Fabiola Azevedo De Oliveira E Outra. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Genesio Gomes Pereira Filho, Apelante: Telemar Norte Leste S/A, Advogado: Caio Cesar Rocha, Luciana Carmelio Silva, Apelados: Jose Pedro Da Silva, Advogado: Jose Ferreira De Barros. Processo: /002, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Manoel Pereira Caiana Junior, Advogado: Maria Ivonete De Figueiredo, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Seu Procurador, Rogerio Feitosa Mayer Ventura, Remetente: Juizo De Direito Da 2a Vara, Da Fazenda Publica Da Capital. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Manoel Soares Monteiro, 01 Apelante: Bcp S/A Claro, Advogado: Eduardo Fragoso Dos Santos, Luciana Pedrosa Cirne, 02 Apelante: Ifg Sistemas Ltda, Advogado: Franciclaudio De Franca Rodrigues, Claudio Sergio Regis De Menezes, Apelados: Os Mesmos. Processo: /001, Precatorio, Ao Presidente, Relator: Presidente, Credor: Medical Mercantil De Aparelhagem, Medica Ltda, Advogado: Antonio De Araujo Pereira, Devedor: Estado Da Paraiba, Representado Por Sua Procuradora, Monica Nobrega Figueiredo, Remetente: Juizo De Direito Da 2a. Vara Da, Fazenda Publica Da Capital. Processo: /002, Agravo De Instrumento Civel, Ao Presidente, Relator: Presidente, Agravante: Telemar Norte Leste S/A, Advogado: Caio Cesar Rocha, Luciana Nobrega E Outros, Agravado: Maria Da Conceicao Gomes Da Silva, Advogado: Valter De Melo E Outros. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Junior, Rel.Subst.: Dr. Joao Batista Barbosaapelante: Ipe Institutos Paraibanos De Educacao, Advogado: Emmanuel Azevedo B De Medeiros E Outro, Apelados: Gustavo Coelho De Araujo, Advogado: Roberto De Oliveira Batista. Processo: /002, Apelacao Civel, Por Prevencao, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Apelante: Hiper Card-Banco Multiplo S.A. Advogado: Luiz Fernando Visconti E Outros, Apelados: Marco Aurelio De Oliveira Araujo, Advogado: Fabio De Mello Guedes. Processo: /001, Recurso Oficial E Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Apelante: Estado Da Paraiba, Representado Por Sua Procuradora, Walquiria Peixoto Veloso Borges Pereira, Apelado: Esporte Clube Cabo Branco, Advogado: Holdermes Bezerra Chaves Filho, Remetente: Juizo De Direito Da 2a. Vara Da, Fazenda Publica Da Capital. Processo: / 002, Agravo De Instrumento Civel, Ao Presidente, Relator: Presidente, Agravante: Danielli Cartaxo Reis Formiga, Advogado: Ianco Cordeiro, Goretti Cordeiro E Outros, Agravado: Previ-Caixa De Previdencia Dos, Funcionarios Do Banco Do Brasil, Advogado: Ricardo Berilo Bezerra Borba, Berilo Ramos Borba E Outros. Processo: /003, Agravo De Instrumento Civel, Ao Presidente, Relator: Presidente, Agravante: Danielli Cartaxo Reis Formiga, Advogado: Ianco Cordeiro, Goretti Cordeiro E Outros, Agravado: Previ Caixa De Previdencia Dos, Funcionarios Do Banco Do Brasil, Advogado: Ricardo Berilo Bezerra Borba E, Berilo Ramos Borba E Outros. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Marcos Cavalcanti De Albuquerque, Apelante: Severino Dias De Lima, Advogado: Antonio Balbino Da Silva, Apelados: Superintendente Geral Da Policia Civil, Do Estado Da Paraiba. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Genesio Gomes Pereira Filho, Apelante: Jose Carlos Almeida Patricio, Advogado: Lusardo Alves De Vasconcelos E Outro, Apelados: Ems S.A. Advogado: Thiago Cartaxo Patriota. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Saulo Henriques De Sa Benevides, Agravante: Inss Instituto Nacional Do Seguro Social, Representado Por Sua Procuradora, Adriana Correia Lima Cariry Cesar, Agravado: Emidio Cartaxo De Sa Filho, Advogado: Josemilia Guerra, Nemesio Almeida Soares Junior. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Dr. Miguel De Britto Lyra Filho, Apelante: Caixa De Previdencia Dos Funcionarios Do, Banco Do Brasil-Previ, Advogado: Bento Ramos Borba, Ricardo Berilo Bezerra Borba E Outros, Apelados: Severino Roberto Soares Barboza, Advogado: Heitor Cabral Da Silva, Andre Luiz De Farias Costa. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Junior, Rel.Subst.: Dr. Joao Batista Barbosaagravante: Bradesco Vida E Previdencia S/A, Advogado: Anna Carmem Medeiros Cavalcanti, Renato Tadeu Rondina Mandaliti, Agravado: Celio Urquiza De Lucena, Maria De Fatima Candeia Araujo, Advogado: Eduardo Braga Filho. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Jorge Ribeiro Nobrega, Apelante: Unibanco Uniao De Bancos Brasileiros S/A, Advogado: Andre Costa F. De Oliveira, Apelados: Jose Martins De Couto, Advogado: Maria Luiza Suassuna Rezende E, Pericles F De Athayde Filho. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Abraham Lincoln Da Cunha Ramos, Rel.Subst.: Dra. Renata Da Camara Pires Belmont01 Apelante: Giovanni Mobus, Advogado: Gabrielle Altafini Mobus, 02 Apelante: Mapfre Vera Cruz Cia De Seguros S/A, Advogado: Vanessa C. De Morais Ribeiro E Outros, Apelados: Os Mesmos. Processo: /001, Apelacao Civel, Automatica, Relator: Des. Marcio Murilo Da Cunha Ramos, Apelante: Ministerio Publico Da Paraiba, Apelados: Municipio De Joao Pessoa, Representado Por Seu Prefeito, Advogado: Patricia S Paiva Da Silva. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Agravante: Geraldo Fernandes Da Silva, Advogado: Aluizio Jose Sarmento Lima Silva, Agravado: Kelvin Iuri Fernandes De Melo, Representado Por Sua Genitora, Ana Cristina Ferreira De Melo, Defensor: Maria De Fatima A. R. De Melo. Processo: /001, Agravo, Automatica, Relator: Des. Jorge Ribeiro Nobrega, Agravante: Luiz Carlos De Oliveira Alves, Advogado: Franciclaudio De F Rodrigues, Claudio Sergio R De Menezes, 01 Agravado: Volkswagen Do Brasil Ltda, 02 Agravado: Banco Bradesco S/A. Processo: /001, Mandado De Seguranca, Automatica, Relator: Des. Marcos Cavalcanti De Albuquerque, Impetrante: Daniel Fernandes De Abrantes, Advogado: Dorgival Terceiro Neto, Impetrado: Presidente Do Pbprev-Paraiba, Previdencia. Processo: /001, Mandado De Seguranca, Automatica, Relator: Des. Jose Di Lorenzo Serpa, Impetrante: Francis Bezerra Alexandre, Advogado: Anna Carla Lopes Correia Lima, Ligia Maria Da S Fernandes E Outros, Impetrado: Secretario De Administracao Do Estado, Da Paraiba. Processo: /001, Representacao, Ao Presidente, Relator: Presidente, Representante: Josefa Maria Da Conceicao, Advogado: Antonio Herculano De Sousa, Representado: Municipio De Bayeux, Representado Por Seu Procurador Geral, Adjunto, Advogado: Thiego De Oliveira Matos. Processo: /001, Mandado De Seguranca, Automatica, Relator: Desa. Maria De Fatima M. B. Cavalcanti, Impetrante: Autoclub Veiculos E Pecas Ltda, Advogado: Antoniel Maximo Da Silva, Impetrado: Secretario De Estado Da Receita. INDICE POR ADVOGADOS PARA UTILIZAR O INDICE ABAIXO LOCALIZE O ADVOGADO PELO SEU NOME (ORDEM ASCENDEN- TE). AO LADO DO NOME/OAB HAVERA O NUMERO DA PUBLICACAO OU DAS PUBLICACOES EXIS- TENTES PARA ESTE ADVOGADO. Abdallah Salomao Arcoverde Pb 122, 684; Abmael Brilhante De Oliveira Pb 325, 329; Abraao Brito Lira Beltrao Pb 594; Abraao Costa Florencio De Carvalho Pb 992; Abraao Valter Stropp Caminha Pb 313; Adail Byron Pimentel Pb 27, 80; Adailton Raulino Vicente Da Silva Pb 403; Adelia Cristina Barbosa Pb 55; Adelmar Azevedo Regis Pb 47, 186, 304, 344; Ademar Teotonio Filho Pb 276; Adilson De Castro Junior Pr 64; Admilson Leite De Almeida Junior Pb 874, 876, 877; Admilson Villarim Filho Pb 1057; Adolfo Ribeiro Dos Santos Junior Ba 117; Adriana Augusta De Aguiar Azevedo Pb 716, 721, 722, 723; Adriana Bezerra De Oliveira Pb 554; Adriana Katrim De Souza Toledo Pb 17, 94, 897; Adriana Mendes De Lima Pb 763, 1015; Adriano Ercy Souza Araujo Pb 72, 620; Adriano Paulo A De Melo Pb 326; Adryana Carla De Lima Pb 26, 293, 361; Adryana Carla De M. Lemos Pe 557; Adson Jose Alves De Farias Pb 380, 431, 432, 433, 435, 474, 478, 1017, 1095; Aelito Messias Formiga Pb 1024; Agamenon Viera Da Silva Pb 216; Agenor Rocco Vasconcelos Pb 417; Agnes Pauli Pb 197; Agostinho Alberio Fernandes Duarte Pb 74, 90, 200, 295; Agripino Cavalcanti De Oliveira Pb 770, 783; Ailton Azevedo De Lacerda Pb 822, 831; Alanna Alves Barros Calado Pb 591, 773, 775, 836; Alba Lucia Diniz De Oliveira Pb 507; Alberg Bandeira De Oliveira Pb 817, 870, 873; Alberto Batista De Lima Pb 764, 772; Alberto Campos Catao Pb 471; Alberto Da Franca Pereira Pb 23, 935; Alcides Barreto Brito Neto Pb 294; Alcione Vieira Pordeus Pb 482; Aldaris Junior Pb 242; Aldemir Pires De Sousa Pb 922, 923; Aldo Cesar Filgueiras Gaudencio Pb 543; Aldrovando Grisi Junior Pb 472; Alex Nevyes Mariani Alves Pb 650; Alex Souto Arruda Pb 572; Alexander Jeronimo Rodrigues Leite Pb 320; Alexander Thyago G. N. De Castro Pb 187; Alexandra De Araujo Lobo Pb 17; Alexandre Amaral De Lorenzo Pb 42; Alexandre Campos Muniz E 361; Alexandre Campos Ruiz Pb 361, 364, 658; Alexandre Da Silva Oliveira Pb 804, 1063; Alexandre Gomes Bronzeado Pb 22, 363, 365, 394, 653; Alexandre Soares De Melo Pb 659; Alexandre Weber Pb 448; Alexei Ramos De Amorim Pb 458, 472; Alfredo Alexsandro C. L. Pordeus Pb 564; Alfredo Gomes Neto Pb 64; Algacyr Rodrigues Negromonte Pb 143; Alisson Fabiano Estrela Bonfim Pb 517, 523; Allan Carlos Silva Quintaes Pb 660; Almair Beserra Leite Pb 922, 1034; Almir Alves Dionisio Pb 132, 756; Almira Paula Leite Marques Pb 713; Aluisio Paredes Junior Pb 378; Aluisio Pires Vidal De V. Xavier Pe 353; Aluizio Nunes De Lucena Pb 273, 438, 941; Alvaro Dantas Wanderley Pb 905; Alysson

19 19 Correia Maciel Pb 861; Alysson Filgueira Carneiro L Da Cru Pb 762, 786, 833; Amaro Gonzaga Pinto Filho Pb 440; Amauri De Lima Costa Pb 135; Americo Gomes De Almeida Pb 133, 355; Ana Camila Oliveira Pb 982; Ana Carolina Lima Porto Rn 5; Ana Carolina Pereira P. Pontes Pb 254; Ana Cristina De Oliveira Pb 49; Ana Erika Magalhaes E 355; Ana Flavia C. Biasotti De Oliveira Sp 443; Ana Flavia Moura Pb 431; Ana Helena C Portela Pb 943; Ana Lucia Pedrosa Gomes Pb 83; Ana Maria Monte A De Morais Pb 834, 990; Ana Olivia Belem De Figueiredo Pb 176; Ana Paula Bonadiman Muller Rj 307; Ana Paula Leiko Sakauie Sp 69; Anabela Vicente Alexandre Pb 921; Ananias Pordeus Gadelha Pb 41; Anaximandro De Albuquerque Siqueira Pb 200, 666; Anderson Amaral Beserra Pb 140; Andre Araujo Cavalcanti Pb 243, 275, 376; Andre Costa Barros Neto Pb 916, 919; Andre Costa F. De Oliveira Pb 142; Andre Gustavo Soares Do Egypto Pb 320; Andre Luiz Cavalcanti Cabral Pb 116, 294, 395; Andre Orlando Duarte Do Nascimento Pe 888; Andre Tavares De Barros Paiva A 326; Andre Tavares De Barros Paiva Pe 114; Andrea Barreto Ricarte De Oliveira Pb 103; Andrea Costa Do Amaral Pb 305; Andrea De Lacerda Gomes Pb 446; Andrea Fialho Pessoa Pontes Pb 44, 56, 126, 137, 475, 477, 714, 735, 868, 1016; Andrei Dornelas Carvalho Pb 134; Andrei Mininel De Souza Sp 460; Andressa Carlos Freire Pb 160; Angela Maria Dantas L. De Abrantes Pb 210; Aniel Aires Do Nascimento Pb 141; Anna Carmem Medeiros Cavalcanti Pb 384; Anna Caroline Lopes Correia Lima Pb 220; Anna Paola Lins E Silva Pb 280; Anna Raphaella Escariao Palmeira Pb 559, 618, 893, 894, 981; Annibal Peixoto Neto Pb 352; Antonio Albuquerque Toscano Filho Pb 311; Antonio Alves De Sousa Pb 237, 298; Antonio Anizio Neto Pb 2, 113, 437; Antonio Braz Da Silva Pe 563; Antonio Carlos De Pontes Pb 108; Antonio Carlos Dos Santos Pb 454, 552; Antonio Carlos Ribeiro Pb 55; Antonio Carlos Simoes Ferreira Pb 296; Antonio De Araujo Pereira Pb 208, 276; Antonio De Freitas Junior Pb 555; Antonio Fabio Rocha Galdino Pb 54; Antonio Fausto Terceiro De Almeida Pb 68, 178; Antonio Fernandes De Oliveira Filho Pb 662, 663; Antonio Flavio Medeiros Xavier Pb 243; Antonio Freire Bastos Pb 131; Antonio Gabinio Neto Pb 597; Antonio Jose De Franca Pb 940; Antonio Jose Ramos Xavier Pb 522; Antonio Justino De Araujo Neto Pb 601; Antonio Michele Alves Lucena Pb 1013; Antonio Nery De Luna Freire Pb 448, 640, 641, 642; Antonio Pereira Borba Pb 217, 221; Antonio Remigio Da Silva Junior Pb 813, 814, 818; Antonio Xavier Da Costa Pb 661, 662, 663, 667, 672; Arabela De Cassia Silva Pb 445; Ariano Da Silva Medeiros Pb 800; Aristoteles Euflaustino Ferreira Pb 844; Aristoteles Jefferson M Cabral Pb 1096, 1097, 1098, 1099, 1100; Aristoteles Santos Pessoa Furtado Pb 719; Arlindo Jorge Cabral Junior Pb 429; Arlinetti Maria Lins Pb 382; Arnaldo Barbosa Escorel Junior Pb 132, 240; Arnaldo Rossi Filho Sp 386, 444, 869; Arsenio Valter De Almeida Ramalho Pb 439, 502; Artur Galvao Tinoco Pb 1013; Auda Celi Cadena De Paula Pb 598; Augedi Barbosa Lima Pb 1058; Augusto Sergio S De Brito Pereira Pb 848, 1012; Augusto Ulysses Pereira Marques Pb 125; Beatriz Sales Pb 645; Benedito De Andrade Santana Pb 79; Benedito Gomes Da Silva Pb 715; Berilo Ramos Borba Pb 184; Bevilacqua Matias Maracaja Pb 757, 765, 771, 774, 776, 777, 779, 780, 782, 784; Bivar Rufino De Lucena Pb 827, 921, 925, 1061, 1087; Breno Amaro Formiga Filho Pb 328, 837; Bruna Bezerra C. Fernandes Pe 933; Bruna Raquel Nogueira De Sousa Pb 331; Brunna Gizelli Bezerra Ferreira Pb 462; Brunno Misael Di Paula Pinto Pb 440; Bruno Aires Colaco Pb 769; Bruno Anderson Santos Da Silva Pb 198; Bruno Barsi De Souza Lemos Pb 400; Bruno Bastos De Oliveira Pb 319; Bruno Cesar Cade Pb 628; Bruno Cesar Maciel Braga A 471; Bruno Fonseca De Albuquerque Lima Pe 289; Bruno Souto Da Franca Pb 563, 722; Caio Cesar Vieira Rocha A 96, 97, 98, 99, 101, 102, 103, 104, 105, 106, 108, 110, 113, 120, 144, 338; Caio Cesar Vieira Rocha Ce 664; Caio Cesar Vieira Rocha Pb 107; Caius Marcellus De Lacerda Pb 21, 39, 115; Carlisson Djanylo Da Fonseca Figuei Pb 266, 326, 505; Carlos Alberto Ferreira Pb 754, 821; Carlos Alberto Silva De Melo Pb 732, 740, 860; Carlos Antonio Da Silva Pb 414; Carlos Antonio Rodrigues Ribeiro Pb 611; Carlos Augusto De Souza Pb 936, 995; Carlos Eduardo Tavares De Melo Pe 167; Carlos Fabio Ismael Dos S Lima Pb 236; Carlos Francisco Ramalho Teixeira Pb 658; Carlos Frederico Nobrega Farias Pb 230, 357, 559, 854, 893, 894; Carlos Gomes Filho Pb 1, 352, 562; Carlos Magno Barcia Araruna Pb 424, 941; Carlos Nazareno Pereira De Oliveira Pb 184, 381; Carlos Neves Dantas Freire Pb 68; Carlos Pery De Lemos Pe 888; Carlos Rogerio Marinho Dias Pb 891; Carlos Ulysses Neto Pb 383; Carmem Rachel Dantas Mayer Pb 280; Cassimira A Vieira Pb 541; Catharine Rolim Nogueira Pb 688; Celeide Queiroz E Farias Pb 468; Celio Goncalves Vieira Pb 458, 472; Celso Fernandes Da Silva Junior Pb 131; Celso Tadeu Lustosa Pires Segundo Pb 413; Cesar Augusto Cesconetto Pb 260; Charles Cruz Barbosa Pb 128; Charles Felix Layme Pb 720; Charles Pereira Dinoa Pb 483; Christianine Chaves Santos Pe 127; Cicera Patricia Gambarra Dantas Rn 769; Cicero Guedes Rodrigues Pb 12; Cicero Gutemberg Rodenbush Pb 503, 509, 510, 512, 513, 514, 516, 518, 533, 534, 535, 536, 537, 538, 539, 540; Cicero Jose Da Silva Pb 707; Cicero Ricardo Antas Alves Cordeiro Pb 9, 142; Clara Lucia Cavalcanti Costa Campos Pb 101, 106, 107, 161; Claudia Maria Da C. De Carvalho Xav Pb 672; Claudia Regina Costa Neves Pb 661, 668; Claudia Regina De Sousa Pontes Al 430; Claudio Galdino Da Cunha Pb 666, 670, 743, 744, 863, 867; Claudio Sergio R De Menezes Pb 33, 34, 137, 139, 245; Claudio Silveira De Souza Pb 1096, 1097, 1098, 1099, 1100; Claudio Simao De Lucena Neto Pb 659; Claudio Tavares Neto Pb 1040; Cleber De Souza Silva Pb 659, 1083; Cleber Maria Melo E Silva Mg 164, 165, 166; Clenaldo Queiroz De Medeiros Pb 232; Clenildo Batista Da Silva Pb 1023; Clodoaldo Jose De Albuquerque Ramos Pb 595; Clodoaldo Pereira Vicente De Souza Pb 819; Conceicao De Maria H. Honorio Silva Pb 129, 172, 391; Coriolano Dias De Sa Pb 888; Coriolano Dias De Sa Filho Pb 888; Cristiano Henrique S Souto Pb 263; Dalliana Waleska Fernandes De Pinho Pb 458; Damiao Guimaraes Leite Pb 805, 808; Dane Maria Oliveira Feltes A 1013; Daniel Arruda De Farias Pb 36, 37, 43, 47, 392; Daniel Dalonio Vilar Filho Pb 450, 769; Daniel De Sousa Oliveira Pb 182, 839, 840, 841; Daniel Henrique Antunes Santos B 650; Daniel Sampaio De Azevedo Pb 279; Daniela Delai Rufato Pb 459, 555, 565, 568; Daniella Ronconi Pb 71, 95, 155, 156; Danielle De Lucena Nobrega Pb 1034; Danielle Ferreira Marques Pb 1072; Danilo De Freitas Ferreira Pb 1081; Danilo Felix Azevedo Pb 738; Dario Gurgel De Castro Ma 245; David Farias Diniz Sousa Pb 500; David Sarmento Camara Pb 278, 364; Dayane Virgilia Mendes Ribeiro Pb 260; Debora Lins Cattoni Rn 345; Decio Geovanio Da Silva Pb 881, 885; Delano Alencar Lucas De Lacerda Pb 713; Delmiro Gomes Da Silva Neto Pb 1077; Deoclecio Barbosa Pb 143, 315; Deorge Aragao De Almeida Pb 277, 300; Deuslene Ney De Alcantara Pb 1008, 1012; Dhelio Ramos Pb 458, 461, 1048; Diana Goncalves Botelho Pb 49; Diana Rangel Piccoli Pb 62; Dilma Jane Tavares De Araujo Pb 111, 882, 883, 884, 886; Dina Apostolakis Malfatti Sp 444; Dinaldo De Queiroz Lima Pb 994; Diogo Flavio Lyra Batista Pb 723; Dionizio Gomes Da Silva Pb 1018, 1019; Dirceu Galdino Barbosa Duarte Pb 1087; Dirceu Rizelo Sc 114; Djaci Silva De Medeiros Pb 543; Djalma Mendes De Sousa A 192; Djanio Antonio Oliveira Dias Pb 425; Domingos Ferreira De Almeida Pb 149; Donato Henrique Da Silva Pb 42; Dorgival Terceiro Neto Pb 15, 48; Douglas Anterio De Lucena Pb 440, 445; Dulce Almeida De Andrade Pb 494; Edgley De Brito Bastos Pb 16; Edilvan Medeiros Marques Pb 39; Edinando Jose Diniz Pb 551, 590, 594; Edith Teixeira De Carvalho Pb 30; Edmer Palitot Rodrigues Pb 8, 677; Edmilson Pedro Dos Santos Pb 30; Edmundo Cavalcante Forte Pb 292; Ednaldo De Lima Pb 211; Ednilson Siqueira Paiva Pb 8, 12; Edson Lima Ferreira Pb 234; Edson Morete Dos Santos Pb 359; Edson Xavier Lucena De Araujo B 226; Eduardo Braga Filho Pb 291; Eduardo Dantas Pb 123, 183; Eduardo Fragoso Dos Santos Pb 123, 199, 345; Eduardo Henrique J E Silva Pb 1025; Eduardo Silveira Clemente Rj 479; Edvaldo Leite Caldas Junior Pb 145; Edward Johnson Goncalves De Abrante Pb 724; Elayne Raniere Siqueira E Silva Pe 532; Elenilson Cavalcanti De Franca Pb 28, 36, 37, 170, 287; Elenir Alves Da Silva Rodrigues Pb 89; Eliana Alves De Albuquerque Reis Pb 73; Elibia Afonso De Sousa Pb 530; Elisiane Da Costa Florencio Pb 741; Elivira Carmen Farias Agra Leite Rn 550; Elizabeth De Sousa Bezerra Pb 542; Elmano Cunha Ribeiro Pb 163; Elmar Nobrega De Araujo Pb 579, 580, 581, 582; Elvira Carmen Farias Agra Leite A 553; Elyene De Carvalho Costa Pb 668; Elza Da Costa Bandeira Pb 405; Elzir Feitosa De Arruda Pb 692, 696; Emanuella Clara Oliveira Felipe Pb 494; Emanuella Moreira Santos Pe 890; Emiliana Cartaxo Bauermann Lummertz Pb 476; Emilio Henrique De Almeida Pb 799; Emilson De Lucena Formiga A 460; Enguellyes Torres De Lucena Pb 1053; Enriquimar Dutra Silva Pb 511; Eremilton Dionisio Da Silva Pb 64; Erick Macedo Pb 1040; Erika De Fatima S. Pereira Pb 63; Erivaldo Leite Carneiro Pb 629; Erley Arruda Braga Pb 233; Euclides Soares De Macedo Pb 28; Euda De Araujo Cordeiro Pb 495; Euder Duarte Kumamoto Pb 773; Eugenio Goncalves Da Nobrega Pb 236; Eunice Pedro De Carvalho Pb 251; Euzelia Rocha Borges Serrano Pb 201; Evandro De Paiva Barbosa Pe 837; Evandro Elvidio De Sousa Pb 1030; Evandro Jose Barbosa Pb 212; Eveline Bezerra Paiva Pb 200; Evelyn Barros Camboim Pb 807; Evilson Carlos De Oliveira Braz Pb 611; Expedito Leite Da Silva Filho Pb 476; Fabiano Barcia De Andrade Pb 180; Fabiano Mendes Lyra Pb 308, 370; Fabiano Silva Tavora Ce 297; Fabiano Tabosa De Azevedo Jesuino Pb 660; Fabio Brito Ferreira Pb 182; Fabio Firmino De Araujo Pb 301, 302, 638; Fabio Gil Moreira Santiago Ba 825; Fabio Henriques Thoma Pb 498, 509, 510, 511, 512, 513, 514, 515, 516, 517, 518, 522, 523, 525, 526, 528, 531, 533, 534, 535, 536, 537, 538, 539, 540, 544; Fabio Jose De Souza Arruda Pb 526; Fabio Liberalino Da Nobrega Pb 623; Fabio Montenegro Pontes E 169; Fabio Montenegro Pontes Pb 254; Fabio Romero De Souza Rangel Pb 81, 229; Fabio Ronele Cavalcanti De Souza Pb 157, 194, 200; Fabio Venancio Dos Santos Pb 724; Fabiola Cavalcante Torres Borges Pb 643; Fabiola Marques Monteiro Pb 23, 24; Fabricio Montenegro De Moraes Pb 19; Fabricio Moreira Da Costa Ce 912; Fatima De Lourdes L Correia Lima Pb 220; Faye Shirley Goncalves Difelis De C Pb 189; Felipe Augusto Forte D N Deodato Pb 127, 162, 441; Felipe Ribeiro Coutinho Pb 116, 323, 395; Felix Araujo Filho Pb 521; Felix Araujo Neto Pb 521; Fernanda A Baltar De Abreu Pb 502, 522; Fernanda Halime Fernandes Goncalves Pb 18, 663; Fernando Almeida De Aguiar Pb 636; Fernando Antonio E Silva Machado Pb 611; Fernando Antonio Pequeno Tejo Pb 559; Fernando Cesar Silva Pe 417; Fernando Madruga Filho Pb 169; Fernando Vieira De Ataide Pb 623, 849; Fidel Ferreira Leite Pb 703; Flavia Alessandra Araujo Nobrega Pb 1095; Flaviano Sales Cunha Medeiros Pb 75, 197, 306; Flavio Aureliano Da Silva Neto Pb 115; Flavio Gomes Pereira Pb 46; Flavio Henrique Monteiro Leal Pb 889; Floriano Camelo De Souza Neto Pb 1027; Franciclaudio De F Rodrigues Pb 33, 34, 139, 245; Francinaldo Granjeiro Diniz Pb 1056; Francisca Francinete De Alexandria Pb 65; Francisca Magnolia Ferreira Diniz Pb 17, 18, 93, 94, 897; Francisco Ari De Oliveira Pb 651; Francisco Ataide De Melo Pb 147; Francisco Carlos De Carvalho Pb 627; Francisco Carlos Meira Da Silva Pb 651, 790, 791; Francisco Da Silva Lima Neto Pb 803; Francisco Das Chagas De Sousa Pb 810; Francisco De Andrade Carneiro Neto Pb 334, 438; Francisco De Assis Camboim Pb 807; Francisco De Assis F Da Silva Pb 250; Francisco De Assis F De Araujo Pb 810; Francisco De Assis Feitosa Pb 228, 417; Francisco De Assis Silva Pb 459; Francisco De Assis Vieira Pb 64; Francisco Derly Pereira Pb 123; Francisco Deusdedit Leitao Filho Pb 233; Francisco Dias Do Nascimento Pb 627; Francisco Dos A. B. De Mello Pe 167; Francisco E G Neiva Pb 843; Francisco Fernandes Da Costa Pb 730; Francisco Francinaldo Bezerra Lopes Pb 677, 913, 918; Francisco Gomes Frade Junior Pb 293; Francisco Italo Nunes Alves Farias Pb 658; Francisco Jackson Ferreira Pb 263; Francisco Jose Negocio Pb 631; Francisco Lamartine De F. Bernardo Pb 1028; Francisco Luiz Macedo Porto Pb 70; Francisco Medeiros De Morais Pb 75, 197; Francisco Miguel Da Silva Filho Pb 755, 820; Francisco Nunes Sobrinho Pb 485; Francisco Pedro Da Silva Pb 481, 493, 524, 567; Francisco Pinto De Oliveira Neto Pb 497; Francisco Severino De Lima Pb 914, 923; Francisco Sylas Machado Costa Pb 456, 491, 507; Francisco Valdemiro Gomes Pb 1031; Francisco Xavier Da Silva Pb 595; Francivaldo Gomes Moura Pb 163, 872; Franklin Carvalho De Medeiros Pb 557; Fred Igor Batista Gomes Pb 900; Frederico Antonio De Menezes Junior Pb 517; Frederico Olioveira De Alcantara Pb 1081; Gabriel Cesar Banho Sp 73; Galdino Toscano De Brito Neto Pb 311; Garibaldi De Sousa Pessoa Pb 945, 946, 947, 948, 949, 950, 951, 952, 953, 954, 955, 956, 957, 958, 959, 960, 961, 962, 963, 964, 965, 966, 967, 968, 969, 970, 971, 972, 973, 9; Geminiano L. M. Limeira Filho Pb 932; Gene Soares Peixoto Pb 79; Genilda Borges Pb 789; Genilda De Araujo Borges B 423; Genival Veloso De Franca Filho Pb 611, 728; Genivando Da Costa Alves Pb 608, 718, 725, 1010; Gentil Alves Pereira Pb 360, 864; Gentil Lira Barreto Pb 690; George Petrucio M. Vieira Pb 686; George Ventura De Morais Pb 121, 633, 634, 677; Geralda Queiroga Da Silva Pb 686; Geraldo Carlos Ferreira Pb 795, 801; Geraldo De Margela Madruga Pb 283, 909; Geraldo De Queiroga Lopes Pb 727, 728; Geraldo De Sousa Cruz Pb 148; Geraldo Guerra Da Silva Filho Pb 76, 659; Geraldo Moura Da Silva Pb 457; Geraldo Vale Cavalcante Pb 32, 367, 396; Geraldo Vale Cavalcante Filho Pb 32, 367, 396; Gilberto Aureliano De Lima Pb 451; Gilberto Carneiro Da Gama Pb 259, 261, 262, 264, 267, 268; Gildasio Alcantara Morais Pb 570; Gilmar Nogueira Silva Pe 1066, 1073, 1074, 1076, 1079; Gilvan Fernandes Pb 570; Gilvandro De Lameida F.Guedes Pb 238; Gilvania Maciel Silva Pb 473; Giordano Loureiro Pb 218; Giovanni Bosco Dantas De Medeiros Pb 718; Giselle Padilha Villar Barreto Pb 628; Gislaine Lins De Oliveira Pb 627; Giuseppe Fabiano Do Monte Costa Pb 469, 470, 529, 1007; Givaldo Soares De Lima Pb 489; Glaucia Fernanda Neves Martins Pb 230, 985; Glauco Coutinho Marques Pb 329, 667; Glauco Da Silva Campos Pb 286; Glauco Jose Da Silva Soares Pb 35; Gregoria Benario Lins E Silva Pb 4; Guilherme Barros Maia Do Amaral Pb 213; Gustavo Bruno De Lima E Rosas Pb 40; Gustavo De Franca Costa Gomes Pb 526, 531; Gustavo Guimaraes Lima Pb 397; Gustavo Henrique Batista De Barros Pe 871; Gustavo Lima Neto Pb 636; Gutemberg Ventura Farias Pb 459, 479; Halem Roberto Alves De Souza Pb 1078; Halysson Lima Mendes Pb 236; Hamilton Alexandre Freire Pinto Pb 434; Hamilton Da Costa Medeiros Pb 588; Hannelise Silva Garcia Da Costa Pb 557, 590; Hans Barreto Melo Pb 27; Harley Haedenberg Medeiros Cordeiro Pb 270; Haroldo Wilson Martinez Pb 18; Haroldo Wilson Martinez De Souza A 54, 121; Heitor Francisco Gomes Coelho Df 163; Helder Alves Costa Pb 566, 1009; Helder Luis Henriques Pb 565; Helen Katherine Clementino Dos Sant Pb 838; Helena Isabel Pinto Alves Medeiros Pb 611; Helio Eloi De Galiza Junior Pb 305; Helio Marques Braga Pb 406, 682; Helmiton Pereira Da Costa Pb 109; Henrique Dougllas Juca Pereirea Pb 545; Heratostenes Santos De Oliveira Pb 421; Hercio Leite Nobrega Filho Pb 802; Hermann Cesar De Castro Pacifico Pb 1, 25; Hermanny Alexandre Dos Santos Lira Pb 318; Hermano Gadelha De Sa Pb 562, 888; Hermes Augusto De Castro Pb 603; Higor Marcelino Sanches Pb 637; Hildemar Batista De Andrade Pb 307; Humberto De Sousa Felix Rn 736, 1101; Humberto Madruga Bezerra Cavalcanti Pb 472; Humberto Malheiros Gouvea Pb 177, 225, 417; Ianco Cordeiro Pb 68, 76, 78, 179, 659; Idelfonso Ferreira Lima Pb 749; Igor Franca Guedes Pb 424; Igor Gadelha Arruda Pb 71; Ilza Cilma De Lima Pb 55; Inaldo Cesar Dantas Da Costa Pb 200, 644; Inaldo De Souza Morais Filho Pb 24, 203; Inaldo Pessoa Dos Santos Pb 393, 1101; Indio Brasil Leite Df 12; Iram Marcelo De Sousa Pb 564; Iraponil Siqueira Sousa Pb 665, 671, 731; Irenaldo Amancio Pb 596; Irio Dantas Da Nobrega Pb 620; Isabel Ximenes Carneiro Da Cunha Pb 769; Isabela Carla Cabral Limeira Pb 209, 1083; Isabela Coutinho Cavalcanti De Lima Pb 185; Isadora Amorim Pe 438; Ismael P Almeida Diniz Pb 150, 151, 152, 153; Isocrates De Tacito Lopes Clemente Pb 174, 175, 335, 337; Italo Charles Da Rocha Sousa Pb 419, 449; Italo Ricardo Amorim Nunes Pb 196; Itamar Gouveia Da Silva Pb 28; Ivan Pereira Da Costa Junior Pe 289; Ivana Bezerra Da Conceicao Ou Ivana Pe 904; Ivanile Lopes Jordao Segundo Pb 13, 52, 60, 146, 635, 639, 731, 1092; Ivo Castelo Branco P. Da Silva Pb 317; Izabel Beatriz Gomes De Souza Pb 209; Izabella Cardoso Alencar Pe 556; Izaias Bezerra Do Nascimento Neto A 587; Jacemy Mendonca Beserra Pb 839, 840, 841, 842; Jackeline Alves Cartaxo Pb 23, 24, 759, 763, 767; Jailton Chaves Da Silva Pb 413, 414, 613; Jaime Martins Pereira Junior Pb 327; Jairo De Oliveira Souza Pb 457; Jakeleudo Alves Barbosa Pb 819; Jaldelenio Reis De Meneses Pb 209; Jamerson Neves De Siqueira Pb 281; James Da Cunha Castro Pb 480; Janaina Melo Ribeiro Tomaz Pb 67; Janaina Rangel Monteiro Pb 13, 52, 60, 146, 635, 639, 731, 1092; Janes Renato Monteiro Ferreira Pb 330; Janio Luis De Freitas Pb 611, 612, 621; Jaqueline Lopes De Alencar Pb 629; Jaques Ramos Wanderley Pb 871, 875; Jarbas Murilo De Lima Rafael Pb 1001, 1051; Jardel De Freitas Soares Pb 248; Jeane Dantas Do Nascimento Pb 914; Jeronimo Ferreira De Souza Pb 59; Joana Darc Ferreira De Araujo Pb 1024; Joao Alberto Da Cunha Filho Pb 3, 56, 57, 126, 137, 475, 477, 714, 735, 792, 939, 1016; Joao Alves Barbosa Filho Pe 129; Joao Barboza Meira Pb 589; Joao Barboza Meira Junior Pb 596; Joao Batista Bastos Pb 726; Joao Brito De Gois Filho Pb 633, 634, 677; Joao De Assis Bento Pb 826; Joao De Deus Quirino Filho Pb 675, 676, 679, 680, 921; Joao Evangelista Vital Pb 91, 847; Joao Ferreira Furtado Neto Pb 231, 260; Joao Ferreira Neto Pb 746, 747; Joao Helio Lopes Da Silva Pb 685, 1022, 1036; Joao Marcio Maciel Da Silva A 474; Joao Marques Estrela E Silva Pb 1021; Joao Ricardo Coelho A 195, 426; Joao Vanildo Da Silva Pb 231, 574, 575, 576, 577; Joao Vaz De Aguiar Neto Pb 183, 551, 905; Joaquim Quirino Da Silva Junior Pb 1049, 1050; Jocelio Jairo Vieira Pb 85; John Kennedy Silverio Cabral Pb 48, 145; Johnson Goncalves De Abrantes Pb 1008; Joilma De Oliveira F A Dos Santos Pb 519, 571, 835; Jorge Eduardo Da Silva Pb 207; Jorge Ribeiro Coutinho G Da Silva Pb 428; Jose Aguinaldo Cordeiro De Azevedo Pb 720; Jose Airton G Abrantes Pb 913, 918, 922, 923; Jose Alberto Evaristo Da Silva Pb

20 20 624, 733, 737, 742, 855, 1005; Jose Alexandre Soares Da Silva Pb 556; Jose Alipio Bezerra De Melo Pb 451; Jose Alves Campos Pb 677; Jose Alves Cardoso Pb 271; Jose Alves Formiga Pb 1030, 1093, 1094; Jose Alves Moreira Neto Pb 82; Jose Amarildo De Sousa Pb 159, 265; Jose Andre De Lucena Araujo Pb 388; Jose Augusto Maciel Pb 684, 918; Jose Augusto Meirelles Neto Pb 191, 415, 586, 688; Jose Augusto Rocha Marques Pb 246; Jose Baptista De Melo Neto Pb 200; Jose Barros De Farias Pb 585, 758, 760, 772, 778, 781; Jose Beckenbaner Gouveia Da Silva Pb 1016; Jose Bezerra Da S N M Pires Pb 156; Jose Braulio De Souza Junior Pb 823, 824; Jose Cabral De Lira Sobrinho Pb 1100; Jose Carlos Nunes Da Silva Pb 549; Jose Carlos Scortecci Hilst Pb 206, 269, 910; Jose Carlos Soares De Sousa Pb 625; Jose Cavalcanti Da Silva Pb 412; Jose Cirilo Fernandes Neto Pb 1090, 1091; Jose Cleto Lima De Oliveira Pb 66; Jose Da Costa Silva Pe 92; Jose De Abrantes Gadelha Pb 1037; Jose De Anchieta Ribeiro De Sousa Pb 422; Jose De Araujo Lucena Pb 543; Jose De Arimatea Freire De Souza Pb 593; Jose De Arimateia R De Lacerda Pb 813; Jose De Arimateia R De Menezes Pb 496; Jose Dutra Da R. Filho Rn 1101; Jose Edgard Da Cunha Bueno Filho Sp 349; Jose Edisio Simoes Souto Pb 28, 41, 168; Jose Eduardo Dias Lins Albuquerque Pb 611; Jose Fernandes Mariz Pb 499; Jose Ferreira Da Costa Pb 288; Jose Ferreira Neto Pb 811, 815; Jose Francisco Barros Pb 832; Jose Francisco Da Silva Neto Pb 1032, 1035; Jose Francisco De Lira Pb 893, 894, 895; Jose Francisco Fernandes Junior Pb 489; Jose Francisco Nunes Antonino Pb 996; Jose George Costa Neves Pb 661, 668; Jose Gomes De Melo Pb 913, 922, 923; Jose Guilherme Souza Da Silva Pb 656; Jose Helio De Lucena Pb 10; Jose Helio Gomes Bandeira Pb 33, 34; Jose Hilton Silveira De Lucena Pb 10; Jose Ismael Sobrinho Pb 476; Jose Ivandro Araujo De Sa Pb 862; Jose Jocerlan Augusto Maciel Pb 918; Jose Lacerda Brasileiro Pb 1061; Jose Laecio Mendonca Pb 453, 455, 463, 464; Jose Laedson Andrade Silva Pb 712; Jose Liberalino Da Nobrega Pb 407; Jose Marcilio Batista Pb 812, 813, 814, 827, 828, 829; Jose Mario Porto Junior Pb 70; Jose Marques Silva Mariz Pb 374; Jose Mattheson Nobrega De Sousa Pb 247, 1082; Jose Mello Cavalcante Junior Pb 657; Jose Mendes Sobrinho Neto Pb 101, 106, 107, 622; Jose Mendonca Filho Pb 592, 856; Jose Moraes De Souto Filho Pb 889; Jose Moreira De Menezes Pb 220; Jose Neto Freire Rangel Pb 768, 1056; Jose Nilton Liberato De Abreu Pb 678; Jose Olavo C Rodrigues Pb 22, 346, 363, 653; Jose Orlando De Farias Pb 290; Jose Osenaldo De Castro Pb 720, 1011; Jose Ricardo Porto Pb 236; Jose Rinaldo Fiuza Lima Pb 265, 266, 269; Jose Roberto Guimaraes Mg 164, 165, 166; Jose Sales Da Silva Pb 858; Jose Silva Formiga Pb 1028; Jose Tadeu De Melo Pb 564, 569; Jose Ulisses De Lyra Junior Pb 431, 432, 433, 435, 474, 478, 1017; Jose Valdemir Da Silva Pb 377; Jose Valdemir Da Silva Segundo Pb 343, 377; Jose Willami De Souza Pb 878; Josedeo Saraiva De Souza Pb 879, 998; Josefa Celi Nunes Da Costa Pb 263; Josefa Inez De Souza Pb 930, 931, 944; Joseilson Luis Alves Pb 662, 663, 726; Joseli Mendes De Oliveira Pb 149, 154; Joselisses Abel Ferreira Pb 280; Josemar Zefferino Da Silva Pb 525; Josemilia Guerra Pb 11, 120; Josenise De Andrade Oliveira Pb 77; Juan Eduardo Jarry Viveros Pb 351; Juliana Vasconcelos Torres Pb 384; Julianna Erika Pessoa De Araujo Pb 96, 97, 99, 100, 102, 104, 110, 664, 848; Julio Alcino De Oliveira Neto Pe 167; Julio Cesar De Oliveira Muniz Pb 578, 595; Julio Cezar Da Silva Castro Al 430; Jurandir Pereira Da Silva Pb 252; Jurandir Pereira Da Silva Pb 9, 317; Juscelino De Oliveira Souza Pb 457, 555; Jussara Tavares Santos Sousa Pb 173, 175; Kadmo Wanderley Nunes Pb 193, 649; Kalina Soares Coutinho Pb 61; Kallyna Clea B Do Nascimento Pb 203; Karla Suiany Almeida M.Guedes Pb 233; Kassya Samara Campos De Carvalho Pb 218; Katherine Valeria De O G Diniz Pb 500; Katia De Monteiro E Silva Pb 788; Katia Fernanda Tavares Pb 787; Kelia Suely Melo G Rodrigues Pb 494; Landsberg F. Do Nascimento Pb 223; Lara Fernandes C Rocha Pb 397; Laura Berquo Pb 252; Laura Maria Farias Barbosa Pb 263; Lauri Ferreira Pb 368; Lauricea De Araujo Pereira Pb 29, 130, 158, 160; Lavoisier Nunes De Castro A 668; Lavoisier Nunes De Castro Rn 661; Leda Maria Da Silva Pb 599, 600; Leidson F Torres Matos Pb 1, 57, 198, 312, 351; Leidson Meira E Farias Pb 511; Leila Regina De Brito Andrade Pb 948, 950, 964, 968, 969, 970, 971, 977; Lenilma Cristina Sena De Figueiredo Pb 191, 415, 688; Leonardo De Aguiar Bandeira Pb 400; Leonardo De Farias Nobrega Pb 407; Leonardo Ferraz Pb 19; Leonardo G. Ferraz Pb 169; Leonardo Giovanni Dias Arruda Pb 686, 871, 872, 874; Leonardo Moreira Santos Pe 353; Leonardo Theodoro De Aquino Pb 611; Leonidas Jose De Farias Maribondo Pb 1011; Leopoldo Marques D Assuncao Pb 372; Leopoldo Wagner Andrade Da Silveira Pb 420, 594, 595, 763, 887, 984, 988; Levi Borges Lima Pb 611; Liana Maria Veloso Costa De Carvalh B 170; Liana Maria Veloso Costa De Carvalh Pb 287; Lidia De Freitas S De Albuquerque Pb 4, 140; Lidiane De Melo Muniz Pb 85; Lidiani Martins Nunes Pb 26, 50, 58, 284, 333, 371, 615; Lilian Sena Cavalcanti Pb 74; Lincoln Vita Pb 260; Lincon Beserra De Abrantes Pb 1026; Lindinalva Magalhaes Moura Pb 30; Lindinalva Torres Pontes Pb 852, 853, 859; Lisanka Alves De Sousa Pb 58, 280, 282, 506, 551, 992, 1017, 1095; Livania Maria Da Silva Pb 212; Livieto Regis Filho Pb 845; Livio Coelho Cavalcanti Pb 244; Longinus Graambhel Da Silva Cordeir Pb 76, 78; Lucas Fernandes Torres Pb 240, 260; Lucelia Dias De Medeiros Pb 596; Lucenildo Felipe Da Silva Pb 589; Lucia De Fatima Correia Lima Pb 495; Lucia Helena Vanderlei Da Silva Pb 410; Luciana Carmelio Silva Pb 78; Luciana Costa Arteiro A 340, 386, 560; Luciana De Albuquerque Cavalcanti Pb 200; Luciana Linard S Malveira Ce 523; Luciana Miranda Pb 7; Luciana Pedrosa Neves Cirne Pb 123, 199, 986; Luciana Pereira Almeida Diniz Pb 150, 151, 152, 153; Luciana Raquel Ferreira S Freitas Pb 364; Luciano Araujo Ramos Pb 458; Luciano De Figueiredo Sa Pb 1082; Luciano Ferraz Fernandes De Oliveir Pb 409; Luciano Gomes Felix De Medeiros Pb 903; Luciano Viana Da Silva Pb 1049, 1050; Luciene A De Albuquerque Chacon Pb 210; Lucrecia Formiga Bandeira Pb 201; Luis Andre Ferreira Quaresma Pb 660; Luis Carlos Pascual Sp 281; Luis Eduardo Fernandes Da Costa Pb 741; Luis Fernando Benevides Ceriani Pb 398, 989; Luis Paulino Neto Pb 710, 748; Luis Quirino Da Silva Filho Pb 383, 1000; Luiz Antonio Almeida De Freitas Pb 309; Luiz Antonio Carvalho Ribeiro Rn 928, 929; Luiz Augusto Da Franca Crispim Pb 116, 294, 395; Luiz Carlos De Lira Alves Pb 488, 520; Luiz De Gonzaga Guimaraes Correia Pb 324; Luiz Fernandes Neto Pb 65; Luiz Fernando Visconti A 142; Luiz Fernando Visconti Pe 459; Luiz Goncalo Da Silva Filho Pb 38, 935; Luiz Gonzaga Meireles Da Silva Filh Pb 648, 654; Luiz Urquiza Da Nobrega Neto Pb 191; Lusardo Alves De Vasconcelos Pb 341; Luzia Coroline De Lucena Batista Pb 1072, 1080; Luzimar Dantas De Sousa Pb 674; Luzimario Gomes Leite Pb 481, 524; Lyzaiana Pereira Torres Pb 659; Mabele De Lucena Torres Fernandes Pb 1058; Magda Glene Neves De A Gadelha Pb 1024, 1037; Magnaldo Jose Nicolau Da Costa Pb 869; Manfredo Estevam Rosenstock Pb 941; Manoel Felix Neto Pb 469, 470, 773, 1007, 1055, 1057; Manoel Gomes Monteiro Pb 632; Manoel James Trvassos Da Luz Pb 98; Manoel Jeronimo De Melo Neto Pb 49; Manoel Nouzinho Da Silva Pb 232, 240; Manoel Wewerton Fernandes Pereira Pb 816; Manolys Marcelino Passerat De Silan Pb 202; Manuel Antonio De Barros Pb 67; Manuel Cabral De Andrade Neto Pb 316, 359, 366, 434, 436, 617, 980, 994; Manuel Torres Dos Santos Pb 493; Manuela Mota Moura Pe 476; Manuella Gomes Vilhena Pb 352; Marcal Florentino Pb 344; Marcel De Moura M.Rabello Pb 652; Marcelo Da Silva Leite Pb 390; Marcelo De Almeida Matias Pb 681, 924; Marcelo De Sales Cavalcante Pb 105; Marcelo Gadelha Borges Pb 689; Marcelo Rayes Sp 986; Marcelo Weick Pogliese Pb 127, 162, 202, 730; Marcelo Zanetti Godoi A 328, 350; Marcelo Zanetti Godoi Pb 618, 895, 981; Marcial Duarte Sa Filho Pb 643; Marcio Alexandre Diniz Cabral Pb 1100; Marcio Fam Gondim Pe 114, 326; Marcio Henrique Carvalho Garcia Pb 71; Marcio Jose Alves Pb 741; Marcio Meira De C Gomes Junior Pb 21, 115; Marcio Piquet Da Cruz Pb 982; Marcio Roberto S.Ferreira Junior Pb 115; Marcio Steve De Lima Pb 134, 560; Marco Antonio Alcoforado Pb 190; Marco Antonio Dias Gandelman Sp 342; Marco Celio Do Nascimento Pb 411; Marconi Chianca Pb 415; Marconi Gonzalez Silva Pb 971; Marcos Antonio Chaves Neto Pb 177, 225; Marcos Antonio Inacio Da Silva Pb 173, 175, 188, 630, 796, 797; Marcos Antonio Maciel De Melo Pb 673; Marcos Antonio Silva Pb 611, 655; Marcos Aurelio Paiva De Araujo Pb 68, 179; Marcos De Assis Holmes Madruga Pb 910; Marcos Dos Anjos Pires Bezerra Pb 1009; Marcos Fernando Rocha Carneiro Pe 157; Marcos Firmino De Queiroz Pb 683; Marcos Leite Ramalho Junior Pb 47, 186, 304; Marcos William Guedes De Arruda Pb 442, 514; Marcus Fabio Sp 869; Marcus Paulo Freire Pb 14; Marcus Tulio Macedo De Lima Campos Pb 408; Marcus Vinicius Silva Magalhaes Pb 295; Margareth Eulalio Raposo Pb 495; Maria Alexsandra Dantas G. Sena Pb 1041, 1042; Maria Cecilia Marques Martorelli Pb 39; Maria Da Guadalupe Bezerra Silva Pb 502; Maria Da Guia Pereira Pb 504; Maria De Fatima A. R. De Melo Pb 205, 602; Maria De Fatima Cavalcante De Melo Pb 161; Maria De Fatima De Azevedo Dp 832; Maria De Lourdes Gomes Pb 399; Maria De Lourdes Silva Nascimento Pb 558; Maria Divani Oliveira Pinto De Mene Pb 401; Maria Do Carmo Marques De Araujo Pb 68; Maria Do Carmo Silva Pb 820; Maria Do Rosario Arruda De Oliveira Pb 133, 441, 730; Maria Do Rosario Madruga De Queiroz Pb 983, 1034; Maria Do Socorro Flor Pb 999; Maria Do Socorro Gomes Do Amarante Pb 9, 94; Maria Do Socorro Henrique Leite Pb 375; Maria Elizabete De Sousa Agnese Pb 416; Maria Fernanda Diniz Nunes Brasil Pb 458; Maria Ferreira De Araujo Pb 626; Maria Goretti Cordeiro De Oliveira Pb 1014; Maria Jose Barbosa De Barros Pb 501; Maria Jose Lucena De Medeiros Pb 795, 801; Maria Lucena Lopes Pb 1023; Maria Lucia Barbosa De Oliveira Pb 138, 224; Maria Lucia De Almeida Pb 32; Maria Lucilia Gomes A 53; Maria Lucineide Diogenes De Castro Pb 47; Maria Mericles Guedes Fonseca Pb 241; Maria Nazare Oliveira De Araujo Pe 208; Maria Neimagna Azevedo Soares Rn 715; Maria Nivaldete De Lima O Marinho Pb 938; Maria Noraide De Medeiros Pb 901; Maria Oletriz De Lima Filgueira Pb 436, 619; Maria Salete De Melo Cunha Pb 20, 141; Maria Telma Rodrigues A Figueiredo Pb 266; Maria Veronica Luna Freire Guerra Pb 358; Mariana Ramos Paiva Sobreira Pb 1008; Marieme Vasconcelos Penigton Pb 87; Marileide Moreira Alves Da Cunha Pb 216; Marilene Monteiro Soares Pb 991; Marilia Almeida Vieira Pb 127, 138; Marilia Ferreira Silva Velozo Pe 1013; Marina Joffily De Souza Pb 499, 503, 514, 516, 528, 544; Marina Motta Benevides Gadelha Pb 551; Marina Ramalho De Arruda Macedo Pb 61, 646, 647; Mario Felix De Menezes Pb 546, 584, 766; Mario Formiga Maciel Filho Pb 437; Maritzza F L Martinez A 54, 121; Maritzza Fabiane Lima M De Souza Pe 890; Marlene Casado Mailho Pb 889; Martha Thersa Silvestre Neto De Far Pe 88; Martinho Cunha Melo Filho Pb 112, 321, 389; Martinho Faustino Xavier Junior Pb 300; Martsung Alencar Pb 295; Mauricio Cesar Puschel Sp 281; Max F Saeger Galvao Filho Pb 143, 311; Maxmiliano De Moura Cardoso Ce 523; Mercia Carlos De Souza Pb 8, 12; Michele Mota Lins Pe 565; Miguel De Farias Cascudo Pb 25; Miguel Mindello Filho Pb 389; Milton Gomes Soares Junior Pb 112; Miraides Guedes Rodrigues Pb 494; Miriam De Sousa Lima Pb 527; Miriam Palmeira Sobral Pb 10; Missivaldo Oliveira Guimares Pb 421; Monica Cristina M. R. Lucena Pb 184, 603, 734; Monica Lucia Gomes De Lima Pe 978; Monica Nobrega Figueiredo Pb 255, 257, 258; Nadir Moura De Oliveira Pb 598; Nadja De Oliveira Santiago Pb 848, 902; Natanael Gomes De Arruda Pb 933, 942, 993; Nayara Crystine Do Nascimento Nobre Pb 61, 174, 175, 187, 335, 337, 451, 869; Nazelia Lucia Da Costa Pb 622; Naziene Bezerra Farias De Souza Pb 31; Nelson Davi Xavier Pb 729; Nemesio Almeida Soares Junior Pb 11, 120, 144; Nereide Maria Dias Alves Pb 251; Neuri Rodrigues De Sousa Pb 1054; Newton Marcelo Paulino De Lima Pb 195, 204; Ney Cordeiro Evangelista E 308; Ney Sobrinho Chaves Ba 286; Niani Guimaraes Lima De Medeiros Pb 197, 556; Niedja Maria Barros Seixas Pb 358; Nildeval Chianca Rodrigues Jr Pb 305; Nilza Carolina Albuquerque Barreto Pb 51; Noaldo Belo De Meireles Pb 242; Nubia Soares De Lima Pb 1059, 1060, 1062, 1064, 1065, 1067, 1068, 1069, 1070, 1071, 1075; Nyedja Nara Pereira Galvao Pb 30, 96, 97, 99, 100, 102, 104, 108; Odilon De Lima Fernandes Pb 49, 136, 349; Odilon Jose Lins Falcao Pb 234; Odimar Guilherme Ferreira Pb 624, 742, 1005; Odon Bezerra Cavalcante Sobrinho Pb 190, 392; Odon Pereira Brasileiro Pb 815; Olga Simone Moreira B. De Abrantes Pb 1041, 1042; Olinda Sammara De Lima Aguiar Pb 473; Olindina Iona Da Costa Lima Pb 446; Olivan Xavier Da Silva Pb 360; Oreste Nestor De Souza Laspro Sp 310, 332; Orlando Villarim Meira A 465; Oscar Adelino De Lima Pb 511; Osmando Formiga Ney Pb 1043, 1044; Osmar Tavares Dos Santos Junior Pb 486; Otiniel Batista De Morais Pb 729; Otoni Costa De Medeiros Pb 896; Pablo Ricardo Honorio Da Silva Pb 850; Pacelli Da Rocha Martins Pb 354; Patricia Araujo Nunes Pb 567; Patricia De Carvalho Cavalcanti Pb 325; Patricio Candido Pereira Df 476; Paulo Antonio Maia E Silva Pb 274; Paulo Cesar Conserva Pb 745, 750, 751, 752, 753; Paulo Cesar De Medeiros Pb 809, 926, 927, 1081; Paulo Cristovao Alves Freire Pb 14, 114, 132; Paulo De Assis Ferreira Da Luz Pb 45, 157; Paulo De Farias Leite Pb 1048; Paulo De Tarso Cirne Nepomuceno Pb 500, 505, 517, 524; Paulo De Tarso L G De Medeiros Pb 547, 573; Paulo Esdras Marques Ramos Pb 446; Paulo Goes Pb 559; Paulo Guedes Pereira Pb 200; Paulo Gustavo De Mello Silva Soares Pb 686, 871, 872, 874; Paulo Luciano Beserra Pb 59; Paulo Marcos De Oliveira Pb 806; Paulo Roberto De Lacerda Siqueira Pb 610; Paulo Roberto V. Rebello Filho Pb 339, 357, 559, 623; Paulo Roberto Vanderlei Rebello Fil Pb 849; Paulo Rodrigues Da Rocha Pb 865, 866; Paulo Sabino De Santana Pb 687; Paulo Sergio Cunha De Azevedo Pb 561, 583, 998; Paulo Vital Souto Montenegro Pb 190, 862; Paulo Wanderley Camara Pb 265, 266, 269; Pedro Adolfo Moreno Pb 508; Pedro Fernandes De Oliveira Pb 911; Pedro Francisco Nascimento Pb 937; Pedro Furtado De Lacerda Pb 691, 693, 694, 695, 699, 700, 701, 704, 705, 706, 708, 709, 711; Pedro Goncalves Dias Neto Pb 466, 467; Pedro Luiz Viana Lopes Rn 793; Pedro Reginaldo Gomes Pb 438; Pedro Teotonio Dos Santos Pb 483, 553; Percinandes De Carvalho Rocha Pb 847; Pericles De Moraes Gomes Pb 511; Pericles F De Athayde Filho Pb 362; Pericles Magno De Medeiros Pb 402; Priscila Harder Ferreira Sp 702; Quiteria Fernandes B De Andrade Pb 1046, 1047, 1052; Rafael Amorim Sarubbi A 322; Rafaela Pereira Toni Pb 68, 76, 78; Rafaella Brandao Dos Santos Oliveir Pb 838; Rafaella Correia Diniz E 112; Raimundo Antunes Batista Pb 1024, 1029, 1032, 1038, 1039; Raimundo Cezario De Freitas Pb 1086, 1088, 1089; Raimundo De Oliveira Almeida Pb 241; Raimundo Jose De Sales Junior Pb 248; Raimundo Medeiros Da Nobrega Filho Pb 899; Ramalho Vieira Da Silva Pb 272; Ramon Dantas Cavalcante Pb 887; Regina Helena Costa E Costa Lima A 683; Regina Helena Gomes De Lima Pb 1085; Reginaldo Antonio De Oliveira Pb 907, 908; Reginaldo De Sousa Ribeiro Pb 105; Remulo Barbosa Gonzaga Pb 215, 350; Renata Aristoteles Pereira Pb 697, 698, 1045; Renata Franca De Oliveira Pb 22; Renata Pessoa Donato Pb 101, 106, 161; Rene Moesia Pb 682; Renival Albuquerque De Sena Pb 23; Renovato Ferreira De Souza Junior Al 242, 248, 249; Ricardo Antonio E S Afonso Ferreira Pb 205; Ricardo Berilo Bezerra Borba Pb 184; Ricardo Cezar Ferreira De Lima Pb 616; Ricardo Dutra Pessoa Pb 430; Ricardo Francisco Palitot Dos Santo Pb 626; Ricardo Jose Costa Souza Barros Pb 40; Ricardo Sergio Freire De Lucena Pb 229; Ricardo Tadeu Feitosa Bezerra Pb 46, 47, 75, 84; Rinaldo Barbosa De Melo Pb 235; Rinaldo Mouzalas De Souza E Silva Pb 244; Rivaldo Antonio De Araujo Filho Pb 119; Rivana Cavalcante Viana Pb 142; Rizalva Amorim De Oliveira Pb 227; Roberio Marques Duarte Pb 588; Roberlucio Fernandes Da Costa Pb 790, 791; Roberto Costa De Luna Freire Pb 29, 118, 130, 158, 160, 171, 399, 448, 452, 640, 641, 642, 761; Roberto Dhorn M. M. Da Franca Pb 236; Roberto G.Bezerra Cavalcante Junior Pb 127; Roberto Santos Luz B 215; Roberto Stephenson Andrade Diniz Pb 712; Roberto Venancio Da Silva Pb 199; Robevaldo Queiroga Da Silva Pb 1031, 1084; Robson Renato Alves De Albuquerque Pb 136, 275, 376; Rodolfo Dantas Rocha Xavier Pb 859; Rodolfo De Medeiros Araujo Pb 207; Rodrigo Araujo Celino Pb 521; Rodrigo Azevedo Toscano De Brito Pb 650; Rodrigo Jose De Carvalho Falcao Pb 234; Rodrigo Nobrega Farias Pb 854; Rodrigo Oliveira Dos Santos Lima Pb 256, 665, 669, 671, 819, 857, 861, 1009; Rodrigo Salman Asfora Pe 253; Rodrigo Silva Paredes Moreira Pb 378, 633; Rogerio Anefalos Pereira Rn 986; Rogerio Fonseca Da Costa Pb 141; Rogerio Magnus Varela Goncalves Pb 127, 441, 730; Rogerio Miranda De Campos Pb 614; Romero Carvalho Mendes Pb 618; Romero Moreira Pb 243; Romilda Maria Da Costa Dias Do Vale Sp 224; Romilton Dutra Diniz Pb 531; Romulo Araujo Montenegro Pb 859; Romulo Erraz De Oliveira Pe 88; Ronaldo Medeiros Pb 917, 920; Ronaldo Pessoa Coelho Pb 179; Rosa De Medeiros Cavalcante Pb 557; Roseno De Lima Sousa Pb 603, 604, 605, 606, 607, 608, 609, 664, 717, 721, 722, 723; Rossana Rangel F De Lacerda Pb 172, 181, 391; Rossandro Farias Agra Pb 488; Russ Howel Henrique Cesario Pb 997; Ryveka Campos Martins Pb 217, 219; Sabrina Pereira Mendes Pb 74; Said Abel Da Cunha Pb 373; Samuel Marques A 443; Sandoval De Oliveira Pb 128; Sandra Elisabeth De B P Guimaraes Pb 124, 136; Sandra Helena E 204; Sandra Maria Cassimiro Ferreira Pb 1055; Sandro Marcio Barbalho De Farias Pb 290; Sandy De Oliveira Furtunato Pb 445, 486, 487; Saskia Araujo Sobreira Pb 721; Saulo Costa De Albuquerque Pb 4; Saulo De Tarso De Araujo Pereira Pb 222; Sebastiao Alves Carreiro Pb 65; Sebastiao De Souza Lima Pb 414; Sebastiao Fernandes Botelho Pb 1033; Sebastiao Figueiredo Da Silva Pb 1020, 1095; Selma Lirio Severi Sp 55, 336, 386, 444, 869; Sergio Alves De Oliveira Pb 497; Sergio Augusto Lyra Ferreira Caju Pb 422; Sergio Brito Figueiredo Pb 472; Sergio Jose Santos Falcao Pb 315; Sergio Lisboa Moreira Pb 217, 219; Sergio Petronio Bezerra De Aquino Pb 794; Severino De Azevedo Neto Pb 236, 498, 511; Severino Eilson Ramos Pb 484; Severino Ferreira Da Silva Pb 6, 369; Severino Ramos De Oliveira Junior Pb 489; Sheyner Asfora Pb 427; Silvio Donizeti De Oliveira Sp 621; Soraya Chaves De Souza Alves Pb 287; Stenio Jose De Lima Pb 898; Taciane Gomes Do Nascimento Pb 515; Taciano Fontes De Freitas Pb

. k )1R, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CINTEL

. k )1R, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CINTEL 4. k )1R, _ ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CINTEL ACÓRDÃO Processo : N. 001.2006.007851-4/001 Natureza : Agravo de Instrumento Comarca : Campina Grande - Quinta Vara

Leia mais

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ' ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA n'.999.2007.000498-4 00 RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira Filho IMPETRANTE:

Leia mais

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ).,, JI WrIlei ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO n 041.2007.001993-4/001 RELATOR: Eduardo José de Carvalho Soares

Leia mais

MANDADO DE SEGURANÇA. ADMINISTRATIVO. INSCRIÇÃO ESTADUAL CONDICIONADA AO PAGAMENTO DE

MANDADO DE SEGURANÇA. ADMINISTRATIVO. INSCRIÇÃO ESTADUAL CONDICIONADA AO PAGAMENTO DE n 14;ce.. r 4.n 4,é,1 ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MARCOS A. SOUTO MAIOR ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA N. 999.2007.000582-5 / 001 RELATOR : Juiz Miguel de Britto Lyra

Leia mais

ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA. PORTADORA DE PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA. PORTADORA DE PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA 4 ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Mandado de Segurança nç 999.2010.000755-1/001 Relator : Desembargador Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho Impetrante : Ana Lúcia Santos

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa Agravo de Instrumento n 2 073.2012.001287-4 /001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Marina Jacaré Clube Advogado:

Leia mais

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5 o AI no 037.2010.002.240-1/001, oes i n'ítiu v.5 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO AGRAVO INTERNO No

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO 111 AGRAVO DE INSTRUMENTO N 2 001.2008.016272-8 /002 - Capital RELATOR: Carlos Antônio Sarmento, Juiz

Leia mais

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D.

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. AC no 001.2011.003557-1/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO REMESSA OFICIAL No 001.2011.003557-1/001

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO n 200.2009.038547-3/001 1 7a Vara Cível da Capital RELATOR: Des. Genésio Gomes

Leia mais

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO . - - 41,14'1 ti tha ojlnt Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2007.792.417-9/001 João Pessoa RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho , 1. " ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO. APELAÇÃO CÍVEL N 076.2005.000115-5/001 Comarca de Gurinhém RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira

Leia mais

na. oulried -,41404,r), Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete do Des. MANOEL SOARES MONTEIRO

na. oulried -,41404,r), Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete do Des. MANOEL SOARES MONTEIRO ime na. oulried -,41404,r), ACÓRDÃO Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete do Des. MANOEL SOARES MONTEIRO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 200.2003.018070-31001, Oriundo da 1 Vara Cível da Comarca

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES DECISÃO TERMINATIVA Agravo de Instrumento 200.2011.026679-4/001 2 1' Vara Civel da Capital. Relator : Des. Saulo Henriciues

Leia mais

(ambas sem procuração).

(ambas sem procuração). ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 001.2009.006097-9 / 001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa. Agravante: Itatj Seguros S/A. Advogado:

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO Relator: Dra Maria das Graças Morais Guedes, Juíza de Direito Convocada erri substituição ao Des. José Di Lorenzo Serpa

Leia mais

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná TRIBUNAL DE JUSTIÇA Relator : Desembargador Frederico Martinho da NObrega Coutinho

Leia mais

I - PROCESSOS EM PAUTA

I - PROCESSOS EM PAUTA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ Des. ADEMAR MENDES BEZERRA - Presidente Desª. MARIA IRACEMA MARTINS DO VALE - Vice-Presidente Dr. FRANCISCO LUCIANO LIMA RODRIGUES Juiz de Direito

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA o. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOÃO ALVES DA SILVA DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO DE INSTRUMENTO NQ 001.2010.006903-6/001 RELATOR : Desembargador João Alves da Silva AGRAVANTE

Leia mais

A apelante aduziu serem devidas as verbas relativas às férias não gozadas e, por conseqüência, aos terços constitucionais decorrentes das férias.

A apelante aduziu serem devidas as verbas relativas às férias não gozadas e, por conseqüência, aos terços constitucionais decorrentes das férias. ESTADO rj'à PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ga6inete d Desembargador José Lorenzo Seipa APELAÇÃO CÍVEL N 055.2005.000.156-3/002 Relator Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz Convocado em substituição ao Des. José

Leia mais

ACÓRDÃO. 1. O instrumento particular de assunção de dívida, assinado pelo devedor e por duas testemunhas,

ACÓRDÃO. 1. O instrumento particular de assunção de dívida, assinado pelo devedor e por duas testemunhas, AC no 001.2009.001565-0/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO Cá/EL No 001.2009.001565-0/001

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOÃO ALVES DA SILVA DECISÃO MONOCRÁTICA APELAÇÃO CÍVEL N. 048.2009.000261-8/001 RELATOR : Desembargador João Alves da Silva APELANTE : Sérgio Pia

Leia mais

Acórdão. Processo n. 999.2010.000.422-8/001

Acórdão. Processo n. 999.2010.000.422-8/001 r ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão i Mandado de Segurança - no. 999.2010.000.422-8/001 I Relator: Desembargador

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001.

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. Relator :Dr. Marcos William de Oliveira, Juiz de Direito convocado em substituição

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS. Vistos, etc.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS. Vistos, etc. 'a?/) ool -l botr4 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS IMPETRANTE ADVOGADOS IMPETRADO MANDADO DIE RELATO!' SEGURANÇA N 200.2008.024236-1/002 : Dr. Alexandre

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINENTE DO DESEMBARGADOR

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINENTE DO DESEMBARGADOR PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA APELADO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2006.021661-7/002 Capital RELATOR : Miguel de Britto Lyra Filho Juiz de Direito convocado. APELANTE : Indústria Reunidas F. Matarazzo

Leia mais

4A, 'IA' , tel 1. (%/3 ai2~ ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

4A, 'IA' , tel 1. (%/3 ai2~ ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa 4A, 'IA', tel 1 (%/3 ai2~ ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 016.2007.000.922-61001. RELATOR : Des. José Di Lorenzo Serpa APELANTE :

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO EXMO. DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2010.046652-9/001 8 Vara Cível da Capital RELATOR: Dr. Tércio Chaves de Moura, Juiz convocado

Leia mais

ESTADO DA PARAFBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador

ESTADO DA PARAFBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador I ', _ ESTADO DA PARAFBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador IN5S/.0 s. \ Marcos Cavakanb de Albuquerque g ti ippuurrnwe c_ 11-11 ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA N. 999 2008 000

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos. AC no 200.2010.014.406-8/001 1 jn:idá-j Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2010.014.406-8/001

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Desembargador José Ricardo Porto

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Desembargador José Ricardo Porto Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Desembargador José Ricardo Porto DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO DE INSTRUMENTO N 200.2011.047193-1/001 Capital. itelator : Desembargador

Leia mais

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão APELAÇÃO CÍVEL - no. 200.2009.000.751-5/001 Relator: Dr. Eduardo José de Carvalho

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MARCOS A. SOUTO MAIOR

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MARCOS A. SOUTO MAIOR , )4w.;.,, I I 1 r.,,:,,,,..:.,l, 1,111,4, lallifr.\ IWO. yno'á. s'a,,,,..,..'\,...r 1 '':. 1 411b0S TO eó Ne, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MARCOS A. SOUTO MAIOR ACÓRDÃO

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 1 Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL N 2 001.2012.003343-4/001 -P Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 122610/AL (0001933-12.2012.4.05.0000) AGRTE : CRISTINA MOREIRA DE BRITO TENORIO ADV/PROC : FLÁVIO ADRIANO REBELO BRANDAO SANTOS E OUTRO AGRDO : FAZENDA NACIONAL ORIGEM: 5ª VARA

Leia mais

1,4, 4,f4ã4' #2."" "ru3 muni r5" ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES

1,4, 4,f4ã4' #2. ru3 muni r5 ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES 1,4, 4,f4ã4' #2."" "ru3 muni r5" ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES 1111 ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2003.517143-4/001 7' Vara da Fazenda

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

-r-.d\ /-15. o PODER JUDICLÁRIO TRIBUNAL DE JUSIIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADORANTONIO DE PÁDUA UMA MONIINEGRO

-r-.d\ /-15. o PODER JUDICLÁRIO TRIBUNAL DE JUSIIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADORANTONIO DE PÁDUA UMA MONIINEGRO -r-.d\ /-15 o PODER JUDICLÁRIO TRIBUNAL DE JUSIIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADORANTONIO DE PÁDUA UMA MONIINEGRO ACÓRDÃO Processo : N. 999.2008.000597-1/001 Natureza : Mandado de Segurança Impetrante

Leia mais

,^0; 71/3ápf. d.) ír.o.t.lra

,^0; 71/3ápf. d.) ír.o.t.lra ,^0; 71/3ápf Moto/ 2udiço, d.) ír.o.t.lra ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 035.2005.000.510-3/001 - Sapé RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito convocado APELANTE: INTERNÁUTICA INFORMÁTICA LTDA

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos, os autos acima

VISTOS, relatados e discutidos, os autos acima ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Gen ésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 001.2011.015750-81001 RELATOR : Dr. Aluízio Bezerra Filho, Juiz Convocado para

Leia mais

(414e. (41't3 rummir24. &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça

(414e. (41't3 rummir24. &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça ,s (414e (41't3 rummir24 &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça çadlizete da..ge..itarcao tz Saída Malar ACÓRDÃO 4(.1 APELAÇÃO CÍVEL N. 888.2004.010426-4/001 - CAPITAL RELATOR : Dr. Romero

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA .. -. 1 é/é é) * 119 + :'-' 4. Al, 6 ('SN 4- 'MS,fierini!O ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N2 001.2006.029.594-4/001. Relator :Des. José

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados.

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. 4* 'L, Á `4'INI ~nu Pd Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 001.2008.001148-7/001 - CAMPINA GRANDE RELATOR : Juiz

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Pauta da 2ª Sessão Ordinária de Julgamento 2007 1 PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Determino a inclusão do(s)

Leia mais

(ft.." 4 Án 41. sks, 4, Pus JUSTIT11 Pijj z ESTADO DA PARAIBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DO DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS

(ft.. 4 Án 41. sks, 4, Pus JUSTIT11 Pijj z ESTADO DA PARAIBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DO DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS (ft.." 4 Án 41 sks, 4, Pus JUSTIT11 Pijj z ESTADO DA PARAIBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DO DES. MÁRCIO MURILO DA CUNHA RAMOS ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 076.2008.000525-9/001 Comarca de

Leia mais

11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA

11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ' -rr r * 11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ACÓRDÃO HABEAS CORPUS N 001.2006.001615-9/001 RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho vieira IMPETRANTE: Francisco

Leia mais

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 018.2010.000261-9/001 ORIGEM : zr Vara da Comarca de Guarabira. RELATOR

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO r rtl (4:, -,iaáro ESTADO DA PARAÍBA al 4. ' PODER JUDICIARIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador 1891 iiriír7v Marcos Cavalcanti J 0-"LT-Irj de Albuquerque ri bile: ACÓRDÃO N 001 2006 028 192-8/002

Leia mais

AUSÊNCIA DE PROVAS IMPROCEDÊNCIA DO PEDIDO APLICAÇÃO DO ART. 333, I, DO CPC

AUSÊNCIA DE PROVAS IMPROCEDÊNCIA DO PEDIDO APLICAÇÃO DO ART. 333, I, DO CPC , a.. A -+ 411.00 lk )1)ER PAU ÁRO TRBUNAL DT JUSTÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABNETE 1 )F.SEMBARGADOR MANDE. PAU MO DA LUZ ACÓRDÃO/ Apelação Cível n" 0012005035775-3/001 i a Vara Cível da Comarca de Campina

Leia mais

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador LUIZ GADOTTI, Presidente da 1ª Câmara Criminal, faço público a todos os interessados

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: RELATÓRIO

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: RELATÓRIO ESTADO DA PARAÍBA 21 PODER JUDICIÁRIO 1 Apelação Cível n. 888.2002.014.833-4/001 Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior Apelante: GM Factoring Sociedade de Fomento Comercial Ltda Advogada: Maria Irinea

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.311.383 - RS (2012/0041009-1) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : ANTONIO CHAGAS DE ANDRADE ADVOGADOS : MARCELO LIPERT E OUTRO(S) ROBERTO DE FIGUEIREDO

Leia mais

+61 - A+, f S I'',2. ~fint'' ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

+61 - A+, f S I'',2. ~fint'' ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho : - - 1,. -.. +61 - A+, f S I'',2 ~fint'' ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA n 999.2008.000534-41001 RELATOR: Des.

Leia mais

.,.t.., toâti:k. t? IN Y 'r ii.;. 4, '111:. n.- --.,, Estado da Paraíba Poder judiciário Tribunal de Justiça

.,.t.., toâti:k. t? IN Y 'r ii.;. 4, '111:. n.- --.,, Estado da Paraíba Poder judiciário Tribunal de Justiça ..,1..-..,.t.., toâti:k. t? IN Y 'r ii.;. 4, '111:. n.- --.,,. r...l :?As Estado da Paraíba Poder judiciário Tribunal de Justiça ACÓRDÃO teszuezramerne III/M221112113111/~11=1911~1111111311111111111111111~1115111~11111211~M~18.11111~=61111~1111113981117~1110~115311111165111111LIEWSLI

Leia mais

Desembargador SEBASTIÃO COELHO Acórdão Nº 732.640 E M E N T A

Desembargador SEBASTIÃO COELHO Acórdão Nº 732.640 E M E N T A Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 5ª Turma Cível Processo N. Agravo de Instrumento 20130020148016AGI Agravante(s) SINDICATO DOS ODONTOLOGISTAS DO

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho \,, *.. _ ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL n g- 001.2005.017735-9/001 Comarca de Campina Grande RELATOR : Des. Genésio

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIRETORIA JUDICIÁRIA GERÊNCIA DE PROCESSAMENTO CERTIDÃO

PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIRETORIA JUDICIÁRIA GERÊNCIA DE PROCESSAMENTO CERTIDÃO o. PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIRETORIA JUDICIÁRIA GERÊNCIA DE PROCESSAMENTO CERTIDÃO Certifico, para que esta produza os devidos efeitos, que os presentes autos foram-me entregues,

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRI3UNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRI3UNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRI3UNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA N P99.2006.000.642-9/001 RELATOR: Des. Manoel Soares Monteiro IMPETRANTE: Apart Hotel

Leia mais

:Des. José Di Lorenzo Serpa. Públicos (Adv. Divanna Santos Lima Carvalho). Apelada :Maria Isabel Trindade dos Santos (Adv. Euda de

:Des. José Di Lorenzo Serpa. Públicos (Adv. Divanna Santos Lima Carvalho). Apelada :Maria Isabel Trindade dos Santos (Adv. Euda de ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO REMESSA OFICIAL E APELAÇÃO CÍVEL N2 001.2010.019.648-21001. Relator :Des. José Di Lorenzo Serpa. Apelante :STTP - Superintendência

Leia mais

+ -47 41.1 ' r, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA

+ -47 41.1 ' r, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA t. + -47 41.1 ' r ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2004.024269-3/001 Oriundo da 7a Vara Cível da Comarca de Campina Grande-PB

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos, os autos

VISTOS, relatados e discutidos, os autos f ST. *!Yont',.> ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO 00 APELAÇÃO CÍVEL N 001.2002.015648 3/ 001 - Campina Grande RELATOR: João Benedito

Leia mais

Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior

Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior F' Ltà. el» INN Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior ik ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. - 040.2006.000138-1/001 UMBUZEI : RELATOR : Maria das Neves

Leia mais

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete do Desembargador Marcos A. Souto Maior

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete do Desembargador Marcos A. Souto Maior Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete do Desembargador Marcos A. Souto Maior DECISÃO APELAÇÃO CIVEL N 048.2003.001021-8/001 CUITEGI RELATOR: Juíza Maria das Neves do Egito

Leia mais

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira AC no 035.2005.000.557-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 035.2005.000.5 001

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL N 9 001.2007.023970-0 / 001.

APELAÇÃO CÍVEL N 9 001.2007.023970-0 / 001. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO CÍVEL N 9 001.2007.023970-0 / 001. Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa. Apelante: Banco do Brasil S/A. Advogado: Mércia

Leia mais

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 1ª Turma Cível Processo N. Agravo de Instrumento 20130020241390AGI Agravante(s) GOLDEN CROSS ASSISTENCIA INTERNACIONAL

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO. NONA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0047746-68.2014.8.19.0000 Desembargador GILBERTO DUTRA MOREIRA

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO. NONA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0047746-68.2014.8.19.0000 Desembargador GILBERTO DUTRA MOREIRA 1 Agravo de instrumento. Mandado de segurança. Suspensão de exigibilidade de tributo. ICMS. Desembaraço aduaneiro. Contrato de afretamento de embarcação em regime de admissão temporária. REPETRO. Decisão

Leia mais

et» ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Júlio Paulo Neto

et» ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Júlio Paulo Neto , et» ACÓRDÃO ESTADO DA PARAÍBA MANDADO DE SEGURANÇA N2. 200.2009.000.516-9/001 RELATOR: Des. Júlio Paulo Neto IMPETRANTE: Jenefen Rayane Gonçalves Araújo, representada por sua genitora, Maria Suziana

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOSÉ RICARDO PORTO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOSÉ RICARDO PORTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOSÉ RICARDO PORTO DECISÃO MONOCRÁTICA REMESSA NECESSÁRIA N. 011.2010.000052-7/001 CABACEIRAS. Relator : Des. José Ricardo

Leia mais

1124'1 442+ 41: pe:o: 2 "PUS JUM.4. VISTOS, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento em que figuram como partes as acima nominadas.

1124'1 442+ 41: pe:o: 2 PUS JUM.4. VISTOS, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento em que figuram como partes as acima nominadas. 1124'1 1 442+ 41: pe:o: 2 "PUS JUM.4 Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba ACÓRDÃO AGRAVO N 001.2004.022039-2/002 Oriundo da e Vara Cível da Comarca de Campina Grande RELATOR: João Batista Barbosa

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg nos EDcl no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 694.688 - SP (2005/0121691-5) RELATOR : MINISTRO FELIX FISCHER AGRAVANTE : ANELINO ANTONIO RODRIGUES ADVOGADO : HERTZ JACINTO COSTA AGRAVADO : INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

1-9N8 Jtk"iitE. tsr 'ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO

1-9N8 JtkiitE. tsr 'ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO , 1-9N8 Jtk"iitE tsr 'ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO DECISÃO MONOCRÁTICA RECURSO EX OFFICIO N. 032.2009.000.034-3/001 RELATOR : Des.

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO E RECURSO ADESIVO N. 2001997051712-0/001 Relator Des. José Di Lorenzo Serpa 1 Apelante Banco do Nordeste do Brasil

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRESIDÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRESIDÊNCIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRESIDÊNCIA RECURSO ESPECIAL N 200.2007.012531-1/001 RECORRENTE : Banco Alvorada S.A. ADVOGADOS : José Edgard da Cunha Bueno Filho e Outros RECORRIDO : Genival

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

Acorda a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, denegar a ordem.

Acorda a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, denegar a ordem. ; + `;;X" k' I 4i+91 04 Pus auffinvg10 ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ACÓRDÃO HABEAS-CORPUS N 0711997001330-3 / 001 IMPETRANTE: Rodrigo dos Santos Lima PACIENTE

Leia mais

3 351ity, '1211. ,ffl O. :Y/ r Gabinete do Desembargador TRIBUNAL DE JUSTIÇA

3 351ity, '1211. ,ffl O. :Y/ r Gabinete do Desembargador TRIBUNAL DE JUSTIÇA 4~~1~1~,- - _ - - - -- 1 1 j : 3 351ity, '1211 "71:\ ikl ESTADO DA PARA(BA t UM I PODER JUDICIÁRIO - 1. TRIBUNAL DE JUSTIÇA,ffl O. :Y/ r Gabinete do Desembargador 1891 III, / Marcos Cavalcanti de Albuquerque

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

' 4LI\jsi. ..-1111W-i1i ;1- -

' 4LI\jsi. ..-1111W-i1i ;1- - ; I. ' 4LI\jsi..-1111W-i1i ;1- - I ~J,Alt 4!}. =77F PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES a. MARIA DAS NEVES DO EGITO DE A. ERREIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO Cá/EL N o 001.2006.003238-8/001

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal PAUTA ORDINÁRIA Nº 26/2009 Serão julgados pela 2ª CÂMARA CRIMINAL do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins na 26ª SESSÃO ORDINÁRIA JUDICIAL, aos 28 (vinte e oito) dias do mês de julho (7)

Leia mais

~14 - 1891,( Poder Judiciário do Estado da Parai Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves çigito de A. D.

~14 - 1891,( Poder Judiciário do Estado da Parai Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves çigito de A. D. AC no 200.2008.042.249-2/001 1 ~14-1891,( Poder Judiciário do Estado da Parai Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves çigito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2008.042.249-2/001

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.374.048 - RS (2013/0073161-8) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HUMBERTO MARTINS : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : EMERSON DA SILVA

Leia mais

PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ

PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ 1' t PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ ACÓRDÃO Embargos de Declaração na Apelação Cível n 001.2004.027809-3/001 7' Vara Cível da Comarca

Leia mais

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do E gito de A. D. Ferreira

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do E gito de A. D. Ferreira AG no 200.2011.026369-2/001 1 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do E gito de A. D. Ferreira DECISÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO No 200.2011.026369-2/001

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO Bel. ITAMAR LAMOUNIER Secretário do Tribunal Pleno PUBLICAÇÃO DE PAUTA PARA JULGAMENTO O

Leia mais

AGRAVO INTERNO EM APELACAO CIVEL 2002.02.01.005234-7

AGRAVO INTERNO EM APELACAO CIVEL 2002.02.01.005234-7 RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO BARATA AGRAVANTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROCURADOR : JANE MARIA MACEDO MIDOES AGRAVADO : O FORTE DO SABAO LTDA ADVOGADO : SAULO RODRIGUES DA

Leia mais

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR DA ESMARN : Des. Vivaldo Pinheiro DIRETOR DA REVISTA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS AGRAVO DE INSTRUMENTO N 999.2013.000251-5/001 RELATOR : Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos AGRAVANTE : Diretor

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO CÍVEL N. 200.2007.735845-1 / 001

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO CÍVEL N. 200.2007.735845-1 / 001 ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO CÍVEL N. 200.2007.735845-1 / 001 Relator : Des. José Di Lorenzo Serpa. Apelante : Itapuan Botto Targino (Adv.: Luiz

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS-20ª VARA FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS-20ª VARA FEDERAL Numeração única: 45867-43.2013.4.01.3800 45867-43.2013.4.01.3800 AÇÃO ORDINÁRIA / PREVIDENCIÁRIA / CONCESSÃO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS-20ª

Leia mais

LISTA DE INSCRITOS CURSOS EAD/PF/IFPB

LISTA DE INSCRITOS CURSOS EAD/PF/IFPB INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PROCURADORIA FEDERAL DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PROJETOS ESPECIAIS COORDENAÇÃO DE CAPACITAÇÃO A DISTÂNCIA E INTERIORIZAÇÃO LISTA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 476.713 - DF (2002/0152167-8) RELATOR : MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RECORRENTE : LA CARNE COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS LTDA ADVOGADO : DARCY MARIA GONÇALVES

Leia mais

ANO VIII EDIÇÃO nº 1783 Suplemento SEÇÃO I

ANO VIII EDIÇÃO nº 1783 Suplemento SEÇÃO I ANO VIII - EDIÇÃO Nº 1783 Suplemento - SEÇÃO I DISPONIBILIZAÇÃO: terça-feira, 12/05/2015 PUBLICAÇÃO: quarta-feira, 13/05/2015 ANO VIII EDIÇÃO nº 1783 Suplemento SEÇÃO I DISPONIBILIZAÇÃO: terça-feira, 12

Leia mais

ACÓRDÃO. t: +, g+ f-/-, Poder Judiciário Estado da Paraíba Tribunal de Justiça

ACÓRDÃO. t: +, g+ f-/-, Poder Judiciário Estado da Paraíba Tribunal de Justiça t: + g+ f-/- Poder Judiciário Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2006.040340-5/001 CAPITAL RELATOR : Miguel de Britto Lyra Filho - Juiz de Direito convocado 1 APELANTE :

Leia mais

AGRAVO INTERNO. APELAÇÃO A QUE SE

AGRAVO INTERNO. APELAÇÃO A QUE SE DÉCIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº. 0001489-80.2005.8.19.0038 RELATOR: DESEMBARGADOR MIGUEL ÂNGELO BARROS AGRAVO INTERNO. APELAÇÃO A QUE SE NEGOU SEGUIMENTO, COM BASE NO ART.

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho si ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO n 2 011.2005.001579-8/003 RELATOR : Carlos Antônio Sarmento, Juiz Convocado

Leia mais

EXERCÍCIO MODELO QUEIXA-CRIME

EXERCÍCIO MODELO QUEIXA-CRIME 2ª Fase OAB/FGV Direito Processual Penal Monitoria Penal Karina Velasco EXERCÍCIO 1 O juiz, ao proferir sentença condenando João por furto qualificado, admitiu, expressamente, na fundamentação, que se

Leia mais

PROCESSO Nº TST-CorPar-16901-96.2015.5.00.0000

PROCESSO Nº TST-CorPar-16901-96.2015.5.00.0000 Requerente: BANCO DO BRASIL S.A. Advogado : Dr. Ângelo César Lemos Requerido : MARCELO JOSÉ FERLIN D'AMBROSO - DESEMBARGADOR DO TRT DA 4ª REGIÃO. Terceiro : SINDICATO DOS BANCARIOS DE PORTO ALEGRE E REGIAO

Leia mais