O amor e a hora em que você nasceu

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O amor e a hora em que você nasceu"

Transcrição

1 O amor e a hora em que você nasceu O relógio do Amor Você tem um jeito próprio de amar, marcado pela posição dos planetas na hora em que nasceu. Conheça suas características, reforce suas qualidades e corrija seus defeito, guiado pelo Relógio do Amor. As dicas se aplicam a mulheres e homens. Seu nome (obrigatório) Que hora você nasceu? A Astrologia começa a tomar forma na Mesopotâmia, onde se utilizava as previsões astronômicas para se fazer calendários agrícolas,além de se prever a sorte do soberano, do Estado e de todos os fatos importantes da vida pública. À partir daí, se espalhou em todas as direções: Pérsia, Índia, Arábia, Egito, Grécia. Cartas estelares egípcias anteriores a 4200 a.c., monumentos em Babilônia e Ur (como os famosos zigurates, de 2000 a.c.), eram utilizados para observar o céu e prever eclipses. A Astrologia chega à Grécia através de Beroso (280 a.c.), vindo da Mesopotâmia para ensinar em Cós, assim como Cono de

2 Samos, amigo de Arquimedes. Ao relacionar os quatro elementos (água, terra, fogo e ar) com os quatro princípios elementares (quente, frio, seco e úmido), Aristóteles contribui para fixar o código de interpretação astrológica. Hipócrates, pai da medicina, observava no organismo humano uma correspondência com os ritmos próprios da natureza: o ciclo de enfermidades e os dias críticos. Segundo ele, o médico que não conhecesse a Astrologia não teria o direito de tocar em um doente. ROMA Virgílio, nas suas Geórgicas, deixa a Astrologia guiar sua obra poética. Manilius, no seu Astronomicon, celebra a Astrologia como uma revelação divina. Sêneca lhe consagra uma parte em suas Questões Naturais. Ao imprimir seu signo (Capricórnio) em uma moeda da época, Augusto refletia a tendência vigente, quando as grandes famílias e os imperadores possuíam seus astrólogos favoritos. Fonte : IOL: O beijo do seu signo Dizem que as pessoas de Áries(Carneiro) se entregam totalmente ao beijo, beijando com o corpo todo (UAU!) e as pessoas de Leão, se dedicam a arte de beijar..será? Veja o seu signo, conheça a diferença entre signos terra, fogo, ar e água e a descrição de cada beijo E o seu beijo? será que bate com a descrição? Confira! 100% Grátis!

3 Seu primeiro nome (obrigatório) Qual é o seu signo? A Astrologia começa a tomar forma na Mesopotâmia, onde se utilizava as previsões astronômicas para se fazer calendários agrícolas,além de se prever a sorte do soberano, do Estado e de todos os fatos importantes da vida pública. À partir daí, se espalhou em todas as direções: Pérsia, Índia, Arábia, Egito, Grécia. Cartas estelares egípcias anteriores a 4200 a.c., monumentos em Babilônia e Ur (como os famosos zigurates, de 2000 a.c.), eram utilizados para observar o céu e prever eclipses. A Astrologia chega à Grécia através de Beroso (280 a.c.), vindo da Mesopotâmia para ensinar em Cós, assim como Cono de Samos, amigo de Arquimedes. Ao relacionar os quatro elementos (água, terra, fogo e ar) com os quatro princípios elementares (quente, frio, seco e úmido), Aristóteles contribui para fixar o código de interpretação astrológica. Hipócrates, pai da medicina, observava no organismo humano uma correspondência com os ritmos próprios da natureza: o ciclo de enfermidades e os dias críticos. Segundo ele, o médico que não conhecesse a Astrologia não teria o direito de tocar em um doente.

4 ROMA Virgílio, nas suas Geórgicas, deixa a Astrologia guiar sua obra poética. Manilius, no seu Astronomicon, celebra a Astrologia como uma revelação divina. Sêneca lhe consagra uma parte em suas Questões Naturais. Ao imprimir seu signo (Capricórnio) em uma moeda da época, Augusto refletia a tendência vigente, quando as grandes famílias e os imperadores possuíam seus astrólogos favoritos. Fonte : IOL: Qualidades de cada signo O lado Negativo e o Lado positivo de cada signo. Conheça as características positivas e incentive-as na sua vida, e com as negativas, mantenha sempre uma atenção para não cair em ciladas. Um guia legal que mostra um pouco mais da personalidade de cada signo. Peça o seu agora: Seu nome (obrigatório) Seu signo é?

5 A Astrologia começa a tomar forma na Mesopotâmia, onde se utilizava as previsões astronômicas para se fazer calendários agrícolas,além de se prever a sorte do soberano, do Estado e de todos os fatos importantes da vida pública. À partir daí, se espalhou em todas as direções: Pérsia, Índia, Arábia, Egito, Grécia. Cartas estelares egípcias anteriores a 4200 a.c., monumentos em Babilônia e Ur (como os famosos zigurates, de 2000 a.c.), eram utilizados para observar o céu e prever eclipses. A Astrologia chega à Grécia através de Beroso (280 a.c.), vindo da Mesopotâmia para ensinar em Cós, assim como Cono de Samos, amigo de Arquimedes. Ao relacionar os quatro elementos (água, terra, fogo e ar) com os quatro princípios elementares (quente, frio, seco e úmido), Aristóteles contribui para fixar o código de interpretação astrológica. Hipócrates, pai da medicina, observava no organismo humano uma correspondência com os ritmos próprios da natureza: o ciclo de enfermidades e os dias críticos. Segundo ele, o médico que não conhecesse a Astrologia não teria o direito de tocar em um doente. ROMA Virgílio, nas suas Geórgicas, deixa a Astrologia guiar sua obra poética. Manilius, no seu Astronomicon, celebra a Astrologia como uma revelação divina. Sêneca lhe consagra uma parte em suas Questões Naturais. Ao imprimir seu signo (Capricórnio) em uma moeda da época, Augusto refletia a tendência vigente, quando as grandes famílias e os imperadores possuíam seus astrólogos favoritos. Fonte : IOL:

6 Horóscopo árabe Como na astrologia tradicional, o Zodíaco árabe também é dividido em doze signos, só que em vez de serem simbolizados por planetas e astros, são representados por armas. Para descobrir qual a sua arma árabe, ou melhor, sua arma de predestinação, basta você saber o seu signo da astrologia tradicional. Seu nome (obrigatório) Seu signo é? As primeiras cartas estelares do Egito datam de cerca de a.c. e, embora sejam astronômicas, não se pode afirmar que houvesse distinção, àquela época, entre astronomia e astrologia. Historiadores afirmam que a astrologia surgiu na Suméria, por volta do IV milênio a.c. Por este motivo, durante muitos séculos, na Europa, os astrólogos foram chamados de caldeus.

7 Uma das mais antigas referências foi encontrada em Nínive (Babilônia), na biblioteca de Assurbanipal. No entanto, a observação do céu à procura de presságios pode ser bem anterior, naquela região de clima imprevisível, onde as cheias dos rios Tigre e Eufrates não obedeciam um ritmo anual como as do Nilo.(Fonte Wikipedia)

Astronomia Antiga. Ana Carolina S Frizzera Graduada em história e Bolsista do GOA

Astronomia Antiga. Ana Carolina S Frizzera Graduada em história e Bolsista do GOA Astronomia Antiga Ana Carolina S Frizzera Graduada em história e Bolsista do GOA Arqueoastronomia Arché (antigo) + Astro e Nomos (astronomia ou lei das estrelas); Monumentos megalíticos: Mega (grande)

Leia mais

Carteira recheada. Seu nome (obrigatório) Seu e-mail (obrigatório)

Carteira recheada. Seu nome (obrigatório) Seu e-mail (obrigatório) Carteira recheada Dolares, reais, euros e muito mais. Este é um dos maiores propósitos criados aqui e tem ajudado muita gente. O maior propósito envolvendo o psicologia, fé e magnetização desde a Caixa

Leia mais

O seu signo Hindu e a sua personalidade

O seu signo Hindu e a sua personalidade O seu signo Hindu e a sua personalidade Suas características no Horóscopo Hindu Os traços de personalidade que caracteriza os signos do horóscopo Hindu podem se revelar úteis para o autoconhecimento, embora

Leia mais

3 simpatias para a Virada

3 simpatias para a Virada 3 simpatias para a Virada 3 Simpatias simples, uma para o amor, dinheiro e saúde para a noite da Virada! As 3 simpatias mais populares para anoite da Virada. Uma para cada problema e você pode fazer as

Leia mais

Um substituto natural e caseiro do Botox.

Um substituto natural e caseiro do Botox. Botox da natureza Um substituto natural e caseiro do Botox. O Dr. Oz, o médico que participava até o ano de 2009 no Programa de Oprah Winfrey que agora tem seu próprio programa na Tevê onde apresenta informações

Leia mais

Salmo das bençãos financeiras

Salmo das bençãos financeiras Salmo das bençãos financeiras Sim, este salmo é o salmo da carteira cheia! UM salmo para ajudar quem está precisando de soluções rápidas com o dinheiro. Se o dinheiro anda fugindo de você, ele vai passar

Leia mais

A incrível dieta das 8 horas

A incrível dieta das 8 horas A incrível dieta das 8 horas Esta Dieta não tem nada de maluca, é super séria e tem ajudado muita gente. A dieta das 8 horas é um método de emagrecimento criado pelos jornalistas norte-americanos David

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano A HÉLADE Nós chamamos a nossa terra de Hélade e nos consideramos helenos. E todos aqueles que possuíam outras culturas e falavam línguas que nós não entendemos, nós os

Leia mais

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA Teerã - capital FENÍCIOS ISRAEL EGITO IRAQUE Mesopotâmia REINO DA PÉRSIA IRÃ A PÉRSIA, ATUAL IRÃ, LOCALIZAVA-SE A LESTE DA MESOPOTÂMIA, Á MARGEM DO CRESCENTE FÉRTIL Reino da Média

Leia mais

Educação Matemática MATEMÁTICA LICENCIATURA. Professora Andréa Cardoso

Educação Matemática MATEMÁTICA LICENCIATURA. Professora Andréa Cardoso Educação Matemática MATEMÁTICA LICENCIATURA Professora Andréa Cardoso OBJETIVO DA AULA: Reconhecer a importância da Trigonometria na compreensão de fenômenos naturais 2 UNIDADE I: EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E

Leia mais

Alaor Chaves UFMG Observatório da Piedadade - Abril 2011 Instituto Libertas

Alaor Chaves UFMG Observatório da Piedadade - Abril 2011 Instituto Libertas Alaor Chaves UFMG Observatório da Piedadade - Abril 2011 Instituto Libertas - 2010 1 A antiguidade da Astronomia de deve a três razões: Antes da luz elétrica o céu causava forte impressão nas pessoas.

Leia mais

UNIDADE I INTRODUÇÃO A ASTROLOGIA. 1 - O Que é Astrologia, como surgiu e como está atualmente a Astrologia.

UNIDADE I INTRODUÇÃO A ASTROLOGIA. 1 - O Que é Astrologia, como surgiu e como está atualmente a Astrologia. UNIDADE I INTRODUÇÃO A ASTROLOGIA 1 - O Que é Astrologia, como surgiu e como está atualmente a Astrologia. Dificilmente podemos enquadrar a astrologia como Ciência, ao menos com base naquilo que é a ciência

Leia mais

Vídeo e creme contra a gordura localizada

Vídeo e creme contra a gordura localizada Vídeo e creme contra a gordura localizada 2 aliados para você acabar com a gordura localizada em casa! Quer dar um jeitinho na gordura localizada, veja como pode fazer. Você vai assistir a um vídeo e ter

Leia mais

Civilizações Hidráulicas

Civilizações Hidráulicas Civilizações Hidráulicas Mesopotâmia e Egito Prof. Thiago Modo de Produção Asiático Sociedades ditas Hidráulicas ou de Regadio; Ausência da propriedade privada; Base social aldeã; Intervenção estatal na

Leia mais

A força dos símbolos do amor

A força dos símbolos do amor A força dos símbolos do amor Não importa se você está só ou com alguém, vamos mostrar através de pequenos símbolos de amor que você deve ter por perto em casa ou no trabalho, como atrair mais amor para

Leia mais

Plantas pessoais e prosperidade

Plantas pessoais e prosperidade Plantas pessoais e prosperidade É difícil explicar as energias que não vemos..mesmo a energia elétrica que todo mundo sabe que existe, mas é invisível aos olhos, se você bobear e pegar em um fio descascado

Leia mais

Sociedade. Rigidamente linear; Impossibilidade de ascensão; Valorização da mulher; Família monogâmica; Incesto na família real era permitido.

Sociedade. Rigidamente linear; Impossibilidade de ascensão; Valorização da mulher; Família monogâmica; Incesto na família real era permitido. EGITO Sociedade Rigidamente linear; Impossibilidade de ascensão; Valorização da mulher; Família monogâmica; Incesto na família real era permitido. Religião Elemento cultural mais forte; Sacerdotes monopolizavam

Leia mais

Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais

Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais CONTEÚDO

Leia mais

O signo e o verbo. Seu nome (obrigatório) Seu e-mail (obrigatório) Seu signo é?

O signo e o verbo. Seu nome (obrigatório) Seu e-mail (obrigatório) Seu signo é? O signo e o verbo Engraçado como cada signo tem uma definição de personalidade muito interessante e que na maioria das vezes bate mesmo com a nossa personalidade. Pois este estudo é muito legal pois define

Leia mais

No site da Amazon, há 275 livros sobre Nos Estados Unidos, já existem lojas vendendo produtos para o apocalipse.

No site da Amazon, há 275 livros sobre Nos Estados Unidos, já existem lojas vendendo produtos para o apocalipse. No site da Amazon, há 275 livros sobre 2012. Nos Estados Unidos, já existem lojas vendendo produtos para o apocalipse. Ocas construídas na Espanha capazes de resistir ao apocalipse. Vivemos os últimos

Leia mais

Os números têm um significado?

Os números têm um significado? Os números têm um significado? Em 600 a.c, aproximadamente, viveu Pitágoras de Samos, conhecido como pensador grego, Pai dos números, filósofo, místico, profeta, estudou e investigou astronomia, geometria,

Leia mais

Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia.

Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia. Mesopotâmia Antiga Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia. Diferente do Egito, a Mesopotâmia nunca se preocupou com

Leia mais

Descubra as Suas Vidas Passadas com a Astrologia Kármica

Descubra as Suas Vidas Passadas com a Astrologia Kármica Descubra as Suas Vidas Passadas com a Astrologia Kármica DULCE REGINA Descubra as Suas Vidas Passadas com a Astrologia Kármica Adaptação de: Ana Rita Silva Pergaminho CAPÍTULO I A reencarnação e a astrologia

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências 1 Os exercícios deverão ser feitos no próprio livro. Livro de Gramática Reflexiva págs. 19, 20, 21 e

Leia mais

Antiguidade Oriental I. História A Prof. Thiago

Antiguidade Oriental I. História A Prof. Thiago Antiguidade Oriental I História A Prof. Thiago Modo de Produção Asiático Sociedades ditas Hidráulicas ou de Regadio; Estado proprietário da terra (posse comunitária); Base social aldeã; Intervenção estatal

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 6º ano Apostila 1 Tempo histórico, periodização da História, ocupação da América. Apostila 2 Egito, Mesopotâmia,

Leia mais

MITO E RAZÃO. A passagem do mito à Filosofia

MITO E RAZÃO. A passagem do mito à Filosofia MITO E RAZÃO A passagem do mito à Filosofia O QUE PERGUNTAVAM OS PRIMEIROS FILÓSOFOS? Por que os seres nascem e morrem? Por que os semelhantes dão origem aos semelhantes, de uma árvore nasce outra árvore,

Leia mais

Introdução. Aula 2: Astronomia antiga; esfera celeste e movimento diurno dos astros

Introdução. Aula 2: Astronomia antiga; esfera celeste e movimento diurno dos astros Aula 2: Astronomia antiga; esfera celeste e movimento diurno dos astros Maria de Fátima Oliveira Saraiva, Kepler de Souza Oliveira Filho e Alexei Müller Reprodução da gravura de Flamarion, datada do século

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Pré-História e Antiguidade O mundo antigo Professor Isaac Antonio Camargo 1 4 O MUNDO ANTIGO Encontramos a arte na antigüidade dentro de civilizações mais preparadas técnica e socialmente,

Leia mais

A ciência astronômica feita pelas civilizações da Mesopotâmia

A ciência astronômica feita pelas civilizações da Mesopotâmia EAD - Astrofísica Geral 2013 Home Informações Gerais Cronograma do Curso Contato Inscrições A ciência astronômica feita pelas civilizações da Mesopotâmia O que era a Mesopotâmia A mesopotâmia não foi um

Leia mais

Ciclo Trigonomé trico

Ciclo Trigonomé trico Ciclo Trigonomé trico Aluno: Professores: Camila Machado, Joelson Rolino, Josiane Paccini, Rafaela Fidelis, Rafaela Nascimento. Aula 1 As origens da trigonometria Não se sabe ao certo da origem da trigonometria,

Leia mais

Como surgiram os MITOS?

Como surgiram os MITOS? PENSAMENTO MÍTICO MITO MITO Nasce do desejo de entender o mundo para afugentar o medo e a insegurança. é um relato de algo fabuloso que se supõe ter acontecido num passado remoto e quase sempre impreciso.

Leia mais

MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA

MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA Um oásis em meio ao deserto Local em que teria ocorrido o processo de sedentarização do homem Período neolítico Formação das primeiras cidades Na Idade dos Metais

Leia mais

Daniel e Apocalipse. O panorama do futuro. Pr. Erivelton Rodrigues Nunes

Daniel e Apocalipse. O panorama do futuro. Pr. Erivelton Rodrigues Nunes Daniel e Apocalipse O panorama do futuro Pr. Erivelton Rodrigues Nunes Quatro últimos impérios Continuação do assunto capítulo 2 Esta revelação foi dada 60 anos depois do sonho de Nabucodonosor. Os mesmos

Leia mais

A Terra Entre Rios. Sumérios MESOPOTÂMIA

A Terra Entre Rios. Sumérios MESOPOTÂMIA MESOPOTÂMIA A Terra Entre Rios A Mesopotâmia Terra entre Rios foi palco de algumas das primeiras civilizações da Humanidade. Foi lá que floresceu a civilização sumeriana, inventora da roda e de uma das

Leia mais

Conjuntos numéricos. Prof.ª: Aline Figueirêdo Nascimento

Conjuntos numéricos. Prof.ª: Aline Figueirêdo Nascimento Conjuntos numéricos Prof.ª: Aline Figueirêdo Nascimento Introdução É indiscutível que os números exercem influência marcante no dia a dia dos seres humanos. Na economia global, por exemplo, os indicadores

Leia mais

Informações Adicionais

Informações Adicionais Informações Adicionais 1 - Entendendo o funcionamento da calculadora analógica. Para facilitar a compreensão do sistema proposto por esse experimento, vamos pensar um pouco sobre o significado das palavras

Leia mais

Estatística Analítica

Estatística Analítica Teste de Hipótese Testes Estatísticos 2 Teste de Hipótese Testes Estatísticos 3 1 Teste de Hipótese Testes Estatísticos 4 Principais Testes: Teste Qui-quadrado Teste T de Student Teste ANOVA Teste de Correlação

Leia mais

HARMONIA DO MUNDO. Documentário da série Avisos da Natureza: lições não aprendidas

HARMONIA DO MUNDO. Documentário da série Avisos da Natureza: lições não aprendidas HARMONIA DO MUNDO Documentário da série Avisos da Natureza: lições não aprendidas SINOPSE Um professor de física discute e apresenta uma proposta de atividade sobre o documentário A Harmonia dos Mundos,

Leia mais

Pedidos difíceis. Simpatia e Oração para Conseguir algo Difícil.

Pedidos difíceis. Simpatia e Oração para Conseguir algo Difícil. Pedidos difíceis Pense um pouco antes de responder: Existe alguma coisa que está muito difícil de se realizar na sua vida e você deseja muito? Se a resposta for sim e você tiver pelo menos 1 desejo que

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes A A Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas. 2 A A Aula 5.2 Conteúdo As Civilizações da Mesopotâmia II 3 A A Habilidade Analisar

Leia mais

Mesopotâmia. Berço de grandes impérios Unidade 4

Mesopotâmia. Berço de grandes impérios Unidade 4 Mesopotâmia Berço de grandes impérios Unidade 4 Primeiras civilizações surgem entre os rios Tigre e Eufrates. Região era chamada pelo Gregos antigos de Mesopotâmia Terra entre rios Grupos humanos desenvolvem

Leia mais

Aristóteles. (384 a.c 347 a.c)

Aristóteles. (384 a.c 347 a.c) Aristóteles (384 a.c 347 a.c) Trajetória histórica Nasce em Estagira império macedônio Encontro com Platão academia aos 17 anos (fica 20 anos) Preceptor de Alexandre Muito estudo biblioteca e investigação

Leia mais

Antiguidade Oriental. Egito e Mesopotâmia

Antiguidade Oriental. Egito e Mesopotâmia Antiguidade Oriental Egito e Mesopotâmia As principais civilizações As principais civilizações da Antigüidade oriental são a suméria, assíria, acadiana, egípcia, hebraica, fenícia, hitita e persa. Civilização

Leia mais

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas Judaísmo, Cristianismo, Islamismo Qual a definição da palavra religião? Vem do latim religare, tem o siginificado de religação. Essa religação

Leia mais

Os ângulos estão sempre presentes em nossa vida e quase não nos damos conta disso. Quer ver?

Os ângulos estão sempre presentes em nossa vida e quase não nos damos conta disso. Quer ver? Se você observar um ângulo de 20 (20 graus) por uma lente que aumenta quatro vezes um objeto, qual será a amplitude (ou abertura) do ângulo visto por você através da lente? Um avião parte de uma cidade

Leia mais

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Arquitetura Egípcia Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Docente: Veronica Curso: Técnico em Edificações Turno: Vespertino INTRODUÇÃO Os egípcios desenvolveram

Leia mais

História e Filosofia da Matemática e da Educação Matemática. Lívia Lopes Azevedo

História e Filosofia da Matemática e da Educação Matemática. Lívia Lopes Azevedo História e Filosofia da Matemática e da Educação Matemática Lívia Lopes Azevedo O que é matemática? Segundo Boyer, (...) uma atividade intelectual altamente sofisticada, que não é fácil de definir, mas

Leia mais

MESOPOTÂMIA. TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive

MESOPOTÂMIA. TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive MESOPOTÂMIA TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive ASPECTOS FÍSICOS Os dois rios mais importantes são o Tigre e o Eufrates. Localiza-se, predominantemente, no Crescente Fértil, onde hoje está o Iraque. Possui precárias

Leia mais

Dicas da Mega Sena. Seu nome (obrigatório) Seu (obrigatório)

Dicas da Mega Sena. Seu nome (obrigatório) Seu  (obrigatório) Dicas da Mega Sena Além de 3 apostas baseadas nas Runas, você vai conhecer uma técnica de usar os elementos da sua vida e com a numerologia fazer as suas apostas. Olha, eu sei que tem muita gente que já

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS ARTES CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na

Leia mais

escrita cuneiformes SUMÉRIOS

escrita cuneiformes SUMÉRIOS MESOPOTÂMIA A Mesopotâmia era uma região que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates no continente asiático, onde atualmente encontra-se o Iraque. Este fato deu origem ao seu nome, que significa terra

Leia mais

Biografias. Claudio Ptolomeu Nicolau Copérnico Pitágoras de Sámos Aristóteles

Biografias. Claudio Ptolomeu Nicolau Copérnico Pitágoras de Sámos Aristóteles Biografias Claudio Ptolomeu Nicolau Copérnico Pitágoras de Sámos Aristóteles Claudio Ptolomeu Claudio Ptolomeu Cláudio Ptolomeu nasceu no início do século II da era cristã em Ptololemaida, Hérmia. Com

Leia mais

XII OBA PROVA DO NÍVEL 2

XII OBA PROVA DO NÍVEL 2 Nota de Astronomia: Nota de Astronáutica: XII OBA PROVA DO NÍVEL 2 (Para alunos da 3 a e 4 a séries das escolas nas quais o ensino fundamental tem 8 anos e para alunos do 4 o ao 5 o ano das escolas nas

Leia mais

Professora Bruna FÍSICA A. Aula 14 Velocidades que variam sempre da mesma forma. Página 189

Professora Bruna FÍSICA A. Aula 14 Velocidades que variam sempre da mesma forma. Página 189 FÍSICA A Aula 14 Velocidades que variam sempre da mesma forma Página 189 INTRODUÇÃO O que já vimos até agora? Movimento Uniforme (velocidade constante) gráficos s x t, gráficos v x t e função horária.

Leia mais

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS 25 MESOPOTÂMIA: REGIÃO ENTRE DOIS RIOS (GREGO) 1. Sumérios e Acádios (antes de 2000 a. C) - Cidades Estados - Religião politeísta cada cidade possuía um Deus principal - A terra era dos deuses - Trabalhavam

Leia mais

Sociedade e indivíduo. Cultura e socialização: cultura.

Sociedade e indivíduo. Cultura e socialização: cultura. Sociedade e indivíduo Cultura e socialização: cultura. Todo este património de artefactos materiais ou espirituais em que o Homem se movimenta e de que se serve para satisfazer as suas necessidades físicas,

Leia mais

SE LIGA BRASIL PATROCÍNIO E MERCHANDISING O NOVO PROGRAMA DAS MANHÃS COM MAIS INFORMAÇÃO E ENTRETENIMENTO. NOVEMBRO DE 2012 REDETV!

SE LIGA BRASIL PATROCÍNIO E MERCHANDISING O NOVO PROGRAMA DAS MANHÃS COM MAIS INFORMAÇÃO E ENTRETENIMENTO. NOVEMBRO DE 2012 REDETV! SE LIGA BRASIL PATROCÍNIO E MERCHANDISING NOVEMBRO DE 2012 REDETV! www.redetv.com.br www.redetv.com.br/comercial DEPARTAMENTO DE MARKETING REDETV! DIVISÃO PLANEJAMENTO DE MARKETING PUBLICITÁRIO O NOVO

Leia mais

1-INTRODUÇÃO. Aula 2 Mito e filosofia:

1-INTRODUÇÃO. Aula 2 Mito e filosofia: Prof. Gilmar Dantas 1-INTRODUÇÃO Aula 2 Mito e filosofia: Nesta aula, vamos ver outras características da filosofia e ver também os mitos. Houve uma passagem dos mitos para a filosofia na Grécia Antiga.

Leia mais

Capítulo 1 No início...1. Capítulo 2 Agulhas e números...7. Capítulo 3 Átomos e o vazio...16. Capítulo 4 O pai da medicina: Hipócrates...

Capítulo 1 No início...1. Capítulo 2 Agulhas e números...7. Capítulo 3 Átomos e o vazio...16. Capítulo 4 O pai da medicina: Hipócrates... Para Alex e Peter Sumário Capítulo 1 No início...1 Capítulo 2 Agulhas e números...7 Capítulo 3 Átomos e o vazio...16 Capítulo 4 O pai da medicina: Hipócrates...22 Capítulo 5 O mestre dos que sabem : Aristóteles...28

Leia mais

= {números irracionais} = {números reais positivos} = {números reais negativos} = {números reais não positivos} = {números reais não negativos}

= {números irracionais} = {números reais positivos} = {números reais negativos} = {números reais não positivos} = {números reais não negativos} = {números irracionais} = {números reais positivos} = {números reais negativos} = {números reais não positivos} = {números reais não negativos} 2 2 = 1 + 1 = 2 = 2 = 2 2 3 + 2 3 2 < > < > < < < > > > 3

Leia mais

GEOMETRIA. sólidos geométricos, regiões planas e contornos PRISMAS SÓLIDOS GEOMÉTRICOS REGIÕES PLANAS CONTORNOS

GEOMETRIA. sólidos geométricos, regiões planas e contornos PRISMAS SÓLIDOS GEOMÉTRICOS REGIÕES PLANAS CONTORNOS PRISMAS Os prismas são sólidos geométricos muito utilizados na construção civil e indústria. PRISMAS base Os poliedros representados a seguir são denominados prismas. face lateral base Nesses prismas,

Leia mais

Introdução à Astronomia Fundamental. A Astronomia da Antiguidade aos Tempos Modernos

Introdução à Astronomia Fundamental. A Astronomia da Antiguidade aos Tempos Modernos A Astronomia da Antiguidade aos Tempos Modernos Introdução à Astronomia Fundamental A Astronomia é provavelmente a ciência natural mais antiga, datando a épocas da antiguidade, com suas origens em praticas

Leia mais

Capítulo 04 - Mesopotâmia

Capítulo 04 - Mesopotâmia COLÉGIO SALESIANO SÃO GONÇALO CUIABÁ MT Escola de Educação Básica Aluno(a): 6ºAno Professora: Cláudia Teodoro e Vânia Pires. Data: / /2016 Caderno de Recuperação de História Capítulo 04 - Mesopotâmia 01)

Leia mais

A Baixa Mesopotâmia e o Egito.

A Baixa Mesopotâmia e o Egito. A Baixa Mesopotâmia e o Egito. Em meados do século 70 antes de Cristo, o mundo oriental já servia de habitação pra povos que deixaram a vida nômade e passaram a ser sedentários, povos que não mais buscavam

Leia mais

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br ANTIGÜIDADE ORIENTAL 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA NOME COLEGIADO CÓDIGO SEMESTRE HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS I CCINAT/SBF CIEN0017 2016.1 CARGA HORÁRIA TEÓRICA: 60 h/a = 72 encontros PRÁT: 0 HORÁRIOS: Quinta-Feira: de 18:00 às 19:40 horas

Leia mais

1ª AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 1º ANO - 1º BIMESTRE/ 2012

1ª AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 1º ANO - 1º BIMESTRE/ 2012 CENTRO DE ENSINO MARIA ANGELIM Aluno (a): Série: 1º ANO Turma: A Professor: TÁCIUS FERNANDES Nota: 1ª AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 1º ANO - 1º BIMESTRE/ 2012 HABILIDADES Argumentar as ideias apresentadas nas

Leia mais

Sistemas de numeração

Sistemas de numeração Sistemas de numeração Víctor Hugo Alvarez V. Gustavo Adolfo Moysés Alvarez Possivelmente a preocupação primordial de hominídeos foram as contagens. Mais tarde foram o registro dos valores. Os povos primitivos

Leia mais

GRUPO VI 2 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO VI 2 o BIMESTRE PROVA A Unidade Portugal Série: 6 o ano (5 a série) Período: TARDE Data: 22/6/2011 PROVA GRUPO GRUPO VI 2 o BIMESTRE PROVA A Nome: Turma: Valor da prova: 4,0 Nota: Leia o texto com atenção e faça o que se pede

Leia mais

Geometria Métrica na Babilônia, Egito, Grécia.

Geometria Métrica na Babilônia, Egito, Grécia. Geometria Métrica na Babilônia, Egito, Grécia. Autor: Christian Fernando Cordeiro Pinheiro Disciplina de História da Matemática Universidade Federal de Alfenas Professora: Andréa Cardoso Introdução Geometria

Leia mais

LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? LIÇÃO 02 O que a Bíblia ensina sobre Deus? Missão: Missão Cumprida: 20 pontos.

LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? LIÇÃO 02 O que a Bíblia ensina sobre Deus? Missão: Missão Cumprida: 20 pontos. LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? Leia os textos de referência abaixo e relacionados à referida pessoa descrita: ( ) João 1.1-4,14 ( A ) Deus o Pai ( ) João 14.16, 17,27 ( B ) Jesus o Filho

Leia mais

SEPROT SECRETARIA DE PROTEÇÃO CIVIL E SEGURANÇA PÚBLICA

SEPROT SECRETARIA DE PROTEÇÃO CIVIL E SEGURANÇA PÚBLICA Tenha sempre em mão a Tábua de Marés Desde o período de sua colonização, Joinville vem sofrendo com a influência das marés. Isso porque sua localização, o clima e a topografia da região são decisivos e

Leia mais

- Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado.

- Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado. 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele;

Leia mais

Química Geral -Aula 2 Átomo e estrutura atômica. *Mas afinal, de que são feitas as coisas?

Química Geral -Aula 2 Átomo e estrutura atômica. *Mas afinal, de que são feitas as coisas? Química Geral -Aula 2 Átomo e estrutura atômica *Mas afinal, de que são feitas as coisas? Átomo na Grécia antiga 2 teorias (Demócrito, Leucipo e Aristóteles) Demócrito, Leucipo e Aristóteles Átomo como

Leia mais

Simpatia afasta pobreza e miséria

Simpatia afasta pobreza e miséria Simpatia afasta pobreza e miséria Esta é muito forte mas precisa de muita atenção antes de começar a se envolver com esta simpatia. Ela promete resultados rápidos e muita gente garante que funciona rapidinho

Leia mais

1 - O CRESCENTE FÉRTIL:

1 - O CRESCENTE FÉRTIL: 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele;

Leia mais

TUDO É ÁGUA (TALES DE MILETO) - Grécia - século VI a.c.

TUDO É ÁGUA (TALES DE MILETO) - Grécia - século VI a.c. TUDO É ÁGUA (TALES DE MILETO) - Grécia - século VI a.c. OS RELATOS... Difícil era levar a água da mina até a casa. Não havia canos. Havia uma árvore que podia ser usada como cano, por ser oca por dentro:

Leia mais

O Universo e o Sistema Solar

O Universo e o Sistema Solar O Universo e o Sistema Solar 1 O cientista não estuda a natureza porque ela é útil; ele a estuda porque tem prazer nisso, e ele tem prazer nisso porque ela é linda. Se a natureza não fosse linda, não valeria

Leia mais

ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃODE FÉRIAS DO PLANETÁRIO! 18 à 22 de julho de 2016

ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃODE FÉRIAS DO PLANETÁRIO! 18 à 22 de julho de 2016 ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃODE FÉRIAS DO PLANETÁRIO! 18 à 22 de julho de 2016 Data Horário Sessão/vivência 18/07 (2ª feira) Sessão: Universo na mente das crianças Por meio de imagens reais e animadas podemos

Leia mais

O xadrez, o gamão e os árabes

O xadrez, o gamão e os árabes Agência de Notícias Brasil-Árabe - SP 12/06/2004-07:00 O xadrez, o gamão e os árabes Conheça um pouco da história desses e outros jogos tradicionais e muito antigos, que têm sua origem de alguma forma

Leia mais

Tábua de MARÉS. de Joinville FEVEREIRO DE DEZEMBRO DE bua de Mares 8.25 x 11.0.indd 1 10/02/12 14:51

Tábua de MARÉS. de Joinville FEVEREIRO DE DEZEMBRO DE bua de Mares 8.25 x 11.0.indd 1 10/02/12 14:51 Tábua de MARÉS de Joinville FEVEREIRO DE - DEZEMBRO DE bua de Mares 8.25 x 11.0.indd 1 10/02/12 14:51 Lembre sempre que é importante ter em mente que: Essa maré calculada e fornecida pela Marinha do Brasil

Leia mais

O CRESCENTE FÉRTIL. Berço das primeiras civilizações; Atualmente engloba do Iraque até Egito; Presença de grandes rios; Terras férteis

O CRESCENTE FÉRTIL. Berço das primeiras civilizações; Atualmente engloba do Iraque até Egito; Presença de grandes rios; Terras férteis LOCALIZAÇÃO O CRESCENTE FÉRTIL Berço das primeiras civilizações; Atualmente engloba do Iraque até Egito; Presença de grandes rios; Terras férteis Características da região O nome, Mesopotâmia, do grego,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO HEBRAICO BÍBLICO DATA: 18 DE JUNHO DE 2016 LOCAL: IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS

INTRODUÇÃO AO HEBRAICO BÍBLICO DATA: 18 DE JUNHO DE 2016 LOCAL: IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS INTRODUÇÃO AO HEBRAICO BÍBLICO DATA: 18 DE JUNHO DE 2016 LOCAL: IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS PALESTRANTE: FERNANDO MARQUES BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHAREL EM TEOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA POR

Leia mais

Carlos Fini - Astrólogo. "Decifra-me ou devoro-te" A Esfinge

Carlos Fini - Astrólogo. Decifra-me ou devoro-te A Esfinge Carlos Fini - Astrólogo "Decifra-me ou devoro-te" A Esfinge O termo "Cosmologia" possui múltiplos significados. Seu sentido será determinado de acordo com a época em que é dito. Para os estudiosos modernos,

Leia mais

Nas sociedades hidráulicas apenas as categorias sacerdotais, militares e burocratas têm controle dos saberes letrados. Os textos em geral sacralizam

Nas sociedades hidráulicas apenas as categorias sacerdotais, militares e burocratas têm controle dos saberes letrados. Os textos em geral sacralizam ilwyzx Nas sociedades hidráulicas apenas as categorias sacerdotais, militares e burocratas têm controle dos saberes letrados. Os textos em geral sacralizam a natureza, ritualizam as relações humanas meio

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 1º série Ensino Médio Data Conteúdo 12/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I O QUE É HISTÓRIA? 16/fevereiro

Leia mais

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 3ª Geografia 3ª Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 1.- Geografia: C 1: Categorias da Geografia Compreender a Geografia como ciência do espaço geográfico, reconhecendo-se, de forma crítica,

Leia mais

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA Potenciação. Lucas Araújo - Engenharia de Produção

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA Potenciação. Lucas Araújo - Engenharia de Produção CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 2014.1 Potenciação Lucas Araújo - Engenharia de Produção Potenciação No século 3 a.c na Grécia antiga, Arquimedes resolveu calcular quantos grãos de areia

Leia mais

Introdução à astronomia O Sistema Solar

Introdução à astronomia O Sistema Solar Introdução à astronomia O Sistema Solar Introdução a astronomia A Lua A Terra Viver na Terra Introdução a Astronomia Astronomia é a ciência que estuda os astros e os fenômenos celestes. Universo é o conjunto

Leia mais

Por Maria Helena. Abril 2016

Por Maria Helena. Abril 2016 Horóscopo Mensal Por Maria Helena Abril 2016 Carneiro Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 31 Carta do Mês: O 6 de Copas, que significa Nostalgia. Amor: Sentir-se-á muito nostálgico durante este mês. Seja

Leia mais

SEAM - SOCIEDADE EDUCACIONAL DO AMANHÃ

SEAM - SOCIEDADE EDUCACIONAL DO AMANHÃ SEAM - SOCIEDADE EDUCACIONAL DO AMANHÃ MÚLTIPLOS E DIVISORES PROFª EDNALVA DOS SANTOS Um Objeto de Aprendizagem é um arquivo digital (imagem, filme, etc.) que pretende ser utilizado para fins pedagógicos

Leia mais

OS FILÓFOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS

OS FILÓFOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS OS FILÓFOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS São chamados de filósofos da natureza. Buscavam a arché, isto é, o elemento ou substância primordial que originava todas as coisas da natureza. Dirigiram sua atenção e suas

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu Especialização em Gestão Escolar

Pós-graduação Lato Sensu Especialização em Gestão Escolar Pós-graduação Lato Sensu Especialização em Gestão Escolar Gestão de Serviços Educacionais Vamos nos apresentar? Muito prazer, eu sou o Meneghel!... Gestão de Serviços Educionais... - Plano de Ensino; -

Leia mais

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA Função do 1 Grau. Rafael Carvalho - Engenharia Civil

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA Função do 1 Grau. Rafael Carvalho - Engenharia Civil CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 06. Função do Grau Rafael Carvalho - Engenharia Civil Equações do primeiro grau Equação é toda sentença matemática aberta que exprime uma relação de igualdade.

Leia mais

PROVA FINAL DE MATEMÁTICA 9.º ano de escolaridade

PROVA FINAL DE MATEMÁTICA 9.º ano de escolaridade Nome: N.º Turma Data: / / Avaliação Professor Encarregado Educação Parte 1: 35 minutos. (é permitido o uso de calculadora) 1 2 1. Sabe-se que A ]3, 21 21 ] = ] 2, ]. 2 2 Qual dos conjuntos seguintes poderá

Leia mais

Cubo, prismas, cilindro

Cubo, prismas, cilindro A UUL AL A Cubo, prismas, cilindro Qual é a quantidade de espaço que um sólido ocupa? Esta é uma das principais questões quando estudamos as figuras espaciais. Para respondê-la, a geometria compara esse

Leia mais

MÚLTIPLOS DE UM NÚMERO NATURAL

MÚLTIPLOS DE UM NÚMERO NATURAL PROFESSOR: EQUIPE DE MATEMÁTICA BANCO DE QUESTÕES - MATEMÁTICA - 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== MÚLTIPLOS DE UM NÚMERO NATURAL Para

Leia mais

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos A MANDALA ASTROLÓGICA ANÁLISE SEMIÓTICA DA RODA ASTROLÓGICA Ana Júlia Tavares Staudt (UNEB) anajuliastaudt@gmail.com RESUMO No presente artigo,

Leia mais