Química 1ª série Ensino Médio v. 4

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Química 1ª série Ensino Médio v. 4"

Transcrição

1 1ª série Ensino Médio v. 4 Exercícios Caro(a) Professor(a): Neste último bimestre serão trabalhadas algumas reações químicas, bem como os cálculos que envolvem as quantidades de reagentes e produtos. Será importante salientar as Leis Ponderais e as questões de balanceamento químico, além de fazer relações com os conteúdos anteriores ministrados neste ano. É importante relembrar substâncias simples e compostas, ligações químicas envolvidas nos processos e nomes de substâncias. As conexões poderão dar mais consistência ao ensino de química e mostrar ao aluno a continuidade do conteúdo, semeando expectativas para o próximo ano. 01) Já nas atividades 01 e 02 pode-se usar as equações para treinar os tipos de reação (síntese, decomposição, simples troca e dupla-troca) a) Reagentes: Zn e HgS 4 Produtos: ZnS 4 + Hg b) Reagentes: CaC 3 Produtos: Ca e C 2 02) Para esta atividade fica como sugestão utilizar os nomes das substâncias e sempre comentar sobre a função química de cada uma. Mencionar que toda equação pode ser balanceada por tentativas, aplicando-se a Lei de Lavoisier e o uso da lógica. Todavia, no próximo conteúdo será ensinado outro método, baseado na perda e ganho de elétrons. Comentar ainda que outros valores proporcionais podem acertar o balanceamento, mas que se padroniza utilizar os menores coeficientes inteiros para fins de avaliações. a) 1H 2 + 1Br 2 2HBr b) 2Ca Ca c) 2HC + 1Ba(H) 2 2H 2 + 1BaC 2 (Lembrar de reação de neutralização) d) 1Na 2 C 3 + 2HC 2NaC + 1H 2 + 1C 2 e) 1C 6 H C 2 H 6 + 2C 2 f) 2C 4 H C H 2 g) 1N 2 + 3H 2 2NH 3 h) 2NH 4 Cl + 1Ba(H) 2 1BaCl 2 + 2NH 3 + 2H 2 i) 2FeCl 3 + 3Na 2 C 3 1Fe 2 (C 3 ) 3 + 6NaCl j) 3Ca(H) 2 + 2H 3 P 4 1Ca 3 (P 4 ) 2 + 6H 2 k) 1CH C 2 + 2H 2 (Citar reação de combustão) l) 1Fe 2 (C 3 ) 3 + 3H 2 S 4 1Fe 2 (S 4 ) 3 + 3H 2 + 3C 2 m) 1C 2 H H 2 + 2C 2 n) 1C 3 H C 2 + 4H 2 o) 2C 4 H H 2 + 8C 2 03) C 1(NH 4 ) 2 Cr 2 7 1N 2 + 1Cr H 2 04) A 1Na 2 Cr S 2 + 1H 2 2Cr(H)S 4 + 1Na 2 S 4 05) D 1Cl 2 + 4NH 3 1N 2 H 4 + 2NH 4 Cl 06) E 1Al 2 (S 4 ) 3 + 6NaCl 2AlCl 3 + 3Na 2 S 4 07) E I) 1H 2 + 1C 1C + 1H 2 II) 2H 2 2H III) 1C 6 H H 2 6C H 2 08) D 2Ca 3 (P 4 ) 2 + 6Si C 6CaSi C + 1P 4 09) B 1Fe C 2Fe + 3C 2 10) 2KCl 3 2KCl (F) A reação é de análise ou decomposição, pois um único reagente se decompõe em dois produtos. (V) Correto.

2 11) A (F) A soma dos coeficientes é: = 7. (V) Correto. (V) A reação de decomposição que ocorre por aquecimento é chamada de pirólise. aquecimento é simbolizado por um triângulo próximo à flecha que indica a reação. Na reação observa-se que dois reagentes formam um único produto, ou seja, trata-se de uma adição ou síntese. Como os reagentes são ambos substâncias simples, segue que a síntese é do tipo total. Síntese parcial é quando um dos reagentes, ou todos, são substâncias compostas. 12) C A reação é de deslocamento ou simples troca. Pode-se observar que o cloro "desloca" o enxofre. Antes da reação o cloro aparece como substância simples e depois é o enxofre que aparece como substância simples. 13) B A reação é de decomposição ou análise pois o único reagente se decompõe em dois produtos. 14) D 3BaC 2 + Al 2 (S 4 ) 3 3BaS + 2A C 4 3 A reação é de dupla-troca. bserva-se que são 2 reagentes e dois produtos, todos substâncias compostas. Basta comparar os reagentes e os produtos para perceber que houve uma combinação ou rearranjo dos átomos formando novas substâncias a partir de uma dupla-troca entre os reagentes. 15) a) Análise do tipo pirólise: um reagente separase em 3 produtos por ação do aquecimento; b) Dupla-troca: dois reagentes e dois produtos, todos substâncias compostas. s produtos são resultado da recombinação dos reagentes; c) Análise do tipo fotólise: um reagente separase em 2 produtos por ação da luz; d) Deslocamento: observa-se que o ferro desloca o hidrogênio. No início tem-se ferro puro e no final H 2 como substância simples; e) Síntese total: um único produto proveniente da junção dos 3 reagentes. É total pois 2 reagentes são substâncias simples e o enxofre (S) puro; f) Análise do tipo eletrólise: um reagente separa-se em 2 produtos por ação da corrente elétrica; g) Deslocamento: observa-se que o magnésio desloca o hidrogênio. No início tem-se magnésio puro e no final H 2 como substância simples; h) Síntese parcial: um único produto proveniente da junção dos 3 reagentes. É parcial pois ao menos um dos reagentes é substância composta (H 2 ). 16) Para que ocorra uma reação de deslocamento é necessário que o elemento que irá deslocar o outro seja mais reativo que ele, ou seja, o mais reativo desloca o menos reativo. No caso de metais, será mais reativo o elemento que tiver maior probabilidade de oxidar (perder elétrons). Para os ametais, será mais reativo o que tiver maior eletronegatividade (potencial para ganhar elétrons). Importante: metal somente desloca metal e hidrogênio; ametal somente desloca ametal. a) corre: ferro é mais reativo do que cobre, então pode deslocá-lo, formando FeC 2. b) corre: sódio é mais reativo do que manganês, então pode deslocá-lo, formando NaBr. c) corre: bromo é mais reativo do que iodo, então pode deslocá-lo, formando HBr. d) Não ocorre: cromo é menos reativo do que alumínio, então não pode deslocálo. e) Não ocorre: enxofre é menos reativo do que flúor, então não pode deslocá-lo. f) corre: oxigênio é mais reativo do que enxofre, então pode deslocá-lo, formando H 2. g) Não ocorre: ouro é menos reativo do que hidrogênio, então não pode deslocá-lo.

3 17) 2KBr 3 2KBr ) C a) 2, 2, 3 b) correu reação de decomposição, pois um único reagente decompõe-se em dois produtos. Como o agente causador foi o aquecimento, trata-se de uma decomposição por pirólise. Em ambas as reações são mostradas reações de neutralização que ocorrem entre um ácido e uma base, formando um sal e água. Nessas reações, o sal forma-se a partir da junção do cátion que vem da base e do ânion que vem do ácido. A água forma-se com o hidrogênio do ácido e com a hidroxila da base, ou seja, tem-se uma reação caracteristicamente de dupla-troca. 19) E 20) B a) Incorreta: os coeficientes estão corretos e a reação balanceada; b) Incorreta: a reação é de decomposição ou análise, pois um único reagente decompõe-se nos produtos; c) Incorreta: a reação é de decomposição ou análise; d) Incorreta: a reação é de decomposição ou análise; e) Correta. a) Incorreta: é o zinco que é mais reativo e por isso desloca o hidrogênio; b) Correta. c) Incorreta: a reação ocorre; d) Incorreta: a reação ocorre; e) Incorreta: o zinco é mais reativo que o hidrogênio. 21) (V) Síntese ou adição e análise ou decomposição; (F) As reações são respectivamente de síntese e análise; (F) As reações são respectivamente de síntese e análise; (V) s coeficientes estão corretos; (V) triângulo em cima da seta representa o aquecimento, ou seja, reação de pirólise. 22) B 23) C I) Deslocamento ou simples troca: na reação o zinco desloca a prata; II) Decomposição ou análise: um único reagente decompõe-se em 3 produtos; III) Síntese ou adição total: dois reagentes formam um único produto. s reagentes são substâncias simples; IV) Deslocamento ou simples troca: o cloro desloca o bromo; V) Dupla-troca: trocas entre reagentes formando os produtos. A reação é classificada como análise ou decomposição, pois um único reagente decompõese em 3 produtos e é do tipo fotólise, uma vez que ocorre na presença de luz. símbolo sobre a flecha representa a luz. 24) B 25) D 2H 2 2H A reação é de decomposição ou análise. A reação é caracteristicamente de análise ou decomposição. Como ocorre por ação da luz, chama-se fotólise. 26) Nesta atividade é interessante comentar sobre NX máximo e mínimo dos elementos. Pode-se ensinar através do sistema de equação de primeiro grau ou através de esquema. Para alunos que têm resistência a cálculos matemáticos, o sistema de grades pode ser interessante, pois permite relacionar facilmente o esquema com o desenho da molécula. Nox do Br = +5

4 Nox do N = +5 c) H P Nox do P = +3 d) N Nox do N = +5 e) CaC Nox do C = +4 f) C H Nox do C = 3 g) A 2 (S 3 ) Nox do S = +4 h) S Nox do S = +4 i) C H Nox do C = Nox do Mn = +4 4 k) Nh Nox do N = 3 l) S Nox do S = Nox do Cr = +3 n) S Nox do S = +6 o) Si Nox do Si = +4 p) As Nox do Si = +5 q) CH 2 = +1 Nox total = Nox total = Nox total = 4 Nox total = 3 Nox total Nox do C = 0 r) C H Nox do C = 27) II V III I IV I) cálcio é metal alcalino terroso (família IIA) e por isso tende a perder dois elétrons em ligação. Nox = +2;

5 II) cloro é halogênio (família VIIA) e por isso tende a ganhar um elétron em ligação. Nox = 1; III) sódio é metal alcalino (família IA) e por isso tende a perder um elétron em ligação. Nox = +1; IV) HN 3 28) D 29) D Nox do N = +5 V) Em substâncias simples, o Nox do elemento é zero pois a eletronegatividade dos ligantes é a mesma, ou seja, os elétrons não tendem a ser perdidos nem recebidos, mas compartilhados por igual N 3 6 Nox do N = +5 Nox do Cl = +7 Sabendo que o cloro é halogênio (família VIIA), o Nox máximo ocorrerá na situação em que o cloro perder todos os seus elétrons, ou seja, com Nox ) E NaN Nox do N = Nox do P = +4 Ba2As Nox do As = +5 31) B N +2 Nox do N = N 2 4 Nox do N = +4 32) B CH Nox do C = 4 HCH Nox do C = C Nox do C = +4 33) C H3B Nox do B = +3 = Nox total I = 1 Nox total Nox do I = +7 HS Nox do S = +6 = 1 Nox total

6 34) C 1 nox = 3 C 2 nox = 1 C 1 nox = 1 C 1 nox = C 1 nox = +1 Para se determinar o Nox dos carbonos é necessário imaginar o fluxo de elétrons na molécula baseando-se nas eletronegatividades dos elementos: H H C C C C C H H H H As flechas representam o fluxo de elétrons. Para onde a flecha aponta, representa "receber 1 elétron, ou seja, o Nox de 1". 35) 2 H H 38) A a) Correta: quem é agente oxidante sofre redução, ou seja, ganha elétrons; b) Incorreta: quem é agente oxidante sofre redução, ou seja, ganha elétrons; c) Incorreta: quem é agente redutor sofre oxidação, ou seja, ganha elétrons; d) Incorreta: quem é agente redutor sofre oxidação, ou seja, perde elétrons; e) Incorreta: oxidação representa perda de elétrons. 39) Correta. xidante é a espécie que sofre redução, ou seja, ganha elétrons; 02. Correta. Após oxidação o Nox fica positivo, pois se perdem elétrons; 04. Correta. Nox do íon diminui na medida em que ele ganha elétron na reação; 08. Correta. Após redução o Nox fica negativo, pois se ganham elétrons; 16. Incorreta. Redutor é a espécie que sofre oxidação, ou seja, perde elétrons; 32. Correta. Nox do níquel aumenta na medida em que ele perde elétron na reação. 40) E I) +4 II) +3 III) IV) +3 36) D FeTi Nox do Ti = +4 41) E a) N + H 2 2 2NH 3 Distribuição eletrônica do Ferro ) A 2A + 3Cu Nox aumentou oxidou 2A Cu Nox diminuiu reduziu Al oxidou agente redutor Cu 2+ reduziu agente oxidante b) Cl + NaI 2 0 NaC + I oxidação redução 2 2

7 42) B 43) C 44) D 45) B (s) Ni (s) + Cu (aq) Ni (aq) + Cu oxidação xida: Ni (s) Reduz: Cu 2+ (aq) Agente oxidante: Cu 2+ (aq) Agente redutor: Ni (s) P + HN + H redução H P + N oxidação redução xida: P 4 Reduz: N Agente oxidante: HN 3 Agente redutor: P 4 a) Incorreta: é reação de oxirredução. b) Incorreta: o sódio oxida e por isso é agente redutor. c) Incorreta: o cloro reduz sendo então o agente oxidante. d) Correta. e) Incorreta: o cloro reduz sendo então o agente oxidante oxidação redução a) Incorreta: o ferro sofre redução pois ganha elétrons. b) Correta. 46) c) Incorreta: o ferro sofre redução pois ganha elétrons. d) Incorreta: o zinco sofre oxidação pois perde elétrons. e) Incorreta: o ferro sofre redução pois ganha elétrons. KMnH + HBr KBr + MnBr + Br + H a) Br b) Mn c) KMn 4 d) HBr e) Mn f) Br g) 5 h) 1 redução oxidação a) Cl b) Cl c) Cl 2 d) Cl 2 e) Cl f) Cl g) 1 h) 5 a) N b) Cr c) Na 2 Cr 2 7 d) NH 4 Cl e) N f) Cr g) 3 h) 3 redução oxidação

8 47) D 51) A processo de oxidação ocorre quando um elemento perde elétrons. 52) B 48) E 49) 50) B xida: P Reduz: N Agente oxidante: HN 3 Agente redutor: P xida: C Reduz: Fe Agente oxidante: Fe Agente redutor: C 2 KC 3 + Na 2 Sn 2 KC + NaSn redução oxidação I) A reação II somente. II) Reduzido: Cl; oxidado: Sn. III) Redutor: NaSn 2 ; oxidante: KCl ) 54) A 2Na + 2H 2NaH + H oxidação redução a) Correta: o sódio oxida. É, portanto, agente redutor; b) Incorreta: o hidrogênio é reduzido, pois seu Nox diminui de +1 para zero; c) Correta: o sódio oxida, pois seu Nox aumenta; d) Correta: o hidrogênio da água sofre redução e por isso a água é o agente oxidante; e) Correta: seu Nox diminui de +1 para zero. (F) s coeficientes estão corretos. (F) Não ocorre oxidação nem redução. (V) Verdadeira. (V) sal é o NaHC 3, a base é o NaH e os óxidos são H 2 e C 2. (F) Não sofre redução nem oxidação. Para que o cobre se deposite sobre as lâminas é necessário que haja a conversão de Cu 2+ (aq) em Cu (s). Para isso, os íons de cobre da solução devem ganhar elétrons depositando-se sobre a lâmina, ou seja, precisam ser reduzidos na medida em que oxidam a lâmina. Nesse caso, os íons de cobre serão o agente oxidante e o metal da placa será o agente redutor. Quando o Nox aumenta ocorre oxidação, ou seja, perda de elétrons. Do contrário, quando o Nox diminui, ocorre a redução, ou ganho de elétrons. No esquema apresentado, o elemento Z oxida perde elétrons para o elemento X, que reduz (ganha elétrons). 55) B

9 56) D 6H2 + 6C C H oxidação redução a) Incorreta: a fotossíntese utiliza luz e não a produz; b) Incorreta: a soma dos coeficientes é 19; c) Incorreta: o carbono sofre redução; d) Correta: o carbono reduz, então o C 2 é o agente oxidante; e) Incorreta: o oxigênio oxida, ou seja, é ele quem perde elétrons para o carbono, que reduz. 57) acerto dos coeficientes pelo método redox segue os seguintes procedimentos: 1 ) determinar o Nox de cada elemento; 2 ) identificar (sublinhando) os elementos que apresentam mudança no Nox (comparando seus valores nos reagentes e nos produtos); 3 ) ver a quantidade de elementos (do tipo que está variando) somando-os nos reagentes e depois nos produtos; 4 ) trabalhar com o lado cuja soma é maior; 5 ) calcular a variação (Δ) de elétrons sofrida; 6 ) calcular a variação total (Δt) do oxidante e do redutor, multiplicando a variação (Δ) pela atomicidade do elemento que está variando (Δt = Δ. n o de átomos); 7 ) pegar o resultado do cálculo de Δt do redutor e colocar na frente, como coeficiente, do oxidante e vice-versa; 8 ) depois que os dois coeficientes foram fixados, terminar o balanceamento usando o método das tentativas. bs.: Não se esqueça de começar preferencialmente pelos que variaram o Nox, depois seguir a sequência dos metais, ametais, hidrogênio e por último o oxigênio. bs.: Nessa reação existem 2 oxidações. s índices devem ser somados. c) 1Ca (P ) + 3Si + 5C 3CaSi + 5C + 2P

10 d) 3C + 6NaH 5NaC + 1NaC + 3H g) 2H S + 1Cu 1CuS + 1S + 2H = 2.1 = 2 = 1 = 2.1 = 2 = 1 h) 1K2Cr H H2S4 1K S + 1Cr (S ) + 7H = 3.2 = 6 = 3 = 1.2 = 2 = = 2.1 = 2 = 3.1 =3 m) 3As S + 40HN + 4H 15H S + 40N + 6H As 10

11 ) 59) = 3.2 = 6 = = 15 = 1.2 = 2 = 1 60) 61) = 3.2 = 6 = = 36 62) a) CaC 3 Ca: = 40 C: = 12 : = = 100 u b) KBr K: = 39 Br: = = 119 u c) NH 4 H N: = 14 H: 1. 5 = 5 : = = 35 u d) C 12 H C: = 144 H: = 22 : = = 342 u e) H 4 Si 4 H: 1. 4 = 4 Si: = 28 : = = = 96 u f) CaCl. 2H 2 Ca: = 40 Cl: 35,5. 2 = 71 H: 1.4 = 4 : = = 147 u 63) a) 1 mol de HN 3 6, moléculas x mol 1, moléculas (12, o dobro de 6, ) x = 2 mol b) 1 mol de C 2 44 g 22,4 L (CNTP) x g 56 L x = 110 g 11

12 c) 1 mol de H 2 S 4 98 g 6, moléculas 49 g x moléculas x = 3, moléculas d) 1 mol CH 4 16 g 22,4 L (CNTP) 72 g x x = 100,82 e) 1 mol nas CNTP 22,4 L x 4,48 L x = 0,2 mol 64) a) 63,5 (pesquisando na tabela periódica) b) ZnS 4 Zn: = 65 S: = 32 : = = 161 u c) NaC é 58,5 vezes mais pesado do que 1 12 d) bromo é 80 vezes mais pesado do que 1 12 *bs.: A massa molar é a massa molecular expressa em gramas. da massa do isótopo 12 do carbono. da massa do isótopo 12 do carbono. 65) a) Ca(H) 2 Ca: = 40 : = 32 H: 1. 2 = = 74 g/mol e) K 3 P 4 K: = 117 P = = 31 : = = 212 g/mol b) 3 : = 48 g/mol c) CH 3 CH 2 CH 2 H C: = 36 H: 1. 8 = 8 : = = 60 f) Na 2 S 4. 10H 2 Na: = 46 S: = 32 : = 224 H: = = 322 g/mol d) H 2 S 3 H: 1. 2 = 2 S: = 32 : = = 82 g/mol g) N 2 5 N: = 28 : = = 108 g/mol 12

13 ( 66) 1 mol NH 3 17 g 22,4 L (CNTP) x g 2,24 L x = 1,7 g 68) 1 mol C 2 H 6 30 g 22,4 L xg 224 L x = 300 g 67) Al 2 (S 4 ) 3 Al: = 54 S: = 96 : = = mol 342 g x 5130 g x = 15 mol 1 mol He 4 g 6, átomos yg 12, átomos y = 8 g x + y = 300 g + 8 g = 308 g ( ( ( 69) 1 mol HCN 27 g 1 mol NaC 58,5 g 6,02.10 moléculas 25 5 mol HCN x + y 6,02.10 moléculas x = 135 g y = 5850 g 23 x + y = 135 g g = 5985 g 70) ) D 1 mol de H 2 18 g x 81 g x = 4,5 mol 72) D 1 mol de C 12 g 6, moléculas 240 g x x = 120, = 1, moléculas 73) B a) PbS Pb: 207 S: = 239 u b) Ag 2 S 4 Ag: = 216 S: = 32 : = = 312 u c) HN 3 H: 1. 1 = 1 N: = 14 : = = 63 u d) NaCl Na: 23 Cl: 35, ,5 = 58,5 u e) Al 2 3 Al: = 54 : = = 102 u 13

14 74) B 1 mol de Fe 56 g 5 mol de Fe x x = 280 g 75) E NaH Na: 23 : 16 H: = 40 g/mol H 2 S 4 H: 1. 2 = 2 S: = 32 : = = 98 g/mol Ca(H) 2 Ca: = 40 : = 32 H: 1. 2 = = 74 g/mol 76) E 1 mol de S 32 g 6, moléculas 400 g x x = 75, = 7, moléculas 77) Correta. 1 mol de He tem 4g; 1 mol de H 2 tem 2 g. 02. Incorreta. Cálcio tem 20 prótons e potássio tem 19. Para serem isótopos deveriam ter o mesmo número de prótons. 04. Correta. átomo de hidrogênio tem 1 elétron. Se receber ou compartilhar um elétron fica com 2, como a configuração do hélio. 08. Incorreta. símbolo do potássio é K. 16. Correta. As unidades de massa atômica são obtidas por relação com o carbono Correta. 1 mol de K 39 g. Meio mol terá 19,5 g. 78) 1 mol de H 2 C 3 tem 6, moléculas. 1 molécula de H 2 C 3 tem 2 átomos de H, 1 átomo de C e 3 átomos de. a) 6, = 1, átomos de H b) 6, = 6, átomos de C c) 6, = 1, átomos de d) 3 mol de átomos de oxigênio. 79) (F) A massa molar é 84 g, a massa de 84 u é a massa molecular. (F) NaHC 3 1 mol 84 g 0,5 mol 42 g (F) 1 mol de NaHC 3 84 g 6, moléculas (V) 1 mol de NaHC 3 84 g 6, moléculas (V) 6, = 36, átomos 80) B a) Incorreta. 1 átomo de ferro tem massa de 56 u. b) Correta. c) Incorreta. As moléculas contêm átomos e não o contrário. d) Incorreta. 1 átomo de ferro tem massa 56 vezes maior que 1 12 do isótopo de 12 C. e) Incorreta. 1 mol de uma espécie ocupa 22,4 L nas CNTP. 14

15 81) 1 mol de N 2 28 g 6, moléculas 22,4 L (CNTP) 2 mol de N 2 56 g 12, moléculas 44,8 L a) 12, moléculas b) 2 mol c) 44,8 L d) 1 molécula 2 átomos 12, , átomos de nitrogênio 82) a) 1 mol de C 2 44 g 6, moléculas 22,4 L 2, moléculas x x = 89,6 L b) 1 mol de NH 3 17 g 6, moléculas 22,4 L 170 g x x = 224 L c) 1 mol de 2 32 g 6, moléculas 22,4 L 48 g x x = 33,6 L d) 1 mol de H 2 2 g 6, moléculas 22,4 L 2 mols de H 2 x x = 44,8 L e) 1 mol de He 4 g 6, átomos 22,4 L 3, átomos x x = 11,2 L 83) E I) 1 mol de C 4 H g 3 mol de C 4 H 10 m 1 m 1 = 174 g II) 1 mol C 8 H g 6, moléculas m 2 6, moléculas m 2 = 1,14 g III) 1 mol CH 4 16 g 22,4 L m 3 89,6 L m 3 = 64 g 84) Incorreta. N 2 3,5 mol. 6, moléculas. 3 átomos = 63, átomos N 2 5 1,5 mol. 6, moléculas. 7 átomos = 63, átomos 02. Incorreta. 1 mol de Na 23 g 6, átomos 100 g x x = 26, átomos 1 mol de Li 7 g 6, átomos 50 g y y = átomos 04. Correta. 1 mol de H 2 18 g 1 mol de C 2 44 g 15

16 08. Incorreta. 1 mol 18 g 6, moléculas x 1 molécula x = g 16. Correta. 1 mol de C 6 H g moléculas x 1, moléculas x = 36 g 85) C 1 mol de 2 32 g 6, moléculas 2,5 g x x = 0, moléculas x = 4, moléculas 86) C 1 mol Hg 200 g 6, átomos 1,3 g x x = 0, átomos x = 3, átomos 87) 88) C 1 mol de Fe 56 g x g x = 0, mol x = 2, mol 1 colher 4, mol y 2, mol y = 5 colheres 89) D 1 mol de 2 32 g 6, moléculas x 3, moléculas x = 16 g 90) A 1N 2 + 3H 2 2 NH 3 Padrão: 128 g g + 6g Problema: x + 12 g x = 56 g 91) D N 2 + 3H 2 2NH 3 Padrão: 1 mol + 3 mol 2 mol Problema: 4 mol x x = 8 mol 92) (F) 2HC + Mg (H) , Para neutralizar 73 g de ácido são necessários 92 g de base. (V) Mg(H) 2 2H 2 1 mol 2 mol 2 mol 4 mol A quantidade de água em mol formada é o dobro da quantidade de base. (F) 2 HC + Mg(H) 2 MgC H 2 2 mol 2 mol 1 mol 1 mol 22,4 L volume ocupado por um mol de um gás nas CNTP é de 22,4 L (V) 2HC + Mg(H) 2 MgC 2 + 2H 2 1 mol 2 mol 6, moléculas 2. 6, moléculas 1 mol do sal contém 6, moléculas. (V) 2HCl + Mg(H) 2 2 mol 1 mol 44,8 L 6, moléculas 22,4 L 3, moléculas 93) 2C 2 H C 2 + 6H 2 a) 2C 2 H mol 224 g 1 mol x x = 112 g b) 2C 2 H 6 4C 2 44,8 L 4 mol 11,2 L x x = 1 mol c) 2C 2 H 6 6H , moléculas 108 g x moléculas 108 g x = 12, moléculas 16

17 94) a) Mg Mg: 24 : = 40 u b) 1 mol de Mg 40 g c) 1 mol 40 g 6, moléculas 180 g x x = 27, moléculas d) 1 mol 6, moléculas 1 molécula tem 1 átomo Logo, 6, tem 6, átomos de Mg. 95) g 11,2 L 44 g 22,4 L (volume de 1 mol) A massa molar do gás é 44 g. 01. Correta. 1 mol 22,4 L x 11,2 L x = 0,5 mol 02. Incorreta. A massa de 1 mol é de 44 g. 04. Correta. 44 g 6, moléculas x 1 molécula x = 44/6, Incorreta. A massa molecular é de 44 u. 16. Correta. C 2 C: = 12 : = = 44 u 96) Idem à questão 86 (é a mesma questão). 97) Idem à questão 84 (é a mesma questão). 98) a) 1 mol de C 28 g 0,5 mol x x = 14 g b) 1 mol de S 2 6, moléculas. 2 átomos de oxigênio 0,1 mol de S 2 x x = 12, átomos de oxigênio c) 1 mol de C 6, moléculas 0,5 mol x x = 3, moléculas d) 1 mol de S 2 64 g 0,1 mol x x = 6,4 g 99) Para volumes iguais e nas mesmas condições de temperatura e pressão, o número de moléculas será o mesmo. 1 molécula de C 1 átomo de carbono 1 átomo de oxigênio 1 molécula de C 2 1 átomo de carbono 2 átomos de oxigênio 1 molécula de C H átomos de carbono 4 átomos de hidrogênio 1 molécula de H 2 2 átomos de hidrogênio a) C 2 b) C 2 H 4 c) C 2 H 4 100) 1 mol do composto: 72 g de carbono; 1 mol de H 1 g 12 mol de H x x = 12 g de hidrogênio; 1 mol de átomos 16 g átomos x x = 32 g de oxigênio a) 1 mol de C 12 g x 72 g x = 6 1 mol de H 1 g x 12 g x = 12 1 mol de 16 g x 32 g x = 2 b) C 6 H ) C I) Incorreta. C 4 H / g 208 g 29 g x x = 104 g II) Correta. C 4 H 10 4 C 2 58 g 4. 22,4 L = 89,6 L 29 g x x = 44,8 L 17

18 III) Correta. C 4 H 10 5H 2 58 g 5 mol 29 g x x = 2,5 mol IV) Incorreta. C 4 H 10 4C 2 + 5H 2 58 g 4. 6, , g 54, moléculas 29 g x x = 27, moléculas 102) B C + ½ 2 C 2 11,2 L 22,4 L 44,8 L x x = 89,6 L 103) C C 6 H 12 6 C: = 72 H: = 12 : = = 180 u 1 mol de C 6 H g 6, ,8 g x x = 6, moléculas 104) A CH 3 Br CH 3 H 6, moléculas 32 g 6, moléculas x x = 3200 g 105) A NaHC 3 + HCl 84 g 1 mol 2,52 g x x = 0,03 mol 106) 2KCl mol 3. 22,4 L 0,1 mol x x = 3,36 L 107) 2HCl C ,5 g 22,4 L x 11,2 L x = 36,5 g 108) 2HCl H ,5 g 6, moléculas 3,65 g x x = 3, moléculas 109) a) Ca 3 (P 4 ) 2 2H 3 P g g x 392 g x = 620 g b) 2H 3 P 4 + 3CaS g g 392 g x x = 816 g c) 3H 2 S 4 2H 3 P , moléculas 2.98 g x 392 g x = 36, moléculas 110) Zn + H 2 S 4 ZnS 4 +H 2 65 g + 98 g 22,4 L 162,5 g + x y x = 245 g de H 2 S 4 y = 56 L de H 2 111) 72 h = 3 dias Se 1 kg C 2 1 dia Logo: 3 kg C 2 3 dias K 2 4 C g 44 g x 3 kg x = 3 kg x = 9,68 kg x = ) E I. Correta. Como os frascos são idênticos e considerando que o volume ocupado nos 2 frascos é o mesmo, pode-se concluir que no frasco A, no qual a pressão é o dobro em relação à de B, o número de moléculas é o dobro. II. Incorreta. Frasco A (contém 2 ) 2. número de moléculas. 2 átomos = 4. número de moléculas. Frasco B (contém S 2 ) 1. número de moléculas. 3 átomos = 3. Número de moléculas. 18

19 III. Correta. frasco A contém o dobro de moléculas. Em A: 1 molécula de 2 32 u 2 moléculas de 2 64 u Em B: 1 molécula de S 2 tem 64 u. IV. Correta. S S 3 Existe excesso de ) E I) Incorreta. A água que chega a nossa casa é uma mistura, pois contém diversas outras substâncias como o cloro e o flúor. II) Incorreta. Além de hidrogênio e oxigênio, a água contém outras substâncias. III) Correta. Na 2 C 3 elementos: Na, C,. IV) Correta. Al 2 (S 4 ) 3 2 átomos de Al 3 átomos de S 12 átomos de 17 átomos. 6, moléculas (1 mol) 114) E 4Fe 2Fe g g 1 g x x = 1,43 g 19

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga 01 Cl 2 Cl Nox = 0 Nox = 1 Cl O +1 2 Nox +1 2 Carga Cl O 4 +7 2 Nox +7 8 Carga Resposta: Respectivamente zero, 1, +1, +7. 1 02 a) NH 4 NO 3 NH 4 + cátion + NO 3 ânion N H 4 + 3 +1 Nox 3 +4 Carga N O 3

Leia mais

S Nox total = zero. Nº de oxidação (Nox) Regras para determinar o Nox. AULA 11 Oxidação e Redução

S Nox total = zero. Nº de oxidação (Nox) Regras para determinar o Nox. AULA 11 Oxidação e Redução AULA 11 Oxidação e Redução Nº de oxidação (Nox) é a carga que surge quando os elementos estão combinados NaCl Æ Na + Cl - (sódio doou 1 e - e o cloro recebeu 1e - ) H 2 Æ H H zero Quando a ligação for

Leia mais

CaO + H2O Ca(OH)2 3 H2 + 1 N2 2 NH3 3 H2 + 1 N2 2 NH3 + 01) A equação refere-se à transformação de ozônio em oxigênio comum, representada pela equação: 2 O3 3 O2 Os números 2 e 3 que aparecem no lado esquerdo

Leia mais

Química C Extensivo V. 1

Química C Extensivo V. 1 GABARIT Química C Extensivo V. 1 Exercícios 01) C 10 H 14 5 NSP C: 12. 10 = 120 H: 1. 14 = 14 :. 5 = 80 N: 14. 1 = 14 S: 32. 1 = 32 P: 31. 1 = 31 291 u 02) C 9 H 13 3 N C: 12. 9 = 108 H: 1. 13 = 13 :.

Leia mais

Reações Químicas. Profº André Montillo

Reações Químicas. Profº André Montillo Reações Químicas Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o processo no qual 1 ou mais substâncias (regentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Estão presentes em todos

Leia mais

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):.

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):. FOLHA DE EXERCÍCIOS CURSO: Otimizado ASS.: Exercícios de Conteúdo DISCIPLINA: Fundamentos de Química e Bioquímica NOME: TURMA: 1SAU 1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

Reações com transferência de elétrons: oxirredução

Reações com transferência de elétrons: oxirredução Reações com transferência de elétrons: oxirredução Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 19/05/2016 Número de oxidação: número de cargas que um átomo teria em uma molécula (em um composto iônico)

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente

DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente FOLHA DE QUESTÕES CURSO: ASS.: Engenharia de Produção DISCIPLINA: NOME: Química Geral DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente 5PRD31A 01) O grupo de átomos que é encontrado

Leia mais

O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O

O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O PROF. AGAMENON ROBERTO < 2010 > Prof. Agamenon Roberto OXIDAÇÃO E REDUÇÃO www.agamenonquimica.com 2 OXIDAÇÃO E REDUÇÃO INTRODUÇÃO Colocando-se uma lâmina de zinco dentro

Leia mais

3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril

3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril 3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril 01. A corrosão de um metal é a sua destruição ou deterioração, devida à reação com o meio ambiente. O enferrujamento é o nome dado à corrosão do ferro: Fe(s)

Leia mais

Equipe de Química QUÍMICA REDOX

Equipe de Química QUÍMICA REDOX Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 7B Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA REDOX O número de átomos numa reação química deve ser o mesmo nos reagentes e nos produtos. Para isso, existem diversos

Leia mais

Exercícios de Fixação 1º Ano

Exercícios de Fixação 1º Ano Exercícios de Fixação 1º Ano 1- NÚMERO DE OXIDAÇÃO (NOX): É a carga real (no caso de íons) ou imaginária que o elemento adquire em um composto, em função das diferenças de eletronegatividade. Exemplo:

Leia mais

FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO. Parte 2 Reações e conceitos

FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO. Parte 2 Reações e conceitos FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO Parte 2 Reações e conceitos Vimos anteriormente que oxidação é o processo no qual um átomo perde elétrons, tendo um aumento no N ox, enquanto na redução ganham-se

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas e do volume de diferentes substâncias.

Leia mais

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas Ligações Químicas Ligações Químicas Os diferentes elementos químicos combinam-se de várias maneiras formando uma grande variedade de substâncias, por meio das ligações químicas. Através das ligações químicas

Leia mais

Resumo de Química: Pilhas e eletrólise

Resumo de Química: Pilhas e eletrólise Resumo de Química: Pilhas e eletrólise Número de oxidação (NOX) Nox fixo:1a(+1), 2A (+2), Al +3, Zn +2 e Ag + Nox usual: Hidrogênio (+1), exceto nos hidretos metálicos (-1) e Oxigênio (-2), exceto nos

Leia mais

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares Nome: Data: / / 1. Assinala a resposta correcta com um X. 1.1. Os símbolos químicos C, Ca, F e P representam,

Leia mais

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O.

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Soluções da ficha de exercícios 1. (a) NaOH = hidróxido de sódio. H 2 SO 4 = ácido súlfurico. Na 2 SO 4 = sulfato de sódio. H 2 O

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 3 ÁTOMOS E LIGAÇÕES QUÍMICAS

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 3 ÁTOMOS E LIGAÇÕES QUÍMICAS Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano - 2016 TABELA PERIÓDICA ATUAL: Os elementos estão ordenados em ordem crescente de número atômico. O critério utilizado para classificar os elementos

Leia mais

RELAÇÕES DE MASSA E MOL

RELAÇÕES DE MASSA E MOL RELAÇÃO DE MASSA E MOL A relação entre massa e quantidade Em uma gota de água de 0,05 ml há 1,67 sextilhão (1,67 x 10 21 ) de moléculas de água. A relação entre massa e quantidade A unidade de massa atômica

Leia mais

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Estequiometria...1 Exercícios...2 Gabarito...4 Estequiometria Balanço de massas e de quantidades

Leia mais

Exercícios de Revisão - 2

Exercícios de Revisão - 2 Exercícios de Revisão - 2 1. Na tentativa de explicar a origem dos seres vivos, Müller reproduziu, em seu experimento, as condições atmosféricas primitivas, que continham os gases metano (CH4); amônia

Leia mais

REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO. O oxigénio diminui a sua carga de zero para -2, através do ganho de 2 eletrões.

REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO. O oxigénio diminui a sua carga de zero para -2, através do ganho de 2 eletrões. REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO REAÇÃO DE REDUÇÃO Nesta reação há uma diminuição da carga (número de oxidação) do elemento. 1 2 O - 2-2 2 e O O oxigénio diminui a sua carga de zero para -2, através do ganho

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA 2º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA 2º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 2º Ano/série: 9º ano Ensino: Fundamental Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA 2º BIMESTRE TEORIA 1 EVOLUÇÃO DOS MODELOS ATÔMICOS 1.

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 3º Ano do Ensino Médio Disciplina: Química 1. Um átomo do elemento químico X, usado como corante para vidros, possui número de massa igual a 79 e número de nêutrons

Leia mais

Texto para as questões 31 e 32.

Texto para as questões 31 e 32. QUÍMICA Texto para as questões 31 e 32. Um sinal de que o bico do queimador do fogão está entupido é o aparecimento de chama amarela, quando o fogo é aceso. Nessa situação, ocorre a formação de carbono

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos.

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos. LIGAÇÕES QUÍMICAS 1 Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos. Os átomos se ligam uns aos outros com a finalidade de

Leia mais

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Em nossa aula passada falamos de ligações iônicas, aquelas que ocorrem entre átomos com grandes diferenças de eletronegatividade. Entretanto, essa não é a única

Leia mais

AULA 18 Eletroquímica

AULA 18 Eletroquímica AULA 18 Eletroquímica A eletroquímica estuda as reações nas quais ocorrem transferência de elétrons (reações de óxido-redução) e o seu aproveitamento prático para converter energia química em energia elétrica

Leia mais

Tabela Periódica. 2. C Consultando a tabela periódica para a obtenção das massas atômicas dos elementos apresentados, tem-se:

Tabela Periódica. 2. C Consultando a tabela periódica para a obtenção das massas atômicas dos elementos apresentados, tem-se: Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Química Volume: 1 Série: 2 Tabela Periódica 1. C Nas tabelas periódicas atuais os elementos estão dispostos em ordem crescente

Leia mais

Regras para cálculo do nox

Regras para cálculo do nox SÉRiE Rumo ao ITA Nº 02 ENSiN PRÉ-UNIVERSITÁRI PRFESSR(a) ALuN(a) SÉRGI MATS SEDE Nº TC TuRma TuRN DaTa / / QUÍMICA Número de xidação Número de oxidação (nox) ou estado de oxidação é a real ou imaginária

Leia mais

ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE QUÍMICA - 1 ANO-HERSCHELL-CB2014. periódicas e aperiódicas. AP. propriedade aperiódica. Propriedades periódicas

ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE QUÍMICA - 1 ANO-HERSCHELL-CB2014. periódicas e aperiódicas. AP. propriedade aperiódica. Propriedades periódicas ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE QUÍMICA - 1 ANO-HERSCHELL-CB014 P. AP. periódicas e aperiódicas A Tabela pode ser utilizada para relacionar as propriedades dos elementos com suas estruturas atômicas, podendo

Leia mais

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski.

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski. QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas Prof. Kleber Bergamaski Equações químicas 1789, lei da conservação da massa A massa total de uma

Leia mais

a. ( ) Zn sofre oxidação; portanto, é o agente oxidante.

a. ( ) Zn sofre oxidação; portanto, é o agente oxidante. Rua Siqueira de Menezes, 406 Centro, Capela SE, 49700000, Brasil Exercício de revisão do 2º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE 1. Determine o Nox do elemento cloro nas espécies: a. Cl 2 Cl = 0 b. NaCl Cl = 1

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química Fase III (Etapa 1 nacional)

Olimpíada Brasileira de Química Fase III (Etapa 1 nacional) Page 1 of 5 Olimpíada Brasileira de Química - 2001 Fase III (Etapa 1 nacional) Questão 1 (48 th Chemistry Olympiad - Final National Competition - 2001 - Estonia) Exame aplicado em 01.09.2001 Os compostos

Leia mais

1ª Série - Ligação Iônica

1ª Série - Ligação Iônica GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL REPÚBLICA 1ª Série - Ligação Iônica 1. No Laboratório de Química,

Leia mais

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO 1- Um aluno de química, ao investigar as propriedades de gases, colocou uma garrafa plástica (PET), contendo ar e devidamente fechada, em um freezer e observou

Leia mais

Reações Químicas Reações Químicas DG O QUE É UMA REAÇÃO QUÍMICA? É processo de mudanças químicas, onde ocorre a conversão de uma substância, ou mais, em outras substâncias. A + B REAGENTES C +

Leia mais

AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB

AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB CONCEITOS SOBRE O ÁTOMO Número Atômico (Z): quantidades de prótons. Z = p = e Número de Massa (A): a soma das partículas que constitui o átomo. A = Z + N REPRESENTAÇÃO

Leia mais

Química B Superextensivo

Química B Superextensivo GABARIT Química B Superextensivo Exercícios 01) B 02) D 03) D 04) E I Certa Existem apenas dois tipos de átomos: bolinhas maiores e bolinhas menores II Certa Par de bolinhas maiores, par de bolinhas menores

Leia mais

GABARITO AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS

GABARITO AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 17 DE TAGUATINGA Professora: Renata Componente curricular: Ciências Naturais Aluno(a): n.º: Ano/Turma: 9º Turno: Matutino Data: 19/12/2015 GABARITO AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS NOTA:

Leia mais

Exercício 3: (PUC-RIO 2007) Considere a célula eletroquímica abaixo e os potenciais das semi-reações:

Exercício 3: (PUC-RIO 2007) Considere a célula eletroquímica abaixo e os potenciais das semi-reações: Exercício 1: (PUC-RIO 2008) O trabalho produzido por uma pilha é proporcional à diferença de potencial (ddp) nela desenvolvida quando se une uma meia-pilha onde a reação eletrolítica de redução ocorre

Leia mais

Classificação Periódica Folha 01 Prof.: João Roberto Mazzei

Classificação Periódica Folha 01 Prof.: João Roberto Mazzei www.professormazzei.com Classificação Periódica Folha 01 Prof.: João Roberto Mazzei 01. (PUC SP 1995) Considerando-se os elementos do 3º. período da Tabela Periódica, é correto afirmar: a) o elemento de

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA. Ligações Químicas

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA. Ligações Químicas CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano - 2016 Ligações Químicas Na natureza, dificilmente os átomos ficam sozinhos. Eles tendem a se unir uns aos outros para formarem novas substâncias.

Leia mais

Polícia Civil/PA. Aula 00. Polícia Civil/PA Química Professora: Cândida Ivi. Profª. Cândida Ivi 1

Polícia Civil/PA. Aula 00. Polícia Civil/PA Química Professora: Cândida Ivi.  Profª. Cândida Ivi 1 Aula 00 Polícia Civil/PA Química Professora: Cândida Ivi www.pontodosconcursos.com.br Profª. Cândida Ivi 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Aula Conteúdo Programático Data 00 Reações de óxido-redução 15/07 01

Leia mais

02- Quais das propriedades a seguir são as mais indicadas para verificar se é pura uma certa amostra sólida de uma substância conhecida?

02- Quais das propriedades a seguir são as mais indicadas para verificar se é pura uma certa amostra sólida de uma substância conhecida? PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Massa, extensão

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS VALENÇA SÉRIE: 1º ANO DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: JOSÉ TIAGO PEREIRA BARBOSA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS VALENÇA SÉRIE: 1º ANO DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: JOSÉ TIAGO PEREIRA BARBOSA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS VALENÇA SÉRIE: 1º ANO DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: JOSÉ TIAGO PEREIRA BARBOSA Lista de Exercícios Ligações Químicas Teoria do Octeto

Leia mais

9) Um certo elemento tem número atômico igual a 37. Qual a carga mais provável do seu íon? a) 1. c) +1. e) +3. b) 2. d) +2.

9) Um certo elemento tem número atômico igual a 37. Qual a carga mais provável do seu íon? a) 1. c) +1. e) +3. b) 2. d) +2. Atividade de química Escola: Aluno(a): Série/turma: Nº Nota: Professor: Abedias Disciplina: Química Data: Conteúdo: Propriedade da Tabela Periódica e ligações químicas 1(ACAFE) O grupo de átomos que é

Leia mais

QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA

QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA PROFª ELAINE CRISTINA 1. UNIDADE DE MASSA ATÔMICA A escala de massas atômicas está baseada no isótopo do carbono com número de massa igual a 12, ao qual foi atribuída

Leia mais

REVISÃO FINAL AVALIAÇÃO GLOBAL 2.ª ETAPA

REVISÃO FINAL AVALIAÇÃO GLOBAL 2.ª ETAPA REVISÃO FINAL AVALIAÇÃO GLOBAL 2.ª ETAPA POLARIDADE DAS MOLÉCULAS As moléculas podem ser classificadas quanto à sua polaridade em dois grupos: polares ou apolares. Molécula apolar: µ R = 0 Molécula polar:

Leia mais

SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA.

SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. QUESTÕES Exercícios de Eletroquímica. 01) Dos fenômenos indicados a seguir, agrupe os que constituem uma oxidação e os que constituem uma redução: a) Mg

Leia mais

Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas.

Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas. 1 Parte I - Considere as informações abaixo: Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas. Núcleo: Prótons e nêutrons. Eletrosfera: elétrons Os átomos

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 15 REAÇÕES DE OXIRREDUÇÃO

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 15 REAÇÕES DE OXIRREDUÇÃO QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 15 REAÇÕES DE OXIRREDUÇÃO Como pode cair no enem (ENEM) Ferramentas de aço podem sofrer corrosão e enferrujar. As etapas químicas que correspondem a esses processos podem ser representadas

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 07 LIGAÇÕES QUÍMICAS

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 07 LIGAÇÕES QUÍMICAS QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 07 LIGAÇÕES QUÍMICAS O C Na Cl + - Na Cl Mg Cl Cl 2+ Mg Cl - 2 F Al F Al F F +x -y B y x Fórmula Eletrônica ou de Lewis Fórmula Estrutural Fórmula Molecular 2 s O O O O s O O O

Leia mais

EXPERIÊNCIA 3 OXIDAÇÃO E REDUÇÃO

EXPERIÊNCIA 3 OXIDAÇÃO E REDUÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT Departamento de Ciências Básicas e Sociais - DCBS Disciplina Química Experimental QEX Prof. Sivaldo Leite Correia EXPERIÊNCIA 3 OXIDAÇÃO E REDUÇÃO 1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS

Leia mais

Linguagem química balanceamento de equações

Linguagem química balanceamento de equações Linguagem química balanceamento de equações Como se sabe, toda equação química precisa estar balanceada. Mas essa exigência não é simplesmente uma norma ou regra estabelecida pelos químicos. As equações

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL REPÚBLICA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL REPÚBLICA GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL REPÚBLICA Aulas de Apoio Química 3ª Série Eletroquímica II 1.

Leia mais

RESPOSTAS ESPERADAS QUÍMICA

RESPOSTAS ESPERADAS QUÍMICA Questão 1 C 4 N 3 OH 7 - massa molar = 113 g mol -1 A concentração de creatinina no exame foi de 1,20 x 10-4 mol L -1, ou 1,20 x 10-5 mol dl -1. Assim, a concentração = 113.000 x 1,20 x 10-5 = 1,36 mg

Leia mais

Resolução de Química UFRGS / 2012

Resolução de Química UFRGS / 2012 26. Resposta C Resolução de Química UFRGS / 2012 Água super-resfriada é água líquida em temperatura abaixo do seu ponto de congelamento. Geralmente ocorre num resfriamento lento e sem agitação onde qualquer

Leia mais

Centro Universitário Anchieta

Centro Universitário Anchieta 1) Um elemento da família 2 da tabela periódica forma um composto com o flúor. A massa molar desse composto é 78,074g. Escreva a fórmula e o nome do composto. O composto formado entre flúor e um elemento

Leia mais

CONCEITO DE ÁCIDOS E BASES 1

CONCEITO DE ÁCIDOS E BASES 1 CONCEITO DE ÁCIDOS E BASES 1 1. Conceito de Arrhenius A primeira definição de ácidos e bases foi dada pelo químico sueco Svante Arrhenius ao redor de 1884: Substâncias ácidas são aquelas que em solução

Leia mais

Por muito tempo acreditou-se que a estabilidade dos gases nobres se dava pelo fato de, à exceção do He, todos terem 8 elétrons na sua última camada.

Por muito tempo acreditou-se que a estabilidade dos gases nobres se dava pelo fato de, à exceção do He, todos terem 8 elétrons na sua última camada. Ligação química Atualmente, conhecemos cerca de 115 elementos químicos. Mas ao olharmos ao nosso redor vemos uma grande variedade de compostos (diferindo em sua cor e forma), muitas vezes formados pelo

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q51 Conceitos de valência e NOX. 1 (UFPI) Um anti-séptico bucal contendo peróxido de zinco, ZnO 2

Química. Resolução das atividades complementares. Q51 Conceitos de valência e NOX. 1 (UFPI) Um anti-séptico bucal contendo peróxido de zinco, ZnO 2 Resolução das atividades complementares 4 Química Q51 Conceitos de valência e NOX p. 21 1 (UFPI) Um anti-séptico bucal contendo peróxido de zinco, ZnO 2, suspenso em água é efetivo no tratamento de infecções

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 03

2005 by Pearson Education. Capítulo 03 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas David P. White Equações químicas Lavoisier: a massa é conservada em uma reação química. Equações

Leia mais

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita.

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita. Cálculos com fórmulas e equações químicas 3. 3.1 A análise de uma pequena amostra de Pb 3 (PO 4 ) 2 apresentou a quantidade de 0,100 g de chumbo. Responda os itens abaixo usando estes dados e as massas

Leia mais

COLÉGIO EUCARÍSTICO Fixando o Conteúdo

COLÉGIO EUCARÍSTICO Fixando o Conteúdo COLÉGIO EUCARÍSTICO Fixando o Conteúdo 2 Bimestre 1. Tem-se dois elementos químicos A e B, com números atômicos iguais a 20 e 35, respectivamente. Escrever as configurações eletrônicas dos dois elementos.

Leia mais

Questão 1 O composto químico abaixo representa um hidrocarboneto insaturado (alceno). Sobre ele, responda ao que se pede.

Questão 1 O composto químico abaixo representa um hidrocarboneto insaturado (alceno). Sobre ele, responda ao que se pede. Questão 1 O composto químico abaixo representa um hidrocarboneto insaturado (alceno). Sobre ele, responda ao que se pede. a) Escreva a fórmula estrutural do seu isômero geométrico. b) A reação de hidrogenação

Leia mais

Estequiometria. Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira

Estequiometria. Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Bacharelado em Ciência e Tecnologia Diamantina - MG Estequiometria Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira -A palavra estequiometria deriva das palavras

Leia mais

Físico-Química. Eletroquímica Prof. Jackson Alves

Físico-Química. Eletroquímica Prof. Jackson Alves Físico-Química Eletroquímica Prof. Jackson Alves 1. Pilhas Processo espontâneo de conversão de energia química em energia elétrica. Observe o esquema a seguir: Lâmina de zinco Semicela Zn / Zn 2+ ponte

Leia mais

Questão 1 O composto químico abaixo representa um hidrocarboneto insaturado (alceno). Sobre ele, responda ao que se pede.

Questão 1 O composto químico abaixo representa um hidrocarboneto insaturado (alceno). Sobre ele, responda ao que se pede. Questão 1 O composto químico abaixo representa um hidrocarboneto insaturado (alceno). Sobre ele, responda ao que se pede. a) Escreva a fórmula estrutural do seu isômero geométrico. b) A reação de hidrogenação

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1º EM Química B Natália Av. Dissertativa 19/10/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM 4 TABELA PERIÓDICA Gás Nobre para catalisar sua reação, vamos disponibilizar alguns exercícios com gabarito ao final de cada capítulo de estudo. Eles não fazem parte dos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 8º Teste sumativo de FQA 20. maio Versão 1 11º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 8º Teste sumativo de FQA 20. maio Versão 1 11º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 8º Teste sumativo de FQA 20. maio. 2015 Versão 1 11º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque Duração da prova: 90 minutos. Este teste é constituído por 9 páginas

Leia mais

Reacções de oxidação-redução em solução aquosa. Livro Química Inorgânica Básica na página da cadeira no Moodle Capítulo 4, p.

Reacções de oxidação-redução em solução aquosa. Livro Química Inorgânica Básica na página da cadeira no Moodle Capítulo 4, p. Reacções de oxidação-redução em solução aquosa Livro Química Inorgânica Básica na página da cadeira no Moodle Capítulo 4, p. 116 até ao final REACÇÕES de OXIDAÇÃO-REDUÇÃO reacções que envolvem troca de

Leia mais

Metais e ametais. Aula 5 - Ligações Químicas. Química - profª SIMONE MORGADO

Metais e ametais. Aula 5 - Ligações Químicas. Química - profª SIMONE MORGADO Química - profª SIMONE MORGADO Aula 5 - Ligações Químicas Os elementos químicos na natureza são encontrados ligados, portanto, a ligação química traz para os elementos maior estabilidade. Na natureza os

Leia mais

química química na abordagem do cotidiano

química química na abordagem do cotidiano Capítulo 3 Mol e massa molar na na abordagem Respostas dos exercícios essenciais a) uma dúzia b) quatro dúzias c) cinco dúzias 2 a) um mol b) quatro mols c) cinco mols 3 a) N 2 H 4 b) c) Em 32 g de hidrazina

Leia mais

Trataremos da lei limite de Debye-Hückel e definiremos as células

Trataremos da lei limite de Debye-Hückel e definiremos as células Aula: 4 Temática: Células Eletroquímicas eletroquímicas. Trataremos da lei limite de Debye-Hückel e definiremos as células. Lei limite de Debye-Hückel O modelo proposto do fim da aula passada acerca da

Leia mais

Questão 10: Sobre as moléculas de CO 2 e SO 2, cujas estruturas estão representadas a seguir, é CORRETO afirmar que: S O O C O

Questão 10: Sobre as moléculas de CO 2 e SO 2, cujas estruturas estão representadas a seguir, é CORRETO afirmar que: S O O C O QUESTÕES OBJETIVAS Questão 9: Nitrogênio e fósforo são elementos essenciais para a nutrição das plantas e por isso alguns de seus compostos são utilizados na maioria dos fertilizantes. Sobre esses elementos

Leia mais

Eletroquímica I. Exercícios - Série 1

Eletroquímica I. Exercícios - Série 1 Eletroquímica I Exercícios - Série 1 01. (Fuvest) O material cerâmico YBa 2 Cu 3 O 7, supercondutor a baixas temperaturas, é preparado por tratamento adequado na mistura Y 2 O 3, BaCO 3 e CuO. Nesse supercondutor,

Leia mais

Nox, Reações Redox e Balanceamento de Equações

Nox, Reações Redox e Balanceamento de Equações Nox, Reações Redox e Balanceamento de Equações 1. (UFPE) Em qual dos processos abaixo ocorre uma reação de oxirredução? a) NaCl(s) + Ag + (aq) AgCl(s) + Na + (aq) b) Mn +2 (aq) + SO4 2 (aq) MnSO4(s) c)

Leia mais

Tabela Periódica e Propriedades Periódicas dos Elementos. periódico permite fazer previsões gerais sobre seu comportamento químico e físico.

Tabela Periódica e Propriedades Periódicas dos Elementos. periódico permite fazer previsões gerais sobre seu comportamento químico e físico. Tabela Periódica e Propriedades Periódicas dos Elementos Agrupar os elementos num quadro Agrupar os elementos num quadro periódico permite fazer previsões gerais sobre seu comportamento químico e físico.

Leia mais

Roteiro de Estudos 1 trimestre 2015 Disciplina: Química 1ª série Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa

Roteiro de Estudos 1 trimestre 2015 Disciplina: Química 1ª série Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa Roteiro de Estudos 1 trimestre 2015 Disciplina: Química 1ª série Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa - Teoria do octeto. Unidade 5: Interações atômicas e moleculares - Ligação iônica ou eletrovalente.

Leia mais

UFSC. Química (Amarela) 31) Resposta: 43. Comentário

UFSC. Química (Amarela) 31) Resposta: 43. Comentário UFSC Química (Amarela) 1) Resposta: 4 01. Correta. Ao perder elétrons, o núcleo exerce maior atração sobre os elétrons restantes, diminuindo o raio. Li 1s2 2s 1 Li+ 1s 2 Raio atômico: átomo neutro > íon

Leia mais

Reações de Oxi-redução

Reações de Oxi-redução Reações de Oxi-redução Oxidação e redução 2005 by Pearson Education Capítulo 03 Números de oxidação O númerode oxidaçãoparaum íon: é a cargano íon. O númerode oxidaçãoparaum átomo: é a cargahipotéticaqueum

Leia mais

S O. Após o balanceamento da equação com os coeficientes estequiométricos (menores números inteiros) a soma destes coeficientes será igual a

S O. Após o balanceamento da equação com os coeficientes estequiométricos (menores números inteiros) a soma destes coeficientes será igual a 2014 - Geometria Molecular 1. As substâncias ozônio (O3); dióxido de carbono (CO2); dióxido de enxofre (SO2); água (H2O) e cianeto de hidrogênio (HCN) são exemplos que representam moléculas triatômicas.

Leia mais

QUIMICA I. Eletroquímica. Profa. Eliana Midori Sussuchi

QUIMICA I. Eletroquímica. Profa. Eliana Midori Sussuchi QUIMICA I Eletroquímica Profa. Eliana Midori Sussuchi Reações de oxiredução O Zn adicionado ao HCl produz a reação espontânea Zn(s) + 2H + (aq) Zn 2+ (aq) + H 2 (g). O número de oxidação do Zn aumentou

Leia mais

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > Prof. Agamenon Roberto LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS Um trabalho muito complicado

Leia mais

O b) SO 2. CaSO 3 + CO 2

O b) SO 2. CaSO 3 + CO 2 31 c QUÍMICA petróleo pode conter alto teor de enxofre, que deve ser removido nas refinarias de petróleo. Mesmo assim, na queima de combustíveis fósseis, forma-se dióxido de enxofre. Esse óxido liberado

Leia mais

Química Básica: Átomo. Profa. Alessandra Barone

Química Básica: Átomo. Profa. Alessandra Barone Química Básica: Átomo Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Átomo Fermions: formam a matéria Bósons: intermedeiam forças Quarks e leptons - Glúon e fóton Partículas Quark up Quark down Quark charmoso

Leia mais

Colégio Paulo VI Ensino Médio

Colégio Paulo VI Ensino Médio Colégio Paulo VI Ensino Médio Aluno (a): Nº.: 1º Ano - Ensino médio Turma: Turno: Vespertino Disciplina: Química Professor: Willian Prado Data: / / 2015 LISTA 1 Reações Químicas Balanceamento Introdução

Leia mais

Determinaçao Indireta do Calor De Reaçao

Determinaçao Indireta do Calor De Reaçao Box 6 Determinaçao Indireta do Calor De Reaçao Vimos anteriormente que a variação de entalpia de uma reação é determinada experimentalmente no calorímetro. Existem, no entanto, maneiras indiretas de determinação

Leia mais

Pergunta I II III IV Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar

Pergunta I II III IV Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar 3 de março 2012 (Semifinal) Pergunta I II III IV Total Classificação Escola:. Nome:. Nome:. Nome:. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar Dados: Constante de Avogadro: N A = 6,022 x 10 23 mol -1

Leia mais

Reações de Oxidação Redução

Reações de Oxidação Redução Oxidação/redução em processos inorgânicos Reações de Oxidação Redução Caracterizam-se pela transferência de elétrons entre as espécies envolvidas. Oxidação: uma espécie química sofre aumento do seu estado

Leia mais

UFU 2008/2-1ª FASE. 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina).

UFU 2008/2-1ª FASE. 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). UFU 2008/2-1ª FASE 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). Com base nessas informações, marque a alternativa correta. A) Uma massa

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE QUESTÃO 1 Peso 2 A dissolução do cloreto de amônio, NH 4 Cl(s), em água ocorre

Leia mais

REATIVIDADE DE METAIS

REATIVIDADE DE METAIS CENTRO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE QUÍMICA - LICENCIATURA INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE QUÍMICA SÉRIE: EXPERIÊNCIAS DEMONSTRATIVAS REATIVIDADE DE METAIS ORGANIZAÇÃO: Elisangela Fabiana

Leia mais