Movimento Sindical discute novos instrumentos de promoção da saúde

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Movimento Sindical discute novos instrumentos de promoção da saúde"

Transcrição

1 JORNAL DA Ano 6 Nº 01 Abril de 2010 IMPRESSO STROMIG Associação Gestora de Benefícios Sociais dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Minas Gerais Movimento Sindical discute novos instrumentos de promoção da saúde Segurança e saúde do trabalhador voltam à cena dos debates nacionais com a introdução do FAP que tem entre seus objetivos, diminuir os fatores de risco no trabalho e implementar políticas públicas de saúde e segurança para os trabalhadores. A ASTROMIG cumpre seu papel ASTROMIG investe no esporte como ferramenta social Além de equipar o time para as competições do ano, a Associação teve seu projeto de esporte comunitário aprovado no Ministério dos Esportes. - Págs. 07 e 08 A Associação teve resultados tão positivos em 2009 que ganhou o reconhecimento da Agência Nacional de Saúde Suplementar como exemplo de gestão coletiva de benefícios para os trabalhadores. - Pág Págs 04 e 05 Novo site da ASTROMIG está chegando A ASTROMIG lançará em breve o seu novo site. Com um visual moderno e agradável, o novo site da Associação será mais um canal de interatividade entre seus associados e a instituição. O site contará com todas as publicações da Associação, notícias relacionadas à categoria Rodoviária, artigos sobre saúde, galeria de fotos dos eventos promovidos pela ASTROMIG, endereços de todos os Sindicatos filiados e links para as páginas dos seus parceiros. O site da ASTROMIG agora é Acesse e siga! Rua Carijós, 141 7º Andar Centro BH MG CEP Tel (31)

2 > > > EDITORIAL Direitos sociais: uma nova agenda para o movimento sindical Uma nova ordem econômica e política mundial imposta pela globalização força a elaboração de uma nova agenda de temas para debates no movimento sindical. No mundo do século XXI podemos optar por parar ou avançar no tempo para acompanhar o desenvolvimento acelerado das sociedades modernas. Globalização, tecnologia, automação entre tantas outras palavras deste novo cotidiano, mostram que o mundo realmente mudou. Junto a toda essa transformação, mudaram também as relações políticas, as relações de trabalho e as relações sociais. Tanta transformação impôs ao movimento sindical uma nova postura de atuação. A direção do movimento sindical atual tem por obrigação política apontar novos caminhos para a classe trabalhadora visando um avanço na luta por conquistas que, realmente, garantam mais qualidade de vida, melhores condições de trabalho, mais lazer e saúde para os trabalhadores. Como não pensar e propor soluções em saúde suplementar quando a população brasileira vive refém de um sistema público que não é eficiente e nem pode pagar os preços exorbitantes dos planos privados de saúde? Acreditamos que ter um plano de saúde atualmente é uma conquista das mais importantes para os trabalhadores. Como não pensar em seguro de vida quando a sociedade como um todo vive refém da violência urbana, das péssimas condições das rodovias e vias públicas que matam milhares de pessoas todos os anos em acidentes absurdos? Como não pensar em lazer e cultura quando a vida moderna impõe um ritmo estressante de vida para os trabalhadores e suas famílias? Por isso companheiros, o movimento sindical de nossa base, a Nova Central Sindical e a CNTTT, defendemos sim a luta por conquistas sociais, juntamente com a luta por melhores salários e condições de trabalho. Não se trata de fazer assistencialismo, mas de garantir direitos sociais aos trabalhadores.este é o papel fundamental organizado pela ASTROMIG E A ABT SAÚDE. Uma vida digna para todos os trabalhadores. Um forte abraço José Theodoro Guimarães Presidente da ASTROMIG GRIPE SUÍNA ^ ^ A Campanha de Vacinação contra a gripe suína começou em março em todo o país. Confira no quadro os grupos prioritários que receberão gratuitamente dose da vacina nos postos de saúde pública Grupos Prioritários Gestantes (Mulheres que engravidam após esta data poderão ser vacinadas na demais etapas da campanha) Doentes Crônicos Veja lista abaixo (Idosos com doenças crônicas serão vacinados em data diferente, durante a campanha anual de vacinação contra a gripe sazonal.) Crianças de seis meses a menores de dois anos População de 20 a 29 a anos Campanha Nacional de Vacinação do Idoso Pessoas com mais de 60 anos vacinam contra a gripe comum. Aqueles com doenças crônica também serão vacinados contra a gripe pandêmica População de 30 a 39 a anos Data da Vacinação 22/03 a 23/04 22/03 a 23/04 22/03 a 23/04 05/04 a 23/04 24/04 e 23/05 10/05 a 23/05 EXPEDIENTE < < < 2 Responsáveis pela edição Conselho Executivo José Theodoro Guimarães da Silva José Célio de Alvarenga José Paulino Neto Hamilton Dias de Moura Coordenação e Edição - Maria Cristina de Souza MG02660/JP Reportagem e Redação - Wellington Martins Diagramação - Daise Soares (31) Tiragem: 10 mil exemplares Rua dos Carijós, 141 7º andar Centro Belo Horizonte - MG CEP: Preserve o meio ambiente, não jogue esta publicação em via pública! Jornal Jornal da da ASTROMIG Nº Nº 0102 Abril Junho de

3 ASTROMIG promove qualidade de vida José Paulino Neto, conhecido também como Jucão, é presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Varginha e diretor administrativo da ASTROMIG. Em entrevista para o Jornal da ASTROMIG, Jucão fala um pouco de sua visão sobre a Associação e o que ela está preparando para o ano de 2010 em relação à parte administrativa JA - Como você entende que a Associação deve ser para os seus associados? José Paulino - Hoje eu tenho em mente que a ASTROMIG tem por obrigação ser uma instituição que proporcione esporte, lazer e cultura para o trabalhador rodoviário. Com estratégias de bem estar e qualidade de vida, nós da diretoria, acreditamos que estaremos contribuindo efetivamente por uma melhor qualidade de vida para os nossos associados e seus familiares. JA - Qual é o alcance da ASTROMIG hoje em termos de atendimento no país? José Paulino - Atualmente o rodoviário que é associado, consegue José Paulino (Jucão) ser atendido em 20 Estados e 741 Municípios. Em números globais, hoje somos responsáveis por vidas no plano de saúde, vidas no odontológico, no seguro de vida e vidas no seguro complementar. JA - E quais são as áreas de gestão que a Associação atua? José Paulino - Como foi dito anteriormente, em termos de produtos, além dos planos de saúde/odontológico, seguro de vida e seguro complementar, estamos trabalhando também com o cartão ASTROCARD. Todos sob a Administração da ABT Saúde, de acordo com as novas regras da Agência Nacional de Saúde Suplementar. Também estamos trabalhando em gerenciamento de projetos e programas, aquisições e convênios, estudos de viabilidade, elaboração de projetos, estudos de setores do transporte, monitoração e avaliação de benefícios. A ASTROMIG também é o braço que apóia a realização de eventos que proporcionem lazer e mais qualidade de vida para o rodoviário e sua família. Seguro da ASTROMIG é mais barato que a proposta do governo O seguro de acidentes pessoais coletivo da for considerado que este seguro tenha cobertura de auxílio ASTROMIG é mais barato se comparado à proposta do funeral e sorteio pela Loteria Federal de prêmio semanal, governo que quer criar um microsseguro para as classes C e como o seguro ASTROMIG tem, Raimundo pagaria R$1,91 D. Segundo o presidente da Superintendência de Seguros por mês. O vendedor é casado e tem um casal de gêmeos, Privados (Susep), Armando Vergílio, o chamado além de cuidar de uma cunhada portadora de síndrome de microsseguro teria a prestação máxima de R$10,00. Down. Se ele quisesse incluir todos esses dependentes na Em uma reportagem veiculada no jornal "O Globo" do apólice, o valor subiria para R$4,78. Já na apólice fechada dia 25 de janeiro deste ano, o vendedor Raimundo Rocha de pela Associação para os Sindicatos, o custo mensal para o 36 anos, contratou um seguro de acidentes pessoais por R$ grupo familiar é de R$ 1,68, ou seja, 65% menor do que o 22,90, válido por um ano, com cobertura de R$10.000,00. Se seguro que o vendedor paga. Rua: Bernardo Guimarães, nº 2520 Santo Agostinho - Belo Horizonte /MG Cep (31)

4 FAP e Segurança na agenda do movimento sindical 4 A Nova Central dos Trabalhadores (NCST) realizou entre os dias 25 e 26 de fevereiro em Brasília, o seminário sobre "O Novo Seguro Acidente", um tema importante para os trabalhadores, do ponto de vista da segurança e prevenção de acidentes e que está dando dor de cabeça aos empresários. Pela ASTROMIG participaram o diretor social Celinho do SINTTROCEL e a gerente da Associação, Felícia Costa Rodrigues. O FAP e o trabalhador rodoviário Seminário teve participação da ASTROMIG Seminário em Brasília teve participação da ASTROMIG aplicadas para o financiamento dos benefícios pagos pela Previdência Social decorrentes dos riscos ambientais do trabalho. A metodologia aprovada busca bonificar as empresas que realizam um trabalho de melhoria das condições ambientais em seus postos de trabalho e que apresenta menores índices de acidentalidade e, ao mesmo tempo, aumentar a cobrança daquelas empresas que tenham apresentado índices de acidentalidade superiores à média de seu setor econômico. Vários estudos realizados com foco na profissão de motorista revelam as péssimas condições de trabalho com destaque para longos percursos, pausas para refeição muito curtas, precárias condições dos veículos, e motoristas com mais de 10 horas diárias de trabalho. De acordo com dados coletados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de 2005 para 2007, houve um aumento de 76,5% no número de acidentes em linhas interestaduais e internacionais de passageiros, além de 66,5% a mais de pessoas mortas nesses aciden- tes. Em 2005, foram 358 acidentes, com 173 mortos e feridos. Em 2007, foram 632, com 288 mortos e feridos. Além disso, os motoristas de ônibus estão expostos a uma variedade de estressores ambientais, tais como: ruídos do motor, da porta e da buzina; iluminação inadequada; altas temperaturas; exposição a poluentes atmosféricos, principalmente provenientes de escapamen- tos de veículos (monóxido de carbono) e poeira (pó do asfalto); e o relacionamento com os passageiros e chefias, que muitas vezes passa a ser conflituoso, podendo levar a desequilíbrios psicoemocionais. Horas extras, longas jornadas de trabalho, reclamações de passageiros, sonolência diurna excessiva e preocupação com sono, dirigir atrasado e problemas familiares são alguns dos inúmeros problemas que acometem os trabalhadores do transporte coletivo de passageiros de todo o país e que podem gerar doenças ocupacionais, doenças do trabalho e até mesmo acidentes. O FAP (Fator Acidentário de Prevenção) pretende evitar ou pelo menos diminuir esses fatores de risco por meio da melhoria das condições de trabalho e de políticas de saúde e segurança públicas. Criado através das Resoluções do CNPS (Conselho Nacional de Previdência Social) 1308 e 1309 de 2009, o FAP flexibilizou as alíquotas O cenário no transporte de cargas Com a implantação do FAP espera-se que as empresas do setor de transporte público de passageiros, de cargas e outros, façam uma reavaliação das políticas, de forma a reduzir o número de horas extras, respeitando a jornada estabelecida no acordo coletivo da categoria, e estimular o gozo integral das férias dos condutores como uma maneira de aliviar o estresse e aumentar a qualidade do trabalho e de vida. A metodologia do FAP servirá para ampliar a cultura da prevenção dos acidentes e doenças do trabalho, auxiliar a estruturação do Plano Nacional de Segurança e Saúde do Trabalhador (PNSST) que vem sendo estruturado mediante a condução dos Ministérios da Saúde, Previdência Social e Trabalho e Emprego, fortalecendo as políticas públicas neste campo, além de reforçar o diálogo social entre empregadores e trabalhado- res, tudo a fim de se avançar cada vez mais rumo às melhorias ambientais no trabalho e à maior qualidade de vida para os trabalhadores no Brasil. A situação de riscos e doenças da profissão que os rodoviários do transporte de passageiros enfrentam, também atingem os trabalhadores do transporte de cargas. De acordo com o levantamento feito pela Confederação Nacional do Transporte, o Brasil tem cerca de 1,5 milhão de caminhoneiros, trabalhando em média 15 horas diárias, sendo que 57% deles trabalham sete dias por semana. Aproximadamente 66% dos caminhoneiros rodam mais de Km por mês e 34,1% dirigem mensalmente em torno de Km. O excesso de jornada de trabalho e as longas distâncias percorridas pelos caminhoneiros são dois dos fatores que contribuem para a incidência de acidentes envolvendo caminhões nas rodovias brasileiras e que estão cada vez mais frequentes e mais trágicos. Diante dessas evidências, não se pode negar que os acidentes rodoviários envolvendo caminhões representam prejuízos significativos, tanto econômicos como sociais, para as pessoas, para as empre- sas transportadoras de passageiros, para o Estado e para a sociedade em geral. FAP estimula a prevenção 4 A implantação do FAP, primeiro tema em debate, tratou, sobretudo da prevenção contra acidentes e doenças do trabalho. Foi mediador do debate o diretor da ASTROMIG, Celinho do SINTTROCEL, que já havia participado de debate semelhante na Fundacentro, em janeiro deste ano. O tema teve como debatedor o professor da Unicamp Heleno Rodrigues e como palestrante Domingos Lino, do Ministério da Previdência Social. Ele fez um histórico das ações dentro da área da saúde do trabalhador explicando que anteriormente o método utilizado era a CAT (Comunica- ção de Acidente de Trabalho) e comentou que a Lei determina que qualquer pessoa poderia fazer a comunicação, mas que na prática, ela só era aceita quando era feita pela empresa. "Um estudo da Fundacentro mostrava que, em torno de 80% das empresas estavam deixando de comunicar os acidentes devido aos descontos, fazendo com que as subnotificações aumentas- sem absurdamente. Atualmente esta porcentagem é muito maior e por isso, surge a necessidade de se ter outras ferramentas para nortear, controlar e se ter estatísticas mais reais com o FAP", disse Domingos. Celinho do SINTTROCEL afirma que tanto o FAP quanto o NTEP são extremamente importantes para o trabalhador. "O FAP e o NTEP são ferramentas que possibilitam ao movimento sindical conhecer todas as condições de trabalho da categoria representada, na medida em que eles verificam se as empresas estão adaptadas e voltadas para preservar a saúde do trabalhador", explica Celinho. O diretor da ASTROMIG também disse que os sindicatos estão com uma missão muito importante nesse processo que é acompanhar toda a estrutura das empresas, e que o FAP e o NTEP irão proporcionar aos peritos do INSS a oportunidade de identificar as doenças ocupacionais e profissio- nais ocasionadas pelas condições de trabalho. "Através do NTEP, os peritos terão uma melhor condição para avaliar todo o quadro clínico do empregado e se o problema que acomete o trabalhador por qualquer situação de saúde, pode ser oriundo de uma consequência de condições inadequadas de trabalho", concluiu. Outros temas importantes em discussão Planos de Saúde vão cobrir acidentes do trabalho O Diretor da ASTROMIG comentou ainda sobre a questão da inclusão do atendimento referente aos acidentes de trabalho e saúde ocupacional nas negociações coletivas dos planos de saúde. "A inclusão dos acidentes de trabalho nos planos de saúde estará amparada pela Lei a partir de junho, já que a ANS regulamentou a obrigação das operadoras de planos de saúde a dar toda cobertura nestes casos". Celinho do SINTTROCEL esclarece que as doenças ocupacionais, oriundas de acidentes de trabalho e comprovadas, terão cobertura pelas operadoras. Celinho do SINTTROCEL fez uma avaliação positiva da regulamentação, pois além de sofrer e ficar com sequelas, o trabalhador tem problemas de saúde por ocasião de um acidente ou de uma falta de condição de trabalho e, portanto, não caberia a ele ter que custear essas despesas quando ele mais precisa. "A ANS reconheceu um erro que estava acontecendo e agora vai obrigar as operadoras a prestarem essa cobertura. Certamente elas irão tentar aumentar o valor dos planos, mas não nos cabe concordar. Para nós não importa, o que precisamos é defender sempre as condições de trabalho e de saúde das categorias", concluiu o diretor da ASTROMIG. Ao final do evento, o mediador e secretário nacional das categorias diferenciadas, Epitácio Antônio dos Santos, disse que a partir do seminário, será elaborada uma cartilha com orientações a respeito dos temas para os sindicatos, além de uma manifestação de apoio da NCST ao FAT e NTEP. Empresários discutem novas regras Preocupados com os possíveis reflexos do FAP nos contratos de trabalho, leia-se investimentos em segurança e prevenção de acidentes, os empresários do transporte estão dando seus pulos e discutiram o assunto em evento realizado em Belo Horizonte, na sede da SETRA-BH, no dia 25 de março. S e g u n d o i n f o r m a ç õ e s d o s i t e d o e v e n t o (http://www.eventosdantu.com.br/) o encontro teve por objetivo "capacitar as empresas associadas para as possíveis ações jurídicas e os reflexos que o FAP traz para o contrato de trabalho". Desde o ano passado, os empresários do transporte vêm discutindo as novas regras e já foram ao Ministro da Previdência reclamar da metodologia do FAP e solicitar a revisão. "Diante a relevância deste tema, em especial quanto aos impactos no custeio da Seguridade Social para as empresas, a NTU formalmente expôs todos os problemas identificados pelas suas associadas quando da prática da nova metodologia do FAP, solicitando assim sua revisão para que esta seja aplicada de maneira justa, coerente, evitando assim distorções", diz matéria veiculado no site da instituição. Isso só mostra que, se até hoje, no nosso país, os índices de acidentes de trabalho são tão alarmantes é porque os empresários nunca estiveram dispostos a investir o suficiente na prevenção tanto de acidentes quanto de doenças laborais. Por isso eles chiam quando se muda as regras do jogo. A coordenadora geral de benefícios por incapacidade do INSS, Filomena Maria Bastos Gomes, foi a responsável por apresentar os fundamentos conceituais sobre o NTEP e esclarecer os conceitos de doenças do trabalho. Com a coordenação do diretor de assuntos trabalhistas, segurança e saúde no trabalho da NCST, Luiz Antônio Festino e a mediação de Celinho do SINTTROCEL, o advogado especialista em direito público e processual, mestre em políticas públicas e gestão governamental, José Juscelino Medeiros, foi o debatedor da mesa e comentou sobre o NTEP com uma preocupação. "Houve uma melhoria com a implantação do NTEP, mas ainda existe subnotificação. Também tem a questão das categorias diferenciadas que a homologação tem de ser feita nos sindicatos preponderantes e por isso, muitas vezes não existe o NTEP relacionado a tal doença, pois a categoria tem suas particularidades, que a preponderante não tem", disse José Juscelino. Em seguida, a Alta Programada (AP) e a reabilitação profissional foram debatidas sob a coordenação do Secretário Nacional do plano dos trabalhadores na saúde, Paulo Pimentel. A advogada do sindicato dos hoteleiros de São Paulo, Adriana Sato argumentou que a AP informa o Código Internacional de Doenças (CID) do paciente para um programa de computador e a máquina é quem decide quando o trabalhador deve retornar as suas atividades laborais. "Na época em que a AP foi implantada muitos consideraram uma evolução, pois reduziria os gastos com peritos. Ela foi criada com base em um único problema de saúde que é o ortopédico e que dá para calcular o tempo de retorno (em caso de fratura), mas para os outros problemas, ela é totalmente ineficaz", afirmou Adriana. A advogada lembrou também que os peritos não são especialistas, tratam mal os pacientes e decidem quando o trabalhador deve retornar, além de não permitir a presença de acompanhantes no momento de perícia. "Existem especializações que não batem com os casos analisados pelos peritos. Logo, o INSS precisa investir em capacitação desses profissionais e promover concursos para aumentar o número de trabalhadores nesta área", afirmou Adriana. Celinho do SINTTROCEL comentou que a AP continua sendo utilizada pelo INSS e que os peritos continuam concedendo benefício de auxílio por doença da forma que eles bem entendem, sem avaliar em profundidade os relatórios de especialistas que, às vezes, acompanham o trabalhador nas empresas ou do médico do trabalho. "Tanto é que para o acidente de trabalho, ficou provado que o serviço de perícia do INSS conseguiu detectar um maior número através do NETEP e do FAP. Agora para auxílio doença, que é a Alta Programada, não alterou em nada, até porque caiu de 95 para 85% o percentual de concessões. O movimento sindical tem de continuar discutindo essa situação, para que o INSS possa ter uma estrutura médica melhor, com médicos especializados para avaliar os problemas das doenças do trabalhador e não só conceder o benefício de acordo com o código, que eles entendem ser ideal para a aplicação da AP", concluiu o Celinho do SINTTROCEL. 5

5 ASTROMIG dá conta do recado Associação realizou em 2009 várias atividades em favor dos trabalhadores rodoviários e conquistou reconhecimento nacional por sua atuação pioneira mais de 400 mil atendimentos 1244 no plano de saúde e 500 mil no PAR odontológico. Pa r a q u e t o d o s e s s e s atendimentos fossem realizados, a Associação trabalhou diuturnamente em conjunto com as operadoras dos Planos, para expandir a rede de atendimento. Atualmente os beneficiários dos planos de saúde recebem atendimentos em 20 estados e contam com 78% da rede completa, ou seja, possuem todas as especi- alidades. Aqueles que não encontraram uma determinada especialidade em sua cidade, receberam os atendimentos nas chamadas cidades pólo (cidades maiores nas proximidades da cidade onde o trabalhador reside). A Associação Gestora de B e n e f í c i o s S o c i a i s d o s Cons Trabalhadores Rodoviários de EX.S Minas Gerais (ASTROMIG) encerrou 2009 com um bom desempenho em relação às atividades desenvolvidas em prol da categoria. Exemplo disso é o destaque que a Associação conquistou nacionalmente em palestras, seminários, simpósios e na própria Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) devido ao modelo pioneiro na gestão coletiva dos benefícios dos trabalhadores. O atual modelo proporcionou à ASTROMIG uma participação de 7% no mercado mineiro de planos coletivos por adesão, totalizando mais de 200 mil vidas. Em 2009 a ASTROMIG realizou Seguro e cartão promovem segurança aos associados Na área de seguro de vida, a Associação, com a gestão de cerca de 30 mil vidas, indenizou no ano passado, R$1,3 milhão de reais em sinistros, o que beneficiou mais de 100 famílias de rodoviários. A Associação implantou ainda mais dois produtos para os rodoviários: O ASTROCARD e o Seguro Acidentes Pessoais. Este último premiou o associado Carlos Alberto Teixeira com R$1.875,00 em dezembro passado, em extração válida pela Loteria Federal e que acontece semanalmente como um bônus para os que optam pelo seguro. Outras ações da ASTROMIG que mereceram destaque em 2009, foram as visitas à rede credenciada, a organização e colaboração em eventos, parcerias com redes de apoio ao trabalhador, como a Faculdade Metropolitana de Belo Horizonte e União dos Paraplégicos de Belo Horizonte, o patrocínio de atletas, a liberação de procedimentos para não sócios, aposentados ou afastados e a promoção e organização do maior evento esportivo da categoria, a Copa Astromig de Futebol Amador = EX.E. INT. 7,8 Procedimentos p/ usuário no período BENEFICIÁRIOS Numero de Beneficiários de Plano Coletivo em Minas Gerais (ANS SET/09 x TRANSPORTE RODOVIÁRIO) ANS-MG CARTEIRA TRANSPORTE RODOVIARIO Prevenção amplia qualidade no atendimento odontológico O associado que precisou de atendimento odontológico, contou com 97% da rede completa e teve a comodidade de realizar o tratamento em 19 estados. O atendimento preventivo através do ASTRODONTO também foi ampliado e os trabalhadores puderam receber os procedimentos em seus locais de trabalho. Ao longo do ano passado, o ônibus odontológico teve a atuação de sete técnicos de higiene bucal, sete dentistas, além de um representante da ASTROMIG, que atenderam, em média, 30 pessoas por garagem. ANUNCIO 6

6 Ministério do Esporte aprova projeto da ASTROMIG A ASTROMIG conseguiu a aprovação do projeto "Transporte para um Futuro Melhor" junto ao Ministério do Esporte. A notícia foi divulgada pelo site do órgão do governo federal no último dia 10 de fevereiro e agora a Associação está apta a captar recursos, mediante doações ou patrocínios, pela Lei de Incentivo ao Esporte. A aprovação do projeto criado pela ASTROMIG fortalece ainda mais os esforços que a entidade pratica para atender a crianças, adolescentes e jovens filhos de rodoviários, através do esporte. Com o "Transporte para um Futuro Melhor", a Associação atenderá cerca de 840 crianças, adolescentes e jovens do sexo masculino, entre 07 e 17 anos, residentes em áreas de risco social de Belo Horizonte, fornecendo as condições necessárias à prática esportiva de qualidade, na modalidade futebol de campo. Para isso, será constituída uma equipe multidisciplinar de treinamento, formada por profissionais qualificados, de diversas áreas da saúde, entre eles assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e professores de educação física. Auxiliares de campo e um coordenador geral esportivo também farão parte desta equipe que desenvolverá as atividades propostas. As crianças contempladas no projeto terão material esportivo completo e receberão atendimentos sócio-assistenciais, através de palestras, dinâmicas de grupo, atendimentos individuais e às famílias, proporcionando assim atividades de inserção e reinserção social através do esporte. É válido ressaltar que todos os contemplados no projeto deverão estar obrigatoriamente matriculados e frequentes em escola pública. Proponente: Associação Gestora de Benefícios Sociais dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Título: Transporte para um Futuro Melhor Manifestação Desportiva: Desporto Educacional Cidade: Belo Horizonte - UF: MG Valor aprovado para captação: R$ ,59 Período de Captação: da data de publicação até 31/12/201 Disponível em: ASTROMIG firma parceria com nova operadora A MetLife, multinacional com sede em Nova York, será a partir de agora, a nova operadora do plano o d o n t o l ó g i c o d o s r o d o v i á r i o s associados à ASTROMIG. O encontro entre a Associação e os representantes da operadora para firmar a parceria aconteceu no dia 6 de março. Na oportunidade, o diretor financeiro da ASTROMIG, Hamilton Dias de Moura, destacou que a parceira visa a cooperação mútua e ressaltou que é dessa forma que a ASTROMIG e a MetLife têm de trabalhar. Hamilton Apresentação da nova operadora à ASTROMIG frisou a importância dos antigos parceiros e deixou claro que a Saúde Brasil irá assessorar e acompanhar a ASTROMIG na implantação da nova operadora, pois além de otimizar os benefícios aos trabalhadores, a Associação mantém seu viés político e sindical. "Quando o que está em jogo são os benefícios e direitos dos trabalhadores, é preciso muita transparência e seriedade por parte de todos", concluiu o diretor. Ao final do encontro, o Presidente da ASTROMIG, José Theodoro Guimarães da Silva agradeceu a todos e falou do crescimento que a instituição terá com estes atos de parceria e que a MetLife vem somar com os colaboradores que a Associação já possui. Conheça mais em: 7

7 ASTROMIG prossegue com o plano de apoio cultural aos sindicatos associados A direção da ASTROMIG, através de seu presidente, Jose Theodoro Guimarães da Silva, enviou um ofício a todos os sindicatos associados, solicitando informações sobre as datas comemorativas promovidas pelas entidades em suas bases, e de posse das datas, a Associação irá analisar e verificar como se dará a participação no apoio aos sindicatos nestes eventos. A FETTROMINAS e a ASTROMIG têm todo interesse em contribuir com a categoria, pois esses eventos proporcionam lazer e entretenimento para o trabalhador e para sua família. "Entendemos que o apoio às entidades filiadas é uma missão da ASTROMIG e em 2010 queremos proporcionar uma participação mais ampla", confirmou o diretor social da Associação, Celinho do SINTTROCEL. SINTTROCEL completa 50 anos - O SINTTROCEL - Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Coronel Fabriciano - completa 50 anos em 2010 e a ASTROMIG estará presente nessa comemoração. Além das festividades de comemoração do SINTTROCEL, a Associação também já definiu pela participação no já tradicional Festival de Inverno do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de BH e Região (STTRBH) que realizará sua 18ª edição promovendo a integração da família rodoviária. ASTROMIG realiza encontro com o time da Associação Encontro apresentou projetos esportivos das ASTROMIG A ASTROMIG recebeu em sua sede no dia 6 de março, os atletas que compõem a sua equipe de futebol, para uma apresentação oficial à diretoria da entidade, além de alguns projetos na área esportiva para O coordenador de esportes da entidade, Hailton Dias de Moura falou sobre a importância de estreitar o relacionamento de todos os que vestem a camisa da entidade. "É fundamental que a nossa equipe entenda que os projetos expostos visam à construção de gestores sociais do esporte", afirmou Hailton. O Diretor Financeiro, Hamilton Dias de Moura destacou a importância de se ter uma equipe em que a coletividade seja o carro chefe e expôs o projeto de fusão do time ASTROMIG ao Manchester e o convênio com o Grêmio Morro Alto. "A nossa intenção é disputar a Divisão de Futebol Amador e o campeonato de Vespasiano, para conquistar uma vaga na Copa Itatiaia", revelou Hamilton. Ele enfatizou que os projetos têm como objetivo principal, a integração social das comunidades onde vivem os rodoviários. O Diretor Social da Associação, Celinho do SINTTROCEL falou sobre o orgulho em ser um representante dos rodoviários desde 1994 e da importância de saber o que é a ASTROMIG. "É preciso conhecer esta entidade para vestir a sua camisa, pois aqui, a coletividade é o principal jogador". Ao final do encontro, o diretor social fez a entrega dos agasalhos para a equipe de futebol da ASTROMIG. 7 8 Atletas receberam uniforme para as competições

Recebi um boleto do seguro de vida que eu contratei na MetLife e detectei que o prêmio do seguro sofreu aumento e queria saber do que se trata?

Recebi um boleto do seguro de vida que eu contratei na MetLife e detectei que o prêmio do seguro sofreu aumento e queria saber do que se trata? Atualização Monetária Recebi um boleto do seguro de vida que eu contratei na MetLife e detectei que o prêmio do seguro sofreu aumento e queria saber do que se trata? Na realidade, não houve um aumento

Leia mais

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com.

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com. Outubro 2012 NATAL www.unirn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 30 anos de história no RN www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE ANS - n.º 34531-8 Palavra

Leia mais

Projeto Futuros Craques São Paulo

Projeto Futuros Craques São Paulo Projeto Futuros Craques São Paulo O Projeto Futuros Craques é considerado o carro chefe da B16 em São Paulo, a sua programação destina-se à oferecer esportes de maneira saudável para crianças da rede pública

Leia mais

Projeto Verão Para Todos

Projeto Verão Para Todos Projeto à Projeto Verão Para Todos O Verão Para Todos visa ser o maior torneio de São Paulo de esportes de praia incluindo modalidades de paradesporto. Levaremos ao litoral diversas competições em um mês

Leia mais

Seguro de Acidente de Trabalho. Seguro de Acidente de Trabalho (SAT) Mais encargos em 2010

Seguro de Acidente de Trabalho. Seguro de Acidente de Trabalho (SAT) Mais encargos em 2010 Seguro de Acidente de Trabalho (SAT) Mais encargos em 2010 Cálculo do Seguro de Acidente de Trabalho até 2009 Para 2010 Surge o FAP! "! #$% &!'( )*+,-./, Previdência divulgou que 92% das empresas serão

Leia mais

BRADESCO SAÚDE SPG 100 e EMPRESARIAL 200

BRADESCO SAÚDE SPG 100 e EMPRESARIAL 200 NOVO SPG 100 e EMPRESARIAL 200 SPG 100 Empresarial 200 NOVOS PRODUTOS, NOVAS OPORTUNIDADES. Diversas soluções, MUITAS VANTAGENS. Na busca contínua pela melhoria, a Bradesco Saúde é pioneira mais uma vez,

Leia mais

Gestão de Benefícios

Gestão de Benefícios Gestão de Benefícios 2EASY GESTÃO DE BENEFÍCIOS A 2Easy Benefícios é uma unidade de negócios da 2Easy Solutions, reconhecida pelo seu know how em Soluções para Gestão de Pessoas. A 2Easy Benefícios nasceu

Leia mais

BENEFICIOS CONCEDIDOS PELA CODEVASF. Junho / 2010

BENEFICIOS CONCEDIDOS PELA CODEVASF. Junho / 2010 Ministério da Integração Nacional - M I Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba - CODEVASF Área de Gestão Administrativa e Suporte Logístico - AA Gerência de Gestão de Pessoas

Leia mais

b) vantagens e desvantagens para o usuário que acessa Internet grátis comparadas aos serviços oferecidos pelos provedores pagos.

b) vantagens e desvantagens para o usuário que acessa Internet grátis comparadas aos serviços oferecidos pelos provedores pagos. Questão nº 1 I. Seleção de dados relevantes para o assunto em pauta, comparação, hierarquização. Devem aparecer nos textos: a) a Internet grátis desafia os provedores estabelecidos. Ressaltar as posições

Leia mais

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos L E R

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos L E R SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos L E R O QUE SÃO AS LESÕES POR ESFORÇOS REPETITIVOS LER são doenças do trabalho provocadas pelo uso inadequado e excessivo do

Leia mais

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO E AFINS DO ESTADO DA BAHIA

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO E AFINS DO ESTADO DA BAHIA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES 2014-2015 DOS EMPREGADOS DA EMPRESA ADINOR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ADITIVOS LTDA. 1ª Cláusula - REAJUSTE SALARIAL A Empresa reajustará o salário de seus empregados em 100% (cem

Leia mais

PROJETO ESCOLINHA DE FUTEBOL FORMANDO CIDADÃOS E ATLETAS PARA O FUTURO. 1 P á g i n a

PROJETO ESCOLINHA DE FUTEBOL FORMANDO CIDADÃOS E ATLETAS PARA O FUTURO. 1 P á g i n a PROJETO ESCOLINHA DE FUTEBOL FORMANDO CIDADÃOS E ATLETAS PARA O FUTURO 1 P á g i n a DESEMBARGADOR OTONI/MG 2014 ÍNDICE 1. SÍNTESE 2. JUSTIFICATIVA 3. OBJETIVOS GERAIS 4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS 5. METODOLOGIA

Leia mais

Sua empresa é CIDADÃ?

Sua empresa é CIDADÃ? Sua empresa é CIDADÃ? A Câmara de Comércio e Indústria do Estado do Rio de Janeiro (CAERJ) em uma iniciativa inédita está compilando informações corporativas de todos os segmentos: indústria, comércio

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DE SERVIÇO SOCIAL NA PREVIDÊNCIA SOCIAL O SERVIÇO SOCIAL E A SAÚDE DO TRABALHADOR: ATUAÇÃO NO BENEFÍCIO POR INCAPICIDADE

SEMINÁRIO NACIONAL DE SERVIÇO SOCIAL NA PREVIDÊNCIA SOCIAL O SERVIÇO SOCIAL E A SAÚDE DO TRABALHADOR: ATUAÇÃO NO BENEFÍCIO POR INCAPICIDADE SEMINÁRIO NACIONAL DE SERVIÇO SOCIAL NA PREVIDÊNCIA SOCIAL O SERVIÇO SOCIAL E A SAÚDE DO TRABALHADOR: ATUAÇÃO NO BENEFÍCIO POR INCAPICIDADE Ângela Maria Fenner Assistente Social do INSS Conselheira do

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) são entidades civis sem fins lucrativos criadas em 14 de setembro de 1993, pela

Leia mais

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes e inovadores trabalhos socioesportivos do Brasil?

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes e inovadores trabalhos socioesportivos do Brasil? Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes e inovadores trabalhos socioesportivos do Brasil? Conheça o Instituto Bola Pra Frente O Instituto Bola Pra Frente nasceu do

Leia mais

1.1 Segurança do trabalho

1.1 Segurança do trabalho 1.1 Segurança do trabalho A Segurança do Trabalho pode ser entendida como o conjunto de medidas adotadas, visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade

Leia mais

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO A unidade BIC Amazônia está localizada na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, onde são produzidos canetas, lápis,

Leia mais

informe COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Abril 2012 www.uniodontorn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110

informe COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Abril 2012 www.uniodontorn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 Abril 2012 NATAL www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DESTAQUES DESTA EDIÇÃO: Convenção da Uniodonto Nordeste... pág. 03 Assembleia dos cooperados reelege a atual Diretoria... pág.

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO DADOS CADASTRAIS PLANO DE TRABALHO - ENTIDADE ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE: CNPJ: ENDEREÇO: ENDEREÇO ELETRÔNICO (E-MAIL): CIDADE: UF: CEP: (DDD) FONE: CONTA CORRENTE:

Leia mais

Julho, um mês festivo

Julho, um mês festivo Nutricionista Atividade física e alimentação Alimentação e exercícios físicos equilibrados são imbatíveis quando o assunto é saúde, manutenção ou redução do peso e ganho de massa muscular. Para qualquer

Leia mais

Dr. José Carlos Steola

Dr. José Carlos Steola n t e p f a p r a t (s a t) Dr. José Carlos Steola Médico do Trabalho Coordenador do Depto de Proteção no Trabalho ( UNIMED de Araras) Médico do Trabalho da Usina Sta Lúcia Araras Médico Coordenador de

Leia mais

1º Seminário de Melhores Práticas

1º Seminário de Melhores Práticas 1º Seminário de Melhores Práticas SESI /DR/ACRE Painel 3 Educação e Saúde SESISAÚDE Programa de Saúde do Trabalhador Aparecida Ribeiro Tagliari Costa Sumário O Programa SESISAUDE foi implantado no ano

Leia mais

Previdência Social: quem tem direito à aposentadoria?

Previdência Social: quem tem direito à aposentadoria? Previdência Social: quem tem direito à aposentadoria? Quando o assunto é aposentadoria, é comum surgir à questão: como se manter financeiramente após o término da idade ativa? A Previdência Social é um

Leia mais

MEDICINA DO TRABALHO INVESTIMENTO OU DESPESA?

MEDICINA DO TRABALHO INVESTIMENTO OU DESPESA? Slide Master MEDICINA DO TRABALHO INVESTIMENTO OU DESPESA? Dr. Cláudio M. da C. Barreto Tel. (21)99588.7203 Consultor em Medicina e Segurança do Trabalho Médico do Trabalho E-mail: claudiomcbarreto@gmail.com

Leia mais

Seguro de Acidente de Trabalho. Seguro de Acidente de Trabalho (SAT) Mais encargos em 2010

Seguro de Acidente de Trabalho. Seguro de Acidente de Trabalho (SAT) Mais encargos em 2010 Seguro de Acidente de Trabalho (SAT) Mais encargos em 2010 Cálculo do Seguro de Acidente de Trabalho até 2009 Valor do Seguro = Folha de Pagamentos X Alíquota SAT SAT - Seguro de Acidente de Trabalho -

Leia mais

Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO

Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO 100 95 75 25 5 0 Introdução A Artesp tem a finalidade de regulamentar e fiscalizar todas as modalidades de serviços

Leia mais

FONTE: Ministério das Cidades, DENATRAN Departamento Nacional de Trânsito, RENAVAM Registro Nacional de Veículos Automotores - JUNHO 2009 Congestionamentos Poluição Ambiental Sonora Visual Cobrança

Leia mais

PARCERIA: PROJETO ATLETA SEGURO

PARCERIA: PROJETO ATLETA SEGURO PARCERIA: PROJETO ATLETA SEGURO A LEI PELÉ e a MP DO FUTEBOL Na Lei nº 9.615/98, artigo 45, obriga a contratação do Seguro de Vida e Acidentes Pessoais para os atletas pelos clubes, mas a lei não é respeitada

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2006 SESCOOP SINDAF/DF

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2006 SESCOOP SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2006 SESCOOP SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO, que celebram de um lado, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo SESCOOP NACIONAL - CNPJ N.º 03.087.543/0001-86,

Leia mais

PREVIDÊNCIA SIMULADO 02

PREVIDÊNCIA SIMULADO 02 PREVIDÊNCIA SIMULADO 02 Nas questões de 01 a 10, marque a alternativa correta: 01) I. Os beneficiários da previdência social subdividem se em dependentes e segurados. Já os segurados, podem ser obrigatórios

Leia mais

Edital nº 003/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

Edital nº 003/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA NACIONAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS MINISTÉRIO DA SAÚDE Comitê Gestor do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas

Leia mais

Prezado(a) cliente: Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com a Central Itau Resolve:

Prezado(a) cliente: Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com a Central Itau Resolve: Prezado(a) cliente: Para nós é importante oferecer a você o apoio necessário neste momento. E,para melhor atendêlo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários. Procedimentos para envio

Leia mais

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006 Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA Comunicação de Progresso - 2006 Quem somos: Número de funcionários: 781 Número de empresas listadas: 391 Volume financeiro diário: R$ 2,4 bilhões Market Cap: R$

Leia mais

Tranquilidade em vida. Quem precisa tem. SEGURADORA

Tranquilidade em vida. Quem precisa tem. SEGURADORA Tranquilidade em vida. Quem precisa tem. SEGURADORA Quem somos A BMG Seguradora S.A. iniciou suas atividades em outubro de 1977 sob a denominação social de CONAPP - Companhia Nacional de Seguros, quando

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS.

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA 2016 A Política de Responsabilidade Social da AngloGold Ashanti define como um de seus princípios que a presença de nossa

Leia mais

MANUAL DO ATLETA São Paulo, 2013

MANUAL DO ATLETA São Paulo, 2013 MANUAL DO ATLETA São Paulo, 2013 1 APRESENTAÇÃO O Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, também identificado pela sigla COTP, é um equipamento da Coordenadoria de Gestão do Esporte de Alto Rendimento

Leia mais

Minuta específica de reivindicações dos empregados do Banco Bradesco

Minuta específica de reivindicações dos empregados do Banco Bradesco Minuta específica de reivindicações dos empregados do Banco Bradesco 1. Emprego O Banco deverá instituir medidas que visem aumentar o número de empregados, adequando o seu quadro funcional a praça e ao

Leia mais

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar:

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar: Professor: Muitas razões para votar em Scolforo e Édila O QUE FOI FEITO! Quando um membro de sua comunidade seja professor (a), técnico (a) administrativo ou estudante - apresentar uma crítica sobre algo

Leia mais

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO DO TRABALHO. Em relação ao Regime Jurídico Único, são deveres do servidor público, EXCETO:

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO DO TRABALHO. Em relação ao Regime Jurídico Único, são deveres do servidor público, EXCETO: 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO DO TRABALHO QUESTÃO 21 Em relação ao Regime Jurídico Único, são deveres do servidor público, EXCETO: a) Observar as normas legais e regulamentares. b) Ser leal

Leia mais

A dificuldade que faz seu filho uma criança especial, o torna ainda mais especial e único para você! WWW.ANJOAZULTO.COM.BR contato@anjoazulto.com.

A dificuldade que faz seu filho uma criança especial, o torna ainda mais especial e único para você! WWW.ANJOAZULTO.COM.BR contato@anjoazulto.com. OS DIREITOS DOS INDIVÍDUOS PORTADORES DO ESPECTRO AUTISTA. A Associação Anjo Azul, por intermédio da sua presidente, Dra. Rosa Helena Ambrósio de Carvalho, apresenta uma cartilha de forma clara, prática

Leia mais

Transporte. Passageiros. Fretamento. Concurso. Motorista.

Transporte. Passageiros. Fretamento. Concurso. Motorista. Concurso Motorista Padrão. Autora: Rosa Maria Júlio Landin SINFRECAR Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Por Fretamento de Campinas e Região Rua Dr. Silva Mendes, nº. 266 Vila Industrial

Leia mais

Jornal O Norte - Página 08

Jornal O Norte - Página 08 CLIPPING - 9ªSC 07 de Junho de 2011 Jornal O Norte - Página 08 CLIPPING - 9ªSC 07 de Junho de 2011 Jornal O Norte - Página 11 CLIPPING - 9ªSC 07 de Junho de 2011 Jornal O Norte - Página 09 CLIPPING - 9ªSC

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social A Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG é uma unidade de apoio e assessoramento da Instituição, diretamente ligada ao Gabinete da Reitoria, que dentre suas

Leia mais

O ENEM de 2014 teve 15 mil candidatos idosos inscritos, o que mostra a vontade dessa população em investir em formação superior.

O ENEM de 2014 teve 15 mil candidatos idosos inscritos, o que mostra a vontade dessa população em investir em formação superior. IDOSOS O Solidariedade, ciente da importância e do aumento população idosa no País, defende o reforço das políticas que priorizam este segmento social. Neste sentido, destaca-se a luta pela consolidação

Leia mais

Fator Acidentário de Prevenção FAP

Fator Acidentário de Prevenção FAP Fator Acidentário de Prevenção FAP Nova metodologia Resolução 1308 de 27/05/09 DOU 05/06/09 e Res. 1309 de 24/06/09 Decreto 6.957-09/09/09. FIESP 14.09.09 Fundamentos Constitucionais quanto à redução de

Leia mais

Assembléia Legislativa da Paraíba

Assembléia Legislativa da Paraíba LEI Nº 10509 de 23/09/2015 - Lei Ordinária DISPÕE SOBRE A OBRIGATORIEDADE DAS EMPRESAS DE CARTÕES DE CRÉDITO EMITIR FATURAS EM BRAILE PARA OS CLIENTES COM NECESSIDADE VISUAL E DÁ OUTRAS LEI Nº 10492 de

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS

INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS Abonos de qualquer natureza Evento Descrição INSS FGTS IRRF Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença Laboral Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença

Leia mais

Cartilha. Lei de estágio 11.788/08. Cartilha de estágio 1

Cartilha. Lei de estágio 11.788/08. Cartilha de estágio 1 Cartilha Lei de estágio 11.788/08 Cartilha de estágio 1 Cartilha de estágio 2 Cartilha Nube Lei de Estágio 11.788/08 Olá! Há dez anos no mercado, o Nube, Núcleo Brasileiro de Estágios, é um agente de integração

Leia mais

Ministério da Previdência Social - MPS Gabinete do Ministro - GM Assessoria de Comunicação Social - ACS Secretaria de Previdência Social - SPS Coordenação-Geral de Legislação e Normas - CGLN Previdência

Leia mais

Conselho Municipal dos Direitos do Idoso

Conselho Municipal dos Direitos do Idoso Conselho Municipal dos Direitos do Idoso Av. Duque de Caxias, 635 Jd. Mazzei II Londrina-PR Fone: (43) 3372-4046 / Fax: (43) 3372-4547 cmdi@londrina.pr.gov.br / cmdi_londrina@yahoo.com.br 7ª CONFERÊNCIA

Leia mais

Relatório de Atividades

Relatório de Atividades Relatório de Atividades 2009 SUMÁRIO 6º ENPRESC -------------------------------------------------------------- 03 Troféu Destaque Social 2009-------------------------------------------06 Fotos do Evento----------------------------------------------------------

Leia mais

Institucional Serviços Especialidades Laboratórios Conveniados Treinamentos Clientes Localização

Institucional Serviços Especialidades Laboratórios Conveniados Treinamentos Clientes Localização 1º FORUM LISTER DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO GESTÃO DE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Antônio Sampaio Diretor Técnico INTRODUÇÃO Institucional Serviços Especialidades Laboratórios Conveniados Treinamentos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES:

CONDIÇÕES GERAIS 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES: CONDIÇÕES GERAIS 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES: É um autoprograma de saúde que possui uma rede de profissionais credenciados para indicação de serviços nas áreas de saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Leia mais

MANUAL DE VENDAS PARA CORETORES DO PRODUTO PRATA

MANUAL DE VENDAS PARA CORETORES DO PRODUTO PRATA MANUAL DE VENDAS PARA CORETORES DO PRODUTO PRATA 03 DE MARÇO DE 2015 A EMPRESA A PRIME HEALTH foi criada com o intuito de beneficiar todos os clientes que não tem um plano de saúde e pessoas que mesmo

Leia mais

Sinistro Seguros de Vida e Acidentes Pessoais. O que fazer?

Sinistro Seguros de Vida e Acidentes Pessoais. O que fazer? Sinistro Seguros de Vida e Acidentes Pessoais. O que fazer? A fim de auxiliá-lo na prestação de serviços a seus clientes (segurados/beneficiários), a Unibanco Seguros & Previdência preparou este guia para

Leia mais

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Referência Ficha Técnica Plano de comunicação Resolução n 1.025, de 30 de outubro de 29 Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Elaboração Projeto ART e Acervo Técnico - Equipe

Leia mais

2007 PRODOC BRA 05/028 MDS/PNUD

2007 PRODOC BRA 05/028 MDS/PNUD Instrumento de Solicitação de Manifestação de Interesse- Qualificação de Parceiros para a Implementação de Projetos de Inclusão Produtiva 2007 PRODOC BRA 05/028 MDS/PNUD 1. OBJETO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 81 O Ajuste Fiscal e as ONGs 08 de maio de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

SERÁ UM ORGULHO TÊ-LO EM NOSSO TIME!!!

SERÁ UM ORGULHO TÊ-LO EM NOSSO TIME!!! A MVP é uma agência de Comunicação e Marketing Esportivo que atua de forma diferenciada no mercado, gerenciando a imagem de grandes atletas do esporte nacional desde 2006, passando pelos ciclos olímpicos

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento,

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Projetos e Capacitação Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Instituto Nacional do Seguro Social Diretoria de Saúde do Trabalhador

Instituto Nacional do Seguro Social Diretoria de Saúde do Trabalhador Instituto Nacional do Seguro Social Diretoria de Saúde do Trabalhador Coordenação-Geral de Perícias Médicas Coordenação-Geral de Serviços Previdenciários e Assistenciais Saúde do Trabalhador do INSS Perícia

Leia mais

ACIDENTES DO TRABALHO. Caracterização administrativa e repercussões previdenciárias e trabalhistas. Cláudia Salles Vilela Vianna claudia@vvf.adv.

ACIDENTES DO TRABALHO. Caracterização administrativa e repercussões previdenciárias e trabalhistas. Cláudia Salles Vilela Vianna claudia@vvf.adv. ACIDENTES DO TRABALHO Caracterização administrativa e repercussões previdenciárias e trabalhistas Cláudia Salles Vilela Vianna claudia@vvf.adv.br Acidente do Trabalho Lei 8.213/91, art. 19: Ocorre pelo

Leia mais

ANS Longevidade - Custo ou Oportunidade. Modelos de Cuidados à Saúde do Idoso Rio de Janeiro/RJ 25/09/2014

ANS Longevidade - Custo ou Oportunidade. Modelos de Cuidados à Saúde do Idoso Rio de Janeiro/RJ 25/09/2014 ANS Longevidade - Custo ou Oportunidade. Modelos de Cuidados à Saúde do Idoso Rio de Janeiro/RJ 25/09/2014 Cenário 1) Nas últimas décadas, os países da América Latina e Caribe vêm enfrentando uma mudança

Leia mais

Seguro de Vida em Grupo

Seguro de Vida em Grupo Seguro de Vida em Grupo 01 Objetivo Visa garantir a continuidade econômica da família na falta do titular ou cônjuge e principalmente após a aposentadoria beneficiar o segurado em vida, nos casos de invalidez

Leia mais

Páginas: OFICINAS DE ESPORTES. Oficinas de esportes consolidam a formação de atletas em Canavieiras

Páginas: OFICINAS DE ESPORTES. Oficinas de esportes consolidam a formação de atletas em Canavieiras Páginas: 10 OFICINAS DE ESPORTES Oficinas de esportes consolidam a formação de atletas em Canavieiras A Prefeitura de Canavieiras vem incentivando a prática regular de esportes, através de diversas iniciativas

Leia mais

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo Sinog Março / 2011 Press Kit para Imprensa Sinog Sindicato Nacional das Empresas

Leia mais

Belo Horizonte, 21 de maio de 2013.

Belo Horizonte, 21 de maio de 2013. Belo Horizonte, 21 de maio de 2013. Esta empresa tem bons motivos para oferecer o PASI aos trabalhadores. Segurados, eles trabalham tranquilos e a própria empresa obtém vantagens exclusivas. As Empresas

Leia mais

Nas Ruas de BH. BIENAL ANTP de MARKETING 2.006 Categoria: Marketing Institucional. Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS

Nas Ruas de BH. BIENAL ANTP de MARKETING 2.006 Categoria: Marketing Institucional. Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS BIENAL ANTP de MARKETING 2.006 Categoria: Marketing Institucional Nas Ruas de BH Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS Responsável pela Experiência: Rodrigo César Magalhães Silva

Leia mais

Edital nº 001/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

Edital nº 001/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA NACIONAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS MINISTÉRIO DA SAÚDE Comitê Gestor do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras drogas

Leia mais

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES SEGURADO: Pessoa Jurídica organizadora, participante ou patrocinadora de um evento, feira ou exposição. LIMITE: São

Leia mais

A Qualidade de Vida no trabalho do servidor público da administração estadual e o papel do gerente de recursos humanos. Mário Augusto Porto

A Qualidade de Vida no trabalho do servidor público da administração estadual e o papel do gerente de recursos humanos. Mário Augusto Porto A Qualidade de Vida no trabalho do servidor público da administração estadual e o papel do gerente de recursos humanos. Mário Augusto Porto O objetivo deste artigo é o de sensibilizar o gerente de recursos

Leia mais

Sinistro de Morte Natural do Segurado Titular

Sinistro de Morte Natural do Segurado Titular Sinistro de Morte Natural do Segurado Titular Os documentos desta lista marcados com (*) não se aplicam a seguros individuais ou contratados pelo próprio segurado titular, mas somente a seguros corporativos,

Leia mais

I Fórum Políticas Públicas do Idoso"

I Fórum Políticas Públicas do Idoso I Fórum Políticas Públicas do Idoso" O idoso no mundo Em 2050, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 30% da população mundial será de idosos; 2 bilhões dos habitantes do planeta terão mais de

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2001 IEL/DF - INSTITUTO EUVALDO LODI SINDAF/DF

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2001 IEL/DF - INSTITUTO EUVALDO LODI SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2001 IEL/DF - INSTITUTO EUVALDO LODI SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO QUE ENTRE SI, CELEBRAM O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DE FORMAÇÃO

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências

INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências Evento Descrição INSS FGTS IRRF Abonos de qualquer natureza Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença Laboral Acidente de Trabalho -

Leia mais

NR 17 - ERGONOMIA. Portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07

NR 17 - ERGONOMIA. Portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07 NR 17 - ERGONOMIA Portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07 Esta Norma Regulamentadora visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas

Leia mais

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE EDUCACAO INFANTIL INCLUSIVA EM CURITIBA VEJA COMO SUA EMPRESA PODE TRANSFORMAR ESTA IDEIA EM REALIDADE { Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura

Leia mais

O Programa Transporte Consciente busca a conscientização de empresas e sociedade em relação à segurança no trânsito.

O Programa Transporte Consciente busca a conscientização de empresas e sociedade em relação à segurança no trânsito. MANUAL PROJETO TRANSPORTE CONSCIENTE O que é o Programa O Programa Transporte Consciente busca a conscientização de empresas e sociedade em relação à segurança no trânsito. Sua Missão Desenvolver nas empresas

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ABERTURA DE SINISTRO INCAPACIDADE FISICA TOTAL E TEMPORÁRIA POR ACIDENTE

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ABERTURA DE SINISTRO INCAPACIDADE FISICA TOTAL E TEMPORÁRIA POR ACIDENTE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ABERTURA DE SINISTRO INCAPACIDADE FISICA TOTAL E TEMPORÁRIA POR ACIDENTE Prezado (a) cliente: Para nós é importante oferecer a você o apoio necessário neste momento. Para abertura

Leia mais

8.1 Políticas de Gestão de Pessoal 8.1.1 Organização e Gestão de Pessoas 8.1.2 Corpo Docente 8.1.3 Requisitos de Titulação 8.1.4 Critérios de Seleção

8.1 Políticas de Gestão de Pessoal 8.1.1 Organização e Gestão de Pessoas 8.1.2 Corpo Docente 8.1.3 Requisitos de Titulação 8.1.4 Critérios de Seleção 8.1 Políticas de Gestão de Pessoal 8.1.1 Organização e Gestão de Pessoas 8.1.2 Corpo Docente 8.1.3 Requisitos de Titulação 8.1.4 Critérios de Seleção e Contratação 8.1.5 Plano de Carreira e Regime de Trabalho

Leia mais

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes trabalhos sociais do Brasil?

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes trabalhos sociais do Brasil? Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes trabalhos sociais do Brasil? Conheça o Instituto Bola Pra Frente O Instituto Bola Pra Frente, iniciativa do tetracampeão mundial

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

31 de julho de 2014. Gerente da Coordenação de Educação da Fundacentro

31 de julho de 2014. Gerente da Coordenação de Educação da Fundacentro 31 de julho de 2014 Gerente da Coordenação de Educação da Fundacentro Decreto Nº 7.602, de 7 de Novembro De 2011 Objetivos I - A Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho PNSST tem por objetivos

Leia mais

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel 1ª edição Abril de 2011 Nesta edição: Palavra da Presidente Casa Abrigo Betel uma historia de lutas e vitorias. O Serviço Social e a Educação 1 2 3 Palavra da Presidente

Leia mais

PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO

PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO PROTEÇÃO ITAÚ MICROCRÉDITO Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga Inovação em seguros edição 2012 CONTEÚDO 1 Introdução... 2 2 Objetivo... 3 3 Desenvolvimento do trabalho... 4 Parceria entre as duas áreas

Leia mais

Quando uma questão é específica procure um especialista.

Quando uma questão é específica procure um especialista. Quando uma questão é específica procure um especialista. Sou Consultor Especialista no Ramo Financeiro formado na Àrea de Contabilidade e Credenciado junto à Superintendência de Seguros Privados, com registro

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo Sinog Dezembro/ 2011 Press Kit para Imprensa Sinog Sindicato Nacional das Empresas

Leia mais

Chat com a Dra. Andrea Dia 09 de outubro de 2014

Chat com a Dra. Andrea Dia 09 de outubro de 2014 Chat com a Dra. Andrea Dia 09 de outubro de 2014 Tema: Direitos do Paciente Total atingido de pessoas na sala: 28 usuários Limite permitido na sala: 40 usuários Duração: 1h30 (17h às 18h30) Perguntas respondidas:

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017 INTRODUÇÃO O Plano de Ação do Sindicato-Apase adota como referencial de elaboração as Teses aprovadas no XI Fórum Sindical/2015, referendadas na Assembleia Geral Extraordinária Deliberativa de 11/12/2015.

Leia mais

Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito ( ONU ) Semana Nacional de Trânsito 2012 ( Denatran ) e Dia Mundial Sem Carro

Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito ( ONU ) Semana Nacional de Trânsito 2012 ( Denatran ) e Dia Mundial Sem Carro 1 Em apoio às campanhas Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito ( ONU ) Semana Nacional de Trânsito 2012 ( Denatran ) e Dia Mundial Sem Carro A Universidade Federal de Santa Catarina e a Rede

Leia mais

Segurança e Saúde do Trabalhador PROJETO INTEGRADO DE REABILITAÇÃO PROFISSIONAL CENTRO DE REABILITAÇÃO - SESI SANTO ANDRÉ

Segurança e Saúde do Trabalhador PROJETO INTEGRADO DE REABILITAÇÃO PROFISSIONAL CENTRO DE REABILITAÇÃO - SESI SANTO ANDRÉ Segurança e Saúde do Trabalhador PROJETO INTEGRADO DE REABILITAÇÃO PROFISSIONAL CENTRO DE REABILITAÇÃO - SESI SANTO ANDRÉ Eduardo Arantes Gerente Executivo de Qualidade de Vida 08/05/2014 CASO CLÍNICO:

Leia mais

SELO TRÂNSITO SEGURO REGULAMENTO E FORMULÁRIO

SELO TRÂNSITO SEGURO REGULAMENTO E FORMULÁRIO 2010 SELO TRÂNSITO SEGURO REGULAMENTO E FORMULÁRIO APRESENTAÇÃO O aumento da mortalidade e da morbidade de acidentes envolvendo motocicletas representa um desafio para a missão de garantir segurança para

Leia mais

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos!

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! 2013 é um ano significativo para o Instituto Embraer: estamos comemorando 10 anos do Programa Parceria Social! Ao longo desses anos o Instituto Embraer pôde,

Leia mais

Representação do Governo INSS Márcio Cunha INSS Pitágoras Tadeu Miranda de Almeida Titular INSS Maria dos Anjos Silva Souza Titular

Representação do Governo INSS Márcio Cunha INSS Pitágoras Tadeu Miranda de Almeida Titular INSS Maria dos Anjos Silva Souza Titular ATA DA NONA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DE BELO HORIZONTE DATA: 17 de dezembro de 2004. LOCAL: Superintendência do INSS em Minas Gerais I PRESENÇAS Representação do Governo INSS

Leia mais

A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA

A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA 1 A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA O handebol é praticado em Indaiatuba há 20 anos. Nos primeiros anos sem um forte trabalho de base, os times foram montados com atletas migrados de outros esportes

Leia mais

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo:

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo: Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade Entrevista cedida à FGR em Revista por Gustavo de Faria Dias Corrêa, Secretário de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais. FGR: A Secretaria

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN INSS/DC Nº 118, de 14042005

INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN INSS/DC Nº 118, de 14042005 INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN INSS/DC Nº 118, de 14042005 Art.365. Serão encaminhados para o Programa de Reabilitação Profissional, por ordem de prioridade: I o beneficiário em gozo de auxílio-doença, acidentário

Leia mais