IHC E JOGOS DE COMPUTADOR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IHC E JOGOS DE COMPUTADOR"

Transcrição

1 IHC E JOGOS DE COMPUTADOR

2 Sumário Motivação Jogos de Computador Jogo X Software IHC Aplicada a Jogos Ergonomia Usabilidade Acessibilidade A Interface de um Jogo A Interface Gráfica Metáforas de Interface Alguns Princípios de Design Gráfico A Interface Sonora A Interface dos Dispositivos de Entrada Algumas Observações IHC e Jogos Casuais Considerações Finais Referências Bibliográficas Outras Referências Contato

3 Motivação Por que estudar IHC em jogos????

4 Motivação O que é um jogo de computador? Quais as diferenças entre um jogo e outros tipos de software? Como IHC pode beneficiar os jogos?

5 Jogos de Computador Segundo Chris Crawford (1997) Sistema com a finalidade de entretenimento que se utilize de um computador como ferramenta para processamento e encerre os quatro elementos primordiais do jogo: representação, interação, conflito e segurança.

6 Jogo X Software Jogos devem entreter! Se um jogo não agradar, o usuário simplesmente jogará outro.

7 Microsoft Excel

8 The Sims

9 IHC Aplicada a Jogos Segundo BAECKER & BUXTON Grupo de processos, diálogos e ações através do qual um usuário humano emprega e interage com um computador; O objetivo dos desenvolvedores de um jogo é que a capacidade de interação de um usuário com o seu jogo seja sempre maximizada!

10 IHC Aplicada a Jogos Alguns Conceitos Fundamentais Ergonomia; Usabilidade; Acessibilidade.

11 Ergonomia Disciplina que trata da adaptação das tarefas ao homem, garantindo assim que o usuário desempenhe suas atividades sem prejuízos à saúde No caso de jogos, garante a satisfação por meio do uso do mesmo.

12 Ergonomia Princípios Visibilidade; Affordance; Feedback.

13 Ergonomia Como fazer a movimentação de um avião em... Flight Simulator X Impacto Alpha

14 Usabilidade Quanto mais usável um software, melhor a interação entre o usuário e o sistema e menor será o esforço do usuário para utilizá-lo; Quanto melhor for a curva de aprendizado em um jogo, mais usável ele será ao longo do tempo em que for jogado.

15 Acessibilidade Todos têm o direito de jogar! Quanto maior o mercado, melhor; Muitas pesquisas já estão sendo feitas: Adobe; International Game Developer Association; SBGames.

16 Sumário Motivação Jogos de Computador Jogo X Software IHC Aplicada a Jogos Ergonomia Usabilidade Acessibilidade A Interface de um Jogo A Interface Gráfica Metáforas de Interface Alguns Princípios de Design Gráfico A Interface Sonora A Interface dos Dispositivos de Entrada Algumas Observações IHC e Jogos Casuais Considerações Finais Referências Bibliográficas Outras Referências Contato

17 A Interface de um Jogo Esquema de funcionamento de um jogo

18 A Interface de um Jogo Qual deve ser o papel da interface em um jogo? Como devem se portar os diversos elementos da interface Menus; Metáforas; Informações numéricas e estatísticas.

19 A Interface Gráfica Como devem se portar os diversos elementos da interface gráfica Menus; Metáforas; Informações numéricas e estatísticas; Como aplicar princípios de design?

20 A Interface Gráfica de Outlive

21 Áreas mais utilizadas para interfaceamento gráfico

22 Áreas utilizadas para interfaceamento gráfico em Outlive

23 Outlive Starcraft A Interface Gráfica Warcraft 3 Ground Control 2

24 Metáforas de Interface As metáforas funcionam como modelos naturais, nos permitindo usar conhecimento familiar de objetos concretos; O objetivo da metáfora na interface do jogo computacional é, portanto, prover o usuário com um modelo de um sistema subjacente.

25 Metáfora de uma conversa em The Sims

26 Total Annihilation Alguns Princípios de Design Gráfico Proximidade

27 Total Annihilation Alguns Princípios de Design Gráfico Alinhamento

28 Alguns Princípios de Design Gráfico Repetição Tartarugas

29 Alguns Princípios de Design Gráfico Contraste Mercadão dos Jogadores

30 A Interface Sonora Qual o papel da interface sonora... Na maioria dos jogos; Em jogos para deficientes Visuais; Mentais.

31 A Interface Sonora Que informações podem ser providas por meio dessa interface? Quando há muitas informações sonoras ao mesmo tempo, como proceder?

32 Sumário Motivação Jogos de Computador Jogo X Software IHC Aplicada a Jogos Ergonomia Usabilidade Acessibilidade A Interface de um Jogo A Interface Gráfica Metáforas de Interface Alguns Princípios de Design Gráfico A Interface Sonora A Interface dos Dispositivos de Entrada Algumas Observações IHC e Jogos Casuais Considerações Finais Referências Bibliográficas Outras Referências Contato

33 A Interface dos Dispositivos de Entrada Qual o papel dos mecanismos de entrada de dados na interação com o jogador? Aplicação de conceitos ergonômicos: Teclado; Mouse; Joystick; Outros dispositivos.

34 A Interface dos Dispositivos de Entrada Possibilidade do usuário configurar as teclas Maior liberdade e grau de ergonomia;

35 Algumas Observações Usuários não lêem... E jogadores? Interface bem simples, com boas metáforas; Introdução de uma missão-tutorial; Usuários não usam o mouse... E jogadores? Disponibilidade de atalhos é aconselhável.

36 IHC e Jogos Casuais Quem é o jogador casual? Web Games + Mobile Games + Outros jogos mais simples; Porque IHC é tão importante para os jogos casuais?

37 Circuito Mineiro de Maratonas Áquaticas 2006

38 Força Andrômeda Operação Tempestade

39 Considerações Finais Jogos cada vez mais complexos Novos problemas de IHC a serem resolvidos! IHC em Jogos possui um papel muito importante Ser humano Computador Novas formas de interação estão surgindo Uso de microfones e câmeras

40 Referências Bibliográficas CRAWFORD, Chris. The Art of Computer Game Design; LUZ, Mairlo H. G. C. da, Desenvolvimento de Jogos de Computador; SCHNEIDER, Henrique N., Notas de Aula; WILLIAMS, Robin, Design para quem não é designer noções básicas de planejamento visual, Callis Editora, 1994.

INTERAÇÃO HOMEM COMPUTADOR. Professora Marcia Pereira Sistemas de Informação

INTERAÇÃO HOMEM COMPUTADOR. Professora Marcia Pereira Sistemas de Informação INTERAÇÃO HOMEM COMPUTADOR Professora Marcia Pereira marciapsm@gmail.com Sistemas de Informação Conteúdo Ementa Metodologia Avaliação Introdução Participação Pré-Atividade Faça uma pesquisa sobre as interfaces

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE

ENGENHARIA DE USABILIDADE ENGENHARIA DE USABILIDADE Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 O que você entende por Tecnologia Assistiva no âmbito de IHC? Cite exemplos. Questão 1 Resposta O que você entende

Leia mais

Ergonomia e Usabilidade

Ergonomia e Usabilidade Ergonomia e Usabilidade Professor: José Durval Pacheco durval.pacheco@ifrn.edu.br Usabilidade - Definição Usabilidade é a capacidade de um produto ser usado por usuários específicos para atingir objetivos

Leia mais

IHC Interação Humano-Computador. Silvério Sirotheau

IHC Interação Humano-Computador. Silvério Sirotheau IHC Interação Humano-Computador Silvério Sirotheau ssirotheau@gmail.com CONCEITOS BÁSICOS Nesta aula iremos identificar os elementos envolvidos na interação usuário-sistema e descrever critérios de qualidades

Leia mais

Design da comunicação de IHC

Design da comunicação de IHC Design da comunicação de IHC ERBASE EPOCA 2009 2010 Design da comunicação sobre IHC Preciso comunicar ao usuário o que ele pode fazer e como ele pode interagir Contexto social e organizacional Estratégias

Leia mais

CI751 Interação Humano-Computador

CI751 Interação Humano-Computador CI751 Interação Humano-Computador Interação Humano-Computador (IHC) Avaliação: usabilidade, acessibilidade... Roberto Pereira rpereira@inf.ufpr.br Artigo Revisão de Literatura 1. Ver descrição do trabalho

Leia mais

Introdução a Ergonomia e Usabilidade

Introdução a Ergonomia e Usabilidade Introdução a Ergonomia e Usabilidade Projeto de Interface Homem- Máquina Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima Aula 1 Agenda Apresentação Definições Gerais Importância Usabilidade e Ergonomia Engenharia da

Leia mais

Interação Humano Computador e o Desenvolvimento de Interações Alternativas

Interação Humano Computador e o Desenvolvimento de Interações Alternativas Interação Humano Computador e o Desenvolvimento de Interações Alternativas Daniela G. Trevisan Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Sumario l O que é IHC l TICs l Usabilidade em IHC

Leia mais

Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares

Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares GQS - Grupo de Qualidade de Software INCoD - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Convergência Digital Juliane Vargas Nunes Thaísa Cardoso

Leia mais

Objetivo do Curso. Introdução à Interação Humano-Computador. Professora: Raquel Oliveira Prates

Objetivo do Curso. Introdução à Interação Humano-Computador. Professora: Raquel Oliveira Prates Introdução à Interação Humano-Computador Professora: Raquel Oliveira Prates http://www.dcc.ufmg.br/~rprates/ihc \ Aula 1: 14/05 1 Objetivo do Curso Apresentação dos conceitos básicos da área de Interação

Leia mais

Ergonomia e Usabilidade

Ergonomia e Usabilidade Ergonomia e Usabilidade Conhecimentos, Métodos e Aplicações 2 a edição Walter Cybis Adriana Holtz Betiol Richard Faust Novatec Sumário Sobre os autores...13 Introdução...14 Interface com o usuário... 16

Leia mais

Lista de Exercícios AV2 01

Lista de Exercícios AV2 01 ENGENHARIA DE USABILIDADE E INTERFACE Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 O que você entende por Tecnologia Assistiva no âmbito de IHC? Cite exemplos. Questão 1 Resposta O que

Leia mais

Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares

Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares GQS - Grupo de Qualidade de Software INCoD - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Convergência Digital Thaísa Cardoso Lacerda Convergência

Leia mais

Interação Humano-Computador Introdução PROFESSORA CINTIA CAETANO

Interação Humano-Computador Introdução PROFESSORA CINTIA CAETANO Interação Humano-Computador Introdução PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução Interface Área de fronteira entre dois espaços físicos ou lógicos. IHC Parte de um sistema computacional com a qual um agente

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE. Aula 08 - Técnicas para avaliação de interfaces

ENGENHARIA DE USABILIDADE. Aula 08 - Técnicas para avaliação de interfaces Aula 08 - Técnicas para avaliação de interfaces Na aula anterior... Técnicas para modelagem de requisitos The Bridge 1: Expressar os requisitos dos usuários como fluxos de tarefas. 2: Mapear os fluxos

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Professor: Jailson Torquato Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Sistema Computacional = hardware + software Software: Programas do sistema: gerenciam a operação do computador

Leia mais

Interação Humano-Computador

Interação Humano-Computador Interação Humano-Computador Avaliação Preditiva Danielle Freitas 2015.1 http://docente.ifrn.edu.br/daniellefreitas Agenda Tipos de avaliação Modelos preditivos GOMS KLM Características e vantagens Avaliação

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE Unidade I Conceituação. Luiz Leão

ENGENHARIA DE USABILIDADE Unidade I Conceituação. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Introdução 1.1 Ergonomia 1.1.1 Ergonomia física e cognitiva 1.2 Usabilidade e Engenharia de Usabilidade 1.3 Interação Humano-Computador. Unidade II

Leia mais

INTERAÇÃO HUMANO- COMPUTADOR

INTERAÇÃO HUMANO- COMPUTADOR INTERAÇÃO HUMANO- COMPUTADOR Aula - 1 Prof. Eduardo Plano Aula 1 Apresentação da Disciplina Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Motivação Histórico... A Disciplina de IHC Ementa Conceitos fundamentais

Leia mais

Requisitos de Interfaces para Sistemas Críticos

Requisitos de Interfaces para Sistemas Críticos Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre - RS - BRASIL Requisitos de Interfaces para Sistemas Críticos Carla Wandscheer Krieger Langsch Mirella Moura Moro Silvia

Leia mais

Bruno Ribeiro da Silva. A adaptação de um sistema operacional para a execução em uma diferente arquitetura

Bruno Ribeiro da Silva. A adaptação de um sistema operacional para a execução em uma diferente arquitetura Bruno Ribeiro da Silva A adaptação de um sistema operacional para a execução em uma diferente arquitetura Universidade Federal de Santa Catarina Florianópolis, Fevereiro de 2007 1 Bruno Ribeiro da Silva

Leia mais

Desenvolvimento de Jogos 3D com o Blender

Desenvolvimento de Jogos 3D com o Blender Desenvolvimento de Jogos 3D com o Blender Por Marcos Romero Outubro / 2008 www.blender.org Big Buck Bunny O Blender já conquistou seu espaço na área de animações em 3D. Projetos como Elephant Dreams e

Leia mais

José Alexandre Ducatti. introdução Usabilidade

José Alexandre Ducatti. introdução Usabilidade José Alexandre Ducatti introdução Usabilidade A usabilidade é definida como a capacidade que um sistema interativo oferece a seu usuário, em um determinado contexto de operação, para a realização de tarefas,

Leia mais

Conceitos Básicos. Aula 02 14/08/2013. INF1403 Introdução a IHC. Profa. Luciana Salgado

Conceitos Básicos. Aula 02 14/08/2013. INF1403 Introdução a IHC. Profa. Luciana Salgado 1 Conceitos Básicos Aula 02 14/08/2013 2 Objetivos da Aula Computação & Informática Tecnologias de Informação e Comunicação 3 Computação & Informática (1/2) Informática Alguns vêem no termo uma ênfase

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: INTERFACE HOMEM COMPUTADOR (IHC) Aula N

Leia mais

Ergonomia e Usabilidade

Ergonomia e Usabilidade Ergonomia e Usabilidade Professor: José Durval Pacheco durval.pacheco@ifrn.edu.br O avanço tecnológico vem há anos ampliando as possibilidades de desenvolvimento de jogos digitais. Um dos marcos desse

Leia mais

A Importância da Acessibilidade e Usabilidade na Web como Ferramentas de Auxílio ao Usuário

A Importância da Acessibilidade e Usabilidade na Web como Ferramentas de Auxílio ao Usuário A Importância da Acessibilidade e Usabilidade na Web como Ferramentas de Auxílio ao Usuário Bruna Estefani da Mata 1, Claudete Werner 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil brunaleh28@gmail.com,

Leia mais

Introdução à Engenharia ENG1000

Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Aula 03 Game Design Document 2016.1 Prof. Augusto Baffa Game Design Document Um Game Design Document (GDD) é um documento que descreve todos aspectos

Leia mais

Componentes de SIs. Pessoas Organiz. Tecnologia

Componentes de SIs. Pessoas Organiz. Tecnologia Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 03 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Computação Gráfica. Introdução: Histórico e Conceito. Prof. Márcio Bueno {cgtarde,

Computação Gráfica. Introdução: Histórico e Conceito. Prof. Márcio Bueno {cgtarde, Introdução: Histórico e Conceito Prof. Márcio Bueno {cgtarde, cgnoite}@marciobueno.com Introdução Uma imagem diz mais do que mil palavras! 2/29 3/29 Introdução A imagem é importante e valorizada O ser

Leia mais

AVALIAÇÃO DE INTERFACES

AVALIAÇÃO DE INTERFACES Conceitos do Livro: Interação Humano - Computador Simone D. J. Barbosa/Bruno Santana da Silva Orienta o avaliador: Introdução Fazer julgamento sobre a qualidade de uso Identificar problemas do usuário

Leia mais

Design de sites web e software

Design de sites web e software Design de sites web e software para jornalismo digital Apontamentos do Livro Notícias e Mobilidade de João Canavilhas Introdução Explosão Mobile e Web na última década; Novas práticas de consumo e produção

Leia mais

Aula 1 O Que é IHC. Prof. Mayk Choji. Interface Homem-Máquina. UniSALESIANO Araçatuba

Aula 1 O Que é IHC. Prof. Mayk Choji. Interface Homem-Máquina. UniSALESIANO Araçatuba Aula 1 O Que é IHC Interface Homem-Máquina Prof. Mayk Choji UniSALESIANO Araçatuba 18 de agosto de 2016 Sumário 1. Introdução 2. Design e Avaliação de IHC 3. Interface Humano-Computador 4. Interação Humano-Computador

Leia mais

3 a edição. Walter Cybis Adriana Holtz Betiol Richard Faust. Novatec

3 a edição. Walter Cybis Adriana Holtz Betiol Richard Faust. Novatec 3 a edição Walter Cybis Adriana Holtz Betiol Richard Faust Novatec Copyright 2007, 2010, 2015 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Introdução ao Game Design (GD01)

Introdução ao Game Design (GD01) Introdução ao Game Design (GD01) Instrutor: Christiano Lima Santos Atualizado em: 19 de junho de 2009 Descrição do Curso O curso de Introdução ao Game Design possui como missão instruir estudantes e desenvolvedores

Leia mais

INSTALAÇÃO. Nota: Ao instalar o produto, serão instalados automaticamente o jogo Rollercoaster Tycoon 3 e suas expansões SOAKED e WILD.

INSTALAÇÃO. Nota: Ao instalar o produto, serão instalados automaticamente o jogo Rollercoaster Tycoon 3 e suas expansões SOAKED e WILD. INSTALAÇÃO Nota: Ao instalar o produto, serão instalados automaticamente o jogo Rollercoaster Tycoon 3 e suas expansões SOAKED e WILD. Para instalar o pacote RollerCoaster Tycoon 3 Deluxe Edition, insira

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE

ENGENHARIA DE USABILIDADE ENGENHARIA DE USABILIDADE Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 Quais os objetivos da IHC? Questão 1 Resposta Quais os objetivos da IHC? - Socialização da informação; - Aumentar

Leia mais

O QUE É E POR QUE ESTUDAR IHC?

O QUE É E POR QUE ESTUDAR IHC? O QUE É E POR QUE ESTUDAR IHC? É o conjunto de processos, diálogos, e ações através dos quais o usuário humano interage com um computador. "A interação homem-computador é uma disciplina que diz respeito

Leia mais

Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares

Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares Customização de Heurísticas de Usabilidade para Celulares GQS - Grupo de Qualidade de Software INCoD - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Convergência Digital Thaísa Cardoso Lacerda Juliane

Leia mais

Laboratório de Programação com Games. Conteúdo: Professor: - Conceitos de programação com Python. Instituto de Computação - UFF

Laboratório de Programação com Games. Conteúdo: Professor: - Conceitos de programação com Python. Instituto de Computação - UFF Laboratório de Programação com Games Professor: Anselmo Montenegro www.ic.uff.br/~anselmo Conteúdo: - Conceitos de programação com Python 1 Roteiro O que é a biblioteca PPlay Instalação da biblioteca PPlay

Leia mais

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES

Conceitos Básicos INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES FACULDADE DOS GUARARAPES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO E SUAS APLICAÇÕES Conceitos Básicos Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com romulocesar@faculdadeguararapes.edu.br www.romulocesar.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

GUTS-RS & GUIX. Teste de Usabilidade e Acessibilidade para melhorar a experiência do usuário Juliana Damasio

GUTS-RS & GUIX. Teste de Usabilidade e Acessibilidade para melhorar a experiência do usuário Juliana Damasio GUTS-RS & GUIX Teste de Usabilidade e Acessibilidade para melhorar a experiência do usuário Juliana Damasio Quem sou eu? Formada em Sistemas de Informação. Mestranda no programa de pós-graduação em Ciência

Leia mais

Princípios de Design. Princípios de Design. Motivação. A psicologia das ações humanas. Os estados da ação. Princípios de design de produtos

Princípios de Design. Princípios de Design. Motivação. A psicologia das ações humanas. Os estados da ação. Princípios de design de produtos Princípios de Design Engenharia de Usabilidade Prof.: Clarindo Isaías Pereira da Silva e Pádua Synergia / Gestus Princípios de Design Departamento de Ciência da Computação - UFMG Clarindo Pádua 2 Princípios

Leia mais

Interface Homem- Computador 3 aula

Interface Homem- Computador 3 aula Interface Homem- Computador 3 aula Esp. Suzana de Morais Santos Silva Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul Campus Corumbá Psicologia, etnograia e semiótica Lei de Hick-Hyman

Leia mais

Conteúdo de Formação

Conteúdo de Formação Windows + Word 2003 + Excel + PowerPoint 2003 Objetivos Gerais Este curso pretende dotar os participantes dos conhecimentos e competências que lhes permitam de forma eficaz manusear grandes volumes de

Leia mais

Método de prototipação em papel Comparativo dos métodos de avaliação

Método de prototipação em papel Comparativo dos métodos de avaliação Interface Homem/Máquina Aula 25 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-00.184 Roteiro da Aula de

Leia mais

Programação de Computadores I - PRG1 Engenharia Elétrica

Programação de Computadores I - PRG1 Engenharia Elétrica Programação de Computadores I - PRG1 Engenharia Elétrica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 03 - Conceitos: Hardware, Software, Sistema Operacional Roteiro

Leia mais

Microsoft Faculty Connection

Microsoft Faculty Connection Microsoft Faculty Connection Plataforma de Jogos como Ferramenta Multidisciplinar Prof. Dr. LucianoAntonio Digiampietri EACH-USP Roteiro Introdução Objetivos Detalhamentodo Projeto Conclusões Introdução

Leia mais

APLICAÇÕES PARA WEB PRÍNCIPIOS DA IHM. Trabalho feito por: Carolina Maróstica Izabela Diniz Larissa Mendes Sabrina Marinho Yagho Baldansi

APLICAÇÕES PARA WEB PRÍNCIPIOS DA IHM. Trabalho feito por: Carolina Maróstica Izabela Diniz Larissa Mendes Sabrina Marinho Yagho Baldansi APLICAÇÕES PARA WEB PRÍNCIPIOS DA IHM Trabalho feito por: Carolina Maróstica Izabela Diniz Larissa Mendes Sabrina Marinho Yagho Baldansi Varginha, 26 de fevereiro de 2016. Trabalho entregue ao professor

Leia mais

Vocal: Assistente para o uso de smartphones operado por voz

Vocal: Assistente para o uso de smartphones operado por voz Departamento de Sistemas e Computação FURB Curso de Ciência da Computação Trabalho de Conclusão de Curso 2016/1 Vocal: Assistente para o uso de smartphones operado por voz Acadêmico: Eli Tonny de Souza

Leia mais

Modelos de Interação

Modelos de Interação Disciplina: Projeto de Interface Homem-Computador Aluno: Gustavo Alexandre Professora: Ana Cristina Bicharra Modelos de Interação 1. Introdução Existem diversas formas com as quais o usuário pode interagir

Leia mais

Design de Interação. O principal objetivo sempre é proporcionar a máxima interatividade do produto.

Design de Interação. O principal objetivo sempre é proporcionar a máxima interatividade do produto. Design de Interação Design de interação é uma área do design especializada no projeto de artefatos interativos, como websites, PDAs, jogos eletrônicos e softwares. O foco do Design de Interação são as

Leia mais

Informática básica. Professor: Francisco Ary

Informática básica. Professor: Francisco Ary Informática básica Professor: Francisco Ary O que vimos na ultima aula: O que é informática? O que é um computador? Evolução; Computadores eletrônicos: Válvulas; Transistor; Circuito integrado;e Microprocessador;

Leia mais

Metodologia de Estruturação e Uniformização do Leiaute dos Cursos da Escola Virtual da Escola Nacional de Administração Pública

Metodologia de Estruturação e Uniformização do Leiaute dos Cursos da Escola Virtual da Escola Nacional de Administração Pública Metodologia de Estruturação e Uniformização do Leiaute dos Cursos da Escola Virtual da Escola Nacional de Administração Pública Olívia P. Paranayba, Fabrícia K. A. R. da Silva, João Paulo C. L. da Costa,

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: 1. Considere as afirmações a seguir:

Leia mais

Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle

Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle 14 de agosto a 15 de outubro de 2006 Objetivo Geral Os participantes terão uma visão

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Sorocaba Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Faculdade de Tecnologia de Sorocaba Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Faculdade de Tecnologia de Sorocaba Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas INTERAÇÃO HUMANO COMPUTADOR: INTERFACES ATIVIDADE 2 Prof.º Disciplina: Interação Humano Computador Sorocaba Março

Leia mais

Sistema de webconferência Mconf. Sessão 3

Sistema de webconferência Mconf. Sessão 3 Sistema de webconferência Mconf Sessão 3 App Mconf-Mobile Disponível no Google Play (só buscar por Mconf) Acesso ao Mconf Através do navegador! A tela inicial do app dá acesso ao portal público mconf.org

Leia mais

-Periféricos -Dispositivos de Entrada/Saída - Unidade de medida. Gustavo Catarino da Costa Wilson Coelho Neto Paulo Wesley Fogaça

-Periféricos -Dispositivos de Entrada/Saída - Unidade de medida. Gustavo Catarino da Costa Wilson Coelho Neto Paulo Wesley Fogaça -Periféricos -Dispositivos de Entrada/Saída - Unidade de medida Gustavo Catarino da Costa Wilson Coelho Neto Paulo Wesley Fogaça O que é o Computador? Máquina composta de partes eletrônicas e eletromecânicas

Leia mais

Usabilidade Trabalhando com uma Hierarquia de Metas 1 de 2

Usabilidade Trabalhando com uma Hierarquia de Metas 1 de 2 INF0 Introdução a IHC Usabilidade Trabalhando com uma Hierarquia de Metas de 7/0/0 www.inf.puc-rio.br/~inf0 SERG 0 INF0 Introdução a IHC Roteiro da Aula Discussão de... Ficha de auto estudo/aprendizado

Leia mais

Construção de um software para interação com computadores utilizando processamento de imagens

Construção de um software para interação com computadores utilizando processamento de imagens MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE PESQUISA E

Leia mais

Blender 3D jogos e animações interativas Allan Brito

Blender 3D jogos e animações interativas Allan Brito Blender 3D jogos e animações interativas Allan Brito Novatec Copyright 2011 Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra,

Leia mais

Interface e ergonomia. Prof. Emiliano S. Monteiro

Interface e ergonomia. Prof. Emiliano S. Monteiro Interface e ergonomia Prof. Emiliano S. Monteiro Interface As interfaces são criadas com a palavra reservada Interface. Interfaces como as classes podem conter propriedades, métodos, mas apenas declarações,

Leia mais

INFORMÁTICA. 02. O ícone abaixo, encontrado no Windows Explorer informa que o dispositivo:

INFORMÁTICA. 02. O ícone abaixo, encontrado no Windows Explorer informa que o dispositivo: INFORMÁTICA 01. Ao se arrastar um arquivo de uma pasta para outra, utilizando somente o botão direito do mouse, dentro de uma mesma unidade de disco no Windows Explorer: a) O arquivo é copiado para a pasta

Leia mais

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Informática. Período:

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Informática. Período: CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Informática Polícia Legislativa Câmara dos Deputados Período: 2007-2017 Sumário Informática... 3 Windows... 3 Impress... 3 WLAN - Redes Sem Fio (Wi-Fi, Bluetooth, etc.)...

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 03 - Conceitos: Hardware, Software, Sistema Operacional

Leia mais

ANÁLISE DE PADRÕES DE INTERFACE HUMANO COMPUTADOR NO MINDSTORMS NXT.

ANÁLISE DE PADRÕES DE INTERFACE HUMANO COMPUTADOR NO MINDSTORMS NXT. ANÁLISE DE PADRÕES DE INTERFACE HUMANO COMPUTADOR NO MINDSTORMS NXT. Giovanna Schimomukai (PIBIC Jr./Fundação Araucária - UTFPR), Adriana Herden (Orientadora), Marcos Banheti Rabello Vallim (Colaborador)

Leia mais

USABILIDADE. Prof.: Michele Nasu Tomiyama Bucci

USABILIDADE. Prof.: Michele Nasu Tomiyama Bucci USABILIDADE Prof.: Michele Nasu Tomiyama Bucci Análise heurística Definição Análise Heurística (Nielsen and Molich, 1990; Nielsen 1994) é um método de engenharia de usabilidade para encontrar os erros

Leia mais

Interação Homem- Máquina (IHM)

Interação Homem- Máquina (IHM) Interação Homem- Máquina (IHM) Prof. Paulo César Fernandes de Oliveira, BSc, MPhil, PhD (Fonte: Pressman, R. Software Engineering: A Practitioner s Approach. McGraw-Hill, 2005) 08/12/11 PCF de Oliveira

Leia mais

Apresentação. Prof.: Roitier Campos Gonçalves

Apresentação. Prof.: Roitier Campos Gonçalves Apresentação Ano Letivo: 2017 Período: 1º Unidade Curricular: Introdução a Informática Carga Horária: 40hs Prof.: Roitier Campos Gonçalves http://roitier.pro.br Ementa Conceitos básicos de sistemas de

Leia mais

408 - Windows XP Plano de Aula - 16 Aulas (Aulas de 1 Hora)

408 - Windows XP Plano de Aula - 16 Aulas (Aulas de 1 Hora) 408 - Windows XP Plano de Aula - 16 Aulas (Aulas de 1 Hora) Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Windows XP 1.1. O Ambiente de Trabalho... 11 1.1.1. A Barra de Tarefas...... 11 1.1.2. O Menu Iniciar... 11

Leia mais

Introdução ao Game Design. Prof. Raphael Marques

Introdução ao Game Design. Prof. Raphael Marques Introdução ao Game Design Prof. Raphael Marques O que é um Jogo? Um game é uma atividade lúdica composta por uma série de ações e decisões, limitado por regras e pelo universo do game, que resultam em

Leia mais

Aula 1 Conceitos Básicos

Aula 1 Conceitos Básicos Aula 1 Conceitos Básicos Redes e Comunicação de Dados Prof. Mayk Choji UniSALESIANO Araçatuba 6 de agosto de 2016 Sumário 1. Usos de Redes de Computadores 2. O que é a Internet? 3. A Borda da Rede 4. O

Leia mais

Lenovo. Guia do Usuário. Leia os avisos de segurança e dicas importantes nos manuais incluídos antes de usar o computador.

Lenovo. Guia do Usuário. Leia os avisos de segurança e dicas importantes nos manuais incluídos antes de usar o computador. Lenovo Guia do Usuário Leia os avisos de segurança e dicas importantes nos manuais incluídos antes de usar o computador. Observações Antes de usar o produto, leia primeiro o Guia de informações gerais

Leia mais

Projeto Interface Interativa Inclusiva.

Projeto Interface Interativa Inclusiva. Projeto Interface Interativa Inclusiva. Alunos: Ícaro Manoel Quelis Alves João Henrique Branquinho Rocha Pedro Henrique Chagas Alves Professores Orientadores: Ailton Luiz Dias Siqueira Junior André Luiz

Leia mais

Introdução à Computação Gráfica

Introdução à Computação Gráfica Computação Gráfica - Aula 1 (atualizada em 21/10/2015) glaucius@pelotas.ifsul.edu.br Introdução à Computação Gráfica Computação Gráfica Conceito É a área da Ciência da Computação que estuda a geração,

Leia mais

Design de IHC Design da Comunicação Modelos de Interação

Design de IHC Design da Comunicação Modelos de Interação 1 Design de IHC Design da Comunicação Modelos de Interação INF1403 Introdução a IHC Luciana Salgado Representações e Aspectos de IHC Representações e Aspectos de IHC Representações e Aspectos de IHC Representações

Leia mais

2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC

2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC 2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC Procedimentos para instalar e aceder a um programa Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Windows Prof.: Alexandra Matias Sumário Conhecer os procedimentos associados

Leia mais

A melhor interação entre o homem e a máquina

A melhor interação entre o homem e a máquina A melhor interação entre o homem e a máquina André Luís Belini de Oliveira Gerente de Tecnologia de Informação da Alleato Assessoria e Consultoria em TI O contato com aparelhos e ferramentas interativas

Leia mais

Sumário. Técnicas de banco de dados simples. 1 Como explorar o Microsoft Access Parte I

Sumário. Técnicas de banco de dados simples. 1 Como explorar o Microsoft Access Parte I Introdução...xiii A quem este livro se destina... xiii Como este livro está organizado... xiv Como baixar os arquivos de prática... xiv Suporte técnico... xvi Agradecimentos... xvi Agradecimento da edição

Leia mais

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office Olá! Aqui estamos nós outras vez! Agora para dar início à unidade 2. Hardware e Software Sabemos que a área de informática é uma das que mais vivencia mudanças na

Leia mais

APRENDENDO A VOAR NO FLIGHT SIMULATOR DENIS BIANCHINI

APRENDENDO A VOAR NO FLIGHT SIMULATOR DENIS BIANCHINI APRENDENDO A VOAR NO FLIGHT SIMULATOR DENIS BIANCHINI Copyright 2011 by Denis Bianchini ISBN 978-85-901314-7-2 Todos os direitos reservados e protegidos pela lei. A reprodução não autorizada deste material,

Leia mais

Engenharia de Usabilidade e Interface

Engenharia de Usabilidade e Interface Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 O que é Ergonomia? Questão 1 Resposta O que é Ergonomia? É a ciência que estuda as interações entre seres humanos e diferentes sistemas durante

Leia mais

TECNOLOGIAS NA ENGENHARIA DA USABILIDADE: COGNIÇÃO, ABSTRAÇÃO E EPISTEMOLOGIA.

TECNOLOGIAS NA ENGENHARIA DA USABILIDADE: COGNIÇÃO, ABSTRAÇÃO E EPISTEMOLOGIA. TECNOLOGIAS NA ENGENHARIA DA USABILIDADE: COGNIÇÃO, ABSTRAÇÃO E EPISTEMOLOGIA. Alfredo Nazareno Pereira Boente 1 Resumo Projetos de software que precisam ser desenvolvidos para os usuários, necessitam

Leia mais

Avaliação de objetos de aprendizagem. Liane Tarouco CINTED/UFRGS

Avaliação de objetos de aprendizagem. Liane Tarouco CINTED/UFRGS Avaliação de objetos de aprendizagem Liane Tarouco CINTED/UFRGS Objetos de aprendizagem Objetos de aprendizagem são recursos digitais, modulares usados para apoiar a aprendizagem Alguns exemplos: simulações,

Leia mais

RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO

RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA BACHARELADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO ALUNO: LEONARDO DE S. BRASIL MATRICULA: 04132513 ORIENTADOR: RICARDO PEREIRA E SILVA PROFESSOR:

Leia mais

Critérios e Recomendações Ergonômicas para IHC

Critérios e Recomendações Ergonômicas para IHC Universidade Federal do Vale do São Francisco -UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação Critérios e Recomendações Ergonômicas para IHC Prof. Jorge Cavalcanti Jorge.cavalcanti@univast.edu.br www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Interação Homem-Computador Parte IV: Estilos de Interação

Interação Homem-Computador Parte IV: Estilos de Interação Interação Homem-Computador Parte IV: Estilos de Interação Neste módulo são tratados os principais estilos de interação que podem ser empregados durante o projeto de uma interface com o usuário. ESTILOS

Leia mais

Administração Central Cetec Capacitações Capacitação Sistema Operacional Linux Semana IV

Administração Central Cetec Capacitações Capacitação Sistema Operacional Linux Semana IV Capacitação Sistema Operacional Linux Semana IV Utilização de Aplicativos do Sistema Operacional Windows em Ambiente Operacional Linux Wine Wine é o acrônimo recursivo para Wine Is Not an Emulator. Podemos

Leia mais

Introdução à Informática. Professor: Francisco Ary

Introdução à Informática. Professor: Francisco Ary Professor: Francisco Ary O que vimos na ultima aula: O que é Software? parte lógica de um sistema computacional; sequência de instruções interpretada e executada por um computador(processador); Principais

Leia mais

Prototipagem Digital 3D no contexto do ensino do Design. Seu Papel na Fase Conceptual de Desenvolvimento de Produtos Industriais ÍNDICE

Prototipagem Digital 3D no contexto do ensino do Design. Seu Papel na Fase Conceptual de Desenvolvimento de Produtos Industriais ÍNDICE ÍNDICE AGRADECIMENTOS... I RESUMO... II ABSTRACT... IV RESUMEN... VI RESUM... VIII ÍNDICE... X LISTA DE FIGURAS...XV LISTA DE QUADROS...XVIII LISTA DE GRÁFICOS... XXV ABREVIATURAS... 26 3. INTRODUÇÃO...

Leia mais

ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação

ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação Análise Ergonômica do Produto Critérios: Bases Conceituais e Funções do Produto Mario S. Ferreira Abril, 2012 HOMEM X MEIO DE PRODUÇÃO X MODO DE PRODUÇÃO AMBIENTE DE TRABALHO

Leia mais

1.5 PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM AMBIENTE DE REA LIDADE AUMENTADA AMBIENTES INTEGRADOS DE DESENVOLVIMENTO DE JOGOS 19

1.5 PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM AMBIENTE DE REA LIDADE AUMENTADA AMBIENTES INTEGRADOS DE DESENVOLVIMENTO DE JOGOS 19 ÍNDICE GERAL SOBRE O LIVRO XI 1 INTRODUÇÃO 1 1.1 GERAÇÃO DIGITAL NATIVE 2 1.2 ALGORITMIA E PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES 2 1.3 COMPUTAÇÃO EM NUVEM 4 1.4 PROGRAMAÇÃO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS 6 1.5 PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Introdução Geral a Computação Gráfica. Universidade Católica de Pelotas Curso de Engenharia da Computação Disciplina de Computação Gráfica

Introdução Geral a Computação Gráfica. Universidade Católica de Pelotas Curso de Engenharia da Computação Disciplina de Computação Gráfica Introdução Geral a Computação Gráfica Universidade Católica de Pelotas Curso de Engenharia da Computação Disciplina de 2 Introdução Geral a O que é CG? Áreas de Atuação Definição, Arte e Matemática Mercado

Leia mais

Kit de modernização CAB 700

Kit de modernização CAB 700 Diálogos de fácil interpretação, claramente guiado ao usuário - navegação através de teclas númericas e setas Pequeno número de telas para o processo de balanceamento Teclas de função para acesso direto

Leia mais

ESTILOS DE INTERAÇÃO EM INTERFACES PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

ESTILOS DE INTERAÇÃO EM INTERFACES PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ação ergonômica, volume 5, número 3 ESTILOS DE INTERAÇÃO EM INTERFACES PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Robson Santos Instituto Nokia de Tecnologia robson.santos@indt.org.br Francimar Maciel Instituto Nokia de

Leia mais

Interação nas aplicações Web em dispositivos móveis: Questões de acesso e usabilidade

Interação nas aplicações Web em dispositivos móveis: Questões de acesso e usabilidade Interação nas aplicações Web em dispositivos móveis: Questões de acesso e usabilidade Humberto Lidio Antonelli * Orientadora: Profa. Dra. Renata Pontin de Mattos Fortes Instituto de Ciências Matemáticas

Leia mais

Planificação Anual TIC 8º Ano 2012/ PERÍODO

Planificação Anual TIC 8º Ano 2012/ PERÍODO Ano Letivo 2012/2013 TIC 8º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS 1 PERÍODO 1 TEMPO- 45 MINUTOS Domínio Duração Objectivos Gerais Objectivos Específicos Estratégias/ Actividades Subdomínio 8ºA 8ºB Informação

Leia mais

Integrando conhecimentos, aproximando disciplinas: a importância do Design e da Ergonomia no projeto e no desenvolvimento de softwares educacionais.

Integrando conhecimentos, aproximando disciplinas: a importância do Design e da Ergonomia no projeto e no desenvolvimento de softwares educacionais. Integrando conhecimentos, aproximando disciplinas: a importância do Design e da Ergonomia no projeto e no desenvolvimento de softwares educacionais. Gabriela Trindade Perry - PPGEP/UFRGS Agostinho Serrano

Leia mais

INFORMÁTICA BÁSICA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. IPD / Digitação (04)

INFORMÁTICA BÁSICA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. IPD / Digitação (04) INFORMÁTICA BÁSICA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO IPD / Digitação (04) Conceitos de Hardware e Software; Uso correto do Teclado; Ensinar a operar software de digitação. Windows Conceitos de sistema operacional;

Leia mais