- Promotor Público em Recife. em atividade restrita, nomeado pe 746, de 24/09/1922;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Promotor Público em Recife. em atividade restrita, nomeado pe 746, de 24/09/1922;"

Transcrição

1 CURRICULUM VITAE

2 Nasceu na cidade de João Pessoa, Estado da Paraíba, em 30 de 1899, filho de Si!vano de Souza Marinho e Felismina Neves. Casado com de Aguiar Marinho. FORMAÇÃO ESCOLAR - Bacharel em Ciências e letras pelo liceu Paraibano, em 1917; - Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Recife, em Doutorado em Direito pela Faculdade de Direito de Recife, em 193 ATIVIDADES PROFISSIONAIS - Adjunto da 2 a Promotoria Pública em Recife-PE, 1922; - Promotor Público em Recife. em atividade restrita, nomeado pe 746, de 24/09/1922; - Secretário de Estado da Justiça e Negócios do Estado de Perna Ato no 1 do Governo Provisório, nomeado e em exerclcio de 06/1 12/02/1932; - Procurador dos Feitos da Fazenda do Estado de Pernambuco (Ad Geral do Estado). Nomeado pelo Ato no 187, de 11/02/1932, exe 13/02/1932 a 15/09/1935; - Juiz Federal titular em Sergipe (Concurso de provas e titulas p Supremo Tribunal Federal), nomeado por Decreto de 16/09/1935 em 15/10/ 1935 e exercicio de 04/11 /1935 a 09/ ; - Juiz efetivo do Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe; - Oficial Administrativo, Classe L, do Ministério do Trabalho, Ind Comércio, após a extinção da Justiça Federal de 1 Instância. ( 1937 e Decreto-Lei n" 6 de 1937). Tendo ficado em disponib requisitado pelo Departamento Administrativo do Serviço Público como especialista em Direito Público, particularmente em Administrativo;

3 - Juiz-Pretor da 8 3 Preteria C minai da Justiça do Distrito Federal, por Decreto de 15/03/1939. I:" ;(ercicio de 18/03/1939 a 05/03/1940. (Reaproveitamento por voltar a magistratura); - Juiz de Direito da 13 8 Vara Cível no Distrito Federal - Decreto de 05/03/ Diário Oficial do mesmo dia (Promoção); - Juiz da Fazenda Pública da 2 3 Vara do Distrito Federal - Decreto de 20/06/ Oiaria Oficial do mesmo dia: - Juiz de Direito da 3 8 Vara Criminal no Distrito Federal - Decreto de 07/03/ Publicado no Diário Oficial de 08/03/1952; - Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal da 7 8 e 4 3 Zona Eleitoral; - Juiz convocado pelo Tribunal Federal de Recursos, em diversos períodos por mais de 4 (quatro) anos; - Desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal - De 09/05/1952 a 27/12/1954; - Ministro do Tribunal Federal de Recursos, Decreto de 23/12/1954, posse e exercicio em 28/12/1954; - Vice-Presidente do Tribunal Federal de Recursos no período de 06/06/1957 a 02/ ; - Eleito membro suplente do Tribunal Superior Eleitoral, em Sessão Plenária de 21/01/1957; - Presidente do Tribunal Federal de Recursos no período de 02/01 /1958 a 16/02/1959, tendo falecido no exercicio da Presidência; - Eleito membro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral, em Sessão Plenária de 14/01/1959, onde serviu até o seu falecimento em 16/02/1959. MAGISTÉRIO - Professor de História e Matemática elementar em diversos colégios particulares em Recife (PE): - Professor de Sociologia Educacional da Escola de Aperfeiçoamento de Professores de Pernambuco; - Professor Catedrático, livre-docente de Direito Pú blico Constitucional da Faculdade de Direito de Recife (por Concurso de provas e titulas), em 1934; - Professor Catedrático de Direito Constitucional e Administrativo da Escola Nacional de Ciências Estatísticas, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Distrito Federal, em

4 Direito, entre 1923 a 1935, salvo nos períodos quando foi Secre Justiça e Negócios do Estado de Pernambuco; - Conselheiro da Ordem dos Advogados, Seção do Estado de Pern de1931 a 1935; - Membro efetivo de 1928 a 1932 e Benemérito desde do Inst Advogados, Seção do Estado de Pernambuco; - Sócio honorãrio e Sócio avulso desde 1936, do Instituto da Ord Advogados. Seção de Sergipe; Membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro; Membro do Diretório Regional do Partido Democrático Nacional (P Pernambuco, de 1928/1930; - Membro do Diretório Regional do Partido Social Democrático (P Pernambuco a partir de 1930; - Eleito Deputado Federal (suplente) pelo Partida Social Democrátic em Pernambuco, eleições de 14/10/1934; - Integrante do I Congresso Internacional de Magistrados, realiz Roma-Itália; Proferiu conferência no Instituto da Ordem dos Advogados d Seção do Distrito Federal, em 03/10/1946. TRABALHOS PUBLICADOS - A Legitima Defesa - estudo publicado em Pernambuco; - A Economia no Estado Contemporâneo. tese apresentada em Rec em 1933; - Constituição, seu sentido e transformação - prova escrita publ Revista Acadêmica, em Recife PE, em 1934 (Para Professor Ca livre--docente de Direito Constitucional da Faculdade de Direito de

5 18

WELLINGTON HERMES VASCONCELOS DE AGUIAR

WELLINGTON HERMES VASCONCELOS DE AGUIAR DESCENDÊNCIA DE MIQUELINA 02.00.00.00.00 Miquelina Esposo: José Vasconcelos Filhos: Alcides, Maria das Neves, Dagmar e Rosa D Alva 02.01.00.00.00 Alcides Esposa: Ilda 02.02.00.00.00 Maria das Neves Esposo:

Leia mais

DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 8/2007 REGIME DAS PRECEDÊNCIAS PROTOCOLARES E DO LUTO REGIONAL NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 8/2007 REGIME DAS PRECEDÊNCIAS PROTOCOLARES E DO LUTO REGIONAL NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 8/2007 REGIME DAS PRECEDÊNCIAS PROTOCOLARES E DO LUTO REGIONAL NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES A particular configuração que as regras das precedências protocolares assumem

Leia mais

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA O ESTADO E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA ESTADO Conjunto de regras, pessoas e organizações que se separam da sociedade para organizá-la. - Só passa a existir quando o comando da comunidade

Leia mais

Direito Eleitoral e Regimento Interno TER-SP. Weslei Machado

Direito Eleitoral e Regimento Interno TER-SP. Weslei Machado Direito Eleitoral e Regimento Interno TER-SP Weslei Machado (FCC/TRE-AM/Analista Judiciário/2010) Compete aos TREs processar e julgar originariamente a) os crimes eleitorais cometidos pelos seus próprios

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 01. Dentre os aspectos peculiares aos órgãos jurisdicionais trabalhistas no Brasil, não se encontra: I - Não existem Varas do Trabalho especializadas em determinadas matérias,

Leia mais

Centenário de Professores.

Centenário de Professores. Centenário de Professores. Comemora-se, neste ano, o centenário de nascimento de mestres desta Faculdade, todos personalidades de tal magnitude, que inscreveram em ouro seus nomes nas tradições acadêmicas.

Leia mais

CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 202. (Função jurisdicional)

CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 202. (Função jurisdicional) CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 202. (Função jurisdicional) 1. Os tribunais são os órgãos de soberania com competência para

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE TEORIA GERAL DO DIREITO E DIREITO PRIVADO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE TEORIA GERAL DO DIREITO E DIREITO PRIVADO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE TEORIA GERAL DO DIREITO E DIREITO PRIVADO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital

Leia mais

8º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registros do Estado de São Paulo.

8º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registros do Estado de São Paulo. 8º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registros do Estado de São Paulo. COMISSÃO DE CONCURSO Presidente: 1 Desembargador Ricardo Cintra Torres de Carvalho Juízes

Leia mais

PEC amplia composição e reduz atribuições do Supremo Tribunal Federal

PEC amplia composição e reduz atribuições do Supremo Tribunal Federal ASSESSORIA PARLAMENTAR INFORMATIVO 08 a 10 de JANEIRO de 2014 CÂMARA DOS DEPUTADOS PEC amplia composição e reduz atribuições do Supremo Tribunal Federal Pela proposta, a indicação dos ministros da Corte

Leia mais

Professora Susanna Schwantes

Professora Susanna Schwantes 1) São Órgãos do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul: (a) Tribunal de Alçada e Tribunal de Justiça. (b) Pretores e Conselho da Magistratura. (c) Tribunal do Júri e Juizes de Paz. (d) Juizes de Direito

Leia mais

Exm.º Senhor Presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, na qualidade de entidade empossante.

Exm.º Senhor Presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, na qualidade de entidade empossante. Exm.º Senhor Presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, na qualidade de entidade empossante. 1) Exm.º Senhor Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, 2) Exm.ª Senhora Procuradora-Geral da República,

Leia mais

PODER EXECUTIVO (art. 76 a 91, CRFB/88)

PODER EXECUTIVO (art. 76 a 91, CRFB/88) PODER EXECUTIVO PODER EXECUTIVO (art. 76 a 91, CRFB/88) Sistema de Governo Presidencialista Junção das funções de Chefe de Estado e Chefe de Governo É exercido, no âmbito federal, desde 1891, pelo Presidente

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça RESOLUÇÃO Nº 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 Dispõe sobre a aplicação do teto remuneratório constitucional e do subsídio mensal dos membros da magistratura. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

RESOLUÇÃO No 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006

RESOLUÇÃO No 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 RESOLUÇÃO No 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 Dispõe sobre a aplicação do teto remuneratório constitucional e do subsídio mensal dos membros da magistratura. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, no

Leia mais

Ministério da Administração do Território

Ministério da Administração do Território Ministério da Administração do Território Lei nº 23/92 de 16 de Setembro LEI DE REVISÃO CONSTITUCIONAL As alterações à Lei Constitucional introduzidas em Março de 1991, através da Lei nº. 12/91 destinaram

Leia mais

SUBVENÇÃO MENSAL VITALÍCIA DOS EX-TITULARES DE DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS (LEI N.º 4/85, DE 9 DE ABRIL)

SUBVENÇÃO MENSAL VITALÍCIA DOS EX-TITULARES DE DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS (LEI N.º 4/85, DE 9 DE ABRIL) SUBVENÇÃO MENSAL VITALÍCIA DOS EX-TITULARES DE DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS (LEI N.º 4/85, DE 9 DE ABRIL) Atualizado pela última vez em 10 de outubro de 2005 Lei n.º 4/85, de 9 de abril * A Assembleia da

Leia mais

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO -

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Trabalho finalizado em julho/2015.

Leia mais

Exmo. Senhor (Nome e morada)

Exmo. Senhor (Nome e morada) Exmo. Senhor (Nome e morada) Na sequência da reclamação apresentada em (data de apresentação da reclamação), do acto de processamento do seu vencimento, relativo ao mês de Janeiro de 2011, e em resposta

Leia mais

Diário da República, 1. a série N. o de Agosto de Artigo 6. o

Diário da República, 1. a série N. o de Agosto de Artigo 6. o Diário da República, 1. a série N. o 164 25 de Agosto de 2006 6185 Artigo 6. o Atenuação especial da coima até 50 % 1 A Autoridade da Concorrência pode conceder uma atenuação especial até 50% do montante

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL PROGEPE Nº 52, DE 21 DE OUTUBRO DE 2013 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA, conforme competências delegadas por meio da Portaria UNILA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 004/2015-DIR

RESOLUÇÃO Nº 004/2015-DIR RESOLUÇÃO Nº 004/2015-DIR Dispõe sobre a realização da eleição para escolha do substituto do cargo de VICE- PRESIDENTE da Ordem dos Advogados do Brasil Seção de Goiás, em virtude da renúncia do Vice-Presidente

Leia mais

185º CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

185º CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA DO ESTADO DE SÃO PAULO 185º CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA DO ESTADO DE SÃO PAULO 1. Presidente: Desembargador Ricardo Henry Marques Dip 2. Suplente: Desembargador Marco Antonio Marques Da Silva 3.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOCARGO DE PROMOTOR JUSTIÇA SUBSTITUTO TERCEIRA FASE SINDICÂNCIA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOCARGO DE PROMOTOR JUSTIÇA SUBSTITUTO TERCEIRA FASE SINDICÂNCIA MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOCARGO DE PROMOTOR JUSTIÇA SUBSTITUTO TERCEIRA FASE SINDICÂNCIA Senhor (a) Candidato (a), Este formulário deve ser devidamente

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO. Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO. Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira QUINTA SELEÇÃO PARA ADMISSÃO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL E DO TRABALHO

Leia mais

Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências.

Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. Resolução nº 121, de 5 de outubro de 2010 Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

Regulamento para o procedimento concursal para a eleição do Diretor

Regulamento para o procedimento concursal para a eleição do Diretor Regulamento para o procedimento concursal para a eleição do Diretor OBJECTO O presente regulamento estabelece as condições de acesso e normas para a eleição do diretor da Escola Secundária Quinta das Palmeiras,

Leia mais

A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que:

A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que: PORTARIA Estabelece critérios e escalas para aferição de na avaliação de títulos em concursos para Professor Adjunto do Instituto de Biologia da UFBA. A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO COORDENADORIA PROCESSUAL RESOLUÇÃO CSJT N.º 155, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO COORDENADORIA PROCESSUAL RESOLUÇÃO CSJT N.º 155, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015 CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO COORDENADORIA PROCESSUAL RESOLUÇÃO CSJT N.º 155, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015 Dispõe sobre a Gratificação por Exercício Cumulativo de Jurisdição - GECJ no âmbito da

Leia mais

Art. 92 ÓRGÃOS: Tribunais Superiores Tribunais de 2º grau (2ª instância) 1º grau (1ª instância) facebook.com/prof.rodrigomenezes Justiça Estadual / DFT Justiça Federal O STF, o CNJ e os Trib. Sup. têm

Leia mais

MINASMÁQUINAS S/A (AGE convocada para 03/09/2012)

MINASMÁQUINAS S/A (AGE convocada para 03/09/2012) MINASMÁQUINAS S/A CNPJ/MF: 17.161.241/0001-15 NIRE: 31300041727 Companhia Aberta Código CVM: 8818 MINASMÁQUINAS S/A (AGE convocada para 03/09/2012) Eleição de 01 (um) membro para compor o Conselho de Administração,

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 254/X

PROJECTO DE LEI N.º 254/X Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 254/X ALTERA A LEI N.º64/93, DE 26 DE AGOSTO (ESTABELECE O REGIME JURÍDICO DE INCOMPATIBILIDADES E IMPEDIMENTOS DOS TITULARES DE CARGOS POLÍTICOS E ALTOS CARGOS PÚBLICOS)

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO ELEITORAL E PARTIDÁRIO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA DE ACORDO COM O EDITAL N 1, DE 24 DE NOVEMBRO DE 201, DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO, TRE-SP CONHECIMENTOS BÁSICOS

Leia mais

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS EM CONCURSOS PÚBLICOS DE PROVAS E TÍTULOS DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS EM CONCURSOS PÚBLICOS DE PROVAS E TÍTULOS DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS EM CONCURSOS PÚBLICOS DE PROVAS E TÍTULOS

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ARTIGOS 127 A 130 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO ARTIGOS 127 A 130 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL MINISTÉRIO PÚBLICO ARTIGOS 127 A 130 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Órgão constitucional autônomo, incumbido de promover a ação penal e fiscalizar a execução da lei perante a jurisdição penal e exercer, ante

Leia mais

Síntese da cooperação entre Portugal e Moçambique. na área a Justiça

Síntese da cooperação entre Portugal e Moçambique. na área a Justiça Síntese da cooperação entre Portugal e Moçambique na área a Justiça Junho de 2016 Síntese da Cooperação entre Portugal e Moçambique na área da Justiça 1. Breve síntese da Cooperação desenvolvida As relações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13/2006 Dispõe sobre a progressão funcional de professores para a Classe de Professor Associado O Conselho Superior CONSU, da Universidade Federal de Juiz de Fora, no exercício

Leia mais

Direito Constitucional -Poder Legislativo- Profº. Cleiton Coutinho

Direito Constitucional -Poder Legislativo- Profº. Cleiton Coutinho Direito Constitucional -Poder Legislativo- Profº. Cleiton Coutinho 01. Quanto ao Congresso Nacional, considere: I. O número total de Deputados, bem como a representação por Estado e pelo Distrito Federal,

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR: Fábio Ramos 2015 FGV TJ/PI Analista Judiciário Escrivão Judicial 1. A Constituição de 1988, ao enunciar os seus princípios fundamentais, fez menção, em seu art. 1º, à

Leia mais

ESTATUTOS DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS DA ASSOCIAÇÃO

ESTATUTOS DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS DA ASSOCIAÇÃO ESTATUTOS I DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS DA ASSOCIAÇÃO Art. 1 o A Associação Luso-Brasileira de Arabistas (ALBA) é uma sociedade civil, de caráter exclusivamente cultural, com sedes e foros nas cidades do

Leia mais

Faculdade de Direito Candido Mendes Disciplinas Eletivas 2014/2

Faculdade de Direito Candido Mendes Disciplinas Eletivas 2014/2 Acesso à Justiça Ações Constitucionais [204114] Aspectos Processuais dos Direitos das Obrigações e dos Contratos Civis [204130] Aspectos Processuais dos Direitos de Família e de Sucessões [204157] Condomínios

Leia mais

REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA Escola de Engenharia REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA (Fevereiro de 2010) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 (Definição) O Departamento de Engenharia Mecânica, a seguir designado por

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO ESTRUTURA CURRICULAR STRICTO SENSU (por área de concentração-baseada na Res. Vigente do CCEPE)

PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO ESTRUTURA CURRICULAR STRICTO SENSU (por área de concentração-baseada na Res. Vigente do CCEPE) NOME DO CURSO: DIREITO NÍVEL: [ x ] MESTRADO [ ] DOUTORADO LINHA DE PESQUISA: 1 ESTADO, CONSTITUCIONALIZAÇÃO E DIREITOS HUMANOS PERÍODO DE VIGÊNCIA: para alunos MATRICULADOS a partir de 03 / 2013 DO CURSO

Leia mais

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS ESTRUTURAS CURRICULARES 2001 E 2009 CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IDEAL

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS ESTRUTURAS CURRICULARES 2001 E 2009 CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IDEAL DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO GERAL BÁSICA FORMAÇÃO ESPECÍFICA Introdução à História 08 1º. Introdução à História 08 1º. História do Brasil I 04 2º. História do Brasil I 06 2º. História do Brasil II 04 2º. História

Leia mais

1.1. Para membros do CONSUNI;

1.1. Para membros do CONSUNI; EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÕES DE MEMBROS DO CONSUNI, CONSEPE E DIRETORES DAS FACULDADES DA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO-CONSUNI da Universidade de Rio Verde usando de suas atribuições

Leia mais

... Procuradoria-Geral da República

... Procuradoria-Geral da República . Procuradoria-Geral da República Visita de Sua Excelência a Conselheira Procuradora-Geral da República Vila Real e Chaves 3 de Abril Bragança e Mirandela 4 de Abril.......... Programa Caretos de Podence

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 49, de 09

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL PEÇA PROFISSIONAL O governo brasileiro, preocupado com os índices crescentes de ataques terroristas no mundo, vinculou-se à Convenção sobre os Direitos Humanos das Vítimas de Atividades

Leia mais

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Poder Legislativo Estadual Unicameralismo Assembleia Legislativa Deputados Estaduais: Prerrogativas Poder Legislativo Municipal Unicameralismo Câmara dos Vereadores

Leia mais

EXMO. SR. JUIZ JEFFERSON DAVID ASEVEDO RAMOS

EXMO. SR. JUIZ JEFFERSON DAVID ASEVEDO RAMOS EDITAL Nº 01/2017 O EXMO. SR. JUIZ JEFFERSON DAVID ASEVEDO RAMOS, titular da Comarca de Augustinópolis/TO e Diretor do Foro, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER a todos que virem ou tiverem conhecimento

Leia mais

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009)

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA Av. Bento Gonçalves 9500 - Agronomia - 91509-900 Porto Alegre - RS - BRASIL Tel: (051) 3308-6189/3308-6225 FAX: (051) 3308-7301 e-mail:

Leia mais

Nota Técnica: Autos nº da 20ª VARA FEDERAL DO DISTRITO FEDERAL

Nota Técnica: Autos nº da 20ª VARA FEDERAL DO DISTRITO FEDERAL Brasília, 14 de junho de 2013. Nota Técnica: Autos nº 1999.34.00.014681-2 da 20ª VARA FEDERAL DO DISTRITO FEDERAL Interessado: SINDICATO NACIONAL DOS FUNCIONÁRIOS FEDERAIS AUTÁRQUICOS NOS ENTES DE FORMULAÇÃO,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Tecnologia e Geociências Departamento de Engenharia Química

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Tecnologia e Geociências Departamento de Engenharia Química SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Tecnologia e Geociências Departamento de Engenharia Química CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 42, de 27

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO. Abreviaturas e siglas usadas. Apresentação

ÍNDICE SISTEMÁTICO. Abreviaturas e siglas usadas. Apresentação ÍNDICE SISTEMÁTICO Abreviaturas e siglas usadas Apresentação Capítulo 1 Gênese do direito 1. Escola jusnaturalista ou do direito natural 1.1. Origem do jusnaturalismo 2. Escola teológica 2.1. Origem da

Leia mais

Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade

Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade Direito Constitucional TJ/RJ Prof. Carlos Andrade 19. Segundo a Constituição Federal, os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional,

Leia mais

TEMPO DE JUSTIÇA A REFORMA DA CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA PORTUGUESA E DO ESTATUTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS

TEMPO DE JUSTIÇA A REFORMA DA CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA PORTUGUESA E DO ESTATUTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS TEMPO DE JUSTIÇA A REFORMA DA CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA PORTUGUESA E DO ESTATUTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS Visa esta comunicação submeter a reflexão alguns pontos que me parece oportuno debater, acerca da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL nº, de de setembro de 12, publicado

Leia mais

Direito Eleitoral. Disposições Gerais e Transitórias. Professor Pedro Kuhn.

Direito Eleitoral. Disposições Gerais e Transitórias. Professor Pedro Kuhn. Direito Eleitoral Disposições Gerais e Transitórias Professor Pedro Kuhn www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Eleitoral DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS TÍTULO V Disposições Gerais e Transitórias Art.

Leia mais

EC 7/77 (Congresso fechado) falta de um perfil nacional previsão de uma lei complementar regras gerais preparação da LC 40/81

EC 7/77 (Congresso fechado) falta de um perfil nacional previsão de uma lei complementar regras gerais preparação da LC 40/81 Escola Superior do Ministério Público SP O Promotor de Justiça como agente político Hugo Nigro Mazzilli Antecedentes históricos Origem ligada à defesa do rei e à acusação penal Fins do Séc. XIII instituição

Leia mais

BAREMA - PROFESSOR TITULAR

BAREMA - PROFESSOR TITULAR 1. TITULOS ACADÊMICOS 1.1 Pós-Doutorado 1.2 Curso de Doutorado 1.3 Curso de Mestrado 1.4 Curso de Especialização ou Aperfeiçoamento BAREMA - PROFESSOR TITULAR Departamento de Geografia Edital 04/2011 DESCRIÇÃO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO GRATUITO DE DIREITO PARA JORNALISTAS DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO GRATUITO DE DIREITO PARA JORNALISTAS DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO GRATUITO DE DIREITO PARA JORNALISTAS DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas divulga neste edital a abertura do processo

Leia mais

Institucional. Possui escritórios correspondentes e departamentos jurídicos de empresas em diversas cidades do Estado e do território Nacional.

Institucional. Possui escritórios correspondentes e departamentos jurídicos de empresas em diversas cidades do Estado e do território Nacional. Institucional Gomes & Aguiar Advogados Associados, fundada em 2001, é uma sociedade de advogados sediada no centro histórico da cidade de Porto Alegre. Possui uma moderna infra estrutura e é integrada

Leia mais

PROGRAMA 31 de Maio 2016 (3ªf)

PROGRAMA 31 de Maio 2016 (3ªf) V Conferência Internacional Igualdade Parental Séc. XXI Práticas e Perspetivas sobre a Coparentalidade e as Crianças Escola Superior de Saúde de Santarém PROGRAMA 31 de Maio 2016 (3ªf) Hora 8h30 9h00 Abertura

Leia mais

Julgamento de títulos Peso 4 Prova escrita Peso 3 Prova didática e/ou didáticoprática.

Julgamento de títulos Peso 4 Prova escrita Peso 3 Prova didática e/ou didáticoprática. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO EDITAL N 127, DE 09 DE SETEMBRO DE 2010, PUBLICADO NO D.O.U. Nº 179,

Leia mais

Edital nº 74, de NOVEMBRO de 2015, publicado no Diário Oficial da União nº 211, de 05 de NOVEMBRO de 2015.

Edital nº 74, de NOVEMBRO de 2015, publicado no Diário Oficial da União nº 211, de 05 de NOVEMBRO de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE NÚCLEO DE DESIGN CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 74, de NOVEMBRO de 2015, publicado

Leia mais

Carlos Britto presidirá o

Carlos Britto presidirá o A~~ots..:~k. eosm"g,:;tr~ ~~!IX Título: Carlos Britto presidirá o STF até dezembro próximo Data: /Fonte: Jornal da Cidade - Capa e Pág. A-3, Ministro Carlos Brito é eleito presidente do Supremo llibunal

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CONSELHO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA LISTAS DE CANDIDATOS ADMITIDAS À ELEIÇÃO DOS VOGAIS DO COJ

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CONSELHO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA LISTAS DE CANDIDATOS ADMITIDAS À ELEIÇÃO DOS VOGAIS DO COJ Lista A - Associação dos Oficiais de Justiça. Lista B - Lista Independente. Lista C - Sindicato dos Funcionários Judiciais. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CONSELHO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA LISTAS DE CANDIDATOS ADMITIDAS

Leia mais

PROMOÇÃO DE DOCENTE. É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente.

PROMOÇÃO DE DOCENTE. É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente. DEFINIÇÃO PROMOÇÃO DE DOCENTE Cód.: PVD Nº: 94 Versão: 5 Data: 12/01/2014 É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente. REQUISITOS BÁSICOS 1.

Leia mais

ATUALIZADA ATÉ A EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 72, DE 2 DE ABRIL DE 2013 (DIREITOS DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS)

ATUALIZADA ATÉ A EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 72, DE 2 DE ABRIL DE 2013 (DIREITOS DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS) ATUALIZADA ATÉ A EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 72, DE 2 DE ABRIL DE 2013 (DIREITOS DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS) Inclui a ADIN nº 4.357, de 2 de abril de 2013, do Supremo Tribunal Federal, que declara inconstitucional

Leia mais

REGULAMENTO PARA PROCESSO CONCURSAL DE ELEIÇÃO DO DIRETOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DA BANDEIRA

REGULAMENTO PARA PROCESSO CONCURSAL DE ELEIÇÃO DO DIRETOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DA BANDEIRA REGULAMENTO PARA PROCESSO CONCURSAL DE ELEIÇÃO DO DIRETOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DA BANDEIRA Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento define as condições de acesso e as regras a observar no procedimento

Leia mais

IBDFAM/PE RELATÓRIO DE ATIVIDADES BIÊNIO 2008/2009 DIRETORIA

IBDFAM/PE RELATÓRIO DE ATIVIDADES BIÊNIO 2008/2009 DIRETORIA IBDFAM/PE RELATÓRIO DE ATIVIDADES BIÊNIO 2008/2009 05/02/2008 POSSE DA NOVA DIRETORIA DIRETORIA PRESIDENTE: FABÍOLA SANTOS ALBUQUERQUE - Profª Adj. do Centro de ciências Jurídicas da UFPE; Vice- Diretora

Leia mais

- Área: Tecnologia Área Específica: Matemática Cronograma de Realização Clique aqui - Relação de Pontos - Clique aqui

- Área: Tecnologia Área Específica: Matemática Cronograma de Realização Clique aqui - Relação de Pontos - Clique aqui Edital 109 - Concursos Públicos de Provas e Títulos para Docentes do Magistério Superior - Adjunto/Assi Cronogramas de Realização dos Concursos e Relação de Pontos Campus Caruaru Centro Acadêmico do Agreste

Leia mais

CURRICULUM VITAE EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL. 1. Segundo Cartório de Registro de Imóveis e Anexos de Sorocaba/SP., de 1979 a 1988, cargo de escrevente.

CURRICULUM VITAE EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL. 1. Segundo Cartório de Registro de Imóveis e Anexos de Sorocaba/SP., de 1979 a 1988, cargo de escrevente. 1 CURRICULUM VITAE Nome: JOÃO BATISTA MARTINS CÉSAR. Cargo: Desembargador do Trabalho. Naturalidade: Sorocaba-SP. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL 1. Segundo Cartório de Registro de Imóveis e Anexos de Sorocaba/SP.,

Leia mais

CURRICULUM VITAE. 1. DADOS PESSOAIS Vitalino José Ferreira Prova Canas Nascido em 14 de Julho de 1959, em Caldas da Rainha - Portugal Três filhos.

CURRICULUM VITAE. 1. DADOS PESSOAIS Vitalino José Ferreira Prova Canas Nascido em 14 de Julho de 1959, em Caldas da Rainha - Portugal Três filhos. 1 CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Vitalino José Ferreira Prova Canas Nascido em 14 de Julho de 1959, em Caldas da Rainha - Portugal Três filhos. 2. HABILITAÇÕES ACADÉMICAS 2.1. Licenciado em Ciências

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO SISTEMA CONFEA/CREA - CIE-MG ESTATUTO CAPÍTULO I. Natureza, Finalidade e Composição

COLÉGIO ESTADUAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO SISTEMA CONFEA/CREA - CIE-MG ESTATUTO CAPÍTULO I. Natureza, Finalidade e Composição COLÉGIO ESTADUAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO SISTEMA CONFEA/CREA - CIE-MG ESTATUTO CAPÍTULO I Natureza, Finalidade e Composição Art. 1º - O Colégio Estadual de Instituições de Ensino do CREA-MG (CIE-MG)

Leia mais

Dispõe sobre a criação do Comitê Gestor da Internet no Brasil - CGI.br, sobre o modelo de governança da Internet no Brasil, e dá outras providências.

Dispõe sobre a criação do Comitê Gestor da Internet no Brasil - CGI.br, sobre o modelo de governança da Internet no Brasil, e dá outras providências. Decreto Nº 4.829, de 3 de setembro de 2003 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Dispõe sobre a criação do Comitê Gestor da Internet no Brasil - CGI.br, sobre o modelo de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GABINETE DO REITOR - AUDITORIA INTERNA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GABINETE DO REITOR - AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA RAINT Exercício 2011 CONVOCAÇÕES, DECISÕES, ATAS E PAUTAS DOS S UNIVERSITÁRIO, ADMINISTRATIVO, COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E 14/03/11 Administrativo

Leia mais

Da Advocacia Pública arts , e Seção III Da Advocacia e da Defensoria Pública arts

Da Advocacia Pública arts , e Seção III Da Advocacia e da Defensoria Pública arts ADVOCACIA CF/1988 - Título IV - Da Organização dos Poderes; Capítulo IV - Das Funções Essenciais à Justiça; Seção II Da Advocacia Pública arts. 131-132, e Seção III Da Advocacia e da Defensoria Pública

Leia mais

9. ORGANIZAÇÂO ADMINISTRATIVA

9. ORGANIZAÇÂO ADMINISTRATIVA 9. ORGANIZAÇÂO ADMINISTRATIVA 9.1 Estrutura Organizacional, Instâncias de Decisão e Organograma Institucional e Acadêmico (conforme Estatuto e Regimento Geral). O Instituto Federal de Ciência e Tecnologia

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO POLÍCIA MILITAR GOIÁS SOLDADO DE 3ª CLASSE

CONTROLE DE CONTEÚDO POLÍCIA MILITAR GOIÁS SOLDADO DE 3ª CLASSE CONTROLE DE CONTEÚDO POLÍCIA MILITAR GOIÁS SOLDADO DE 3ª CLASSE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO AULA LEITURA LEITURA QUESTÕES REVISÃO 1 Linguagem: como instrumento de ação e interação presente

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 101, de 15 de dezembro de

Leia mais

ORGANIZAÇÃO, FUNCIONAMENTO E PROCESSO DO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL Lei n.o 28/82, (*) de 15 de Novembro (Excertos)

ORGANIZAÇÃO, FUNCIONAMENTO E PROCESSO DO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL Lei n.o 28/82, (*) de 15 de Novembro (Excertos) ORGANIZAÇÃO, FUNCIONAMENTO E PROCESSO DO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL Lei n.o 28/82, (*) de 15 de Novembro (Excertos) A Assembleia da República decreta, nos termos do artigo 244.o da Lei Constitucional n.o

Leia mais

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ 1 01. A Constituição Federal de 1988 consagra diversos princípios, os quais exercem papel extremamente importante no ordenamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DOUTORADO EM DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Dos Deputados e dos Senadores (Art. 053 a 056) Professor André Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Constitucional Seção V DOS DEPUTADOS E DOS SENADORES Art. 53. Os Deputados

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA Nº 08/2015/ESMPA/TJPA

EDITAL DE ABERTURA Nº 08/2015/ESMPA/TJPA EDITAL DE ABERTURA Nº 08/2015/ESMPA/TJPA A Diretora da Escola Superior da Magistratura do Estado do Pará - ESMPA, Desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento, torna pública aos Magistrados e Servidores

Leia mais

Marilane Lopes Ribeiro

Marilane Lopes Ribeiro Marilane Lopes Ribeiro Brasileira, divorciada, 53 anos; SHIS QI 27 CONJUNTO 13 CASA 09; Lago Sul Brasília DF; Telefone: (61) 9988-8442/ (61) 3526-4264; E-mail: rlmarilane@uol.com.br; DADOS PESSOAIS Profissão:

Leia mais

Quais as vantagens da contratação de um escritório específico para empresas?

Quais as vantagens da contratação de um escritório específico para empresas? Quais as vantagens da contratação de um escritório específico para empresas? Trata-se da criação do departamento jurídico da empresa sem qualquer ônus inicial. Empresas que já utilizam os nossos serviços:

Leia mais

LEI Nº 1.367, DE 17 DE MAIO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE MATO LEITÃO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL.

LEI Nº 1.367, DE 17 DE MAIO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE MATO LEITÃO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. LEI Nº 1.367, DE 17 DE MAIO DE 2007. AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A FIRMAR CONVÊNIO PARA PRESTAÇÃO DE MÚTUA COLABORAÇÃO COM O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 109, de

Leia mais

ANEXOS CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO TURMA 2014 PROGRAMA DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO POLÍTICAS PÚBLICAS E CULTURA DE DIREITOS PPCD

ANEXOS CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO TURMA 2014 PROGRAMA DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO POLÍTICAS PÚBLICAS E CULTURA DE DIREITOS PPCD ANEXOS ANEXO I CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO TURMA 2014 PROGRAMA DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO POLÍTICAS PÚBLICAS E CULTURA DE DIREITOS PPCD Período de inscrição de candidatos 16/06/2014 a 10/07/2014 Homologação

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Comissão da Administração Pública, Poder Local e Comunicação Social 4ª Comissão

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Comissão da Administração Pública, Poder Local e Comunicação Social 4ª Comissão ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Comissão da Administração Pública, Poder Local e Comunicação Social 4ª Comissão Relatório de apreciação na especialidade n. 3/2012 De 13 de Dezembro 1. Assunto: Projecto de Revisão

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 05,

Leia mais

Direito Eleitoral. Da Apuração nos Tribunais Regionais. Professor Pedro Kuhn.

Direito Eleitoral. Da Apuração nos Tribunais Regionais. Professor Pedro Kuhn. Direito Eleitoral Da Apuração nos Tribunais Regionais Professor Pedro Kuhn www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Eleitoral DA APURAÇÃO NOS TRIBUNAIS REGIONAIS CAPÍTULO III DA APURAÇÃO NOS TRIBUNAIS REGIONAIS

Leia mais

Cronograma das Ações de Formação Contínua

Cronograma das Ações de Formação Contínua dezembro novembro outubro Cronograma das Ações de Formação Contínua Ano de 2014 9 e 10 B1 Direito do Desporto Áreas Civil, Criminal, Laboral,, CEJ 10, 17, 24 e 31 C2 O Ministério Público na Justiça Laboral

Leia mais

01 de Abril de OS EFEITOS PATRIMONIAIS DO DIVÓRCIO DRA. EVA DIAS COSTA - Advogada. Mestre em Direito pela UCP

01 de Abril de OS EFEITOS PATRIMONIAIS DO DIVÓRCIO DRA. EVA DIAS COSTA - Advogada. Mestre em Direito pela UCP 01 de Abril de 2005 - OS EFEITOS PATRIMONIAIS DO DIVÓRCIO DRA. EVA DIAS COSTA - Advogada. Mestre em Direito pela UCP 06 de Maio de 2005 - A REFORMA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO PROF.. WLADIMIR BRITO -

Leia mais

TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO

TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO Estatuto DO ESTATUTO O Estatuto vigente do Fórum de Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais FAUBAI foi descrito e aprovado por ocasião da V Reunião Anual, ocorrida no Auditório

Leia mais

AULA 03. Discursiva para TRE MG

AULA 03. Discursiva para TRE MG AULA 03 Discursiva para TRE MG Olá pessoal, Essa é nossa terceira aula. Vamos continuar a batalha pela aprovação no Concurso de Concurso do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais TRE MG. Essa é nossa

Leia mais

Administrativos-PF: 3 mil vagas. 2º e 3º graus. Projeto já vai seguir para o Planejamen

Administrativos-PF: 3 mil vagas. 2º e 3º graus. Projeto já vai seguir para o Planejamen Página 1 de 6 Atualizado em 08/12/09 Polícia Federal Administrativos-PF: 3 mil vagas. 2º e 3º graus. Projeto já vai seguir para o Planejamen O concurso para até 3 mil vagas nos níveis médio e superior

Leia mais