EXPERIÊNCIAS PIBIDIANAS O JORNAL COMO FONTE NA CONSTRUÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EXPERIÊNCIAS PIBIDIANAS O JORNAL COMO FONTE NA CONSTRUÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA"

Transcrição

1 EXPERIÊNCIAS PIBIDIANAS O JORNAL COMO FONTE NA CONSTRUÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA Alesandra da Silva (PIBID/CAPES UNICENTRO) Marcelo Douglas Nascimento Ribas Filho (PIBID/CAPES UNICENTRO) Claércio Ivan Schneider (Orientador) Resumo: O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) concede intervenções no cotidiano das escolas, permite levantamentos mais dinâmicos com relação aos conteúdos. Que contribui, dessa maneira, para a ressignificação do processo ensino-aprendizagem da disciplina de História. Neste trabalho busca-se apresentar algumas experiências pibidianas desenvolvidas no Colégio Estadual João XXIII - Ensino Fundamental, Médio e Profissional, situado em Irati, Paraná, expondo o que foi desenvolvido em relação a uma atividade específica na escola em que foi trabalhado o ensino de história utilizando recursos metodológicos que se difere do tradicional, ou seja, do uso do livro didático. Com o intuito de intervir com o programa do PIBID dentro da sala de aula, foi proposta uma metodologia de ensino em que a abordagem partiu do uso do jornal local, a fim de problematizar a diversidade de fontes do conhecimento que podem ser utilizados no campo da história. Buscou-se, dessa forma, trabalhar o ensino por meio da história local, problematizar as várias possibilidades do ensino e a partir da exposição da aula, realizar um reflorestamento na escola, contribuir na prática com a formação da cidadania nos alunos do João XXII. A partir da exposição da aula com o uso do jornal foi realizado por meio do reflorestamento da escola. Palavras-chave: Ensino de história; história local; cidadania. Introdução: Sabe-se que é de extrema importância o conhecimento dos alunos sobre o passado para uma melhor compreensão do presente, assim como é destacável a pronunciação distinta e clara de conteúdos, utilizando-se, principalmente, da história local dos discentes. Por meio da análise do PPP do Colégio João XXIII, foi verificado a preocupação da comunidade escolar no desenvolvimento do conhecimento histórico que utilizasse

2 metodologias que partissem da realidade dos alunos, diversificando a produção do conhecimento, com metodologias de ensino diversificadas, superando a limitação da abordagem do ensino refém, unicamente, do livro didático. O PIBID entre, as várias propostas de intervenção na sala de aula, tem por objetivo atuar justamente com esse compromisso, contribuindo na diversificação de metodologias que atentem a construção do conhecimento nos alunos da rede básica. Juntando a proposta pedagógica da escola e os objetivos do PIBID, trabalhamos em uma das intervenções, que ocorreram nas salas de aulas do sexto ano do ensino básico, por meio da história local, se utilizando de uma reportagem do Jornal Folha de Irati, buscando atrelá-lo aos assuntos da história e ainda contribuir para a construção da cidadania nos alunos. O uso da história local, a construção da cidadania por meio da consciência histórica são temas muito discutidos no meio educacional, havendo uma infinidade de trabalhos produzidos por acadêmicos, professores e demais profissionais da área da educação que defendem a necessidade desse viés. Entre os inúmeros trabalhos elaborados destacamos os trabalhos de SIQUEIRA, CARDOSO, CÉSAR (2011) intitulado O ENSINO DE HISTÓRIA LOCAL E A CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA, como um exemplo de defesa da necessidade do ensino de história e a construção da cidadania por meio da história local, assim como, o trabalho desenvolvido por SCHMIDT e GARCIA (2005) que faz parte do projeto Recriando Histórias, que propõem metodologias de ensino realizadas por meio de fontes históricas de arquivo familiar, ou seja, documentos da vida comum das pessoas, encontrados nos mais diversos ambientes das residências. Dessa forma, acrescentar o uso do jornal no ambiente escolar é trabalhar com a história local e com materiais de conhecimento comum da vida das pessoas. Uma simples ação pode desenvolver nos alunos a consciência crítica sobre o seu papel de cidadão. Buscamos atrelar o conhecimento histórico e a construção da cidadania para a preservação do meio ambiente, dando aos alunos o sentimento de agentes capazes de

3 promover mudanças, e ainda demostrando a diversidade de possibilidades de fontes do conhecimento que podem ser utilizado para desenvolver consciência histórica e assim assumir o papel de sujeitos que fazem e refazem o mundo [ ] criem e recriem sua existência com um material que a vida lhes oferece (FREIRE, 2001, p.30). Desenvolvimento: Propondo, inicialmente, a leitura da manchete Sem passagem do jornal Folha de Irati, edição de 20 de junho de 2014, Ano: 41, nº: 2027 utilizando-a como fonte para estabelecer debates a cerca das transformações ocasionadas pelo homem nesse determinado plano geográfico. Foi discutido, junto dos alunos, o papel que o homem exerce na natureza. A manchete traz, basicamente, uma exemplificação de todo o acontecido em relação aos desastres naturais que foram presenciados, até mesmo, por parte dos alunos. O desastre natural em questão foram as enchentes ocorridas na primeira metade do ano, 2014, no estado do Paraná. A partir disso, levantam-se certas questões aos alunos, como: em que medida podemos dizer que essas catástrofes são realmente naturais, ou até onde o homem é responsável, ou não, pelos desastres? São questionados, ainda, até que ponto as ações do homem no meio podem ser consideradas progresso? Com isso, abordamos a temática do homem enquanto agente modificador da natureza, isto é, capaz de transformar a realidade, de forma benéfica ou prejudicial. Além disso, dando ênfase a questão do poder modificador do homem diante da natureza, buscamos promover a consciência dos alunos para que fique entendido que mesmo pequenas intervenções no meio modificam, de alguma forma, a natureza, por esta razão, foi introduzido aos alunos a ideia de um reflorestamento como ato simbólico, assim, foram plantadas, junto dos alunos do sexto ano, cerca de 60 mudas de árvores aos arredores do Colégio Estadual João XXIII.

4 Figura 1: Aluna sexto ano, Colégio Estadual João XXIII em Irati/PR Fonte: acervo do autor Espera-se, com essa ação, promover a consciência crítica dos alunos para a preservação do meio ambiente. Por meio desse ato busca-se efeitos benéficos para o futuro da comunidade local. Entende-se que a arborização representa um incentivo para germinar ideias disseminadoras para o bem comum social. Almeja-se a compreensão de que a História não resume-se a fatos passados e distantes do cotidiano, mas está presente em todos os âmbitos, inclusive nos acontecimentos atuais da natureza. A partir desse pressuposto, percebe-se ao ler uma simples manchete de jornal como a História é um elo atuante na vida habitual, demonstrando a importância constante dessa na sociedade atual. Assim como todos os setores da sociedade, a escola desempenha papel fundamental na construção e no exercício da cidadania, proporcionando uma contribuição específica ao desenvolvimento dos alunos como sujeitos conscientes, capazes de entender a História como conhecimento, como experiência e prática de cidadania (MEC: PCNs, 1997, p.25), sendo assim enquanto professores e historiadores, é exercida a tarefa de questionar e levar adiante as

5 motivações que acarretaram a tal ação da natureza, ocasionadas, de certa forma, pelo homem num processo a longo prazo, ou seja, historicamente construído, que culminou neste acontecido. Referências: FREIRE, Paulo. Conscientização - teoria e prática da libertação. São Paulo: Centauro, SCHNEIDER, Claércio Ivan. O Ressignificar da prática docente no cotidiano escolar: experiências de formação a partir do subprojeto história/i, SCHMIDT, M. A.; Garcia, T. M. F. B. A Formação da Consciência Histórica de Alunos e Professores e o Cotidiano em aulas de História. Cad. Cedes. Campinas, vol. 25, n. 67, p , set./dez Disponível em «http://www.cedes.unicamp.br» Acesso em: 26 de agosto de SIQUEIRA, F. J. F. S.; CARDOSO, E. C. O.; CÉSAR, A. C. G.; O ensino de história local e a construção da cidadania. Disponível em: «http://www.inicepg.univap.br/cd/inic_2011/anais/arquivos/re_0795_1096_01.pdf» Acesso em: 10 de agosto de MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC. Disponível em: «http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro051.pdf» Acesso em: 28 de agosto de Agradecimentos: Agradecemos em especial a Capes, pela bolsa de iniciação à Docência, ao Professor Dr. Claércio Ivan Schneider, à Professora Gisele Maria Albuquerque pelos conselhos e caminhos sugeridos e aos nossos queridos colegas pibidianos, também a todos os Professores e alunos do Colégio Estadual João XXIII que nos auxiliam em nossa profissionalização.

INTERDISCIPLINARIDADE. Aula 3 3º ENCONTRO OS TEMAS TRANSVERSAIS E A INTERDISCIPLINARIDADE.

INTERDISCIPLINARIDADE. Aula 3 3º ENCONTRO OS TEMAS TRANSVERSAIS E A INTERDISCIPLINARIDADE. INTERDISCIPLINARIDADE Aula 3 3º ENCONTRO OS TEMAS TRANSVERSAIS E A INTERDISCIPLINARIDADE. Angela Maria de Souza Fabianovicz ObjeDvo: Demonstrar a importância dos temas transversais que propõe a organização

Leia mais

ANEXO PLANO DE AÇÃO PROFESSOR

ANEXO PLANO DE AÇÃO PROFESSOR ANEXO 5.2.2. PLANO DE AÇÃO PROFESSOR Rua Bruxelas, nº 169 São Paulo - SP CEP 01259-020 Tel: (11) 2506-6570 escravonempensar@reporterbrasil.org.br www.escravonempensar.org.br O que é o plano de ação? O

Leia mais

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores.

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores. 00465 A IMPLANTAÇÃO DE UM LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EM UMA ESCOLA PÚBLICA Regina Helena Munhoz Professora Adjunta Departamento de Matemática UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina RESUMO

Leia mais

CURRÍCULO ESCOLAR VMSIMULADOS

CURRÍCULO ESCOLAR VMSIMULADOS CURRÍCULO ESCOLAR 01. Segundo a LDB (Lei no 9394/96), os currículos do ensino fundamental e médio devem ter uma base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar,

Leia mais

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania.

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DEMOCRACIA REGIME PAUTADO NA SOBERANIA POPULAR E NO RESPEITO

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS/PORTUGUÊS Gêneros textuais como ferramenta para o ensino de Língua Portuguesa INTRODUÇÃO De acordo com os objetivos do programa, conforme portaria 096/2013 Capes, essa proposta de

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

Descobertas sociocientíficas: refletindo sobre o currículo

Descobertas sociocientíficas: refletindo sobre o currículo Descobertas sociocientíficas: refletindo sobre o currículo Fabiana Chinalia Professora de Metodologia para o Ensino de Ciências Naturais e Meio Ambiente Data: 05 e 06/04/2011 Descobertas sociocientíficas

Leia mais

APRESENTANDO O GÊNERO DIÁRIO

APRESENTANDO O GÊNERO DIÁRIO CAMPUS DE BAGÉ CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PIBID - LETRAS APRESENTANDO O GÊNERO DIÁRIO Bolsista: Camila da Luz Peralta Kassandra dos Santos Pâmela Castro Melina Pereira Andréia Castro Coordenadora:

Leia mais

Tema Referência Min. Página Transcrição Palestra proferida

Tema Referência Min. Página Transcrição Palestra proferida Tema Referência Min. Página Transcrição Palestra proferida Avaliação pela Prof. Ana Maria A avaliação têm caráter impressionista - é um Saul aos casaco de várias cores, poruq existem vários tipos professores

Leia mais

Aplicação de jogos virtuais como temática de educação entre as matérias

Aplicação de jogos virtuais como temática de educação entre as matérias Aplicação de jogos virtuais como temática de educação entre as matérias Autor: Bianca de Lima Co-autores: Danielle Costa Fernanda Jesus Orientador: José Vicente Robaina Co-Orientador: Ana Lúcia Bastos

Leia mais

Palavras-chave: patrimônio cultural, inclusão, currículo, Pedagogia, UEG

Palavras-chave: patrimônio cultural, inclusão, currículo, Pedagogia, UEG UM OLHAR SOBRE O PATRIMÔNIO CULTURAL: PROPOSTA DA INCLUSÃO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL NO CURRÍCULO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Autor: Vágnar Gonçalves da Silva Orientador: Dr.

Leia mais

Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade Estadual da Paraíba UEPB / leonidas.duarte@hotmail.com 1. INTRODUÇÃO

Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade Estadual da Paraíba UEPB / leonidas.duarte@hotmail.com 1. INTRODUÇÃO REFLEXÕES SOBRE ASPECTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE GEOGRAFIA PRATICADO POR PROFESSORES CURSISTAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO UEPB 2013/2014 Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DO JOGO TORRE DE HANÓI COMO FERRAMENTA FACILITADORA NO ENSINO DE FUNÇÕES EXPONENCIAIS

A UTILIZAÇÃO DO JOGO TORRE DE HANÓI COMO FERRAMENTA FACILITADORA NO ENSINO DE FUNÇÕES EXPONENCIAIS A UTILIZAÇÃO DO JOGO TORRE DE HANÓI COMO FERRAMENTA FACILITADORA NO ENSINO DE FUNÇÕES EXPONENCIAIS Lilyan Dias dos Santos Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ lilyan_ds@hotmail.com Humberto Vinicius

Leia mais

Anais da Semana de Integração Acadêmica 02 a 06 de setembro de 2013

Anais da Semana de Integração Acadêmica 02 a 06 de setembro de 2013 EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM DEBATE NO 7º ANO DO COLÉGIO ESTADUAL PRINCESA IZABEL DE TAQUARAL DE GOIÁS INTRODUÇÃO SILVA, Nabio Vanutt da Universidade Estadual de Goiás/UnU Goiás Acadêmico do I ano de História

Leia mais

Gisele dos Santos Silva Firmino * (IC) Maria de Fátima Teixeira Gomes (PQ)

Gisele dos Santos Silva Firmino * (IC) Maria de Fátima Teixeira Gomes (PQ) Gisele dos Santos Silva Firmino * (IC) Maria de Fátima Teixeira Gomes (PQ) *giselessf@hotmail.com Instituto de Química, UERJ, Campus Maracanã, Rio de Janeiro, RJ. INTRODUÇÃO Temperos do Nordeste: cores,

Leia mais

PARTICIPANDO DA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 DA UFFS, CAMPUS CERRO LARGO, RS

PARTICIPANDO DA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 DA UFFS, CAMPUS CERRO LARGO, RS PARTICIPANDO DA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 DA UFFS, CAMPUS CERRO LARGO, RS Cristiane Helena da Silva (UFFS) Carmine Zirmermann (UFFS) Janice Silvana Novakowski Kierepka (UFFS) Claudia Maiara Heck (UFFS) Tamini

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO PIBID- GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE- CAMPUS CEDETEG, PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR

CONTRIBUIÇÕES DO PIBID- GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE- CAMPUS CEDETEG, PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR CONTRIBUIÇÕES DO PIBID- GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE- CAMPUS CEDETEG, PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR Kelly Regina Stori Acadêmica do curso de Geografia Licenciatura da Universidade

Leia mais

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (Emaiefem) GT 10 Marcelino Jose de CARVALHO Universidade Federal

Leia mais

PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS E.E. Profª Yvete Gabriel Atique

PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS E.E. Profª Yvete Gabriel Atique PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS E.E. Profª Yvete Gabriel Atique Professor(es) Apresentador(es): Edilson Ferreira Ramos Língua Portuguesa Ednaldo Angelo Girardi - Geografia Realização: Foco do Projeto Desenvolvimento

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE FRANCISCA EDJANÁRIA PEREIRA SIMONE COSMA GALDINO DE OLIVEIRA VANIA GOMES VIEIRA

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE FRANCISCA EDJANÁRIA PEREIRA SIMONE COSMA GALDINO DE OLIVEIRA VANIA GOMES VIEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE FRANCISCA EDJANÁRIA PEREIRA SIMONE COSMA GALDINO DE OLIVEIRA VANIA GOMES VIEIRA RESUMO O presente trabalho é requisito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação

Leia mais

PROEJETO ARBORIZAÇÃO, JARDINAGEM E HORTA COMUNIDADE BETEL: Contribuições Para a Formação Acadêmica

PROEJETO ARBORIZAÇÃO, JARDINAGEM E HORTA COMUNIDADE BETEL: Contribuições Para a Formação Acadêmica PROEJETO ARBORIZAÇÃO, JARDINAGEM E HORTA COMUNIDADE BETEL: Contribuições Para a Formação Acadêmica Fernanda S. Seger 1 Érika Lucatelli 2 RESUMO Este artigo propõe apresentar os resultados e discussões

Leia mais

O OLHAR DOS FUTUROS PROFESSORES DE FÍSICA SOBRE O PAPEL DO PIBID EM SUA FORMAÇÃO

O OLHAR DOS FUTUROS PROFESSORES DE FÍSICA SOBRE O PAPEL DO PIBID EM SUA FORMAÇÃO O OLHAR DOS FUTUROS PROFESSORES DE FÍSICA SOBRE O PAPEL DO PIBID EM SUA FORMAÇÃO Simone Marks Santos 1 Alessandro Frederico da Silveira 2 Resumo: O presente artigo apresenta o resultado de uma investigação

Leia mais

Centro Acadêmico Paulo Freire - CAPed Maceió - Alagoas - Brasil ISSN:

Centro Acadêmico Paulo Freire - CAPed Maceió - Alagoas - Brasil ISSN: O MATERIAL DOURADO NA COMPREENSÃO DAS OPERAÇÕES BÁSICAS NO CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS. Lenilson Oliveira do Nascimento - IFAL 1 lenils_on@hotmail.com Douglas Lopes do Nascimento- IFAL 2 wicham_douglas@hotmail.com

Leia mais

FICHA IV - ESPECÍFICA POR SUBPROJETO. Ensino-aprendizagem

FICHA IV - ESPECÍFICA POR SUBPROJETO. Ensino-aprendizagem FICHA IV - ESPECÍFICA POR SUBPROJETO Ensino-aprendizagem 1. Quais os materiais didáticos na área do(s) subprojeto(s) existentes na escola? Recursos didáticos, materiais diferenciados e/ou alternativos.

Leia mais

A AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA SERÁ COMPOSTA DE:

A AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA SERÁ COMPOSTA DE: A AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA SERÁ COMPOSTA DE: Trabalhos/Verificações da disciplina para o 1º semestre de 2010 Valor Data V1 (Verificação I): 10 pontos 11 de abril V2 (Verificação II): - OFICINA DE PRÁTICAS

Leia mais

O USO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES LICENCIADOS EM MATEMÁTICA. VANDERLAN DE SOUZA SILVA

O USO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES LICENCIADOS EM MATEMÁTICA. VANDERLAN DE SOUZA SILVA O USO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES LICENCIADOS EM MATEMÁTICA. VANDERLAN DE SOUZA SILVA Goiás, Colégio Estadual Jardim Dom Bosco, 2015. vandermatema@hotmail.com JOSE CARLOS

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS BASEADOS NA TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS

JOGOS MATEMÁTICOS BASEADOS NA TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS JOGOS MATEMÁTICOS BASEADOS NA TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS Carlos Henrique Lange carloshenriquelange@hotmail.com José Guilherme Simion Antunes guisimion@gmail.com Juliana Raupp raupp_juliana@yahoo.com

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SUA IMPORTÂNCIA NA FORMAÇÃO DO FUTURO PROFESSOR DE GEOGRAFIA

ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SUA IMPORTÂNCIA NA FORMAÇÃO DO FUTURO PROFESSOR DE GEOGRAFIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SUA IMPORTÂNCIA NA FORMAÇÃO DO FUTURO PROFESSOR DE GEOGRAFIA Rudimar da Rocha Lyra Rebello 1 Claudiane da Costa 1 Jacieli Fatima Lyra Rebello 1* lyrarebello@outlook.com 1 Universidade

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA ONLINE DE PROFESSORES QUE ATUAM COM ESCOLARES EM TRATAMENTO DE SAÚDE Jacques de Lima Ferreira PUC-PR Agência Financiadora: CNPq

FORMAÇÃO CONTINUADA ONLINE DE PROFESSORES QUE ATUAM COM ESCOLARES EM TRATAMENTO DE SAÚDE Jacques de Lima Ferreira PUC-PR Agência Financiadora: CNPq FORMAÇÃO CONTINUADA ONLINE DE PROFESSORES QUE ATUAM COM ESCOLARES EM TRATAMENTO DE SAÚDE Jacques de Lima Ferreira PUC-PR Agência Financiadora: CNPq INTRODUÇÃO Este texto apresenta a pesquisa em andamento

Leia mais

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE INTRODUÇÃO Autor: Franklin Vieira de Sá Instituição: Universidade Federal do Piauí E-mail: frankkkfalcon@hotmail.com A temática de Educação Ambiental

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DA MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS Jaiana Cirino dos Santos Graduanda de Pedagogia CFP / UFCG jaianacz@hotmail.com Alzenira Cândida Alves Graduanda de Pedagogia CFP /UFCG

Leia mais

e educação de jovens e adultos

e educação de jovens e adultos Formação de neoleitores e educação de jovens e adultos Tancredo Maia Filho III Fórum do Plano Nacional do Livro e Leitura III Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias 20 de agosto

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E LETRAS COORDENAÇÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO MANUAL DE MONITORIA

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E LETRAS COORDENAÇÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO MANUAL DE MONITORIA MANUAL DE MONITORIA A Coordenação de Ensino, Pesquisa e Extensão da Faculdade FACEL acredita na importância do processo de monitoria para o desenvolvimento dos acadêmicos, desta forma estabeleceu uma normatização

Leia mais

PROPOSTA ATIVIDADES COM O JCLIC

PROPOSTA ATIVIDADES COM O JCLIC PROPOSTA ATIVIDADES COM O JCLIC 1 Título: Fontes de Energia 2 Autor: Greyce Devielle da Silva Ruiz 3 Aplicativo utilizado: JCLIC 4 Disciplina: Ciências 5 Objetivos: Apresentar aos educandos a composição

Leia mais

ATENA CURSOS GREICY AEE E O DEFICIENTE AUDITIVO. Passo Fundo

ATENA CURSOS GREICY AEE E O DEFICIENTE AUDITIVO. Passo Fundo ATENA CURSOS GREICY AEE E O DEFICIENTE AUDITIVO Passo Fundo 2015 1 1. TEMA Deficiência auditiva e o Atendimento Educacional Especializado. 2. PROBLEMA A escola deve ser ante de mais nada uma representação

Leia mais

Oficina de Apropriação de Resultados PAEBES 2013

Oficina de Apropriação de Resultados PAEBES 2013 Oficina de Apropriação de Resultados PAEBES 2013 Oficina de Apropriação de Resultados de BIOLOGIA Dinâmica Eu não sou eu.sou o momento:passo. Mario Quintana Objetivos: Interpretar os resultados da avaliação

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Estágio Curricular Supervisionado em Educação Infantil I Código da Disciplina: EDU Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 5º Faculdade responsável: Pedagogia

Leia mais

ASTROBIOLOGIA: UMA CIÊNCIA EMERGENTE NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL.

ASTROBIOLOGIA: UMA CIÊNCIA EMERGENTE NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL. ASTROBIOLOGIA: UMA CIÊNCIA EMERGENTE NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL. Autor: André Mandelli de Carvalho Marques Orientador: Ivan Paulino Gláucio Lima RELEVÂNCIA A sociedade em geral não possui familiaridade

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

A contribuição do movimento humano para a ampliação das linguagens

A contribuição do movimento humano para a ampliação das linguagens A contribuição do movimento humano para a ampliação das linguagens Movimento humano e linguagens A linguagem está envolvida em tudo o que fazemos, ela é peça fundamental para a expressão humana. Na Educação

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE PIRAJU

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE PIRAJU DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE PIRAJU Dirigente: Maria Ignez Carlin Furlan Supervisor: Mauro Mortean Neto PCNP: Rose Helen R. R. Garcia Unidade Escolar: E.E. Prof.ª ORIZENA DE SOUZA ELENA PMEC: Renata Flávia

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DISCIPLINAS 1. Introdução à Pesquisa em Letras 2. Metodologia de ensino de línguas estrangeiras I: perspectivas teóricas e abordagens

Leia mais

PROJETO: BRINCANDO DE FAZ DE CONTA: VIVÊNCIAS DE HISTÓRIAS INFANTIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA

PROJETO: BRINCANDO DE FAZ DE CONTA: VIVÊNCIAS DE HISTÓRIAS INFANTIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA Diretora: Irene Gomes Lepore Coordenadora Pedagógica: Alba Coppini Lopes Professora Responsável: Mariana Aparecida Ferreira de Camargo Professora Participante: Ana Claudia Silva Davini PROJETO: BRINCANDO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS COMO MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO DIDÁTICO EM GEOGRAFIA RELATO DE EXPERIENCIA¹

UTILIZAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS COMO MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO DIDÁTICO EM GEOGRAFIA RELATO DE EXPERIENCIA¹ UTILIZAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS COMO MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO DIDÁTICO EM GEOGRAFIA RELATO DE EXPERIENCIA¹ Heitor Petinari Ferrari César Costa Sanches Claudivan Sanches Lopes Universidade Estadual de

Leia mais

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA NA PRÉ-ESCOLA: UMA SEQUÊNCIA DE AULAS SOBRE MANIPULAÇÃO

EDUCAÇÃO FÍSICA NA PRÉ-ESCOLA: UMA SEQUÊNCIA DE AULAS SOBRE MANIPULAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA NA PRÉ-ESCOLA: UMA SEQUÊNCIA DE AULAS SOBRE MANIPULAÇÃO Renato Sarti dos Santos (Prefeitura de Duque de Caxias RJ) Milene Domingos (EEFD-UFRJ) Lucas Nascimento (EEFD-UFRJ) Raira Rodrigues

Leia mais

Alunos, professores, demais profissionais da educação e de outras áreas interessadas nos temas.

Alunos, professores, demais profissionais da educação e de outras áreas interessadas nos temas. A Educação Especial é definida pela LDBEN 9394/96 como modalidade de educação escolar que permeia todas as etapas e níveis do ensino. As escolas especiais assumem um papel importante, no sentido de apoiar

Leia mais

Palavras-chave: Salas de Recursos Multifuncionais. Alunos com Necessidades Educacionais especiais. Avaliação.

Palavras-chave: Salas de Recursos Multifuncionais. Alunos com Necessidades Educacionais especiais. Avaliação. 01191 AVALIAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO EDUCACIONAL INDIVIDUALIZADO: INSTRUMENTO NECESSÁRIO À INCLUSÃO DOS ALUNOS COM NEEs NA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE IMPERATRIZ RESUMO MSc Rita Maria Gonçalves de Oliveira

Leia mais

CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula

CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM Lisiane Cristina Amplatz CRTE Toledo AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula Navegando pelo Portal Dia a dia Educação www.diaadia.pr.gov.br

Leia mais

Projeto Dia dos Pais

Projeto Dia dos Pais Projeto Dia dos Pais Tema: Meu pai, meu querido amigo Desenvolvido pela Orientadora dessa Instituição. Valdineia Maria Luiz Moreira. Culminância do projeto Festa dos pais Justificativa Como resultado da

Leia mais

DESVENDANDO O INTERESSANTE MUDO DA LÓGICA RESUMO

DESVENDANDO O INTERESSANTE MUDO DA LÓGICA RESUMO DESVENDANDO O INTERESSANTE MUDO DA LÓGICA Daniela Batista Santos - UNEB Laion Augusto Correa Silva UESB Rafael Souza Barros UESB RESUMO A busca constante pela melhora do ensino de matemática tem que a

Leia mais

Fundamentos Metodologia do Ensino dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental III (Educação Física/Ciências) (Educação Física): (Ciências):

Fundamentos Metodologia do Ensino dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental III (Educação Física/Ciências) (Educação Física): (Ciências): Disciplina: Fundamentos Metodologia do Ensino dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental III (Educação Física/Ciências) Código da Disciplina: EDU333 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 6º P

Leia mais

CONEXÃO FAMETRO: ÉTICA, CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE XII SEMANA ACADÊMICA ISSN:

CONEXÃO FAMETRO: ÉTICA, CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE XII SEMANA ACADÊMICA ISSN: CONEXÃO FAMETRO: ÉTICA, CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE XII SEMANA ACADÊMICA ISSN: 2357-8645 PROMOVENDO O MELHOR APRENDIZADO DOS ALUNOS: ELABORAÇÃO DE APOSTILA DE CITOLOGIA Camilla Maria Campelo De Araújo

Leia mais

LABORATÓRIOS DE ENSINO DA GEOGRAFIA: ABORDAGENS, POSSIBILIDADES E APLICAÇÕES NOS AMBIENTES ACADÊMICO E ESCOLAR

LABORATÓRIOS DE ENSINO DA GEOGRAFIA: ABORDAGENS, POSSIBILIDADES E APLICAÇÕES NOS AMBIENTES ACADÊMICO E ESCOLAR LABORATÓRIOS DE ENSINO DA GEOGRAFIA: ABORDAGENS, POSSIBILIDADES E APLICAÇÕES NOS AMBIENTES ACADÊMICO E ESCOLAR Isabela Santos Albuquerque 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Leia mais

RESGATE CULTURA HISTÓRIA POTIGUAR

RESGATE CULTURA HISTÓRIA POTIGUAR RESGATE DA E CULTURA HISTÓRIA POTIGUAR I TEMA Resgate da Cultura e História Potiguar II CARACTERIZAÇÃO Segmento: Fundamental II e Ensino Médio PROFESSORES RESPONSÁVEIS: Fyedka Paula de Oliveira Profª de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES. DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) PLANO DE AULA I. I. Plano

Leia mais

Faculdades Adamantinenses Integradas FAI Subprojeto: CIÊNCIAS BIOLOGICAS

Faculdades Adamantinenses Integradas FAI Subprojeto: CIÊNCIAS BIOLOGICAS EDUCAÇÃO ALIMENTAR E COMBATE AO DESPERDÍCIO ALVES, Weslley de Oliveira ; PETEAN, Samir Gouvêa; CAMARGO, Caroline Feresin; MEIRA, Daiane Aguiar; ALVES, Tatiane Laís; SILVA, Daniele de O. M.; JACOB, Edelma

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA/CAPES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA/CAPES UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA/CAPES EDITAL Nº 01/2014 Subprojeto PIBID/História /UFOPA SELEÇÃO DE DISCENTES

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM ORIENTAÇÕES GERAIS E ENCAMINHAMENTOS PARA A EQUIPE GESTORA 1

PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM ORIENTAÇÕES GERAIS E ENCAMINHAMENTOS PARA A EQUIPE GESTORA 1 M E G A Z I D N E R P A A P S I C O LO G I A D CAMINHAMENTOS EN E IS A ER G ES Õ Ç TA ORIEN RA PARA A EQUIPE GESTO 1 1 o DIA: 02/02/15 (segunda-feira) ORIENTAÇÕES GERAIS E ENCAMINHAMENTOS PARA A EQUIPE

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES: EXPERIÊNCIAS NA ESCOLA ELOY PEREIRA EM MONTES CLAROS-MG

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES: EXPERIÊNCIAS NA ESCOLA ELOY PEREIRA EM MONTES CLAROS-MG A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES: EXPERIÊNCIAS NA ESCOLA ELOY PEREIRA EM MONTES CLAROS-MG Natália Andrade Ruas Universidade Estadual de Montes Claros. carla1017@yahoo.com.br Stefani Martins

Leia mais

PROJETO ESCOLA DE PAIS E FILHOS

PROJETO ESCOLA DE PAIS E FILHOS PROJETO ESCOLA DE PAIS E FILHOS EMEF-I Prof. Manoel Ignácio de Moraes Professor(es) Apresentador(es): Sônia Maria Romano Rosemary de Almeida Teixeira Oliveira Realização: Foco do Projeto A programação

Leia mais

As pesquisas sobre o livro didático de História: temas e perspectivas

As pesquisas sobre o livro didático de História: temas e perspectivas As pesquisas sobre o livro didático de História: temas e perspectivas Raphaela de Almeida Santos RESUMO O texto analisa os trabalhos apresentados no Simpósio Internacional Livro Didático. Educação e História,

Leia mais

A PRODUÇÃO DE MAQUETES COMO INSTRUMENTO PEDAGÓGICO PARA O ENSINO DE MODELOS ATÔMICOS

A PRODUÇÃO DE MAQUETES COMO INSTRUMENTO PEDAGÓGICO PARA O ENSINO DE MODELOS ATÔMICOS A PRODUÇÃO DE MAQUETES COMO INSTRUMENTO PEDAGÓGICO PARA O ENSINO DE MODELOS ATÔMICOS Janice Silvana Novakowski Kierepka 1 Thatiane de Britto Stähler 2 Lenir Basso Zanon 3 Universidade Regional do Noroeste

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ

CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ ORIGEM DO UNIVERSO, FORMAÇÃO DA VIDA NA TERRA ESTUDANDO FÓSSEIS: O CAMINHO DA EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES 1º semestre de 201 3ª feira, das 13h30 às 17h30 SANTO ANDRÉ

Leia mais

18/06/2015. Didática Aula 3. O que é PLANEJAR? O que é PLANEJAR?

18/06/2015. Didática Aula 3. O que é PLANEJAR? O que é PLANEJAR? Didática Aula 3 Planejamento de Ensino O que é PLANEJAR? Planejar é analisar dada realidade, refletindo sobre as condições existentes, e prever as formas alternativas de ação para superar as dificuldades

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL 1 Título: Localizando-se... 2 Autora: Adriana Regina Perez Rech 3 Docente: Lisiane Cristina Amplatz 4 Aplicativo utilizado: Geogebra 5 Disciplina: Matemática 6 Objetivos / Expectativas de aprendizagem:

Leia mais

Mestre em Educação, Professora de Língua Portuguesa SEED-PDE/ UEPG- DEMET

Mestre em Educação, Professora de Língua Portuguesa SEED-PDE/ UEPG- DEMET 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA DESENVOLVENDO HABILIDADES DE

Leia mais

Titulo: O respeito em sala de aula: relato de intervenção em um sétimo ano de escola pública

Titulo: O respeito em sala de aula: relato de intervenção em um sétimo ano de escola pública 1 Titulo: O respeito em sala de aula: relato de intervenção em um sétimo ano de escola pública Autores: Nathalia Tayaná dos Santos Souza, UNISAL, nathtdss@gmail.com João Moreira de Paula Neto, UNISAL,

Leia mais

LETRAMENTO E GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: RELATÓRIO DE PROJETO DE LETRAMENTO

LETRAMENTO E GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: RELATÓRIO DE PROJETO DE LETRAMENTO LETRAMENTO E GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: RELATÓRIO DE PROJETO DE LETRAMENTO Charleni Araújo de Lima 1 Ilma Dias dos Santos Roseli Pereira de Almeida Neste projeto proposto sobre o letramento,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 10/2015 Campus Muriaé FOLHA DE PROVA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 10/2015 Campus Muriaé FOLHA DE PROVA Tema 01: POSSIBILIDADES DE CONTEÚDO PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DO ENSINO BÁSICO TÉCNICO E TECNOLÓGICO De acordo com a Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, os Institutos Federais de

Leia mais

GEOGRAFIA ESCOLAR E O LÚDICO: ALGUMAS APROXIMAÇÕES NO ENSINO FUNDAMENTAL II

GEOGRAFIA ESCOLAR E O LÚDICO: ALGUMAS APROXIMAÇÕES NO ENSINO FUNDAMENTAL II GEOGRAFIA ESCOLAR E O LÚDICO: ALGUMAS APROXIMAÇÕES NO ENSINO FUNDAMENTAL II Aluno: Jhonata da Silva de Jesus Matricula: 005805/06. Professor (Orientador/Preponente): Daniel Luiz Poio Roberti Matricula

Leia mais

A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: UMA ABORDAGEM PRÁTICA NO ESTUDO DOS NÚMEROS INTEIROS

A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: UMA ABORDAGEM PRÁTICA NO ESTUDO DOS NÚMEROS INTEIROS A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: UMA ABORDAGEM PRÁTICA NO ESTUDO DOS NÚMEROS INTEIROS 1 Arthur Gilzeph Farias Almeida; 2 Samara Araújo Melo. 1 Universidade Federal de Campina Grande, agilzeph@gmail.com; 2 E.E.E.F.M

Leia mais

PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS

PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS 01. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) são referências para o ensino fundamental e médio de todo Brasil, tendo como objetivo: (A) Garantir, preferencialmente,

Leia mais

META Propiciar aos estudantes a possibilidade de discussão de temas científi cos, pedagógicos e sociais.

META Propiciar aos estudantes a possibilidade de discussão de temas científi cos, pedagógicos e sociais. CICLO DE PALESTRAS META Propiciar aos estudantes a possibilidade de discussão de temas científi cos, pedagógicos e sociais. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Neste evento serão ministradas

Leia mais

História da Ciência e Epistemologia Aplicadas ao Ensino de Química Paulo Alves Porto Instituto de Química - USP 17 / 09 / 2004

História da Ciência e Epistemologia Aplicadas ao Ensino de Química Paulo Alves Porto Instituto de Química - USP 17 / 09 / 2004 Mesa-redonda: Implicações da pesquisa nas atividades de formação de professores História da Ciência e Epistemologia Aplicadas ao Ensino de Química Paulo Alves Porto Instituto de Química - USP 17 / 09 /

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 NOVA ANDRADINA MS DEZEMBRO/2013 ESCOLA IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 Plano de ações previstas a serem executadas no

Leia mais

Metodologia do Ensino

Metodologia do Ensino Metodologia do Ensino Prof. Eduardo Henrique de M. Lima Definições: - Planejamento é uma necessidade constatnte em todas as áreas da atividade humana; - Planejar é analisar uma dada realidade, refletindo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Recursos Naturais Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica

Leia mais

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA PLANO DE MELHORIA 2014 / 2016 ÍNDICE Introdução 3 Resultados da Avaliação Externa 4 Ações a contemplar no Plano de Melhoria 5 Conclusão 7 2 Introdução

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: EDU323 Teorias da Educação CURSO: Pedagogia Semestre de oferta: 4 CRÉDITOS: 03 CARGA HORÁRIA: 45 HORAS HORAS/AULA: 54 Aulas EMENTA: Teorias pedagógicas modernas e contemporâneas.

Leia mais

DIAGNÓSTICO DO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA NA REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO-RJ

DIAGNÓSTICO DO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA NA REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO-RJ DIAGNÓSTICO DO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA NA REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO-RJ Palavras-chave: Geociências. Recursos Didáticos. Ciências. Ensino. FERREIRA, Luana Jesus da

Leia mais

Educação financeira no contexto escolar

Educação financeira no contexto escolar Educação financeira no contexto escolar Sueli Teixeira Mello e Caroline Stumpf Buaes Ministério da Educação do Brasil (MEC) Rio de Janeiro, 09/12/2015 Sumário 2 1. O papel institucional do Ministério da

Leia mais

RESUMO DO PROJETO DE RE-ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE/ENFERMAGEM PRÓ-SAÚDE

RESUMO DO PROJETO DE RE-ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE/ENFERMAGEM PRÓ-SAÚDE RESUMO DO PROJETO DE RE-ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE/ENFERMAGEM PRÓ-SAÚDE Trata-se de um projeto que procurou implementar a proposta curricular organizado por competência, implantada no Curso de

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do Componente Curricular: Matemática III Curso: Técnico de Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 3º ano Carga Horária: 2 a/s - 80 h/a - 67

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PIBID-LETRAS Nº 01/2016 SELEÇÃO DE SUPERVISOR(A) A coordenação do subprojeto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ UNESPAR PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ UNESPAR PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID EDITAL 001/2016 PIBID/UNESPAR ABERTURA DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CAMPUS DE Paranavaí, NA ÁREA DE MATEMATICA, CIÊNCIAS

Leia mais

5 De F A ma

5 De F A ma Educação Física 5 De F A ma Uma Breve Revisão... Em 07 de abril de 2005 entra em vigor no Estado de Minas Gerais a resolução SEE N.º 666; Em agosto de 2011, é instituído o PIP CBC; No ano de 2012 o PIP

Leia mais

Escrito por Administrator Seg, 22 de Novembro de :55 - Última atualização Seg, 22 de Novembro de :09

Escrito por Administrator Seg, 22 de Novembro de :55 - Última atualização Seg, 22 de Novembro de :09 MISSÃO O Serviço Social tem como missão dar suporte psico-social e emocional ao colaborador e sua família. Neste sentido, realiza o estudo de casos, orientando e encaminhando aos recursos sociais da comunidade,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU ANEXO 2 DO EDITAL PIBID UNEB CAPES Nº. 010/2014 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Candidato (a) Matrícula Curso / Depto. UNEB (iniciação à docência) Escola (supervisão) ENDEREÇO:...Nº... BAIRRO:...CIDADE:... CEP.:...

Leia mais

Oficina de Formação A Utilização do Microsoft Excel na Atividade Docente (Data de início: 29/06/ Data de fim: 30/06/2015)

Oficina de Formação A Utilização do Microsoft Excel na Atividade Docente (Data de início: 29/06/ Data de fim: 30/06/2015) Oficina de Formação A Utilização do Microsoft Excel na Atividade Docente (Data de início: 29/06/2015 - Data de fim: 30/06/2015) I - Autoavaliação (formandos) A- Motivação para a Frequência da Ação 1- Identifique,

Leia mais

CONTEXTO HISTÓRICO DE CRIAÇÃO DOS IF E DO IFB. Maria Cristina Madeira da Silva

CONTEXTO HISTÓRICO DE CRIAÇÃO DOS IF E DO IFB. Maria Cristina Madeira da Silva CONTEXTO HISTÓRICO DE CRIAÇÃO DOS IF E DO IFB Maria Cristina Madeira da Silva TRAJETÓRIA DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA 1909 ESCOLA DE APRENDIZES ARTÍFICES 1937 LICEUS DE ARTES

Leia mais

A GEOGRAFIA ESCOLAR A PARTIR DOS LIVROS DIDÁTICOS:HISTÓRIA DA DISCIPLINA NO BRASIL

A GEOGRAFIA ESCOLAR A PARTIR DOS LIVROS DIDÁTICOS:HISTÓRIA DA DISCIPLINA NO BRASIL A GEOGRAFIA ESCOLAR A PARTIR DOS LIVROS DIDÁTICOS:HISTÓRIA DA DISCIPLINA NO BRASIL O referente texto propõe uma reflexão critica do ensino da geografia escolar a partir do livro didático e nos arremete

Leia mais

PROJETO: CONTANDO CENTAVOS

PROJETO: CONTANDO CENTAVOS PIBID - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Escola Municipal Hermann Gmeiner Disciplina: Matemática Docentes: João Batista de Oliveira Neto Damião Xavier de Medeiros PROJETO: CONTANDO

Leia mais

ISSN ÁREA TEMÁTICA:

ISSN ÁREA TEMÁTICA: 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA

Leia mais

CONCEPÇÕES DO ENSINO DE FILOSOFIA Uma reflexão sobre o currículo

CONCEPÇÕES DO ENSINO DE FILOSOFIA Uma reflexão sobre o currículo Uma reflexão sobre o currículo 1. A NATUREZA DA FILOSOFIA Atitude reflexiva que investiga criticamente condições de possibilidade. (PCN+, 1999; OCN, 2006) "A principal ocupação da Filosofia é questionar

Leia mais

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO. CAMPUS CERES DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PROJETO DO

Leia mais