As coleiras e os cachorros são diferentes. Alfredo Behrens, International MBA, FIA.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As coleiras e os cachorros são diferentes. Alfredo Behrens, International MBA, FIA."

Transcrição

1 As coleiras e os cachorros são diferentes. Alfredo Behrens, International MBA, FIA. III Simpósio Internacional de Administração e Marketing V Congresso de Administração da ESPM

2 Assuntos que desenvolveremos Apreenderemos a cultura através das suas expressões Contrastaremos o pragmatismo americano com a busca de transcendência que herdamos da Iberia. Os esquemas patriarcais sublinham os estilo de liderança preferido pelos latino americanos, como evidente nos casos de Perón e Vargas. As multinacionais favorecem um estilo de liderança denegrido pela cultura latinoamericana. Nosso estilo de liderança pode propiciar a exploração 2

3 Argumento que: Organizações autóctonas refletem melhor a cultura local Resultando num desempenho melhor De forma que no Brasil os incentivos pecuniários poderiam ter uma eficácia menor que nos EUA E que os líderes locais levariam a um resultado melhor nas subsidiárias do que líderes ditos globais. 3

4 Pode alguém liderar sem seduzir? Em liderança so há sedução. As histórias definem estilos, inclusive de sedução. A sedução por parte de personagens de outras histórias é difícil 4

5 A fascinação americana com a violência e o gangsterismo é uma historia Scorcese,

6 It s all about power Neste país primeiro você tem de pegar o dinheiro. Então, quando você tem o dinheiro você conquista o poder; e quando você tem poder você então conquista a mulher. Tony Montana (Al Pacino)

7 Outubro 26, 1947 'GONE WITH THE WIND' Supercolossal saga de uma história épica. Já era um sucesso estrondoso em

8 A importância do dinheiro no romance americano em 1939 Scarlett... Eu descobri que o dinheiro é a coisa mais importante do mundo e eu jamais quero voltar a me encontrar sem ele." 8

9 No entanto, no Brasil... O amor é romântico O dinheiro será bem-vindo Mas nunca às expensas do amor Inclusive a ambigüidade é mais aceitável. 9

10 Em Dona Flor a cultura brasileira encontra sua expressão.. Somos policrônicos, fazemos mais de uma coisa ao mesmo tempo. Dona Flor aceita ambas, a respeitabilidade do farmacêutico chato e o charme do Vadinho. Inclusive acrescentamos tantas dimensões quanto necessárias para equacionar o que a simultaneidade não permite 10

11 Para os descendentes dos povos ibéricos As corridas de touros e as narrativas de duelos também são expressões culturais que tem formado atitudes

12 O time da corrida portuguesa oferece o evento a uma autoridade. Sempre tem uma autoridade Na verdade oferecem suas vidas, começando pela genitália do líder, exposta ao touro até na postura do desafio. Um homem capaz de arriscar sua genitália é um homem capaz de tudo. Desperta a admiração das massas e motiva a seus seguidores, que apoiam o líder no desafio. Tem aí algo da graça que achamos no Fidel e no Che Guevara

13 Na corrida espanohla o matador também expoe sua genitália, E é ali onde ele é frequentemente ferido

14 Argentina não tem corrida de touros. Mas aí também o homem busca o reconhecimento da sua dignidade, da sua unicidade. Só que na Argentina ela é expressada no fio de um facão. Como nos duelos lutados pelo Martin Fierro, o protagonista da poesia fundacional argentina.

15 O nosso caminho à liderança é empedrado por heróis e martires O último ponto é a Santidade. Mergulhadores de Acapulco Crise dos míssies em Cuba O interminável desfafio à morte do Che Guevara Salvador Allende defendendo seu mandato com a propria vida. 15

16 Outras expressões culturais O pendor latino para cortejar a tragédia Evidencia o desapego Mergulhadores de Acapulco Castro e o Che Guevara em revolução Salvador Allende, um Presidente popular, morre com o capacete 16

17 Pragmatismo vilipendiado já em 1990 Sobre Benjamin Franklin: Oferece uma filosofia de ação cujo alvo é a sagacidade vulgar, um utilitarismo apenas prudente, incapaz de dar à luz a santidade ou o heroismo.. José Enrique Rodó 17

18 Pragmatismo ainda vilipendiado em 2006 A pequenez inspira o pragmatismo. Nas mãos dos seus propugnadores o pragmatismo é outra versão da senilidade transvestida de sabedoria. Eles pensam que tem amadurecido quando apenas tem caído. Na medida em que perdemos confiança nos nossos grandes projetos, quer na teoria ou na política, aprendemos a viver sem eles no lugar de nos recuperarmos para refaze-los em outras formas ainda mais promissoras. Roberto Mangabeira Unger Roscoe Pound Professor of Law 18 Harvard University

19 Coyote vs Papaléguas Porém, 28 brasileiros no EMBA FIA: Papa Léguas 64% Coyote 36% O autor quis que a simpatia da platéia sempre ficasse com o Coyote.

20 A obsessividade do Coyote aliena os brasileiros Não incomoda 9% Um pouco 18% Muito 18% Bastante 55%

21 A alegria do Papaléguas motiva a torcida brasileira Pouco 12% Algo 19% Bastante 44% Muito 25%

22 I would have a Roadrunner as my... Not want Dislike OK Prefer Friend Asset Manager Attorneys Boss Much prefer

23 Assuntos a serem desenvolvidos Apreenderemos a cultura através das suas expressões Contrastaremos o pragmatismo americano com a busca de transcendência que herdamos da Iberia. Os esquemas patriarcais sublinham os estilo de liderança preferido pelos latino americanos, como evidente nos casos de Peron e Vargas. As multinacionais favorecem um estilo de liderança denegrido pela cultura latinoamericana. Nosso estilo, sem limites, tende à exploração. 23

24 Patriarcalismo e liderança na América Latina 24

25 O encadeamento que legitima O patriarcalismo impacta no populismo e este no estilo de liderança. O populismo determina a forma da liderança A percepção do carisma influencia a aceitabilidade do estilo de liderança

26 Figura de pai no ápice da hierarquia dos negócios Promoções ou proteção acontecem em troca da lealdade. O poder pode ser arbitrário mas não deverá deixar de ser percebido como benévolo. A empresa se transforma numa família 26

27 Povos e seus íderes patriarcais Brasileiros com Vargas, Descamisados com Perón; Mexicanos com Cárdenas Venezuelanos com Chavez Colombianos com Eliécer Gaitán Bolivianos com Evo Morales Peruanos com Ollanta Humala? Luisianan s com Huey Long? Italianos com Mussolini? 27

28 Qual macho, que líder? Se de um líder esperamos a audácia de um matador O líder não deverá ser medroso nem pedir licença Além do mais, deverá proporcionar diversão 28

29 Nosso jegue não segue a cenoura O ganho estará na respeitabilidade alcançada; não no dinheiro. Quem não visa o o lucro não responde tão bem a incentivos pecuniários

30 Como a literatura expressa os traços do líder

31 Martin Fierro, foi o Gaucho protagonista do José Hernández, 1872 A poesia censurou as elites que tornaram um homem de família num fugitivo da lei ao submete-lo à infâmia do trabalho forçado e priva-lo acesso à justiça. 31

32 A historia conta as virtudes de Martin Fierro: seu amor pela liberdade, pela dignidade do homem expressada com coragem se necessário for. Ao ponto de ser defendida com a a própria vida posta em jogo. É assim como quem - na perspectiva da elite urbana - fora um transgressor, um assassino, um foragido da justiça, um bêbado, tornou-se um herói nacional na argentina.

33 Argentina, Uruguai e Rio Grande do Sul esgrimem o reconhecimento ao gaucho Não há gaucho de cócoras 33

34 34

35 O Gaucho Postura, aparência Atitude Comportamento Relações interpessoais Inspira, procura Traços do Martin Fierro Nobre, orgulhoso, forte, livre, ligado na Natureza, vestiário funcional, armado. Desafiante, másculo, áspero, cavalheiroso, susceptível, luxurioso e decisivo. Violento, vingativo, leal, rancoroso, corajoso, aventureiro, generoso, insubordinado, amigável. Livre, independente, supersticioso, individualista. Respeito, medo, nostalgia, comiseração. Classificação pelo autor dos adjetivos presentes em Bordelois, Ivonne: Un Triángulo Crucial, Borges, Güiraldes y Lugones. 35

36 Negociações e duelos a faca Jorge Luis Borges uma vez escreveu do poder do tango de invocar um passado imaginário estóico e orgiástico, no qual eu desafiei e lutei, para finalmente cair em silencio num escuro duelo a faca. Tal vez esta seja a missão do tango: dar aos argentinos a crença num passado heróico no qual foram contempladas as demandas da honra e da coragem. Nesta semana a Argentina desfiou e brigou, como a honra exige, para depois piscar. Ou será que foi o FMI quem piscou? The Economist; 3/13/2004 Vol. 370 Issue 8366, p75 36

37 Eu argumento que : Cultura salvacionista Patriarcalismo Populismo na política assim como na literatura Liderança nos negócios Para ser eficaz a liderança nos negócios devera contemplar a expressão de uma cultural profundamente enraizada. 37

38 O próximo filme é em espanhol Quero que foquem: Nos milhares que desfilam com o casal Perón No tom, ritmo e pausas do estilo de liderança na fala do Perón s Também no estilo de Evita 38

39 Patriarcalismo Populismo na política e na literatura Liderança nos negócios 39

40 Idéias expressadas no discurso de Perón Éramos insignificantes, sujeitos ao capitalismo internacional, que sufocava nossa economia e especulava com a fome dos trabalhadores argentinos Não tínhamos rumo Agora o rumo é o rumo da nossa pátria Vamos aonde queremos estar. Nos permitimos oferecer ao mundo a nossa visão de Justiça. Podemos estar legitimamente orgulhosos De que, trabalhando juntos Construímos sobre a velha Argentina, injusta, vendida e traída Uma nova Argentina, justa, livre e soberana Palavras chave Vitimizacão. Como a do Martin Fierro Decisão Agora temos dignidade Visão Legitimidade, orgulho Coletivismo, colaboração Equidade, metas compartilhadas Independência 40

41 Traços Postura, aparência Atitude Comportamento Martin Fierro Orgulhoso, armado Desafiador, másculo decisivo Vingativo, leal, rancoroso, corajoso, aventureiro, generoso, Discurso do Perón sob a ótica do Martin Fierro Legitimidade, orgulho Revoltado contra a vitimização Visão, Decisão, Independência Relações interpessoais Independência, individualista Coletivista, colaboração Inspira, procura comiseração. Equidade, metas compartilhadas 41

42 Formação argentina gera um líder autónomo Ouve pouco e consulta menos ainda Nutre-se na paixão que legitima É susceptível e perde mal Bom nos turnarounds mas sofre com a rotina Bom no blefe: Kirschner na renegociação da dívida internacional argentina em 2005

43

44 Mais neste livro que foi recomendado como o melhor livro de negócios do ano. 44

45 Em Abril 2009 sai pela Stanford University Press. Já podes comprar na Amazon.com

46 Populismo derrama sobre os negócios Numa empresa familiar brasileira o dono é frequentemente chamado de pai O restante é considerado parte da família. A Administração Americana, nasceu do self-reliance Não da lugar ao paternalismo 46

47 Na América Latina o patrão deve estar aí sempre para o trabalhador Downsizing é percebido como a derrota moral do patrão; Que já não pode fazer valer a sua palavra. Sem palavra ele perde a dignidade

48 Ao contestar a acumulação e se dispor a submeter a autonomia individual a um patrão América Latina esta denunciando os incentivos pecuniários E mostrando que prefere um estilo de liderança paternalista 48

49 Também América Latina esta indicando que expressará um maior engajamento a metas transcendentais.

50 Liderança transacional tem algo de mercenário Para quem se oferece sem limites, um salário como contrapartida é frustrante O trabalhador entregará menos do que o acordado 50

51 Do ponto de vista do administrador o trabalhador expressará falta de engajamento. Do ponto de vista do trabalhador, o patrão não é de confiança. Não é pai.

52 Por que? Se a administração fosse autenticamente brasileira, poderíamos esperar que os seguros de saúde oferecidos excluam as mães dos trabalhadores?

53 Mas uma liderança paternalista pode levar à exploração. 53

54 Para se defenderem Os trabalhadores respondem com uma pletora de estratégias organizacionalmente deletérias 54

55 Um esboço da cultura organizacional dos negócios no Brasil Hierarquia Concentração de poder, discriminação, formalismo Desconfiança Controles, passividade, by the book. Personalismo Laços pessoais predominam sobre estruturas e processos. Malandragem Ambigüidade, jeitinho, mentiras piedosas, conciliação, Aventureiro Sonhador, avesso à disciplina, ao método e à perseverança. Atitudes escapistas 55 Behrens, A. Baseado em Borges de Freitas e em Spyer Prates, Tanure de Barros.

56 O escapismo é uma estratégia Os poderosos gozam de impunidade: Quem pode, manda. Quem tem juízo obedece. Ou escapa: na aventura, no sonho: Daí que para Hofstede o jogo como instrumento de alavancagem do futuro seja um traço cultural Latino Americano Hofstede. Geert et alli: What Goals do Business Leaders Pursue a Study in Fifteen Countries 56

57 Assuntos a serem desenvolvidos Apreenderemos a cultura através das suas expressões Contrastareos o pragmatismo americano com a busca de transcendência que herdamos da Iberia. Os esquemas patriarcais sublinham os estilo de liderança preferido pelos latino americanos, como evidente nos casos de Peron e Vargas. As multinacionais favorecem um estilo de liderança denegrido pela cultura latinoamericana. Nosso estilo, sem limites, tende à exploração. 57

58 Cadéia de cinismo A evolução organizacional Favorece caracteres mercenários, impróprios da cultura latina Chefes das subsidiárias estendem a dissonância cultural A resposta cínica é reduzir o desempenho Depois o RH é chamado a explicar porque o desempenho esta ruim! 58

59 Corrigir a dissonância A sociedade patriarcal latinoamericana permeia as expectativas quanto aos estilos de gestão que deveriam se adaptar a: Pessoas que colaboram no lugar de competirem Que em geral não são movidas a dinheiro E que perseguem metas transcendentais 59

60 A teoria recebida No entanto, a teoria administrativa recebida é baseada num individuo: Autoconfiante (self-reliant) competitivo Que busca alcançar suas metas Que no agregado se traduz no bemestar coletivo

61 Ela foca na seleção e recrutamento próprios de cada etapa. Argumenta que são erros, já acho que são conseqüências naturais do estilo de administrar. 61

62 Artista Artesão Tecnocrata Impredizivel Equilibrado Cerebral Divertido Colaborador Difícil Imaginativo Honesto Não cede Audacioso Sensível Duro Intuitivo Responsável Intenso Engajador Confiável Detalhista Emotivo Realista Determinado Visionário Firme Fastidioso Empreendedor Razoável Sem brincadeiras Inspirador Predizível Obsecado 62

63 Estrutura organizacional no início de

64 Estrutura em meados

65 Estrutura em fins de

66 Estrutura em

67 Porque nos interessa? Porque são as corporações maduras as que se expandem ao exterior. Dirigidas por controladores não artistas Procurarão controladores não artistas para dirigir as subsidiárias P&D local será sacrificado Assim como a expansão internacional do Brasil, por exemplo. 67

68 O estilo do tecnocrata é um estilo que frustra aos mais criativos A gestão não será atraente para os nossos artistas. Muitos dos quais podem ser muito bons vendedores! Analisemos umas cenas do filme Ray, sobre a vida de Ray Charles.

69

70 Como corrigir? Insira uma dose de populismo na liderança 70

71 Não tenha medo de perguntar? Com quem você gostaria de trabalhar? 71

72 Nova abordagem, perguntando aos do andar de baixo Behrens survey

73 73

74 74

75 75

76 Coruja Conhecedor Professoral, magistra do Seguro, comedido Metódico Equilibrado Artesão 76

77 Águia Equilibrado Seguro Persuasivo Responsável Honesto Compreensivo Artesão 77

78 Vaca Equánime Paternalista Protetor Amável, humano Conciliador Confiável (também inseguro) Artesão 78

79 Raposa Duro Inflexível Detalhista Obsessivo Sem brincadeiras Tecnocrata 79

80 Urubú Disfarçado Medroso Inseguro Difícil Aprendiz de Tecnocrata 80

81 Castor Nerd Inexpressivo Mal comunicador Confiável Artesão 81

82 Com quem você gostaria de trabalhar? 82

83 Com quem a maioria dos teus colegas gostaria de trabalhar? 83

84 Com quem você não gostaria de trabalhar? 84

85 Com quem a maioria dos teus colegas não gostaria de trabalhar? 85

86 Resumo da ópera Nossas culturas não são pragmáticas Procuram a transcendencia São coletivistas e hierarquicas Os seguidores trocam lealdade e obediencia por proteção e pertenencia A liderança preferida é a paternalista As multis escolhem dirigentes sem seguidores locais Que gerenciam como se fossem estrangeiros na sua propria terra

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE INTRODUÇÃO AO EMPREENDEDORISMO Prof. Marcos Moreira Conceito O empreendedorismo se constitui em um conjunto de comportamentos e de hábitos que podem ser adquiridos, praticados e reforçados nos indivíduos,

Leia mais

LÍDER 360º APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇA PARA A GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA

LÍDER 360º APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇA PARA A GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇA PARA A GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA 24 HORAS DE MUITO CONHECIMENTO, DINÂMICAS E TROCA DE EXPERIÊNCIAS APRESENTAÇÃO LÍDER 360º Os princípios da liderança efetiva Para construirmos

Leia mais

Cultura e Clima Organizacionais. Organização da Aula. Aula 2. Cultura Organizacional e Cultura Nacional. Contextualização. Instrumentalização

Cultura e Clima Organizacionais. Organização da Aula. Aula 2. Cultura Organizacional e Cultura Nacional. Contextualização. Instrumentalização Cultura e Clima Organizacionais Aula 2 Profa. Me. Carla Patrícia da S. Souza Organização da Aula Cultura organizacional e cultura nacional Cultura brasileira Traços nacionais Cultura Organizacional e Cultura

Leia mais

Liderança, gestão de pessoas e do ambiente de trabalho

Liderança, gestão de pessoas e do ambiente de trabalho Glaucia Falcone Fonseca O que é um excelente lugar para se trabalhar? A fim de compreender o fenômeno dos excelentes locais de trabalho, devemos primeiro considerar o que as pessoas falam sobre a experiência

Leia mais

Os Desafios da Gestão e da Liderança Marco Antonio Ornelas

Os Desafios da Gestão e da Liderança Marco Antonio Ornelas Os Desafios da Gestão e da Liderança Marco Antonio Ornelas Marco Antonio Ornelas Psicólogo com Especialização em Comportamento Organizacional pela Califórnia American University. Formação em Coaching pelo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Digitais. Liderança, Negociação e Gestão de Conflitos

Gerenciamento de Projetos Digitais. Liderança, Negociação e Gestão de Conflitos Gerenciamento de Projetos Digitais Liderança, Negociação e fredpacheco@me.com FRED PACHECO! 14 anos de experiência no mercado de marketing online.! Palestrante e Consultor de mídia, planejamento e marketing.!

Leia mais

EMPREENDEDORISMO UNIMÓDULO

EMPREENDEDORISMO UNIMÓDULO EMPREENDEDORISMO UNIMÓDULO Prof. Ricardo Suñer Romera Neto rsromera@hotmail.com Prof. Ricardo Suñer Romera Neto 1 Ementa Estudo dos fundamentos, experiências e conhecimentos acumulados a respeito das atividades

Leia mais

O desafio de manter uma pequena e média empresa de base tecnologica no Brasil

O desafio de manter uma pequena e média empresa de base tecnologica no Brasil O desafio de manter uma pequena e média empresa de base tecnologica no Brasil Palestrante Antonio Valerio Netto, 353 anos o Fundador da empresa Cientistas Associados Desenvolvimento Tecnológico em 2003;

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Meus Valores, Minha Vida O que realmente move você?

Meus Valores, Minha Vida O que realmente move você? Meus Valores, Minha Vida O que realmente move você? Talvez você já tenha pensado a esse respeito, ou não. Se souber definir bem quais são os seus valores, terá uma noção clara de quais são suas prioridades.

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING

PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING 8 ENCREPI - PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING SARAH MUNHOZ 23/11/09 LIDERANÇA Kotler(1988): processo de movimentar um grupo ou grupos em alguma direção por meios não coercitivos. Robbins (1991): é o processo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca VISITA A MINAS GERAIS Palácio da

Leia mais

ÁREA TÍTULO OBJETIVO SINOPSE RH - Liderança 1- OS 10 PAPÉIS DE UM LÍDER Trabalhar a liderança de acordo com a situação apresentada.

ÁREA TÍTULO OBJETIVO SINOPSE RH - Liderança 1- OS 10 PAPÉIS DE UM LÍDER Trabalhar a liderança de acordo com a situação apresentada. ÁREA TÍTULO OBJETIVO SINOPSE RH - Liderança 1- OS 10 PAPÉIS DE UM LÍDER Trabalhar a liderança de acordo com a situação apresentada. Best - Seller com milhares de cópias vendidas. Prático, dinâmico, com

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

MBA MARKETING: ENFASE EM VENDAS. Negociação Aplicada a Vendas Prof. Dr. Cleverson Renan da Cunha

MBA MARKETING: ENFASE EM VENDAS. Negociação Aplicada a Vendas Prof. Dr. Cleverson Renan da Cunha MBA MARKETING: ENFASE EM VENDAS Negociação Aplicada a Vendas Prof. Dr. Cleverson Renan da Cunha Negociação e Vendas Marketing e vendas Quais são as relações entre marketing e vendas casos e causos de negociação

Leia mais

Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor. Idalberto Chiavenato

Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor. Idalberto Chiavenato Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor Idalberto Chiavenato 3º Edição 2008 Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor Idalberto Chiavenato Doutor (PhD) e mestre (MBA) em Administração

Leia mais

LIDERANÇA E OS ESTILOS DE LÍDERES

LIDERANÇA E OS ESTILOS DE LÍDERES LIDERANÇA E OS ESTILOS DE LÍDERES Brendali Monti Dias Prof. Orientador Ednea dos Santos Cardoso Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Ciências Contábeis (CTB0099) Prática do Módulo I 22/06/12

Leia mais

AUTORES. James E. Grunig, Ph.D. Professor emérito da University of Maryland, EUA; Profa. Dra. Maria Aparecida Ferrari ECA/USP

AUTORES. James E. Grunig, Ph.D. Professor emérito da University of Maryland, EUA; Profa. Dra. Maria Aparecida Ferrari ECA/USP MOTIVO DA OBRA Essa obra foi inspirada nos estudos e nas pesquisas realizadas por James E. Grunig em mais de trinta anos de atuação como professor da Universidade de Maryland e consultor de empresas na

Leia mais

Fundação: Sócio-Fundador: Sócia-Diretora Administrativa: Atuação Principal: São Paulo:

Fundação: Sócio-Fundador: Sócia-Diretora Administrativa: Atuação Principal: São Paulo: Fundação: Sócio-Fundador: Sócia-Diretora Administrativa: Atuação Principal: São Paulo: 05/07/1988 Marcelo Ponzoni Cristiane Lança Ponzoni São Paulo e Ribeirão Preto Sede Própria com 700m2 C O M U N I C

Leia mais

O guia do profissional de Recursos Humanos. Como melhorar o desenvolvimento da equipe

O guia do profissional de Recursos Humanos. Como melhorar o desenvolvimento da equipe O guia do profissional de Recursos Humanos Como melhorar o desenvolvimento da equipe 1 Introdução 03 Conhecendo as dores do seu time 05 Investir nos colaboradores! 08 Estabelecendo metas 11 A meditação

Leia mais

O LÍDER E SUA IMPORTÂNCIA PARA A EMPRESA

O LÍDER E SUA IMPORTÂNCIA PARA A EMPRESA O LÍDER E SUA IMPORTÂNCIA PARA A EMPRESA ALCALDE, Elisângela de Aguiar 1 ALVES, Gleice Dias 2 ALMEIDA, Márcia Cristina de OLIVEIRA, Melina Cássia RAMOS, Patrícia Mateos RIBEIRO, Fernanda Passos SOUZA,

Leia mais

Curso. Dirigente de Célula. Sessão 8 Formação de Líderes e Discipulado - I

Curso. Dirigente de Célula. Sessão 8 Formação de Líderes e Discipulado - I Curso Dirigente de Célula Sessão 8 Formação de Líderes e Discipulado - I Qual líder você escolheria? Candidato número 1: Se associou com políticos bêbados e velhacos e consulta astrólogos. Já teve duas

Leia mais

II UNIDADE : O ESPÍRITO EMPREENDEDOR

II UNIDADE : O ESPÍRITO EMPREENDEDOR 1. 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EMPREENDEDORISMO PROFESSOR (A): NAZARÉ FERRÃO ACADÊMICO (A):------------------------------------------------ TURMAS: 5- ADN-1 DATA: / / II UNIDADE : O ESPÍRITO EMPREENDEDOR

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

Mobilização de Equipes para Alta Performance

Mobilização de Equipes para Alta Performance Mobilização de Equipes para Alta Performance Mobilização de Pessoas liderar é influenciar pessoas para que desenvolvam motivação para fazer o que "deve" ser feito com vontade e com o máximo de seu potencial

Leia mais

Liderança e as novas gerações: um desafio insuperável? Por Arthur Diniz

Liderança e as novas gerações: um desafio insuperável? Por Arthur Diniz Liderança e as novas gerações: um desafio insuperável? Por Arthur Diniz Num passado não muito distante, os líderes nas empresas tinham uma postura profundamente autoritária, reflexo do funcionamento da

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA

SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA Gestão de Carreira Gestão de Carreira é um dos temas que mais ganhou destaque nesta última década,

Leia mais

Situação Financeira Saúde Física

Situação Financeira Saúde Física Um dia um amigo me fez uma séria de perguntas, que me fez refletir muito, e a partir daquele dia minha vida vem melhorando a cada dia, mês e ano. Acreditando que todos temos um poder interno de vitória,

Leia mais

Liderança com foco em resultados

Liderança com foco em resultados Liderança com foco em resultados Como produzir mais, em menos tempo e com maior qualidade de vida. Introdução O subtítulo deste texto parece mais uma daquelas promessas de milagres. Independentemente de

Leia mais

ANIMAPROJ LIFE COACHING

ANIMAPROJ LIFE COACHING Valores Pessoais - O que são e como descobrir os seus? Como você tem vivido a sua vida? Para onde você está indo? O que é importante para você? A mais importante jornada da vida é percorrer o caminho entre

Leia mais

UM CAMINHAR DA ADMINISTRAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: LIDERANÇA, MOTIVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES.

UM CAMINHAR DA ADMINISTRAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: LIDERANÇA, MOTIVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES. UM CAMINHAR DA ADMINISTRAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: LIDERANÇA, MOTIVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES. Eder Gomes da Silva 1 Resumo: O presente artigo trazer um estudo teórico buscando adquirir

Leia mais

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação.

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação. Colégio Tutto Amore Colégio Sapience Carinho, Amor e Educação. Trabalhamos com meio-período e integral em todos os níveis de ensino. www.tuttoamore.com.br Nossa História No ano de 1993 deu-se o ponto de

Leia mais

Gestão por Valores. com foco em Liderança. Carlos Legal

Gestão por Valores. com foco em Liderança. Carlos Legal Gestão por Valores com foco em Liderança Carlos Legal Quem somos Resultados melhores podem ser alcançados de forma sustentável. Pessoas melhores, geram lideranças e organizações melhores Nosso propósito

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO

CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO Elaborado por: Patrícia Amato e Kátia Périco Alberto Couto & Associados Transformando pessoas para vender

Leia mais

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões.

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões. Como tratar as pessoas: de uma maneira boa, ajudar todas as pessoas. Como não fazer com os outros: não cuspir, empurrar, chutar, brigar, não xingar, não colocar apelidos, não beliscar, não mentir, não

Leia mais

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG Um cacique kaingang, meu amigo, me escreveu pedindo sugestões para desenvolver, no Dia do Índio, o seguinte tema em uma palestra: "Os Valores Culturais da Etnia Kaingáng".

Leia mais

10 lições de um mestre da liderança e uma chave para ser UM LEADER COACH. www.diogohudson.com.br

10 lições de um mestre da liderança e uma chave para ser UM LEADER COACH. www.diogohudson.com.br 10 lições de um mestre da liderança e uma chave para ser UM LEADER COACH www.diogohudson.com.br ATENÇÃO! POR FAVOR DESLIGUE 1. FACEBOOK 2. SKYPE 3. CELULAR ESTE WORKSHOP PODE MUDAR SUA CARREIRA! APRESENTAÇÃO

Leia mais

A filosofia ganha/ganha

A filosofia ganha/ganha A filosofia ganha/ganha Interdependência Talvez nunca tenha existido, na história da humanidade, uma consciência tão ampla sobre a crescente interdependência entre os fatores que compõem nossas vidas,

Leia mais

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper www.dalecarnegie.com.br Copyright 2014 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved.

Leia mais

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves Estado de Minas Março de 2001 O método criado pelo professor Fernando Dolabela ensina empreendedorismo a 40 mil alunos por ano. Fernando Dolabela da aula de como abrir um

Leia mais

CURSO ONLINE: LIDERANÇA

CURSO ONLINE: LIDERANÇA CURSO ONLINE: LIDERANÇA O QUE É 2 O que é Liderança? A liderança é a capacidade de conseguir que as pessoas façam o que não querem fazer e gostem de o fazer. (Harry Truman 33º Presidente dos EUA) Liderança

Leia mais

Emanuel Gomes Marques, MSc

Emanuel Gomes Marques, MSc Emanuel Gomes Marques, MSc Roteiro da Apresentação Organizações Organizações foram criadas para servir pessoas Processo administrativo Diferenças de pessoal Eficiência e eficácia Características das empresas

Leia mais

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO ed19entrev.qxp 4/7/2005 10:32 PM Page 1 ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO sucesso Receita de O termo é bem conhecido no mundo esportivo e agora começa a ficar comum também em outras áreas

Leia mais

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais?

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais? TEMA - liderança 5 LEADERSHIP AGENDA O Que fazem os LÍDERES eficazes Porque é que certas pessoas têm um sucesso continuado e recorrente na liderança de empresas ou de organizações de todos os tipos? O

Leia mais

BIKECANVAS REGINALDO ANDRADE

BIKECANVAS REGINALDO ANDRADE BIKECANVAS O caminho que você precisa saber para chegar a onde deseja REGINALDO ANDRADE 2 O destino não é uma questão de oportunidade, é uma questão de escolha. Não é algo para ficar esperando, é algo

Leia mais

Objetivo. Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão.

Objetivo. Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão. Liderança Objetivo Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão. 2 Introdução O que significa ser líder? Todo gestor é um líder? E o contrário? Liderança

Leia mais

Empreendedorismo COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Empreendedorismo COMPETÊNCIAS HABILIDADES Empreendedorismo Curso de Moda e Estilismo Graduação em Administração de Empresas Especialização em Marketing Empreendedorismo COMPETÊNCIAS Conhecer o processo de empreender utilizando as estruturas, as

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

Administração de Recursos Humanos

Administração de Recursos Humanos Administração de Recursos Humanos Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame O que é a Administração de Recursos Humanos? Refere-se às práticas e às políticas necessárias para conduzir os aspectos relacionados

Leia mais

A América Latina na Guerra Fria A ditadura militar no Brasil

A América Latina na Guerra Fria A ditadura militar no Brasil ID/ES Tão perto e ainda tão distante A 90 milhas de Key West. Visite Cuba. Cartão postal de 1941, incentivando o turismo em Cuba. 1 Desde a Revolução de 1959, Cuba sofre sanções econômicas dos Estados

Leia mais

Empreendedorismo. Tópico 1 O (a) Empreendedor (a)

Empreendedorismo. Tópico 1 O (a) Empreendedor (a) Empreendedorismo Tópico 1 O (a) Empreendedor (a) Conteúdo 1. Objetivos do Encontro... 3 2. Introdução... 3 3. A formação do empreendedor... 3 4. Empreendedorismo nato ou desenvolvido?... 4 4.1 Características

Leia mais

Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro

Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro SOBRE SONHOS E HERÓIS Bruno Vinícius Da Rós Bodart Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro Excelentíssima

Leia mais

Liderança. Vídeo Grandes líderes mundiais 20/9/2012. Gestão de Recursos Humanos EAD. Prof. Rafael Chiuzi. Tempo: 3 44

Liderança. Vídeo Grandes líderes mundiais 20/9/2012. Gestão de Recursos Humanos EAD. Prof. Rafael Chiuzi. Tempo: 3 44 Liderança Gestão de Recursos Humanos EAD Prof. Rafael Chiuzi Módulo: FRH Vídeo Grandes líderes mundiais Tempo: 3 44 Liderança éahabilidade de influenciar Liderança é a habilidade de influenciar pessoas

Leia mais

A AIESEC. Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo.

A AIESEC. Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo. A AIESEC Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo. A AIESEC é uma organização global formada por jovens universitários e recém-graduados que buscam viver na prática

Leia mais

Ideias gerais sobre Liderança

Ideias gerais sobre Liderança Ideias gerais sobre Liderança Ideias gerais sobre LIDERANÇA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SARH SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL SSDI DEPARTAMENTO

Leia mais

Disciplina:COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Aula 1

Disciplina:COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Aula 1 Sejam bem vindos!! Disciplina:COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Aula 1 Dinâmica de apresentação dos Alunos. Informações relevantes. Apresentação dos Objetivos da Disciplina e Metodologia. Mini Currículo Luciana

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

NEGOCIAÇÃO. Andreza Cotta Peres Turma 2011/2

NEGOCIAÇÃO. Andreza Cotta Peres Turma 2011/2 NEGOCIAÇÃO Andreza Cotta Peres Turma 2011/2 Módulos 1. Introdução à Negociação 2. As Formas de Negociar 3. A Ética na Negociação 4. As Forças na negociação 5. Conflitos e Impasses na negociação 6. As Dimensões

Leia mais

LIDERANÇA. Gestão de Recursos Humanos Desenvolvimento Gerencial - Aula 8 Prof. Rafael Roesler

LIDERANÇA. Gestão de Recursos Humanos Desenvolvimento Gerencial - Aula 8 Prof. Rafael Roesler LIDERANÇA Gestão de Recursos Humanos Desenvolvimento Gerencial - Aula 8 Prof. Rafael Roesler Sumário Introdução Conceito de liderança Primeiras teorias Abordagens contemporâneas Desafios à liderança Gênero

Leia mais

LIDERANÇA. O silêncio, e não a discordância, é a única resposta que os verdadeiros líderes deveriam se recusar a aceitar". Warren Bennis.

LIDERANÇA. O silêncio, e não a discordância, é a única resposta que os verdadeiros líderes deveriam se recusar a aceitar. Warren Bennis. LIDERANÇA O silêncio, e não a discordância, é a única resposta que os verdadeiros líderes deveriam se recusar a aceitar". Warren Bennis. João Alfredo Biscaia(*) Primeiras observações Resumir as principais

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS

EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS 1900 1910 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1980 1990 2000 Racionalização do trabalho: gerência administrativa Relações humanas: processo Movimento estruturalista: gerência

Leia mais

Líderes do Coração. A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes

Líderes do Coração. A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes Líderes do Coração A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes O que é? Líderes do Coração é um programa que cria espaços de estudo, reflexão e prática da arte da liderança, partindo do pressuposto

Leia mais

De mãos dadas: RH e marketing

De mãos dadas: RH e marketing De mãos dadas: RH e marketing A união de RH e marketing é um dos melhores caminhos para a sobrevivência de uma empresa - e das próprias áreas Não é incomum, em tempos de turbulência e incertezas econômicas,

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

31 descobertas sobre liderança

31 descobertas sobre liderança ALTA GERÊNCIA 31 descobertas sobre liderança Estudo Leadership Forecast 2005-2006, realizado pela firma de consultoria Development Dimensions International (DDI), buscou analisar como são percebidas em

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

Como sobreviver e crescer em tempos de crise? Como tornar sua empresa mais produtiva?

Como sobreviver e crescer em tempos de crise? Como tornar sua empresa mais produtiva? Portfólio 2015 IP Como sobreviver e crescer em tempos de crise? Como tornar sua empresa mais produtiva? Como fazer com que as pessoas trabalhem mais e felizes? Como implantar um modelo de gestão de vanguarda?

Leia mais

Desafios no. Desenvolvimento da Liderança reinventando o processo de formação

Desafios no. Desenvolvimento da Liderança reinventando o processo de formação Desafios no Desenvolvimento da Liderança reinventando o processo de formação Julho 2015 Apoio: O termo crise de liderança é cada vez mais usado em diversos setores sociais: políticos, executivos e até

Leia mais

O DESAFIO DA RETENÇÃO E DO RETORNO DO INVESTIMENTO EM DESENVOLVIMENTO NO SEGMENTO SUCROALCOOLEIRO USINAS BATATAIS/LINS

O DESAFIO DA RETENÇÃO E DO RETORNO DO INVESTIMENTO EM DESENVOLVIMENTO NO SEGMENTO SUCROALCOOLEIRO USINAS BATATAIS/LINS O DESAFIO DA RETENÇÃO E DO RETORNO DO INVESTIMENTO EM DESENVOLVIMENTO NO SEGMENTO SUCROALCOOLEIRO USINAS BATATAIS/LINS PANORAMA ATUAL DO SETOR Velocidade de expansão do agronegócio brasileiro e destaque

Leia mais

LEITURA E LITERATURA NA FORMAÇÃO DA CRIANÇA

LEITURA E LITERATURA NA FORMAÇÃO DA CRIANÇA LEITURA E LITERATURA NA FORMAÇÃO DA CRIANÇA Suellen Lopes 1 Graduação Universidade Estadual de Londrina su.ellen23@hotmail.com Rovilson José da Silva 2 Universidade Estadual de Londrina rovilson@uel.br

Leia mais

Elementos para construção de um briefing

Elementos para construção de um briefing Elementos para construção de um briefing O que é briefing? Briefing é a reunião das ideias captadas com o cliente, possibilitando assim que a equipe ou o designer consigam compreender e mensurar o projeto

Leia mais

CURSO ONLINE LIDERANÇA

CURSO ONLINE LIDERANÇA CURSO ONLINE LIDERANÇA 1 2 ESSE CURSO FOI CRIADO E É PROMOVIDO PELA INSTITUIÇÃO Todos os Direitos Reservados 3 1 LIDERANÇA _O que é Liderança _Liderança Formal e Informal _Funções do Líder 4 O QUE É LIDERANÇA?

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

Pais e Mestres: vocês mentiram! Escrito por Dom Antonio Augusto Dias Duarte Qui, 13 de Setembro de 2012 00:53

Pais e Mestres: vocês mentiram! Escrito por Dom Antonio Augusto Dias Duarte Qui, 13 de Setembro de 2012 00:53 Só depois que estudei nos bons colégios de São Paulo e numa das melhores faculdades de Medicina do Brasil, a da Universidade de São Paulo é que percebi uma realidade na vida. Só depois que aprofundei na

Leia mais

VISÃO. Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo.

VISÃO. Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo. QUEM É A OMELTECH? VISÃO Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo. missão A Omeltech Desenvolvimento atua

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

META Apresentar os principais motivadores internos e externos que infl uenciam na aprendizagem.

META Apresentar os principais motivadores internos e externos que infl uenciam na aprendizagem. A MOTIVAÇÃO PARA APRENDER META Apresentar os principais motivadores internos e externos que infl uenciam na aprendizagem. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: definir motivação; identificar as

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia do Dia Nacional de Combate a Cartéis

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia do Dia Nacional de Combate a Cartéis , Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia do Dia Nacional de Combate a Cartéis Ministério da Justiça Brasília-DF, 08 de outubro de 2009. Meu querido companheiro José Alencar, vice-presidente da República,

Leia mais

COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO DOS LÍDERES NO CENÁRIO ATUAL

COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO DOS LÍDERES NO CENÁRIO ATUAL COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO DOS LÍDERES NO CENÁRIO ATUAL 1.Osnei FranciscoAlves 2. Jéssica Barros 1. Professor das Faculdades Integradas Santa Cruz. Administrador, MBA Executivo em Gestão de Pessoas e

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 DE ABRIL PALÁCIO DO PLANALTO BRASÍLIA-DF

Leia mais

Colégio Estadual Juracy Rachel Saldanha Rocha Técnico em Administração Comportamento Organizacional Aílson José Senra Página 1

Colégio Estadual Juracy Rachel Saldanha Rocha Técnico em Administração Comportamento Organizacional Aílson José Senra Página 1 Página 1 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL As pessoas que supervisionam as atividades das outras e que são responsáveis pelo alcance dos objetivos nessas organizações são os administradores. Eles tomam decisões,

Leia mais

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Camila Cristina S. Honório 1 Maristela Perpétua Ferreira 1 Rosecleia Perpétua Gomes dos Santos 1 RESUMO O presente artigo tem por finalidade mostrar a importância de ser

Leia mais

CAFÉ DA MANHÃ COM GESTÃO

CAFÉ DA MANHÃ COM GESTÃO CAFÉ DA MANHÃ COM GESTÃO Todas as sextas-feiras das 08 as 09. Pontualmente Cada sexta se escolhe o palestrante da próxima Tema relacionado à Gestão. Escolha do sorteado Todos os gerentes da SEPLAG e interessados

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Pai Rico, Pai Pobre. Faculdade São Judas Tadeu Curso: Administração de Empresas Teoria Geral da Administração II

Pai Rico, Pai Pobre. Faculdade São Judas Tadeu Curso: Administração de Empresas Teoria Geral da Administração II Faculdade São Judas Tadeu Curso: Administração de Empresas Teoria Geral da Administração II Pai Rico, Pai Pobre Conta a história de Robert Kiyosaki e seu amigo Mike. Robert era filho de um professor universitário,

Leia mais

METODOLOGIA INTRODUÇÃO IMPORTANTE

METODOLOGIA INTRODUÇÃO IMPORTANTE INTRODUÇÃO Este curso de Autoliderança Xamânica tem como objetivo desenvolver integralmente e na prática, os valores e competências dos quatro perfis de liderança xamânicos da Filosofia Terra Xamã. Os

Leia mais

4º Passo: Treinamento, integração e desenvolvimento

4º Passo: Treinamento, integração e desenvolvimento 4º Passo: Treinamento, integração e desenvolvimento Assim que você selecionar pessoas competentes, precisará ajudá-las a se adaptar à organização e assegurar que suas habilidades de trabalho e conhecimento

Leia mais

Na história da humanidade é a primeira vez que um conjunto de técnicas envolve o planeta como um todo e faz sentir, instantaneamente, sua presença.

Na história da humanidade é a primeira vez que um conjunto de técnicas envolve o planeta como um todo e faz sentir, instantaneamente, sua presença. GESTÃO DE PESSOAS I 3º Roteiro de Estudo - Globalização, capital humano e gestão de pessoas Vários paradigmas relacionados ao sucesso das empresas envolvem pessoas EMPRESAS DAS LEARNING ORGANIZATIONS CENÁRIO

Leia mais

UM MODELO DE GESTÃO INOVADOR

UM MODELO DE GESTÃO INOVADOR UM MODELO DE GESTÃO INOVADOR Durante nossa pesquisa com mais de 30 empresas, nos perguntamos como exatamente estas empresas punham em prática um sonho mobilizador e uma crença fundamental no humano. E

Leia mais

Page 1 of 7. Poética & Filosofia Cultural - Roberto Shinyashiki

Page 1 of 7. Poética & Filosofia Cultural - Roberto Shinyashiki Page 1 of 7 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Poética & Filosofia

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

Aula 5. Teorias sobre Liderança

Aula 5. Teorias sobre Liderança Aula 5 Teorias sobre Liderança Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br O que é Liderança Capacidade de influenciar um grupo em direção ao alcance dos objetivos. Desafios para o líder: desenvolvimento

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

(Re)Empreendedorismo

(Re)Empreendedorismo (Re)Empreendedorismo A escolha é nossa Empreendedorismo Processo de criar algo diferente e com valor, dedicando tempo e o esforço necessários, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e sociais correspondentes

Leia mais