FISIOTERAPIA. TipoTrabalho TRABALHO LinhaPesquisa LOCAL DATA HORARIO SALA 17 OU 18 SE FOR INTERDISCIPLINAR SALA 70 E 71 SE FOR CONGRRESSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FISIOTERAPIA. TipoTrabalho TRABALHO LinhaPesquisa LOCAL DATA HORARIO SALA 17 OU 18 SE FOR INTERDISCIPLINAR SALA 70 E 71 SE FOR CONGRRESSO"

Transcrição

1 TipoTrabalho TRABALHO LinhaPesquisa LOCAL DATA HORARIO A INCLUSÃO DO MÉTODO DE VACINAÇÃO CONTRA O VÍRUS HPV: UMA INTERVENÇÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS E METABÓLICAS EM INDIVÍDUO COM DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE DURANTE TRATAMENTO ASPECTOS DA DOR NOS RECÉM- NASCIDOS CUIDAR DE QUEM CUIDA

2 ÉTICA MULTI AO CUIDADO A PORTADORES DE HIV/AIDS ÉTICA MULTI NO CUIDADO A PORTADORES DE HIV/AIDS ÉTICA MULTI NO CUIDADO AOS PORTADORES DE HIV/AIDS INCIDÊNCIA DA RETINOPATIA DA PREMATURIDADE. UM OLHAR DA FISIOTERAPIA

3 INVESTIGANDO PACIENTES COM POLINEUROPATIA: UMA ABORDAGEM MULTI SOBRE O CUIDADO DE SUAS LIMITAÇÕES PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE UMA MICROÁREA DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ/RN POR UMA SAÚDE POSTURAL POR UMA SAÚDE POSTURAL

4 RELAÇÃO ENTRE O TESTE DE CAMINHADA DE SEIS MINUTOS E DIFERENTES ÍNDICES DE MASSA CORPORAL RESENHA BIBLIOGRÁFICA: GESTÃO DO SUS: INTERFEDERATIVA E PARTICIPATIVA. A IMPORTÂNCIA DA INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA COMO FORMA DE PREVENÇÃO DA OBESIDADE EM CRIANÇAS E IDOSOS NA CIDADE DE A INFLUÊNCIA DO MUAY THAI NA FLEXIBILIDADE DOS MEMBROS INFERIORES E MOBILIDADE DA COLUNA LOMBAR

5 A INFLUÊNCIA DO MUAY THAI NA FLEXIBILIDADE DOS MEMBROS INFERIORES E MOBILIDADE DA COLUNA LOMBAR ABORDAGEM FISIOTERAPEUTICA EM CRIANÇAS COM ALTERAÇÃES ORTOPÉDICA DE PÉ PLANO NA ESCOLA DE MOSSORÓ/RN ATIVIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM CRIANÇAS DE BERÇÁRIO: UMA ESTIMULAÇÃO NO SEU DNPM ATIVIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM CRIANÇAS DE BERÇÁRIO: UMA ESTIMULAÇÃO NO SEU DNPM

6 AVALIAÇÃO DE FORÇA E FLEXIBILIDADE DE IDOSOS CENTRO DIA GERIÁTRICO: EXERCÍCIO FÍSICO NA PROMOÇÃO FUNCIONAL. CENTRO DIA GERIÁTRICO: EXERCÍCIO FÍSICO NA PROMOÇÃO FUNCIONAL. COMPARAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA E FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALISADO S E DOMICILIARES

7 COMPARAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA E FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALISADO S E DOMICILIARES FIBROMIALGIA: QUEM TEM DOR, TEM PRESSA! FISIOTERAPIA: ATUAÇÃO EM CRIANÇAS DE PÉ PLANO NA ESCOLA DE MOSSORO/RN UMA ABORDAGEM ESCOLAR SOBRE DROGAS NA ADOLESCÊNCIA

8 EXPERIÊNCIA DE TREINAMENTO COM NINTENDO WII SOBRE A FUNCIONALIDADE, EQUILÍBRIO E QUALIDADE DE VIDA DE IDOSAS. CORREDOR BLOCO C EXPERIÊNCIA DE TREINAMENTO COM NINTENDO WII SOBRE A FUNCIONALIDADE, EQUILÍBRIO E QUALIDADE DE VIDA DE IDOSAS. DESEN VOLVIMENTO DE HABILIDADES: ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA CORREDOR BLOCO C CORREDOR BLOCO C A ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NOS CUIDADOS PALIATIVOS DA CRIANÇA COM CÂNCER NUTRIÇÃO E SAÚDE CORREDOR BLOCO C

9 A ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NOS CUIDADOS PALIATIVOS DA CRIANÇA COM CÂNCER NUTRIÇÃO E SAÚDE CORREDOR BLOCO C A ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NOS CUIDADOS PALIATIVOS DA CRIANÇA COM CÂNCER NUTRIÇÃO E SAÚDE CORREDOR BLOCO C A CONTRIBUIÇÃO FISIOTERÁPICA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DO PARKINSONIANO CORREDOR BLOCO C A QUALIDADE DE VIDA DOS PORTADORES DE ALZHEIMER E A INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NA DOENÇA CORREDOR BLOCO C

10 A SAÚDE DA CRIANÇA CORREDOR BLOCO C ASSOCIAÇÃO IN VITRO DE FLUIDO NANO GOLD E SERUM ANTI WRINKLE COM PEELING ULTRASSÔNICO, IONIZAÇÃO E ELETROPORAÇÃO. CORREDOR BLOCO C DOENÇA DE PARKINSON CORREDOR BLOCO C DOENÇAS CRÔNICAS, CAPACIDADE FUNCIONAL, ENVOLVIMENTO SOCIAL E SATISFAÇÃO EM IDOSOS COMUNITÁRIOS: ESTUDO FIBRA CORREDOR BLOCO C

11 DOENÇAS CRÔNICAS, CAPACIDADE FUNCIONAL, ENVOLVIMENTO SOCIAL E SATISFAÇÃO EM IDOSOS COMUNITÁRIOS: ESTUDO FIBRA CORREDOR BLOCO C EFEITO DO MÉTODO PILATES NO SOLO NA PERIMETRIA DA CINTURA/QUADRIL E SOBRE AS DOBRAS CUTÂNEAS CORREDOR BLOCO C INCIDÊNCIA DE ESCOLIOSE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES CORREDOR BLOCO C QUALIDADE DE VIDA DA TERCEIRA IDADE. CORREDOR BLOCO C

12 QUALIDADE DE VIDA DA TERCEIRA IDADE. CORREDOR BLOCO C RESENHA... EXPERIÊNCIA DE TREINAMENTO COM NINTENDO WII SOBRE A FUNCIONALIDADE, EQUILÍBRIO E QUALIDADE DE VIDA DE IDOSAS. RESENHA BIBLIOGRAFICA: ENVELHECIMENTO HUMANO E AS ALTERAÇÕES NA POSTURA CORPORAL DO IDOSO. CORREDOR BLOCO C CORREDOR BLOCO C RESENHA CRÍTICA DO ARTIGO: FISIOTERAPIA E SAÚDE COLETIVA: DESAFIOS E NOVAS RESPONSABILIDADES PROFISSIONAIS CORREDOR BLOCO C

13 RESENHA CRÍTICA DO ARTIGO: FISIOTERAPIA E SAÚDE COLETIVA: DESAFIOS E NOVAS RESPONSABILIDADES PROFISSIONAIS CORREDOR BLOCO C SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA EM TEMPOS DE AIDS CORREDOR BLOCO C

SERVIÇO SOCIAL. TipoTrabalho TRABALHO LinhaPesquisa LOCAL DATA HORARIO SALA 29 SE FOR INTERDISCIPLINAR 74 SE FOR DO CONGRESSO

SERVIÇO SOCIAL. TipoTrabalho TRABALHO LinhaPesquisa LOCAL DATA HORARIO SALA 29 SE FOR INTERDISCIPLINAR 74 SE FOR DO CONGRESSO TipoTrabalho TRABALHO LinhaPesquisa LOCAL DATA HORARIO COMUNICAÇÃO ORAL BENEFÍCIOS EVENTUAIS E PLANTÃO SOCIAL COMUNICAÇÃO ORAL EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DO SERVIÇO SOCIAL COM EQUIPES

Leia mais

FISIOTERAPEUTAS! Cura. Diagnóstico Funcional. Bem Estar. Tratamento. Reabilitação. Prevenção O SEU MUNICÍPIO TEM MUITO A GANHAR COM A CONTRATAÇÃO DE

FISIOTERAPEUTAS! Cura. Diagnóstico Funcional. Bem Estar. Tratamento. Reabilitação. Prevenção O SEU MUNICÍPIO TEM MUITO A GANHAR COM A CONTRATAÇÃO DE O SEU MUNICÍPIO TEM MUITO A GANHAR COM A CONTRATAÇÃO DE FISIOTERAPEUTAS! Tudo o que o gestor deve saber sobre fisioterapia e como implantá-la em seu município. Cura Diagnóstico Funcional Bem Estar Qualidade

Leia mais

VIII JORNADA DE EXTENSÃO Mostra de Trabalhos Grupo 1 - Área: Saúde 12/11 08:00 Hall do Centro Educacional

VIII JORNADA DE EXTENSÃO Mostra de Trabalhos Grupo 1 - Área: Saúde 12/11 08:00 Hall do Centro Educacional VIII JORNADA DE EXTENSÃO Mostra de Trabalhos Grupo 1 - Área: Saúde 12/11 08:00 Hall do Centro Educacional Nº CAVALETE TÍTULO 1 25 ANOS DO CURSO DE ENFERMAGEM DA UFTM: TRAJETORIAS 2 A ATENÇÃO A USUÁRIOS

Leia mais

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO Juliana Paula Balestra Soares Joelma Cristina Gomes Carmencita Márcia Balestra Faculdade

Leia mais

ESCOLIOSE Lombar: Sintomas e dores nas costas

ESCOLIOSE Lombar: Sintomas e dores nas costas ESCOLIOSE Lombar: Sintomas e dores nas costas O que é escoliose? É um desvio látero-lateral que acomete acoluna vertebral. Esta, quando olhada de frente, possui aparência reta em pessoas saudáveis. Ao

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS COLABORADORES ATRAVÉS DA BIOMECÂNICA OCUPACIONAL

AVALIAÇÃO DOS COLABORADORES ATRAVÉS DA BIOMECÂNICA OCUPACIONAL AVALIAÇÃO DOS COLABORADORES ATRAVÉS DA BIOMECÂNICA OCUPACIONAL Daniela da Maia José Marques de Carvalho Júnior Antonio Vinicius Soares 2010 INTRODUÇÃO É um laboratório especializado em análise biomecânica

Leia mais

Atividade Física e Saúde na Escola

Atividade Física e Saúde na Escola Atividade Física e Saúde na Escola *Eduardo Cardoso Ferreira ** Luciano Leal Loureiro Resumo: Atividade física pode ser trabalhada em todas as idades em benefício da saúde. O objetivo do artigo é conscientizar

Leia mais

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria O programa de Residência em Pediatria prevê 60 horas de jornada de trabalho semanal, sendo 40 horas de atividades rotineiras e 20 horas de

Leia mais

Selo Hospital Amigo do Idoso. Centro de Referência do Idoso

Selo Hospital Amigo do Idoso. Centro de Referência do Idoso SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA DE REGIÕES DE SAÚDE CRS Política de Saúde para o Idoso no Estado de São Paulo Selo Hospital Amigo do Idoso Centro de Referência do Idoso Resolução

Leia mais

Nossa História e Filosofia PREVENT SENIOR

Nossa História e Filosofia PREVENT SENIOR Sejam bem vindos a Nossa História e Filosofia Antes da Lei Nº 9656/98 Constatação: Dificuldade da continuidade da internação pelos limites de dias; Não coberturas de procedimentos; Ausência de suporte

Leia mais

RESUMOS EXPANDIDOS SUBMETIDOS AO 1º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE DA UNIJUÍ RESULTADO

RESUMOS EXPANDIDOS SUBMETIDOS AO 1º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE DA UNIJUÍ RESULTADO RESUMOS EXPANDIDOS SUBMETIDOS AO 1º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE DA UNIJUÍ RESULTADO Os autores que receberem via e-mail sugestões de adequações deverão fazê-las até a data de 31.07.11 para que seu

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DO MÉDICO I- Realizar consultas clínicas aos usuários de sua área adstrita; II- Participar das atividades de grupos de controle

Leia mais

EIXO I - Política de saúde na seguridade social, segundo os princípios da integralidade, universalidade e equidade

EIXO I - Política de saúde na seguridade social, segundo os princípios da integralidade, universalidade e equidade 10ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE: OO"TODOS USAM O SUS! SUS NA SEGURIDADE SOCIAL - POLÍTICA PÚBLICA, PATRIMÔNIO DO POVO BRASILEIRO" EIXO I - Política de saúde na seguridade social, segundo os princípios

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DO ABC EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA DO ABC FMABC

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DO ABC EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA DO ABC FMABC RELATÓRIO DOS EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL PELA FACULDADE DE MEDICINA DO ABC FMABC O Núcleo de Saúde no Esporte da Faculdade de Medicina do ABC FMABC, utilizando as suas

Leia mais

E BEM-ESTAR TAMBÉM. exercícios para fazer com SEM ESTRESSE MELHOR IDADE DE VERDADE GESTANTE FELIZ

E BEM-ESTAR TAMBÉM. exercícios para fazer com SEM ESTRESSE MELHOR IDADE DE VERDADE GESTANTE FELIZ O GRANDE guia de PILATES E BEM-ESTAR 40 exercícios para fazer com bola, no solo e nos aparelhos MELHOR IDADE DE VERDADE Conheça o segredo para ganhar mais vitalidade e ainda evitar quedas GESTANTE FELIZ

Leia mais

Resoluções, conquistas e desafios

Resoluções, conquistas e desafios Eventos pré-congresso Cuidados Paliativos Conselhos e Associações de Classe Demências - diagnóstico diferencial TNT Geriatria - Abbott GeriatRio2013 - Programação Preliminar Como responder às demandas

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 Dispõe sobre o atendimento obrigatório aos portadores da Doença de Alzheimer no Sistema Único de Saúde - SUS, e dá outras providências.

Leia mais

Programa de Atenção Integrada ao Idoso

Programa de Atenção Integrada ao Idoso Programa de Atenção Integrada ao Idoso Valéria Terra¹, Maria Carolina Carmignani¹, Tereza Barczinski² ¹ Metrus Instituto de Seguridade Social ² Programa de Estudos Avançados em Administração Hospitalar

Leia mais

Centro de Reabilitação Dra. Linamara R. Battistella

Centro de Reabilitação Dra. Linamara R. Battistella Centro de Reabilitação Dra. Linamara R. Battistella Secretaria Municipal de Saúde Prefeitura Municipal de Centro de Reabilitação Até ano 2000: Casa de Saúde Stella Maris (05 fisios); Ano 2000: Clínica

Leia mais

PROVA OBJETIVA. Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde - Nova Bassano/RS - Edital 04/2015. Nome do(a) candidato(a): ESF de Abrangência:

PROVA OBJETIVA. Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde - Nova Bassano/RS - Edital 04/2015. Nome do(a) candidato(a): ESF de Abrangência: PROVA OBJETIVA Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde - Nova Bassano/RS - Edital 04/2015 Nome do(a) candidato(a): ESF de Abrangência: Fique atento para as instruções abaixo: - As questões a

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) ANÁLISE BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO (1504) C/H 68 Análise anátomo-funcional do movimento humano com ênfase no

Leia mais

As Atividades físicas suas definições e benefícios.

As Atividades físicas suas definições e benefícios. As Atividades físicas suas definições e benefícios. MUSCULAÇÃO A musculação, também conhecida como Treinamento com Pesos, ou Treinamento com Carga, tornou-se uma das formas mais conhecidas de exercício,

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

ANEXO III DIRETRIZES CLÍNICAS

ANEXO III DIRETRIZES CLÍNICAS ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE 2016 ANEXO III DIRETRIZES CLÍNICAS 1. CONSULTA DE AVALIAÇÃO AMPLIADA EM GERIATRIA... 3 2. CONSULTA PUERICULTURA... 4 3. TRATAMENTO CIRÚRGICO DA HÉRNIA DE DISCO LOMBAR...

Leia mais

Gestão do Paciente com Deficiência Uma visão Prática da Terapia Ocupacional e da Fisioterapia

Gestão do Paciente com Deficiência Uma visão Prática da Terapia Ocupacional e da Fisioterapia Gestão do Paciente com Deficiência Uma visão Prática da Terapia Ocupacional e da Fisioterapia Percentual de pessoas com deficiência no Brasil..segundo Censo 2000: 14,5% Deficientes 85,5% Não Deficientes

Leia mais

VAGAS PARA ALUNOS VOLUNTÁRIOS E ORIENTAÇÕES DE TCC

VAGAS PARA ALUNOS VOLUNTÁRIOS E ORIENTAÇÕES DE TCC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID DIREÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPPG VAGAS PARA ALUNOS VOLUNTÁRIOS E ORIENTAÇÕES DE TCC Prof. Dr. Alexandro

Leia mais

Carvalho Goretti Moreira Leal de, Themis; Ribas Almeida, Milene. Brasil RESUMO

Carvalho Goretti Moreira Leal de, Themis; Ribas Almeida, Milene. Brasil RESUMO ID:862 PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA AMPLIANDO AS AÇÕES DE PREVENÇÃO EM DST/AIDS E HEPATITES VIRAIS JUNTO À POPULAÇÃO ESCOLAR: UM ESPAÇO PARA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E PROMOÇÃO DA SAÚDE Carvalho Goretti

Leia mais

TÉCNICAS EM AVALIAÇÃO E REEDUCAÇÃO POSTURAL

TÉCNICAS EM AVALIAÇÃO E REEDUCAÇÃO POSTURAL 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE (X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA TÉCNICAS

Leia mais

CONCEITO: PRC. (Moraes RS, et al. Diretriz de Reabilitação Cardíaca. Arq Bras Cardiol 2005; 84: 431-40.)

CONCEITO: PRC. (Moraes RS, et al. Diretriz de Reabilitação Cardíaca. Arq Bras Cardiol 2005; 84: 431-40.) CONCEITO: PRC OMS: é o somatório das atividades necessárias para garantir aos pacientes portadores de cardiopatia as melhores condições física, mental e social, de forma que eles consigam, pelo seu próprio

Leia mais

AIDS E ENVELHECIMENTO: UMA REFLEXÃO ACERCA DOS CASOS DE AIDS NA TERCEIRA IDADE.

AIDS E ENVELHECIMENTO: UMA REFLEXÃO ACERCA DOS CASOS DE AIDS NA TERCEIRA IDADE. AIDS E ENVELHECIMENTO: UMA REFLEXÃO ACERCA DOS CASOS DE AIDS NA TERCEIRA IDADE. Milca Oliveira Clementino Graduanda em Serviço social pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB milcaclementino@gmail.com

Leia mais

Rodolfo de Azevedo Raiol

Rodolfo de Azevedo Raiol Rodolfo de Azevedo Raiol Telefone: (91) 8170-7821 / (91) 8816-5098 / (91) 4141-5918 E-mail: rodolforaiol@gmail.com PERSONAL TRAINER FORMAÇÃO Mestrado em Educação Física (em conclusão). ULHT, Lisboa (Portugal).

Leia mais

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO JANEIRO 02 - Dia do Sanitarista 04 - Dia do Hemofílico 14 - Dia do Enfermo 19 - Dia do Terapeuta Ocupacional 20 - Dia do Farmacêutico 24 - Dia Mundial do Hanseniano FEVEREIRO 05 - Dia Estadual do Médico

Leia mais

Instituto Nacional de Câncer Fisioterapia HCII/INCA

Instituto Nacional de Câncer Fisioterapia HCII/INCA Instituto Nacional de Câncer Fisioterapia HCII/INCA QUALIFICAÇÃO DO FISIOTERAPEUTA NOS SERVIÇOS ASSISTENCIAIS DO SUS PARA CÂNCER DE MAMA E CÂNCER DO COLO DO ÚTERO. Fátima Bussinger Chefe da Fisioterapia

Leia mais

Diretoria de Ensino Região de Guaratinguetá Programa Escola da Família Projeto APE Ações Preventivas na Escola

Diretoria de Ensino Região de Guaratinguetá Programa Escola da Família Projeto APE Ações Preventivas na Escola Janeiro Calendário da Saúde e do Meio Ambiente 01 Dia Internacional da Paz / Confraternização Universal 02 - Dia do Sanitarista 02 - Dia da Abreugrafia 04 - Dia do Hemofílico 11 Dia do Controle da Poluição

Leia mais

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO ÀS DST E HIV/AIDS NA TERCEIRA IDADE

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO ÀS DST E HIV/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO ÀS DST E HIV/AIDS NA TERCEIRA IDADE MARIA BEATRIZ DREYER PACHECO Membro do MOVIMENTO NACIONAL DAS CIDADÃS POSITHIVAS Membro do MOVIMENTO LATINO-AMERICANO E CARIBENHO DE MULHERES

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Fisioterapia 2010-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Fisioterapia 2010-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Fisioterapia 2010-1 O USO DA OXIGENIOTERAPIA DOMICILIAR NO PACIENTE DPOC Autora: ROSA, Ana Carolina

Leia mais

PROVA PRÁTICA ACS CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACANAÚ

PROVA PRÁTICA ACS CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACANAÚ QUESTÃO 01 O Agente Comunitário de Saúde tem como objetivo principal contribuir para a qualidade de vida das pessoas e da comunidade. Analise as opções abaixo e marque a alternativa incorreta: A) Conhecer

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Geriatria Código: Fisio 229 Pré-requisito: -------- Período Letivo:

Leia mais

Curriculum Vitae. Eliania Pereira da Silva Terapeuta Ocupacional CREFITO 12806-TO. Resumo. Formação Acadêmica. elianiasq@hotmail.

Curriculum Vitae. Eliania Pereira da Silva Terapeuta Ocupacional CREFITO 12806-TO. Resumo. Formação Acadêmica. elianiasq@hotmail. Curriculum Vitae Eliania Pereira da Silva Terapeuta Ocupacional CREFITO 12806-TO (98) 8850-2012 Resumo Formação Acadêmica Ensino superior MBA em Gestão da Saúde Fundação Getúlio Vargas, 2014 (previsão)

Leia mais

ATUAÇÃO DA HIDROTERAPIA EM PATOLOGIAS TRATADAS NA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA DA FACULDADE NOVAFAPI

ATUAÇÃO DA HIDROTERAPIA EM PATOLOGIAS TRATADAS NA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA DA FACULDADE NOVAFAPI ATUAÇÃO DA HIDROTERAPIA EM PATOLOGIAS TRATADAS NA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA DA FACULDADE NOVAFAPI INTRODUÇÃO Luana Gabrielle de França Ferreira NOVAFAPI Luciana Gomes Cariri NOVAFAPI Maria José Magalhães

Leia mais

MODIFICAÇÕES NA FLEXIBILIDADE E NA FORÇA MUSCULAR EM PACIENTES COM DOR LOMBAR TRATADOS COM ISOSTRETCHING E RPG

MODIFICAÇÕES NA FLEXIBILIDADE E NA FORÇA MUSCULAR EM PACIENTES COM DOR LOMBAR TRATADOS COM ISOSTRETCHING E RPG 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 MODIFICAÇÕES NA FLEXIBILIDADE E NA FORÇA MUSCULAR EM PACIENTES COM DOR LOMBAR TRATADOS COM ISOSTRETCHING E RPG Fábio Alexandre Moreschi Guastala 1, Mayara

Leia mais

Comunicação 01 NOME DO TRABALHO HORÁRIO PROFESSOR Prédio novo 1-Contabilidade Gerencial 20H KATHE

Comunicação 01 NOME DO TRABALHO HORÁRIO PROFESSOR Prédio novo 1-Contabilidade Gerencial 20H KATHE Comunicação 01 1-Contabilidade Gerencial 20H KATHE Sala 08-10º. Período de Psicologia 2- A importância da tecnologia da informação como diferencial competitivo na empresa 3- Secretariado executivo e a

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ACS LÍNGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de textos

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo humano,

Leia mais

PROJETO BANDEIRA CIENTÍFICA

PROJETO BANDEIRA CIENTÍFICA PROJETO BANDEIRA CIENTÍFICA IBATIBA 2014 O PROJETO IBATIBA - ES ATIVIDADES REALIZADAS PERCEPÇÃO DOS PACIENTES O PROJETO IBATIBA - ES ATIVIDADES REALIZADAS PERCEPÇÃO DOS PACIENTES O PROJETO 1998: Cajati

Leia mais

As Ligas de Geriatria e Gerontologia e seu papel na formação dos profissionais de saúde

As Ligas de Geriatria e Gerontologia e seu papel na formação dos profissionais de saúde XIV Congressso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia III Encontro Nacional das Ligas de Geriatria e Gerontologia As Ligas de Geriatria e Gerontologia e seu papel na formação dos profissionais de saúde

Leia mais

ÁREAS DE ENFOQUE PRINCÍPIOS GERAIS

ÁREAS DE ENFOQUE PRINCÍPIOS GERAIS PORTUGUESE (PT) ÁREAS DE ENFOQUE PRINCÍPIOS GERAIS A Fundação Rotária atesta que: 1. Suas metas visam aumentar a eficácia na outorga de subsídios e garantir a qualidade dos projetos; 2. As declarações

Leia mais

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MODERNAS NA MULHER MODERNA. Albertina Duarte Takiuti

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MODERNAS NA MULHER MODERNA. Albertina Duarte Takiuti PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MODERNAS NA MULHER MODERNA Albertina Duarte Takiuti Metas para o Milênio: Erradicar a extrema pobreza e a fome Atingir o ensino básico universal Promover a igualdade entre os sexos

Leia mais

Formação no método Pilates com opcional em treinamento na plataforma vibratória originalpower Plate. Power Plate

Formação no método Pilates com opcional em treinamento na plataforma vibratória originalpower Plate. Power Plate plataforma vibratória originalpower Plate Power Plate Data: * Primeira Etapa: Formacao no Método Pilates Plataforma Vibratoria Power Plate Desenvolvido para profissionais e estudantes* de fisioterapia

Leia mais

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15 CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável 38889314.1.0000.5201 Estudo comparativo das representações

Leia mais

Doutorado em Ciências da saúde, ciências biológicas ou áreas afins e portadores do título de graduação em curso da área da saúde ou biológicas.

Doutorado em Ciências da saúde, ciências biológicas ou áreas afins e portadores do título de graduação em curso da área da saúde ou biológicas. Anexo I - Edital nº 94/20 Concurso Docente Lotação: Instituto de Ciências da Saúde, Regime de Trabalho de Dedicação Exclusiva.- e 1 vaga em regime de 40 horas Tema do Nº de Pontos das Provas Escrita e

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO HOSPITALAR - PRIMAH

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO HOSPITALAR - PRIMAH PROGRAMA DE RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO HOSPITALAR - PRIMAH DIRETRIZES PEDAGÓGICAS DO PROGRAMA ESTÃO BASEADAS NAS AÇÕES QUE COMPORTAM ATIVIDADES Multiprofissionalidade e interdisciplinaridade:

Leia mais

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO MARÇO 04/03 Teórica Noções em Geriatria e Gerontologia - Histórico - Temas básicos: saúde, autonomia, independência, incapacidade e fragilidade - Epidemiologia do envelhecimento - Papel do cuidador - Qualidade

Leia mais

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR Gerp.13: Educação, Ciência e Inovação Neste encontro, primaremos pelo conhecimento e atualização, assim, teremos exposições em formato de highlights, updates e a inovação de grandes temas em forma de cartas

Leia mais

Clipping Eletrônico - Terça-feira dia 10/03/2015

Clipping Eletrônico - Terça-feira dia 10/03/2015 Manaus AM Clipping Eletrônico - Terça-feira dia 10/03/2015 Jornal Acrítica Cidade Pág. C5 10 de março de 2015. Jornal Acrítica Cidades Pág. C3 10 de março de 2015. Av. Mário Ypiranga, 1695 Adrianópolis

Leia mais

TRABALHOS SAÚDE. 01 A assistência humanizada do parto

TRABALHOS SAÚDE. 01 A assistência humanizada do parto 01 A assistência humanizada do parto SAÚDE 02 A enfermagem e o uso de novas tecnologias na formação: uma reflexão 03 A prática de atividade física com laser ativo, desenvolvido pelos participantes da organização

Leia mais

Promoção da Saúde e Prevenção de Risco e Doenças no Ambiente de Trabalho. ANS maio/2014

Promoção da Saúde e Prevenção de Risco e Doenças no Ambiente de Trabalho. ANS maio/2014 Promoção da Saúde e Prevenção de Risco e Doenças no Ambiente de Trabalho ANS maio/2014 Perfil da Cemig Maior empresa integrada deutilites do Brasil. Composta por 58 empresas e 15 consórcios. Lucro líquido

Leia mais

Agente Comunitário em Saúde

Agente Comunitário em Saúde Agente Comunitário em Saúde Introdução a Informática Ações de Promoção do ambiente saudável A sociedade em que vivemos Construção de Redes Comunitárias e Promoção à Saúde Introdução à Profissão de Agente

Leia mais

Treinamento Personalizado para Idosos. Discentes: Dulcineia Cardoso Laís Aguiar

Treinamento Personalizado para Idosos. Discentes: Dulcineia Cardoso Laís Aguiar Treinamento Personalizado para Idosos Discentes: Dulcineia Cardoso Laís Aguiar Idosos Indivíduos com idade superior a 60anos Segundo o estatuto do idoso -é assegurando o direito à vida, à saúde, à alimentação,

Leia mais

BANCAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO (2013/2) CURSO DE FISIOTERAPIA. ORIENTADORA: Profa. ADRIANA CAIXETA

BANCAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO (2013/2) CURSO DE FISIOTERAPIA. ORIENTADORA: Profa. ADRIANA CAIXETA O coordenador do Núcleo de Atividades Complementares NAC, nos termos da Resolução CONSUP Faculdade CESUC 002/2010, divulga abaixo a relação das BANCAS PÚBLICAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO do Curso

Leia mais

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 09 /2014 - CESAU Objeto: Parecer. Promotoria de Justiça GESAU / Índice de seguimento / levantamento de doenças intra-epiteliais previsto para 2013 no município de Salvador e ações

Leia mais

Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional - NOVO

Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional - NOVO Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica

Leia mais

Cintia da Silva Freire Jardim

Cintia da Silva Freire Jardim Cintia da Silva Freire Jardim Brasileira, solteira, 28 anos Endereço: Rua Wilson Soares Fernandes, 160, bairro Planalto Belo Horizonte MG CEP 31730-700 Telefone: (31) 34941785 e (31) 91068827 e-mail: cintiafreire@gmail.com

Leia mais

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE II CONFERÊNCIA DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL Instrumental de Trabalho baseado nas Propostas Aprovadas na I Conferencia Estadual

Leia mais

Certificação Personal Trainer Bases Técnicas

Certificação Personal Trainer Bases Técnicas Certificação Personal Trainer Bases Técnicas Prof. Givanildo Holanda Matias Givanildo Holanda Matias - Graduado em Educação Física UNICID - Pós-Graduado em Fisiologia do Exercício ICB/USP - Pós-Graduado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40

MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40 MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40 Medicina I Anatomia Sistêmica Aplicada 8 80 Semiologia Médica 6 60 Ética

Leia mais

RESOLUÇÃO No- 454, DE 25 DE ABRIL DE 2015

RESOLUÇÃO No- 454, DE 25 DE ABRIL DE 2015 RESOLUÇÃO No- 454, DE 25 DE ABRIL DE 2015 Reconhece e disciplina a Especialidade Profissional de Fisioterapia Cardiovascular. O Plenário do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO),

Leia mais

BANCAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO (2015/2) CURSO DE FISIOTERAPIA. ORIENTADORA: Profa. ANA CAROLINA MESQUITA DO NASCIMENTO

BANCAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO (2015/2) CURSO DE FISIOTERAPIA. ORIENTADORA: Profa. ANA CAROLINA MESQUITA DO NASCIMENTO O coordenador do Núcleo de Atividades Complementares NAC, nos termos da Resolução CONSUP Faculdade CESUC 001/2015, divulga abaixo a relação das BANCAS PÚBLICAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO do Curso

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES TRATADOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEG

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES TRATADOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEG Anais do IX Seminário de Iniciação Científica, VI Jornada de Pesquisa e Pós-Graduação e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS 19 a 21 de outubro de 2011 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO

Leia mais

LABORATÓRIO DE EDUCAÇAO FÍSICA LEF PROJETO PEDAGÓGICO- ESPORTIVO

LABORATÓRIO DE EDUCAÇAO FÍSICA LEF PROJETO PEDAGÓGICO- ESPORTIVO PROJETO PEDAGÓGICO- ESPORTIVO INTRODUÇÃO Com o crescimento da utilização de aparelhos eletrônicos no mercado, a atividade física não tem o mesmo atrativo e protagonismo de tempos atrás. As crianças hoje

Leia mais

Circular 435/2014 São Paulo, 08 de Agosto de 2014.

Circular 435/2014 São Paulo, 08 de Agosto de 2014. Circular 435/2014 São Paulo, 08 de Agosto de 2014. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) Define os temas e objetivos prioritários para apresentação dos projetos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Fisioterapia 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Fisioterapia 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Fisioterapia 2011-1 DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO A UTILIZAÇÃO DOS MÉTODOS HALLIWICK E

Leia mais

DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos

DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos CAROLINE GONSALEZ FLAVIO PILOTO CIRILLO JULIANA THIEMI IMANO KAMILLA FERNANDES LINS SP 2009 DEFORMIDADES

Leia mais

Programa de Atividade Física

Programa de Atividade Física Programa de Atividade Física ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE NA TERCEIRA IDADE OBJETIVOS: Analisar: Mudanças que ocorrem como o envelhecimento; Os desafios sócio-econômico e individual do envelhecimento em relação

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção Administração Financeira Administração Mercadológica II Análise das Demonstrações Financeiras Auditoria Comércio Exterior e Economia Internacional

Leia mais

Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar. Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado

Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar. Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado Linamara Rizzo Battistella 04.10.2012 Universal Irreversível Heterôgeneo Perda Funcional Progressiva

Leia mais

Linhas de Cuidado na Perspectiva de Redes de Atenção à Saúde

Linhas de Cuidado na Perspectiva de Redes de Atenção à Saúde Linhas de Cuidado na Perspectiva de Redes de Atenção à Saúde Linhas de Cuidado na RELEMBRANDO... Perspectiva de RAS A RAS é definida como arranjos organizativos de ações e serviços de saúde, de diferentes

Leia mais

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos Fisioterapeuta: Adriana Lopes de Oliveira CREFITO 3281-LTT-F GO Ergonomia ERGONOMIA - palavra de origem grega, onde: ERGO = trabalho e NOMOS

Leia mais

10º Congreso Argentino y 5º Latinoamericano de Educación Física y Ciencias

10º Congreso Argentino y 5º Latinoamericano de Educación Física y Ciencias 10º Congreso Argentino y 5º Latinoamericano de Educación Física y Ciencias AVALIAÇÃO ANTROPOMÉTRICA DE IDOSAS PARTICIPANTES DE GRUPOS DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA A TERCEIRA IDADE Liziane da Silva de Vargas;

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA CURSO DIREITO PRIMEIRO SEMESTRE HISTÓRIA DO DIREITO B E A C E B A D C C LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO A E D E C A D D A B PSICOLOGIA GERAL B E D C C C A E D B PORTUGUÊS JURÍDICO A D A C B B C C D B SOCIOLOGIA

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE ESTABELECIMENTO: CEEBJA TOLEDO DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA - 2014 ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO INDIVIDUAL E COLETIVO

PLANO DE TRABALHO DOCENTE ESTABELECIMENTO: CEEBJA TOLEDO DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA - 2014 ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO INDIVIDUAL E COLETIVO CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PARA JOVENS E ADULTOS - TOLEDO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Rua Guarani, 1640 Centro Fone/Fax: 45 3252-7479 Toledo Paraná tooceebjatoledo@seed.pr.gov.br PLANO DE TRABALHO

Leia mais

CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA SOBRE MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL WORKSHOP: OS OITO OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO

CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA SOBRE MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL WORKSHOP: OS OITO OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA SOBRE MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL WORKSHOP: OS OITO OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Belo Horizonte, outubro de 2007 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA E SERVIÇOS DE SAÚDE: USO DE INQUÉRITOS DE BASE POPULACIONAL

EPIDEMIOLOGIA E SERVIÇOS DE SAÚDE: USO DE INQUÉRITOS DE BASE POPULACIONAL EPIDEMIOLOGIA E SERVIÇOS DE SAÚDE: USO DE INQUÉRITOS DE BASE POPULACIONAL Chester Luiz Galvão Cesar Departamento de Epidemiologia Faculdade de Saúde Pública - USP A ESTRATÉGIA DA EPIDEMIOLOGIA E OS SERVIÇOS

Leia mais

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e os desportos saudáveis são essenciais para a nossa saúde e bem-estar. Actividade física adequada e desporto

Leia mais

Auditoria em Serviços de Saúde

Auditoria em Serviços de Saúde ÁREA DE SAÚDE Auditoria em Serviços de Saúde O CURSO: A auditoria em serviços de saúde é essencial para garantir a qualidade da assistência prestada aos clientes, transmite uma visão geral da melhoria

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia Preventiva Código: Fisio 212 Pré-Requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

PROF PIMENTEL PRÉ-PROVA CENTRAL DE CURSOS. www.profpimentel.com.br PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO

PROF PIMENTEL PRÉ-PROVA CENTRAL DE CURSOS. www.profpimentel.com.br PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO PRÉ-PROVA SUMÁRIO 8h30 - Português - Heliane Miscali...Pág. 03 8h50 - Matemática - Rogério Pizza...Pág. 09 9h10 - Informática - Francis David...Pág. 19 9h30 - Atualidades

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE HERVAL D OESTE RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E/OU PROVAS E TÍTULOS, PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO

Leia mais

Distribuição dos TCC 2011-1 por linhas de pesquisa Curso de Fisioterapia

Distribuição dos TCC 2011-1 por linhas de pesquisa Curso de Fisioterapia A CARDIORESPIRATÓRIA 1. AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL EM ESCOLARES Tatyelle Dias Damaceno* e Fabiane Alves de Carvalho 2. AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL EM IDOSOS DIABÉTICOS APÓS UM PROGRAMA DE

Leia mais

Patrícia Zambone da Silva Médica Fisiatra

Patrícia Zambone da Silva Médica Fisiatra Reabilitação da Paralisia Cerebral no CEREPAL Patrícia Zambone da Silva Médica Fisiatra Histórico Fundada no dia 02 de março de 1964 por um grupo de pais que os filhos possuíam lesão cerebral. É uma entidade

Leia mais

Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios. Para o ano de 2015

Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios. Para o ano de 2015 Campanhas, Atividades Semanais, Comemorações, Avanços e Desafios Para o ano de 2015 O Plano Anual de Saúde de 2015 guarda uma característica própria: é o espelho da programação do PMS 2014/2017 aplicado

Leia mais

Documento Técnico A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade

Documento Técnico A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade Documento Técnico A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade DIVISÃO DESPORTO - CME A Actividade Física e a Promoção da Saúde na 3ª Idade 1.1. Conceito de Saúde Segundo a Organização Mundial

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA RESUMO SILVA 1, Thays Gonçalves ALMEIDA 2, Rogério Moreira de Centro de Ciências da

Leia mais

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO Autoria: Elaine Emar Ribeiro César Fonte: Critérios Compromisso com a Excelência e Rumo à Excelência

Leia mais

EFETIVIDADE DA ESCOLA DE COLUNA EM IDOSOS COM LOMBALGIA

EFETIVIDADE DA ESCOLA DE COLUNA EM IDOSOS COM LOMBALGIA EFETIVIDADE DA ESCOLA DE COLUNA EM IDOSOS COM LOMBALGIA Maria Lucia Ziroldo 1 ; Mateus Dias Antunes 2 ; Daniela Saldanha Wittig 3 ; Sonia Maria Marques Gomes Bertolini 4 RESUMO: A dor lombar é uma das

Leia mais

APRESENTAÇÃO. O Centro de Referência do Idoso da Zona Norte - CRI Norte (OSS/ACSC), tem a satisfação de apresentar-lhe o Manual de Parceria 2015.

APRESENTAÇÃO. O Centro de Referência do Idoso da Zona Norte - CRI Norte (OSS/ACSC), tem a satisfação de apresentar-lhe o Manual de Parceria 2015. APRESENTAÇÃO O Centro de Referência do Idoso da Zona Norte - CRI Norte (OSS/ACSC), tem a satisfação de apresentar-lhe o Manual de Parceria 2015. Seja parceiro de um serviço que é referência em geriatria

Leia mais

Cuidando da Minha Criança com Aids

Cuidando da Minha Criança com Aids Cuidando da Minha Criança com Aids O que é aids/hiv? A aids atinge também as crianças? Como a criança se infecta com o vírus da aids? Que tipo de alimentação devo dar ao meu bebê? Devo amamentar meu bebê

Leia mais

Com carga horária de 420 horas o curso Saúde do Idoso e Gerontologia é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de

Com carga horária de 420 horas o curso Saúde do Idoso e Gerontologia é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de Com carga horária de 420 horas o curso Saúde do Idoso e Gerontologia é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos diversos pólos,

Leia mais