REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY"

Transcrição

1 ISSN Impact Factor 2012: Thomson Reuters Journal Citation Reports, Science Edition (2012) REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY MAY/JUNE 2014 Volume 54 Number 3 MAIO/JUNHO 2014 Volume 54 Número 3

2

3 REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY Official Organ of Brazilian Society of Rheumatology Órgão Oficial da Sociedade Brasileira de Reumatologia Bimonthly Edition (Publicação Bimestral) Editors (Editores) Max Victor Carioca Freitas Universidade Federal do Ceará, Fotaleza, CE, Brazil Roberto Ezequiel Heymann Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Editorial Board (Conselho Editorial) Acir Rachid Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brazil Adil Muhib Samara Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brazil Alexandre Wagner S Souza Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Ari Stiel Radu Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Carlos Alberto von Muhlen Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brazil Claudia Goldenstein-Schainberg Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Cláudio Arnaldo Len Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Clóvis Artur Almeida da Silva Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Cristiano Augusto de Freitas Zerbini Hospital Heliópolis, São Paulo, SP, Brazil Daniel Feldman Polak Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Durval Kraychete Escola Bahiana de Medicina e Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, Brazil Eduardo de Souza Meirelles Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Eduardo Ferreira Borba Neto Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Emília Inoue Sato Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Fernanda Rodrigues de Lima Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Fernando Queiroz da Cunha Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, SP, Brazil Francisco Airton Castro Rocha Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, Brazil Coeditors (Coeditores) Eloísa Silva Dutra de Oliveira Bonfá Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Hilton Seda Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil João Carlos Tavares Brenol Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brazil Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil Gilberto Santos Novaes Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Isídio Calich Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Ivânio Alves Pereira Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brazil Jamil Natour Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil João Francisco Marques Neto Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brazil José Goldenberg Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil José Roberto Provenza Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brazil Jozélio Freire de Carvalho Centro Médico Aliança, Salvador, BA, Brazil Lais V. Lage Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Lilian Tereza Lavras Costallat Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brazil Luís Eduardo Coelho Andrade Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Luiz Fernando de Souza Passos Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM, Brazil Marcelo de Medeiros Pinheiro Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Maria Odete E. Hilário Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Marta Maria das Chagas Medeiros Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, Brazil Mittermayer Barreto Santiago Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Salvador, BA, Brazil Paulo Louzada-Junior Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, SP, Brazil Ricardo Fuller Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Simone Appenzeller Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brazil Maurício Levy Neto Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Milton Helfenstein Jr. Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Natalino H. Yoshinari Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Nílzio Antônio da Silva Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, Brazil Percival Degrava Sampaio-Barros Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Ricardo M. Xavier Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brazil Rina Dalva P. N. Giorgi Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo "Francisco Morato de Oliveira", São Paulo, SP, Brazil Roger A. Levy Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil Rosa Maria Rodrigues Pereira Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Rozana Mesquita Ciconelli Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Samuel Katsuyuki Shinjo Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Sebastião Cézar Radominski Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brazil Sheila Knupp de Oliveira Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil Simone Appenzeller Universidade de Campinas, Campinas, SP, Brazil Vera Lúcia Szejnfeld Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, SP, Brazil Wiliam H. Chahade Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo "Francisco Morato de Oliveira", São Paulo, SP, Brazil International Editorial Board (Conselho Editorial Internacional) Ariel Masetto Université de Sherbrooke, Sherbrooke, Canada Arthur Kavanaugh University of California, San Diego, USA Bernardo Pons Estel Universidad Nacional de Rosario, Rosario, Argentina Claudio Galarza Maldonado Hospital Monte Sinai, Cuenca, Equador Ernest Choy King's College, London, UK Jordi Antón López Hospital Sant Joan de Déu, Barcelona, Spain José Antonio Melo Gomes Instituto Português de Reumatologia, Lisboa, Portugal Juan Manuel Anaya Corporación de Investigaciones Biológicas, Medellín, Colômbia Luis Javier Jara Universidad Nacional Autonoma de Mexico, Mexico City, Mexico Mario Cardiel Instituto Nacional de la Nutrición "Salvador Zubiran", Morrelia, Mexico Mario Garcia-Carrasco Facultad de Medicina, BUAP, Puebla, Mexico Mário Viana de Queiroz Universidade Clássica de Lisboa, Lisboa, Portugal Marvin Fritzler University of Calgary, Calgary, Canada Munther Khamashta St. Thomas Hospital, London, UK H Ralph Schumacher Jr University of Pennsylvania, Philadelphia, USA Ricardo Cervera Segura Hospital Clinic, Barcelona, Spain Richard J Wakefield Chapel Allerton Hospital, Leeds, UK Thomas Dörner Charite Hospital, Berlin, Germany Yehuda Shoenfeld Chaim Sheba Medical Center, Tel Aviv University, Tel Hashomer, Israel

4 BSR Office (Secretaria SBR) Rogério Quintiliano Amaral Av. Brigadeiro Luiz Antonio, conjs CEP São Paulo, SP Fone/fax: 55 (11) website: Brazilian Journal of Rheumatology is listed in Web of Science, MEDLINE, LILACS, SciELO, Scopus and Index Copernicus databases. BJR is affiliated to the International Committee of Medical Journal Editors. A Revista Brasileira de Reumatologia é indexada nas bases de dados Web of Science, MEDLINE, LILACS, SciELO, Scopus e Index Copernicus. A RBR é filiada ao International Committee of Medical Journal Editors. Brazilian Journal of Rheumatology (BJR) is an official publication of the Brazilian Society of Rheumatology (BSR) in partnership with Elsevier Editora Ltda. and is dedicated to the medical community in Brazil and Latin America. Edited by Brazilian Society of Rheumatology. Published by Elsevier Editora Ltda All rights reserved and protected by law /02/98. No part of this publication may be reproduced or transmitted in any form or by any means, electronic or mechanical, including photocopying, recording or any information storage and retrieval system, without permission in writing from BSR and the Publisher. BJR receives finnancial support from Fundos Remanescentes da Sociedade Brasileira de Reumatologia. A Revista Brasileira de Reumatologia (RBR) é uma publicação oficial da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) em conjunto com Elsevier Editora Ltda., distribuída exclusivamente à classe médica do Brasil e da América Latina. Editada por Sociedade Brasileira de Reumatologia. Publicada por Elsevier Editora Ltda Todos os direitos reservados e protegidos pela lei /02/98. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, sem autorização prévia, por escrito, da Elsevier Editora Ltda. e da SBR, sejam quais forem os meios empregados: eletrônicos, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros. A RBR recebe auxílio financeiro de Fundos Remanescentes da Sociedade Brasileira de Reumatologia. Revista Brasileira de Reumatologia $ISSN Revista Brasileira de Reumatologia (English Edition Brazilian Journal of Rheumatology) ISSN Revistas produzidas em Elsevier España, SL Travessera de Gràcia, Barcelona, España RJ: Tel.: Fax: SP: Tel.: Fax: Website: No responsibility is assumed by Elsevier or BSI for any injury and/or damage to persons or property as a matter of products liability, negligence or otherwise, or from any use or operation of any methods, products, instructions, or ideas contained in the material herein. Because of rapid advances in the medical sciences, in particular, independent verification of diagnoses and drug dosages should be made. Although all advertising material is expected to conform to ethical (medical) standards, inclusion in this publication does not constitute a guarantee or endorsement of the quality or value of such product or of the claims made of it by its manufacturer. A Elsevier não assume nenhuma responsabilidade por qualquer injúria e/ou danos a pessoas ou bens como questões de responsabilidade civil do fabricante do produto, de negligência ou de outros motivos, ou por qualquer uso ou exploração de métodos, produtos, instruções ou ideias contidas no material incluso. Devido ao rápido avanço no campo das ciências médicas, em especial, uma verificação independente dos diagnósticos e dosagens de drogas deve ser realizada. Embora todo o material de publicidade deva estar em conformidade com os padrões éticos (médicos), a inclusão nesta publicação não constitui uma garantia ou endosso da qualidade ou valor de tal produto ou das alegações feitas pelo seu fabricante. Content dedicated to the medical community. Material de distribuição exclusiva à classe médica.

5 INSTRUCTIONS TO AUTHORS The Brazilian Journal of Rheumatology (BJR), an official organ of Sociedade Brasileira de Reumatologia (Brazilian Society of Rheumatology), was founded in 1957 and is published bimonthly. The journal publishes original articles, review articles, brief communications, case reports and letters to the editors. To submit a manuscript, please access the site Format of the manuscript The manuscript can be submitted in Portuguese or English, double spaced, with 2.5 cm margins. Unconventional abbreviations, medical jargon and telegraphic style should not be used in the text. Citation of drugs and pharmaceutical products must be done using pharmacological nomenclature, without any mention to commercial names. Manuscript structure Manuscript*, Title Page*, Cover Letter, and Author Agreement* must be submitted in separate files. Tables and Figures should be numbered as cited in the text and sent in separate files with corresponding titles and legends. (*required files) Title page The title page should contain: a) the full title; b) the full name of the authors and institutional affiliation; c) the department and institution where the study was originated; d) the full of the corresponding author; e) conflict of interest and relevant financial agencies; f) a running title with no more than 60 characters. Author Agreement It is the document where the authors declare that the manuscript is original, in addition to approve the manuscript object of the submission, the authorship and the order of authors listed. It must be signed by all authors. Below is presented an example. Dear Editor, We, the undersigned, declare that this manuscript is original, has not been published before and is not currently being considered for publication elsewhere. We would like to draw the attention of the Editor to the following publications of one or more of us that refer to aspects of the manuscript presently being submitted. We confirm that the manuscript has been read and approved by all named authors and that there are no other persons who satisfied the criteria for authorship but are not listed. We further confirm that the order of authors listed in the manuscript has been approved by all of us. We understand that the Corresponding Author is the sole contact for the Editorial process. He/she is responsible for communicating with the other authors about progress, submissions of revisions and final approval of proofs. (Signature of all authors) Original article The original article should contain: the title page, the abstract page with keywords, introduction, material and methods or patients and methods, results and discussion, acknowledgements, references, tables, figures and figure legends. Original articles should not exceed 5,000 words including references and excluding the title page, abstract, tables and legends. It is allowed up to six figures or tables and 50 references. Abstract page The abstract page should contain: a) objective, methods, results and conclusions, with no more than 250 words; b) three to five keywords. Introduction As the aim of this section is to define the purpose and the reasons for the accomplishment of the work, we do not recommend a large literature review. Patients and methods or Material and methods This section should include enough information that allows the reproduction of the work and, when it is relevant, the approval by the institutional Committee of Ethics. The methods employed in the statistical analysis should always be quoted. Results They should be clear and concise. Tables and graphics should not duplicate information. Discussion It should be concise, interpreting the results in the context of the present literature. Please do not exceed the limit of half the number of pages of the complete work. Acknowledgments Only to people who contributed; i.e., with techniques, discussion and sending patients. Financial help should be referred in the title page. References They should be quoted in the text in Arabic numerals, superscript, with no brackets. Numbering should be sequencial, according to the quotation order in the text. Please quote all the authors in works with until six authors; after six authors, quote the first six followed by the expression et al. Reference Manager or Endnote programs are strongly recommended for use adopting the Vancouver style. Examples for reference citation are presented below. Authors should consult NLM s Citing Medicine for additional information on the reference formats. Printed article 1. Rivero MG, Salvatore AJ, Gomez-Puerta JA, Mascaro JM, Jr., Canete JD, Munoz-Gomez J et al. Accelerated nodulosis during methotrexate therapy in a patient with systemic lupus erythematosus and Jaccoud s arthropathy. Rheumatology (Oxford) 2004; 43(12): Reference retrieved from electronic address 2. Cardozo JB, Andrade DMS, Santiago MB. The use of bisphosphonate in the treatment of avascular necrosis: a systematic review. Clin Rheumatol Available from: com.w10069.dotlib.com. br/content/l05j4j /fulltext.pdf. [Accessed in February 24, 2008]. Book 3. Murray PR, Rosenthal KS, Kobayashi GS, Pfaller MA. Medical microbiology. 4th ed. St. Louis: Mosby; Tables and figures Each Table or Figure should be numbered with Arabic numerals and sent in an individual file (.jpg,.tif,.png,.xls,.doc) with minimum of 300 dpi. Titles and legends should be in the same Table/Figure file to wich they refer. Tables and Figures should include enough information so the reader can understand them without going to the text. Photomicrographies should include the appropriated scale. Review article Reviews, preferentially systematic, may be submitted to BJR. They should cover deeply any interesting theme for the rheumatologist. They do not present a standard structure, neither introduction or conclusion. Please send abstracts without subdivisions with three to five keywords. Review articles should not exceed 6,000 words including references and excluding the title page, abstract, tables and legends. It is allowed up to five figures or tables and 70 references. Case report Must have six authors at most. They should include an abstract and keywords, without subdivisions. The text, however, should present the following sections: introduction, which should be concise; case report, containing the description and the evolution of the clinical case, laboratory exams, illustrations and tables (that substitute the sections material and methods and results); and discussion. It should not exceed 1,500 words including references and excluding the title page, abstract, tables and legends. It is allowed up to two figures or tables and 15 references. Brief communication It covers a point or a specific detail. It should present an abstract with no more than 250 words and three to five keywords. The text does not include subdivisions, and should not exceed 2,500 words including references and excluding the title page, abstract, tables and legends. It is allowed up to three figures or tables and 25 references.

6 Rules for applying the appropriate tense in scientific writing Context or section Abstract Introduction Methods, materials used, and results Discussion/Conclusion Attribution Description of Tables and Figures Established knowledge, previous results etc. Appropriate verb tense Past tense Most present tense (established facts, previous published data) Past tense Mixture of past and present, sometimes future tense Past tense Ex.: Andrade et al. reported that... Present tense Present tense General rules to obtain a good scientific writing: 1. Use active voice. 2. Setences must be short, clear and objective. 3. Units of measurement are abbreviated when use with numerical values (e.g., 1 mg), but are not abbreviated if used without numerical values. Systeme International d'únites (SI units) must be used. Remember to leave a space between the number and unit (e.g., 10 mg/dl), except for the percentage mark that follows the number without space (e.g., 70%). The plural form of units of measurement is the same as the singular form (e.g., 1 ml, 10 ml; 1 h, 10 h). Spell out numbers at the beginning of a sentence. 4. Define abbreviations the first time they appear. Avoid abbreviations in tittles and abstracts. 5. Do not use contractions (e.g., doesn't, can't etc.). Recommended book: Rogers SM. Mastering scientific and medical writing: a self-help guide. Berlin: Springer; Legal and ethical considerations According to the Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals (International Committee of Medical Journal Editors February 2006). Conflict of interest Public trust in the peer review process and the credibility of published articles depend in part on how well conflict of interest is handled during writing, peer review, and editorial decision making. Conflict of interest exists when an author (or the author s institution), reviewer, or editor has financial or personal relationships that inappropriately influence (bias) his or her actions (such relationships are also known as dual commitments, competing interests, or competing loyalties). These relationships vary from those with negligible potential to those with great potential to influence judgment, and not all relationships represent true conflict of interest. The potential for conflict of interest can exist whether or not an individual believes that the relationship affects his or her scientific judgment. Financial relationships (such as employment, consultancies, stock ownership, honoraria, paid expert testimony) are the most easily identifiable conflicts of interest and the most likely to undermine the credibility of the journal, the authors, and of science itself. However, conflicts can occur for other reasons, such as personal relationships, academic competition, and intellectual passion. Informed consent Patients have a right to privacy, that should not be infringed without informed consent. Identifying information, including patients names, initials, or hospital numbers, should not be published in written descriptions, photographs, and pedigrees unless the information is essential for scientific purposes and the patient (or parent or guardian) gives written informed consent for publication. Informed consent for this purpose requires that a patient who is identifiable be shown the manuscript to be published. Authors should identify Individuals who provide writing assistance and disclose the funding source for this assistance. Identifying details should be omitted if they are not essential. Complete anonymity is difficult to achieve. However, an informed consent should be obtained if there is any doubt. For example, masking the eye region in photographs of patients is inadequate protection of anonymity. If identifying characteristics are altered to protect anonymity, such as in genetic pedigrees, authors should provide assurance that alterations do not distort scientific meaning and editors should so note. When informed consent has been obtained it should be indicated in the published article. Ethical treatment When reporting experiments on human subjects, authors should indicate whether the procedures followed were in accordance with the ethical standards of the responsible committee on human experimentation (institutional and national) and with the Helsinki Declaration of 1975, as revised in If doubt exists whether the research was conducted in accordance with the Helsinki Declaration, the authors must explain the rationale for their approach, and demonstrate that the institutional review body explicitly approved the doubtful aspects of the study. When reporting experiments on animals, authors should be asked to indicate whether the institutional and national guide for the care and use of laboratory animals was followed. Clinical trials registry Clinical trials must be registered according to WHO recommendation at www. who.int/ictrp/en/. The definition of clinical trial include preliminary trials (phase I): any study with prospective recruiting of subjects to undergo any health-related intervention (drugs, surgical procedures, equipment, behavioral therapies, food regimen, changes in health care) to evaluate the effects on clinical outcomes (any biomedical or health-related parameter, including pharmacokinetics measurements and adverse reactions). The BJR has the right not to publish trials not complying with these and other legal and ethical standards determined by international guidelines. Financing and support The authors should also inform if they received financing or support from institutions like CNPq, CAPES, SBR Remaining Funds, Graduated Institutions, Laboratories etc.

7 INSTRUÇÕES PARA OS AUTORES A Revista Brasileira de Reumatologia (RBR), órgão oficial da Sociedade Brasileira de Reumatologia, foi fundada em 1957 e é publicada bimestralmente. A revista publica artigos originais, artigos de revisão, comunicações breves, relatos de casos e cartas aos editores. O manuscrito deve ser submetido online através do site Apresentação do manuscrito O manuscrito pode ser submetido em português ou inglês, em espaço duplo, com margens de 2,5 cm. No texto não devem ser empregadas abreviaturas não convencionais, gírias (jargões) médicas ou redação tipo telegráfica. A citação de medicamentos e produtos farmacêuticos deve ser feita utilizando-se apenas a nomenclatura farmacológica, sem menção do nome comercial. Estrutura do manuscrito Manuscript*, Title Page*, Cover Letter e Author Agreement* devem ser enviados em arquivos individuais. Tabelas e figuras devem ser numeradas conforme citadas no texto e enviadas em arquivos separados, com títulos e legendas correspondentes. (*arquivos obrigatórios) Página do título Deve conter: a) título do artigo; b) nome completo dos autores e sua afiliação institucional; c) departamento(s) e instituição(ões) onde se originou o trabalho; d) nome e válido do autor responsável para correspondência; e) conflito de interesse e agências financiadoras relevantes; f) título resumido com no máximo 60 caracteres. Author Agreement É o documento no qual os autores declaram a originalidade do manuscrito, além de aprovarem o artigo objeto da submissão, a autoria e a ordem da lista de autores. Deve ser assinado por todos os autores. A seguir é apresentado um modelo. Caro Editor, Os autores, abaixo assinados, declaram que este manuscrito é original, não foi publicado antes e não se encontra submetido para qualquer outra publicação. Gostaríamos de pedir a atenção do Editor para a presente publicação de nós autores, referente a aspectos do presente manuscrito submetido. Confirmamos que o manuscrito foi lido e aprovado por todos os autores signatários e que não há nenhum outro autor a fazer parte senão os listados. Confirmamos também que a ordem dos autores listada no manuscrito foi aprovada por todos. Entendemos que o Autor para Correspondência será o único contato para o processo editorial. Ele será o único responsável pela comunicação com os demais autores acerca do progresso da submissão, da revisão do manuscrito e de sua aprovação final. (Assinatura de todos os autores) Artigo Original Deve conter: página do título, página de resumo com palavras-chave, introdução, material e métodos ou pacientes e métodos, resultados e discussão, agradecimentos, referências, tabelas, figuras e legendas das figuras. Não deve exceder palavras, incluindo-se as referências e excluindo-se a página do título, resumo, tabelas e legendas. Pode exibir até seis figuras ou tabelas e até 50 referências. Página de resumo Deve conter: a) objetivo, métodos, resultados e conclusões, não excedendo 250 palavras; b) três a cinco palavras-chave. Introdução A finalidade dessa seção é definir o propósito e as razões para a realização do trabalho. Não se recomenda extensa revisão da literatura. Pacientes e métodos ou Material e métodos Deve incluir informações suficientes que permitam a reprodução do trabalho e, quando pertinente, a aprovação pelo Comitê de Ética institucional. Os métodos empregados na análise estatística devem sempre ser citados. Resultados Devem ser claros e concisos. Tabelas e gráficos não devem duplicar informações. Discussão Deve ser concisa, interpretando os resultados no contexto da literatura atual. É conveniente não ultrapassar a metade do número de páginas do trabalho completo. Agradecimentos Apenas às pessoas que contribuíram, por exemplo, com técnicas, discussão e envio de pacientes. Auxílio financeiro deve ser referido na página do título. Referências Devem ser citadas no texto em algarismos arábicos, sobrescritos e depois da pontuação, sem parênteses ou colchetes. A numeração deve ser sequencial, de acordo com a ordem de citação no texto. Nas referências com mais de seis autores, devem ser citados os seis primeiros, seguidos pela expressão et al. Sugere-se a utilização dos programas Reference Manager ou Endnote, seguindo-se o estilo Vancouver. Exemplos de referência para diferentes formatos são apresentados a seguir. Os autores devem consultar o NLM s Citing Medicine para mais informações sobre os formatos das referências. Artigo de revista 1. Rivero MG, Salvatore AJ, Gomez-Puerta JA, Mascaro JM, Jr., Canete JD, Munoz-Gomez J et al. Accelerated nodulosis during methotrexate therapy in a patient with systemic lupus erythematosus and Jaccoud s arthropathy. Rheumatology (Oxford) 2004; 43(12): Artigo extraído de endereço eletrônico 2. Cardozo JB, Andrade DMS, Santiago MB. The use of bisphosphonate in the treatment of avascular necrosis: a systematic review. Clin Rheumatol Available from: content/l05j4j /fulltext. pdf. [Accessed in February 24, 2008]. Livro 3. Murray PR, Rosenthal KS, Kobayashi GS, Pfaller MA. Medical microbiology. 4th ed. St. Louis: Mosby; Tabelas e Figuras Cada tabela ou figura deverá ser numerada em algarismo arábico e enviada em arquivo separado (.jpg,.tif,.png,.xls,.doc) com 300 dpi no mínimo. Título e legenda devem estar no mesmo arquivo da figura ou tabela a que se referem. Tabelas e ilustrações devem ser autoexplicativas, com informações suficientes para sua compreensão sem que se tenha de recorrer ao trabalho. Fotomicrografias devem incluir a escala apropriada. Artigo de Revisão Revisões, preferencialmente sistemáticas, podem ser submetidas à RBR, devendo abordar com profundidade um tema de interesse para o reumatologista. Não apresentam estruturação padronizada, prescindindo de introdução ou discussão. Devem apresentar resumo sem subdivisões, com três a cinco palavras-chave, e não devem exceder palavras, incluindo-se as referências e excluindo-se a página do título, resumo, tabelas e legendas. Podem exibir até cinco figuras ou tabelas e até 70 referências. Relato de Caso Deve incluir resumo e palavras-chave, sem necessidade de subdivisões. O texto, porém, apresenta as seguintes seções: introdução, que deve ser concisa; relato de caso, contendo a descrição e a evolução do quadro clínico, exames laboratoriais, ilustrações e tabelas (que substituem as seções material e métodos e resultados); e discussão. Deve conter no máximo seis autores, e não deve exceder palavras, incluindo-se as referências e excluindo-se a página do título, resumo, tabelas e legendas. Pode exibir até duas figuras ou tabelas e até 15 referências. Comunicação breve Aborda um ponto ou detalhe específico de um tema. Deve incluir resumo com no máximo 250 palavras, e três a cinco palavras-chave. O texto não necessita subdivisões, deve ter até palavras incluindo-se as referências e excluindo-se a página do título, resumo, tabelas e legendas. Pode exibir até três figuras ou tabelas e até 25 referências.

8 Regras para aplicar tempos verbais apropriados de acordo com o contexto ou seção Contexto ou seção Resumo Introdução Métodos, materiais e resultados Discussão/Conclusão Atribuições Descrição de Tabelas e Figuras Conhecimento estabelecido e resultados prévios Tempo verbal apropriado Passado Presente, quando se referir a fatos estabelecidos e conhecimento prévio Passado Combinado de passado (quando se referir a resultados obtidos no trabalho) e presente (quando se referir a fatos estabelecidos e conhecimento prévio); às vezes pode ser utilizado o futuro (especialmente quando se referir a perspectivas de trabalhos a serem realizados) Passado Ex.: Andrade et al. relataram... Presente Presente Regras gerais para se obter uma boa escrita em um artigo científico: 1. Prefira a voz ativa. 2. As sentenças devem ser curtas, claras e objetivas. 3. A unidade de medida deve ser abreviada quando empregada com valores numéricos (p. ex., 1 mg), mas escrita por extenso quando separada de valor numérico. Utilize o Sistema Internacional de Unidades (SI units) para definir as unidades de medida. Lembre-se de deixar um espaço entre o número e a unidade (p. ex., 10 mg/dl), exceto quando for porcentagem, que deve estar junto (p. ex., 70%). O plural das unidades de medida é a mesma forma do singular (p. ex., 1 ml, 10 ml; 1 h, 10 h). Quando iniciarem a frase, os números devem estar por extenso, e não em algarismo arábico. 4. Defina a abreviação na primeira vez que aparecer no texto principal. Após a definição, use sempre a abreviação em vez da forma por extenso. Evite o uso de abreviações no título e no resumo. 5. Ao escrever em inglês, não utilize contrações (p. ex., prefira does not em vez de doesn't). Livro recomendado: Rogers SM. Mastering scientific and medical writing: a self-help guide. Berlin: Springer; Considerações éticas e legais A RBR segue as normas do Uniform Requirements for Manuscripts (URM) Submitted to Biomedical Journals desenvolvidas pelo The International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) fevereiro de Conflito de interesse A confiança pública no processo de revisão por pares e a credibilidade dos artigos publicados dependem, em parte, de como o conflito de interesse é administrado durante a redação, a revisão por pares e a decisão editorial. O conflito de interesse existe quando um autor (ou instituição do autor), revisor ou editor tem relações financeiras ou pessoais que influenciem de forma inadequada (viés) suas ações (tais relações são também conhecidas como duplo compromisso, interesses conflitantes ou fidelidades conflitantes). Essas relações variam entre aquelas com potencial insignificante até as com grande potencial para influenciar o julgamento, e nem todas as relações representam verdadeiro conflito de interesse. O potencial conflito de interesse pode existir dependendo se o indivíduo acredita ou não que a relação afete seu julgamento científico. Relações financeiras (tais como emprego, consultorias, posse de ações, testemunho de especialista pago) são os conflitos de interesse mais facilmente identificáveis e os mais suscetíveis de minar a credibilidade da revista, dos autores e da própria ciência. No entanto, podem ocorrer conflitos por outras razões, tais como relações pessoais, competição acadêmica e paixão intelectual. Consentimento informado Os pacientes têm o direito à privacidade, que não deve ser infringida sem o consentimento informado. A identificação de informações, incluindo os nomes dos pacientes, iniciais ou números no hospital, não devem ser publicadas em descrições, fotografias e genealogias, a menos que a informação seja essencial para os propósitos científicos e o paciente (ou responsável) dê o consentimento livre e esclarecido para a publicação. O consentimento informado para este propósito requer que o manuscrito a ser publicado seja mostrado ao paciente. Os autores devem identificar os indivíduos que prestam assistência a escrever e divulgar a fonte de financiamento para essa assistência. Detalhes identificadores devem ser omitidos se não são essenciais. O anonimato completo é difícil de se conseguir; no entanto, no caso de qualquer dúvida, o consentimento deve ser obtido. Por exemplo, mascarar a região ocular em fotografias de pacientes é uma proteção de anonimato inadequada. Se as características de identificação são alteradas para proteger o anonimato, como na linhagem genética, os autores devem garantir que as alterações não distorçam o significado científico. Quando o consentimento informado foi obtido, ele deve ser indicado no artigo publicado. Princípios éticos Ao relatar experimentos em seres humanos, os autores devem indicar se os procedimentos seguidos estiveram de acordo com os padrões éticos do comitê responsável por experimentação humana (institucional e nacional) e com a Declaração de Helsinki de 1975, revisado em Se houver dúvida se a pesquisa foi realizada em conformidade com a Declaração de Helsinki, os autores devem explicar a razão para sua abordagem e demonstrar que o corpo de revisão institucional aprovou explicitamente os aspectos duvidosos do estudo. Ao relatar experimentos com animais, os autores devem indicar se as orientações institucionais e nacionais para o cuidado e a utilização de animais de laboratório foram seguidas. Registro de ensaios clínicos Os ensaios clínicos devem ser registrados segundo recomendação da OMS em A definição de ensaios clínicos incluem ensaios preliminares (fase I): um estudo prospectivo com o recrutamento de indivíduos submetidos a qualquer intervenção relacionada à saúde (medicamentos, procedimentos cirúrgicos, aparelhos, terapias comportamentais, regime alimentar, mudanças nos cuidados de saúde) para avaliar os efeitos em desfechos clínicos (qualquer parâmetro biomédico e de saúde, inclusive medidas farmacocinéticas e reações adversas). A RBR tem o direito de não publicar trabalhos que não cumpram estas e outras normas legais e éticas explicitadas nas diretrizes internacionais. Financiamento e apoio Os autores devem, também, informar se receberam financiamento ou apoio de instituições como CNPq, CAPES, Fundos Remanescentes da SBR, instituições universitárias, laboratórios etc.

9 Brazilian Society of Rheumatology (Sociedade Brasileira de Reumatologia) Founded on July 15, 1948 (Fundada em 15 de julho de 1948) Executive Board of Directors for the Biennium Diretoria Executiva para o Biênio President (Presidente) Walber Pinto Vieira, CE General secretary (Secretário geral) Francisco José Fernandes Vieira, CE 1st secretary (1º secretário) Lauredo Ventura Bandeira, SP 2nd secretary (2ª secretária) Rosa Maria Rodrigues Pereira, SP Treasurer (Tesoureiro) José Eyorand Castelo B. Andrade, CE Vice-treasurer (Vice-tesoureiro) José Roberto Provenza, SP Scientific director (Diretor científico) Mittermayer Barreto Santiago, BA Elected president (Presidente eleito) Cesar Emile Baaklini, SP Representatives of PANLAR Representantes junto à PANLAR Adil Muhib Samara, SP Antonio Carlos Ximenes, GO Fernando Neubarth, RS Maria Amazile Ferreira Toscano, SC Representatives of Ministry of Health Representante junto ao Ministério da Saúde Ana Patrícia de Paula, DF Mário Soares Ferreira, DF Representatives of AMB Representantes junto à AMB Eduardo de Souza Meirelles, SP Gustavo de Paiva Costa, DF Morton Aaron Scheinberg, SP Specialist Title Commission Comissão de Título de Especialista Coordinator (Coordenadora) Emília Inoue Sato, SP Members (Membros) Fernanda Rodrigues Lima, SP Gilda Aparecida Ferreira, MG Ines Guimarães Silveira, RS José Tupinambá Souza Vasconcelos, PI Marcelo de Medeiros Pinheiro, SP Mauro Goldfarb, RJ Nafice Costa Araujo, SP Rafael Navarrete, GO Valeria Valim Cristo, ES Wilton Silva dos Santos, DF Rheumatology Aid Fund to Rheumatology Research and Teaching Conselho do Fundo de Auxílio a Pesquisa e Ensino em Reumatologia Acir Rachid, PR Adil Muhib Samara, SP Antônio Carlos Ximenes, GO Caio Moreira, MG Cesar Emile Baaklini, SP Emília Inoue Sato, SP Fernando de Souza Cavalcanti, PE Fernando Neubarth, RS Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro, RJ Geraldo Gomes de Freitas, PE Hilton Seda, RJ Iêda Maria Magalhães Laurindo, SP João Carlos Tavares Brenol, RS João Francisco Marques Neto, SP Nílzio Antônio da Silva, GO Sebastião Cezar Radominski, PR Walber Pinto Vieira, CE Wiliam Habib Chahade, SP Health Economy Commission Comissão de Economia da Saúde Coordinator (Coordenadora) Mirhelen Mendes de Abreu, SP Members (Membros) Ana Cristina de Medeiros Ribeiro, SP Claiton Viegas Brenol, RS Eduardo de Souza Meirelles, SP Jussara de Almeida L. Kochen, SP Rafael Mendonça da Silva Chakr, RS Epidemiology Commission Comissão de Epidemiologia Coordinator (Coordenadora) Eutilia Andrade Medeiros Freire, PB Members (Membros) Alessandra Souza Braz C. Andrade, PB Bernardo Matos da Cunha, DF Camila Cruz Leijoto, RJ Carlos Augusto F. de Andrade, RJ Jussara de Almeida L. Kochen, SP Mirhelen Mendes de Abreu, SP Pediatric Rheumatology Commission Comissão de Reumatologia Pediátrica Coordinator (Coordenador) Cláudio Arnaldo Len, SP Members (Membros) Adriana Maluf Elias Sallum, SP Ana Paula Vecchi, GO Andre de Souza Cavalcanti, PE Blanca Elene Rios Gomes Bica, RJ Carlos Nobre Rabelo Jr., CE Claudia Saad Magalhães, SP Clovis Artur Almeida da Silva, SP Cynthia Torres Franca da Silva, RJ Luciana Brandão Paim Marques, CE Marcia Bandeira, PR Maria Teresa R. A. Terreri, SP Tania Caroline Castro, SP Teresa Cristina Robazzi, BA Media Commission Comissão de Comunicação Social BSR Bulletin (Boletim SBR) Editorial Council (Conselho Editorial) Kaline Medeiros Costa Pereira, SP Edgard Torres dos Reis Neto, SP Editors (Editores) Tânia Carolina Monteiro de Castro, SP Frederico Augusto Gurgel Pinheiro, SP Collaborator (Colaborador) Plínio José do Amaral, SP Brazilian Journal of Rheumatology Revista Brasileira de Reumatologia Editors (Editores) Max Victor Carioca Freitas, CE Roberto Ezequiel Heymann, SP Coeditors (Coeditores) Eloísa Silva Dutra de Oliveira Bonfá, SP Hilton Seda, RJ João Carlos Tavares Brenol, RS Mittermayer Barreto Santiago, BA Paulo Louzada-Junior, SP Ricardo Fuller, SP Simone Appenzeller, SP BSR Website (Site SBR) Coordinators (Coordenadores) Marcelo Cruz Rezende, MS Maria Roseli Monteiro Callado, CE Ethics and Discipline Commission Comissão de Ética e Disciplina Coordinator (Coordenador) José Marques Filho, SP Members (Membros) Adriana Maria Kakehasi, MG Antonio Carlos Althoff, SC Henrique Josef, SP João Elias Moura Jr., SC José Geraldo Araújo Paiva, CE José Roberto Pereira Santos, ES Teaching and Medical Education Commission Comissão de Ensino e Educação Médica Coordinator (Coordenador) Francisco Airton Castro da Rocha, CE Members (Membros) Cesar Emile Baaklini, SP Charles Lubianca Kohem, RS Claudia Diniz Lopes Marques, PE Elaine Lira Medeiros de Bezerra, RN Elisa Martins das N. de Albuquerque, RJ Jozélia Rego, GO Marcelo Pimenta, GO

10 Maria José Pereira Vilar, RN Ricardo Machado Xavier, RS Congresses, Journeys, and Events Commission Comissão de Congressos, Jornadas e Eventos Coordinators (Coordenadores) Fernando Neubarth, RS Georges Basile Christopoulos, AL José Roberto Provenza, SP Commission of Relations with Groups of Patients Comissão de Relações com Grupos de Pacientes Coordinators (Coordenadores) Helenice Alves Teixeira Gonçalves, DF Members (Membros) Ana Maria Camargo Gallo, SC Ana Paula Espinula Gianordoli, ES Eduardo de Souza Meirelles, SP Luis Piva Junior, DF Valderílio Feijó Azevedo, PR Wanda Heloisa Rodrigues Ferreira, RJ Occupational Rheumatology Commission Comissão de Reumatologia Ocupacional Coordinator (Coordenador) Milton Helfenstein Junior, SP Members (Membros) Anna Beatriz Assad Maia, DF Antônio Techy, PR César Augusto Fávaro Siena, SP Marco Aurélio Goldenfum, RS BiobadaBrasil Comission Comissão do BiobadaBrasil Coordinator (Coordenador) David Cezar Titton, PR Members (Membros) Aline Ranzolin, PE André Luiz Shinji Hayata, SP Ines Guimarães da Silveira, RS Mirhelen Mendes de Abreu, SP Paulo Louzada-Junior, SP Roberto Ranza, MG Valéria Cristo Valim, ES Rheumatoid Arthritis Commission Comissão de Artrite Reumatoide Coordinator (Coordenadora) Licia Maria Henrique da Mota, DF Members (Membros) Bóris Afonso Cruz, MG Claiton Viegas Brenol, RS Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro, RJ Ieda Maria Magalhães Laurindo, SP Jozélio Freire de Carvalho, BA Manoel Barros Bertolo, SP Max Victor Carioca Freitas, CE Nilzio Antônio da Silva, GO Paulo Louzada-Junior, SP Rina Dalva Neubarth Giorgi, SP Rodrigo Aires Corrêa Lima, DF Osteoarthrosis Commission Comissão de Osteoartrose Coordinator (Coordenador) Ibsen Bellini Coimbra, SP Members (Membros) Antônio Carlos dos Santos Novaes, SP Claudia Diniz Lopes Marques, PE Elda Matilde Hirose Pastor, SP Francisco Saraiva da Silva Júnior, CE Hilton Seda, RJ José Caetano Macieira, SE Reno Martins Coelho, RJ Ricardo Fuller, SP Vasculopathies Commission Comissão de Vasculopatias Coordinator (Coordenador) Roger Abramino Levy, RJ Members (Membros) Adriana Danowski, RJ Adriana Maria Kakehasi, MG Alexandre Wagner S. de Souza, SP Ana Beatriz S. Bacchiega de Freitas, RJ Andreas Funke, PR Carlos Ewerton Maia Rodrigues, CE Danieli Castro Oliveira de Andrade, SP Isabella Vargas de Souza Lima, BA Jozélia Rego, GO Manuella Lima Gomes Ochtrop, RJ Image Commission Comissão de Imagem Coordinator (Ccoordenador) José Alexandre Mendonça, SP Members (Membros) Andrea B. Vannucci Lomonte, SP Cristiane Kayser Veiga da Silva, SP Iêda Maria Magalhães Laurindo, SP Inês Guimarães Silveira, RS Jamil Natour, SP Karine Rodrigues da Luz, SP Laura Maria C. Mendonça, RJ Simone Appenzeller, SP Verônica Silva Vilela, RJ Procedures Commission Comissão de Procedimentos Coordinator (Ccoordenador) Jamil Natour, SP Members (Membros) Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro, RJ Luiza Helena Coutinho Ribeiro, SP Monique Sayuri Konai, SP Rita Nely Vilar Furtado, SP Lupus Commission Comissão de Lúpus Coordinator (Coordenador) Evandro Mendes Klumb, RJ Members (Membros) Cristina Costa Duarte Lanna, MG Eduardo Ferreira Borba Neto, SP Eloisa Silva Dutra de Oliveira Bonfá, SP Emília Inoue Sato, SP Francinne Machado Ribeiro, RJ João Carlos Tavares Brenol, RS Lilian Tereza Lavras Costallat, SP Luiz Carlos Latorre, SP Maria de Fátima Lobato da Cunha, PA Odirlei Andre Monticielo, RS Spinal Commission Comissão de Coluna Vertebral Coordinator (Coordenador) Marcos Renato de Assis, SP Members (Membros) Ari Stiel Radu Halpern, SP Carlos Appel da Silva, RS Jamil Natour, SP Jose Gerardo de Araújo Paiva, CE Luíza Helena Coutinho Ribeiro, SP Maria Amazile Ferreira Toscano, SC Renê Donizeti Ribeiro de Oliveira, SP Silvio Figueira Antonio, SP Osteomethabolic Diseases and Osteoporisis Commission Comissão de Doenças Osteometabólicas e Osteoporose Coordinator (Coordenador) Sebastião Cezar Radominski, PR Members (Membros) Ana Patricia de Paula, DF Caio Moreira, MG Charlles Heldan de Moura Castro, SP Cristiano Augusto de F. Zerbini, SP Elaine de Azevedo, SP Laura Maria C. de Mendonça, RJ Mailze Campos Bezerra, CE Marco Antonio Rocha Loures, PR Vera Lúcia Szejnfeld, SP Spondiloarthropathies Commission Comissão de Espondiloartropatias Coordinator (Coordenador) Célio Roberto Gonçalves, SP RBE Coordinator (Coordenador RBE) Percival Degrava Sampaio Barros, SP Members (Membros) Antonio Carlos Ximenes, GO Eduardo de Souza Meirelles, SP Gustavo Gomes Rezende, MG Ivânio Alves Pereira, SC Marcelo Medeiros Pinheiro, SP Mauro Waldemar Keisermann, RS Thelma Larocca Skare, PR Walber Pinto Vieira, CE Washington Alves Bianchi, RJ Psoriatic Arthritis Subcommission (Sub-Comissão de Artrite Psoriásica) Claudia Goldenstein-Schainberg, SP Roberto Ranza, MG Rubens Bonfiglioli, SP Sueli Coelho da Silva Carneiro, RJ Valderilio Feijó Azevedo, PR Pain, Fibromyalgia and Other Painful Syndromes of the Soft Parts Commission Comissão de Dor, Fibromialgia e Outras Síndromes Dolorosas de Partes Moles Coordinator (Coordenador) Marcelo Cruz Rezende, MS Members (Membros) Aline Ranzolin, PE Daniel Feldman Pollak, SP Eduardo dos Santos Paiva, PR José Eduardo Martinez, SP José Roberto Provenza, SP Marcos Aurélio Freitas Machado, SP Nilton Salles Rosa Neto, SP Rafael Mendonça da Silva Chakr, RS Roberto Ezequiel Heymann, SP Documentation and Historical Registry Commission Comissão de Documentação e Registro Histórico Coordinator (Coordenador) Joaquim Jaguaribe Nava Ribeiro, RJ Members (Membros)

11 Célio Roberto Gonçalves, SP Henrique Josef, SP José Eduardo Gonçalves, CE José Knoplich, SP José Marques Filho, SP Lauredo Ventura Bandeira, SP Lipe Goldenstein, BA Plínio José Amaral, SP Systemic Sclerosis Commission Comissão de Esclerose Sistêmica Coordinator (Coordenador) Percival Degrava Sampaio-Barros, SP Members (Membros) Adriana Fontes Zimmermann, SC Carolina de Souza Muller, PR Cláudia Tereza Lobato Borges, MA Cristiane Kayser Veiga da Silva, SP Eutília Andrade Medeiros Freire, PB Giselle Baptista Maretti, RJ João Francisco Marques Neto, SP Maria Cecília Fonseca Salgado, RJ Maria de Fátima Lobato da Cunha Sauma, PA Mário Newton Leitão de Azevedo, RJ Sheila Marcia de A. Fontenele, CE Sjögren Syndrome Commission (Comissão de Síndrome de Sjögren) Coordinator (Coordenadora) Valéria Valim Cristo, ES Members (Membros) Érica Vieira Serrano, ES Leandro Augusto Tanure, MG Sandra Gofinet Pasoto, SP Sandra Lucia Euzébio Ribeiro, AM Virginia Fernandes Moça Trevisani, SP Professional Defense Commission (Comissão de Defesa Profissional) Coordinators (Coordenadores) Francisco Deoclécio D. Rocha, RN Vander Fernandes, MT Members (Membros) Francisco Alves Bezerra Neto, RN Matheus Staufackar Carlos, RN Inês Cristina de Mello Lima, AL Mauro Furtado Cavalcante, PI Gout Commission (Comissão de Gota) Coordinator (Coordenador) Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro, RJ Members (Membros) Adil Muhib Samara, SP Antonio José Lopes Ferrari, SP Ana Beatriz Vargas dos Santos, RJ Hellen Mary da Silveira de Carvalho, DF Endemic and Infectious Diseases Commission (Comissão de Doenças Endêmicas e Infecciosas) Coordinators (Coordenadores) Izaias Pereira da Costa, MS Sandra Lucia Euzébio Ribeiro, AM Members (Membros) Ana Carolina de Oliveira S. Montandon, GO Helena Lucia A. Pereira, AM Luiz Sergio Guedes Barbosa, MT Mauro Furtado Cavalcanti, PI Natalino Hajime Yoshinari, SP Rejane Maria R. de Abreu, CE Roberta de Almeida Pernambuco, SP Assisted Therapy Immunobiological Centers Commission (Comissão de Centros de Terapia Imunobiológica Assistida) Coordinator (Coordenador) Reno Martins Coelho, RJ Members (Membros) Adrian Nogueira Bueno, MG Ana Teresa Amoedo Medrado, BA Antonio Carlos Scafutto, MG Claudio Goldenstein Schainberg, SP Eliezer Rushansky, PE Evelin D. Goldenberg M. M. da Costa, SP José Eyorand Castelo B Andrade, CE José Roberto Silva Miranda, SP Manoel Barros Bertolo, SP Rafael de Oliveira Fraga, MG Ricardo Jorge de Percia Name, RJ Vander Fernandes, MT Supervisory Board (Conselho Fiscal) Fernando Neubarth, RS Iêda Maria Magalhães Laurindo, SP Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro, RJ BSR Regionals Regionais SBR Rheumatology Society Mato Grosso Associação Mato-Grossense de Reumatologia Dr. Eduardo Benevides Lindote Filho Rheumatology Society of Alagoas Sociedade Alagoana de Reumatologia Dra. Inês Cristina de Mello Rheumatology Society of Amapá Sociedade Amapaense de Reumatologia Dr. Alessandro Marcus Pinheiro Melo Rheumatology Society of Amazonas Sociedade Amazonense de Reumatologia Dra. Maria do Socorro A. de Souza Rheumatology Society of Bahia Sociedade Baiana de Reumatologia Dr. Mittermayer Barreto Santiago Rheumatology Society of Santa Catarina Sociedade Catarinense de Reumatologia Sonia Cristina de Magalhães Souza Fialho Rheumatology Society of Ceará Sociedade Cearense de Reumatologia Dr. José Eyorand Castelo Branco de Andrade Rheumatology Society of Brasília Sociedade de Reumatologia de Brasília Dr. Cleandro Pires de Albuquerque Rheumatology Society of Rondônia Sociedade de Reumatologia de Rondônia Dr. Liszt Jonney Silva dos Santos Rheumatology Society of Espírito Santo Sociedade de Reumatologia do Espírito Santo Dr. José Roberto Pereira Santos Rheumatology Society of Mato Grosso do Sul Sociedade de Reumatologia do Mato Grosso do Sul Dr. Izaias Pereira da Costa Rheumatology Society of Rio de Janeiro Sociedade de Reumatologia do Rio de Janeiro Dr. Evandro Mendes Klumb Rheumatology Society of Rio Grande do Norte Sociedade de Reumatologia do Rio Grande do Norte Dr. Francisco Deoclécio Damasceno Rocha Rheumatology Society of Rio Grande do Sul Sociedade de Reumatologia do Rio Grande do Sul Dr. Marco Aurélio Goldenfum Rheumatology Society of Tocantis Sociedade de Reumatologia do Tocantins Dra. Daniela Edilma Japiassu Custódio Rheumatology Society of Goiânia Sociedade Goiana de Reumatologia Dra. Rosane Gouveia Vilela Machado Rheumatology Society of Maranhão Sociedade Maranhense de Reumatologia Dra. Raquel Moraes da Rocha Nogueira Rheumatology Society of Minas Gerais Sociedade Mineira de Reumatologia Dr. Boris Afonso Cruz Rheumatology Society of Pará Sociedade Paraense de Reumatologia Dr. Rosana de Britto Pereira Cruz Rheumatology Society of Paraíba Sociedade Paraibana de Reumatologia Dra. Danielle Christinne Soares Egypto de Brito Rheumatology Society of Paraná Sociedade Paranaense de Reumatologia Dr. Eduardo Santos Paiva Rheumatology Society of São Paulo Sociedade Paulista de Reumatologia Dr. Dawton Torigoe Rheumatology Society of Pernambuco Sociedade Pernambucana de Reumatologia Dra. Lílian David de Azevedo Valadares Rheumatology Society of Piauí Sociedade Piauiense de Reumatologia Dra. Aline do Socorro Miranda Ribeiro Rheumatology Society of Sergipe Sociedade Sergipana de Reumatologia Dra. Regina Adalva de Lucena Couto Ocea Brazilian Society of Rheumatology (Sociedade Brasileira de Reumatologia) Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, conjs CEP: São Paulo, SP, Brasil Phone/Fax: Website:

12

13 REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA Volume 54. Number 3. May/June 2014 Volume 54. Número 3. Maio/Junho 2014 CONTENTS SUMÁRIO Editorial ScienceDirect: The indexation which RBR lacked ScienceDirect: a indexação que faltava à RBR Paulo Louzada-Junior Original articles Artigos originais Inequality in the distribution of rheumatologists in Brazil: correlation with local of medical residency, Gross Domestic Product and Human Development Index Inequalidade na distribuição de reumatologistas no Brasil: correlação com local de residência médica, Produto Interno Bruto e Índice de Desenvolvimento Humano Cleandro Pires de Albuquerque Otorhinolaryngological findings in a group of patients with rheumatic diseases Achados otorrinolaringológicos em um grupo de pacientes com doenças reumatológicas Reinaldo Jordão Gusmão, Fernando Laffitte Fernandes, Alexandre Caixeta Guimarães, Lutiane Scaramussa, Zoraida Sachetto, Henrique Furlan Pauna, Guilherme Machado de Carvalho Randomized controlled trial of a therapeutic intervention group in patients with fibromyalgia syndrome Estudo randomizado e controlado de uma intervenção terapêutica grupal em pacientes com síndrome fibromiálgica Marielza R. Ismael Martins, Cristiane Carnaval Gritti, Randolfo dos Santos Junior, Maria Carolina Luizetto de Araújo, Lilian Chessa Dias, Marcos Henrique D all Aglio Foss, Larissa Batista de Andrade, Carlos Eduardo D all Aglio Rocha Construction of a manual of work processes and techniques from Centro de Dispensação de Medicamentos de Alto Custo (CEDMAC), Hospital de Clínicas, Unicamp Construção do manual de processos de trabalho e técnicas do Centro de Dispensação de Medicamentos de Alto Custo (CEDMAC) do Hospital de Clínicas da Unicamp Manoel Barros Bertolo, Bruno Silva de Araújo Ferreira, Adriana G. Mucke Marchiore, Glaucia Pereira do Amaral Carvalho, Débora Pessoa de Souza, Eliane Molina Psaltikidis Evaluation of respiratory impairment in patients with systemic lupus erythematosus with the six-minute walk test Avaliação do comprometimento respiratório em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico com o teste de caminhada de seis minutos Marivone Arruda Leite, Mônica Corso Pereira, Lílian Tereza Lavras Costallat, Wander de Oliveira Villalba, Marcos Mello Moreira, Ilma Aparecida Paschoal

14 Analysis of the association of fatigue with clinical and psychological variables in a series of 371 Brazilian patients with rheumatoid arthritis Análise da associação da fadiga com variáveis clínicas e psicológicas em uma série de 371 pacientes brasileiros com artrite reumatoide Washington A. Bianchi, Fernanda R. Elias, Geraldo da Rocha Castelar Pinheiro, Carlos Roberto Machado Gayer, Claudio Carneiro, Rachel Grynzpan, Paulo Hamdan, Sueli Carneiro Evaluation of postural control and quality of life in elderly women with knee osteoarthritis Avaliação do controle postural e da qualidade de vida em idosas com osteoartrite de joelho Júlia Guimarães Reis, Matheus Machado Gomes, Thamires Máximo Neves, Marina Petrella, Renê Donizeti Ribeiro de Oliveira, Daniela Cristina Carvalho de Abreu Review articles Artigos de revisão Pre-operative anesthetic assessment of patients with rheumatoid arthritis Avaliação anestésica pré-operatória de pacientes com artrite reumatoide Rodrigo Barbosa Aires, Jozélio Freire de Carvalho, Licia Maria Henrique da Mota Rituximab for rheumatoid arthritis treatment: a systematic review Rituximabe para o tratamento da artrite reumatoide: revisão sistemática Lívia Lovato Pires de Lemos, Juliana de Oliveira Costa, Marina Amaral de Ávila Machado, Alessandra Maciel Almeida, Mariana Michel Barbosa, Adriana Maria Kakehasi, Vânia Eloísa de Araújo, Augusto Afonso Guerra Júnior, Francisco de Assis Acurcio Case report Relato de caso IgA nephropathy and polymyositis: a rare association Nefropatia por IgA e polimiosite: uma rara associação Thiago Bitar Moraes Barros, Fernando Henrique Carlos de Souza, Denise Maria Avancini Costa Malheiros, Mauricio Levy-Neto, Samuel Katsuyuki Shinjo Spondyloptosis in athlete Espondiloptose em atleta Ana Paula Luppino Assad, Andressa Silva Abreu, Luciana Parente Costa Seguro, Lissiane Karine Noronha Guedes, Fernanda Rodrigues Lima, Ana Lucia de Sá Pinto First report of mild Brazilian spotted fever associated to arthritis Primeiro caso de febre maculosa brasileira branda associada à artrite Virgínia Lucia Nazario Bonoldi, Roberta Gonçalves Marangoni, Giancarla Gauditano, Jonas Moraes-Filho, Marcelo Bahia Labruna, Natalino Hajime Yoshinari Brief communication Comunicação breve Patients with systemic lupus erythematosus and secondary antiphospholipid syndrome have decreased numbers of circulating CD4 + CD25 + Foxp3 + Treg and CD3 CD19 + B cells Pacientes com lúpus eritematoso sistêmico e síndrome antifosfolípide secundária possuem números reduzidos de células B CD4+ CD25+ Foxp3+ (células Treg) e células B CD3 CD19+ circulantes Ester Rosári Raphaelli Dal Ben, Carine Hartmann do Prado, Talita Siara Almeida Baptista, Moisés Evandro Bauer, Henrique Luiz Staub When anti-tnf fails, anti-il12-23 is an alternate option in psoriasis and psoriatic arthritis Quando anti-tnf não obtém sucesso, anti-il é opção alternativa na psoríase e na artrite psoriásica Ricardo Prado Golmia, Ayk Helena Barbosa Martins, Morton Scheinberg

15 Articular ultrasonography: interobserver reliability in rheumatoid arthritis Ultrassonografia articular: confiabilidade interobservadores em artrite reumatoide Melissa Cláudia Bisi, Aline Defaveri do Prado, Cristina Rabelo, Flávia Brollo, Inês Guimarães da Silveira, José Alexandre de Mendonça, Henrique Luiz Staub Retraction Retratação Retraction of Anti-citrullinated peptide antibodies and rheumatoid factor in Sudanese patients with Leishmania donovani infection Retratação de Anticorpos antipeptídeos citrulinados e o fator reumatoide em pacientes sudaneses com infecção Leishmania donovani Erik Ahlin, Amir Elshafei, Musa Nur, Sayda Hassan El Safi, Johan Ronnelid, Gehad Elghazali Erratum Errata Erratum of volume 54, issue 1 Errata do volume 54, número

16 2o anos de experiência 1 MAIS LONGO HISTÓRICO DE DADOS DE SEGURANÇA E EFICÁCIA 1-10 NOS TRATAMENTOS DE: Artrite Reumatoide 1, Espondilite Anquilosante 1 e Artrite Idiopática Juvenil 1 resposta clínica rápida e sustentada em estudo de até 4 anos. 1,11-13 Psoríase 1* e Artrite Psoriásica 1 tratamento eficaz e seguro. 14,15 Referências bibliográficas: 1) Bula de Enbrel PFS. 2) Bula de Remicade. 3) Bula de Humira. 4) Bula de Stelara. 5) Bula de Simponi. 6) Bula de Cimzia. 7) Bula de Actemra. 8) Bula de Mabthera. 9) Bula de Orencia. 10) Yamauchi PS, Gindi V, Lowe NJ. The treatment of psoriasis and psoriatic arthritis with etanercept: practical considerations on monotherapy, combination therapy, and safety. Dermatol Clin Oct;22(4): ) Davis J C, et al. Efficacy and safety of up to 192 weeks of etanercepte therapy in patients with ankylosing spondylitis. Ann Rheum Dis, 2008; 67: ) Davis J C, et al. Reduction in health related quality of life in patients with ankylosing spondylitis and improvements with etanercept therapy. Arthritis Rheum 2005;53: ) Gorman J D, et al. Treatment of ankylosing spondylitis by inhibition of tumor necrosis factor. N Engl J Med, 2002; 346: ) Siegfried EC, et al. Intermittent etanercept therapy in pediatric patients with psoriasis. J Am Acad Dermatol Nov;63(5): ) Sterry W, et al. Comparison of two etanercept regimens for treatment of psoriasis and psoriatic arthritis: PRESTA randomised double blind multicentre trial. BMJ Feb 2;340:c147. Enbrel /Enbrel PFS (etanercepte). Indicações: adulto: artrite reumatoide, espondilite anquilosante, artrite psoriásica e psoríase em placas. Pediátrico: artrite idiopática juvenil (AIJ) poliarticular (4-17 anos) e psoríase em placas (8-17 anos). Contraindicações: hipersensibilidade ao etanercepte ou a qualquer componente da fórmula do produto. Pacientes com infecção localizada ou generalizada, crônica ou ativa, ou em risco de desenvolvê-la. Advertências e Precauções: foram relatadas reações alérgicas associadas ao Enbrel / Enbrel PFS. Caso ocorra, descontinuar imediatamente a medicação. Imunossupressão: terapia anti-tnf pode comprometer a defesa do hospedeiro contra infecções e doenças malignas. No período pós-comercialização há relatos de doenças malignas em diversos órgãos, mas ainda não se sabe qual o impacto do tratamento com etanercepte sobre o desenvolvimento e a progressão das malignidades e infecções ativas e/ou crônicas. Há relatos de câncer de pele melanoma e não melanoma com antagonistas de TNF. Exame de pele periódico recomendado. Reações hematológicas: casos incomuns de trombocitopenia, raros de pancitopenia e muito raros de anemia aplástica, alguns evoluindo para óbito. Cautela em pacientes com história pregressa de discrasia sanguínea. Procurar aconselhamento médico imediato caso desenvolva sinais e sintomas sugestivos de discrasias sanguíneas ou infecções durante o tratamento. Discrasias confirmadas, etanercepte deve ser descontinuado. Enbrel /Enbrel PFS pode estar associado à formação de anticorpos autoimunes. Não administrar concomitantemente vacinas com microrganismos vivos. Atualizar cartão vacinal de acordo com normas locais antes do início da terapia. Eventos neurológicos: relatos raros de distúrbios desmielinizantes, porém não se sabe qual a relação causal com etanercepte. Recomendase avaliação da relação risco/benefício ao prescrever este medicamento a pacientes com doença desmielinizante ou com risco aumentado de desenvolvê-la. Distúrbios cardíacos: relatos pós-comercialização de piora da insuficiência cardíaca congestiva (ICC), com e sem a identificação dos fatores precipitantes. Embora não conclusivos, dados de estudo clínico sugerem possível tendência à piora da ICC com etanercepte. Recomenda-se cautela nesses pacientes. Infecções: avaliar pacientes para infecções antes, durante e depois do tratamento com Enbrel /Enbrel PFS. Tuberculose (TB): antes do início da terapia com Enbrel /Enbrel PFS, o paciente deve ser avaliado para infecção ativa ou latente. A profilaxia de TB latente deve ser iniciada antes da terapia com Enbrel /Enbrel PFS seguindo diretrizes locais. Havendo TB ativa, o Enbrel /Enbrel PFS não deve ser iniciado. Não se sabe se a terapia com Enbrel /Enbrel PFS aumenta esse risco. Reativação da Hepatite B: relatada reativação do vírus da hepatite B (HBV) em portadores crônicos usando terapia anti-tnf. Cautela no uso do etanercepte em portadores do HBV. Monitorar sinais e sintomas de infecção ativa pelo HBV. Hepatite C: relatos de piora embora sem estabelecer relação causal com o etanercepte. Não recomendado em conjunto com tratamento de hepatite alcoólica. Hipoglicemia: relatada em associação com tratamento para diabetes. Gravidez: ainda não se estabeleceu o uso seguro de Enbrel durante a gravidez. Lactação: optar entre descontinuar a amamentação ou descontinuar Enbrel durante lactação. Pediátrico: não usar em menores de 4 anos. Idosos: não necessita ajuste posológico específico. Dirigir veículos e operar máquinas: não há estudos sobre este tipo de efeito. Gravidez: categoria de Risco B: este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Reações adversas: adulto: reação no local da injeção com eritema, prurido, dor, edema, hemorragia e hematoma. Infecção do trato respiratório superior, infecções por bactérias, microbactérias, vírus, fungos e parasitas (incluindo protozoários). Infecções oportunistas também foram relatadas (incluindo a listeriose e legionelose). Doenças malignas. Reações muito comuns: infecções (incluindo infecções do trato respiratório superior, bronquite, cistite, infecções da pele). Comuns: reações alérgicas, autoanticorpos, febre, prurido. Incomuns: infecções sérias (incluindo pneumonia, celulite, artrite séptica, sepse e infecção parasitária), urticária, rash cutâneo, psoríase, vasculite sistêmica (incluindo vasculite ANCA positiva), uveíte, esclerite, trombocitopenia, doença pulmonar intersticial, câncer de pele não melanoma. Raras: tuberculose, infecções oportunistas (incluindo fúngica invasiva, infecções bacterianas e microbacterianas atípicas e Legionela), reação anafilática, convulsões, evento desmielinizante do SNC, neurite óptica, mielite transversa, vasculite cutânea, síndrome de Stevens-Johnson, eritema multiforme, lúpus cutâneo, lúpus discoide, síndrome do tipo lúpus, anemia, leucopenia, neutropenia, pancitopenia, elevação de enzimas hepáticas, hepatite autoimune, melanoma, piora da ICC. Muito raras: anemia aplástica, necrólise epidérmica tóxica. Não conhecidas: listeria, reativação da hepatite B, carcinoma de célula de Merkel, síndrome de ativação de macrófagos. Presença de anticorpo antinuclear, anti-dna e anticardiolipina. Pediatria: eventos semelhantes aos observados em adultos. Relato de dois casos de varicela e quatro casos de síndrome de ativação de macrófagos na AIJ. Interações: não recomendado uso de Enbrel /Enbrel PFS com anakinra e abatacepte. Uso concomitante de sulfassalazina pode se associar a leucopenia de significância clínica não conhecida. Não há interações de Enbrel / Enbrel PFS com glicocorticoides, salicilatos, anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), analgésicos ou metotrexato. Não há interações farmacocinéticas com digoxina e varfarina. Posologia: uso em adultos ( 18 anos): artrite reumatoide, espondilite anquilosante e artrite psoriásica: 50 mg por semana (uma injeção subcutânea utilizando uma seringa de 50 mg, em duas injeções de 25 mg administradas praticamente simultâneas ou 25 mg de Enbrel duas vezes por semana, com 3 ou 4 dias de intervalo). Psoríase em Placas: 50 mg por semana (uma injeção subcutânea utilizando uma seringa de 50 mg, em duas injeções de 25 mg administradas praticamente simultâneas ou 25 mg de Enbrel duas vezes por semana, com 3 ou 4 dias de intervalo). Respostas maiores podem ser obtidas com tratamento inicial por até 12 semanas com 50 mg duas vezes por semana. Pacientes adultos podem ser tratados intermitente ou continuamente, baseados no julgamento do médico e nas necessidades individuais do paciente. Mesma posologia no retratamento. Uso pediátrico: AIJ ( 4 e < 18 anos): 0,4 mg/kg (máximo 25 mg por dose) administrada 2 vezes por semana em injeção subcutânea com intervalo de 3-4 dias entre as doses. Pacientes com 31 kg ou menos: a dose deve ser administrada em uma única injeção subcutânea uma vez por semana. Psoríase em placas ( 8 e < 18 anos): 0,8 mg/kg por semana (máximo 50 mg por dose) administrada 1 vez por semana durante período máximo de 24 semanas. Descontinuar caso paciente não responda após 12 semanas. Mesma dose no retratamento. A cada nova aplicação, usar local diferente a, pelo menos, 3 cm do local anterior. NÃO aplicar a injeção em áreas com pele sensível, hematoma, avermelhada ou endurecida. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. MS (Enbrel ) e MS (Enbrel PFS). Para informações completas, consulte as bulas dos produtos (ENBPOI_14 e ENBPFS_12). Documentação científica e informações adicionais estão à disposição da classe médica mediante solicitação. Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda. Rua Alexandre Dumas, 1.860, São Paulo SP CEP Tel.: INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA: NÃO UTILIZAR O PRODUTO EM ASSOCIAÇÃO A ANAKINRA E ABATACEPTE. CONTRAINDICAÇÃO: ENBREL PFS (ETANERCEPTE) É CONTRAINDICADO EM PACIENTES COM SEPTICEMIA OU EM RISCO DE DESENVOLVER UMA SEPTICEMIA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. * Único aprovado para psoríase pediátrica (a partir de 8 anos de idade). 1-9 Material para ser entregue exclusivamente a profissionais prescritores ou dispensadores de medicamentos. Maio/2014. Wyeth uma empresa do grupo Pfizer.

17 REV BRAS REUMATOL. 2014;54(3):165 REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA Editorial ScienceDirect: The indexation which RBR lacked ScienceDirect: a indexação que faltava à RBR Since 2014, the Brazilian Journal of Rheumatology became indexed to ScienceDirect, which is responsible for nearly a quarter of the world s peer-reviewed scientific content. It is estimated that this indexer receives 15 million views per year. Its target audience is composed by researchers, health professionals, teachers, and students. At its base, ScienceDirect has about 12 million scientific articles, 2,200 journals and 26,000 books, and its data are indexed in Scopus. Thus, I believe we are closing a cycle that began in 2010 with the indexation in PubMed, 1 followed by the inclusion of RBR in the Web of Science database in 2012, 2,3 with its first impact factor at JCR measured in 2013 (IF=0.864). RBR is maturing in its scientific content; it represents the only journal in Latin America in the field of Rheumatology, and is also the only one included in the three main international scientific publications indexers. 1-3 RBR is becoming the main portal of scientific rheumatological divulgation for all our vast continent. In addition to this, the indexation in ScienceDirect will allow the publication of articles in the online first system, allowing the already accepted articles to have a DOI and remain available for consultation in PubMed. I urge everyone to access the following link for checking out this new indexation: In conclusion, the indexation in ScienceDirect is one more reason for celebration by the Brazilian Society of Rheumatology, which should be congratulated. This achievement is nothing but the result of a hard and persistent work pioneered decades ago. Now we are seeing the fruits of a small seed planted so long ago. I have no doubt that this legacy of our generation will be acknowledged in the future; I also know that much work lies ahead, always aiming to improve our Brazilian Journal of Rheumatology. References Paulo Louzada-Junior Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo 1. Santiago MB,FullerR. RBR indexada no MEDLINE. (Editorial). Rev Bras Reumatol.2010;50: Louzada-Junior P, Freitas MV. The Brazilian Journal of Rheumatology over the last ten years: a scientometrics-based view. Rev Bras Reumatol. 2011;51: Freitas MV; Heymann RE. O Fator de Impacto. Rev Bras Reumatol 2013;53: /$ - see front matter Sociedade Brasileira de Reumatologia. Published by Elsevier Editora Ltda. All rights reserved.

18 REV BRAS REUMATOL. 2014;54(3): REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA Original article Inequality in the distribution of rheumatologists in Brazil: correlation with local of medical residency, Gross Domestic Product and Human Development Index Cleandro Pires de Albuquerque* Service of Rheumatology, Medicine Faculty, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brazil article info abstract Article history: Received on 15 April 2013 Accepted on 23 August 2013 Keywords: Rheumatology Physician s distribution Health policy Epidemiology Objective: To assess the distribution of rheumatologists in Brazil and their correlation with Medical Residency specialization offer, Gross Domestic Product (Gdp) And Municipal Human Development Index (HDI-M) of units of the federation (UFs). Methods: Query to various official databases, data summarization by techniques for descriptive statistics and cross-referenced information. For correlation analysis, we used the Spearman correlation coefficient (r). Results: There were 1229 rheumatologists regularly registered in the country. The Northern region had only 3.6% of the total (n = 44), while the Southeast had 42.2% (n = 519). The State capitals, added to the five largest municipalities in each UF, concentrated 75.8% of these specialists (n = 931). In total, 49.9% of rheumatologists offered treatment at SUS. A general ratio of 157,809 inhabitants per rheumatologist in Brazil was determined, but with wide variation among UFs with respect to this ratio. In the years , there were 593 Rheumatology Residency graduated physicians in Brazil. We observed a positive correlation among number of rheumatologists compared with GDP (r = 0.94), HDI-M of the State capitals (r = 0.77) and number of Rheumatology Residency graduated physicians (r = 0.79) in UFs. Conclusions: We noted a strong concentration of rheumatologists in State capitals and larger municipalities, with noticeable inequalities also between UFs and country regions. The distribution of these professionals accompanied GDP, HDI-M of the State capital and number of Rheumatology Residency graduated physicians, suggesting that factors related to income opportunities and human development and the place of speciality training may influence the geographical fixation of rheumatologists Sociedade Brasileira de Reumatologia. Published by Elsevier Editora Ltda. All rights reserved. * Corresponding author. (C.P. Albuquerque) /$ - see front matter Sociedade Brasileira de Reumatologia. Published by Elsevier Editora Ltda. All rights reserved.

19 REV BRAS REUMATOL. 2014;54(3): Inequalidade na distribuição de reumatologistas no Brasil: correlação com local de residência médica, Produto Interno Bruto e Índice de Desenvolvimento Humano resumo Palavras-chave: Reumatologia Distribuição de médicos Política de saúde Epidemiologia Objetivo: Avaliar a distribuição dos reumatologistas no Brasil e sua correlação com oferta de residência médica (RM) especializada, Produto Interno Bruto (PIB) e Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) das unidades da federação (UFs). Métodos: Consulta a várias bases de dados oficiais, sumarização de dados por técnicas estatísticas descritivas e cruzamento de informações. Para análise de correlação, utilizou-se o coeficiente de Spearman (r). Resultados: Foram encontrados reumatologistas registrados regularmente no país. A região Norte reunia apenas 3,6% desse contingente (n = 44), enquanto o Sudeste, 42,2% (n = 519). As capitais somadas aos cinco maiores municípios de cada UF concentraram 75,8% desses especialistas (n = 931). No total, 49,9% dos reumatologistas prestavam atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Achou-se razão geral de habitantes para cada reumatologista no Brasil, porém com grande variação entre as UF quanto a essa proporção. Entre 2000 e 2012, houve 593 concluintes de RM em reumatologia no Brasil. Achou-se correlação positiva do número de reumatologistas ante o PIB (r = 0,94), o IDH-M da capital (r = 0,77) e o número de concluintes de RM em reumatologia (r = 0,79) das UF. Conclusões: Observou-se forte concentração de reumatologistas nas capitais e maiores municípios brasileiros, com inequalidades perceptíveis também entre as UF e as regiões do país. A distribuição desses profissionais acompanhou o PIB, o IDH-M da capital e o número de concluintes de RM em reumatologia das UF, sugerindo que fatores relacionados a oportunidades de renda e desenvolvimento humano e ao local de formação especializada podem influir na fixação geográfica dos reumatologistas Sociedade Brasileira de Reumatologia. Publicado por Elsevier Editora Ltda. Todos os direitos reservados. Introduction A recently published study by the Federal Council of Medicine (Conselho Federal de Medicina, CFM) and the Regional Council of Medicine of São Paulo (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, CREMESP) demonstrates poor distribution of physicians in the country, not considering any absolute deficiency in the number of these professionals. This inequality is observed both in relation to doctors in general as to specialists, who concentrate their activity on State capitals and larger municipalities, resulting in a shortage of physicians in the periphery and in the hinterland. 1 The Brazilian government has sought strategies to achieve greater internalization of physicians, some of them questionable, as the liberal authorization for opening medical schools, which multiply without strict criteria of geographical necessity, and the proposal of compulsory civil service, which does not attack the bases of the problem and imposes on this particular profession a social obligation not uniformly distributed to the other ones. 2 Historically, it has been easier to attract physicians (temporarily) for the poorest and remote areas than to fix the professionals in these regions, with consequent turnover of professionals working in the hinterland and in the periphery, particularly in the case of primary care. The determinants of the geographical fixation process of the physician are complex and include factors such as the region where the professional was born, his/her alma mater, formative content and experiences during graduation, job/chief satisfaction, adequacy of resources for the professional performance, quality and safety in the workplace, opportunities for development/ updating of her/his career, personal respect and professional prestige, opportunities for cultural development, nature of employment relationship, besides the perception of a remuneration consonant with the investment in training and the responsibilities of profession, among others. 3-5 Studies suggest that the existence of Medical Residency (MR) programs in a particular locality may have attractive effect, functioning as a medical fixator ; furthermore, the regions holding the higher gross domestic product (GDP) and therefore with a greater generation of wealth also bear the greatest numbers of these professionals. 6-8 Although the priority in the search for better distribution in the provision of medical services should be the primary care, we must not lose sight that the access to specialists continue to be essential in more complex cases, and this need cannot be fully supplied by telemedicine capabilities. In the particular case of rheumatology, there is a current perception, among physicians and users (patients), of a relative scarcity of these specialists, possibly even in State capitals, resulting in difficulties in accessing their services. In the UK, the Royal College of Physicians postulated as ideal a ratio of 1 full-time-available rheumatologist (40 hours per week) for each 86,000 inhabitants. 9 Although an universally recognized methodology to estimate the ideal physician/popula-

20 168 REV BRAS REUMATOL. 2014;54(3): tion ratio is lacking, and although the needs certainly may differ between regions and countries, this number gives us a starting point for comparisons. This study adopts the premise that the same determinants of the geographical fixation process of physicians in general apply to rheumatologists. If this is the case, and if the factors related to the institution where the MR was obtained and to opportunities for income generation and human development are determinant for the choice of the fixation local by the physician, then the distribution of rheumatologists in the country should accompany the levels of indicators that measure (even partially) such constructs. The objective of this study is to evaluate the distribution of rheumatologists in Brazil, as well as its correlation with the number of Rheumatology Residency graduated physicians, GDP and municipal human development index (HDI-M) from federal units (UFs). Materials e methods We conducted a direct research (online) in databases of Conselho Federal de Medicina (CFM), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) of the Ministry of Health, Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) of the Ministry of Education and the United Nations Program for Development (UNDP) These databases provide public access via World Wide Web (Internet). All searches were conducted between March 1 st and March 20 th, The variables analyzed with their respective original bases were: from CFM, number of rheumatologists with active registration, by UF and municipalities; IBGE s residents population and GDP by UF and municipalities; from CNES, number of rheumatologists providing attendance to SUS by UF; from CNRM, number of certificates of Rheumatology Residency issued by UF; from UNDP, the HDI-M by UF. The research methodology did not include pediatric rheumatologists, whose CFM registration takes place nowadays under the designation of area of activity, and not of specialty. GDP is defined as the total of goods and services produced, with the purpose of final consumption, equivalent to the sum of values added by the various economic activities plus taxes (free of subsidies) on products. 16 GDP represents the sum of the wealth generated by the different economically active sectors in a particular region/time period. HDI aims to be a general, synthetic, measure of human development, calculated from three pillars: (i) health, as measured by life expectancy; (ii) access to knowledge, measured by average years of adult education and expected years of schooling for children at early school age; and (iii) income. 17 The query to CNES by number of rheumatologists attending at SUS used the option of search by individuals; this technique computes the professional only once, even in the case of multiple links. We used the number of certificates issued for Rheumatology Residency as an estimator of the number of trainees in the specialty, by MR modality, in the UF. All certificates of Rheumatology Residency completion registered at CNRM from 2000 to 2012 were included. The choice of this inclusion period was based on two criteria: (a) the registration data of the CNRM prior to 2000 have greater likelihood of inconsistencies; and (b) the searches aimed to comprise the latest consolidated information. Information from CFM, CNES and CNRM was up-to-date with reference to the time of access The GDP used refers to the year 2010, and population data are estimates for the year ,14 HDI-M was calculated by UNDP, based on information from the 2000 Brazilian census; the UF s HDI-M corresponds to the average of its municipalities. 15 The Federal District was considered as an equivalent of a single municipality. Considering the small number of rheumatologists in the country compared to the number of inhabitants, with the aim to avoid notations of the type 1/x or an excessive number of decimals, in this paper the commonly reported rates in form of physician/habitants are reported in its inverse form (inhabitants/physician). UFs are referred to by their usual abbreviations (ex: DF, GO, PB, RJ, SP, etc.). Data were summarized by descriptive statistics techniques. In the correlation analysis, we used the correlation coefficient of Spearman (r), with a two-tailed significance level of The analyses were performed using SPSS software for Windows. Results Table 1 summarizes the results by UF. At the time of the survey, there were 1,229 rheumatologists with active registries in databases from CFM throughout our country. The Northern region had only 3.6% of the contingent (n = 44); Midwest, 12.1% (n = 149); Northeast, 17.5% (n = 215); South, 24.6% (n = 302); and Southeast, 42.2% (n = 519). The 27 State capitals concentrated 64% of registered rheumatologists (n = 787), 93% of the rheumatologists in the Northern Region lived in its capitals; in the Midwest, 85%; in the Northeast, 80%; in the South, 52%; and in the Southeast, 56%. Taking the five largest municipalities in each state, a concentration of 75.8% of all registered rheumatologists (n = 931) was reached. There was only one rheumatologist with active registry in Acre, while the State of São Paulo showed 241 active registries. In our country, 49.9% (n = 614) of the rheumatologists offered their services to SUS, with heterogeneity noted between the regions: in the Northern Region, this proportion was 70.5% (n = 31); Midwest, 37.6% (n = 56); Northeast, 58.1% (n = 125); South, 19.2% (n = 58); and Southeast, 68.2% (n = 354). A general rate of 157,809 inhabitants/rheumatologist was observed. By region, the rate was 370,867 inhabitants/rheumatologist in the Northern Region; 250,731 in Northeast; 157,160 in Southeast; 120,819 in Midwest; and 91,827 in South. But UFs differed considerably in this respect, with a median of 192,624 inhabitants/rheumatologist (interquartile range = 175,981) and extremes of 41,383 in DF and 758,786 in AC. If we consider only the specialists who offer their services to SUS, the median was 413,692 inhabitants/rheumatologist (interquartile range = 338,273), with extremes of 156,071 in RJ and 1,053,583 in PI. From 2000 to 2012, Brazil has certified 593 Rheumatology Residency graduated physicians, of whom 66.9% were graduated in the Southeast (n = 397), 12.5% in the Midwest (n = 74), 11.1% in the South (n = 66), 8.4% in the Northeast (n = 50), and 1% in the North (n = 6) region. A strong positive correlation among number of rheumatologists with respect to GDP (r = 0.94), HDI-M for the capital (r = 0.77) and number of Rheu-

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY ISSN 0482-5004 REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY MARCH/APRIL t 7PMVNF t /VNCFS."3±0 "#3*- t 7PMVNF t /ÞNFSP www.reumatologia.com.br REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA

Leia mais

V CURSO DE REUMATOLOGISTAS

V CURSO DE REUMATOLOGISTAS Remetente: Sociedade Paulista de Reumatologia Rua Maestro Cardim, 354 - cj. 53 01323-000 - São Paulo - SP Tel.: 11 3284-0507 E-mail: reumatologiasp@reumatologiasp.com.br V CURSO DE REUMATOLOGISTAS SÃO

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY ISSN 0482-5004 Impact Factor 2012: 0.864 Thomson Reuters Journal Citation Reports, Science Edition (2012) REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY MAY/JUNE 2014 Volume 54 Number

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY ISSN 0482-5004 Impact Factor 2012: 0.864 Thomson Reuters Journal Citation Reports, Science Edition (2012) REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY MARCH/APRIL t 7PMVNF t /VNCFS."3±0

Leia mais

XIX Encontro Rio-São Paulo XXI Jornada Paulista de. Reumatologia. 8 a 10 de dezembro de 2011 - Maksoud Plaza Hotel. São Paulo, S P

XIX Encontro Rio-São Paulo XXI Jornada Paulista de. Reumatologia. 8 a 10 de dezembro de 2011 - Maksoud Plaza Hotel. São Paulo, S P 8 a 10 de dezembro de 2011 - Maksoud Plaza Hotel São Paulo, S P A presentação: Prezados amigos, Aproxima-se rapidamente a data de mais um evento, dos mais importantes da nossa especialidade. O XIX ENCONTRO

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

Hospital Sofia Feldman

Hospital Sofia Feldman Hospital Sofia ldman Relatório de Remuneração de Médicos Referente a Mês/Ano: 07/2015 NOME DO TRABALHADOR ROBERTO SALES MARTINS VERCOSA PAULO MAX GARCIA LEITE LUCAS BARBOSA DA SILVA JOAO BATISTA MARINHO

Leia mais

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015 LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110 Ano Letivo - 2014/2015 CANDIDATOS ADMITIDOS: Nº Candidato NOME OSERVAÇÕES 1367130034 Alexandra

Leia mais

Reumatologia Avançada

Reumatologia Avançada 19 a 21 de maio - Maksoud Plaza Hotel São Paulo, SP 1 Comunicado Apresentação O XVII Encontro de - ERA se aproxima rapidamente. Novamente teremos a oportunidade de discutir importantes temas tanto básicos

Leia mais

ONLINE SUBMISSION Revisor

ONLINE SUBMISSION Revisor ONLINE SUBMISSION Revisor O Brazilian Journal of Medical and Biological Research é parcialmente financiado por: LOG IN Log In REVISOR Brazilian Journal of Medical and Biological O Brazilian Journal Research

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

Secretarias Municipais de Meio Ambiente Lista atualizada em 06/05/2005 por Fernando Tatagiba

Secretarias Municipais de Meio Ambiente Lista atualizada em 06/05/2005 por Fernando Tatagiba Secretarias Municipais de Meio Ambiente Lista atualizada em 06/05/2005 por Fernando Tatagiba ACRE Rio Branco SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO - SEMEIA Arthur César Pinheiro Leite Antônio da Rocha

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13948 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Gabriela Pedro Fernandes Escola Básica n.º 2 de São Pedro do Sul 13933 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Júlia Capela Pinto Escola Básica n.º 2 de São Pedro do

Leia mais

ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA

ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Visas Estaduais ACRE AC ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Gerente Da Divisão De Vigilância Sanitária Estadual Rua Benjamim Constant, Nº 830, 4º Andar - Centro CEP: 69908-520 Rio Branco AC Tel.: (68) 3215-2774

Leia mais

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840721 ADRIANA XAVIER DA SILVA FERNANDES 38 Pré-A1 PT1840722 ALEXANDRA FILIPA AZEVEDO SANTOS 52 A1 PT1840723

Leia mais

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20%

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20% ALCATEIA Sec NIN NOME NIN NOME Lob 1215050143005 Alice Neto Santos Nascimento 1215050143015 Afonso da Fonseca Machado Lob 1215050143010 Amélia Maria Mesquita Aleixo Alves 1115050143010 Afonso Jesus Dias

Leia mais

RESULTADO DA ANÁLISE CURRICULAR LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

RESULTADO DA ANÁLISE CURRICULAR LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA APRENDIZAGEM MOTORA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESULTADO DA ANÁLISE CURRICULAR LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA ANA PAULA ZANINI DA SILVA DESCLASSIFICADA ITEM 2.1.1 LUIZ FERNANDO MARIANO MONTEIRO 47 PONTOS

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA BRAZILIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY Official Organ of Brazilian Society of Rheumatology Órgão Oficial da Sociedade Brasileira de Reumatologia Bimonthly Edition (Publicação

Leia mais

XVI. Encontro de Reumatologia Avançada 2010. 20 a 22 de maio - Maksoud Plaza Hotel São Paulo, SP

XVI. Encontro de Reumatologia Avançada 2010. 20 a 22 de maio - Maksoud Plaza Hotel São Paulo, SP XVI Reumatologia Avançada 20 a 22 de maio - Maksoud Plaza Hotel REALIZAÇÃO: SECRETARIA DO EVENTO: PARADIGMA EVENTOS tel. 11 3813 8896 paradigma@paradigmaeventos.com.br Apresentação XVI Reumatologia Avançada

Leia mais

RELAÇÃO DAS VISAS ESTADUAIS ATUALIZADA EM 19 DE JUNHO DE 2012 ACRE AC

RELAÇÃO DAS VISAS ESTADUAIS ATUALIZADA EM 19 DE JUNHO DE 2012 ACRE AC RELAÇÃO DAS VISAS ESTADUAIS ATUALIZADA EM 19 DE JUNHO DE 2012 ACRE AC ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Gerente Da Divisão De Vigilância Sanitária Estadual Rua Benjamim Constant, Nº 830, 4º Andar - Centro

Leia mais

CURSO TURNO NOME DO ALUNO CLASSIFICAÇÃO STATUS ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA noturno ANA CLÁUDIA ARAUJO DA MOTA 0 Desclassificado ENGENHARIA

CURSO TURNO NOME DO ALUNO CLASSIFICAÇÃO STATUS ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA noturno ANA CLÁUDIA ARAUJO DA MOTA 0 Desclassificado ENGENHARIA CURSO TURNO NOME DO ALUNO CLASSIFICAÇÃO STATUS ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA noturno ANA CLÁUDIA ARAUJO DA MOTA 0 Desclassificado ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA noturno ANDRÊSSA CAIXETA SOUZA 0 Desclassificado

Leia mais

Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área

Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Carina Coelho Cariologia/Med. dentária Preventiva Dentisteria Operatória 1 11 15h00-16h00 Investigação Isabel Roçadas Pires Cariologia/Med.

Leia mais

Resultado Final - Turma Gestão em TI

Resultado Final - Turma Gestão em TI Resultado Final - Turma Gestão em TI Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Resultado Etapa 1 Resultado Etapa 2 Resultado Final Alexandre Antunes Barcelos 7,080 5,118 6,295 Centro Federal

Leia mais

Aspec Informática - Tecnologia da Informação Plano de Numeração dos Ramais. Revisão 07/07/2015 12:02:36

Aspec Informática - Tecnologia da Informação Plano de Numeração dos Ramais. Revisão 07/07/2015 12:02:36 UF Estado Capital DDD SP São Paulo São Paulo 11 RJ Rio de Janeiro Rio de Janeiro 21 ES Espírito Santo Vitória 27 MG Minas Gerais Belo Horizonte 31 PR Paraná Curitiba 41 SC Santa Catarina Florianópolis

Leia mais

Inscrição Nome Opção de Curso Status. 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado

Inscrição Nome Opção de Curso Status. 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado Processo Seletivo 2016/1 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado 000000004960 VALERIA DIAS MIRANDA EDUCACAO FISICA Aprovado 000000005764 BRUNNO DE PAULA SILVA BARBOSA EDUCACAO FISICA

Leia mais

Lista de Resultados da 6ª Fase de Seleção - Curso de Tripulante de Ambulância de Socorro - TAE-INEM 01/2015 NOTA 1ª F NOTA 2ª F

Lista de Resultados da 6ª Fase de Seleção - Curso de Tripulante de Ambulância de Socorro - TAE-INEM 01/2015 NOTA 1ª F NOTA 2ª F Lista de Resultados da ase de Seleção - Curso de Tripulante de Ambulância de Socorro - TAE-INEM 01/2015 106 2165 02291253122165975318 Abílio Fernando Bragança Milheiro 15,250 14,050 18,400 12,000 12,900

Leia mais

Resultados da Candidatura a Alojamento

Resultados da Candidatura a Alojamento Resultados da Candidatura a Alojamento Unidade Orgânica: Serviços de Acção Social RESIDÊNCIA: 02 - ESE ANO LECTIVO: 2015/2016 2ª Fase - Resultados Definitivos >>> EDUCAÇÃO BÁSICA 14711 Ana Catarina Mendes

Leia mais

Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010

Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010 Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010 1ª Etapa: Análise Curricular INSTRUÇÕES GERAIS PARA TODOS OS CANDIDATOS a) O candidato deverá chegar ao local com uma hora de antecedência do i nício

Leia mais

DESPACHO DIGES 1066 DESPACHO

DESPACHO DIGES 1066 DESPACHO 1 de 5 11/06/2015 18:57 TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO DESPACHO DIGES 1066 DESPACHO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO E STRICTO SENSU RESULTADO

Leia mais

161718 - Agrupamento Escolas Castro Daire 343717 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Castro Daire. Relação de Alunos

161718 - Agrupamento Escolas Castro Daire 343717 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Castro Daire. Relação de Alunos 343717 - Escola Básica dos 2.º e 3.º s de Castro Daire Turma : A 1498 1 Ana Catarina Costa Esteves 14920 2 Ana Francisca da Silva Fernandes 16292 3 Beatriz Monteiro Andrade 14409 4 Camila Almeida Oliveira

Leia mais

Prezado Associado, Todos os dados estão atualizados até março de 2014.

Prezado Associado, Todos os dados estão atualizados até março de 2014. Prezado Associado, Estamos lhe enviando neste encarte, a relação a lista de todos os PROCONs, com nome do Dirigente, Cargo que ocupa, endereço, telefone e e-mail de contato. Alem disso, estamos enviando

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO DESPACHO DIGES 1536

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO DESPACHO DIGES 1536 TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA ª REGIÃO DESPACHO DIGES 536 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO E STRICTO SENSU RESULTADO DA CLASSIFICAÇÃO FINAL Em conformidade

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 14870896 ANA CATARINA DE JESUS RIBEIRO Não colocada 14583084 ANA CATARINA DA ROCHA DIAS Não colocada 14922639 ANA CATARINA SOARES COUTO Colocada em 7230 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior

Leia mais

PALESTRA 1 DINÂMICA E ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE DOCUMENTAÇÃO E DAS BIBLIOTECAS DO CPII. VAGAS: 60

PALESTRA 1 DINÂMICA E ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE DOCUMENTAÇÃO E DAS BIBLIOTECAS DO CPII. VAGAS: 60 PALESTRA 1 DINÂMICA E ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE DOCUMENTAÇÃO E DAS BIBLIOTECAS DO CPII. VAGAS: 60 Professor Responsável: MARTA REGINA DE JESUS Dias / Hora / Local: 6a. Feira - 09/08 das 9:00 às 12:00h

Leia mais

REPRESENTANTES - 5ª CCR

REPRESENTANTES - 5ª CCR REPRESENTANTES - 5ª CCR Unidade Procurador(a) E-mail Telefones 5ªCCR Composição 5ª CCR Denise Vinci Túlio Coordenadora Rodrigo Janot Monteiro de Barros Membro-Titular Valquíria Oliveira Quixadá Nunes Membro-Titular

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Gabinete do Ministro Assessoria Internacional

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Gabinete do Ministro Assessoria Internacional COORDENADORES REGIONAIS ACRE Josenir de Araújo Calixto Coordenador do Ensino Médio Coordenação de Ensino Médio Secretaria de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907 Aeroporto Velho 69903-420

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROCESSO SELETIVO 2015 PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO JURÍDICO DOUTORADO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROCESSO SELETIVO 2015 PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO JURÍDICO DOUTORADO BANCA: D-01D LINHA DE PESQUISA: DIREITOS HUMANOS E ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO: FUNDAMENTAÇÃO, PARTICIPAÇÃO E EFETIVIDADE ÁREA DE ESTUDO: DIREITO POLÍTICO SALA: 501 Carlos Athayde Valadares Viegas Ricardo

Leia mais

GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS

GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS V CONGRESSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO VALE DO SÃO FRANCISCO - CEFIVASF Petrolina, PE Complexo Multieventos UNIVASF 30 de abril a 2 de maio de 2015 GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS GRUPO ALOJAMENTO PROFESSORA

Leia mais

BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS

BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS Campus Floriano Teresina (PI), 31 de outubro de 2014. PORTARIA Nº001/2014, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2014. Designar os servidores Lázaro Miranda Carvalho, Professor do Ensino

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015. Página 1 de 8

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015. Página 1 de 8 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 1ª FASE - ECVA SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO Nome completo Curso a que se candidata Classificação Ordenação Deliberação Observações LUIS ÂNGELO PEREIRA

Leia mais

LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013

LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013 LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013 OFERTA 2737 433133 2737 435006 2737 433645 2737 431145 2737 411431 2737 447993 2737 432457 2737 412330 2737 415973 2737 427952 2737 417413 2737 417268

Leia mais

ENDEREÇOS DAS DIVISÕES DE CONVÊNIOS E GESTÃO ESTADUAIS

ENDEREÇOS DAS DIVISÕES DE CONVÊNIOS E GESTÃO ESTADUAIS ENDEREÇOS DAS DIVISÕES DE CONVÊNIOS E GESTÃO ESTADUAIS AC - Divisão de Convênios do Núcleo Estadual - DICON Rua Antonio da Rocha Viana S/Nº- Vila Ivone Rio Branco - AC - 69.908-560 Telefone : 68 3224-6283

Leia mais

Obs.: poderá ocorrer mudanças na lista.

Obs.: poderá ocorrer mudanças na lista. ALUNOS APTOS PARA PARTICIPAREM DA COLAÇÃO DE GRAU 2015/2 Obs.: poderá ocorrer mudanças na lista. AGRIMENSURA Nº NOME PENDÊNCIAS 1 Ana Claudia Nardes Carvalho OK 2 Caio Cesar dos Anjos Carneiro OK 3 Carine

Leia mais

AVIO BATALHA DE BRITTO

AVIO BATALHA DE BRITTO Visas Capitais 2 ARACAJÚ SE Atualizado em 23/07/13 AVIO BATALHA DE BRITTO Coordenador de Vigilância Sanitária Municipal de Aracajú Rua Sergipe, nº 1310 - Bairro Siqueira Campos Aracaju SE CEP: 49075-540

Leia mais

VISAS CAPITAIS JULHO DE 2013. ARACAJÚ SE Atualizado em 23/07. BELÉM PA Atualizado em 10/07. BELO HORIZONTE MG Atualizado em 10/07

VISAS CAPITAIS JULHO DE 2013. ARACAJÚ SE Atualizado em 23/07. BELÉM PA Atualizado em 10/07. BELO HORIZONTE MG Atualizado em 10/07 VISAS CAPITAIS JULHO DE 2013 ARACAJÚ SE AVIO BATALHA DE BRITTO Coordenador de Vigilância Sanitária Municipal de Aracajú Rua Sergipe, nº 1310 - Bairro Siqueira Campos Aracaju SE CEP: 49075-540 TEL: (79)

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA HOSPITAL OPHIR LOYOLA PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MEDICA 2013 RESULTADO FINAL

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA HOSPITAL OPHIR LOYOLA PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MEDICA 2013 RESULTADO FINAL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA HOSPITAL OPHIR LOYOLA PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MEDICA 2013 RESULTADO FINAL O Hospital Ophir Loyola HOL através da Diretoria de Ensino

Leia mais

RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013.

RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013. RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013. A Prefeitura Municipal de São Luís, com interveniência da Secretaria Municipal de Saúde-SEMUS, e por intermédio do Hospital

Leia mais

CERTIFICADO DE ATIVIDADE DE EXTENSÃO

CERTIFICADO DE ATIVIDADE DE EXTENSÃO Certificamos para os devidos que ESTEVÃO JÚNIOR participou da atividade de extensão de Simulado da OAB, promovida pelas Faculdades Kennedy de Minas Gerais, no dia 07 de outubro de 2015, com carga horária

Leia mais

Torneio Sete Cidades Rabo de Peixe, 8-11-2014. Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 08-11-2014 Startlist

Torneio Sete Cidades Rabo de Peixe, 8-11-2014. Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 08-11-2014 Startlist Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 3 Henrique Silva Pereira 05 Clube Naval de Rabo de Peixe 57.46 4 Dinis da Silva Marques 04 Clube Naval de Ponta Delgada NT Prova 2 Femin., 50m Mariposa Absolutos Série

Leia mais

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Nome da Escola : Agrupamento de Escolas de Almancil, Loulé Horário n.º: 27-18 horas 2013-10-09 Grupo de Recrutamento: 420 - Geografia LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Ordenação Graduação

Leia mais

Programação. Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação

Programação. Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação Programação Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação 1ª PALESTRA DO DIA: 19h As perspectivas mercadológicas na era da Tecnologia da Informação para Utilização de Software nas Empresas

Leia mais

CURSO: GESTÃO FINANCEIRA

CURSO: GESTÃO FINANCEIRA 30 de maio de 2015 CURSO: GESTÃO FINANCEIRA JADER SOUTO FRANCO 8h CURSO: GESTÃO FINANCEIRA BRUNO SOUZA ROCHA LUCIENE FREIRE SILVA VERÔNICA PEREIRA DA SILVA SANTOS 8h30 CURSO: PROCESSOS GERENCIAIS GILDEANE

Leia mais

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Número Nome Nota Obs 10780 ALEXANDRE JOSÉ SIMÕES SILVA 15 11007 ALEXANDRE REIS MARTINS 7,7 11243 Álvaro Luis Cortez Fortunato 11,55

Leia mais

UFS: Universidade Federal de Sergipe HU - Hospital Universitário Endereço: Rua Claudio Batista, S/N - Sanatório - CEP: 49060-100 Aracaju - Sergipe

UFS: Universidade Federal de Sergipe HU - Hospital Universitário Endereço: Rua Claudio Batista, S/N - Sanatório - CEP: 49060-100 Aracaju - Sergipe ALAGOAS UFAL: Universidade Federal de Alagoas HUPAA - Hospital Universitário Professor Alberto Antunes Endereço: Av. Lourival Melo Mota, S/Nº Tabuleiro dos Martins - CEP: 57092-900 Maceió Alagoas Endereço

Leia mais

Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A

Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A 1 LUCIO GONÇALVES BRASIL NETO 2 BRUNA RENATA ROCHA FERNANDES 3 BARBARA ALEXANDRA COSTA GOMES 4 DAVI GOMES DE ALBUQUERQUE 5 FERNANDA MOREIRA LIMA 6 FILIPE

Leia mais

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos 3452 - Escola E.B.2,3 do Cávado : A 137 1 Adriana Manuela Gomes Pinheiro 14 S S 20 2 Alexandra Pereira Ferreira 28 3 Ângelo Rafael Araújo Gomes S 28 4 Beatriz da Costa Oliveira S 2 5 Domingos Gonçalo Ferreira

Leia mais

1772 FACULDADE NORDESTE

1772 FACULDADE NORDESTE Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Listagem de Candidatos Pré-Selecionados em Segunda Chamada - Processo 1º semestre de 2014-1ª Etapa Instituição de Ensino Superior: 1772

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião ELEIÇÃO PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA Ata da Quarta Reunião Ao sexto dia do mês de novembro de dois mil

Leia mais

CURSO: ANIMADOR SOCIOCULTURAL LISTA PROVISÓRIA DE ALUNOS SELECIONADOS

CURSO: ANIMADOR SOCIOCULTURAL LISTA PROVISÓRIA DE ALUNOS SELECIONADOS CURSO: ANIMADOR SOCIOCULTURAL Adriana da Conceição Palhares Lopes Alexandra Rodrigues Barbosa Ana Salomé Lopes Queirós Andreia Dias da Costa Bianca Patricia Gonçalves Ramos Carina Filipa Monteiro Rodrigues

Leia mais

Resultado Vestibular 2013/1 (2ª Chamada)

Resultado Vestibular 2013/1 (2ª Chamada) Resultado Vestibular 2013/1 (2ª Chamada) ADMINISTRAÇÃO 1 ARIELA RODRIGUES SILVA 2 CAROLINA DANTAS DOS SANTOS 3 CRISTIANE DA SILVA GUERREIRO 4 GABRYELLA BUENO DO CARMO 5 JESSICA RAMOS DA SILVA 6 JULIA DE

Leia mais

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51 Nº Horário: 51 4625160693 Sofia Margarida Santos Ferreira Admitido 7197226139 Mónica Sofia Jesus Mateus Admitido 6392341730 Gonçalo Jorge Fernandes Rodrigues Fiúza Admitido 7816555741 Dora Maria Gonçalves

Leia mais

RESULTADO DO VESTIBULAR AGENDADO Provas: 22 MAIO 2010 (Sábado) CANDIDATOS APROVADOS

RESULTADO DO VESTIBULAR AGENDADO Provas: 22 MAIO 2010 (Sábado) CANDIDATOS APROVADOS RESULTADO DO VESTIBULAR AGENDADO Provas: 22 MAIO 2010 (Sábado) NOME Manoel Ribeiro Samyres de Nardo da Silva Simone Alves Gomes Martins Poliana Pinheiro Poletto OPÇÃO Enfermagem Noturno Biomedicina Noturno

Leia mais

APURAÇÃO DE RESULTADO ENTREVISTA. 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior

APURAÇÃO DE RESULTADO ENTREVISTA. 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior 15 - ÁREA: DIRETORIA DE EXTENSÃO Secretaria e Coordenação de Estágio. Nível Superior 46 Samuel Souza Evangelista 130 104 Jussara Cândida Soares Desclassificada 45 Bruno José Rupino 130 61 Fabiana Grigógio

Leia mais

INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS E RESULTADO PRELIMINAR - COMPLEMENTAR EDITAL EAD 054-2014

INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS E RESULTADO PRELIMINAR - COMPLEMENTAR EDITAL EAD 054-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA - SERTÃO PERNAMBUCANO INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS E RESULTADO

Leia mais

RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MUDANÇA DE TURNO MATERNAL PARA O 1 ANO DA ED. INFANTIL

RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MUDANÇA DE TURNO MATERNAL PARA O 1 ANO DA ED. INFANTIL Srs. Pais e/ou Responsáveis, RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MUDANÇA DE TURNO O colégio Marista de natal, em resposta às solicitações realizadas pelos senhores para troca de turno em 2015, informa que, até

Leia mais

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego AMIGOS DO PROJECTO O projecto Ler Mais e Escrever Melhor nasceu a 17 de Julho de 2008. Encontra-se numa fase de vida a infância que

Leia mais

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA CIDES EXT. TELEFONE Direção - Doutor Rui Nunes 26845 220426845 Lic. Filipa Santos (Secretariado) 26840 220426840 Doutora Guilhermina Rego 26844 220426844 Mestre Ivone Duarte 26841

Leia mais

ADRIANO JOSÉ CAVALCANTI SILVA CRM AL 03616 ENDEREÇO: AV.HUMBERTO MENDES, 140 FAROL (82) 3326-6816

ADRIANO JOSÉ CAVALCANTI SILVA CRM AL 03616 ENDEREÇO: AV.HUMBERTO MENDES, 140 FAROL (82) 3326-6816 ADRIANO JOSÉ CAVALCANTI SILVA CRM AL 03616 ENDEREÇO: AV.HUMBERTO MENDES, 140 FAROL (82) 3326-6816 ALAN TEIXEIRA BARBOSA CRM AL 02229 RUA COMENDADOR PALMEIRA, 122 FAROL (82) 3223-5517 ALBERTO ANTUNES DOS

Leia mais

Relação dos Candidatos Deferidos no Curso de Pós-Graduação em Língua Portuguesa: da Teoria à Pratica 2008

Relação dos Candidatos Deferidos no Curso de Pós-Graduação em Língua Portuguesa: da Teoria à Pratica 2008 ABSALÃO CARLOS DE ALMEIDA FILHO ADRIANA DA SILVA VIEIRA ADRIANO AUGUSTO DE SOUZA ALESSANDRA BUENO MOURA ALEXANDRE KERMAN CEZAR ANA MARCIA MADEIRA DA SILVA ANA PAULA LIMA DA SILVA ANDREA COSTA ANDRÉA COUTINHO

Leia mais

NOVO EDITAL - ALUNOS ERASMUS 2011/2012

NOVO EDITAL - ALUNOS ERASMUS 2011/2012 NOVO EDITAL - ALUNOS ERASMUS 2011/2012 UNIVERSITAT DE VALÈNCIA (E VALENCI 01) Odontology Sara Marilyn Pereira de Jesus 4º João Ricardo Oliveira Ferreira de Moura - 4º Psychology Sara Lúcia Maia Murillo

Leia mais

Amanda Cardoso de Melo

Amanda Cardoso de Melo Aime Pinheiro Pires participou da palestra: Empreendedor De Sucesso, Amanda Cardoso de Melo Amanda Loschiavo Amoiré Santos Ribeiro Ana Carolina Pereira Pires Ana Carolina Pioto Magalhães Ana Cristina Angelo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CLASSIFICAÇÃO GERAL POR CURSO

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CLASSIFICAÇÃO GERAL POR CURSO Inscrição GILBRAN COSTA GUIMARÃES 003020851100087 662,64 Cirurgia Geral 1 * MARCELA SILVA VIEIRA 003027851100098 655,49 Cirurgia Geral 2 * GUTENBERG DINIZ BORBOREMA 003021851100096 619,4 Cirurgia Geral

Leia mais

ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA

ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Visas Estaduais ACRE AC ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Gerente Da Divisão De Vigilância Sanitária Estadual Rua Benjamim Constant, Nº 830, 4º Andar - Centro CEP: 69908-520 Rio Branco AC Tel.: (68) 3215-2774

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 2ª FASE - ECT SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO CARLA MARIA CARNEIRO ALVES Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias 3,9 de 5 4 CARLOS EDUARDO DOS

Leia mais

Relação das VISAS Municipais (capitais)

Relação das VISAS Municipais (capitais) ACRE AC Edson Carneiro da Costa Filho Diretor AV. CEARÁ, 3188 - BAIRRO ABRÃO ALABI ABRÃO ALABI Rio Branco AC 69907-000 (68) 3226-2113 (68) 3213-2113 devisa@riobranco.ac.gov.br ALAGOAS - AL Ednaldo Balbino

Leia mais

SAÚDE & TECNOLOGIA, revista científica da ESTeSL. Instruções aos Autores

SAÚDE & TECNOLOGIA, revista científica da ESTeSL. Instruções aos Autores SAÚDE & TECNOLOGIA, revista científica da ESTeSL Instruções aos Autores 1. Apresentação de Originais 1.1. Instruções gerais As propostas para submissão com vista à publicação na Saúde & Tecnologia, revista

Leia mais

Listas dos Aprovados - Ensino de Inglês

Listas dos Aprovados - Ensino de Inglês Listas dos Aprovados - Ensino de Inglês Nº de Oferta Ordem Pontuação Nome do Docente 758 1 100 Andreia Cristina de Sousa Gomes 758 2 100 Cidália Maria Faria Mendes de Sousa 758 3 100 Marta Raquel Cardoso

Leia mais

DIRETÓRIO DOS RESIDENTES E ESTAGIÁRIOS DA RADIOLOGIA DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFPE

DIRETÓRIO DOS RESIDENTES E ESTAGIÁRIOS DA RADIOLOGIA DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFPE DIRETÓRIO DOS RESIDENTES E ESTAGIÁRIOS DA RADIOLOGIA DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFPE Nome Condição Entrada Saída Origem Destino Ano da informação do destino 1. Ana Cássia Azevedo Residente Fev 1981 Jan

Leia mais

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Gabinete/Cargo Nome Extensão E-mail Diretor Luiz Felipe Rocha de Faria 1450 lef@isep.ipp.pt Sub-diretor(es) António Constantino Lopes 1462 acm@isep.ipp.pt

Leia mais

Belo Horizonte, 28 de setembro 2015.

Belo Horizonte, 28 de setembro 2015. Certifico que, Ademir dos Santos Ferreira, participou da palestra Logística Urbana, ministrada pelo Certifico que, Almir Junio Gomes Mendonça, participou da palestra Logística Urbana, ministrada pelo Engenheiro

Leia mais

Relatório de Resultado por Curso 3,00 54,00 56,00 60,00 70,00 58,00 9,00 10,00 11,00 12,00 21,00

Relatório de Resultado por Curso 3,00 54,00 56,00 60,00 70,00 58,00 9,00 10,00 11,00 12,00 21,00 Av. Professor Mário Werneck, 25 Buritis 3050 Belo Horizonte/MG 1º Vestibular e Exame de Seleção de 15 do IFMG Campus Santa Luzia Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo 54 139 13 5423 3 57 191 117 2 2 172

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13008 10 E Técnico de Instalações Elétricas Carlos Jorge Oliveira Rodrigues Escola Secundária de São Pedro do Sul 13791 10 E Técnico de Instalações Elétricas Daniel dos Santos Rodrigues Escola Secundária

Leia mais

LISTA DE SORTEADOS PARA AS VAGAS DE 2015 1º ANO MANHÃ

LISTA DE SORTEADOS PARA AS VAGAS DE 2015 1º ANO MANHÃ 1º ANO MANHÃ 1. WALLACE VINÍCIUS DE BRITO PATROCÍNIO Comerciário 2. SAMUELL BRAULIO MOREIRA SANTOS Comerciário 3. JOANA MARTINS BRAGA RIVERTE Comerciário 4. SAMUEL ALVES COELHO MENEZES Comerciário 5. EMANUELLE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 206/2015

PROCESSO SELETIVO Nº 206/2015 PROCESSO SELETIVO Nº 206/2015 O Sesc em Minas comunica a relação nominal com as notas da prova ocorrida entre os dias 07/06/2015 à 14/06/2015 Considerando o que está previsto no subitem 5.1.3.1 do Descritivo

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 18, DE 15 DE OUTUBRO DE 2007

MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 18, DE 15 DE OUTUBRO DE 2007 MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 18, DE 15 DE OUTUBRO DE 2007 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 17, DE 08 DE OUTUBRO DE 2007 - RESULTADO DO CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês

Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês Nº de Oferta Ordem Pontuação Nome do Docente 2216 1 100 Cidália Maria Faria Mendes de Sousa 2216 2 100 Mariana Borges Dias Moreira 2216 3 100 Marta Raquel Cardoso

Leia mais

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ ATA DA 7ª SESSÃO DE JULGAMENTO DO ANO DE 2015 DA 05ªTR, REALIZADA NO DIA 30/06/2015 ÀS 14:00 h QUANDO PUBLICADAS AS DECISÕES,

Leia mais

GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA)

GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA) GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA) Todos os candidatos convocados deverão comparecer para efetuar cadastramento nos dias 03/05/2013, no horário das 8 às 11h e das 14 às 17h

Leia mais

Contatos dos núcleos estaduais do Ministério da Saúde.

Contatos dos núcleos estaduais do Ministério da Saúde. NÚCLEO ESTADUAL NO ESTADO DO ACRE AC Rua Cel. Sebastião Dantas, 2418 Estação Experimental - CEP: 69918-214 Rio Branco/AC SERVIÇO. DE GESTÃO ADM. - Claudio Roberto do Nascimento CPF / RG: 215.919.642-15

Leia mais

RESULTADO DE TUTORIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA

RESULTADO DE TUTORIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA RESULTADO DE TUTORIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA Lista de S, por disciplina, da permanência no cadastro de reserva de tutoria no curso de Administração, Modalidade a Distância. Os S devem aguardar

Leia mais

CONCURSO PUBLICO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ACARÁ CPMA-001/2012

CONCURSO PUBLICO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ACARÁ CPMA-001/2012 I N F O R M E Esta lista consta 103 (CENTO E TRÊS ) nomes candidatos aprovados para o cargo TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÉDICA no, realizado no dia 15/9/2013, listados por orm scresente rendimento obtido no

Leia mais